Clarissa é uma mulher apaixonada pela beleza e sua Sala de Estar. não poderia deixar de ser um local onde fotos e quadros de arte

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Clarissa é uma mulher apaixonada pela beleza e sua Sala de Estar. não poderia deixar de ser um local onde fotos e quadros de arte"

Transcrição

1 Clarissa é uma mulher apaixonada pela beleza e sua Sala de Estar não poderia deixar de ser um local onde fotos e quadros de arte estivessem presentes. A Sala de Estar de Clarissa, vamos entrar? sala de estar Cortinas brancas protegem o ambiente do sol escaldante do recanto de Clarissa.

2 Olhando lá fora, o inverno que chega Mas tudo simples e belo, um piso de madeira rústica, duas poltronas, um sofá, uma mesa de centro e nas paredes muitos quadros que Clarissa veio colecionando ao longo da vida. Alguns comprados e outros pintados com suas próprias mãos. Clarissa é uma mulher sensível. Impossibilitada de se dedicar a um trabalho profissional, pois seu marido não admitia que sua mulher trabalhasse fora e ela cuidando apenas dos filhos que foram crescendo e se tornando independentes, então, ela passou a se dedicar a artes, comprando coleções de revistas, frequentando cursos de pintura, e adquirindo quadros das amigas que precisavam vender para sobreviver. De que o marido de Clarissa tinha medo? Da concorrência da mulher? Perder o seu poder de Chefe supremo do lar? Por que será que os homens da geração da década de 50 ou antes tem esta formação machista? Será que herdamos dos portugueses, dos

3 índios, ou dos africanos? Alguém trouxe para o nosso mundo esta formação de que o homem é o senhor supremo em seu lar. Entretanto, não aconteciam conflitos, pois Clarissa foi educada para ser simplesmente mulher. Ser mulher significa renúncia. Renúncia aos próprios desejos, renúncia a ambição, e muitas vezes renúncia à própria liberdade. E VIVERAM EM PAZ POR MUITOS ANOS ATÉ QUE ELE SE FOI. Caminhando pela sala de Clarrisa, podemos sentir o vibrar de sua alma nas fotos e quadros que pela maneira delicada de exposição fazem contraste com a parede branca, matizando e iluminando o ambiente.

4 Embora este quadro seja antigo, ele faz lembrar a curva do caminho que leva da cidade até o recanto de Clarissa, com o sol que nasce e vai dando luz no trajeto repleto de muitas flores. A Curva do Caminho terá um lugar de destaque na vida de Clarissa. Na Curva nascerá o amor, e na curva terminará a vida. Naquela Curva do Caminho, Clarissa passará muitas vezes e todas às vezes que algo importante acontecer em sua vida, do nascer de um grande amor, a morte do amor, a perda de sua amiga, a volta da amiga. Assim, Clarissa passará seus dias olhando para a curva, onde tudo começa e tudo termina.

5 Na sala de estar de Clarissa não poderia faltar uma amostra da arte grega com seus pilares construídos ao longo da humanidade e que marcou para sempre como sendo a Grécia o berço da arte da humanidade. Continue lendo...

6 Flores e flores. Flores no jardim, flores na mesa do jantar. Flores nos quadros na parede. Clarissa de fato é uma mulher que tem um jardim plantado dentro de si, no corpo, na alma e transpira e projeta para fora. Tudo no recanto de Clarissa tem cor e perfume; tem vida e amor.

7 Mais flores, rosas, margaridas, samambaias, buquês que foram presentes, que serão presentes no futuro, porque um buquê de flores é um presente que uma mulher nunca esquece. Você precisaria vir ver ao vivo, os quadros nas paredes, o piso de madeira bem limpo, as paredes brancas que mudam sua tonalidade a partir de um determinado ponto passando a ter azul celeste nos barrados, com filetes de verde claro quase imperceptíveis. Clarissa tem a poesia pintada na alma. Uma alma que ela nunca teve oportunidade de expor para o mundo.

8 Este quadro! Lindo quadro. Parece uma foto das flores de Clarissa que colhidas com todo amor vieram nos braços de uma mãe zelosa para serem depositados sobre a mesa e lá quedarem para ornamentar e perfumar. Este quadro Clarissa pintou olhando para a sua mesa. E para quem Clarissa ofereceria estas flores, se com ela ninguém vive? ELA OFERECERÁ ESTAS FLORES AO SONHO DE AMOR que ainda vive adormecido dentro dela. Mas, creia, o amor chegará, talvez de mansinho ou quem sabe como trovão ecoando na noite escura do recanto de Clarissa.

9 Flores amarelas, que se erguem frescas e belas. Flores amarelas, símbolo de amizade, de paz, de encontro e reencontro. E é isto que você descobrirá ao longo da Estória de Clarissa, a Mulher Poesia, a Mulher Madura na busca dos sonhos esquecidos e sufocados pelas exigências de um mundo machista. Por hoje, vamos parar por aqui o nosso passeio pela Sala de Estar de Clarissa. Depois quem sabe, possamos adentrar um pouco mais nesta casa, recanto, onde Clarissa veio esconder e ao mesmo tempo revolver seus sonhos e expectativas de vida. Continue lendo.

10 Autora: Regina Celia de Souza Os quadros em gif e muito bem desenhados foram comprados do Site da Nena, diretamente dela, nos anos de 2001 a PUBLICIDADE Você gosta de viajar? Clique aqui e acesse nosso Roteiro de Viagens em grupo para Sessentões. Você quer comprar produtos de beleza, saúde e emagrecimento - visite a loja da Riqueza Natural e apresente nosso código de DESCONTOS - muitos produtos para você e sua família - cliqueaqui Você quer viajar, mas quer ir de avião? Cliqueaqui O SITE-BLOG - COMUNIDADE DOS SESSENTÕES - seu site, onde tudo que um sessentão deseja está lá. QUER NAMORAR - CLIQUEAQUI

Guerreiro quem é? Um homem real

Guerreiro quem é? Um homem real Guerreiro quem é? Um homem real Guerreiro, homem real Enquanto Clarissa em seu recanto passa as horas confabulando consigo mesma a respeito de tudo que vem lhe acontecendo, como este renascer de sentimentos

Leia mais

Curso Intermediário de LIBRAS

Curso Intermediário de LIBRAS Curso Intermediário de LIBRAS 1 Curso Intermediário de LIBRAS 2 Unidade 2 Fazer as compras Sábado foi dia de ir ao Tok Stok. Nós, casal, fomos passear e dar uma voltada para olhar os moveis e objetos.

Leia mais

Quem Foi Pablo Picasso?

Quem Foi Pablo Picasso? FICHA Nº3 Pablo PICASSO Quem Foi Pablo Picasso? Você está para conhecer como surgiram os desenhos, pinturas e esculturas de Picasso. Quem foi esse homem? Picasso era um homem baixinho, gordo e muito inteligente.

Leia mais

SEJAM BEM VINDOS AO NOSSO JARDIM, E APRECIEM AS NOSSAS MAIS BELAS FLOWERS.

SEJAM BEM VINDOS AO NOSSO JARDIM, E APRECIEM AS NOSSAS MAIS BELAS FLOWERS. A natureza é sempre contemplativa em qualquer época do ano. Nosso irmão sol, nosssa irmã lua, água fonte de vida, e a mãe terra com inúmeras espécies de flores. Flores agraciadas e perfumadas, no quarto,

Leia mais

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar:

A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: Meditação Crianças de 7 a 9 anos NOME:DATA: 03/03/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO-PARTE II Versículos para decorar: 1 - O Espírito de Deus me fez; o sopro do Todo-poderoso me dá vida. (Jó 33:4) 2-

Leia mais

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno.

Os dois foram entrando e ROSE foi contando mais um pouco da história e EDUARDO anotando tudo no caderno. Meu lugar,minha história. Cena 01- Exterior- Na rua /Dia Eduardo desce do ônibus com sua mala. Vai em direção a Rose que está parada. Olá, meu nome é Rose sou a guia o ajudara no seu projeto de história.

Leia mais

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei

Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei Olhando as peças Histórias de Deus:Gênesis-Apocalipse 3 a 6 anos Unidade 01- Estamos apenas começando Deus criou, eu cuidarei O velho testamento está cheio de histórias que Deus nos deu, espantosas e verdadeiras.

Leia mais

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele

Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele O Plantador e as Sementes Era uma vez, numa cidade muito distante, um plantador chamado Pedro. Ele sabia plantar de tudo: plantava árvores frutíferas, plantava flores, plantava legumes... ele plantava

Leia mais

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos.

Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12. Ele ficava olhando o mar, horas se o deixasse. Ele só tinha cinco anos. Contos Místicos 1 Contos luca mac doiss Conto n.o 5: A minha mãe é a Iemanjá 24.07.12 Prefácio A história: esta história foi contada por um velho pescador de Mongaguá conhecido como vô Erson. A origem:

Leia mais

Quando for grande... QUERO SER PAI!

Quando for grande... QUERO SER PAI! Quando for grande... QUERO SER PAI! Ficha Técnica Autora Susana Teles Margarido Título Quando for grande...quero SER PAI! Ilustrações Joana Dias Paginação/Design Ana do Rego Oliveira Revisão Brites Araújo

Leia mais

MURAL DEZEMBRO 2015. Compromisso NATAL SOLIDÁRIO. O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!!

MURAL DEZEMBRO 2015. Compromisso NATAL SOLIDÁRIO. O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!! Compromisso NATAL SOLIDÁRIO O Natal está chegando e nessa data não podemos esquecer de ajudar quem precisa!! Todos os anos os Correios fazem uma ação muito bacana para que as crianças carentes possam ter

Leia mais

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia

O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Eric Ponty O Pequeno Mundo de Maria Lúcia Pinturas de Fernando Campos [2005] Virtual Book s Numa noite de outubro a pequena Maria Lúcia viu o azul do céu escuro da tarde um homem andando de bicicleta.

Leia mais

O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças

O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças O Ano Internacional do Planeta Terra Visto pelas Nossas Crianças A Opinião dos Mais Pequenos Protege o Ambiente. Vamos cuidar do nosso Planeta. Não o poluas. Externato Princesa Dona Maria Amélia 3º B Não

Leia mais

Como a casa dos Larsen estava abandonada desde o ano anterior, as folhas secas cobrindo o caminho até a porta, o que Tomás fez foi tirar uma tábua e

Como a casa dos Larsen estava abandonada desde o ano anterior, as folhas secas cobrindo o caminho até a porta, o que Tomás fez foi tirar uma tábua e 11 a caixa 2007 Como a casa dos Larsen estava abandonada desde o ano anterior, as folhas secas cobrindo o caminho até a porta, o que Tomás fez foi tirar uma tábua e passar pela janela quebrada, vendo então

Leia mais

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a

Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a João do Medo Era uma vez um menino muito pobre chamado João, que vivia com o papai e a mamãe dele. Um dia, esse menino teve um sonho ruim com um monstro bem feio e, quando ele acordou, não encontrou mais

Leia mais

Ronan entrega a Praça Silva Júnior

Ronan entrega a Praça Silva Júnior NIQUELÂNDIA Ronan entrega a Praça Silva Júnior Euclides Oliveira Foi uma grande festa, bem à altura do importante acontecimento: na noite da sexta-feira (18), o prefeito Ronan Batista (PTB) entregou à

Leia mais

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados

Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira CÃO ESTELAR. EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Arthur de Carvalho Jaldim Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR EDITORA BPA Biblioteca Popular de Afogados Texto e Pesquisa de Imagens Arthur de Carvalho Jaldim e Rubens de Almeida Oliveira O CÃO ESTELAR

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015.

COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. COLÉGIO NOSSA SENHORA DE SION LIÇÕES DE MATEMÁTICA E CIÊNCIAS - 3 ano Semana de 23 a 27 de março de 2015. Leia o texto a seguir para realizar as lições de Matemática da semana. Os alunos do 3º ano foram

Leia mais

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV

AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Ciências AUTORES: NANCY MARTINS DE SÁ STOIANOV Graduada em História e Pedagogia, Doutora em Filosofia e Metodologia de Ensino, Autora da Metodologia ACRESCER. REGINALDO STOIANOV Licenciatura Plena em Biologia,

Leia mais

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto

Cemitério Municipal de Curitiba traz histórias e arte a céu aberto 1 de 7 04/06/2013 12:52 globo.com notícias esportes entretenimento vídeos ASSINE JÁ CENTRAL E-MAIL criar e-mail globomail free globomail pro ENTRAR Paraná 04/06/2013 09h20 - Atualizado em 04/06/2013 12h15

Leia mais

A formação moral de um povo

A formação moral de um povo É um grande desafio evangelizar crianças nos dias de hoje. Somos a primeira geração que irá dizer aos pais e evangelizadores como evangelizar os pequeninos conectados. Houve um tempo em que nos colocávamos

Leia mais

Münster, uma inspiração que vem da Alemanha

Münster, uma inspiração que vem da Alemanha Münster, uma inspiração que vem da Alemanha No mês de maio deste ano (2013) passei alguns dias na cidade alemã de Münster, que se localiza na região chamada de Westfália. Já fui a esta cidade algumas vezes,

Leia mais

Não é o outro que nos

Não é o outro que nos 16º Plano de aula 1-Citação as semana: Não é o outro que nos decepciona, nós que nos decepcionamos por esperar alguma coisa do outro. 2-Meditação da semana: Floresta 3-História da semana: O piquenique

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO.

ESCOLA ESTADUAL AUGUSTO AIRES DA MATA MACHADO. MATÉRIA: LÍNGUA PORTUGUESA. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ASSUNTO: PRODUÇÃO DE TEXTO. PROF.: MARCÉLIA ALVES RANULFO ALUNO: Victor Maykon Oliveira Silva TURMA: 6º ANO A ÁGUA A água é muito importante para nossa vida. Não devemos desperdiçar. Se você soubesse como ela é boa! Mata a sede de

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

Shué também cantou na Festa de Natal da Escola O Gotinhas...fim 42 43

Shué também cantou na Festa de Natal da Escola O Gotinhas...fim 42 43 O Gotinhas 43 Era uma vez um País feito de nuvens. Ficava no cimo de uma enorme montanha impossível de expugnar. Lá viviam muitos meninos. Cada um tinha a sua própria nuvem. Uma enorme cegonha do espaço

Leia mais

6ª EXPOSIÇÃO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA E PINTURA VANESSA CRYSTIE 25 DE JUNHO A 23 JULHO DE 2014

6ª EXPOSIÇÃO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA E PINTURA VANESSA CRYSTIE 25 DE JUNHO A 23 JULHO DE 2014 Tenho memórias de infância muito bonitas da minha Avó, uma jardineira apaixonada a ouvir bem alto a sua coleção de Gardening Classics - Música Clássica para Jardinar, enquanto tratava do seu jardim. Ela

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético.

PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Expressão na oralidade, leitura fluente, produção textual, compreensão de texto poético. PLANEJAMENTO (Poesia/poema) Professor (a): Janete Fassini Alves Poesia: Das Flores Competências Objetivo Geral Objetivos Específicos Autor: Armando Wartha Expressão na oralidade, leitura fluente, produção

Leia mais

mídia kit 2015 9 anos

mídia kit 2015 9 anos mídia kit 2015 9 anos decora A nova Decora Baby Um título já tradicional no mercado editorial brasileiro, a Decora Baby sempre prezou tratar suas leitoras com carinho, atenção e dicas preciosas principalmente

Leia mais

Iracema estava na brinquedoteca

Iracema estava na brinquedoteca Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Iracema estava na brinquedoteca com toda a turma quando recebeu a notícia de que seu sonho se realizaria. Era felicidade que

Leia mais

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar

MELHORES MOMENTOS. Expressão de Louvor Paulo Cezar MELHORES MOMENTOS Expressão de Louvor Acordar bem cedo e ver o dia a nascer e o mato, molhado, anunciando o cuidado. Sob o brilho intenso como espelho a reluzir. Desvendando o mais profundo abismo, minha

Leia mais

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL

1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL 1-PORTO SEGURO-BAHIA-BRASIL LUGAR: EUNÁPOLIS(BA) DATA: 05/11/2008 ESTILO: VANEIRÃO TOM: G+ (SOL MAIOR) GRAVADO:16/10/10 PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL VOCÊ É O BERÇO DO NOSSO PAIS. PORTO SEGURO BAHIA-BRASIL

Leia mais

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil

PANORAMA SOCIAL. Relatório Final para Certificação Internacional. Rosana Soares Aranega Nigriello. Brasil PANORAMA SOCIAL Relatório Final para Certificação Internacional Rosana Soares Aranega Nigriello Brasil 2009 Relatório Final Panorama Familiar 2 Coach: Rosana Soares Aranega Nigriello Cliente: JC; 45 anos;

Leia mais

SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA.

SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA. SENDO UMA PESSOA MANSA E CONTROLADA. Chegamos à reta final de nossa caminha de transformação, restando apenas os dois últimos gomos do Fruto do Espírito. Estes dois últimos gomos, são os mais difíceis

Leia mais

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho

MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho MEDITAÇÃO SALA LARANJA SEMANA 16 QUEDA E MALDIÇÃO Nome: Professor: Rebanho VERSÍCULOS PARA DECORAR ESTA SEMANA Usamos VERSÍCULOS a Bíblia na PARA Nova DECORAR Versão Internacional ESTA SEMANA NVI Usamos

Leia mais

JANELA SOBRE O SONHO

JANELA SOBRE O SONHO JANELA SOBRE O SONHO um roteiro de Rodrigo Robleño Copyright by Rodrigo Robleño Todos os direitos reservados E-mail: rodrigo@robleno.eu PERSONAGENS (Por ordem de aparição) Alice (já idosa). Alice menina(com

Leia mais

Casa de vidro. Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros

Casa de vidro. Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros ARQUITETURA Sidney Quintela PAISAGISMO Carla Oldemburg FOTOS Marcelo Aniello Casa de vidro Jardim e ambientes internos se fundem nesta casa onde paredes foram substituídas por vidros 52 CASA DE CAMPO Na

Leia mais

Conteúdo Programático INFANTIL I

Conteúdo Programático INFANTIL I Conteúdo Programático INFANTIL I Composição oral Identificação Cor: vermelha Forma: círculo Posições: Dentro e fora Natureza e Sociedade Carnaval Páscoa Dia do Índio Estação do Ano: Outono Experiências

Leia mais

VIVER a C A R I D A D E

VIVER a C A R I D A D E VIVER a C A R I D A D E A CARIDADE NA VIDA DE CLAUDIA Nada poderia sem a graça de Deus (Madre Claudia de Ângelis da Cruz) Introdução Viver a Caridade nasceu do desejo de tornar conhecida a vida e a obra

Leia mais

Jörg Garbers Ms. de Teologia

Jörg Garbers Ms. de Teologia Conhecendo-se O meu cônjuge o ser estranho Jörg Garbers Ms. de Teologia O que valoriza a mulher? Comunicação Dar e receber carinho e amor Sinceridade O que valoriza homem? Atividade em companhia Satisfação

Leia mais

MODERNISMO SEGUNDA GERAÇÃO (1930-1945)

MODERNISMO SEGUNDA GERAÇÃO (1930-1945) MODERNISMO SEGUNDA GERAÇÃO (1930-1945) Tarsila do Amaral, cartão-postal, 1929 1. Que elementos da natureza estão representados nessa obra? 2. Que aspectos da natureza brasileira Tarsila do Amaral escolheu

Leia mais

1º Lugar CONCURSO JOGOS FLORAIS 2009. Poesia Subordinada a Mote

1º Lugar CONCURSO JOGOS FLORAIS 2009. Poesia Subordinada a Mote CORTEJO DIVINO I As ruas são um jardim E na festa mais singela, Ao abrir duma janela, Um perfume de alecrim. Gentes que mostram assim, Que o Mundo tem mais valor E, em traços de pintor, Há quem pinte bem

Leia mais

I ANTOLOGIA DE POETAS LUSÓFONOS. Fantasias

I ANTOLOGIA DE POETAS LUSÓFONOS. Fantasias Fantasias Acordar dos sonhos, Se é que se chama sonho. Pois, nas noites de insônia tudo é verdadeiro, Na tortura, na incerteza Uma fantasia dentro de um veleiro. Sonhos na madrugada nevando, A loucura

Leia mais

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES

MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MANUAL SERVIÇOS AMBIENTAIS NO CORREDOR ETNOAMBIENTAL TUPI MONDÉ CADERNO DE ATIVIDADES MÓDULO I Corredor Etnoambiental Tupi Mondé Atividade 1 Conhecendo mais sobre nosso passado, presente e futuro 1. No

Leia mais

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA

DESENGANO CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA DESENGANO FADE IN: CENA 01 - CASA DA GAROTA - INT. QUARTO DIA Celular modelo jovial e colorido, escovas, batons e objetos para prender os cabelos sobre móvel de madeira. A GAROTA tem 19 anos, magra, não

Leia mais

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE

NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE NEJAD EXAME SUPLETIVO 2016 ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA DE ARTE ARTE RUPESTRE Arte rupestre é o nome da mais antiga representação artística da história do homem. Os mais antigos indícios dessa arte são

Leia mais

O MARAVILHOSO LIVRO DAS MENINAS

O MARAVILHOSO LIVRO DAS MENINAS O MARAVILHOSO LIVRO DAS MENINAS Rosemary Davidson e Sarah Vine Ilustrações de Natacha Ledwidge 5 SUMÁRIO INTRODUÇÃO 6 1. AGULHA E LINHA 8 2. NO QUINTAL 24 3. NA COZINHA 40 4. É VERÃO 60 5. VIDA AO AR LIVRE

Leia mais

Doce abrigo. ninho decoração. Texto Stéphanie Durante Realização Nuria Uliana Fotos Edu Castello

Doce abrigo. ninho decoração. Texto Stéphanie Durante Realização Nuria Uliana Fotos Edu Castello Fachada Com estrutura de toras de eucalipto citriodora e detalhes de pedras da região de Luminosa, MG, a cabana fica em terreno alto na Serra da Mantiqueira. A claraboia ilumina a sala de estar Doce abrigo

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. Aula 5.2 Conteúdo Os personagens do folclore brasileiro Habilidades Identificar

Leia mais

DATAS COMEMORATIVAS. CHEGADA DOS PORTUGUESES AO BRASIL 22 de abril

DATAS COMEMORATIVAS. CHEGADA DOS PORTUGUESES AO BRASIL 22 de abril CHEGADA DOS PORTUGUESES AO BRASIL 22 de abril Descobrimento do Brasil. Pintura de Aurélio de Figueiredo. Em 1500, há mais de 500 anos, Pedro Álvares Cabral e cerca de 1.500 outros portugueses chegaram

Leia mais

GUARDAS DE BELO HORIZONTE USAM TAPA-OUVIDOS

GUARDAS DE BELO HORIZONTE USAM TAPA-OUVIDOS CLUBE EDUCACIONAL GESTAR NA ESCOLA TRAJETÓRIA II Atividades da I Unidade 7º ano / 6ª série António Manuel Couto Viana (poeta português). Versos de palmo e meio (1994). (Fragmento). Questão 1 - A expressão

Leia mais

NOVEMBRO/2012 OUTUBRO/2012. A Bandeira

NOVEMBRO/2012 OUTUBRO/2012. A Bandeira NOVEMBRO/2012 Salve, salve nossa bandeira Impõe respeito em qualquer fronteira Suas cores são brilhantes Brilha tanto como diamantes. Respeitada em todo mundo Nos momentos da vida Essa Bandeira é sempre

Leia mais

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur

Cantinhos de fé. arquitetura decoração texto: Paula Ignacio. Ambientações do arquiteto João Mansur casa arquitetura decoração texto: Paula Ignacio Fotos: Beto Riginik/Divulgação Ambientações do arquiteto João Mansur Cantinhos de fé De santinhos católicos a anjos, velas, flores, sinos e outros símbolos,

Leia mais

Relaxamento: Valor: Técnica: Fundo:

Relaxamento: Valor: Técnica: Fundo: Honestidade Honestidade Esta é a qualidade de honesto. Ser digno de confiança, justo, decente, consciencioso, sério. Ser honesto significa ser honrado, ter um comportamento moralmente irrepreensível. Quando

Leia mais

Viajar com Crianças. Sem Stress

Viajar com Crianças. Sem Stress Viajar com Crianças Sem Stress A escolha do DESTINO Nem sempre podemos escolher o local da viagem. Às vezes vamos visitar um parente, por exemplo, ou existe o sonho antigo dos pais de conhecer algum lugar,

Leia mais

HISTÓRIA DO PAISAGISMO

HISTÓRIA DO PAISAGISMO 1 EMENTA Introdução. Aspectos relacionados ao mercado de flores no Brasil; métodos de propagação de flores e plantas ornamentais. Cultivo de flores de corte e vaso (gladíolo, crisântemo, violeta, rosa,

Leia mais

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de

Quando começou a pensar na alfabetização, em 1962, Paulo Freire trazia mais de 15 anos de PAULO FREIRE E A ALFABETIZAÇÃO Vera Lúcia Queiroga Barreto 1 Uma visão de alfabetização que vai além do ba,be,bi,bo,bu. Porque implica uma compreensão crítica da realidade social, política e econômica

Leia mais

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 142

PONTO DE APOIO SEREM DESENVOLVIDAS NAEDUCAÇÃOINFANTIL EENSINO FUNDAMENTAL, CONSIDERANDO AS HISTÓRIAS PUBLICADAS NA REVISTA PLANETA AZUL EDIÇÃO 142 CAPA PONTO DE APOIO CUIDAR RECONHECER QUE A HORTA ENVOLVE CUIDADOS, COMO IRRIGAÇÃO, DESBASTAÇÃO, ESPAÇAMENTO ENTRE AS MUDAS, COMPOSTAGEM, PODA, ENTRE OUTROS, ALÉM DO MONITORAMENTO DAS FASES DE CRESCIMENTO,

Leia mais

Use bem o seu dinheiro

Use bem o seu dinheiro 1016323-6 - abr/2012 Quer saber mais sobre como usar melhor o seu dinheiro? No site www.itau.com.br/usoconsciente, você encontra vídeos, testes e informações para uma gestão financeira eficiente. Acesse

Leia mais

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA

BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA SAUDAÇÃO À BANDEIRA 2009 NOVEMBRO/2009 BANDEIRA NACIONAL: IDENTIDADE BRASILEIRA Assim como nós, cidadãos, temos documentos para sermos identificados onde quer que estejamos, como brasileiros temos nossa

Leia mais

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa.

A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Encontro com a Palavra Agosto/2011 Mês de setembro, mês da Bíblia 1 encontro Nosso Deus se revela Leitura Bíblica: Gn. 12, 1-4 A Bíblia seja colocada em lugar de destaque, ao lado de uma vela acesa. Boas

Leia mais

Uma trufa e... 1000 lojas depois!

Uma trufa e... 1000 lojas depois! Uma trufa e... 1000 lojas depois! Autor: Alexandre Tadeu da Costa. Aluna: Lays Roberta Caçandro. Turma: 1º Ciências Contábeis. Venda Nova do Imigrante, Maio de 2012. Qual o principal assunto do livro.

Leia mais

1. Famílias que buscam equilíbrio. 2. Famílias que reconhecem que não perfeitas. 3. Famílias que aprendem a perdoar.

1. Famílias que buscam equilíbrio. 2. Famílias que reconhecem que não perfeitas. 3. Famílias que aprendem a perdoar. 1. Famílias que buscam equilíbrio. 2. Famílias que reconhecem que não perfeitas. 3. Famílias que aprendem a perdoar. Sobre a Série Meu Prazer Meu PRAZER A busca A Busca obstinada Obstinadapela peloprazer

Leia mais

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO

PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO SUGESTÕES DE ATIVIDADES Princípio Vital e Os Três Reinos 7 a 12 anos Extraidas da obra: PRÁTICA PEDAGÓGICA NA EVANGELIZAÇÃO Volume I de Walter Oliveira Alves Editora: IDE 234 TRABALHANDO COM CRIANÇAS DE

Leia mais

2ºano. 2º período 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA. 10 de junho de 2014

2ºano. 2º período 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA. 10 de junho de 2014 2ºano 1.2 HISTÓRIA & GEOGRAFIA 2º período 10 de junho de 2014 Cuide da organização da sua avaliação, escreva de forma legível, fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado

Leia mais

Projeto de cromoterapia para Quarto de Estudos Baseado em informações oferecidas e confirmadas pelo cliente. Observação: o amarelo deve ser aplicado

Projeto de cromoterapia para Quarto de Estudos Baseado em informações oferecidas e confirmadas pelo cliente. Observação: o amarelo deve ser aplicado Projeto de cromoterapia para Quarto de Estudos Baseado em informações oferecidas e confirmadas pelo cliente. Observação: o amarelo deve ser aplicado em tonalidades claras, lembramos que no momento da aplicação

Leia mais

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti!

Saudades. Quantas vezes, Amor, já te esqueci, Para mais doidamente me lembrar, Mais doidamente me lembrar de ti! Durante as aulas de Português da turma 10.º 3, foi lançado o desafio aos alunos de escolherem poemas e tentarem conceber todo um enquadramento para os mesmos, o que passava por fazer ligeiras alterações

Leia mais

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo.

Para a grande maioria das. fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Sonhos Pessoas Para a grande maioria das pessoas, LIBERDADE é poder fazer o que desejo fazer, ou o que eu tenho vontade, sem sentir nenhum tipo de peso ou condenação por aquilo. Trecho da música: Ilegal,

Leia mais

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA No. 38 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 7/8 PLANO DE AULA

ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA No. 38 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) IDADES: 7/8 PLANO DE AULA ALIANÇA MUNICIPAL ESPÍRITA DE JUIZ DE FORA (AME-JF) AULA No. 38 Departamento de Evangelização da Criança (DEC) I CICLO B IDADES: 7/8 1. TEMA: Causa e Efeito - o que é PLANO DE AULA 2. OBJETIVO: A criança

Leia mais

Passo a Passo de Maquiagem Maquiagem Rosa e Roxo A partir desta lição, vamos ver alguns tutoriais de maquiagens em fotos.

Passo a Passo de Maquiagem Maquiagem Rosa e Roxo A partir desta lição, vamos ver alguns tutoriais de maquiagens em fotos. Passo a Passo de Maquiagem Maquiagem Rosa e Roxo A partir desta lição, vamos ver alguns tutoriais de maquiagens em fotos. Os tutoriais são apenas de diferentes maquiagens para os olhos, com a pele já preparada.

Leia mais

trou - de deitar. A escrita sempre foi uma descarga de qual vou naquela tarde. Curava feridas velhas como... Suspirou.

trou - de deitar. A escrita sempre foi uma descarga de qual vou naquela tarde. Curava feridas velhas como... Suspirou. ENTRE O AMOR E O SILÊNCIO Capítulo 1 trou de deitar. A escrita sempre foi uma descarga de qual nov vou naquela tarde. Curava feridas velhas como... Suspirou. es ensoparem o rosto, o traves infantilidade.

Leia mais

LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus

LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus Lição 3: Alegria LIÇÃO 6 Bondade & Benignidade: Retribuindo a bondade de Deus RESUMO BÍBLICO Provérbios 11:17; Gálatas 5:22; Gálatas 6:10; Salmos 116:12 O ser humano reflete a benignidade e a bondade de

Leia mais

Tanto prazer me dava adubar a terra, afofá-la... espalhava-a vagarosamente com um ancinho de plástico verde. Lembro-me dele até hoje porque o mantive

Tanto prazer me dava adubar a terra, afofá-la... espalhava-a vagarosamente com um ancinho de plástico verde. Lembro-me dele até hoje porque o mantive A rosa azul Era lindo o meu jardim! Colorido, alegre, visitado por andorinhas, colibris, bem-te-vis e sabiás. Os canteiros, sempre, muito bem aparados e limpos... As plantas viçosas e brilhantes... Como

Leia mais

COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO

COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO COLÉGIO NACIONAL DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO Harmonia no lar Duas regras infalíveis na santa escola do bem Quem não estuda não sabe, quem não trabalha não tem A alegria de uma casa tem esse preço em comum

Leia mais

Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes!

Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes! Nas páginas a seguir, encontram-se as letras de todas as canções do CD Natal Brincante. Cante com o Bando de Brincantes! Adquira seu CD nas Lojas Multisom ou entre em contato com a gente. Bate o Sino (folclore

Leia mais

As fases da Lua. Depois do Sol, o astro que sempre despertou. Desenhe as fases da Lua que você conhece.

As fases da Lua. Depois do Sol, o astro que sempre despertou. Desenhe as fases da Lua que você conhece. A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ As fases da Lua Atenção Depois do Sol, o astro que sempre despertou mais o interesse das pessoas foi a Lua. Percorrendo a escuridão celeste, a Lua vem iluminando

Leia mais

Em algum lugar de mim

Em algum lugar de mim Em algum lugar de mim (Drama em ato único) Autor: Mailson Soares A - Eu vi um homem... C - Homem? Que homem? A - Um viajante... C - Ele te viu? A - Não, ia muito longe! B - Do que vocês estão falando?

Leia mais

Coaching para pessoas disponíveis, ambos

Coaching para pessoas disponíveis, ambos Nota da Autora 1001 maneiras de ser Feliz, é o meu terceiro livro. Escrevi Coaching para mães disponíveis e Coaching para pessoas disponíveis, ambos gratuitos e disponíveis no site do Emotional Coaching.

Leia mais

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6

Portuguese Poetry / 14-30 lines HS 5-6 Ai quem me dera 1. Ai, quem me dera, terminasse a espera 2. Retornasse o canto simples e sem fim, 3. E ouvindo o canto se chorasse tanto 4. Que do mundo o pranto se estancasse enfim 5. Ai, quem me dera

Leia mais

Curso de Discipulado

Curso de Discipulado cidadevoadora.com INTRODUÇÃO 2 Este curso é formado por duas partes sendo as quatro primeiras baseadas no evangelho de João e as quatro últimas em toda a bíblia, com assuntos específicos e muito relevantes

Leia mais

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE?

POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? POR QUE O MEU É DIFERENTE DO DELE? Rafael chegou em casa um tanto cabisbaixo... Na verdade, estava muito pensativo. No dia anterior tinha ido dormir na casa de Pedro, seu grande amigo, e ficou com a cabeça

Leia mais

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião

Família. Escola. Trabalho e vida econômica. Vida Comunitária e Religião Família Qual era a profissão dos seus pais? Como eles conciliavam trabalho e família? Como era a vida de vocês: muito apertada, mais ou menos, ou viviam com folga? Fale mais sobre isso. Seus pais estudaram

Leia mais

14 segredos que você jamais deve contar a ele

14 segredos que você jamais deve contar a ele Link da matéria : http://www.dicasdemulher.com.br/segredos-que-voce-jamais-deve-contar-aele/ DICAS DE MULHER DICAS DE COMPORTAMENTO 14 segredos que você jamais deve contar a ele Algumas lembranças e comentários

Leia mais

Não deixem nenhuma criança Em suas terras trabalhar Lhes digo com segurança Melhor pra elas é estudar

Não deixem nenhuma criança Em suas terras trabalhar Lhes digo com segurança Melhor pra elas é estudar EMPREGADO VERSOS EMPREGADOR Você empregador Cumpra o seu dever Registre o trabalhador E aperreio não vai ter Ele será seu defensor E vai fazer você crescer A carteira eu entrego Pra ter tudo anotado Ninguém

Leia mais

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS...

SOBRE ESTE LIVRO > SIGAM AS PISTAS... As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA

ESCOLA SECUNDÁRIA DE RAUL PROENÇA COMPETÊNCIAS DE LÍNGUA PORTUGUESA 1. Caça ao intruso. Os textos têm palavras a mais. Encontra-as. Volta a escrever o texto corrigido. Foram umas duas férias maravilhosas horríveis! Conta a Sara girafa ao companheiro, corada de tristeza

Leia mais

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.

Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri. Tia Pri Didáticos Educação Cristã PROIBIDA REPRODUÇÃO,CÓPIA OU DISTRIBUIÇÃO POR QUALQUER MEIO tiapri@tiapri.com (47) 3365-4077 www.tiapri.com Página 1 1. HISTÓRIA SUNAMITA 2. TEXTO BÍBLICO II Reis 4 3.

Leia mais

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." 2-Meditação da semana:

Quem te fala mal de. 10º Plano de aula. 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também. 2-Meditação da semana: 10º Plano de aula 1-Citação as semana: Quem te fala mal de outra pessoa, falará mal de ti também." Provérbio Turco 2-Meditação da semana: Mestre conselheiro- 6:14 3-História da semana: AS três peneiras

Leia mais

Com leveza e bom humor, a revista traz textos que falam de equilíbrio entre mente, corpo e sociedade.

Com leveza e bom humor, a revista traz textos que falam de equilíbrio entre mente, corpo e sociedade. VIDA SIMPLES ajuda o leitor a ver o mundo de um jeito novo, a refletir sobre os próprios sentimentos, a identificar tendências de comportamento e a buscar modos originais de interagir no meio social. Promove

Leia mais

NOVEMBRO/2010. Amada Bandeira OUTUBRO/2010 BRASIL... Singela Bandeira Verde, amarela A mais bela entre elas Só poderia ser brasileira.

NOVEMBRO/2010. Amada Bandeira OUTUBRO/2010 BRASIL... Singela Bandeira Verde, amarela A mais bela entre elas Só poderia ser brasileira. NOVEMBRO/2010 Amada Bandeira Singela Bandeira Verde, amarela A mais bela entre elas Só poderia ser brasileira. Amanda bandeira que orgulho nos traz Azul como céu, branca da paz Vamos respeitar sempre a

Leia mais

O DIA EM QUE O KLETO ACHOU DINHEIRO

O DIA EM QUE O KLETO ACHOU DINHEIRO 1 2 O DIA EM QUE O KLETO ACHOU DINHEIRO Rubens Balestro O achado O Kleto era um menino que morava no interior, numa casa de material que ficava na beira de uma estrada. Ele não era rico, mas não era pobre

Leia mais

Gaspar e o bebé Naquele dia, os pais do Gaspar pareciam um pouco atrapalhados. O que teriam eles? - perguntava-se o nosso amigo, vendo que o pai estava sempre a andar de um lado para o outro e que a mãe

Leia mais

JESUS. rosto divino do homem, rosto humano de DEUS. Projeto: Luciano Mancuso. Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso

JESUS. rosto divino do homem, rosto humano de DEUS. Projeto: Luciano Mancuso. Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso JESUS rosto divino do homem, rosto humano de DEUS Projeto: Luciano Mancuso Equipe: André Figueiredo Keyla Gripp João Paulo (JP) Luciano Mancuso Distribuidor de balões da Artlatex www.cerradolatex.com.br

Leia mais

JOSÉ ARAÚJO CISNE BRANCO

JOSÉ ARAÚJO CISNE BRANCO CISNE BRANCO 1 2 JOSÉ ARAÚJO CISNE BRANCO 3 Copyright 2011 José Araújo Título: Cisne Branco Editoração e Edição José Araújo Revisão e diagramação José Araújo Capa José Araújo Classificação: 1- Literatura

Leia mais

CLIENTE ENTREVISTA. H: Opine as possibilidades que podemos fazer em meu conforto, my favorite place, também conhecido como meu quarto.

CLIENTE ENTREVISTA. H: Opine as possibilidades que podemos fazer em meu conforto, my favorite place, também conhecido como meu quarto. Hugo Dellasta, 17 Anos Estudante. CLIENTE ENTREVISTA H: Opine as possibilidades que podemos fazer em meu conforto, my favorite place, também conhecido como meu quarto. K: Então, gostaria de saber o que

Leia mais

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã

O sucesso de hoje não garante o sucesso de amanhã Com certeza, esse final de século XX e começo de século XXI mudarão nossas vidas mais do que elas mudaram há 30-40 anos atrás. É muito difícil avaliar como será essa mudança, mas é certo que ela virá e

Leia mais

Escolhendo a Base Para peles oleosas, o indicado é escolher uma base que seja oil free, ou seja livre de óleo. Para peles secas ou mistas, a base

Escolhendo a Base Para peles oleosas, o indicado é escolher uma base que seja oil free, ou seja livre de óleo. Para peles secas ou mistas, a base Preparação da Pele Mas afinal, a pele deve ser preparada antes ou depois de fazer a maquiagem nos olhos? Isto irá depender de pessoa para pessoa, de maquiador para maquiador. Muitos preferem começar a

Leia mais

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO.

Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. Ap. Ozenir Correia TEMA: OPERAÇÃO JERICÓ X OPERAÇÃO LAVA JATO. TEXTO: 1 Entrando em Jericó, atravessava Jesus a cidade. 2 Eis que um homem, chamado Zaqueu, maioral dos publicanos e rico, 3 procurava ver

Leia mais