PERFIL E COMPETÊNCIAS DO TERAPEUTA EXPRESSIVO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PERFIL E COMPETÊNCIAS DO TERAPEUTA EXPRESSIVO"

Transcrição

1 APRESENTAÇÃO As terapias expressivas, consideradas práticas psicoterapêuticas de mediação corporal, têm vindo a crescer em termos de campos de acção desde a saúde mental, passando pelas dificuldades de aprendizagem, inserção social, deficiência física, etc., de aplicações de técnicas e metodologias e de princípios teóricos de fundamentação. Tal crescimento deve-se, em parte, aos resultados observados pela sua prática nos diversos contextos de aplicação, o que vem ocorrendo desde meados do século XX. Não obstante, no nosso país, as terapias expressivas serem uma prática quase inexistente que está, agora, a romper em passos largos, na Europa existe já bastante formação e procura de profissionais das diferentes terapias expressivas. Inclusivamente as principais associações das diferentes artes terapias definiram um modelo de formação necessária aos terapeutas pela arte, modelo esse que, aliás, tentámos manter nos cursos de especialização que oferecemos. Neste sentido, optámos por definir três cursos de especialização com uma forte componente prática e vivencial: em dança movimento terapia, em musicoterapia e em arteterapia. Os três cursos, embora funcionando separadamente, mantêm um tronco comum, nomeadamente nas disciplinas de psicoterapia, psicopatologia e arte e terapia. É nosso objectivo, assim, possibilitar o discente de frequentar, se for essa a sua opção, mais do que uma especialização com carga horária e custo menores. Cada curso de especialização é constituído por um total de 0 ECTS, distribuídos por 21 semanas. As horas de contacto decorrerão em horário póslaboral sexta feira e sábado o que perfaz uma carga horária de 11 horas semanais, das quais duas constituem, do início ao fim do programa curricular, grupos vivenciais permitindo aos alunos experienciar o processo terapêutico. 1

2 PERFIL E COMPETÊNCIAS DO TERAPEUTA EXPRESSIVO O terapeuta expressivo trabalha com uma variedade de pessoas com desequilíbrios emocionais, dificuldades de aprendizagem, doença física ou mental, deficiência mental ou, simplesmente, pessoas que pretendam utilizar a terapia pela arte como meio de crescimento pessoal e social. A especialização em terapias expressivas pretende fornecer vivências, meios e técnicas de intervenção que possibilitem os seus alunos - profissionais de saúde, da educação e do movimento - a aplicação destas, quando conveniente, na sua prática profissional. Entre as competências (saber, saber fazer, saber estar e saber ser) que o terapeuta expressivo deve adquirir ao longo da formação, salientam-se as capacidades de: Análise, crítica e autocrítica Organização e planificação Comunicação e de relacionamento Resolução de problemas através da aplicação de métodos e técnicas de avaliação e de intervenção Adaptação a novas situações Relação com diversas áreas disciplinares na integração teórico-prática, utilizando quadros conceptuais de compreensão dos acontecimentos Respeito pela diversidade e multiculturalidade Ética profissional Criatividade, abertura, rigor, compromisso, responsabilidade, flexibilidade, sensibilidade, solidariedade Liderança e gestão 2

3 SAÍDAS PROFISSIONAIS O terapeuta expressivo pode encontrar saídas profissionais em: Hospitais Instituições educativas Educação especial e reabilitação Serviços ligados à justiça e reinserção social Serviços prisionais Clínicas e centros de consulta psicológica Serviços de intervenção comunitária Instâncias tutelares de menores Área de exclusão social Centros de atendimento a Toxicodependentes conjugal Área de apoio em programas de profilaxia da violência social, parental, Prática privada 3

4 PLANO CURRICULAR A presente proposta curricular encontra-se estruturada em três áreas científicas a seguir enumeradas: a) Ciências Sociais e do Comportamento b) Artes c) Programas Gerais A primeira área científica corresponde a domínios da formação em Psicologia e em Psicoterapia. A segunda área científica diz respeito ao conhecimento teórico e prático das expressões da respectiva área dança movimento terapia, musicoterapia ou arteterapia, a sua relação com a saúde e a sua possível aplicação terapeutica. A terceira área científica corresponde a um trabalho de projecto que os alunos deverão fazer para a apresentação de um estudo de caso em terapias expressivas. Seguindo o espírito presente no sistema ECTS, a cada disciplina foi atribuído um número de unidades de crédito em função da carga horária semanal de trabalho que é suposto ser realizado pelo estudante. crédito. Os quadros a seguir apresentados, indicam a distribuição das unidades de 4

5 DISTRIBUIÇÃO DAS UNIDADES DE CRÉDITO POR UNIDADE CURRICULAR Curso de Especialização em Dança Movimento Terapia Unidades curriculares ECTS Introdução à Psicoterapia Preparação em DMT:grupo vivencial Arte e Terapia Psicopatologia Introdução à Dançaterapia Observação e Análise do Movimento 7 Observação e Análise do Movimento: aplicações clínicas DMT: Técnicas de Intervenção Apresentação de Caso 4 8

6 Curso de Especialização em Arteterapia Unidades curriculares ECTS Introdução à Psicoterapia Preparação em Arteterapia:grupo vivencial Arte e Terapia Psicopatologia Introdução à Arteterapia Mediadores de Expressão em Arteterapia 9 Arteterapia: Técnicas de Intervenção 12 Apresentação de Caso 8 Curso de Especialização em Musicoterapia Unidades curriculares obrigatórias ECTS Introdução à Psicoterapia Preparação em Musicoterapia:grupo vivencial Arte e Terapia Psicopatologia Introdução à Musicoterapia Música e Musicoterapia 9 Musicoterapia: Aplicações Clínicas 12 Apresentação de Caso 8

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2012/2013

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2012/2013 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2012/2013 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia

1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia 1.1. Matriz Curricular do Curso de Bacharelado em Psicologia 1 SEMESTRE Fundamentos Históricos e Epistemológicos da Psicologia 60 Desenvolvimento do Conhecimento Científico 60 Comunicação e Expressão 60

Leia mais

GRADE II ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PSICOLOGIA

GRADE II ESTÁGIO SUPERVISIONADO EM PSICOLOGIA PRÉ-REQUISITOS PARA OS ESTÁGIOS EM PSICOLOGIA Aprovado para inserção no regulamento de estágios em reunião do Departamento de Psicologia em 07/06/06 para entrar em vigor a partir do primeiro semestre letivo

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015 Programa da Unidade Curricular EXPRESSÃO CORPORAL E ARTÍSTICA Ano Lectivo 2014/2015 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade

Leia mais

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular

Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA. Detalhamento da Matriz Curricular Faculdade Pernambucana de Saúde PSICOLOGIA Detalhamento da Matriz Curricular Eixo Temático Módulo Carga Horária Código subjetividade: o sujeito o seu meio e a cultura O Homem como ser Social 70 PSI01-01

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO. Colaboradores

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO. Colaboradores RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO Colaboradores 2010 1. PROCEDIMENTO Os questionários de avaliação do desempenho dos colaboradores foram aplicados, em suporte papel, pelos respectivos responsáveis de

Leia mais

Mestrado Integrado em Psicologia. Ano Letivo 2013/2014. Calendário de Avaliações - Época Especial

Mestrado Integrado em Psicologia. Ano Letivo 2013/2014. Calendário de Avaliações - Época Especial Mestrado Integrado em Psicologia Ano Letivo 2013/2014 Calendário de Avaliações - 1º Ano Bases Biológicas do Comportamento 9 julho11.00h Estatística I 7 julho 11.00h História, Epistemologia da Psicologia

Leia mais

Formação em Arte-Terapia. Nível I Arte-Terapeuta Institucional Universidade do Algarve

Formação em Arte-Terapia. Nível I Arte-Terapeuta Institucional Universidade do Algarve Formação em Arte-Terapia Nível I Arte-Terapeuta Institucional 2017 Universidade do Algarve 1 Nível I Arte-Terapeuta Institucional, sob Supervisão A única formação de Arte-Terapeutas em Portugal! - Vantagens

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INTERVENÇÃO Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INTERVENÇÃO Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular METODOLOGIAS DE INTERVENÇÃO Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Musicoterapia 3. Ciclo de Estudos 2º 4. Unidade

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular PSICOLOGIA DA ARTE E EXPRESSIVIDADE Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Comunicação e Multimédia 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA

FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA FACULDADES PEQUENO PRINCIPE FPP MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA Cada Crédito (Cr) teórico, prático e de estágio corresponde a 18 horas 1º PERIODO CARGA HORÁRIA Concepções do Pensamento filosófico

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO Tecnológica em Intervenção em Toxicodependências

CURSO DE EDUCAÇÃO Tecnológica em Intervenção em Toxicodependências CURSO DE EDUCAÇÃO Tecnológica em Intervenção em Toxicodependências 1 Caracterização geral do curso de especialização tecnológica 1. Instituição de formação: Universidade dos Açores - Departamento de Ciências

Leia mais

LogBook de Psiquiatria 2017

LogBook de Psiquiatria 2017 LogBook Psiquiatria Caro(a) colega: É com grande prazer que te dou, em nome da ANEM, as boas-vindas ao teu CEMEF. Investimos muito trabalho na sua organização por acreditarmos que um estágio individual

Leia mais

Educação Social. Plano de estudos

Educação Social. Plano de estudos Plano de estudos 1 APRESENTAÇÃO A matriz apresentada pela Licenciatura em Educação, curso do Departamento de Ciências da Educação e do Património, pretende acompanhar as directrizes emanadas da Declaração

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014 Programa da Unidade Curricular CONSULTA PSICOLÓGICA E EXAME PSICOLÓGICO Ano Lectivo 2013/2014 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (2º Ciclo) 2. Curso Mestrado em Psicologia Clínica 3. Ciclo

Leia mais

Formação de Arte-Terapeuta Institucional

Formação de Arte-Terapeuta Institucional Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia & Universidade da Madeira Formação de Arte-Terapeuta Institucional Sob Supervisão Nível I MADEIRA Universidade da Madeira Sociedade Portuguesa de Arte-Terapia A Sociedade

Leia mais

PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO

PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO PSICOLOGIA MATUTINO / NOTURNO 1º Ano / 1º Semestre / 1º Período Epistemologia e História da Psicologia I Estatística Instrumentos e Projetos de Pesquisa em Psicologia I Metodologia de Pesquisa @ Neurofisiologia

Leia mais

O Perfil do Psicólogo na Administração Local

O Perfil do Psicólogo na Administração Local CATEGORIA AUTORIA JANEIRO 15 Perfis do Psicólogo Gabinete de Estudos Técnicos O Perfil do Psicólogo na Administração Local Sugestão de Citação Ordem dos Psicólogos Portugueses (2015). O Perfil do Psicólogo

Leia mais

Provas e Contextos na Clínica Projectiva

Provas e Contextos na Clínica Projectiva ÍNDICE Técnicas Temáticas (T.A.T. e C.A.T.-A): Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Rorschach Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Avaliação Psicológica em Contexto Forense Entrevista Clínica: Formas

Leia mais

COMUNIDADE DE INSERÇÃO SOCIAL DE ESPOSENDE REGULAMENTO

COMUNIDADE DE INSERÇÃO SOCIAL DE ESPOSENDE REGULAMENTO COMUNIDADE DE INSERÇÃO SOCIAL DE ESPOSENDE REGULAMENTO ESPOSENDE SOLIDARIO ASSOCIAÇÃO CONCELHIA PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO, é uma Organização Não Governamental Sem Fins Lucrativos e de Utilidade

Leia mais

PÓS GRADUAÇÃO. Arte-Terapia. Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO Porto

PÓS GRADUAÇÃO. Arte-Terapia. Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO Porto PÓS GRADUAÇÃO Arte-Terapia Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte Terapia EDIÇÃO 2016 Porto Arte-Terapia Aplicações Pedagógicas e Institucionais da Arte-Terapia PÓS-GRADUAÇÃO Aplicações Pedagógicas

Leia mais

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR. Universidade do Minho Escola Superior de Enfermagem

DGES DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR MINISTÉRIO DA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E ENSINO SUPERIOR. Universidade do Minho Escola Superior de Enfermagem Universidade do Minho Escola Superior de Enfermagem DOSSIER DIRECÇÃO GERAL DO ENSINO SUPERIOR BRAGA, 2006 1 PEDIDO DO REGISTO DE CRIAÇÃO DO CURSO DE PÓS LICENCIATURA DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM DE

Leia mais

QUADRO DE VAGAS 2018/1 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA

QUADRO DE VAGAS 2018/1 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE HOSPITAL PSIQUIÁTRICO SÃO PEDRO DIREÇÃO DE ENSINO E PESQUISA QUADRO DE VAGAS ESTÁGIO CURRICULAR 2018/1 QUADRO DE VAGAS 2018/1 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA

Leia mais

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20

Ciências Genéticas. Atividades Complementares 20. Ciências Humanas Ciências Sociais Ciências Biológicas. Atividades Complementares 20 MÓDULO I Bases Elementares para o Estudo e Compreensão do Comportamento: Aspectos Históricos INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE LONDRINA - INESUL CARGA HORÁRIATOTAL DO CURSO 4250 horas relógio CARGA HORÁRIA

Leia mais

REORGANIZAÇÃO DAS LICENCIATURAS DA U. M.

REORGANIZAÇÃO DAS LICENCIATURAS DA U. M. CAc P 1-02/03 REORGANIZAÇÃO DAS LICENCIATURAS DA U. M. 1. Introdução A expansão da rede do Ensino Superior Público e Privado, que ocorreu nas décadas de 80 e 90, trouxe como consequência, aliás previsível,

Leia mais

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania.

Promover condições de empregabilidade das pessoas com deficiências e incapacidades, visando a consagração do direito de exercício pleno da cidadania. Formação Profissional para Pessoas ou Grupos com Necessidades Especiais Práticas do Centro de Reabilitação Profissional da CERCIPENICHE Cooperativa de Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de

Leia mais

Após preenchimento enviar para: Gabinete de Imagem e Relações Públicas -

Após preenchimento enviar para: Gabinete de Imagem e Relações Públicas - Divulgação da oferta formativa da Universidade da Madeira Informações relativas a Ciclos de Estudos e Cursos da UMa a fornecer pelos Directores de Curso Após preenchimento enviar para: Gabinete de Imagem

Leia mais

Pós-graduação em Práticas de gerontologia e geriatria (Santarém)

Pós-graduação em Práticas de gerontologia e geriatria (Santarém) Pós-graduação em Práticas de gerontologia e geriatria (Santarém) 40% das aulas são praticas Tema Pág 1. Objectivo 2 2. Programa geral 2 3. Destinatários 3 4. Duração 3 5. Vagas 3 6. Horário 3 7. Informação

Leia mais

Universidade de Évora Instituto Politécnico de Beja - Escola Superior de

Universidade de Évora Instituto Politécnico de Beja - Escola Superior de Universidade de Évora Instituto Politécnico de Beja - Escola Superior de Saúde Instituto Politécnico de Castelo Branco - Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias Instituto Politécnico de Portalegre - Escola

Leia mais

ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2007/1 MODALIDADE: EXTENSÃO

ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2007/1 MODALIDADE: EXTENSÃO ATIVIDADES COMPLEMENTARES 2007/1 MODALIDADE: EXTENSÃO 1. Auto - estima e retorno ao trabalho Local: Clínica Psicológica, UBS Pestano/Fátima 1. Professora Responsável: Rosane Pinheiro Kruger Feijó 2. Tempo

Leia mais

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA

NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA NOVO PLANO DE ESTUDOS DO MESTRADO INTEGRADO EM PSICOLOGIA Novo Plano de estudos 1º ciclo 1º Ano - 1º Semestre 1º Ano - 2º Semestre Temas de Psicologia Geral Biologia e Genética Métodos de Investigação

Leia mais

Planificação de Actividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Lectivo 2011/2012

Planificação de Actividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Lectivo 2011/2012 Planificação de Actividades do Serviço de Psicologia e Orientação Ano Lectivo 2011/2012 Psicóloga Ana Rita Antunes (Pré-escolar e 1º Ciclo) C.P. nº 5148 Psicóloga Filipa Braamcamp Sobral (2º e 3º Ciclos

Leia mais

Sistema Educativo de Portugal

Sistema Educativo de Portugal Departamento de Ciências da Educação Curso de 1.º Ciclo em Ciências da Educação Unidade Curricular: Educação Comparada Ano lectivo - 2009/2010 2.ºAno 1.º Semestre Sistema Educativo de Portugal Investigação

Leia mais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais

PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA. ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais PROPOSTAS DE ESTÁGIO - IA Proposta número 1 Ênfase Processos Organizacionais ESTÁGIO OBRIGATÓRIO EM PSICOLOGIA E PROCESSOS ORGANIZACIONAIS IA Título: Psicologia e Processos Organizacionais Professora Supervisora:

Leia mais

Instituto de Educação Universidade de Lisboa

Instituto de Educação Universidade de Lisboa Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Mestrado em Educação Especialização: Educação e Tecnologias Digitais 14 15 Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa

Leia mais

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO: PSICOLOGIA HORÁRIA 1 SEMESTRE 2 SEMESTRE 3 SEMESTRE

ESTRUTURA CURRICULAR CURSO: PSICOLOGIA HORÁRIA 1 SEMESTRE 2 SEMESTRE 3 SEMESTRE ESTRUTURA CURRICULAR - 2017 CURSO: PSICOLOGIA DISCIPLINA CARGA HORÁRIA C. H. TEORICA C.H. PRÁTICA Nº DE 1 SEMESTRE 1 HISTÓRIA DA PSICOLOGIA 1 ANATOMIA HUMANA 60 60 ---- 3 1/2 1 PSICOLOGIA GERAL 90 90 ----

Leia mais

QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA

QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SAÚDE HOSPITAL PSIQUIÁTRICO SÃO PEDRO DIREÇÃO DE ENSINO E PESQUISA QUADRO DE VAGAS 2017/2 ESTÁGIO CURRICULAR PSICOLOGIA LOCAL VAGAS MODALIDADE DE ESTÁGIO Data

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOMOTRICIDADE Ano Lectivo 2011/2012

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular PSICOMOTRICIDADE Ano Lectivo 2011/2012 UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA Programa da Unidade Curricular PSICOMOTRICIDADE Ano Lectivo 2011/2012 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Motricidade Humana 3. Ciclo de Estudos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA DO ESTADO DO AMAPÁ CENTRO DE EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS PENAIS ANEXO I

GOVERNO DO ESTADO DO AMAPÁ INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO PENITENCIÁRIA DO ESTADO DO AMAPÁ CENTRO DE EXCELÊNCIA EM SERVIÇOS PENAIS ANEXO I ANEXO I COD DISCIPLINA CARGA HORÁRIA FORMAÇÃO EXIGIDA CONTEÚDO PLANO DE AULA / APRESENTAÇÃO 01 Sistema de Segurança Pública no Amapá Instituto de Administração Penitenciária do Amapá - competências 02

Leia mais

Matutino. Primeiro Período

Matutino. Primeiro Período GRADE CURRICULAR DE PSICOLOGIA 2016/1 Matutino CÓDIGO DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA SEMESTRAL COMUNICAÇÃO E EXPRESSÃO PSI0465 FILOSOFIA DA PSICOLOGIA 30 PSI0277 PSICOLOGIA E DESENVOLVIMENTO HUMANO I 60 PSI0278

Leia mais

PROJECTO DE INTERVENÇÃO PRECOCE DO CAP FUNCHAL

PROJECTO DE INTERVENÇÃO PRECOCE DO CAP FUNCHAL PROJECTO DE INTERVENÇÃO PRECOCE DO CAP FUNCHAL 1. INTRODUÇÃO O Projecto de Intervenção Precoce do Centro de Apoio Psicopedagógico do Funchal pretende dar resposta a um grupo de crianças em risco biológico,

Leia mais

Provas e Contextos na Clínica Projectiva

Provas e Contextos na Clínica Projectiva ÍNDICE FORMAÇÃO ESPECÍFICA Técnicas Temáticas (T.A.T. e C.A.T.-A): Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Rorschach Teoria, Método, e Aplicações Clínicas Entrevista Clínica: Formas e Contextos Avaliação

Leia mais

PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO

PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO PROJETO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO AO UNIVERSITÁRIO GUARAPUAVA 2017 1. Introdução O Núcleo de Apoio Psicopedagógico (NAPP) é um órgão de apoio educacional, de caráter permanente e de natureza multidisciplinar

Leia mais

Avaliação de Desempenho Docente

Avaliação de Desempenho Docente Dicas para a elaboração de um Portefólio Avaliação de Desempenho Docente O PORTEFÓLIO deve conter um registo das reflexões e das práticas e deve estar devidamente documentado. 13-04-2008 1 Deve conter:

Leia mais

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!!

ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! ATENÇÃO AOS REQUISITOS!!! Currículo 1/303 Psicologia no Contexto Social: Trabalho I; Prática Interdisciplinar em Psicologia III (Grupos); Prática Interdisciplinar em Psicologia IV: Psicopatologia; Psicologia

Leia mais

Oficinas de Prática Criativa

Oficinas de Prática Criativa de Prática Um PROJECTO de promoção da criação artística através da realização de oficinas itinerantes nas freguesias rurais do Concelho. Funcionando, principalmente, em horário pós-laboral, permite a participação

Leia mais

ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA CECÍLIA IDEÁRIO EDUCATIVO

ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA CECÍLIA IDEÁRIO EDUCATIVO ACADEMIA DE MÚSICA DE SANTA CECÍLIA IDEÁRIO EDUCATIVO Ideário Educativo da Academia de Música de Santa Cecília ESCOLA DE ENSINO INTEGRADO A AMSC define-se como uma Escola de Ensino Integrado que garante,

Leia mais

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP)

CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) CONTROLE DE CONTEÚDO - TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL DE SÃO PAULO ANALISTA JUDICIÁRIO ÁREA: PSICOLOGIA (TRE-SP AJAP) 1 Ortografia oficial. GRAMÁTICA E INTERPRETAÇÃO DE TEXTO DA LÍNGUA PORTUGUESA CONTEÚDO

Leia mais

UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E GESTÃO EMPREENDEDORISMO

UNIVERSIDADE DOS AÇORES DEPARTAMENTO DE ECONOMIA E GESTÃO EMPREENDEDORISMO DOCENTES: Prof. Doutor Gualter Couto Mestre Carlos Faias PROGRAMA - 2007/2008 OBJECTIVOS: Esta cadeira introduz os alunos aos princípios básicos do empreendedorismo e da criação e desenvolvimento de um

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E.

SERVIÇO DE PSICOLOGIA CLÍNICA. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Hospital de Sousa Martins Unidade Local de Saúde da Guarda, E.P.E. Actividades Avaliação psicológica / psico-pedagógica; Intervenção psicoterapêutica; Aconselhamento psicológico; Intervenção em crise;

Leia mais

Coordenação de Psicologia

Coordenação de Psicologia Coordenação de Psicologia ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PSICOLOGIA INESP/FUNEDI/UEMG 2º SEMESTRE 2011 ESTÁGIOS OFERECIDOS PARA OS ALUNOS DE 5º ao 7º PERÍODOS (Núcleo Básico) 1. ANÁLISE INSTITUCIONAL

Leia mais

FACULDADE DE PSICOLOGIA

FACULDADE DE PSICOLOGIA FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA (Adequada conforme as exigências da Resolução CES/CNE/MEC n. 08, de 07 de maio de 2004). (Matriz curricular aprovada pela Resolução Consuni

Leia mais

DADOS GERAIS 1. EMENTA/SÚMULA

DADOS GERAIS 1. EMENTA/SÚMULA PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO CURSO: Medicina TURMAS: ATIVIDADE CURRICULAR: Habilidades Médicas III CÓDIGO: ANO LETIVO: 4º Período 2011 NATUREZA: Prática CARGA HORÁRIA SEMANAL: 4horas CARGA HORÁRIA TOTAL:

Leia mais

No final do estágio, o estudante deverá realizar um balanço global do mesmo (cf. Anexo 3) que deverá anexar no seu relatório final.

No final do estágio, o estudante deverá realizar um balanço global do mesmo (cf. Anexo 3) que deverá anexar no seu relatório final. No final do estágio, o estudante deverá realizar um balanço global do mesmo (cf. Anexo 3) que deverá anexar no seu relatório final. 2.1. Relatório de Estágio O relatório final do estágio tem uma dimensão

Leia mais

CURSO BÁSICO DE FORMAÇÃO DE DIRIGENTES

CURSO BÁSICO DE FORMAÇÃO DE DIRIGENTES CURSO BÁSICO DE FORMAÇÃO DE DIRIGENTES DEFINIÇÃO DO CURSO A Portugal Football School (PFS) faz parte da Unidade de investigação e desenvolvimento da Federação Portuguesa de Futebol onde fica concentrada

Leia mais

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA

Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado. Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA Normas de Estágio Curricular Não Obrigatório Remunerado Instituto de Ciências Humanas, Letras e Artes - ICHLA - Curso de Psicologia Currículo 2011/01 e 2013/01 Descrição do Curso: O Curso de Psicologia

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO ESCOLA SECUNDÁRIA DE CALDAS DAS TAIPAS CURSOS PROFISSIONAIS DE NÍVEL SECUNDÁRIO Planificação Psicologia 11º Ano ANO LETIVO 2014/2015 10º GRUPO B MÓDULO 5- Fatores e Processos de Aprendizagem 1. Aprendizagem

Leia mais

Psicologia e Educação

Psicologia e Educação Psicologia e Educação 2016.2 Profª. MSc. Fernanda Lima. Unidade III: O que pode fazer o psicólogo na escola. Psicólogo escolar: Papéis e funções na escola. Escola é um espaço social onde pessoas convivem

Leia mais

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre

Ano lectivo 2011/12 MIPSI. 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos. 1º Semestre Ano lectivo 2011/12 MIPSI 1.º Ciclo 1.º ano novo plano de estudos Grandes ideias da Psicologia (Armando Machado) Introdução às Neurociências (Escola de Medicina) Métodos de Investigação em Psicologia -

Leia mais

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2016

Pró-Reitoria de Graduação. Plano de Ensino 1º Quadrimestre de 2016 Caracterização da disciplina Código da NHZ5021-15 Nome da Educação em saúde e sexualidade disciplina: disciplina: Créditos (T-P-I): (3-0-3) Carga horária: 36 horas Aula prática: - Câmpus: SA Código da

Leia mais

Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos

Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos Matriz Curricular do Curso de Psicologia Bacharelado 2014 Ênfase II Ênfase II Psicologia e Processos Educativos 1º PERÍODO HR Antropologia Epistemologia e História da Psicologia I Filosofia Leitura e Produção

Leia mais

SOCIEDADES E ASSOCIAÇÕES DE PSICOTERAPIA PROTOCOLADAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PSICANÁLISE E PSICOTERAPIA PSICANALÍTICA

SOCIEDADES E ASSOCIAÇÕES DE PSICOTERAPIA PROTOCOLADAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PSICANÁLISE E PSICOTERAPIA PSICANALÍTICA SOCIEDADES E ASSOCIAÇÕES DE PSICOTERAPIA PROTOCOLADAS ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE PSICANÁLISE E PSICOTERAPIA PSICANALÍTICA Apresentação da psicoterapia e do(s) modelo(s) teórico(s) subjacente(s) A Associação

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR 2002/1 EMENTAS

MATRIZ CURRICULAR 2002/1 EMENTAS MATRIZ CURRICULAR 2002/1 EMENTAS DISCIPLINA: ADE003- Política Educacional Estado e educação. Estado, educação, estrutura social e mecanismo de decisão. Diretrizes e financiamento da educação. A ação do

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Formação em Psicoterapia Psicanalítica pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Psicanalítica (sem realização do trabalho final)

CURRICULUM VITAE. Formação em Psicoterapia Psicanalítica pela Sociedade Portuguesa de Psicoterapia Psicanalítica (sem realização do trabalho final) CURRICULUM VITAE I. IDENTIFICAÇÃO NOME: MORADA: Sandra Cristina Moreira Gomes Tomás Av. Rio de Janeiro, 10 2º.dto 1700-334 Lisboa D. NASC.: 7 de Janeiro de 1973 B. IDENTIDADE: 9887335 de 18-04-2019 CONT.

Leia mais

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO DO ISCE DE FELGUEIRAS

CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO DO ISCE DE FELGUEIRAS - CURSOS DE PÓS-GRADUAÇÃO/ESPECIALIZAÇÃO DO ISCE DE FELGUEIRAS REGULAMENTO PROJETO E SEMINÁRIOS DE INVESTIGAÇÃO O Conselho Técnico-Científico do ISCE Douro, na sua reunião de 6 de maio de 2015, deliberou,

Leia mais

Inscrição e Alargamento do Prazo

Inscrição e Alargamento do Prazo 3, 4 e 5 de fevereiro 2017 Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa Inscrição e Alargamento do Prazo Desde a sua criação legal em 1983 (DL n.º 310/83, de 1 de julho), o Ensino Artístico Especializado tem vindo

Leia mais

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O

CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O CURSO DE PREPARAÇÃO PARA O EXAME DE ACESSO À CARREIRA DE ADMINISTRADOR DE INSOLVÊNCIA a) A designação da ação: Curso de Preparação para o Exame de Acesso à Carreira de Administrador de Insolvência b) A

Leia mais

Direito é na Católica

Direito é na Católica é na Católica D UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA FACULDADE DE DIREITO Índice Um Curso de D inovador Dos métodos de ensino ao plano curricular, descubra porque estamos na vanguarda. Internacionalização:

Leia mais

Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE. 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011

Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE. 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011 Aviso de Abertura das Candidaturas à Pós-Graduação em Educação Musical Madeira Funchal 3ª FASE 18 de Julho a 26 de Agosto de 2011 1. Introdução A presente proposta refere-se a uma pós-graduação de 60 créditos

Leia mais

47º Curso de Especialização em Saúde Pública Regulamento

47º Curso de Especialização em Saúde Pública Regulamento 47º Curso de em Saúde Pública Regulamento 1º. Âmbito O 47º Curso de em Saúde Pública (CESP) será ministrado com a missão de dar resposta às necessidades formativas do estágio de mesmo nome previsto no

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ESTÁGIO

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ESTÁGIO Serviços de Acção Social da Universidade de Coimbra Gabinete de Aconselhamento Psicológico MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE ESTÁGIO DO GAP-SASUC GAP-SASUC - Sede Rua Dr. Guilherme Moreira, 12 3000-210 Coimbra

Leia mais

MESTRADO EM FISIOTERAPIA EDITAL 1ª EDIÇÃO 2017/2019

MESTRADO EM FISIOTERAPIA EDITAL 1ª EDIÇÃO 2017/2019 MESTRADO EM FISIOTERAPIA EDITAL 1ª EDIÇÃO 2017/2019 1. APRESENTAÇÃO O mestrado em Fisioterapia organizado pela Escola Superior de Saúde do Vale do Sousa do Instituto Politécnico de Saúde do Norte, tendo

Leia mais

Plano de atividades CATL 2016/2017

Plano de atividades CATL 2016/2017 CATL 2016_2017 Centro Social Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, Porto Página 1 Índice Introdução 3 Descrição da valência 4 Plano de atividades 7 Centro Social Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, Porto Página

Leia mais

2º Ciclo em Temas de Psicologia

2º Ciclo em Temas de Psicologia 2º Ciclo em Temas de Psicologia 2015 2017 Objetivos do ciclo de estudos O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Temas de Psicologia (MTP) tem como objetivo geral a qualificação de profissionais

Leia mais

PLANO DE FORMAÇÃO 2014/2017

PLANO DE FORMAÇÃO 2014/2017 Agrupamento de Escolas Vasco Santana Código 171840 PLANO DE FORMAÇÃO 2014/2017 Aprovado em conselho pedagógico de 22 de janeiro 2015. Índice NOTA INTRODUTÓRIA... 3 PÚBLICO-ALVO... 3 OBJETIVOS GERAIS...

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS RELACIONAIS

PÓS-GRADUAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS RELACIONAIS PÓS-GRADUAÇÃO DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS RELACIONAIS DIRECÇÃO DO CURSO Ernesto SPINELLI Londres, Reino Unido Daniel SOUSA DURAÇÃO E ESTRUTURA DO CURSO O curso tem a duração de um ano lectivo dividido

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO - NAP

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO - NAP REGULAMENTO DO NÚCLEO DE APOIO PSICOPEDAGÓGICO - NAP Regulamenta o Núcleo de Apoio Psicopedagógico O Conselho de Administração, Ensino, Pesquisa e Extensão Consaepe, tendo em conta a Portaria n. 34, de

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Didática das Ciências Edição Instituto de Educação da Universidade de Lisboa maio de

Leia mais

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS CURRICULARES

REGULAMENTO DE ESTÁGIOS CURRICULARES REGULAMENTO DE ESTÁGIOS CURRICULARES CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1. Os estágios curriculares do Curso de Graduação em Psicologia do Centro Universitário Redentor são considerados como

Leia mais

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO

DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO DAP DINÂMICAS DE ACÇÃO-PREVENÇÃO Apresentação do Projecto Escola E.B 2,3 Passos José OBJECTIVOS GERAIS Fomentar a integração dos alunos no contexto escolar, promovendo o sucesso educativo Agir preventiva

Leia mais

Europass curriculum vitae

Europass curriculum vitae Europass curriculum vitae Informação pessoal Apelido(s) - Nome(s) Morada(s) Correio(s) eletrónico(s) Carvalho, Rute Alexandra Tomás Rua António Pinheiro Lacerda, N.º 7, 2630-370 Arruda dos Vinhos Telefone(s)

Leia mais

Plano Anual de Formação do Núcleo de Estágio de Matemática da Escola E/B 2,3 Dr. Francisco Sanches

Plano Anual de Formação do Núcleo de Estágio de Matemática da Escola E/B 2,3 Dr. Francisco Sanches Pl Anual de Formação do Núcleo de Estágio de Matemática da Escola E/B 2,3 Dr. Francisco Sanches Elementos do Núcleo: Olívia Silva (n.º 38553) olivia.silva@hotmail.com Responsável do Núcleo Margarida Vieira

Leia mais

O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades. Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN

O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades. Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN O FAZER DA PSICOLOGIA DO IFRN: Mitos e Verdades Apresentação dos profissionais de Psicologia do IFRN Psicologia e Educação Atualmente, a Psicologia inserida na Educação, preocupase com as políticas públicas

Leia mais

FACULDADE DE PSICOLOGIA

FACULDADE DE PSICOLOGIA FACULDADE DE PSICOLOGIA MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE PSICOLOGIA (Adequada conforme as exigências da Resolução CES/CNE/MEC n. 05, de 15 de março de 2011). PRIMEIRO PERÍODO PRÉ NDC136 Língua Portuguesa

Leia mais

Mestrados em Ensino Universidade de Lisboa

Mestrados em Ensino Universidade de Lisboa Papel das Escolas e dos Orientadores Cooperantes no Mestrado em Ensino Documento de orientação aprovado pela Comissão Pedagógica dos Mestrados em Ensino em 25 de maio de 2016 O presente documento dirige-se

Leia mais

CURSO DE TÉCNICO DE ACÇÃO GERIÁTRICA (24ª edição)

CURSO DE TÉCNICO DE ACÇÃO GERIÁTRICA (24ª edição) CURSO DE TÉCNICO DE ACÇÃO GERIÁTRICA (24ª edição) Atendendo ao envelhecimento crescente a que se assiste a nível mundial, é imprescindível os cuidadores, formais e informais, dispensarem a formação neste

Leia mais

PORTARIA Nº 145, DE 11 DE JANEIRO DE 2017

PORTARIA Nº 145, DE 11 DE JANEIRO DE 2017 PORTARIA Nº 145, DE 11 DE JANEIRO DE 2017 Altera procedimentos na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do SUS para atendimento na Atenção Básica. O Secretário

Leia mais

Oferta Formativa da UDIPSS Aveiro

Oferta Formativa da UDIPSS Aveiro Oferta Formativa da UDIPSS Aveiro Cursos: Formação Pedagógica Inicial de Formadores em Gerontologia homologado pelo IEFP Licenciados Destinatários: Legislação Laboral Contrato Colectivo de Trabalho Direcção

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: musicoterapia, competência interpessoal, professores de arte, ensino público.

PALAVRAS-CHAVE: musicoterapia, competência interpessoal, professores de arte, ensino público. MUSICOTERAPIA E COMPETÊNCIA INTERPESSOAL PROJETO EM ANDAMENTO DE UMA PROPOSTA DE ATUAÇÃO COM PROFESSORES DE ARTE Roberta Borges dos SANTOS 1 Claudia Regina de Oliveira ZANINI 2 PALAVRAS-CHAVE: musicoterapia,

Leia mais

Ficha de Unidade Curricular

Ficha de Unidade Curricular Ficha de Unidade Curricular Unidade Curricular Designação Forma e Design (prática laboratorial) Área Científica: Design de Produto Ciclo de Estudos: Licenciatura Carácter: Obrigatória Semestre: 1º ECTS:

Leia mais

Projecto de Experiências Pré- Profissionais

Projecto de Experiências Pré- Profissionais Projecto de Experiências Pré- Profissionais Introdução 3 1. Suporte Legal.3 2. Conceito de Experiências Pré-Profissionais.4 3. Objectivos...4 a) Gerais...4 b) Específicos.. 4 4. Proposta de realização

Leia mais

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR

GUIA DE FUNCIONAMENTO DA UNIDADE CURRICULAR Curso Unidade Curricular Regime Mestrado Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º ciclo do ensino básico Expressões (plástica, musical, dramática físico-motora) Obrigatório Ano letivo 2015/2016 ECTS 75 Ano

Leia mais

Instituto Politécnico de Lisboa - Escola Superior de Música de Lisboa Licenciatura em Música - Unidade Curricular: Projecto

Instituto Politécnico de Lisboa - Escola Superior de Música de Lisboa Licenciatura em Música - Unidade Curricular: Projecto FICHA DE PROJECTO 1. DADOS (autor do projeto, orientador do projeto e coordenador do curso) Título do Projecto Identificação do autor do projecto e responsável pelo relatório Estudante Nº Nome Variante

Leia mais

REGIME DE TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS. Normas regulamentares

REGIME DE TRANSIÇÃO DA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS SOCIAIS. Normas regulamentares UNIVERSIDADE ABERTA Nos termos da deliberação nº 13/07 do Senado Universitário, aprovada em sessão de 31 de Maio de 2007, e ao abrigo do disposto no artigo 43º do Decreto-Lei nº42/2005, de 22 de Fevereiro,

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017 Programa da Unidade Curricular MÉTODOS DE OBSERVAÇÃO E ENTREVISTA Ano Lectivo 2016/2017 1. Unidade Orgânica Ciências Humanas e Sociais (1º Ciclo) 2. Curso Psicologia 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP

LÍNGUA PORTUGUESA MPE-BA 2017 CONTEÚDOS VIP LÍNGUA PORTUGUESA Elementos de construção do texto e seu sentido: gênero do texto (narrativo, descritivo e argumentativo Aulas Cursos VIP 100% em Vídeo Aulas (Teoria & Questões) #02 - Língua Portuguesa

Leia mais

manual DE estágios supervisionados curso de psicologia

manual DE estágios supervisionados curso de psicologia manual DE estágios supervisionados curso de psicologia ORGANIZAÇÃO: Professora Andréia Barbosa de Faria Professor Fernando Dório Anastácio Professora Maxleila Reis Martins Santos manual DE estágios supervisionados

Leia mais

Plano de Estudos. Escola: Escola de Ciências Sociais Grau: Mestrado Curso: Psicologia (cód. 196)

Plano de Estudos. Escola: Escola de Ciências Sociais Grau: Mestrado Curso: Psicologia (cód. 196) Plano de Estudos Escola: Escola de Ciências Sociais Grau: Mestrado Curso: Psicologia (cód. 196) 1. o Ano - 1. o Semestre Especialidade Especialização em Psicologia da Educação PSI8511 Investigação e Análise

Leia mais

LICENCIATURA EM TEATRO INTERPRETAÇÃO E ENCENAÇÃO

LICENCIATURA EM TEATRO INTERPRETAÇÃO E ENCENAÇÃO LICENCIATURA EM TEATRO INTERPRETAÇÃO E ENCENAÇÃO NORMAS REGULAMENTARES Curso do do 1º ciclo de estudos do ensino superior, de cariz universitário, conferente do grau de licenciado, adequado ao Processo

Leia mais

CIDADANIA E MUNDO ATUAL

CIDADANIA E MUNDO ATUAL CIDADANIA E MUNDO ATUAL COMPETÊNCIAS (1) TRANSVERSAIS Promoção da educação para a cidadania A língua materna enquanto dimensão transversal Utilização das novas tecnologias de informação Competências Transversais

Leia mais