BALANÇO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BALANÇO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA"

Transcrição

1

2

3

4 BALANÇO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 CÓDIGO DAS CONTAS Imobilizado: Bens de domínio público 2013 AB A/P AL AL 451 Terrenos e recursos naturais , , , Edifícios 453 Outras construções e infra-estruturas , , , , Bens do património histórico,artístico e cultural 459 Outros bens de domínio público ACTIVO 445 Imobilizações em curso , , , Adiantamentos por conta de bens de domínio público 2014 EXERCÍCIOS , , , ,39 Imobilizações incorpóreas 431 Despesas de instalacção , , , , Despesas de investigação e de desenvolvimento 433 Propriedade industrial e outros direitos 443 Imobilizações em curso , Adiantamentos por conta de imobilizações incorpóreas , , , ,86 Imobilizações corpóreas 421 Terrenos e recursos naturais , , , Edificios e outras construções , , , , Equipamento básico , , , , Equipamento de transporte , , , , Ferramentas e utensílios 24,69 24, Equipamento administrativo , , , , Taras e vasilhame 429 Outras imobilizações corpóreas , , , , Imobilizações em curso , , , Adiantamento por conta de imobilizações corpóreas , , , ,81 Investimentos financeiros 411 Partes de capital , , , Obrigações e títulos de participação , , Investimentos em imóveis , , , , Outras aplicações financeiras 441 Imobilizações em curso 447 Adiantamentos por conta de investimentos financeiros , , , ,97 Circulante: Existências: 36 Matérias Primas, subsidiárias e de consumo , , ,01 35 Produtos e trabalhos em curso 34 Subprodutos, desperdícios, resíduos e refugos 33 Produtos acabados e intermédios 32 Mercadorias 37 Adiantamentos por conta de compras Dívidas de terceiros - Medio e longo prazos: (a) 282 Empréstimos concedidos de m/l prazo , , ,01 Dívidas de terceiros - Curto prazo: 28 Empréstimos concedidos 9.635, , Clientes c/c 212 Contribuintes c/c 7,29 7,29 7, Utentes c/c , , , , Clientes, contribuintes e utentes de cobranca duvidosa , , Devedores pela execução do orçamento 229 Adiantamentos a fornecedores 2619 Adiantamentos a fornecedores de imobilizado 24 Estado e outros entes públicos , , , Administração autárquica Outros devedores , , , , , , , Acções Títulos negociáveis: 152 Obrigações e títulos de participação 153 Títulos de dívida pública

5 BALANÇO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 CÓDIGO DAS CONTAS 159 Outros títulos 18 Outras aplicações de tesouraria ACTIVO EXERCÍCIOS AB A/P AL AL Depositos em instituições financeiras e Caixa: 12 Depositos em instituições financeiras , , ,86 11 Caixa 1.346, , , , , ,41 Acréscimos e diferimentos: 271 Acréscimos de proveitos , , , Custos diferidos 8.267, , , , ,61 Total de amortizações ,24 Total de provisões ,70 Total do activo , , , ,68

6 BALANÇO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 CÓDIGO DAS CONTAS FUNDOS PRÓPRIOS E PASSIVO EXERCÍCIOS Fundos próprios: 51 Património , ,31 55 Ajustamento de partes de capital em empresas 56 Reservas de reavaliação Reservas: 571 Reservas legais , , Reservas estatutárias 573 Reservas contratuais 574 Reservas livres 575 Subsídios , , Doações , , Reservas decorrentes de transferências de activos 59 Resultados transitados , ,37 88 Resultado líquido em exercício , , , ,03 Passivo: 292 Provisões para riscos e encargos 6.078, ,90 Dívidas a terceiros - Médio e longo prazos (a) Empréstimos bancários , , Outros Empréstimos , , Fornecedores Imobilizado - contratos futuros Credores diversos - contratos futuros Dívidas a terceiros - Curto Prazo 2311 Empréstimos de curto prazo , , Adiantamentos por conta de vendas , Fornecedores c/c , , Fornecedores - Facturas em recepção e conferência , , Credores pela execução do orçamento 219 Adiantamentos de clientes, contribuintes e utentes 2611 Fornecedores de imobilizado c/c , ,45 24 Estado e outros entes públicos , , Administração autárquica Outros credores , , Clientes e Utentes c/ Caução , , Outros Credores de Cauções , , Fornecedores imobilizado - Facturas em recepção e conferência , , , ,02 Acréscimos e diferimentos: 273 Acréscimos de custos , , Proveitos diferidos , , , ,53 Total do passivo , ,65 Total dos fundos própios e do passivo , ,68

7

8 DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira - MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA 2014/01/02 a 2014/12/31 PÁG. 1 Código Exercício de Contas N N - 1 Custos e perdas 61 Custos das mercadorias vendidas e das matérias consumidas: Mercadorias Matérias 62 Fornecimentos e serviços externos: , ,73 Custos com o pessoal: Remunerações , , a 648 Encargos sociais , , , ,51 63 Transferências e subs. correntes concedidos e prestações sociais , ,28 66 Amortizações do exercício , ,43 67 Provisões do exercício 6.078, ,32 65 Outros custos operacionais 5.310, ,37 ( A ) , ,64 68 Custos e perdas financeiros , ,69 ( C ) , ,33 69 Custos e perdas extraordinários , ,37 ( E ) , ,70 88 Resultado líquido do exercício , , ,96 ( X ) , ,66 Proveitos e ganhos Vendas e prestações de serviços: 7111 Venda de mercadorias Venda de produtos , , ( B ) 712 Prestações de serviços , , , ,49 ( ) , ,49 72 Impostos e taxas , ,47 (a) Variação da produção 75 Trabalhos para a própria entidade 73 Proveitos suplementares , ,47 74 Transferências e subsídios obtidos , ,27 76 Outros proveitos e ganhos operacionais ( B ) , ,70 78 Proveitos e ganhos financeiros , ,47 ( D ) , ,17 79 Proveitos extraordinários , ,49 ( F ) , ,66 Resumo: Resultados Operacionais: (B - A) , ,06 Resultados Financeiros: (D - B) - (C - A) , ,78 Resultados Correntes: (D - C) , ,84 Resultado Liquido do Exercício: (F - E) , ,96 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

9

10 E N T I D A D E G R A N D E S O P Ç Õ E S D O P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 1 FONTE DE DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUM. FORMA FINANCIAMENTO RESPON DATAS REALIZADO OBJETIVO DA DO DE SÁVEL ANO EM CURSO (FINANCIAMENTO) ANOS SEGUINTES TOTAL CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO EX PAGAM. ATÉ PAGAM. PREV PREVISTO ECONÓMICA AÇÃO AC AA FC INICIO FIM 1-OUT-2013 DE OUT-DEZ TOTAL DEFINIDO NÃO DEFIN OUTROS 1. Funções gerais , , , , Serviços gerais de , , , ,94 administração pública Administracao geral , , , , / I 1 Aquisição de equipamento OUTRA C.M. 2013/01/ /12/ , , ,00 para os serviços administrativos / I 2 Aquisição de equipamento OUTRA C.M. 2013/01/ /12/ , , ,00 para os serviços externos / I 4 Beneficiação de EMPREITADA C.M. 2013/01/ /12/ , , , ,94 património imobiliário municipal I 1 Modernização Tecnológica OUTRA 85.0 C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 e Qualificada dos Serviços Admistrativos / I , / I , / I 12 Beneficiação do Edifício EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 dos Paços do Concelho 1.2. Segurança e ordem , , ,00 públicas Proteção civil e luta , , ,00 contra incêndios / A 1 Gabinete Técnico C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Florestal / A 2 Apoio à Associação C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Humanitária dos Bombeiros Voluntários de V.N.Cerveira / A 3 Funcionamento da Brigada C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 de Sapadores Florestais / I 28 Prevenção de Risco de EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Inundações 2. Funções sociais , , , , , , Educação , , , , Ensino não superior , , , , Ensino básico , , , , / A 3 Programa de OUTRA C.M. 2007/01/ /12/ , , ,00 Enriquecimento Curricular no 1.º Ciclo do Ensino Básico I 4 Centros Escolares EMPREITADA C.M. 2012/01/ /12/ , , , / I , / I , Ensino secundário , , , / A 4 Escola Secundária de Vila C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Nova de Cerveira Serviços auxiliares de , , ,00 ensino / A 6 Fornecimento de refeições OUTRA C.M. 2008/01/ /12/ , , ,00 escolares a alunos do ensino pré-primário e do 1º ciclo do ensino básico / A 29 Transportes escolares OUTRA C.M. 2013/01/ /12/ , , , / A 5 Ação Social Escolar C.M. 2014/01/ /12/ , , , / A 6 Programa de Animação C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Escolar 2.3. Segurança e ação sociais , , , Ação social , , , / A 7 Serviços Municipais de C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Intervenção Social / A 8 Animação Social "Dar Vida C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 aos Anos" Programa "Cerveira , , ,00 Solidária" / A 10 Cartão Municipal "Idade C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Mais" / A 11 Serviço Teleassistência C.M. 2014/01/ /12/ , , , / A 12 Promoção à construção de C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 habitação própria e reabilitação de habitação degradada A TRANSPORTAR , , , ,12

11 E N T I D A D E G R A N D E S O P Ç Õ E S D O P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 2 FONTE DE DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUM. FORMA FINANCIAMENTO RESPON DATAS REALIZADO OBJETIVO DA DO DE SÁVEL ANO EM CURSO (FINANCIAMENTO) ANOS SEGUINTES TOTAL CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO EX PAGAM. ATÉ PAGAM. PREV PREVISTO ECONÓMICA AÇÃO AC AA FC INICIO FIM 1-OUT-2013 DE OUT-DEZ TOTAL DEFINIDO NÃO DEFIN OUTROS A TRANSPORTAR , , , , / A 14 Comissão de Proteção a C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Crianças e Jovens em Risco A 15 Apoio a Instituições de C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 carácter social do concelho/ipss / A , / A , Habitação e servicos , , , , ,07 coletivos Habitação , , , / I 5 Beneficiação e manutenção EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 do património imobiliário do concelho Ordenamento do território , , , , / I 12 Remodelação da Praça da EMPREITADA 85.0 C.M. 2008/01/ /12/ , , , ,15 Galiza (Largo da Feira) / I 23 Av. das Comunidades EMPREITADA 85.0 C.M. 2009/01/ /12/ , , , ,63 /Regeneração Urbana da Entrada Norte da Vila / I 15 Estudos e Projectos OUTRA C.M. 2010/01/ /12/ , , , / I 15 Requalificações EMPREITADA C.M. 2013/01/ /12/ , , , ,97 urbanísticas / I 6 Aquisição e/ou OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Expropriação de Terrenos Saneamento , , , , / I 25 Ampliação e remodelação EMPREITADA 85.0 C.M. 2002/01/ /12/ , , , ,44 das redes de saneamento básico / I 26 Manutenção da rede e EMPREITADA C.M. 2002/01/ /12/ , , , ,31 execução de baixadas / I 9 Implementação de Sistema EMPREITADA 85.0 C.M. 2010/01/ /12/ , , , ,55 de Águas Residuais Domésticas na Freguesia de Covas / I 18 Saneamento básico nas EMPREITADA 85.0 C.M. 2011/01/ /12/ , , ,00 ruas da Pedreira, Gouvim, Rego e Assequia, em Gondarém / I 19 Saneamento básico nas EMPREITADA 85.0 C.M. 2011/01/ /12/ , , ,00 ruas de Gamil a S.Roque de Gontige, de Paredes à Gávea, Bemposta, rua do Bárrio à EN 303 e rua de Zuragues, em Reboreda Abastecimento de Água , , , , / I 27 Qualificação, reforço e OUTRA C.M. 2002/01/ /12/ , , , ,84 manutenção da rede de água, em baixa Proteção do meio ambiente , , , , ,18 e conservação da natureza Proteção, conservação e , , , , ,18 valorização do património natural / I 25 Ecovia "Caminho do Rio" EMPREITADA 85.0 C.M. 2009/01/ /12/ , , , , , / I 29 Requalificação e EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 valorização de parques e espaços verdes do concelho Cemitérios 1.000, , , / I 7 Manutenção do Cemitério EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Municipal 2.5. Servicos culturais, , , , , , ,30 recreativos e religiosos Cultura , , , , / I 20 Incubadora de Indústrias EMPREITADA 85.0 C.M. 2010/01/ /12/ , , , ,66 Criativas / Bienal de Cerveira / I 14 Cerv.eira Palco das Artes EMPREITADA C.M. 2013/01/ /12/ , , ,00 (Praça da Galiza) A TRANSPORTAR , , , , ,85

12 E N T I D A D E G R A N D E S O P Ç Õ E S D O P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 3 FONTE DE DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUM. FORMA FINANCIAMENTO RESPON DATAS REALIZADO OBJETIVO DA DO DE SÁVEL ANO EM CURSO (FINANCIAMENTO) ANOS SEGUINTES TOTAL CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO EX PAGAM. ATÉ PAGAM. PREV PREVISTO ECONÓMICA AÇÃO AC AA FC INICIO FIM 1-OUT-2013 DE OUT-DEZ TOTAL DEFINIDO NÃO DEFIN OUTROS A TRANSPORTAR , , , , , / A 16 Edição de publicações do C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Município A 17 Programa municipal de C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 animação e promoção cultural / A , / A , A 29 Apoio a instituições 2014/01/ /12/ , ,00 privadas sem fins lucrativos de natureza cultural / A , / A , / A 18 Fundação Bienal de C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Cerveira / I 10 Cerveira + Património EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , / A 13 Ilha da Ciência 85.0 C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Ecofluvial / I 11 Ilha da Ciência OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Ecofluvial Desporto, recreio e lazer , , , , , , / I 26 Beneficiação do edifício EMPREITADA C.M. 2008/01/ /12/ , , , , , ,09 da Piscina Municipal / I 15 Beneficiação de EMPREITADA C.M. 2009/01/ /12/ , , , ,55 equipamentos municipais desportivos e de lazer A 19 Programa de animação C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 desportiva / A , / A , A 20 Apoio a instituições C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 privadas sem fins lucrativos de natureza desportiva / A , / A , / I 8 Apetrechamento da Piscina OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Municipal / A 31 Apoio à Zona Desportiva OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 de Campos Outras atividades cívicas , , ,00 e religiosas / A 21 Apoio à beneficiação de C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 património cultural, arquitetónico e religioso do concelho 3. Funções económicas , , , , , , Indústria e energia , , , Iluminação Pública , , , / I 2 Instalação de reguladores EMPREITADA 85.0 C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 de fluxo luminoso / I 9 Ampliação e beneficiação OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 da rede elétrica do concelho 3.3. Transportes e , , , , , ,14 comunicações Transportes rodoviários , , , , , , Rede viária e sinalização , , , , , , Rede viária municipal , , , , / I 61 Beneficiação e EMPREITADA C.M. 2005/01/ /12/ , , , ,14 conservação da rede viária municipal / I 22 Beneficiação da Rua do EMPREITADA C.M. 2010/01/ /12/ , , , ,00 Paço, em Campos / I 27 Beneficiação da EM 516 EMPREITADA C.M. 2012/01/ /12/ , , , , / I 13 Pavimentação da Rua dos EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Fortes e do Largo atrás da Sede da Junta de Freguesia, em Cornes / I 14 Requalificação da Rua de EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 S. Pantaleão, em Cornes A TRANSPORTAR , , , , , ,63

13 E N T I D A D E G R A N D E S O P Ç Õ E S D O P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 4 FONTE DE DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUM. FORMA FINANCIAMENTO RESPON DATAS REALIZADO OBJETIVO DA DO DE SÁVEL ANO EM CURSO (FINANCIAMENTO) ANOS SEGUINTES TOTAL CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO EX PAGAM. ATÉ PAGAM. PREV PREVISTO ECONÓMICA AÇÃO AC AA FC INICIO FIM 1-OUT-2013 DE OUT-DEZ TOTAL DEFINIDO NÃO DEFIN OUTROS A TRANSPORTAR , , , , , , / I 15 Alargamento e EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Pavimentação da Quelha do Jardim no Lugar do Valinho, em Covas / I 16 Requalificação Urbana da EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 EM 516 junto ao Edifício da Junta de Freguesia, em Loivo / I 17 Pavimentação de Caminhos EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 em Loivo / I 18 Pavimentação de Caminhos EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 em Mentrestido / I 19 Pavimentação da Rua dos EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Castanheirinhos, em Sapardos / I 20 Beneficiação da EM 517 de EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Sopo de Baixo a France - 2.ª Fase / I 21 Pavimentação de EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Arruamentos em Vila Meã - Rua das Carreiras / I 22 Alargamento e EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Pavimentação da rua das Corgas, em Candemil / I 23 Requalificação da Estrada EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 da Gávea, em Reboreda / I 24 Beneficiação da Estrada EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 do Espirito Santo, em Vila Nova de Cerveira / I 25 Pavimentação e EMPREITADA C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Alargamento do Caminho do Lugar da Serra ao Lugar da Formiga, em Lovelhe / I 26 Aquisição de sinalização OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 turística e rodoviária / I 27 Aquisição de equipamento OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 urbano Instalação e material de , , ,00 transporte / I 3 Aquisição de material de OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 transporte / I 4 Manutenção de material de OUTRA C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 transporte 3.4. Comércio e turismo , , , Mercados e feiras 5.000, , , / A 22 Apoio ao Associativismo C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Empresarial Turismo , , , I 11 Loja de Turismo de Vila OUTRA C.M. 2013/01/ /12/ , ,00 Nova de Cerveira / I , / I , / I , / I , / I 12 Projeto para reabilitação C.M. 2013/01/ /12/ , , ,00 dos edifícios da antiga Pousada D. Dinis / A 30 Loja de Turismo de Vila OUTRA 85.0 C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Nova de Cerveira 3.5. Outras funções económicas , , , / A 23 Participação do Município C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 em Fundo de Financiamento de Iniciativas Empresariais de Interesse Regional (FINICIA) 4. Outras funções , , , Transferências entre , , ,00 administrações / A 24 Apoio à construção da C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Casa Mortuária, em Lovelhe A TRANSPORTAR , , , , , ,63

14 E N T I D A D E G R A N D E S O P Ç Õ E S D O P L A N O DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 5 FONTE DE DESPESAS DE INVESTIMENTO (PREVISÃO) CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUM. FORMA FINANCIAMENTO RESPON DATAS REALIZADO OBJETIVO DA DO DE SÁVEL ANO EM CURSO (FINANCIAMENTO) ANOS SEGUINTES TOTAL CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO EX PAGAM. ATÉ PAGAM. PREV PREVISTO ECONÓMICA AÇÃO AC AA FC INICIO FIM 1-OUT-2013 DE OUT-DEZ TOTAL DEFINIDO NÃO DEFIN OUTROS A TRANSPORTAR , , , , , , / A 25 Apoio ao alargamento do C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 caminho da Barreira a Val das Donas, em Sopo / A 26 Outras transferências C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 para as Juntas de Freguesia / A 28 Apoio à beneficiação do C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 antigo edifício da sede da Junta de Freguesia de Covas A 32 Transferências Diversas C.M. 2014/01/ /12/ , ,00 para Associações Intermunicipais / A , / A , Diversas não , , ,00 especificadas / A 27 Atribuição de Bolsas de C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 Estudo - Ensino Superior TOTAL GERAL , , , , , ,63 FASES DE EXECUCÇÃO 0 - NAO INICIADA 1 - COM PROJECTO TÉCNICO 2 - ADJUDICADA 3 - EXECUÇÃO FÍSICA ATÉ 50% 4 - EXECUÇÃO FÍSICA SUPERIOR A 50% 9 - CONCLUÍDA P - Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

15

16 R E S U M O D O O R Ç A M E N T O ENTIDADE MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2014 RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE Correntes ,00 Correntes ,00 De capital ,00 De capital ,00 Total ,00 Total ,00 Serviços Municipalizados Serviços Municipalizados Total Geral ,00 Total Geral ,00 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

17

18 ENTIDADE ORÇAMENTO DA RECEITA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 1 CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E R E C E I T A S C O R R E N T E S ,00 01 IMPOSTOS DIRECTOS , OUTROS , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS , IMPOSTO ÚNICO DE CIRCULAÇÃO , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE TRANSMISSÕES ON.IMOVEIS , DERRAMA , IMPOSTOS ABOLIDOS 1, IMPOSTOS DIRECTOS DIVERSOS 1,00 02 IMPOSTOS INDIRECTOS , OUTROS , IMPOSTOS INDIRECTOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS LOC , MERCADOS E FEIRAS , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 3.729, PUBLICIDADE 9.513, Outros 4.233, Taxa Municipal de Direitos de Passagem 1, OUTROS 4.232,00 04 TAXAS, MULTAS E OUTRAS PENALIDADES , TAXAS , TAXAS ESPECÍFICAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS , MERCADOS E FEIRAS 1, LOTEAMENTO E OBRAS , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 268, CAÇA, USO E PORTE DE ARMA 160, SANEAMENTO , OUTRAS , TAXA DE DEPÓSITO DA FICHA TÉCNICA DE HABITAÇÃO 671, OUTRAS , MULTAS E OUTRAS PENALIDADES: 9.461, JUROS DE MORA 1.051, JUROS COMPENSATÓRIOS 4.703, MULTAS E PEANLIDADES DIVERSAS 3.707,00 05 RENDIMENTOS DE PROPRIEDADE , JUROS - SOCIEDADES FINANCEIRAS 2.751, BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS 2.751, DIVIDENDOS E PARTICIPAÇÕES NOS LUCROS DE SOCIEDADE , EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS , OUTRAS 1, RENDAS , OUTROS ,00 06 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO DE EQUILIBRIO FINANCEIRO , FUNDO SOCIAL MUNICIPAL , PARTICIPAÇÃO VARIÁVEL NO IRS , OUTROS , SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS 1, INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS 1, RESTO DO MUNDO , UNIÃO EUROPEIA- INSTITUIÇÕES ,00 07 VENDA DE BENS E SERVIÇOS CORRENTES , VENDA DE BENS , LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA 1.726, PUBLICAÇÕES E IMPRESSOS 1, PRODUTOS ACABADOS E INTERMÉDIOS , OUTROS , OUTROS 4.227, SERVIÇOS , SERVIÇOS SOCIAIS, RECREATIVOS, CULTURAIS E DESPORT , SERVIÇOS RECREATIVOS , OUTROS , Serviços culturais 1, OUTROS 1, SERVIÇOS DESPORTIVOS , SERVIÇOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS , SANEAMENTO , RESÍDUOS SÓLIDOS , Transportes Colectivos de Pessoas e Mercadorias 1.432, TRANSPORTES ESCOLARES 1.432, TRABALHOS POR CONTA DE PARTICULARES 1,00

19 ENTIDADE ORÇAMENTO DA RECEITA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA DO ANO 2014 PÁGINA : 2 CÓDIGOS D E S I G N A Ç Ã O M O N T A N T E CEMITÉRIOS 2.652, Mercados e Feiras 1, OUTROS , RENDAS , HABITAÇÕES , EDIFÍCIOS 9.422, OUTRAS ,00 08 OUTRAS RECEITAS CORRENTES , OUTRAS , OUTRAS , IVA INVERSÃO DA LIQUIDAÇÃO 1, DIVERSAS ,00 R E C E I T A S D E C A P I T A L ,00 09 VENDAS DE BENS DE INVESTIMENTO , EDIFÍCIOS , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRA , OUTROS BENS DE INVESTIMENTO 7.000, FAMÍLIAS 7.000, EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE 5.000, MAQUINARIA E EQUIPAMENTO 2.000,00 10 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO EQUILIBRIO FINANCEIRO , ESTADO- PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA EM PROJECTOS CO , QREN ,00 13 OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL 1.000, OUTRAS 1.000, OUTRAS 1.000,00 TOTAL DAS RECEITAS ,00 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

20 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ( POR CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA ) DO ANO 2014 PÁGINA : 1 CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O MONTANTE D E S P E S A S C O R R E N T E S ,00 01 DESPESAS COM O PESSOAL , REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES , TITULARES DE ORGÃOS DE SOBERANIA E MEMBROS DE ÓRGÃ , PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL , PESSOAL EM FUNÇÕES , PESSOAL CONTRATADO ATERMO , PESSOAL EM FUNÇÕES , PESSOAL EM REGIME DE TAREFA OU AVENÇA , PESSOAL AGUARDANDO APOSENTAÇÃO 1.000, PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO , REPRESENTAÇÃO , REPRESENTAÇÃO - Membros do Orgãos Autárquicos , REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 7.017, SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , REMUNERAÇÕES POR DOENÇA E MATERNIDADE / PATERNIDAD 1.500, ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS , HORAS EXTRAORDINÁRIAS , AJUDAS DE CUSTO , ABONO PARA FALHAS , SUBSÍDIO DE TURNO 3.500, OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS , OUTROS , SEGURANÇA SOCIAL , ENCARGOS COM A SAÚDE , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS , CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL , ASSISTÊNCIA NA DOENÇA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS (ADSE) 5.000, Segurança social do pessoal em regime de contrato de trabalho em funções públicas ,00 (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , OUTRAS PENSÕES , SEGUROS , SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS ,00 02 AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS , AQUISIÇÃO DE BENS , COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES , GASOLINA , GASÓLEO , OUTROS , LIMPEZA E HIGIENE , ALIMENTAÇÃO- GÉNEROS PARA CONFECIONAR , VESTUÁRIO E ARTIGOS PESSOAIS 3.000, MATERIAL DE ESCRITÓRIO , MATERIAL DE TRANSPORTE- PEÇAS 2.000, PRÉMIOS, CONDECORAÇÕES E OFERTAS 5.000, FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS , LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA 1.000, ARTIGOS HONORÍFICOS E DE DECORAÇÃO 1.000, MATERIAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E RECREIO , OUTROS BENS , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS , ENCARGOS DE INSTALAÇÕES , LIMPEZA E HIGIENE , CONSERVAÇÃO DE BENS , COMUNICAÇÕES , TRANSPORTES , REPRESENTAÇÃO DOS SERVIÇOS 2.000, SEGUROS , FORMAÇÃO 5.000, PUBLICIDADE 8.000, ASSISTÊNCIA TÉCNICA , OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS , ANÁLISES DE ÁGUA , RECOLHA/TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS , RECOLHA/TRATAMENTO EFLUENTES , OUTROS , ENCARGOS DE COBRANÇA DE RECEITAS , OUTROS SERVIÇOS , DGAL (RETENÇÕES OE) 6.000, ENERGIA ELÉCTRICA - ILUMINAÇÃO PÚBLICA , OUTROS ,00 03 JUROS E OUTROS ENCARGOS , JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA ,00

21 PÁGINA : 2 CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA D E S I G N A Ç Ã O MONTANTE SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ , EMPRÉSTIMOS DE MÉDIO E LONGO PRAZO ,00 04 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , CONTINENTE , Municípios 2.000, Associações de municípios , Outros , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , FAMÍLIAS , OUTRAS ,00 06 OUTRAS DESPESAS CORRENTES , DIVERSAS , IMPOSTOS E TAXAS 500, OUTRAS , Restituições 2.000, IVA PAGO 1.000, Outras ,00 D E S P E S A S D E C A P I T A L ,00 07 AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL , INVESTIMENTOS , TERRENOS , HABITAÇÕES , Reparação e Beneficiação , EDIFÍCIOS , INSTALAÇÕES DE SERVIÇOS , INSTALAÇÕES DESPORTIVAS E RECREATIVAS , ESCOLAS , OUTROS , CONSTRUÇÕES DIVERSAS , Sistema de drenagem de águas residuais , Iluminação pública , Parques e jardins , Instalações desportivas e recreativas , Captação e distribuição de água , Viação rural , Sinalização e trânsito , Cemitérios 1.000, Outros , MATERIAL DE TRANSPORTES , OUTRO , EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA , SOFTWARE INFORMÁTICO , EQUIPAMENTO ADMINISTRATIVO , EQUIPAMENTO BÁSICO , Outros , INVESTIMENTOS INCORPÓREOS ,00 08 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , CONTINENTE , Freguesias , ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS 5.000, Outros , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , FAMÍLIAS , OUTRAS ,00 09 ACTIVOS FINANCEIROS , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS- PRI ,00 10 PASSIVOS FINANCEIROS , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS , SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ ,00 11 OUTRAS DESPESAS DE CAPITAL 1.000, DIVERSAS 1.000, Outras 1.000,00 TOTAL GERAL DAS DESPESAS ,00 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

22

23 MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA DESPESA ENTIDADE M. V.N.Cerveira - MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 PAG. 1 DIFERENÇAS CLASSIFICAÇÃO DOTAÇÕES COMPROMISSOS ASSUMIDOS GRAU DE DOTAÇÃO COMPROMISSOS EXECUÇÃO CORRIGIDAS EXERCÍCIO EXERCÍCIOS TOTAL DESPESA PAGA NÃO SALDO ORCAMENTAL ECONÓMICA DESCRIÇÃO FUTUROS COMPROMETIDA POR PAGAR DA DESPESA (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) ( 8 = 3-4 ) ( 9 = 3-7 ) ( 10 = 4-7 ) (11) a) D E S P E S A S C O R R E N T E S , , , , , , , , DESPESAS COM O PESSOAL , , , , , , , , REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES , , , , , , , , TITULARES DE ORGÃOS DE SOBERANIA E MEMBROS DE ÓRGÃ , , , , , , PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL , , , , , , PESSOAL EM FUNÇÕES , , , , , , PESSOAL CONTRATADO ATERMO , , , , , , PESSOAL EM FUNÇÕES , , , , , , PESSOAL EM REGIME DE TAREFA OU AVENÇA , , , , , , , , PESSOAL AGUARDANDO APOSENTAÇÃO 1.000, , , PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO , , , , , , REPRESENTAÇÃO , , , , , , REPRESENTAÇÃO - Membros do Orgãos Autárquicos , , , , , , REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 5.017, , , ,69 501,31 501, SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , , , , , , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , , , , , , REMUNERAÇÕES POR DOENÇA E MATERNIDADE / PATERNIDAD 500,00 500,00 500, ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS , , , , , , HORAS EXTRAORDINÁRIAS 4.000, , , , , , AJUDAS DE CUSTO , , , , , , ABONO PARA FALHAS 8.900, , , , , , SUBSÍDIO DE TURNO 3.800, , , ,57 77,43 77, OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS , , , , , , OUTROS , , , , , , SEGURANÇA SOCIAL , , , , , , , ENCARGOS COM A SAÚDE , , , , , , , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS 6.600, , , , , , CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL , , , , , , ASSISTÊNCIA NA DOENÇA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS (ADSE) 5.000, , , ,87 748,13 748, Segurança social do pessoal em regime de contrato de , , , , , , trabalho em funções públicas (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , , , , , , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , , , , , , OUTRAS PENSÕES , , , , , , SEGUROS , , , , , ,07 388, SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS , , , , , ,07 388, AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS , , , , , , , , AQUISIÇÃO DE BENS , , , , , , , , COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES , , , , , , , , GASOLINA , , , , , , , GASÓLEO , , , , , , , OUTROS , , , , ,82 473, , , LIMPEZA E HIGIENE , , , , ,60 135, , , ALIMENTAÇÃO- GÉNEROS PARA CONFECIONAR , , , ,92 20, , , VESTUÁRIO E ARTIGOS PESSOAIS 7.700, , , , , , , MATERIAL DE ESCRITÓRIO , , , , , , , MATERIAL DE TRANSPORTE- PEÇAS 500,00 500,00 500, PRÉMIOS, CONDECORAÇÕES E OFERTAS 5.000, , , , , ,60 856, LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA 1.000, , , ARTIGOS HONORÍFICOS E DE DECORAÇÃO 1.000,00 199,26 199,26 199,26 800,74 800, MATERIAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E RECREIO 9.000, , , ,98 395, , , OUTROS BENS , , , , , , , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS , , , , , , , , ENCARGOS DE INSTALAÇÕES , , , ,52 164,01 262,48 98, LIMPEZA E HIGIENE , , , , ,96 176, , , CONSERVAÇÃO DE BENS , , , , , , , COMUNICAÇÕES , , , , , , , , TRANSPORTES , , , , , , , , SEGUROS , , , , , , , FORMAÇÃO 4.000, , , ,90 819, , , PUBLICIDADE 2.000, , , ,30 439,70 439, ASSISTÊNCIA TÉCNICA , , , , ,89 112,11 112, OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS , , , , , , , , ANÁLISES DE ÁGUA , , , , ,96 45, , , RECOLHA/TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS , , , , , , , RECOLHA/TRATAMENTO EFLUENTES , , , , , , , OUTROS , , , , , , , , ENCARGOS DE COBRANÇA DE RECEITAS , , , ,82 159,18 159, OUTROS SERVIÇOS , , , , , , , , DGAL (RETENÇÕES OE) 6.000, , , ,00 648,00 648, ENERGIA ELÉCTRICA - ILUMINAÇÃO PÚBLICA , , , ,65 173,35 173, OUTROS , , , , , , , , JUROS E OUTROS ENCARGOS , , , , , , JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA , , , , , , SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ , , , , , , EMPRÉSTIMOS DE MÉDIO E LONGO PRAZO , , , , , , a) (11 = 7 / 3 * 100)

24 MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA DESPESA ENTIDADE M. V.N.Cerveira - MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 PAG. 2 DIFERENÇAS CLASSIFICAÇÃO DOTAÇÕES COMPROMISSOS ASSUMIDOS GRAU DE DOTAÇÃO COMPROMISSOS EXECUÇÃO CORRIGIDAS EXERCÍCIO EXERCÍCIOS TOTAL DESPESA PAGA NÃO SALDO ORCAMENTAL ECONÓMICA DESCRIÇÃO FUTUROS COMPROMETIDA POR PAGAR DA DESPESA (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) ( 8 = 3-4 ) ( 9 = 3-7 ) ( 10 = 4-7 ) (11) a) 04 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , , , , , , , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , , , , , , , CONTINENTE , , , , , , , Municípios 2.000, , , ,53 82,47 82, Associações de municípios , , , , , , , Outros 8.000, , , ,50 592,50 592, INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , , , FAMÍLIAS , , , , , , OUTRAS , , , , , , OUTRAS DESPESAS CORRENTES , , , , , , DIVERSAS , , , , , , IMPOSTOS E TAXAS 500,00 500,00 500, OUTRAS , , , , , , Restituições 500,00 185,12 185,12 185,12 314,88 314, IVA PAGO , , , ,02 73,98 73, Outras , , , ,05 733,95 733, D E S P E S A S D E C A P I T A L , , , , , , , , AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL , , , , , , , , INVESTIMENTOS , , , , , , , , TERRENOS , , , , , , HABITAÇÕES , , , , , , Reparação e Beneficiação , , , , , , EDIFÍCIOS , , , , , , , , INSTALAÇÕES DE SERVIÇOS , , , , , , INSTALAÇÕES DESPORTIVAS E RECREATIVAS , , , , , , , , ESCOLAS , , , , , , OUTROS , , , , , , , , CONSTRUÇÕES DIVERSAS , , , , , , , , Sistema de drenagem de águas residuais , , , , , , , Iluminação pública , , , , , , , Parques e jardins , , , , , ,24 572, Instalações desportivas e recreativas , , , , , , Captação e distribuição de água , , , , , , , Viação rural , , , , , , , , Sinalização e trânsito , , , , , , , Cemitérios 1.000,00 999,99 999,99 0, ,00 999, Outros , , , , , , , , MATERIAL DE TRANSPORTES , , , , , , , OUTRO , , , , , , , EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA , , , , , , SOFTWARE INFORMÁTICO , , , , , , EQUIPAMENTO ADMINISTRATIVO , , , , , , , , EQUIPAMENTO BÁSICO , , , , , , , Outros , , , , , , , INVESTIMENTOS INCORPÓREOS , , , , , , , TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , , , , , , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , , , , , , CONTINENTE , , , , , , Freguesias , , , , , , ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS , , , ,82 243,18 243, Outros , , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , , , FAMÍLIAS , , , , , , OUTRAS , , , , , , ACTIVOS FINANCEIROS , , , , , , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS , , , , , , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS- PRI , , , , , , PASSIVOS FINANCEIROS , , , , , , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS , , , , , , SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ , , , , , , OUTRAS DESPESAS DE CAPITAL , , , , , , DIVERSAS , , , , , , Outras , , , , , , a) (11 = 7 / 3 * 100) TOTAL , , , , , , , , Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

25

26 MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira - MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PÁG. 1 CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES GRAU PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS RECEITA RECEITAS POR EXEC. CORRIGIDAS COBRAR NO LIQUIDADAS ANULADAS COBRADAS COBRADA COBRAR NO FINAN CÓDIGO DESCRIÇÃO INICIO DO BRUTAS EMITIDOS PAGOS LIQUIDA FINAL DO ANO DAS ANO REC. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11= ) (12)a RECEITAS CORRENTES , , , , ,42 185,12 185, , , IMPOSTOS DIRECTOS , , , , OUTROS , , , , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE , , , , IMÓVEIS IMPOSTO ÚNICO DE CIRCULAÇÃO , , , , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE , , , , TRANSMISSÕES ON.IMOVEIS DERRAMA , , , , IMPOSTOS ABOLIDOS 1, IMPOSTOS DIRECTOS DIVERSOS 1,00 02 IMPOSTOS INDIRECTOS , , , , , , , OUTROS , , , , , , , IMPOSTOS INDIRECTOS , , , , , , , ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS LOC MERCADOS E FEIRAS , , , , , , , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 3.729,00 9, , , ,75 9, PUBLICIDADE 9.513, , , , , , Outros 4.233, , , , Taxa Municipal de Direitos 1,00 651,32 651,32 651, de Passagem OUTROS 4.232, , , , TAXAS, MULTAS E OUTRAS , , , , ,71 185,12 185, , , PENALIDADES 0401 TAXAS , , , , ,66 185,12 185, , , TAXAS ESPECÍFICAS DAS , , , , ,66 185,12 185, , , AUTARQUIAS LOCAIS MERCADOS E FEIRAS 1, LOTEAMENTO E OBRAS , , , ,95 185,12 185, , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 268,00 0,25 0, CAÇA, USO E PORTE DE ARMA 160,00 2,00 34,03 34,03 34,03 2, SANEAMENTO , , , , , , , OUTRAS ,00 0, ,96 92, , ,66 0, TAXA DE DEPÓSITO DA FICHA 671,00 491,40 491,40 491, TÉCNICA DE HABITAÇÃO OUTRAS ,00 0, ,56 92, , ,26 0, MULTAS E OUTRAS PENALIDADES: 9.461,00 7, , , ,05 7, JUROS DE MORA 1.051,00 7, , , ,24 7, JUROS COMPENSATÓRIOS 4.703, , , , MULTAS E PEANLIDADES 3.707,00 253,68 253,68 253, DIVERSAS 05 RENDIMENTOS DE PROPRIEDADE , , , , JUROS - SOCIEDADES 2.751,00 363,23 363,23 363, FINANCEIRAS BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇÕES 2.751,00 363,23 363,23 363, FINANCEIRAS 0507 DIVIDENDOS E PARTICIPAÇÕES , , , , NOS LUCROS DE SOCIEDADE EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS , , , , E INTERMUNICIPAIS OUTRAS 1, RENDAS , , , , OUTROS , , , , TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , , , , , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , , , , , ESTADO , , , , FUNDO DE EQUILIBRIO , , , , FINANCEIRO FUNDO SOCIAL MUNICIPAL , , , , PARTICIPAÇÃO VARIÁVEL NO IRS , , , , OUTROS , , , , SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS , , , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS 1, , , , LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS 1, , , , LUCRATIVOS RESTO DO MUNDO , UNIÃO EUROPEIA- INSTITUIÇÕES ,00 07 VENDA DE BENS E SERVIÇOS , , , , , , , CORRENTES 0701 VENDA DE BENS , , , , , , , a) (12 = 10 /3 * 100)

27 MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira - MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PÁG. 2 CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES GRAU PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS RECEITA RECEITAS POR EXEC. CORRIGIDAS COBRAR NO LIQUIDADAS ANULADAS COBRADAS COBRADA COBRAR NO FINAN CÓDIGO DESCRIÇÃO INICIO DO BRUTAS EMITIDOS PAGOS LIQUIDA FINAL DO ANO DAS ANO REC. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11= ) (12)a LIVROS E DOCUMENTAÇÃO 1.726,00 624,00 624,00 624, TÉCNICA PUBLICAÇÕES E IMPRESSOS 1, PRODUTOS ACABADOS E , , , , , , , INTERMÉDIOS OUTROS , , , , , , , OUTROS 4.227,00 36, ,86 44, , ,11 340, SERVIÇOS , , , , , , , SERVIÇOS SOCIAIS, , , , , RECREATIVOS, CULTURAIS E DESPORT SERVIÇOS RECREATIVOS , , , , OUTROS , , , , Serviços culturais 1, OUTROS 1, SERVIÇOS DESPORTIVOS , , , , SERVIÇOS ESPECÍFICOS DAS , , , , , , , AUTARQUIAS SANEAMENTO , , , , , ,15 779, RESÍDUOS SÓLIDOS , , , , , , , Transportes Colectivos de 1.432, , , , Pessoas e Mercadorias TRANSPORTES ESCOLARES 1.432, , , , TRABALHOS POR CONTA DE 1,00 486,33 486,33 PARTICULARES CEMITÉRIOS 2.652, , , , Mercados e Feiras 1, OUTROS , , ,27 200, , , , RENDAS , , , , , , , HABITAÇÕES , , ,01 262, , , , EDIFÍCIOS 9.422,00 123, , , ,31 123, OUTRAS , , , , , , , OUTRAS RECEITAS CORRENTES , , ,79 26, , , , OUTRAS , , ,79 26, , , , OUTRAS , , ,79 26, , , , IVA INVERSÃO DA LIQUIDAÇÃO 1, DIVERSAS , , ,79 26, , , , RECEITAS DE CAPITAL , , , , VENDAS DE BENS DE , , , , INVESTIMENTO 0903 EDIFÍCIOS , , , , SOCIEDADES E , , , , QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRA 0904 OUTROS BENS DE INVESTIMENTO 7.000, FAMÍLIAS 7.000, EQUIPAMENTO DE TRANSPORTE 5.000, MAQUINARIA E EQUIPAMENTO 2.000,00 10 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , , , , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , , , , ESTADO , , , , FUNDO EQUILIBRIO FINANCEIRO , , , , ESTADO- PARTICIPAÇÃO , , , , COMUNITÁRIA EM PROJECTOS CO QREN , , , , OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL 1.000, , , , OUTRAS 1.000, , , , OUTRAS 1.000, , , , OUTRAS RECEITAS a) (12 = 10 /3 * 100) TOTAL , , , , ,60 185,12 185, , , Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

28

29 E N T I D A D E MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA EXECUÇÃO DAS GRANDES OPCÇÕES DO PLANO ANO CONTABILÍSTICO 2014 Pagina : 1 FONTE DE EXEC. EXEC. CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUMERO FORMA FINANCIAMENTO DATAS MONTANTE PREVISTO MONTANTE EXECUTADO FINAN FINAN OBJECTIVO DA DO DE CEIRA CEIRA CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO ANOS ANUAL GLOBAL ECONÓMICA ACÇÃO AC AA FC INICIO FIM ANO ANOS SEGUINTES TOTAL ANTERIORES ANO TOTAL % (a) % (b) 1. Funções gerais , , , , Serviços gerais de administração pública , , , , Administracao geral , , , , / I 1 Aquisição de equipamento para os serviços administrativos OUTRA 2013/01/ /12/ , , , , / I 2 Aquisição de equipamento para os serviços externos OUTRA 2013/01/ /12/ , , , , / I 4 Beneficiação de património imobiliário municipal EMPREITADA 2013/01/ /12/ , , , , I 1 Modernização Tecnológica e Qualificada dos Serviços OUTRA /01/ /12/ , ,00 Admistrativos 02/ I ,00 02/ I , / I 12 Beneficiação do Edifício dos Paços do Concelho EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , Segurança e ordem públicas , , , , Proteção civil e luta contra incêndios , , , , / A 1 Gabinete Técnico Florestal 2014/01/ /12/ / A 2 Apoio à Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de 2014/01/ /12/ , , , , V.N.Cerveira 0102/ A 3 Funcionamento da Brigada de Sapadores Florestais 2014/01/ /12/ , , , , / I 28 Prevenção de Risco de Inundações EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 2. Funções sociais , , , , , Educação , , , , Ensino não superior , , , , Ensino básico , , , , / A 3 Programa de Enriquecimento Curricular no 1.º Ciclo do Ensino OUTRA 2007/01/ /12/ , , , , Básico I 4 Centros Escolares EMPREITADA 2012/01/ /12/ , , , , / I , , / I , , Ensino secundário , , , , / A 4 Escola Secundária de Vila Nova de Cerveira 2014/01/ /12/ , , , , Serviços auxiliares de ensino , , , , / A 6 Fornecimento de refeições escolares a alunos do ensino OUTRA /01/ /12/ , , , , pré-primário e do 1º ciclo do ensino básico 04/ A 29 Transportes escolares OUTRA 2013/01/ /12/ , , , , / A 5 Ação Social Escolar 2014/01/ /12/ , , , , / A 6 Programa de Animação Escolar 2014/01/ /12/ , , , , Segurança e ação sociais , , , , Ação social , , , , / A 7 Serviços Municipais de Intervenção Social 2014/01/ /12/31 500,00 500,00 04/ A 8 Animação Social "Dar Vida aos Anos" 2014/01/ /12/ , , , , Programa "Cerveira + Solidária" , , , , / A 10 Cartão Municipal "Idade Mais" 2014/01/ /12/ , ,00 976,78 976, / A 11 Serviço Teleassistência 2014/01/ /12/ , , , , / A 12 Promoção à construção de habitação própria e reabilitação de 2014/01/ /12/ , , , , habitação degradada 04/ A 14 Comissão de Proteção a Crianças e Jovens em Risco 2014/01/ /12/31 500,00 500, A 15 Apoio a Instituições de carácter social do concelho/ipss 2014/01/ /12/ , , , , / A , , / A , , Habitação e servicos coletivos , , , , , Habitação , , , , / I 5 Beneficiação e manutenção do património imobiliário do EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , concelho Ordenamento do território , , , , / I 12 Remodelação da Praça da Galiza (Largo da Feira) EMPREITADA /01/ /12/ , ,00 03/ I 23 Av. das Comunidades /Regeneração Urbana da Entrada Norte da EMPREITADA /01/ /12/ , , , , Vila 03/ I 15 Estudos e Projectos OUTRA 2010/01/ /12/ , , , , / I 15 Requalificações urbanísticas EMPREITADA 2013/01/ /12/ , , , , / I 6 Aquisição e/ou Expropriação de Terrenos OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , Saneamento , , , , / I 25 Ampliação e remodelação das redes de saneamento básico EMPREITADA /01/ /12/ , , , , / I 26 Manutenção da rede e execução de baixadas EMPREITADA 2002/01/ /12/ , ,00 976,79 976, / I 9 Implementação de Sistema de Águas Residuais Domésticas na EMPREITADA /01/ /12/ , , , , Freguesia de Covas 03/ I 18 Saneamento básico nas ruas da Pedreira, Gouvim, Rego e EMPREITADA /01/ /12/ , , , , Assequia, em Gondarém 03/ I 19 Saneamento básico nas ruas de Gamil a S.Roque de Gontige, de EMPREITADA /01/ /12/ , , , , Paredes à Gávea, Bemposta, rua do Bárrio à EN 303 e rua de Zuragues, em Reboreda Abastecimento de Água , , , , / I 27 Qualificação, reforço e manutenção da rede de água, em baixa OUTRA 2002/01/ /12/ , , , , Proteção do meio ambiente e conservação da natureza , , , , , Proteção, conservação e valorização do património natural , , , , , A TRANSPORTAR , , , ,57

30 E N T I D A D E MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA EXECUÇÃO DAS GRANDES OPCÇÕES DO PLANO ANO CONTABILÍSTICO 2014 Pagina : 2 FONTE DE EXEC. EXEC. CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUMERO FORMA FINANCIAMENTO DATAS MONTANTE PREVISTO MONTANTE EXECUTADO FINAN FINAN OBJECTIVO DA DO DE CEIRA CEIRA CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO ANOS ANUAL GLOBAL ECONÓMICA ACÇÃO AC AA FC INICIO FIM ANO ANOS SEGUINTES TOTAL ANTERIORES ANO TOTAL % (a) % (b) A TRANSPORTAR , , , ,57 03/ I 25 Ecovia "Caminho do Rio" EMPREITADA /01/ /12/ , , , , , / I 29 Requalificação e valorização de parques e espaços verdes do EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , concelho Cemitérios 1.000, ,00 03/ I 7 Manutenção do Cemitério Municipal EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , Servicos culturais, recreativos e religiosos , , , , , Cultura , , , , / I 20 Incubadora de Indústrias Criativas / Bienal de Cerveira EMPREITADA /01/ /12/ , ,00 04/ I 14 Cerv.eira Palco das Artes (Praça da Galiza) EMPREITADA 2013/01/ /12/ , ,00 04/ A 16 Edição de publicações do Município 2014/01/ /12/ , , , , A 17 Programa municipal de animação e promoção cultural 2014/01/ /12/ , , , , / A , , / A , , A 29 Apoio a instituições privadas sem fins lucrativos de 2014/01/ /12/ , , , , natureza cultural 04/ A , , / A , , / A 18 Fundação Bienal de Cerveira 2014/01/ /12/ , , , , / I 10 Cerveira + Património EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 04/ A 13 Ilha da Ciência Ecofluvial /01/ /12/31 140,00 140,00 04/ I 11 Ilha da Ciência Ecofluvial OUTRA 2014/01/ /12/ Desporto, recreio e lazer , , , , , / I 26 Beneficiação do edifício da Piscina Municipal EMPREITADA 2008/01/ /12/ , , , , , / I 15 Beneficiação de equipamentos municipais desportivos e de EMPREITADA 2009/01/ /12/ , , , , lazer A 19 Programa de animação desportiva 2014/01/ /12/ , , , , / A 19 04/ A , , A 20 Apoio a instituições privadas sem fins lucrativos de 2014/01/ /12/ , , , , natureza desportiva 04/ A , , / A , , / I 8 Apetrechamento da Piscina Municipal OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , / A 31 Apoio à Zona Desportiva de Campos OUTRA 2014/01/ /12/ , , Outras atividades cívicas e religiosas , , , , / A 21 Apoio à beneficiação de património cultural, arquitetónico e 2014/01/ /12/ , , , , religioso do concelho 3. Funções económicas , , , , , Indústria e energia , , , , Iluminação Pública , , , , / I 2 Instalação de reguladores de fluxo luminoso EMPREITADA /01/ /12/ , ,00 03/ I 9 Ampliação e beneficiação da rede elétrica do concelho OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , Transportes e comunicações , , , , , Transportes rodoviários , , , , , Rede viária e sinalização , , , , , Rede viária municipal , , , , / I 61 Beneficiação e conservação da rede viária municipal EMPREITADA 2005/01/ /12/ , , , , / I 22 Beneficiação da Rua do Paço, em Campos EMPREITADA 2010/01/ /12/ , , , , / I 27 Beneficiação da EM 516 EMPREITADA 2012/01/ /12/ , ,00 03/ I 13 Pavimentação da Rua dos Fortes e do Largo atrás da Sede da EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , Junta de Freguesia, em Cornes 03/ I 14 Requalificação da Rua de S. Pantaleão, em Cornes EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 03/ I 15 Alargamento e Pavimentação da Quelha do Jardim no Lugar do EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , ,00 Valinho, em Covas 03/ I 16 Requalificação Urbana da EM 516 junto ao Edifício da Junta EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 de Freguesia, em Loivo 03/ I 17 Pavimentação de Caminhos em Loivo EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 03/ I 18 Pavimentação de Caminhos em Mentrestido EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 03/ I 19 Pavimentação da Rua dos Castanheirinhos, em Sapardos EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , , / I 20 Beneficiação da EM 517 de Sopo de Baixo a France - 2.ª Fase EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , , , / I 21 Pavimentação de Arruamentos em Vila Meã - Rua das Carreiras EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 03/ I 22 Alargamento e Pavimentação da rua das Corgas, em Candemil EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , ,00 03/ I 23 Requalificação da Estrada da Gávea, em Reboreda EMPREITADA 2014/01/ /12/ , ,00 03/ I 24 Beneficiação da Estrada do Espirito Santo, em Vila Nova de EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , ,00 Cerveira 03/ I 25 Pavimentação e Alargamento do Caminho do Lugar da Serra ao EMPREITADA 2014/01/ /12/ , , ,00 Lugar da Formiga, em Lovelhe 03/ I 26 Aquisição de sinalização turística e rodoviária OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , / I 27 Aquisição de equipamento urbano OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , Instalação e material de transporte , , , , / I 3 Aquisição de material de transporte OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , A TRANSPORTAR , , , , ,58

31 E N T I D A D E MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA EXECUÇÃO DAS GRANDES OPCÇÕES DO PLANO ANO CONTABILÍSTICO 2014 Pagina : 3 FONTE DE EXEC. EXEC. CÓDIGO CÓDIGO/ANO/TIPO/NUMERO FORMA FINANCIAMENTO DATAS MONTANTE PREVISTO MONTANTE EXECUTADO FINAN FINAN OBJECTIVO DA DO DE CEIRA CEIRA CLASSIFIC. PROJ. DESCRIÇÃO REALIZAÇÃO ANOS ANUAL GLOBAL ECONÓMICA ACÇÃO AC AA FC INICIO FIM ANO ANOS SEGUINTES TOTAL ANTERIORES ANO TOTAL % (a) % (b) A TRANSPORTAR , , , , ,58 03/ I 4 Manutenção de material de transporte OUTRA 2014/01/ /12/ , , , , Comércio e turismo , , , , / A 22 Apoio ao Associativismo Empresarial 2014/01/ /12/ Turismo , , , , I 11 Loja de Turismo de Vila Nova de Cerveira OUTRA 2013/01/ /12/ , , , , / I , , / I , , / I ,00 04/ I , , / I 12 Projeto para reabilitação dos edifícios da antiga Pousada D. 2013/01/ /12/ , ,00 Dinis 04/ A 30 Loja de Turismo de Vila Nova de Cerveira OUTRA /01/ /12/ , , , , Outras funções económicas , , , , / A 23 Participação do Município em Fundo de Financiamento de 2014/01/ /12/ , , , , Iniciativas Empresariais de Interesse Regional (FINICIA) 4. Outras funções , , , , Transferências entre administrações , , , , / A 24 Apoio à construção da Casa Mortuária, em Lovelhe 2014/01/ /12/ , , , , / A 25 Apoio ao alargamento do caminho da Barreira a Val das Donas, 2014/01/ /12/ , , , , em Sopo 02/ A 26 Outras transferências para as Juntas de Freguesia 2014/01/ /12/ , , , , / A 28 Apoio à beneficiação do antigo edifício da sede da Junta de 2014/01/ /12/ , ,00 Freguesia de Covas A 32 Transferências Diversas para Associações Intermunicipais 2014/01/ /12/ , , , , / A , , / A , , Diversas não especificadas , , , , / A 27 Atribuição de Bolsas de Estudo - Ensino Superior 2014/01/ /12/ , , , , TOTAL GERAL , , , , , Anotações a) Execução Financeira Anual = (Executado no Ano * 100) / Previsto no Ano b) Execução Financeira Global = (Total Executado * 100) / (Realizado em Anos Anteriores + Total Previsto) Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

32

33 RESUMO DOS FLUXOS DE CAIXA ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ANO 2014 PAG. 1 Recebimentos Pagamentos Saldo da gerência anterior ,41 Despesas orçamentais ,73 Execução orçamental ,90 Correntes ,71 Operações de tesouraria ,51 Capital ,02 Receitas orçamentais ,60 Operações de tesouraria ,43 Correntes ,42 Saldo para a gerência seguinte ,34 Capital ,18 Outras... Execução orçamental ,77 Operações de tesouraria ,49 Operações de tesouraria ,57 Total ,50 Total ,50 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

34 F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO /12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR ,41 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL ,90 OPERAÇÕES DE TESOURARIA ,51 RECEITAS ORÇAMENTAIS ,60 01 IMPOSTOS DIRECTOS , OUTROS , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE IMÓVEIS , IMPOSTO ÚNICO DE CIRCULAÇÃO , IMPOSTO MUNICIPAL SOBRE TRANSMISSÕES ON.IMOVEIS , DERRAMA ,08 02 IMPOSTOS INDIRECTOS , OUTROS , IMPOSTOS INDIRECTOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS LOC , MERCADOS E FEIRAS , OCUPAÇÃO DE VIA PÚBLICA 1.577, PUBLICIDADE 1.317, Outros 2.537, Taxa Municipal de Direitos de Passagem 651, OUTROS 1.885,93 04 TAXAS, MULTAS E OUTRAS PENALIDADES , TAXAS , TAXAS ESPECÍFICAS DAS AUTARQUIAS LOCAIS , LOTEAMENTO E OBRAS , CAÇA, USO E PORTE DE ARMA 34, SANEAMENTO , OUTRAS , TAXA DE DEPÓSITO DA FICHA TÉCNICA DE HABITAÇÃO 491, OUTRAS , MULTAS E OUTRAS PENALIDADES: , JUROS DE MORA , JUROS COMPENSATÓRIOS 1.280, MULTAS E PEANLIDADES DIVERSAS 253,68 05 RENDIMENTOS DE PROPRIEDADE , JUROS - SOCIEDADES FINANCEIRAS 363, BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS 363, DIVIDENDOS E PARTICIPAÇÕES NOS LUCROS DE SOCIEDADE , EMPRESAS PÚBLICAS MUNICIPAIS E INTERMUNICIPAIS , RENDAS , OUTROS ,83 06 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO DE EQUILIBRIO FINANCEIRO , FUNDO SOCIAL MUNICIPAL , PARTICIPAÇÃO VARIÁVEL NO IRS , OUTROS , SERVIÇOS E FUNDOS AUTÓNOMOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS ,06 07 VENDA DE BENS E SERVIÇOS CORRENTES , VENDA DE BENS , LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA 624, PRODUTOS ACABADOS E INTERMÉDIOS , OUTROS , OUTROS , SERVIÇOS , SERVIÇOS SOCIAIS, RECREATIVOS, CULTURAIS E DESPORT , SERVIÇOS RECREATIVOS , OUTROS , SERVIÇOS DESPORTIVOS , SERVIÇOS ESPECÍFICOS DAS AUTARQUIAS , SANEAMENTO , RESÍDUOS SÓLIDOS , Transportes Colectivos de Pessoas e Mercadorias 2.057, TRANSPORTES ESCOLARES 2.057, CEMITÉRIOS 3.213, OUTROS , RENDAS , HABITAÇÕES , EDIFÍCIOS , OUTRAS 6.534,80 08 OUTRAS RECEITAS CORRENTES , OUTRAS , OUTRAS , DIVERSAS ,79 09 VENDAS DE BENS DE INVESTIMENTO ,00

35 F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Pág. 2 R E C E B I M E N T O S 0903 EDIFÍCIOS , SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRA ,00 10 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , ADMINISTRAÇÃO CENTRAL , ESTADO , FUNDO EQUILIBRIO FINANCEIRO , ESTADO- PARTICIPAÇÃO COMUNITÁRIA EM PROJECTOS CO , QREN ,94 13 OUTRAS RECEITAS DE CAPITAL , OUTRAS , OUTRAS ,24 TOTAL DAS RECEITA CORRENTES ,42 TOTAL DAS RECEITA DE CAPITAL ,18 TOTAL DE OUTRAS RECEITAS... OPERAÇÕES DE TESOURARIA ,49 TOTAL ,50 P A G A M E N T O S DESPESAS ORÇAMENTAIS ,73 01 DESPESAS COM O PESSOAL , REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES , TITULARES DE ORGÃOS DE SOBERANIA E MEMBROS DE ÓRGÃ , PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL , PESSOAL EM FUNÇÕES , PESSOAL CONTRATADO ATERMO , PESSOAL EM FUNÇÕES , PESSOAL EM REGIME DE TAREFA OU AVENÇA , PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO , REPRESENTAÇÃO , REPRESENTAÇÃO - Membros do Orgãos Autárquicos , REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 4.515, SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS , HORAS EXTRAORDINÁRIAS 1.782, AJUDAS DE CUSTO 4.724, ABONO PARA FALHAS 6.763, SUBSÍDIO DE TURNO 3.722, OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS , OUTROS , SEGURANÇA SOCIAL , ENCARGOS COM A SAÚDE , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS 4.947, CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL , ASSISTÊNCIA NA DOENÇA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS (A 4.251, Segurança social do pessoal em regime de contrato , CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , OUTRAS PENSÕES , SEGUROS , SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISS ,93 02 AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS , AQUISIÇÃO DE BENS , COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES , GASOLINA , GASÓLEO , OUTROS , LIMPEZA E HIGIENE , ALIMENTAÇÃO- GÉNEROS PARA CONFECIONAR , VESTUÁRIO E ARTIGOS PESSOAIS 3.793, MATERIAL DE ESCRITÓRIO 8.624, PRÉMIOS, CONDECORAÇÕES E OFERTAS 1.897, ARTIGOS HONORÍFICOS E DE DECORAÇÃO 199, MATERIAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E RECREIO 4.641, OUTROS BENS , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS , ENCARGOS DE INSTALAÇÕES , LIMPEZA E HIGIENE , CONSERVAÇÃO DE BENS , COMUNICAÇÕES , TRANSPORTES , SEGUROS , FORMAÇÃO 2.095, PUBLICIDADE 1.560, ASSISTÊNCIA TÉCNICA ,89

36 F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Pág. 3 P A G A M E N T O S OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS , ANÁLISES DE ÁGUA , RECOLHA/TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS , RECOLHA/TRATAMENTO EFLUENTES , OUTROS , ENCARGOS DE COBRANÇA DE RECEITAS , OUTROS SERVIÇOS , DGAL (RETENÇÕES OE) 5.352, ENERGIA ELÉCTRICA - ILUMINAÇÃO PÚBLICA , OUTROS ,95 03 JUROS E OUTROS ENCARGOS , JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA , SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ , EMPRÉSTIMOS DE MÉDIO E LONGO PRAZO ,19 04 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , CONTINENTE , Municípios 1.917, Associações de municípios , Outros 7.407, INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , FAMÍLIAS , OUTRAS ,79 06 OUTRAS DESPESAS CORRENTES , DIVERSAS , OUTRAS , Restituições 185, IVA PAGO , Outras ,05 07 AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL , INVESTIMENTOS , TERRENOS , HABITAÇÕES 1.512, Reparação e Beneficiação 1.512, EDIFÍCIOS , INSTALAÇÕES DE SERVIÇOS , INSTALAÇÕES DESPORTIVAS E RECREATIVAS , ESCOLAS 5.852, OUTROS , CONSTRUÇÕES DIVERSAS , Sistema de drenagem de águas residuais , Iluminação pública 1.493, Parques e jardins 8.962, Instalações desportivas e recreativas , Captação e distribuição de água , Viação rural , Sinalização e trânsito , Outros , MATERIAL DE TRANSPORTES , OUTRO , EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA , EQUIPAMENTO ADMINISTRATIVO , EQUIPAMENTO BÁSICO , Outros , INVESTIMENTOS INCORPÓREOS ,46 08 TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL , ADMINISTRAÇÃO LOCAL , CONTINENTE , Freguesias , ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS , Outros , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , FAMÍLIAS , OUTRAS ,19 09 ACTIVOS FINANCEIROS 9.635, EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS 9.635, SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS- PRI 9.635,74 10 PASSIVOS FINANCEIROS , EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS , SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ ,29 11 OUTRAS DESPESAS DE CAPITAL , DIVERSAS ,00

37 F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Pág. 4 P A G A M E N T O S Outras ,00 TOTAL DAS DESPESAS CORRENTES ,71 TOTAL DAS DESPESAS DE CAPITAL ,02 OPERAÇÕES DE TESOURARIA ,43 SALDO PARA A GERÊNCIA SEGUINTE ,34 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL ,77 OPERAÇÕES DE TESOURARIA ,57 TOTAL ,50 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

38

39 ENTIDADE DATA ANO PAGINA MAPA DAS CONTAS DE ORDEM M. V.N.Cerveira 2015/03/ COD. CONTA DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL DO ANO SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR 09 CONTAS DE ORDEM , , , , RECIBOS PARA COBRANÇA , , EXERCICIO ANTERIOR , , RECEITA LIQUIDADA , , RECEITA COBRADA RECEITA ANULADA EXERCICIO CORRENTE RECEITA LIQUIDADA RECEITA COBRADA RECEITA ANULADA 09.2 FUNDOS CAUCIONADOS , , , , CAUÇOES DE EMPREITADAS , , , , PRESTADA , , , ACCIONADA DEVOLVIDA , , CAUÇOES DE LOTEAMENTO E OBRAS , , PRESTADA , , ACCIONADA DEVOLVIDA CAUÇOES DE LICENCIAMENTO SANITARIO 585,29 585, PRESTADA 585,29 585, ACCIONADA DEVOLVIDA OUTRAS CAUÇÕES 4.209, , , PRESTADA 4.209, , , ACCIONADA DEVOLVIDA 09.3 GARANTIAS BANCÁRIAS , , GARANTIAS BANCÁRIAS , , COBRADA , , DEVOLVIDA ACCIONADA PRESTADAS DEVOLVIDAS ACCIONADAS 09.9 CONTAS REFLECTIVAS , , , , , RECIBOS PARA COBRANÇA , , ANOS ANTERIORES , , EXERCICIO CORRENTE FUNDOS CAUCIONADOS , , , , CAUÇOES DE EMPREITADAS , , , , CAUÇOES DE LOTEAMENTO , , CAUÇOES DE LICENCIAMENTO SANITARIO 585,29 585, OUTRAS CAUÇOES 4.209, , , GARANTIAS BANCARIAS , , GARANTIAS PRESTADAS PELA AUTARQUIA TOTAL , , , ,00

40

41 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OPERAÇÕES DE TESOURARIA M. V.N.Cerveira 2015/03/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNACAO SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR MOVIMENTO ANUAL SALDO PARA A GERÊNCIA SEGUINTE DEVEDOR CREDOR DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR 21 CLIENTES/CONTRIBUINTES/UTENTES , , , , CLIENTES E UTENTES C/CAUÇÕES , , , , CAUÇOES DE LOTEAMENTO E OBRAS , , ANTONIO DE AMORIM BARBOSA 723,45 723, MIGUEL PASSOS DE ARAUJO LEMOS COSTA 458,89 458, URBANIZACAO GONTIGE - CONSTRUCOES, LDA , , OCTAVIO CARLOS GOMES DA SILVA 2.635, , BELO CAIS-COMPRA E VENDA DE BENS IMOBILIÁRIOS LIMITADA , , JOAQUIM ILDEFONSO GUEDES DA COSTA CARVALHO 651,78 651, A.J.N. CONSTRUCOES, LDA 1.701, , MANUEL CUNHA - IMOBILIARIA,S.A , , MARIA FILOMENA DA COSTA DANTAS 6.730, , MARIA FERNANDA BARROS GONÇALVES SILVA 3.340, , CAUÇOES DE LICENCIAMENTO SANITARIO 585,29 585, CAUÇÕES DE ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS 3.934,80 100, , MARIA MANUEL LOPES MEIXEIRO BARROCAS 334,80 334, PATRICIA ALEXANDRA CARPINTEIRA CUNHA 1.500, , PORTNAUTIC,UNIPESSOAL LDA 100,00 100, PARQUE DE CAMPISMO RURAL DA LAGOA - ALOJAMENTO E 200,00 100,00 300,00 ANIMAÇÃO TURISTICA, LDA 5402 PAULO RENATO RODRIGUES BORGES 1.800, , CAUÇÕES DE CONSUMIDORES DE AGUA (AGREGADA) 133,67 133, CAUÇÕES OUTRAS 1.000, , Joao Ribeiro Vaz De Carvalho 100,00 100, Veronica Duarte Gonzalez 100,00 100, Maria Del Pilar Blanco 100,00 100, Juan Jesus Fernandez Lamas 100,00 100, Estela Maria De Abreu Ribeiro De Melo 100,00 100, Renato Gaspar Seixo 100,00 100, Fernando Javier Varela Mosquera 100,00 100, Marcos Escudero Perez 100,00 100, Maria Fernanda Braga 100,00 100, Artur Alberto Couto Dos Santos 100,00 100,00 24 ESTADO E OUTROS ENTES PÚBLICOS , , , , Retenção de impostos sobre rendimentos , , , , Trabalho dependente , , , , Trabalho independente 2.826, , , , IRS-PENSOES 124,00 124, SOBRETAXA EXTRAORDINARIA IRS 1.531, , , , Restantes impostos 133, , ,02 103, Imposto de selo 133,24 569,83 540,35 103, IMP.SELO - OUTROS 133,24 569,83 540,35 103, IMP.SELO - GARANTIAS IGUAIS OU SUPERIORES 5 ANOS 133,24 569,83 540,35 103, RETENÇÕES PARA FINANÇAS DL N 72-A/2010, 18/06 706,67 706, Contribuições para a Seguranca Social , , , , CAIXA GERAL DE APOSENTAÇOES , , , , CGA-DESCONTO DO PESSOAL , , , , ADSE , , , ADSE-DESCONTOS DO PESSOAL , , , IGFSS 7.802, , , , IGFSS-DESCONTOS DO PESSOAL 7.802, , , , IGFSS-RETENÇÕES DL N.º411/91, DE 17/ , , COFRE DE PREVIDÊNCIA 19,50 251,90 251,90 19, COFRE DE PREVIDÊNCIA DESCONTOS DO PESSOAL 19,50 251,90 251,90 19, Outras tributações 160,86 160, Outras 160,86 160, HONORARIOS DE PERITOS 160,86 160,86 26 OUTROS DEVEDORES E CREDORES , , , , Fornecedores de imobilizado , , , , FORNECEDORES DE IMOBLIZADO C/ CAUÇÃO , , , , FORNECEDORES DE IMOBLIZADO-INDIVIDUAL , , , ,05 61 GONCALVES & CACHADINHA,SA , ,95 66 CARLOS JOSE FERNANDES & CIA.,LDA , , ,04 68 ALFREDO BARROSO,LDA , , BRICANTEL - COM. MATERIAL ELECTRICO BRAGANCA, LDA 5.887, , HABIMONÇÃO,CONSTRUÇÕES LDA , , LUSOESTRADA,LDA. 974, , , URBANOP-URBANIZACOES OBRAS PUBLICAS,LDA , , HABITILIMA-SOCIEDADE DE CONSTRUCOES,SA. 986,59 986, BETOMINHO - SOCIEDADE DE CONSTRUCOES SA 3.990, , MANUEL CÂNDIDO QUEIRÓS DA CRUZ 1.602, , ANTONIO SERAFIM DIAS GRENHO , , ANTONIO ALBUQUERQUE CALVAO-PROJ.ARQ., LDA 881,20 881, BARREIROS, COSTA & SAMPAIO, LDA 1.169, , MLGIA - GALERIA INTERNACIONAL DE ARTE 3.261, , A.VENTURA - SOC.CONST.DO MINHO,LDA 937,48 444, , PERFIL-FUNDACOES E HIDROGEOLOGIA,LDA 1.007, ,31 A TRANSPORTAR , , , ,83

42 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OPERAÇÕES DE TESOURARIA M. V.N.Cerveira 2015/03/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNACAO SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR MOVIMENTO ANUAL SALDO PARA A GERÊNCIA SEGUINTE DEVEDOR CREDOR DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , , , AUGUSTO JOSE FONSECA 1.001, , CABRAL & FILHOS 1.655, , CONSTRUCOES IRMAOS FERNANDES & SANTOS LD , , C.PEREIRA & CA.LDA 363,55 363, DUQUE E DUQUE TERRAPLANAGENS LDA 4.096, , , JARDINS E LIMPEZAS FILIPE - UNIPESSOAL, LDA 292,18 292, ELECTRO-MINHO, LDA 897,80 897, COSTEIRA - ENGENHARIA E CONSTRUÇÃO, S.A , , , SEBASTIÃO DA ROCHA BARBOSA, LDA , , , , AMC - CONSTRUCOES, LDA 1.385, ,15 241, GT3 GABINETE TÉCNICO DE ENGENHARIA, L.DA 349,50 349, MARCO PAULO DA COSTA LAGOA, LDA 3.214, , JOSE MANUEL BRANDAO DA CRUZ 1.957, ,35 276, CASAVIANA -PLANOS, PROJECTOS E CONTRUÇÃO,LDA 1.620, , ANTONIO FREITAS CUNHA 4.298, , , VENAFIL - CLEANING AND GARDENS, LDA 6.504, , , CONSTRUBRACARA - CONSTRUCOES, LDA , , INMETRO,CONSTRUCOES,LDA 128,00 128, MANUEL DA SILVA PEREIRA & FILHOS, LDA , , , , VAGAZUL, LDA 5.814, , JORGE SOUSA-CONSTRUÇÕES, LDA , , , CONSTRUCOES BARROS, LDA 4.519, , LORENZO CALVO CONSTRUÇÃO, OBRAS PUBLICAS, LDA 3.271, ,56 857, CONSTRUCIONES OBRAS Y VIALES, SA 4.881, , NORTE TÉNIS-CONSTRUÇÃO DE COMPLEXOS DESPORTIVOS, LDA , , EUGENIO GONÇALVES DE OLIVEIRA 3.093, , CONSTRUCOES REFOIENSE, LDA , , , SASIL - CONSTRUÇÃO CIVIL E OBRAS PUBLICAS, LDA 8.999, , , M.COUTO ALVES, LDA 7.210, , CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE FREITAS II, LDA , , , CONSTRUÇÕES LONRODRIGUES UNIPESSOAL, LDA , , PREDILETHES - CONSTRUÇÕES UNIPESSOAL, LDA 1.581, , ELIAS MOREIRA MONTEIRO, LDA 2.441, , VIANANDAIMES - MONTEGEM E ALUGUER DE ANDAIMES, LDA 1.822, , JOSE LEAL - SOCIEDADE DE CONSTRUÇÕES, LDA 1.800, , NAROM, SL - SUCURSAL EM PORTUGAL , , , ROXOTROPICAL - LIMPEZAS E JARDINS, LDA 827,00 827, BRACARABUILD - ENGENHARIA & CONSTRUÇÃO, LDA , , VITOR SALGUEIRO PEREIRA - ENGEOBRA, UNIPESSOAL, LDA , , , JOAQUIM PEIXOTO AZEVEDO & FILHOS,lDA 9.465, , RADICALCANELA, LDA 4.426, , , LUIS MAURICIO GIESTAS GONÇALVES 2.901, , Vitor & Barroso - Construções, Lda , , Lucricarisma - Construções E Terraplanagens Unipessoal, 1.185, ,00 Lda 5571 Primus Lean - Engenharia & Construção, Lda. 543,50 543, Construtora Estradas Do Douro 3, Lda 722,61 722, ANTONIO ALVES RIBEIRO & FILHOS, LDA 1.445, , Machado & Caldas Investments, Lda , , Martins & Filhos, Sa 905,00 905, Telhabel Construções, Sa 875,95 875, Pessoal 411,97 411, Cauções do pessoal 274,66 274, OLGA MARIA BARBOSA PONTEDEIRA 25,00 25, MARIA AMELIA TORRES RUIVO RODRIGUES 24,94 24, ILIDIO JOSE LOURENCO PONTEDEIRA 100,00 100, ANA MARIA COSTA ARAUJO 25,00 25, JAIME MANUEL ROMEU MARTINS 24,93 24, AUGUSTO ANTONIO RODRIGUES GONCALVES 24,93 24, JULIA CRISTINA LAMEIRA MARTINS 24,93 24, SUSANA CATARINA PERUCHO MORAIS 24,93 24, Outras operações com o pessoal 137,31 137, Outros 137,31 137, Sindicatos 955, , ,62 951, SINDICATO TRAB. ADMINIST. LOCAL - STAL 879, , ,12 881, STFPN (SINDICATO TRAB. FUNÇÃO PUBLICA NORTE) 76,85 862,39 855,50 69, Devedores e credores diversos , , , , DEVEDORES E CREDORES DE OPERAÇOES NÃO ORÇAMENTAIS , , , , INSTITUTO PORTUGUES DA QUALIDADE 5,28 182,24 209,42 32, SERVIÇO DE ESTRANGEIROS E FRONTEIRAS 7,50 45,00 45,00 7, DIRECÇAO GERAL DAS FLORESTAS 124,92 197,75 80,63 7, EXAME DE CARTA DE CAÇADOR 124,92 166,56 41, RENOVAÇÃO CARTA DE CAÇADOR DENTRO DO PRAZO 15,09 15, CONCESSÃO DE CARTA DE CAÇADOR 15,10 22,65 7, CARTÕES: 1,00 1,25 0,25 A TRANSPORTAR , , , ,65

43 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OPERAÇÕES DE TESOURARIA M. V.N.Cerveira 2015/03/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNACAO SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR MOVIMENTO ANUAL SALDO PARA A GERÊNCIA SEGUINTE DEVEDOR CREDOR DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , , , CARTÃO - CARTA DE CAÇADOR 1,00 1,25 0, ACT.RECENSEAMENTO ELEITORAL - TRANSF.JUNTAS , , , , TRIBUNAL DE CONTAS (VISTOS EMPREITADAS) 879,88 879, OUTROS 1.287, , ,93 617, DESCONTOS DE VENCIMENTOS PARA PENHORAS 1.227, , ,99 557, ATAM 6,52 75,94 75,94 6, OUTROS 53,44 53, Outros 53,44 53, Credores Diversos - Outros 102,26 102, TRIBUNAL TRIBUTÁRIO 102,26 102,26 TOTAL , , , ,57 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

44

45 CARACTERIZAÇÃO DA ENTIDADE IDENTIFICAÇÃO DA ENTIDADE: MUNICÍPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ENDEREÇO POSTAL: PRAÇA DO MUNICÍPIO VILA NOVA DE CERVEIRA TELEFONE FAX N.º DE IDENTIFICAÇÃO FISCAL: NÚMERO DE ELEITORES MUNICÍPIO FONTE: Até Mais de e menos de Igual ou superior a X 2 LEGISLAÇÃO Data de constituição / / publicada no D.R. de / / 3 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS A Câmara Municipal tem Serviços Municipalizados? Se respondeu sim, especifique quais e indique os respectivos grupos: N 3.2 EMPRESAS MUNICIPAIS A Câmara Municipal tem Empresas Municipais? Se respondeu sim, especifique quais e indique os respectivos grupos: N 3.3 ÓRGÃOS Tem órgãos de natureza consultiva? Tem órgãos de fiscalização? S N 3.4 ORGANOGRAMA 4 DESCRIÇÃO SUMÁRIA DAS ACTIVIDADES Administração financeira e patrimonial; Planeamento e gestão urbanística; Habitação social; Educação, desporto e cultura; Transito e transportes; Protecção civil 5 RECURSOS HUMANOS IDENTIFICAÇÃO DOS MEMBROS DO ÓRGÃO EXECUTIVO Presidente Vereadores DE 01 DE JANEIRO A 31 DE DEZEMBRO DE 2014 João Fernando Brito Nogueira Vitor Manuel Inácio Costa Maria Aurora Amorim Viães João Manuel Sousa Araújo Fernando Monteiro Matias 5.2 NÚMERO DE VEREADORES Em Regime de Permanência... 2 A meio tempo... Restantes Vereadores... 2

46 6 ORGANIZAÇÃO CONTABILÍSTICA Descrição das características do sistema informativo Programa Informático fornecido pela Medidata, em funcionamento desde 01/01/2002, nas seguintes áreas: Contabilidade; património; taxas e licenças; pessoal; obras. 2 - Demonstrações financeiras intervalares Documentadas S Periodicidade X Mensal 3 - Descentralização Contabilística N Em caso afirmativo descreva Outras informações 7 OUTRA INFORMAÇÃO REGULAMENTOS INTERNOS E OUTROS DOCUMENTOS INFORMATIVOS Data de Aprovação Pelo Órgão Executivo Data de Aprovação Pelo Órgão Deliberativo Data de Alteração Órgão executivo Data de Alteração Órgão Deliberativo Inventário Norma Controlo Interno Balanço Inicial Normas Regulamentares à execução do orçamento Outras ACÇÕES INSPECTIVAS Identificação da última inspecção, averiguação ou inquérito, realizado ao município: Data de acção 29/06/2010 Entidade IGAT N.º de Proc DOCUMENTOS DE GESTÃO Grandes Opções do Plano Orçamento Documentos de Prestação de Contas Data de aprovação Data de publicação Observações 8 OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS RELEVANTES a) Fundo de Equilíbrio Financeiro ,00 Fundo Social Municipal ,00 Participação variável no IRS ,00 b) Valor do investimento do ano anterior ,23 c) Acção inspectiva - Entidade IGAT no ano 2010 d) Não existe O Responsável pelos Serviços

47

48 8.2. Anexo ao Balanço e à Demonstração de Resultados As notas que a seguir se desenvolvem respeitam à numeração definida pelo POCAL (Plano Oficial de Contabilidade das Autarquias Locais), com excepção das que para o presente exercício não são aplicáveis Indicação e Justificação das disposições do POCAL que, em casos excecionais, devidamente fundamentados e sem prejuízo do legalmente estabelecido, tenham sido derrogadas e dos respetivos efeitos no Balanço e Demonstração de Resultados, tendo em vista a necessidade de estes darem uma imagem verdadeira e apropriada do Ativo, do Passivo e dos Resultados da Autarquia Local. Em termos contabilísticos foram cumpridas as disposições do POCAL e demais normas e directrizes contabilísticas. No entanto, encontra-se em fase de implementação a contabilidade de custos considerada obrigatória no ponto do POCAL para o apuramento dos custos das funções e dos custos subjacentes à fixação das tarifas e preços de bens e serviços, sendo estes calculados por outros meios Identificação e justificação das contas do balanço e da demonstração dos resultados, cujos conteúdos não sejam comparáveis com os do exercício anterior. A receita proveniente da exploração das Piscinas Municipais sofreram uma quebra significativa relativamente ao período homólogo de 2013 pelo facto do edifício das piscinas se encontrar encerrado para obras de remodelação. Tal situação afeta a comparabilidade das rubricas de proveitos do exercício e de acréscimos de proveitos (activo) Critérios valorimétricos utilizados relativamente às várias rubricas do Balanço e Demonstração de Resultados, bem como métodos de cálculo respeitantes aos ajustamentos de valor, designadamente amortizações e provisões: a) Imobilizações Os bens existentes e conhecidos até 31/12/2001 foram registados de acordo com a valorização efectuada na data da entrada em vigor do POCAL. Sendo que relativamente aos bens de domínio público, atendendo à sua dispersão, antiguidade, ausência de registos, impossibilidade de localização visual, não podemos garantir de forma inequívoca que todos os bens e equipamentos de domínio público estejam integralmente inventariados e cadastrados e reconhecidos contabilisticamente nas demonstrações financeiras. Os bens adquiridos a partir de 2002, inclusive, foram registados ao custo de aquisição, sendo que para os activos obtidos a título gratuito foi considerado o valor resultante da avaliação. As amortizações foram calculadas pelo método das quotas constantes e às taxas legalmente fixadas na Portaria n.º671/2000 (2.ªsérie) CIBE. Os bens de desgaste rápido e as reparações que não aumentam a vida útil dos bens, são considerados como custo no exercício em que ocorrem. b) Imobilizações em Curso Encontram-se registados pelo valor dos autos e documentos que as suportam, e foram transferidas para as imobilizações com a receção provisória do bem. c) Dívidas de e a Terceiros 1

49 As dívidas de e a terceiros são expressas pelas importâncias constantes nos documentos que as titulam, não existindo dívidas em moeda estrangeira. d) Disponibilidades As disponibilidades de caixa e em depósitos expressam os montantes dos meios de pagamento e dos saldos de todas as contas de depósito, não existindo disponibilidades em moeda estrangeira. e) Existências As matérias-primas, subsidiárias e de consumo estão valorizadas ao custo de aquisição (incluindo todas as despesas com a compra). f) Acréscimos e Diferimentos Os custos e os proveitos são reconhecidos contabilisticamente à medida que são gerados, independentemente do momento em que são pagos ou recebidos, de acordo com o princípio da especialização dos exercícios Cotações utilizadas para a conversão em moeda das operações registadas em contas incluídas no balanço e na demonstração de resultados originariamente expressas em moeda estrangeira. Não aplicável Situações em que o resultado do exercício foi afectado. Conforme referido no ponto atrás, o resultado obtido encontra-se influenciado pela paragem na exploração das piscinas municipais Comentário às contas 431 Despesas de Instalação e 432 Despesas de Investigação e Desenvolvimento. As imobilizações incorpóreas são constituídas por despesas de instalação. Estas imobilizações foram amortizadas pelos métodos das quotas constantes à taxa legal. 2

50 Movimentos ocorridos nas rubricas do ativo imobilizado constantes do balanço e nas respectivas amortizações e provisões, de acordo com os quadros seguintes: Ativo Bruto Rubricas Saldo Inicial Reavaliação/ ajustamento Aumentos Alienações Transf. e abates Saldo Final De Bens de Domínio Público Terrenos e Recursos Naturais , ,89 Edifícios Outras Construções e infra-estruturas , , ,70 Bens de património histórico, artístico e cultural Outros bens de domínio público Imobilizações em curso , ,06 Adiantamento por conta de bens de domínio público , , ,65 De Imobilizações Incorpóreas Despesas de instalação , , ,07 Despesas de investigação e de desenvolvimento Propriedade industrial e outros direitos Imobilizações em curso , ,82 0,00 Adiantamento por conta de imobilizações incorpóreas , , , ,07 De Imobilizações Corpóreas Terrenos e recursos naturais , , ,84 Edifícios e outras construções , , ,46 Equipamento básico , , , ,06 Equipamento de transporte , , ,97 Ferramentas e utensílios 24,69 24,69 Equipamento administrativo , , , ,69 Taras e vasilhame Outras imobilizações corpóreas , ,35 Imobilizações em curso , , , ,24 Adiantamentos por conta de imobilizações corpóreas , , , ,30 De Investimentos Financeiros Partes de Capital , ,90 Obrigações e títulos de participação , ,79 Investimentos em imóveis ,24 594, ,96 Terrenos e recursos naturais Edifícios outras construções Outras aplicações financeiras Depósitos em instituições financeiras Títulos da dívida pública Outros títulos Imobilizações em curso Adiantamentos por conta de investimentos financeiros , , ,65 Total , , , ,67 3

51 Amortizações e Provisões Rubricas Saldo Inicial Reforço Regularizações Saldo Final De Bens de Domínio Público Terrenos e Recursos Naturais Edifícios Outras Construções e infra-estruturas , , ,67 Bens de património histórico, artístico e cultural Outros bens de domínio público , ,68 0, ,67 De Imobilizações Incorpóreas Despesas de instalação , , ,87 Despesas de investigação e de desenvolvimento Propriedade industrial e outros direitos , ,08 0, ,87 De Imobilizações Corpóreas Terrenos e recursos naturais Edifícios e outras construções , , ,88 Equipamento básico , , , ,44 Equipamento de transporte , , ,83 Ferramentas e utensílios 24,69 24,69 Equipamento administrativo , , , ,29 Taras e vasilhame Outras imobilizações corpóreas , , , , , ,60 De Investimentos Financeiros Partes de Capital Obrigações e títulos de participação Investimentos em imóveis Terrenos e recursos naturais Edifícios outras construções , , ,10 Outras aplicações financeiras Depósitos em instituições financeiras Títulos da dívida pública Outros títulos , ,93 0, ,10 Total , , , , Cada uma das rubricas dos mapas atrás referidos deverá ser desagregada de modo que sejam evidenciadas as seguintes informações: Os bens de domínio público atingem o montante de ,70, estando grande parte desta quantia relacionada com a beneficiação de estradas. As taxas de amortização utilizadas correspondem às consideradas na Portaria n.º 671/2000 (2.ªsérie) CIBE. As imobilizações incorpóreas são constituídas por despesas de instalação, designadamente despesas com projectos. As despesas de instalação são amortizadas pelo método das quotas constantes, durante o período de 3 anos. As imobilizações corpóreas - integram as imobilizações tangíveis, móveis e imóveis, que a entidade utiliza na sua actividade operacional. Inclui igualmente as grandes reparações que sejam de acrescer ao custo daqueles imobilizados. O investimento efectuado em edifícios e outras construções corresponde a obra, ampliação e remodelação das redes de saneamento básico, entre outros. 4

52 Relativamente ao equipamento básico no valor de ,51, corresponde sobretudo a equipamento destinado aos serviços da autarquia. O Equipamento Administrativo no valor de ,18, refere-se a mobiliário e equipamento diverso para actividade da autarquia. O Equipamento de transporte no valor de ,72, refere-se à aquisição de duas viaturas, uma viatura e grandes reparações em viaturas. Relativamente aos abates efectuados neste exercício prendem-se sobretudo com alienação de uma retroescavadora Indicação dos custos incorridos no exercício e respeitantes a empréstimos obtidos para financiar imobilizações, durante a construção, que tenham sido capitalizados nesse período. Não houve capitalização de juros neste período Indicação dos diplomas legais nos termos dos quais se baseou a reavaliação dos bens do Imobilizado. Não aplicável Elaboração de um quadro discriminativo das reavaliações. Não aplicável Relativamente às Imobilizações corpóreas e em curso, deve indicar-se o valor global, para cada uma das contas, de: Relativamente às imobilizações corpóreas e em curso, refere-se que todo o imobilizado está afecto à actividade da Autarquia e encontra-se inscrito no balanço. Não foram capitalizados custos financeiros em imobilizações Indicação dos bens utilizados em regime de locação financeira, com menção dos respetivos valores contabilísticos. Não aplicável Relação dos bens do imobilizado que não foi possível valorizar, com indicação das razões dessa impossibilidade. Os bens inventariados a custo zero, correspondem elementos do Imobilizado adquiridos há vários anos, não tendo sido possível valorizá-los pelo seu custo histórico Identificação dos bens de domínio público que não são objeto de amortização e identificação das respetivas razões. Árvores e outro tipo de plantações, e terrenos, não amortizáveis de acordo com alínea d) e g) n.º1 do artigo 36 da Portaria n.º671/2000 (2º série) CIBE. 5

53 Designação e sede das entidades participadas, com indicação da parcela detida, bem como dos capitais próprios ou equivalente e do resultado do último exercício em cada uma dessas entidades, com menção desse exercício. % Capital Designação da Entidade participada Sede Capital detido Capital próprio RLE Detido Águas do Noroeste, S.A Viana do Castelo 0,384% , , ,20 Caixa de Crédito Agrícola Mutuo Vila Nova de Cerveira <1% , , ,57 Empreendimentos Eólicos Cerveirenses, S.A Esposende 15% 7.500, , ,18 Valorminho Val. Trat. Resíduos Sólidos, S.A Valença 5,40% , , ,92 Fundação da Bienal de Cerveira Vila Nova de Cerveira 77% , , ,18 Fundo de Apoio Municipal Lisboa 0,086% ,79 No exercício de 2014 foi reconhecido contabilisticamente a subscrição do Fundo de Apoio Municipal (FAM), tal situação encontra-se em conformidade com a nota explicativa do Subgrupo de Apoio Técnico na aplicação do POCAL (SATAPOCAL) emitida no final de Março de Relativamente aos elementos incluídos nas contas "Títulos negociáveis" e Outras Aplicações de tesouraria, indicação, quando aplicável, da natureza, entidades, quantidades e valores de Balanço. Não existem Descriminação da conta Outras Aplicações Financeiras, com indicação, quando aplicável, da natureza, entidades, quantidades e valores nominais e valores de Balanço. Não existem Indicação Global, por categorias de bens, das diferenças, materialmente relevantes, entre os custos de elementos do Ativo Circulante, calculados de acordo com os critérios valorimétricos adaptados, e as quantias correspondentes aos respetivos preços de mercado. Não aplicável Fundamentação das circunstâncias especiais que justificaram a atribuição a elementos do ativo circulante de um valor inferior ao mais baixo do custo ou do mercado. Não aplicável Indicação e Justificação das provisões extraordinárias respeitantes a elementos do ativo circulante, relativamente aos quais, face a uma análise comercial razoável, se prevejam descidas estáveis provenientes de flutuações de valor. Não aplicável. 6

54 Valor global das dívidas de cobrança duvidosa incluídas em cada uma das rubricas de dívidas de terceiros constantes do balanço. O valor global das dívidas de cobrança duvidosa incluídas nas contas de terceiros é discriminado no balanço, no valor global de ,85, as quais foram devidamente provisionadas de acordo com o ponto do POCAL Valor global das dívidas Ativas e Passivas, respeitantes ao pessoal da Autarquia Local. Na conta «Cauções do pessoal» encontra-se registado há vários anos o valor de 274,66 e refere-se a cauções prestadas por funcionários que manuseavam dinheiro, conforme previsto nos artigos 16º e 17.º do Decreto-Lei nº247/87de 17/06, que servia de garantia para as eventuais falhas que ultrapassassem o montante do abono atribuído para falhas e que correspondia a metade do pago aos tesoureiros. O valor registado na conta refere-se a uma retribuição devida aos funcionários responsáveis pelos Processos de Contra-ordenação e de Execuções Fiscais Quantidade e valor nominal de obrigações e de outros títulos emitidos pela entidade, com a indicação dos direitos que conferem. Não aplicável Dívidas incluídas na conta Estado e outros entes públicos em situação de mora. Não existem dívidas ao Estado em situação de mora Descrição desagregada das responsabilidades, por garantias e cauções prestadas. Código e designação das contas Saldo da gerência anterior Movimento anual Saldo para a gerência seguinte Devedor Credor Débito Crédito Devedor Credor Garantias e cauções , , , ,25 Recibos para cobrança , , , , , , , ,25 Garantias e cauções recepcionadas Código e designação das contas Saldo da gerência anterior Movimento anual das garantias Prestadas Devolvidas Accionadas Saldo para a gerência seguinte Clientes/Utentes Cauções de loteamento de obras Miguel Passos de Araújo Lemos Costa 458,89 458,89 Urbanização Gontige Construções, Lda , ,69 Octávio Carlos Gomes da Silva 2.635, ,50 Belo Cais - Compra e Venda de Bens Imobiliários, Lda , ,42 7

55 Joaquim Ildefonso Guedes da costa Carvalho 651,78 651,78 A.J.N. Construções, Lda 1.701, ,00 António de Amorim Barbosa 723,45 723,45 Manuel Cunha Imobiliária, S.A , ,25 Maria Filomena da Costa Dantas 6.730, ,22 Maria Fernanda Barros Gonçalves Silva 3.340, ,58 Cauções de licenciamento sanitário (agregada) 585,29 585,29 Cauções de estabelecimentos comerciais Maria Manuel Lopes Meixeiro Barrocas 334,80 334,80 Portnautic, unipessoal, Lda 100,00 100,00 Parque de Campismo Rural da Lagoa Alojamento e Animação Turística, Lda 200,00 100,00 300,00 Paulo Renato Rodrigues Borges 1.800, ,00 Câmara Municipal V.N.C. 133,67 133,67 Patricia Alexandra Carpinteira Cunha 1.500, ,00 Cauções Outras Joao Ribeiro Vaz De Carvalho Veronica Duarte Gonzalez Maria Del Pilar Blanco Juan Jesus Fernandez Lamas Estela Maria De Abreu Ribeiro De Melo Renato Gaspar Seixo Fernando Javier Varela Mosquera Marcos Escudero Perez Maria Fernanda Braga Artur Alberto Couto Dos Santos 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 100,00 Fornecedores de Imobilizado Gonçalves e Cachadinha, Lda 6.917, ,95 Carlos José Fernandes & Companhia, Lda 7.257, , ,04 8

56 Alfredo Barroso, Lda , ,88 Habimonção, Construtores, Lda , ,36 Urbanop Urbanizações e Obras Públicas, Lda , ,14 GT3 Gabinete Técnico de Engenharia, Lda 349,50 349,50 Habitilima - Sociedade de Construções, S.A 986,59 986,59 Betominho Sociedade de construções, S.A 3.990, ,34 0,00 Manuel Cândido Queirós da Cruz 1.602, ,72 António Serafim Dias Grenho , ,83 António Albuquerque Calvão 881,20 881,20 A. Ventura Soc. Const. Do Minho, Lda 937,48 444, ,48 Perfil Fundações e Hidrogeologia, Lda 1.007, ,31 Augusto José Fonseca 1.001, ,18 Cabral & Filhos 1.655, ,05 Construções Irmãos Fernandes & Santos, Lda 1.365, ,85 C. Pereira & ca. Lda 363,55 363,55 Duque e Duque, Terraplanagens, Lda 4.096, , ,90 Electro-Minho, L.da 897,80 897,80 Costeira - Engenharia e Construção, S.A , , ,26 0,00 Sebastião da Rocha Barbosa, Lda , , , ,78 AMC Construções, Lda , ,15 241,11 Marco Paulo da Costa Lagoa, Lda , ,79 José Manuel Brandão Cruz 1.957, ,35 276,22 Casaviana Planos, projectos e Construção, Lda 1.620, ,00 Construbracara Construções, Lda , ,30 Inmetro, Construções, Lda 128,00 128,00 Vagazul, Lda 5.814, ,75 Construções Barros, Lda 4.519, ,20 9

57 Manuel da Silva Pereira & Filhos,Lda , , , ,40 Lorenzo Calvo Construção, Obras Públicas Lda 3.271, ,56 857,61 Contruciones Obras Y Viales, SA 4.881, ,66 Norte Ténis - Construção Civil e Obras Públicas, Lda 2.661, ,00 Eugénio Gonçalves de Oliveira 3.093, ,75 Construções Refoiense, Lda , , ,83 SASIL - Construção Civil e Obras Públicas, Lda 8.999, , ,80 M. Couto Alves, Lda 7.210, ,47 Bicantel Com. Material eléctrico Bragança, Lda 5.887, ,84 MLGIA Galeria Internacional de Arte 3.261, ,60 Jardins e Limpeza Filipe Unipessoal, Lda 292,18 292,18 António Freitas Cunha 4.298, , ,31 Venafil Cleaning and Gardens, Lda 6.504, , ,44 Jorge sousa Construções, Lda , , ,48 Construções Artur Alves de Freitas II, Lda , , ,19 Construções Lonrodrigues Unipessoal, Lda , ,64 Predilethes Construções Unipessoal, Lda 1.581, ,50 Elias Moreira Monteiro, Lda 2.441, ,13 Vianandaimes Montagem e aluguer de andaimes, Lda 1.822, ,50 José Leal Sociedade de Construções, Lda 1.800, ,00 Narom, SL - Sucursal em Portugal , , ,18 Roxotropical - Limpezas e Jardins, Lda 827,00 827,00 Bracarabuild - engenharia e Contrução, Lda , ,31 Lusoestrada, Lda. 974, , ,48 Barreiros, Costa & Sampaio, Lda 1.169, ,46 Vitor Salgueiro Pereira - Engeobra, Unipessoal, Lda , , ,19 Joaquim Peixoto Azevedo & Filhos, Lda 9.465, ,70 10

58 Radicalcanela, Lda 4.426, , ,91 Luís Maurício Giestas Gonçalves 2.901, ,86 Primus lean - Engenharia & construção, Lda 543,50 543,50 Vitor & Barroso - contruções, Lda , ,59 Lucricarisma - Construções e Terraplanagens Unipessoal, Lda 1.185, ,00 Construtora Estradas do Douro 3, Lda 722,61 722,61 António Alves Ribeiro & Filhos, Lda 1.445, ,50 Machado & Caldas Investments, Lda 1.946, ,00 Martins & Filhos, SA 905,00 905,00 Telhabel Construções, SA 875,95 875,95 Credores e devedores diversos Cauções de Pessoal Maria Amélia Torres Ruivo 24,94 24,94 Jaime Manuel Romeu Martins 24,93 24,93 Augusto António Rodrigues Gonçalves 24,93 24,93 Júlia Cristina Lameira Martins 24,93 24,93 Susana Catarina Perucho Morais 24,93 24,93 Olga Maria Barbosa Pontedeira 25,00 25,00 Ilídio José Lourenço Pontedeira 100,00 100,00 Ana Maria Costa Araújo 25,00 25, , , ,06 0, ,25 11

59 Recibos para cobrança Código e designação da conta Recibos emitidos e não cobrados em exercícios anteriores: Recibos emitidos no exercício: Recibos cobrados, emitidos no exercício anterior: Recibos cobrados e emitidos no exercício: Recibos anulados, emitidos em exercícios anteriores: Recibos anulados, emitidos no próprio exercício: Recibos emitidos no exercício por cobrar: Recibos emitidos em exercícios anteriores por cobrar: Saldo da gerência anterior ,85 Movimento anual Cobrança/Anulação Emissão Saldo para a gerência seguinte , , , Desdobramento das contas de provisões acumuladas explicitando os movimentos ocorridos no exercício, de acordo com o quadro seguinte Existem alguns processos judiciais movidos contra o Município donde podem resultar, com probabilidade, encargos, embora a quantia da obrigação não pode ser mensurada com suficiente fiabilidade: N.º Processo Autor Valor Pedido 11/03 João Paulo da Costa Marinho , /10.8BEBRG Maria Gabriela Pereira Camelo Taborda , /12.8BEBRG Águas do Noroeste, S.A ,25 Em nenhum dos referidos processos é possível prever as quantias a pagar, sendo que em alguns deles, pode mesmo não haver qualquer valor a suportar pelo Município, pois que isso depende, não só de um juízo sobre o desfecho dos processo, como, inclusivamente, da prova que virá a ser produzida em cada um deles, o que não é de todo possível proceder a uma mensuração fiável. 12

60 Explicitação e justificação dos movimentos ocorridos no exercício de cada uma das contas da Classe 5 "Fundo Patrimonial", constantes do Balanço. Fundos próprios Rubricas Saldo inicial Aumentos Reduções Saldo final 51 Património , , ,94 57 Reservas , , ,99 59 Resultados transitados , , , ,15 88 Resultado líquido , , , , , , , ,85 A conta 59 - «Resultados Transitados» foi aumentada pela aplicação do resultado líquido de exercício de 2013, no valor de ,36 e por correções ao exercício anterior de grande significado, decorrente da insuficiência de estimativa da Derrama no valor de ,93. A redução da conta 59 - «Resultados Transitados» de ,63 refere-se ao facto de ter sido necessário reforçar a conta 51 - «Património» nos termos do ponto do POCAL, conforme proposta apresentadas na Prestação de Contas de Demonstração do custo das mercadorias vendidas e das matérias consumidas Pelo facto de o Município ter reconhecido parcialmente o valor contabilístico dos inventários que foram possíveis inventariar a 31/12/2014, não existe o custo das mercadorias vendidas e das matérias consumidas, encontrando-se refletidos aquele custo na rubrica de Fornecimento e Serviços Externos Demonstração da variação da produção. Não aplicável Demonstração dos Resultados Financeiros Custos e Perdas Exercícios Exercícios Proveitos e Ganhos Juros suportados , , Juros obtidos 363,23 394, Perdas em entidades participadas 78.2 Ganhos em entidades participadas 68.3 Amort. Investimentos em imóveis , , Rendimentos de Imóveis , , Provisões aplicações financeiras 78.4 Rendimentos participações de capital , , Diferenças de câmbio desfavoráveis 78.5 Diferenças de câmbio favoráveis 68.7 Perdas na alienação aplic. Tesouraria 78.6 Desc. p. p. Obtidos 68.8 Outros custos e perdas financeiras , , Outros proveitos e ganhos financeiros Resultados Financeiros , , , , , ,47 13

61 Demonstração dos Resultados Extraordinários Custos e Perdas Exercícios Exercícios Proveitos e Ganhos Transf. de Capital Concedidas , , Restituição de impostos 69.2 Dívidas incobráveis 79.2 Recuperação de Dívidas 69.4 Perdas em imobilizações , Ganhos em imobilizações 69.5 Multas e penalidades 9.863, Benefícios penalidades contratuais , , Aumentos Amortizações e Provisões , Reduções amort. provisões 2770, Correcções rel. exerc. anteriores , , Correcções rel. exerc. anteriores 8.925, Outros custos e perdas extraordinárias , , Out. prov. e ganhos extraordinários , ,76 Resultados Extraordinários , , , , , ,49 14

62 Município de Vila Nova de Cerveira MODIFICAÇÕES DO ORÇAMENTO DESPESA Prestação de Contas 2014

63 ENTIDADE MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA Pagina: 1 TOTAL DE ALTERAÇÕES : 11 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : DO ANO CONTABILISTICO DE 2014 ATÉ À DATA : 2014/12/31 DESPESA IDENTIFICAÇÃO DAS RUBRICAS MODIFICAÇÕES ORÇAMENTAIS O DOTAÇÕES DOTAÇÕES B CLASSIFICAÇÃO INSCRIÇÕES / DIMINUIÇÕES / CORRIGIDAS S ORGÂNICA ECONÓMICA DESCRIÇÃO INICIAIS REFORÇOS ANULAÇÕES 01 ADMINISTRAÇÃO AUTÁRQUICA 0101 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS COM O PESSOAL ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS AJUDAS DE CUSTO 500,00 500, OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS OUTROS , , CÂMARA MUNICIPAL DESPESAS COM O PESSOAL REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES TITULARES DE ORGÃOS DE SOBERANIA E MEMBROS DE ÓRGÃ , , , PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL PESSOAL EM FUNÇÕES 1,00 1, PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO , , , REPRESENTAÇÃO REPRESENTAÇÃO - Membros do Orgãos Autárquicos , , SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO 5.167, , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL 6.327, , , ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS AJUDAS DE CUSTO 5.000, , OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS OUTROS 4.000,00 100, , SEGURANÇA SOCIAL ENCARGOS COM A SAÚDE , , , , CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL Segurança social do pessoal em regime de contrato de trabalho em funções públicas (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES 6.889, , , , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , , , SEGUROS SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS 2.500, , AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE BENS COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES GASÓLEO 3.000, , PRÉMIOS, CONDECORAÇÕES E OFERTAS 5.000, , ARTIGOS HONORÍFICOS E DE DECORAÇÃO 1.000, , OUTROS BENS 5.000, , , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS REPRESENTAÇÃO DOS SERVIÇOS 2.000, , PUBLICIDADE 8.000, , , OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS OUTROS , , , , ENCARGOS DE COBRANÇA DE RECEITAS , , , OUTROS SERVIÇOS DGAL (RETENÇÕES OE) 6.000, , OUTROS , , , JUROS E OUTROS ENCARGOS JUROS DA DÍVIDA PÚBLICA SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ EMPRÉSTIMOS DE MÉDIO E LONGO PRAZO , , , TRANSFERÊNCIAS CORRENTES ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE Municípios 2.000, , Associações de municípios , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL INVESTIMENTOS EDIFÍCIOS INSTALAÇÕES DE SERVIÇOS , , , TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE ASSOCIAÇÕES DE MUNICÍPIOS 5.000, , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , PASSIVOS FINANCEIROS EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS SOCIEDADES FINANCEIRAS- BANCOS E OUTRAS INSTITUIÇ , , OUTRAS DESPESAS DE CAPITAL DIVERSAS Outras 1.000, , ,00 02 DIVISÃO DE ADMINISTRAÇÃO GERAL DESPESAS COM O PESSOAL REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES

64 ENTIDADE MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA Pagina: 2 TOTAL DE ALTERAÇÕES : 11 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : DO ANO CONTABILISTICO DE 2014 ATÉ À DATA : 2014/12/31 DESPESA IDENTIFICAÇÃO DAS RUBRICAS MODIFICAÇÕES ORÇAMENTAIS O DOTAÇÕES DOTAÇÕES B CLASSIFICAÇÃO INSCRIÇÕES / DIMINUIÇÕES / CORRIGIDAS S ORGÂNICA ECONÓMICA DESCRIÇÃO INICIAIS REFORÇOS ANULAÇÕES PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL PESSOAL EM FUNÇÕES , , , , PESSOAL EM REGIME DE TAREFA OU AVENÇA , , PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO ,00 800, , REPRESENTAÇÃO REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 2.339, , SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , , , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , , , , REMUNERAÇÕES POR DOENÇA E MATERNIDADE / PATERNIDAD 500,00 500, ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS HORAS EXTRAORDINÁRIAS 2.000, , , AJUDAS DE CUSTO 2.000, , ABONO PARA FALHAS 2.800, , OUTROS SUPLEMENTOS E PRÉMIOS OUTROS 500,00 500, SEGURANÇA SOCIAL ENCARGOS COM A SAÚDE , , , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS 2.000, ,00 100, CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL Segurança social do pessoal em regime de contrato de trabalho em funções públicas (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , , , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , , , SEGUROS SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS 5.500, , , AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE BENS LIMPEZA E HIGIENE 1.000, , VESTUÁRIO E ARTIGOS PESSOAIS 3.000, , , , MATERIAL DE ESCRITÓRIO , , , LIVROS E DOCUMENTAÇÃO TÉCNICA 1.000, , OUTROS BENS 5.000, , , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS LIMPEZA E HIGIENE , , , CONSERVAÇÃO DE BENS 4.000, , , COMUNICAÇÕES , , , FORMAÇÃO 5.000, , , ASSISTÊNCIA TÉCNICA , , , , OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS OUTROS , , , OUTROS SERVIÇOS OUTROS , , , , OUTRAS DESPESAS CORRENTES DIVERSAS IMPOSTOS E TAXAS 500,00 500, OUTRAS Restituições 2.000, ,00 500, IVA PAGO 1.000, , , Outras , , , AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL INVESTIMENTOS EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA , , , SOFTWARE INFORMÁTICO , , , EQUIPAMENTO ADMINISTRATIVO , , , TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE Freguesias , , ,00 03 DIVISÃO DE SERVIÇOS MUNICIPAIS DESPESAS COM O PESSOAL REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL PESSOAL EM FUNÇÕES , , , , PESSOAL CONTRATADO ATERMO PESSOAL EM FUNÇÕES , , , PESSOAL AGUARDANDO APOSENTAÇÃO 500,00 500, PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO 500,00 500, REPRESENTAÇÃO REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 2.339, ,00 339, SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , , , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , , , REMUNERAÇÕES POR DOENÇA E MATERNIDADE / PATERNIDAD 1.000, , ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS HORAS EXTRAORDINÁRIAS 4.000, , , AJUDAS DE CUSTO 5.000, , , ABONO PARA FALHAS 1.600, ,00 100, SUBSÍDIO DE TURNO 3.500,00 300, ,00

65 ENTIDADE MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA Pagina: 3 TOTAL DE ALTERAÇÕES : 11 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : DO ANO CONTABILISTICO DE 2014 ATÉ À DATA : 2014/12/31 DESPESA IDENTIFICAÇÃO DAS RUBRICAS MODIFICAÇÕES ORÇAMENTAIS O DOTAÇÕES DOTAÇÕES B CLASSIFICAÇÃO INSCRIÇÕES / DIMINUIÇÕES / CORRIGIDAS S ORGÂNICA ECONÓMICA DESCRIÇÃO INICIAIS REFORÇOS ANULAÇÕES SEGURANÇA SOCIAL ENCARGOS COM A SAÚDE , , , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS 5.000, , , CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL Segurança social do pessoal em regime de contrato de trabalho em funções públicas (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , , , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , , , OUTRAS PENSÕES , , SEGUROS SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS , , , AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE BENS COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES GASOLINA , , , GASÓLEO , , , OUTROS 1.000, , LIMPEZA E HIGIENE , , , MATERIAL DE TRANSPORTE- PEÇAS 2.000, ,00 500, FERRAMENTAS E UTENSÍLIOS , , OUTROS BENS , , , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS ENCARGOS DE INSTALAÇÕES , , , CONSERVAÇÃO DE BENS , , , TRANSPORTES , , , , SEGUROS , , , OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS ANÁLISES DE ÁGUA , , RECOLHA/TRATAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS , , , RECOLHA/TRATAMENTO EFLUENTES , , , OUTROS SERVIÇOS ENERGIA ELÉCTRICA - ILUMINAÇÃO PÚBLICA , , , , OUTROS , , , TRANSFERÊNCIAS CORRENTES FAMÍLIAS OUTRAS ,00 500, , , AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL INVESTIMENTOS TERRENOS , , HABITAÇÕES Reparação e Beneficiação , , EDIFÍCIOS OUTROS , , , CONSTRUÇÕES DIVERSAS Sistema de drenagem de águas residuais , , , , Iluminação pública , , , Parques e jardins , , Captação e distribuição de água , , , Viação rural , , , , Sinalização e trânsito , , , , Cemitérios 1.000, , Outros , , , , MATERIAL DE TRANSPORTES OUTRO , , , EQUIPAMENTO BÁSICO Outros , , , INVESTIMENTOS INCORPÓREOS , , , ACTIVOS FINANCEIROS EMPRÉSTIMOS A MÉDIO E LONGO PRAZOS SOCIEDADES E QUASE-SOCIEDADES NÃO FINANCEIRAS- PRI , ,00 04 DIVISÃO SÓCIO CULTURAL DE DESPORTIVA DESPESAS COM O PESSOAL REMUNERAÇÕES CERTAS E PERMANENTES PESSOAL DOS QUADROS- REGIME DO CONTRATO INDIVIDUAL PESSOAL EM FUNÇÕES , , , PESSOAL CONTRATADO ATERMO PESSOAL EM FUNÇÕES , , , PESSOAL EM REGIME DE TAREFA OU AVENÇA , , , , PESSOAL AGUARDANDO APOSENTAÇÃO 500,00 500, PESSOAL EM QUALQUER OUTRA SITUAÇÃO 500,00 500, REPRESENTAÇÃO REPRESENTAÇÃO - PESSOAL DOS QUADROS 2.339, , SUBSÍDIO DE REFEIÇÃO , , , SUBSÍDIOS DE FÉRIAS E NATAL , , , ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS HORAS EXTRAORDINÁRIAS 5.000, , , AJUDAS DE CUSTO 4.000, , ,00

66 ENTIDADE MODIFICAÇÕES AO ORÇAMENTO DA DESPESA Pagina: 4 TOTAL DE ALTERAÇÕES : 11 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : DO ANO CONTABILISTICO DE 2014 ATÉ À DATA : 2014/12/31 DESPESA IDENTIFICAÇÃO DAS RUBRICAS MODIFICAÇÕES ORÇAMENTAIS O DOTAÇÕES DOTAÇÕES B CLASSIFICAÇÃO INSCRIÇÕES / DIMINUIÇÕES / CORRIGIDAS S ORGÂNICA ECONÓMICA DESCRIÇÃO INICIAIS REFORÇOS ANULAÇÕES ABONO PARA FALHAS 6.000, , SEGURANÇA SOCIAL ENCARGOS COM A SAÚDE , , , SUBSÍDIO FAMILIAR A CRIANÇAS E JOVENS 5.000, , , CONTRIBUIÇÕES PARA A SEGURANÇA SOCIAL ASSISTÊNCIA NA DOENÇA DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS (ADSE) 5.000, , Segurança social do pessoal em regime de contrato de trabalho em funções públicas (RCTFP) CAIXA GERAL DE APOSENTAÇÕES , , , SEGURANÇA SOCIAL - REGIME GERAL , , , SEGUROS SEGUROS DE ACIDENTES DE TRABALHO E DOENÇAS PROFISSIONAIS , , , AQUISIÇÃO DE BENS E SERVIÇOS AQUISIÇÃO DE BENS COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES GASOLINA 1.500, , OUTROS ,00 500, , , LIMPEZA E HIGIENE , , , , ALIMENTAÇÃO- GÉNEROS PARA CONFECIONAR , , , , MATERIAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA E RECREIO , , , OUTROS BENS , , , , AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS TRANSPORTES , , , OUTROS TRABALHOS ESPECIALIZADOS OUTROS , , , OUTROS SERVIÇOS OUTROS , , , , TRANSFERÊNCIAS CORRENTES ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE Outros , , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , FAMÍLIAS OUTRAS , , , AQUISIÇÃO DE BENS DE CAPITAL INVESTIMENTOS EDIFÍCIOS INSTALAÇÕES DE SERVIÇOS , , , INSTALAÇÕES DESPORTIVAS E RECREATIVAS , , , , ESCOLAS , , , OUTROS , , CONSTRUÇÕES DIVERSAS Instalações desportivas e recreativas , , , Sinalização e trânsito EQUIPAMENTO DE INFORMÁTICA , , SOFTWARE INFORMÁTICO 3.200, , EQUIPAMENTO ADMINISTRATIVO , , EQUIPAMENTO BÁSICO Outros , , , , INVESTIMENTOS INCORPÓREOS , , , TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL ADMINISTRAÇÃO LOCAL CONTINENTE Outros , , INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS , , , , FAMÍLIAS OUTRAS , ,00 TOTAL , , , ,00 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

67 Município de Vila Nova de Cerveira MODIFICAÇÕES AO PPI Prestação de Contas 2014

68 ENTIDADE TOTAL DE ALTERAÇÕES : 10 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : 1 ANO CONTABILISTICO: 2014 ATÉ À DATA: 2014/12/31 MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : ANOS SEGUINTES OBJECTIVO / IDENTIFICAÇÃO DATAS MODIFICAÇÕES PROGRAMA / DO RESPONSÁVEL CÓDIGO ORÇAMENTAL VALOR TOTAL FINANC. DEFINIDO FINANCIAMENTO PROJECTO / PROJ. DESCRIÇÃO EX NÃO SEGUINTES ACÇÃO ACÇÃO INICIO FIM REALIZADO DOT. INICAL DOT. CORRIGIDA DOT. INICIAL DOT. CORRIGIDA DEFINIDO 1. Funções gerais 1.1. Serviços gerais de administração pública Administracao geral I 1 Aquisição de equipamento para os C.M. 2013/01/ /12/ , , , , ,00 serviços administrativos I 2 Aquisição de equipamento para os C.M. 2013/01/ /12/ , , , , ,00 serviços externos I 4 Beneficiação de património imobiliário C.M. 2013/01/ /12/ , , , , ,00 municipal I 1 Modernização Tecnológica e Qualificada C.M. 2014/01/ /12/ , , ,00 dos Serviços Admistrativos I 1 Modernização Tecnológica e Qualificada , , , , ,00 dos Serviços Admistrativos I 12 Beneficiação do Edifício dos Paços do C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 Concelho 1.2. Segurança e ordem públicas Proteção civil e luta contra incêndios I 28 Prevenção de Risco de Inundações C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 2. Funções sociais 2.1. Educação Ensino não superior Ensino básico I 4 Centros Escolares C.M. 2012/01/ /12/ , , , I 4 Centros Escolares , , , , , Habitação e servicos coletivos Habitação I 5 Beneficiação e manutenção do C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 património imobiliário do concelho Ordenamento do território I 12 Remodelação da Praça da Galiza (Largo C.M. 2008/01/ /12/ , , , , ,00 da Feira) I 23 Av. das Comunidades /Regeneração C.M. 2009/01/ /12/ , , , , ,00 Urbana da Entrada Norte da Vila I 15 Estudos e Projectos C.M. 2010/01/ /12/ , , , , , I 15 Requalificações urbanísticas C.M. 2013/01/ /12/ , , , , , I 6 Aquisição e/ou Expropriação de C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Terrenos Saneamento I 25 Ampliação e remodelação das redes de C.M. 2002/01/ /12/ , , , , ,00 saneamento básico I 26 Manutenção da rede e execução de C.M. 2002/01/ /12/ , , , ,00 baixadas I 9 Implementação de Sistema de Águas C.M. 2010/01/ /12/ , , , , ,00 Residuais Domésticas na Freguesia de Covas I 18 Saneamento básico nas ruas da C.M. 2011/01/ /12/ , , , ,00 Pedreira, Gouvim, Rego e Assequia, em Gondarém I 19 Saneamento básico nas ruas de Gamil a C.M. 2011/01/ /12/ , , , ,00 S.Roque de Gontige, de Paredes à Gávea, Bemposta, rua do Bárrio à EN 303 e rua de Zuragues, em Reboreda Abastecimento de Água I 27 Qualificação, reforço e manutenção da C.M. 2002/01/ /12/ , , , , ,00 rede de água, em baixa Proteção do meio ambiente e conservação da natureza Proteção, conservação e valorização do património natural I 25 Ecovia "Caminho do Rio" C.M. 2009/01/ /12/ , , , , , , I 29 Requalificação e valorização de C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 parques e espaços verdes do concelho Cemitérios I 7 Manutenção do Cemitério Municipal C.M. 2014/01/ /12/ , , , , Servicos culturais, recreativos e religiosos Cultura I 20 Incubadora de Indústrias Criativas / C.M. 2010/01/ /12/ , , , , ,00 Bienal de Cerveira I 14 Cerv.eira Palco das Artes (Praça da C.M. 2013/01/ /12/ , , , ,00 Galiza)

69 ENTIDADE TOTAL DE ALTERAÇÕES : 10 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : 1 ANO CONTABILISTICO: 2014 ATÉ À DATA: 2014/12/31 MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : ANOS SEGUINTES OBJECTIVO / IDENTIFICAÇÃO DATAS MODIFICAÇÕES PROGRAMA / DO RESPONSÁVEL CÓDIGO ORÇAMENTAL VALOR TOTAL FINANC. DEFINIDO FINANCIAMENTO PROJECTO / PROJ. DESCRIÇÃO EX NÃO SEGUINTES ACÇÃO ACÇÃO INICIO FIM REALIZADO DOT. INICAL DOT. CORRIGIDA DOT. INICIAL DOT. CORRIGIDA DEFINIDO A TRANSPORTAR , , , , , , I 10 Cerveira + Património C.M. 2014/01/ /12/ , , , , I 11 Ilha da Ciência Ecofluvial C.M. 2014/01/ /12/ , , , Desporto, recreio e lazer I 26 Beneficiação do edifício da Piscina C.M. 2008/01/ /12/ , , , , , , ,00 Municipal I 15 Beneficiação de equipamentos C.M. 2009/01/ /12/ , , , , ,00 municipais desportivos e de lazer I 8 Apetrechamento da Piscina Municipal C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 3. Funções económicas 3.2. Indústria e energia Iluminação Pública I 2 Instalação de reguladores de fluxo C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 luminoso I 9 Ampliação e beneficiação da rede C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 elétrica do concelho 3.3. Transportes e comunicações Transportes rodoviários Rede viária e sinalização Rede viária municipal I 61 Beneficiação e conservação da rede C.M. 2005/01/ /12/ , , , , ,00 viária municipal I 22 Beneficiação da Rua do Paço, em Campos C.M. 2010/01/ /12/ , , , , I 27 Beneficiação da EM 516 C.M. 2012/01/ /12/ , , , , , I 13 Pavimentação da Rua dos Fortes e do C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Largo atrás da Sede da Junta de Freguesia, em Cornes I 14 Requalificação da Rua de S. Pantaleão, C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 em Cornes I 15 Alargamento e Pavimentação da Quelha C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , ,00 do Jardim no Lugar do Valinho, em Covas I 16 Requalificação Urbana da EM 516 junto C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 ao Edifício da Junta de Freguesia, em Loivo I 17 Pavimentação de Caminhos em Loivo C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , I 18 Pavimentação de Caminhos em C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 Mentrestido I 19 Pavimentação da Rua dos C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , ,00 Castanheirinhos, em Sapardos I 20 Beneficiação da EM 517 de Sopo de C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 Baixo a France - 2.ª Fase I 21 Pavimentação de Arruamentos em Vila C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 Meã - Rua das Carreiras I 22 Alargamento e Pavimentação da rua das C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , ,00 Corgas, em Candemil I 23 Requalificação da Estrada da Gávea, em C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 Reboreda I 24 Beneficiação da Estrada do Espirito C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , ,00 Santo, em Vila Nova de Cerveira I 25 Pavimentação e Alargamento do Caminho C.M. 2014/01/ /12/ , , , , ,00 do Lugar da Serra ao Lugar da Formiga, em Lovelhe I 26 Aquisição de sinalização turística e C.M. 2014/01/ /12/ , , , ,00 rodoviária I 27 Aquisição de equipamento urbano C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , Instalação e material de transporte I 3 Aquisição de material de transporte C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , I 4 Manutenção de material de transporte C.M. 2014/01/ /12/ , , , , , Comércio e turismo Turismo I 11 Loja de Turismo de Vila Nova de C.M. 2013/01/ /12/ , , ,00 Cerveira I 11 Loja de Turismo de Vila Nova de , ,00 Cerveira I 11 Loja de Turismo de Vila Nova de , ,00 Cerveira I 11 Loja de Turismo de Vila Nova de , , , ,00 Cerveira

70 ENTIDADE TOTAL DE ALTERAÇÕES : 10 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA TOTAL DE REVISÕES : 1 ANO CONTABILISTICO: 2014 ATÉ À DATA: 2014/12/31 MODIFICAÇÕES AO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS Página : ANOS SEGUINTES OBJECTIVO / IDENTIFICAÇÃO DATAS MODIFICAÇÕES PROGRAMA / DO RESPONSÁVEL CÓDIGO ORÇAMENTAL VALOR TOTAL FINANC. DEFINIDO FINANCIAMENTO PROJECTO / PROJ. DESCRIÇÃO EX NÃO SEGUINTES ACÇÃO ACÇÃO INICIO FIM REALIZADO DOT. INICAL DOT. CORRIGIDA DOT. INICIAL DOT. CORRIGIDA DEFINIDO A TRANSPORTAR , , , , , , , I 12 Projeto para reabilitação dos C.M. 2013/01/ /12/ , , , , ,00 edifícios da antiga Pousada D. Dinis TOTAL , , , , , , ,00 Orgão Executivo Orgão Deliberativo Em de de Em de de

71

72 SITUAÇÃO DOS CONTRATOS Ano : 2014 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2014 Página : 1 ENTIDADE CONTRATO VISTO DO T.C. DATA DO PAGAMENTOS DA GERÊNCIA PAGAMENTOS ACUMULADOS PRIMEIRO Objecto Data Valor Mod N.º Data PAGAMENTO Trabalhos Revisão Trabalhos Total Trabalhos Revisão Trabalhos Total Observações Adj Reg. Normais de Precos a mais Normais de Precos a mais CERVMUSIC UNIPESSOAL, LDA AD PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1.º 2014/10/ ,00 AD 2014/11/ , , , ,36 CICLO DO ENSINO BÁSICO MUSICA - ANO LECTIVO 2014/2015 Locação ou aquisição de bens móveis SAFEFUTURE, LDA AD AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO INFORMÁTICO PARA O 2014/02/ ,00 AD 2014/04/ , , , ,00 CENTRO ESCOLAR NORTE Fantoffice, Equipamentos AD AJUSTE DIRECTO AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA 2014/02/ ,95 AD 2014/06/ , , , ,68 de Escritório E Hotelaria, OS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS Lda GRENKE RENTING, SA AD AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA OS SERVIÇOS 2011/04/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,96 ADMINISTRATIVOS - SERVIÇOS DE OUTSOURCING - PARQUE DE IMPRESSÃO Palcos & Bastidores AD AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO PARA OS SERVIÇOS 2014/05/ ,98 AD 2014/07/ , , , ,47 Unipessoal, Lda EXTERNOS - PALCO DO CINETEATRO DE CERVEIRA Aquaeden Aquariofilia AD AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA OS SERVIÇOS 2014/04/ ,45 AD 2014/07/ , , , ,90 Moderna Sociedade EXTERNOS 3 REFRIGERADORES DE AGUA SALGADA Unipessoal, Lda SVDI - SERVIÇOS E AD LOJA DE TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA 2014/06/ ,40 AD 2014/12/ , , , ,31 TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO, FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS LDA INFORMÁTICOS AGROLIMA - COMERCIO DE AD AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE TRANSPORTE 2014/07/ ,48 AD 2014/07/ , , , ,00 MAQUINAS AGRICOLAS E RETROESCAVADORA INDUSTRIAIS, LDA INOKEM SOLUÇÕES EM AD FORNECIMENTO CONTINUO DE 3000KG HIPOCLORITO DE 2013/07/ ,00 AD 2013/08/ , , , ,85 QUIMICOS CALCIO PARA DESINFEÇÃO DE AGUA PARA CONSUMO HUMANO RB MOTOR - COMERCIO AD AJUSTE DIRETO - AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE 2014/07/ ,73 AD 2014/07/ , , , ,42 AUTOMOVEL, LDA TRANSPORTE - VIATURA LIGEIRA DE PASSAGEIROS" Unedged, Unipessoal Lda AD LOJA DE TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA 2014/07/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,45 FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE EQUIPAMENTOS INFORMÁTICOS E INTERATIVOS VORTAL - COMERCIO AD PLATAFORMA ELECTRONICA DE CONSTRATAÇÃO PUBLICA 2012/07/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,81 ELECTRONICO, CONSULTORIA E MULTIMEDIA, SA LISQUIMICA - INDUSTRIA DE AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIARIA 2013/08/ ,00 AD 2013/10/ , , , ,20 PRODUTOS QUIMICOS, LDA MUNICIPAL - FORNECIMENTO CONTINUO DE 12000KG DE ARGAMASSA BETUMINOSA PARA REPARAÇÃO DA FRIO ABEL NARCISO JORGE, SA AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,99 AD 2014/11/ , , , ,75 ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE MERCEARIA E DE ENLATADOS BP PORTUGAL, SA AD AQUISIÇÃO DE 27 TONELADAS DE GÁS PROPANO, EM 2013/08/ ,73 AD 2013/10/ , , , ,24 FORNECIMENTO CONTINUO Gel Viana, Lda AD AJUSTE DIRETO - FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES 2014/09/ ,50 AD 2014/11/ , , , ,68 ESCOLARES A ALUNOS DO ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE PEIXE CONGELADO E ULTRACONGELADO E DE LEGUMES CONGELADOS ALBINO BARBOSA E PEREIRA, AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,58 AD 2014/10/ , , , ,01 LDA ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE PÃO MADALENA BASTOS DA SILVA AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,50 AD 2014/11/ , , , ,20 ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE FRUTA E DE LEGUMES Fundevila - Comércio De AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,10 AD 2014/11/ , , , ,87 Carnes Lda. ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE CARNE DE BOVINO JOAO BRITO ARAUJO AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,50 AD 2014/11/ , , , ,70 ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE CARNE DE PORCO E DE OVOS SERGISA- COMERCIO DE AD FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES A ALUNOS DO 2014/09/ ,50 AD 2014/11/ , , , ,03 CARNES, LDA ENSINO PRÉ-PRIMÁRIO E DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO FORNECIMENTO CONTINUO DE CARNE DE AVES Sogestone, Sl AD REQUALIFICAÇÃO URBANISTICA - FORNECIMENTO DE 2014/10/ ,63 AD 2014/10/ , , , ,63 PEDRA PARA ESCULTURAS DARIO A. G. A. DE SA, LDA AD AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE TRANSPORTE - VIATURA 2014/10/ ,00 AD 2014/10/ , , , ,00 NISSAN CABSTAR 35.13D EM 2ª MÃO DEPETRO - COMBUSTIVEIS, SA CP FORNECIMENTO: AQUISIÇÃO DE 126M3 DE GASOLEO 2013/01/ ,24 CPN 2013/05/ , , , ,84 RODOVIARIO, EM FORNECIMENTO CONTINUO

73 SITUAÇÃO DOS CONTRATOS Ano : 2014 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2014 Página : 2 ENTIDADE CONTRATO VISTO DO T.C. DATA DO PAGAMENTOS DA GERÊNCIA PAGAMENTOS ACUMULADOS PRIMEIRO Objecto Data Valor Mod N.º Data PAGAMENTO Trabalhos Revisão Trabalhos Total Trabalhos Revisão Trabalhos Total Observações Adj Reg. Normais de Precos a mais Normais de Precos a mais REPSOL GAS PORTUGAL, S.A. CP AQUISIÇÃO DE 120 TONELADAS DE GAS PROPANO EM 2013/01/ ,70 CPN 2013/02/ , , , ,30 FORNECIMENTO CONTINUO ANTONIO ALVES RIBEIRO & CP LOJA DE TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA 2014/07/ ,01 CPN 2014/09/ , , , ,01 FILHOS, LDA AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIO Empreitadas de obras públicas Vitor & Barroso - AD BENEFICIAÇÃO DO EDIFÍCIO DOS PAÇOS DO CONCELHO 2014/05/ ,22 AD 2014/10/ , , , ,89 Construções, Lda REORGANIZAÇÃO DAS SALAS DO 1.º PISO A.VENTURA - SOC.CONST.DO AD BENEFICIAÇÃO DO EDIFÍCIO DA PISCINA MUNICIPAL 2014/04/ ,00 AD 2014/07/ , , , ,40 MINHO,LDA RECUPERAÇÃO DA COBERTURA Construtora Estradas Do AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2014/04/ ,25 AD 2014/08/ , , , ,19 Douro 3, Lda MUNICIPAL CONSTRUÇÃO DE RAMPA DE ACESSO AO EDIFÍCIO DO ANTIGO JARDIM-DE-INFÂNCIA DE CORNES Lucricarisma - Construções AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2014/04/ ,00 AD 2014/05/ , , , ,00 E Terraplanagens MUNICIPAL - CONSTRUÇÃO DE MURO NA RUA DO Unipessoal, Lda REGUEIRO, EM GONDAREM SEBASTIÃO DA ROCHA AD PAVIMENTAÇÃO DA RUA DOS FORTES E DO LARGO ATRÁS 2014/04/ ,50 AD 2014/08/ , , , ,25 BARBOSA, LDA DA SEDE DA JUNTA DE FREGUESIA, EM CORNES RADICALCANELA, LDA AD REQUALICAÇÕES URBANÍSTICAS BENEFICIAÇÃO DA 2013/07/ ,50 AD 2013/12/ , , , ,06 ENVOLVENTE DO EDIFÍCIO SANTA CRUZ A.VENTURA - SOC.CONST.DO AD BENEFICIAÇÃO DE PATRIMONIO IMOBILIARIO 2013/09/ ,00 AD 2014/01/ , , , ,08 MINHO,LDA MUNICIPAL - EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE MANUTENÇÃO NO ANTIGO EDIFICIO DA EB1 DE CAMPOS VENAFIL - CLEANING AND AD BENEFICIAÇÃO DA RUA DO PAÇO, EM CAMPOS 2013/05/ ,00 AD 2013/09/ , , , ,14 GARDENS, LDA CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2013/07/ ,00 AD 2013/10/ , , , ,50 FREITAS II, LDA. MUNICIPAL PAVIMENTAÇÃO NO CAMINHO DO CABRAL, EM SOPO Manuel Da Silva Pereira AD BENEFICIAÇÃO DE PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO 2014/07/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,20 MUNICIPAL DEMOLIÇÃO DE UM EDIFÍCIO DE HABITAÇÃO, NA RUA DO COUTO EM GONDARÉM VENAFIL - CLEANING AND AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2014/08/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,90 GARDENS, LDA MUNICIPAL RECONSTRUÇÃO DE MURO NO LUGAR DO ESPIRÍTO SANTO, EM GONDAR VITOR SALGUEIRO PEREIRA - AD BENEFICIAÇÃO DO CENTRO COORDENADOR DE 2013/07/ ,00 AD 2013/10/ , , , ,18 ENGEOBRA, UNIPESSOAL, LDA TRANSPORTES Machado & Caldas AD PAVIMENTAÇÃO DE CAMINHOS EM MENTRESTIDO 2014/08/ ,50 AD 2014/12/ , , , ,55 Investments, Lda. TRAVESSA DO SOUTO VENAFIL - CLEANING AND AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2014/08/ ,00 AD 2014/11/ , , , ,20 GARDENS, LDA MUNICIPAL CONSTRUÇÃO DE PONTÃO NA RUA DO SOBREIRO, EM CAMPOS NAROM, SL - SUCURSAL EM AD BENEFICIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS E DE 2014/10/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,52 PORTUGAL LAZER - REQUALIFICAÇÃO DA AREA ENVOLVENTE AO CAMPO DE JOGOS DO ESTADIO MUNICIPAL RAFAEL PEDREIRA VENAFIL - CLEANING AND AD CENTROS ESCOLARES AJARDINAMENTO DOS ESPAÇOS 2013/08/ ,50 AD 2014/01/ , , , ,95 GARDENS, LDA VERDES DO CENTRO ESCOLAR NORTE RADICALCANELA, LDA AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2013/10/ ,50 AD 2014/03/ , , , ,57 MUNICIPAL REPARAÇÃO DE VALAS EM VILA MEÃ E REBOREDA E PAVIMENTAÇÃO DO CRUZAMENTO DO PAVILHÃO MULTIUSOS EM CAMPOS E DO CRUZAMENTO DA EN 13 EM Vitor & Barroso - AD BENEFICIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS MUNICIPAIS 2013/09/ ,80 AD 2014/02/ , , , ,99 Construções, Lda DESPORTIVOS E DE LAZER EXECUÇÃO DE OBRAS DE MANUTENÇÃO NO ESTÁDIO MUNICIPAL DR. RAFAEL PEDREIRA MANUEL DA SILVA PEREIRA & AD IMPLEMENTAÇÃO DE SISTEMA DE AGUAS RESIDUAIS 2013/09/ ,00 AD 2014/01/ , , , ,20 FILHOS, LDA DOMESTICAS NA FREGUESIA DE COVAS - EXECUÇÃO DE RAMAIS DOMICILIARIOS DE ABASTECIMENTO DE AGUA E DE SANEAMENTO Primus Lean - Engenharia & AD REQUALIFICAÇÕES URBANISTICAS - BENEFICIAÇÃO DO 2014/01/ ,33 AD 2014/04/ , , , ,31 Construção, Lda. LARGO DAS OLIVEIRAS E DO LOTEAMENTO DO BAIRRO DE S. ROQUE, EM VILA NOVA DE CERVEIRA Vitor & Barroso - AD BENEFICIAÇÃO DO EDIFÍCIO DA PISCINA MUNICIPAL /10/ ,45 AD 2014/03/ , , , ,74 Construções, Lda EXECUÇÃO DE TRABALHOS DE MANUTENÇÃO NO EDIFÍCIO E NA ÁREA ENVOLVENTE JORGE SOUSA-CONSTRUÇÕES, AD BENEFICIAÇÃO DO PATRIMONIO IMOBILIARIO 2014/10/ ,55 AD 2014/12/ , , , ,12 LDA MUNICIPAL - ADAPTAÇÃO DO EDIFICIO DA ANTIGA JUNTA DE FREGUESIA DE COVAS PARA INSTALAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DO PATRIMONIO FLORESTAL - ULC SEBASTIÃO DA ROCHA AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2013/10/ ,00 AD 2014/03/ , , , ,15 BARBOSA, LDA MUNICIPAL PAVIMENTAÇÃO DA RUA PAROQUIAL, EM CORNES

74 SITUAÇÃO DOS CONTRATOS Ano : 2014 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2014 Página : 3 ENTIDADE CONTRATO VISTO DO T.C. DATA DO PAGAMENTOS DA GERÊNCIA PAGAMENTOS ACUMULADOS PRIMEIRO Objecto Data Valor Mod N.º Data PAGAMENTO Trabalhos Revisão Trabalhos Total Trabalhos Revisão Trabalhos Total Observações Adj Reg. Normais de Precos a mais Normais de Precos a mais ANTONIO FREITAS CUNHA AD BENEFICIAÇÃO DE PATRIMÓNIO IMOBILIÁRIO 2013/10/ ,06 AD 2013/11/ , , , ,85 MUNICIPAL - ADAPTAÇÃO DO JARDIM-DE-INFÂNCIA DE SAPARDOS A SEDE DA JUNTA DE FREGUESIA LUSOESTRADA,LDA. AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2013/09/ ,80 AD 2014/02/ , , , ,28 MUNICIPAL - SINALIZAÇÃO VERTICAL E HORIZONTAL (AV. HERÓIS DO ULTRAMAR, ESTRADA MUNICIPAL 515 E 516) MANUEL DA SILVA PEREIRA & AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIARIA 2013/09/ ,50 AD 2014/01/ , , , ,05 FILHOS, LDA MUNICIPAL - ALARGAMENTO DO CAMINHO DO REAL EM COVAS - 1ª FASE CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE AD PAVIMENTAÇÃO DA RUA DO SEIXO EM GONDAREM 2013/02/ ,50 AD 2014/01/ , , , ,00 FREITAS II, LDA. CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE AD ECOVIA - CAMINHO DO RIO - BENEFICIAÇÃO DA 2013/10/ ,00 AD 2014/05/ , , , ,68 FREITAS II, LDA. ENVOLVENTE Lucricarisma - Construções AD BENEFICIAÇÃO E CONSERVAÇÃO DA REDE VIÁRIA 2013/10/ ,00 AD 2014/01/ , , , ,00 E Terraplanagens MUNICIPAL RECONSTRUÇÃO DE MURO NA EM 517, EM Unipessoal, Lda SOPO CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE CP ECOVIA CAMINHO DO RIO 2.ª FASE 2014/05/ ,01 CPN /06/ /09/ , , , ,32 FREITAS II, LDA. ANTONIO ALVES RIBEIRO & CP LOJA DO TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA /04/ ,01 CPN 2014/06/ , , , ,61 FILHOS, LDA ADAPTAÇÃO DO ESPAÇO INTERIOR CARLOS JOSE FERNANDES & CP IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE ÁGUAS RESIDUAIS 2011/08/ ,01 CPN /08/ /02/ , , , ,02 CIA.,LDA. DOMÉSTICAS NA FREGUESIA DE COVAS - 2.ª FASE MANUEL DA SILVA PEREIRA & CP IMPLEMENTAÇÃO DO SISTEMA DE ÁGUAS RESIDUAIS 2011/08/ ,02 CPN /08/ /02/ , , , ,01 FILHOS, LDA DOMÉSTICAS NA FREGUESIA DE COVAS - 2.ª FASE Telhabel Construções, Sa CP BENEFICIAÇÃO DO EDIFICIO DA PISCINA MUNICIPAL /11/ ,01 CPN /12/ /12/ , , , ,09 REQUALIFICAÇÃO GLOBAL DA PISCINA MUNICIPAL E DA AREA ENVOLVENTE NAROM, SL - SUCURSAL EM CP Beneficiação de Equipamentos Municipais 2014/07/ ,01 CPN 2014/11/ , , , ,01 PORTUGAL Desportivos e de Lazer Substituição do Relvado Sintético do Estádio Municipal Rafael Pedreira Martins & Filhos, Sa CP BENEFICIAÇÃO DA EM 517 DE SOPO DE BAIXO A 2014/11/ ,00 CPN 2014/12/ , , , ,00 FRANCE - 2ª FASE SEBASTIÃO DA ROCHA CPU SANEAMENTO BÁSICO NAS RUAS DA PEDREIRA, GOUVIM, 2014/01/ ,01 CPU 2014/05/ , , , ,43 BARBOSA, LDA REGO E ASSEQUIA, EM GONDARÉM VENAFIL - CLEANING AND CPU RUAS DE GAMIL A S. ROQUE DE GONTIGE E RUA DE 2014/01/ ,01 CPU 2014/09/ , , , ,73 GARDENS, LDA ZURAGUES E AMPLIAÇÃO E REMODELAÇÃO DAS REDES DE SANEAMENTO BASICO - RUA E TRAVESSA DO TALHO EM CAMPOS Aquisição de planos, projectos ou criações conceptuais M5 Consultores de AD BENEFICIAÇÃO DO EDIFÍCIO DA PISCINA MUNICIPAL 2014/03/ ,00 AD 2014/04/ , , , ,00 Engenharia, Lda PROJETO DE EXECUÇÃO DE REQUALIFICAÇÃO GLOBAL DA PISCINAMUNICIPAL E DA ÁREA ENVOLVENTE ALTERAÇÕES PORMIN TRABALHOS AD AVENIDA DAS COMUNIDADES/ REGENERAÇÃO URBANA DA 2012/04/ ,00 AD 2014/09/ , , , ,00 ARQUITECTURA E ENGENHARIA, ENTRADA NORTE DA VILA ELABORAÇÃO DO PROJECTO LDA DE EXECUÇÃO DO FORUM CULTURAL E INCUBADORA DAS INDUSTRIAS CRIATIVAS - ALTERAÇÕES PROGITAPE - PROJECTOS DE AD ESTUDOS E PROJETOS ELABORAÇÃO DO PROJETO DE 2013/10/ ,00 AD 2014/03/ , , , ,50 ARQUITECTURA, PLANEAMENTO EXECUÇÃO DE UM CAMPO DE FUTEBOL E INSTALAÇÕES E ENGENHARIA, LDA DE APOIO, EM CAMPOS Aquisição de serviços VENAFIL - CLEANING AND AD SERVIÇOS DE LIMPEZA E HIGIENA PARA OS EDIFICIOS 2012/01/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,69 GARDENS, LDA DO TURISMO, BIBLIOTECA MUNICIPAL E ARQUIVO MUNICIPAL Marques de Almeida, J. AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS REVISOR OFICIAL DE 2014/01/ ,00 AD 2014/06/ , , , ,00 Nunes, V. Simões & CONTAS Associados, Sroc, S.a. SANDRA CRISTINA ARAUJO AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,00 SOARES PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO JOSE CARLOS FERNANDES AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2014/02/ ,60 AD 2014/04/ , , , ,05 ANTUNES PARA UM BIÓLOGO CARLA SOFIA SEQUEIRA AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,16 REBELO PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO Maria Irene Martins AD AJUSTE DIRECTO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE 2014/02/ ,00 AD 2014/03/ , , , ,00 Pinheiro IMPLEMENTAÇÃO E CONSULTORIA NO ÂMBITO DA GESTÃO DE PROCESSOS E COMUNICAÇÃO DIGNIDADE - SOC. AD COMUNICAÇÃO E ASSESSORIA DE IMPRENSA 2011/02/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,00 COMUNICAÇÃO E IMAGEM, LDA VIRGILIO JOAO LAGES AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,86 BARBOSA PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO RIOS DE TALENTO AD BIOLOGO 2011/04/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,70 UNIPESSOAL, LDA

75 SITUAÇÃO DOS CONTRATOS Ano : 2014 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2014 Página : 4 ENTIDADE CONTRATO VISTO DO T.C. DATA DO PAGAMENTOS DA GERÊNCIA PAGAMENTOS ACUMULADOS PRIMEIRO Objecto Data Valor Mod N.º Data PAGAMENTO Trabalhos Revisão Trabalhos Total Trabalhos Revisão Trabalhos Total Observações Adj Reg. Normais de Precos a mais Normais de Precos a mais MINHOCOM - GESTÃO DE AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - SERVIÇOS DE 2012/02/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,62 INFRA-ESTRUTURAS DE CONECTIVIDADE TELECOMUNICAÇÕES, EIM LILIANA CONDE RIBEIRO DA AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,65 SILVA PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO FERNANDO MIGUEL CONDE AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,00 DANTAS PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO DALIA DE JESUS FARIA AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/02/ ,00 AD 2013/03/ , , , ,87 ARAUJO PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO RANDSTAD II - PRESTAÇÃO DE AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS - UM CONTINUO E UM 2013/03/ ,04 AD 2013/05/ , , , ,43 SERVIÇOS, LDA RONDISTA RASGOS DE ORIGINALIDADE AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/05/ ,32 AD 2013/06/ , , , ,00 ECOLOGICOS UNIPESSOAL, LDA PARA UM TECNICO SUPERIOR DE ECOLOGIA E PAISAGISMO DIANA RAQUEL VILA CHA VAZ AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2013/04/ ,00 AD 2013/05/ , , , ,55 SALEIRO PARA UM MONITOR DE NATAÇÃO JORGE AUGUSTO SILVA AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2014/03/ ,00 AD 2014/04/ , , , ,50 RODRIGUES PARA UM TECNICO SUPERIOR DE DESPORTO Helder Moutinho, Lda AD PROGRAMA MUNICIPAL DE ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO 2014/06/ ,00 AD 2014/07/ , , , ,00 CULTURAL NOITE DE FADOS: GISELA JOÃO Media 360, Lda. AD LOJA DE TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA /07/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,90 BRANDING, COMUNICAÇÃO, DESIGN E ARTE FINAL Yunit Serviços, S.a. AD LOJA DE TURISMO DE VILA NOVA DE CERVEIRA 2014/06/ ,00 AD 2014/12/ , , , ,00 DEFINIÇÃO E IMPLEMENTAÇÃO DA LOJA INTERATIVA DUPLA BRILHANTE - AD LIMPEZA DA ZONA INDUSTRIAL DE VILA NOVA DE 2011/05/ ,00 AD 2013/02/ , , , ,00 UNIPESSOAL, LDA CERVEIRA - POLO I E POLO II Area Alto Minho - Agencia AD APOIO A IMPLEMENTAÇÃO DA INICIATIVA "PACTO DE 2011/06/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,00 Regional de Energia E AUTARCAS" Ambiente JARDINS E LIMPEZAS FILIPE AD LIMPEZA DA ZONA INDUSTRIAL DE VILA NOVA DE 2014/06/ ,00 AD 2014/10/ , , , ,26 - UNIPESSOAL, LDA CERVEIRA (PÓLO I E PÓLO II) Sons Em Transito AD PROGRAMA MUNICIPAL DE ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO 2014/07/ ,00 AD 2014/08/ , , , ,00 Espetáculos Culturais CULTURAL - CERVEIRA ACUSTICA: CONCERTO COM Unipessoal, Lda DEOLINDA Afirmação - Management E AD PROGRAMA MUNICIPAL DE ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO 2014/07/ ,00 AD 2014/08/ , , , ,00 Produção de Espectáculos, CULTURAL - CERVEIRA ACÚSTICA - CONCERTO COM Unipessoal, Lda MIGUEL ANGELO T-CARE - CONHECIMENTO E AD PROGRAMA CERVEIRA + SOLIDARIA PRESTAÇÃO DE 2012/04/ ,00 AD 2013/02/ , , , ,00 SAUDE, SA SERVIÇOS TCARE ALERTA CURIOSARGUMENTO, LDA AD SERVIÇOS DE LIMPEZA E HIGIENE PARA OS EDIFICIOS 2013/07/ ,00 AD 2013/11/ , , , ,10 DO CAE, SMIS E CCT 100mais Delonga AD PROGRAMA MUNICIPAL DE ANIMAÇÃO E PROMOÇÃO 2014/07/ ,00 AD 2014/08/ , , , ,00 Unipessoal, Lda CULTURAL BIA: ARTES E OFÍCIOS TRADICIONAIS CONCERTO COM ZÉ PERDIGÃO SONS IBÉRICOS COOPETAPE-COOPERATIVA DE AD PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1.º 2014/09/ ,20 AD 2014/12/02 226,68 226,68 226,68 226,68 ENSINO, C.R.L. CICLO DO ENSINO BÁSICO INGLÊS PIMENTA DO VALE AD ANÁLISES DE AGUAS PARA CONSUMO HUMANO E PISCINA 2013/08/ ,72 AD 2014/03/ , , , ,96 LABORATÓRIOS, LDA MUNICIPAL AUTO VIAÇÃO MELGAÇO, LDA AD AJUSTE DIRETO - TRANSPORTE ESPECIAL ESCOLAR 2014/09/ ,00 AD 2014/11/ , , , ,64 ANO LETIVO 2014/ 2015 AJUSTE DIRETO - TRANSPORTE ESPECIAL ESCOLAR ANO LETIVO 2014/ 2015 Meo - Serviços de AD TELECOMUNICAÇÕES MÓVEIS PARA MUNICIPIO DE VILA 2012/08/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,99 Comunicaçoes E Multimedia, NOVA DE CERVEIRA S.a. JORGE AUGUSTO SILVA AD TECNICO SUPERIOR DE DESPORTO 2011/01/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,00 RODRIGUES VEFA TRAVEL-VIAGENS AD ANIMAÇÃO SOCIAL "DAR VIDA AOS ANOS" - CONVÍVIO 2014/09/ ,13 AD 2014/11/ , , , ,00 TURISMO UNI.LDA ANUAL DE IDOSOS EMPRESA DE TRANSPORTES AD TRANSPORTE ESPECIAL ESCOLAR - ANO LETIVO 2013/10/ ,00 AD 2014/01/ , , , ,40 COURENSE,LDA. 2013/2014 TRANSCUNHA - TRANSPORTES AD TRANSPORTES ESCOLARES TRANSPORTE ESCOLAR PARA 2014/10/ ,00 AD 2014/11/ , , , ,00 RODOVIARIOS DE VIANA, LDA ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCATIVAS ESPECIAIS - ANO LETIVO 2014/ 2015 DANEL LIMPEZAS - SOC. AD LIMPEZA E JARDINAGEM PARA O CENTRO MUNICIPAL DE 2012/11/ ,00 AD 2013/01/ , , , ,00 UNIPESSOAL, LDA ATLETISMO, PARA O PARQUE DO CASTELINHO (JOGOS DE AGUA E MINI GOLF) E PARA AS ROTUNDAS DA EN 13 NO CONCELHO DE VILA NOVA DE CERVEIRA JOSE MANUEL PEREIRA LOPES AD AJUSTE DIRECTO PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EM 2014/01/ ,00 AD 2014/02/ , , , ,00 REBELO REGIME DE AVENÇA PARA UM TÉCNICO RESPONSÁVEL PELA EXPLORAÇÃO DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS NOS IMOVEIS DO MUNICÍPIO CERVMUSIC UNIPESSOAL, LDA AD PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1.º 2013/09/ ,00 AD 2013/10/ , , , ,79 CICLO DO ENSINO BÁSICO MUSICA

76 SITUAÇÃO DOS CONTRATOS Ano : 2014 MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA Período de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2014 Página : 5 ENTIDADE CONTRATO VISTO DO T.C. DATA DO PAGAMENTOS DA GERÊNCIA PAGAMENTOS ACUMULADOS PRIMEIRO Objecto Data Valor Mod N.º Data PAGAMENTO Trabalhos Revisão Trabalhos Total Trabalhos Revisão Trabalhos Total Observações Adj Reg. Normais de Precos a mais Normais de Precos a mais CLUBE CELTAS DO MINHO AD PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1º 2013/09/ ,50 AD 2013/11/ , , , ,00 CICLO DO ENSINO BÁSICO - ATIVIDADE FISICA E DESPORTIVA COOPETAPE-COOPERATIVA DE AD PROGRAMA DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR NO 1.º 2013/09/ ,00 AD 2013/11/ , , , ,00 ENSINO, C.R.L. CICLO DO ENSINO BÁSICO INGLÊS SERVINET - HIGIENE E AD SERVIÇOS DE LIMPEZA E HIGIENE PARA O EDIFÍCIO 2013/09/ ,00 AD 2013/12/ , , , ,15 LIMPEZA UNIPESSOAL, LDA DA PISCINA MUNICIPAL ROXOTROPICAL - LIMPEZAS E AD SERVIÇOS DE LIMPEZA E HIGIENE PARA O EDIFÍCIO 2012/01/ ,12 AD 2013/01/ , , , ,43 JARDINS, LDA PAÇOS DO CONCELHO Miguel Martins Pereira AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2014/01/ ,00 AD 2014/02/ , , , ,00 PARA UM TÉCNICO SUPERIOR EM EDUCAÇÃO FÍSICA HELDER RENATO DA AD PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA MODALIDADE DE AVENÇA 2014/01/ ,00 AD 2014/02/ , , , ,00 ENCARNAÇÃO ARAUJO PARA UM TÉCNICO SUPERIOR DE HIGIENE E SEGURANÇA NO TRABALHO CPCis-COMPANHIA PORTUGUESA CP LICENCIAMENTO, ACTUALIZAÇÃO E MANUTENÇÃO DE 2013/05/ ,02 CPN 2013/09/ , , , ,18 DE COMPUTADORES, SOFTWARE INFORMATICA E SISTEMAS, SA Companhia de Seguros CP AQUISIÇÃO DE APÓLICES DE SEGUROS 2014/01/ ,78 CPN 2014/01/ , , , ,03 Açoreana, Sa Konica Minolta Business CP AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS E MANUTENÇÃO DO PARQUE DE 2014/05/ ,08 CPN 2014/11/ , , , ,50 Solutions Portugal IMPRESSÃO Unipessoal, Lda Total , , , , ,43 Tipo AD CPN CPU Modalidades de Adjudicação/Tipos de procedimentos Designação Ajuste directo Concurso público normal Concurso público urgente

77

78 TRANFERÊNCIAS CORRENTES - DESPESAS Período: 2014/01/01 a 2014/10/31 Disposições Legais Entidade Beneficiária Classificação Económica Transferencias Efetuadas Observações LEI N.º75/2013, DE 12/09 A. CULTURAL E RECREATIVA MINHO NA VILA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ABILIO SENRA DA ROCHA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Academia De Musica Fernandes Fao ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ACAPO - ASSOC, DE CEGOS E AMBLIOPES DE PORTUGAL ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ADEIXA - ASSOCIAÇÃO DE DANÇA DO EIXO ATLANTICO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ADELINO MANUEL GONCALVES RIBEIRO ,64 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ADSL-DESENVOLVIMENTO LOCAL VNC ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE V,N,CERVEIRA ,50 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ALMERINDA TENEDORIO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANA MARIA GONÇALVES DE CASTRO ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANA PAULA PATUSCA VALENTIM CRUZ ,60 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANDREIA DA CUNHA BAPTISTA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANDREIA SUSANA FERREIRA DA CUNHA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANTONIO DA CUNHA ARAUJO ,07 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANTÓNIO DA CUNHA ARAÚJO ,78 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANTONIO JOSE GARCIA SILVA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANTONIO LEONES MORADO ,85 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ANTONIO MARQUES ,20 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ARMANDO AUGUSTO CUNHA RODRIGUES ,09 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ARTUR OLIVEIRA ARANTES ,64 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASS. DESPORTIVA RECREATIVA E CULTURAL LOVELHE ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Associação Comedias do Minho ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Associação Cultural Convento de Sampaio ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA BOMBOS S,TIAGO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇAO CULTURAL E RECREATIVA DO DIVINO SALVADOR DE COVAS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇÃO DA DEFESA DO PATRIMONIO FLORESTAL ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇÃO DE PAIS E ENCARREGADOS DE EDUCAÇÃO DOS ALUNOS DO CENTRO ESCOLAR NORTE 300,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇAO DE PRODUTORES FLORESTAIS DO VALE DO MINHO ,28 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIACAO DESPORTIVA CULTURAL JUVENTUDE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIACAO DESPORTIVA DE CAMPOS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIACAO ESTUDANTES DO COLEGIO CAMPOS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIACAO RECREATIVA E CULTURAL DE NOGUEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 BERNARDETE DE LURDES ARAUJO ESTEVES SANCHES ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 BRUNO MIGUEL REBELO CARPINTEIRA ,04 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CALISTO BRITO DIAS ,51 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CARINA DO CARMO PEREIRA MOTA ,86 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CARLOS ALBERTO DE SOUSA DANTAS ,48 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CARLOS FILIPE COSTA MACHADO ,90 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CARMINDA DE JESUS BOUCA RIBEIRO ,80 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO DE CULTURA DE CAMPOS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO PAROQUIAL E SOCIAL COVAS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO PAROQUIAL P,S,CULT,REBOREDA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CAMPOS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE LOVELHE ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CERVARIA - ASSOCIAÇÃO, CULTURAL E RECREATIVA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CERVEIRA FUTSAL CLUBE ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CERVERCLASSICOS - CLUBE DE CLASSICOS IBERICOS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CLARA ALEXANDRA CARVALHO PEREIRA LAMEIRA ,86 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CLUBE CELTAS DO MINHO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CLUBE DESPORTIVO DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 COMISSAO DE FESTAS CONCELHIAS DE V,N,CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO MINHO-LIMA ,62 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CORAL POLIFONICO DE VILA NOVA DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CORPO NACIONAL DE ESCUTAS ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 DANIEL ANDRE SÁ DA CUNHA ,83 LEI N.º75/2013, DE 12/09 DANIELA CRISTINA SOUSA RODRIGUES ,16 LEI N.º75/2013, DE 12/09 DAVID JOSE ARAUJO BORLIDO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 DORINDA SILVA ARAUJO ,79 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ELISABETE MARIA PEREIRA DE ARAUJO ,35

79 TRANFERÊNCIAS CORRENTES - DESPESAS Período: 2014/01/01 a 2014/10/31 Disposições Legais Entidade Beneficiária Classificação Económica Transferencias Efetuadas Observações LEI N.º75/2013, DE 12/09 ELVIRA DOS PRAZERES LAMEIRA ,05 LEI N.º75/2013, DE 12/09 EMILIA MARIA COSTA GOMES PEREIR ,21 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FEDERAÇÃO DE TRIATLO PORTUGAL ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FERNANDO JOSE MEIRINHO DE CARVALHO ,41 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FILIPA CRISTINA SILVA VIEIRA ,82 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FRANCELINA ROSA ESTEVES ,27 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FUNDAÇAO BIENAL DE ARTE DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 HUGO OCTAVIO DE SOUSA ,05 LEI N.º75/2013, DE 12/09 IDALINA DE SOUSA FERNANDES ALVES ,96 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ISABEL TENEDORIO GOMES PINTO ,68 LEI N.º75/2013, DE 12/09 JOAO BATISTA DE ARAUJO ,97 LEI N.º75/2013, DE 12/09 JOÃO BATISTA FERNANDES GAMEIRO ,41 LEI N.º75/2013, DE 12/09 JOÃO CARLOS SEIA SOBROSA ,04 LEI N.º75/2013, DE 12/09 JOÃO GUSTAVO LOPES DA CUNHA ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/09 JOAO PINTO LEMOS ,60 LEI N.º75/2013, DE 12/10 JOAQUIM MANUEL CRUZ RODRIGUES ARAUJO ,02 LEI N.º75/2013, DE 12/11 JOAQUINA GONÇALVES DA SILVA AFONSO ,52 LEI N.º75/2013, DE 12/12 JOSE ANTONIO SILVA VIEIRA ,40 LEI N.º75/2013, DE 12/13 JOSE AZEVEDO GONÇALVES ,61 LEI N.º75/2013, DE 12/14 JOSE BRANDÃO DA CRUZ ,42 LEI N.º75/2013, DE 12/15 JOSE CARLOS BATISTA ESTEVES ,90 LEI N.º75/2013, DE 12/16 JOSÉ FERREIRA DE SOUSA ,60 LEI N.º75/2013, DE 12/17 JOSE JOAQUIM M DANTAS PEREIRA ,29 LEI N.º75/2013, DE 12/18 JOSE LEONES MORADO ,55 LEI N.º75/2013, DE 12/19 JOSE LUCAS SOUSA BARROS ,01 LEI N.º75/2013, DE 12/20 JOSÉ LUÍS BATISTA DE SÁ ,15 LEI N.º75/2013, DE 12/21 JOSE LUIS BARBOSA DE SÁ ,26 LEI N.º75/2013, DE 12/22 JOSÉ LUIS DE ALMEIDA CASTRO ,07 LEI N.º75/2013, DE 12/23 JOSE MANUEL BARROS PEREIRA ,65 LEI N.º75/2013, DE 12/24 JOSE MARIA PEREIRA ,71 LEI N.º75/2013, DE 12/25 JOSE RODRIGUES DE ARAUJO ,11 LEI N.º75/2013, DE 12/26 JOVIANO ALBERTO ALVES ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/27 LUIS ALBERTO SILVA VIEIRA ,91 LEI N.º75/2013, DE 12/28 LUIS FILIPE ARANTES ARAUJO ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/29 LUIS MANUEL SILVA PRESSA ,50 LEI N.º75/2013, DE 12/30 LUIS MIGUEL GONÇALVES DA SILVA ,27 LEI N.º75/2013, DE 12/31 LUIS VAZ DA ROCHA ,18 LEI N.º75/2013, DE 12/32 Mª FATIMA GUARDA SILVA RODA ARAUJO ,57 LEI N.º75/2013, DE 12/33 MARCIO JOSE SIMÕES BRANCO ,83 LEI N.º75/2013, DE 12/34 MARCO ANTONIO DA CONCEIÇÃO MARTINS DOS SANTOS ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/35 MARGARIDA ROSA BARROS ,47 LEI N.º75/2013, DE 12/36 MARIA AMELIA ROCHA PEREIRA ARAUJO ,67 LEI N.º75/2013, DE 12/37 MARIA AUGUSTA DA CRUZ ,99 LEI N.º75/2013, DE 12/38 MARIA DE FATIMA AFONSO DA COSTA ,45 LEI N.º75/2013, DE 12/39 MARIA DE FATIMA DA COSTA BARBOSA ESMERIZ ,92 LEI N.º75/2013, DE 12/40 MARIA INACIA XAROPE ALVES ,25 LEI N.º75/2013, DE 12/41 MARINA BARREIRO LOPES ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/42 MARIO ACACIO DA CUNHA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/43 MARISA RAQUEL PEREIRA ARAUJO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/44 MUNICIPIO DE VALENÇA ,53 LEI N.º75/2013, DE 12/45 NATHALIE BEATRIZ ARAUJO BORLIDO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/46 NUNO MIGUEL DA COSTA MORENCE ,64 LEI N.º75/2013, DE 12/47 NUNO MIGUEL VELOSO DA GUIA ,83 LEI N.º75/2013, DE 12/48 PALMIRA DA ENCARNACAO RIBEIRO ,59 LEI N.º75/2013, DE 12/49 PATAS E PATAS - ASSOCIAÇÃO DE DEFESA DOS ANIMAIS DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/50 PAULINO MARIA ARAUJO FERREIRA ,85 LEI N.º75/2013, DE 12/51 PAULO ALEXANDRE BATISTA BARANDAS ,91 LEI N.º75/2013, DE 12/52 PAULO JORGE DA SILVA PEREIRA ,31 LEI N.º75/2013, DE 12/53 PEDAL'ARTE - ASSOCIAÇÃO DE CICLOTURISMO DE V, N, CERVEIRA ,00

80 TRANFERÊNCIAS CORRENTES - DESPESAS Período: 2014/01/01 a 2014/10/31 Disposições Legais Entidade Beneficiária Classificação Económica Transferencias Efetuadas Observações LEI N.º75/2013, DE 12/54 Pedro Barroso Sá ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/55 PROJECTO - NUCLEO DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/56 RAIMUNDO DANTAS ARAUJO ,72 LEI N.º75/2013, DE 12/57 RANCHO FOLCLORICO DA CASA DO POVO DE BARBEITA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/58 RANCHO FOLCLORICO DE SOPO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/59 RANCHO FOLCLORICO E ETNOGRAFICO REBOREDA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/60 RANCHO FOLCLORICO INFANTIL DE GONDAREM ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/61 ROGERIO JOAQUIM BARBOSA DOS SANTOS ,51 LEI N.º75/2013, DE 12/62 ROSA DA SILVA FREITAS ,93 LEI N.º75/2013, DE 12/63 ROSA MARIA DA ROCHA AMORIM PEREIRA ,59 LEI N.º75/2013, DE 12/64 ROSENDO JOSE ALVES ,88 LEI N.º75/2013, DE 12/65 SANTA CASA DA MISERICORDIA V,N,CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/66 Sara Ramalhosa Barbosa ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/67 SILVIA MARIA GONÇALVES RIBEIRO ,52 LEI N.º75/2013, DE 12/68 Uniminho - Associação Do Vale Do Minho Transfronteiriço ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/69 UNISENIOR, UNIVERSIDADE SENIOR DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/70 Velha Lamparina - União De Artes E Ofícios E Recriações Históricas ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/71 VITOR MANUEL DE CASTRO CARVALHO ,83 LEI N.º75/2013, DE 12/72 VITOR MANUEL SILVA FERREIRA ,93 Total ,72

81

82 TRANSFERÊNCIAS CAPITAL - DESPESA Período: 2014/01/01 a 2014/12/31 Disposições Legais Entidade Beneficiária Classificação Económica Transferências Efetuadas LEI N.º75/2013, DE 12/09 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE V.N.CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOC. H. BOMBEIROS VOLUNTARIOS V.N.C ,80 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIACAO DESPORTIVA CULTURAL JUVENTUDE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 ASSOCIAÇÃO CULTURAL E RECREATIVA BOMBOS S.TIAGO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Albano Antas da Silva ,28 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CAMPOS ,30 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CITIUS FIT - CLUBE DE FITNESS DE CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 CLUBE CAÇA E PESCA DE V.N. CERVEIRA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO MINHO-LIMA ,82 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FABRICA DA IGREJA PAROQUIAL S.MARINHA LOIVO ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FABRICA IGREJA PAROQUIAL S.JOAO REBOREDA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE CAMPOS E VILA MEÃ ,08 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE CANDEMIL E GONDAR ,54 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE COVAS ,35 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE GONDAREM ,08 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE REBOREDA E NOGUEIRA ,72 LEI N.º75/2013, DE 12/09 FREGUESIA DE SAPARDOS ,09 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Freguesia De Cornes ,18 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Freguesia De Loivo ,25 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Freguesia De Mentrestido ,25 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Freguesia De Sopo ,87 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Freguesia V.n.cerveira E Lovelhe ,09 LEI N.º75/2013, DE 12/09 MARIA DO CARMO DA SILVA CORREIA ,00 LEI N.º75/2013, DE 12/09 Maria Conceição Rodrigues Azevedo Venade ,91 LEI N.º75/2013, DE 12/09 SANTA CASA DA MISERICORDIA V.N.CERVEIRA ,00 Observações Total ,61

83

84 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES - RECEITA Período: 2014/01/01 a 2014/12/31 Disposições Gerais Entidades Financeiras Classificação Económica Transferências Orçadas Transferências Obtidas LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO ASSOCIAÇAO DE PRODUTORES FLORESTAIS DO VALE DO MINHO , ,06 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO DIRECCAO-GERAL DAS AUTARQUIAS LOCAIS , ,00 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO DIRECCAO-GERAL DAS AUTARQUIAS LOCAIS , ,00 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO DIRECCAO-GERAL DAS AUTARQUIAS LOCAIS , ,00 DECRETO-LEI N,º299/84, DE 09/05 DIRECCAO-GERAL DAS AUTARQUIAS LOCAIS , ,00 DESPACHO N,º2251/2005, DE 09/05 DREN - DIRECCAO REG,EDUCACAO NORTE , ,39 DECRETO-LEI N,º144/2008, DE 28/07 GABINETE DE GESTÃO FINANCEIRA DO MINISTÉRIO EDUCAÇÃO , ,86 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO IFAP - INSTITUTO DE FINANCIAMENTO AGRICULTURA E PESCAS , ,72 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO INSTITUTO DE EMPREGO E FORMAÇÃO PROFISSIONAL , ,33 LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO INSTITUTO DE GESTÃO FINANCEIRA DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P , ,23 Observações Total ,59

85 Município de Vila Nova de Cerveira TRANSFERÊNCIAS DE CAPITAL I RECEITA Prestação de Contas 2014

86 TRANFERÊNCIAS CAPITAL - RECEITA Período: 2014/01/01 a 2014/12/31 Disposições Legais Entidade Financiadora Classificação Económica Transferências Orçadas Transferências Obtidas Observações LEI N,º 73/2013, DE 3 DE SETEMBRO DIRECCAO-GERAL DAS AUTARQUIAS LOCAIS , ,00 DECRETO-LEI N,º312/2007, DE 17/09 INSTITUTO FINANCEIRO PARA DESENVOLVIMENTO REGIONAL , ,93 DECRETO-LEI N,º312/2007, DE 17/10 TURISMO DE PORTUGAL, IP , ,01 Total ,94

87

88 Mapa de Empréstimos (a) Município de Vila Nova de Cerveira Ano: 2014 Caracterização do Empréstimo Data de aprovação pela A.M. Data de contratação do empréstimo Prazo do contrato Anos decorridos Visto do TC Capital Taxa de juro Encargos do ano Finalidade do N.º Reg Data Empréstimo ( c ) Contratado Utilizado Inicial Actual Amortização Juros Total Juros de mora Encargos do ano vencidos e não pagos Dívida em 01 de Janeiro Dívida em 31 de Dezembro Obs. Curto Prazo (b) Total Médio e Longo Prazo (b) Caixa Geral de Depósitos Habitação Social , ,72 7,25 0, , , , , ,33 I ai c), n.º6, art.º24 - Lei n.º Caixa Geral de Depósitos Hab. Soc. Reforço , ,54 8,00 0, , , , , ,12 I ai c), n.º6, art.º24 - Lei n.º Caixa Geral de Depósitos Viação Rural , ,21 7,25 2, ,43 713, , ,43 0,00 I art.º 32 - Lei 42/98 Caixa Geral de Depósitos Viação Rural , ,71 8,00 2, ,04 442, , ,04 0,00 I art.º 32 - Lei 42/98 Caixa Geral de Depósitos Intempéries , ,32 2,20 0, ,98 888, , , ,86 I ai b), n.º6, art.º24 - Lei n.º Caixa Agrícola Obras Co-financiadas , ,00 2,52 1, , , , , ,41 N Caixa Geral de Depósitos Obras do PPI , ,00 3,39 1, , , , , ,88 N Caixa Geral de Depósitos Obras do PPI , ,00 2,30 0, ,42 693, , , ,14 N Caixa Geral de Depósitos Obras do PPI , ,00 3,7282 0, , , , , ,47 N Caixa Agrícola Obras do PPI , ,00 3,107 1, , , , , ,25 N Caixa Geral de Depósitos Obras Co-financiadas , ,00 2,42 2, , , , , ,55 N (a) as colunas serão preenchidas quando se justifique Total , , , , , , ,01 Limite de endividamento (b) A desagregar por empréstimos bancários, por obrigações, outros empréstimos e por entidade ( c) Utilizar (i) - se estiver isento do limite de endividamento, indicando a legislação aplicável, e (N) no caso contrário ÓRGÃO EXECUTIVO Em de de ÓRGÃO DELIBERATIVO Em de de

89

90 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OUTRAS DÍVIDAS A TERCEIROS M. V.N.Cerveira MES : 12 - DEZEMBRO 2015/04/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR 22 FORNECEDORES , , Fornecedores c/corrente , ,82 1 A GRAFICA DO MINHO 1.172,60 7, Joaquim Barros Rodrigues & Filhos,lda 1.227,21 850, GRAFINAL,LDA. 676, VIDRARIA LANHELENSE DE ADOLFO MARROCOS, LDA 424, EMPRESA DE TRANSPORTES COURENSE,LDA , , BARREIROS, COSTA & SAMPAIO, LDA 2.864, MOTO-PODIO, LDA 538, SERGISA- COMERCIO DE CARNES, LDA 843, Meo - Serviços de Comunicaçoes E Multimedia, S.a. 847, MLGIA - GALERIA INTERNACIONAL DE ARTE 1.512, AREAL EDITORES, SA 307, NUNO GONCALO LOPES PEREIRA 550, MARIO GONCALVES,Lda. 317, FRANCLIM & FERNANDES,LDª , UNISELF - SOCIEDADE DE RESTAURANTES PÚBLICOS E PRIVADOS, SA , VALORMINHO-VAL.TRAT.RESIDUOS SOLIDOS,S.A , , DIMACER - COMERCIO DE EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS LDA 318,67 32, DANEL LIMPEZAS - SOC. UNIPESSOAL, LDA 2.460, LUIS ANTONIO DA CUNHA & IRMAO,LDA. 254, SANTOS, BRITO & FONSECA, LDA. 208, MANUEL SANCHO MONTEIRO TENEDORIO 53, ERMELINDA MARIA AVIDA REGO DO PACO 165, MARIA EMILIA VILAS DA CUNHA PEREIRA 57, Aurora da Conceicao Ribeiro Creio Costa Caldas 1.054,36 670, JARDINS E LIMPEZAS FILIPE - UNIPESSOAL, LDA 2.340, LIVRARIA BERTRAND,SA 188, , SUMA- SERVIÇOS URBANOS E MEIO AMBIENTE, S.A , , FUNDAÇÃO INATEL 834, RIBEIRO, PURIFICACAO & COELHO, LDA 61, JULIO FERREIRA MARINHO VAZ 325, MIGUEL PAULO SILVA CONDE GONCALVES 89, MCAETANO & CIA., LDA 776, GLOBAL NOTICIAS - PUBLICAÇÕES, SA 167, ALBINO BARBOSA E PEREIRA, LDA 444, NUNO SANTA MARIA FERNANDES UNIP,LDA 618, EDP SERVIÇO UNIVERSAL, SA , GRUPNOR - GRUPO PORTUGUES DE ELEVADORES DO NORTE, LDA 1.121, ABEL NARCISO JORGE, SA 706, FRIVALENCA - EQUIP.HOTELEIROS,Lda. 529, DELIPOLI - REPRESENTAÇÕES ALIMENTARES LDA 30, OVNITUR - VIAGENS TURISMO E RENT-A-CAR LDA 1.134, IMPRENSA MUNICIPALISTA 239, SERRACAO RODRIGUES,LDA. 227,55 195, Opera Omnia - Edição, Distribuição E Comercialização De Livros 2.945, ASSOCIACAO "LENDIAS D'ENCANTAR" 1.340, SIQ - SOCIEDADE DE INDUSTRIAS QUIMICAS, LDA 1.668, VENAFIL - CLEANING AND GARDENS, LDA 3.184, LUIS FEITEIRINHA,LDA 1.170, ROLVALENÇA, LDA 1.367, INOKEM SOLUÇÕES EM QUIMICOS 3.837, , MADALENA BASTOS DA SILVA 1.935, CERVEIRAUTO-OF.REPA.AUTOMOVEIS,LDA 570, , JET COOLER - AGUAS E CAFES, SA 32, AUTO VIAÇÃO MELGAÇO, LDA 9.745, RANDSTAD II - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, LDA 2.772, , AUTO SUECO, LDA 617,04 748, VORTAL - COMERCIO ELECTRONICO, CONSULTORIA E MULTIMEDIA, SA 1.845, IMAGEM DE LINHAS DESIGN E PUBLICIDADE, LDA 166, , ANTONIO BOUÇOS - ELECTRICIDADE UNIPESSOAL, LDA 73, VIANAS, SA 1.533, UNIFARDAS - CONFECÇÕES, SA 135, Area Alto Minho - Agencia Regional de Energia E Ambiente 1.834, ANTONIO LAMEIRA - CANALIZACOES, UNIPESSOAL LDA 109, COOPETAPE-COOPERATIVA DE ENSINO, C.R.L , LIMA SEGURANÇA - UNIPESSOAL, LDA 922, ÁGUAS DO NOROESTE,SA , TORRE MARCO - COMERCIO DE TRACTORES E ALFAIS AGRICOLAS, SA 917, DUPLA BRILHANTE - UNIPESSOAL, LDA 2.460, T-CARE - CONHECIMENTO E SAUDE, SA 1.908, , BRICOLAGE UNIPESSOAL, LDA 2.523, RODRIGO CASTRO BRAGA UNIPESSOAL, LDA 2.521, AL - ANTUNES LIVREIROS UNIPESSOAL, LDA 463, COELHOS TEXTEIS - COMERCIO E INDUSTRIA, LDA 199, Singular Plural, Ler Arte & Comunicacao Unipessoal, Lda 53, JOAQUIM LUIS AMORIM BARBOSA 882, CONFIAUTO, LDA 986,16 249, GRAFICA CASA DOS RAPAZES 1.151, TRANSCUNHA - TRANSPORTES RODOVIARIOS DE VIANA, LDA 3.000, SCHINDLER - ASCENSORES E ESCADAS ROLANTES, SA 698, EDP COMERCIAL - COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA, SA 3.736,78 A TRANSPORTAR , ,22

91 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OUTRAS DÍVIDAS A TERCEIROS M. V.N.Cerveira MES : 12 - DEZEMBRO 2015/04/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , ROXOTROPICAL - LIMPEZAS E JARDINS, LDA 1.800, RODRIGUES & QUEIRÓS UNIPESSOAL, LDA 461, RADIO JORNAL CAMINHENSE 571, RCR-RECUP.CLASSIF.RESID.UNIP.LDA 1.360, LINCE EDITORA, LDA 615, CLÁUDIO DE JESUS AFONSO 489, AGROLIMA - COMERCIO DE MAQUINAS AGRICOLAS E INDUSTRIAIS, LDA 1.744, ADELIA GLORIA MATOS OLIVEIRA 96,20 60, ANTONIO MEIRELES, SA 95, PUBLIVAL - QUADRO EXPLICATIVO UNIPESSOAL, LDA 178, ABÍLIO JOSÉ BILHOTO OLIVEIRA 826, JOSE LUIS DA CUNHA LEITE 246,00 202, DEPETRO - COMBUSTIVEIS, SA 4.976, J. PEREIRA RIBEIRO & FILHOS II, LDA 128, NILFISK ADVANCE, LDA 513, SOUMAD - COM.MADEIRAS & DERIVADOS, Lda 589, CURIOSARGUMENTO, LDA 1.427, Sergio & Edite Espetaculos, Lda 1.845, JOAO VALENTE UNIPESSOAL, LDA 2.544, , Fugir Do Medo - Associação Cultural 261, Manuel Fernando Da Silva Martins 377, Ricardo Avelino Lima De Abreu 104, BRASEIRAO DO MINHO 2.070, MINHOTOLDOS - PROD. PUCLICITARIOS, LDA 783, Konica Minolta Business Solutions Portugal Unipessoal, Lda 2.431, Manuel Cunha Dias 874, Bureau Veritas Rinave - Sociedade Unipessoal, Sa 344, Gel Viana, Lda 2.067, Fundevila - Comércio De Carnes Lda , Diana Pino Gonzalez 400, Sisvend - Sistemas E Equipamentos, Lda 720, Jose Carlos Malheiro Freire 86, Rubis Energia Portugal, Sa 1.130,82 60 JOAO BRITO ARAUJO 609, JORNAL O CAMINHENSE 30, MEDIDATA.NET, SA 9.878,33 83 PT COMUNICACOES,S.A. 69,73 79, Fornecedores - Facturas em recepção e conferência , , SANDRA CRISTINA ARAUJO SOARES 840, Joaquim Barros Rodrigues & Filhos,lda 74,97 744, CTT - CORREIOS DE PORTUGAL SA 1.816,81 473, GRAFINAL,LDA. 298, VIANA PAPEL - Comercio de Papel, Lda 95, EMPRESA DE TRANSPORTES COURENSE,LDA , , C.PASTELARIA FLOR DAS CEREJAS,LDA 390, , PRESSELIVRE - IMPRENSA LIVRE, SA 123, MOTO-PODIO, LDA 322, SERGISA- COMERCIO DE CARNES, LDA 787, Meo - Serviços de Comunicaçoes E Multimedia, S.a. 91, MENDES E IRMAOS, LDA 119, A.D.S.E , MASTER.FIT, COM.DE PEÇAS E ACESS.AUTOMOVEIS,LDA 98, MARIO GONCALVES,Lda. 99, UNISELF - SOCIEDADE DE RESTAURANTES PÚBLICOS E PRIVADOS, SA 9.790, VALORMINHO-VAL.TRAT.RESIDUOS SOLIDOS,S.A , FERNANDO MIGUEL CONDE DANTAS 661, Costa & Fernandes,lda. 759, CRONOGRAMA - SISTEMAS INFORMATICA E FORMACAO,LDA 89, DANEL LIMPEZAS - SOC. UNIPESSOAL, LDA 2.460, MUNICIPIO DE VIANA DO CASTELO 182, SANTOS, BRITO & FONSECA, LDA. 208, ARAUJO & LEITES-PASTELARIA LDA 3.932, REPSOL GAS PORTUGAL, S.A ,95 876, ERMELINDA MARIA AVIDA REGO DO PACO 161,14 273, Aurora da Conceicao Ribeiro Creio Costa Caldas 492,00 442, JARDINS E LIMPEZAS FILIPE - UNIPESSOAL, LDA 6.225, LIVRARIA BERTRAND,SA 1.203, ADSL-DESENVOLVIMENTO LOCAL V.N.C 130, SUMA- SERVIÇOS URBANOS E MEIO AMBIENTE, S.A , , MANUEL RUI AZINHAIS NABEIRO, LDA 216, UNISENIOR, UNIVERSIDADE SENIOR DE CERVEIRA 600, FUNDAÇÃO INATEL 500, FERNANDO VINHAS COSTA 25, AUTOCAVADO - COMERCIO DE AUTOMOVEIS, LDA 292, MCAETANO & CIA., LDA 1.014, GLOBAL NOTICIAS - PUBLICAÇÕES, SA 177, ALBINO BARBOSA E PEREIRA, LDA 268, HUSALUGA-V.ALUGUER MÁQUINAS,LDA 77, CENTRO SOCIAL PAROQUIAL DE CAMPOS 115, DALIA DE JESUS FARIA ARAUJO 1.396, ,03 A TRANSPORTAR , ,33

92 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OUTRAS DÍVIDAS A TERCEIROS M. V.N.Cerveira MES : 12 - DEZEMBRO 2015/04/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , MANUEL MARIO RIBEIRO SILVA 133, EDP SERVIÇO UNIVERSAL, SA , , ABEL NARCISO JORGE, SA 1.030, GUARDA NACIONAL REPUBLICANA 653, FNAC - PORTUGAL, LDA 511, LADISLAU ILIDIO REIS DA SILVA 795, ECATOTALINSPE, S.A. 172, R.C.C - RADIO CULTURAL CERVEIRA 838, VENAFIL - CLEANING AND GARDENS, LDA 1.622, , LUIS FEITEIRINHA,LDA 2.263, JOSE ANTONIO FERNANDES 350, ROLVALENÇA, LDA 218, MADALENA BASTOS DA SILVA 650, CERVEIRAUTO-OF.REPA.AUTOMOVEIS,LDA 1.608, JET COOLER - AGUAS E CAFES, SA 57,82 34, Malaposta de Lovelhe, Hotel Rural, Sociedade Unipessoal Ldª 591, RANDSTAD II - PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, LDA 2.772, IMAGEM DE LINHAS DESIGN E PUBLICIDADE, LDA 41, Montegondarém, S. A. 875, SERVINET - HIGIENE E LIMPEZA UNIPESSOAL, LDA 3.463, BP PORTUGAL, SA 1.305, J. LARA & LARA, LDA 82, Area Alto Minho - Agencia Regional de Energia E Ambiente 1.230, COOPETAPE-COOPERATIVA DE ENSINO, C.R.L. 925, AGRIFER - EQUIPAMENTOS AGRICOLAS E INDUSTRIAIS, LDA 337, ÁGUAS DO NOROESTE,SA , , TORRE MARCO - COMERCIO DE TRACTORES E ALFAIS AGRICOLAS, SA 131, DUPLA BRILHANTE - UNIPESSOAL, LDA 2.460, PIMENTA DO VALE LABORATÓRIOS, LDA 6.454, , T-CARE - CONHECIMENTO E SAUDE, SA 954, BRICOLAGE UNIPESSOAL, LDA 1.039, RODRIGO CASTRO BRAGA UNIPESSOAL, LDA 238,15 190, NUNO MIGUEL MENDES FERROS 495, MINHOCOM - GESTÃO DE INFRA-ESTRUTURAS DE TELECOMUNICAÇÕES, EIM 2.163, , SCHMITT ELEVADORES, LDA 95, EDP COMERCIAL - COMERCIALIZAÇÃO DE ENERGIA, SA 2.360,82 586, ROXOTROPICAL - LIMPEZAS E JARDINS, LDA 3.569, , RODRIGUES & QUEIRÓS UNIPESSOAL, LDA 172, LINCE EDITORA, LDA 200, SIBS - FORWARD PAYMENT SOLUTIONS 55, SAFEFUTURE, LDA 89, AGROLIMA - COMERCIO DE MAQUINAS AGRICOLAS E INDUSTRIAIS, LDA 2.740, ANTONIO MEIRELES, SA 138, ABÍLIO JOSÉ BILHOTO OLIVEIRA 847, CARLA SOFIA SEQUEIRA REBELO 1.375, DIANA RAQUEL VILA CHA VAZ SALEIRO 1.218, NILFISK ADVANCE, LDA 701, CURIOSARGUMENTO, LDA 1.427, , JOAO VALENTE UNIPESSOAL, LDA 6.918, , O Mini Bus Aldeia, Lda 254, Marcobrinde - Sociedade Unipessoal Lda , Ricardo Avelino Lima De Abreu 60, A.m. Pirotécnica, Lda 1.303, BRASEIRAO DO MINHO 2.100, Konica Minolta Business Solutions Portugal Unipessoal, Lda 2.413, Etapaqualidade Pichelaria, Lda 321, Secur - Comercio E Representações, Lda 673, Marcobrinde Ii - Sociedade Por Quotas, Lda 2.975, Gel Viana, Lda 391, Fundevila - Comércio De Carnes Lda. 411, Imporquímica - Indústria Portuguesa De Produção Química, S.a. 520, Alexandra & Claudia Ribeiro, Lda 63, Razon Social - Bibiana Alvarez Magalhanes 375, Vitor Alexandre Barosa Dos Reis 6.000,00 60 JOAO BRITO ARAUJO 368, SALVADOR CAETANO - COMÉRCIO DE AUTOMÓVEIS, S.A 650,85 74 VIUVA DE JOSE DE SOUSA FILHOS, LDA 209,10 77 CLUBE CELTAS DO MINHO 2.058, HOMERO GOMES - UNIPESSOAL, LDA 90,00 83 PT COMUNICACOES,S.A. 476,69 23 EMPRÉSTIMOS OBTIDOS , , Em moeda nacional , , De médio e longo prazo , , Empréstimos bancários , , CAIXA GERAL DE DEPOSITOS , , BEI /000011/287/ , BEI /000012/087/ , INTEMPERIES /000123/487/ , , HAB.SOCIAL /000010/487/ , , HAB.SOCIAL /000010/487/ , ,33 A TRANSPORTAR , ,66

93 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OUTRAS DÍVIDAS A TERCEIROS M. V.N.Cerveira MES : 12 - DEZEMBRO 2015/04/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , EMPRÉSTIMO CGD , , EMPRÉSTIMO CGD , , EMPRÉSTIMO CGD , , EMPRÉSTIMO CGD /006702/ , , CAIXA CRÉDITO AGRICOLA MÚTUO , , EMPRÉSTIMO CCAM , , EMPRÉSTIMO CCAM , ,25 24 ESTADO E OUTROS ENTES PÚBLICOS , , Imposto sobre o valor acrescentado 92, Iva - liquidado 92, OPERAÇÕES INTRACOMUNITÁRIAS 92, Intracomunitario 92, Contribuições para a Seguranca Social , , ADSE , , ADSE-ENCARGOS DA AUTARQUIA , , A.D.S.E , ,11 26 OUTROS DEVEDORES E CREDORES , , Fornecedores de imobilizado , , Fornecedores de imobilizado, c/c , , BIBLIOSOFT - INFORMATICA,FORMACAO E SERVICOS, LDA 5.261, MENDES E IRMAOS, LDA 3.356, A.VENTURA - SOC.CONST.DO MINHO,LDA , MARIO GONCALVES,Lda , , FLOW SYSTEMS - SISTEMAS DE MEDICAO DE FLUIDOS, LD. 773, Habidom - Sinalização Rodoviária, Lda 639, JARDINS E LIMPEZAS FILIPE - UNIPESSOAL, LDA 344, VIVEIROS JUCA, LDA 3.763, VENAFIL - CLEANING AND GARDENS, LDA , LUIS FEITEIRINHA,LDA 244, MANUTAN UNIPESSOAL, LDA 3.985, MANUEL DA SILVA PEREIRA & FILHOS, LDA , ANTONIO BOUÇOS - ELECTRICIDADE UNIPESSOAL, LDA 782, J. LARA & LARA, LDA 945, , AGRIFER - EQUIPAMENTOS AGRICOLAS E INDUSTRIAIS, LDA 4.568, CONSTRUÇÕES ARTUR ALVES DE FREITAS II, LDA , PAULO JORGE A.S. TORRES 714, HUMBERTO POÇAS, SA 1.173, , VITOR SALGUEIRO PEREIRA - ENGEOBRA, UNIPESSOAL, LDA , J. PEREIRA RIBEIRO & FILHOS II, LDA 404, SOMBRAS PERFEITAS - TOLDOS E COBERTURAS,LDASOMBRAS PERFEITAS ,00 TOLDOS E COBERT 5520 RADICALCANELA, LDA , Vitor & Barroso - Construções, Lda , Lucricarisma - Construções E Terraplanagens Unipessoal, Lda 3.445, Numero Vedeta - Unipessoal, Lda 1.107, MINHOTOLDOS - PROD. PUCLICITARIOS, LDA 1.211, Portgás-sociedade de Produção E Distribuição de Gás Sa 4.334, Manuel Cunha Dias 1.407, Casa Tamegao De Homero Reis Unipessoal, Lda 289, Ancoramat - Materiais De Construção, Lda 2.583,00 66 CARLOS JOSE FERNANDES & CIA.,LDA , SERRALHARIA OS CASA NOVAS LDA 1.328, MEDIDATA.NET, SA , Fornecedores imobilizado - Facturas em recepção e conferência , , CONTENUR PORTUGAL,S.A , LUSOESTRADA,LDA , SEBASTIÃO DA ROCHA BARBOSA, LDA , CIL - CENTRO DE INFORMATICA, SA 3.895, ANTONIO FREITAS CUNHA , VIVEIROS JUCA, LDA 1.180, LUIS FEITEIRINHA,LDA 848, IMAGEM DE LINHAS DESIGN E PUBLICIDADE, LDA 4.744, J. LARA & LARA, LDA 218, GRENKE RENTING, SA 6.890, NAROM, SL - SUCURSAL EM PORTUGAL 1.932,23 658, HUMBERTO POÇAS, SA 240, , SINAT - SINALIZAÇÃO DE TRANSITO EM POLIESTER, LDA 301, Vitor & Barroso - Construções, Lda , Numero Vedeta - Unipessoal, Lda 1.107, Martins & Filhos, Sa , EDP DISTRIBUIÇÃO ENERGIA, SA 187, Consultores, assessores e intermediários 80, Fernando Da Costa Neiva Pinheiro 80, Devedores e credores diversos 175, , DEVEDORES DIVERSOS , CREDEORES DAS ADMINISTRAÇÕES PÚBLICAS - FUNDO APOIO MUNICIPAL , Credores de transferências das autarquias locais 8.526, Administração autárquica 8.526, Associações de municípios 8.526, COMUNIDADE INTERMUNICIPAL DO MINHO-LIMA 8.526,64 A TRANSPORTAR , ,68

94 ENTIDADE DATA ANO PAGINA OUTRAS DÍVIDAS A TERCEIROS M. V.N.Cerveira MES : 12 - DEZEMBRO 2015/04/ COD. CONTA TERCEIRO DESIGNAÇÃO SALDO INICIAL SALDO FINAL DEBITO CREDITO DEVEDOR CREDOR TRANSPORTE , , OUTROS DEVEDORES 3,68 3, DEVEDORES DE INSTITUIÇOES FINANCEIRAS 3,62 3, OUTROS DEVEDORES DIVERSOS 0,06 0, OUTROS DEVEDORES DIVERSOS-AGREGADO 0,06 0, Credores Diversos - Outros 172, , CLIENTES COM PRESTAÇÃO 172,20 418, OUTROS CREDORES DIVERSOS 810, FUNDAÇAO BIENAL DE ARTE DE CERVEIRA 810, Adiantamentos por contas de vendas ,00 TOTAL , ,56

95

96 RELATÓRIO DE GESTÃO GERÊNCIA DO ANO ECONÓMICO Introdução De acordo com a lei, o actual executivo elaborou o seu Relatório de Actividades e Prestação de Contas de 2014 que submete à apreciação da Assembleia Municipal, para que esta se pronuncie sobre a real situação económica, financeira e patrimonial. O presente relatório foi elaborado com base na metodologia do POCAL, introduzida em 2002, e reflecte com rigor e transparência a actividade municipal no exercício de 2014, apresentando para isso, os números mais relevantes das contas da Autarquia assim como o impacto destes no seu Património. 2. Análise da Execução Orçamental 2.1 Execução das Grandes Opções do Plano Em 2014 o investimento realizado reflete a situação económica e financeira que o País atravessa, pelo que este não alcançou os níveis desejados que seriam a concretização na sua globalidade das grandes Opções do plano. A taxa de execução das GOP s em 2014 foi de 72%, o que comparativamente com últimos anos apresenta uma substancial subida deste instrumento de análise, o que demonstra o realismo e o rigor com que o orçamento de 2014 foi elaborado e executado. Em 2014, mais uma vez a receita arrecadada sofreu uma diminuição (8,3% face ao ano anterior), o que em termos quantitativos representa uma redução superior a 1 milhão de euros, o que consolida a tendência dos últimos exercícios. 1

97 Evolução taxa execução das GOP s Percentagem da taxa de execução Taxa Exec. Das GOP s O valor da despesa consumido com a concretização das GOP s foi de cerca de 3,9 milhões de euros, tendo as funções sociais e as funções económicas representado 60,3% e 19,0%, respetivamente. Apesar da conjuntura económica negativa que caracterizou o ano de 2014, o Município de Vila Nova de Cerveira continuou a privilegiar o investimento. Reflectindo a sucessiva diminuição na receita, o gráfico apresentado representa o peso do valor das GOP na despesa global dos últimos quatro anos, o qual tem vindo sucessivamente a diminuir. ANOS Despesa Total , , , ,73 Despesa nas GOP s , , , ,71 Peso das GOP s na Despesa total 49,1% 44,8% 44,5% 34,6% Despesa Total Despesa nas GOP s 2

98 A diminuição contínua das GOP s acompanha a redução da despesa total, facto esse, que se justifica pelo término do QREN e não ter havido ainda nada do novo quadro comunitário ( ). Apesar destes constrangimentos, o Município de Vila Nova de Cerveira concretizou cerca de ¾ das suas grandes opções do plano, graças à capacidade económica e financeira da autarquia. Neste contexto, o investimento possível nas GOP s de 2014 foi realizado com a aplicação dos recursos financeiros nas opções e projetos que passamos a descrever como mais relevantes: Na Administração Geral - a aquisição de equipamento para os serviços administrativos (43 mil ), a aquisição de equipamento para os serviços externos (75 mil ), a beneficiação do património imobiliário municipal (77 mil ) e a beneficiação do edifício dos Paços do Conselho (25 mil euros). Na Educação - o programa de enriquecimento curricular do 1º ciclo de ensino básico (23 mil ), o fornecimento das refeições escolares aos alunos dos centros escolares (150 mil ) e os transportes escolares (170 mil ). No Ordenamento do território - a aquisição de terrenos (65 mil ) e várias requalificações urbanísticas (45 mil ). No Saneamento Conclusão do sistema de águas residuais domésticas na Freguesia de Covas (45 mil ), saneamento básico na Freguesia de Gondarém (259 mil ), saneamento básico na Freguesia de Reboreda (119 mil ) e ampliação e remodelação das redes de saneamento básico (80 mil ). Valorização do património cultural - Ecovia Caminho do Rio - 2ª Fase (228 mil ). Cultura - Programa de animação e promoção cultural (187 mil ) e Apoio a instituições privadas sem fins lucrativos de natureza cultural (71 mil ). Desporto, Recreio e Lazer - Beneficiação de equipamentos municipais desportivos (314 mil ) e Apoio a instituições privadas sem fins lucrativos de natureza desportiva (71 mil ). Rede viária e sinalização - Pavimentação e beneficiação de diversas estradas e caminhos no concelho (281 mil ). Turismo Loja de Turismo de Vila Nova de Cerveira (166 mil ). Transferências entre Administrações - Para as Juntas de Freguesia (265 mil ), apoio às Juntas de freguesia na realização de diversas obras (86 mil ) e transferências para as Associações Intermunicipais (86 mil ). 3

99 Diversas não especificadas - Atribuição de bolsas de estudo a munícipes que frequentem o ensino Superior (12 mil ). No quadro abaixo apresentamos o peso das diferentes funções nas grandes opções do plano em EXECUÇÃO DAS GRANDES OPÇÕES DO PLANO 2013 Objetivo Descrição 2014 % 1. Funções Gerais , Serviços Gerais de Administração Pública , Administração Geral ,18 9,0% 1.2. Segurança e Ordem Públicas , Proteção Civil e Luta Contra Incêndios ,08 2. Funções Sociais , Educação , Ensino Não Superior , Serviços Auxiliares de Ensino , Segurança e Ação Sociais , Ação Social , Habitação e Serviços Coletivos , Habitação 1.512, Ordenamento do Território ,76 60,3% Saneamento , Abastecimento de Água , Resíduos Sólidos 0, Proteção do Meio Ambiente e Conservação da Natureza , Serviços Culturais, Recreativos e Religiosos , Cultura , Desporto, Recreio e Lazer , Outras Atividades Cívicas e Religiosas ,00 3. Funções Económicas , Agricultura, pecuária, silvicultura, caça e pesca 0, Indústria e Energia 1.493, Estabelecimentos Industriais 0, Iluminação Pública 1.493, Transportes e Comunicações , Transportes Rodoviários ,47 19,0% Transportes Aéreos 0, Transportes Fluviais 0, Comércio e Turismo , Mercados e Feiras 0, Turismo , Outras funções económicas 9.635,74 4. Outras Funções , Transferências entre Administrações ,94 11,7% 4.3. Diversas não especificadas ,00 TOTAL GERAL ,71 100,0% 4

100 Os gráficos seguintes apresentam uma evolução comparativa das diferentes funções de 2013 para Ano 2013 Ano ,5% 10,1% 19,0% 11,7% 9,0% 31,7% Funções Gerais 48,6% Funções Gerais 60,3% Funções Sociais Funções Sociais Funções Económicas Funções Económicas Outras Funções Outras Funções 2.2 Execução do Orçamento Da Receita O ano 2014 fica marcado por uma redução de 8,3% (mais de 1 milhão de ) na receita, fruto das seguintes reduções: Receita Rubrica Variação Empreendimentos Eólicos Cerveirenses, S.A. Rendimentos de Propriedade - Dividendos Piscina Municipal Prestações de Serviços Desportivos Orçamento do Estado Transferências do Estado (FEF, FSM, etc) Estado - QREN Participação comunitária em projetos Outras Outras TOTAL Unidade: Em milhares de Euros As receitas de 2014 totalizaram 11,2 milhões de euros, contra os 12,2 milhões recebidos em Quanto à redução do valor das transferências de fundos comunitários, esta deve-se ao facto do QREN estar na sua fase final, conforme já referido anteriormente. 5

101 Em termos de distribuição, a receita municipal, nos anos de 2014 e 2013, apresentase do seguinte modo: Código Designação 2014 % 2013 % Var. 14/13 % 01 Impostos Diretos ,62 15,2% ,18 11,5% 21,2% 02 Impostos Indiretos ,80 4,8% ,65 4,4% 1,6% 04 Taxas, Multas e Outras Penalidades ,59 3,2% ,54 3,0% -3,1% 05 Rendimentos de Propriedade ,87 4,0% ,82 4,2% -12,5% 06 Transferências Correntes ,59 52,6% ,24 46,9% 2,9% 07 Vendas de Bens e Prestações de Serviços Correntes ,04 7,9% ,70 8,9% -18,5% 08 Outras Receitas Correntes ,79 0,5% ,69 0,3% 52,0% Receitas Correntes ,30 88,1% ,82 79,0% 2,3% 09 Venda de Bens de Investimento ,00 0,1% 0,00 0,0% 10 Transferências de Capital ,94 10,9% ,42 20,3% -50,6% 11 Activos Financeiros 0,00 0,0% 0,00 0,0% 12 Passivos Financeiros 0,00 0,0% 0,00 0,0% 13 Outras Receitas de Capital ,24 0,8% ,70 0,6% 15,4% Receitas de Capital ,18 11,9% ,12 21,0% -48,1% 15 Outras Receitas 0,00 0,0% 0,00 0,0% Outras Receitas 0,00 0,0% 0,00 0,0% Total ,48 100,0% ,94 100,0% -8,3% Apesar da receita global ter decrescido em cerca de 1 milhão de euros, no que concerne às receitas correntes, estas tiveram um aumento de cerca de 218 mil, esta variação justifica-se pelo aumento dos impostos diretos, nomeadamente o IMI (+ 203 mil ) e pela alteração nas transferências do estado, nomeadamente, no que se refere ao FEF (em 2014 as transferências correntes passaram a representar 90% do FEF, enquanto que as de capital absorveram apenas 10%). Isto representou um aumento nas transferências correntes e uma diminuição nas transferências de capital quando comparadas com as mesmas em 2013; correntes 80%, capital 20%). Relativamente às previsões efetuadas em sede de orçamento, a receita cobrada apresentou um grau de execução financeira de 86,3%, tendo: a) A taxa de execução da receita corrente superou as previsões efetuadas, atingindo os 100,6%; b) A taxa de execução das receitas de capital ficou-se pelos 42%. No quadro seguinte podemos verificar a evolução da receita nos últimos quatro anos, a qual, evidencia a constante diminuição da receita global do Município. 6

102 Designação Receitas Correntes , , , ,30 Receitas de Capital , , , ,18 Receita Global , , , , Receitas Correntes Receitas de Capital Receita Global Apresentamos de seguida um conjunto de indicadores que procuram sintetizar a evolução e a natureza das principais rubricas da receita municipal. ALGUNS INDICADORES DA ESTRUTURA DA RECEITA MUNICIPAL Indicadores Impostos Diretos/Receitas Correntes 16% 16% 15% 17% Impostos Indiretos/Receitas Correntes 6% 5% 6% 5% Transferências Correntes/Receitas Correntes 57% 55% 59% 60% Vendas bens e Prest. Serv. / Receitas Correntes 12% 13% 11% 9% Receitas Correntes/Receitas Totais 56% 65% 79% 88% Transferências Capital/Receitas Capital 93% 94% 97% 92% Receitas Capital/Receitas Totais 44% 35% 21% 12% Da Despesa De acordo com a regra do equilíbrio financeiro, a despesa municipal acompanha o comportamento da receita, tendo a mesma, alcançado em 2014 cerca de 11,2 milhões de euros (menos 1 milhão de euros quando comparada com 2013). 7

103 Este nível de despesa permitiu obter um saldo positivo para a gerência de 2014, em operações orçamentais, um pouco mais de 1 milhão de euros, valor muito significativo e que traduz uma forte e positiva consolidação da situação financeira da autarquia. A política da autarquia em termos de despesa teve como premissas a racionalização e a poupança, diretrizes que permitiram alcançar uma redução na despesa na ordem dos 8,4%, apesar do ligeiro aumento das despesas com o pessoal (26 mil euros). Este acréscimo no pessoal é fruto da subida da taxa de contribuição para a caixa geral de aposentações que passou de 20% em 2013 para 23,75% em Relativamente à execução do orçamento da despesa, face às previsões apresentadas, de referir que a taxa de execução da despesa se situou nos 85,8%, com a despesa corrente a alcançar os 94,2% do previsto e as despesas de capital a situar-se nos 72,3%. As rubricas da despesa mais relevantes em 2014 foram: Despesas com o pessoal 33,2%, Aquisição de bens e serviços 28,0% e Aquisição de bens de capital 19,9%, confirmando que o investimento continua a ser uma das rubricas mais relevantes para a autarquia. De referir ainda que o serviço da divida do Município, teve um encargo em 2014 de 534 mil (Pagamento de Juros 73 mil e amortização 461 mil ). MAPA RESUMO DA DESPESA PAGA Classificação 2014 % 2013 % Var. 14/13 % 01 - Despesas com Pessoal ,48 33,2% ,91 30,2% 0,7% 02 - Aquisição de Bens e Serviços ,13 28,0% ,38 25,4% 1,0% 03 - Juros e Outros Encargos ,19 0,7% ,75 0,6% -5,3% 04 - Transferências Correntes ,72 5,0% ,99 5,0% -8,2% 06 - Outras Despesas Correntes ,19 0,6% ,66 0,1% 362,4% Despesas Correntes ,71 67,6% ,69 61,4% 0,8% 07 - Aquisição de Bens de Capital ,38 19,9% ,23 29,5% -38,4% 08 - Transferências de Capital ,61 5,2% ,74 5,4% -12,0% 09 - Ativos Financeiros 9.635,74 0,1% 0 0,0% 10 - Passivos Financeiros ,29 4,1% ,75 3,6% 3,8% 11 - Outras Despesas de Capital ,00 3,1% 0,00 0,0% Despesas de Capital ,02 32,4% ,72 38,6% -23,1% Total da Despesa Paga ,73 100,0% ,41 100,0% -8,4% 8

104 No quadro seguinte podemos verificar a evolução da despesa nos últimos quatro anos, a qual, evidencia a constante diminuição da despesa global do Município. Esta tendência deve-se principalmente à diminuição nas aquisições de Bens e Serviços de capital. Designação Despesas Correntes , , , ,71 Despesas de Capital , , , ,02 Despesa Global , , , , Despesas Correntes Despesas de Capital Despesa Global Por último, apresentamos um conjunto de indicadores que procuram sintetizar a evolução e a natureza das principais rubricas da despesa municipal. ALGUNS INDICADORES DA ESTRUTURA DA DESPESA MUNICIPAL Indicadores Despesas c/ Pessoal/Despesas Correntes 49% 47% 49% 49% Aq. Bens e Serviços/Despesas Correntes 42% 44% 41% 41% Investimento/Despesas Totais 38% 33% 30% 20% Enc. Finan.+ Pass. Financeiros/Despesas Totais 3% 5% 4% 5% Despesas Correntes/Despesas Totais 55% 59% 61% 68% Despesas Capital/Despesas Totais 45% 41% 39% 32% 9

105 2.3 Evolução do Endividamento Municipal Em 31 de Dezembro de 2014, o valor do passivo exigível situou-se nos 7,6 milhões de euros, montante inferior quando comparado com os 8,1 milhões de Dívidas de curto prazo Dívidas de ml prazo Dívida global Com a entrada em vigor a 1 de janeiro de 2014 da Lei 73/2013 de 3 de setembro (artigo 48º a artigo 54º) referente ao regime de crédito e de endividamento municipal, a forma de cálculo da divida total da Autarquia alterou. Tendo agora que considerar para a quantificação desta, o valor das dividas das Entidades relevantes para efeitos de limite da divida total (artigo 54º da Lei 73/2013). 10

106 As Entidades que relevam para a divida total do Município são: ENTIDADE % Participação Dívida Fundação da Bienal de Cerveira 77,0% ANMP Associação Nacional Municípios Portugueses 0,02% 51 Associação Municipios do Vale do Minho 20,0% Comunidade Intermunicipal do Minho-Lima (CIM Alto Minho) 10,0% Minhocom - Gestão de Infraestruturas de Telecomunicações, EIM 10,2% Uniminho - Associação do Vale do Minho Transfronteiriço 10,0% DÍVIDA TOTAL DAS ENTIDADES RELEVANTES Em termos globais, a divida total do Município (excluindo as operações de tesouraria) situou-se nos 7,1 milhões de euros. Os quadros abaixo espelham os cálculos do Limite da dívida assim como a Dívida total da Autarquia, nas quais se conclui que o Município encontra-se em situação de cumprimento e que perante a Dívida total máxima permitida (8,5 milhões de euros), detém uma margem disponível de 1,3 milhões de euros. SITUAÇÃO NO FINAL DO EXERCÍCIO DE 2013 SITUAÇÃO NO INICIO DO EXERCÍCIO (01/01/2014) DESCRIÇÃO VALOR DESCRIÇÃO VALOR Limite da dívida de N Limite da dívida de N Dívida total de N Dívida total a 01/01/ Excesso Margem Margem Excesso Atenção: A dívida total em 2014 só poderá aumentar no montante de ,52. 11

107 RECEITA CORRENTE COBRADA LÍQUIDA ANO Média ( ) VALOR MUNICÍPIO BALANÇO OPERAÇÕES TESOURARIA CONTA VALOR DOCUMENTO VALOR Passivo Exigível Global Mapa de Operações de Tesouraria ou Resumo Empréstimos (conta 23) Diário de Tesouraria ENTIDADES QUE RELEVAM PARA A DÍVIDA TOTAL BALANÇO OPERAÇÕES TESOURARIA CONTA VALOR DOCUMENTO VALOR Passivo Exigível Global Mapa de Operações de Tesouraria ou Resumo Empréstimos (conta 23) Diário de Tesouraria Dívida total em relação à média da receita corrente líquida cobrada nos 3 últimos exercícios Saneamento Financeiro Recuperação Financeira 1 1 e 1,5 FACULTATIVO - 2 > 0,75 (dívida total excluindo empréstimos) OBRIGATÓRIO - 3 > 1,5 e < 2,25 OBRIGATÓRIO - 4 2,25 e 3 OBRIGATÓRIO FACULTATIVO 5 > 3 - OBRIGATÓRIO Situação Verificada 12

108 VERIFICAÇÃO DAS CONDIÇÕES N.º 1; 3; 4 E 5 IDENTIFICADAS ACIMA LIMITE DA DÍVIDA (1,5 x média receita corrente liquida cobrada) DIVIDA TOTAL Passivo exigível deduzido das operações de tesouraria EXCESSO (0,81 x média receita corrente liquida cobrada) MARGEM VERIFICAÇÃO DA CONDIÇÃO N.º 2 IDENTIFICADAS ACIMA LIMITE DA DÍVIDA EXCLUINDO EMPRÉSTIMOS (0,75 x média receita corrente liquida cobrada) DÍVIDA TOTAL EXCLUINDO EMPRÉSTIMOS Divida total acima identificada excluindo empréstimos EXCESSO (0,2 x média receita corrente liquida cobrada) MARGEM VERIFICAÇÃO DO CUMPRIMENTO DA REDUÇÃO / AUMENTO Dívida Total Máxima Permitida Encontra-se em situação de cumprimento. Conforme previsto no n.º 3 do artigo 52.º da Lei n.º 73/2013 de 03 de setembro Margem Disponível

109 3. Análise Patrimonial do Município 3.1 Análise do Balanço O Balanço a 31 de Dezembro de 2014 transmite a situação patrimonial favorável que o Município apresenta face ao exercício anterior. No quadro seguinte podemos verificar a evolução dos principais agregados do balanço, nomeadamente, o reforço do Ativo em 756 mil, a diminuição do Passivo Exigível em 498 mil e o consequente crescimento dos Fundos Próprios da autarquia, em mais de 1,3 milhões de euros, em 2014 e face ao ano de 2013: VARIAÇÃO DOS PRINCIPAIS ELEMENTOS DO BALANÇO Variação % 4 Imobilizado Líquido , ,03 0,3% 3 Existências , ,01 14,5% 2 Dívidas de Terceiros c/ prazo , ,62 19,6% 1 Disponibilidades , ,41-5,1% 2 Acréscimos de proveitos , ,61 39,3% 2 Custos diferidos 0,00 0,00 Total do Ativo , ,68 1,3% 2 Dívidas a Terceiros m/l prazo , ,10-7,8% 2 Dívidas a Terceiros c/ prazo , ,02-2,2% 2 Acréscimos de custos * , ,14 20,2% 2 Proveitos diferidos , ,39-0,4% Total do Passivo , ,65-1,7% 5 Património , ,07 6,6% 8 Resultado Líquido em exercício , ,96-42,4% Total dos Fundos Próprios , ,03 4,1% Total do Passivo e Fundos Próprios , ,68 1,3% * O aumento dos Acréscimos de custos ocorreu na rubrica Remunerações a liquidar (estimativa de férias e subsidio de férias a pagar no ano seguinte). Este aumento deve-se ao facto de que nas estimativas efectuadas em 2013 terem sido considerados os cortes salariais impostos na lei, situação esta que foi reposta aos funcionários em

110 3.2 Análise da Demonstração de Resultados do Exercício de 2014 O Resultado Líquido do Exercício obtido em 2014 totalizou 866 mil euros, tendo sofrido um decréscimo de 42,4% face ao ano anterior. Contribui fortemente para este decréscimo a indemnização paga à empresa Construções Refoiense Unipessoal, Lda para sanar o conflito judicial. Apesar do decréscimo no resultado, este apresenta um valor bastante positivo, que permite concluir que, apesar das adversidades acrescidas que o País atravessa, perante a situação económica e financeira patente na Europa, à qual o Município de Vila Nova de Cerveira não é alheio, consegue-se obter bons resultados, quando a gestão esteja alicerçada no rigor e na transparência. Como se pode ver na Demonstração de Resultados os proveitos diminuíram aproximadamente 3,2% e os custos aumentaram em cerca de 2,5% face ao ano No que se refere aos custos do exercício é de registar que: a) Estes totalizaram 10,6 milhões de euros, o que corresponde a um aumento de 260 mil euros quando comparados com o ano de 2013; b) À exceção das rubricas, amortizações do exercício e custos e perdas extraordinárias que sofreram aumentos, todos os outros custos diminuíram face ao período anterior. Nos custos e perdas extraordinárias é de salientar o pagamento da indemnização de 350 mil euros anteriormente referida, as perdas em imobilizações (abate de equipamento administrativo) e as correções de exercícios anteriores (correcção IVA, acerto Segurança Social e outros) que totalizaram 50 mil e 66 mil, respetivamente; REPARTIÇÃO DOS CUSTOS DO EXERCÍCIO EM 2014 Provisões do Exercício; 0,1% Amortizações do Exercício; 19,8% Custos e Perdas Financeiras; 0,9% Custos e Perdas Extraordinária s; 10,5% FSE; 29,4% Outros Custos Operacionais; 0,1% Trf. Correntes; 5,3% Custos com Pessoal; 33,9% 15

111 Já relativamente aos proveitos, podemos referir que estes totalizaram 11,5 milhões de euros, que corresponderam a um decréscimo de cerca de 379 mil euros, que representa uma diminuição de 3,2% face ao exercício de Nesta classe, os proveitos operacionais continuam a ser os mais representativos, totalizando 10,2 milhões de euros o que corresponde a 88,9% do total dos mesmos. As rubricas mais importantes continuam a ser as transferências e subsídios obtidos, os impostos e taxas e as vendas e prestações de serviços, que representam, 55,4%, 22,7% e 10,0%, respetivamente. De salientar ainda, as diminuições nas transferências e subsídios obtidos de 465 mil euros (-291 mil do orçamento do estado e -174 mil dos fundos e serviços autónomos) e nas prestações de serviços de 82 mil (isto devido ao encerramento para obras da Piscina Municipal em Setembro de 2014). REPARTIÇÃO DOS PROVEITOS DO EXERCÍCIO EM 2014 Proveitos e ganhos financeiros; 3,3% Proveitos extraordinários; 7,8% Vendas e prestações de serviços; 10,0% Impostos e taxas; 22,7% Trf. e Subsídios obtidos; 55,4% Proveitos suplementares; 0,8% 16

F L U X O S D E C A I X A ANO 2013 ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2013 ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S ENTIDADE MVN MUNICIPIO DE VENDAS NOVAS Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2013/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 213.697,03 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 67.235,92 OPERAÇÕES DE TESOURARIA...

Leia mais

R E L A T Ó R I O E C O N T A D E G E R Ê N C I A 2 0 0 8

R E L A T Ó R I O E C O N T A D E G E R Ê N C I A 2 0 0 8 R E L A T Ó R I O E C O N T A D E G E R Ê N C I A 2 0 0 8 índice Índice (numeração conforme a indicação no POCAL) índice... 2 5 - Balanço... 3 6 Demonstração de Resultados... 9 7 Mapas de Execução Orçamental...

Leia mais

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS

MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 MAPAS DE FLUXOS FINANCEIROS Documentos de Prestação de Contas 2010 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Fluxos de Caixa Documentos de Prestação de Contas 2010 DOC

Leia mais

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS

BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS BALANÇO ANO 2010 ENTIDADE M. V.N.Cerveira MUNICIPIO DE VILA NOVA DE CERVEIRA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 CONTAS ACTIVO AB A/P AL AL Imobilizado: Bens de domínio público 451 Terrenos e recursos

Leia mais

DOCUMENTOS Prestação de Contas 2014

DOCUMENTOS Prestação de Contas 2014 DOCUMENTOS Prestação de Contas 2014 VIZELA Câmara Municipal VIZELA INDÍCE MENSAGEM DO PRESIDENTE 1 BALANÇO (PONTO 5 DO POCAL) - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Leia mais

Documentos de Prestação de Contas

Documentos de Prestação de Contas Documentos de Prestação de Contas E DOCUMENTOS ANEXOS Segundo a Resolução nº04/2001-2ª Secção APROVAÇÃO Câmara Municipal - Reunião de / / Assembleia Municipal - Sessão de / / ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo;

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 O Órgão Executivo; O Órgão Deliberativo; PRESTAÇÃO DE CONTAS 2007 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2007, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014

GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 GRANDES OPÇÕES DO PLANO ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA 2014 INTRODUÇÃO O próximo ano estará marcado pelo fim do atual QREN o que provocará com que o investimento previsto seja reduzido significativamente.

Leia mais

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE ANEXO 1 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DESIGNAÇÃO CÓDIGO POCAL 1 Balanço 5 2 Demonstração de resultados 6 3 Plano plurianual de investimentos - aprovado por deliberação de 3/12/2009 7.1 4 Orçamento

Leia mais

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE

DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE ANEXO 1 DESIGNAÇÃO DA ENTIDADE MUNICÍPIO DE GUIMARÃES GERÊNCIA 1 DE JANEIRO A 31 DE DEZEMBRO DE 2014 DOCUMENTOS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS Nº DESIGNAÇÃO CÓDIGO POCAL 1 Balanço 5 2 Demonstração de resultados

Leia mais

FLUXOS DE CAIXA CONSOLIDADOS

FLUXOS DE CAIXA CONSOLIDADOS CÂMARA MUNICIPAL DO / SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE TRANSPORTES COLECTIVOS DO RECEBIMENTOS Saldo da gerência anterior 2.363.424,49 Execução Orçamental 1.404.990,71 Operações de Tesouraria 958.433,78 Total

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Nº do Dimensão Data de Designação documento em bytes criação 53,4 KB 08/04/2011 24,6 KB 08/04/2011 72,2 KB 29/04/2011

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Nº do Dimensão Data de Designação documento em bytes criação 53,4 KB 08/04/2011 24,6 KB 08/04/2011 72,2 KB 29/04/2011 PRESTAÇÃO DE CONTAS 2010 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2010, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

Documentos de Prestação de Contas

Documentos de Prestação de Contas Documentos de Prestação de Contas E DOCUMENTOS ANEXOS Segundo a Resolução nº04/2001-2ª Secção APROVAÇÃO Câmara Municipal - Reunião de / / Assembleia Municipal - Sessão de / / ACÓRDÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 1.348.952,41 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 1.034.500,26 Operações de Tesouraria 314.452,15 16.035.427,63 Receitas Correntes 11.478.511,35 01

Leia mais

Documentos de Prestação de. Contas

Documentos de Prestação de. Contas Documentos de Prestação de Contas Ano Financeiro de 2010 INDICE GERAL 7.3.1 CONTROLO ORÇAMENTAL DA DESPESA 7.3.2 CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA 7.4 EXECUÇÃO ANUAL DO PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS 7.4A

Leia mais

Nº do. Dimensão em Designação documento. Data de criação. bytes

Nº do. Dimensão em Designação documento. Data de criação. bytes PRESTAÇÃO DE CONTAS 2008 Junto se remetem os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2008, organizados em conformidade com o POCAL e de acordo com a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção,

Leia mais

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a

ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1. (1) (2) (3) (4) (5) (6) (7) (8) (9) ( 10 = 7-9 ) (11=4+5-6-7) (12)a MAPA DO CONTROLO ORÇAMENTAL DA RECEITA ANO 2006 ENTIDADE CMVM - MUNICIPIO DE VIEIRA DO MINHO PÁG. 1 CLA SIFICAÇÃO ECONÓMICA PREVISÕES RECEITAS POR RECEITAS LIQUIDAÇÕES RECEITAS REEMBOLSOS/RESTITUIÇÕES

Leia mais

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DO PORTO SANTO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2012

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DO PORTO SANTO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2012 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DO PORTO SANTO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2012 PÁGINA : 1 01 ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL 4.684.112,00 01.01 ADM/OPERAÇÕES FINANCEIRAS

Leia mais

documentos DEprest ação cont as

documentos DEprest ação cont as documentos DEprest ação DE cont as 2013 Índice Índice: 5. Balanço 5.1 Balanço 6. Demonstração de Resultados 6.1 Demonstração de Resultados 7. Mapas de Execução Orçamental. 7.3 Mapas de Controlo Orçamental.

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO ORÇAMENTAL E PATRIMONIAL DO POCAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 54-A/99, DE 22 DE FEVEREIRO

CLASSIFICAÇÃO ORÇAMENTAL E PATRIMONIAL DO POCAL, APROVADO PELO DECRETO-LEI N.º 54-A/99, DE 22 DE FEVEREIRO Classe 0 Contas do controlo orçamental e de ordem* 01 Orçamento Exercício corrente* 02 Despesas 021 Dotações iniciais* 022 Modificações orçamentais* 0221 Transferências de dotações 02211 Reforços* 02212

Leia mais

Município de Mortágua

Município de Mortágua Município de Mortágua Documentos de Prestação de Contas Balanço Demonstração de Resultados Mapas de Execução Orçamental Anexos às Demonstrações Financeiras Relatório de Gestão 2004 Índice Índice: 5. Balanço

Leia mais

Informação Financeira

Informação Financeira Informação Financeira Balanço Código das contas POCMS Imobilizado ACTIVO Exercícios AB AP AL AL Bens de domínio público: 451 Terrenos e Recursos naturais 452 Edifícios 453 Outras construções e infra-estruturas

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 7.946.571,02 Execução Orçamental 5.519.930,76 Operações de Tesouraria 2.426.640,26 das Receitas Orçamentais 58.322.634,95 Receitas Correntes 55.610.658,97 01 Impostos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE GONDOMAR. Mapas da Prestação de Contas (Anexo I)

CÂMARA MUNICIPAL DE GONDOMAR. Mapas da Prestação de Contas (Anexo I) CÂMARA MUNICIPAL DE GONDOMAR Mapas da Prestação de Contas (Anexo I) Ano de 2007 CC ÂÂMM AARR AA MM UU NN I IICC IIPP I AALL DD EE GG OONN DD OOMM AARR R EE LL AA TT ÓÓ RR II IOO EE C OO NN TT AA SS / 22

Leia mais

MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO

MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 DOTAÇÃO MOVIMENTO DO PERIODO MOVIMENTO ACUMULADO SALDO MPS PERIODO : JANEIRO A NOVEMBRO - 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 010101 TITULARES DE ÓRGÃOS DE SOBERANIA E 98.400,00 98.400,00 98.373,57 77.242,97 77.242,97 98.400,00 98.373,57 77.242,97 77.242,97 26,43

Leia mais

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS Designação da Entidade: CÂMARA MUNICIPAL DE ODIVELAS Gerência de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2006 8.2.1 Não se aplica. 8.2.2 Os conteúdos das contas

Leia mais

Orçamento 01 280.554,00 200,00 300,00 10.100,00 10.000,00 4.900,00. 30.750,00 04.01.23.99.01 Atestados, Confirmações e

Orçamento 01 280.554,00 200,00 300,00 10.100,00 10.000,00 4.900,00. 30.750,00 04.01.23.99.01 Atestados, Confirmações e Pag.: 1 04.01.23.99.03 1.500,00 Transladações 04.02 Multas e outras penalidades 04.02.99 Multas e penalidades diversas 05 Rendimentos da propriedade 05.02 Juros - Sociedades financeiras 05.02.01 Bancos

Leia mais

AMADORA - MUNICIPIO DA AMADORA MOEDA EUR DATA 2015/04/10 A DEZEMBRO - 2014/12/01 a 2014/12/31 PAG. 1

AMADORA - MUNICIPIO DA AMADORA MOEDA EUR DATA 2015/04/10 A DEZEMBRO - 2014/12/01 a 2014/12/31 PAG. 1 A DEZEMBRO - 2014/12/01 a 2014/12/31 PAG. 1 Imobilizado: Bens de domínio público 451 Terrenos e recursos naturais 1.437.193,54 1.437.193,54 1.424.390,02 452 Edifícios 453 Outras construções e infra-estruturas

Leia mais

BALANÇO ANO 2005 ENTIDADE C.M.M MUNICIPIO DE MIRANDELA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 ACTIVO AB A/P AL AL

BALANÇO ANO 2005 ENTIDADE C.M.M MUNICIPIO DE MIRANDELA PAG. 1 EXERCÍCIOS CÓDIGO DAS N N - 1 ACTIVO AB A/P AL AL Prestação de Contas - 2005 Junto se remete os Documentos de Prestação de Contas referentes à Gerência de 2005, organizados em conformidade com o POCAL e a Resolução n.º 04/2001 2.ª Secção, do Tribunal

Leia mais

AGRUPAM ENTO SUB- ALINEA ALÍNEA RUBRICA SUBAGRUP AMENTO 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES

AGRUPAM ENTO SUB- ALINEA ALÍNEA RUBRICA SUBAGRUP AMENTO 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES CÓDIGO P AM 01 ASSEMBLEIA MUNICIPAL DESPESAS CORRENTES 01 DESPESAS COM O PESSOAL 0102 ABONOS VARIÁVEIS OU EVENTUAIS 010204 AJUDAS DE CUSTO 500 010213 OUTROS SUPLEMS E PRÉMIOS 01021302 OUTROS 30.000 30.000

Leia mais

Junta de Freguesia de Alcabideche

Junta de Freguesia de Alcabideche Junta de Freguesia de Alcabideche (Sede da Junta de Freguesia de Alcabideche) Conta de Gerência 2012 Junta de Freguesia de Alcabideche Conta de Gerência 2012 Prestação de Contas Ano de 2012 Prefácio Orçamental

Leia mais

MUNICÍPIO DE MÊDA Plano de Contas Consolidado para o Ano Económico de 2012

MUNICÍPIO DE MÊDA Plano de Contas Consolidado para o Ano Económico de 2012 Plano de s Consolidado para o Ano Económico de 2012 1 Disponibilidades 11 Caixa 111 Caixa Principal 118 Fundo Maneio 119 Transferências de caixa 12 Depósitos em instituições financeiras 1201 Caixa Geral

Leia mais

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007

DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007 ENTIDADE ORÇAMENTO DA DESPESA DOTAÇÕES INICIAIS MUNICIPIO DE VILA VELHA DE RODAO ( POR CLASSIFICAÇÃO ORGÂNICA/ECONÓMICA ) DO ANO 2007 PÁGINA : 1 01 CAMARA MUNICIPAL 1.433.053,00 01.01 OPERAÇOES FINANCEIRAS

Leia mais

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS As Demonstrações Financeiras anexas foram elaboradas de acordo com os princípios contabilísticos definidos pelo Plano Oficial de Contabilidade das Autarquias

Leia mais

Serviços Municipalizados da C.M.Guarda

Serviços Municipalizados da C.M.Guarda 01 Orçamento-Exercício corrente 12.450.272,25 12.450.272,25 0,00 0,00 011 Receitas,00 12.133.603,25 0,00 12.133.603,25 01104 Taxas, multas e outras penalidades,00 19.860,00 0,00 19.860,00 0110402 Multas

Leia mais

FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA

FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA FREGUESIA DE MEXILHOEIRA GRANDE ORÇAMENTO DA RECEITA RECEITAS CORRENTES 01 Impostos directos 10.102,Oe 01 02 Outros 10.102,Oe 010208 imposto municipal imóveis (rústico) 1.000,00 010209 Imposto Municipal

Leia mais

37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00

37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00 TOTAL DA RECEITA: TOTAL DA DESPESA: 37.100.500,00 37.100.500,00 0 DA CÂMARA MUNICIPAL DE LEIRIA ANO 2013 RECEITAS DESPESAS CORRENTES 23.469.442,00 CORRENTES 23.270.500,00 CAPITAL 13.631.058,00 CAPITAL

Leia mais

ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita

ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita ORÇAMENTO PARA O ANO 2014 - Receita 04 Taxas, multas e outras penalidades 0402 Multas e outras penalidades 040201 Juros de mora 6.000 040204 Coimas e penalidades por contra-ordenações 040299 Multas e penalidades

Leia mais

DOCUMENTOS PREVISIONAIS PARA O ANO DE 2009

DOCUMENTOS PREVISIONAIS PARA O ANO DE 2009 DOCUMENTOS PREVISIONAIS PARA O ANO DE 2009 - ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA - PLANO PLURIANUAL DE INVESTIMENTOS - GRANDES OPÇÕES DO PLANO - RESUMO DE ORÇAMENTO APROVADO EM: C.A. / / C.M. / / A.M. /

Leia mais

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DE VISEU Rua Conselheiro Afonso de Melo 3510-024 VISEU N.º de Identificação Fiscal 680.020.

SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DE VISEU Rua Conselheiro Afonso de Melo 3510-024 VISEU N.º de Identificação Fiscal 680.020. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DE ÁGUA E SANEAMENTO DE VISEU Rua Conselheiro Afonso de Melo 3510-024 VISEU N.º de Identificação Fiscal 680.020.063 NOTAS AO BALANÇO E A DEMONSTRAÇÃO

Leia mais

ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 8.2 - NOTAS AO BALANÇO E A DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2.1 Indicação e justificação das disposições do POCAL que, em casos excecionais, devidamente fundamentados e sem

Leia mais

prestação de contas 2011

prestação de contas 2011 prestação de contas 2011 índice mapa de controlo orçamental da receita mapa de controlo orçamental da despesa 4 8 execução do plano plurianual de investimentos fluxos de caixa 12 17 resumo dos fluxos

Leia mais

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1

ANO 2007 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 ENTIDADE C.M.L. MUNICÍPIO DE LAGOA Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 383.685,64 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 161.920,09 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 221.765,55 RECEITAS ORÇAMENTAIS...

Leia mais

câmara municipal prestação de contas 2010

câmara municipal prestação de contas 2010 prestação de contas 2010 1 ÍNDICE Mapa de Controlo orçamental da receita ------------------------------------------------------- 2 Mapa de controlo orçamental da despesa -----------------------------------------------------

Leia mais

ANO DE 2010 BALANÇO DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA

ANO DE 2010 BALANÇO DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA CONTAS ANO DE 2010 BALANÇO DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS DEMONSTRAÇÃO DOS FLUXOS DE CAIXA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE PARAQUEDISMO RUA DA UNIDADE, 9 7000-719

Leia mais

RESUMO FREGUESIA DE BENFICA. Ano :2012 (Unidade: EUR) Receitas Montante Despesas. Corrente... Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432.

RESUMO FREGUESIA DE BENFICA. Ano :2012 (Unidade: EUR) Receitas Montante Despesas. Corrente... Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432. RESUMO Ano :2012 Receitas Montante Despesas Montante Corrente... 4.349.118,00 Corrente... Capital... 2,00 Capital... Outras Receitas... 0,00 3.432.383,80 960.736,20 Total 4.349.120,00 Total 4.393.120,00

Leia mais

Orçamento 2010. Município de Murça

Orçamento 2010. Município de Murça Orçamento 2010 Município de Murça ÍNDICE DOCUMENTOS PREVISIONAIS 4 INTRODUÇÃO 5 1- ORÇAMENTO DE 2010 6 2- RECEITA 7 2.1- RECEITA CORRENTE 8 2.2- RECEITA DE CAPITAL 9 3- DESPESA 9 3.1- DESPESA CORRENTE

Leia mais

PLC Corretores Seguros SA Pág. 1 de 4 BALANÇO ANALÍTICO. Exercícios ACTIVO AB AA AL AL. Imobilizado:

PLC Corretores Seguros SA Pág. 1 de 4 BALANÇO ANALÍTICO. Exercícios ACTIVO AB AA AL AL. Imobilizado: PLC Corretores Seguros SA Pág. 1 de 4 Imobilizado: ACTIVO AB AA AL AL Imobilizações incorpóreas: Despesas de Instalação... 770,64 770,64 Despesas de investigação e de desenvolvimento... Propriedade industrial

Leia mais

Fluxos de Caixa Instituto de Higiene e Medicina Tropical - Universidade Nova de Lisboa Gerência de 01-01-2012 a 31-12-2012 Class. Económica Recebimentos Saldo da gerência anterior Execução orçamental -

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2014 ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S ENTIDADE CMB MUNICIPIO DE BEJA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2014/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 441.383,66 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 10.692,50 OPERAÇÕES DE TESOURARIA...

Leia mais

União das Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela

União das Freguesias de Viana do Castelo (Santa Maria Maior e Monserrate) e Meadela Pág. n.º 1 01 ADMINISTRAÇÃO AUTÁRQUICA... 769100,89 01 DESPESAS COM O PESSOAL:... 54506,91 01.01 Remunerações certas e permanentes:... 34358,38 01.01.01 Tit. de órgãos de soberania e m. de órgãos autárquicos

Leia mais

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS

8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS 8.2.1 - Princípios Contabilísticos Na contabilidade autarca é necessário cumprir um conjunto de princípios contabilísticos, de modo a obter uma imagem

Leia mais

ANEXO 4 Tabela de Rubricas Orçamentais 1 NATUREZA DA DESPESA SUPORTE DESPESAS CORRENTES

ANEXO 4 Tabela de Rubricas Orçamentais 1 NATUREZA DA DESPESA SUPORTE DESPESAS CORRENTES ANEXO 4 Tabela de Rubricas Orçamentais 1 CODIGO DESPESAS CORRENTES 010101 TITULARES DE ORGÃOS DE SOBERANIA E MEMBROS DE ORGÃOS AUTÁRQUICOS Corrente DL 26/2002 010102 ORGÃOS SOCIAIS Corrente DL 26/2002

Leia mais

ORÇAMENTO RECEITA E DA DESPESA

ORÇAMENTO RECEITA E DA DESPESA MUNICÍPIO DAS VELAS ORÇAMENTO DA RECEITA E DA DESPESA ANO DE 2010 MUNICÍPIO DAS VELAS ORÇAMENTO DA RECEITA 2010 Código Class. Económica ORÇAMENTO PARA O ANO 2010 - Receita 01 Impostos directos 0102 Outros

Leia mais

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC

CÓDIGO DE CONTAS DO SNC CÓDIGO DE CONTAS DO SNC 1 MEIOS FINANCEIROS LÍQUIDOS 11 Caixa 12 Depósitos à ordem 13 Outros depósitos bancários 14 Outros instrumentos financeiros 141 Derivados 1411 Potencialmente favoráveis 1412 Potencialmente

Leia mais

PLC - CORRETORES DE SEGUROS, S.A. EXERCÍCIO DE 2007 RELATÓRIO DE GESTÃO

PLC - CORRETORES DE SEGUROS, S.A. EXERCÍCIO DE 2007 RELATÓRIO DE GESTÃO PLC - CORRETORES DE SEGUROS, S.A. EXERCÍCIO DE 2007 RELATÓRIO DE GESTÃO De acordo com as disposições legais e estatuárias venho submeter á apreciação dos senhores accionistas o Relatório de Gestão e as

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA DAS DESPESAS

CLASSIFICAÇÃO ECONÓMICA DAS DESPESAS DESPESAS CORRENTES DESPESAS CORRENTES 01 Despesas com o pessoal 01 Despesas com o pessoal 01 Remunerações certas e permanentes 01 Remunerações certas e permanentes 01 Titulares de órgãos de soberania e

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A ANO 2010 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S 15:10 2011/06/09 Fluxos de caixa Pag. 1 ENTIDADE CM AMADORA MUNICIPIO DA AMADORA Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2010/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 54.683.639,20 EXECUÇÃO

Leia mais

Notas ao Balanço e à Demonstração de Resultados consolidados

Notas ao Balanço e à Demonstração de Resultados consolidados ANEXO AO BALANÇO E DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS CONSOLIDADOS NOTA INTRODUTÓRIA A Lei nº 2/2007, de 15 de Janeiro (Lei das Finanças Locais), dispõe no seu Artigo 46.º o seguinte: «1 - Sem prejuízo dos documentos

Leia mais

AB AP AL AL 2013 2013 2013 2012

AB AP AL AL 2013 2013 2013 2012 Balanço - Activo Dados atuais 23.04.2014 13:48:11 Organismo: 1012 ADSE Página: 1 Exercício:2013 Emissão:23.04.2014 13:48:17 Balanço - Activo Activo Imobilizado Bens de domínio público: 451 Terrenos e recursos

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 393.778,77 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 263.966,97 Operações de Tesouraria 129.811,80 16.355.231,25 Receitas Correntes 12.596.773,53 01 Impostos

Leia mais

Código Class. Económica ORÇAMENTO PARA O ANO 206 - Receita 0 Impostos directos 002 Outros Município de Vila Nova de Poiares Designação Montante 00202 Imposto municipal sobre imóveis.20.000 00203 Imposto

Leia mais

8 - ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS

8 - ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS 8 - ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS 1. Indicação e justificação das disposições do POC que, em casos excepcionais, tenham sido derrogadas e dos respectivos efeitos nas demonstrações financeiras,

Leia mais

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS A Penafiel Verde, E.M. é uma empresa municipal, com sede em Penafiel, constituída em Maio de 2006 e que tem como actividades principais a gestão e exploração

Leia mais

Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde

Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde Ministério da Saúde IGIF Instituto de Gestão Informática e Financeira da Saúde ! " # $ % & '(# ) * + (, -& -*.- & - (+ * - ) /////////////////////////////////////////////////////////////////////// 01.")

Leia mais

DIVISÃO DE GESTÃO FINANCEIRA E PATRIMONIAL ORÇAMENTO. (Transposto 2014)

DIVISÃO DE GESTÃO FINANCEIRA E PATRIMONIAL ORÇAMENTO. (Transposto 2014) ORÇAMENTO 2015 (Transposto 2014) A presente proposta de Orçamento foi elaborada no respeito pelas regras previsionais constantes no ponto 3.3 do POCAL (Plano Oficial das Autarquias Locais), aprovado pelo

Leia mais

BALANCETE CONTAS PLANO1 (Formato Pré-definido #2)

BALANCETE CONTAS PLANO1 (Formato Pré-definido #2) : (0) / 16 PARÂMETROS: Período Contabilístico Contas Plano1 entre Grau entre Contas Falsas Contas Lançamento (L) Contas c/ Quantidades (Q) Contas c/ Divisas (V) Contas Lancam/ Externo (T) Contas Estatísticas

Leia mais

Fluxos de Caixa. Recebimentos

Fluxos de Caixa. Recebimentos Recebimentos Saldo da Gerência Anterior 310.276,31 Total das Receitas Orçamentais Execução Orçamental 103.137,41 Operações de Tesouraria 207.138,90 6.794.667,86 Receitas Correntes 5.881.296,87 01 Impostos

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CASA PIA DE LISBOA, I.P. CONTA DE GERÊNCIA. Gerência de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2007

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL CASA PIA DE LISBOA, I.P. CONTA DE GERÊNCIA. Gerência de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2007 CONTA DE GERÊNCIA Gerência de 1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2007 Débito Parcial Telnet Sif Total Crédito SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR: DESPESAS CORRENTES De Receitas Próprias: 01 DESPESAS COM PESSOAL

Leia mais

Mapa de Fluxos de Caixa

Mapa de Fluxos de Caixa RECEBIMENTOS Saldo da Gerência Anterior 1.243.835,16 Execução Orçamental 1.090.463,60 Operações de Tesouraria 153.371,56 Receitas Orçamentais 18.346.140,09 01 IMPOSTOS DIRECTOS 4.120.643,81 0102 Outros

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31

F L U X O S D E C A I X A ANO 2007 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 ENTIDADE MUN. VNFAMALICAO MUNICIPIO DE VILA NOVA DE FAMALICAO Pág. 1 PERÍODO JANEIRO A DEZEMBRO - 2007/12/31 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 2.998.192,70 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 1.267.764,59

Leia mais

Orçamento de Despesa - Dotações Iniciais

Orçamento de Despesa - Dotações Iniciais 01...... Órgãos da Autarquia 157.262,00 01.01..... 01.01.01.... 01.01.01.02... Assembleia de Freguesia 900,00 Despesas com o pessoal 800,00 Abonos variáveis ou eventuais 800,00 01.01.01.02.13.. Outros

Leia mais

ANEXOS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

ANEXOS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS ANEXOS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Conforme preceitua o Decreto Lei n.º 54-A/99 de 22 de Fevereiro, com as devidas alterações, os anexos às Demonstrações Financeiras visam facultar aos órgãos autárquicos

Leia mais

Em 31 de Dezembro do ano de 2011 e 31 de Dezembro de 2012, estas rubricas tinham a seguinte composição:

Em 31 de Dezembro do ano de 2011 e 31 de Dezembro de 2012, estas rubricas tinham a seguinte composição: 8.2 Notas ao Balanço e à Demonstração de Resultados As demonstrações financeiras relativas ao exercício de 2012, foram preparadas de acordo com os princípios contabilístico fundamentais previstos no POCAL

Leia mais

RELATÓRIO FIM DE ATIVIDADE e CONTAS 2015

RELATÓRIO FIM DE ATIVIDADE e CONTAS 2015 Relatório de gestão do ano de 2015 1 RELATÓRIO FIM DE ATIVIDADE e CONTAS 2015 Relatório Fim de Atividade e Contas 2015 ÍNDICE Pág. 1. Introdução 3 2. Recursos Humanos 5 3. Análise Económica e Financeira

Leia mais

a) Firma e sede das empresas associadas a empresas incluídas na consolidação;

a) Firma e sede das empresas associadas a empresas incluídas na consolidação; 14.5 - ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS CONSOLIDADOS I - Informações relativas às empresas incluídas na consolidação e a outras 1. Relativamente às empresas incluídas na consolidação a)

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2006

PRESTAÇÃO DE CONTAS 2006 PRESTAÇÃO DE CONTAS 2006 Relatório de Gestão 2006 1. Introdução Pretende-se, com o presente Relatório de Gestão dar cumprimento ao disposto no Artigo 9º da Lei 42/98, de 06 de Agosto (Lei das Finanças

Leia mais

Informação Financeira

Informação Financeira Informação Financeira Balanço Polis Litoral Ria Aveiro das ACTIVO BALANÇO ANALÍTICO Dezembro 09 Dezembro 08 ACTIVO BRUTO AMORT. E AJUST. ACTIVO LIQUIDO ACTIVO LIQUIDO IMOBILIZADO Imobilizações Incorpóreas

Leia mais

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007 NOTA INTRODUTÓRIA A RUMO 2020, E.M. é uma empresa pública de âmbito municipal constituída em 16 de Outubro de 2006. Tem a sua

Leia mais

ORÇAMENTO DA DESPESA

ORÇAMENTO DA DESPESA 01 00 00 Administração Autárquica DESPESAS CORRENTES 01 Despesas com o pessoal 255.313,99 01 01 Remunerações certas e permanentes 176.770,19 01 01 01 Titulares de órgãos de soberania e membros de órgãos

Leia mais

Praça Francisco Inácio - 4835-321 - Contrib: 507 214 668 - Tel: 253 531 824

Praça Francisco Inácio - 4835-321 - Contrib: 507 214 668 - Tel: 253 531 824 01 Impostos directos 0102 Outros CORRENTES 010202 Imposto municipal sobre imóveis 9.000,00 TOTAL Rúbrica 01 9.000,00 02 Impostos indirectos 0202 Outros 020206 Impostos indirectos específicos das autarquias

Leia mais

Município de Lamego. Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS.

Município de Lamego. Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS. Município de Lamego Antes de imprimir ou fotocopiar este documento, por favor confirme que é verdadeiramente necessário. O MEIO AMBIENTE É DE TODOS. MAPAS DE PRESTAÇÃO DE CONTAS NA ÓPTICA ORÇAMENTAL 1

Leia mais

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S

F L U X O S D E C A I X A R E C E B I M E N T O S PERÍODO 2014/01/02 A 2014/12/31 Pág. 1 R E C E B I M E N T O S SALDO DA GERÊNCIA ANTERIOR... 259.724,13 EXECUÇÃO ORÇAMENTAL... 18.518,45 OPERAÇÕES DE TESOURARIA... 241.205,68 RECEITAS ORÇAMENTAIS... 4.975.283,44

Leia mais

DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2013 RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE

DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO 2013 RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE R E S U M O D O O R Ç A M E N T O ENTIDADE SERVIÇOS MUNICIPALIZADOS DAS CALDAS DA RAINHA DOTAÇÕES INICIAIS DO ANO RECEITAS MONTANTE DESPESAS MONTANTE Correntes... 6.949.000,00 Correntes... 5.808.050,00

Leia mais

ENTIDADE DATA ANO PAGINA. MPS PERIODO : Janeiro A Novembro - 2014/11/01 a 2014/11/30 2014/12/15 2014 1

ENTIDADE DATA ANO PAGINA. MPS PERIODO : Janeiro A Novembro - 2014/11/01 a 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 MPS PERIODO : Janeiro A Novembro - 2014/11/01 a 2014/11/30 2014/12/15 2014 1 11.1 Caixa Tesouraria 3.960.417,85 3.959.930,82 3.960.417,85 3.959.930,82 487,03 12.1.1 BANIF Conta 23019378771 447.183,47 436.858,67

Leia mais

8. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS

8. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 8. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS Nota Introdutória A Manuel Rodrigues Gouveia, S.A. ( MRG ou Empresa ) tem sede em Seia, foi constituída em 1977 e tem como actividade principal a Construção Civil

Leia mais

ABC da Gestão Financeira

ABC da Gestão Financeira ABC da Gestão Financeira As demonstrações financeiras são instrumentos contabilísticos que reflectem a situação económico-financeira da empresa, evidenciando quantitativamente os respectivos pontos fortes

Leia mais

Anexo ao balanço e à Demonstração de Resultados

Anexo ao balanço e à Demonstração de Resultados Anexo ao balanço e à Demonstração de Resultados 8.2 Notas ao balanço e à demonstração de Resultados 8.2.1 Indicação e justificação das disposições do POCAL que, em casos excepcionais devidamente fundamentados

Leia mais

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO

MUNICÍPIO DO PORTO SANTO MUNICÍPIO DO PORTO SANTO Ponto 8 do POCAL ANEXOS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS As notas apresenta neste documento correspondem à numeração no POCAL. Aquelas cuja numeração se omite, não são aplicáveis ao

Leia mais

O Activo Imobilizado e aumentos patrimoniais contabilizados no exercício de 2012 foram valorizados ao custo de aquisição ou produção.

O Activo Imobilizado e aumentos patrimoniais contabilizados no exercício de 2012 foram valorizados ao custo de aquisição ou produção. 8 ANEXOS ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS 8.2 - NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS (Mapa n.º 13 do Tribunal de Contas Código Pocal 8.2) 82.1 Indicação e justificação de disposições do POCAL derrogadas

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 2015

ASSOCIAÇÃO DE MUNICÍPIOS DO BAIXO ALENTEJO E ALENTEJO LITORAL ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 2015 ORÇAMENTO DA RECEITA Ano: 25 RECEITAS CORRENTES 05 RENDIMENTOS DA PROPRIEDADE 10,00 05 Juros Sociedades Financeiras 10,00 05 Bancos e Outras Instituições Financeiras 10,00 06 TRANSFERÊNCIAS CORRENTES 991.045,28

Leia mais

Orçamento Inicial para 2010

Orçamento Inicial para 2010 RECEITAS Económica Designação Previsão RECEITAS CORRENTES 7.527.796,00 01 Impostos directos 791.550,00 0102 Outros 791.550,00 010202 Imposto municipal sobre imóveis 230.000,00 010203 Imposto único de circulação

Leia mais

CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS

CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS MUNICIPIO DE ALMEIDA CONSOLIDAÇÃO DE CONTAS DO ANO ECONÓMICO DE 2010 APROVAÇÕES CÂMARA ASSEMBLEIA MUNICIPAL Em / / 2011 Em / / 2011 M U N I C Í P I O D E A L M E I DA 6350-130 Almeida Tef: 271570020 /

Leia mais

Folha de cálculo para Plano de Negócios. 7 de Novembro 2009

Folha de cálculo para Plano de Negócios. 7 de Novembro 2009 Folha de cálculo para Plano de Negócios 7 de Novembro 2009 9 de Novembro de 2009 Modelo 9 de Novembro de 2009 2 Objectivos ferramenta Disponibilizar uma ferramenta que possibilite a um empreendedor efectuar

Leia mais

OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO

OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA OPÇÕES DO PLANO E ORÇAMENTO APROVAÇÕES Câmara Municipal Assembleia Municipal ANO FINANCEIRO DE 2015 MUNICÍPIO DE PAREDES DE COURA INFORMAÇÃO Nos termos do nº 1 do art.º 50º

Leia mais

19. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS CONSOLIDADAS

19. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS CONSOLIDADAS 19. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS CONSOLIDADAS 19.1. INFORMAÇÕES RELATIVAS ÀS ENTIDADES INCLUÍDAS NA CONSOLIDAÇÃO a) O perímetro de consolidação do Município de Pombal integra as seguintes entidades:

Leia mais

Município de Alcácer do Sal Relatório de prestação de contas consolidadas

Município de Alcácer do Sal Relatório de prestação de contas consolidadas 1- INTRODUÇÃO A lei das Finanças Locais (Lei nº 2/2007, de 15 de Janeiros) veio determinar a obrigatoriedade da consolidação de contas para os Municípios que detenham serviços municipalizados e/ou a totalidade

Leia mais

Existências. Provisões para cobrança duvidosa

Existências. Provisões para cobrança duvidosa 8.2 NOTAS AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS POR NATUREZA As demonstrações financeiras anexas foram preparadas com base nos livros e registos contabilísticos da ESHTE mantidos em conformidade com

Leia mais

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EM 2009.12.31

ANEXO AO BALANÇO E À DEMONSTRAÇÃO DOS RESULTADOS EM 2009.12.31 00 - Introdução a) Objecto social e identificação da Empresa HABECE Cooperativa de Habitação e Construção de Cedofeita, Crl., tem por objecto a construção ou a sua promoção e a aquisição de fogos para

Leia mais