ABESINFORMA. Casa ecológica já hospeda pesquisadores. A presidente da ABES, Cassilda Teixeira de Carvalho, Pulcherio Guimarães, cumpriu

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ABESINFORMA. Casa ecológica já hospeda pesquisadores. A presidente da ABES, Cassilda Teixeira de Carvalho, Pulcherio Guimarães, cumpriu"

Transcrição

1 17 de junho de 2009 Casa ecológica já hospeda pesquisadores A primeira casa flutuante ecológica do Amazonas já começou a hospedar pesquisadores do Insituto Mamirauá. A casa pode receber até 20 pessoas, a eletricidade é gerada pela luz solar, a cobertura é feita de telhas de garrafas PET moídas e a água usada nas torneiras e nos chuveiros é captada da chuva ou do próprio Lago Amanã, onde ela está fundeada. (Página 3) Josivaldo Modesto/Instituto Mamirauá A casa ecológica só não tem por enquanto tratamento de esgoto Cagece usa Google para achar buracos Cassilda em Recife busca apoio para 25º Congresso A Cagece está usando os mapas do Google para localizar buracos que possam ter sido provocados por defeitos nas redes de água e esgoto. Em um mês de experiência, a empresa de saneamento do Ceará identificou 17 buracos nas ruas de Fortaleza. O mapa é consultado uma vez por semana. Três buracos provocados por rompimento da rede de esgoto foram reparados nesse período. Para a gerente da unidade responsável pela inovação, Aline Brito, a utilização da ferramenta Google Mapas é uma ação proativa que antecipa as possíveis reclamações futuras. A presidente da ABES, Cassilda Teixeira de Carvalho, acompanhada da coordenadora geral, Maria Isabel Pulcherio Guimarães, cumpriu extensa agenda em Recife na segunda e na terça feiras (15 e 16), para tratar do 25º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, que será realizado no Centro de Convenções da capital pernambucana, de 20 a 25 de setembro. Em busca de apoio, Cassilda esteve no Palácio do Governo, na Prefeitura de Recife, na Federação das Indústrias de Pernambuco, na Chesf e no Sebrae. Paralelamente, a coordenadora geral, Maria Isabel, tratou com fornecedores da contratação dos diferentes serviços exigidos em eventos dessa natureza. A ABES recomenda aos seus associados que desejam participar do Congresso que façam a inscrição pela internet o quanto antes, não só porque há desconto para quem se antecipa, mas também para facilitar a organização do evento. Embora seja viável a inscrição na abertura do Congresso, é previsível que haja considerável perda de tempo, admite a coordenadora geral da ABES. Mais de 4 mil participantes são esperados na capital pernambucana para esse que é o maior evento do setor de saneamento da América Latina.

2 a palavra da presidente 2 Consenso e ação Há mais de 10 anos, o então vice diretor da Unesco, Adnan Badran, disse que a água substituiria o petróleo como principal fonte de conflitos no mundo. Já vemos sinais disso nas discussões sobre as águas do Mar Aral, do Rio Jordão e do Rio Nilo. Barcelona depende, em algumas épocas do ano, da água que é levada de Chipre em navios tanque. Cogita-se, em alguns lugares, da construção de dutos submarinos para transportar água de pontos em que há relativa abundância para outros em que a escassez é absoluta. Há vários exemplos semelhantes no mundo todo. Istambul produziu, em março, alguns dissensos quanto às questões ambientais, mas enfatizou a importância da preservação da água. O Consenso pela Água, gerado no V Fórum Mundial da Água, no qual tivemos a honra de representar a ABES, começa a distribuir frutos. A forte representação do Brasil trouxe de lá os recados para a sobrevivência, não da Terra, mas do homem sobre a Terra. E aqui, de volta à nossa realidade, desencadeamos o processo de cooptação de todos os que têm poder de mando para que haja endosso expressivo na proposta consensual. O Governo de São Paulo promoveu na semana passada uma grande reunião de prefeitos para distribuir o documento e pedir que todos o subscrevessem. Iniciativas semelhantes hão de repetir-se por todo o país. Não há por que imaginar que venha a ser diferente. Não há mais falta de conscientização. Há falta de gestos positivos na direção da sustentabilidade. É nossa obrigação exigir ações concretas. Aqui no Brasil temos água abundante, todos sabemos, mas isso não justifica o desperdício, tampouco a degradação das fontes de que dispomos. Nossos maiores estoques de água estão na Amazônia, bem distantes dos grandes centros de consumo. Isto, agravado com as mudanças climáticas que desperdiçam água inundando o Nordeste, enquanto transformam o Sul em quase caatinga -, é mais que suficiente para que nós tenhamos os olhos bem abertos. Cassilda Teixeira de Carvalho EXPEDIENTE ABES Informa é um informativo eletrônico da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES, atualizado semanalmente e enviado via Internet para todos os sócios da entidade. Diretor Responsável: Cassilda Teixeira de Carvalho Presidente Nacional da ABES Coordenadora GERAL: Maria Isabel Pulcherio Guimarães Editor de conteúdo: Romildo Guerrante (MTB RJ) Projeto Gráfico: Flap Design/ Nena Braga Editoração eletrônica: ABES/ Thiago Oliveira Lobão Clique aqui para ver as edições anteriores

3 3 meio ambiente Casa ecológica abriga pesquisadores A primeira casa flutuante ecológica do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá já está hospedando pesquisadores da organização desde segunda feira (15). A construção apresenta características ambientalmente corretas e é a mais recente das 16 bases flutuantes de pesquisa que o Instituto mantém nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã, cogeridas pela organização em parceria com o Governo do Estado do Amazonas. Com capacidade para hospedar até 20 pessoas, a base tem 12 metros de largura por 18 metros de comprimento. A eletricidade é gerada a partir da luz solar, com energia suficiente para iluminar as instalações, manter o rádio para comunicação, o funcionamento de computadores e o refrigerador para a conservação de alimentos.o sistema tem autonomia para funcionar durante dois dias e meio sem sol. A água usada nas torneiras e chuveiros é captada da chuva e do próprio lago onde a construção está instalada. Filtros garantem que a água esteja limpa para o consumo em tanques que permitem armazenar até litros de chuva, explica Josivaldo Modesto, coordenador de operações do Instituto Mamirauá. O esgoto, por enquanto, ainda não é tratado. A cobertura é de telhas produzidas com garrafas PET moídas, mais resistentes em relação às telhas comuns de cerâmica. De acordo com Modesto, elas pesam cerca de seis vezes menos que as telhas de barro e podem durar até 300 anos. As bases de apoio flutuante são utilizadas pela organização nas Reservas Mamirauá e Amanã para viabilizar as pesquisas de campo. Elas ficam estabelecidas em plataformas formadas por uma madeira flutuante, chamada assacu. O flutuante ecológico permanecerá no Lago Amanã, na Reserva Amanã, e, assim como os outros flutuantes, é feito com madeira certificada pelo Ibama - Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e de Recursos Naturais. O flutuante foi construído com recursos do Instituto Mamirauá, do Ministério da Ciência e Tecnologia e da Finep - Financiadora de Estudos e Projetos. (Fonte: Instituto Mamirauá). Peixes de cativeiro começam a repovoar o Paraíba do Sul A Secretaria de Meio Ambiente do Rio de Janeiro lançou na terça feira, no Rio Paraíba do Sul, na cidade de Resende, cerca de 25 mil filhotes de peixes criados em cativeiro, das espécies piabanha e lambari de rabo amarelo, para repovoar o rio, atingido em novembro do ano passado pelo vazamento de 8 mil litros do pesticida Endosulfan. O derrame matou quase 150 mil toneladas de peixe, contaminando um trecho de 400km do rio, até sua foz, em São João da Barra, o que paralisou a atividade de dois mil pescadores. O programa de repovoamento prevê o lançamento de 1 milhão de peixinhos semelhantes nos próximos dois anos. A pesca está proibida no Paraíba do Sul desde o acidente. Projeto Piabanha A matança do Endosulfan em novembro

4 4 meio ambiente Zoneamento ecológico em debate no RJ cursos Cursos a distância para conselheiros Vão até 26 de junho as inscrições para os dois próximos cursos a distância do Programa de Formação de Conselheiros Nacionais, desenvolvidos pela Secretaria Geral da Presidência da República, em parceria com a UFMG Universidade Federal de Minas Gerais e a Enap Escola Nacioonal de Administração Pública. Os cursos buscam contribuir para a formação qualificada de conselheiros nacionais de políticas públicas, gestores do Governo Federal e representantes da sociedade civil. Os dois próximos cursos ( Educação Popular e A comunicação para a mobilização social ) estão com inscrições abertas desde quarta-feira (17). Matrículas podem ser feitas no site http//www.ufmg. br/conselheirosnacionais/. Resíduos sólidos: seminário no Sul A ABES/RS vai realizar em Caxias do Sul (RS), de 26 a 28 de agosto, o 3º Seminário Regional Sul de Resíduos Sólidos. Para envio de trabalhos técnicos: Mais informações pelo telefone (51) A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) promoveu na semana passada um debate sobre a regulamentação da Lei do Zoneamento Ecológico-Econômico do estado. A lei, cuja execução estará a cargo da Secretaria Estadual do Ambiente, prevê a classificação e mapeamento de todo o território fluminense, determinando as atividades permitidas em cada região. Tem o duplo objetivo de garantir que permaneçam intocadas as regiões preserváveis, principalmente áreas como reservas hídricas, matas nativas e zonas de proteção de diversas categorias, ao mesmo tempo em que torna mais ágil e transparente o processo de concessão de licenças ambientais para atividades econômicas, como instalação de indústrias e demarcação de áreas agrícolas. O presidente do Inea - Instituto Estadual do Meio Ambiente do Rio de Janeiro, Luiz Firmino, disse que algumas regiões precisarão desenvolver suas questões econômicas e ambientais. Não há como o Inea se dissociar de questões básicas da ecologia. Porém, áreas turísticas vão ter equipamentos de grande porte. Assim como na área rural, onde grupos vão explorar os minérios, por exemplo. Por isso, temos que ter cuidado com essas regiões. Vamos trabalhar ao lado do desenvolvimento econômico e sustentável, explicou Firmino. Compesa estimula coleta de óleo de cozinha usado A Compesa está incentivando a reciclagem do óleo de cozinha, que é responsável por 70% dos serviços de manutenção da rede de esgotos do Grande Recife, estimulando a população a recolher o resto do material usado em garrafas. O resíduo acumulado no encanamento endurece e impede a passagem do esgoto, causando danos nas redes pluviais, além de entupir as tubulações e provocar alagamento nas ruas. Para minimizar o problema, a empresa lançou a campanha de coleta e reciclagem em conjunto com a indústria de produtos de limpeza ASA. Já foram instalados pontos de coleta em 11 lojas de atendimento. As pessoas podem guardar o óleo em garrafas plásticas, levando, em seguida, aos postos de coleta mais próximos de suas residências ou estabelecimentos comerciais, explica o diretor de Serviços Operacionais da Compesa, Roberto Tavares. (Fonte: Compesa).

5 artigo 5 Água, meio ambiente e a nova geopolítica global Guilherme Stolle Paixão e Casarões* Aprendemos, quando crianças, que a água é o exemplo clássico de recurso renovável, tendo um ciclo natural e perpétuo, enquanto o petróleo seria seu contraponto, o recurso nãorenovável. Com relação à primeira, não haveria o que temer. O petróleo, por outro lado, seria o grande problema energético e político global. A (potencial) escassez deste, bem como sua concentração em alguns lugares privilegiados do planeta, teria sido responsável pela dinâmica dos conflitos internacionais das últimas décadas. A chamada geopolítica do petróleo, que abriu de modo voraz este século XXI, já foi apresentada como o maior algoz de uma paz mundial vindoura. Ela encobre, no entanto, um cenário ainda mais delicado, assentado no que podemos chamar de geopolítica da água. Afinal de contas, esse líquido insípido, inodoro e incolor, tão ligado ao desenvolvimento das espécies e ao progresso humano, pode acabar e está acabando. Essa escassez, acompanhada por um grave problema de gestão de águas, já tem causado problemas para a agricultura e a indústria, principalmente nas regiões áridas. O desequilíbrio entre o uso da água e sua disponi- bilidade é crítico em diversos locais do globo, especialmente em partes dos Estados Unidos, Norte da África, Oriente Médio e Ásia Central. Devemos atentar para problemas domésticos e internacionais que advêm da escassez de água e de sua má gestão. Internamente, a distribuição desigual de recursos hídricos pode acirrar ou mesmo criar divergências econômicas, políticas e sociais dentro de um Estado. A desertificação de determinadas áreas, bem como o número crescente de desastres naturais decorrentes da mudança do ciclo da água, tem o potencial de gerar transformações demográficas. Entre as consequências estão o aumento da pobreza, a favelização de centros urbanos economicamente atraentes e a intensificação de conflitos sociais em diversos pontos do mundo. Como ficará a democracia num quadro em que nossos políticos, frente a conflitos internos de proporções significativas, terão de tomar medidas draconianas de controle de recursos hídricos para evitar o colapso do Estado? Da mesma maneira que a questão energética (gás e petróleo) é a principal fonte de violência e tensões em regiões como o Oriente Médio e o Cáucaso, a busca por água pode transformar o cenário dos conflitos globais. Guerras por água já são aventadas por acadêmicos nos cenários para este século. Relatório da Organização das Nações Unidas prevê que 3 bilhões de pessoas viverão em países com conflitos por falta de água. O que pensar do Brasil, com em torno de 12% de toda a água doce do planeta, num mundo em que a questão hídrica e não o petróleo, a religião, ou o nacionalismo será a principal fonte de conflitos, domésticos e internacionais? A boa vontade dos organismos internacionais e da sociedade civil organizada não tem bastado na busca de soluções, uma vez que se deparam com Estados desinteressados e sempre devastadores na busca por crescimento econômico, desenvolvimento ou segurança. Talvez, se falarmos na língua destes, insistindo nos perigos da geopolítica da água, consigamos algum tipo de resposta. Que a recorrente discussão da sustentabilidade nos conduza a uma reflexão séria em direção a um mundo melhor. (*) Mestre em Ciências Políticas pela USP.

6 6 empresas Caema conserta buraco antes da queixa Caema recursos hídricos África subutiliza seus aquíferos subterrâneos Conserto chega antes da reclamação A Caema, empresa de saneamento do Maranhão, está promovendo mutirões nos bairros da capital para desobstruir esgotos, recuperar poços de visitas e acabar com vazamentos. Em cada bairro são feitos pelo menos 150 serviços. Desde o início do projeto, há cerca de dois meses, já foram executados 500 serviços nos mutirões. O diretor de Operações da empresa, Cristovam Dervalmar Teixeira Filho, disse que essas ações estão ajudando muito a diminuir as reclamações da população de São Luís. Antes dos mutirões, nós recebíamos mais de mil reclamações por mês. Agora, esse número caiu para 300. E vai cair ainda mais à medida que formos intensificando as ações, disse Cristovam. (Fonte: Caema). Apesar do importante papel que pode desempenhar a água subterrânea para aliviar a pobreza, melhorar a segurança alimentar e contribuir com o desenvolvimento geral da África austral, a falta de habilidades, fundos e consciência sobre o recurso faz com que se aproveite uma porcentagem ínfima. Embora a África austral se orgulhe de seus fornecimentos de água subterrânea, e apesar da elevada demanda, apenas se extrai uma pequena quantidade, disse Karen Villholth, especialista do Departamento de Hidrologia da Dinamarca. Não há certeza sobre o tamanho das reservas de água subterrânea da região, entretanto, segundo Villholth, esses aqüíferos satisfazem o uso domestico e a agricultura em pequena escala. Os aquíferos da África austral não são capazes de sustentar enormes projetos de irrigação como, por exemplo, na Ásia austral, onde 60% da terra agrícola são irrigados com água subterrânea, explicou Villholth. Os números mostram que, para cerca de um terço dos habitantes dessa região, os aquíferos constituem a fonte de fornecimento hídrico formal ou melhorado. (Fonte: Envolverde/IPS) novos sócios Amanda dos Santos da Silva (BA), Amilton Aparecido Scavassini dos Santos (SP), Ana Lucia Oliveira Scavssini dos Santos (SP), Arielle Marie Matos Monteiro (PA), Bremes Salvador Dias (MG), Bruno Ozawa Rodrigues (BA), Celeide Maria Belmont Sabino Meira (PB), Cristiano Faria de Oliveira (GO), Daniela Nose Montani Brinckmann (SP), Doralice Barros de Almeida (GO), Elaine Villas Bôas (MT), Gessica Hashimoto de Medeiros (TO), Gisele de Souza Mori (SC), Guilherme Silva Barbosa (TO), Inst. Federal Educ. Cienc. e Tec. Ceara (CE), José Antônio Lopes de Menezes (BA), Karen Scheeren (RS), Leonardo Capeleto de Andrade (RS), Leonardo Capeleto de Andrade (RS), Michelle Coitinho de Oliveira (RS), Oswaldo Absai de Freitas (MG), Paulo José Aragão Júnior (SC), Renata Fernandes Antunes (MG), Rita Joseane Oliveira Camara (SP), Rosiane Gonçalves Barreto (BA), Sae de São Gabriel do Oeste (MS), Ticiane Sauer Pokrwiecki (PR) e Wilsa da Silva Lopes (PB)

Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Caminhos da sustentabilidade no Recife SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE ÁGUA, DIREITO DE TODAS AS PESSOAS Recursos hídricos recursos naturais essenciais bens de valor econômico limitado viabiliza

Leia mais

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA

PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA PROPOSTA REFERENTE AO CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM GESTÃO DE ANÁLISE SANITÁRIA 1- DO CURSO O Curso de Especialização em Gestão em Análise Sanitária destina-se a profissionais com curso superior em áreas correlatas

Leia mais

Eixo Temático ET-08-011 - Recursos Hídricos NOVAS TECNOLOGIAS PARA MELHOR APROVEITAMENTO DA CAPTAÇÃO DA ÁGUA DE CHUVA

Eixo Temático ET-08-011 - Recursos Hídricos NOVAS TECNOLOGIAS PARA MELHOR APROVEITAMENTO DA CAPTAÇÃO DA ÁGUA DE CHUVA 413 Eixo Temático ET-08-011 - Recursos Hídricos NOVAS TECNOLOGIAS PARA MELHOR APROVEITAMENTO DA CAPTAÇÃO DA ÁGUA DE CHUVA Maria Isabel Cacimiro Xavier Estudante de Graduação em Gestão Ambiental, IFPB,

Leia mais

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades.

Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. professor Serão distribuídos: Para os professores: Cinco módulos temáticos e um caderno de atividades. Para os alunos: um caderno de atividades. Também serão produzidos, dentro de sala de aula, cartazes

Leia mais

ANA detecta: água do Paraíba melhorou

ANA detecta: água do Paraíba melhorou 12 DE JULHO DE 2012 ANA detecta: água do Paraíba melhorou O mais recente relatório da Agência Nacional de Águas (ANA) destacou melhorias na qualidade de alguns dos principais rios de São Paulo, entre eles

Leia mais

A Qualidade da Água nas Cidades de Campina Grande e Taperoá. *gicelia.moreira2009@gmail.com

A Qualidade da Água nas Cidades de Campina Grande e Taperoá. *gicelia.moreira2009@gmail.com A Qualidade da Água nas Cidades de e Gicélia Moreira (ID) 1,AntonioJoão S. Filho(ID) 1 Nataline C. S. Barbosa (ID) 1 Antonio N. de Souza (PG) Departamento de Química CCT-UEPB *gicelia.moreira2009@gmail.com

Leia mais

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO

ÁGUA. USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO ÁGUA USOS, DISTRIBUIÇÃO e PRESERVAÇÃO Embora a água seja a substância mais abundante do nosso planeta, especialistas e autoridades internacionais alertam para um possível colapso das reservas de água doce,

Leia mais

"Água e os Desafios do. Setor Produtivo" EMPRESAS QUE DÃO ATENÇÃO AO VERDE DIFICILMENTE ENTRAM NO VERMELHO.

Água e os Desafios do. Setor Produtivo EMPRESAS QUE DÃO ATENÇÃO AO VERDE DIFICILMENTE ENTRAM NO VERMELHO. "Água e os Desafios do Setor Produtivo" EMPRESAS QUE DÃO ATENÇÃO AO VERDE DIFICILMENTE ENTRAM NO VERMELHO. DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL E O PAPEL DE CADA UM É o desenvolvimento que atende às necessidades

Leia mais

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada

82,5% dos brasileiros são atendidos com abastecimento de água tratada Saneamento no Brasil Definição: Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), saneamento é o controle de todos os fatores do meio físico do homem que exercem ou podem exercer efeitos nocivos sobre o bem

Leia mais

A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná

A Assembléia Legislativa do Estado do Paraná LEI Nº 12493-22/01/1999 Publicado no Diário Oficial Nº 5430 de 05/02/1999. Estabelece princípios, procedimentos, normas e critérios referentes a geração, acondicionamento, armazenamento, coleta, transporte,

Leia mais

Profa. Ana Luiza Veltri

Profa. Ana Luiza Veltri Profa. Ana Luiza Veltri EJA Educação de Jovens e Adultos Água de beber Como está distribuída a água no mundo? A Terra, assim como o corpo humano, é constituída por dois terços de água; Apenas 1% da quantidade

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA

MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA MANUAL DE INSTALAÇÃO SUSTENTÁVEL POR NATUREZA APRESENTAÇÃO SISTEMA ECOFOSSA A Ecofossa é um sistema biológico autônomo de tratamento de esgoto que não utiliza energia elétrica ou qualquer produto químico

Leia mais

WWDR4 Resumo histórico

WWDR4 Resumo histórico WWDR4 Resumo histórico Os recursos hídricos do planeta estão sob pressão do crescimento rápido das demandas por água e das mudanças climáticas, diz novo Relatório Mundial das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento

Leia mais

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015

Investe São Paulo. Campinas, 17 de março de 2015 Investe São Paulo Campinas, 17 de março de 2015 Missão Ser a porta de entrada para novos investimentos e a expansão dos negócios existentes, gerando inovação tecnológica, emprego e renda. Promover a competitividade

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA. Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A Visão dos Brasileiros O que o brasileiro pensa sobre a conservação e o uso da água no Brasil METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para subsidiar o planejamento

Leia mais

Tratados internacionais sobre o meio ambiente

Tratados internacionais sobre o meio ambiente Tratados internacionais sobre o meio ambiente Conferência de Estocolmo 1972 Preservação ambiental X Crescimento econômico Desencadeou outras conferências e tratados Criou o Programa das Nações Unidas para

Leia mais

Oi amigos. A maioria de vocês já me conhece, eu sou o Kiko, o amigo do futuro, e vou apresentar a vocês o Tibum, que é o amigo da água.

Oi amigos. A maioria de vocês já me conhece, eu sou o Kiko, o amigo do futuro, e vou apresentar a vocês o Tibum, que é o amigo da água. Oi amigos. A maioria de vocês já me conhece, eu sou o Kiko, o amigo do futuro, e vou apresentar a vocês o Tibum, que é o amigo da água. 01 Água no corpo humano: cérebro 75% sangue 81% músculos 75% coração

Leia mais

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta

Núcleo União Pró-Tietê. Água : O ouro azul do planeta Núcleo União Pró-Tietê Água : O ouro azul do planeta Água A água é um mineral, elemento químico simples (H 2 O) fundamental para o planeta. Forma oceanos, geleiras, lagos e rios. Cobre ¾ da superfície

Leia mais

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários

SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras. Eduarda Ramires Silveira. Evelyn Victória Cardoso Lopes. Mel Suzane Santos Marques. Voluntários SEPARAR PRA QUÊ? Idealizadoras Eduarda Ramires Silveira Evelyn Victória Cardoso Lopes Mel Suzane Santos Marques Voluntários Joyce Thaís Mendes Alves Sílvia Rocha Pena Rodrigues Luíza Almeida Dias de Carvalho

Leia mais

PROJETO AMIGOS DO PLANETA. Autor. Rose Mariah de Souza Ferreira. Gestora Ambiental

PROJETO AMIGOS DO PLANETA. Autor. Rose Mariah de Souza Ferreira. Gestora Ambiental PROJETO AMIGOS DO PLANETA Autor Rose Mariah de Souza Ferreira Gestora Ambiental Gravataí, março de 2011. Introdução Pensar em tornar o ambiente em que se vive sustentável, é direcionar ações capazes de

Leia mais

Curso Técnico Logística. Curso Técnico Segurança do Trabalho. Engenharia Sustentável: Desenvolvimento de um Filtro para Reaproveitamento da Água.

Curso Técnico Logística. Curso Técnico Segurança do Trabalho. Engenharia Sustentável: Desenvolvimento de um Filtro para Reaproveitamento da Água. Curso Técnico Logística Alunos Logística: Mayara Cristina Lima Macena e Túlio de Moura Carneiro Curso Técnico Segurança do Trabalho Alunos Tec. Segurança do Trab.: Cristovão Costa Barbosa e Lucas Marçal

Leia mais

Eixo Temático ET-13-015 - Educação Ambiental UM ESTUDO SOBRE POÇOS ARTESIANOS EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE

Eixo Temático ET-13-015 - Educação Ambiental UM ESTUDO SOBRE POÇOS ARTESIANOS EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE 531 Eixo Temático ET-13-015 - Educação Ambiental UM ESTUDO SOBRE POÇOS ARTESIANOS EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE Valdiana Maria Gonçalves Araujo¹; Viviane Suzy de Oliveira Pereira²; Débora Caroline Ferreira

Leia mais

Curso de Desenvolvimento. sustentável.

Curso de Desenvolvimento. sustentável. 50 Série Aperfeiçoamento de Magistrados 17 Curso de Desenvolvimento Sustentável Juliana Andrade Barichello 1 O objetivo deste trabalho é discorrer sobre os principais pontos das palestras proferidas sobre

Leia mais

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica.

Índice de 11,6% é maior do que 11,4% registrado no último dia de fevereiro. Outros 5 sistemas também subiram,mas São Paulo ainda vive crise hídrica. PROJETO ATUALIZAR 2015 TEMA SISTEMA CANTAREIRA DATA DE APLICAÇÃO 09 a 13/03/2015 PROFESSORES RESPONSÁVEIS Cristiane e Felipe 1. SUGESTÕES DE PONTOS QUE PODEM SER ABORDADOS 1.1. A importância da água 1.2.

Leia mais

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis

dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis dicas sustentáveis Como crescer com práticas responsáveis Um desafio que envolve você! Compartilhamos os mesmos espaços e problemas, mas também as soluções. É fundamental ter atitudes responsáveis, suprindo

Leia mais

USO RACIONAL DA ÁGUA 2008

USO RACIONAL DA ÁGUA 2008 USO RACIONAL DA ÁGUA Tipos de Água: Água potável - é a que se pode beber. É fundamental para a vida humana, e é obtida através de tratamentos que eliminam qualquer impureza. Água poluída - É a água suja

Leia mais

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água

I B OP E Opinião. O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Águas no Brasil: A visão dos brasileiros O que o brasileiro pensa e faz em relação à conservação e uso da água Dezembro, 2006 METODOLOGIA OBJETIVO Levantar informações para

Leia mais

Este caderno contém exercícios de fixação e passatempos sobre os temas: Água no cotidiano - Módulo 1. A oferta de água - Módulo 2

Este caderno contém exercícios de fixação e passatempos sobre os temas: Água no cotidiano - Módulo 1. A oferta de água - Módulo 2 professor Este caderno contém exercícios de fixação e passatempos sobre os temas:. Mapa conceitual sobre Água: Água no cotidiano - Módulo que são em três estados físicos A oferta de água - Módulo 2 é encontrada

Leia mais

POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA DE BARRAGENS. Lei 12.334/2010. Carlos Motta Nunes. Dam World Conference. Maceió, outubro de 2012

POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA DE BARRAGENS. Lei 12.334/2010. Carlos Motta Nunes. Dam World Conference. Maceió, outubro de 2012 POLÍTICA NACIONAL DE SEGURANÇA DE BARRAGENS Lei 12.334/2010 Carlos Motta Nunes Dam World Conference Maceió, outubro de 2012 Características da barragem para enquadramento na Lei 12.334/10 I - altura do

Leia mais

2. Porque queremos diminuir a Pegada Ecológica? 4. Em que consiste a sustentabilidade ambiental?

2. Porque queremos diminuir a Pegada Ecológica? 4. Em que consiste a sustentabilidade ambiental? 1. Quais são as dimensões do Desenvolvimento Sustentável? 2. Porque queremos diminuir a Pegada Ecológica? a) Económica b) Social c) Ambiental d) Todas as anteriores a) Melhorar a nossa qualidade de vida

Leia mais

Práticas Verdes Para Condomínios

Práticas Verdes Para Condomínios Guia de Práticas Verdes Para Condomínios A economia que faz bem para o seu bolso e para o meio ambiente Com o objetivo de incentivar e disseminar práticas sustentáveis em condomínios, o Secovi Rio criou

Leia mais

REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli)

REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli) 1 REQUERIMENTO (Do Sr. Vittorio Medioli) Requer o envio de Indicação ao Poder Executivo sugerindo à Agência Nacional de Águas que determine às empresas concessionárias deste serviço a divulgação em suas

Leia mais

Gestão Ambiental. para Empresas de Pequeno Porte

Gestão Ambiental. para Empresas de Pequeno Porte Gestão Ambiental para Empresas de Pequeno Porte Setor de Alimentos Junho de 2014 Izabela Simões Analista em Gestão Ambiental A Evolução da Gestão Ambiental 1960 2009 Controle da poluição Poluidor pagador

Leia mais

As fotos a seguir são tristemente verdadeiras...

As fotos a seguir são tristemente verdadeiras... As fotos a seguir são tristemente verdadeiras... Quem é responsável por enfrentar esta situação? Prefeitura? Entidades de defesa do ambiente?? Governo? Meios de comunicação? Cientistas? Organizações

Leia mais

S O C I O A M B I E N TA L

S O C I O A M B I E N TA L Apresentação Todas as ações desenvolvidas pelo Banrisul estão comprometidas em preservar o meio ambiente, seja no momento de realizar um contrato de financiamento agrícola, investimento em projeto, seja

Leia mais

O maior manancial de água doce do mundo

O maior manancial de água doce do mundo O maior manancial de água doce do mundo O Aquífero Guarani é o maior manancial de água doce Subterrânea transfronteiriço do mundo. Está localizado na região centro-leste da América do Sul, entre 12º e

Leia mais

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS

EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS EDUCAÇÃO AMBIENTAL E GESTÃO DOS RECURSOS HÍDRICOS EDUCANDO PARA UM AMBIENTE MELHOR Apresentação A Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos do Rio Grande do Norte SEMARH produziu esta

Leia mais

tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários, desde as ligações prediais até o lançamento final no meio ambiente (BRASIL, 2007).

tratamento e disposição final adequados dos esgotos sanitários, desde as ligações prediais até o lançamento final no meio ambiente (BRASIL, 2007). II-156 - AVALIAÇÃO DO ESGOTAMENTO SANITÁRIO NOS BAIRROS JARDIM NOVO ENCONTRO, MARIA GORETTI E PIRANGA EM JUAZEIRO-BA, COMO AÇÃO DO PET CONEXÕES DE SABERES - SANEAMENTO AMBIENTAL - UNIVASF Julliana Melo

Leia mais

Contas Regionais do Brasil 2010

Contas Regionais do Brasil 2010 Diretoria de Pesquisas Contas Regionais do Brasil 2010 Coordenação de Contas Nacionais frederico.cunha@ibge.gov.br alessandra.poca@ibge.gov.br Rio, 23/11/2012 Contas Regionais do Brasil Projeto de Contas

Leia mais

Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades. Água e Clima As lições da crise na região Sudeste

Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades. Água e Clima As lições da crise na região Sudeste Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades Água e Clima As lições da crise na região Sudeste Mudanças Climáticas: Efeitos Sobre a Vida e Impactos nas Grandes Cidades A água

Leia mais

A Importância da reciclagem

A Importância da reciclagem Texto 1 A Importância da reciclagem Vanessa Minuzzi Bidinoto Reciclar é economizar energia, poupar recursos naturais e trazer de volta ao ciclo produtivo o que jogamos fora. Para compreendermos a reciclagem

Leia mais

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva

Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque. Darlyne de Aquino Silva Hospedagem Sustentável: Gestão Ambiental em meios de hospedagem para o município de São Roque Darlyne de Aquino Silva Instituto Federal de Educação Ciência e tecnologia de São Paulo. São Roque, SP 2011

Leia mais

Grandes Problemas Ambientais

Grandes Problemas Ambientais Grandes Problemas Ambientais O aumento do efeito de estufa; O aquecimento global; A Antárctica; A desflorestação; A Amazónia; A destruição da camada de ozono; As chuvas ácidas; O clima urbano; Os resíduos

Leia mais

Água - Recurso Natural

Água - Recurso Natural - Recurso Natural PROF. Carla Gracy Ribeiro Meneses A água é um elemento essencial para a humanidade. Nosso corpo é composto por dois terços de água, isso equivalente ao nosso peso total. Curiosidades!

Leia mais

Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA

Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA 1 QUALIDADE DA COLETA E A NECESSIDADE DE UMA CONSCIÊNCIA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL NA CIDADE DE GOIANA Alex Maciel Gonzaga, Sean Conney Vieira da SILVA, & Flávia Pereira da SILVA RESUMO O consumismo da

Leia mais

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37

Município D 8.902 545 6,12 Município E 231.977 3.544 1,53 Município F 93.655 1.280 1,37 01 - Os problemas ambientais estão na ordem do dia dos debates científicos, das agendas políticas, da mídia e das relações econômicas. Até muito recentemente, ao se falar de meio ambiente, as instituições

Leia mais

Saneamento Básico: Pobreza, Saúde e Meio Ambiente

Saneamento Básico: Pobreza, Saúde e Meio Ambiente Saneamento Básico: Pobreza, Saúde e Meio Ambiente Antonio Rocha Magalhães CGEE Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Ex-membro da CJP de Brasilia. A Campanha da Fraternidade Ecumênica, de 2016, elegeu

Leia mais

ABESINFORMA. ABES/SP premia jovem profissional. bientais, recebeu do presidente da ABES/ passagem e estadia. para ir ao Congresso da ABES, de 25 a 29

ABESINFORMA. ABES/SP premia jovem profissional. bientais, recebeu do presidente da ABES/ passagem e estadia. para ir ao Congresso da ABES, de 25 a 29 24 DE AGOSTO DE 2011 ABES/SP premia jovem profissional O técnico em sistemas de saneamento Marcos Paulo Lallo Sartori ganhou o prêmio do concurso da seção paulista da ABES sobre a melhor frase sobre o

Leia mais

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59

Página 1 de 8-01/04/2014-5:59 PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 4 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 LIXO NO LIXO Dá para

Leia mais

Coleta e reciclagem de óleo de fritura.

Coleta e reciclagem de óleo de fritura. Nivia Sueli de Freitas e Ricardo Motta Pinto Coelho Coleta e reciclagem de óleo de fritura. Saiba como contribuir com o meio ambiente e ainda ganhar em troca. Belo Horizonte. MG 201 1-3 - 2ª Edição Prêmio

Leia mais

ABESINFORMA. MEC e MAM preparam agenda ambiental. Sabesp comemora 30 anos de túnel-reservatório

ABESINFORMA. MEC e MAM preparam agenda ambiental. Sabesp comemora 30 anos de túnel-reservatório 16 DE NOVEMBRO DE 2011 MEC e MAM preparam agenda ambiental Os setores de educação e meio ambiente dos governos federal, estadual e municipal se preparam para debater a agenda ambiental de 2012, cujo ponto

Leia mais

Para produzir energia elétrica e

Para produzir energia elétrica e Produção de energia elétrica A UU L AL A uma notícia de jornal: Leia com atenção o texto a seguir, extraído de Seca agrava-se em Sobradinho e ameaça causar novo drama social no Nordeste Para produzir energia

Leia mais

Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE. Saneamento é saúde!

Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE. Saneamento é saúde! Apoio PROJETO TRATA BRASIL NA COMUNIDADE Saneamento é saúde! Ordem na casa! Proteger o meio ambiente é dever de todos. E começar pelo saneamento pode ser uma boa alternativa Você já deve ter ouvido falar

Leia mais

ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores:

ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores: ÁGUA QUE BRILHA E ILUMINA A VIDA Aos Educadores: A consciência ecológica levanta-nos um problema de profundidade e vastidão extraordinárias. Temos que defrontar ao mesmo tempo o problema da Vida na Terra,

Leia mais

Sistemas de aquecimento de água residencial e o ASBC: Aquecedor Solar de Baixo Custo Por Felipe Marques Santos Aluno do curso de Engenharia de Energia Projeto Coordenado por Prof. Dr. Rogério Gomes de

Leia mais

A Evolução do Sistema Brasileiro de Gestão de Recursos Hídricos

A Evolução do Sistema Brasileiro de Gestão de Recursos Hídricos França Brasil Uma Colaboração Científica A Evolução do Sistema Brasileiro de Gestão de Recursos Hídricos Luiz Gabriel T. Azevedo gazevedo@odebrecht.com Fortaleza, Junho 2009 Alguns Marcos Importantes Primeiro

Leia mais

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE MEIO AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade significa permanecer vivo. Somos mais de 7 bilhões de habitantes e chegaremos a 9 bilhões em 2050, segundo a ONU. O ambiente tem limites e é preciso fazer

Leia mais

2ª Conferência Latinoamericana de Saneamento LATINOSAN 2010. Fernando Pinto Dias Perrone Gerente do Departamento de Projetos de Eficiência Energética

2ª Conferência Latinoamericana de Saneamento LATINOSAN 2010. Fernando Pinto Dias Perrone Gerente do Departamento de Projetos de Eficiência Energética 2ª Conferência Latinoamericana de Saneamento LATINOSAN 2010 Fernando Pinto Dias Perrone Gerente do Departamento de Projetos de Eficiência Energética Março de 2010 O PROCEL SANEAR Objetivos Promover o uso

Leia mais

USO RACIONAL DA ÁGUA: RESULTADOS DE PRÁTICA PEDAGÓGICA

USO RACIONAL DA ÁGUA: RESULTADOS DE PRÁTICA PEDAGÓGICA USO RACIONAL DA ÁGUA: RESULTADOS DE PRÁTICA PEDAGÓGICA ROCHA, Elza dos Santos S. da (UNEMAT) elzassr@yahoo.com.br SANTOS, Leandra Ines Seganfredo (UNEMAT) leandraines@hotmail.com Sabemos que a água é indispensável

Leia mais

ABESI N F O R M A. X Sibesa levou 800 técnicos a Maceió

ABESI N F O R M A. X Sibesa levou 800 técnicos a Maceió 164 05 de março de 2010 X Sibesa levou 800 técnicos a Maceió Kadu Ferreira/Casanova Produções Cassilda na abertura: o saneamento hoje está em todas as agendas A ABES encerrou na quartafeira (3/03), em

Leia mais

Nota técnica Março/2014

Nota técnica Março/2014 Nota técnica Março/2014 Sistemas de Saneamento no Brasil - Desafios do Século XXI João Sergio Cordeiro O Brasil, no final do ano de 2013, possuía população de mais de 200 milhões de habitantes distribuídos

Leia mais

BOLETIM PARDO Estresse Hídrico: a corda sempre arrebenta do lado mais fraco

BOLETIM PARDO Estresse Hídrico: a corda sempre arrebenta do lado mais fraco Abril de 2013 1 1 BOLETIM PARDO Estresse Hídrico: a corda sempre arrebenta do lado mais fraco Fonte: http://www.solidarites.org Dionei Minuzzi Delevati Presidente do Comitê Pardo Verushka Goldschmidt Xavier

Leia mais

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online

Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Clipping, Segunda-feira, 04 de Janeiro de 2010 Jornal do Commercio PE (28/12/09) - online Porto Gente (04/01/10) online Pernambuco Na indústria, mais demanda por trabalho Texto publicado em 28 de Dezembro

Leia mais

TÍTULO AUTORES ÁREA TEMÁTICA Objetivo: DEDICATÓRIA

TÍTULO AUTORES ÁREA TEMÁTICA Objetivo: DEDICATÓRIA TÍTULO: CARACTERIZAÇÃO DOS CATADORES DE PAPEL NO COMÉRCIO DE FEIRA DE SANTANA -BA AUTORES: Celso Luiz P. da Silva, Clairton Batista Vieira, Gilmar Matias P. Júnior, Wilson Dourado Lima, Maria de Fátima

Leia mais

Mensagens ambientais da HP

Mensagens ambientais da HP Mensagens ambientais da HP Definição da promessa Projeto para o meio ambiente Por ser líder ambiental há décadas no setor tecnológico, a HP faz a diferença com um projeto abrangente de estratégia ambiental,

Leia mais

LOGÍSTICA REVERSA ACITSIGOL ASREVER

LOGÍSTICA REVERSA ACITSIGOL ASREVER Conceito LOGÍSTICA REVERSA ACITSIGOL ASREVER É uma área da logística que atua de forma a gerenciar e operacionalizar o retorno de bens e materiais, após sua venda e consumo, às suas origens, agregando

Leia mais

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade

APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO POLITICA PPS PR Curso Haj Mussi Tema Sustentabilidade Desenvolvido por: Neuza Maria Rodrigues Antunes neuzaantunes1@gmail.com AUMENTO DA POPULAÇÃO URBANA 85% NO BRASIL (Censo

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal LEI Nº 4.715, DE 22 DE SETEMBRO DE 2015 Institui a Política Municipal de estímulo à produção e ao consumo sustentáveis. RAUL JOSÉ SILVA GIRIO, Prefeito Municipal de Jaboticabal, Estado de São Paulo, no

Leia mais

Resíduos Sólidos Programa Lixo Alternativo Situação atual de Guaraqueçaba: Volume diário 4m³ (aproximadamente 1 tonelada/dia) Coleta: Diária em 980 unidades domésticas / 135 comerciais / 2 industriais

Leia mais

Olá Professor, seja bem vindo!

Olá Professor, seja bem vindo! Olá Professor, seja bem vindo! O trabalho Aula Zuggi de Zuggi foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição- CompartilhaIgual 3.0 Não Adaptada. Atribuição: Zuggi www.zuggi.com.br http://bit.ly/16si4pb

Leia mais

Relatório Gerencial TECNOVA

Relatório Gerencial TECNOVA Relatório Gerencial TECNOVA Departamento de Produtos Financeiros Descentralizados - DPDE Área de Apoio à Ciência, Inovação, Infraestrutura e Tecnologia - ACIT Fevereiro de 2015 Marcelo Nicolas Camargo

Leia mais

PROJETO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS

PROJETO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS GOVERNO DE ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL SECRETÁRIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL NAIR PALÁCIO DE SOUZA NOVA ANDRADINA - MS PROJETO DO LABORATÓRIO DE CIÊNCIAS 1.TÍTULO: Projeto Óleo e água não se

Leia mais

Curso de Gestão de Águas Pluviais

Curso de Gestão de Águas Pluviais Curso de Gestão de Águas Pluviais Capítulo 4 Prof. Carlos E. M. Tucci Prof. Dr. Carlos E. M. Tucci Ministério das Cidades 1 Capítulo 4 Gestão Integrada Conceito Marcos Mundiais, Tendência e Estágio Institucional

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA: PROBLEMAS E PRIORIDADES DO BRASIL PARA 2014 FEVEREIRO/2014 16 Retratos da Sociedade Brasileira: Problemas e Prioridades do Brasil para 2014 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA

Leia mais

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável

1 Qualificar os serviços de Abastecimento de água potável nos núcleos rurais com mais de 10 economias nas áreas quilombolas nas áreas indígenas Planilha de Objetivos, Indicadores e Ações Viabilizadoras GT Saneamento A Santa Maria que queremos Visão: "Que até

Leia mais

Apague velhos. Acenda uma grande. hábitos. idéia.

Apague velhos. Acenda uma grande. hábitos. idéia. Apague velhos hábitos. Acenda uma grande idéia. Crise Energética Por que todos falam em crise energética? Porque a crise energética sul-americana deixou de ser um cenário hipotético para se transformar

Leia mais

Água. Material de Apoio - Água

Água. Material de Apoio - Água Água Material de Apoio Programa Escola Amiga da Terra Mapa Verde Realização: Instituto Brookfield Assessoria: Práxis Consultoria Socioambiental Este material foi utilizado pelos educadores participantes

Leia mais

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS

12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 12ª EDIÇÃO DO SELO AMBIENTAL DE GUARULHOS 1. APRESENTAÇÃO O Selo Ambiental de Guarulhos é uma premiação anual criada em 2002 pela Câmara Municipal de Guarulhos através do Decreto Legislativo 003/2002.

Leia mais

REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS

REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS CONSUMO CONSCIENTE REDUÇÃO DE DESPERDÍCIO DE RECURSOS NATURAIS ÁGUA ENERGIA INSUMOS Desenvolvimento Sustentável A ÁGUA NOSSO BEM MAIS PRECIOSO Distribuição de toda água doce 1,8 % 0,96 % 0,02 % 0,001 %

Leia mais

Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar. Gizelma de A. Simões Rodrigues

Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar. Gizelma de A. Simões Rodrigues Gestão Ambiental Resíduo Hospitalar Gizelma de A. Simões Rodrigues SBS Hospital Sírio Libanês Instituição Filantrópica de saúde, ensino e pesquisa. Hospital de alta complexidade Matriz 172.000 m² 5.900

Leia mais

Órgão de Coordenação: Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente SECTMA

Órgão de Coordenação: Secretaria de Estado da Ciência e Tecnologia e do Meio Ambiente SECTMA 12.4 SISTEMA DE GESTÃO PROPOSTO 12.4.1 ASPECTOS GERAIS O Sistema de Gestão proposto para o PERH-PB inclui órgãos da Administração Estadual, Administração Federal, Sociedade Civil e Usuários de Água, entre

Leia mais

Coleta e reciclagem de óleo de fritura.

Coleta e reciclagem de óleo de fritura. Nivia Sueli de Freitas, Roberto Góes Menicucci e Ricardo Motta Pinto Coelho Coleta e reciclagem de óleo de fritura. Saiba como contribuir com o meio ambiente e ainda ganhar em troca. Belo Horizonte. MG

Leia mais

Soluções sustentáveis para a vida.

Soluções sustentáveis para a vida. Soluções sustentáveis para a vida. A Ecoservice Uma empresa brasileira que está constantemente em busca de recursos e tecnologias sustentáveis para oferecer aos seus clientes, pessoas que têm como conceito

Leia mais

UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DE SISTEMAS DE AR CONDICIONADO VISANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DE SISTEMAS DE AR CONDICIONADO VISANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL 10º FÓRUM DE EXTENSÃO E CULTURA DA UEM UTILIZAÇÃO DA ÁGUA DE SISTEMAS DE AR CONDICIONADO VISANDO O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL Thatiane Rodrigues Mota 1 Dyoni Matias de Oliveira 2 ; Paulo Inada 3 Desenvolvimento

Leia mais

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS

Curso Agenda 21. Resumo da Agenda 21. Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS Resumo da Agenda 21 CAPÍTULO 1 - Preâmbulo Seção I - DIMENSÕES SOCIAIS E ECONÔMICAS CAPÍTULO 2 - Cooperação internacional para acelerar o desenvolvimento sustentável dos países em desenvolvimento e políticas

Leia mais

XI CONGRESSO DOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MEIO AMBIENTE. Relator: Gilberto Leme Garcia Promotor de Justiça de Meio Ambiente da Capital/SP

XI CONGRESSO DOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MEIO AMBIENTE. Relator: Gilberto Leme Garcia Promotor de Justiça de Meio Ambiente da Capital/SP XI CONGRESSO DOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MEIO AMBIENTE PAINEL VI 05/08/11 Relator: Gilberto Leme Garcia Promotor de Justiça de Meio Ambiente da Capital/SP Dráusio Barreto Secretário Municipal

Leia mais

RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014

RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014 RELATÓRIO DA SEMANA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE 02 a 10 de junho de 2014 As cidades de Alagoa grande, Bananeiras, Caiçara, Cacimba de Dentro,Dona Inês, Guarabira, Sapé e Solânea participaram da Semana Nacional

Leia mais

Unidade de Conservação marinha passa a ser o 11º sítio Ramsar brasileiro e o primeiro na Bahia

Unidade de Conservação marinha passa a ser o 11º sítio Ramsar brasileiro e o primeiro na Bahia Unidade de Conservação marinha passa a ser o 11º sítio Ramsar brasileiro e o primeiro na Bahia Ao anunciar o título de "Sítio Ramsar" ao Parque Nacional Marinho de Abrolhos, o ministro do Meio Ambiente

Leia mais

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação

Praticando seus conhecimentos sobre desertificação Praticando seus conhecimentos sobre desertificação O fenômeno de desertificação pode ocorrer através de um processo natural ou pela ação humana. O manejo inadequado do solo para agricultura, atividades

Leia mais

1. Introdução. 3 gutembergue.13@gmail.com; 4 gabriel12345681@hotmail.com; 5 carolinachiamulera10@gmail.com.

1. Introdução. 3 gutembergue.13@gmail.com; 4 gabriel12345681@hotmail.com; 5 carolinachiamulera10@gmail.com. Reaproveitamento da água efluente dos bebedouros pré-tratada em filtro alternativo: uma prática de educação ambiental na E.E.E.M. Severino Cabral na cidade de Campina Grande/PB Autor (s): Cibele Medeiros

Leia mais

ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DE CISTERNAS EM ASSENTAMENTO RURAL NO MUNICÍPIO DE VÁRZEA-PB

ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DE CISTERNAS EM ASSENTAMENTO RURAL NO MUNICÍPIO DE VÁRZEA-PB ESTUDO DA VIABILIDADE DO USO DE CISTERNAS EM ASSENTAMENTO RURAL NO MUNICÍPIO DE VÁRZEA-PB Jackson Silva Nóbrega 1 ; Francisco de Assis da Silva 1 ; Marcio Santos da Silva 2 ; Maria Tatiane Leonardo Chaves

Leia mais

www.desmatamentozero.org.br Greenpeace/Daniel Beltra

www.desmatamentozero.org.br Greenpeace/Daniel Beltra Greenpeace/Daniel Beltra www.desmatamentozero.org.br Chega de desmatamento no Brasil As florestas são fundamentais para assegurar o equilíbrio do clima, a conservação da biodiversidade e o sustento de

Leia mais

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ

Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional de Mudanças Globais IVIG/COPPE/UFRJ Formação e Capacitação de Recursos Humanos p/exploração de Recursos Energéticos e Geração de Energia Prof. Marcos Aurélio Vasconcelos de Freitas (mfreitas@ivig.coppe.ufrj.br) Instituto Virtual Internacional

Leia mais

Produção, Natureza e Sociedade: equilíbrio em busca da segurança alimentar

Produção, Natureza e Sociedade: equilíbrio em busca da segurança alimentar VI Fórum Inovação, Agricultura e Alimentos Produção, Natureza e Sociedade: equilíbrio em busca da segurança alimentar Walter Belik Instituto de Economia - Unicamp São Paulo, 14 de outubro de 2014 em milhões

Leia mais

recuperação ambiental de áreas rurais e periurbanas - Projeto Piloto da Câmara Técnica de Comunidades

recuperação ambiental de áreas rurais e periurbanas - Projeto Piloto da Câmara Técnica de Comunidades Uso de efluentes de tratamento de esgotos para a recuperação ambiental de áreas rurais e periurbanas - Projeto Piloto da Câmara Técnica de Comunidades Isoladas VI SEMINÁRIO NACIONAL DE SANEAMENTO RURAL

Leia mais

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES

ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES ENERGIAS ALTERNATIVAS E TECNOLOGIAS DE PRODUÇÃO LIMPAS: DESAFIOS E OPORTUNIDADES FONTES DE ENERGIA Hídrica Eólica Biomassa Solar POTENCIAL HÍDRICO Fonte: Eletrobras, 2011. APROVEITAMENTO DO POTENCIAL HIDRELÉTRICO

Leia mais

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos:

No que diz respeito à siderurgia em nível mundial, podemos destacar como principais pontos: Setor Siderúrgico 1 O setor siderúrgico brasileiro passou por profundas transformações na década de 90, tendo como principal elemento de mudança o processo de privatização do setor, que desencadeou, num

Leia mais

PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE

PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE CONSELHEIRO LAFAIETE MG 2012 PROJETO CIDADANIA E SUSTENTABILIDADE JUSTIFICATIVA O Centro de Ensino Superior de Conselheiro Lafaiete tem como princípio desempenhar seu

Leia mais

PROGRAMA ITUIUTABA RECICLA

PROGRAMA ITUIUTABA RECICLA PROGRAMA ITUIUTABA RECICLA AUTOR E APRESENTADOR: Cristina Garvil Diretora da Superintendência de Água e Esgotos de Ituiutaba SAE Arquiteta, Mestranda em Engenharia de Produção com Ênfase em Gestão da Inovação

Leia mais

O homem e o meio ambiente

O homem e o meio ambiente A U A UL LA O homem e o meio ambiente Nesta aula, que inicia nosso aprendizado sobre o meio ambiente, vamos prestar atenção às condições ambientais dos lugares que você conhece. Veremos que em alguns bairros

Leia mais