Pesquisa de Avaliação dos Serviços Públicos de Florianópolis

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Pesquisa de Avaliação dos Serviços Públicos de Florianópolis"

Transcrição

1

2 Pesquisa de Avaliação dos Serviços Públicos de Florianópolis A carga tributária brasileira é uma das mais elevadas do mundo, em 2011 ela chegou a 35% do PIB, valor extremamente elevado. Seria de se esperar que a contrapartida de tal peso fosse um serviço público de qualidade, que satisfizesse as necessidades dos moradores das cidades do país. Desta maneira, com o objetivo de medir a satisfação dos moradores das cidades catarinenses com os serviços públicos com os quais os mesmos se relacionam diariamente, a Fecomércio SC realizou uma série de pesquisas nas principais cidades do estado. Na cidade de Florianópolis foram realizadas 440 entrevistas com os moradores. A pesquisa teve um intervalo de confiança de 95% e um erro amostral de 4,67%. Perfil dos entrevistados Em primeiro lugar foram realizadas perguntas para entender o perfil dos moradores entrevistados. A pesquisa entrevistou os habitantes de maneira aleatória, tentando assim traçar um perfil geral dos moradores de Florianópolis. Abaixo seguem os dados de tal perfil: Gênero Faixa etária Masculino Feminino 60 ou mais 8,0% De 46 a 59 19,5% 46,4% De 36 a 45 17,5% 53,6% De 26 a 35 27,3% De 18 a 25 27,7%

3 Estado civil Solteiro Casado / União estável Separado / divorciado Viúvo Renda familiar 29,5% 50,9% 46,1% 9,5% 1,8% 8,9% 6,1% 4,5% 42,5% Escolaridade 37% 15,9% 15,5% 1,4% 3,2% 1,8% 8,9% 7,5% 6,1% 2,7% Assim, nota-se que na pesquisa realizada em Florianópolis o universo feminino (53,6%) predomina sobre o universo masculino (46,4%), com uma faixa etária predominantemente jovem e adulta. Também estão em maioria os casais (46,1%) e os solteiros (42,5%), sendo que 50,9% dos entrevistados são da classe média (ou classe C). Por fim, a cidade apresentou um elevado grau de escolaridade, apenas 28,9% com déficit de escolaridade, sendo que 37% têm ensino médio completo, 15,9% já iniciou o ensino superior e 15,5% já concluiu e ainda 2,7% são pósgraduados.

4 Quantidade de filhos 39,3% Região da moradia Norte Sul Central Continente Leste 22% 15,7% 13% 27,5% 3,4% 5,9% 4,1% 21,6% 28,4% 19,1% Nesta eleições municipais, você irá: Votar nesta cidade Votar em outra cidade Justificar o voto 13% 9,8% 77,3% A investigação foi complementada pela apuração da quantidade de filhos das famílias dos entrevistados onde se observou um grande número de famílias sem filhos, 39,3%, o que está de acordo com a maioria jovem e adulta descrita anteriormente. Na faixa etária de 18 a 25 anos, 81,1% não possuem filhos e na próxima, de 26 a 35 anos, 43,3%. Quanto à distribuição dos entrevistados por região de moradia, foram 28,4% dos moradores da região norte, 27,5% do continente, 21,6% da região central, 19,1% do sul e 3,4% da região leste. Os entrevistados também foram questionados com relação à situação do voto e 77,3% dos entrevistados votarão em Florianópolis nas próximas eleições municipais.

5 Avaliação dos serviços públicos da cidade Desta forma, tendo em vista o perfil socioeconômico da cidade, foi solicitado que os habitantes entrevistados dessem notas que variavam de 0 a 5 para diferentes serviços públicos da cidade. Os dez serviços escolhidos foram saúde, educação, preservação ambiental, segurança, transporte, água e esgoto, limpeza, cultura e lazer, habitação e estrutura urbana (qualidade dos espaços públicos). Abaixo segue a avaliação: 2,98 Avaliação dos serviços públicos (notas de 0 a 5) 2,6 2,54 2,41 2,3 2,23 2,2 2,17 2,07 2,07 1,74 Em geral a nota dos serviços públicos de Florianópolis foi de 2,3, o que fica abaixo da média (2,5), logo aquém do que se espera de uma capital de estado. Os itens melhor avaliados foram a limpeza da cidade (2,98), a habitação (2,6), a preservação ambiental (2,54) e a cultura e lazer (2,41), mostrando que os esforços com a manutenção da cidade e com a qualidade de vida dos moradores, foi percebida pelos florianopolitanos. Abaixo da média da cidade aparecem os investimentos em educação (2,23), estrutura urbana (2,2), água e esgoto (2,17), saúde e transporte (2,07). Por fim, na última colocação, a segurança da cidade aparece mal avaliado, com nota de 1,74. Além do resultado geral, a pesquisa da Fecomércio SC também realizou cruzamentos entre as características socioeconômicas da população e a avaliação das mesmas. Em primeiro lugar, segue abaixo a avaliação dos entrevistados de acordo com o seu gênero: Gênero Masculino Feminino Saúde 1,99 2,14 Educação 2,2 2,26 Preservação Ambiental 2,4 2,66 Segurança 1,81 1,67 Transporte 2,1 2,04 Água e esgoto 1,96 2,35

6 Limpeza 2,98 2,98 Cultura e lazer 2,36 2,45 Habitação 2,62 2,57 Estrutura urbana 2,12 2,28 Geral 2,25 2,34 No geral a avaliação dos serviços públicos de Florianópolis está bem equilibrada entre os homens e as mulheres. A nota geral dos homens é 2,25 jà a nota dada pelas mulheres é de 2,34. Na percepção tanto dos homens quanto das mulheres, a segurança é o item mais crítico, seguido por água e esgoto, opinião dos homens e transportes na opinião do público feminino. Interessante que o item limpeza, além de ser o melhor avaliado por ambos os gêneros, recebeu também igual nota (2,98). Faixa etária Já em relação ao corte por idade, seguem abaixo os resultados: Entre 16 e 25 anos Entre 26 e 35 anos Entre 36 e 45 anos Entre 46 e 60 anos Acima de 60 anos Saúde 2,15 2,11 2,16 2,06 1,51 Educação 2,05 2,34 2,52 2,24 1,83 Preservação Ambiental 2,25 2,78 2,84 2,43 2,31 Segurança 1,96 1,61 2,06 1,36 1,6 Transporte 1,82 1,95 2,12 2,29 2,71 Água e esgoto 1,88 2,12 2,35 2,42 2,37 Limpeza 2,65 3,07 3,22 3,01 3,23 Cultura e lazer 2,34 2,33 2,81 2,16 2,69 Habitação 2,62 2,55 2,78 2,49 2,51 Estrutura urbana 2,08 2,15 2,53 2,07 2,43 Geral 2,18 2,3 2,54 2,25 2,32 Os jovens entre 16 e 25 anos são os mais descontentes com os serviços públicos no geral (nota 2,18), sendo que o transporte (1,82) é o item que causa maior descontentamento. São seguido pelos moradores entre 46 e 60 anos que apontam a segurança como item mais crítico (1,36). Para os acima de 60 anos o pior item avaliado foi a saúde (1,51). Nota-se que segurança obteve as menores notas para a grande faixa entre 26 a 60 anos, os mais críticos, entre 46 e 60 anos, avaliaram em 1,36 este serviço. Em contraposição está a limpeza urbana que obteve a melhor pontuação geral entre os itens avaliados.

7 Outro corte foi o baseado no grau de escolaridade dos florianopolitanos: Escolaridade Sem escolaridade Ensino básico incompleto Ensino básico completo Fundamental incompleto Fundamental completo Saúde 0 1,57 2,5 1,36 1,85 Educação 0 2,43 2,38 2,03 2,55 Preservação Ambiental 1,67 2,86 3,25 2,49 2,52 Segurança 0,17 1,71 1,75 1,15 1,42 Transporte 2,33 2,79 2,38 1,9 2,18 Água e esgoto 1,33 2,79 2,63 2,23 1,85 Limpeza 3 3,36 2,88 3,15 2,55 Cultura e lazer 3 3,07 1,88 2,54 2,21 Habitação 1,83 2,43 2,13 2,59 1,94 Estrutura urbana 1,83 2,79 2,5 2,21 1,88 Geral 1,52 2,58 2,43 2,16 2,09 Escolaridade (continuação) Ensino médio incompleto Ensino médio completo Ensino superior incompleto Ensino superior completo Pós-graduado Saúde 2,44 2,09 2,31 2,34 2,25 Educação 2,52 2,23 2,2 2,13 3 Preservação Ambiental 2,59 2,66 2,46 2,37 2,17 Segurança 1,78 1,71 2,14 1,94 2 Transporte 1,7 2,06 1,87 2,24 2,42 Água e esgoto 2,15 2,26 2,09 2,09 2 Limpeza 3,11 3,02 2,87 2,93 3,33 Cultura e lazer 2,96 2,28 2,21 2,4 3,58 Habitação 2,74 2,67 2,8 2,54 3 Estrutura urbana 2,37 2,25 2,21 2,06 2,25 Geral 2,44 2,32 2,32 2,3 2,6 A avaliação geral dos serviços apresentou baixa variação entre os diferentes graus de escolaridade. A única exceção fica por conta dos moradores sem escolaridade, que tiveram uma avaliação mais negativa dos serviços públicos do que os demais. Neste grupo, chama à atenção as notas zero para saúde e educação e a nota 0,17 para a segurança. No restante, as avaliações seguem o comportamento geral, com boas notas para a limpeza e baixas para a segurança. Na sequência a desagregação por estado civil do respondente:

8 Estado civil Solteiro Casado / União estável Separado / divorciado Viúvo Saúde 2,24 1,96 1,93 1,75 Educação 2,2 2,25 2,19 2,75 Preservação Ambiental 2,49 2,52 2,88 2,38 Segurança 1,98 1,54 1,69 1,25 Transporte 1,83 2,14 2,69 2,63 Água e esgoto 2,09 2,02 3,24 2,13 Limpeza 2,87 2,97 3,43 3,63 Cultura e lazer 2,42 2,29 2,93 2,63 Habitação 2,67 2,44 3,12 2 Estrutura urbana 2,12 2,16 2,79 2,25 Geral 2,29 2,23 2,69 2,34 Na nota geral não houve grande discrepância na avaliação dos moradores de Florianópolis de diferentes estados civis. A avaliação cruzando com o perfil de renda familiar é bastante relevante, já que as classes de renda mais baixa são aquelas que mais acessam os serviços públicos. Seguem os dados: Renda familiar De 0 a R$ 705 (E) De R$ 706 a R$ (D) De R$ a R$ (C) De R$ a R$ (B) Mais de R$ (A) Saúde 2,33 1,86 2,08 2,52 2,15 Educação 2,49 1,88 2,31 2,41 2,9 Preservação Ambiental 2,79 2,38 2,59 2,63 2,35 Segurança 1,95 1,56 1,75 1,93 2,1 Transporte 1,62 1,96 2,13 2,3 2,7 Água e esgoto 2,31 1,81 2,25 2,48 2,9 Limpeza 2,9 2,68 3,12 3,15 3,3 Cultura e lazer 2,67 1,98 2,47 3,11 3,05 Habitação 2,59 2,2 2,71 3,33 2,85 Estrutura urbana 2,18 1,88 2,35 2,22 2,65 Geral 2,38 2,02 2,38 2,61 2,7 Destaca-se o fato dos moradores das classes A e B tem as melhores avaliações dos serviços públicos (2,7 e 2,61) e os das classes C, D e E as piores notas, todas inferiores à 2,5. No geral a classe D é a que apresenta o olhar mais crítico em relação aos serviços públicos da cidade, sua nota geral, 2,02 é inferior a nota geral dos serviços, 2,3.

9 Não existe relação entre a quantidade de filhos nas famílias e as notas dos serviços públicos, mas pode-se perceber que nas famílias com 5 ou mais filhos as necessidades por segurança e saúde são mais salientes enquanto que para as famílias sem filhos, o transporte, a água e esgoto recebem pior avaliação. Filhos não tem filhos 1 filho 2 filhos 3 filhos 4 filhos 5 e mais filhos Saúde 2,18 2,2 2,13 1,65 1,92 1,61 Educação 2,23 2,41 2,35 1,86 2,35 1,83 Preservação Ambiental 2,51 2,44 2,71 2,39 3,38 2 Segurança 2,03 1,8 1,49 1,14 1,81 1,22 Transporte 1,95 2,14 2,42 1,98 1,81 2,11 Água e esgoto 1,91 2,33 2,48 2 2,92 2,06 Limpeza 2,82 3,16 3,19 2,81 3,15 3,06 Cultura e lazer 2,5 2,56 2,13 2,21 2,5 2,33 Habitação 2,72 2,56 2,67 2,61 2,19 1,83 Estrutura urbana 2,06 2,26 2,36 2,28 2,54 1,94 Geral 2,29 2,39 2,39 2,09 2,46 2 Por fim, um cruzamento de grande importância é a região de moradia dos entrevistados. A região leste observou as piores condições gerais dos serviços públicos, sua nota foi a mais baixa dentre as regiões (2,13) em contraposição à região central com a melhor nota geral (2,4). Notas por região 2,4 2,37 2,27 2,2 2,13 Central Continente Sul Norte Leste O detalhamento deste panorama está apresentado na tabela abaixo:

10 Região Central Continente Sul Norte Leste Saúde 2,37 2,01 1,67 2,13 2,47 Educação 2,52 2,22 1,9 2,19 2,67 Preservação Ambiental 2,64 2,31 2,54 2,73 2,27 Segurança 1,84 1,64 1,7 1,73 2,07 Transporte 2,09 2,01 2,1 2,16 1,53 Água e esgoto 2,35 2,37 2,15 1,98 1,13 Limpeza 2,86 3,21 2,98 2,85 2,93 Cultura e lazer 2,47 2,73 2,7 1,9 2 Habitação 2,6 2,84 2,61 2,38 2,33 Estrutura urbana 2,25 2,34 2,33 1,98 1,93 Geral 2,4 2,37 2,27 2,2 2,13 Para os moradores da região central, norte e continente o ponto crítico é a segurança, já para os da região sul é a saúde e região leste, água e esgoto. Detalhando as notas de acordo com a situação de voto para as próximas eleições municipais tem- se o seguinte panorama, daqueles que tem intenção de justificar o voto vem a avaliação mais alta, e daqueles que tencionam votar na cidade a avaliação mais baixa. Situação do voto Votar nesta cidade Votar em outra cidade Justificar o voto Saúde 1,94 2,4 2,63 Educação 2,11 2,47 2,84 Preservação Ambiental 2,57 2,3 2,6 Segurança 1,61 2,02 2,33 Transporte 2,03 2,11 2,37 Água e esgoto 2,13 2,32 2,3 Limpeza 2,93 3,11 3,19 Cultura e lazer 2,3 2,49 3,16 Habitação 2,54 2,81 2,77 Estrutura urbana 2,16 2,19 2,56 Geral 2,23 2,42 2,67

11 Para finalizar a pesquisa da Fecomércio SC, também foi perguntado aos entrevistados quais eles consideravam ser as duas principais prioridades (por ordem de importância) da administração pública de Florianópolis para os próximos anos. 54,5% Prioridade número 1 40% Prioridade número 2 21,4% 18,9% 20,7% 14,1% 4,3% 3,2% 1,6% 1,1% 0,5% 7% 4,5% 3,6% 2,5% 2% Nota-se que três são os temas considerados fundamentais pela população de Florianópolis: saúde, educação e segurança. Os outros, mesmo sendo importantíssimos, aparecem em menor freqüência de citações como primeiras e segundas prioridades. Como prioridade primeira de Florianópolis, os entrevistados escolheram de maneira majoritária a saúde (54,5%), sendo que a educação aparece na seqüência com 20,7% das escolhas e a segurança com 14,1%. Já em relação ao segundo ponto de prioridade da cidade, a educação assume a preferência, com 40% de ocorrências, depois vêm a segurança (21,4%) e a saúde (18,9%). Conclusão A baixa avaliação dos florianopolitanos em relação aos serviços públicos da sua cidade mostrou diversos pontos a melhorar. Uma administração pública deve sempre mirar a avaliação máxima de seus serviços, dessa forma, entre a nota média de 2,3 e a avaliação máxima há muito que se fazer. Saúde, educação e segurança devem ser priorizadas, porém, sem nunca deixar o restante dos serviços desassistidos, já que todos podem e devem ser melhorados. Na percepção dos moradores de Florianópolis o item mais crítico, que recebeu a pior avaliação, foi a segurança, 1,74 e apesar disso não é o indicado como prioridade número 1 para melhoria, que á a saúde, com a maioria das citações. A pesquisa da Fecomércio SC, desta maneira, se insere como um importante instrumento para a gestão pública, já que aponta problemas e ajuda a indicar caminhos a serem seguidos. Somente assim, com serviços públicos de qualidade, as pessoas poderão alcançar uma melhor qualidade de vida em Florianópolis, fator cada vez mais valorizado na vida em sociedade.

Pesquisa de Percepção dos Serviços Públicos de Blumenau

Pesquisa de Percepção dos Serviços Públicos de Blumenau Pesquisa de Percepção dos Serviços Públicos de Blumenau A carga tributária brasileira é uma das mais elevadas do mundo, em 2011 ela chegou a 35% do PIB, valor extremamente elevado. Seria de se esperar

Leia mais

Março/2016 Março/2016

Março/2016 Março/2016 São Paulo 2030 Março/2016 Março/2016 2 de 80 OBJETIVO Mapear as opiniões e as percepções dos moradores da cidade da São Paulo em relação a temas do cotidiano e à prestação de políticas públicas, bem como

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE FECOMÉRCIO SC SUMÁRIO Endividamento em Joinville 7 Considerações

Leia mais

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES

2. COMPARAÇÃO DE PERFIL ENTRE ADIMPLENTES E INADIMPLENTES PERFIL DO CONSUMIDOR COM E SEM DÍVIDAS NO BRASIL 1. PESQUISA Pesquisa inédita realizada pela CNDL e SPC Brasil buscou avaliar o perfil dos brasileiros adimplentes e inadimplentes, sendo consideradoscomo:

Leia mais

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Inayara Soares Com a definição do salário mínimo para 2013, que passou de 622,00 para 678,00 começando a valer no dia 1º de Janeiro de 2013, a Futura

Leia mais

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de São Paulo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 I) INTRODUÇÃO PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE

Leia mais

A SITUAÇÃO DA PRIMEIRA INFÂNCIA NAS REGIÕES PAULISTAS

A SITUAÇÃO DA PRIMEIRA INFÂNCIA NAS REGIÕES PAULISTAS 1 A SITUAÇÃO DA PRIMEIRA INFÂNCIA NAS REGIÕES PAULISTAS O detalhamento da distribuição das crianças de 0 a 5 anos de idade nas regiões paulistas ressalta a contribuição do Índice Paulista da Primeira Infância

Leia mais

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. Belo Horizonte. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de Belo Horizonte Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE 2004 REGIÃO

Leia mais

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016

Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina Resultado de Vendas de Dia dos Namorados 2016 O perfil do empresário e

Leia mais

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015

Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Consumo como alcance da felicidade Julho/2015 Seis em cada dez consumidores consideram-se felizes O estudo O consumo como alcance da felicidade, conduzido pelo SPC Brasil e Meu Bolso feliz, busca compreender

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE O GOVERNO FEDERAL OUTUBRO DE 2013 JOB1642 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é monitorar a administração do Governo

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Betim, MG 30/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 346,8 km² IDHM 2010 0,749 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 378089 hab. Densidade demográfica

Leia mais

no Estado do Rio de Janeiro

no Estado do Rio de Janeiro MICROEMPREENDEDORES FORMAIS E INFORMAIS NOTA CONJUNTURAL DEZEMBRO DE 2013 Nº27 no Estado do Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL DEZEMBRO DE 2013 Nº27 PANORAMA GERAL De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra

Leia mais

PERFIL DAS MULHERES empreendedoras da Região Metropolitana do Rio de Janeiro

PERFIL DAS MULHERES empreendedoras da Região Metropolitana do Rio de Janeiro PERFIL DAS MULHERES empreendedoras da Região Metropolitana do Rio de Janeiro NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JUNHO DE 2012 12 2012 PANORAMA GERAL

Leia mais

RELATÓRIO DA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL DO TRT DA 13ª REGIÃO

RELATÓRIO DA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL DO TRT DA 13ª REGIÃO RELATÓRIO DA PESQUISA DE CLIMA ORGANIZACIONAL DO TRT DA 13ª REGIÃO A Presidência do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região, através da Assessoria de Gestão Estratégica AGE, realizou em consonância

Leia mais

Geografia População (Parte 2)

Geografia População (Parte 2) 1. Estrutura Etária: Geografia População (Parte 2) A Transição Demográfica corresponde à mudança no perfil de idade dos habitantes, engloba proporções de crianças, jovens/adultos, idosos, homens e mulheres.

Leia mais

Pernambuco. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1º e 3º quartis nos municípios do estado de Pernambuco (1991, 2000 e 2010)

Pernambuco. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1º e 3º quartis nos municípios do estado de Pernambuco (1991, 2000 e 2010) Pernambuco Em, no estado de Pernambuco (PE), moravam 8,8 milhões de pessoas, onde parcela relevante (7,4%; 648,7 mil habitantes) tinha 65 ou mais anos de idade. O estado era composto de 185 municípios,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SANTA CATARINA J A N E I R O D E 2 0 0 6 O P P 0 0 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores

Leia mais

1. Intenção de Viagem Resultados Consolidados

1. Intenção de Viagem Resultados Consolidados 1. Intenção de Viagem Resultados Consolidados A intenção de viagem retrata a expectativa das famílias brasileiras de consumir os serviços relacionados ao turismo nos próximos seis meses. A pesquisa realizada

Leia mais

Boletim eletrônico trimestral sobre a participação das mulheres no mercado de trabalho a partir dos dados da - Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE -

Boletim eletrônico trimestral sobre a participação das mulheres no mercado de trabalho a partir dos dados da - Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE - Boletim eletrônico trimestral sobre a participação das mulheres no mercado de trabalho a partir dos dados da - Pesquisa Mensal de Emprego do IBGE - Elaboração: (SPM), Fundo de Desenvolvimento das Nações

Leia mais

Aumento do emprego contrasta com desindustrialização em SP e RJ

Aumento do emprego contrasta com desindustrialização em SP e RJ 3 set 2007 Nº 35 Aumento do emprego contrasta com desindustrialização em SP e RJ Por Antonio Marcos Ambrozio Economista da SAE Vagas na indústria de transformação foram deslocadas para outras regiões do

Leia mais

DETERMINANTES DO CRESCIMENTO DA RENDA

DETERMINANTES DO CRESCIMENTO DA RENDA DETERMINANTES DO CRESCIMENTO DA RENDA na região metropolitana do Rio de Janeiro entre 2010 e 2011 NOTA CONJUNTURAL DO OBSERVATÓRIO DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, JANEIRO DE

Leia mais

SEGURANÇA PÚBLICA PESQUISA - 2008

SEGURANÇA PÚBLICA PESQUISA - 2008 SEGURANÇA PÚBLICA PESQUISA - 2008 APRESENT PRESENTAÇÃO A Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro apresenta neste documento uma Pesquisa sobre a Segurança Pública no Brasil. Esse levantamento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MAIO DE 2006 OPP106 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

A realidade do SAB para as crianças e adolescentes de 7 a 14 anos. O acesso à Educação

A realidade do SAB para as crianças e adolescentes de 7 a 14 anos. O acesso à Educação 33 A realidade do SAB para as crianças e adolescentes de 7 a 14 anos. Quase 5 milhões de crianças e adolescentes, com idade entre 7 e 14 anos (18,8% da população da região) vivem no Semi-árido. No Brasil,

Leia mais

A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE-DF) no Censo 2010

A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE-DF) no Censo 2010 A Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE-DF) no Censo 2010 Coordenação: Rômulo José da Costa Ribeiro Responsável: Rômulo José da Costa Ribeiro 1 Colaboração: Juciano Rodrigues, Rosetta

Leia mais

QUESTIONÁRIO. 2 - O Programa que você cursa foi sua primeira opção na escolha de um Mestrado? a) Sim b) Não

QUESTIONÁRIO. 2 - O Programa que você cursa foi sua primeira opção na escolha de um Mestrado? a) Sim b) Não QUESTIONÁRIO 1 - Ano de Ingresso no Programa a) 2007 b) 2008 2 - O Programa que você cursa foi sua primeira opção na escolha de um Mestrado? a) Sim b) Não 3 - Gênero: a) Masculino b) Feminino 4 - Identifique

Leia mais

Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus

Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus Por João Luiz Nery Introdução: O Índice de Bem-estar Urbano (IBEU), desenvolvido pelo INCT Observatório das Metrópoles, resultou na publicação

Leia mais

CONSELHO DE CLASSE 2015

CONSELHO DE CLASSE 2015 CONSELHO DE CLASSE 2015 A visão dos professores sobre a educação no Brasil Apoio: Para fortalecer ainda mais seu compromisso com a participação dos professores no debate educacional, a Fundação Lemann

Leia mais

Pesquisa de. Dia dos Namorados

Pesquisa de. Dia dos Namorados ASSESSORIA ECONÔMICA Pesquisa de Dia dos Namorados 2014 Pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisa - IFEP Relatório elaborado pela Assessoria Econômica Fecomércio-RS PESQUISA DIA DOS NAMORADOS

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E POLÍTICA. Poços de Caldas

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E POLÍTICA. Poços de Caldas PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA E POLÍTICA Poços de Caldas Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. Objetivo Geral Levantar opiniões relacionadas

Leia mais

Desaceleração do varejo catarinense provoca queda na confiança do empresariado do comércio. Síntese dos resultados. Índice Out/11 Nov/11

Desaceleração do varejo catarinense provoca queda na confiança do empresariado do comércio. Síntese dos resultados. Índice Out/11 Nov/11 Desaceleração do varejo catarinense provoca queda na confiança do empresariado do comércio Depois de uma queda de 0,2% em outubro, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) de Santa Catarina

Leia mais

Educação e Escolaridade

Educação e Escolaridade Já existe certo consenso de que um dos grandes obstáculos para o crescimento da economia brasileira é a capacitação dos nossos trabalhadores, sendo que boa parte desse processo ocorre nas escolas e universidades.

Leia mais

SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS

SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS Simone Cardoso Com a proimidade da realização de Grandes Eventos esportivos no país, o que vê uma mobilização e uma

Leia mais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais

Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais 1 São Paulo, 03 de novembro de 2011 Cesta básica volta a subir na maior parte das capitais NOTA À IMPRENSA Ao contrário do que ocorreu em setembro, quando 09 cidades registraram queda no preço dos gêneros

Leia mais

1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados:

1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados: 1. Uma pesquisa de mercado sobre o consumo de três marcas A, B e C de um determinado produto apresentou os seguintes resultados: A - 48% A e B - 18% B - 45% B e C - 25% C - 50% A e C - 15% nenhuma das

Leia mais

Acre. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1 o e 3 o quartis nos municípios do estado do Acre (1991, 2000 e 2010)

Acre. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1 o e 3 o quartis nos municípios do estado do Acre (1991, 2000 e 2010) Acre Em, no estado do Acre (AC) moravam 734 mil pessoas, e uma parcela ainda pequena dessa população, 4,3% (32 mil) tinha 65 ou mais anos de idade. O estado era composto de 22 municípios, dos quais sete

Leia mais

Foto: Harald Schistek

Foto: Harald Schistek Foto: Harald Schistek 43 A adolescência é uma fase especial de afirmação da autonomia do indivíduo, vital para o exercício da cidadania e de seus múltiplos direitos. Caracteriza-se por uma etapa do desenvolvimento

Leia mais

PROVA DE REDAÇÃO. A partir da leitura dos textos 1 e 2, desenvolva o seguinte tema: A GERAÇÃO NEM-NEM E O FUTURO DO PAÍS

PROVA DE REDAÇÃO. A partir da leitura dos textos 1 e 2, desenvolva o seguinte tema: A GERAÇÃO NEM-NEM E O FUTURO DO PAÍS UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE TRANSFERÊNCIA FACULTATIVA, REINGRESSO E MUDANÇA DE CURSO 2016 CADERNO DE REDAÇÃO INSTRUÇÕES AO CANDIDATO Você deverá ter recebido o Caderno com a Proposta de Redação, a

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS Agosto 2016 INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2016 Intenção de Presentear 48,9% Têm intenção de presentear no Dia dos Pais 38,1% Não pretendem comprar presentes,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social Centro de Imprensa. Índice Futuridade

GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social Centro de Imprensa. Índice Futuridade Índice Futuridade Plano Futuridade O FUTURIDADE: Plano Estadual para a Pessoa Idosa é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social - Seads que objetiva fortalecer a rede

Leia mais

Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados.

Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados. Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados. Os brasileiros têm como principais sonhos de consumo viajar, frequentar restaurantes, querem comprar seu próprio carro e cuidar

Leia mais

ICEI Índice de Confiança do Empresário Industrial Julho/07 Interiorização da Sondagem

ICEI Índice de Confiança do Empresário Industrial Julho/07 Interiorização da Sondagem Resultado do ICEI - Índice de Confiança do Empresário Industrial - nas Regionais FIESP Projeto de de Opinião CNI (DEPAR/DEPECON) Introdução A Sondagem Industrial é uma pesquisa qualitativa realizada trimestralmente

Leia mais

Percepção Social da Segurança Pública no Brasil. 02 de dezembro de 2010

Percepção Social da Segurança Pública no Brasil. 02 de dezembro de 2010 Percepção Social da Segurança Pública no Brasil 02 de dezembro de 2010 SIPS Segurança Pública Os dados que serão apresentados a seguir se referem às percepções da população brasileira em relação à segurança

Leia mais

Jornada do CFO 2015 A caminho da transparência

Jornada do CFO 2015 A caminho da transparência Jornada do CFO 2015 A caminho da transparência Camila Araújo, sócia de Gestão de Riscos Empresariais e responsável do Centro de Governança Corporativa da Deloitte A pauta da ética e da transparência nunca

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL 2 PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE O ATO DE DAR ESMOLAS EM JOINVILLE Análise de dados realizada por: PAINEL PESQUISAS, CONSULTORIA

Leia mais

Enem e Saeb: jornais destacam o baixo desempenho e elaboram rankings de melhores escolas Qui, 15 de Fevereiro de 2007 21:00

Enem e Saeb: jornais destacam o baixo desempenho e elaboram rankings de melhores escolas Qui, 15 de Fevereiro de 2007 21:00 A divulgação dos resultados do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os principais exames de avaliação dos estudantes da educação básica, recebeu

Leia mais

BOLETIM DIEESE OS DOMICÍLIOS BRASILEIROS E A CHEFIA FEMININA. Edição especial março de 2004

BOLETIM DIEESE OS DOMICÍLIOS BRASILEIROS E A CHEFIA FEMININA. Edição especial março de 2004 BOLETIM DIEESE Edição especial março de 24 A MULHER CHEFE DE DOMICÍLIO E A INSERÇÃO FEMININA NO MERCADO DE TRABALHO Dois fatos recentes merecem a atenção em relação à questão de gênero no Brasil: o incremento

Leia mais

Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Janeiro a Outubro - Ano/2010

Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Janeiro a Outubro - Ano/2010 Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Janeiro a Outubro - Ano/2010 O Perfil do Assistido foi elaborado em 2007 para analisar os dados estatísticos da população carente que necessita dos serviços

Leia mais

Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Jan. a Agosto - Ano/2010

Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Jan. a Agosto - Ano/2010 Perfil do Assistido da Defensoria Pública - Jan. a Agosto - Ano/2010 O Perfil do Assistido foi elaborado em 2007 para analisar os dados estatísticos da população carente que necessita dos serviços da Defensoria

Leia mais

O perfil do trabalhador do comércio do Município de São Paulo

O perfil do trabalhador do comércio do Município de São Paulo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos Sindicato dos Comerciários São Paulo Nota à Imprensa São Paulo, 19 de dezembro de 2005. O perfil do trabalhador do comércio do Município

Leia mais

PESQUISA DE DIA DAS MÃES 2016

PESQUISA DE DIA DAS MÃES 2016 PESQUISA DE DIA DAS MÃES 2016 ASSESSORIA ECONÔMICA Sumário Executivo Resumo dos principais resultados da Pesquisa de Dia das Mães 2016 O número médio de presentes no Dia das Mães 2016 será de 1,24 unidades.

Leia mais

OFICINA 3 IGM Indicadores de Governança Municipal Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS

OFICINA 3 IGM Indicadores de Governança Municipal Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS Objetivo: OFICINA 3 IGM Projeto SEP: PLANEJAMENTO E FORMAS ORGANIZACIONAIS DAS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS / REGIONAIS Contribuir com a SEP, analisando o processo de planejamento nos municípios, por

Leia mais

Maranhão. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1º e 3º quartis nos municípios do estado do Maranhão (1991, 2000 e 2010)

Maranhão. Tabela 1: Indicadores selecionados: mediana, 1º e 3º quartis nos municípios do estado do Maranhão (1991, 2000 e 2010) Maranhão Em, no estado do Maranhão (MA), moravam 6,6 milhões de pessoas, onde parcela considerável (6,%, 396, mil) tinha 65 ou mais anos de idade. O estado era composto de 217 municípios, dos quais um

Leia mais

Distribuições Conjuntas (Tabelas de Contingência)

Distribuições Conjuntas (Tabelas de Contingência) Cruzamento de Dados Distribuições Conjuntas (Tabelas de Contingência) Lorí Viali, Dr. DESTAT/FAMAT/PUCRS viali@pucrs.br http://www.pucrs.br/famat/viali Distribuição Conjunta Exemplo (tabela um) Suponha

Leia mais

2. Acidentes de trânsito: as vítimas

2. Acidentes de trânsito: as vítimas 2. trânsito: as vítimas Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Os usuários mais vulneráveis representam quase a metade dos mortos no trânsito. Longe dos princípios de cidadania,

Leia mais

Esta Pesquisa foi registrada em 28/03/2012 no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e está protocolizada sob o número PE-00012/2012.

Esta Pesquisa foi registrada em 28/03/2012 no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco e está protocolizada sob o número PE-00012/2012. PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PETROLINA 27 29 MARÇO 2012 1 Metodologia 1. LOCAL E PERÍODO Pesquisa quantitativa face a face realizada no período de 27 a 29 de março de 2012 em Petrolina. 2. AMOSTRA Foi extraída

Leia mais

PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO DOS RISCOS PSICOSSOCIAIS NO TRABALHO - PROART

PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO DOS RISCOS PSICOSSOCIAIS NO TRABALHO - PROART PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO DOS RISCOS PSICOSSOCIAIS NO TRABALHO - PROART Essa pesquisa tem por objetivo coletar informações sobre as dimensões do trabalho que constituem fatores de riscos psicossociais no

Leia mais

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS

ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS 1 ELABORAÇÃO DE INDICADORES SOCIAIS Ernesto Friedrich de Lima Amaral 21 de setembro de 2011 Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia Departamento de Sociologia e Antropologia

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE TRANSGÊNICOS DEZEMBRO 2002 OPP 573 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar junto a população da área em estudo opiniões sobre os transgênicos. -

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS E ANÁLISES ECONÔMCIAS DA FUCAPE BUSINESS SCHOOL (CEAE)

CENTRO DE ESTUDOS E ANÁLISES ECONÔMCIAS DA FUCAPE BUSINESS SCHOOL (CEAE) CENTRO DE ESTUDOS E ANÁLISES ECONÔMCIAS DA FUCAPE BUSINESS SCHOOL (CEAE) METODOLOGIA DE PESQUISA DE DADOS SOCIOECONÔMICOS DOS MUNICÍPIOS CAPIXABAS FUCAPE BUSINESS SCHOOL - 2015 Av. Fernando Ferrari, 1358,

Leia mais

TRÂNSITO E ACIDENTES

TRÂNSITO E ACIDENTES TRÂNSITO E ACIDENTES Roberta Atherton Magalhães Dias A ocorrência de acidentes de trânsito é cada vez mais comum e cresce em gravidade. Conforme dados do relatório anual de estatística de 2007, do Departamento

Leia mais

Rodrigo Leandro de Moura Gabriel Leal de Barros

Rodrigo Leandro de Moura Gabriel Leal de Barros TEXTO PARA DISCUSSÃO Nota Técnica: O Custo Público com Reprovação e Abandono Escolar na Educação Básica Rodrigo Leandro de Moura Gabriel Leal de Barros Pesquisadores de Economia Aplicada do FGV/IBRE Fevereiro

Leia mais

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO

NO ÂMBITO DA OCUPAÇÃO PRINCIPAIS DESTAQUES DA EVOLUÇÃO DO MERCADO DE TRABALHO NAS SEIS REGIõES METROPOLITANAS DO PAÍS ABRANGIDAS PELA PESQUISA MENSAL DE EMPREGO DO IBGE (RECiFE, SALVADOR, BELO HORIZONTE, RIO DE JANEIRO, SÃO

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL Universidade Federal de Viçosa Pró Reitoria de Assuntos Comunitários QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA SELEÇÃO DE PROGRAMAS DE ASSISTÊNCIA ESTUDANTIL FOTO 3X4 1 MARQUE OS AUXÍLIOS QUE DESEJA CONCORRER SERVIÇO

Leia mais

RESUMO. Palavras-chave: Bolsa Família, Exclusão Social, Extrema Pobreza, Pobreza, Sistema Eletrônico de Desenvolvimento Social.

RESUMO. Palavras-chave: Bolsa Família, Exclusão Social, Extrema Pobreza, Pobreza, Sistema Eletrônico de Desenvolvimento Social. Informações sobre as famílias do município de SP beneficiárias do Programa Bolsa Família, de acordo com o Sistema Eletrônico de Desenvolvimento Social SEDESO, referentes ao período de abril a junho de

Leia mais

Exercícios de estrutura da população

Exercícios de estrutura da população Exercícios de estrutura da população Material de apoio do Extensivo 1. Os gráficos a seguir, extraídos do sítio eletrônico do IBGE, apresentam a distribuição da população brasileira por sexo e faixa etária

Leia mais

PESQUISA ANUAL DE INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA REALIZADA JUNTO AOS CONSUMIDORES REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA

PESQUISA ANUAL DE INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA REALIZADA JUNTO AOS CONSUMIDORES REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA PESQUISA ANUAL DE INTENÇÃO DE COMPRAS PARA O DIA DAS MÃES PESQUISA REALIZADA JUNTO AOS CONSUMIDORES REGIÃO METROPOLITANA DE JOÃO PESSOA ABRIL 2013 INTRODUÇÃO O Instituto Fecomércio de Pesquisas Econômicas

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Faculdade AIEC, mantida pela Associação Internacional de Educação Continuada AIEC, iniciou, em 2002, o curso de Bacharelado em Administração, na metodologia semipresencial. Foi pioneira e até hoje é

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa de Opinião Pública: Desigualdade, Pobreza e Políticas Sociais do Governo, na Opinião dos Brasileiros

Sumário Executivo. Pesquisa de Opinião Pública: Desigualdade, Pobreza e Políticas Sociais do Governo, na Opinião dos Brasileiros Sumário Executivo Pesquisa de Opinião Pública: Desigualdade, Pobreza e Políticas Sociais do Governo, na Opinião dos Brasileiros Vox Populi Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério do Desenvolvimento

Leia mais

pesquisas PESQUISA DE MERCADO E OPINIÃO PÚBLICA 1º PESQUISA REGISTRADA CAREIRO CASTANHO TSE AM 00169/2016 CNPJ: 14.614.894.0001-14

pesquisas PESQUISA DE MERCADO E OPINIÃO PÚBLICA 1º PESQUISA REGISTRADA CAREIRO CASTANHO TSE AM 00169/2016 CNPJ: 14.614.894.0001-14 PESQUISA DE MERCADO E OPINIÃO PÚBLICA 1º PESQUISA REGISTRADA CAREIRO CASTANHO TSE AM 00169/2016 CNPJ: 14.614.894.0001-14 CONSIDERAÇÕES INICIAIS A Pontual Pesquisas atua no mercado desde 2011 com equipe

Leia mais

Dinâmica populacional. Porto Alegre 2015

Dinâmica populacional. Porto Alegre 2015 Dinâmica populacional Porto Alegre 2015 Conceitos demográficos fundamentais a distribuição mundial Os diferentes aspectos demográficos, tais como população absoluta, densidade demográfica, crescimento

Leia mais

Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex)

Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex) Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex) Distribuição por Gênero 1715 entrevistados 60,3% 39,7% 51,9% Minas Gerais 48,1% (n = 550) (n = 362)

Leia mais

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC

PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC PESQUISA DE ENDIVIDAMENTO E INADIMPLÊNCIA DO CONSUMIDOR - PEIC CURITIBA - PR SETEMBRO/2013 SUMÁRIO Histórico da PEIC... 3 Tabela 1 - Nível de endividamento... 4 Tabela 2 - Tipo de dívida... 5 Tabela 3

Leia mais

Seminário Universalização do saneamento: Desafios e metas para o setor

Seminário Universalização do saneamento: Desafios e metas para o setor Seminário Universalização do saneamento: Desafios e metas para o setor A Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento ASSEMAE É uma organização nãogovernamental, sem fins lucrativos, fundada

Leia mais

PESQUISA DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO TURISTA FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO

PESQUISA DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO TURISTA FESTIVAL DE INVERNO DE BONITO APRESENTAÇÃO: O Observatório do Turismo e Eventos de Bonito, coordenado pelo Bonito Convention & Visitors Bureau, em parceria com a Prefeitura Municipal e a FECOMÉRCIO-MS, realizou nos dias 29 e 30 de

Leia mais

PESQUISA CNI-IBOPE METODOLOGIA

PESQUISA CNI-IBOPE METODOLOGIA PESQUISA CNI-IBOPE METODOLOGIA Versão 2.1 - Brasília - Novembro/2011 METODOLOGIA DA PESQUISA CNI-IBOPE 2ª Edição - Brasília 2010 CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Robson Braga de Andrade Presidente

Leia mais

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia REQUERIMENTO PARA A RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA FILANTROPIA DA FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI Nome: Curso: período atual: Telefone residencial: telefone celular: Email: Importante: - Não serão recebidos

Leia mais

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE LAR

GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE LAR Manual de GUIA PRÁTICO SUBSÍDIO DE LAR INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/9 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Subsídio de Lar (4007 v4.14) PROPRIEDADE Instituto da

Leia mais

EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS

EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS SÃO PAULO, 19 DE FEVEREIRO DE 2004. EDUCAÇÃO SOBE MAIS QUE INFLAÇÃO NOS ÚLTIMOS SETE ANOS TODO INÍCIO DE ANO, PAIS, ESTUDANTES E ESPECIALISTAS EM INFLAÇÃO SE PREPARAM PARA O REAJUSTE DAS MENSALIDADES ESCOLARES

Leia mais

Desenvolvimento Humano e Social

Desenvolvimento Humano e Social Desenvolvimento Humano e Social Índices de Desenvolvimento Na seção referente aos índices de desenvolvimento, foram eleitos para análise o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M), o Índice de

Leia mais

Lição 5 Medidas Descritivas Medidas de Dispersão

Lição 5 Medidas Descritivas Medidas de Dispersão 99 Lição 5 Medidas Descritivas Medidas de Dispersão Após concluir o estudo desta lição, esperamos que você possa: identifi car o objetivo das medidas de dispersão; identifi car o conceito de variância;

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015 PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015 (Nº 3.575/2012, NA CASA DE ORIGEM) Altera os arts. 3º, 15 e 71 da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências.

Leia mais

A Nova Política Educacional do Estado de São Paulo

A Nova Política Educacional do Estado de São Paulo A Nova Política Educacional do Estado de São Paulo Maria Helena Guimarães de Castro 1ª Jornada da Educação Tribunal de Contas do Estado de São Paulo 04 de dezembro de 2008 Panorama da Educação no Brasil

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância. Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil

Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância. Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil A taxa ou coeficiente de mortalidade infantil é uma estimativa do risco

Leia mais

GRUPO I POPULAÇÃO E POVOAMENTO. Nome N. o Turma Avaliação. 1. Indica, para cada período histórico, o fluxo migratório que lhe corresponde.

GRUPO I POPULAÇÃO E POVOAMENTO. Nome N. o Turma Avaliação. 1. Indica, para cada período histórico, o fluxo migratório que lhe corresponde. Nome N. o Turma Avaliação GRUPO I 1. Indica, para cada período histórico, o fluxo migratório que lhe corresponde. Período a. Durante o século XIX e início do século XX. b. Após a Segunda Guerra Mundial.

Leia mais

Pesquisa Fecomércio de Turismo Carnaval em Santa Catarina 2016

Pesquisa Fecomércio de Turismo Carnaval em Santa Catarina 2016 Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina Pesquisa Fecomércio de Turismo Carnaval em Santa Catarina 2016 Carnaval em Florianópolis,, Laguna e São Francisco Núcleo de Pesquisas

Leia mais

Indicadores do Estado de Saúde de uma população

Indicadores do Estado de Saúde de uma população Indicadores do Estado de Saúde de uma população O que é a Saúde? Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), saúde é o estado de completo bemestar físico, mental e social e não, apenas, a ausência de

Leia mais

PERFIL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS BRASILEIRAS

PERFIL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS BRASILEIRAS PERFIL DAS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS BRASILEIRAS Junho 2015 INTRODUÇÃO Perfil do empresário: Maioria é de homens, entre 35 e 54 anos e renda familiar de 03 a 10 salários mínimos A pesquisa Perfil das Micro

Leia mais

Medidas e Escalas: Escalas não Comparativas

Medidas e Escalas: Escalas não Comparativas Medidas e Escalas: Escalas não Comparativas 1-1 Sumário do Capítulo 1) Escalas não comparativas 2) Escalas de rácios contínuos 3) Escalas de Itens i. Escala de Likert ii. iii. Escala de Diferencial semântico

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU A DISTÂNCIA EM GESTÃO ESCOLAR UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO INFORMES GERAIS PARA CURSISTAS OURO PRETO 2013 APRESENTAÇÃO O Curso de Especialização em Gestão Escolar

Leia mais

PESQUISA OPINIÃO Santa Maria, seis meses da tragédia da Boate Kiss

PESQUISA OPINIÃO Santa Maria, seis meses da tragédia da Boate Kiss PESQUISA OPINIÃO Santa Maria, seis meses da tragédia da Boate Kiss Julho, 2013 039-048-383(PO)jul13 1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA 039-048-383(PO)jul13 2 NOTA TÉCNICA PARA ANÁLISE DOS DADOS De 20

Leia mais

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo

Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo Versão Online Boletim No: 05 Março, 2015 Monitoramento da Cultura de Cana-de-Açúcar no Estado de São Paulo I. PANORAMA O ano de 2014 ficou marcado pelo regime de chuvas atípico que causou a atual crise

Leia mais

Relatório de Intenção de compras de Natal

Relatório de Intenção de compras de Natal Federação do Comércio do Estado de Santa Catarina Relatório de Intenção de compras de Natal Panorama da intenção de compras durante o período que antecede o Natal 2010 no município de Criciúma. Divisão

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA:

RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: 8 RETRATOS DA SOCIEDADE B RASILEIRA: INCLUSÃO FINANCEIRA J UNHO/2012 8 Retratos da Sociedade Brasileira: Inclusão Financeira CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade

Leia mais

USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS

USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS USO DO CRÉDITO NAS COMPRAS DE AUTOMÓVEIS E ELETRODOMÉSTICOS Pesquisa realizada pelo SPC Brasil e a CNDL, divulgada recentemente, mostrou que há uma relação direta entre inadimplência e fatores característicos

Leia mais

O melhor investimento do empresário que quer ter sucesso Empretec

O melhor investimento do empresário que quer ter sucesso Empretec O melhor investimento do empresário que quer ter sucesso Empretec Há mais de 20 anos formando campeões. Redescubra seu papel dentro da empresa e supere os desafios! O Empretec é um curso intensivo que

Leia mais