Caracterização Ambiental do Condomínio Residencial Solariun

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Caracterização Ambiental do Condomínio Residencial Solariun"

Transcrição

1 Caracterização Ambiental do Condomínio Residencial Solariun Interessado: Residencial Solariun Assunto: Laudo de Caracterização Local: Lenheiro Bióloga Responsável: Carolina Franklin Alarcon CRBio /01-D Data: 08/06/2011 2

2 Índice. 01 APRESENTAÇÃO IDENTIFICAÇÃO CONCLUSÃO ANEXOS

3 1- APRESENTAÇÃO Em resposta a notificação recebida pelo Condomínio Residencial Solarium, para cumprimento da Lei Municipal 4123 de 4 de maio de 2007, que dispõe sobre a necessidade de caracterização e monitoramento Ambiental dos recursos naturais incidentes em loteamento fechado e condomínios horizontais residenciais do Município de Valinhos. 2 - IDENTIFICAÇÃO O Condomínio Residencial Solarium, está situado á Rua Paschoal Nicolau, 132 bairro Lenheiro. Posição geográfica, L e S e elevação de 881 m Localizado próximo ao centro da cidade de Valinhos, com infraestrutura completa, energia elétrica, rede de água, esgoto, transporte urbano. O entorno do condomínio é composto por comércios, praças e lotes vazios. O condomínio possui uma área total 9.217,84m2 com 18 lotes, com 13 casas construídas. (figura 1) Sem a presença de área verde, área de lazer ou área comum, possuindo apenas os jardins das residências. 4

4 Fig 1-Imagem aérea de 2010, do Condomínio Solarium. Em fase de construção há duas residências, as quais usam os lotes vazios de apoio e seguem a normativa condominial para os devidos cuidados quanto aos entulhos, contenção, limpeza das betoneiras, para não entupir os bueiros (figura 02) Figura 2 Lote de apoio 5

5 Figura 3 Casa em construção, com o material de construção separado. Em toda a sua extensão o Condomínio e os terrenos, apresentam pouco aclive/declive, facilitando, portanto a execução das obras e diminuindo a necessidade de grandes movimentações de terra. (Figura 04) Figura 04 Testada geral do condomínio a sua declividade. 6

6 Alguns dos lotes desocupados estão cobertos por gramíneas e a maioria sem indivíduos arbóreos. Existe apenas uma via no local, denominada Acesso A, via esta de pavimentação asfáltica com linhas de drenagem em toda sua extensão. (Figura 05) Na foto a baixo podemos observar que o Condomínio, em toda sua extensão, não possui maciço vegetativo, área de preservação permanente e tão pouco indivíduos arbóreos relevante. Figura 05 rua de acesso do condomínio e sua arborização heterogenia Algumas mudas de árvores nativas foram plantadas nas calçadas nos últimos meses. 7

7 Figura 06 Uma das mudas nativas plantadas no condomínio A maioria das árvores são exóticas como o flamboyant ao fundo do condomínio e a palmeira na entrada. (Figura 07 e 08) 8

8 Não há área de uso comum e tampouco área verde do condomínio. Somente há algum paisagismo realizado nas calçadas de algumas residências. E área verde somente esta presente nas áreas particulares, nas casas dos condôminos. (Figura 09) Figura 09 área verde presente no jardim de uma das casas do condomínio O Condomínio Solarium conta com toda a infraestrutura, rede elétrica, água, esgoto, e a coleta de resíduos domésticos e seletiva ocorrem em dias alternados ao longo de toda semana. 9

9 Na portaria do Condomínio Residencial Solarium há uma guarita para o vigia, dando mais segurança para os condôminos. (figura 10). Fig 10 Vista da Portaria 03 - Conclusão Não existem fragmentos florestais, arvores nativas isoladas, recursos hídricos (lagoas, nascentes e cursos d agua) e Áreas de Preservação Permanente (APPs) incidentes na área comum do condomínio. 10

10 Os indivíduos arbóreos nativos existem somente em alguns lotes particulares no interior do condomínio, sendo de inteira responsabilidade do proprietário. Com base nas informações prestadas neste relatório solicitamos a Prefeitura de Valinhos, através de seu Departamento de Meio Ambiente que considere a desobrigação de apresentação de laudo anual de caracterização e monitoramento Ambiental dos recursos naturais. 04 Anexos: Art Planta do condomínio Carolina Franklin Alarcon CRBio

A coleta de lixo é realizada internamente e direcionada para o depósito, bem próximo da portaria.

A coleta de lixo é realizada internamente e direcionada para o depósito, bem próximo da portaria. LOCAL: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PORTAL DO LAGO ENDEREÇO: RUA GERALDO DE GASPERI, 695, DOIS CARREGOS, S 23º 00 01.0, W 047º00 34.4 RECURSO NATURAL: SOLO, ÁGUA, ÁRVORES E FAUNA TÉCNICO RESPONSÁVEL: JEAN-JACQUES

Leia mais

JOAO PINHEIRO. Água Esgoto Sanitário Energia Elétrica Telefone Pavimentação Esgoto pluvial Gás canalizado Iluminação pública

JOAO PINHEIRO. Água Esgoto Sanitário Energia Elétrica Telefone Pavimentação Esgoto pluvial Gás canalizado Iluminação pública Laudo Avaliação - LA Nº Solicitação de serviço: Status: Versão: 168316 APROVADO 1 1 IDENTIFICAÇÃO: Número do sinistro: Número IRB: Solicitante: CPF / CNPJ do cliente: 779.950.826-49 Nome do cliente: Conceição

Leia mais

SÃO VICENTE CONT. FAVELA SANTO ANTÔNIO

SÃO VICENTE CONT. FAVELA SANTO ANTÔNIO SÃO VICENTE CONT. FAVELA SANTO ANTÔNIO Área: SAVI 13 Identificação: Continuação da Favela Santo Antônio Data da vistoria: 07/10/2005 Tipo de construção: alvenaria e madeira / barracos. Ocupação em área

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE LEI Nº 8875/2015

CÂMARA MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE LEI Nº 8875/2015 CÂMARA MUNICIPAL DE PRESIDENTE PRUDENTE LEI Nº 8875/2015 Dispõe sobre: Institui o Imposto Predial e Territorial Urbano IPTU Ecológico no Município de Presidente Prudente-SP. Autor: Vereador VALMIR DA SILVA

Leia mais

Jundiaí Setor 2. AUP 266 Planejamento de Estruturas Urbanas

Jundiaí Setor 2. AUP 266 Planejamento de Estruturas Urbanas Jundiaí Setor 2 AUP 266 Planejamento de Estruturas Urbanas Professora Maria Cristina da Silva Leme Anelise Bertolini André Kavakama Camila nogueira Natasha Bugarin Raísa Drumond Bairros Retiro Anhangabaú

Leia mais

MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE COMUNICAÇÕES E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA MARINHA BOLETIM DE ORDENS E NOTÍCIAS Nº 026 DE 12 DE JANEIRO DE 2015

MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE COMUNICAÇÕES E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA MARINHA BOLETIM DE ORDENS E NOTÍCIAS Nº 026 DE 12 DE JANEIRO DE 2015 MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE COMUNICAÇÕES E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA MARINHA BOLETIM DE ORDENS E NOTÍCIAS Nº 026 DE 12 DE JANEIRO DE 2015 BONO ESPECIAL GERAL CAIXA DE CONSTRUÇÕES DE CASAS PARA O PESSOAL

Leia mais

DATA DA VISTA:04/02/2015

DATA DA VISTA:04/02/2015 DATA DA VISTA:03/07/2014 DATA DA VISTA:04/02/2015 PRAÇA"MISAEL PENA" Responsável: Leonardo Amorim Gonçalves Endereço: Entre as Ruas Bernardino Monteiro, Misael Pena, Rua São José, Soldado Antônio Faria

Leia mais

Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus

Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus Índice de Bem-Estar Urbano Local da Região Metropolitana de Manaus Por João Luiz Nery Introdução: O Índice de Bem-estar Urbano (IBEU), desenvolvido pelo INCT Observatório das Metrópoles, resultou na publicação

Leia mais

Bairro Ficha Técnica Terreno TERRENO TOTAL: 115.000m² 7 Subcondominios, sendo 5 residenciais e 2 comerciais Parque Privativo Parque interno, com 24.000m², sendo 15.500m² de áreas verdes e lazer Acessos

Leia mais

PLANO REGIONAL DE SANEAMENTO COM BASE MUNICIPALIZADA NAS MODALIDADES ÁGUA, ESGOTO E DRENAGEM URBANA

PLANO REGIONAL DE SANEAMENTO COM BASE MUNICIPALIZADA NAS MODALIDADES ÁGUA, ESGOTO E DRENAGEM URBANA Figura 4.3.229 Microbacias Urbanas do Município de Campos dos Goytacazes. Fonte: DRZ - 331 Figura 4.3.230 Microbacias Distrito Dores de Macabu. Fonte: DRZ - 332 Figura 4.3.231 Sistema de Drenagem Distrito

Leia mais

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE GURUPI. Laudo de Avaliação

ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE GURUPI. Laudo de Avaliação ESTADO DO TOCANTINS PODER JUDICIÁRIO COMARCA DE GURUPI JÚNIA OLIVEIRA DE ANUNCIAÇÃO, Oficial de Justiça/Avaliador, desta Comarca, em cumprimento ao respeitável mandado expedido nos autos de nº 5000881-90.2013.827.2722

Leia mais

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST)

ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) ANÁLISE DOCUMENTAL (CHECK LIST) AQUICULTURA (CARCINICULTURA E PISCICULTURA) CÓDIGO GRUPO/ATIVIDADES AQÜICULTURA (02.00) PPD AGRUPAMENTO NORMATIVO 02.01 Carcinicultura M 02.02 Carcinicultura Laboratórios

Leia mais

RELATÓRIO DE VISTORIA. Participaram da vistoria os seguintes representantes:

RELATÓRIO DE VISTORIA. Participaram da vistoria os seguintes representantes: PROCURADORIA DA REPÚBLICA NO MUNICÍPIO DE CRICIÚMA RELATÓRIO DE VISTORIA RELATÓRIO N.º 017/2010 Origem: ATEC PRM/Criciúma Destino: Darlan Airton Dias Procurador da República Ref.: ACP 2008.72.04.002972-9

Leia mais

Município de Leopoldina. 1. Aspectos Gerais

Município de Leopoldina. 1. Aspectos Gerais Projeto Preparatório para o Gerenciamento dos Recursos Hídricos do Paraíba do Sul Município de Leopoldina 1. Aspectos Gerais Além da sede, Leopoldina possui seis distritos. A população total do município,

Leia mais

Marinela Nucci Carbonieri Perícias Ambientais CREA 5061244334/D

Marinela Nucci Carbonieri Perícias Ambientais CREA 5061244334/D I RESUMO Conforme os cálculos efetuados no conteúdo do presente laudo, o VALOR DOS LOTES localizados no loteamento RESIDENCIAL LAGOS DE JARINU, ilustrado neste item, MUNICÍPIO DE JARINU, ESTADO DE SÃO

Leia mais

Maquetes eletrônicas. cemara.com.br

Maquetes eletrônicas. cemara.com.br Maquetes eletrônicas cemara.com.br Plano de Urbanização de Carioba Área Comercial - Rotatória Imagem meramente ilustrativa, sujeita a alteração durante implantação do projeto. Imagem meramente ilustrativa,

Leia mais

Resíduos da Construção Civil e o Estado de São Paulo

Resíduos da Construção Civil e o Estado de São Paulo Resíduos da Construção Civil e o Estado de São Paulo JOÃO LUIZ POTENZA Diretor do Centro de Projetos Coordenadoria de Planejamento Ambiental Secretaria do Meio Ambiente Resultados SMA Convênio SMA e SindusConSP

Leia mais

Um bairro com novas cores e bem pertinho da praia.

Um bairro com novas cores e bem pertinho da praia. Com acesso facilitado pela orla, o Imbuí sempre se destacou pela sua praticidade. Próximo a grandes shoppings, faculdades e ao principal centro financeiro da cidade, o bairro foi completamente revitalizado,

Leia mais

Compensação Vegetal e a Lei Complementar nº 757/15 Inovações, Desafios e Perspectivas

Compensação Vegetal e a Lei Complementar nº 757/15 Inovações, Desafios e Perspectivas Porto Alegre 02 de junho de 2016 Compensação Vegetal e a Lei Complementar nº 757/15 Inovações, Desafios e Perspectivas João Roberto Meira Biólogo Estima-se que 60% das espécies de animais e plantas do

Leia mais

Parecer Técnico Ambiental

Parecer Técnico Ambiental Parecer Técnico Ambiental INTERESSADO: INSTITUTO FEMININO DE ASSISTÊNCIA E PROMOÇÃO SOCIAL FINALIDADE: OBJETIVO: LAUDO TÉCNICO AMBIENTAL VERIFICAÇÃO DO PLANTIO COMPENSATÓRIO EXECUTADO NA ÁREA DADOS DA

Leia mais

(VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS)

(VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS) (VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS) Foto 01: Fachada da Unidade Básica de Saúde implanta no RUC Jatobá para os novos moradores. O objetivo dessa unidade é acompanhar o andamento

Leia mais

Ficha Técnica do Imóvel*

Ficha Técnica do Imóvel* Ficha Técnica do Imóvel* * relativo ao Lote 4 da Resolução n.º 241/2016, de 12 de maio Identificação do imóvel Localização Prédio urbano localizado na freguesia da Sé, concelho do Funchal, inscrito na

Leia mais

Prefeitura de Juiz de Fora Subsecretaria de Planejamento do Território - SSPLAT Sra. Cristiane Nasser. Juiz de Fora, 3 de março de 2015

Prefeitura de Juiz de Fora Subsecretaria de Planejamento do Território - SSPLAT Sra. Cristiane Nasser. Juiz de Fora, 3 de março de 2015 Prefeitura de Juiz de Fora Subsecretaria de Planejamento do Território - SSPLAT Sra. Cristiane Nasser Prezada Sra. Cristiane Nasser, Juiz de Fora, 3 de março de 2015 No âmbito do projeto Escritório-Escola

Leia mais

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011

ANEXO X. Especificações Técnicas. Concorrência nº. 003/2011 ANEXO X Especificações Técnicas Concorrência nº. 003/2011 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA COM MÃO-DE-OBRA ESPECIALIZADA, VISANDO À EXECUÇÃO INDIRETA, POR PREÇO UNITÁRIO, DE SERVIÇOS TÉCNICOS ENVOLVENDO O MANEJO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO MUNICIPAL DIVISÃO DE PROJETOS E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS REGIÃO SÃO GIÁCOMO

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO MUNICIPAL DIVISÃO DE PROJETOS E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS REGIÃO SÃO GIÁCOMO PREFEITURA MUNICIPAL DE CAXIAS DO SUL SECRETARIA DE PLANEJAMENTO MUNICIPAL DIVISÃO DE PROJETOS E CONTROLE DE OBRAS PÚBLICAS REGIÃO SÃO GIÁCOMO ADMINISTRAÇÃO COMUNITÁRIA MARÇO/2009 PREFEITURA MUNICIPAL

Leia mais

LEI MUNICIPAL N 4.774, DE 13 DE JUNHO DE 2013.

LEI MUNICIPAL N 4.774, DE 13 DE JUNHO DE 2013. -Dispõe sobre a forma de apresentação de projetos de edificações para aprovação na Prefeitura Municipal de Tatuí, e dá outras providencias. JOSÉ MANOEL CORREA COELHO MANÚ, Prefeito Municipal de Tatuí,

Leia mais

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE

1.1.1 SECRETARIA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE BINETE DO SECRETÁRIO REPUBLICADA EM 04-06-09 SEÇÃO I PÁG. 44 RESOLUÇÃO SMA Nº 31, DE 19 DE MAIO DE 2009 Dispõe sobre os procedimentos para análise dos pedidos de supressão de vegetação nativa para parcelamento

Leia mais

POLÍTICAS AMBIENTAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM PALMAS

POLÍTICAS AMBIENTAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM PALMAS POLÍTICAS AMBIENTAIS PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL EM PALMAS Germana Pires Coriolano Presidente da Fundação de Meio Ambiente Prefeitura Municipal de Palmas desenvolvimento sustentável é aquele que

Leia mais

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares, São Luís, Maranhão, Brasil

Projecto para um conjunto de habitações unifamiliares, São Luís, Maranhão, Brasil , SUMÁRIO 3 Introdução 5 Contexto Local 10 Projecto 21 Considerações Finais 23 Agradecimentos 2 INTRODUÇÃO Como a Prova Final é um trabalho individual, de livre escolha do aluno, relacionado com futuras

Leia mais

Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente. Vetor Norte de Belo Horizonte: aspectos ambientais

Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente. Vetor Norte de Belo Horizonte: aspectos ambientais Secretaria Municipal Adjunta de Meio Ambiente Vetor Norte de Belo Horizonte: aspectos ambientais DIRETRIZES BÁSICAS Ocupação ordenada do território / preservação de áreas de interesse ambiental Adequada

Leia mais

Encontro Gestão Eficiente de Água e Energia

Encontro Gestão Eficiente de Água e Energia Encontro Gestão Eficiente de Água e Energia 26 de novembro de 2015 10h às 17h30 Sistema FIRJAN Rio de Janeiro Gestão Eficiente de Água Case Casa da Moeda Marcos Pereira Casa da Moeda CASA DA MOEDA DO BRASIL

Leia mais

COMPLEXO DO JACAREZINHO. 3ª reunião com moradores COMPLEXO DO JACAREZINHO

COMPLEXO DO JACAREZINHO. 3ª reunião com moradores COMPLEXO DO JACAREZINHO 3ª reunião com moradores JACAREZINHO ÁREA DE INTERVENÇÃO BRT METRÔ SUPERVIA VIAS PRINCIPAIS relação com a cidade vias de acesso ACESSO AO JACAREZINHO POR BAIXO DO VIADUTO DO METRO. ACESSO AO JACAREZINHO

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 742/2015

PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 742/2015 PROPOSIÇÃO DE LEI Nº 742/2015 DISPÕE SOBRE OS PROCEDIMENTOS PARA SUPRESSÃO, TRANSPLANTE OU PODAS DE ESPÉCIMES VEGETAIS NO ÂMBITO MUNICIPAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O povo do Município de Santana do Riacho,

Leia mais

Dados do Imóvel. Informações Complementares: Informações sobre a venda. Dados do Imóvel

Dados do Imóvel. Informações Complementares: Informações sobre a venda. Dados do Imóvel Endereço: Rua Adolfo Carlos Carísio, n.º 810, Bairro Industrial Cidade: Araguari (MG) Área do terreno: 720,00 m² Preço mínimo: R$ 163.000,00 (cento e sessenta e três mil reais) Descrição: - IMÓVEL TIPO

Leia mais

Programa Municipal HABITAÇÃO SUSTENTÁVEL IBIRAREMA SP

Programa Municipal HABITAÇÃO SUSTENTÁVEL IBIRAREMA SP Programa Municipal HABITAÇÃO SUSTENTÁVEL IBIRAREMA SP THIAGO BRIGANÓ Professor UENP; Especialista em Gestão Pública FEMA; 3 Mandato Eletivo: o Vereador (2005 a 2012); o Presidente da Câmara Municipal (2011

Leia mais

INFORMAÇÃO BÁSICA PARA EDIFICAÇÕES

INFORMAÇÃO BÁSICA PARA EDIFICAÇÕES 1 / 4 IDENTIFICAÇÃO DO LOTE Índice Cadastral do IPTU: 863.043.002.001-7 Regional: VENDA NOVA Zona Fiscal: 863 Quarteirão: 043 Lote: 002 Planta de Parcelamento do Solo (CP): Cadastro Técnico Municipal (CTM)

Leia mais

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA DIVISÃO DE ENG. DE INFRA-ESTRUTURA AERONÁUTICA. Relatório de Estágio Curricular. Simei Héber Nunes Pontes

INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA DIVISÃO DE ENG. DE INFRA-ESTRUTURA AERONÁUTICA. Relatório de Estágio Curricular. Simei Héber Nunes Pontes INSTITUTO TECNOLÓGICO DE AERONÁUTICA DIVISÃO DE ENG. DE INFRA-ESTRUTURA AERONÁUTICA Relatório de Estágio Curricular Simei Héber Nunes Pontes São José dos Campos Novembro de 2005 Relatório de Estágio Curricular

Leia mais

A Criação de Espaços Particulares. Paisagem, Lotes e Tecidos Urbanos

A Criação de Espaços Particulares. Paisagem, Lotes e Tecidos Urbanos A Criação de Espaços Particulares dos jardins aos espaços condominiais Paisagem, Lotes e Tecidos Urbanos Sílvio Soares MACEDO PAISAGISMO BRASILEIRO (São Paulo, 2012) EDUSP e EDUNICAMP A paisagem das cidades

Leia mais

Calçada de São Francisco

Calçada de São Francisco Calçada de São Francisco Lisboa - portugal Fase do projeto Construção com projeto aprovado para fins residenciais, com 5 pisos acima do solo e licença de construção. Descrição Edifício urbano para apartamentos

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE INCORPORAÇÃO CONDOMÍNIO BELVEDERE II I - DO PROPRIETÁRIO

MEMORIAL DESCRITIVO DE INCORPORAÇÃO CONDOMÍNIO BELVEDERE II I - DO PROPRIETÁRIO MEMORIAL DESCRITIVO DE INCORPORAÇÃO CONDOMÍNIO BELVEDERE II I - DO PROPRIETÁRIO BARU 21 EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA inscrita no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) n 09.451.225/0001-39,

Leia mais

PURP 46 PLANILHA DE PARÂMETROS URBANÍSTICOS E DE PRESERVAÇÃO AP8 UP7 ÁREA VERDE DE PROTEÇÃO E RESERVA - AVPR ESCALA PREDOMINANTE: BUCÓLICA

PURP 46 PLANILHA DE PARÂMETROS URBANÍSTICOS E DE PRESERVAÇÃO AP8 UP7 ÁREA VERDE DE PROTEÇÃO E RESERVA - AVPR ESCALA PREDOMINANTE: BUCÓLICA AP8 UP7 Folha 1 / 5 AP8 UP7 Folha 2 / 5 VALOR PATRIMONIAL A ATRIBUTOS DE CONFIGURAÇÃO URBANA: TECIDO (MALHA / PARCELAMENTO DO SOLO / CHEIOS E VAZIOS) Corresponde à parte inferior da Praça dos Três Poderes,

Leia mais

Foto - Participação dos alunos na visita ao polo de produção de sementes de Avaré.

Foto - Participação dos alunos na visita ao polo de produção de sementes de Avaré. O Campus Avaré antecipou as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e realizou, entre 3 e 7 de outubro, visitas técnicas, palestras e outras atividades envolvendo as áreas de Eventos e Agronegócios.

Leia mais

PROPOSTA DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO SABÁUDIA CONTINUA

PROPOSTA DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO SABÁUDIA CONTINUA PROPOSTA DE GOVERNO DA COLIGAÇÃO SABÁUDIA CONTINUA 14 EIXOS PARA A CONTINUIDADE DA TRANSFORMAÇÃO DE SABÁUDIA 1º EIXO RELIGIÃO Apoio a todas as denominações religiosas Incentivo ao crescimento e estrutural.

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE OBRAS DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE OBRAS DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS SECRETARIA DE OBRAS DEPARTAMENTO DE OBRAS PÚBLICAS MEMORIAL DESCRITIVO De uma área de domínio público municipal a ser permissionada ao Comando do Corpo de Bombeiros

Leia mais

PROCESSO E-07/503005/2012 - AUTOPISTA FLUMINENSE S.A - 02/07/2014

PROCESSO E-07/503005/2012 - AUTOPISTA FLUMINENSE S.A - 02/07/2014 Boletim de Serviço Boletim de Serviço é uma publicação do Instituto Estadual do Ambiente, destinada a dar publicidade aos atos administrativos da instituição. Presidente Isaura Maria Ferreira Frega Vice-Presidente

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

Disciplina Planejamento e Gestão Ambiental Prof. Raul Oliveira Neto

Disciplina Planejamento e Gestão Ambiental Prof. Raul Oliveira Neto Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA Campus Caçapava do Sul/RS Curso Superior de Tecnólogos em Mineração Disciplina Planejamento e Gestão Ambiental Prof. Raul Oliveira Neto Mensagem da ultima aula: PLANEJAMENTO

Leia mais

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

Maio 2004. São Paulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE Pesquisa Mensal de Emprego Maio 2004 Região Metropolitana de São Paulo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE 1 I) INTRODUÇÃO PESQUISA MENSAL DE EMPREGO ESTIMATIVAS PARA O MÊS DE MAIO DE

Leia mais

AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE

AGÊNCIA ESTADUAL DE MEIO AMBIENTE RUA SANTANA, 367 - CASA FORTE - RECIFE - PE - CEP 52.060-460 - FONE: (81) 3182.8800 FAX: (81) 3441.6088 - Conforme a Lei Estadual nº 12.916, de 08 de novembro de 2005, os prazos para análise dos processos

Leia mais

Projeto Nascentes Daniel Augustos Cordeiro Fernandes Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí

Projeto Nascentes Daniel Augustos Cordeiro Fernandes Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí Projeto Nascentes Daniel Augustos Cordeiro Fernandes Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sapucaí Cadastramento das Nascentes Com a demanda crescente da disponibilidade hídrica para diversos fins, principalmente

Leia mais

Av. Dom Pedro I: Um Projeto de Refúgio para Pedestres

Av. Dom Pedro I: Um Projeto de Refúgio para Pedestres SP 24/03/84 NT 094/84 Av. Dom Pedro I: Um Projeto de Refúgio para Pedestres Fernando Antonio Garcia e Airton Perez Mergulhão Introdução Tendo em vista o elevado número de acidentes ocorridos na Av. Dom

Leia mais

Mato Grosso do Sul, 24 de Setembro de 2014 Diário Oficial dos Municípios do Estado do Mato Grosso do Sul ANO V Nº 1184

Mato Grosso do Sul, 24 de Setembro de 2014 Diário Oficial dos Municípios do Estado do Mato Grosso do Sul ANO V Nº 1184 Expediente: Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul - ASSOMASUL Presidente: ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE AMAMBAI DEPARTAMENTO DE LICITAÇÃO AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - MG Curso de Geografia Bacharelado

UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - MG Curso de Geografia Bacharelado UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALFENAS - MG Curso de Geografia Bacharelado Utilização das técnicas de cartografia temática na construção de banco de dados geográficos. Autor: André dos Santos Ribeiro Co-Autor

Leia mais

é bom saber que existe um boulevard esperando por você.

é bom saber que existe um boulevard esperando por você. Imagem ilustrativa é bom saber que existe um boulevard esperando por você. A Melnick Even traz, com exclusividade para você, o VIDAVIVA Boulevard. Um projeto com apenas 2 torres, lazer qualificado e lojas

Leia mais

Infra-Estrutura 10. OBRAS 10.1 AOP A Assessoria de Obras e Projetos AOP, localizada no campus de Vitória da Conquista, tem a função de desenvolver pro

Infra-Estrutura 10. OBRAS 10.1 AOP A Assessoria de Obras e Projetos AOP, localizada no campus de Vitória da Conquista, tem a função de desenvolver pro Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia INFRA-ESTRUTURA Infra-Estrutura 10. OBRAS 10.1 AOP A Assessoria de Obras e Projetos AOP, localizada no campus de Vitória da Conquista, tem a função de desenvolver

Leia mais

Abc BANCO STANDARD DE INVESTIMENTOS S.A. ( BSI ) ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL

Abc BANCO STANDARD DE INVESTIMENTOS S.A. ( BSI ) ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL Abc BANCO STANDARD DE INVESTIMENTOS S.A. ( ) ESTRUTURA DE GERENCIAMENTO DE RISCO OPERACIONAL ÚLTIMA REVISÃO Abril 2013 APROVAÇÃO Conselho de Administração Gestão de Risco Operacional Pág. 1 de 8 ÍNDICE

Leia mais

E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA AREAS DE LAZER NO BAIRRO

E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA AREAS DE LAZER NO BAIRRO E.M.E.F. ANTONIO DUARTE DE ALMEIDA AREAS DE LAZER NO BAIRRO Trabalho Apresentado para a conclusão do ciclo autoral Agnor de Souza Melo nº 02 Caio Miguel P. C. da Silva nº 06 Ricardo Welington nº 22 Augusto

Leia mais

Incentivar o segmento da construção civil, incorporação imobiliária. Amparar os legítimos interesses dos associados.

Incentivar o segmento da construção civil, incorporação imobiliária. Amparar os legítimos interesses dos associados. Fundada em agosto de 1975, por 13 empresas, a ADEMI-BA completa em 2015, 40 anos de existência sempre optando por projetos alinhados às necessidades da população, colocando em primeiro plano as exigências

Leia mais

ESTAGIO SUPERVISIONADO V

ESTAGIO SUPERVISIONADO V Universidade Federal da Paraíba Centro de Tecnologia Departamento de Arquitetura Coordenação de Arquitetura e Urbanismo ESTAGIO SUPERVISIONADO V Estagiário: Armando Augusto Rodrigues Mariano Matrícula:

Leia mais

INQUÉRITO À UTILIZAÇÃO DE OBRAS CONCLUÍDAS (Q4)

INQUÉRITO À UTILIZAÇÃO DE OBRAS CONCLUÍDAS (Q4) INSTRUMENTO DE NOTAÇÃO DO SISTEMA ESTATÍSTICO NACIONAL (LEI Nº 22/2008 DE 13 DE MAIO) DE RESPOSTA CONFIDENCIAL E OBRIGATÓRIA, REGISTADO NO INE SOB O Nº 10118 VÁLIDO ATÉ 2013/12/31 Contactos para resposta

Leia mais

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia

Processo Seletivo Renovação de Bolsa Filantropia REQUERIMENTO PARA A RENOVAÇÃO E CONCESSÃO DE BOLSA FILANTROPIA DA FACULDADE PADRE JOÃO BAGOZZI Nome: Curso: período atual: Telefone residencial: telefone celular: Email: Importante: - Não serão recebidos

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DE PONTAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO DE LICITAÇÕES RE - AVISO DE LICITAÇÃO - PROCESSO LICITATÓRIO nº 050/2013 - PREGÃO PRESENCIAL Nº. 022/2013 SRP - Objeto: contratação de empresa especializada na prestação de serviços de roçada e poda de árvores de pequeno

Leia mais

PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO

PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO Registo n.º Data / / O Funcionário PEDIDO DE RECEÇÃO PROVISÓRIA DE OBRAS DE URBANIZAÇÃO E REDUÇÃO DA CAUÇÃO Exmo. Senhor Presidente da Câmara Municipal de Cascais IDENTIFICAÇÃO DO REQUERENTE (Preencher

Leia mais

PLANO DIRETOR DE DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DO NATAL MEDIDAS ESTRUTURAIS (SOLUÇÃO DE MICRO DRENAGEM)

PLANO DIRETOR DE DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DO NATAL MEDIDAS ESTRUTURAIS (SOLUÇÃO DE MICRO DRENAGEM) PLANO DIRETOR DE DRENAGEM E MANEJO DE ÁGUAS PLUVIAIS DA CIDADE DO NATAL MEDIDAS ESTRUTURAIS (SOLUÇÃO DE MICRO DRENAGEM) ZONA SUL - PONTOS CRÍTICOS ITEM 3.1 18 LAGOA DO NATAL SHOPPING 25 - LAGOA DO MIRASSOL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO

PREFEITURA MUNICIPAL DE PALMAS SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO PUBLICADO EM PLACAR Em / / LEI COMPLEMENTAR Nº 194, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2009 O PREFEITO DE PALMAS Altera dispositivos da Lei Complementar n 107, de 30 de setembro de 2005, que dispõe sobre o Código Tributário

Leia mais

Censo Demográfico 2010. Aglomerados subnormais Primeiros resultados

Censo Demográfico 2010. Aglomerados subnormais Primeiros resultados Censo Demográfico 2010 Aglomerados subnormais Primeiros resultados Rio de Janeiro, 21 de dezembro de 2011 Conceito de Aglomerado Subnormal Conceito de Aglomerado Subnormal no IBGE É um conjunto constituído

Leia mais

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL INTEGRADO Instrumentos de Gestão Ambiental

PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL INTEGRADO Instrumentos de Gestão Ambiental PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO MUNICIPAL INTEGRADO Instrumentos de Gestão Ambiental Anexo 4 - Ficha de Avaliação Preliminar (FAP) Impactos Sociais e Ambientais de Obras Nome do(s) Avaliador (es): 1. 2. Email(s):

Leia mais

PAISAGISMO COM ÊNFASE NO PLANO DIRETOR DE ARBORIZAÇÃO URBANA DE PORTO ALEGRE.

PAISAGISMO COM ÊNFASE NO PLANO DIRETOR DE ARBORIZAÇÃO URBANA DE PORTO ALEGRE. PAISAGISMO COM ÊNFASE NO PLANO DIRETOR DE ARBORIZAÇÃO Resumo URBANA DE PORTO ALEGRE. Eng. Agrônomo Luiz Antonio Piccoli O paisagismo é uma arte pelo fato de as plantas apresentarem grande riqueza plástica,

Leia mais

RESUMO DAS ATIVIDADES DO ESCRITÓRIO AVANÇADO EM PIRACICABA (RESÍDUOS)

RESUMO DAS ATIVIDADES DO ESCRITÓRIO AVANÇADO EM PIRACICABA (RESÍDUOS) RESUMO DAS ATIVIDADES DO ESCRITÓRIO AVANÇADO EM PIRACICABA (RESÍDUOS) Período: julho 2013 Endereço: 2º andar do Edifício Balaminut Avenida Dr. Paulo de Moraes, nº 555 Bairro Chácara Nazareth - Piracicaba-SP

Leia mais

EXECUÇÃO DE MURO E PLUVIAL DE LIGAÇÃO NO ENGENHO MARINHA GRANDE - PROJETO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA

EXECUÇÃO DE MURO E PLUVIAL DE LIGAÇÃO NO ENGENHO MARINHA GRANDE - PROJETO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA MARINHA GRANDE - PROJETO DE EXECUÇÃO MEMÓRIA DESCRITIVA E JUSTIFICATIVA Termo de Responsabilidade do Autor do Projeto TERMO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR DO PROJETO (Portaria n.º 232/2008, de 11 de Março,

Leia mais

EDITAL N.º 89 I IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DOS LOTES A ALIENAR

EDITAL N.º 89 I IDENTIFICAÇÃO E LOCALIZAÇÃO DOS LOTES A ALIENAR EDITAL N.º 89 Graça da Conceição Candeias Guerreiro Nunes, Presidente da Câmara Municipal de Grândola, faz público, nos termos das disposições conjugadas dos art.ºs 64.º, n.º 1, al. f) e 91º do Dec. Lei

Leia mais

1. A EMPRESA. 1.1. Historial da Empresa

1. A EMPRESA. 1.1. Historial da Empresa 1. A EMPRESA 1.1. Historial da Empresa A TECNICIL Sociedade de Imobiliária e Construções, S.A. é uma empresa de capitais privados cabo-verdianos, sedeada na Praia, capital de Cabo Verde, na Ilha de Santiago.

Leia mais

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM ATERRO SANITÁRIO CAXIAS DO SUL RS

APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM ATERRO SANITÁRIO CAXIAS DO SUL RS APLICAÇÃO DO GEOTÊXTIL BIDIM PARA PROTEÇÃO DE GEOMEMBRANA EM ATERRO SANITÁRIO CAXIAS DO SUL RS Autor: Departamento Técnico - Atividade Bidim Colaboração: Eng. Fernando Spinelli Alves JULHO 1998 Revisado

Leia mais

GEOGRAFIA 3º. Meu bairro

GEOGRAFIA 3º. Meu bairro 3º ANO 11 M/T 28/ago/12 GEOGRAFIA 3º Meu bairro Eu me chamo Natália. Quando era pequena, morava num bairro só de casas. O lugar era tão calmo que nós podíamos brincar no meio da rua. Parecia uma cidade

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 34/2015

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 34/2015 Instrução Técnica nº 34/2011 - Hidrante urbano 719 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 34/2015 Hidrante

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 008//2014

NOTA TÉCNICA Nº 008//2014 NOTA TÉCNICA Nº 008//2014 Brasília, 14 de março de 2014. ÁREA: Desenvolvimento Urbano-Habitação TÍTULO: Banco Morada: Retomada ou conclusão das obras habitacionais em Municípios com população inferior

Leia mais

2 PRESERVAÇÃO DE PLANTAS, SOBREVIVÊNCIA E TRÂNSITO DE ANIMAIS. NAS PAISAGENS,

2 PRESERVAÇÃO DE PLANTAS, SOBREVIVÊNCIA E TRÂNSITO DE ANIMAIS. NAS PAISAGENS, Carta da comunidade científica do VI Simpósio de Restauração Ecológica à população. Aprovada em plenária durante o VI Simpósio de Restauração Ecológica, a carta englobou diversas sugestões e considerações

Leia mais

ESTRUTURA TARIFÁRIA DA CAGECE

ESTRUTURA TARIFÁRIA DA CAGECE ESTRUTURA TARIFÁRIA DA CAGECE O modelo tarifário da Cagece leva em consideração os custos dos serviços de água e esgoto e uma parcela destinada a investimentos. Estes custos são representados pelas despesas

Leia mais

BOLETIM INFORMATIVO. Aprovada Lei que Regulamenta Loteamentos Fechados no Distrito Federal

BOLETIM INFORMATIVO. Aprovada Lei que Regulamenta Loteamentos Fechados no Distrito Federal MATEUS LEANDRO DE OLIVEIRA ANDRÉ PANIZZA DAYANA ANDRADE SUELLEN NASCIMENTO HÉLIO VIRGILIO JÚNIOR ISABELA AMORELLI NATHÁLIA BJAIJE ILKA S. NOZAWA DE OLIVEIRA CONSULTORES: VERA AMORELLI FERNANDO MIL HOMENS

Leia mais

REPRESENTAÇÃO TÉCNICA BÁSICA DE PROJETO ARQUITETÔNICO

REPRESENTAÇÃO TÉCNICA BÁSICA DE PROJETO ARQUITETÔNICO REPRESENTAÇÃO TÉCNICA BÁSICA DE PROJETO ARQUITETÔNICO Reproduzir as plantas baixa, de cobertura e de localização, cortes e fachada frontal da residência apresentada abaixo. O projeto pode sofrer mudanças,

Leia mais

Edição 507. Lei. Boituva, 29 de junho de 2015.

Edição 507. Lei. Boituva, 29 de junho de 2015. Boituva, 29 de junho de 2015. 59 Lei LEI COMPLEMENTAR N 2.507, DE 23 DE JUNHO DE 2015. Dispõe sobre alteração de Zona Industrial Especial - ZIE e Zona de Produção Agrícola Sustentável ZPAS para Zona Mista

Leia mais

O QUE É O PROGRAMA CALÇADA SEGURA?...4 QUEM É O RESPONSÁVEL PELAS CALÇADAS?...4 COMO DEVE FICAR MINHA CALÇADA?...5

O QUE É O PROGRAMA CALÇADA SEGURA?...4 QUEM É O RESPONSÁVEL PELAS CALÇADAS?...4 COMO DEVE FICAR MINHA CALÇADA?...5 Guia_calcadas_01.indd 1 Guia_calcadas_01.indd 2 ÍNDICE O QUE É O PROGRAMA CALÇADA SEGURA?...4 QUEM É O RESPONSÁVEL PELAS CALÇADAS?...4 COMO DEVE FICAR MINHA CALÇADA?...5 O QUE FAZER A RESPEITO DO IMOBILIÁRIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA Anexo II.7 Especificações de Garagem PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA ÍNDICE 1 ESPECIFICAÇÕES DE GARAGEM... 2 1.1Instalações... 2 1.2Pátio... 2 1.3Posto de Abastecimento... 2 1.4Lavagem... 3 1.5Inspeção

Leia mais

Nosso compromisso continua, e fortalece nossa proposta.

Nosso compromisso continua, e fortalece nossa proposta. JAGUARAÇU NO CAMINHO CERTO Nosso compromisso continua, e fortalece nossa proposta. Apresentamos a você, morador(a) de Jaguaraçu, o nosso plano de Governo, elaborado de forma participativa, escutando pessoas

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO AGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARQUE AMBIENTAL: JANELAS PARA O RIO

GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO AGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARQUE AMBIENTAL: JANELAS PARA O RIO GOVERNO DO ESTADO DE PERNAMBUCO AGÊNCIA PERNAMBUCANA DE ÁGUAS E CLIMA EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE PARQUE AMBIENTAL: JANELAS PARA O RIO A Agência Pernambucana de Águas e Clima - APAC convida as

Leia mais

ANÁLISE DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DE UM CONDOMÍNIO RESIDENCIAL CERTIFICADO PELO PBQP-H.

ANÁLISE DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DE UM CONDOMÍNIO RESIDENCIAL CERTIFICADO PELO PBQP-H. ANÁLISE DA SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL DE UM CONDOMÍNIO RESIDENCIAL CERTIFICADO PELO PBQP-H. Rafael Oliveira de Paula Universidade Estadual de Maringá rafael.odp@gmail.com Manoel Francisco Carreira Universidade

Leia mais

UNIDADE DE GESTÃO DE DEFESA DE INTERESSES GDI

UNIDADE DE GESTÃO DE DEFESA DE INTERESSES GDI DOU, Seção 1 9/9/2009 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4, DE 8 DE SETEMBRO DE 2009 Dispõe sobre procedimentos técnicos para a utilização da vegetação da Reserva Legal sob regime de manejo

Leia mais

Capitulo 1 - Historia do Bairro

Capitulo 1 - Historia do Bairro Capitulo 1 - Historia do Bairro Fonte: porbdasanaguas.blogspot.com O bairro São João está localizado na região central da cidade de Feira de Santana. De acordo com os dados fornecidos sobre este bairro,

Leia mais

Rainforest Alliance Certified TM

Rainforest Alliance Certified TM Secretaría de la Red de Agricultura Sostenible Rainforest Alliance P. O. Box 11029 1000 San José Costa Rica standards@sanstandards.org Rainforest Alliance Certified TM Resumo Público de Auditoria Certificação

Leia mais

Tema 8 Exemplos de Conflitos de Uso de Água em Ambientes Urbanos

Tema 8 Exemplos de Conflitos de Uso de Água em Ambientes Urbanos 1 Escola Politécnica da Universidade de São Paulo Departamente de Engenharia Hidráulica e Sanitária PHD 2537 Água em Ambientes Urbanos Prof. Kamel Zahed Filho Tema 8 Exemplos de Conflitos de Uso de Água

Leia mais

DADOS CADASTRAIS DA EMPRESA

DADOS CADASTRAIS DA EMPRESA ANEXO II ANEXO Á CARTA CONSULTA DE ENQUADRAMENTO DADOS CADASTRAIS DA EMPRESA RAZÃO SOCIAL NOME FANTASIA MATRIZ CNPJ INSCRIÇÃO ESTADUAL ENDEREÇO BAIRRO: CEP: TELEFONE FAX E-MAIL: WEBSITE SETOR: RAMO DE

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Betim, MG 30/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 346,8 km² IDHM 2010 0,749 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 378089 hab. Densidade demográfica

Leia mais

ANEXO XI (CONSOLIDADO) PARÂMETROS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS

ANEXO XI (CONSOLIDADO) PARÂMETROS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS ANEXO XI (CONSOLIDADO) PARÂMETROS PARA ELABORAÇÃO DO PLANO DE NEGÓCIOS 1. INTRODUÇÃO 1.1. Este anexo tem por objetivo orientar as Licitantes na elaboração do Plano de Negócios, conforme requerido no Edital,

Leia mais

Minha casa, nossa luta

Minha casa, nossa luta Minha casa, nossa luta Enviado por Marli 15-Abr-2009 REUNIAO DOS MOVIMENTOS DE MORADIA COM REPRESENTACAO NO CONCIDADES-BAHIA 13/04/2009 Presenças - CMP - CONAM - FABS - Frente de Luta Popular - MSTS -

Leia mais

1. Canteiro de Obra Video 02

1. Canteiro de Obra Video 02 1. Canteiro de Obra Video 02 A cidade de Ouricuri, localizada no estado de Pernambuco (PE), é um dos municípios no qual dispõe de boa estrutura para implantação de um dos onze canteiros de obras que deverão

Leia mais

TÍTULO: Aumento da Produtividade de Água de Mananciais de Abastecimento

TÍTULO: Aumento da Produtividade de Água de Mananciais de Abastecimento TÍTULO: Aumento da Produtividade de Água de Mananciais de Abastecimento TEMA: Manejo de bacias hidrográficas, revitalização e conservação de nascentes. AUTORES: Marcos Antônio Gomes José Luiz Pereira Corrêa

Leia mais

Relatório Ouvidoria ARSAE-MG Maio de 2015. Relatório Ouvidoria ARSAE-MG. Período: Maio de 2015

Relatório Ouvidoria ARSAE-MG Maio de 2015. Relatório Ouvidoria ARSAE-MG. Período: Maio de 2015 Relatório Ouvidoria ARSAE-MG Período: Maio de 2015 1 Equipe da Ouvidoria Grupo de Trabalho Evandro Brazil Magnus Gusman Analistas da Ouvidoria Diana Saliba Katherynne Rodrigues Gestoras de Regulação Aline

Leia mais

Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Inventário de Identificação dos Reservatórios da CEDAE. Secretaria de Estado de Cultura - RJ

Instituto Estadual do Patrimônio Cultural. Inventário de Identificação dos Reservatórios da CEDAE. Secretaria de Estado de Cultura - RJ Instituto Estadual do Patrimônio Cultural Secretaria de Estado de Cultura - RJ Inventário de Identificação dos Reservatórios da CEDAE Denominação: Reservatório de Rio D Ouro. Localização: Rio D Ouro Município:

Leia mais

Seminário Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos. Aplicação Aérea. Foto: C. Machado

Seminário Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos. Aplicação Aérea. Foto: C. Machado Seminário Uso Sustentável de Produtos Fitofarmacêuticos Aplicação Aérea Foto: C. Machado É proibida a aplicação aérea de produtos fitofarmacêuticos em todo o território nacional São admitidas derrogações

Leia mais

"LAUDO DE AVALIAÇÃO"

LAUDO DE AVALIAÇÃO EXMO.(A) SR.(A) DR.(A) JUIZ(A) DE DIREITO DA SEXTA VARA CÍVEL DO FORO DE JACAREPAGUÁ DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO PROCESSO Nº 0047597-84.2010.8.19.0203 AÇÃO DE ALIENAÇÃO JUDICIAL DE COISA COMUM ERIKA MACIEL

Leia mais