EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES"

Transcrição

1 EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES Plascar Participações Industriais S.A. Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, cidade de Jundiaí, Estado de São Paulo. Código ISIN das Debêntures: BRPLASDBO003 Registro de Companhia Aberta na CVM nº Leilão registrado na CVM sob o nº [ ], em [ ] 1 Plascar Participações Industriais S.A., sociedade anônima aberta, com sede na Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, cidade de Jundiaí, Estado de São Paulo, CEP , inscrita no CNPJ/MF sob o nº / ( Plascar ou Companhia ), e Máxima S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários, sociedade corretora de títulos e valores mobiliários, com sede na cidade e Estado do Rio de Janeiro, na Avenida Atlântica n.º 1.130, 9º andar - parte, Copacabana, inscrita no CNPJ/MF sob o nº / ( Máxima CTVM ou Instituição Intermediária ), comunicam a realização de leilão de sobras decorrentes do não exercício de direitos de preferência que legitimam a subscrição e integralização de até (onze mil e sessenta e nove) debêntures subordinadas, obrigatoriamente conversíveis em ações ordinárias de emissão da Plascar, objeto de subscrição particular, na forma prevista na alínea a do 7º do artigo 171 da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, e suas alterações posteriores ( Lei das Sociedades por Ações ), no montante de: R$ ,00 2 (cento e dez milhões, seiscentos e noventa mil reais) O REGISTRO DA PRESENTE DISTRIBUIÇÃO NÃO IMPLICA, POR PARTE DA CVM, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU EM JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DA COMPANHIA EMISSORA, BEM COMO SOBRE AS DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES A SEREM DISTRIBUÍDAS. Os investidores devem ler a seção FATORES DE RISCO constante do item 2 deste Edital e do Formulário de Referência disponível no website da CVM, conforme item 3 abaixo. Este Edital foi elaborado em [ ] 3 e se encontra disponível nos websites da CVM, da BM&FBOVESPA, da Companhia e da Instituição Intermediária, nos endereços indicados no item 5.1 deste Edital. 1. Informações Relativas à Oferta 1 A informação será completada quando da publicação deste Edital. 2 O valor total da Oferta acima informado corresponde ao Valor Nominal Unitário multiplicado pela quantidade de Debêntures objeto da Oferta. No dia da realização do Leilão será divulgado o Preço Mínimo de Integralização de cada Debênture, nos termos do item abaixo. 3 A informação será completada quando da publicação deste Edital. Página 1 de 18

2 1.1. Breve descrição da operação. Em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em 7 de abril de 2010, foi aprovada a emissão privada de debêntures subordinadas, obrigatoriamente conversíveis em ações ordinárias de emissão da Plascar ( Ações ), no montante de até R$ ,00 (quatrocentos milhões de reais) ( Debêntures ), nos termos do artigo 59 da Lei das Sociedades por Ações ( Emissão ). A Companhia, seu acionista controlador e o agente fiduciário celebraram, em 27 de abril de 2010, o Instrumento Particular de Escritura da 3ª Emissão de Debêntures Subordinadas, Obrigatoriamente Conversíveis em Ações, para Colocação Privada, da Plascar Participações Industriais S.A., devidamente registrado na JUCESP, sob o n o ED /000, em 4 de maio de 2010, o qual foi objeto de aditamento por meio do Primeiro Aditivo ao Instrumento Particular de Escritura da 3ª Emissão de Debêntures Subordinadas, Obrigatoriamente Conversíveis em Ações, para Colocação Privada, da Plascar Participações Industriais S.A., devidamente registrado na JUCESP, sob o n o ED /001, em 14 de outubro de 2010 ( Escritura de Emissão ). A Emissão não foi objeto de registro perante a Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ), uma vez que as Debêntures foram objeto de colocação privada, sem qualquer esforço de venda perante investidores. Nos termos da Cláusula da Escritura de Emissão, conforme previsto no 3º do artigo 171 da Lei das Sociedades por Ações, foi assegurado aos acionistas da Plascar o direito de preferência para subscrição das Debêntures ( Direito de Preferência ). O prazo para exercício do Direito de Preferência iniciou-se em 9 de abril de 2010, inclusive, data da publicação do aviso aos acionistas da Plascar informando-os sobre o início do prazo para exercício do Direito de Preferência, o qual se encerrou em 25 de junho de 2010, inclusive ( Prazo de Exercício ). Findo o Prazo de Exercício e após a realização de 2 (dois) rateios, conforme previsto na Escritura da Emissão, foram subscritas no total (quatorze mil, setecentas e cinquenta e seis) Debêntures, das quais (quatro mil, duzentas e quarenta e uma) foram subscritas pelo acionista controlador da Plascar, a Permali do Brasil Indústria e Comércio Ltda., sociedade inscrita no CNPJ/MF sob o nº / ( Permali ). Houve, portanto, uma sobra de (vinte e cinco mil, duzentas e quarenta e quatro) Debêntures. Em Reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 18 de outubro de 2010, foi aprovado o cancelamento de (quatorze mil cento e setenta e cinco) Debêntures não subscritas, conforme facultado na Cláusula da Escritura de Emissão. Em razão do cancelamento, há uma sobra de (onze mil e sessenta e nove) Debêntures ( Sobras ). Com fundamento na alínea a do 7º do artigo 171 da Lei das Sociedades por Ações, na forma prevista no artigo 6º da Instrução CVM nº 400, de 29 de dezembro de 2003, e suas alterações posteriores ( ICVM 400 ), e demais normativos aplicáveis, a totalidade das Sobras será ofertada pela Companhia em leilão ( Leilão ou Oferta ) a ser realizado na BM&FBovespa S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros ( BM&FBOVESPA ). A presente distribuição pública, realizada pela Companhia e pela Instituição Intermediária ( Distribuição ), destina-se a investidores que venham a adquirir as Debêntures em Leilão a ser realizado pela BM&FBOVESPA Montante da Oferta. O valor nominal unitário das Debêntures na Data de Emissão é de R$ ,00 (dez mil reais) ( Valor Nominal Unitário ). O Diretor de Pregão deverá anunciar o Preço Mínimo de Integralização, com duas casas decimais de precisão, no momento da realização do Leilão, observado o disposto no item abaixo. O montante Página 2 de 18

3 total do Leilão, considerando o preço de subscrição e integralização das Debêntures na data de publicação deste Edital, é de R$ [ ] ([ ]) Debêntures a serem distribuídas. A Distribuição tem por objeto a alienação das Sobras e destina-se a investidores que desejam adquiri-las Remuneração das Debêntures. As Debêntures são remuneradas de acordo com a variação acumulada das taxas médias diárias dos DI Depósitos Interfinanceiros de um dia, extra-grupo, expressa na forma percentual ao ano, base 252 (duzentos e cinquenta e dois) dias úteis, calculadas e divulgadas pela CETIP S.A. Balcão Organizado de Ativos e Derivativos, capitalizada exponencialmente de spread de 10% (dez por cento) ao ano ( Juros Remuneratórios ), de forma que os Juros Remuneratórios serão iguais a 110% (cento e dez por cento) da Taxa DI. Os Juros Remuneratórios serão pagos na Data de Vencimento (conforme definido no item abaixo) em ações de emissão da Plascar Espécie das Debêntures e Garantias. As Debêntures são da espécie subordinada, obrigatoriamente conversíveis em ações ordinárias de emissão da Companhia, sendo que as ações que forem emitidas pela Companhia em decorrência da conversão das Debêntures (i) terão as mesmas características e condições e gozarão dos mesmos direitos e vantagens estatutariamente atribuídos atualmente e no futuro às ações da mesma espécie, e (ii) participarão integralmente dos resultados, inclusive dividendos e juros sobre o capital próprio, declarados a partir da data de emissão de tais ações. As Debêntures não contarão com garantias reais ou fidejussórias Prazo e Condições de Vencimento, Amortização, Resgate e Hipóteses de Vencimento Antecipado. O prazo de vencimento das Debêntures será de 2 (dois) anos, a contar da data de sua emissão, ou seja, o dia 07 de maio de 2010 ( Data de Emissão ), vencendo-se, portanto, em 07 de maio de 2012 ( Data de Vencimento ). Não haverá amortização parcial das Debêntures. Não será permitido o resgate antecipado das Debêntures pela Companhia. Não haverá vencimento antecipado das Debêntures, ressalvado o disposto nas Cláusulas 5.7 e 5.8 da Escritura de Emissão, conforme aditada, no que diz respeito à conversão antecipada das Debêntures, a qual poderá ocorrer, de acordo com a Cláusula 5.7, por deliberação da Assembleia Geral de Debenturistas nas hipóteses de (i) aumento de capital, emissão de títulos, valores mobiliários conversíveis em ações, ou opção de compra de ações da Emissora, (ii) fusão, cisão, incorporação da Emissora, ou (iii) fechamento de capital da Emissora; ou, ainda, por solicitação dos Debenturistas, na forma da Cláusula 5.8, sempre respeitada a relação de conversão e o preço de referência definidos na Cláusula 5.6 da Escritura de Emissão, constantes do item abaixo Relação de Conversão e Preço de Referência. A conversão das Debêntures em ações é obrigatória e deverá ocorrer na Data do Vencimento. De acordo com a Cláusula 5.6 da Escritura de Emissão, a quantidade de ações ordinárias de emissão da Companhia a ser emitida em razão da conversão de cada Debênture deverá ser o resultado da divisão entre (a) o Valor Nominal Unitário de cada Debênture acrescido dos Juros Remuneratórios devidos desde a Data de Emissão até a Data de Vencimento; e (b) o preço das ações de emissão da Companhia, determinado com base na média por volume do preço da ação ordinária de emissão da Companhia em negociação na BM&FBOVESPA nos 20 (vinte) 4 A informação será completada quando da publicação deste Edital. Página 3 de 18

4 últimos pregões imediatamente anteriores à Data de Vencimento ( Preço de Conversão ), o qual não poderá ser, em nenhuma hipótese, inferior a R$ 2,60 (dois reais e sessenta centavos) ou superior a R$ 3,90 (três reais e noventa centavos) Direitos, Vantagens e Restrições das Ações Resultantes da Conversão. As ações que forem emitidas pela Companhia em decorrência da conversão das Debêntures (a) terão as mesmas características e condições e gozarão dos mesmos direitos e vantagens estatutariamente atribuídos atualmente e no futuro às ações da mesma espécie, e (b) participarão integralmente dos resultados, inclusive dividendos e juros sobre o capital próprio, declarados a partir da data de emissão de tais ações Autorizações societárias. A emissão das Debêntures foi deliberada em assembleia geral extraordinária da Companhia realizada em 7 de abril de 2010 e a oferta pública das Sobras foi aprovada em Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em 21 de junho de 2010 e na reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 18 de outubro de Apresentação da Companhia. Com mais de 45 anos de mercado, a Plascar (código de negociação Bovespa: PLAS3) produz e fornece partes e peças relacionadas ao acabamento interno e externo de veículos automotores para o mercado brasileiro. A Plascar atua também nos chamados mercados originais e de reposição de peças para montadoras da América Latina e Mercosul, com exportações para Argentina, México, EUA, Austrália, além da Europa. A Plascar conta com um moderno e completo centro de desenvolvimento de engenharia de produto, design, engenharia de materiais, engenharia de ferramentas e manufatura completamente auto-suficiente. Os principais produtos fornecidos pela Plascar são: parachoques, painéis de instrumentos, difusores de ar, porta copos, laterais de porta, pintura de peças plásticas, porta pacotes, carpetes, acionadores de vidro, interruptores de coluna e sistemas de iluminação (faróis e lanternas). Recentemente, a Plascar inaugurou uma nova fábrica, localizada no município de Camanducaia/MG, com atuação no setor nãoautomotivo, com foco na injeção e montagem de carrinhos de supermercados, caixas multiuso, pallets e móveis ecológicos. Todas as controladas pela Plascar atuam exclusivamente no setor automotivo, como foco exclusivo no atendimento a montadoras de veículos, fornecendo, principalmente, parachoques, painéis de instrumentos, difusores de ar, porta copos, laterais de porta, porta pacotes, carpetes, acionadores de vidro e outros componentes menores Apresentação da Instituição Intermediária. A Máxima CTVM atua desde 2009 na prestação de serviços de intermediação com foco no trading profissional. Em agosto de 2007, a BM&F certificou a Máxima CTVM com o Selo de Qualificação Execution Broker após passar pelo PQO - Programa de Qualificação Operacional, que atestou a qualificação dos seus profissionais e da sua estrutura. Este selo indica que a Instituição Intermediária mantém uma estrutura operacional voltada a executar e confirmar grandes volumes de ordens de clientes institucionais, como bancos e fundos de investimento, com velocidade e automação Cotação das Ações. No aumento de capital aprovado em 17 de julho de 2006, as ações passaram a ser negociadas ex-direitos de preferência no dia 18 de julho de No que se refere a dividendos, não houve distribuição de dividendos no período. Cotação de cada ano, nos últimos 5 anos Página 4 de 18

5 Min (R$) Med (R$) Max (R$) ,819 3,247 6, ,61 10, , ,22 4,3669 9, ,88 1,9517 3, ,32 3, ,15 Cotação de cada trimestre, nos últimos 2 anos Min (R$) Med (R$) Max (R$) 2º T ,93 2,0518 3,08 3º T ,15 2,3795 2,94 4º T ,00 2,2555 2,51 1º T ,32 3,5445 4,15 2º T ,86 3,3266 3,79 3º T ,32 3,5092 3,7 4º T ,45 3, ,02 1º T ,47 2, ,69 Cotação de cada mês, nos últimos 6 meses Min (R$) Med (R$) Max (R$) Nov/2010 3,49 3,726 3,87 Dez/2010 3,45 3, ,73 Jan/2011 3,11 3, ,69 Fev/2011 2,61 2, ,44 Mar/2011 2,47 2, ,85 Abr/2011 2,31 2,58 2, Quantidade de Ações a serem emitidas pela conversão das Debêntures. A quantidade de ações ordinárias de emissão da Plascar a ser emitida em razão da conversão de cada Debênture está sujeita aos seguintes fatores: (i) Juros Remuneratórios; e (ii) preço das Ações nos 20 (vinte) pregões imediatamente anteriores à Data de Vencimento, observados os critérios para a determinação do Preço de Referência, conforme definido na Cláusula 5.6 da Escritura de Emissão. Encontra-se abaixo uma tabela demonstrativa da quantidade de Ações a serem emitidas levando-se em conta um percentual de 5,7174% para os Juros Remuneratórios e o preço das Ações na BM&FBOVESPA em 12 de novembro de : Número de ações emitidas até a presente data: Número de ações a serem emitidas quando da conversão das Debêntures já subscritas: Número de ações a serem emitidas quando da conversão de Debêntures objeto do leilão: Número total de ações após a conversão das Debêntures subscritas: 1.8. Justificativa da Companhia. A realização do Leilão na BM&FBOVESPA atende ao disposto na alínea a, 7º do artigo 171 da Lei das Sociedades por Ações, bem como ao artigo 6º da ICVM 400 e demais normativos aplicáveis Uso dos recursos. Os recursos obtidos com a Emissão serão utilizados pela Companhia para reforçar a sua estrutura de capital, reduzindo o seu endividamento atual, e para possibilitar a implementação do plano de negócios da Companhia. 5 A quantidade de Ações deverá ser novamente atualizada quando da publicação do Edital. Página 5 de 18

6 1.10. Procedimento do Leilão Data do Leilão. O Leilão será realizado no sistema de negociação eletrônica da BM&FBOVESPA, no dia [ ], das [ ] às [ ] horas 6, com a intermediação da Máxima CTVM, seguindo os procedimentos descritos no Manual de Procedimentos Operacionais e Regulamento de Operações da BM&FBOVESPA Preço Mínimo do Leilão. O preço mínimo do Leilão para a aquisição de cada Debênture corresponde ao seu Valor Nominal Unitário na Data de Emissão, ou seja, R$ ,00 (dez mil reais), acrescido dos Juros Remuneratórios incorridos entre a Data de Emissão e a data da efetiva integralização ( Preço Mínimo de Integralização ). Até às 10 horas da manhã da Data do Leilão, a Companhia e a Instituição Intermediária informarão o Preço Mínimo de Integralização, com duas casas decimais de precisão, ao Diretor de Operações da BM&FBOVESPA, que informará ao mercado, nos termos da Cláusula 1.2 deste Edital Ofertas de Compra. As corretoras representantes dos interessados na aquisição das Sobras no Leilão deverão registrar, diretamente no sistema de negociação eletrônica, por meio do código PLAS11L para as Debêntures, as quantidades de Sobras a serem compradas pelos investidores que serão por elas representados no Leilão Não serão permitidas interferências vendedoras no Leilão Não será permitido o registro de ofertas ao preço de abertura no Leilão Corretora Representante da Companhia. A Instituição Intermediária será a representante da Companhia no Leilão, sendo responsável pelo recebimento de ordens de seus comitentes interessados na aquisição das Sobras no Leilão e coordenação das rotinas e procedimentos de liquidação financeira do Leilão que sejam de responsabilidade da Companhia, observados os termos e condições do Contrato de Distribuição (conforme abaixo definido) Liquidação Financeira. A liquidação financeira do Leilão será realizada no 3º (terceiro) dia útil após a Data do Leilão, pelo módulo de liquidação bruta, de acordo com os Procedimentos Operacionais estabelecidos pela BM&FBOVESPA Diluição para os titulares das Debêntures. Em 30 de setembro de , o valor do patrimônio líquido da Plascar era de R$ ,96, sendo que o valor patrimonial por Ação era de R$ 1,56 na mesma data. O valor patrimonial por Ação representa o valor contábil total de patrimônio líquido dividido pelo número total de Ações de emissão da Plascar em 30 de setembro de As Debêntures já subscritas e que não fazem parte desta Oferta devem ser convertidas a fim de integrar o cálculo da diluição para os novos investidores deste Leilão. Dessa forma, considerando, pro-forma, o acréscimo resultante da conversão, em 30 de setembro de 2010, das (quatorze mil setecentas e cinquenta e seis) Debêntures já subscritas e integralizadas em 21 de julho de 2010, o valor do patrimônio líquido consolidado da Plascar seria de R$ ,33 e o valor patrimonial 6 As informações serão completadas quando da publicação deste Edital. 7 As informações financeiras a que se refere este item, extraídas das demonstrações financeiras de 30 de setembro de 2010, deverão ser atualizadas quando da publicação deste Edital, de acordo com as demonstrações financeiras mais atuais disponíveis. Página 6 de 18

7 por Ação seria de R$ 1,83 por Ação na mesma data. O valor patrimonial por Ação representa, pro-forma, o valor contábil total de patrimônio líquido dividido pelo número total de Ações de emissão da Plascar em 30 de setembro de 2010, consideradas as Ações resultantes da conversão das Debêntures já subscritas. Considerando-se, pro-forma, que a conversão da totalidade das Debêntures objeto deste Leilão ao preço de R$ 2,60 (preço mínimo de exercício para a conversão das Debêntures conforme descrito no item acima), ocorresse em 30 de setembro de 2010, esse evento resultaria na emissão de (quarenta e quatro milhões, quatrocentas e cinquenta e quatro mil, quatrocentas e sessenta e nove) novas Ações 8 e, consequentemente, o patrimônio líquido estimado da Plascar em 30 de setembro de 2010 seria de R$ ,45, ou R$ 1,96 por Ação, considerando-se, pro-forma, a conversão das Debêntures já subscritas e integralizadas em 21 de julho de 2010, ao preço mínimo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 2,60). O evento acima referido resultaria, portanto, em: (i) um aumento no valor patrimonial líquido por Ação da Plascar para seus atuais acionistas, correspondente a R$ 0,40 por Ação (R$ 1,96 - R$ 1,56, equivalente à diferença entre o valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral das Debêntures e o valor patrimonial por Ação em 30 de setembro de 2010); e (ii) uma diluição de R$ 0,64 por Ação para os titulares das Debêntures (R$ 2,60 - R$ 1,96, equivalente à diferença entre o preço mínimo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 2,60) e o valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral das Debêntures, calculados pro-forma para 30 de setembro de 2010). A tabela a seguir ilustra os eventos acima descritos, calculados pro-forma para 30 de setembro de 2010: Preço mínimo de exercício para a conversão das Debêntures R$ 2,60 Valor patrimonial por Ação em 30 de setembro de 2010 R$ 1,56 Aumento no valor patrimonial líquido por Ação da Plascar para seus atuais R$ 0,40 acionistas Valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral R$ 1,96 das Debêntures Diluição por Ação para os titulares das Debêntures R$ 0,64 Percentual de diluição por Ação para os titulares das Debêntures 25 % (1) (1) O percentual de diluição por Ação para os titulares das Debêntures é obtido por meio da divisão do valor equivalente à diferença entre o preço de mínimo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 2,60) e o valor patrimonial por Ação, após a conversão integral das Debêntures, calculados pro-forma para 30 de setembro de 2010 (R$ 1,96) pelo preço mínimo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 2,60). Considerando-se, pro-forma, que a conversão da totalidade das Debêntures objeto deste Leilão ao preço de R$ 3,90 (preço máximo de exercício para a conversão das Debêntures conforme descrito no item acima), ocorresse em 30 de setembro de 2010, esse evento resultaria na emissão de (vinte e nove milhões, seiscentas e trinta e seis mil, trezentas e treze) novas Ações 9 e, consequentemente, o patrimônio líquido estimado da Plascar em 30 de setembro de 2010 seria de R$ ,45, ou R$ 2,25 por Ação, considerando-se, pro-forma, a conversão das Debêntures já subscritas e integralizadas em 21 de julho de 2010, ao preço máximo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 3,90). O evento acima referido resultaria, portanto, em: (i) um aumento no 8 Considerando-se que os Planos de Outorga de Ações não envolvem a emissão de novas Ações, conforme descrito no item 1.13 abaixo, não se há de falar em diluição para os titulares das Debêntures. 9 Considerando-se que os Planos de Outorga de Ações não envolvem a emissão de novas Ações, conforme descrito no item 1.13 abaixo, não se há de falar em diluição para os titulares das Debêntures. Página 7 de 18

8 valor patrimonial líquido por Ação da Plascar para seus atuais acionistas, correspondente a R$ 0,69 por Ação (R$ 2,25 - R$ 1,56, equivalente à diferença entre o valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral das Debêntures e o valor patrimonial por Ação em 30 de setembro de 2010); e (ii) uma diluição de R$ 1,65 por Ação para os titulares das Debêntures (R$ 3,90 - R$ 2,25, equivalente à diferença entre o preço máximo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 3,90) e o valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral das Debêntures, calculados proforma para 30 de setembro de 2010). A tabela a seguir ilustra os eventos acima descritos, calculados pro-forma para 30 de setembro de 2010: Preço máximo de exercício para a conversão das Debêntures R$ 3,90 Valor patrimonial por Ação em 30 de setembro de 2010 R$ 1,56 Aumento no valor patrimonial líquido por Ação da Plascar para seus atuais acionistas R$ 0,69 Valor patrimonial por Ação após a Oferta, considerando-se a conversão integral das Debêntures R$ 2,25 Diluição por Ação para os titulares das Debêntures R$ 1,65 Percentual de diluição por Ação para os titulares das Debêntures 64 % (1) (1) O percentual de diluição por Ação para os titulares das Debêntures é obtido por meio da divisão do valor equivalente à diferença entre o preço de máximo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 3,90) e o valor patrimonial por Ação, após a conversão integral das Debêntures, calculados pro-forma para 30 de setembro de 2010 (R$ 2,25) pelo preço máximo de exercício para a conversão das Debêntures (R$ 3,90). Os preços mínimo e máximo de exercício para a conversão das Debêntures por Ação não guardam relação com o valor patrimonial e foram fixados na Escritura de Emissão. Para uma descrição mais detalhada do procedimento de fixação do preço de exercício e das condições do Leilão, vide itens e acima, bem como a Cláusula 5.6 da Escritura de Emissão Descrição do preço pago por acionistas controladores, administradores ou detentores de opções em aquisição de ações nos últimos cinco anos. A Oferta Pública de Ações de 17 de julho de 2006 ( OPA ) foi a única emissão de Ações realizada pela Plascar nos últimos 5 (cinco) anos. Em 24 de julho de 2007, ocorreu grupamento de Ações na proporção de 100 para 1 Ação, sem alteração da participação da Permali do capital social, evento no qual a Permali doou quantidade suficiente de ações para os acionistas que, em virtude do grupamento, passariam a deter frações de ações, a fim de recompor uma ação inteira para tais acionistas. Evento Data Subscritor Quantidade de Ações (por lote de mil como era negociado à época) Preço por lote de mil Ações (R$) Participação Final OPA Permali (1) 22,80 56,52 % (1) Após o grupamento de Ações, (i) a quantidade de Ações subscritas pela Permali na OPA passou a ser de (trinta e quatro milhões, quatrocentos e oitenta mil, quatrocentos e cinquenta), e (ii) o lote de (mil) Ações passou a ser equivalente a 10 (dez) Ações. Logo, o preço pago por Ação pela Permali (R$ 2,28) é obtido por meio da divisão do lote de mil Ações (R$ 22,80) pela quantidade de Ações equivalente ao lote de (mil) Ações após o grupamento (10). Os beneficiários dos Planos de Outorga de Ações descritos no item 1.13 abaixo não integram a planilha acima, uma vez que os mesmos não envolvem a emissão de novas Ações pela Companhia. Página 8 de 18

9 1.13. Planos de Outorga de Ações. Em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 5 de junho de 2007, foi aprovado um plano de outorga de ações a certos administradores da Companhia e sua controlada, Plascar Indústria de Componentes Plásticos Ltda. ( Plano Atual ). A administração do plano é de competência do Conselho de Administração, que poderia, inicialmente, outorgar até ações ordinárias de emissão da Companhia ( lotes de ações, conforme as ações eram negociadas à época) e opções de compra de ações ordinárias a serem emitidas pela Companhia (1 opção para cada lote de ações, conforme as ações eram negociadas à época, ao preço de subscrição de R$ 86,50 o lote de ações, correspondente à cotação média das ações da Companhia no encerramento do pregão da BOVESPA no dia 1º de março de 2007). O plano de outorga das ações está sujeito ao cumprimento de um período de aquisição de 4 anos (vesting period), contados a partir da assinatura de cada contrato, celebrados em 6 de junho de Durante este período, o beneficiário deverá permanecer na Companhia ou em sua controlada acima referida. No plano de outorga de opção de compra, o beneficiário adquiriria o direito na proporção de 25% do total a cada ano que permanecer na Companhia ou em sua controlada acima referida, atingindo 100% ao término de 4 (quatro) anos da assinatura do contrato. Em Assembleia Geral Extraordinária realizada em 24 de julho de 2007, foi aprovado por unanimidade o grupamento de ações da Companhia, na proporção de 100 ações ordinárias para 1 ação ordinária, sem alteração do capital social. Em razão do grupamento, o número de ações do stock option, bem como o preço de subscrição das ações foi ajustado proporcionalmente para: Total de Ações do Plano de Outorga ; Total de Ações do Plano de Outorga de Opção de Compra ; Preço de subscrição por ação - R$ 8,65. Em Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada em 14 de abril de 2011, foi aprovado por unanimidade (a) a alteração do Plano Atual, e (b) a instituição de novo plano de outorga de Ações ( Novo Plano e, em conjunto com o Plano Atual, Planos de Outorga de Ações ). Por força da deliberação (a) acima, o Plano Atual foi aditado para (i) aumentar de para o número de ações ordinárias de emissão da Companhia objeto do Plano Atual ao Sr. André Cambauva do Nascimento ( ações), ao Sr. Gordiano Pessoa Filho ( ações), ao Sr. José Donizete da Silva ( ações), seus diretores estatutários, e ao Sr. Emerson Caldo Guizilini ( ações), diretor não estatutário, e (ii) cancelar o plano de outorga de opções. O Novo Plano contempla a outorga de ações ordinárias de emissão da Companhia ao Sr. André Cambauva do Nascimento ( ações), ao Sr. Gordiano Pessoa Filho ( ações), ao Sr. José Donizete da Silva ( ações), seus diretores estatutários, condicionada a um período de carência total de cinco anos, contados a partir de 15 de abril de 2011, data de assinatura dos respectivos contratos de adesão (tais ações serão transferidas à proporção de 20% ao término de cada ano do referido período de carência, perfazendo o total de 100% de ações ao término do período de cinco anos). Página 9 de 18

10 Caberá ao Conselho de Administração deliberar, oportunamente, para cada Plano de Outorga de Ações, a utilização da reserva de capital da Companhia, constituída para este fim, para a aquisição de Ações pela Companhia para posterior transferência aos beneficiários. Dessa forma, uma vez que não haverá emissão de novas Ações, mas sim aquisição de ações já existentes, não haverá qualquer diluição. Os Planos de Outorga de Ações observam os termos da Instrução CVM nº 10, de 14 de fevereiro de 1980, conforme alterada, e do artigo 200, II, da Lei das Sociedades por Ações, sendo que o impacto financeiro a ser causado pela aquisição das Ações corresponderá à quantidade de Ações contempladas por cada Plano de Outorga de Ações multiplicada pelo valor de mercado das Ações, calculado à época de cada aquisição. A tabela a seguir demonstra o impacto financeiro calculado pro-forma, considerando como o valor de mercado das Ações da Plascar a média por volume do preço da ação ordinária de emissão da Companhia em negociação na BM&FBOVESPA verificado nos 20 pregões anteriores a 25 de março de 2011 (ou seja, nos pregões realizados entre 23 de fevereiro de 2011 e 24 de março de 2011), a qual corresponde a R$ 2,66 (dois reais e sessenta e seis centavos), valor adotado no Manual para Participação em Assembléia Geral de Acionistas da Plascar para a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária realizada em 14 de abril de 2011 publicado nos websites da CVM e da Companhia em 29 de março de 2011: Quantidade de Ações Pagamento de Ações pela Plascar (1) Plano de Outorga de Ações Atual R$ ,14 Novo Plano de Outorga de Ações R$ ,82 Total R$ ,96 (1) O impacto financeiro a ser causado pela aquisição das Ações corresponderá à quantidade de Ações contempladas por cada Plano de Outorga de Ações multiplicada pelo valor de mercado das Ações (R$ 2,66, para fins do presente cálculo). Cumpre à Plascar informar aos investidores que o Plano Atual foi alterado sem o exercício de qualquer das opções outorgadas. Dessa forma, não há que se falar em diluição no âmbito dos Planos de Outorga de Ações. Adicionalmente, entre a data de aprovação das outorgas até a presente data, não houve exercício ou perda de qualquer ação pelos beneficiários. Para informações adicionais sobre os Planos de Outorga de Ações, veja o Formulário de Referência apresentando pela Companhia em 27 de abril de 2011, item 13.4 Plano de remuneração baseado em ações Destinação do Leilão a investidores específicos. O Leilão não será destinado a investidores específicos e não possui, portanto, público alvo determinável A transferibilidade das Debêntures é restrita, sendo que essas somente poderão ser negociadas privadamente, nos termos da legislação aplicável, em mercado de balcão não organizado. As Debêntures, em razão do fato de serem objeto de colocação privada, não poderão ser negociadas (transferidas) no ambiente da CETIP e/ou em Bolsa Restrições a Acionistas. Não há nenhuma restrição para os acionistas da Companhia adquirirem as Sobras Participação do Acionista Controlador. Em igualdade de condições com os demais interessados na aquisição das Sobras no Leilão, o acionista controlador poderá participar do Página 10 de 18

11 Leilão, com o intuito de contribuir no reforço da estrutura de capital da Companhia e concluir a presente Oferta. Considerando-se, ademais, que as Debêntures emitidas pela Companhia são compulsoriamente conversíveis em ações ordinárias de sua emissão, o Leilão das Sobras apresenta-se também como uma oportunidade para o acionista controlador consolidar sua posição acionária em uma sociedade recapitalizada por meio da injeção de recursos de longo prazo Inadequação do Leilão para determinados acionistas. O investimento em debêntures obrigatoriamente conversíveis em ações representa um investimento de risco, uma vez que, tendo em vista a sua obrigatória conversibilidade em ações, configura-se como um investimento de renda variável. Assim, os investidores que pretendam investir nas Debêntures estarão sujeitos a diversos riscos, inclusive aqueles relacionados com a volatilidade do mercado de capitais, a liquidez das ações e a oscilação de suas cotações em bolsa, e, portanto, poderão perder uma parcela ou a totalidade de seu eventual investimento. Ainda assim, não há nenhuma classe ou categoria de investidor que esteja proibida por lei de adquirir as Debêntures no âmbito do Leilão. No entanto, o presente Leilão não é adequado a investidores avessos ao risco inerente a investimentos em ações. Os outros riscos que, em caráter não exaustivo, a Companhia entende possam afetar suas operações estão relacionados no item Fatores de Risco deste Edital Contrato de Intermediação Financeira das Debêntures. Em 19 de novembro de 2010, a Companhia e a Instituição Intermediária celebraram Contrato de Distribuição ( Contrato de Distribuição, de modo a disciplinar os termos e as condições para a atuação da Máxima CTVM como Instituição Intermediária do Leilão perante a BM&FBOVESPA. O Contrato de Distribuição estabelece que haverá cobrança de remuneração pelos serviços de intermediação prestados, nos termos do Demonstrativo de Custo de Distribuição, descrito no item 1.21 abaixo Relacionamento com a Instituição Intermediária e a Companhia. A Instituição Intermediária nunca atuou como representante da Companhia perante a BM&FBOVESPA nem mantém qualquer relação comercial ou societária direta com a Companhia, excetuando-se o Contrato de Distribuição para este Leilão, descrito no item 1.19 acima. Sem prejuízo do acima, o fundo de investimento Máxima Participações Institucional Fundo de Investimento de Ações, inscrito no CNPJ/MF sob o nº / detém (vinte e quatro milhões cento e cinquenta e um mil e seiscentas) ações ordinárias de emissão da Companhia, representando 14,51% do capital social total e votante da Companhia. O Máxima Participações Institucional Fundo de Investimento de Ações é gerido pela Máxima Asset Management Ltda, inscrito no CNPJ/MF sob o n.º / , que, assim como a Instituição Intermediária, é controlada pelo Banco Máxima S.A., inscrito no CNPJ/MF sob o n o / Demonstrativo do Custo de Distribuição. Custo do Leilão Comissões e Taxas Montante % em relação ao valor total do Leilão¹ Comissão de Intermediação R$ ,00 0,0085 % Taxa de Registro na CVM R$ ,00 0,0708 % Total R$ ,00 0,0794 % ¹ O valor total do Leilão está definido na Cláusula 1.2 deste Edital. Página 11 de 18

12 1.22. Contrato de Estabilização. Não será celebrado contrato de estabilização para este Leilão Suspensão ou Prorrogação do Leilão. A Companhia e a Instituição Intermediária poderão requerer que a CVM os autorize a suspender ou prorrogar o Leilão, caso ocorram alterações posteriores, materiais e inesperadas às circunstâncias inerentes ao Leilão, existentes na presente data. Caso o requerimento de suspensão ou de prorrogação do Leilão seja aceito pela CVM, tal fato será imediatamente divulgado por meio do jornal Valor Econômico (edição nacional), também usado para divulgação deste Edital. Adicionalmente, a BM&FBOVESPA poderá suspender ou prorrogar o Leilão nos termos da regulamentação aplicável Cronograma da Oferta. A Oferta seguirá o seguinte cronograma: Início da Oferta A Oferta terá início em [ ] às [ ] 10. Prazo de colocação Manifestação de aceitação da oferta pelos investidores Distribuição junto ao público Subscrição e Integralização das Debêntures Modificação ou Revogação da Oferta 48 (quarenta e oito horas). As corretoras representantes dos interessados na aquisição das Sobras de Debêntures no Leilão deverão registrar, diretamente no sistema de negociação eletrônica da BM&FBOVESPA, por meio do código PLAS11L, as quantidades de Sobras de Debêntures a serem adquiridas pelos investidores por elas representados no Leilão. As Debêntures serão colocadas junto a pessoas físicas e jurídicas, investidores institucionais, tais como instituições financeiras e entidades abertas e fechadas de previdência complementar e administradores de recursos de terceiros, não existindo reservas antecipadas nem lotes mínimos e/ou máximos. A subscrição das Debêntures será formalizada por meio eletrônico de aquisição das Debêntures objeto do Leilão para os investidores compradores vencedores do Leilão. A integralização das Debêntures será realizada à vista, o pagamento deverá ser realizado em moeda corrente nacional no 3º (terceiro) dia útil após a Data do Leilão, observada a Cláusula acima e não serão emitidos certificados representativos das Debêntures. A Instituição Intermediária divulgará imediatamente aos investidores notícia sobre eventual modificação ou revogação da Oferta, por meio dos mesmos meios utilizados para divulgação do Edital de Leilão. Prazo para Manifestação de aceitação da Oferta pelos investidores, na hipótese de modificação das condições da Oferta Prazo para restituição de valores aos investidores na hipótese de modificação ou revogação da Oferta Na hipótese de modificação das condições da Oferta, os investidores que já tiverem aderido à Oferta terão que manifestar-se a respeito deste evento no prazo de 5 (cinco) dias úteis contados do recebimento da comunicação da Instituição Intermediária. A manutenção da aceitação da Oferta será presumida em caso de silêncio. Em caso de (i) modificação das condições da Oferta e de o investidor não aceitar as modificações ou (ii) revogação da Oferta, os montantes eventualmente entregues pelos investidores na subscrição e integralização das Debêntures serão integralmente restituídos aos respectivos investidores no prazo de 5 (cinco) dias úteis contados da manifestação do investidor, sem qualquer remuneração ou atualização, 10 As informações serão completadas quando da publicação deste Edital. Página 12 de 18

13 Divulgação do Resultado da Oferta Prazo para posterior alienação dos valores mobiliários 2. Fatores de Risco deduzidos os encargos e tributos envolvidos. O resultado da Oferta será divulgado ao término da Oferta, por meio de publicação de Anúncio de Encerramento nos jornais utilizados pela Companhia para efetuar as publicações ordenadas pela Lei das Sociedades por Ações e pelas normas da CVM. Não haverá alienação das Sobras das Debêntures após a realização do Leilão. O investimento nas Debêntures envolve alto grau de risco. Antes de tomar qualquer decisão de investimento, investidores em potencial devem avaliar cuidadosamente os riscos descritos abaixo. Caso qualquer dos riscos a seguir venha a ocorrer, os negócios, situação financeira e resultados operacionais da Companhia podem ser afetados adversamente. Como consequência, o preço de negociação das ações poderá cair e os investidores poderão perder todo ou parte de seu investimento nas Debêntures. Riscos adicionais não descritos neste Edital atualmente desconhecidos ou considerados irrelevantes pela Companhia também poderão prejudicar seu fluxo de caixa e impactar a solvência da Companhia. Para uma descrição mais detalhada dos fatores de risco, favor verificar o Formulário de Referência da Plascar disponível na sede da Companhia indicada no item 3 abaixo e nos websites e A percepção de riscos em outros países, especialmente em outros países de economia emergente, poderá afetar o valor de mercado de títulos e de valores mobiliários brasileiros, incluindo as Ações e as Debêntures. Investir em títulos de mercados emergentes, tais como o Brasil, envolve um risco maior do que investir em títulos de emissores de países mais desenvolvidos, e tais investimentos são tidos como sendo de natureza especulativa. Os investimentos em ativos brasileiros, tais como as Debêntures, estão sujeitos a riscos econômicos e políticos, envolvendo, dentre outros, mudanças nos ambientes regulatório, fiscal, econômico e político que podem afetar a capacidade dos investidores de receber pagamentos, no todo ou em parte, com relação a seus investimentos. Os mercados de títulos brasileiros são substancialmente menores, menos líquidos, mais concentrados e mais voláteis do que os mercados de títulos americanos e europeus Riscos de Crédito. A solvência da Companhia encontra-se diretamente vinculada a sua solvência e saúde financeira. Qualquer evento adverso em face da Companhia, incluindo, sem limitação, redução de suas receitas, aumento de seus custos administrativos e operacionais, redução de sua capacidade de geração de caixa, aumento de seus níveis de endividamento, vinculação de seus recebíveis e/ou outros ativos tangíveis ou intangíveis em favor de outros credores, sempre observados os limites impostos pela Escritura de Emissão das Debêntures, poderá afetar adversamente o valor das ações. Investidores interessados na aquisição das Sobras deverão analisar cuidadosamente a posição financeira da Companhia antes de decidirem-se por realizar um investimento nas Debêntures. Página 13 de 18

14 2.3. Riscos relacionados à conversibilidade obrigatória das Debêntures em ações da Companhia. Como já descrito no item 1.18 acima, o investimento nas Debêntures, considerando a sua conversibilidade obrigatória em ações de emissão da Companhia, não se trata de exercício de uma opção de conversão, mas sim de uma obrigação contratual líquida e certa que obriga o investidor a converter os seus títulos em capital na Companhia na forma prevista na Escritura de Emissão. Até mesmo os juros remuneratórios serão incorporados ao valor nominal das Debêntures. Todo o pagamento será feito única e exclusivamente por meio da emissão de ações da Companhia decorrente de aumento de capital. Neste sentido, deve ficar claro para o investidor que os recursos captados por meio desta Oferta serão transferidos à Companhia a título perpétuo, tal qual ocorre com os recursos captados por meio da emissão de ações e que, portanto, o investidor deve analisar, dentre outros, os riscos de um investimento em ações da Companhia. Adicionalmente, vale ressaltar que, nos últimos anos, a Companhia tem deliberado, por força de disposição legal (artigo 189 da Lei 6.404/76), a não distribuição de dividendos aos seus acionistas para a amortização de prejuízos acumulados Riscos relacionados à situação econômico-financeira futura da Companhia. O investidor deve atentar para o fato de que, embora a Escritura de Emissão fixe limites mínimo e máximo para o cálculo do Preço de Conversão, conforme descrito no item acima, ao realizar o investimento nas Debêntures o investidor está assumindo o risco de ter a rentabilidade de seu investimento afetada em razão da imprevisibilidade quanto aos resultados futuros da Companhia, na e após a data de conversão das Debêntures, por serem esses futuros e incertos Riscos relacionados à diluição do futuro acionista. Quando da conversão das Debêntures em ações, o valor patrimonial por Ação da Plascar encontrar-se-á sujeito aos efeitos da diluição descritos no item 1.11 acima Riscos relacionados à negociabilidade das Debêntures. Considerando que as Debêntures são objeto de colocação privada, e, portanto, somente poderão ser negociadas privadamente, nos termos da legislação aplicável, em mercado de balcão não organizado, o investidor deverá aguardar um intervalo de tempo entre a aquisição das Debêntures e a conversão das mesmas em Ações para negociarem seus papéis em mercado de balcão organizado. 3. Informações Relativas à Companhia As informações relativas ao registro de companhia aberta da Companhia estão disponíveis na sua sede, na Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, cidade de Jundiaí, Estado de São Paulo, no website (neste site acessar Menu > Investidores), na página eletrônica da BM&FBOVESPA (neste site acessar Mercados > Ações > Empresas > Empresas Listadas, e efetuar busca pela razão social da Companhia), bem como na Comissão de Valores Mobiliários, Rua Sete de Setembro, 111, 5º andar, Cidade do Rio de Janeiro, Estado Página 14 de 18

15 do Rio de Janeiro, CEP , em sua página eletrônica denominada Consulta de Documentos de Companhias Abertas, para acesso às Informações Periódicas Eventuais - IPE: (neste site, efetuar busca pela razão social da Companhia no campo 1 e clicar em Continuar). A Companhia e a Instituição Intermediária recomendam a leitura atenta pelos investidores das informações do registro de companhia aberta da Companhia, em especial, do Formulário de Referência, demonstrações financeiras e suas notas explicativas, pareceres dos auditores independentes, entre outras. 4. Identificação de Administradores, Consultores e Auditores Administradores Plascar Participações Industriais S.A. Nome: Gordiano Pessoa Filho Endereço: Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, Jundiaí-SP. Telefone: Fac-símile: Instituição Intermediária Máxima S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários Nome: Saulo Sapir Sabbá Endereço: Avenida Atlântica, 1.130, 9º andar, Copacabana, Rio de Janeiro-RJ. Telefones: Auditores ERNST & YOUNG AUD INDEP S/S Nome: Raphael Massoni Endereço: Av. Pres. Jusc. Kubitschek, 1830, T I - 5º e 6º and., Itaim Bibi, São Paulo-SP. Telefones: Declarações A Companhia, por meio de seu Diretor Financeiro e de Relações com Investidores, Sr. Gordiano Pessoa Filho, e por meio de seu Gerente Jurídico, Sr. Carlos Eduardo Sanchez Alberto, declara que (i) as informações disponibilizadas ao mercado sobre o Leilão são verdadeiras, consistentes, corretas e suficientes, permitindo aos investidores uma tomada de decisão fundamentada a respeito do Leilão; (ii) as informações eventuais ou periódicas constantes da atualização do registro da Companhia, são suficientes, permitindo aos investidores a tomada de decisão fundamentada a respeito do Leilão; e (iii) o Edital contém as informações relevantes necessárias ao conhecimento pelos investidores do Leilão, das Sobras, das Debêntures, suas atividades, situação econômico-financeira, os riscos inerentes à sua atividade e quaisquer outras informações relevantes, bem como foi elaborado de acordo com as normas pertinentes. Página 15 de 18

16 A Instituição Intermediária, por meio de seu Diretor Presidente, Sr. Saul Dutra Sabbá, e por meio de seu Diretor Executivo, Sr. Alberto Maurício Caló, declara e atesta a veracidade das informações contidas neste Edital. 5. Outras Informações 5.1. Para informações adicionais a respeito do Leilão, inclusive acesso ao presente Edital, os interessados deverão dirigir-se à sede da Companhia, à Instituição Intermediária, à CVM ou à BM&FBOVESPA, nos endereços abaixo: Companhia Plascar Participações Industriais S.A. Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, Jundiaí-SP. Telefone: Fac-símile: Websites: liacao_ _pt.pdf (link direto para o Edital) (neste site acessar Menu > Investidores > Informações Financeiras > Comunicados e Fatos Relevantes > Comunicado ao Mercado > Edital ou acessar Menu > Investidores > Edital Debêntures) Instituição Intermediária: Máxima S/A Corretora de Títulos e Valores Mobiliários Endereço: Avenida Atlântica n.º 1.130, 9º andar, Copacabana Rio de Janeiro - RJ Telefones: Website: bras%20de%20debêntures_27_jan_2011.pdf (link direto para o Edital) ou (neste site acessar ao fim da página Downloads > Edital) Comissão de Valores Mobiliários Rua Sete de Setembro, 111, 5º andar, Rio de Janeiro-RJ. Rua Cincinato Braga, 340, 2º, 3º e 4º andares, São Paulo-SP. Website: (na parte central da página principal, acessar Acesso Rápido > item ITR, DFP, IAN, IPE, FC, FR e Outras Informações, efetuar busca pela razão social da Companhia e acessar Prospecto de Distribuição Pública para visualizar o Edital) BM&FBovespa S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros Praça Antonio Prado, 48, 2º andar, Diretoria de Operações, São Paulo-SP. Website: (neste site, acessar Mercados > Leilões > Bolsa de Valores) ou acessar o link direto Registro perante a CVM: O Leilão foi previamente submetido à análise da CVM e foi registrado no dia [ ] sob o nº [ ] A BM&FBOVESPA informou que o Edital estará disponível em seu website assim que o pedido de registro desta oferta pública for deferido pela CVM. 12 A informação será completada quando da publicação deste Edital. Página 16 de 18

17 5.3. Registro perante a BM&FBOVESPA: Conforme declaração fornecida pela BM&FBOVESPA à CVM, em 22 de dezembro de 2010, a BM&FBOVESPA aprovou os termos deste Edital de Leilão e autorizou a realização do Leilão em seu sistema de negociação MEGABOLSA. Cópia da declaração integra este Edital de Leilão como seu Anexo I. [Inserir logomarca dos participantes] Página 17 de 18

18 Anexo I Declaração firmada pela BM&FBOVESPA de aprovação dos termos do Edital de Leilão e de autorização para a realização da Oferta Página 18 de 18

EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES

EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES EDITAL DE LEILÃO PARA VENDA DE SOBRAS DE DEBÊNTURES CONVERSÍVEIS EM AÇÕES EM BOLSA DE VALORES Plascar Participações Industriais S.A. Avenida Amélia Latorre, 11, sala 6, Bairro Retiro, cidade de Jundiaí,

Leia mais

COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO

COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO COMUNICADO AO MERCADO DE ENCERRAMENTO DA PRIMEIRA LIQUIDAÇÃO DAS COTAS REMANESCENTES DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA CNPJ/MF n.º 03.683.056/0001-86

Leia mais

ÍNDICE. Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES

ÍNDICE. Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES Administradores da Emissora... 13 Coordenador Líder... 13

Leia mais

Anúncio de Início da Oferta Pública de Distribuição de cotas do ÁQUILLA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII

Anúncio de Início da Oferta Pública de Distribuição de cotas do ÁQUILLA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII Anúncio de Início da Oferta Pública de Distribuição de cotas do ÁQUILLA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 13.555.918/0001-49 Foco Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda.,

Leia mais

Código ISIN nº BRCMGDDBS017. Rating: Fitch A+ (bra)

Código ISIN nº BRCMGDDBS017. Rating: Fitch A+ (bra) AVISO AO MERCADO Companhia Aberta CNPJ/MF n 06.981.180/0001-16 Avenida Barbacena, 1200 17º andar, Ala A1 Belo Horizonte MG 30190-131 Código ISIN nº BRCMGDDBS017 Rating: Fitch A+ (bra) O BB Banco de Investimento

Leia mais

BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540 CVM 02090-7

BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP. Companhia Aberta CNPJ/MF nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540 CVM 02090-7 BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP Companhia Aberta CNPJ/MF nº 08.723.106/0001-25 NIRE 35.300.340.540 CVM 02090-7 MATERIAL PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA BHG S.A. BRAZIL HOSPITALITY GROUP, A

Leia mais

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1

Formulário de Referência - 2011 - DURATEX S.A. Versão : 6. 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 Índice 3. Informações financ. selecionadas 3.3 - Eventos subsequentes às últimas demonstrações financeiras 1 18. Valores mobiliários 18.5 - Descrição dos outros valores mobiliários emitidos 2 19. Planos

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities IV CNPJ/MF Nº 20.265.

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities IV CNPJ/MF Nº 20.265. ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities IV CNPJ/MF Nº 20.265.434/0001-20 VOTORANTIM ASSET MANAGEMENT D.T.V.M. LTDA. ( Administrador

Leia mais

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Assembleia Geral de Debenturistas de 7 de agosto de 2014

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Assembleia Geral de Debenturistas de 7 de agosto de 2014 PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Assembleia Geral de Debenturistas de 7 de agosto de 2014 Proposta da Administração Senhores Debenturistas: O Conselho de Administração da Lupatech S.A. ( Lupatech ou Companhia

Leia mais

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos da Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, a Gol Linhas

Leia mais

RIO BRAVO CRÉDITO IMOBILIÁRIO II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 15.769.670/0001-44. Administrador e Coordenador Líder

RIO BRAVO CRÉDITO IMOBILIÁRIO II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 15.769.670/0001-44. Administrador e Coordenador Líder RIO BRAVO CRÉDITO IMOBILIÁRIO II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 15.769.670/0001-44 Administrador e Coordenador Líder Rio Bravo Investimentos Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários

Leia mais

Anexo I à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011

Anexo I à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011 Anexo I à Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da Plascar Participações Industriais S.A., realizada em 14 de abril de 2011 1. Minuta aprovada para alteração do plano de outorga de ações instituído

Leia mais

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do

Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do Anúncio de Início da Distribuição Pública de Cotas da Primeira Emissão do COGITU FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 18.653.262/0001-10 Código ISIN das Cotas: BRCGTUCTF009 ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL 2013. FOZ DO ATLÂNTICO SANEAMENTO S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2014 www.fiduciario.com.br Página 1

RELATÓRIO ANUAL 2013. FOZ DO ATLÂNTICO SANEAMENTO S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2014 www.fiduciario.com.br Página 1 RELATÓRIO ANUAL 2013 FOZ DO ATLÂNTICO SANEAMENTO S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples Abril 2014 www.fiduciario.com.br Página 1 ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES... 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII HOTEL BELO HORIZONTE BELVEDERE BELVEDERE FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII HOTEL BELO HORIZONTE BELVEDERE BELVEDERE FUNDO DE INVESTIMENTO REFERENCIADO DI FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII HOTEL BELO HORIZONTE BELVEDERE COMUNICADO AO MERCADO, instituição devidamente autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários ( CVM ) a administrar fundos de investimento,

Leia mais

Administrado por BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE COTAS DA 2ª EMISSÃO

Administrado por BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE COTAS DA 2ª EMISSÃO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO THE ONE Administrado por RIO BRAVO INVESTIMENTOS DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. CNPJ n.º 72.600.026/0001-81 Avenida Chedid Jafet, n.º 222, bloco

Leia mais

"ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS"

ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS "ESTE ANÚNCIO É DE CARÁTER EXCLUSIVAMENTE INFORMATIVO, NÃO SE TRATANDO DE OFERTA DE VENDA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS" ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA. SP DOWNTOWN FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF n.º 15.538.445/0001-05

PEDIDO DE RESERVA. SP DOWNTOWN FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF n.º 15.538.445/0001-05 PEDIDO DE RESERVA SP DOWNTOWN FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF n.º 15.538.445/0001-05 Administração GERAÇÃO FUTURO CORRETORA DE VALORES S.A. ( Administrador ) Praça XV de Novembro, n.º 20,

Leia mais

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A.

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. Senhores Conselheiros, Esta Diretoria, visando a restabelecer a estrutura de capital da Ferrovia Centro-Atlântica

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA Senhores Acionistas, Apresentamos, a seguir, a proposta da administração acerca das matérias constantes da ordem do

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 8ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF Nº 10.347.

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 8ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF Nº 10.347. ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 8ª EMISSÃO DE COTAS DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities CNPJ/MF Nº 10.347.505/0001-80 VOTORANTIM ASSET MANAGEMENT D.T.V.M. LTDA. ( Administrador

Leia mais

INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL. CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA

INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL. CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA DELIBERAÇÃO EM ASSEMBLEIA GERAL ESPECIAL

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities II CNPJ/MF: 10.348.

ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO. Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities II CNPJ/MF: 10.348. ANÚNCIO DE INÍCIO DE DISTRIBUIÇÃO DA 2ª EMISSÃO DE COTAS DO Fundo de Investimento Imobiliário Votorantim Securities II CNPJ/MF: 10.348.185/0001-83 VOTORANTIM ASSET MANAGEMENT DTVM LTDA. ( Administrador

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES PROGRESSO. no montante total de até

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES PROGRESSO. no montante total de até UBS PACTUAL SERVIÇOS FINANCEIROS S.A. DTVM comunica o início da distribuição, de até 240 (duzentas e quarenta) cotas, escriturais, com valor inicial de R$1.000.000,00 (um milhão de reais), de emissão do

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS SENIORES DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS LAVORO III. CNPJ/MF nº 20.256.

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS SENIORES DO FUNDO DE INVESTIMENTO EM DIREITOS CREDITÓRIOS LAVORO III. CNPJ/MF nº 20.256. O presente programa foi preparado com as informações necessárias ao atendimento das disposições do código ANBIMA de regulação e melhores práticas para os fundos de investimento, bem como das normas emanadas

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005 R$500.000.

FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005 R$500.000. Prospecto Definitivo de Distribuição Pública das Quotas da Primeira Emissão do FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES MULTISETORIAL CNPJ/MF n.º 09.068.796./0001-99 Código ISIN das Quotas: BRMGENCTF005

Leia mais

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII Emissor Gávea Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. CNPJ/MF nº 07.25.654/0001-76 Av. Ataulfo de Paiva 1100, 7º andar (parte) CEP 22440-035, Rio de Janeiro, RJ, Brasil GÁVEA FUNDO DE FUNDOS

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DO GIF I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF: 08.872.941/0001-27

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DO GIF I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF: 08.872.941/0001-27 ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS COTAS DO GIF I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF: 08.872.941/0001-27 BEM DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS E VALORES MOBILIÁRIOS LTDA. comunica o início

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO

MATERIAL PUBLICITÁRIO OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM ATÉ QUATRO SÉRIES, DA QUARTA EMISSÃO DA EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. EDP ENERGIAS DO BRASIL

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A.

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA FORNO DE MINAS ALIMENTOS S.A. 1 PROPÓSITO A presente Política de Negociação de Valores Mobiliários tem como propósito estabelecer regras para

Leia mais

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas,

Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, os administradores das companhias abaixo qualificadas, INSTRUMENTO PARTICULAR DE PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DO BANCO ABN AMRO REAL S.A. PELO BANCO SANTANDER (BRASIL) S.A. (NOVA DENOMINAÇÃO SOCIAL DO BANCO SANTANDER S.A., EM FASE DE HOMOLOGAÇÃO

Leia mais

PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES. CNPJ/MF n.º 13.328.

PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES. CNPJ/MF n.º 13.328. PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA SEGUNDA EMISSÃO DO PÁTRIA SPECIAL OPPORTUNITIES I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 13.328.452/0001-49

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme

Leia mais

BANCO PANAMERICANO S.A. CNPJ/MF n.º 59.285.411/0001-13 Avenida Paulista, nº. 2240 CEP 01310-300 - Bela Vista, São Paulo - SP AVISO AOS ACIONISTAS

BANCO PANAMERICANO S.A. CNPJ/MF n.º 59.285.411/0001-13 Avenida Paulista, nº. 2240 CEP 01310-300 - Bela Vista, São Paulo - SP AVISO AOS ACIONISTAS BANCO PANAMERICANO S.A. CNPJ/MF n.º 59.285.411/0001-13 Avenida Paulista, nº. 2240 CEP 01310-300 - Bela Vista, São Paulo - SP AVISO AOS ACIONISTAS O Banco Panamericano S.A. ( Companhia ) vem a público comunicar

Leia mais

R$67.000.000,00. (sessenta e sete milhões de reais)

R$67.000.000,00. (sessenta e sete milhões de reais) ANÚNCIO DE INÍCIO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO KENNEDY SQUARE CNPJ/MF nº 24.111.181/0001-91 Código ISIN nº BRFKENCTF001 A BRB DISTRIBUIDORA DE TÍTULOS

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE AÇÕES À VISTA PARA INVESTIDORES INSTITUCIONAIS

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE AÇÕES À VISTA PARA INVESTIDORES INSTITUCIONAIS CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE AÇÕES À VISTA PARA INVESTIDORES INSTITUCIONAIS Redecard S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n.º 01.425.787/0001-04 Av. Andrômeda, 2.000, Bloco 10, Níveis 4

Leia mais

Perfazendo o montante total de

Perfazendo o montante total de ANÚNCIO DE INÍCIO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO, DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM TRÊS SÉRIES, DA 4ª (QUARTA) EMISSÃO DA EDP - ENERGIAS DO BRASIL S.A.

Leia mais

Este anúncio é de caráter exclusivamente informativo, não se tratando de oferta de venda de valores mobiliários.

Este anúncio é de caráter exclusivamente informativo, não se tratando de oferta de venda de valores mobiliários. Este anúncio é de caráter exclusivamente informativo, não se tratando de oferta de venda de valores mobiliários. ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO, DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS

Leia mais

Código ISIN da Primeira Série: BRCMGTDBS021 Código ISIN da Segunda Série: BRCMGTDBS039 AVISO AO MERCADO R$ 2.700.000.000,00

Código ISIN da Primeira Série: BRCMGTDBS021 Código ISIN da Segunda Série: BRCMGTDBS039 AVISO AO MERCADO R$ 2.700.000.000,00 CEMIG GERAÇÃO E TRANSMISSÃO S.A. Companhia Aberta CVM nº 02032-0 CNPJ nº 06.981.176/0001-58 NIRE 0623221310098 Avenida Barbacena, nº 1.200, 12º andar, ala B1, Bairro Santo Agostinho 30190-131, Belo Horizonte

Leia mais

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CORRETORA DE VALORES S.A., sociedade por ações

Leia mais

CAIXA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - PAPEIS IMOBILIÁRIOS - FII

CAIXA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - PAPEIS IMOBILIÁRIOS - FII PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO CAIXA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - PAPEIS IMOBILIÁRIOS - FII CNPJ/MF nº 19.768.965/0001-57 Administradora/Coordenador

Leia mais

R$ 514.662.012,25 (quinhentos e quatorze milhões, seiscentos e sessenta e dois mil, doze reais e vinte e cinco centavos)

R$ 514.662.012,25 (quinhentos e quatorze milhões, seiscentos e sessenta e dois mil, doze reais e vinte e cinco centavos) PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA SEGUNDA EMISSÃO DO P2 BRASIL INFRAESTRUTURA III FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF nº 17.870.798/0001-25

Leia mais

INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL. CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA

INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL. CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA INEPAR S.A. INDÚSTRIAS E CONSTRUÇÕES - EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL CNPJ/MF n 76.627.504/0001-06 NIRE 35.3.0035492.3 COMPANHIA ABERTA PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PARA DELIBERAÇÃO EM ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Leia mais

R$ 5.228.941,65 (cinco milhões, duzentos e vinte e oito mil, novecentos e quarenta e um reais e sessenta e cinco centavos)

R$ 5.228.941,65 (cinco milhões, duzentos e vinte e oito mil, novecentos e quarenta e um reais e sessenta e cinco centavos) PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA SEGUNDA EMISSÃO DO PÁTRIA FIT FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF n.º 11.512.679/0001-14 Administração e Gestão Pátria Investimentos

Leia mais

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO

PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO PONTÍFICIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS CURSO DE DIREITO Disciplina: Direito Empresarial II JUR 1022 Turma: C02 Prof.: Luiz Fernando Capítulo VI SOCIEDADES ANÔNIMAS 1. Evolução Legal: a) Decreto n. 575/49;

Leia mais

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais)

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) PROSPECTO DEFINITIVO DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO PÁTRIA REAL ESTATE III TEAM FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF nº 18.422.119/0001-18

Leia mais

1.Introdução... 2. 2. Definições... 2. 3. Objetivos e Princípios... 3. 4. Negociação por meio de Corretoras Credenciadas e Períodos de Bloqueio...

1.Introdução... 2. 2. Definições... 2. 3. Objetivos e Princípios... 3. 4. Negociação por meio de Corretoras Credenciadas e Períodos de Bloqueio... Índice 1.Introdução... 2 2. Definições... 2 3. Objetivos e Princípios... 3 4. Negociação por meio de Corretoras Credenciadas e Períodos de Bloqueio... 4 5. Restrições à Negociação na Pendência de Divulgação

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL 2012. SISTEMA DE ENSINO ABRIL EDUCAÇÃO S.A 2ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2013 www.fiduciario.com.

RELATÓRIO ANUAL 2012. SISTEMA DE ENSINO ABRIL EDUCAÇÃO S.A 2ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2013 www.fiduciario.com. SISTEMA DE ENSINO ABRIL EDUCAÇÃO S.A 2ª Emissão de Debêntures Simples Abril 2013 www.fiduciario.com.br Página 1 ÍNDICE CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...3 CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES...3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS...5

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A.

TELEFÔNICA BRASIL S.A. PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES E INSTRUMENTO DE JUSTIFICAÇÃO DE GVT PARTICIPAÇÕES S.A. POR TELEFÔNICA BRASIL S.A. DATADO DE 12 DE MAIO DE 2015 TEXT_SP/9643470v13/2523/923 PROTOCOLO DE INCORPORAÇÃO

Leia mais

Aporte Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. 1º Relatório Anual do Agente Fiduciário. 4ª. Emissão de Debêntures Não Conversíveis

Aporte Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. 1º Relatório Anual do Agente Fiduciário. 4ª. Emissão de Debêntures Não Conversíveis BV LEASING ARRENDAMENTO MERCANTIL S.A. 4ª. Emissão de Debêntures Aporte Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários Ltda. 1º Relatório Anual do Agente Fiduciário 2007 4ª. Emissão de Debêntures Não Conversíveis

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A.

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA COMPANHIA EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. Aprovada em Reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 27 de abril de 2012

Leia mais

HARPIA ÔMEGA PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF N.º 13.407.573/0001-86 NIRE 35.300.391.942 COMPANHIA ABERTA

HARPIA ÔMEGA PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF N.º 13.407.573/0001-86 NIRE 35.300.391.942 COMPANHIA ABERTA HARPIA ÔMEGA PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF N.º 13.407.573/000186 NIRE 35.300.391.942 COMPANHIA ABERTA Avenida Brigadeiro Faria Lima n. 3729, Itaim Bibi, CEP 04538133 São Paulo SP Informações disponibilizadas

Leia mais

Telefônica Brasil S.A.

Telefônica Brasil S.A. Este anúncio é de caráter exclusivamente informativo, não se tratando de oferta de venda de valores mobiliários. ANÚNCIO DE ENCERRAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO PRIMÁRIA DE AÇÕES ORDINÁRIAS E

Leia mais

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS DAS 361ª E 362ª SÉRIES DA 1ª EMISSÃO DA

ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE CERTIFICADOS DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS DAS 361ª E 362ª SÉRIES DA 1ª EMISSÃO DA LEIA ATENTAMENTE O TERMO DE SECURITIZAÇÃO, O FORMULÁRIO DE REFERÊNCIA E O PROSPECTO ANTES DE ACEITAR A OFERTA, EM ESPECIAL A SEÇÃO FATORES DE RISCO DO PROSPECTO. ANÚNCIO DE INÍCIO DA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA

Leia mais

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA UNIFICADA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA UNIFICADA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA Titulares de ações ordinárias de emissão da Amil Participações S.A. que residam fora do Brasil poderão participar da oferta objeto deste edital, desde que tais acionistas cumpram com todas as leis e regulamentos

Leia mais

AVISO AO MERCADO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DA 1ª EMISSÃO DO

AVISO AO MERCADO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DA 1ª EMISSÃO DO AVISO AO MERCADO DA OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE COTAS DA 1ª EMISSÃO DO MAIS SHOPPING LARGO 13 FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF nº 11.697.585/0001-67 O Banco Bradesco BBI S.A., instituição

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO, POR FIBRIA CELULOSE S.A., DE ARAPAR S.A. E DE SÃO TEÓFILO REPRESENTAÇÃO E PARTICIPAÇÕES S.A. FIBRIA CELULOSE S.A. (nova denominação social de Votorantim Celulose

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL 2012. BRASILFACTORS S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2013 www.fiduciario.com.br Página 1

RELATÓRIO ANUAL 2012. BRASILFACTORS S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples. Abril 2013 www.fiduciario.com.br Página 1 BRASILFACTORS S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples Abril 2013 www.fiduciario.com.br Página 1 ÍNDICE CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA... 3 CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES... 3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS... 6 ASSEMBLÉIAS

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO

OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA SUL AMÉRICA COMPANHIA NACIONAL DE SEGUROS Companhia Aberta - Código CVM 11010 CNPJ/MF 33.041.062/0001-09 NIRE 33.3.0001651-1 ISIN n.º BRSASGACNOR6

Leia mais

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340. GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 FATO RELEVANTE GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. ( Companhia ), em atendimento

Leia mais

MARISOL S.A. Companhia Aberta - CVM n 8486 CNPJ n 84.429.752/0001-62 NIRE 42300009351 REGULAMENTO DO PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

MARISOL S.A. Companhia Aberta - CVM n 8486 CNPJ n 84.429.752/0001-62 NIRE 42300009351 REGULAMENTO DO PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES MARISOL S.A. Companhia Aberta - CVM n 8486 CNPJ n 84.429.752/0001-62 NIRE 42300009351 REGULAMENTO DO PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente Regulamento estabelece as regras relativas ao Plano de

Leia mais

COMUNICADO AOS ACIONISTAS DA

COMUNICADO AOS ACIONISTAS DA COMUNICADO AOS ACIONISTAS DA PARMALAT BRASIL S/A INDÚSTRIA DE ALIMENTOS EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL Companhia Aberta CNPJ/MF 89.940.878/0001-10 por conta e ordem de LÁCTEOS DO BRASIL S.A. CNPJ/MF 07.174.914/0001-18

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA

INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA INSTRUMENTO PARTICULAR DE ESCRITURA DA QUARTA EMISSÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE SUBORDINADA, DA AUTOPISTA FLUMINENSE S.A. 19 de outubro de 2015 INSTRUMENTO PARTICULAR

Leia mais

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS E PREFERENCIAIS DE EMISSÃO DA

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS E PREFERENCIAIS DE EMISSÃO DA EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS E PREFERENCIAIS DE EMISSÃO DA PRONOR PETROQUÍMICA S.A. Companhia Aberta - Código CVM 9784 CNPJ/MF nº 13.552.070/0001-02 NIRE 293 000 090 16 BRPNORACNOR1

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 8 DE ABRIL DE 2004 1 - DATA E LOCAL: No

Leia mais

Sanesalto Saneamento S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.724.983/0001-34

Sanesalto Saneamento S.A. Companhia Aberta CNPJ nº 02.724.983/0001-34 ATA DA TERCEIRA ASSEMBLÉIA GERAL DE DEBENTURISTAS DA 2ª EMISSÃO DE DEBÊNTURES DE SANESALTO SANEAMENTO S.A., REALIZADA NO DIA 28 DE MAIO DE 2008 2ª Sessão. DATA, HORA E LOCAL: Realizada aos vinte e oito

Leia mais

Prospecto Definitivo de Distribuição Pública de Cotas da 1ª Emissão do. CNPJ/MF nº 15.769.670/0001-44. Coordenador Líder e Administrador

Prospecto Definitivo de Distribuição Pública de Cotas da 1ª Emissão do. CNPJ/MF nº 15.769.670/0001-44. Coordenador Líder e Administrador corretora de valores, desde 1953 Corretora de Títulos Mobiliários Prospecto Definitivo de Distribuição Pública de Cotas da 1ª Emissão do RIO BRAVO CRÉDITO IMOBILIÁRIO II FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO

Leia mais

Letras Financeiras - LF

Letras Financeiras - LF Renda Fixa Privada Letras Financeiras - LF Letra Financeira Captação de recursos de longo prazo com melhor rentabilidade O produto A Letra Financeira (LF) é um título de renda fixa emitido por instituições

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples ÍNDICE CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...3 CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES...3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS...5 ASSEMBLÉIAS DE DEBENTURISTAS...5

Leia mais

VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910

VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910 VULCABRAS AZALEIA S.A. Companhia Aberta CNPJ 50.926.955/0001-42 NIRE 35.300.014.910 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA A ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA DA VULCABRAS AZALEIA S. A. DE 31 DE JANEIRO DE 2011. O

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA SATIPEL INDUSTRIAL S.A.

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA SATIPEL INDUSTRIAL S.A. POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA SATIPEL INDUSTRIAL S.A. 1. Princípio Geral: Escopo 1.1 A POLÍTICA estabelece diretrizes e procedimentos a serem observados pela Companhia e pessoas

Leia mais

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA

FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DE COTAS DO FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RIO BRAVO RENDA CORPORATIVA MANUAL DE PROCEDIMENTOS OPERACIONAIS DA BM&FBOVESPA

Leia mais

PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA

PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da ANBIMA Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, as quais ainda

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA 5ª EMISSÃO DA BNDES PARTICIPAÇÕES S.A. BNDESPAR DE INVESTIDOR DE VAREJO

PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA 5ª EMISSÃO DA BNDES PARTICIPAÇÕES S.A. BNDESPAR DE INVESTIDOR DE VAREJO BNDES Participações S.A. BNDESPAR Conjunto 1, Bloco J, 12º e 13º andares, Setor Bancário Sul, Distrito Federal CNPJ/MF n.º 00.383.281/0001-09 Companhia Aberta PEDIDO DE RESERVA DE DEBÊNTURES SIMPLES DA

Leia mais

QUALICORP CORRETORA DE SEGUROS S.A. 2ª Emissão de Debêntures Simples

QUALICORP CORRETORA DE SEGUROS S.A. 2ª Emissão de Debêntures Simples QUALICORP CORRETORA DE SEGUROS S.A. 2ª Emissão de Debêntures Simples ÍNDICE CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...3 CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES...3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS...5 ASSEMBLÉIAS DE DEBENTURISTAS...5

Leia mais

SASCAR TECNOLOGIA E SEGURANÇA AUTOMOTIVA S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples

SASCAR TECNOLOGIA E SEGURANÇA AUTOMOTIVA S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples SASCAR TECNOLOGIA E SEGURANÇA AUTOMOTIVA S.A. 1ª Emissão de Debêntures Simples ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES... 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA... 3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS... 6 ASSEMBLÉIAS DE DEBENTURISTAS...

Leia mais

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. Companhia Aberta NIRE nº 35.300.329.520 CNPJ/MF nº 43.470.988/0001-65

EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. Companhia Aberta NIRE nº 35.300.329.520 CNPJ/MF nº 43.470.988/0001-65 EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. Companhia Aberta NIRE nº 35.300.329.520 CNPJ/MF nº 43.470.988/0001-65 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 13 DE janeiro DE 2011 1. DATA, HORA

Leia mais

R$ 2.000.000.000,00 (dois bilhões de reais)

R$ 2.000.000.000,00 (dois bilhões de reais) Prospecto Definitivo de Distribuição Pública das Quotas da Primeira Emissão do PÁTRIA REAL ESTATE III PRIVATE I - FUNDO DE INVESTIMENTO EM QUOTAS DE FUNDO DE INVESTIMENTO EM PARTICIPAÇÕES CNPJ/MF nº 18.563.785/0001-76

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES ANEXO I PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES B2W COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO CNPJ/MF nº 00.776.574/0001-56 NIRE 3330029074-5 1. Objetivos da Outorga de Opções 1.1. Os objetivos do Plano de Opção de Compra

Leia mais

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA CANCELAMENTO DE REGISTRO DA

EDITAL DE OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS PARA CANCELAMENTO DE REGISTRO DA Este Edital de oferta pública não está sendo direcionado e não será direcionado, direta ou indiretamente, a nenhum país diferente do Brasil e, em particular, aos Estados Unidos da América, nem tampouco

Leia mais

P R I M E I R O R E L A T Ó R I O

P R I M E I R O R E L A T Ó R I O C P F L G E R A Ç Ã O D E E N E R G I A S. A. CNPJ/MF nº. 03.953.509/0001-47 NIRE. 353.001.861-33 P R I M E I R O R E L A T Ó R I O DO A G E N T E F I D U C I Á R I O D O S D E B E N T U R I S T A S DA

Leia mais

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas)

Notas explicativas da Administração às demonstrações financeiras Em 31 de dezembro de 2014 e 2013 (Valores em R$, exceto o valor unitário das cotas) 1. Contexto operacional O CLUBE DE INVESTIMENTO COPACABANA ( Clube ) constituído por número limitado de cotistas que tem por objetivo a aplicação de recursos financeiros próprios para a constituição, em

Leia mais

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples

LOCALIZA RENT A CAR S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples LOCALIZA RENT A CAR S.A. 4ª Emissão de Debêntures Simples ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES... 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA... 3 DESTINAÇÃO DE RECURSOS... 6 ASSEMBLÉIAS DE DEBENTURISTAS... 6 POSIÇÃO

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DE LOJAS AMERICANAS S.A. REALIZADA EM 11 DE MARÇO DE 2014, ÀS 10:00 H. I.

Leia mais

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 168, DE 23 DE DEZEMBRO DE 1991, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 252/96.

TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 168, DE 23 DE DEZEMBRO DE 1991, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 252/96. TEXTO INTEGRAL DA INSTRUÇÃO CVM Nº 168, DE 23 DE DEZEMBRO DE 1991, COM AS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELA INSTRUÇÃO CVM Nº 252/96. Dispõe sobre operações sujeitas a procedimentos especiais nas Bolsas de Valores.

Leia mais

ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009

ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 ANEXO II À ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA S.A. REALIZADA EM 30 DE NOVEMBRO DE 2009 POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DE EMISSÃO DA JULIO SIMÕES LOGÍSTICA

Leia mais

XP CORPORATE MACAÉ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.802.320/0001-03 BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE COTAS. ISIN nº BRXPCMCTF009

XP CORPORATE MACAÉ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.802.320/0001-03 BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE COTAS. ISIN nº BRXPCMCTF009 XP CORPORATE MACAÉ FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.802.320/0001-03 BOLETIM DE SUBSCRIÇÃO DE COTAS ISIN nº BRXPCMCTF009 Nº [ ] 1. C A R A C T E R Í S T I C A S D A O F E R T A Oferta

Leia mais

R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais)

R$ 30.000.000,00 (trinta milhões de reais) PROSPECTO PRELIMINAR DE DISTRIBUIÇÃO PÚBLICA DAS QUOTAS DA PRIMEIRA EMISSÃO DO O presente Prospecto Preliminar está sujeito à complementação e correção. O Prospecto Definitivo será entregue aos investidores,

Leia mais

Diagnósticos da América S/A

Diagnósticos da América S/A Relatório da Diagnósticos da América S/A Instrução CVM 481/2009 1 Informações aos Acionistas em atendimento a Instrução CVM 481 de 17 de dezembro de 2009 Proposta da Administração Assembleia Geral Ordinária

Leia mais

(cem milhões de reais)

(cem milhões de reais) Prospecto Preliminar de Distribuição Pública de Cotas do FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO RB CAPITAL CRI I FII CNPJ/MF nº 17.319.127/0001-70 As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob

Leia mais

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) Código ISIN das COTAS: BRMFIICTF008 Código de Negociação na BM&FBOVESPA: MFII11

R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) Código ISIN das COTAS: BRMFIICTF008 Código de Negociação na BM&FBOVESPA: MFII11 AS INFORMAÇÕES CONTIDAS NESTE PROSPECTO PRELIMINAR ESTÃO SOB ANÁLISE DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS, A QUAL AINDA NÃO SE MANIFESTOU A SEU RESPEITO. O PRESENTE PROSPECTO PRELIMINAR ESTÁ SUJEITO A COMPLEMENTAÇÃO

Leia mais

DGB Logística Distribuição Geográfica do Brasil S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples t

DGB Logística Distribuição Geográfica do Brasil S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples t DGB Logística Distribuição Geográfica do Brasil S.A 1ª Emissão de Debêntures Simples t ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DAS DEBÊNTURES...3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA...3 ASSEMBLÉIAS DE DEBENTURISTAS...5 POSIÇÃO

Leia mais

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários

REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários REIT SECURITIZADORA DE RECEBÍVEIS IMOBILIÁRIOS S.A. (Prata Forte) 3º Série da 2ª Emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários ÍNDICE CARACTERÍSTICAS DOS CRI s... 3 CARACTERIZAÇÃO DA EMISSORA... 3

Leia mais

1 Aquisição que Gerou a Obrigação de Formular a OPA.

1 Aquisição que Gerou a Obrigação de Formular a OPA. OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS DE EMISSÃO DA EXCELSIOR ALIMENTOS S.A. SOB PROCEDIMENTO DIFERENCIADO AVISO RESUMIDO AOS ACIONISTAS DA EXCELSIOR ALIMENTOS S.A. SRS. CLOVIS LUIZ BAUMHARDT,

Leia mais

PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA

PROSPECTO PRELIMINAR DE OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA As informações contidas neste Prospecto Preliminar estão sob análise da ANBIMA Associação Brasileira de Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais e da Comissão de Valores Mobiliários, as quais ainda

Leia mais

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida

Apostila Mercado de Capitais Uninove. Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida Apostila Mercado de Capitais Uninove Parte VIII Os Títulos do Mercado de Capitais Os Títulos de Divida Titulos de Divida Debentures 2 O que são Debêntures? Debêntures são títulos emitidos por sociedades

Leia mais

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96 Edital de Oferta Pública para aquisição de ações ordinárias para cancelamento de registro de Companhia Aberta de BANRISUL S/A ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS CNPJ/MF 92.692.979/0001-24 por conta e ordem do

Leia mais

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL

IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL IC CLUBE DE INVESTIMENTO CNPJ n. 07.847.689/0001-33 ESTATUTO SOCIAL I - DENOMINAÇÃO E OBJETIVO Artigo 1 - O IC Clube de Investimento é constituído por número limitado de membros que têm por objetivo a

Leia mais