BANCO ABC BRASIL S.A. CNPJ/MF nº / Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS AUMENTO DE CAPITAL MEDIANTE SUBSCRIÇÃO PARTICULAR DE AÇÕES

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BANCO ABC BRASIL S.A. CNPJ/MF nº 28.195.667/0001-06 Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS AUMENTO DE CAPITAL MEDIANTE SUBSCRIÇÃO PARTICULAR DE AÇÕES"

Transcrição

1 BANCO ABC BRASIL S.A. CNPJ/MF nº / Companhia Aberta AVISO AOS ACIONISTAS AUMENTO DE CAPITAL MEDIANTE SUBSCRIÇÃO PARTICULAR DE AÇÕES Banco ABC Brasil S.A. ( Companhia ), vem a público comunicar aos Senhores Acionistas e ao Mercado que, em reunião do Conselho de Administração realizada em 27 de junho de 2016, foi aprovado o aumento do capital social dentro do limite autorizado da Companhia, no valor de até R$ ,00 (setenta e oito milhões, setecentos e cinquenta e um mil Reais) mediante emissão de até novas ações, sendo ações ordinárias e ações preferenciais, com a utilização de crédito dos juros sobre capital próprio deliberados nesta data ou em moeda corrente nacional. A emissão será feita através de subscrição particular, de acordo com os seguintes termos e condições: 1. Os acionistas poderão exercer o direito de preferência na subscrição de ações na proporção de 4, % sobre a posição acionária que possuírem em 30/06/2016, inclusive, no prazo iniciando-se em 01/07/2016 e terminando em 02/08/2016; 1.1. A data base da posição acionária que será considerada para o pagamento do JCP (dia 30/06/2016) será a mesma data base que será considerada para o direito de preferência na subscrição (dia 30/06/2016); 2. As ações adquiridas a partir de 01/07/2016, inclusive, não farão jus ao direito de preferência (negociação ex-subscrição); 3. Os acionistas participantes da custódia fungível da BM&FBOVESPA, cujas ações estejam depositadas na Central Depositária de Ativos, deverão exercer os respectivos direitos de preferência por meio de seus agentes de custódia e de acordo com as regras estipuladas pela própria Central Depositária de Ativos, obedecidos os prazos e condições estabelecidos neste Aviso aos Acionistas. 1

2 4. Para os acionistas com ações custodiadas no Itaú Unibanco S.A. (Custodiante), os boletins de subscrição estarão disponíveis nas agências especializadas no período de 01/07/2016 a 02/08/2016, sendo que uma via do boletim será enviada pelos Correios para aqueles com endereço atualizado nos registros do Custodiante; 5. Os endereços das agências especializadas podem ser consultados no site do Custodiante: ou pelo telefone (11) ; 6. O direito de preferência poderá ser livremente cedido a terceiros, nos termos do art. 171, 6º da Lei nº 6.404/76; 7. O preço de emissão por ação (ordinária e preferencial) é de R$ 9, fixado com base na média ponderada das cotações das ações preferenciais negociadas nos últimos 10 pregões, com aplicação de deságio de 20%. A utilização da cotação de mercado das ações preferenciais como critério para determinação do preço de emissão, tanto de ações preferenciais quanto das ações ordinárias, decorre do fato das ações ordinárias não serem negociadas em bolsa de valores. O deságio tem o propósito de incentivar os acionistas minoritários a participarem do aumento de capital; 8. A integralização das ações subscritas será no dia 10/08/2016, à vista ou com a utilização de crédito dos juros sobre capital próprio (líquido de IR) deliberados em reunião do Conselho de Administração realizada no dia 27/06/2016, devendo o acionista assinalar sua opção no Boletim de Subscrição; 9. Caso a subscrição alcance o limite mínimo de 65% (sessenta e cinco por cento) do valor total do aumento, o mesmo poderá ser homologado em nova reunião do Conselho de Administração. Nessa hipótese, as ações não subscritas (após o leilão em Bolsa de Valores) serão canceladas; 10. Na hipótese de haver sobras de ações não subscritas e a Companhia decidir pela homologação parcial do aumento de capital, conforme item 9 acima, os subscritores de ações emitidas no âmbito deste aumento de capital terão o direito de rever sua decisão em relação à subscrição de ações, na forma indicada em AVISO AOS ACIONISTAS a ser oportunamente divulgado Assim, tendo em vista a possibilidade de homologação parcial do aumento do capital social e visando assegurar que os acionistas que desejem participar do aumento possam, no momento do exercício do direito de subscrição, condicionar sua decisão de investimento às condições finais do aumento de capital, cada acionista poderá, no ato da subscrição condicionar a subscrição do aumento que lhe cabe (a) a que haja a subscrição do valor máximo do aumento ora aprovado; (b) a receber ações em número mínimo necessário para manter suas respectivas participações no capital social da Companhia; Os acionistas detentores de ações ordinárias e preferenciais que queiram fazer uso dos direitos previstos neste item 10 devem fazer tal opção mediante indicação em campo próprio do Boletim de Subscrição; 2

3 10.3. Os acionistas que optarem por reconsiderar sua decisão e tiverem subscrito ações em moeda corrente nacional receberão os valores por eles integralizados sem correção monetária; Presumir-se-á, na falta de manifestação expressa no Boletim de Subscrição, o interesse do acionista em manter a sua decisão de subscrição de forma integral; 11. O aumento de capital estará condicionado à homologação pelo Banco Central do Brasil, e será ratificado em assembleia geral de acionistas a ser realizada no futuro. As ações emitidas serão creditadas aos subscritores em até 4 (quatro) dias úteis após a homologação do aumento de capital pelo Banco Central do Brasil, o que será divulgado através de publicação de novo Aviso aos Acionistas; 12. As ações subscritas terão direito integral aos dividendos, juros sobre capital próprio e eventuais vantagens distribuídos a partir da data da homologação do aumento de capital pelo Conselho de Administração; 13. O aumento de capital tem por objetivo reforçar a capitalização da Companhia, diante das expectativas de crescimento do volume de operações de crédito, bem como o de manter os índices de liquidez em níveis elevados. Procedimentos relacionados às sobras: 1. Após o término do período para o exercício de preferência, no caso de sobra de ações, será aberto um período adicional de 5 (cinco) dias úteis para subscrição das mesmas, na forma de rateio entre os acionistas que houverem manifestado, no Boletim de Subscrição a intenção de participarem nas sobras, sendo certo que as participações nas sobras observarão a proporção da subscrição exercida em cada classe de ações; 2. A subscrição de sobras de ações será integralizada à vista, em moeda corrente nacional; 2.1. Os acionistas com ações custodiadas na Central Depositária BM&FBOVESPA, deverão exercer seus direitos de subscrição nas sobras junto aos respectivos Agentes de Custódia; 2.2. Para os acionistas com ações custodiadas no Itaú Unibanco S.A. (Custodiante), deverão exercer seus direitos de subscrição nas sobras junto às agências especializadas do Custodiante; 3. Na hipótese de ações remanescentes, não subscritas durante o período adicional mencionado no item anterior (sobras das sobras), estas ações remanescentes serão vendidas por meio de leilão a ser realizado na BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros, conforme disposto no art. 171, 7º, da Lei nº 6.404/76; 4. Alcançado o valor do limite mínimo do valor total do aumento (65%) as ações não subscritas (apuradas após o leilão em Bolsa de Valores) serão canceladas; 3

4 5. O valor apurado em leilão, que ultrapassar o valor da subscrição, será creditado à Companhia. Cronograma estimado: Período de subscrição: de 01/07/2016 a 02/08/2016 Pagamento de Juros sobre Capital Próprio referente aos 1º e 2º trimestres de 2016: 10/08/2016 (valor bruto por ação: R$ 0, ); Período adicional para subscrição de sobras: 15/08/2016 a 19/08/2016; Os recibos de subscrição serão negociáveis a partir de 11/08/2016; Reunião do Conselho de Administração para deliberar sobre a homologação do aumento de capital: data a ser definida. São Paulo, 27 de junho de Sérgio Lulia Jacob Diretor de Relações com Investidores 4

5 ANEXO 30-XXXII Comunicação sobre aumento de capital deliberado pelo Conselho de Administração em 27 de junho de ) Divulgar ao mercado o valor do aumento e do novo capital social: O valor do aumento de capital deliberado pelo Conselho de Administração será de, no máximo R$ ,00 (setenta e oito milhões, setecentos e cinquenta e um mil Reais), passando de R$ ,88 (dois bilhões, quarenta e três milhões, treze mil, novecentos e sessenta e quatro Reais e oitenta e oito centavos) para até R$ ,88 (dois bilhões, cento e vinte e um milhões, setecentos e sessenta e quatro mil, novecentos e sessenta e quatro Reais e oitenta e oito centavos). O montante mínimo do aumento de capital será de R$ ,00 (cinquenta e um milhões, cento e oitenta e oito mil, cento e cinquenta reais), passando de R$ ,88 (dois bilhões, quarenta e três milhões, treze mil, novecentos e sessenta e quatro Reais e oitenta e oito centavos) para até R$ ,88 (dois bilhões, noventa e quatro milhões, duzentos e dois mil, cento e catorze Reais e oitenta e oito centavos). 2.) Informar se o aumento será realizado mediante: i) conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações; ii) exercício de direito de subscrição ou de bônus de subscrição; iii) capitalização de lucros ou reservas; ou iv) subscrição de novas ações: ações. O aumento do capital social será realizado mediante subscrição privada de novas 3.) Explicar, pormenorizadamente, as razões do aumento e suas consequências jurídicas e econômicas e fornecer cópia do parecer do conselho fiscal, se aplicável. O aumento de capital tem por objetivo reforçar a capitalização da Companhia, diante das expectativas de crescimento do volume de operações de crédito, bem como manter os índices de liquidez da Companhia em níveis elevados. 5

6 4.) Em caso de aumento de capital mediante subscrição de ações: I descrever a destinação dos recursos: Os recursos deste aumento de capital serão destinados à manutenção dos índices de liquidez e de capitalização da Companhia, tendo em vista a expectativa de crescimento do volume de operações de crédito no médio e longo prazo. II informar o número de ações emitidas de cada espécie e classe: Serão emitidas, no máximo, novas ações nominativas, sendo ações ordinárias e ações preferenciais. Caso a subscrição alcance o limite mínimo de 65% do valor total do aumento e a Companhia decida pela homologação parcial, serão emitidas, no mínimo, novas ações nominativas, sendo ações ordinárias e ações preferenciais. emitidas: III descrever os direitos, vantagens e restrições atribuídos às ações a serem As ações a serem emitidas em razão deste aumento conferirão aos seus titulares direitos idênticos aos das ações atualmente existentes e terão participação integral em qualquer remuneração (dividendos e/ou juros sobre o capital próprio) declarados a partir da homologação do aumento de capital pelo Conselho de Administração. IV informar se partes relacionadas, tal como definidas pelas regras contábeis que tratam desse assunto, subscreverão ações no aumento de capital, especificando os respectivos montantes, quando esses montantes já forem conhecidos: A intenção do acionista controlador é no sentido de exercer o direito de preferência, subscrevendo ações até o limite estabelecido (4, % sobre a posição que possuir em 30/06/2016) bem como participar de eventuais sobras. V informar o preço de emissão das novas ações: O preço de emissão por ação (ordinária e preferencial) é de R$9,

7 VI informar o valor nominal das ações emitidas ou, em se tratando de ações sem valor nominal, a parcela do preço de emissão que será destinada à reserva de capital: As ações emitidas no âmbito do aumento de capital deliberado pelo Conselho de Administração não possuem valor nominal, sendo que o valor apurado será integralmente destinado ao capital social. VII fornecer opinião dos administradores sobre os efeitos do aumento de capital, sobretudo no que se refere à diluição provocada pelo aumento: Considerando tratar de uma subscrição particular, ocorrendo adesão de todos os acionistas, não haverá diluição. VIII informar o critério de cálculo do preço de emissão e justificar, pormenorizadamente, os aspectos econômicos que determinaram a sua escolha: O preço de emissão das novas ações foi fixado com base na média ponderada das cotações das ações preferenciais no mercado nos últimos 10 pregões, com aplicação de deságio de 20%. A utilização da cotação de mercado das ações preferenciais como critério para determinação do preço de emissão tanto de ações preferenciais quanto das ações ordinárias decorre do fato das ações ordinárias não serem negociadas em bolsa de valores. IX caso o preço de emissão tenha sido fixado com ágio ou deságio em relação ao valor de mercado, identificar a razão do ágio ou deságio e explicar como ele foi determinado: O preço de emissão foi fixado com base na média ponderada das cotações das ações preferenciais no mercado nos últimos 10 pregões com deságio de 20% e teve o propósito de incentivar os acionistas minoritários a participarem do aumento de capital. X fornecer cópia de todos os laudos e estudos que subsidiaram a fixação do preço de emissão; 7

8 Preço de Fechamento Volume de Ações Dias Preço x Volume Média Ponderada pelo Volume Deságio 20% MPV 14/06/ , , , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , /06/ , Fonte: Economática XI informar a cotação de cada uma das espécies e classes de ações do emissor nos mercados em que são negociadas, identificando: a) cotação mínima, média e máxima de cada ano, nos últimos 3 (três) anos; (até 27/jun/2016) Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 11,60 13,75 16,80 10,80 13,02 15,27 8,16 10,61 13,50 7,68 10,58 12,88 Fonte: Economática b) cotação mínima, média e máxima de cada trimestre, nos últimos 2 (dois) anos; 1T14 2T14 3T14 4T14 Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 10,80 11,76 12,65 12,50 13,18 13,90 12,50 13,77 15,27 12,50 13,32 14,24 1T15 2T15 3T15 4T15 Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 10,90 11,68 12,55 10,61 12,01 13,50 8,78 9,96 11,25 8,16 9,09 10,12 1T16 2T16 (até 27/jun/2016) Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 7,68 9,14 12,45 11,09 12,02 12,88 Fonte: Economática c) cotação mínima, média e máxima de cada mês, nos últimos 6 (seis) meses; e Dezembro 2015 Janeiro 2016 Fevereiro 2016 Março 2016 Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 8,16 8,83 9,40 7,68 7,88 8,13 8,10 8,50 8,85 9,00 10,78 12,45 Abril 2016 Maio 2016 Junho 2016 (até 27/jun/2016) Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima Mínima Média Máxima 11,35 11,79 12,22 11,09 12,21 12,88 11,80 12,07 12,46 Fonte: Economática d) cotação média nos últimos 90 (noventa) dias; Média: 12,03 (de 30/mar/2016 a 27/jun/2016) Fonte: Economática XII informar os preços de emissão de ações em aumentos de capital realizados nos últimos 3 (três) anos: Período Preço de Emissão º semestre R$ 9,

9 2015 2º semestre R$ 6, º semestre R$ 8, º semestre R$ 10, º semestre R$ 10, º semestre R$ 9, º semestre R$ 10, XIII apresentar o percentual de diluição potencial resultante da emissão: O percentual de diluição potencial resultante da emissão é de 4, %, tendo sido excluídas do cálculo ações de emissão própria que se encontram em tesouraria. XIV informar os prazos, condições e forma de subscrição e integralização das ações emitidas; Os acionistas que constarem nos registros da Companhia no dia 30/06/2016 poderão exercer seu direito de preferência na subscrição de ações ordinárias e/ou preferenciais, conforme o caso. O prazo para subscrições iniciar-se-á dia 1 de julho de 2016 e findarse-á no dia 2 de agosto de 2016 para os acionistas com ações custodiadas no Itaú Unibanco S.A. Os acionistas participantes da custódia fungível da BM&FBOVESPA, cujas ações estejam depositadas na Central Depositária de Ativos, deverão exercer os respectivos direitos de preferência por meio de seus agentes de custódia e de acordo com as regras estipuladas pela própria Central Depositária de Ativos, obedecidos os prazos e condições estabelecidos no AVISO AOS ACIONISTAS. A integralização das ações subscritas poderá ser feita em moeda corrente nacional ou mediante utilização do crédito (líquido de IR) relativo aos juros sobre capital próprio declarados na Reunião do Conselho de Administração realizada no dia 27/06/2016, os quais serão pagos após o prazo de subscrições, devendo os acionistas que assim desejarem informar sua opção pela utilização dos juros sobre capital próprio no respectivo boletim de subscrição. Transcorrido o prazo de subscrições e havendo eventuais sobras, essas serão rateadas entre os acionistas que houverem manifestado no boletim de subscrição intenção de participar das mesmas, proporcionalmente às respectivas subscrições no aumento de capital; XV informar se os acionistas terão direito de preferência para subscrever as novas ações emitidas e detalhar os termos e condições a que está sujeito esse direito; Cada acionista poderá subscrever 4, % sobre a posição acionária que possuir, na respectiva classe (ordinária e preferencial), em 30 de junho de 2016, ressalvada a possibilidade de subscrição de sobras. Os acionistas exercerão o direito de preferência na subscrição privada de ações na mesma proporção e espécie das respectivas 9

10 participações no capital social sendo que tal direito de preferência poderá ser livremente cedido, nos termos do art. 171, 6º da Lei nº 6.404/76. sobras: XVI informar a proposta da administração para o tratamento de eventuais Transcorrido o prazo de subscrições e havendo eventuais sobras, essas serão rateadas entre os acionistas que houverem manifestado no boletim de subscrição intenção de participar das mesmas, proporcionalmente às respectivas subscrições no aumento de capital. O período adicional para subscrição de sobras compreenderá o intervalo de 15 de agosto de 2016 a 19 de agosto de 2016, período no qual as sobras deverão ser subscritas em moeda corrente nacional. Havendo sobras após o rateio encerrado dia 19 de agosto de 2016, essas sobras serão vendidas em Bolsa, em benefício da Companhia, na forma da lei. XVII descrever, pormenorizadamente, os procedimentos que serão adotados, caso haja previsão de homologação parcial do aumento de capital: Caso a subscrição alcance o limite mínimo de 65% (sessenta e cinco por cento) do valor total do aumento, o mesmo poderá ser homologado em nova reunião do Conselho de Administração. Nessa hipótese as ações não subscritas (após o leilão em bolsa) serão canceladas. Na hipótese de haver sobras de ações não subscritas e a Companhia decidir pela homologação parcial do aumento de capital, os subscritores de ações emitidas no âmbito deste aumento de capital terão o direito de rever sua decisão em relação à subscrição de ações. Os acionistas detentores de ações ordinárias e preferenciais que queiram fazer uso dos direitos previstos neste item devem fazer tal opção mediante indicação em campo próprio do boletim de subscrição. Oportunamente A Companhia irá divulgar novo Aviso aos Acionistas informando o prazo para que os subscritores revejam sua decisão, bem como o prazo para devolução dos valores. XVIII caso o preço de emissão das ações possa ser, total ou parcialmente, realizado em bens: a) apresentar descrição completa dos bens que serão aceitos; b) esclarecer qual a relação entre os bens e o seu objeto social; e c) fornecer cópia do laudo de avaliação dos bens, caso esteja disponível. Não aplicável. 5.) Em caso de aumento de capital mediante capitalização de lucros ou reservas, o emissor deve: 10

11 I informar se implicará alteração do valor nominal das ações, caso existente, ou distribuição de novas ações entre os acionistas; II informar se a capitalização de lucros ou reservas será efetivada com ou sem modificação do número de ações, nas companhias com ações sem valor nominal; III em caso de distribuição de novas ações: a) informar o número de ações emitidas de cada espécie e classe; b) informar o percentual que os acionistas receberão em ações; emitidas; c) descrever os direitos, vantagens e restrições atribuídos às ações a serem d) informar o custo de aquisição, em reais por ação, a ser atribuído para que os acionistas possam atender ao art. 10 da Lei 9.249, de 26 de dezembro de 1995; e e) informar o tratamento das frações, se for o caso; IV informar o prazo previsto no 3º do art. 169 da Lei 6.404, de 1976; e V informar e fornecer as informações e documentos previstos no art. 2º acima, quando cabível. Não aplicável neste aumento de capital. 6.) Em caso de aumento de capital por conversão de debêntures ou outros títulos de dívida em ações ou por exercício de bônus de subscrição, o emissor deve: I informar o número de ações emitidas de cada espécie e classe; e; II descrever os direitos, vantagens e restrições atribuídos às ações a serem emitidas. Não aplicável. 11

COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS

COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS COSAN LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 COMPANHIA ABERTA AVISO AOS ACIONISTAS COSAN LOGÍSTICA S.A. ( Companhia ), em continuidade ao Fato Relevante de 28 de abril de 2016

Leia mais

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/2009 2014 (R$) 949.176.907,56

ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/2009 2014 (R$) 949.176.907,56 ANEXO II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO ANEXO 9-1-II DA INSTRUÇÃO CVM Nº. 481/2009 1. Informar o lucro líquido do exercício. 949.176.907,56 2. Informar o montante global e o valor por ação dos dividendos,

Leia mais

AVISO AOS ACIONISTAS

AVISO AOS ACIONISTAS AVISO AOS ACIONISTAS ALIANSCE SHOPPING CENTERS (ALSC3) COMUNICA O AUMENTO DE CAPITAL SOCIAL CONFORME DELIBERADO EM REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO DIA 27 DE ABRIL DE 2015 Rio de Janeiro, 28 de

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF n.º 64.571.414/0001-64 NIRE 35.300.338.421 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos do artigo 157, parágrafo 4º da Lei n.º 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme

Leia mais

MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3)

MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3) MARFRIG GLOBAL FOODS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF Nº 03.853.896/0001-40 (BM&FBOVESPA: MRFG3) COMUNICADO SOBRE O AUMENTO DE CAPITAL SOCIAL DA COMPANHIA APROVADO PELO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM 05 DE

Leia mais

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS

GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS GOL LINHAS AÉREAS INTELIGENTES S.A. (Companhia Aberta) C.N.P.J. n.º 06.164.253/0001-87 N.I.R.E. 35.300.314.441 AVISO AOS ACIONISTAS Nos termos da Instrução CVM nº 358/02, conforme alterada, a Gol Linhas

Leia mais

REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO REDE ENERGIA S.A. CNPJ/MF nº 61.584.140/0001-49 NIRE 35.300.029.780 Companhia Aberta São Paulo, 15 de junho de 2011. PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Assembléia Geral Extraordinária a realizar-se em 30/06/2011

Leia mais

FATO RELEVANTE COMBINAÇÃO DA BM&FBOVESPA BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS E DA CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS

FATO RELEVANTE COMBINAÇÃO DA BM&FBOVESPA BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS E DA CETIP S.A. MERCADOS ORGANIZADOS BM&FBOVESPA S.A. Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros CETIP S.A. Mercados Organizados CNPJ nº 09.346.601/0001-25 CNPJ nº 09.358.105/0001-91 NIRE 35.300.351.452 NIRE 33.300.285.601 Companhia Aberta Companhia

Leia mais

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO

CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CSHG REAL ESTATE FUNDO DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO FII CNPJ/MF n 09.072.017/0001-29 Código Cadastro CVM 122-8 AVISO AO MERCADO CREDIT SUISSE HEDGING-GRIFFO CORRETORA DE VALORES S.A., sociedade por ações

Leia mais

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta

COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN S.A. INDÚSTRIA E COMÉRCIO CNPJ nº 50.746.577/0001-15 NIRE 35.300.177.045 Companhia Aberta COSAN LOGISTICA S.A. CNPJ/MF 17.346.997/0001-39 NIRE 35.300.447.581 Companhia Aberta FATO RELEVANTE A COSAN

Leia mais

PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008

PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008 PEDIDO DE RESERVA CÓDIGO ISIN Nº BRVRTACTF008 Condicionado Não Condicionado Pedido de Reserva ( Pedido de Reserva ou Pedido ) relativo à oferta pública de distribuição de até 434.783 (quatrocentas e trinta

Leia mais

NATURA COSMÉTICOS S.A.

NATURA COSMÉTICOS S.A. NATURA COSMÉTICOS S.A. CNPJ/MF n.º 71.673.990/0001-77 Companhia Aberta NIRE 35.300.143.183 Capital Subscrito e Integralizado: R$ 233.862.055,13 428.193.460 ações ON Capital Autorizado: até 14.117.070 ações

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA

LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA LOJAS AMERICANAS S.A. CNPJ/MF n 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817-0 COMPANHIA ABERTA Senhores Acionistas, Apresentamos, a seguir, a proposta da administração acerca das matérias constantes da ordem do

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96. SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 33.014.556/0001-96 SUBMARINO S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n.º 02.930.076/0001-41 FATO RELEVANTE LOJAS AMERICANAS S.A. ( Lojas Americanas ) e SUBMARINO

Leia mais

PLANO PARA OUTORGA DE OPÇÕES DE AÇÕES (aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária de 31.07.2003)

PLANO PARA OUTORGA DE OPÇÕES DE AÇÕES (aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária de 31.07.2003) CNPJ nº 13.788.120/0001-47 ELEKEIROZ S.A. Companhia Aberta PLANO PARA OUTORGA DE OPÇÕES DE AÇÕES (aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária de 31.07.2003) 1. OBJETIVO E DIRETRIZES DO PLANO A Elekeiroz

Leia mais

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96

CNPJ/MF 92.692.979/0001-24. por conta e ordem do BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S/A - BANRISUL CNPJ/MF 92.702.067.0001/96 Edital de Oferta Pública para aquisição de ações ordinárias para cancelamento de registro de Companhia Aberta de BANRISUL S/A ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIOS CNPJ/MF 92.692.979/0001-24 por conta e ordem do

Leia mais

MANUAL DOS ACIONISTAS

MANUAL DOS ACIONISTAS CIELO S.A. CNPJ/MF nº 01.425.787/0001-04 NIRE 35.300.147.073 Companhia Aberta de Capital Autorizado MANUAL DOS ACIONISTAS PROPOSTA DE DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO (ANEXO 9-11-II DA INST. CVM 481) PROPOSTA

Leia mais

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0

LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 LOJAS AMERICANAS S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF. 33.014.556/0001-96 NIRE 3330002817.0 Ata da Reunião do Conselho de Administração de Lojas Americanas S.A. ( Companhia ), realizada em 29 de março de 2016,

Leia mais

PLANO DE OPÇÕES DE COMPRA DE AÇÕES DA WEG S.A.

PLANO DE OPÇÕES DE COMPRA DE AÇÕES DA WEG S.A. PLANO DE OPÇÕES DE COMPRA DE AÇÕES DA WEG S.A. 1. OBJETIVO DO PLANO O Plano de Opções de Compra de Ações ( Plano ) tem por objetivo a outorga de Opções de compra de ações de emissão da WEG S.A. ( Companhia

Leia mais

ANEXO II DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

ANEXO II DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES ANEXO II DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente regulamento estabelece as regras do Plano de Opção de Compra de Ações ("Plano") da DIAGNÓSTICOS DA AMÉRICA S.A. ("Companhia"),

Leia mais

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.

GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340. GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. Companhia Aberta de Capital Autorizado (Categoria A ) CNPJ/MF nº 08.764.621/0001-53 NIRE 35.300.340.833 FATO RELEVANTE GENERAL SHOPPING BRASIL S.A. ( Companhia ), em atendimento

Leia mais

Política de Divulgação de Atos ou Fatos Relevantes da Quality Software S.A. ( Política de Divulgação )

Política de Divulgação de Atos ou Fatos Relevantes da Quality Software S.A. ( Política de Divulgação ) Política de Divulgação de Atos ou Fatos Relevantes da Quality Software S.A. ( Política de Divulgação ) Versão: 1.0, 08/03/2013 Fatos Relevantes v 1.docx 1. INTRODUÇÃO E OBJETIVO... 3 2. PESSOAS SUJEITAS

Leia mais

TARPON INVESTIMENTOS S.A. CNPJ/MF Nº 05.341.549/0001-63 NIRE 35.300.314.611

TARPON INVESTIMENTOS S.A. CNPJ/MF Nº 05.341.549/0001-63 NIRE 35.300.314.611 TARPON INVESTIMENTOS S.A. CNPJ/MF Nº 05.341.549/0001-63 NIRE 35.300.314.611 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 25 DE MAIO DE 2016 Data, hora e local: 25 de maio de 2016, às 17h, na

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL. Parágrafo 3 Poderão ser emitidas ações preferenciais até 2/3 (dois terços) do total de ações.

ESTATUTO SOCIAL. Parágrafo 3 Poderão ser emitidas ações preferenciais até 2/3 (dois terços) do total de ações. ESTATUTO SOCIAL Pettenati S/A Indústria Têxtil Atualizado até 29/10/2010 ESTATUTO SOCIAL I Denominação, sede, objeto e duração da sociedade Art. 1º - A sociedade terá por denominação social Pettenati S/A

Leia mais

O P R E S I D E N T E D A R E P Ú B L I C A Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

O P R E S I D E N T E D A R E P Ú B L I C A Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI N o 11.306, DE 16 DE MAIO DE 2006 Estima a receita e fixa a despesa da União para o exercício financeiro de 2006. O P R E S I D E N T E D A R E P Ú B L I C A Faço saber que o Congresso Nacional decreta

Leia mais

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO

GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO GÁVEA FUNDO DE FUNDOS DE INVESTIMENTO IMOBILIÁRIO - FII CNPJ/MF nº 16.875.388/0001-04 PROPOSTA DO ADMINISTRADOR PARA A 2ª EMISSÃO DE COTAS DO FUNDO Aos Quotistas do Fundo Prezado(a)(s) Senhor(a)(es), BEM

Leia mais

TEREOS INTERNACIONAL S.A. NIRE 35.300.380.592 CNPJ/MF nº 11.566.501/0001-56 Companhia de Capital Autorizado

TEREOS INTERNACIONAL S.A. NIRE 35.300.380.592 CNPJ/MF nº 11.566.501/0001-56 Companhia de Capital Autorizado TEREOS INTERNACIONAL S.A. NIRE 35.300.380.592 CNPJ/MF nº 11.566.501/0001-56 Companhia de Capital Autorizado Ata de Assembléia Geral Extraordinária realizada em 24 de junho de 2010 DATA, HORA E LOCAL: 24

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DE EMISSÃO DA VIA VAREJO S.A.

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DE EMISSÃO DA VIA VAREJO S.A. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DE EMISSÃO DA VIA VAREJO S.A. 1 ÍNDICE 1 OBJETIVOS... 3 2 PARTICIPANTES... 3 3 ADMINISTRAÇÃO DO PLANO... 3 4 AÇÕES OBJETO DESTE PLANO... 5 5 OUTORGA DA OPÇÃO... 5 6 EXERCÍCIO

Leia mais

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE

BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. FATO RELEVANTE BRASKEM S.A. ( Braskem ) e POLIALDEN PETROQUÍMICA S.A. ( Polialden ), em atendimento ao disposto nas Instruções CVM nºs 319/99 e 358/02, vêm informar

Leia mais

VIX LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 32.681.371/0001-72 NIRE: 32.300.029.612 (Companhia Aberta de Capital Autorizado)

VIX LOGÍSTICA S.A. CNPJ/MF nº 32.681.371/0001-72 NIRE: 32.300.029.612 (Companhia Aberta de Capital Autorizado) POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DA VIX LOGÍSTICA S.A. 1. OBJETIVOS E ABRANGÊNCIA 1.1. O objetivo da presente Política de Negociação é esclarecer as regras que deverão ser observadas pelos

Leia mais

BANCO CENTRAL DO BRASIL MANUAL DE OFERTA AOS EMPREGADOS

BANCO CENTRAL DO BRASIL MANUAL DE OFERTA AOS EMPREGADOS ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DEFINIÇÕES E ABREVIAÇÕES... 3 3. QUEM PODE ADQUIRIR AÇÕES DO BEP?... 4 4. COMO O BEP SERÁ VENDIDO?... 4 5. QUE VANTAGENS OS EMPREGADOS PODEM TER AO ADQUIRIR AÇÕES DA EMPRESA?...

Leia mais

OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS POR ALIENAÇÃO DE CONTROLE DE EMISSÃO DA

OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS POR ALIENAÇÃO DE CONTROLE DE EMISSÃO DA 1 OFERTA PÚBLICA DE AQUISIÇÃO DE AÇÕES ORDINÁRIAS POR ALIENAÇÃO DE CONTROLE DE EMISSÃO DA BUETTNER S/A INDÚSTRIA E COMÉRCIO EM RECUPERAÇÃO JUDICIAL Cia. Aberta em Recuperação Judicial - Brusque/SC CNPJ/MF

Leia mais

I - o modelo de gestão a ser adotado e, se for o caso, os critérios para a contratação de pessoas jurídicas autorizadas ou credenciadas nos termos da

I - o modelo de gestão a ser adotado e, se for o caso, os critérios para a contratação de pessoas jurídicas autorizadas ou credenciadas nos termos da RESOLUCAO 3.506 Dispõe sobre as aplicações dos recursos dos regimes próprios de previdência social instituídos pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES - REGULAMENTO

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES - REGULAMENTO PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES - REGULAMENTO 1. Conceito: Este Plano consiste na outorga de opções de compra ou subscrição de ações aos executivos da MARCOPOLO S.A. e de suas

Leia mais

Resolução nº 106, de 11 de dezembro de 1968 1

Resolução nº 106, de 11 de dezembro de 1968 1 RESOLUÇÃO Nº 106 O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma da deliberação do Conselho Monetário Nacional, em sessão de 10.12.1968, e de acordo com o disposto nos arts. 59, da Lei nº 4.728, de 14 de julho de

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA NATURA COSMÉTICOS S.A. ANO CALENDÁRIO DE 2010

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA OU SUBSCRIÇÃO DE AÇÕES DA NATURA COSMÉTICOS S.A. ANO CALENDÁRIO DE 2010 INTRODUÇÃO O presente instrumento foi elaborado com o objetivo de formalizar o Plano, para o ano de 2010, de outorga de opção de compra ou subscrição de ações ordinárias da NATURA COSMÉTICOS S.A., doravante

Leia mais

INSTRUÇÃO CVM Nº 476, DE 16 DE JANEIRO DE 2009.

INSTRUÇÃO CVM Nº 476, DE 16 DE JANEIRO DE 2009. INSTRUÇÃO CVM Nº 476, DE 16 DE JANEIRO DE 2009. Dispõe sobre as ofertas públicas de valores mobiliários distribuídas com esforços restritos e a negociação desses valores mobiliários nos mercados regulamentados.

Leia mais

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A.

PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. PROPOSTA DA DIRETORIA PARA AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL DA FERROVIA CENTRO-ATLÂNTICA S.A. Senhores Conselheiros, Esta Diretoria, visando a restabelecer a estrutura de capital da Ferrovia Centro-Atlântica

Leia mais

ÍNDICE. Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES

ÍNDICE. Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO Definições... 5 Resumo das Características da Oferta... 7 2. INFORMAÇÕES SOBRE OS ADMINISTRADORES, CONSULTORES E AUDITORES Administradores da Emissora... 13 Coordenador Líder... 13

Leia mais

CNPJ nº 78.876.950/0001-71 NIRE nº 42300020401 Companhia Aberta de Capital Autorizado

CNPJ nº 78.876.950/0001-71 NIRE nº 42300020401 Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ nº 78.876.950/0001-71 NIRE nº 42300020401 Companhia Aberta de Capital Autorizado ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA REALIZADA EM 10 DE ABRIL DE 2008 (Lavrada sob a forma sumária, conforme

Leia mais

Renda Fixa Debêntures. Renda Fixa. Debênture

Renda Fixa Debêntures. Renda Fixa. Debênture Renda Fixa Debênture O produto A debênture é um investimento em renda fixa. Trata-se de um título de dívida que gera um direito de crédito ao investidor. Ou seja, o mesmo terá direito a receber uma remuneração

Leia mais

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O

MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais E S T A T U T O MERCANTIL DO BRASIL FINANCEIRA S.A. CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTOS Sede: Belo Horizonte Minas Gerais CAPÍTULO I Denominação, Sede, Objeto e Prazo E S T A T U T O Art. 1º - A Mercantil do Brasil

Leia mais

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO

MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO MANUAL PARA REGISTRO DE CERTIFICADO DE DEPÓSITO DE VALORES MOBILIÁRIOS - BDR NÍVEL I NÃO PATROCINADO Artigo 1º. Para registro do Certificado de Depósito de Valores Mobiliários - BDR Nível I Não Patrocinado

Leia mais

Principais alterações na Lei das Sociedades por Ações introduzidas pela Lei nº 12.431, de 27 de junho de 2011

Principais alterações na Lei das Sociedades por Ações introduzidas pela Lei nº 12.431, de 27 de junho de 2011 Setembro de 2011 Ano 02 nº 011 Principais alterações na Lei das Sociedades por Ações introduzidas pela Lei nº 12.431, de 27 de junho de 2011 Em 27 de junho de 2011, o Congresso Nacional publicou a Lei

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. CNPJ/MF: 17.314.329/0001-20 NIRE: 3530048875-0

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. CNPJ/MF: 17.314.329/0001-20 NIRE: 3530048875-0 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA INTERNATIONAL MEAL COMPANY ALIMENTAÇÃO S.A. CNPJ/MF: 17.314.329/0001-20 NIRE: 3530048875-0 CLÁUSULA 1. OBJETIVO DA OUTORGA DE OPÇÕES 1.1 O objetivo do Plano de Opção

Leia mais

ODONTOPREV S.A. CNPJ/MF N.º 58.119.199/0001-51 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

ODONTOPREV S.A. CNPJ/MF N.º 58.119.199/0001-51 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES ODONTOPREV S.A. CNPJ/MF N.º 58.119.199/0001-51 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente Plano de Opção de Compra de Ações de Odontoprev S.A. ( Companhia ), aprovado pela Assembléia Geral Ordinária

Leia mais

Documento II da Ata da Assembléia Geral Extraordinária realizada em 13 de junho de 2008. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

Documento II da Ata da Assembléia Geral Extraordinária realizada em 13 de junho de 2008. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES Documento II da Ata da Assembléia Geral Extraordinária realizada em 13 de junho de 2008. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES 1. Objetivo do Plano 1.1. O objetivo do Plano de Opção de Compra de Ações da ESTÁCIO

Leia mais

Letra Financeira - LF

Letra Financeira - LF Renda Fixa Letra Financeira - LF Letra Financeira O produto A Letra Financeira (LF) é um título de renda fixa emitido por instituições financeiras com a finalidade de captar recursos de longo prazo. Tem

Leia mais

BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 08.613.550/0001-98 NIRE 33.3.0028096-1 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 08.613.550/0001-98 NIRE 33.3.0028096-1 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES BRASIL BROKERS PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 08.613.550/0001-98 NIRE 33.3.0028096-1 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES 1. Objetivo da Outorga de Opções 1.1. O Plano de Opção de Compra de Ações da Brasil

Leia mais

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta

TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta TELE NORTE CELULAR PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ: 02.558.154/0001-29 NIRE 3130002551-9 Companhia Aberta Assembleia Geral Extraordinária Realizada em 9 de março de 2009 1. Data, Hora e Local. Realizada, em primeira

Leia mais

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta)

VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) VIVER INCORPORADORA E CONSTRUTORA S.A. CNPJ/MF N.º 67.571.414/0001-41 NIRE 35.300.338.421 (Companhia Aberta) ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 19 DE MAIO DE 2011 1. DATA, HORA E

Leia mais

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ÍNDICE

MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ÍNDICE 2 / 14 MANUAL DE NORMAS CCI CÉDULA DE CRÉDITO IMOBILIÁRIO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DAS ATIVIDADES DISPONIBILIZADAS PELA CETIP _6 CAPÍTULO

Leia mais

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO

PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO PROPOSTA DA ADMINISTRAÇÃO Senhores Acionistas, A Administração da Brasil Insurance Participações e Administração S.A., nos termos do que dispõem a legislação pertinente e o Estatuto Social, e objetivando

Leia mais

Anexo I ao PRD Programa de Reinvestimento de Dividendos

Anexo I ao PRD Programa de Reinvestimento de Dividendos Anexo I ao PRD Programa de Reinvestimento de Dividendos Restrições aos Signatários das Políticas de Negociação do Itaú Unibanco e/ou da Itaúsa Os signatários das Políticas de Negociação do Itaú Unibanco

Leia mais

FATO RELEVANTE/AVISO AOS ACIONISTAS

FATO RELEVANTE/AVISO AOS ACIONISTAS TELE NORTE LESTE PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 02.558.134/0001-58 NIRE 33.3.0026253-9 COARI PARTICIPAÇÕES S.A. CNPJ/MF nº 04.030.087/0001-09 NIRE 33.3.0027761-7 TELEMAR NORTE LESTE S.A. CNPJ/MF nº 33.000.118/0001-79

Leia mais

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo:

O presente instrumento particular é firmado pelos Diretores das sociedades abaixo: PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DA S.R.J.S.P.E. EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES LTDA.; CARE PLUS DENTAL LTDA.; e BIODENT ASSISTÊNCIA ODONTOLÓGICA S.A. PELA ODONTOPREV S.A. O presente instrumento

Leia mais

MANUAL DE NORMAS FORMADOR DE MERCADO

MANUAL DE NORMAS FORMADOR DE MERCADO MANUAL DE NORMAS FORMADOR DE MERCADO VERSÃO: 01/7/2008 2/10 MANUAL DE NORMAS FORMADOR DE MERCADO ÍNDICE CAPÍTULO PRIMEIRO DO OBJETIVO 3 CAPÍTULO SEGUNDO DAS DEFINIÇÕES 3 CAPÍTULO TERCEIRO DO CREDENCIAMENTO

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES. (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013)

PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES. (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013) PLANO DE OPÇÃO DE AÇÕES (aprovado na Assembléia Geral Extraordinária da SER EDUCACIONAL S.A. realizada em 12 de agosto de 2013) 1. OBJETIVOS DO PLANO O Plano de Opção de Ações ( Plano ) tem por objeto

Leia mais

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO "NOVO LEBLON"

ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO NOVO LEBLON ESTATUTO SOCIAL DO CLUBE DE INVESTIMENTO "NOVO LEBLON" I - Denominação e Objetivo ARTIGO 1º - O Clube de Investimento Novo Leblon, doravante designado Clube é constituído por número limitado de membros

Leia mais

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS COMPANHIA ABERTA. C.N.P.J./M.F. n.º: 61.856.571/0001-17 N.I.R.E.: 35.300.045.611

COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS COMPANHIA ABERTA. C.N.P.J./M.F. n.º: 61.856.571/0001-17 N.I.R.E.: 35.300.045.611 COMPANHIA DE GÁS DE SÃO PAULO COMGÁS COMPANHIA ABERTA C.N.P.J./M.F. n.º: 61.856.571/0001-17 N.I.R.E.: 35.300.045.611 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Ao quinto dia do mês de março do ano de

Leia mais

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO DA COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO

POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO DA COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO POLÍTICA DE DIVULGAÇÃO E USO DE INFORMAÇÕES RELEVANTES E PRESERVAÇÃO DE SIGILO DA COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO Aprovada em Reunião do Conselho de Administração da Companhia realizada em 29 de agosto

Leia mais

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO

CAPÍTULO III - DA COMPOSIÇÃO E DIVERSIFICAÇÃO DA CARTEIRA DO FUNDO CAPÍTULO I - DO FUNDO Artigo 1º O CAIXA FUNDO MÚTUO DE PRIVATIZAÇÃO FGTS PETROBRAS IV CAIXA FMP FGTS PETROBRAS IV, doravante designado, abreviadamente, FUNDO, é uma comunhão de recursos, constituído sob

Leia mais

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56

COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 COMPANHIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO COMPANHIA ABERTA DE CAPITAL AUTORIZADO CNPJ/MF n.º 47.508.411/0001-56 ATA DA ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 8 DE ABRIL DE 2004 1 - DATA E LOCAL: No

Leia mais

MATERIAL PUBLICITÁRIO

MATERIAL PUBLICITÁRIO OFERTA PÚBLICA DE DISTRIBUIÇÃO DE DEBÊNTURES SIMPLES, NÃO CONVERSÍVEIS EM AÇÕES, DA ESPÉCIE QUIROGRAFÁRIA, EM ATÉ QUATRO SÉRIES, DA QUARTA EMISSÃO DA EDP ENERGIAS DO BRASIL S.A. EDP ENERGIAS DO BRASIL

Leia mais

TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 28 DE SETEMBRO DE 2015

TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 28 DE SETEMBRO DE 2015 TOTVS S.A. CNPJ/MF nº 53.113.791/0001-22 NIRE 35.300.153.171 ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 28 DE SETEMBRO DE 2015 1. - DATA, HORA E LOCAL DA REUNIÃO: Realizada no dia 28 de setembro

Leia mais

Caderno de Debêntures

Caderno de Debêntures Caderno de Debêntures CSMG16 Cia de Saneamento de M. Gerais COPASA MG Valor Nominal na Emissão: R$1.000.000,00 Quantidade Emitida: 200 Emissão: 15/02/2012 Vencimento: 15/02/2017 Classe: Não Conversível

Leia mais

MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA

MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA MAGAZINE LUIZA S.A. Companhia Aberta CNPJ/MF n 47.960.950/0001-21 NIRE 35.300.104.811 MANUAL DA ADMINISTRAÇÃO PARA ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E EXTRAORDINÁRIA DE 2015 DO MAGAZINE LUIZA S.A. DATA: 27 DE

Leia mais

BRASILAGRO COMPANHIA BRASILEIRA DE PROPRIEDADES AGRÍCOLAS Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n.º 07.628.528/0001-59 NIRE 35.300.326.

BRASILAGRO COMPANHIA BRASILEIRA DE PROPRIEDADES AGRÍCOLAS Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n.º 07.628.528/0001-59 NIRE 35.300.326. BRASILAGRO COMPANHIA BRASILEIRA DE PROPRIEDADES AGRÍCOLAS Companhia Aberta de Capital Autorizado CNPJ/MF n.º 07.628.528/0001-59 NIRE 35.300.326.237 ATA DA 89ª REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA

Leia mais

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO

SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL CNPJ 03.564.825/0001-27 CAPÍTULO I - DO FUNDO 1. O SICREDI FAPI - FUNDO DE APOSENTADORIA PROGRAMADA INDIVIDUAL, doravante designado FUNDO, constituído

Leia mais

Renda Fixa. Letra Financeira

Renda Fixa. Letra Financeira Renda Fixa Letra Financeira Captação de recursos no longo prazo com as melhores rentabilidades O produto A (LF) é um título de renda fixa, emitido por instituições financeiras com a finalidade de captar

Leia mais

ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO

ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO ALPARGATAS S.A. Companhia Aberta ESTATUTO SOCIAL CAPÍTULO I - DENOMINAÇÃO, SEDE, DURAÇÃO E OBJETO Artigo 1º - A ALPARGATAS S.A., constituída em 3 de abril de 1907, é uma sociedade anônima que se rege pelo

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente plano de opção de compra de ações ( Plano ) da Cia. Hering ( Companhia ), foi aprovado na Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em 10 de abril

Leia mais

CIRCULAR N 3.084. Documento normativo revogado pela Circular nº 3.432, de 3/2/2009.

CIRCULAR N 3.084. Documento normativo revogado pela Circular nº 3.432, de 3/2/2009. CIRCULAR N 3.084 Documento normativo revogado pela Circular nº 3.432, de 3/2/2009. Dispõe sobre obrigação financeira, recursos não procurados, adiantamento a fornecedores, agregação de despesas e encerramento

Leia mais

Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA

Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA Procedimentos para Registro de Companhias na BOVESPA A análise de pedidos de registro no BOVESPA MAIS, bem como dos pedidos de registro no Novo Mercado, Nível 2 e Nível 1 de empresas que estejam em processo

Leia mais

Anexo I TECNISA S.A. CNPJ/MF N.º 07.731.304/0001-78 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

Anexo I TECNISA S.A. CNPJ/MF N.º 07.731.304/0001-78 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES Anexo I TECNISA S.A. CNPJ/MF N.º 07.731.304/0001-78 PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente Plano de Opção de Compra de Ações de Tecnisa S.A. ( Companhia ), aprovado pela Assembléia Geral Extraordinária

Leia mais

ÇÕ ÇÕ 49 ÇÕ ÇÕ 51 Á ÇÕ ÇÕ 53 ÇÕ ÇÕ 55 ÇÕ ÇÕ Á 57 EASY CAR LOCAÇÃO DE VEÍCULOS S.A. CNPJ/MF Nº. 05.040.121/0001-80 - NIRE 33.3.0030545-9 Ata da Assembléia Geral Extraordinária. Data, Horário e Local: 27/11/2013,

Leia mais

Assembléia Geral Extraordinária e Ordinária de 29 de abril de 2011 às 15:00 horas

Assembléia Geral Extraordinária e Ordinária de 29 de abril de 2011 às 15:00 horas FUNDAÇÃO ITAUBANCO PARTICIPAÇÃO EM ASSEMBLÉIA DE ACIONISTAS Em cumprimento ao disposto na Resolução CGPC nº 23 de 06 de dezembro de 2006, a qual estabelece que as Entidades Fechadas de Previdência Complementar

Leia mais

SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A. INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO

SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A. INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO SIDERÚRGICA J. L. ALIPERTI S/A INSTRUÇÃO CVM Nº 481 Anexo 9-1-II DESTINAÇÃO DO LUCRO LÍQUIDO 1 Informar o lucro líquido do exercício - O montante do lucro líquido do exercício é de R$ 8.511.185,59 (oito

Leia mais

PLANO DE INCENTIVOS DE LONGO PRAZO - OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

PLANO DE INCENTIVOS DE LONGO PRAZO - OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES PLANO DE INCENTIVOS DE LONGO PRAZO - OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES O presente Plano de Incentivos de Longo Prazo - Opção de Compra de Ações é regido pelas disposições abaixo e pela legislação aplicável. 1.

Leia mais

LEI Nº 12.973, DE 13 DE MAIO DE 2014 - LEI DE CONVERSÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 627, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013 - ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA

LEI Nº 12.973, DE 13 DE MAIO DE 2014 - LEI DE CONVERSÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 627, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013 - ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA LEI Nº 12.973, DE 13 DE MAIO DE 2014 - LEI DE CONVERSÃO DA MEDIDA PROVISÓRIA Nº 627, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2013 - ALTERAÇÕES NA LEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA A Medida Provisória (MP) nº 627/13, que promoveu diversas

Leia mais

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES

PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES 1. OBJETIVOS DO PLANO O presente PLANO DE OUTORGA DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES tem por objetivo estabelecer regras para que determinados colaboradores da JBS

Leia mais

PLANO DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

PLANO DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. PLANO DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. Aprovado em reunião do Conselho de Administração realizada em 29 de julho de 2015 PLANO DE INCENTIVO DE LONGO PRAZO O presente

Leia mais

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA LINX S.A.

PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA LINX S.A. PLANO DE OPÇÃO DE COMPRA DE AÇÕES DA LINX S.A. Este Plano de Opção de Compra Ações da LINX S.A. ( Companhia ), aprovado pela Assembleia Geral Extraordinária da Companhia realizada em 27 de abril de 2016

Leia mais

Política de Divulgação de Informações Relevantes e Preservação de Sigilo

Política de Divulgação de Informações Relevantes e Preservação de Sigilo Índice 1. Definições... 2 2. Objetivos e Princípios... 3 3. Definição de Ato ou Fato Relevante... 4 4. Deveres e Responsabilidade... 5 5. Exceção à Imediata Divulgação... 7 6. Dever de Guardar Sigilo...

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME SOS MATA ATLÂNTICA 300

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME SOS MATA ATLÂNTICA 300 CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO PRIME SOS MATA ATLÂNTICA 300 I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S/A CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO PRIME SOS MATA

Leia mais

ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42

ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42 ITAÚ MAXI RENDA FIXA FUNDO DE INVESTIMENTO EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO CNPJ 04.222.433/0001-42 MENSAGEM DO ADMINISTRADOR Prezado Cotista, Este FUNDO, constituído sob a forma de condomínio aberto,

Leia mais

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES DE EMISSÃO DA ELEVA ALIMENTOS S.A. PELA PERDIGÃO S.A. ELEVA ALIMENTOS S.A. PERDIGÃO S.A.

PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES DE EMISSÃO DA ELEVA ALIMENTOS S.A. PELA PERDIGÃO S.A. ELEVA ALIMENTOS S.A. PERDIGÃO S.A. PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO DE INCORPORAÇÃO DE AÇÕES DE EMISSÃO DA ELEVA ALIMENTOS S.A. PELA PERDIGÃO S.A. ENTRE ELEVA ALIMENTOS S.A. E PERDIGÃO S.A. _ DATADO DE 13 DE NOVEMBRO DE 2007 _ PROTOCOLO E JUSTIFICAÇÃO

Leia mais

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003. O Povo do Município de Belo Horizonte, por seus representantes, decreta e eu sanciono a seguinte Lei: LEI Nº 8.690, DE 19 DE NOVEMBRO DE 2003 Institui o Plano de Carreira dos Servidores da Área de Atividades de Administração Geral da Prefeitura de Belo Horizonte, estabelece a respectiva Tabela de Vencimentos

Leia mais

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA

POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA POLÍTICA DE EXERCÍCIO DE DIREITO DE VOTO EM ASSEMBLEIA Conformidade ao Código ANBIMA de Regulação e Melhores Práticas para os Fundos de Investimento Versão 2015/2 Editada em novembro de 2015 SUMÁRIO 1.

Leia mais

- BM&FBOVESPA S.A. BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS Superintendência de Acompanhamento de Empresas - Coordenadoria de Relações com Empresas

- BM&FBOVESPA S.A. BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS Superintendência de Acompanhamento de Empresas - Coordenadoria de Relações com Empresas À COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Superintendência de Relações com Empresas Rio de Janeiro RJ c/cópia: - BM&FBOVESPA S.A. BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS Superintendência de Acompanhamento de Empresas

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO EMPRESA SOCIOAMBIENTAL

CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO EMPRESA SOCIOAMBIENTAL CONDIÇÕES GERAIS DO PÉ QUENTE BRADESCO EMPRESA SOCIOAMBIENTAL I INFORMAÇÕES INICIAIS SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 PÉ QUENTE BRADESCO EMPRESA SOCIOAMBIENTAL

Leia mais

AVISO PARA EXERCÍCIO DE DIREITOS DE SUBSCRIÇÃO

AVISO PARA EXERCÍCIO DE DIREITOS DE SUBSCRIÇÃO Sonae Indústria, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Sede Social: Lugar do Espido, Via Norte, na Maia Capital Social integralmente subscrito e realizado: 700.000.000 Matriculada na Conservatória do Registo Comercial

Leia mais

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A.

ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. ITAÚSA - INVESTIMENTOS ITAÚ S.A. CNPJ 61.532.644/0001-15 AVISO AOS ACIISTAS Companhia Aberta AUMENTO DO CAPITAL SOCIAL MEDIANTE SUBSCRIÇÃO PARTICULAR DE AÇÕES, APROVADO PELO CSELHO DE ADMINISTRAÇÃO EM

Leia mais

5. DELIBERAÇÕES: Os membros do Conselho de Administração deliberaram, por unanimidade de votos e sem restrições, o quanto segue:

5. DELIBERAÇÕES: Os membros do Conselho de Administração deliberaram, por unanimidade de votos e sem restrições, o quanto segue: EVEN CONSTRUTORA E INCORPORADORA S.A. Companhia Aberta NIRE nº 35.300.329.520 CNPJ nº 43.470.988/0001-65 ATA DE REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO REALIZADA EM 18 DE MARÇO DE 2016 1. DATA, HORA E LOCAL:

Leia mais

Minuta de nova Resolução para o setor de fomento mercantil

Minuta de nova Resolução para o setor de fomento mercantil Minuta de nova Resolução para o setor de fomento mercantil Minuta de Resolução a ser expedida pelo COAF para o setor de fomento mercantil, em substituição às Resoluções nº 13, de 30.9.2005, e nº 20, de

Leia mais

Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s: braa+ AVISO AO MERCADO

Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s: braa+ AVISO AO MERCADO Elektro Eletricidade e Serviços S.A. Companhia Aberta - CNPJ/MF nº 02.328.280/0001-97 Rua Ary Antenor de Souza, nº 321, Jardim Nova América Campinas SP Código ISIN: BREKTRDBS069 Rating Standard&Poor s:

Leia mais

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4

TELEFÔNICA BRASIL S.A. Companhia Aberta CNPJ MF 02.558.157/0001-62 - NIRE 35.3.001.5881-4 AVISO AOS ACIONISTAS PAGAMENTO DE JUROS SOBRE CAPITAL PRÓPRIO E DIVIDENDOS INTERMEDIÁRIOS EXERCÍCIO 2014 I A Diretoria da Telefônica Brasil S.A. ( Companhia ) comunica aos Senhores Acionistas, conforme

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO TORCIDA PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PU

CONDIÇÕES GERAIS DO TORCIDA PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PU I INFORMAÇÕES INICIAIS CONDIÇÕES GERAIS DO TORCIDA PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PU SOCIEDADE DE CAPITALIZAÇÃO: BRADESCO CAPITALIZAÇÃO S.A. CNPJ: 33.010.851/0001-74 TORCIDA PÉ QUENTE BRADESCO PRIME PU PLANO

Leia mais

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS

POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS POLÍTICA DE NEGOCIAÇÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS Aprovada pelo Conselho de Administração em 03 de maio de 2012 1. INTRODUÇÃO Esta Política de Negociação estabelece diretrizes e procedimentos a serem observados

Leia mais