Microchip Masters Brasil 2015

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Microchip Masters Brasil 2015"

Transcrição

1 Microchip Masters Brasil 2015 Edição Comemorativa Descritivo do Evento 12 de Novembro IMMENSITÀ - Espaço de Eventos - SP

2 O Evento Este ano no MASTERS BRASIL A Artimar, representante exclusiva da Microchip na América do Sul, em conjunto com seus parceiros tem o prazer de lhes convidar para a edição comemorativa de do Seminário Técnico Microchip MASTERS BRASIL Este grande evento de tecnologia tem por objetivo o desafio de mostrar como novas tecnologias podem ser agregadas em diferentes tipos de projetos, para tanto o evento conta com palestras técnicas e aulas práticas dedicadas aos diversos setores da indústria eletrônica. Na edição comemorativa de do evento, abordaremos mais de 12 temas ao longo do dia, sendo 6 deles temas de aulas hands-on. Cada participante receberá em sua chegada o Welcome Kit, composto de uma mochila, bloco de anotações com caneta personalizada, pen drive e literatura dos patrocinadores e dos produtos Microchip. Em nossa Área de Exposição teremos muitos estandes com as empresas mais atuantes do mercado brasileiro e mundial, apresentando as mais diversas tecnologias e novidades da Venha se atualizar, conhecer novas soluções e tecnologias, o evento contará com a presença de especialistas em diversas áreas, como controle de motor, conectividade, Internet das coisas (IoT), setor automotivo, gerenciamento de potência entre outras. indústria eletrônica. Para aproveitar ao máximo este espaço de networking e troca de conhecimento, a área do expositor estará aberta durante o cadastramento, almoço e nos três horários de coffee break que ocorrem neste mesmo espaço. Público-alvo As pessoas que participam do evento estão em busca de inovações tecnológicas e suas utilizações em sistemas eletrônicos, há também usuários e conhecedores das linhas de produtos Microchip com interesse em se aprofundar e conhecer as novas tecnologias. Este público é constituído principalmente de Desenvolvedores, Técnicos, Engenheiros de Software e Hardware, Estudantes, Professores, Diretores, CEOs, Gerentes de Engenharia e/ou Compras.

3 Investimento Data e Localização Valores promocionais de inscrições até 10/10 Inscrições de R$389,00 por Immensità - Espaço de Eventos R$298,90 Data: 12 de novembro de 2015 Horário: das 7h00 às 18h30 Aulas hands-on de R$98,90 por R$39,90 Na compra de 4 inscrições em grupo, a 5ª é gratuita Local: Avenida Luiz Dumont Villares, 392 (*incluso apenas aulas teóricas na inscrição gratuita. Aulas hands-on serão cobradas a parte ). Jardim São Paulo - São Paulo SP CEP: Este ano, os participantes levarão seus laptops para maior interatividade nas aulas! 4 aulas em um único dia; Veja o mapa: https://goo.gl/qq7hc4 ESTRUTURA: 5 Salas para aulas técnicas; Mais de 12 temas disponíveis; Espaço para almoço; Área de Exposição com estandes dos patrocinadores; Mais de 6 cursos práticos. Área para coffee break integrada a área de exposição;

4 Descritivo das Aulas Bluetooth Smart e a tecnologia ibeacon Microchip Code Configurator (MCC) Interface integrando seu produto a Smartphones e Tablets gráfica para configuração de periféricos na linha com simplicidade e baixo custo PIC Essa aula abordará os principais conceitos necessári- O MPLAB Code Configurator (MCC) é um plugin os para implementar um sistema Bluetooth Smart e que integra o MPLAB X IDE e facilita a configu- utilizar a tecnologia ibeacon que seria o envio de ração dos periféricos dos microcontroladores de 8 mensagens a smartphones e tablets compatíveis e 16bits. Além dos periféricos tradicionais, o MCC Interface de comunicação (UART), Eletrônica Básica, proto- sem a necessidade de pareamento. Serão discutidas Linguagem C, Arquitetura PIC, MPLAB X IDE comporta os Core Independent Peripherals (CIPs) colos de rede também as regulações e licenças necessárias para que trabalham independentemente da CPU, tais uso dessa tecnologia. Será usada uma placa de como: Angular Timer, Math Accelerator, Compara- desenvolvimento da Microchip para aplicação prática Palestrante: Jefferson Bueno Artimar dores, AmpOps, Configurable Logic Cell (CLC) entre Palestrante: Alberto Valle Microchip para transmissão de dados via ibeacon, que minimi- outros. O intuito dessa aula prática é demonstrar za a intervenção manual do usuário no processo de Primeiro Horário: 08:00 às 09:50 quão rápido você pode desenvolver sua aplicação Primeiro Horário: 08:00 às 09:50 conexão/pareamento e comunicação via Bluetooth. Segundo Horário: 10:20 às 12:10 e ter seu projeto rodando. Ao final desta aula você Segundo Horário: 10:20 às 12:10 será capaz de inicializar o microcontrolador e seus periféricos convencionais e os CIPs, interliga-los e ATENÇÃO! após gravar o firmware na placa de demonstração Para fazer esta aula é OBRIGATÓRIO se inscrever nos observar o funcionamento deles escrevendo dois períodos MCC 1 e MCC 2, pois são aulas comple- pouquíssimas linhas de código. mentares e uma aula é pré-requisito da outra.

5 Descritivo das Aulas Criando aplicações para PIC32 com Harmony Wi-Fi Made Easy: solução de baixo custo para projetos embarcadas usando o módulo RN-171 MPLAB Harmony é uma ferramenta para criação e gerenciamento de código e bibliotecas para a linha A quantidade de dispositivos embarcados conect- PIC32 e seus periféricos. Nesta aula serão abordados ados à web cresce exponencialmente a cada ano, os conceitos básicos sobre a estrutura do MPLAB com a disseminação do conceito de Internet das Harmony e MPLAB Harmony Configurator (MHC), Coisas (Internet of Things - IoT). Essa aula se bem como a geração de código e implementação das propõe a apresentar na prática a aplicação do Conhecimento em linguagem C, Arquitetura de funções das bibliotecas da ferramenta. A partir de Interface de comunicação (UART), Eletrônica Básica, proto- módulo RN-171, que já tem a pilha Wi-Fi integrada, programação, MPLAB X IDE, Arquitetura PIC exemplos práticos serão implementados projetos colos de rede possibilitando que qualquer sistema com micro- utilizando bibliotecas fornecidas pelo Harmony e controladores Microchip de 8, 16 ou 32 bits se Nível da Aula: Avançada configuráveis pelo MHC. Dentre as bibliotecas abor- conecte à web de forma simples e de baixo custo. Palestrante: Erick Pfeifer Pfeifer Automação dadas estão presentes Configuration Bits, Clock (Sys- Palestrante: Mauricio Arruda - UPTEX tem), Timer, I/Os digitais, USB CDC e Ethernet. Primeiro Horário: 08:00 às 09:50 Primeiro Horário: 13:10 às 15:00 Segundo Horário: 10:20 às 12:10 Segundo Horário: 16:00 às 17:50 ATENÇÃO! Para fazer esta aula é OBRIGATÓRIO se inscrever nos dois períodos Harmony 1 e Harmony 2, pois são aulas complementares e uma aula é pré-requisito da outra.

6 Descritivo das Aulas FreeRTOS - Iniciando um projeto embarcado com sistemas operacionais de tempo real no PIC32 Use o protocolo MiWi para desenvolver redes sem fio de baixo custo sub-ghz e 2.4GHz utilizando MPLAB HARMONY Esta aula prática tem como objetivo apresentar os A complexidade dos sistemas embarcados vem conceitos básicos e avançados de comunicação aumentando juntamente com a performance dos em sistemas de 433MHz a 2.4GHz, com o uso do MCUs disponíveis. Os sistemas de tempo real (RTOS) protocolo MiWi da Microchip. O participante estão entre as principais ferramentas para auxiliar aprenderá a utilizar as interfaces MiApp e MiMAC, Linguagem C, MPLAB X IDE, Arquitetura PIC nesse tipo de projeto e integrar um RTOS em um MPLAB X, Linguagem C, Arquitetura PIC que proporcionam uma fácil maneira de gerar Nível da Aula: Avançada Palestrante: Sergio Prado Embedded Labworks Primeiro Horário: 13:10 às 15:00 Segundo Horário: 16:00 às 17:50 ATENÇÃO! Para fazer esta aula é OBRIGATÓRIO se inscrever nos dois projeto de software embarcado é fácil. Difícil é modelar o software para utilizar melhor as funcionalidades do RTOS. A mudança de paradigma é grande quando saímos de um modelo estruturado, baseado no super-loop, para um modelo baseados em tarefas. Como dividir o sistema em tarefas? Como definir corretamente as prioridades das tarefas? Como implementar a comunicação entre as tarefas? Nessa aula prática serão apresentados os fundamentos dos sistemas de tempo real e sua aplicação através do FreeRTOS rodando em um PIC32 com o auxílio da Palestrante: A definir Primeiro Horário: 16:00 às 17:50 sistemas de comunicação sem fio. Serão mostradas as principais diferenças entre os protocolos da família MiWi, suas respectivas especificações, suas limitações práticas e principalmente qual seria a topologia e protocolo mais indicado para uma determinada aplicação, assim como os módulos recomendados. Exercícios práticos usando o MiWi DE serão desenvolvidos para explorar os conceitos expostos. períodos FreeRTOS 1 e FreeRTOS 2, pois são aulas com- nova ferramenta da Microchip para a Família de 32 plementares e uma aula é pré-requisito da outra. bit, o MPLAB HARMONY.

7 Descritivo das Aulas LoRa Comunicação Sub-GHz de longa distância e As últimas novidades da Microchip 2015: lança- baixo consumo de energia mentos de MCUs, conectividade e analógicos. Nesta aula, o aluno entenderá os conceitos da tecno- Essa aula apresentará os mais novos produtos logia LoRa (Long Range) para aplicar em projetos lançados pela Microchip nos últimos meses, assim que necessitem de longo alcance combinado a como alguns que serão lançados no futuro próxi- longevidade da bateria. Nos basearemos nos módu- mo. Serão abordados os microcontroladores da los LoRa da Microchip que trabalham em 433 e linha 8/16/32 bits e periféricos com novas capaci- 915MHZ. Além disso eles tem o protocolo LoRaWAN dades (CIPs Core Independent Peripherals), Sem pré-requisitos que permite reduzir significantemente o tempo de Conhecimento linha Microchip produtos para comunicação sem fio (RF) como desenvolvimento. O LoRa é destinado para Wi-Fi, Bluetooth e LoRa. Novos itens analógi- Nível da Aula: Básica aplicações IoT dos mais diversos segmentos, tais Nível da Aula: Básica cos como carregadores de bateria, dispositivos Palestrante: Mauricio Jancic Artimar como: agricultura, cidades inteligentes, redes de Palestrante: Artur Brazão e Sergio Onaga Artimar USB, soluções para sistema de iluminação entre sensores, M2M, Smart Home, dispositivos para Pets outros produtos tornam esta aula interessante Primeiro Horário: 08:00 às 09:50 etc. Abordaremos desde o conceito de estrutura de Primeiro Horário: 08:00 às 09:50 para novas ideias e soluções para projetos em Segundo Horário: 10:20 às 12:10 rede, esquema de modulação e a sua parametri- diversos mercados. zação.

8 Descritivo das Aulas Inversor de Baixo custo para controle de motores AC Recomendações, Normas e Certificação para lançar seu produto no Mercado O motor AC de indução é o mais popular no Brasil hoje, portanto a Microchip preparou esta aula para te Atualmente muitos produtos devem ser certifica- auxiliar a desenvolver um inversor que além de dos, alguns compulsoriamente por exigência de possuir um maior controle te permitirá utilizar o motor Normas e Portarias, e outros para serem exporta- em frequências mais altas, reduzir o tamanho de dos ou conseguir concorrer em um Mercado cada placa e integração com outros dispositivos. Essa aula vez mais exigente. Fabricantes se deparam com será baseada em uma solução de controle V/F para regulamentos complexos e exigentes, assim como Conhecimento em motores, circuitos de potência e periféri- motores AC dos tipos mono e trifásico de até 1/2HP. Sem pré-requisitos a necessidade de ensaios em laboratórios de cos da linha PIC16F. Familiarização com o ambiente MPLAB Os pontos principais de dimensionamento, técnicas certificação acreditados pelas agências regulado- X IDE e linguagem C. de sensoriamento de modo a proteger o motor e Nível da Aula: Básica ras. Esta aula abrange os principais aspectos sistema em caso de falhas serão abordadas durante Palestrante: Edison Silva e André Roberti NCC burocráticos e técnicos voltados à certificação a apresentação. O microcontrolador da linha PIC16F ANATEL (Interferência Eletromagnética) e INMET- Palestrante: Ricardo Milano Bevian adotado nesta solução possui alguns periféricos que Primeiro Horário: 13:10 às 15:00 RO (Segurança Elétrica). facilitam a implementação do PWM tais como CWG Primeiro Horário: 10:20 às 12:10 (gerador de formas de ondas complementares) e CLC (blocos lógicos programáveis) e por fim haverá uma demonstração deste conceito.

9 Descritivo das Aulas Soluções Microchip isoladas, não-isoladas e lineares Internet Of Things Como colocar seu produto na para iluminação com LEDs nuvem sem tempestades A cada dia, mais e mais soluções de iluminação com Esta aula visa apresentar as soluções Microchip LEDs estão presentes em diversos setores, sendo para Internet das coisas, discutir a Microchip um mercado que cresce dia a dia. Esta classe discute Amazon Machine Image (AMI) que pode ser aplica- as novas soluções analógicas de alta-performance, do no Amazon Web Services (AWS), e para apren- baixo custo e reduzidos componentes externos da der como utilizar o kit de demostração da Micro- Microchip para drivers de LEDs, inclusive para entra- chip para conectar seu produto a um sistema Conhecimento de eletrônica das diretamente da linha AC. Serão abordados o Sem pré-requisitos baseado em nuvem. As competências adquiridas processo de design de circuitos, as otimizações e os nesta aula vai ajudar o engenheiro de forma eficaz pontos mais importantes a serem considerados no Nível da Aula: Básica com o seu servidor TI ou aplicativos na nuvem. Palestrante: Paulo Cabral Arrow desenvolvimento de uma solução de iluminação LED Palestrante: A definir AC/DC. Diversas topologias, isoladas e não-isoladas, Primeiro Horário: 13:10 às 15:00 serão discutidas. Primeiro Horário: 13:10 às 15:00 Segundo Horário: 16:00 às 17:50

10 Descritivo das Aulas DFX Design for Excellence. Antes um diferencial das grandes multinacionais, hoje uma CULTURA mandatória para PROSPERAR no mercado de eletrônica que está acessível a todos negócios INOVADORES O processo TRADICIONAL e SERIAL de desenvolvimento + engenharia de processo +engenharia de teste + fabricação + assistência técnica usado por anos em nosso mercado de eletrônico está OBSOLETO porque é lento, caro e focado no mundo dos custos que não temos chance contra os países Asiáticos. Os Americanos e Europeus estão de volta no páreo e cada vez mais fortes Visão Técnica de uma Empresa que Desenvolve, Manufatura e Testa Placas Eletrônicas graças a um novo modelo mental, focado no mundo dos GANHOS, que INICIA pela engenharia de desenvolvimento que viabiliza e/ou lidera o que chamamos de Engenharia Simultânea. Muitos problemas e limitações de ganho, qualidade e redução de tempo para fabricar uma placa eletrônica, poderiam ser EVITADOS da época do desenvolvimento dessa placa/produto. Se sua empresa Nível da Aula: Iniciante Palestrante: Arthur Correia Emídio Teknosip Primeiro Horário: 16:00 às 17:50 ainda usa o sistema tradicional, (interno ou terceirizado) essa palestra foi feita para você. Apresentaremos os conceitos e problemas básicos desse processo tradicional, bem como as soluções atuais de teste estrutural e DFX para que sua placa eletrônica nasça preparada para ser manufaturada, testada e suportada com a maior qualidade possível e o menor tempo e custo para atingir o que seu cliente espera.

11 Inscrição Cada inscrito terá direito a participarde 4 cursos ao longo do dia de acordo com a disponibilidade de aulas. Turmas com vagas limitadas! Inscreva-se já e garanta a sua participação! A inscrição estará confirmada somente após o pagamento bancário.

Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014

Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014 Reinventamos e Inovamos o que já era o maior evento do mercado! 23 de Outubro AMCHAM. São Paulo. SP www.mastersbrasil.com.br Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014 DESCRITIVO DO EVENTO Apresentação

Leia mais

Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014

Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014 Reinventamos e Inovamos o que já era o maior evento do mercado! 23 de Outubro AMCHAM. São Paulo. SP www.mastersbrasil.com.br Seminário Técnico Microchip Masters Brasil 2014 GUIA DE HOTÉIS E DICAS SUMÁRIO

Leia mais

Technical Seminar Microchip Masters Brasil 2014

Technical Seminar Microchip Masters Brasil 2014 Reinventamos e Inovamos o que já era o maior evento do mercado! 23 - October AMCHAM. São Paulo. SP www.mastersbrasil.com.br Technical Seminar Microchip Masters Brasil 2014 HOTEL & TIPS GUIDE TABLE OF CONTENTS

Leia mais

www.mastersbrasil.com.br

www.mastersbrasil.com.br Com os desafios da indústria e maiores exigências do consumidor final, cada dia se torna mais importante a atualização de tecnologias e redução de custos. Estes são hoje pontos principais na concepção

Leia mais

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01

Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01. - 1 - Rev01 Application Note FBEE Comunicação Serial Wireless REV01-1 - Rev01 1. INTRODUÇÃO Aplicações com redes sem fio vêm se tornando bastante comuns. De aplicações industriais a projetos específicos, criou-se

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores.

PROJETO DE PESQUISA. Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. PROJETO DE PESQUISA 1. Título do projeto Automação residencial utilizando dispositivos móveis e microcontroladores. 2. Questão ou problema identificado Controlar remotamente luminárias, tomadas e acesso

Leia mais

CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4)

CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4) 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 CONTROLE DE DISPOSITIVOS EM REDE SEM FIO INTELIGENTE NO PADRAO DE COMUNICAÇAO ZIGBEE (IEEE 802.15.4) Saulo Menechine 1, Munif Gebara Junior 2 RESUMO: Com

Leia mais

Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade. Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico.

Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade. Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico. Soluções LED Driver Gerenciamento térmico Conectividade Componentes, serviços e soluções Sua parceira em desenvolvimento eletrônico. Introdução TCT Brasil Desde 1992 a TCT Brasil é distribuidora autorizada

Leia mais

ANE0003 - Configurando a pilha TCP/IP Microchip

ANE0003 - Configurando a pilha TCP/IP Microchip - Configurando a pilha TCP/IP Microchip ANE0003 Autor: 1. Introdução Marcelo Martins Maia do Couto A pilha TCP/IP é largamente utilizada para a comunicação entre elementos dentro de uma rede. Este protocolo

Leia mais

www.microgenios.com.br

www.microgenios.com.br Manual (versão 2.0) Microgenios Soluções Eletrônicas Ltda. ME - ano 2009 Todos os direitos reservados Proibida cópia integral ou parcial do material aqui contido.br Índice Apresentação...3 Características

Leia mais

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1

Easy Lab. Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14. www.dma.ind.br. DMA Electronics 1 Easy Lab Manual do usuário Revisão 1.2 01/11/14 www.dma.ind.br DMA Electronics 1 A DMA ELECTRONICS projeta e fabrica sistemas para aquisição e registro de dados com conexão a um computador do tipo PC.

Leia mais

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída

Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Arquitetura de Entrada e Saída Arquitetura de Computadores Arquitetura de entrada e saída Barramento Meio de transmissão de dados entre a CPU, a memória principal e os dispositivos de entrada e saída.

Leia mais

Sistemas Embarcados. Introdução aos sistemas embarcados

Sistemas Embarcados. Introdução aos sistemas embarcados Sistemas Embarcados Introdução aos sistemas embarcados Introdução aos Sistemas embarcados Definição de um sistema embarcado Exemplos de sistemas embarcados Processadores utilizados em sistemas embarcados

Leia mais

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega

Características técnicas Baseado no ATMega da empresa AVR, fabricante de micro-controladores em plena ascensão e concorrente do PIC Pode usar ATMega ARDUINO O que é Arduino Arduino foi criado na Itália por Máximo Banzi com o objetivo de fomentar a computação física, cujo conceito é aumentar as formas de interação física entre nós e os computadores.

Leia mais

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação

Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação. Introdução à Engenharia de Controle e Automação Rodrigo Baleeiro Silva Engenheiro de Controle e Automação (do latim Automatus, que significa mover-se por si) ; Uso de máquinas para controlar e executar suas tarefas quase sem interferência humana, empregando

Leia mais

Vantagens da arquitetura LabVIEW RIO para aplicações de controle de movimento

Vantagens da arquitetura LabVIEW RIO para aplicações de controle de movimento 1 Vantagens da arquitetura LabVIEW RIO para aplicações de controle de movimento Rodrigo Schneiater Engenheiro de Vendas National Instruments Telles Soares Engenheiro de Sistemas National Instruments O

Leia mais

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição

William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição William Stallings Arquitetura e Organização de Computadores 8 a Edição Capítulo 7 Entrada/saída Os textos nestas caixas foram adicionados pelo Prof. Joubert slide 1 Problemas de entrada/saída Grande variedade

Leia mais

TÍTULO: ARCASE - AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL COM ANDROID E SISTEMAS EMBARCADOS

TÍTULO: ARCASE - AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL COM ANDROID E SISTEMAS EMBARCADOS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: ARCASE - AUTOMAÇÃO RESIDENCIAL COM ANDROID E SISTEMAS EMBARCADOS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA:

Leia mais

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS

ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS ANÁLISE DE REDES HIERÁRQUICAS PARA ATENDIMENTO DE LOCAIS REMOTOS Fabiana da Silva Podeleski Faculdade de Engenharia Elétrica CEATEC podeleski@yahoo.com.br Prof. Dr. Omar Carvalho Branquinho Grupo de Pesquisa

Leia mais

VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010

VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010 2010 VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010 Curso Oferecido SolidWorks Carga Horária 10 horas Nº Vagas: 30 Depto. Resp. Mecânica Gerente Resp. Karla Lieberenz Resp.

Leia mais

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados?

Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? Alessandro F. Cunha O que são sistemas embarcados? 1. Introdução Alguma vez você já se deu conta que o microondas de sua casa tem uma capacidade computacional maior do que tinha o projeto Apolo, que levou

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CAMPUS DE SOBRAL INTEGRALIZAÇÃO CURRICULAR (Currículo 2006.2) Agosto de 2010 Hodiernamente não mais se concebe que a formação do futuro profissional

Leia mais

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior

Arquitetura de Computadores. Professor: Vilson Heck Junior Arquitetura de Computadores Professor: Vilson Heck Junior Agenda Conceitos Estrutura Funcionamento Arquitetura Tipos Atividades Barramentos Conceitos Como já discutimos, os principais componentes de um

Leia mais

1. Marcelo Politzer Couto 2. Raul Almeida Nunes 3. Dado Sutter

1. Marcelo Politzer Couto 2. Raul Almeida Nunes 3. Dado Sutter 1. Marcelo Politzer Couto 2. Raul Almeida Nunes 3. Dado Sutter 1. Aluno de Engenharia de controle e Automação 2. Prof. Dr. do DCMM Orientador dos projetos 3. Pesquisador Visitante da PUC-Rio Co-Orientador

Leia mais

Centro Universitário Positivo - UnicenP Núcleo de Ciências Exatas e Tecnológicas NCET Engenharia da Computação

Centro Universitário Positivo - UnicenP Núcleo de Ciências Exatas e Tecnológicas NCET Engenharia da Computação Centro Universitário Positivo - UnicenP Núcleo de Ciências Exatas e Tecnológicas NCET Engenharia da Computação MINI OSCILOSCÓPIO DIGITAL PORTÁTIL BASEADO EM MICROCONTROLADOR PIC Curitiba 2004 1 Ederson

Leia mais

Plataforma de desenvolvimento dspic - SIGMA128 -

Plataforma de desenvolvimento dspic - SIGMA128 - T e c n o l o g i a Plataforma de desenvolvimento dspic - SIGMA128 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. DESENVOLVIMENTO INTRODUÇÃO Plataforma de desenvolvimento

Leia mais

Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 -

Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 - T e c n o l o g i a Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. INTRODUÇÃO Microcontroladores ARM Cortex-M3 - XM 700

Leia mais

Programação em BASIC para o PIC Mostrando Mensagens no Display LCD Vitor Amadeu Souza

Programação em BASIC para o PIC Mostrando Mensagens no Display LCD Vitor Amadeu Souza Programação em BASIC para o PIC Mostrando Mensagens no Display LCD Vitor Amadeu Souza Introdução Nesta terceira série de artigos que aborda a programação na linguagem BASIC para o microcontrolador PIC,

Leia mais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais

Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais L I N H A D E P R O D U T O S PA R A Monitoramento, Controle, Registro e Supervisão de Processos Industriais Índice Apresentação 03 Características Individuais Controlador de Processos C702 Aquisitor de

Leia mais

SUMÁRIO. Motivação Contextualização Objetivo Desenvolvimento. Aplicação Discussão Conclusão Perguntas. Hardware Software

SUMÁRIO. Motivação Contextualização Objetivo Desenvolvimento. Aplicação Discussão Conclusão Perguntas. Hardware Software SUMÁRIO Motivação Contextualização Objetivo Desenvolvimento Etapas de preparação Hardware Software Aplicação Discussão Conclusão Perguntas MOTIVAÇÃO Interesse em novas tecnologias Interesse no desenvolvimento

Leia mais

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas

IW10. Rev.: 02. Especificações Técnicas IW10 Rev.: 02 Especificações Técnicas Sumário 1. INTRODUÇÃO... 1 2. COMPOSIÇÃO DO IW10... 2 2.1 Placa Principal... 2 2.2 Módulos de Sensores... 5 3. APLICAÇÕES... 6 3.1 Monitoramento Local... 7 3.2 Monitoramento

Leia mais

WL4i Smart. WL4i Smart. Manual do Usuário. Manual do Usuário. 4-Port Enterprise UHF RFID Reader

WL4i Smart. WL4i Smart. Manual do Usuário. Manual do Usuário. 4-Port Enterprise UHF RFID Reader WL4i Smart Capítulo 1 - Introdução ao rádio WaveLabs WL4i O rádio WaveLabs WL4i é um leitor RFID UHF Gen 2 fixo de 4 canais com conectividade cabeada (Ethernet) ou sem fio (WiFi) com o sistema empresarial.

Leia mais

1. CAPÍTULO COMPUTADORES

1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1. CAPÍTULO COMPUTADORES 1.1. Computadores Denomina-se computador uma máquina capaz de executar variados tipos de tratamento automático de informações ou processamento de dados. Os primeiros eram capazes

Leia mais

Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO

Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO Dispositivos de entrada sem fio 1 INTRODUÇÃO Nosso seminário vai apresentar uma tecnologia de entrada de dados sem fio, ou seja, os dados de entrada vao ser transmitidos sem a necessidade de meios fisicos

Leia mais

Projeto de controle e Automação de Antena

Projeto de controle e Automação de Antena Projeto de controle e Automação de Antena Wallyson Ferreira Resumo expandido de Iniciação Tecnológica PUC-Campinas RA: 13015375 Lattes: K4894092P0 wallysonbueno@gmail.com Omar C. Branquinho Sistemas de

Leia mais

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI

MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI MBA EM ARQUITETURA E GESTÃO DE INFRAESTRUTURA DE TI Novas tecnologias e tendências surgem a cada dia, como Big Data, Cloud Computing, Internet of Things, entre outras. A curva de adoção dessas tecnologias

Leia mais

Visão geral das redes sem fio

Visão geral das redes sem fio Visão geral das redes sem fio 1 - Introdução O termo redes de dados sem fio pode ser utilizado para referenciar desde dispositivos de curto alcance como o Bluetooth à sistemas de altas taxas de transmissão

Leia mais

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL

Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL Ricardo Teixeira Sales Engineer ITRON BRAZIL 28 a 30 de Setembro de 2010 Centro de Convenções Frei Caneca São Paulo BRASIL AMR AMI nas distribuidoras de água Objetivos da Medição Criação dos dados Melhora

Leia mais

- SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS

- SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS - SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS I - Aspectos gerais: 1. Sistema eletrônico para gestão e rastreamento do enxoval hospitalar, composto por etiquetas dotadas

Leia mais

Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 -

Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SIEMENS S7-1200 com Inversor - XC124 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP SIEMENS

Leia mais

Office São Paulo Rua Caçapava, 49 Jardim Paulista São Paulo SP Brasil CEP 01408-010 +55 (11)3061.5994 Fax +55 (11)3061.9796 www.bcmautomacao.com.

Office São Paulo Rua Caçapava, 49 Jardim Paulista São Paulo SP Brasil CEP 01408-010 +55 (11)3061.5994 Fax +55 (11)3061.9796 www.bcmautomacao.com. Este Treinamento abrange a configuração e programação da linha de Controladores Programáveis fabricados e comercializados pela e o Software de Programação PROCP. Indústria Porto Alegre Av. Ernesto Neugebauer,

Leia mais

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data

Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Projeto de Monitoração e Melhoria Contínua com Six-Sigma, IoT e Big Data Contexto As pressões do mercado por excelência em qualidade e baixo custo obrigam as empresas a adotarem sistemas de produção automatizados

Leia mais

Simplifique a complexidade do sistema

Simplifique a complexidade do sistema 1 2 Simplifique a complexidade do sistema Com o novo controlador de alto desempenho CompactRIO Rodrigo Schneiater Engenheiro de Vendas National Instruments Leonardo Lemes Engenheiro de Sistemas National

Leia mais

Você não consegue ver tudo que se passa com sua equipe? Nós podemos de ajudar.

Você não consegue ver tudo que se passa com sua equipe? Nós podemos de ajudar. Você não consegue ver tudo que se passa com sua equipe? Nós podemos de ajudar. Vídeo Monitoramento através do celular, smartphone agora é sinônimo de câmera IP. Plataforma de Vídeo Monitoramento Avançado

Leia mais

TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS

TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS TÍTULO: SERVIÇOS HTTP COM GEOPOSICIONAMENTO DE FROTA CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS AUTOR(ES):

Leia mais

Programação de Periféricos

Programação de Periféricos Programação de Periféricos Componentes Edson Moreno edson.moreno@pucrs.br http://www.inf.pucrs.br/~emoreno Apresentação Raspberry pi Sistema Operacional embarcado Atividade Raspberry pi Sistema computacional

Leia mais

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios.

Aplicativos Informatizados da Administração. Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Aplicativos Informatizados da Administração Hardware A evolução e o impacto dos computadores nas áreas de negócios. Habilidades, Competências e Bases Tecnológicas Bases tecnológicas: Fundamentos de equipamentos

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB PRORROGAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE

CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB PRORROGAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FEB PRORROGAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA DO PROCESSO SELETIVO PARA CONTRATAÇÃO DE DOCENTE A Pró-Reitora de Graduação do Centro Universitário da Fundação Educacional de Barretos UniFEB

Leia mais

AUTOMAÇÃO DE INSTRUMENTAÇÃO DE LABORATÓRIO

AUTOMAÇÃO DE INSTRUMENTAÇÃO DE LABORATÓRIO AUTOMAÇÃO DE INSTRUMENTAÇÃO DE LABORATÓRIO Téo Ferraz Benjamin ¹ Raul Almeida Nunes ² Dado Sutter ³ ¹ Aluno de Engenharia de Controle e Automação da PUC-Rio ² Prof. Dr. do DCMM Orientador dos projetos

Leia mais

Redes de Computadores

Redes de Computadores Redes de Computadores Introdução Fabricio Breve Onde estão as redes? Caixa Eletrônico Terminais conectados a um computador central Supermercados, farmácias, etc... Vendas Caixa Estoque Etc... Por que Redes?

Leia mais

PIC18F4550. Curso Engenharia de Controle e Automação. Alex Vidigal Bastos www.decom.ufop.br/alex/ alexvbh@gmail.com

PIC18F4550. Curso Engenharia de Controle e Automação. Alex Vidigal Bastos www.decom.ufop.br/alex/ alexvbh@gmail.com PIC18F4550 Curso Engenharia de Controle e Automação Alex Vidigal Bastos www.decom.ufop.br/alex/ alexvbh@gmail.com 1 Agenda Características do PIC18F4550 Pinagem do PIC18F4550 Pinagem do PIC18F4550 Datasheet

Leia mais

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM

Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Acelere o valor da computação em nuvem com a IBM Obtenha soluções em nuvem comprovadas para as suas prioridades mais urgentes Destaques da solução Saiba sobre os benefícios mais comuns de implementações

Leia mais

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis

Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Desenvolva Sistemas de Medições Distribuídos e Portáteis Henrique Tinelli Engenheiro de Marketing Técnico NI Nesta apresentação, iremos explorar: Plataforma NI CompactDAQ Distribuída Sistemas de Medição

Leia mais

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil

Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil Apresentação Parceiro Oficial de Treinamentos Zabbix no Brasil A VANTAGE Educacional é uma referência no Brasil em Treinamento e Capacitação das principais soluções corporativas Open Source. Além de possuir

Leia mais

Bancada Didática para CLP SCHNEIDER _ TWIDO - XC113 -

Bancada Didática para CLP SCHNEIDER _ TWIDO - XC113 - T e c n o l o g i a Bancada Didática para CLP SCHNEIDER _ TWIDO - XC113 - Os melhores e mais modernos MÓDULOS DIDÁTICOS para um ensino tecnológico de qualidade. Bancada Didática para CLP Schneider TWIDO

Leia mais

BWP 2015 ORGANIZADORES GWEC. ABBEólica. Grupo CanalEnergia

BWP 2015 ORGANIZADORES GWEC. ABBEólica. Grupo CanalEnergia O MERCADO O ano de 2015 promete ser bem promissor para o mercado de energia renovável. A América Latina começará a instalar mais de 3 GW de energia eólica anualmente, com potencial de alcançar 4.3 GW por

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA SUMÁRIO CONTEÚDO PG. 1. OBJIVO 02 2. ÂMBITO 02 3. CONCEITOS 02 4. NORMAS E LEGISLAÇÃO APLICÁVEIS 02 5. INSTRUÇÕES GERAIS 02 5.1. Processador 02 5.2. Memória 03 5.3. Periféricos Inclusos 03 5.4. Unidades

Leia mais

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia

Módulo FGM721. Controlador P7C - HI Tecnologia Automação Industrial Módulo Controlador P7C - HI Tecnologia 7C O conteúdo deste documento é parte do Manual do Usuário do controlador P7C da HI tecnologia (PMU10700100). A lista de verbetes consta na versão

Leia mais

INTRODUÇÃO BARRAMENTO PCI EXPRESS.

INTRODUÇÃO BARRAMENTO PCI EXPRESS. INTRODUÇÃO BARRAMENTO EXPRESS. O processador se comunica com os outros periféricos do micro através de um caminho de dados chamado barramento. Desde o lançamento do primeiro PC em 1981 até os dias de hoje,

Leia mais

VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010

VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010 2010 VII SEMANA DA ENGENHARIA Cursos Oferecidos pela UaiSoccer VII S E M E L T 2010 Curso Oferecido SolidWorks Carga Horária 10 horas Nº Vagas: 30 Depto. Resp. Mecânica Gerente Resp. Karla Lieberenz Resp.

Leia mais

TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS

TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS TÍTULO: SISTEMA DE ACESSIBILIDADE E AUTOMATIZAÇÃO PARA PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADE ESPECIAIS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: ENGENHARIAS E ARQUITETURA SUBÁREA: ENGENHARIAS INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE TECNOLOGIA

Leia mais

Sistemas Operacionais

Sistemas Operacionais Sistemas Operacionais Tipos de Sistemas Operacionais Com o avanço dos computadores foram surgindo alguns tipos de sistemas operacionais que contribuíram para o desenvolvimento do software. Os tipos de

Leia mais

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4. 2.1. Ligação da porta USB... 4. 2.2. LEDs de estado... 4. 2.3. Botão... 5

ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4. 2.1. Ligação da porta USB... 4. 2.2. LEDs de estado... 4. 2.3. Botão... 5 MANUAL PICKIT2 ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 3 2. DESCRIÇÃO DO PICKIT2... 4 2.1. Ligação da porta USB... 4 2.2. LEDs de estado... 4 2.3. Botão... 5 2.4. Conector de programação... 5 2.5. Slot para chaveiro...

Leia mais

Desenvolvimento de Aplicações Móveis: Presente, Passado e Futuro

Desenvolvimento de Aplicações Móveis: Presente, Passado e Futuro Desenvolvimento de Aplicações Móveis: Presente, Passado e Futuro Prof. Gilberto Amado de Azevedo Cysneiros Filho Tecnologia Vestível Tecnologia vestível (wearable technology) são acessórios diretamente

Leia mais

Fundamentos de Automação. Controladores

Fundamentos de Automação. Controladores Ministério da educação - MEC Secretaria de Educação Profissional e Técnica SETEC Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul Campus Rio Grande Fundamentos de Automação Controladores

Leia mais

Controle remoto por Bluetooth

Controle remoto por Bluetooth Controle remoto por Bluetooth Introdução Esse tutorial tem como objetivo, facilitar a montagem do controle e drive de potência voltado a modalidades que necessitam de controle remoto, seja robô sumo de

Leia mais

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus

Composição do MDK-Prog e MDK-Prog Plus A Modelix Robotics está lançando no mercado brasileiro dois kits de Robótica aplicada, ideal para quem deseja iniciar o aprendizado de programação de robôs e eletrônica, usando o Software Modelix System

Leia mais

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920

Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Como recuperar e mudar o endereço IP de Um ou Mais Servidores Cisco ICM NT do RateMux C6920 Índice Introdução Antes de Começar Convenções Pré-requisitos Componentes Utilizados Como se conectar ao RateMux

Leia mais

DISPOSITIVO DE COMUNICAÇÃO CAPAZ DE INTERAGIR COM APLICATIVO CELULAR VIA TECNOLOGIA BLUETOOTH

DISPOSITIVO DE COMUNICAÇÃO CAPAZ DE INTERAGIR COM APLICATIVO CELULAR VIA TECNOLOGIA BLUETOOTH PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E DE TECNOLOGIA ENGENHARIA ELÉTRICA - TELECOMUNICAÇÕES DISPOSITIVO DE COMUNICAÇÃO CAPAZ DE INTERAGIR COM APLICATIVO CELULAR VIA TECNOLOGIA

Leia mais

Introdução à redes de computadores

Introdução à redes de computadores 1/8 Introdução à redes de computadores Faz todo o sentido ligar os computadores em rede. Você não precisa ter uma impressora, um HD de grande capacidade, um gravador de DVDs e conexão via ADSL para cada

Leia mais

Webinar Freescale Desenvolvimento de sistemas embarcados em Linux com a Thunderboard 11/12/2013

Webinar Freescale Desenvolvimento de sistemas embarcados em Linux com a Thunderboard 11/12/2013 Webinar Freescale Desenvolvimento de sistemas embarcados em Linux com a Thunderboard 11/12/2013 Índice Sobre a Thunderboard Descrição do produto System on Module (SoM) MDP i.mx28 Aplicações Vantagens BSP

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.640, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Bacharelado

Leia mais

Fundamentos da Informática

Fundamentos da Informática 1 PROCESSAMENTO DE DADOS I - FUNDAMENTOS A) CONCEITO DE INFORMÁTICA - é a ciência que estuda o tratamento automático e racional da informação. B) PROCESSAMENTO DE DADOS 1) Conceito Processamento de dados

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE FIRMWARE E SOFTWARE APLICATIVO DE CONTROLE PARA UMA MÁQUINA DE ENSAIOS GEOLÓGICOS

DESENVOLVIMENTO DE FIRMWARE E SOFTWARE APLICATIVO DE CONTROLE PARA UMA MÁQUINA DE ENSAIOS GEOLÓGICOS Universidade Federal de Ouro Preto - UFOP Instituto de Ciências Exatas e Biológicas - ICEB Departamento de Computação - DECOM DESENVOLVIMENTO DE FIRMWARE E SOFTWARE APLICATIVO DE CONTROLE PARA UMA MÁQUINA

Leia mais

Agile Brazil. Briefing e Oportunidades de Patrocínio. 05 a 07 de novembro Florianópolis, Santa Catarina

Agile Brazil. Briefing e Oportunidades de Patrocínio. 05 a 07 de novembro Florianópolis, Santa Catarina Agile Brazil 2014 Briefing e Oportunidades de Patrocínio 05 a 07 de novembro Florianópolis, Santa Catarina 1 Sobre o Evento Indivíduos e interação entre eles mais que processos e ferramentas A Agile Brazil

Leia mais

Software Médico. Embarcado

Software Médico. Embarcado Software Médico Embarcado III Encontro Sul Brasileiro de Engenharia Clínica Porto Alegre 24 de Novembro de 2012 Tecnologias utilizadas no século passado em EEm s nas décadas de 60/70 Programação de Sistemas

Leia mais

Unidade de Rastreamento para Logística Básica MANUAL DE INSTALAÇÃO

Unidade de Rastreamento para Logística Básica MANUAL DE INSTALAÇÃO Unidade de Rastreamento para Logística Básica DE INSTALAÇÃO CalAmp A CalAmp é líder no fornecimento de soluções que utilizam comunicação sem fio. Possui um extenso portfólio de produtos com recursos inteligentes

Leia mais

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP)

Hardware (Nível 0) Organização. Interface de Máquina (IM) Interface Interna de Microprogramação (IIMP) Hardware (Nível 0) Organização O AS/400 isola os usuários das características do hardware através de uma arquitetura de camadas. Vários modelos da família AS/400 de computadores de médio porte estão disponíveis,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores

APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS. Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APRESENTAÇÃO DE PRODUTOS Painéis de controle Controladores eletrônicos para grupos geradores APLICAÇÕES AMF Automatic Mains Failure em caso de falhas de alimentação da rede (Grupo gerador individual) ATS

Leia mais

Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão

Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão Performance e Qualidade em Medição de Alta Precisão A PACE Electronics, fundada em 1995, tem seu maior diferencial na busca pela alta tecnologia e qualidade em seus produtos com a satisfação plena de seus

Leia mais

Projeto de Sistemas Embarcados Microcontrolados

Projeto de Sistemas Embarcados Microcontrolados Departamento de Engenharia Elétrica - FT UnB Projeto de Sistemas Embarcados Microcontrolados Prof. Ricardo Zelenovsky ENE Prof. Geovany Araújo Borges ENE Prof. Adson Ferreira da Rocha ENE E-mails: {zele,gaborges,adson}@unb.br

Leia mais

IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos

IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos Boletim 1 IEC 61850 - Treinamento Prático de Integração de IEDs e Softwares Supervisórios 28 de fevereiro a 2 de março de 2007 ABB - Guarulhos O Evento Muitos treinamentos têm sido ministrados, recentemente,

Leia mais

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página

CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes. Capítulo1 - Introdução à Redes. Associação dos Instrutores NetAcademy - Agosto de 2007 - Página CCNA 1 Conceitos Básicos de Redes Capítulo1 - Introdução à Redes 1 Requisitos para Conexão à Internet Para disponibilizar o acesso de um computador à rede, devem ser levados em consideração 03 parâmetros:

Leia mais

O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA

O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA Quim. Nova, Vol. 38, No. 3, S1-S6, 2015 O USO DE UM SENSOR DE LUZ LINEAR COMO RECURSO DIDÁTICO PARA DEMONSTRAR PRINCÍPIOS DE DIFRAÇÃO E ESPECTROSCOPIA Fernando Arruda Mendes de Oliveira a,b, Eduardo Ribeiro

Leia mais

A mobilidade da HP em suas mãos

A mobilidade da HP em suas mãos Pocket PCs HP ipaq e Smartphones A mobilidade da HP em suas mãos A mobilidade em suas mãos Hoje em dia, os negócios exigem que você fique o tempo todo conectado. Mas não basta ficar conectado, é preciso

Leia mais

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS?

PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? PÚBLICA, PRIVADA OU HÍBRIDA: QUAL É A MELHOR NUVEM PARA SEUS APLICATIVOS? As ofertas de nuvem pública proliferaram, e a nuvem privada se popularizou. Agora, é uma questão de como aproveitar o potencial

Leia mais

Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03. - 1 - Rev02

Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03. - 1 - Rev02 Data Sheet FBEE IEEE 802.15.4 SUPORTA PROTOCOLOS ZIGBEE E MIWI REV 03 Este equipamento opera em caráter secundário, isto é, não tem direito a proteção contra interferência prejudicial, mesmo de estações

Leia mais

Inscrições PLM-SUMMIT 2013. PLM e Manufatura Digital para a Cadeia Automotiva. www.plm-summit.com

Inscrições PLM-SUMMIT 2013. PLM e Manufatura Digital para a Cadeia Automotiva. www.plm-summit.com PLM-SUMMIT 2013 PLM e Manufatura Digital para a Cadeia Automotiva 12-13 março - 8h30 às 17h00 Auditório ABINEE Av Paulista, 1439-6º Andar São Paulo SP Brasil Inscrições www.plm-summit.com Mudanças no Mundo

Leia mais

SPS ZOOM 300. 3D Laser Scanner

SPS ZOOM 300. 3D Laser Scanner 3D Laser Scanner 3D Laser Scanner O 3D laser scanner é um equipamento que faz coletas de dados espaciais precisos de objetos ou ambientes. As nuvens de pontos coletadas podem ser utilizadas para construção

Leia mais

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS

A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS A ESCOLHA CERTA EM COMUNICAÇÕES WIRELESS Descrição As necessidades de telemedição (ou telemetria) e telecomando têm sido cada vez mais utilizadas nas mais variadas aplicações, principalmente onde o volume

Leia mais

PanelView 800. Soluções de vizualização para máquinas de pequeno porte da Allen-Bradley

PanelView 800. Soluções de vizualização para máquinas de pequeno porte da Allen-Bradley PanelView 800 Soluções de vizualização para máquinas de pequeno porte da Allen-Bradley PanelView 800 Terminais gráficos PanelView 800 Quando você busca agregar valor e reduzir o custo da sua interface

Leia mais

Especificações Técnicas e Funcionais

Especificações Técnicas e Funcionais Introdução Especificações Técnicas e Funcionais A presente Especificação, elaborada pela São Paulo Transporte S.A. SPTrans, tem como objetivo estabelecer os requisitos técnicos, operacionais e funcionais

Leia mais

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Brazil Windpower 2012 Página 1 de 5 Beckhoff na Brazil Windpower 2012: Segundo pavimento, Estande 261, 262 Tecnologia para turbinas: Soluções abertas de automação para energia eólica A Brazil Windpower

Leia mais

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA

CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA CARTA CONVITE 010/2014 ANEXO II - TERMO DE REFERÊNCIA 1. Implantação de Sistema de Call Center 1.1. O software para o Call Center deverá ser instalado em servidor com sistema operacional Windows (preferencialmente

Leia mais

STATUS CHECK. Visão Geral do Produto

STATUS CHECK. Visão Geral do Produto STATUS CHECK Visão Geral do Produto Soluções em Monitoramento da Condição Sistema StatusCheck 2.4GHz 2 Visão Geral do Sistema StatusCheck : O Status Check monitora os parâmetros de vibração e temperatura

Leia mais

automação residencial module neocontrol

automação residencial module neocontrol automação residencial module neocontrol 2014 www.neocontrol.com.br A Neocontrol S/A, indústria brasileira, oferece produtos e soluções para o mercado de automação residencial e predial. Com mais de 215

Leia mais

CASO DE SUCESSO MICROWARE

CASO DE SUCESSO MICROWARE CASO DE SUCESSO MICROWARE CLIENTE: Jequiti Cosméticos SEGMENTO: Indústria JEQUITI INVESTE EM ESTRUTURA PRÓPRIA PARA GARANTIR MAIOR PROCESSAMENTO DE DADOS ÁREA DE ATUAÇÃO: Datacenter DEMANDA: Uma estrutura

Leia mais

TUTORIAL Arduino Nano

TUTORIAL Arduino Nano Conceito: O é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre e de placa única, projetada com um microcontrolador Atmel AVR com circuitos de entrada/saída embutido que podem ser facilmente

Leia mais

AULA2 Introdução a Microcontrolador

AULA2 Introdução a Microcontrolador AULA2 Introdução a Microcontrolador Disciplina: Aplicações Avançadas de Microprocessadores (AAM) Profa. Eduardo Henrique Couto ehcouto@hotmail.com Tópicos: Microcontroladores - Evolução Principais características

Leia mais