Desenvolvimento regional e definição de um novo perfil regional/local. TIC no Alentejo Central

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Desenvolvimento regional e definição de um novo perfil regional/local. TIC no Alentejo Central"

Transcrição

1 Desenvolvimento regional e definição de um novo perfil regional/local TIC no Alentejo Central

2 Alentejo Central

3 A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é composta pelos Municípios de Alandroal, Arraiolos, Borba, Estremoz, Évora, Montemor-o-Novo, Mora, Mourão, Portel, Redondo, Reguengos de Monsaraz, Vendas Novas, Viana do Alentejo e Vila Viçosa. A) Promoção do planeamento e da gestão da estratégia de desenvolvimento económico, social e ambiental do território abrangido; B) Articulação dos investimentos municipais de interesse intermunicipal; C) Participação na gestão de programas de apoio ao desenvolvimento regional, designadamente no âmbito do Quadro de Referência Estratégico Nacional QREN; D) Planeamento das actuações de entidades públicas, de carácter supramunicipal. A ADRAL-Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, S.A. é o resultado de uma parceria muito alargada, composta por um conjunto de entidades públicas e privadas das mais diversas áreas de actividade. A Agência tem o estatuto jurídico de uma Sociedade Anónima. Uma das principais tarefas da ADRAL, S. A é a cooperação com todos os actores locais, promovendo iniciativas comuns e projectos conjuntos no espírito de parceria que a anima e que considera constituir um elemento fundamental para cumprir com êxito os objectivos a que se propõe. Promover o desenvolvimento regional do Alentejo e o fortalecimento da sua base económica e produtiva, em cooperação com os demais agentes e entidades da região, do País ou de outros países, nomeadamente dos que integram a União Europeia, cuja actividade concorra para o mesmo fim. Centro de Tecnologias Digitais

4 Parceria Regional

5 Estratégia TIC

6 Fase 1: Évora Distrito Digital

7 Promovida pelas autarquias Rede Regional (640 km/22 parceiros) Rede MPLS 10Gb/1Gb POP EAN - Equal Access Network Interliga Governo Local e Parques Empresariais Redes de Conhecimento Aumento da mobilidade e produtividade Desenvolvimento de serviços avançados e partilhados Fase 2: Consolidar e Potenciar Serviços Partilhados

8 Redes Municipais (14) Rede Comunitária (640Km) Hotspots Wireless (23) Redes Wireless ZI (14) Data Cente Regional Espaços Internet (~20) Fase 2: Alentejo Central em REDE

9 Fase 3: SRTT & PCTA

10 Data Centre de Serviços DECSIS/HP Âncora no PCTA Parque de Ciência e Tecnologia do Alentejo em Évora 2.5M de investimento 600m2 de Sala Técnica Centro Competências HP/Universidade Évora Plataformas de CLOUD pública e privada Fase 3: Projecto DECSIS/HP

11 Assegurar que: Investimentos dos operadores em RNG inclui o Alentejo de forma global; Munícipes têm clara a estratégia integrada para o desenvolvimento empregue pelos municípios ; Munícipes têm acesso ao mesmo nível de serviço que nos grandes centros urbanos contrariando desertificação; Zonas rurais e urbanas consideradas estruturantes com acesso a RNG; Atracção de investimento gerador de valor e conhecimento em todo o Alentejo; Fase 3: Redes de Nova Geração

12 Ecossistema Regional

13 Comunicações Unificadas VOIP

14 Redes estruturadas Municipais adequadas Rede Comunitária em Banda Larga permite serviços agregados Data Centre partilhado com capacidade e fiabilidade Equipa residente permanente para OMG Restruturação da infra-estrutura de voz das autarquias Integração entre municípios Agregação de procura através da CIMAC Aumentar colaboração e comunicação entre técnicos Agilização das comunicações Enquadramento

15 Infra-estrutura

16 IP FAX Server Cisco 2851 com SRST Ethernet V RDIS PSTN IDC Évora Digital Município Cisco 2921 c/ CUBE Call Manager SIP Trunk Anel Fibra Óptica Évora Digital Ethernet FW Cliente Switch ME3400 GE (Acesso principal) VLAN Internet Internet 100 Mbps VLAN Voz VPN GlobalPhone GlobalPhone PSTN 1024 PT Prime 10 Mbps FE Backup Tipo B VLAN Voz 180 canais 64 canais TMN TMN Call Manager Cisco 2921 c/ CUBE SIP Trunk CIMAC Ethernet Ethernet ADRAL Arquitectura

17 Números do Projecto

18 16 Entidades Suportada no Centro de Dados EDD e na RCDE Plataforma CISCO CUCM 8.1 Gestão individualizada de extensões Optimização de custos internos Optimização de recursos Cluster CUCM 750 telefones IP Fax server por município Redução custo com comunicações Redução de 50% na assinatura de linhas de acesso telefónico Agregação de acessos Convergentes Resumo

19 Sistema Integrado de Protecção Dados Plataforma de Backups

20 Incremento Volume de Dados Desmaterialização e digitalização Conteúdos ricos multimédia Complexidade ambientes e ferramentas de trabalho Preservação dos dados Ausência de Sistemas de Protecção de Dados Ausência de processos estruturados e eficientes para segurança e preservação dos dados Sistemas de protecção de dados complexos Enquadramento

21 Redução Complexidade associada à Operação, Manutenção e Gestão da infraestrutura Domínios de Gestão Agregada e Individual Gestão Automática dos Períodos de Retenção Dados Redução e Optimização Custos componente(s) Hardware Suporte Volume Dados das Entidades envolvidas(±8tb) Garantia de Fiabilidade da Recuperação de Dados de períodos Optimização de volume de dados armazenado (de-duplication) Escalabilidade Requisitos da Solução

22 Infra-estrutura

23 Integração

24 Arquitectura (1)

25 Arquitectura (2)

26 Recuperação dos sistemas municipais para Data Centre; Reposição da infra-estrutura em ambiente virtual Reposição dos dados Conectividade via RCDE Completo DR para os municípios envolvidos para a componente de servidores Cenários de DR

27 Números do Projecto

28 14 Entidades Suportada no Centro de Dados EDD e na RCDE Comunicações em Rede MPLS (débito 10Gb/1Gb) Plataforma IBM Tivoli 3 Tier de armazenamento de dados (Disco, Storage, LTO5) Disco: 11TB Tape: 48xLTO5(3TB) Gestão individualizada de políticas Offsite Backups Armazenamento lifetime Backup progressivoincremental optimizado Deduplication de dados Disaster Recovery dos municípios para o DC Resumo

29 Futuro Novos Projectos

30 Objectivos: Evolução da CLOUD Privada Racionalização de investimentos TIC Centralização da OMG e Suporte Servidores Optimização de recursos de OMG e 24x7 Rede de Serviços Partilhada/Distribuída Parceiros: DECIS/HP Futuro: CLOUD Privada partilhada

31 Futuro: Participação

32 Perguntas & Respostas

SERVIÇOS PARTILHADOS DIGITAIS CIMAC. Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central

SERVIÇOS PARTILHADOS DIGITAIS CIMAC. Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central SERVIÇOS PARTILHADOS DIGITAIS CIMAC Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central AGENDA Contexto Serviços Partilhados Agenda Digital Portugal Desafios CONTEXTO ORGANIZACIONAL A Comunidade Intermunicipal

Leia mais

cspticbt Serviços Partilhados TIC de base territorial do Alentejo ADRAL CIMAC Workshop: A aplicação prática do SPPMO para a Administração Pública

cspticbt Serviços Partilhados TIC de base territorial do Alentejo ADRAL CIMAC Workshop: A aplicação prática do SPPMO para a Administração Pública cspticbt Serviços Partilhados TIC de base territorial do Alentejo ADRAL CIMAC Workshop: A aplicação prática do SPPMO para a Administração Pública EVOLUÇÃO TIC NA REGIÃO 2004-2016 cspticbt 2016 Cidades

Leia mais

ÉVORA DISTRITO DIGITAL

ÉVORA DISTRITO DIGITAL ÉVORA DISTRITO DIGITAL infra-estruturas criadas e serviços disponibilizados Teresa Batista Coordenadora Operacional Évora, 07/03/2007 ÉVORA DISTRITO DIGITAL Período de execução: Set. 2004 Dez. 2006 Total

Leia mais

Projectar o Algarve no Futuro

Projectar o Algarve no Futuro Projectar o Algarve no Futuro Os Novos Desafios do Algarve Região Digital paulo.bernardo@globalgarve.pt 25 Maio 2007 Auditório Portimão Arena Um mundo em profunda mudança O Mundo enfrenta hoje um processo

Leia mais

SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO

SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO SESSÕES DE PROMOÇÃO DO BALCÃO DO EMPRESÁRIO INSIDE E REDE DE COOPERAÇÃO EMPRESARIAL DO ALENTEJO Vendas Novas, 29 outubro 2014 1 I. Serviços do Balcão do Empresário a. Enquadramento b. Questionário às necessidades

Leia mais

Comunidade Intermunicipal do Vale do Minho. Comunidade escolar Escola Superior Gallaecia Ancorensis Escola Profissional do AltoMinho

Comunidade Intermunicipal do Vale do Minho. Comunidade escolar Escola Superior Gallaecia Ancorensis Escola Profissional do AltoMinho A implementação de um projecto de Cidades e Regiões Digitais Vale do Minho Digital Vale do Minho Digital A região 813 Km2 5 municípios 5 municípios 65 000 habitantes Periferia do país O projecto Projecto

Leia mais

SERVIÇOS PARTILHADOS NETWORKING E PRIVATE CLOUD DO ALENTEJO CENTRAL. CTD Centro de Tecnologias Digitais ADRAL/CIMAC

SERVIÇOS PARTILHADOS NETWORKING E PRIVATE CLOUD DO ALENTEJO CENTRAL. CTD Centro de Tecnologias Digitais ADRAL/CIMAC SERVIÇOS PARTILHADOS NETWORKING E PRIVATE CLOUD DO ALENTEJO CENTRAL CTD Centro de Tecnologias Digitais ADRAL/CIMAC CONTEXTO ORGANIZACIONAL A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é composta pelos

Leia mais

SIG municipais partilhados: o caso do Alentejo Central. Teresa Batista CIMAC tbatista@cimac.pt

SIG municipais partilhados: o caso do Alentejo Central. Teresa Batista CIMAC tbatista@cimac.pt SIG municipais partilhados: o caso do Alentejo Central Teresa Batista CIMAC tbatista@cimac.pt A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC) tem vindo ao longo dos últimos 16 anos a apostar na

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES A relevância de uma Agenda Digital e Tecnológica como instrumento de mudança

REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES A relevância de uma Agenda Digital e Tecnológica como instrumento de mudança REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES A relevância de uma Agenda Digital e Tecnológica como instrumento de mudança 12º Encontro de Utilizadores da Esri Portugal Maio 2014 Eng. Bruno Pacheco Bruno.MC.Pacheco@azores.gov.pt

Leia mais

melhor e mais inovador

melhor e mais inovador Conheça o melhor e mais inovador de Portugal. Prime TI s Mais de 2000 m2 850 Bastidores 4 Salas de alojamento 2 Salas networking Salas de staging Salas UPS Sala de clientes Sala bandoteca Serviços de storage,

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA

APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA APRESENTAÇÃO DO GRUPO INCENTEA Quem Somos Somos um grupo de empresas de prestação de serviços profissionais nas áreas das Tecnologias de Informação, Comunicação e Gestão. Estamos presente em Portugal,

Leia mais

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação

Cláusula 1.º Objecto. Cláusula 2.º Especificação da prestação CADERNO DE ENCARGOS CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE UM PROJECTO DE ARQUIVO DIGITAL DE INFRA-ESTRUTURAS DE IT O presente Caderno de Encargos compreende as cláusulas a incluir no contrato

Leia mais

Enquadramento Turismo Rural

Enquadramento Turismo Rural Enquadramento Turismo Rural Portugal é um País onde os meios rurais apresentam elevada atratividade quer pelas paisagens agrícolas, quer pela biodiversidade quer pelo património histórico construído o

Leia mais

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO

PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO PROVERE - ZONA DOS MÁRMORES CARACTERIZAÇÃO A Estratégia de Eficiência Colectiva (EEC) PROVERE Zona dos Mármores assume como foco temático o aproveitamento do recurso endógeno mármore, com uma abrangência

Leia mais

DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS. PT, Lisboa, Direcção-Geral de Arquivos

DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS. PT, Lisboa, Direcção-Geral de Arquivos DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS PT, Lisboa, Direcção-Geral de Arquivos 1 DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS DIRECÇÃO-GERAL DE ARQUIVOS Digitalização e disponibilização de informação: experiência portuguesa 2.534.211

Leia mais

Leiria Região Digital

Leiria Região Digital U M A R E G I Ã O ONLINE COM A VIDA Leiria Região Digital Resultados 15 de Julho de 2008 Nerlei 1 Agenda Parceiros do Leiria Região Digital (LRD) Zona de abrangência Objectivos do LRD Resultados do projecto

Leia mais

DataCenter 3.0 - Converged Infrastructure - Henrique S. Mamede

DataCenter 3.0 - Converged Infrastructure - Henrique S. Mamede DataCenter 3.0 - Converged Infrastructure - Henrique S. Mamede Evolução do DataCenter 2 Factos Actuais A crise Facto Organizações sob pressão para realizarem mais com menos recursos (financeiros, tecnológicos,

Leia mais

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC

Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Investir em Modernas Infraestruturas Associadas às TIC Vale do Sousa Digital 18 de Abril de 2013 Vale do Sousa Digital Início 2005 Projeto Financiado pelo Programa Operacional da Sociedade do Conhecimento

Leia mais

Agenda Norte Região Digital: Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção

Agenda Norte Região Digital: Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção : Diagnóstico, Estratégia e Plano de Acção Mário Jorge Leitão INESC Porto / FEUP Sumário Enquadramento e-governo Local e Regional Cartão do Cidadão e Plataforma de Serviços Comuns da Administração Pública

Leia mais

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios

A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios 19 março 2015 A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Território e Municípios A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo Atribuições e Competências das CIM Prossecução dos seguintes fins públicos: (Lei

Leia mais

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas

IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas IV Seminário Plataformas Logísticas Ibéricas Preparar a Retoma, Repensar a Logística 10 de Novembro NOVOHOTEL SETUBAL Comunicação: Factores de Atractividade da oferta logística do Alentejo Orador: Dr.

Leia mais

SOLUÇÕES DE INFRAESTRUTURA

SOLUÇÕES DE INFRAESTRUTURA DE INFRAESTRUTURA www.alidata.pt geral@alidata.pt +351 244 850 030 A Alidata conta com uma equipa experiente e especializada nas mais diversas áreas, desde a configuração de um simples terminal de trabalho

Leia mais

Projetos de Infraestrutura e Soluções Tecnológicas www.msitelecom.com.br

Projetos de Infraestrutura e Soluções Tecnológicas www.msitelecom.com.br Projetos de Infraestrutura e Soluções Tecnológicas www.msitelecom.com.br Índice 1. MSI Telecom 2. Soluções e Serviços 3. Parceiros 4. Principais Clientes 5. Alguns de nossos Projetos A MSI Telecom A MSI

Leia mais

PARCEIROS E ACTIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CELEBRAÇÃO DO DNPST 2011

PARCEIROS E ACTIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CELEBRAÇÃO DO DNPST 2011 REGIÃO ALENTEJO PARCEIROS E ACTIVIDADES DESENVOLVIDAS NA CELEBRAÇÃO DO DNPST 2011 ALENTEJO CENTRAL ÉVORA REGIÃO ALENTEJO Évora PARCEIROS E ACTIVIDADES A DESENVOLVER NA CELEBRAÇÃO DO DNPST 2010 SERVIÇOS

Leia mais

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação

Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação Projecto de Governo Electrónico e de Infra-estruturas de Comunicação (Mozambique egovernment and Communication Infrastructure Project) (MEGCIP) 5º Fórum Lusófono das Comunicações Painel 4: Infra-estruturas

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Universidade de Évora, 10 de março de 2015 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Lezíria do Tejo Alto Alentejo Alentejo Central Alentejo Litoral

Leia mais

SINES, 12 de Março 2009

SINES, 12 de Março 2009 SINES, 12 de Março 2009 O que é o FAME? O FAME é um instrumento financeiro inovador, que consiste num fundo de apoio disponibilizado a empresários e empreendedores, com o objectivo de promover o investimento

Leia mais

Racionalização de infraestruturas e plataformas no âmbito dos Sistemas de Informação do MJ

Racionalização de infraestruturas e plataformas no âmbito dos Sistemas de Informação do MJ itsmf Conferência Anual 2012 22 de Maio de 2012 Estratégias de racionalização e sustentabilidade das TIC (setores público e privado) Racionalização de infraestruturas e plataformas no âmbito dos Sistemas

Leia mais

EIXO 1 COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EM CONTÍNUO N.

EIXO 1 COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EM CONTÍNUO N. EIXO 1 COMPETITIVIDADE, INOVAÇÃO E CONHECIMENTO REGULAMENTO ESPECÍFICO: SISTEMA DE APOIO A ÁREAS DE ACOLHIMENTO EMPRESARIAL E LOGÍSTICA AVISO DE ABERTURA DE CONCURSO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS EM

Leia mais

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria Engenharia Informática e Comunicações

Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria Engenharia Informática e Comunicações Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria Engenharia Informática e Comunicações WRAN Wireless Regional Access Network Fornecimento de Internet à população da Freguesia de Memória Orador: Tiago Mira

Leia mais

Odemira, 24 de Setembro de 2009

Odemira, 24 de Setembro de 2009 Odemira, 24 de Setembro de 2009 O que é o FAME? O FAME é um instrumento financeiro, que consiste num fundo de apoio disponibilizado a empresários e empreendedores, com o objectivo de promover o investimento

Leia mais

Case Study. Câmara Municipal de Águeda. Implementação de uma infra-estrutura de WiMAX

Case Study. Câmara Municipal de Águeda. Implementação de uma infra-estrutura de WiMAX Câmara Municipal de Águeda Implementação de uma infra-estrutura de WiMAX A Wavecom, empresa portuguesa de engenharia de comunicações, implementou com sucesso no Município de Águeda o primeiro projecto

Leia mais

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade

Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Memória descritiva do projecto Sanjonet Rede de Inovação e Competitividade Candidatura aprovada ao Programa Política de Cidades - Redes Urbanas para a Competitividade e a Inovação Síntese A cidade de S.

Leia mais

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010

ARTIGO: SOLUÇÕES PARA O SECTOR AUTARQUIAS in IGOV Maio 2010 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM - R EVOLUÇÃO ADMINISTRATIVA A Autarquia de Santarém, em parceria com a PT Prime, desenvolveu um sistema de soluções integradas e inter-operantes que lhe possibilitaram operacionalizar

Leia mais

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM:

O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: O ESTADO PORTUGUÊS EM CONJUNTO COM: Decidiu apoiar as PME através deste programa, que permite: Modernizar a sua infraestrutura de comunicações Fazer crescer o seu negócio Incorporar competências essenciais

Leia mais

ÉVORA DISTRITO DIGITAL OUTUBRO2004- MARÇO 2007

ÉVORA DISTRITO DIGITAL OUTUBRO2004- MARÇO 2007 ÉVORA DISTRITO DIGITAL OUTUBRO2004- MARÇO 2007 Liderado pela Associação de Municípios do Distrito de Évora (AMDE) Parceria alargada que inclui a ADRAL Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, Universidade

Leia mais

Fundação. Sede. Chief Marketing Officer. Chief Technology Officer. Internacionalização. Santa Maria da Feira, Portugal. Sérgio Castro.

Fundação. Sede. Chief Marketing Officer. Chief Technology Officer. Internacionalização. Santa Maria da Feira, Portugal. Sérgio Castro. Apresentação da Empresa Fundação 2003 Sede Santa Maria da Feira, Portugal Chief Marketing Officer Sérgio Castro Chief Technology Officer Ruben Sousa Internacionalização Mercado actuação: Global Presença

Leia mais

CCDR-LVT. Perspectivas de Desenvolvimento

CCDR-LVT. Perspectivas de Desenvolvimento CCDR-LVT Processo de Informatização Perspectivas de Desenvolvimento Linhas Estratégicas A. Integração Lógica e Funcional do Sistema de Informação B. Normalização, Racionalização e Potenciação dos Circuitos

Leia mais

CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO

CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO CRECHE/JARDIM DE INFÂNCIA A QUINTA DOS SONHOS PROJECTO EDUCATIVO Ano lectivo 2009/2010 Índice 1. Projecto Educativo o que é? 2. Caracterização da Instituição 2.1 Sala de creche 2.2 Salas de Jardim de Infância

Leia mais

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC

SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC AGÊNCIA PARA A MODERNIZAÇÃO ADMINISTRATIVA SAMA2020 OPERAÇÕES TEMÁTICAS RACIONALIZAÇÃO DAS TIC 1 DE JULHO DE 2015 OPERAÇÕES TEMÁTICAS OPERAÇÃO TEMÁTICA M/C DOTAÇÃO ORÇAMENTAL CAPACITAÇÃO PARA AVALIAÇÕES

Leia mais

MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS. Especificação do Projecto

MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS. Especificação do Projecto MERC 2010/11 RCM/TRC/SIRS Especificação do Projecto Grupo nº: 9 Turno (e campus): Taguspark Nome Número Luís Silva 68672 Ivo Marcelino 70684 José Lucas 70685 Nome do Projecto Enterprise Digital Content

Leia mais

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural

Os Sistemas de Informação Regionais das Cidades e Regiões Digitais na vertente Infraestrutural Os Sistemas de Informação Regionais das na vertente Infraestrutural 1, 2 1 Instituto Politécnico de Tomar Tomar, Portugal 2 Centre of Human Language Tecnnology and Bioinformatics Universidade da Beira

Leia mais

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO::

::ENQUADRAMENTO ::ENQUADRAMENTO:: ::ENQUADRAMENTO:: :: ENQUADRAMENTO :: O actual ambiente de negócios caracteriza-se por rápidas mudanças que envolvem a esfera politica, económica, social e cultural das sociedades. A capacidade de se adaptar

Leia mais

O Programa de Desenvolvimento Municipal de Maputo e a ESTÃO MUNICIPAL DO SOLO URBANO

O Programa de Desenvolvimento Municipal de Maputo e a ESTÃO MUNICIPAL DO SOLO URBANO Painel 2: Serviço público de excelência casos de sucesso na Administração Pública O Programa de Desenvolvimento Municipal de Maputo e a ESTÃO MUNICIPAL DO SOLO URBANO 08 de Outubro de 2010 Visão da Cidade

Leia mais

Caso de Estudo. Kero - Links Wireless e Redes Wi-Fi

Caso de Estudo. Kero - Links Wireless e Redes Wi-Fi Kero - Links Wireless e Redes Wi-Fi ...sendo fundamental para permitir o funcionamento de todos os equipamentos de mobilidade, usados nos vários processos da operação do armazém. Kero O Kero é uma empresa

Leia mais

Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações

Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações O PAPEL DAS COMUNICAÇÕES NO CRESCIMENTO ECONÓMICO Perspectivas de Desenvolvimento das Comunicações Apresentaçāo: Ema Maria dos Santos Chicoco PCA Autoridade Reguladora das Comunicações de Moçambique (INCM)

Leia mais

Estratégias empresariais de estímulo ao investimento privado em I&D

Estratégias empresariais de estímulo ao investimento privado em I&D Valorização económica do conhecimento científico Estratégias empresariais de estímulo ao investimento privado em I&D Rodrigo Costa Vice-Presidente Executivo do Grupo PT Porto, 18 de Abril de 2007 1 O DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Introdução ao projecto Gaia Global

Introdução ao projecto Gaia Global Introdução ao projecto Gaia Global Autarquia de Vila Nova de Gaia Luís BorgesGouveia A sociedade da informação A Sociedade da Informação é uma sociedade que predominantemente utiliza o recurso às tecnologias

Leia mais

GAEPC - Gestão Activa de Espaços Protegidos e Classificados MÉRITO DA OPERAÇÃO. Metodologia de Cálculo

GAEPC - Gestão Activa de Espaços Protegidos e Classificados MÉRITO DA OPERAÇÃO. Metodologia de Cálculo GAEPC - Gestão Activa de Espaços Protegidos e Classificados 2º Aviso MÉRITO DA OPERAÇÃO Metodologia de Cálculo Critério A Contribuição para os objectivos do PO, respectivos indicadores e categorização

Leia mais

Tecnologia ao seu dispor

Tecnologia ao seu dispor Tecnologia ao seu dispor EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE 1987 Janeiro Fundação como empresa de prestação de serviços na área da electrónica e Centro de Assistência Técnica para o Sul do País de um fabricante de

Leia mais

Centro degestão da RedeInformática do Governo

Centro degestão da RedeInformática do Governo 25 de Maio de 2005 O foi criado pelo Governo 15/12/1989 pelo Decreto-lei 429/89 Âmbito Modernização do sector público Objectivo Adopção dos meios que simplifiquem todo o processo de apoio à tomada de decisão

Leia mais

III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo

III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo III.2. Do Plano de Acção à Subvenção Global: A contratualização com Associação de Municípios no âmbito do INAlentejo A contratualização com associações de municípios no âmbito dos Programas Operacionais,

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS N.º 02/SAMA2020/2015 REFERENCIAL DE ANÁLISE DE MÉRITO DA OPERAÇÃO SISTEMA DE APOIO À MODERNIZAÇÃO E CAPACITAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (SAMA2020) Página 1 de 16

Leia mais

Pedro Gomes Pereira IT Director

Pedro Gomes Pereira IT Director Pedro Gomes Pereira IT Director P Business Solutions Rumos Professional Services Lisboa - 04/05/2010 Tech Sessions 2010 RUMOS PROFESSIONAL SERVICES SOLUÇÕES o O QUE FAZEMOS o DISPERSÃO GEOGRÁFICA o SOLUÇÕES

Leia mais

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira

Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira Polis Litoral Operações Integradas de Requalificação e Valorização da Orla Costeira OBJECTIVOS DO POLIS LITORAL: (RCM n.º 90/2008, de 3 de Junho) a) Proteger e requalificar a zona costeira, tendo em vista

Leia mais

A Cabo Verde Telecom e a segurança dos Sistemas de Informação

A Cabo Verde Telecom e a segurança dos Sistemas de Informação A Cabo Verde Telecom e a segurança dos Sistemas de Informação Almiro L. Almeida Rocha Departamento de Sistemas de Informação Gestão e Manutenção de Infraetruturas Praia, 27 a 29 de Novembro de 2007 Sumário

Leia mais

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral

UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Ponto de Presença da RNP em Santa Catarina Rede Metropolitana de Educação e Pesquisa da Região de Florianópolis 04 e 05 Outubro/2012 UFSC - Infraestrutura e Serviços de TIC Visão Geral Edison Tadeu Lopes

Leia mais

REDE REGIONAL DE APOIO AO EMPREENDEDORISMO NO ALTO MINHO. Nuno Vieira e Brito IPVC Carlos Brandão IPVC Carla Gomes CIM Alto MInho

REDE REGIONAL DE APOIO AO EMPREENDEDORISMO NO ALTO MINHO. Nuno Vieira e Brito IPVC Carlos Brandão IPVC Carla Gomes CIM Alto MInho REDE REGIONAL DE APOIO AO EMPREENDEDORISMO NO ALTO MINHO Nuno Vieira e Brito IPVC Carlos Brandão IPVC Carla Gomes CIM Alto MInho Enquadramento Regional e Dimensão do Alto-Minho: Escala Local e de Proximidade

Leia mais

Universidade Eduardo Mondlane

Universidade Eduardo Mondlane Universidade Eduardo Mondlane - Pobreza Urbana Intercâmbio entre a Ciência e a Prática - 16 Abril de 2008 Governação Municipal Participativa e a Redução da Pobreza Fernando Vieira 1 2 Estrutura e Objectivo

Leia mais

Entraves existentes ao desenvolvimento regional no Brasil: como vetor de desenvolvimento. Brasília, junho 2011

Entraves existentes ao desenvolvimento regional no Brasil: como vetor de desenvolvimento. Brasília, junho 2011 Entraves existentes ao desenvolvimento regional no Brasil: Inclusão digital i A Telebrás Tlbá como vetor de desenvolvimento. Brasília, junho 2011 O Desenvolvimento Desenvolvimento, em termos conceituais,

Leia mais

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER

Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Sessão de Divulgação do Subprograma 3 do PRODER Vendas Novas 27 de Janeiro de 2012 SUBPROGRAMA 3 - Dinamização das Zonas Rurais 3.1 DIVERSIFICAÇÃO DA ECONOMIA E CRIAÇÃO DE EMPREGO 3.1.1 Diversificação

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

Parcerias nos Domínios Técnico e Tecnológico Evolução e Resultados

Parcerias nos Domínios Técnico e Tecnológico Evolução e Resultados Evolução e Resultados Dr. Manuel Moreira Coordenador do PSGSS Workshop: Protecção Social Obrigatória: níveis de solidez e perspectivas de desenvolvimento Hotel Epic Sana, 31. Outubro.2014 Contexto A Segurança

Leia mais

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access

E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access E-Ciência em Portugal 4ª Conferência Open Access U. do Minho, Braga, 26 Nov 2009 Luis Magalhães UMIC Agência para a Sociedade do Conhecimento Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior Estratégia

Leia mais

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt

Paulo Alves / CEO. paulo.alves@proside.pt Paulo Alves / CEO paulo.alves@proside.pt Sistemas Integrados de Atendimento O que fazemos A Empresa Concepção, Arquitectura e Implementação de Sistemas de Informação; Consultoria Tecnológica de Sistemas

Leia mais

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação

CidadesDigitais. A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais A construção de um ecossistema de cooperação e inovação CidadesDigitais PRINCÍPIOs 1. A inclusão digital deve proporcionar o exercício da cidadania, abrindo possibilidades de promoção cultural,

Leia mais

Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco. Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN

Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco. Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN Telefonia IP e Comunicações Unificadas Cisco Solução de Switching e Voz sobre Metro LAN José Ferreira 17/04/2008 Agenda O Grupo Aveleda Vinhos, Queijos e Turismo As Motivações e o porquê da evolução tecnológica

Leia mais

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações

Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Simplificar a Vida às Pessoas as motivações Visibilidade Capacidade Autarca Quem são os munícipes? Que recursos existem? Que desempenho? Como melhorar? Quem são os munícipes? Como prestar o serviço? Que

Leia mais

Encontro de Utilizadores Esri 2013. Smart Cloud PT

Encontro de Utilizadores Esri 2013. Smart Cloud PT Encontro de Utilizadores Esri 2013 Smart Cloud PT Enabler de Orador: Inovação Hugo Rodrigues e Eficácia PT Enabler de Inovação e Eficácia EUE 2013 Telecomunicações TI/SI Soluções Internacionais Soluções

Leia mais

Backup the Private Cloud

Backup the Private Cloud Backup the Private Cloud Backup & Recovery Solutions Division Bernardo Oliveira Lima BRS Sales Manager Portugal & Greece 1 Private Cloud em 30 segundos Cada aplicação a correr num virtual container Gestão

Leia mais

Redes de Comunicações Case Study - Integração de Voz, Dados, Segurança e SVA s

Redes de Comunicações Case Study - Integração de Voz, Dados, Segurança e SVA s Redes de Comunicações Case Study - Integração de Voz, Dados, Segurança e SVA s IDC Banca & Seguros Lisboa, 06.Maio.2008 Nuno Miguel Nunes nuno.nunes@oni.pt Os Desafios Pressão da concorrência cada vez

Leia mais

Inatel Serviços de Data Center e solução SAP

Inatel Serviços de Data Center e solução SAP Inatel Serviços de Data Center e solução SAP Considero que foi um projecto que exigiu um enorme envolvimento de todas as partes que o integraram. Os resultados do projecto são francamente positivos. O

Leia mais

PLANO DE TRANSPORTES ESCOLARES - ANO LECTIVO 2015/2016

PLANO DE TRANSPORTES ESCOLARES - ANO LECTIVO 2015/2016 PLANO DE TRANSPORTES ESCOLARES - ANO LECTIVO 2015/2016 Introdução A educação é hoje reconhecida como um dos principais fatores de progresso das sociedades modernas, pelo que compete ao Estado a construção

Leia mais

PT PRIME - APRESENTAÇÃO

PT PRIME - APRESENTAÇÃO PT PRIME - APRESENTAÇÃO A PT Prime Soluções Empresariais de Telecomunicações e Sistemas, é uma empresa do Grupo PT que presta serviços e soluções de comunicação e informação para o mercado empresarial.

Leia mais

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI

A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Mobilidade em Cidades Médias e Áreas Rurais Castelo Branco, 23-24 Abril 2009 A MOBILIDADE EM CIDADES MÉDIAS ABORDAGEM NA PERSPECTIVA DA POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI A POLÍTICA DE CIDADES POLIS XXI Compromisso

Leia mais

O Cluster Habitat Sustentável - rede de cooperação para a sustentabilidade

O Cluster Habitat Sustentável - rede de cooperação para a sustentabilidade O Cluster Habitat Sustentável - rede de cooperação para a sustentabilidade Congresso LiderA 2013 Lisboa, 28/05/2013 Victor Ferreira (Plataforma Construção Sustentável) Cluster Habitat Sustentável - Rede

Leia mais

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade

Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020. Identidade, Competitividade, Responsabilidade Programa Operacional Regional Alentejo 2014/2020 Identidade, Competitividade, Responsabilidade Acordo de Parceria Consagra a política de desenvolvimento económico, social, ambiental e territorial Define

Leia mais

Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social. Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014

Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social. Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014 Modernização e Qualidade do Instituto Nacional de Segurança Social Jesus Maiato Director Nacional de Segurança Social ENAD, 2 e 3 de Abril de 2014 Estruturas Físicas Imagem TIT Serviços Gestão e Processos

Leia mais

REDES COMUNITÁRIAS. Casos Internacionais. Stokcab Municipios de Estocolmo. MetroWeb Municipios de Milão

REDES COMUNITÁRIAS. Casos Internacionais. Stokcab Municipios de Estocolmo. MetroWeb Municipios de Milão REDES COMUNITÁRIAS Casos Internacionais Stokcab Municipios de Estocolmo MetroWeb Municipios de Milão BorderLight.net Municipios da Suécia / Cidade de Uppsala Utopia.net Municipios do Estado do Utah 0 O

Leia mais

A ECONET EVOLUTION S.A.S. nasce no ano de 2012 na Colômbia. Com sua filosofia de crescimento e expansão, projeta-se no mercado mundial, oferecendo

A ECONET EVOLUTION S.A.S. nasce no ano de 2012 na Colômbia. Com sua filosofia de crescimento e expansão, projeta-se no mercado mundial, oferecendo A ECONET EVOLUTION S.A.S. nasce no ano de 2012 na Colômbia. Com sua filosofia de crescimento e expansão, projeta-se no mercado mundial, oferecendo profissionalismo, velocidade, qualidade e conhecimento

Leia mais

O contributo do Cluster Habitat Sustentável

O contributo do Cluster Habitat Sustentável O contributo do Cluster Habitat Sustentável Victor Ferreira Plataforma para a Construção Sustentável Seminário Construção Sustentável CONCRETA 2011 20/10/2011 Visão e Missão O Cluster Habitat? agregador

Leia mais

SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral. ajherdeiro@dgterritorio.pt mota.lopes@apambiente.pt

SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral. ajherdeiro@dgterritorio.pt mota.lopes@apambiente.pt SIARL / Sistema de Administração do recurso Litoral Uma Plataforma Colaborativa para apoiar a Gestão do Litoral ajherdeiro@dgterritorio.pt j @ g p mota.lopes@apambiente.pt Lugares comuns de quem lida com

Leia mais

Segurança e Desempenho dos Sistemas de Informação. Norberto Chinita norberto.chinita@ulsba.min-saude.pt

Segurança e Desempenho dos Sistemas de Informação. Norberto Chinita norberto.chinita@ulsba.min-saude.pt Segurança e Desempenho dos Sistemas de Informação Norberto Chinita norberto.chinita@ulsba.min-saude.pt Segurança e Desempenho dos Apresentação da ULSBA A Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo EPE foi

Leia mais

Guião de Apoio à Venda

Guião de Apoio à Venda Guião de Apoio à Venda Condições Comerciais Empresas com um número de extensões inferior a 150 Até 50 extensões: 11,00 por extensão A partir de 50 extensões: 9,00 por extensão Público Alvo Preços Principais

Leia mais

FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional fccn.pt. Nelson Ribeiro - nelson.ribeiro@fccn.pt

FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional fccn.pt. Nelson Ribeiro - nelson.ribeiro@fccn.pt FCCN - Fundação para a Computação Científica Nacional fccn.pt Nelson Ribeiro - nelson.ribeiro@fccn.pt Agenda FCCN RCTS serviços e projectos internacionais Projecto SIG@Fibra Network Engineer Futuro Q&A

Leia mais

(Minho Laboratório de Inovação e Desenvolvimento)

(Minho Laboratório de Inovação e Desenvolvimento) Barcelos Braga Famalicão Guimarãe SESSÃO PÚBLIICA DE APRESENTAÇÃO MEMORANDO TÉCNIICO PLLANO DE DESENVOLLVI IMENTTO DA REGIÃO DO MINHO IDENTTI I IFFI ICAÇÃO DE UM MOTTOR DE DESENVOLLVI IMENTTO Janeiro de

Leia mais

INTELI Centro de Inovação (PT)

INTELI Centro de Inovação (PT) INTELI Centro de Inovação (PT) CLUSTERS CRIATIVOS Criatividade para a Regeneração Urbana X Fórum Internacional de Inovação e Criatividade Aracaju, 20 Novembro 2010 Estrutura da Apresentação 1. Clusters

Leia mais

INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO

INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO INOVAÇÃO E SOCIEDADE DO CONHECIMENTO O contexto da Globalização Actuação Transversal Aposta no reforço dos factores dinâmicos de competitividade Objectivos e Orientações Estratégicas para a Inovação Estruturação

Leia mais

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas

Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Condições de oferta e de utilização de Serviços de Comunicações Eletrónicas Conteúdo 1. Identificação... 3 2. Serviços... 4 2.1. Serviços de Voz... 4 2.1.1. SIP Trunk /Voip... 4 2.1.2. IPBX... 4 2.1.3.

Leia mais

QUANTINFOR CONSULTORIA INFORMÁTICA UMA EQUIPA, MÚLTIPLOS SERVIÇOS PARA A SUA EMPRESA

QUANTINFOR CONSULTORIA INFORMÁTICA UMA EQUIPA, MÚLTIPLOS SERVIÇOS PARA A SUA EMPRESA QUANTINFOR CONSULTORIA INFORMÁTICA UMA EQUIPA, MÚLTIPLOS SERVIÇOS PARA A SUA EMPRESA Somos uma empresa de Consultoria Informática que presta serviços na área das Tecnologias de Informação e Comunicação

Leia mais

N.º Trabalhadores Volume de facturação

N.º Trabalhadores Volume de facturação engenharia de comunicações Evolução da Wavecom 15 10 N.º Trabalhadores 5 0 12 7 2 2 3 2003 2004 2005 2006 2007 * 1.600.000,00 1.400.000,00 1.200.000,00 1.000.000,00 Volume de facturação 1.455.165 800.000,00000

Leia mais

REDES DE COMPUTADORES

REDES DE COMPUTADORES REDES DE COMPUTADORES Redes de Computadores 3º Ano / 1º Semestre Eng. Electrotécnica Ano lectivo 2005/2006 Sumário Sumário Perspectiva evolutiva das redes telemáticas Tipos de redes Internet, Intranet

Leia mais

Plano Plurianual de Investimentos

Plano Plurianual de Investimentos O Orçamento da (Vale do Minho-CI), irá concentrar os seus recursos para o ano 2009 na implementação dos projectos aprovados no QCAIII que se encontram em fase de conclusão, bem como nos projectos já aprovados

Leia mais

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE

OPORTUNIDADES. Cluster energético: oportunidades; horizontes; observatório, BejaGlobal; PASE CLUSTER ENERGÉTICO DE BEJA OPORTUNIDADES SUSTENTABILIDADE ENERGÉTICA E CRESCIMENTO ECONÓMICO A sustentabilidade energética e climática é um desígnio estratégico duplo significado. Por um lado, desenvolvimento

Leia mais

PLANO ESTRATÉGICO 2006-2008

PLANO ESTRATÉGICO 2006-2008 PLANO ESTRATÉGICO 2006-2008 ÍNDICE 1. ÂMBITO 03 Pág.s 2. MISSÃO 03 3. AMBIENTE EXTERNO E INTERNO 04 3.1 Factores Externos 04 3.2 Factores Internos 05 4. ESTRATÉGIA 06 5. PROGRAMAS 10 Instituto do Desporto

Leia mais

Redes e Telecomunicações. 2º Pacote. Formação em

Redes e Telecomunicações. 2º Pacote. Formação em 2º Pacote Formação em Redes de Computadores Formação em Redes de Computadores Exposição dos conteúdos por um docente do ISEL do grupo de redes de comunicações Formação adequada a vários níveis de experiência

Leia mais

Secretaria para Assuntos Estratégicos

Secretaria para Assuntos Estratégicos Secretaria para Assuntos Estratégicos DO DESAFIO A REALIDADE Nosso desafio: 399 municípios conectados por uma internet rápida, que oportuniza a aproximação da gestão pública com o cidadão. O projeto Rede399

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE INFORMÁTICA - INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE INFORMÁTICA - INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO(A) DE INFORMÁTICA - INSTALAÇÃO E GESTÃO DE REDES PERFIL PROFISSIONAL Técnico de Informática Instalação e Gestão de Redes Nível 3 CATÁLOGO NACIONAL DE QUALIFICAÇÕES 1/5 ÁREA

Leia mais

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações

Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações Documento de Referência do Projeto de Cidades Digitais Secretaria de Inclusão Digital Ministério das Comunicações CIDADES DIGITAIS CONSTRUINDO UM ECOSSISTEMA DE COOPERAÇÃO E INOVAÇÃO Cidades Digitais Princípios

Leia mais

confiança know-how inovação disponibilidade convergência

confiança know-how inovação disponibilidade convergência confiança know-how inovação disponibilidade convergência Sobre a Meiostec Fundada em 1997, por um grupo de accionistas privados e com ligações a um Grupo que opera no mercado das TIs, a MeiosTec responde

Leia mais