ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título II Reviravolta Coletiva Integração e Locomoção

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título II Reviravolta Coletiva Integração e Locomoção"

Transcrição

1 ANEXO II MODELO DE PROJETO 1. Título Integração e Locomoção 2. Apresentação A Reviravolta surgiu em Julho de 2012 como ideia e se concretizou no mês de Agosto do mesmo ano. O projeto em 2012 compreendia um evento com duração de uma semana que envolvesse em sua grade atividades de formação, produção e difusão cultural. O mote da Reviravolta de 2012 foi Mapeamento e Reconhecimento, fazer reconhecer quem eram esses outros produtores do cenário cultural da Grande Vitória. Para isso, o Assédio Coletivo utilizou a articulação em rede para mobilizar outros produtores. Com isso, desenvolveu-se um mapeamento ao longo do processo de construção coletiva do evento e ao todo foram aproximadamente 60 organizações/ coletivos/ grupos mapeados durante a semana Reviravolta Foram desenvolvidas 37 ações integradas junto destes outros coletivos. Cerca de 1500 pessoas foram atingidas diretamente pelas ações que ocorreram e foram divulgadas durante o evento. Para 2013 a proposta é de que a Reviravolta aconteça novamente no mês de Setembro. O mote deste ano será a Integração e Locomoção. Tendo em vista a aproximação do Assédio Coletivo com outros grupos produtores através de ações integradas e do diálogo, para 2013, a Reviravolta será voltada ao cenário local, à comunidade em que as organizações/ coletivos/ grupos promovem suas ações e estão inseridos. O projeto inscrito no presente edital é a com caráter formativo e fomentador de vontades no cenário cultural capixaba. Inscrevemos aqui três oficinas formativas - uma interna e duas externas, bem como o início de execução da, o processo de mobilização: - Comunicação - a ser ministrada como base formativa aos produtores do Assédio Coletivo e demais produtores interessados - item previsto no edital; - Produção Executiva de Eventos - capacitação ministrada por membros do Assédio Coletivo à produtores interessados; - organização e elaboração de Projetos Culturais - capacitação ministrada por membros do Assédio Coletivo à produtores interessados; - Desenvolvimento de Identidade Visual da ; - Reuniões de ; A realização das oficinas se dará em salas conseguidas por meio de aluguel do espaço ou parcerias. Ao contrário da Reviravolta do ano de 2012, que concentrou as atividades em uma semana na cidade de Vitória, a será desenvolvida nas comunidades dos coletivos/ indivíduos mobilizados para o evento, ou onde estes costumam desenvolver suas ações. O calendário da poderá compreender todos os dias do mês de

2 Setembro. O período de realização das oficinas, reuniões e produção do material gráfico será /Julho/Agosto e a acontecerá em Setembro de Justificativa Em 2012, a Reviravolta foi um evento realizado para mapear os coletivos produtores e aproximar, reconhecer quais grupos estavam produzindo na cidade de Vitória e arredores. A partir do mapeamento feito durante esta ação, o Assédio Coletivo pode perceber a enorme quantidade de coletivos atuantes. A partir disso, iniciaram-se diversas ações integradas, inclusive as articulações da rede do Coletivos Unidos (CU) - rede formada por integrantes de coletivos, que busca possibilidades de conexão, trocas de tecnologias e humanização das ações. Em 2013, o mote da será a Integração e Locomoção. Já participantes de uma rede articulada e em crescimento através de ações de todos estes coletivos aos quais conseguimos nos conectar, percebemos que a necessidade é de integração com o público que cada coletivo alcança e suas comunidades - a mistura das redes. As ações da serão voltadas ao cenário local, à comunidade em que as organizações/ coletivos/ grupos promovem suas ações e estão inseridos. O evento deste ano pretende fazer com que os coletivos envolvidos e o público se locomovam a outros locais da cidade e tenham oportunidade de se integrar a outras realidades e outros territórios. Enquanto coletivo produtor situado na capital, percebemos que as ações desenvolvidas aqui atraem mais o público por serem próximas às suas residências. Sempre convidamos coletivos para desenvolverem ações integradas às que já acontecem aqui. Com a pretendemos: - capacitar outros grupos da cidade através das oficinas formativas; - estimular o desenvolvimento das atividades que cada coletivo desenvolve em seus próprios territórios; - possibilitar maior foco e participar de atividades desenvolvidas em outras comunidades e outras cidades da Grande Vitória; - reforçar a visão de que a Grande Vitória pode ser facilmente acessada utilizando o transporte público; - amplificar a abrangência das ações desenvolvidas em cidades/ comunidades vizinhas; Com estes propósitos nosso objetivo é desconstruir o senso comum e midiático de que outras regiões da Grande Vitória, nos quais os coletivos desenvolvem suas ações, ficam distantes umas das outras. Um dos direcionamentos é potencializar em rede a divulgação dessas atividades desenvolvidas localmente, amplificando sua abrangência. Incentivando a integração e locomoção reforçaremos também a importância da rede acionada não se constituir apenas virtualmente - existe a necessidade do desenvolvimento das conexões e de laços presenciais, mais humanizados e realmente sociais. Com isso trabalharemos o pertencimento, o reconhecimento das potencialidades de outros grupos produtores e a

3 capacidade do público e dos produtores de gerarem suas próprias conexões através do desenvolvimento de suas ações em suas comunidades e territórios. 4. Objetivos Objetivo Geral Articular, mobilizar, desenvolver e divulgar a com um calendário integrado de ações durante todo o mês de Setembro. Objetivos Específicos - Reforço às habilidades comunicacionais dos integrantes dos coletivos participantes da oficina de comunicação; - Capacitação de indivíduos para elaboração e organização de projetos culturais; - Capacitação de indivíduos para produção cultural executiva de eventos; - Aproximação presencial dos coletivos e indivíduos produtores da cena cultural espíritossantense, bem como o fortalecimento da articulação cultural em rede; - Valorização do pertencimento; - Possibilitar maior visibilidade às atividades desenvolvidas por coletivos em suas respectivas localidades, tendo em vista a integração e a locomoção; - Potencialização do alcance da através da articulação cultural do Assédio Coletivo e demais envolvidos no evento; 5. Público a que se destina/abrangência - As inscrições para as oficinas serão abertas aos indivíduos produtores culturais que se interessarem pelos temas a serem desenvolvidos em cada uma delas. Faremos uma mobilização específica com coletivos já mapeados e os articulados via redes sociais; - A visa atender aos municípios da Grande Vitória através da articulação, comunicação, desenvolvimento em rede e diálogo direto com os produtores; - As reuniões de mobilização serão destinadas a coletivos e indivíduos produtores da Grande Vitória; O público alvo da são produtores, coletivos e grupos produtores, bem como o público que esses coletivos mobilizam através de suas ações em suas localidades. 6. Metodologia de Ação A será articulada através de mobilização online e presencial. As oficinas serão divulgadas online e faremos mobilização com produtores de coletivos já mapeados e novos coletivos que queiram se integrar à rede. As reuniões de articulação também serão divulgadas online. Aqui descrevemos como desenvolveremos cada ação e os conceitos abordados em cada oficina. - Comunicação - Posicionamento e produção cultural

4 A ser ministrada como base formativa aos produtores do Assédio Coletivo (investimento previsto no edital) e demais produtores até que as vagas estejam completas. Oficineiro: 1 pessoa Quantida de participantes: 20 pessoas Duração: 4 horas Público alvo: - Produtores do Assédio Coletivo; - Produtores de coletivos artísticos e culturais que desenvolvam ações e precisem divulgá-las (para preencher as vagas que restarem); Temas a serem abordados: - A importância da comunicação para a produção artística; - Definição do público alvo de sua ação; - Posicionamento de organizações/ coletivos/ bandas e pessoas; - Imagem (construção e manutenção); - A assessoria de imprensa e atividade prática; - Comunicação no Facebook (página institucionais e criação de eventos); - Como podemos delinear um novo encontro e o que gostaríamos que fosse debatido e abordado? - Produção Executiva de Eventos Oficineiro: 1 pessoa Quantida de participantes: 20 pessoas Duração: 4 horas Público alvo: - Produtores de coletivos artísticos e culturais que desenvolvam ações e queiram aprimorar e absorver as tecnologias utilizadas pelo Assédio Coletivo no desenvolvimento de ações e eventos. Temas a serem abordados: - Como se dá a estruturação de um evento; - Utilização do case Festival Tarde no Bairro e as tecnologias aplicadas pelo Assédio Coletivo no desenvolvimento desta ação; - Levantamento das linguagens que o evento/ ação contempla; - Levantamento de profissionais que o evento/ ação contempla; - Onde realizar? O local e a comunidade. - Custos e captação; - Equipe e compartilhamento de informações - utilização da internet e planilhas; - Mobilização de artistas; - Meu público alvo: Divulgação e comunicação; - Postura profissional;

5 - Execução do evento e experimentalismo; - Como podemos delinear um novo encontro e o que gostaríamos que fosse debatido e abordado? - organização e elaboração de Projetos Culturais Oficineiro: 1 pessoa Quantidade de participantes: 20 participantes Duração: 4 horas Público alvo: Produtores de coletivos artísticos e culturais que desenvolvam ações e queiram adquirir informações sobre como elaborar um projeto e organizar suas ideias. Temas a serem abordados - Juventude; - Como surgem as ideias; - A comunidade; - Redes (Online e Offline); - O que é um projeto e quais são as ideias que gostaríamos de desenvolver em nossa comunidade? - Apresentação do que é um projeto e atividade prática contendo os seguintes tópicos: - Título - Resumo - Apresentação (De onde surgiu a ideia e como você a estruturou) - Objetivos do projeto (Para que?) - Justificativa do projeto (Por quê?) - Detalhamento das atividades (Etapas) - Cronograma (O que você deve fazer - em linhas gerais) - Público Alvo (A quem se destina?) - Estimativa de Público - Material de Divulgação - Equipe do Projeto - Planilha de Custos - Clipping - Currículo - Benefícios a serem produzidos a partir da realização do projeto - Como podemos delinear um novo encontro e o que gostaríamos que fosse debatido e abordado? - Desenvolvimento de Identidade Visual da - (Profissionais: 1 designer) Articulação e contratação de um profissional de design; Desenvolvimento de logotipo; Desenvolvimento de aplicação em: topo de página para facebook, avatar, cartaz online de programação específica, cartaz online com a programação geral do mês de setembro;

6 - Reuniões de articulação da (Quantidade de reuniões: mínimo de 2 reuniões + oficinas + atualizações online. Meses: /Julho/Agosto ) Divulgaremos online o local e objetivo das reuniões; Reunião de apresentação do projeto aos produtores e coletivos interessados; Divulgação das datas das oficinas oferecidas; Reunião para listagem das propostas dos coletivos; Atualização das ações e articulações online; 7. Cronograma das atividades Objetivos Atividades Meses (semana ou quinzena) Iniciar a articulação da Desenvolvimen to da Identidade Visual da II Reviravolta Divulgação das datas das oficinas Comunicação Elaboração de Projetos Culturais Produção Executiva de Reunião para apresentação do projeto da aos produtores interessados e coletivos mapeados. Contratação do designer Publicização online das datas e como fazer as inscrições Aplicar a metodologia desenvolvida para a oficina de comunicação Aplicar a metodologia desenvolvida para a oficina de elaboração de projetos culturais Aplicar a metodologia desenvolvida para a oficina de produção Segunda semana da Primeira Terceira Quarta Quarta Primeira Julho

7 Eventos Pós evento - II Reviravolta executiva de eventos Reunião de articulação da : mapeamento de coletivos interessados em desenvolver as ações Início da construção do calendário coletivo de ações Manutenção do calendário coletivo Montagem da programação e manutenção dos coletivos envolvidos Início da divulgação da II Reviravolta Execução do calendário integrado Cobertura Divulgação do catálogo de todos os coletivos envolvidos na ação Primeira Julho Primeira Julho Mês de Julho Mês de Julho Segunda Agosto Mês de Setembro Mês de Setembro Segunda Outubro 8. Previsão de Aplicação do Recurso ITENS VALOR UNITÁRIO QUANTIDADE VALOR TOTAL Prolabore de profissional designer para criação da Identidade Visual da R$ 300,00 1 pessoa R$ 300,00 Prolabore de R$ 300,00 1 pessoa R$ 300,00

8 profissional para a Comunicação Prolabore de profissional para a Produção Executiva de Eventos Prolabore de profissional para a Elaboração de Projetos Culturais Ajuda de custo para ocupar uma sala para ministrar as oficinas R$ 300,00 1 pessoa R$ 300,00 R$ 300,00 1 pessoa R$ 300,00 R$ 100,00 3 encontros R$ 300,00 Aluguel de projetor R$ 100,00 3 encontros R$ 300,00 Design de catálogo dos coletivos participantes da II Reviravolta como produto final R$ 200,00 Diagramação R$ 200,00 Total R$ 2.000,00

ANEXO III FORMULÁRIO DE PROJETO

ANEXO III FORMULÁRIO DE PROJETO IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título: Governo do Estado do Espírito Santo ANEXO III FORMULÁRIO DE PROJETO ARTICULAÇÃO EM REDE Coletânea Festival Tarde no Bairro IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE Nome: APRESENTAÇÃO

Leia mais

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012.

PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012. PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, Janeiro de 2012 Design D Kebrada 2. Dados do projeto 2.1 Nome do projeto Design D Kebrada 2.2 Data e

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

III IFIDEVIDULA FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE VIDEOCLIPES 2016 REGULAMENTO

III IFIDEVIDULA FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE VIDEOCLIPES 2016 REGULAMENTO III IFIDEVIDULA FESTIVAL UNIVERSITÁRIO DE VIDEOCLIPES 2016 REGULAMENTO I - DO FORMATO E OBJETIVO DO FESTIVAL: O III IFIDEVIDULA é um Festival Universitário de Videoclipes, organizado pelo Curso de Cinema

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

COORDENADORA SUZANE QUEIROZ DURAÇÃO 36H

COORDENADORA SUZANE QUEIROZ DURAÇÃO 36H COORDENADORA SUZANE QUEIROZ DURAÇÃO 36H COORDENAÇÃO Suzane Queiroz - Arquiteta formada pela UFRJ, Suzane Queiroz atua há 22 anos nas mais diversas áreas da cenografia. Em 2001 fundou a empresa Pândega,

Leia mais

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública

Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Comunicação Integrada: uma experiência em assessoria na Saúde Pública Kalyne Menezes, mskalyne@gmail.com, UFG Daiana Stasiak, daiastasiak@gmail.com, UFG Silvana Coleta, silvanacoleta@gmail.com, UFG Marcelo

Leia mais

Laboratório para Estruturas Flexíveis

Laboratório para Estruturas Flexíveis Casa do Povo Envie sua proposta até 04/06 Chamada Aberta para Estruturas Residência de Pesquisa para Coletivos 2 Sobre a Casa do Povo A Casa do Povo começou a ser construída logo após a Segunda Guerra

Leia mais

INSTITUTO ELO AMIGO PROGRAMA UMA TERRA E DUAS ÁGUAS (P1+2)

INSTITUTO ELO AMIGO PROGRAMA UMA TERRA E DUAS ÁGUAS (P1+2) INSTITUTO ELO AMIGO PROGRAMA UMA TERRA E DUAS ÁGUAS (P1+2) EDITAL PARA SELEÇÃO DE ANIMADORES DE CAMPO, COMUNICADOR POPULAR E AUXILIAR ADMINISTRATIVO O Instituto Elo Amigo lança processo seletivo para contratação

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO EDITAL 2016/01 HOTMILK

PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO EDITAL 2016/01 HOTMILK PROCESSO DE SELEÇÃO DE PROJETOS PARA PRÉ-ACELERAÇÃO EDITAL 2016/01 HOTMILK 1) - APRESENTAÇÃO A Aceleradora HotMilk torna pública a abertura das inscrições para seleção de projetos de empreendimentos de

Leia mais

REGIÃO SUDESTE. GRUPO 1 ALICIAMENTO PARA TRÁFICO DE DROGAS Planejamento das Ações Intersetoriais. Políticas Envolvidas. Segurança Pública.

REGIÃO SUDESTE. GRUPO 1 ALICIAMENTO PARA TRÁFICO DE DROGAS Planejamento das Ações Intersetoriais. Políticas Envolvidas. Segurança Pública. REGIÃO SUDESTE Eixos de Atuação 1. Informação e Mobilização GRUPO 1 ALICIAMENTO PARA TRÁFICO DE DROGAS Planejamento das Ações Intersetoriais 1.1 Capacitar permanente os gestores e profissionais envolvidos

Leia mais

O Palco é Aqui Itinerante 1. Jamile Santos 2 Universidade Federal da Bahia, BA

O Palco é Aqui Itinerante 1. Jamile Santos 2 Universidade Federal da Bahia, BA O Palco é Aqui Itinerante 1 Jamile Santos 2 Universidade Federal da Bahia, BA RESUMO O Palco é Aqui Itinerante, projeto realizado na Universidade Federal da Bahia, teve como temática a produção cultural

Leia mais

CULTURA. Reunião do dia 14/08/2014

CULTURA. Reunião do dia 14/08/2014 Reunião do dia 14/08/2014 Coordenador: João Heitor Silva Macedo Visão: Que Santa Maria seja um Polo Cultural, por meio da realização de ações culturais, nos diversos espaços do seu território, e do reconhecimento

Leia mais

II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores

II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores Atividade de Perfuração Marítima no Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores II.9.4 Pág. 1 / 10 II.9.4 - Projeto de Educação Ambiental dos Trabalhadores II.9.4.1 - Introdução e Justificativa A atividade

Leia mais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais

Rede Mobilizadores. Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Atividade Final: Elaboração de Pré-Projeto Aluno: Maurício Francheschis Negri 1 Identificação do Projeto Rede Mobilizadores Elaboração de Projetos Sociais: aspectos gerais Um dia na escola do meu filho:

Leia mais

Sumário. O que é um Centro de Referências?

Sumário. O que é um Centro de Referências? Sumário O que é um Centro de Referências? Plano de ação para o Grupo Nacional Cultura Infância Meta 1 - Fundo Nacional da Cultura Infância Meta 3 - Planos Estaduais Articulação com outras redes Articulação

Leia mais

EDITAL N 010, de 11 de março de 2016

EDITAL N 010, de 11 de março de 2016 EDITAL N 010, de 11 de março de 2016 EDITAL DE SELEÇÃO DE DISCENTES E EGRESSOS PARA O GRUPO DE PESQUISA E ESTUDOS: TEMAS CONTEMPORÂNEOS EM DIREITO INTERNACIONAL DO NÚCLEO DE ESTUDOS DE DIREITO INTERNACIONAL

Leia mais

Projeto Pedagógico do Curso de Avaliação Ambiental Estratégica. Parceria: UNEMAT

Projeto Pedagógico do Curso de Avaliação Ambiental Estratégica. Parceria: UNEMAT Projeto Pedagógico do Curso de Avaliação Ambiental Estratégica Parceria: UNEMAT Agosto/2006 CALENDÁRIO ACADÊMICO AAE Unidade Universitária de Campo Grande MÊS/ANO EVENTO Maio/06 Início da divulgação Junho/06

Leia mais

Processo de planejamento participativo do Plano Diretor Aspectos metodológicos

Processo de planejamento participativo do Plano Diretor Aspectos metodológicos Processo de planejamento participativo do Plano Diretor Aspectos metodológicos Não existe no Estatuto das Cidades uma discrição minuciosa de um procedimento a ser seguido para elaboração dos Planos Diretores,

Leia mais

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP

ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP ANEXO IV DA RESOLUÇÃO Nº 01/2014/CONSUP Dispõe sobre a regulamentação do Programa de Aprendizagem Cooperativa em Células Estudantis (PACCE) no âmbito da Universidade Federal do Cariri. A PRESIDENTE DO

Leia mais

Projeto Movimento ODM Brasil 2015 Título do Projeto

Projeto Movimento ODM Brasil 2015 Título do Projeto Título do Projeto Desenvolvimento de capacidades, de justiça econômica sustentável e promoção de boas práticas para alcance dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio no Brasil. Concepção Estabelecimento

Leia mais

Agosto 2012. Gestão Social Estratégia para Gerar Resultados

Agosto 2012. Gestão Social Estratégia para Gerar Resultados Agosto 2012 Gestão Social Estratégia para Gerar Resultados Objetivo Compartilhar com o grupo uma postura de planejamento positiva para que a regionais da FEMAMA consigam atingir o seu objetivo, e desta

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 02/2016

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 02/2016 EDITAL PROCESSO SELETIVO 2016 EDITAL Nº 02/2016 A Empresa Júnior Politech Projetos e Consultoria, da escola Politécnica do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais- UNILESTE comunica a comunidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº. 02/2014 CUn

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO UNIVERSITÁRIO. ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº. 02/2014 CUn ANEXO I DA RESOLUÇÃO Nº. 02/2014 CUn PLANO DE CAPACITAÇÃO DE SERVIDORES DESTA UNIVERSIDADE 1. APRESENTAÇÃO O Plano de Cargos e Carreiras do Pessoal Técnico-Administrativo em Educação (PCCTAE) foi implantado

Leia mais

o mapa da infância brasileira

o mapa da infância brasileira o mapa da infância brasileira O Mapa da Infância Brasileira (mib) é uma comunidade de aprendizagem que reúne institutos, fundações, redes, órgãos públicos, ONGs, coletivos e sociedade civil, cujas ações

Leia mais

Galpão Cine Horto: PASSADO A LIMPO

Galpão Cine Horto: PASSADO A LIMPO Galpão Cine Horto: PASSADO A LIMPO Depois de completar 15 anos unindo e reunindo pessoas em torno do teatro, o Galpão Cine Horto, centro cultural do Grupo Galpão, passa a limpo essa década e meia de encontros

Leia mais

2.2 Estruturar ação de oficina de integração com gestores, trabalhadores, usuários e familiares da RAPS, redes de saúde e rede intersetorial.

2.2 Estruturar ação de oficina de integração com gestores, trabalhadores, usuários e familiares da RAPS, redes de saúde e rede intersetorial. Ministério da Saúde Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas e Estratégicas Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas. II Chamada para Seleção de Redes Visitantes

Leia mais

I FESTIVAL DE MÚSICA NO VALE (CAMPUS IV-UFPB/2017)

I FESTIVAL DE MÚSICA NO VALE (CAMPUS IV-UFPB/2017) UNIVERSIDADE EDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE CIÊNCIAS APLICADAS E EDUCAÇÃO GRUPO DE ESTUDOS SOCIEDADE, TRABALHO E EDUCAÇÃO. AÇÃO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA (EDITAL UFPB NO SEU MUNICÍPIO 2017) I FESTIVAL DE

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL-CRAS DRA. ZILDA ARNS NEUMANN PROJETO PILOTO PROMOTORES DE CIDADANIA Maio/2016 Gaspar - Santa Catarina Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. OBJETIVO GERAL... 3 3. OBJETIVO

Leia mais

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012

Pós-Graduação Lato Sensu a Distância. 1º semestre 2012 Pós-Graduação Lato Sensu a Distância 1º semestre 2012 FEVEREIRO/2012 Índice dos Cursos de Pós-Graduação a distância Oferta: primeiro semestre 2012 Curso Mensalidade Total Pagina ÁREA: ADMINISTRAÇÃO MBA

Leia mais

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016

PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 PLANEJAMENTO ESTRATEGICO DO CURSO DE LICENCIATURA EM ARTES Junho de 2014 a junho de 2016 Apresentação O Curso de Licenciatura em Artes da tem como meta principal formar o professor de artes através de

Leia mais

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS

MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS MBA EXECUTIVO INTERNACIONAL EM GESTÃO DE NEGÓCIOS OBJETIVOS DO CURSO O objetivo geral do Curso de Pós-graduação Lato Sensu MBA Executivo Internacional em Gestão de Negócios é de capacitar os profissionais

Leia mais

Secretaria Municipal de Governo e Relações Político Sociais

Secretaria Municipal de Governo e Relações Político Sociais EDITAL 005/2016 DE SELEÇÃO PÚBLICA SIMPLIFICADA PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS PARA O PROJETO ESTAÇÃO DA JUVENTUDE COMPLEMENTAR PARA PALMAS TO, A Prefeitura Municipal de Palmas, por meio da Secretaria Municipal

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Festival Internacional de Cultura Livre Local: Casa de Cultura Mário Quintana e Anfiteatro Pôr do

Leia mais

O QUE ORIENTA O PROGRAMA

O QUE ORIENTA O PROGRAMA O QUE ORIENTA O PROGRAMA A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres estabeleceu um diálogo permanente com as mulheres brasileiras por meio de conferências nacionais que constituíram um marco na

Leia mais

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 23, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA

EDITAL COMPLEMENTAR Nº 23, DE 18 DE FEVEREIRO DE 2013 PROCESSO SELETIVO 2013/1 PARA INGRESSO DE ALUNOS NO IF FARROUPILHA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA REITORIA Rua Esmeralda, 430 Faixa Nova Camobi - 97110-767 Santa

Leia mais

PLANO DE AÇÃO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO NA MÍDIA LOCAL

PLANO DE AÇÃO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO NA MÍDIA LOCAL PLANO DE AÇÃO OBSERVATÓRIO DA EDUCAÇÃO NA MÍDIA LOCAL PROPOSTA DE AÇÃO Criar um Observatório para mapear a cobertura realizada pela imprensa local sobre o tema da educação, a fim de ampliar sua visibilidade

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS. Edital n 001/2016

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS. Edital n 001/2016 EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE ARTISTAS Edital n 001/2016 A Produtora da Vila vem, por meio do presente edital, realizar o Credenciamento de Artistas dos diversos segmentos culturais: Artes Visuais, Artes

Leia mais

2. Do perfil dos grupos 3. Da seleção dos grupos, companhias ou coletivos. 4. Das condições de participação

2. Do perfil dos grupos 3. Da seleção dos grupos, companhias ou coletivos. 4. Das condições de participação Chamamento para seleção de Grupos, Companhias e Coletivos de Dança interessados em Receber Orientação Artística do Programa de Qualificação em Artes - Dança Edição 2018. A POIESIS Organização Social de

Leia mais

Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro. Processo de construção coletiva

Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro. Processo de construção coletiva Programa Estadual de Educação ambiental do Rio de Janeiro Processo de construção coletiva ProEEA A presente versão foi objeto de Consulta Pública que envolveu educadores ambientais dos 92 municípios fluminenses,

Leia mais

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE.

EDITAL Nº 01/ 2014 EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CARDIOLOGIA E EPIDEMIOLOGIA. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS) INSTITUTO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIA EM SAÚDE - IATS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2012/1 EDITAL UFRGS Nº 1

PROCESSO SELETIVO 2012/1 EDITAL UFRGS Nº 1 PROCESSO SELETIVO 2012/1 EDITAL UFRGS Nº 1 A Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS, em parceria com o Grupo Hospitalar Conceição - GHC, a Escola de Saúde Pública do Rio Grande do Sul ESP/RS

Leia mais

ÍNDICE. Desenvolvimentos das atividades do Curso, Seminário e Simpósio e de formação...24 a 27

ÍNDICE. Desenvolvimentos das atividades do Curso, Seminário e Simpósio e de formação...24 a 27 3 Convênio 027/2015 4 ÍNDICE Apresentação do Projeto... 6 Objetivo...7 Justificativa...8 e 9 Metodologia...10 e 11 Marco Legal...12 Cidades Contempladas...13 Pessoas Beneficiadas...14 Parceiros...15 Cronograma

Leia mais

1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965,

1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965, 1. Perfil A Faculdade de Medicina de Campos foi criada pela Sociedade Fluminense de Medicina e Cirurgia (SFMC), na sessão de 02 de agosto de 1965, para se constituir em uma Instituição de Ensino Superior

Leia mais

APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP

APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP APRESENTAÇÃO HUB SEBRAE-SP HUB SEBRAE-SP O QUE É HUB? O princípio do HUB vem da informática, sendo um dispositivo com diferentes portas para conexão de pequenos equipamentos de vários tipos. Nessse contexto,

Leia mais

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto

OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto Identificação do Projeto OPAS/OMS Representação do Brasil Programa de Cooperação Internacional em Saúde - TC 41 Resumo Executivo de Projeto Suporte ao desenvolvimento da Rede Saúde & Diplomacia Seguimento

Leia mais

Portfólio de cursos internos do NTE

Portfólio de cursos internos do NTE 1 Portfólio de cursos internos do NTE Santo André, Março de 2016 Introdução O Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE) da Universidade Federal do ABC (UFABC) abre regularmente as inscrições para os cursos

Leia mais

FICHA PROJETO - nº 226-MA

FICHA PROJETO - nº 226-MA FICHA PROJETO - nº 226-MA Mata Atlântica Grande Projeto Chamada 03 1) TÍTULO: Apoio a criação de Unidades de Conservação na Floresta Atlântica de Pernambuco. 2) MUNICÍPIOS DE ATUAÇÃO DO PROJETO: Água Preta,

Leia mais

EDITAL DO PRÊMIO CANDANGO UNIVERSITÁRIO 2017

EDITAL DO PRÊMIO CANDANGO UNIVERSITÁRIO 2017 Brasília - 2017 1 DA NATUREZA DO PRÊMIO 3 1.1 Objetivo e Finalidades 3 1.2 Justificativa 3 1.3 Cenário Atual 4 2 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 5 2.1 Quem pode participar 5 2.2 Inscrição 5 2.3 Requisitos 5 3 DO

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EXECUTIVO EM NEGÓCIOS DA MODA 2º Semestre de 2016 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas

Leia mais

PROJETO SOCIAL E CULTURAL

PROJETO SOCIAL E CULTURAL PROJETO SOCIAL «E CULTURAL» CONHEÇA MINHA MÚSICA Plataforma Cultural de divulgação de novos artistas, músicas ou bandas Projeto Aprovado Pronac nº 140.147 O Projeto: - Novos Artistas, músicas e Bandas

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER. CmapTools

ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER. CmapTools ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER CmapTools Angélica MS Junho/2010 ESCOLA ESTADUAL SENADOR FILINTO MÜLLER CmapTools Oficina de capacitação do Software CmapTools aos professores da Escola Estadual

Leia mais

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016

ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI EDITAL Nº 001/2016 ASSOCIAÇÃO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR APES CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI DIRETORIA DE ENSINO EDITAL Nº 001/2016 PROCESSO SELETIVO INTERNO PARA PROJETOS DE EXTENSÃO O Núcleo de Iniciação

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte

Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU FATEC SENAI BH A Faculdade de Tecnologia SENAI Belo Horizonte, credenciada pelo MEC pela Portaria n 1788 de 27 de maio de 2005 e despacho SEMTEC nº 311/2005, apresenta

Leia mais

PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS

PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS PLANO DE TRABALHO OFICINA PARA ELABORAÇÃO DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO PARA EMPRESAS 1 ÁREA DE CREDENCIAMENTO/SUBÁREA Área Planejamento Empresarial; Subáreas Planejamento Estratégico. 2 PROJETO/AÇÃO Linha

Leia mais

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS

EDITAL 001/2017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS NUGEEP NÚCLEO GAÚCHO DE ESTUDANTES DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Edital 001/017 EDITAL 001/017 DEFINIÇÃO DA EQUIPE COORDENADORA E REPRESENTANTES INSTITUCIONAIS O presente documento dá abertura oficial ao processo

Leia mais

EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017

EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017 EDITAL DE DIVULGAÇÃO 5ª Edição do Mapeamento de Experiências Exitosas de Gestão Pública no campo do Envelhecimento e Saúde da Pessoa Idosa 2017 O Mapeamento de Experiências Estaduais, Municipais e Distrito

Leia mais

Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11

Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11 Guia de carreiras Newton Publicidade e Propaganda 11 Introdução O curso de Publicidade e Propaganda é voltado para o conhecimento de como a comunicação pode ser trabalhada para que alguém seja convencido,

Leia mais

1. Montagem de espetáculos de Teatro Adulto , Montagem de espetáculos de Teatro para Infância e Juventude. 100.

1. Montagem de espetáculos de Teatro Adulto , Montagem de espetáculos de Teatro para Infância e Juventude. 100. Artistas, grupos, companhias, escolas, produtores culturais, arte-educadores e pesquisadores podem apresentar propostas de projetos de teatro dentro das linhas de ação abaixo, conforme Resolução da Comissão

Leia mais

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS

EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS EDITAL DE ABERTURA 07/2016 PARA INSCRIÇÕES E SELEÇÃO CURSO DE GERENCIAMENTO DE PROJETOS 1. DA REALIZAÇÃO A Escola de Governo (EG), através da Fundação para o Desenvolvimento de Recursos Humanos (FDRH),

Leia mais

A medida que os tempos passaram, os programas foram sistematizados e o Programa de Educação Artística, hoje chamado de Arte Educação, foi crescendo

A medida que os tempos passaram, os programas foram sistematizados e o Programa de Educação Artística, hoje chamado de Arte Educação, foi crescendo PROPONENTE DO PROJETO FEDERAÇÃO DAS APAES DO ESTADO DO PARÁ CNPJ: 01.280.707/0001-61 Endereço: Avenida Alcindo Cacela,nº 465 Umarizal Fone: (91)3212-9306 E-mail : feapaepara@yahoo.com.br Presidente ou

Leia mais

Edital VC 002/2011 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS DE CANDIDATOS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS:

Edital VC 002/2011 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS DE CANDIDATOS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: Edital VC 002/2011 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO PARA APRESENTAÇÃO DE CURRÍCULOS DE CANDIDATOS PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS: Modalidade Produto Área de Ciências Humanas e Direitos Humanos SELECIONA CURRÍCULOS

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA XVII GRUPO DE FORMAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS ABRIL/2017

CHAMADA PÚBLICA XVII GRUPO DE FORMAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS ABRIL/2017 CHAMADA PÚBLICA XVII GRUPO DE FORMAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS ABRIL/2017 XVII GRUPO DE FORMAÇÃO: O Núcleo de Educação em Direitos Humanos da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e

Leia mais

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM

PPC. Aprovação do curso e Autorização da oferta PROJETO PEDAGÓGICO DE CURSO FIC - DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA PRÓ-REITORIA DE ENSINO CENTRO DE REFERÊNCIA EM FORMAÇÃO E

Leia mais

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016

CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016 CHAMAMENTO PÚBLICO POIESIS Nº 03/2016 Chamamento para seleção de Grupos, Companhias e Coletivos de Dança interessados em Receber Orientação Artística do Programa de Qualificação em Artes Projeto de Qualificação

Leia mais

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001

REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS INTERDISCIPLINARES Curso de Letras Português e Inglês Licenciatura Currículo: LPI00001 REGULAMENTO DE PRÁTICA EDUCACIONAL / PROJETOS Fundamentação Legal PARECER CNE/CP 28/2001, DE 02 DE OUTUBRO DE 2001 - Dá nova redação ao Parecer CNE/CP 21/2001, que estabelece a duração e a carga horária

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO DIREITO PENAL 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as normas para inscrição e matrícula

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS

CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS 1 CHAMADA PÚBLICA DE INICIATIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO INTEGRADO E SUSTENTÁVEL DE TERRITÓRIOS (DIST Campinas Residenciais Sirius, Abaeté e Jardim Bassoli) Queremos ideias que apoiem a transformação do

Leia mais

Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO

Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO Comunicação Digital Empresarial MANUAL DO CURSO ESPM Rua Joaquim Távora, 1240 Vila Mariana São Paulo - SP Informações Central de Relacionamento: (11) 5081-8200 (opção 1) Segunda a sexta 9h às 20h45 Sábado

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM GESTÃO DE NEGÓCIOS INTERNACIONAIS COM ÊNFASE NOS PAÍSES ÁRABES 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente

Leia mais

PROGRAMAS DE JUVENTUDE NO MUNICÍPIO RIO DE JANEIRO BRENNER

PROGRAMAS DE JUVENTUDE NO MUNICÍPIO RIO DE JANEIRO BRENNER PROGRAMAS DE JUVENTUDE NO MUNICÍPIO RIO DE JANEIRO BRENNER, Ana Karina - Universidade Federal Fluminense GT: Movimentos Sociais e Educação / n.03 Agência Financiadora: FAPERJ Este trabalho relata resultados

Leia mais

LABORATÓRIO DE INOVAÇÕES EM EDUCAÇÃO NA SAÚDE COM ÊNFASE EM EDUCAÇÃO PERMANENTE /EDITAL DA 1ª EDIÇÃO

LABORATÓRIO DE INOVAÇÕES EM EDUCAÇÃO NA SAÚDE COM ÊNFASE EM EDUCAÇÃO PERMANENTE /EDITAL DA 1ª EDIÇÃO LABORATÓRIO DE INOVAÇÕES EM EDUCAÇÃO NA SAÚDE COM ÊNFASE EM EDUCAÇÃO PERMANENTE /EDITAL DA 1ª EDIÇÃO Porque o Laboratório Os processos de educação em saúde constituem como um dos fundamentos das práticas

Leia mais

CIRCOVOLANTE 9º ENCONTRO INTERNACIONAL DE PALHAÇOS 16 A 19 DE NOVEMBRO DE 2017 EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS

CIRCOVOLANTE 9º ENCONTRO INTERNACIONAL DE PALHAÇOS 16 A 19 DE NOVEMBRO DE 2017 EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS EDITAL DE OFICINAS GRATUITAS O Circovolante torna público o edital de oficinas que serão oferecidas para os moradores da região de Mariana, como parte da programação do Circovolante 9º Encontro Internacional

Leia mais

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788

INSTITUIÇÃO RECANTO INFANTIL TIA CÉLIA CNPJ: 05.028.042/0001-54 Rua Eucalipto N 34 Jardim - Ypê - Mauá SP Fone: 4546-9704/ 3481-6788 Relatório de Atividades Mensal Esse relatório tem como objetivo apresentar as principais atividades desenvolvidas pela Instituição Recanto Infantil Tia, de acordo com o Projeto Biblioteca e Cidadania Ativa.

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO O Programa de Voluntários do FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS FMDH lhe da às boas vindas! Apresentamos, a seguir, orientações aos interessados em atuar

Leia mais

EDITAL Nº023/2013 PROGRAD/CIPEAD

EDITAL Nº023/2013 PROGRAD/CIPEAD EDITAL Nº023/2013 /CIPEAD EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA PARA SELEÇÃO DE TUTORES PRESENCIAIS PARA O CURSO DE APERFEIÇOAMENTO EM MÍDIAS INTEGRADAS NA EDUCAÇÃO 2013 A Universidade Federal do Paraná (UFPR), por

Leia mais

I Chamada Pública do Fundo Casa para Mobilidade Urbana

I Chamada Pública do Fundo Casa para Mobilidade Urbana I Chamada Pública do Fundo Casa para Mobilidade Urbana 1. Apresentação Formada em 2013 por ativistas, pesquisadores e cidadãos identificados com a visão de um Rio mais integrado, a Casa Fluminense acredita

Leia mais

PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016

PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016 1 PROGRAMA TREINAMENTO ACADÊMICO E INDUSTRIAL PARA CIENTISTAS BRASILEIROS, SUÍÇOS E INDIANOS (ACADEMIA INDUSTRY TRAINING - AIT) EDITAL 07/2016 Vitória, 2 de maio de 2016. A Secretaria de Relações Internacionais

Leia mais

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências

Wanessa Dose Bittar Formação Cursos Extras Experiências Wanessa Dose Bittar Formação -Especializada em Engenharia de Produção ( UFJF) -Graduada em Educação Artística ( UFJF) -Técnica em Design ( CTU) Cursos Extras -Educação Empreendedora pelo Endeavor Brasil

Leia mais

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO

PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA PMCMV Fundo de Arrendamento Residencial - FAR PROJETO BÁSICO CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA EXECUÇÃO DO PROJETO DE TRABALHO TÉCNICO SOCIAL EMPREENDIMENTO RESIDENCIAL: ALPHA.

Leia mais

5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro

5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro 5 SENARC Seminário Nacional de Refeições para a Coletividade Região Sul 26 de outubro de 2017 - Curitiba/Paraná Tema: Alimentação para o Futuro Organização: apoio: Visão Geral Discutir novas tendências

Leia mais

SITES. Um bom site é mais do que um cartão de visita online.

SITES. Um bom site é mais do que um cartão de visita online. APRESENTAÇÃO A Mistura Digital oferece serviços de criação de design e conteúdo online (sites, blogs, redes sociais), personalização e gerenciamento de redes sociais, e estratégia de comunicação digital.

Leia mais

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 02 /2015/SES/CEFOR-PB

ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 02 /2015/SES/CEFOR-PB ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE EDITAL Nº. 02 /2015/SES/CEFOR-PB EDITAL DE SELEÇÃO PARA O CURSO DESCENTRALIZADO DE ESPECIALIZAÇÃO EM GESTÃO DO TRABALHO E EDUCAÇÃO NA SAÚDE A Escola Nacional

Leia mais

N o (na Diretoria de Extensão)

N o (na Diretoria de Extensão) CAMPUS AVANÇADO XANXERÊ Projeto de Extensão SOS - Matemática N o (na Diretoria de Extensão) Coordenador do Projeto: Luiz Lopes Lemos Junior Xanxerê, 17 de novembro de 2011. 1 Identificação 1.1 Área Temática

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/2005

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO Nº 60/2005 RESOLUÇÃO Nº 60/2005 O DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO o que consta do Processo nº 13.172/05-70 CENTRO DE EDUCAÇÃO - CE; CONSIDERANDO

Leia mais

NA COPA DO MUNDO DA ÁFRICA DO SUL FSB COMUNICAÇÕES. 1) Análise do contexto da organização

NA COPA DO MUNDO DA ÁFRICA DO SUL FSB COMUNICAÇÕES. 1) Análise do contexto da organização NA COPA DO MUNDO DA ÁFRICA DO SUL 2010 - FSB COMUNICAÇÕES 1) Análise do contexto da organização A Embratur é a autarquia especial do Ministério do Turismo responsável pela execução da Política Nacional

Leia mais

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018

EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 EDITAL DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO MBA EM COMUNICAÇÃO CORPORATIVA INTEGRADA 1º Semestre de 2018 As FACULDADES INTEGRADAS RIO BRANCO, na forma regimental torna público o presente Edital, estabelecendo as

Leia mais

CARTA DA PLENÁRIA ESTADUAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA DE PERNAMBUCO AO MOVIMENTO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA, AOS MOVIMENTOS SOCIAIS E À SOCIEDADE

CARTA DA PLENÁRIA ESTADUAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA DE PERNAMBUCO AO MOVIMENTO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA, AOS MOVIMENTOS SOCIAIS E À SOCIEDADE FORUM DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA DE PERNAMBUCO CARTA DA PLENÁRIA ESTADUAL DE ECONOMIA POPULAR SOLIDÁRIA DE PERNAMBUCO AO MOVIMENTO DE ECONOMIA SOLIDÁRIA, AOS MOVIMENTOS SOCIAIS E À SOCIEDADE Recife,

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA SELEÇÃO DE TUTOR A DISTÂNCIA EDITAL N. 04/2016 Seleção para tutoria a distância do Curso de Especializacão em Tecnologias da Informação e da Comunicação

Leia mais

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE EDUCADOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO

EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE EDUCADOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO 1 EDITAL DE PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO PARA CONTRATAÇÃO DE EDUCADOR EM CARÁTER TEMPORÁRIO A Fundação Educacional São Carlos, por determinação da Sra. Diretora Presidente Vera Lúcia Ciarlo Raymundo,

Leia mais

EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016.

EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016. EDITAL N 034/2016 Referente ao Aviso N 046/2016, publicado no D.O.E. de 15/04/2016. O REITOR DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA (UNEB), no uso de suas atribuições legais e regimentais, em conformidade

Leia mais

Contrata Consultor na modalidade Produto

Contrata Consultor na modalidade Produto Contrata Consultor na modalidade Produto PROJETO 914BRZ4012 EDITAL Nº 005/2010 1. Perfil: TR 007/2010-CGS - CIÊNCIAS SOCIAIS APLICÁVEIS 3. Qualificação educacional: Graduação na área de CIÊNCIAS SOCIAIS

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIO PIC DIREITO/UniCEUB EDITAL DE 2016 O reitor do Centro Universitário de Brasília UniCEUB, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, torna público que

Leia mais

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org

Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org Este documento faz parte do Repositório Institucional do Fórum Social Mundial Memória FSM memoriafsm.org GT de Comunicação - Nota Conceitual O Grupo de Trabalho de Comunicação do Comitê Organizador do

Leia mais

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO

REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO REGULAMENTO PARA PARTICIPAÇÃO NO CURSO CRIAÇÃO E DIREÇÃO DE FORMATOS TELEVISIVOS DE NÃO FICÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Este regulamento apresenta as regras e os critérios estabelecidos pelo Núcleo de Gestão do

Leia mais

CLUBE DE EMPREGO SOCIOHABITAFUNCHAL PLANO DE ACTIVIDADES

CLUBE DE EMPREGO SOCIOHABITAFUNCHAL PLANO DE ACTIVIDADES PLANO DE ACTIVIDADES 2010 2011 Identificação Entidade: Sociohabitafunchal, E.M Animadora: Célia Dantas Localização: Centro Cívico de Santo António Designação O Clube de Emprego é um serviço promovido pelo

Leia mais

11) Incrementar programas de mobilidade e intercâmbio acadêmicos. Propiciar a um número maior de discentes a experiência de interação

11) Incrementar programas de mobilidade e intercâmbio acadêmicos. Propiciar a um número maior de discentes a experiência de interação Apresentação A vocação natural da instituição universitária é fazer-se um centro de convergência e articulação de esforços intelectuais, científicos, artísticos e culturais, estimulando o pensamento crítico,

Leia mais

PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA

PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA 1 PROJETO BÁSICO DE CURSOS DE ATUALIZAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO, COM FORMAÇÃO CONTINUADA 1. JUSTIFICATIVA DA PROPOSIÇÃO: 1.1.1. O Programa de Formação Continuada, para a Coordenação e Implementação das Diretrizes

Leia mais

Alianca pela Infancia_Impresso.indd 1 31/10/15 09:56

Alianca pela Infancia_Impresso.indd 1 31/10/15 09:56 Alianca pela Infancia_Impresso.indd 1 31/10/15 09:56 Alianca pela Infancia_Impresso.indd 2 31/10/15 09:56 Aliança pela Infância é um movimento internacional pelo direito de todas as crianças terem uma

Leia mais

Workshop / Consultoria para capacitação em planejamento e gestão de processos de internacionalização e globalização

Workshop / Consultoria para capacitação em planejamento e gestão de processos de internacionalização e globalização Workshop / Consultoria para capacitação em planejamento e gestão de processos de internacionalização Eixos Estratégicos de Internacionalização Processos Internos Portfólio/Produtos e Serviços Mercado/

Leia mais