MANUAL DO EXPOSITOR EVENTOS/EXPOSIÇÕES PARQUE DOS ATLETAS E PÍER MAUÁ. 17 de Abril de v de abril de pg.0

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MANUAL DO EXPOSITOR EVENTOS/EXPOSIÇÕES PARQUE DOS ATLETAS E PÍER MAUÁ. 17 de Abril de 2012. v.2. 17 de abril de 2012- pg.0"

Transcrição

1 MANUAL DO EXPOSITOR EVENTOS/EXPOSIÇÕES PARQUE DOS ATLETAS E PÍER MAUÁ 17 de Abril de 2012 v de abril de pg.0

2 MANUAL DO EXPOSITOR PARA EVENTOS/EXPOSIÇÕES NO PARQUE DOS ATLETAS E NO PÍER MAUÁ ARMAZÉM 1 Prezado EXPOSITOR, O Manual do EXPOSITOR informa os procedimentos básicos do EVENTO e estabelece os direitos e deveres da organizadora, dos EXPOSITORES e das MONTADORAS. Foi criado para melhor orientar os EXPOSITORES, pois contém normas, informações administrativas, orientações técnicas e operacionais, bem como datas que deverão ser cumpridas e respeitadas pela empresa EXPOSITORA, seus funcionários e/ou contratados durante o período de montagem, realização e desmontagem do EVENTO, para não prejudicar o cronograma das atividades estabelecidas. O Manual do EXPOSITOR é parte integrante do Regulamento Geral e do Contrato de Participação das exposições a serem montadas por ocasião da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável RIO+20 nos seguintes locais: 1. PARQUE DOS ATLETAS; e 2. PÍER MAUÁ ARMAZÉM 1 O desconhecimento das normas aqui estabelecidas não exime o EXPOSITOR e seus contratados (montador, decorador, subcontratado e demais pessoas envolvidas com o EVENTO) das penalidades, multas, sanções e responsabilidades previstas neste manual, que ocorrendo, são assumidas pelo EXPOSITOR e seu preposto, seja qual for a natureza, solidariamente e independentemente da ordem de nomeação. A total acessibilidade a todas as áreas deve ser assegurada a todos que venham a participar e/ou visitar a Rio+20. Sugerimos que nossos EXPOSITORES busquem assegurar o acesso através do uso do desenho universal em seus estandes de maneira simples e segura, por intermédio de rotas acessíveis e mobiliários adequados. Neste Manual, procuramos incluir todas as normas e recomendações relativas à ampla acessibilidade. Acessibilidade é assegurada no Brasil pelo Decreto Lei de 02 de Dezembro de Seguindo as orientações deste manual você auxilia a realizar uma feira de sucesso, além de facilitar seu trabalho. Não deixe de responder os formulários necessários e enviar o projeto do estande até a data solicitada. Deveres e responsabilidades estão descritos no Regulamento. Tendo em vista que o Desenvolvimento Sustentável é a temática principal do evento, pedimos sua atenção especial às normas e recomendações referentes ao assunto descritas neste manual. v de abril de pg.1

3 CHECK-LIST CHECK-LIST PARA SUA MELHOR ORIENTAÇÃO SIM () NÃO () Leu todas as instruções? Repassou-as aos funcionários e demais contratados? Contratou: - MONTADORA? Enviou o Manual do EXPOSITOR e o Regulamento Geral para sua MONTADORA? - Serviços de Buffet? - Serviços de Limpeza? - Recepcionista? - Vigilante? Providenciou: - Passagens e estadias para seus representantes? - Linha direta / Internet? - Extintores? - Seguro? - Mostruários? - Impressos para serem distribuídos? - Merchandising? Pagou: - Taxa de Energia elétrica? - Taxa de Hidráulica (se houver)? - Taxa de Direitos Autorais (se houver)? - Taxas da Prefeitura do Rio de Janeiro? 1) Autorização de funcionamento Provisório 2) Licença para venda (ICMS - Faturamento Presumido) Solicitou ponto de Instalação Elétrica? Solicitou ponto de Instalação Hidráulica? Retirou Material de Divulgação? Enviou o Formulário de Solicitações de Identificação? Enviou o Termo de responsabilidade e ART? Escalou Pessoal Técnico? Escolheu produtos a serem expostos? Enviou o Formulário para o Catálogo de EXPOSITORES? v de abril de pg.2

4 ÍNDICE TEMA PÁGINA ÍNDICE DOS FORMULÁRIOS 4 INFORMAÇÕES GERAIS 5 GLOSSÁRIO 5 NORMAS DE FUNCIONAMENTO 6 SUSTENTABILIDADE 6 NORMAS TÉCNICAS DE MONTAGEM DE ESTANDES 6 MONTADORA OFICIAL 9 NORMAS PARA MONTAGEM NAS ÁREAS LIVRES EXTERNAS 10 NORMAS DE ACESSIBILIDADE 16 RESPONSABILIDADES DAS MONTADORAS 18 NORMAS DE PREVENÇÃO E SEGURANÇA 20 FORNECIMENTO DE PONTOS DE HIDRÁULICA E ELÉTRICA 22 GESTÃO DE RESIDUOS SOLIDOS (LIXO) 25 ENTRADA DE MATERIAIS 27 TRANSPORTE DE PRODUTOS, TRIBUTOS E PROCEDIMENTOS 28 FISCAIS FUNCIONAMENTO PROVISÓRIO (OBRIGATÓRIO) 28 ENVIO E RETORNO DE PRODUTOS DE/PARA O RECINTO DA FEIRA 29 RETIRADA DE MATERIAIS 30 DESMONTAGEM DOS ESTANDES 30 CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PRESTADORAS DE SERVIÇOS 31 IDENTIFICAÇÃO GERAL 31 SEGUROS 34 PAISAGISMO 34 MOBILIÁRIO 34 ACESSO DE VEÍCULOS 34 ACESSO PARA ABASTECIMENTO DO ESTANDE 34 SERVIÇOS DE TELEFONIA E INTERNET 34 PATROCINADORES DE PAVILHÕES E ESTANDES 35 DISPOSIÇÕES GERAIS 35 MÓDULO ESTANDE BÁSICO 9m² 57 MÓDULO ESTANDE BÁSICO 25m² 58 v de abril de pg.3

5 ÍNDICE DOS FORMULÁRIOS FORMULÁRIOS DATA PÁGINA (Todos os formulários devem ser enviados dentro do prazo limite) LIMITE Nº 01 CATÁLOGO 30/04 36 Nº 02 AUTORIZAÇÃO DA MONTADORA 30/04 37 Nº 03 TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA MONTADORA 30/04 38 Nº 04 APROVAÇÃO DO PROJETO 26/04 39 Nº 05 ELEMENTOS ADICIONAIS DA MONTAGEM BÁSICA 30/04 40 Nº 06 TESTEIRA DA MONTAGEM BÁSICA 30/04 41 Nº 07 PONTO DE INSTALAÇÃO HIDRÁULICA 30/04 42 Nº 08 PONTO DE ENERGIA ELÉTRICA 30/04 43 Nº 09 PLANTA BAIXA DE SERVIÇOS BÁSICOS 30/04 45 Nº 10 - TAXA DE LIMPEZA (ÁREA LIVRE) 30/04 46 Nº 11 CRACHÁ DO EXPOSITOR 20/05 47 Nº 12 AUTORIZAÇÃO E CRACHÁS DE PESSOAL À SERVIÇO DO EXPOSITOR 30/05 48 Nº 13 SEGURANÇA (OPCIONAL) 30/05 49 Nº 14 LIMPEZA (OPCIONAL) 30/05 50 FICHA DE ENTRADA DE MATERIAL FICHA DE SAÍDA DE MATERIAL ANEXO 1 (OBRIGATÓRIO) - Autorização de Funcionamento Provisório da Secretaria de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro ANEXO 2 - Previsão de Venda junto a Secretaria de Fazenda do Estado do Rio de Janeiro ANEXO 3 (OBRIGATÓRIO PARA ÁREA LIVRE) - Autorização para EVENTOS em Local Fechado (cercados) nos casos em que o EXPOSITOR ocupa uma tenda exclusiva, por ele próprio locada 30/ / /05 56 v de abril de pg.4

6 INFORMAÇÕES GERAIS LOCAIS DO EVENTO: PARQUE DOS ATLETAS Rua Salvador Allende, s/nº - Barra da Tijuca Rio de Janeiro RJ - CEP PIER MAUÁ ARMAZÉM 1 Av. Rodrigues Alves, 10 Praça Mauá Rio de Janeiro RJ CAEX CENTRAL DE ATENDIMENTO AO EXPOSITOR GLOSSÁRIO PROMOTORA empresa publica ou privada responsável pela organização, promoção, administração, supervisão e produção de um evento de qualquer natureza. MONTADORAS OFICIAIS - empresa especializada em montagem de feiras e eventos contratada pelos promotores de um evento. MONTADORA PRÓPRIA a Montadora escolhida e contratada pelo Expositor, sem nenhum vínculo com a montadora oficial do evento. EXPOSITOR pessoa ou instituição publica ou privada que compra um ou mais espaços em uma exposição ou feira comercial com o propósito de expor seus produtos ou serviços. MONTAGEM BÁSICA é o tipo mais simples de estande e normalmente é oferecido juntamente com a área que é vendida pela promotora de uma feira. O Módulo básico de estande da Rio+20 pode ser visto em detalhes nos desenhos nas ultimas paginas deste manual (págs. 58 e 59) e sua descrição está no item 2.2. TESTEIRA Os estantes costumam conter, em algum lugar, o nome fantasia ou a razão social da empresa expositora, pintado ou afixado com letras em material adesivo. Quase sempre essa identificação fica localizada na parte frontal superior do estande. A testeira do módulo básico de estande da Rio+20 pode ser visto em detalhes nos desenhos nas ultimas paginas deste manual (págs. 58 e 59). EQUIPE OPERACIONAL é a equipe de produção do evento, responsável pelo cumprimento de todas as normas descritas neste manual, e pela realização, montagem e desmontagem do evento. TRANSITÁRIO um transitário coordena e organiza o transporte e documentação de mercadorias através de um transportador, seja ele nacional ou internacional. v de abril de pg.5

7 NORMAS DE FUNCIONAMENTO SUSTENTABILIDADE Sempre que possível, deve-se privilegiar a iluminação e ventilação natural nos ambientes, assim como o aluguel de equipamentos, de forma a evitar desperdícios. Além disso, tomando como base as recomendações dos critérios de Sustentabilidade para a aquisição de bens contratação de serviços ou obras da Instrução Normativa nº 01, de 19 de janeiro de 2010, sugere-se dar preferência a produtos e serviços certificados e que empreguem recursos locais, materiais naturais, reutilizáveis, reciclados, biodegradáveis e que reduzam a necessidade de manutenção. Recomenda-se que as estruturas montadas tenham usos múltiplos, de modo a otimizar o uso dos espaços, reduzir deslocamentos e a necessidade de novas construções. O EXPOSITOR deverá dar tratamento adequado aos resíduos produzidos, conforme diretrizes de gestão de resíduos sólidos da Conferência descrito nos itens 5.4 e 7. Os expositores são convidados a participar do esforço de avaliação dos resultados da Conferência, com base nos princípios do desenvolvimento sustentável. Assim, o preenchimento do Formulário de Avaliação de Sustentabilidade, que será distribuído durante o evento, é essencial para a elaboração do Relatório Final. NORMAS TÉCNICAS DE MONTAGEM 1. MONTAGEM PERÍODO DE MONTAGEM: Período de montagem em área livre (chão): 10/05/2012 até 11/06/2012 Período de montagem de área livre dentro das tendas: 21/05 até 11/06/2012 Período de decoração para Montagem Básica: 09/06/2012 até 11/06/2012 Dias do EVENTO: 13/06 a 24/06 O dia 11/06/2012 é reservado aos EXPOSITORES para a finalização da decoração dos estandes e colocação de produtos. O dia 12/06/2012 está reservado à PROMOTORA para limpeza geral, colocação de passarelas e finalizações em geral. Caixas, embalagens, lixo e todo e qualquer elemento que não seja da decoração ou produtos em exposição deverão ser retirados do estande impreterivelmente até as 20h00 do dia 11/06/2012, sob pena de serem retirados e inutilizados pela promotora do EVENTO; Todos os estandes deverão estar prontos, finalizados e limpos a partir das 22h00 do dia 11/06/2012. Não será permitida, sob nenhuma hipótese, a presença de menores de 16 anos, mesmo que acompanhados de seus responsáveis legais, durante todo o período de montagem e desmontagem nos locais de realização dos eventos. REALIZAÇÃO: As exposições no Píer Mauá e no Parque dos Atletas RIO+20 estarão abertas à visitação do público em geral. Os dias e horários de funcionamento da exposição serão os seguintes: PARQUE DOS ATLETAS: Dias de funcionamento: do dia 13/06 ao dia 24/06 Horários de funcionamento: dias úteis das 11hs às 19hs e nos fins de semana das 10hs às 19hs. v de abril de pg.6

8 Obs: Em razão da presença de altos dignitários para a Conferência Rio+20 que se realiza no Riocentro, o Parque dos Atletas estará fechado ao público nos dias 20/21/22 de junho. Neste período somente pessoal credenciado para a Conferência Rio+20 poderá ter acesso às dependências do Parque dos Atletas. A exposição reabrirá normalmente para o público nos dias 23 e 24 de junho. PÍER MAUÁ ARMAZÉM 1 Dias de funcionamento: do dia 13/06 ao dia 24/06 Horários de funcionamento: dias úteis das 11hs às 19hs e nos fins de semana das 10hs às 19hs. ENTRADA DE MERCADORIAS DURANTE A REALIZAÇÃO DO EVENTO PARA A MANUTENÇÃO: Manhã - das 8h às 10h Noite das 19h às 21h Antes e depois destes horários não será permitida a circulação de pessoas que não estejam autorizadas para tal. DESMONTAGEM: A retirada de materiais, móveis, produtos e equipamentos de propriedade do EXPOSITOR com Montagem Básica deverá ser realizada seguindo as seguintes datas e horários: Parque dos Atletas: no dia 25/06/2012 das 08h00 às 18h00. Produtos, móveis e equipamentos que não forem retirados até este horário serão considerados refugo e serão dispostos como tal. Píer Mauá: no dia 25/06/2012 das 08h00 às 18h00. Produtos, móveis e equipamentos que não forem retirados até este horário serão considerados refugo e serão dispostos como tal. Período de desmontagem para Montagem em área Livre e retirada de material portátil do EXPOSITOR: Parque dos Atletas: das 19h00 do dia 24/06 até 10h00 do dia 25/06. Píer Mauá: das 19h00 do dia 24/06 até 10h00 do dia 25/06. A desmontagem dos estandes com Montagem Básica pela montadora oficial terá início a partir das 18h00 do dia 25/06/2012 e deverá estar finalizada no dia 10/07/2012 às 18h00. Os estandes em área de montagem livre deverão seguir a mesma orientação. OBS: recomendamos que todo material passível de roubo ou furto seja retirado no momento do encerramento do EVENTO, ou seja, no dia 24/06/2012 a partir das 19h. HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO DAS CAEX (Central de Atendimento ao EXPOSITOR): Período de Montagem: das 08h às 20h Nos período de 09 a 11 de junho: das 10h às 19h Durante o EVENTO: Diariamente das 10h às 19h IMPORTANTE: Você poderá a qualquer momento, antes do EVENTO, contatar a CAEX pelo v de abril de pg.7

9 LOCALIZAÇÃO DE ESTANDES Caberá à PROMOTORA determinar a localização dos estandes, atendendo à ordem cronológica de solicitações, às necessidades técnicas de montagem do conjunto e ao interesse do EVENTO. A PLANTA DO EVENTO SOMENTE É ELABORADA APÓS O ENCERRAMENTO DA COMERCIALIZAÇÃO DOS ESPAÇOS. A LOCALIZAÇÃO DEFINITIVA DOS ESTANDES SOMENTE SERÁ DIVULGADA APROXIMADAMENTE 05 DIAS ANTES DA INAUGURAÇÃO DO EVENTO. EXPOSITORES COM ÁREA LIVRE SERÃO INFORMADOS DA CONFIGURAÇÃO DE SEU ESPAÇO NO ATO DA COMPRA (PAGAMENTO). O EXPOSITOR de montagem Especial receberá a área do seu estande demarcada no piso, sendo obrigatório, no mínimo, a colocação de carpete, montagem de paredes divisórias, iluminação e letreiros de identificação. A demarcação no piso deverá ser conferida (metragem e localização) pela MONTADORA contratada pelo EXPOSITOR antes de serem iniciados os trabalhos de montagem, a fim de evitar problemas posteriores. OPERAÇÃO DO ESTANDE Durante todo o período de Realização, deverá haver, no estande, pelo menos um funcionário do EXPOSITOR, capacitado a prestar informações sobre a exposição. O horário de chegada do pessoal deverá antecipar-se de 1 hora antes da abertura do EVENTO. A PROMOTORA reserva-se o direito de antecipar o horário de abertura, para melhor atendimento ao público. Não será permitido o encerramento das atividades nos estandes antes do término do horário de realização do EVENTO, mesmo no último dia. A iluminação do estande deverá ser mantida ligada durante todo o horário de Realização. No encerramento de cada jornada, caberá ao EXPOSITOR desligar a chave geral de seu estande. 2. NORMAS TÉCNICAS DE MONTAGEM DOS ESTANDES ÁREA COM MONTAGEM BÁSICA Estandes com MONTAGEM BÁSICA serão construídos exclusivamente pela MONTADORA OFICIAL do evento, assim como a realização dos serviços complementares de alterações na estrutura de sua montagem. Toda e qualquer alteração na estrutura do Módulo Básico de Estande deverá ser solicitada a equipe de arquitetura do CNO e devidamente autorizada. Esclarecemos que estas alterações poderão gerar custos que serão cobrados do EXPOSITOR pela Montadora Oficial. Essas alterações deverão ser solicitadas via FORMULÁRIO Nº 05 (ELEMENTOS ADICIONAIS) Solicitações relativas a elementos adicionais deverão ser solicitadas também através do FORMULÁRIO Nº 05 (ELEMENTOS ADICIONAIS). Esclarecemos que elementos adicionais da montagem básica são considerados SERVIÇOS COMPLEMENTARES e serão cobrados como CUSTOS ADICIONAIS ao custo do estande. Alterações na estrutura de montagem básica (retirada de painéis ou mobiliário) não implicarão em redução ou qualquer desconto no preço do m². Recomenda-se ver as perspectivas e planta baixa dos Módulos Básicos de estandes ao final deste Manual. DATA LIMITE DO FORMULÁRIO Nº 05 (ELEMENTOS ADICIONAIS): 30/04/2012 v de abril de pg.8

10 2.2 - DESCRIÇÃO DOS MATERIAIS DA MONTAGEM BÁSICA E SUA ESTRUTURA: Estruturas em perfis de alumínio, do sistema octogonal, painéis brancos em TS, com 2,20m de altura, fixados com travessas do mesmo material. Iluminação com arandelas de alumínio, articuladas, equipadas com lâmpadas de 100 watts, sendo instaladas a uma razão de (01) uma para cada 3m². Uma tomada de 127V/220V, de 300watts, nos estandes de 9m2 e 3 tomadas, de 300 watts cada, nos estandes de 25m2. Testeira frontal padronizada, com o nome de cada participante, em letras do tipo Helvética ou similar na cor preta. A testeira obedece a um modelo básico de 1 (uma) linha com 10 (dez) caracteres. Não serão aceitos logotipos ou logomarcas, considerados elementos adicionais, que poderão ser confeccionados por solicitação especial e com custo adicional. Envie o FORMULÁRIO Nº 06 TESTEIRA DA MONTAGEM BÁSICA, com o nome que deseja em sua testeira. Caso o EXPOSITOR não envie o formulário até a data limite, será usada a razão social constante em contrato. Instalação e distribuição elétrica para toda a área com quadro de chaves corta-circuito. O piso será coberto com carpete na cor grafite ou similar. Todos os estandes de montagem básica terão por padrão 01(uma) mesa e 02 (duas) cadeiras para cada 9m² e 02(duas) mesas e 04 (quatro) cadeiras para cada 25m2. DATA LIMITE DO FORMULÁRIO Nº 06 TESTEIRA (MONTAGEM BÁSICA): 30/04/ FIXAÇÃO DE MATERIAIS Material promocional, quadros ou objetos de decoração só poderão ser afixados nas paredes (painéis) do estande com materiais como: FIOS DE NYLON e/ou FITAS ADESIVAS DUPLA FACE DO TIPO 3M SCOTCH 4880 ou ADERE 462. Faixas, placas e outros elementos para divulgação devem, sempre que possível, ser confeccionadas por materiais que empreguem recursos locais, materiais naturais, reutilizáveis, reciclados, biodegradáveis e que reduzam a necessidade de manutenção. Não será permitido a utilização de pregos, percevejos, colas ou qualquer outro tipo de material que cause danos aos painéis e à estrutura. A PROMOTORA se reserva o direito de transferir ao locador do estande os custos gerados por danos ao material. 2.4 MONTADORA OFICIAL A ser informado oportunamente. 2.5 MONTAGEM EM ÁREA LIVRE (CHÃO) Cabe ao EXPOSITOR contratar todo o trabalho de montagem e acabamento em geral, respeitando sempre as normas específicas de montagem. A contratação da empresa MONTADORA não isenta o EXPOSITOR de responsabilidades quanto ao cumprimento integral do disposto no REGULAMENTO GERAL e MANUAL ESPECÍFICO da ÁREA DA SOCIEDADE CIVIL NO PARQUE DOS ATLETAS E PIER MAUÁ. A montagem do estande deve respeitar os padrões especificações legais da ABNT e demais órgãos, incluindo as normas deste Manual e outras normas específicas. É vedada a inserção de logomarca dos patrocinadores de estandes fora dos espaços locados. A responsabilidade pela construção e montagem é exclusiva do EXPOSITOR ou seu preposto ou montador integralmente, independentemente da ordem de nomeação. As negociações referentes à montagem de estande e prestação de serviços devem ser acordadas entre o EXPOSITOR, sua MONTADORA e demais empresas contratadas, ficando v de abril de pg.9

11 a PROMOTORA isenta de responsabilidades sobre quaisquer acordos entre as partes envolvidas. Dúvidas durante a montagem, realização e desmontagem do EVENTO serão dirimidas exclusivamente pela PROMOTORA. As MONTADORAS devem ser credenciadas por meio do FORMULÁRIO Nº 02 (AUTORIZAÇÃO DA MONTADORA), que deverá ser enviado à PROMOTORA, anexando os projetos referentes ao estande, instalações elétricas, hidráulicas e iluminação especial. A empresa MONTADORA contratada deve preencher o FORMULÁRIO Nº 03 (TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA MONTADORA) e enviar à PROMOTORA. DATA LIMITE FORMULÁRIO Nº 02 (AUTORIZAÇÃO DA MONTADORA): 30/04/2012. DATA LIMITE FORMULÁRIO Nº 03 (TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA MONTADORA): 30/04/2012. O TERMO DE RESPONSABILIDADE deverá ser entregue devidamente assinado e carimbado pelo EXPOSITOR E MONTADOR, sob pena de impedimento do início dos trabalhos. As credenciais somente serão entregues mediante o preenchimento completo do formulário com os devidos carimbos e assinaturas do EXPOSITOR e MONTADOR que são responsáveis pelo cumprimento das normas estabelecidas neste MANUAL. O termo de Responsabilidade deve ser entregue no seguinte endereço: CNO - Av. Republica do Chile 330 / 21o. andar Torre Leste Centro Rio de Janeiro/RJ O DESCUMPRIMENTO DESSAS NORMAS IMPLICARÁ MULTA EQUIVALENTE A 25% DO VALOR DA ÁREA LOCADA. 3. NORMAS PARA MONTAGEM NAS ÁREAS LIVRES EXTERNAS (CHÃO) E SOB AS TENDAS 3.1 ALTURA DO ESTANDE NAS ÁREAS LIVRES EXTERNAS A altura padrão do material utilizado para montagem de estande será de 2,20m com acabamento nas duas faces. Estandes com altura acima de 2,20m deverão ter perfeito acabamento no lado voltado para o(s) vizinho(s), sem visão imediata e nenhum tipo de propaganda. O EXPOSITOR poderá utilizar uma elevação de até 8m. O estande com altura superior a 4m deve, obrigatoriamente, ter um recuo mínimo de 1m para cada metro acima da altura mínima estabelecida (Exemplo: altura 5,00m, recuo 2,00m) com relação ao(s) vizinho(s). A MONTADORA deverá apresentar junto com o projeto do estande um LAUDO TÉCNICO assinado por engenheiro ou arquiteto, apresentando cópias do CAU e A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica). 3.2 ALTURA DO ESTANDE NAS AREAS LIVRES SOB AS TENDAS Os casos não previstos nos itens acima serão analisados pela equipe de Arquitetos da Coordenação de Relações com a Sociedade Civil do CNO RIO+20. O pé direito de cada setor está demarcado na planta baixa do EVENTO. 3.3 PISO ELEVADO EM HIPÓTESE ALGUMA OS PISOS PODERÃO SER PINTADOS, PERFURADOS OU ESCAVADOS EM QUAISQUER DAS ÁREAS DE EXPOSIÇÃO. v de abril de pg.10

12 Será permitido o uso de tablados de madeira para elevação do piso do estande. A altura máxima é de 10cm. Estes pisos deverão ter perfeito acabamento em toda a sua periferia e áreas visíveis. Recomenda-se que a MONTADORA utilize madeira, ou seus derivados, de origem legal ou certificada, com preferência para produtos com baixa emissão de formaldeído e COVs (compostos orgânicos voláteis). Os estandes com piso elevado deverão ter rampas de acesso para pessoas com deficiência física, devidamente sinalizadas (VIDE NORMAS DE ACESSIBILIDADE NA PAG.16). A colocação de carpetes ou similares diretamente no piso será autorizada mediante o uso de fita dupla face de fácil remoção do tipo (3M SCOTCH 4880 e/ou ADERE 462). O não cumprimento desta norma acarretará em multa de R$ 150,00/m² para a MONTADORA independente contratada. Os carpetes devem ser bem adesivados, evitando o enrugamento da superfície, que por sua vez dificulta a circulação dos usuários, principalmente de pessoas em cadeira de rodas. Recomenda-se a utilização de carpetes que tenham maior resistência a compressão e que não sejam muito felpudos (altura da felpa deve ser inferior a 6mm). Os capachos devem ser embutidos no piso e nivelados de maneira que eventual desnível não exceda 5mm. Os tapetes devem ser evitados em rotas acessíveis. Recomenda-se uso de carpetes constituídos por fibras orgânicas, por materiais reciclados ou materiais recicláveis, como por exemplo, os confeccionados a base de PET. A montagem em todas as áreas no Parque dos Atletas e Píer Mauá, deverão seguir as Normas Técnicas do Corpo de Bombeiros, conforme Autorização para Eventos em Local Fechado. (VIDE ANEXO 3 dos Formulários). Será proibida a colocação de qualquer material ou equipamento que obstrua o acesso aos hidrantes e extintores existentes, devendo haver no mínimo 1 metro de espaço livre em torno desse tipo de equipamento. O acesso deverá estar livre (sem nenhum tipo de montagem ou mobiliário) e devidamente sinalizado caso exista necessidade de construção próxima a tais equipamentos. AS MONTADORAS DEVERÃO ESTAR CIENTES DO REGULAMENTO DO EVENTO. QUALQUER DANO AO PARQUE DOS ATLETAS OU PIER MAUÁ, CAUSADO PELA MONTADORA OU QUAISQUER DOS SEUS FUNCIONÁRIOS DARÁ DIREITO À PROMOTORA A TRANSFERIR PARA A MESMA OS CUSTOS GERADOS. 3.4 CONSTRUÇÃO EM ALVENARIA NÃO SERÁ PERMITIDO, EM HIPÓTESE ALGUMA, A CONSTRUÇÃO DE PISOS E ELEMENTOS EM ALVENARIA DENTRO DO PARQUE DOS ATLETAS E PÍER MAUÁ. 3.5 CONSTRUÇÃO EM MADEIRA Não será permitida a fabricação de qualquer peça de madeira dentro dos locais de exposição, apenas as pré-montadas, com massa, lixadas e pintadas, que já deverão vir prontas e apenas finalizadas no local. Não será permitido o uso de serra circular montada em bancada para qualquer tipo de construção. v de abril de pg.11

13 A MONTADORA deverá utilizar madeira ou seus derivados, de origem legal ou certificada, com preferência para produtos com baixa emissão de formaldeído e COVs (compostos orgânicos voláteis). 3.6 CONSTRUÇÃO EM METAL Não será permitida a fabricação nem a utilização de equipamentos e máquinas para construção de estruturas de metal dentro do PARQUE DOS ATLETAS E PIER MAUÁ. Toda estrutura de metal utilizada deve chegar ao local da montagem pré-montada, preparada e pintada. Dentro dos locais de exposição é permitida somente a fixação dos elementos de estrutura metálica por meio de parafusos. Recomenda-se o uso de insumos de origem reciclada ou reaproveitada. 3.7 CONSTRUÇÃO EM SISTEMA MODULAR DE ALUMÍNIO OU SIMILAR Todos os elementos estruturais das montagens modulares deverão oferecer plena segurança ao conjunto construtivo. Não será permitida a utilização de pinos ou demais peças de madeira para a junção ou travamento dos montantes e/ou travessas de alumínio ou similares ou ainda quaisquer outros tipos de elementos de montagem. Recomenda-se evitar o uso de gesso em divisórias internas, optando-se preferencialmente por materiais orgânicos, reciclados ou recicláveis. Caso o uso de placas de gesso acartonado seja inevitável, sugere-se utilizá-las inteiras, evitando cortes e geração de resíduos. 3.8 PAREDES DO ESTANDE ( PAREDÕES ) Não serão permitidas paredes totalmente fechadas formando PAREDÕES, o que prejudica a visibilidade do evento, o trajeto e o acesso dos visitantes. A construção de paredes fechadas não pode exceder 50% da metragem linear de cada lado do estande. As áreas laterais do estande, desde que respeitado o recuo do outro estande, poderão ser utilizadas para exposição para ampliar a visibilidade da marca, além de contribuir para uma melhor ambientação das ruas. O projeto que não obedecer estes procedimentos não será liberado para montagem. A MONTADORA deve acondicionar adequadamente o material cortante ou perfurante a ser descartado de forma a evitar acidentes de trabalho. É vedada a inserção de logomarca dos patrocinadores de estandes fora dos espaços locados 3.9 PAINÉIS DE VIDRO A altura máxima permitida para paredes montadas com painéis de vidro simples será de 3m, com a devida e obrigatória sinalização de segurança. Acima da altura permitida só poderão ser utilizadas paredes de vidro temperado, laminado ou com aplicação da película de proteção ou materiais em acrílico, policarbonato ou similares, sempre com a devida e obrigatória sinalização de segurança JARDINS E PLANTAS Jardins, flores e plantas ornamentais serão permitidos quando contidos em vasos, cestos ou qualquer recipiente protegido por plástico, de forma que, ao serem regados, não causem vazamentos. Não será permitido o uso de terra solta, areia ou pedras para execução de jardins diretamente no piso dos locais de exposição. Também não será permitido nenhum tipo de vaso de planta colocado a uma altura superior a 1,10m. v de abril de pg.12

14 3.11 VIAS DE CIRCULAÇÃO/LIMPEZA Será terminantemente proibido fazer depósito de materiais, ferramentas, caixas ou produtos nas vias de circulação e nos estandes vizinhos. Toda operação deverá ser realizada dentro dos limites da área de responsabilidade da MONTADORA. Durante o período de montagem, a PROMOTORA manterá serviço de limpeza nas vias de circulação para retirada de materiais e resíduos sólidos (lixo) depositados pelas MONTADORAS. No último dia de montagem, nenhum material poderá permanecer nas vias de circulação, devido à colocação das passadeiras. Caso o fato ocorra, o material será sumariamente retirado e inutilizado pelo serviço de limpeza, sem prévio aviso. APÓS A COLOCAÇÃO DAS PASSADEIRAS, É TERMINANTEMENTE PROIBIDO JOGAR RESÍDUOS SÓLIDOS (LIXO) OU DEIXAR QUALQUER TIPO DE MATERIAL SOBRE AS MESMAS. O NÃO CUMPRIMENTO DESTA NORMA ACARRETA EM MULTA DE R$ 150,00/M². No período de desmontagem, as equipes responsáveis acompanharão a liberação das áreas junto às MONTADORAS. Caso ocorram irregularidades na retirada do material e liberação da área, será aplicada multa. O cheque caução será retido pela PROMOTORA até que a referida multa seja paga. Caso a multa não seja paga até o ultimo dia de desmontagem, ou seja, dia 10 de julho de 2012, o cheque caução não será devolvido para a MONTADORA ILUMINAÇÃO ESPECIAL O estande que utilizar qualquer tipo de iluminação especial, como holofotes, canhões de luz ou de laser, alógenas, lustres, etc, deve instalar esses equipamentos em estruturas especiais com capacidade para sustentar o peso, de maneira que não ofereça riscos aos EXPOSITORES, aos visitantes e aos próprios montadores. As peças luminosas, reatores e constituintes do quadro elétrico do luminoso não poderão encostar nos elementos da montagem. As mesmas devem estar acondicionadas de forma isolada para não oferecer nenhum risco de choque para o público ou para os próprios EXPOSITORES. Os projetos de Iluminação Especial deverão ser detalhados por meio de planta baixa e perspectivas, e enviados à PROMOTORA na data limite para sua aprovação, determinada neste manual. Recomenda-se o uso de material de iluminação de alta eficiência energética. As lâmpadas descartadas deverão receber tratamento adequado, a cargo do EXPOSITOR. Recomenda-se que os projetos de Iluminação Especial utilizem lâmpadas, reatores e demais equipamentos com Selo PROCEL ou Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, na faixa A, quando aplicável. RECOMENDAÇÃO DE ACESSIBILIDADE Os ambientes devem ser bem iluminados, possibilitando que todos, em especial as pessoas com deficiência visual de qualquer natureza, identifiquem a sinalização existente. A iluminação adequada também facilita a leitura labial por pessoas com deficiência auditiva SOM Será permitido som ambiente, desde que o mesmo não prejudique de nenhuma forma o desenvolvimento do trabalho nos estandes vizinhos e seja rigorosamente limitado ao máximo de 50 decibéis. v de abril de pg.13

15 Os EXPOSITORES que desejarem realizar qualquer tipo de apresentação musical em seu estande, seja ao vivo ou som mecânico, deverão enviar projeto de sonorização e acústica do estande para aprovação da PROMOTORA. Durante a realização do EVENTO, serão utilizados aparelhos para medição do número de decibéis. Todo e qualquer EXPOSITOR que ultrapassar o máximo de decibéis permitido receberá, na primeira infração, uma advertência verbal da PROMOTORA para diminuição do volume do som. A segunda infração implicará advertência por escrito, assinada pela PROMOTORA, ao responsável pelo estande. A terceira infração implicará desligamento da energia elétrica do estande até o final do dia do recebimento da notificação pelo EXPOSITOR. Caso haja reincidência, após a terceira notificação, a energia elétrica do estande será cortada até o final do EVENTO. Desta forma, recomenda-se a construção de salas com isolamento acústico nos estandes que utilizarem recursos sonoros. Todos os participantes que realizarem programa musical (música ambiente, seja ao vivo ou mecânica) deverão pagar taxas correspondentes aos Direitos Autorais e que, de acordo com a Lei nº. 9610/98, são cobradas pelo: ECAD Escritório Central de Arrecadação e Distribuição Departamento de Shows e Eventos Av. Almirante Barroso, 22 / 22º and. Centro Rio de Janeiro - RJ Tel.: (21) / / Fax: (21) / O valor dessas taxas varia de acordo com tabela do ECAD. Recomenda-se, portanto, que o assunto seja tratado com antecedência junto a essa instituição, para que possíveis contratempos sejam evitados, uma vez que tal pagamento é de única e exclusiva responsabilidade do EXPOSITOR VÍDEO WALL E TELÕES Os equipamentos de vídeo wall e telões poderão ser montados em estruturas adequadas e com capacidade para suportar o dobro do peso dos equipamentos instalados. A estrutura deverá ter acabamento com a mesma qualidade do restante do estande, com cabine de operação individual, e não poderá ser utilizada como depósito ou copa. Para televisores, especificamente, recomenda-se a utilização de equipamentos com Selo PROCEL ou Etiqueta Nacional de Conservação de Energia, na faixa A. É vedada a inserção de logomarca dos patrocinadores de estandes fora dos espaços locados RECOMENDAÇÃO DE ACESSIBILIDADE Recomenda-se que vídeos e materiais audiovisuais sejam também transmitidos por meio de audiodescrição, de forma a incluir pessoas com deficiência visual PROJEÇÃO VERTICAL DO ESTANDE A projeção vertical de qualquer elemento da montagem, incluindo VITRINES, ELEMENTOS DECORATIVOS, APARELHOS DE AR-CONDICIONADO OU PRODUTOS/EQUIPAMENTOS EXPOSTOS, deverá estar obrigatoriamente dentro dos limites periféricos da área do estande. v de abril de pg.14

16 Não serão aceitas projeções sobre estandes contíguos ou sobre as vias de circulação do EVENTO, à exceção de refletores para iluminação das fachadas e logotipos do estande, desde que instalados à altura mínima de 4,00m ESTANDES EM ÁREAS EXTERNAS Os estandes localizados nas áreas externas deverão obedecer a todas as normas contidas neste regulamento e às normas da ABNT, bem como apresentar um estudo de viabilidade técnica, assinado por profissional habilitado responsável, juntamente com cálculo estrutural, que deverá obedecer às características do projeto, ao coeficiente de arrasto estipulado adequado à época do ano e ao local em que deverá ser montado EMBARGO À MONTAGEM DO ESTANDE A PROMOTORA, visando garantir a segurança e a integridade física de todos, reservase o direito de interromper e/ou embargar quaisquer atividades de montagem e desmontagem dos espaços se não estiverem observadas as disposições estabelecidas neste Manual ou reunidas condições de segurança e higiene por parte do MONTADOR, sem que tal confira direito a reclamação ou a prorrogação de prazos. O estabelecido no presente parágrafo aplica-se igualmente caso a interrupção seja ordenada pela entidade competente. O embargo ocorrerá após o parecer da EQUIPE OPERACIONAL da PROMOTORA ou de entidades públicas, como CORPO DE BOMBEIROS, etc. Também sob pena de embargo, qualquer empresa responsável por atividades de montagem e desmontagem deverá possuir a necessária documentação legal. Todo o pessoal envolvido nos trabalhos deverá ter a sua situação laboral e social devidamente regularizada SINALIZAÇÃO E COMUNICAÇÃO Faixas, placas e outros elementos para divulgação devem, sempre que possível, ser confeccionados com materiais que empreguem recursos locais, materiais naturais, reutilizáveis, reciclados, biodegradáveis e que reduzam a necessidade de manutenção. É vedada a inserção de logomarca dos patrocinadores de estandes fora dos espaços locados. RECOMENDAÇÕES DE ACESSIBILIDADE Recomenda-se que seja prevista na placa de identificação do estande sinalização em Braille e em alto relevo, que possua letras grandes, legíveis e com contraste de cores em relação ao seu fundo, para pessoas com deficiência visual ou com baixa visão. Esta mesma placa deverá estar a uma altura entre 0,90m e 1,10m. CONTEÚDOS INFORMATIZADOS Recomenda-se que conteúdos informatizados disponibilizados para o público devam estar acessíveis de maneira que possam ser lidos por meio de sintetizadores de voz para pessoas com deficiência visual. PUBLICAÇÕES Recomenda-se que todas as publicações (folders, revistas, catálogos, cardápios, etc.) estejam disponíveis em Braille, com letras grandes e em contraste. Recomenda-se também disponibilizar menus impressos para pessoas com deficiência auditiva, de modo que possam apontar o pedido ao invés de falá-lo. v de abril de pg.15

17 AUDIOVISUAIS Recomenda-se que vídeos e materiais audiovisuais sejam transmitidos por meio de audiodescrição. INTÉRPRETES DE LIBRAS Recomenda-se que sejam fornecidos intérpretes de LIBRAS para todas as apresentações, palestras, shows e outros EVENTOS, de modo que pessoas com deficiência auditiva possam participar destes acontecimentos. Recomenda-se fornecer também intérpretes de LIBRAS para acompanhar grupos de visitantes com deficiência auditiva nos estandes, facilitando a comunicação entre o pessoal do estande e o visitante. MURAIS INFORMATIVOS Recomenda-se que os murais informativos tenham altura adequada, estejam ao alcance visual de cadeirantes e possuam indicações e informações em Braille e/ou com letras grandes e com contraste com relação ao fundo. Orelhão em altura acessível a pessoas em cadeira de rodas tendo sinalização tátil de alerta no piso. Todas as barreiras físicas existentes no percurso devem ser devidamente indicadas com sinalização tátil direcional e de alerta para pessoas com deficiência visual. Fonte: Cohen & Duarte (2004): Acessibilidade para Todos: uma cartilha de orientação (Núcleo Pró-acesso/UFRJ) 3.19 NORMAS DE ACESSIBILIDADE CIRCULAÇÃO Conforme estabelecido pela Norma de Acessibilidade da ABNT, deve-se prever percursos com pavimentação de superfície regular, firme e antiderrapante sob qualquer condição. Ainda segundo a Norma de Acessibilidade da ABNT, recomenda-se evitar a utilização de padronagem na superfície do piso que possa causar sensação de insegurança, como, por exemplo, estampas que, pelo contraste de cores, podem causar a impressão de tridimensionalidade. Todo percurso interno deve possuir uma faixa livre de 1,20m para locomoção, sem obstáculos ou barreiras de acessibilidade. Deve-se sempre garantir rotas acessíveis em todo percurso no interior do estande. Deverão ser eliminados quaisquer obstáculos ao longo de todos os percursos, tais como buracos, pedras, pisos irregulares, grama e outros. Todos os equipamentos (lixeiras, orelhões, caixas de correio, etc.) e obstáculos, tais como armários, prateleiras ou quaisquer outros objetos que não sejam identificáveis através da bengala, deverão possuir sinalização tátil de alerta para pessoas com deficiência visual. v de abril de pg.16

18 0,73 0,75 a 0,85 0, RAMPAS Deve-se sempre prever rampas onde houver desníveis. As rampas devem possuir inclinação e manutenção adequadas nos acessos principais. A NBR 9050/2004 da ABNT estipula uma inclinação entre 6,25% a 8,33% para desníveis até 0,80m e entre 5% e 6,25% para desníveis de 0,80m a 1,00m. Entretanto, recomenda-se uma inclinação máxima entre 5% e 6%, independentemente do desnível a ser vencido. Em todas as rampas com desnível superior a 0,50m deverão ser previstos guarda-corpos, corrimãos em alturas e diâmetros adequados, sem arestas vivas, conforme estabelecido na NBR 9050/2004 da ABNT. O mesmo se refere às escadas. As rampas devem ter sinalização tátil de alerta indicando seu início e final. Recomenda-se indicação de rampa por meio de sinalização em Braille. 3,0 a 4,5 Mínimo = 4,0 vista superior vista lateral b) Em rampas Fonte: NBR 9050/ BALCÃO DE INFORMAÇÃO Os balcões deverão estar em duas alturas, conforme os princípios do desenho universal, para atender a todos os usuários, incluindo pessoas de baixa estatura ou cadeirantes. O balcão acessível para pessoas com deficiência deve possuir uma área com largura mínima de 0,90m que permita a aproximação de cadeirantes, altura máxima de 0,90m, altura livre inferior de 0,73m e recuo de 0,30m (NBR 9050/2004). Recomenda-se que uma pessoa fluente em LIBRAS esteja presente no balcão de informações para orientar e facilitar a comunicação de visitantes com deficiência auditiva, usuários da língua de sinais MESAS OU SUPERFÍCIES DE TRABALHO OU REFEIÇÃO Conforme NBR 9050/2004 da ABNT, 5% de mesas ou superfícies para trabalho ou refeição devem ser acessíveis e mais 10%, adaptáveis. Entretanto, recomenda-se que todo esse mobiliário atenda a todos de forma igualitária. A altura livre de mesas ou superfícies para trabalho ou refeição deve ser de, no mínimo, 0,73m do piso acabado, prevendo também o módulo de referência de 0,80m x 1,20m, que possibilite avançar sob as mesas (NBR 9050/2004). Deve ser garantida uma faixa livre de circulação de 0,90m e área de manobra para o acesso às mesas. A altura de mesas ou superfícies de trabalho e refeição deve estar entre 0,75m e 0,85m do piso. 0,50 Módulo de 1,20 referência Fonte: NBR 9050/2004 v de abril de pg.17

19 CADEIRAS Cadeiras devem ser móveis, possuir material resistente e confortável, permitindo a transferência e a acomodação com segurança de pessoas com deficiência. No caso da existência de braços, estes devem ser articulados PORTAS As portas devem ter vão mínimo de 0,80m x 2,10m. Em portas de duas ou mais folhas, pelo menos uma delas deve ter vão livre de 0,80m. Estas devem poder ser abertas com um único movimento e possuir maçanetas do tipo alavanca instaladas entre 0,90m e 1,10m do piso SINALIZAÇÃO TÁTIL NO PISO Recomenda-se a utilização de sinalização tátil direcional (orientando trajetos) e sinalização tátil de alerta (indicando obstáculos) para facilitar a circulação de pessoas com deficiência visual ou com baixa visão. Esta composição deve seguir as recomendações da NBR 9050/2004. Fonte: NBR 9050/ RESPONSABILIDADES DAS MONTADORAS Apresentar FORMULÁRIO Nº 02 (AUTORIZAÇÃO DA MONTADORA), preenchido pela EMPRESA EXPOSITORA. Apresentar FORMULÁRIO Nº 03 (TERMO DE RESPONSABILIDADE PARA MONTADORA), preenchido pela EMPRESA MONTADORA, que deverá ser mantido no estande por todo o período do EVENTO, incluindo montagem e desmontagem. DATA LIMITE PARA ENVIO DOS FORMULÁRIOS Nº 02 E Nº 03: 30/04/2012 Apresentar o Projeto do Estande com planta baixa, todas as vistas externas e perspectiva, especificando os materiais utilizados e alturas. Deve-se apresentar, igualmente, desenho das elevações, que fazem divisas com ruas, devidamente cotadas. O projeto deverá ser acompanhado do FORMULÁRIO Nº 4 (APROVAÇÃO DO PROJETO) com identificação completa do EXPOSITOR e dados da MONTADORA. DATA LIMITE PARA ENVIO DO PROJETO COM O FORMULÁRIO Nº 04: 26/04/2012 O projeto que exceder a altura de 4,40m e/ou possuir mezanino deverá estar acompanhado por laudo técnico assinado por engenheiro ou arquiteto e também por cópias dos registros profissionais junto ao CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), ao CAU (Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo) e à A.R.T. v de abril de pg.18

20 (Anotação de Responsabilidade Técnica) e comprovante dos pagamentos das mesmas. No caso do projeto conter 2 (dois) andares e/ou mezanino, será necessária planta de estrutura com a memória de cálculo, assinada por calculista e respectiva ART. O projeto deverá ser apresentado preferencialmente gravado em CD em formato PDF ou poderá ser enviado por (também em formato PDF). Alternativamente, poderá ser enviado por correio ou portador e, nesse caso, o projeto deverá ser entregue impresso em formato A3, em 03 (três) vias iguais. Em qualquer dos casos, deverá sempre vir acompanhado do FORMULÁRIO no. 4, de aprovação do projeto. O projeto deverá ser enviado com o formulário no. 4 para o O projeto deverá trazer detalhes acerca dos seguintes pontos: elétrica, hidráulica (se houver) e iluminação especial (se houver). Deverá ser mantido, no estande, cópia de cada projeto autorizado, pela EQUIPE OPERACIONAL da PROMOTORA, para montagem. Os trabalhos de montagem externa e de decoração do estande deverão estar encerrados, impreterivelmente, até as 22h00 do dia 11/06. SERÁ COBRADA UMA MULTA DE R$ 500,00 (QUINHENTOS REAIS) POR HORA DE ATRASO DOS EXPOSITORES QUE NÃO RESPEITAREM OS HORÁRIOS ESTABELECIDOS. As empresas contratadas para montagem e/ou decoração dos estandes são responsáveis pela remoção de entulho e material não utilizado, pois o Serviço de Limpeza do estande, contratado pelo EXPOSITOR, só poderá iniciar seus trabalhos a partir das 7h00 do dia da inauguração. Deverão ser apresentadas informações sobre os aspectos de sustentabilidade do estande, quando solicitadas. As ações e operações dos EXPOSITORES deverão ser pautadas pelos princípios do desenvolvimento sustentável. 4.1 MEZANINO OU 2º PISO Somente serão admitidos estandes com mezanino ou 2º piso quando a área contratualmente locada for igual ou superior a 300 m 2 e configurar ilha. Assim mesmo, a área do mezanino ou 2º piso poderá ter, no máximo, 25% da área total do estande e deverá ter um recuo de, no mínimo, 2m dos limites perimetrais. No caso da construção de mezanino ou 2º piso, a altura final permitida, SOMENTE NESTA ÁREA DO ESTANDE MEZANINO OU 2º PISO, passa a ser de 8,00m, a contar do piso do local. A estrutura do mezanino ou do 2º piso deverá ser montada em ferro e de acordo com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT. As sapatas deverão ser do mesmo material e apoiadas diretamente sobre o piso do local. A estrutura deverá estar dimensionada de acordo com os cálculos de capacidade por m 2, obedecendo à planilha de cálculo de capacidade de carga. O piso do mezanino ou do 2º piso deverá ser compatível com a carga estabelecida na planilha de cálculo de carga. Deverá ser expressa a capacidade máxima de pessoas permitida no mezanino ou no 2º piso logo no início da escada que liga este piso térreo ao mezanino ou ao 2º piso. Não deverá ser permitida a utilização de painéis de vidro no mezanino ou no 2º piso, devendo ser utilizados painéis de acrílico, policarbonato ou material similar, que terão as suas dimensões de abertura máximas de 1m x 1,40m. v de abril de pg.19

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS:

REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO. Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 a 99 29ª EDIÇÃO Parte Integrante do Contrato de Participação 01) INFORMAÇÕES GERAIS: DATA: 20 a 23 de Outubro de 2014 LOCAL: EXPO CENTER NORTE PAVILHÃO AZUL HORÁRIO: 2ª, 3ª,

Leia mais

De 8 a 17 de maio de 2009 Praça dos Girassóis, S/ Nº - Palmas - TO EXPOSITOR

De 8 a 17 de maio de 2009 Praça dos Girassóis, S/ Nº - Palmas - TO EXPOSITOR EXPOSITOR Este Manual Específico de montagem é parte integrante do Regulamento Geral de Participação e da Ficha de Inscrição/Contrato de Locação de Área em Evento do 5º SALÃO DO LIVRO DO TOCANTINS. Contém

Leia mais

EXPOSITOR. Contém normas de montagem dos estandes, regulamentando e orientando o expositor sobre a operacionalização do evento.

EXPOSITOR. Contém normas de montagem dos estandes, regulamentando e orientando o expositor sobre a operacionalização do evento. EXPOSITOR Este manual específico de montagem é parte integrante do regulamento geral de participação e da Ficha de inscrição/contrato de locação de área em evento do 7º SALÃO DO LIVRO DE IMPERATRIZ. Contém

Leia mais

MANUAL E FORMULÁRIOS DOS

MANUAL E FORMULÁRIOS DOS Senhor Expositor, O presente Manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento 14º SALÃO SÃO PAULO DE TURISMO- 2015. Solicitamos que nos enviem os formulários constantes deste manual, caso tenham

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Prezado Expositor,

MANUAL DO EXPOSITOR. Prezado Expositor, MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor, Este manual foi elaborado para orientá-lo sobre todas as providências necessárias à sua participação na Área de Exposição do DCTM 15 6ª Reunião do Departamento Científico

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. De 5 a 8 de junho, das 14h às 22h Local: Armazém Cultural Av. Calógeras, 3110 (Próximo à Feira Central)

MANUAL DO EXPOSITOR. De 5 a 8 de junho, das 14h às 22h Local: Armazém Cultural Av. Calógeras, 3110 (Próximo à Feira Central) MANUAL DO EXPOSITOR De 5 a 8 de junho, das 14h às 22h Local: Armazém Cultural Av. Calógeras, 3110 (Próximo à Feira Central) SEMADUR Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano Sumário

Leia mais

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br

Manual do Montadora. Edmundo Doubrawa Joinville SC. www.expogestao.com.br Manual do Montadora Edmundo Doubrawa Joinville SC www.expogestao.com.br 5 NORMAS DE MONTAGEM CHECK LIST MONTAGEM 1- Entregar Termo de Responsabilidade ORIGINAL assinado pelo expositor e pelo responsável

Leia mais

REGULAMENTO E NORMAS PARA AS MONTADORAS DE ESTANDES ANEXO CONTRATUAL 55ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA E INDUSTRIAL DE LONDRINA REALIZAÇÃO

REGULAMENTO E NORMAS PARA AS MONTADORAS DE ESTANDES ANEXO CONTRATUAL 55ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA E INDUSTRIAL DE LONDRINA REALIZAÇÃO REGULAMENTO E NORMAS PARA AS MONTADORAS DE ESTANDES ANEXO CONTRATUAL 55ª EXPOSIÇÃO AGROPECUÁRIA E INDUSTRIAL DE LONDRINA REALIZAÇÃO A Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina é uma promoção e realização

Leia mais

Envio do Projeto para aprovaçao 30/05/2012 Termo de Responsabilidade 30/05/2012 Carta para entrega do Projeto 30/05/2012

Envio do Projeto para aprovaçao 30/05/2012 Termo de Responsabilidade 30/05/2012 Carta para entrega do Projeto 30/05/2012 Regras De Montagem v OBS.:Estas RegrasdeMontagem são parte integrante do Manual do Expositor 2012. Qualquer informação que não tenha sido contemplada nestas regras deverá ser pesquisada no Manual 2012.

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS Centro de Exposições do CIETEP / FIEP

REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS Centro de Exposições do CIETEP / FIEP REGULAMENTO GERAL DE EVENTOS Centro de Exposições do CIETEP / FIEP PARTE I DOS ASPECTOS GERAIS CLÁUSULA PRIMEIRA. Intransferibilidade. É vedado ao CESSIONÁRIO transferir a terceiros, total ou parcialmente,

Leia mais

REGULAMENTO GERAL III CONGRESSO BRASILEIRO DE CARVÃO MINERAL

REGULAMENTO GERAL III CONGRESSO BRASILEIRO DE CARVÃO MINERAL REGULAMENTO GERAL III CONGRESSO BRASILEIRO DE CARVÃO MINERAL I - DISPOSIÇÕES GERAIS 1. O presente Regulamento Geral destina-se a reger o Evento denominado III CONGRESSO BRASILEIRO DE CARVÃO MINERAL, devendo

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL 1.OBJETIVO O objetivo básico da Exposição é promover, através da exposição de produtos/serviços as empresas ligadas ao segmento. 1.2. PROMOÇÃO E REALIZAÇÃO A realização

Leia mais

DÚVIDAS: (11) 2099-6688 solicitacoes@promocat.com.br

DÚVIDAS: (11) 2099-6688 solicitacoes@promocat.com.br 1. APRESENTAÇÃO MANUAL DO EXPOSITOR 2013 Cidade da Fé é o nome dado ao local que reunirá eventos como a tradicional Feira de artigos religiosos ExpoCatólica - Feira Internacional de Livros e Artigos Religiosos;

Leia mais

LOCAL DO EVENTO Minascentro Avenida Augusto de Lima, 877, Lourdes, Belo Horizonte Minas Gerais Home-page: http://www.prominasmg.com.

LOCAL DO EVENTO Minascentro Avenida Augusto de Lima, 877, Lourdes, Belo Horizonte Minas Gerais Home-page: http://www.prominasmg.com. MANUAL DO EXPOSITOR REALIZAÇÃO Associação Brasileira de Saúde Coletiva - ABRASCO Presidente: Luis Eugênio Portela Fernandes de Souza Presidente do Congresso: Cornelis Johannes Van Stralen CAIXA POSTAL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EXPOSITOR

REGULAMENTO GERAL DO EXPOSITOR 1. PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: De 10 a 13 de junho de 2015, das 10 às 20h. REGULAMENTO GERAL DO EXPOSITOR 2. MONTAGEM E DESMONTAGEM O período de montagem será de 25/05/2015 a 08/06/2015. O horário

Leia mais

PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: FEHOSP - Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficicentes do Estado de São Paulo REGULAMENTO GERAL

PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: FEHOSP - Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficicentes do Estado de São Paulo REGULAMENTO GERAL PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO: FEHOSP - Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficicentes do Estado de São Paulo REGULAMENTO GERAL CAPÍTULO I - DEFINIÇÃO E FINALIDADE Art. 1o. - Art. 2o. - A 20ª MOSTRA ESTADUAL

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. 08 e 09 de Maio de 2015 Bourbon Curitiba Convention Hotel Curitiba PR PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO

MANUAL DO EXPOSITOR. 08 e 09 de Maio de 2015 Bourbon Curitiba Convention Hotel Curitiba PR PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO MANUAL DO EXPOSITOR 08 e 09 de Maio de 2015 Bourbon Curitiba Convention Hotel Curitiba PR PROMOÇÃO E ORGANIZAÇÃO APRESENTAÇÃO É com grata satisfação que apresentamos às EMPRESAS EXPOSITORAS e MONTADORAS,

Leia mais

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR.

ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. ORIENTAÇÕES, REGRAS E INFORMAÇÕES AO EXPOSITOR. APRESENTAÇÃO A Organizadora e Montadora Oficial vêm através deste Manual colocar à disposição, todas as informações necessárias para que você Expositor possa

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR DA EXPOSIMEXMIN

MANUAL DO EXPOSITOR DA EXPOSIMEXMIN MANUAL DO EXPOSITOR DA EXPOSIMEXMIN 1) OBJETIVO 1.1) O presente Manual do Expositor, define o regulamento para a área dos estandes, durante o SIMEXMIN 2016. 1.2) Este Manual fornece ao EXPOSITOR e a outros

Leia mais

O presente Manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento RIO INFO 2015.

O presente Manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento RIO INFO 2015. Senhor Expositor, O presente Manual tem o objetivo de orientar sua participação no evento RIO INFO 2015. Solicitamos que nos enviem os formulários constantes deste manual e que caso tenham quaisquer dúvidas

Leia mais

Primeira conferencia Brasileira de Ciências e Tecnologia em Bioenergia

Primeira conferencia Brasileira de Ciências e Tecnologia em Bioenergia Primeira conferencia Brasileira de Ciências e Tecnologia em Bioenergia De 14 a 18 de Agosto de 2011 Campos do Jordão Convention Center, Campos do Jordão,São Paulo, Brasil MANUAL DO EXPOSITOR IMPORTANTE

Leia mais

Montagem e Desmontagem dos Estandes

Montagem e Desmontagem dos Estandes Montagem e Desmontagem dos Estandes Cronograma para montagem, feira e desmontagem de estandes Motivo Data Horário Observações Data limite para a entrega do projeto do estande Descarregamento de material

Leia mais

FORMULÁRIO CREDENCIAMENTO DE MONTADORA. Solicitamos o credenciamento da Empresa Montadora abaixo relacionada, AUTORIZADA a realizar os

FORMULÁRIO CREDENCIAMENTO DE MONTADORA. Solicitamos o credenciamento da Empresa Montadora abaixo relacionada, AUTORIZADA a realizar os CREDENCIAMENTO DE MONTADORA FRANCAL FEIRAS DEPARTAMENTO DE OPERAÇÕES Solicitamos o credenciamento da Empresa Montadora abaixo relacionada, AUTORIZADA a realizar os serviços de MONTAGEM, DECORAÇÃO, MANUTENÇÃO

Leia mais

HOUSEHOLD & AUTO CARE

HOUSEHOLD & AUTO CARE 1 HOUSEHOLD & AUTO CARE 2014 Data 06 a 08 de Agosto de 2014 MANUAL DA MONTADORA Local Centro de Convenções Frei Caneca Rua Frei Caneca, 569 4º Pavimento. Cerqueira César São Paulo /SP Sob nenhuma hipótese

Leia mais

XI Jornada Norte-Nordeste de Centro Cirúrgico e Central de Esterilização

XI Jornada Norte-Nordeste de Centro Cirúrgico e Central de Esterilização XI Jornada Norte-Nordeste de Centro Cirúrgico e Central de Esterilização Período: 27 a 29 de outubro de 2010 Local: Ponta Mar Hotel MANUAL DO EXPOSITOR E PATROCINADOR Outubro / 2010 Fortaleza - Ceará MANUAL

Leia mais

REGULAMENTO GERAL - FEIRA DE LIVROS

REGULAMENTO GERAL - FEIRA DE LIVROS REGULAMENTO GERAL - FEIRA DE LIVROS DA FINALIDADE Art. 1º. Tomando como base a tríade temática do evento: Diversidade, Cidadania e Inovação, a Feira de Livros do III Fórum Mundial de Educação Profissional

Leia mais

MANUAL PARA MONTADORAS

MANUAL PARA MONTADORAS 1. PERÍODO DE REALIZAÇÃO DO EVENTO: De 13 a 17 de Abril de 2015, das 08:00 às 18:00h. MANUAL PARA MONTADORAS 2. PERÍODO DE MONTAGENS E DESMONTAGENS DOS STANDS Período de montagem de stands será de 23/03/2015

Leia mais

REGULAMENTO GERAL. PROMOÇÃO e REALIZAÇÃO. (65) 3321-5454 (65) 3634-6290 walquiria@moretticoelho.com.br. carla.t empo@terra.com.br

REGULAMENTO GERAL. PROMOÇÃO e REALIZAÇÃO. (65) 3321-5454 (65) 3634-6290 walquiria@moretticoelho.com.br. carla.t empo@terra.com.br REGULAMENTO GERAL O Evento 41 Jornada Anestesiologia do Brasil Central e 3 Jornada de Anestesiologia de Mato Grosso será regido pelo presente Manual do Expositor, ao qual estão sujeitas as empresas que

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem MANUAL DO EXPOSITOR Evento: Simpósio AMIB de Odontologia em UTI Data: 06 a 07 de junho de 2014 Local: Hotel Pestana Rua Tutóia, 77 - Jardins Horário: 8h00 às 18h00 Organizadora: Associação de Medicina

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR ESTE MANUAL CONTÉM INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA PARTICIPAÇÃO DE SUA EMPRESA NO SECURITY LEADERS FÓRUM RIO DE JANEIRO.

MANUAL DO EXPOSITOR ESTE MANUAL CONTÉM INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA PARTICIPAÇÃO DE SUA EMPRESA NO SECURITY LEADERS FÓRUM RIO DE JANEIRO. MANUAL DO EXPOSITOR ESTE MANUAL CONTÉM INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA PARTICIPAÇÃO DE SUA EMPRESA NO SECURITY LEADERS FÓRUM RIO DE JANEIRO Realização: Apoio de Mídia: Parabéns expositor! Você faz parte do

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR FEIRA MINEIRA DE SUINOCULTURA PONTE NOVA/MG - 2016

MANUAL DO EXPOSITOR FEIRA MINEIRA DE SUINOCULTURA PONTE NOVA/MG - 2016 MANUAL DO EXPOSITOR 1 A Suinfest- Feira Mineira de Suinocultura é uma realização da Associação dos Suinocultores do Vale do Piranga (Assuvap) e da Cooperativa dos Suinocultores de Ponte Nova e Região (Coosuiponte).

Leia mais

REGULAMENTO GERAL - MONTADORA DE ESTANDES HOUSEHOLD & AUTO CARE 2008 MANUAL DA MONTADORA FORMULÁRIOS

REGULAMENTO GERAL - MONTADORA DE ESTANDES HOUSEHOLD & AUTO CARE 2008 MANUAL DA MONTADORA FORMULÁRIOS HOUSEHOLD & AUTO CARE 2008 MANUAL DA MONTADORA REGULAMENTO GERAL - MONTADORA DE ESTANDES FORMULÁRIOS 1 Data 24 a 26 de Junho de 2008 Local Centro de Convenções Frei Caneca Rua Frei Caneca, 569 5º Pavimento.

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR (Anexo I)

MANUAL DO EXPOSITOR (Anexo I) MANUAL DO EXPOSITOR (Anexo I) Realização: SECRETARIA DE EDUCAÇÃO Organização: PLANEVENTOS EVENTOS CORPORATIVOS IMPORTANTE 1. O desconhecimento das normas aqui estabelecidas não exime o expositor das responsabilidades

Leia mais

REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR

REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor: A seguir o Manual do Expositor do FEIRÃO DO IMOVEL SECOVI, no qual estão definidos todos os procedimentos e regras de participação do evento. 1. NOME

Leia mais

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR,

Manual do Expositor. Informações: 11 2223-2521 operacional.decofe@apcdcentral.com.br. Prezado EXPOSITOR, Prezado EXPOSITOR, Os Expositores através do CNPJ da sua empresa (conforme contrato de locação) em campo específico, acessarão os formulários para preenchimento, envio e impressão dos mesmos, on-line.

Leia mais

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL

RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL RECUPERE SEU CRÉDITO 6ª EDIÇÃO 03, 04 e 05 de dezembro de 2015 REGULAMENTO GERAL Prezado Expositor, O Regulamento Geral é parte integrante do contrato da Campanha Recupere seu Crédito. Aqui você encontra

Leia mais

R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S

R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S R E G U L A M E N T O D A V B I E N A L I N T E R N A C I O N A L D O L I V R O D E A L A G O A S 1. EVENTO: 1.1 REALIZAÇÃO Editora da Universidade Federal de Alagoas EDUFAL Universidade Federal de Alagoas

Leia mais

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES

MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES Águas de Lindóia SP De 21 a 24 de abril de 2016 MANUAL FEIRA DE PEÇAS E ANTIGUIDADES I. ÁREA FÍSICA 1. É o espaço contratado sem qualquer tipo de montagem ou carpete. O expositor receberá a área locada

Leia mais

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC

Local: Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof (Pavilhão da Fenarreco), Rodovia Antonio Heil, 29 - Centro, Brusque/SC REGULAMENTO GERAL DA FEIRA 1 - INTRODUÇÃO As normas que regem a organização, montagem, funcionamento e desmontagem da FECATEX 2017 - Home & Fashion - Primavera Verão 2018- Feira Têxtil de Santa Catarina,

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR 10ª HOME ART BLUMENAU SC DE 30/7 A 03 DE AGOSTO DE

MANUAL DO EXPOSITOR 10ª HOME ART BLUMENAU SC DE 30/7 A 03 DE AGOSTO DE MANUAL DO EXPOSITOR 10ª HOME ART BLUMENAU SC DE 30/7 A 03 DE AGOSTO DE 2014 Prezado Expositor, Para melhor atendê-lo, antes e durante o período da feira, desenvolvemos este MANUAL no qual constam todas

Leia mais

REGULAMENTO DA EXPOSIÇÃO

REGULAMENTO DA EXPOSIÇÃO SIMPÓSIO DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS ELÉTRICOS COLÓQUIO INTERNACIONAL DO SC B5 DO CIGRÉ 25 a 31 de agosto de 2013 Hotel Ouro Minas Belo Horizonte - MG REGULAMENTO DA EXPOSIÇÃO 1) OBJETIVO 1.1) O presente

Leia mais

5, 6 e 7 de abril de 2004

5, 6 e 7 de abril de 2004 Manual da Expositora Informações e Regulamento Geral para Expositoras e Montadoras 5, 6 e 7 de abril de 2004 Centro de Convenções e Eventos Frei Caneca Rua Frei Caneca, 569 5º São Paulo - SP Brasil Realização

Leia mais

REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS

REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS REGULAMENTO DA VII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE ALAGOAS 1. EVENTO: 1.1 REALIZAÇÃO Universidade Federal de Alagoas (Ufal) Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal) Av. Lourival Melo Mota,

Leia mais

FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS DO IGUAÇU

FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS DO IGUAÇU MANUAL DO EXPOSITOR FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS DO IGUAÇU 12 a 14 de junho de 2013 Foz do Iguaçu Paraná Brasil SUMÁRIO 1. REALIZAÇÃO E ORGANIZAÇÃO... 04 2. HOTEL SEDE... 04 3. COMERCIALIZAÇÃO DA

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 16 e 17 de julho de 2012. Patrocinadores

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 16 e 17 de julho de 2012. Patrocinadores REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 16 e 17 de julho de 2012 Patrocinadores Apresentação O Regulamento Geral do Evento tem como objetivo municiar expositores e montadores da 10ª Feira e Convenção Regional de Supermercados

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO Dia 3 de Junho de 2015 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO Dia 3 de Junho de 2015 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-062 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

Resumo. Serviços Contratados. Data Limite. 04 de abril FORMULÁRIO VALOR A PAGAR RESUMO - SERVIÇOS CONTRATADOS

Resumo. Serviços Contratados. Data Limite. 04 de abril FORMULÁRIO VALOR A PAGAR RESUMO - SERVIÇOS CONTRATADOS 0 RESUMO - SERVIÇOS CONTRATADOS Resumo Serviços Contratados FORMULÁRIO Condições de Pagamento: 50% com o pedido 50% até ao início da montagem 1... 2... 3a... 3b... 4... 5... 6... 7... 8... 9... TOTAL VALOR

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR 2013

MANUAL DO EXPOSITOR 2013 MANUAL DO EXPOSITOR 2013 PREZADO EXPOSITOR Com o objetivo de facilitar a participação de sua empresa, elaboramos este manual, que orienta sobre os direitos e deveres dos expositores, montadores e os promotores

Leia mais

60º CONGRESSO ESTADUAL DE MUNICÍPIOS De 29 de março a 1º abril de 2016 Campos do Jordão - SP

60º CONGRESSO ESTADUAL DE MUNICÍPIOS De 29 de março a 1º abril de 2016 Campos do Jordão - SP 60º CONGRESSO ESTADUAL DE MUNICÍPIOS -1- EXPOSIÇÃO PARALELA DE PRODUTOS E SERVIÇOS REALIZAÇÃO E ORGANIZAÇÃO Associação Paulista de Municípios APM Fone/Fax: (11) 2165-9999 Rua Manoel da Nóbrega, 2010 -

Leia mais

LOCAL DO EVENTO: Prática Eventos. Brilhante Eventos I INFORMAÇÕES GERAIS ATENDIMENTO AO EXPOSITOR MONTADORA OFICIAL

LOCAL DO EVENTO: Prática Eventos. Brilhante Eventos I INFORMAÇÕES GERAIS ATENDIMENTO AO EXPOSITOR MONTADORA OFICIAL MANUAL DO EXPOSITOR I INFORMAÇÕES GERAIS LOCAL DO EVENTO: Fábrica de Negócios Hotel Praia Centro Av. Monsenhor Tabosa, 740, Bairro Praia de Iracema, CEP:60165-010 Fortaleza-CE ATENDIMENTO AO EXPOSITOR

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL

MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL MANUAL DO EXPOSITOR REGULAMENTO GERAL 1. DA EXPOSIÇÃO 1.1. OBJETIVO O objetivo básico da Exposição é promover, através da exposição de produtos/serviços as empresas ligadas ao segmento. 1.2. PROMOÇÃO E

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO FEIRA DE TRANSPORTE INTERMODAL E LOGÍSTICA EDIÇÃO 2012 REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 1 SUMÁRIO INFORMAÇÕES GERAIS-------------------------------------------------------------------------------------- 05

Leia mais

MANUAL DA EXPOSITORA Informações e Regulamento Geral para Expositoras e Montadoras

MANUAL DA EXPOSITORA Informações e Regulamento Geral para Expositoras e Montadoras MANUAL DA EXPOSITORA Informações e Regulamento Geral para Expositoras e Montadoras INFORMAÇÕES MONTADORA Rua Tenente Américo Moretti, 200 - CEP 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - Email:

Leia mais

Manual do Expositor Foz do Iguaçu- Paraná- Brasil Local: Bourbon Convention & Resort Data: de 8 a 11 de Setembro de 2010

Manual do Expositor Foz do Iguaçu- Paraná- Brasil Local: Bourbon Convention & Resort Data: de 8 a 11 de Setembro de 2010 Manual do Expositor Foz do Iguaçu- Paraná- Brasil Local: Bourbon Convention & Resort Data: de 8 a 11 de Setembro de 2010 Índice do Manual do Expositor Apresentação... 3 Deveres da Organizadora......4 Deveres

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DADOS DA FEIRA:

REGULAMENTO GERAL DADOS DA FEIRA: REGULAMENTO GERAL A feira que ocorrerá durante o XXI SUECO, será regida pelo presente Manual do Expositor, ao qual estão sujeitas as empresas que tenham contratado espaço junto a Federação das Unimeds

Leia mais

X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015

X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015 X Conferência Nacional de Assistência Social INFORME CNAS Nº 03/2015 Recomendações aos Conselhos para garantir a acessibilidade nas Conferências de Assistência Social Ranieri Braga - Informes Conselho

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 28 de novembro de 2013 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 28 de novembro de 2013 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem MANUAL DO EXPOSITOR Evento: VII SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE ENFERMAGEM AMIB & ABENT EM TERAPIA INTENSIVA Data: 26 a 27 de setembro de 2014 Local: Hotel Estanplaza International Rua Fernandez Moreira, 1293

Leia mais

É parte integrante deste Manual o Regulamento Geral da Feira.

É parte integrante deste Manual o Regulamento Geral da Feira. Prezado Expositor/Montadora Credenciada O presente Manual foi elaborado para auxiliar a respeito de todas as providências necessárias à sua participação na Tattoo Week São Paulo 2015, à montagem, ao período

Leia mais

Coordenação de Montagem: Janine Wingert montagem@agas.com.br / (51) 8112.5228 / (51) 3067.5750

Coordenação de Montagem: Janine Wingert montagem@agas.com.br / (51) 8112.5228 / (51) 3067.5750 47ª Convenção Regional de Supermercados Santa Maria 20 e 21 de Maio de 2015 Local: Centro Desportivo Municipal - Farrezão Rua Appel 795, Centro Santa Maria/RS A AGAS busca criar oportunidade de negócios

Leia mais

REGULAMENTO EXPO EaD

REGULAMENTO EXPO EaD REGULAMENTO EXPO EaD A ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância promoverá, de 14 a 17 de setembro de 2008 o 14 CIAED - Congresso Internacional ABED de Educação a Distância e a Expo EaD, exposição

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR IMPORTANTE:

MANUAL DO EXPOSITOR IMPORTANTE: MANUAL DO EXPOSITOR IMPORTANTE: O 8 Congresso de Brasileiro de Melhoramento de Plantas será regido pelo presente Regulamento do Expositor; Todos os itens constantes neste regulamento estão legalmente vinculados

Leia mais

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00

FUNCIONAMENTO DA EXPOSIÇÃO e Dia 11 de setembro de 2014 - das 11h00 às 17h00 MONTADORA OFICIAL Metro Quadrado Estandes Rua Tenente Américo Moretti, 200 - Cep 04372-060 - São Paulo - SP Telefone: (11) 5671-2022 - E-mail: metro.quadrado@metro2.com.br HORÁRIOS DE MONTAGEM / FUNCIONAMENTO

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Para melhor atendê-lo, procuramos fornecer toda a orientação necessária para a realização deste evento.

MANUAL DO EXPOSITOR. Para melhor atendê-lo, procuramos fornecer toda a orientação necessária para a realização deste evento. MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor, Temos o prazer de lhe apresentar o Manual do Expositor do SMART CITY BUSINESS AMERICA 2016, que será realizado no período de 28 a 30 de março de 2016, na Expo Unimed

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU

PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU PROCEDIMENTOS PARA EXPOSITORES E MONTADORA SERVIÇOS DE INFRA-ESTRUTURA E PROVIDÊNCIAS LEGAIS HOTEL GLÓRIA CAXAMBU Cabe ao expositor regularizar seu estande perante as repartições federais, estaduais e

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. 16 a 19 de Abril de 2013

MANUAL DO EXPOSITOR. 16 a 19 de Abril de 2013 MANUAL DO EXPOSITOR 16 a 19 de Abril de 2013 A Coordenação da EXPOARROZ elaborou este Manual do Expositor especialmente para orientar a sua participação na feira. Este impresso contém o regulamento de

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DE ACESSIBILIDADE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E MOBILIDADE REDUZIDA NO ITABORAÍ PLAZA SHOPPING

MEMORIAL DESCRITIVO DE ACESSIBILIDADE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E MOBILIDADE REDUZIDA NO ITABORAÍ PLAZA SHOPPING MEMORIAL DESCRITIVO DE ACESSIBILIDADE PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E MOBILIDADE REDUZIDA NO ITABORAÍ PLAZA SHOPPING MEMORIAL DESCRITIVO O Shopping Itaboraí, localizado na Rodovia BR-101, Km 295,5 Rio Aldeia

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Para melhor atendê-lo durante o evento, montagem e desmontagem do seu

MANUAL DO EXPOSITOR. Para melhor atendê-lo durante o evento, montagem e desmontagem do seu MANUAL DO EXPOSITOR Prezado Expositor Para melhor atendê-lo durante o evento, montagem e desmontagem do seu estande, apresentamos o Manual do Expositor, com informações e orientações importantes para que

Leia mais

Laudo de Acessibilidade

Laudo de Acessibilidade Laudo de Acessibilidade Vistoriado por Arq. Eduardo Ronchetti de Castro CREA 5061914195/D Considerações legais elaboradas por Dr. Luis Carlos Cocola Kassab - OAB/SP 197.829 Rua Marechal Deodoro, 1226 Sala

Leia mais

REQUISITOS E CONSIDERAÇÕES GERAIS REF. NBR 13434 DA ABNT

REQUISITOS E CONSIDERAÇÕES GERAIS REF. NBR 13434 DA ABNT ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE PROJETOS DE SINALIZAÇÃO DE EMERGÊNCIA JUNTO A DGST REQUISITOS E CONSIDERAÇÕES GERAIS REF. NBR 13434 DA ABNT ANÁLISE E VISTORIA DOS SISTEMAS DE SINALIZAÇÃO DE EMERGÊNCIA Objetivo

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem MANUAL DO EXPOSITOR Evento: III MCCRC Multiprofessional Critical Care Review Course Data: 15 a 17 de maio de 2014 Local: Mercure Gran Hotel Parque Ibirapuera Av. Sena Madureira, 1355 Horário: 8h00 às 18h00

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem

MANUAL DO EXPOSITOR. Cronograma de Montagem e Desmontagem MANUAL DO EXPOSITOR Evento: V Simpósio Pós-Congresso da Sociedade Americana de Medicina Intensiva Data: 23 de fevereiro de 2013 Local: Bourbon Convention Ibirapuera Av. Ibirapuera, 2927 - Moema Horário:

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado

MEMORIAL DESCRITIVO. Teto Teto vazado e pergolado em travessas Z500 de alumínio anodizado Anexo I MEMORIAL DESCRITIVO Trata o presente memorial descritivo da locação de estruturas provisórias e estruturas personalizadas para a montagem da 14ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, conforme

Leia mais

Prezado Expositor. Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial - SBPC/ML

Prezado Expositor. Sociedade Brasileira de Patologia Clínica / Medicina Laboratorial - SBPC/ML 1 Prezado Expositor A Exposição Técnico-científica do 49º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial é a grande oportunidade para a empresa apresentar seus produtos e serviços a um

Leia mais

XVII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas XVIII Encontro Nacional de Perfuradores de Poços VII FENÁGUA Feira Nacional da Água

XVII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas XVIII Encontro Nacional de Perfuradores de Poços VII FENÁGUA Feira Nacional da Água MANUAL DO EXPOSITOR 23 a 26 de outubro de 2012 Centro de Convenções de Bonito Bonito - MS APRESENTAÇÃO A ABAS- Associação Brasileira de Águas sente-se honrada por contar com sua valiosa presença na, que

Leia mais

ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade

ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade ANÁLISE INDIVIDUAL DE PRODUTOS Relatório de Acessibilidade 1. Conceito/objetivo do produto: O relatório destina-se a informar e orientar as condições de acesso e utilização de equipamentos e instalações

Leia mais

NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - PROPOSTA

NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO POR EXTINTORES DE INCÊNDIO - PROPOSTA ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO E SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO NORMA TÉCNICA DO CORPO DE BOMBEIROS Nº 18/2015 SISTEMA DE PROTEÇÃO

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR MEDTROP 2009

MANUAL DO EXPOSITOR MEDTROP 2009 PERÍODO: 08 a 12 de Março de 2009. MANUAL DO EXPOSITOR MEDTROP 2009 LOCAL: CENTRO DE CONVENÇÕES DE PERNAMBUCO / Olinda-PE Complexo Viário Vice-Governador Barreto Guimarães, S/Nº - Olinda / PE - CEP: 53.111-970

Leia mais

NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT

NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT NORMAS DE ACESSIBILIDADE - Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT 4.2 Pessoas em cadeira de rodas (P.C.R.) 4.2.1 Cadeira de rodas A figura 2 apresenta dimensões referenciais para cadeiras de rodas

Leia mais

Manual do Expositor Agronegócios Copercana 2016

Manual do Expositor Agronegócios Copercana 2016 Manual do Expositor Agronegócios Copercana 2016 Prezado expositor: Este Manual foi elaborado para orientar e regulamentar sua participação na feira promovida e organizada pela Cooperativa dos Plantadores

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR. Aqui você encontra as normas que regulamentam e orientam a operacionalização do evento.

MANUAL DO EXPOSITOR. Aqui você encontra as normas que regulamentam e orientam a operacionalização do evento. MANUAL DO EXPOSITOR PREZADO EXPOSITOR, O MANUAL do EXPOSITOR é parte integrante do REGULAMENTO GERAL e do Contrato de Organização e Promoção da FRANCAL 2011-43ª FEIRA INTERNACIONAL DA MODA EM CALÇADOS

Leia mais

MANUAL DO CONSTRUTOR

MANUAL DO CONSTRUTOR 1. SOLICITAÇÕES PARA INÍCIO DA OBRA 01 jogo do projeto de arquitetura aprovado; Autorização para Construção emitida pelo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JARDINS COIMBRA. 2. IMPLANTAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 2.1 Fechamento

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR 16º FESTIVAL DO JAPÃO - 2013 FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE PROVÍNCIAS DO JAPÃO NO BRASIL - KENREN

MANUAL DO EXPOSITOR 16º FESTIVAL DO JAPÃO - 2013 FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE PROVÍNCIAS DO JAPÃO NO BRASIL - KENREN MANUAL DO EXPOSITOR 16º FESTIVAL DO JAPÃO - 2013 1 - INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 PROMOÇÃO e ORGANIZAÇÃO FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DE PROVÍNCIAS DO JAPÃO NO BRASIL - KENREN Rua São Joaquim, 381 5 andar salas

Leia mais

27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC

27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC 27 à 29 de Maio 2009 São João Batista SC PREZADO EXPOSITOR Para o maior sucesso da 8ª Rodada Nacional e Internacional de Negócios da Moda Calçadista de São João Batista apresentamos o Manual do Expositor.

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD

MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD MANUAL DO EXPOSITOR EXPO EaD 1- INFORMAÇÕES GERAIS A EXPO EaD será realizado nas condições abaixo. 2- REALIZAÇÃO ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO A DISTANCIA - ABED Rua Vergueiro, 875 12 andar - Liberdade

Leia mais

A AGROIND 2011 deu início a mais uma edição a realizar-se de 13 a 17 de julho de 2011, no Parque do Imigrante em Lajeado.

A AGROIND 2011 deu início a mais uma edição a realizar-se de 13 a 17 de julho de 2011, no Parque do Imigrante em Lajeado. Senhor Expositor: A AGROIND 2011 deu início a mais uma edição a realizar-se de 13 a 17 de julho de 2011, no Parque do Imigrante em Lajeado. A partir de agora estamos estabelecendo uma parceria com sua

Leia mais

MANUAL DO PATROCINADOR/EXPOSITOR. VII CONVENÇÃO DO COMÉRCIO LOJISTA DO ESTADO DE GOIÁS Tendências e Evoluções do Varejo Goiano

MANUAL DO PATROCINADOR/EXPOSITOR. VII CONVENÇÃO DO COMÉRCIO LOJISTA DO ESTADO DE GOIÁS Tendências e Evoluções do Varejo Goiano MANUAL DO PATROCINADOR/EXPOSITOR VII CONVENÇÃO DO COMÉRCIO LOJISTA DO ESTADO DE GOIÁS Tendências e Evoluções do Varejo Goiano 13 e 14 de abril de 2012. Centro de Convenções de Goiânia Goiás - Brasil Caro

Leia mais

03 A 07 NOVEMBRO PATO BRANCO PR

03 A 07 NOVEMBRO PATO BRANCO PR Manual do Expositor 03 A 07 NOVEMBRO PATO BRANCO PR Prezado Expositor! Você está recebendo o manual do expositor da INVENTUM - 2ª Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco. Este manual faz

Leia mais

As questões relativas à montagem, instalação e decoração dos estandes deverão ser tratadas diretamente com à STANDS.

As questões relativas à montagem, instalação e decoração dos estandes deverão ser tratadas diretamente com à STANDS. Prezado Expositor, É um grande prazer tê-lo como participante da XI CONGRESSO MÉDICO DE PNEUMOLOGIA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, que se realizará no período de 11 a 13 de outubro de 2007, no Hotel Glória

Leia mais

RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE

RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE RECOMENDAÇÕES PARA A ACESSIBILIDADE EM ETAPAS DA 2 CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE Este documento foi organizado pela Comissão Organizadora Nacional (CON) da 2 Conferência Nacional de Políticas Públicas

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL

ESTADO DO MARANHÃO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL ESTADO DO MARANHÃO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL Resolução nº 002 de 09 de maio de 2011. O Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Maranhão, no uso de suas atribuições legais,

Leia mais

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014

8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de. Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia. 07 a 09 de maio de 2014 8 Colloquium Internacional SAE BRASIL de Suspensões e Implementos Rodoviários & Mostra de Engenharia 07 a 09 de maio de 2014 Hotel InterCity Premium - Caxias do Sul RS REGULAMENTOS E NORMAS ESPECÍFICAS

Leia mais

6 Estrutura dos estandes: 6.1 - A montagem do estande básico locado pela organizadora tem a seguinte estrutura: Piso Paredes

6 Estrutura dos estandes: 6.1 - A montagem do estande básico locado pela organizadora tem a seguinte estrutura: Piso Paredes Regulamento Geral Neste regulamento constam informações de extrema importância para o bom andamento da feira, FAVOR LER atentamente, em caso de dúvida, consultar a organizadora da feira. 1 Preâmbulo 1.1

Leia mais

MANUAL DO EXPOSITOR FENICAFÉ

MANUAL DO EXPOSITOR FENICAFÉ Sejam bem-vindos à 21ª edição da FENICAFÉ Feira de Nacional de Irrigação em Cafeicultura da ACA Associação dos Cafeicultores de Araguari, evento que todos os anos movimenta a cadeia produtiva do agronegócio

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 10 e 11 de setembro de 2012. Patrocinadores

REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 10 e 11 de setembro de 2012. Patrocinadores REGULAMENTO GERAL DO EVENTO 10 e 11 de setembro de 2012 Patrocinadores Apresentação O Regulamento Geral do Evento tem como objetivo municiar expositores e montadores da 10ª Feira e Convenção Regional de

Leia mais

AMIB ASSOCIAÇÃO DE MEDICINA INTENSIVA BRASILEIRA

AMIB ASSOCIAÇÃO DE MEDICINA INTENSIVA BRASILEIRA MANUAL DO EXPOSITOR Evento: I Simpósio AMIB de Terapia Nutricional Data: 13 e 14 de março de 2015 Local: Mercure Gran Hotel Parque Ibirapuera Av. Sena Madureira, 1355 Horário: 8h00 às 18h00 Organizadora:

Leia mais

FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS 10º

FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS 10º MANUAL DO EXPOSITOR FESTIVAL DE TURISMO DAS CATARATAS 10º Edição 17, 18 e 19 de junho de 2015 Foz do Iguaçu Paraná Brasil SUMÁRIO 1. REALIZAÇÃO E ORGANIZAÇÃO... 04 2. HOTEL SEDE... 04 3. COMERCIALIZAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA QUESTIONÁRIO DE ACESSIBILIDADE PARA AS PROCURADORIAS DA REPÚBLICA Procuradoria: Considerando a implantação

Leia mais

10 a 20 de novembro de 2016

10 a 20 de novembro de 2016 29º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo 10 a 20 de novembro de 2016 10 de nov. das 14h às 22h, com entrada até às 21h De 11 a 19 de nov. das 13h às 22h, com entrada até às 21h Dia 20 de Nov.

Leia mais

12ª Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite REGULAMENTO INFORMAÇÕES GERAIS

12ª Exposição Brasileira do Agronegócio do Leite REGULAMENTO INFORMAÇÕES GERAIS REGULAMENTO INFORMAÇÕES GERAIS O desconhecimento das normas aqui estabelecidas não exime o expositor e seus contratados (montador, decorador, subcontratado e demais pessoas envolvidas com o evento) das

Leia mais