REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL"

Transcrição

1 1 de 5 22/02/ :31 Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e, se houver qualquer divergência, providencie junto à RFB a sua atualização cadastral. REPÚBLICA FEDER DO BRASIL DE INSCRIÇÃO TÍTULO DO ESTABELECIMENTO (NOME DE FANTASIA) COMERCIAL SAO FRANCISCO CÓDIGO E DESCRIÇÃO DA ATIVIDADE ECONÔMICA PRINCIPAL Comércio atacadista de instrumentos e materiais para uso médico, cirúrgico, hospitalar e de laboratórios Comércio atacadista de produtos odontológicos Comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano Comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso veterinário Comércio varejista de equipamentos para escritório Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios Comércio atacadista de café torrado, moído e solúvel Comércio atacadista de açúcar Comércio atacadista de óleos e gorduras Comércio atacadista de pães, bolos, biscoitos e similares Comércio atacadista de massas alimentícias Comércio atacadista de leite e laticínios Comércio atacadista de cereais e leguminosas beneficiados Comércio atacadista de farinhas, amidos e féculas Comércio atacadista de carnes bovinas e suínas e derivados Comércio atacadista de aves abatidas e derivados Comércio atacadista de artigos de tapeçaria; persianas e cortinas Comércio varejista de artigos de papelaria Comércio atacadista de cosméticos e produtos de perfumaria Comércio atacadista de chocolates, confeitos, balas, bombons e semelhantes Comércio atacadista de água mineral

2 2 de 5 22/02/ :31 DATA DA MOTIVO DE DATA DA Emitido no dia 22/02/2016 às 15:31:01 (data e hora de Brasília). Página: 1/4

3 3 de 5 22/02/ :31 REPÚBLICA FEDER DO BRASIL DE INSCRIÇÃO Serviço de transporte de passageiros - locação de automóveis com motorista Transporte rodoviário coletivo de passageiros, sob regime de fretamento, intermunicipal, interestadual e internacional Atividades de apoio à agricultura não especificadas anteriormente Obras de terraplenagem Aluguel de máquinas e equipamentos agrícolas sem operador Aluguel de máquinas e equipamentos para construção sem operador, exceto andaimes Aluguel de máquinas e equipamentos para escritórios Locação de outros meios de transporte não especificados anteriormente, sem condutor Locação de automóveis sem condutor Construção de edifícios Comércio atacadista de roupas e acessórios para uso profissional e de segurança do trabalho Representantes comerciais e agentes do comércio de medicamentos, cosméticos e produtos de perfumaria Representantes comerciais e agentes do comércio de instrumentos e materiais odonto-médico-hospitalares Comércio atacadista de artigos de escritório e de papelaria Comércio atacadista de equipamentos elétricos de uso pessoal e doméstico Comércio atacadista de aparelhos eletrônicos de uso pessoal e doméstico Comércio atacadista de produtos de higiene pessoal Comércio atacadista de produtos de higiene, limpeza e conservação domiciliar Comércio atacadista de equipamentos de informática Comércio atacadista de suprimentos para informática DATA DA MOTIVO DE DATA DA Emitido no dia 22/02/2016 às 15:31:01 (data e hora de Brasília). Página: 2/4

4 4 de 5 22/02/ :31 REPÚBLICA FEDER DO BRASIL DE INSCRIÇÃO Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso comercial; partes e peças Comércio atacadista de outras máquinas e equipamentos não especificados anteriormente; partes e peças Aluguel de material médico Locação de mão-de-obra temporária Serviços combinados de escritório e apoio administrativo Atividades de teleatendimento Medição de consumo de energia elétrica, gás e água Atividades de profissionais da área de saúde não especificadas anteriormente Atividades de apoio à gestão de saúde Atividades de práticas integrativas e complementares em saúde humana Outras atividades de atenção à saúde humana não especificadas anteriormente Imunização e controle de pragas urbanas Atividades de limpeza não especificadas anteriormente Serviços de vacinação e imunização humana Aluguel de equipamentos científicos, médicos e hospitalares, sem operador Aluguel de outras máquinas e equipamentos comerciais e industriais não especificados anteriormente, sem operador Comércio atacadista de produtos alimentícios em geral Comércio atacadista de produtos alimentícios em geral, com atividade de fracionamento e acondicionamento associada Comércio atacadista de próteses e artigos de ortopedia Comércio atacadista de outros equipamentos e artigos de uso pessoal e doméstico não especificados anteriormente DATA DA MOTIVO DE DATA DA Emitido no dia 22/02/2016 às 15:31:01 (data e hora de Brasília). Página: 3/4

5 5 de 5 22/02/ :31 REPÚBLICA FEDER DO BRASIL DE INSCRIÇÃO Atividades de fornecimento de infra-estrutura de apoio e assistência a paciente no domicílio Comércio atacadista de máquinas, aparelhos e equipamentos para uso odonto-médico-hospitalar; partes e peças DATA DA MOTIVO DE DATA DA Emitido no dia 22/02/2016 às 15:31:01 (data e hora de Brasília). Página: 4/4 Copyright Receita Federal do Brasil - 22/02/2016

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014*

RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* RESOLUÇÃO SMAC nº 577 de 02 de dezembro de 2014* Estabelece parâmetros para o Licenciamento Ambiental das atividades de comércio atacadista e de confecção e fabricação de produtos têxteis. O SECRETÁRIO

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e, se houver qualquer divergência, providencie junto à RFB a sua atualização cadastral.

Leia mais

ANEXO XI CONTRIBUINTES E MERCADORIAS ENQUADRADOS NO PROGRAMA ICMS GARANTIDO INTEGRAL E RESPECTIVOS PERCENTUAIS DE MARGEM DE LUCRO

ANEXO XI CONTRIBUINTES E MERCADORIAS ENQUADRADOS NO PROGRAMA ICMS GARANTIDO INTEGRAL E RESPECTIVOS PERCENTUAIS DE MARGEM DE LUCRO 1 de 29 30/11/2012 10:22 Nota: " Os documentos contidos nesta base de dados têm caráter meramente informativo. Somente os textos publicados no Diário Oficial estão aptos à produção de efeitos legais."

Leia mais

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não

Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não Setor produtivo G01 - Alimentação/ Bebidas/ Massas. Contém 1120204 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0111-3/99 Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente 0116-4/99 Cultivo de outras

Leia mais

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços

Impacto do IMF e do sistema atual sobre os preços Arroz em casca 15,72 30,25 Milho em grão 15,21 32,16 Trigo em grão e outros cereais 15,70 32,66 Cana-de-açúcar 15,47 32,68 Soja em grão 15,83 33,01 Outros produtos e serviços da lavoura 14,10 31,31 Mandioca

Leia mais

ovo Firo REQUERIMENTO N. -I011201.-3- unicipal ossível, Sr P ef ito

ovo Firo REQUERIMENTO N. -I011201.-3- unicipal ossível, Sr P ef ito ovo Pri r/ul ry ESTADO DE SÃO PAULO - BRASIL REQUERIMENTO N. -I011201.-3- REQUEIRO, nos termos regimentais, seja oficiado o de Limeira, para que Sua Excelência, diante do exposto ájá-dixtenda, o ao requerido

Leia mais

Minas Gerais > Fevereiro/2016

Minas Gerais > Fevereiro/2016 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Minas Gerais

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0015, DE 13 DE AGOSTO DE 2012 Publicada no DOE(Pa) de 14.08.12. Vide IN 16/12, que trata do registro eletrônico de documentos fiscais. Alterada pelas IN 17/12, 03/14, 23/14. Vide

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PREFEITURA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO LEI Nº668/2005 DISPÕE SOBRE ALTERAÇÃO NO CÓDIGO TRIBUTÁRIO MUNICIPAL - LEI Nº513/2001. O Prefeito Municipal de Venda Nova do Imigrante,

Leia mais

Perfil Econômico Municipal

Perfil Econômico Municipal indústria Extração de carvão mineral Extração de petróleo e gás natural Extração de minerais metálicos Extração de minerais não-metálicos Fabricação de alimentos e bebidas Fabricação de produtos do fumo

Leia mais

COMÉRCIO; REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS 45 COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS

COMÉRCIO; REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS 45 COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS Código CNAE 2.0 Seção Divisão Grupo Classe Subclasse G Denominação COMÉRCIO; REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS 45 COMÉRCIO E REPARAÇÃO DE VEÍCULOS AUTOMOTORES E MOTOCICLETAS 45.1 Comércio

Leia mais

Setor produtivo G10 - Produtos Químicos/ Atividades Extrativas/ Insumos Agropecuários. Contém 1254300 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0133-4/01

Setor produtivo G10 - Produtos Químicos/ Atividades Extrativas/ Insumos Agropecuários. Contém 1254300 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0133-4/01 Setor produtivo G10 - Produtos Químicos/ Atividades Extrativas/ Insumos Agropecuários. Contém 1254300 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0133-4/01 Cultivo de açaí 0133-4/02 Cultivo de banana 0133-4/03

Leia mais

265 similares Produtos alimentícios infantis 265 Produtos congelados ou refrigerados 265 Produtos dietéticos enriquecidos ou

265 similares Produtos alimentícios infantis 265 Produtos congelados ou refrigerados 265 Produtos dietéticos enriquecidos ou Lei 1.378/06 De 29/06/06 Inclui o item XII ao Anexo III da Lei Municipal 1.301/04 Código Tributário Municipal. O PREFEITO MUNICIPAL DE CAPELINHA - IVAN GILSON PIMENTA DE FIGUEIREDO, faço saber que a Câmara

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense encerrou mais um mês com redução liquida de postos de trabalho. Em março, o conjunto

Leia mais

ATIVIDADES IMPEDITIVAS AO SIMPLES NACIONAL

ATIVIDADES IMPEDITIVAS AO SIMPLES NACIONAL CNAE ATIVIDADES IMPEDITIVAS AO Para verificar se a ME ou EPP atende aos requisitos pertinentes quando da opção ao Simples Nacional, serão utilizados os códigos de atividades econômicas previstos na Classificação

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009)

NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008. (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) NORMA DE PROCEDIMENTO FISCAL N 049/2008 (Consolidada com as alterações das NPF 093/2008, 007/2009 e 016/2009) O DIRETOR DA COORDENAÇÃO DA RECEITA DO ESTADO, no uso das atribuições que lhe confere o inciso

Leia mais

Subclasse CNAE 2.0 DENOMINAÇÃO

Subclasse CNAE 2.0 DENOMINAÇÃO Anexo I da Resolução CGSN nº 6, de 18 de junho de 2007 - Códigos previstos na CNAE impeditivos ao Simples Nacional (Vigência a partir de 1º de dezembro de 2010) Subclasse CNAE 2.0 DENOMINAÇÃO 0910-6/00

Leia mais

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado

Estado do Paraná Secretaria de Estado da Fazenda Coordenação da Receita do Estado RESOLUÇÃO SEFA Nº 145/2015 Publicada no DOE 9428 de 09.04.2015 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA FAZENDA, com fundamento nos Ajustes SINIEF 1/2013, 22/2013 e 5/2014; no inciso XIV do art. 45 da Lei n. 8.485, de

Leia mais

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php

http://www.itcnet.com.br/materias/printable.php Página 1 de 5 17 de Maio, 2011 Impresso por ANDERSON JACKSON TOASSI ECF/TEF - Obrigatoriedade do Uso em Santa Catarina Matéria elaborada com base na Legislação vigente em: 12.05.2011. SUMÁRIO: 1 - INTRODUÇÃO

Leia mais

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html

http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html www.cni.org.br http://www.portaldaindustria.com.br/senai/iniciativas/programas/educacao-a-distancia/2012/09/1,5682/lista-de-cursos.html Lista de cursos Atualmente, do total de cursos a distância ofertados

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998

RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 RESOLUÇÃO Nº 417, DE 27 DE MARÇO DE 1998 Dispõe sobre as empresas industriais enquadráveis nos Artigos 59 e 60 da Lei n.º 5.194/66. O CONSELHO FEDERAL DE ENGENHARIA, ARQUITETURA E AGRONOMIA, no uso das

Leia mais

ANEXO 02 Tabela de Atividades dos Usos do Solo.

ANEXO 02 Tabela de Atividades dos Usos do Solo. Residencial, Comercial, Serviços, Atividades Especiais e Atividades Primárias USO RESIDENCIAL R.1 Residencial Tipo I Residencial unifamiliar R.2 Residencial Tipo II Residencial multifamiliar horizontal

Leia mais

ECONOMIA. Prof. João Artur Izzo

ECONOMIA. Prof. João Artur Izzo ECONOMIA Prof. João Artur Izzo Definição de Economia Economia é a ciência social que estuda a produção, a circulação e o consumo dos bens e serviços que são utilizados para satisfazer as necessidades humanas.

Leia mais

Setores obrigados a emitir Nota Fiscal Eletrônica

Setores obrigados a emitir Nota Fiscal Eletrônica Setores obrigados a emitir Nota Fiscal Eletrônica Setores obrigados a emitir NF-e em Abril/2010 (Inclui todos os setores já obrigados a emitir NF-e nas relações divulgadas anteriormente: Abril/2008, Dezembro/2008,

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais - SIASG Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores

Leia mais

Incentivos Fiscais. Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins. Secretaria da Indústria e do Comércio

Incentivos Fiscais. Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins. Secretaria da Indústria e do Comércio Incentivos Fiscais Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins Secretaria da Indústria e do Comércio março de 2012 1 Conselho de Desenvolvimento Econômico do Estado do Tocantins Lei nº

Leia mais

Paraná > Dezembro/2015

Paraná > Dezembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Paraná > Dezembro/20

Leia mais

http://www.iobonlineregulatorio.com.br/print/module/print.html?source=printlink

http://www.iobonlineregulatorio.com.br/print/module/print.html?source=printlink Page 1 of 21 Agenda de Obrigações Estadual - Minas Gerais - Agosto/2011 28 de de 2011 Agosto D S T Q Q S S 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 Hoje Obrigações

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais - SIASG Sistema de Cadastramento Unificado de Fornecedores

Leia mais

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul

Emprego Industrial em Mato Grosso do Sul Comportamento do emprego formal na Indústria em Mato Grosso do Sul O emprego formal na Indústria sul-mato-grossense apresentou pequena recuperação em fevereiro de 2015 com a abertura de 350 vagas. No acumulado

Leia mais

LC nº 16/2005 TABELA I USOS COMERCIAIS

LC nº 16/2005 TABELA I USOS COMERCIAIS LC nº 16/2005 TABELA I USOS COMERCIAIS COM. VICINAL 1 OBS. 1 COM. DE BAIRRO OBS. 2 GRUPO A OBS. 3 GRUPO B GRUPO C COM. SETORIAL OBS. 4 e 5 COM. GERAL OBS. 5 GERAL 1 GERAL 2 GRUPO A COM. ESPECÍFICO OBS.

Leia mais

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015

ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ANO XXVI - 2015 1ª SEMANA DE JANEIRO DE 2015 BOLETIM INFORMARE Nº 01/2015 ASSUNTOS DIVERSOS DAS COMPLEMENTAR - GENERALIDADES SOBRE A EMISSÃO... Pág. 02 ICMS PR ALÍQUOTAS DO ICMS - REGIÃO NORTE - ATUALIZAÇÃO

Leia mais

TRIBUTOS FEDERAIS ICMS - MS LEGISLAÇÃO - MS ICMS - MT LEGISLAÇÃO - MT ICMS - RO

TRIBUTOS FEDERAIS ICMS - MS LEGISLAÇÃO - MS ICMS - MT LEGISLAÇÃO - MT ICMS - RO ANO XXI - 2010-1ª SEMANA DE SETEMBRO DE 2010 BOLETIM INFORMARE Nº 36/2010 TRIBUTOS FEDERAIS ITR - ALGUMAS CONSIDERAÇÕES Introdução - Incidência - Contribuinte e Responsável - Imunidade - Isenção... ICMS

Leia mais

Filiais ativas por Atividade Econômica

Filiais ativas por Atividade Econômica Os números exibidos abaixo foram atualizados em 28/01/2014. Filiais ativas por Atividade Econômica Atividade Econômica 2012 VARIAÇÃO 2012-2013 Empresas ativas até 2013 VARIAÇÃO 2013-2014 28/01/2014 REPRESENTAÇÃO

Leia mais

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010

Descrição CNAE FABRICACAO DE OLEOS VEGETAIS REFINADOS, EXCETO OLEO DE MILHO 1/4/2010 Descrição CNAE Início da obrigatoriedade 0722701 EXTRACAO DE MINERIO DE ESTANHO 1/4/2010 0722702 BENEFICIAMENTO DE MINÉRIO DE ESTANHO 1/4/2010 1011201 FRIGORIFICO - ABATE DE BOVINOS 1/4/2010 1011202 FRIGORÍFICO

Leia mais

Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014

Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014 Agenda Tributária do Estado do Rio Grande do Sul Julho/2014 01/07-3 Feira - COMBUSTÍVEIS - Arquivo Magnético Entrega, por transmissão eletrônica de dados, pelo Transportador Revendedor Retalhista - TRR,

Leia mais

ANEXO V RELAÇÃO DE ATIVIDADES PREPONDERANTES E CORRESPONDENTES GRAUS DE RISCO (CONFORME A CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS)

ANEXO V RELAÇÃO DE ATIVIDADES PREPONDERANTES E CORRESPONDENTES GRAUS DE RISCO (CONFORME A CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS) ANEXO V RELAÇÃO DE ATIVIDADES PREPONDERANTES E CORRESPONDENTES GRAUS DE RISCO (CONFORME A CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE ATIVIDADES ECONÔMICAS) CNAE.0 0111-/01 Cultivo de arroz 0111-/0 Cultivo de milho 0111-/0

Leia mais

Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética)

Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética) Correspondência entre a CNAE e a CNAE 1.0 (sintética) A tabela de correspondência, a seguir, indica apenas os códigos que sofreram alterações na CNAE 1.0. Todas as classes não listadas têm o mesmo conteúdo

Leia mais

Região Zona da Mata. Regional Dezembro 2013

Região Zona da Mata. Regional Dezembro 2013 O mapa mostra a divisão do estado de Minas Gerais para fins de planejamento. A região de planejamento Zona da Mata engloba a Fiemg Regional Zona da Mata. Região Zona da Mata GLOSSÁRIO Setores que fazem

Leia mais

RAT - Risco Acidente do Trabalho

RAT - Risco Acidente do Trabalho RAT - Risco Acidente do Trabalho Tabela do RAT - Risco Acidente do Trabalho, conforme Anexo V do Decreto nº.048/99 - Regulamento da Previdência Social, conforme redação dada pelo Decreto nº 6.957/009,

Leia mais

PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA ALIMENTAÇÃO NO BRASIL

PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA ALIMENTAÇÃO NO BRASIL PERSPECTIVAS PARA A INDÚSTRIA DA ALIMENTAÇÃO NO BRASIL A Tecnologia Italiana a favor da Indústria Alimentar Brasileira Apresentação CIBUS Brasil - 21/11/2002 - Presiden/Tecnologia Italiana 1 I - INTRODUÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26]

MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO. PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26] MINISTÉRIO DA FAZENDA GABINETE DO MINISTRO PORTARIA INTERMINISTERIAL Nº 701, DE 31 DE AGOSTO DE 2015 DOU de 02/09/2015 [Página 26] Atualiza monetariamente os valores das Taxas de Fiscalização de Vigilância

Leia mais

Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura,

Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura, Setor produtivo G07 - Gráfica e Edição Visual/ Papel, Papelão e Cortiça. Contém 953505 estabelecimentos. CNAE DESCRIÇÃO DO CNAE 0121-1/01 Horticultura, exceto morango 0122-9/00 Cultivo de flores e plantas

Leia mais

Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015

Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015 Agenda Tributária: de 01 a 07 de janeiro de 2015 Dia: 02 IRRF/CSLL/PIS/COFINS Retidos na Fonte - Órgão Público Federal - Semanal 4ª SEMANA Os órgãos da administração pública federal direta, autarquias

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal DECRETO Nº 6.038, DE 13 DE DEZEMBRO DE 2013 Fixa os valores, concede desconto para pagamento à vista e fixa as datas para pagamento parcelado da Taxa de Vigilância Sanitária, para o exercício de 2014.

Leia mais

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg

ITEM DESCRIÇÃO NCM/SH 1.1. Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg I - CHOCOLATES 1.1 Chocolate branco, em embalagens de conteúdo inferior ou igual a 1 kg 1704.90.10 1.2 Chocolates contendo cacau, em embalagens de conteúdo inferior 1806.31.10 ou igual a 1kg 1806.31.20

Leia mais

INSTRUÇÃO Nº 002 DE 27 DE FEVEREIRO DE 2003.

INSTRUÇÃO Nº 002 DE 27 DE FEVEREIRO DE 2003. INSTRUÇÃO Nº 002 DE 27 DE FEVEREIRO DE 2003. Orienta os órgãos e entidades da Administração Pública Estadual sobre os procedimentos a serem adotados através do Sistema de Compras Eletrônicas SCE, efetuados

Leia mais

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comprovante de Rendimentos Pagos e de Imposto sobre a Renda Retido na Fonte - Rendimentos Isentos e Não

Parecer Consultoria Tributária Segmentos Comprovante de Rendimentos Pagos e de Imposto sobre a Renda Retido na Fonte - Rendimentos Isentos e Não Comprovante de Rendimentos Pagos e de Imposto sobre a Renda Retido na Fonte - Rendimentos 09/06/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010

Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.2010 Protoc. ICMS CONFAZ 110/10 - Protoc. ICMS - Protocolo ICMS CONSELHO NACIONAL DE POLÍTICA FAZENDÁRIA - CONFAZ nº 110 de 09.07.010 D.O.U.: 10.08.010 Altera o Protocolo ICMS 8/09, que dispõe sobre a substituição

Leia mais

CERTIDÃO SIMPLIFICADA

CERTIDÃO SIMPLIFICADA Página: 1/ 4 1 010811-0 Objeto Social PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENTREGAS RÁPIDAS COM MOTOCICLETAS; SERVIÇOS DE RECORTES E ENTREGAS DE PUBLICAÇÕES EM JORNAIS E DIÁRIO OFICIAL, PUBLICAÇÕES DE EDITAIS, LICITAÇÕES

Leia mais

Valor das Importações e das Exportações, nos Açores, por ano

Valor das Importações e das Exportações, nos Açores, por ano Q.10.01 - Resultados Globais, por ano Unidade: 1 000 Euros 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 Importações (CIF) 34 490 773 37 505 656 43 257 180 44 093 881 42 466 265 41 753 699 45

Leia mais

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL

COORDENADORIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA E AMBIENTAL 4 MÉDIA COMPLEXIDADE ANEXO 1 G- DISTRIBUIDORAS Drogarias; Ervanária, posto de medicamento, dispensário de medicamentos; Distribuidora com fracionamento de cosmético, perfume, produtos de higiene; Distribuidora

Leia mais

Considerando que o trânsito de alimentos em condições seguras pressupõe a preservação da saúde e do meio ambiente;

Considerando que o trânsito de alimentos em condições seguras pressupõe a preservação da saúde e do meio ambiente; Pag. 1 de 9 Portaria 069-R, de 26/09/2007. Dispõe sobre a documentação e requisitos básicos necessários para concessão de Licença Sanitária para Veículos Automotivos utilizados para o Transporte de Alimentos

Leia mais

ANEXO V-D Usos e Atividades. Enquadramento das atividades nos usos do solo, obedecendo a Legislação Federal, Estadual e Municipal pertinente

ANEXO V-D Usos e Atividades. Enquadramento das atividades nos usos do solo, obedecendo a Legislação Federal, Estadual e Municipal pertinente ANEXO V-D Usos e Atividades Quadro Enquadramento das atividades nos usos do solo, obedecendo a Legislação Federal, Estadual e Municipal pertinente Usos CORRESPONDÊNCIA COM A CLASSIFICAÇÃO NACIONAL DE Instalações

Leia mais

Mato Grosso > Novembro/2015

Mato Grosso > Novembro/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Mato Grosso

Leia mais

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012

PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 PROTOCOLO ICMS 4, DE 30 DE MARÇO DE 2012 Publicado no DOU de 09.04.12 Altera o Protocolo ICMS 28/09, que dispõe sobre a substituição tributária nas operações com produtos alimentícios. Os Estados de Minas

Leia mais

AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS

AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS AS MELHORES OPORTUNIDADES DE EMPREGO NO SETOR DE SERVIÇOS O setor de serviços é, tradicionalmente, a principal porta de entrada no mercado de trabalho. Responsável por aproximadamente 60% do produto interno

Leia mais

ANEXO 96 ATIVIDADES COM FORMA DE PAGAMENTO EM FUNÇÃO DA RECEITA BRUTA (a que se refere o 1º do art. 118)

ANEXO 96 ATIVIDADES COM FORMA DE PAGAMENTO EM FUNÇÃO DA RECEITA BRUTA (a que se refere o 1º do art. 118) ANEXO 96 ATIVIDADES COM FORMA DE PAGAMENTO EM FUNÇÃO DA RECEITA BRUTA (a que se refere o 1º do art. 118) Nota: A redação atual do Anexo 96 foi dada pela Alteração nº 84 (Decreto nº 10.223, de 02/02/07,

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 0019, DE 2 DE OUTUBRO DE 2001 Publicada no DOE(Pa) 03.10.01. Alterada pela IN 19/04. Revogada pela IN 19/10, efeitos a partir de 03.09.10. Define as mercadorias de que trata o art.

Leia mais

Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011

Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011 Comunicado CAT n.º 16, de 27-07-2011 (DOE 28-07-2011) O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das OBRIGAÇÕES PRINCIPAIS e ACESSÓRIAS, do mês de agosto de

Leia mais

LEI DOS PARÂMETROS URBANÍSTICOS - DIÁRIO OFICIAL N 4.286 DE 17 DE JANEIRO DE 2008 - CONSOLIDADA EM JUNHO DE 2010

LEI DOS PARÂMETROS URBANÍSTICOS - DIÁRIO OFICIAL N 4.286 DE 17 DE JANEIRO DE 2008 - CONSOLIDADA EM JUNHO DE 2010 EXTRAÍDO DO Diário Oficial MUNICÍPIO DE GOIÂNIA LEI DOS PARÂMETROS URBANÍSTICOS - DIÁRIO OFICIAL N 4.286 DE 7 DE JANEIRO DE 2008 - CONSOLIDADA EM JUNHO DE 200 LEI Nº 8.67, DE 09 DE JANEIRO DE 2008 Regulamentada

Leia mais

Tabela de Honorários Profissionais (fev/09) TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS RESIDENCIAIS UNIFAMILIARES (Com as aprovações necessárias)

Tabela de Honorários Profissionais (fev/09) TABELA DE PREÇOS DE PROJETOS RESIDENCIAIS UNIFAMILIARES (Com as aprovações necessárias) PROJETOS Mínimo de R$/m 2 Média a R$/m² Arquitetura R$ 14,00 R$ 32,00 Cálculo Estrutural R$ 8,00 R$ 18,00 Instalações Elétricas e Telefônicas R$ 6,00 R$ 14,00 Instalações Hidro-sanitárias R$ 6,00 R$ 14,00

Leia mais

Clique para editar o estilo do título mestre

Clique para editar o estilo do título mestre Clique para editar os estilos do texto Atendimento à SE/CZPE Manoel Franco Jr. Analista - Gerência Executiva de Estratégia de Mercados Brasília, 15 de abril de 2015 24/04/2015 1 Clique para editar os estilos

Leia mais

DECRETO Nº 51.044, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a licença de funcionamento para o exercício das atividades não residenciais pelo

DECRETO Nº 51.044, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a licença de funcionamento para o exercício das atividades não residenciais pelo DECRETO Nº 51.044, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre a licença de funcionamento para o exercício das atividades não residenciais pelo microempreendedor individual MEI e regulamenta a Lei nº 15.031,

Leia mais

Corretor Parceiro, conheça as atividades econômicas dos associados à Fecomercio-SP.

Corretor Parceiro, conheça as atividades econômicas dos associados à Fecomercio-SP. Empregador do Comércio FECOMERCIO-SP Corretor Parceiro, conheça as atividades econômicas dos associados à Fecomercio-SP. CNAE 3311-2/00 Manutenção e reparação de tanques, reservatórios metálicos e caldeiras,

Leia mais

ANEXO 11 Usos e Atividades

ANEXO 11 Usos e Atividades Usos e s omércio varejista de mercado- 52.13-2 omércio varejista de mercadorias em geral, com rias em geral com predominância predominância de produtos alimentícios, com área de de produtos alimentícios.

Leia mais

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010.

ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1. * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. ANEXO 4.0 SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA ANEXO 4.42.1 * REVOGADO PELO DECRETO Nº 26.695 de 6 de julho de 2010. NAS OPERAÇÕES COM PRODUTOS ALIMENTÍCIOS Acrescentado pelo DECRETO nº 26.258 de 30.12.2009 DOE: 30.12.2009

Leia mais

cidadãos entidades sociais empresas

cidadãos entidades sociais empresas Nota Fiscal Gaúcha Nota Fiscal Gaúcha é um programa que, por meio da distribuição de prêmios, visa incentivar os cidadãos e cidadãs a solicitar a inclusão do CPF na emissão do documento fiscal no ato de

Leia mais

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC.

Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP. Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC. Diretoria de Pesquisas Coordenação de Índices de Preços - COINP Sistema Nacional de Índices de Preços ao Consumidor SNIPC IPCA julho 2014 Data 08/08/2014 IPCA Julho 0,01 % Junho 0,40 % IPCA Regiões - mês

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária

PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária PREFEITURA MUNICIPAL DE LAGOA VERMELHA Secretaria Municipal da Saúde Divisão de Vigilância Sanitária DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA REQUERER ALVARÁ SANITÁRIO 1. ESTABELECIMENTOS DE ALIMENTOS Comércio de alimentos

Leia mais

Mediador - Extrato Acordo Coletivo

Mediador - Extrato Acordo Coletivo Página 1 de 6 ACORDO COLETIVO DE TRABALHO 2016/2018 NÚMERO DE REGISTRO NO MTE: PR001290/2016 DATA DE REGISTRO NO MTE: NÚMERO DA SOLICITAÇÃO: MR017276/2016 NÚMERO DO PROCESSO: 46212.006306/2016-51 DATA

Leia mais

Tabela VI - Classificação Nacional de Atividades Econômicas CNAE

Tabela VI - Classificação Nacional de Atividades Econômicas CNAE Tabela VI - Classificação Nacional de Atividades Econômicas CNAE Para maiores informações acesse: www.simplesnacional.org CNAE DESCRIÇÃO AGRICULTURA, PECUÁRIA, SERVIÇOS RELACIONADOS 01.11-3/01 Cultivo

Leia mais

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS

INDÚSTRIA DE ALIMENTOS DEPEC Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos INDÚSTRIA DE ALIMENTOS OUTUBRO DE 2015 PRODUTOS INDÚSTRIA DE ALIMENTOS NO BRASIL 2012 EXPORTAÇÕES US$ 43 Bilhões (23%) 23% Ásia 22% União Europeia FATURAMENTO

Leia mais

OSuplemento de Produtos e Serviços da Pesquisa Anual de Serviços

OSuplemento de Produtos e Serviços da Pesquisa Anual de Serviços Principais produtos e serviços 2006 OSuplemento de Produtos e Serviços da Pesquisa Anual de Serviços - PAS 2006, aplicado nas empresas com 20 ou mais pessoas ocupadas 5, investigou os produtos relacionados

Leia mais

CIRCULAR Nº 019/2002

CIRCULAR Nº 019/2002 São Paulo, 28 de Maio de 2002. DE: PARA: MÁRCIO FERNANDES DA COSTA Presidente ASSOCIADOS CIRCULAR Nº 019/2002 O Sindicato do Comércio Varejista de Pneumáticos de São Paulo informa a seus representados

Leia mais

ROTINAS PREVIDENCIÁRIAS INTRODUÇÃO AO CNPJ E CEI

ROTINAS PREVIDENCIÁRIAS INTRODUÇÃO AO CNPJ E CEI UNIDADE 1 C ROTINAS PREVIDENCIÁRIAS MÓDULO 1. CADASTRO INTRODUÇÃO AO CNPJ E CEI versão 1.0 dezembro/2010 OBJETIVOS ESPECÍFICOS Ao final desta Unidade, você será capaz de: 1. Definir o que é cadastro; 2.

Leia mais

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014

Fundamento Legal: Convênio ICMS nº 110/2007, cláusula vigésima sexta, 1º, I e Ato Cotepe/ICMS nº 33/2014 Agenda de Obrigações Estadual - São Paulo - Julho/2015 Até: Quarta-feira, dia 1 - Scanc Transportador Revendedor Retalhista (TRR) Entrega das informações relativas às operações interestaduais com combustíveis

Leia mais

Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca

Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca Coeficiente de Especializaçao dos Empregos na Industria Região Administrativa de Franca Franca Total da Indústria NA NA Indústria Extrativa 0,157899 0,018606 Indústria de Transformação 99,842101 99,981394

Leia mais

BAURU. Ensino Fundamental Ensino Fundamental Outros 1 Eletricista de instalações C.L.T. Barra Bonita Curso Técnico 3

BAURU. Ensino Fundamental Ensino Fundamental Outros 1 Eletricista de instalações C.L.T. Barra Bonita Curso Técnico 3 Setor da Economia Qtde Vagas Ocupação Agropecuária, Extrativa Vegetal, Regime de Contratação Local de Trabalho 2 Alimentador de linha de produção Bariri Comércio 1 Atendente de lanchonete Bariri Escolaridade

Leia mais

http://www2.camara.gov.br/internet/homeagencia/materias.html?pk=95334

http://www2.camara.gov.br/internet/homeagencia/materias.html?pk=95334 http://www2.camara.gov.br/internet/homeagencia/materias.html?pk=95334 (Reprodução autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara') Agência Câmara Tel. (61) 3216.1851/3216.1852 Fax. (61) 3216.1856

Leia mais

ANEXO. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO

ANEXO. Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 9.12.2014 COM(2014) 724 final ANNEX 1 ANEXO da Proposta de REGULAMENTO DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO relativo aos índices harmonizados de preços no consumidor e que revoga

Leia mais

BRASÍLIA - PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE

BRASÍLIA - PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL SECRETARIA DE ESTADO DE GOVERNO COORDENADORIA DAS CIDADES ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DO SUDOESTE/OCTOGONAL Alvarás Emitidos 30/10/2013 00409/2013 302.000.475/2013 Nova Indeterminado

Leia mais

TABELA DAS ATIVIDADES SUJEITA A DESONERAÇÃO (Antes da MP 612/2013) - Elaborada por Daniel Pinheiro

TABELA DAS ATIVIDADES SUJEITA A DESONERAÇÃO (Antes da MP 612/2013) - Elaborada por Daniel Pinheiro TABELA DAS ATIVIDADES SUJEITA A DESONERAÇÃO (Antes da MP 612/2013) - Elaborada por Daniel Pinheiro Prestação de Serviços e Comércio varejista Início Atividade de indústria Início TI e TIC exclusivamente:

Leia mais

NUMERO: Registrar o número do documento emitido gerada pelo sistema ( NP ou NO ).

NUMERO: Registrar o número do documento emitido gerada pelo sistema ( NP ou NO ). 1. SIAFI ATUCPR ( Retenção dos Impostos ) NUMERO: Registrar o número do documento emitido gerada pelo sistema ( NP ou NO ). 1 2. SIAFI ATUCPR ( Retenção dos Impostos e alteração do Campo Observação) OPÇÃO:

Leia mais

CÓDIGO DE ATIVIDADE - PESQUISA PADRÕES DE VIDA -1996-1997. A relação dos Códigos de Atividade refere-se as seguintes seções:

CÓDIGO DE ATIVIDADE - PESQUISA PADRÕES DE VIDA -1996-1997. A relação dos Códigos de Atividade refere-se as seguintes seções: DE ATIVIDADE - PESQUISA PADRÕES DE VIDA -1996-1997 A relação dos Códigos de Atividade refere-se as seguintes seções: Seção 06 - Atividade Econômica Parte B: Trabalho Principal nos últimos 7 dias - Quesito

Leia mais

COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009

COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009 COORDENADOR DA ADMINISTRAÇÃO TRIBUTÁRIA COMUNICADO CAT Nº 22 DE 27/05/2009 DOE-SP de 28/05/2009 O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das Obrigações Principais

Leia mais

Prefeitura Municipal de Jaboticabal

Prefeitura Municipal de Jaboticabal Prefeitura Municipal de Jaboticabal DECRETO Nº 6.218, DE 08 DE DEZEMBRO DE 2014 Fixa os valores, concede desconto para pagamento à vista e fixa as datas para pagamento parcelado da Taxa de Vigilância Sanitária,

Leia mais

Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009.

Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009. Comunicado CAT - 48, de 27-10-2009. DOE-SP 28/10/2009. O Coordenador da Administração Tributária declara que as datas fixadas para cumprimento das OBRIGAÇÕES PRINCIPAIS e ACESSÓRIAS, do mês de novembro

Leia mais

As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das

As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das Comentários dos resultados As avaliações sobre a evolução e o comportamento dos valores das despesas das famílias e da distribuição dessas despesas, segundo os diversos itens adquiridos ou pagos, possibilitam

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Comprovante de Inscrição e de Situação Cadastral Contribuinte, Confira os dados de Identificação da Pessoa Jurídica e, se houver qualquer divergência, providencie junto à RFB a sua atualização cadastral.

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL FOLHA 1

INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL FOLHA 1 INSTRUÇÕES PARA PREENCHIMENTO DO FORMULÁRIO DE SOLICITAÇÃO PARA REGISTRO DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAL - O formulário deve ser preenchido em 2 vias. - Preencher a máquina ou por computador. FOLHA 1 IDENTIFICAÇÃO

Leia mais

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.

Estado do Acre DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009. DECRETO Nº. 4.006 DE 31 DE MARÇO DE 2009.. Publicado no D.O.E n 10.020 de 1 de abril de 2009. Altera e acrescenta dispositivos ao Decreto nº 2.914, de 11 de abril de 2008. O GOVERNADOR DO ESTADO DO ACRE,

Leia mais

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL DE ARACAJU E DA PESQUISA NACIONAL DA CESTA BÁSICA DO DIEESE

PROJETO DE ACOMPANHAMENTO MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL DE ARACAJU E DA PESQUISA NACIONAL DA CESTA BÁSICA DO DIEESE PROJETO DE ACOMPANHAMENTO MENSAL DO MERCADO DE TRABALHO FORMAL DE ARACAJU E DA PESQUISA NACIONAL DA CESTA BÁSICA DO DIEESE TABELA 2 Trabalhadores admitidos e desligados em Aracaju Janeiro de 2008 Setor

Leia mais

FUNDAÇÃO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO AO ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO FADEPE/JF

FUNDAÇÃO DE APOIO E DESENVOLVIMENTO AO ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO FADEPE/JF Circular nº. 002/2015-DE Juiz de Fora, 11 junho de 2015 Da: Direção Executiva da FADEPE/JF Para: Coordenadores de Projetos geridos pela FADEPE/JF Assunto: Contratação de empresas, por meio de licitação,

Leia mais

D S T Q Q S S. aneiroj OBRIGAÇÕES FISCAIS E TRABALHISTAS DO MÊS DE OUTUBRO DE 2015

D S T Q Q S S. aneiroj OBRIGAÇÕES FISCAIS E TRABALHISTAS DO MÊS DE OUTUBRO DE 2015 aneiroj TRABALHISTAS DO MÊS IOF Pagamento do IOF apurado no terceiro decêndio de Setembro de 2015. 05 (segunda-feira) 06 (terça-feira) 07 (quarta-feira) 09 Salário do mês de Setembro de 2015 FGTS CAGED

Leia mais

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA

QUADRO DO SETOR ALIMENTAR EM SANTA CATARINA 1. PANORAMA DO SETOR DE ALIMENTOS EM SANTA CATARINA Câmara Italiana de Comércio e Indústria de Santa Catarina (Órgão reconhecido pelo Governo Italiano Decreto Mise29/7/2009) Tel.: +55 48 3027 2710 / Fax: +55 48 3222 2898 www.brasileitalia.com.br info@brasileitalia.com.br

Leia mais

Mato Grosso > Agosto/2015

Mato Grosso > Agosto/2015 OBS: As informações contidas nesta página são de caráter informativo, não dispensando a consulta a um profissional especializado, devido à freqüência com que os conteúdos sofrem alterações. Mato Grosso

Leia mais

Edição nº 61 Gestão 2011-2014 11 setembro de 2012. ALERTA GERENCIAL ALTERAÇÃO NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL

Edição nº 61 Gestão 2011-2014 11 setembro de 2012. ALERTA GERENCIAL ALTERAÇÃO NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL Edição nº 61 Gestão 2011-2014 11 setembro de 2012. ALERTA GERENCIAL ALTERAÇÃO NA LEGISLAÇÃO ESTADUAL 1. ESCRITURAÇÃO FISCAL DIGITAL EFD... 1 2. SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA... 2 2.1 Carnes e demais produtos

Leia mais

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados

Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados EMPREGO FORMAL RM do Vale do Paraíba e Litoral Norte 4 o trimestre de 2013 Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), os empregos formais

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO INDUSTRIA 2006/2007

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO INDUSTRIA 2006/2007 CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO INDUSTRIA 2006/2007 Entre as partes abaixo assinadas, de um lado e do outro lado, FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO; - FIESP; SINDICATO DA INDÚSTRIA DE ABRASIVOS

Leia mais