CONTROLE CURATIVO DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM PUPUNHEIRA (BACTRIS GASIPAES)

Save this PDF as:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTROLE CURATIVO DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM PUPUNHEIRA (BACTRIS GASIPAES)"

Transcrição

1 MORAES, W. da S; SANTOS, Controle Á. F. dos; curativo FUZITANI, da podridão E. J.; CARVALHO, da ase do estipe P. A. de.; em GARCIA, pupunheira V.A.; (Bactris NOMURA, gasipaes) E.S.; DAMATTO JUNIOR, E.R.. Horticultura Brasileira 7: S-S7. CONTROLE CURATIVO DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM PUPUNHEIRA (BACTRIS GASIPAES) Wilson da Silva Moraes ; Álvaro Figueredo dos Santos ; Eduardo J. Fuzitani ; Patrícia Aparecida de Carvalho 3 ; Valéria Augusta Garcia ; Edson Shigueaki Nomura ; Erval Rafael Damatto Junior Pesquisador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios - APTA Vale do Rieira, SP; Pesquisador Emrapa Florestas; 3 Graduanda do Curso de Agronomia, UNESP, Campus Experimental de Registro, SP. RESUMO A podridão da ase do estipe em pupunheiras é causada por espécies do fungo Fusarium spp. e/ou Phytophtora palmivora, que são favorecidos por ferimentos provocados por insetos rocas ou encharcamento do solo. A forma de controle da doença envolve medidas preventivas e a erradicação da planta afetada e dos perfilhos da mesma touceira. Este traalho teve por ojetivo avaliar o efeito da mistura dos fungicidas teuconazole (, ml p.c./l) e metalaxil+mancoze (3, g p.c./l) com o inseticida deltametrina (,5 ml p.c./l) no controle de Fusarium spp., P. palmivora e Metamasius spp, respectivamente. Os tratamentos utilizados foram:. Touceiras com plantas sadias;. Touceiras com plantas doentes; 3. Touceiras com remoção da planta doente;. Touceiras com remoção da planta doente, seguido de quatro aplicações quinzenais da mistura de fungicidas e inseticida, com dez repetições cada tratamento. A taxa de emissão de perfilhos, a taxa de crescimento dos perfilhos, a taxa de crescimento do diâmetro dos perfilhos e a incidência da doença foram avaliadas mensalmente, desde o inicio até o final do experimento. A mistura de fungicidas teuconazole (, ml p.c./l) e metalaxil+mancoze (3, g p.c./l) com o inseticida deltametrina (,5 ml p.c./l) mostrouse efetiva no controle da podridão da ase da estipe em pupunheira, quando aplicada quinzenalmente, após a retirada das plantas doentes da touceira, em plantio de primeiro ciclo. PALAVRAS-CHAVE: Pupunha, fusariose, fungos e doença. ABSTRACT Curative control of the stem- foot-rot in peach palm (Bactris gasipaes) The stem-foot-rot of the Bactris gasipaes crop is caused y species of Fusarium spp. and/or Phytophtora palmivora that are improved y insect injury or water excess in soil. The disease control is otained with preventive treatments and eradication of plants from the same family. This work aimed to evaluated the effect of teuconazole (. ml c.p./l), metalaxil+mancoze (3. g c.p./l) fungicides mixed with deltametrina insecticide (.5 ml c.p/l) to control Fusarium spp., P. palmivora e Metamasius spp, respectively. The treatments used were:. Health plants;. Diseased plants; 3. Family without diseased plants;. Family without diseased plants, followed y four applications of the mixture of fungicides and insecticide in a 5 days interval. Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S

2 Each treatment had ten replications. The shoot emission index, the shoot growth index, the shoot diameter growth index and the disease incidence were evaluated monthly since the eginning until the end of the experiment. The mixture of fungicide teuconazole (. ml c.p./ L) and metalaxyl + mancoze (3. g c.p./l) with the insecticide deltamethrin (.5 ml c.p/l) was effective to control the stem-foot-rot in peach palm, when applied every two weeks, after the removal of diseased plants from the shoots in the first planting cycle. KEYWORDS: Peach palm, fusarium wilt, fungus and disease. INTRODUÇÃO No Brasil, a principal demanda da pupunheira é para a produção de palmito, cujo mercado nacional asorve quase a totalidade da produção, situando-o como maior consumidor do mundo e, portanto, possui o maior mercado mundial, concentrando sua produção no Estado de São Paulo, (Johr, J. 999). No entanto, a maioria desse produto, ainda é oriunda do extrativismo do açaí, outra parte da juçara e pequena parte da pupunha. Porém, uma doença conhecida como Podridão da Base do Estipe (PBE), Podridão da Estipe ou Podridão do Tronco causada por espécies do fungo Fusarium spp. e/ou Phytophtora palmivora, constitui a maior ameça ao estaelecimento da cultura nas regiões promissoras. A ocorrencia desta doença é favorecida por ferimentos causados por insetos (rocas) ou encharcamento do solo. A doença provoca danos em mudas no viveiro e plantas no campo. Uma vez infectada, a planta dificilmente reage à ação desses fungos, com tendência de morte da haste principal (planta-mãe) e dos perfilhos da mesma touceira, além de servirem de fonte de inóculo para as plantas sadias da plantação. A forma de controle da doença envolve medidas preventivas e a erradicação da planta afetada e dos perfilhos da mesma touceira. Esta doença é causada por patógenos haitantes do solo que podem penetrar diretamente pelas raízes primárias ou secundárias ou pelos ferimentos provocados por ferramentas de cultivo ou perfurações promovidas pelo inseto Metamasius spp. Dentre as medidas preventivas que podem ser adotadas para conviver com esta doença, têm-se recomendado evitar o cultivo em áreas aixas ou compactadas, sujeitas ao encharcamento, realizar o tratamento de sementes, esterilização do sustrato de plantio e a eliminação dos insetos rocas. Para tentar conviver com esta doença que tem se constituído no principal fator limitante da produção e da expansão da produção de palmito na região do Vale do Rieira (estado de São Paulo) e regiões produtoras do Paraná. Nenhuma técnica isolada de controle se encontra disponível, o que tem levado os produtores a recorrerem ao uso de agrotóxicos, tal pratica é duvidosa visto que não existe produtos registrados para a cultura. Além disso, a eficiência de tais produtos não foi comprovada, tornado-se de grande importância os testes na cultura, assim sendo, o presente traalho ojetivou efetivar o controle curativo da PBE com aplicações quinzenais de misturas dos fungicidas teuconazole (, ml p.c./l) e metalaxil+mancoze (3, g p.c./l) com o inseticida deltametrina (,5 ml p.c./l) no controle de Fusarium spp., P. palmivora e Metamasius spp, respectivamente. Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S3

3 MATERIAL E MÉTODOS Material vegetal: Plantas de pupunheira de primeiro ciclo, localizadas no municipio de Sete Barras, SP, foram selecionadas para o presente traalho, em função da ocorrencia natural da doença numa área aproximada de,5 ha. Análises laoratoriais realizadas no Laoratório de Sanidade Vegetal de Registro - APTA Vale do Rieira, confirmaram a ocorrência de Fusarium e Phytophtora nas plantas doentes desta área. As plantas foram escolhidas ao acaso para serem sumetidas aos seguintes Tratamentos: ) Touceiras com plantas sadias; ) Touceiras com plantas doentes; 3) Touceiras com remoção da planta doente; ) Touceiras com remoção da planta doente, seguido de quatro aplicações quinzenais da mistura, na região exposta e nos perfilhos, com dez repetições disposta no delineamento inteiramente casualizado. Avaliação dos dados: A taxa de emissão de perfilhos (tep), a taxa de crescimento dos perfilhos (tcp), a taxa do diâmetro dos perfilhos (tdp) e a incidência da doença (id) foram avaliadas mensalmente, desde o inicio (9//8) até o final do experimento (6//9). Para isso, dez plantas, com no mínimo cinco perfilhos, foram escolhidas ao acaso e contados o número de perfilhos inicial e final para a determinação, aos 6 dias, da taxa de emissão de perfilho [tep=(npf-npi/npi)*] e da percentagem de perfilhos doentes ou incidência da doença. Destas plantas, cinco perfilhos foram selecionados e medidos a sua altura (a) e o diâmeto (d) da ase da estipe para a determinação, aos 6 dias, da taxa de crescimento do perfilho [tcp=(af-ai/ai)*] e da taxa de crescimento do diametro do perfilho [tdp=(df-di/di)*]. Análise dos dados: Os dados foram sumetidos a análise de variância e as médias dos tratamentos comparadas pelo teste de Tukey a 5% de proailidade. RESULTADOS E DISCUSSÃO Resultados significativos foram otidos com para a incidência da doença (Figura ), com destaque para os tratamentos (3,6%) e (7,8 %), que diferiram dos tratamentos (9,9%) e 3 (3, %). Nenhuma diferença significativa foi oservada para a variável tep, apenas para a tcp e tdp que foram superiores nos tratamentos (8, % e 5, %) e (3,6 % e 8, %), em relação aos tratamentos 3 (-3,3 % e -,8 %) e (8,5 % e -,6 %), respectivamente. No conjunto, o tratamento mostrou-se efetivo no controle da doença devido a redução da incidência da doença (Figura ), aumento da taxa de emissão de perfilhos (Figura ) e manutenção da taxa de crescimento do diâmetro dos perfilhos (Figura ) semelhante aquela de plantas sadias. CONCLUSÃO Conclui-se que a mistura de fungicidas teuconazole (, ml p.c./l) e metalaxil+mancoze (3, g p.c./l) com o inseticida deltametrina (,5 ml p.c./l) mostrou-se efetiva no controle da podridão da ase da estipe em pupunheira, quando aplicada quinzenalmente, após a retirada das plantas doentes da touceira, em plantio de primeiro ciclo. Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S

4 LITERATURA CITADA PIZZINATTO, M. A.; BOVI, M. L. A.; FEICHTENBERGER, E., SPIERING, S. H. Ocorrência da podridão do estipe em pupunheira, causada por Phytophthora palmivora, no estado de São Paulo. Summa Phytopathologica, v. 8, n.,. p POLTRONIERI, L. S.; GASPAROTTO, L.; BENCHIMOL, R. L. Doenças da cultura da pupunheira. In: DUARTE, M. de L. (Ed). Doenças de plantas no trópico úmido rasileiro: I Plantas Industriais. Belém: Emrapa Amazônia Oriental, 999, p SILVA, C. M. da; MORAES, W. da S.; GARCIA, V. A.; ARMESTO, C.; SOLIMAN, E. P. Incidência de fungos em sementes de pupunha (Bactris gasipaes) produzidas no Vale do Rieira. In: XVIII Congresso de Iniciação Científica da UNESP, 6, Jaoticaal. Anais... São Paulo: CGB/ PROPE UNESP, 6. SANTOS, Á. F. dos.; LUZ, E. D. M. N.; FINATO, P. D.; TESSMANN, D. I. J.; VIDA, J. B. Primeiro relato da Podridão do estipe da pupunheira, causada por Phytophthora palmivora no Estado do Paraná. Fitopatologia Brasileira, v. 9, n.6, nov-dez. p d Incidência da Doença d 5 a Pl. sadias Pl. tratadas Pl. doentes Pl. doentes Figura. Incidência da doença em perfilhos de plantas de pupunheira sumetidas aos diferentes tratamentos, após 6 dias. Médias seguidas pela mesma letra não diferem entre si a 5% de proailidade pelo teste de Tukey. [Disease incidence in peach palm shoots for plants sumitted to different treatments after 6 days. Averages followed y the same letter do not differ at 5% of proaility y Tukey test]. Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S5

5 8 6 Taxa de emissão de perfilhos Pl. sadias Pl. tratadas Pl. doentes 3 Pl. doentes -8 Figura. Taxa de emissão de perfilhos de plantas de pupunheira sumetidas aos diferentes tratamentos, após 6 dias. [Shoots emission rate for plants sumitted to different treatments after 6 days]. Taxa de crescimento dos perfilhos a Pl. sadias Pl. tratadas Pl. doentes Pl. doentes Figura 3. Taxa de crescimento dos perfilhos de plantas de pupunheira sumetidas aos diferentes tratamentos, após 6 dias. Médias seguidas pela mesma letra não diferem entre si a 5% de proailidade pelo teste de Tukey. [Peach palm shoots growth rate for plants sumitted to different treatments after 6 days. Averages followed y the same letter do not differ at 5% of proaility y Tukey test]. 3 Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S6

6 Taxa de crescimento do diametro do perfilho a Pl. sadias Pl. tratadas Pl. doentes Pl. doentes Figura. Taxa de crescimento do diâmetro perfilhos de plantas de pupunheira sumetidas aos diferentes tratamentos, após 6 dias. Médias seguidas pela mesma letra não diferem entre si a 5% de proailidade pelo teste Tukey. [Shoots diameter growth rate in peach palm plants sumitted to different treatments after 6 days. Averages followed y the same letter do not differ at 5% of proaility y Tukey test]. 3 a Hortic. ras., v. 7, n. (Suplemento - CD Rom), agosto 9 S7

Patogenicidade de Isolados de Fusarium spp. e Phytophthora palmivora Associados com a Podridão do Estipe da Pupunheira no Paraná

Patogenicidade de Isolados de Fusarium spp. e Phytophthora palmivora Associados com a Podridão do Estipe da Pupunheira no Paraná Patogenicidade de Isolados de Fusarium spp. e Phytophthora palmivora Associados com a Podridão do Estipe da Pupunheira no Paraná Sandro Alex Rosa Alves 1 Álvaro Figueredo dos Santos 2 Dauri José Tessmann

Leia mais

Avaliação de Fungicidas para o Controle de Antracnose em Folhas de Pupunheira (Bactris gasipaes)

Avaliação de Fungicidas para o Controle de Antracnose em Folhas de Pupunheira (Bactris gasipaes) Avaliação de Fungicidas para o Controle de Antracnose em Folhas de Pupunheira (Bactris gasipaes) Dauri José Tessmann 1 Álvaro Figueredo dos Santos 2,3 João Batista Vida 1 Rudimar Mafacioli 4 RESUMO A antracnose,

Leia mais

DOENÇAS DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth)

DOENÇAS DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth) DOENÇAS DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth) Luadir Gasparotto 1 ; Álvaro Figueiredo dos Santos 2 ; José Clério Rezende Pereira 1 1 Embrapa Amazônia Ocidental, Cx. Postal 319, CEP 69.970-011, Manaus,

Leia mais

Controle Químico de Antracnose em Mudas de Pupunheira em Viveiro

Controle Químico de Antracnose em Mudas de Pupunheira em Viveiro Controle Químico de Antracnose em Mudas de Pupunheira em Viveiro Rudimar Mafacioli 1 Dauri José Tessmann 2 Álvaro Figueredo dos Santos 3 João Batista Vida 4 RESUMO A antracnose, causada pelo fungo Colletotrichum

Leia mais

MÉTODO DE CONDUÇÃO DE PLANTAS DE PUPUNHA EM TUBOS DE ENSAIO COM ÁGUA PARA INOCULAÇÃO DE Fusarium proliferatum

MÉTODO DE CONDUÇÃO DE PLANTAS DE PUPUNHA EM TUBOS DE ENSAIO COM ÁGUA PARA INOCULAÇÃO DE Fusarium proliferatum MÉTODO DE CONDUÇÃO DE PLANTAS DE PUPUNHA EM TUBOS DE ENSAIO COM ÁGUA PARA INOCULAÇÃO DE Fusarium proliferatum Tiago Miguel Jarek 1, Álvaro Figueredo dos Santos 2 1 Universidade Federal do Paraná (UFPR),

Leia mais

Comunicado. Eficiência de fosfitos no controle da podridão da base do estipe em mudas de pupunheira

Comunicado. Eficiência de fosfitos no controle da podridão da base do estipe em mudas de pupunheira Comunicado Técnico Outubro, 324 ISSN 1980-3982 Colombo, PR 2013 Eficiência de fosfitos no controle da podridão da base do estipe em mudas de pupunheira Eduardo Jun Fuzitani 1 Alvaro Figueredo dos Santos

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DOSAGENS E NÚMERO DE APLICAÇÃO DE FOSFITO DE POTÁSSIO NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA

AVALIAÇÃO DE DOSAGENS E NÚMERO DE APLICAÇÃO DE FOSFITO DE POTÁSSIO NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA AVALIAÇÃO DE DOSAGENS E NÚMERO DE APLICAÇÃO DE FOSFITO DE POTÁSSIO NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA EDUARDO JUN FUZITANI 1 ; ALVARO FIGUEREDO DOS SANTOS 2 ; ERVAL RAFAEL

Leia mais

DOENÇAS FOLIARES DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes) NO ESTADO DO PARANÁ

DOENÇAS FOLIARES DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes) NO ESTADO DO PARANÁ 1 DOENÇAS FOLIARES DA PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes) NO ESTADO DO PARANÁ Álvaro Figueredo dos Santos 1 Dauri José Tesmann 2 William M. C. Nunes 2 João Batista Vida 2 David S. Jaccoud Filho 3 RESUMO Visando

Leia mais

Doenças da Pupunha no Estado do Paraná

Doenças da Pupunha no Estado do Paraná Doenças da Pupunha no Estado do Paraná Álvaro Figueredo dos Santos Dauri José Tessmann João Batista Vida Rudimar Mafacioli A pupunha é cultura de introdução recente no Estado do Paraná e tem sido cultivada

Leia mais

EFICIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE MOFO- BRANCO NO ALGODOEIRO

EFICIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE MOFO- BRANCO NO ALGODOEIRO EFICIÊNCIA DE APLICAÇÃO DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE MOFO- BRANCO NO ALGODOEIRO Luiza Rocha Ribeiro, Nathalia Pereira Ribeiro, Rudieli Machado da Silva 2, Raíra de Andrade Pelvine, Jéssica Aparecida da

Leia mais

6º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica - CIIC a 15 de agosto de 2012 Jaguariúna, SP

6º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica - CIIC a 15 de agosto de 2012 Jaguariúna, SP CARACTERIZAÇÃO DO CRESCIMENTO INICIAL DE PROGÊNIES DE PUPUNHEIRA SELECIONADAS PARA PRODUÇÃO DE PALMITO RAYANE H. SANTOS 1 ; VALÉRIA A. MODOLO 2 ; SANDRA H. SPIERING 3 ; PEDRO L. P. XAVIER 4 Nº 12143 RESUMO

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 EFEITO DOS EXTRATOS DE Astrocaryum jauari

Leia mais

EFICIÊNCIA DE FOSFITOS NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA 1

EFICIÊNCIA DE FOSFITOS NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA 1 1000 EFICIÊNCIA DE FOSFITOS NO CONTROLE DA PODRIDÃO DA BASE DO ESTIPE EM MUDAS DE PUPUNHEIRA 1 EDUARDO JUN FUZITANI 2, ÁLVARO FIGUEREDO DOS SANTOS 3, WILSON DA SILVA MORAES 2, ERVAL RAFAEL DAMATTO JUNIOR

Leia mais

8º Congresso Brasileiro de Algodão & I Cotton Expo 2011, São Paulo, SP 2011 Página 300

8º Congresso Brasileiro de Algodão & I Cotton Expo 2011, São Paulo, SP 2011 Página 300 Página 300 AVALIAÇÃO DA EFICÁCIA DO TRATAMENTO QUÍMICO NO CONTROLE DE TOMBAMENTO DE PLÂNTULAS E MELA DO ALGODOEIRO NO SISTEMA DE CULTIVO NA PALHA Luiz Gonzaga Chitarra 1 ; Cleiton Antônio da Silva Barbosa

Leia mais

Avaliação de Cultivares de Alface na Região de Gurupi-TO.

Avaliação de Cultivares de Alface na Região de Gurupi-TO. Avaliação de Cultivares de Alface na Região de Gurupi-TO. Valéria G. Momenté 1 ; Adeuma B. Asevedo 2 ;Leonardo C. Portaleti 2 ; Júlia Ferreira Brito 2 ; Liamar M. dos Anjos Silva 3 ;Justino J. Dias Neto

Leia mais

EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Heliothis virescens (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO

EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Heliothis virescens (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Heliothis virescens (LEPIDOPTERA: NOCTUIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO Maria Paula Luporini (FMC Química do Brasil Ltda), José Geraldo

Leia mais

PARCELAMENTO DE ADUBAÇÃO COM A FORMULAÇÃO 20-05-20 (N-P-K) EM PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth,).

PARCELAMENTO DE ADUBAÇÃO COM A FORMULAÇÃO 20-05-20 (N-P-K) EM PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth,). PARCELAMENTO DE ADUBAÇÃO COM A FORMULAÇÃO 20-05-20 (N-P-K) EM PUPUNHEIRA (Bactris gasipaes Kunth,). LEANDRO RODRIGO SPATTI 1 ; ANTONIO LÚCIO M. MARTINS 2 ; VALÉRIA A, MODOLO 3 N o 0803151 RESUMO O objetivo

Leia mais

Desenvolvimento fenológico de pupunheiras para produção de palmito em diferentes espaçamentos no Vale do Ribeira

Desenvolvimento fenológico de pupunheiras para produção de palmito em diferentes espaçamentos no Vale do Ribeira Desenvolvimento fenológico de pupunheiras para produção de palmito em diferentes espaçamentos no Vale do Ribeira Eduardo Jun Fuzitani 1, Álvaro Figueredo dos Santos 2, Edinelson José Maciel Neves 2 ; Erval

Leia mais

CONTROLE DE TOMBAMENTO DE PLÂNTULAS E MELA DO ALGODOEIRO NO OESTE DA BAHIA

CONTROLE DE TOMBAMENTO DE PLÂNTULAS E MELA DO ALGODOEIRO NO OESTE DA BAHIA Página 354 CONTROLE DE TOMBAMENTO DE PLÂNTULAS E MELA DO ALGODOEIRO NO OESTE DA BAHIA Luiz Gonzaga Chitarra 1 ; Cleiton Antônio da Silva Barbosa 2; Benedito de Oliveira Santana Filho 2 ; Pedro Brugnera

Leia mais

Comunicado. Ocorrência e intensidade de antracnose em viveiros de mudas e cultivos comerciais de pupunheira do Paraná e Santa Catarina

Comunicado. Ocorrência e intensidade de antracnose em viveiros de mudas e cultivos comerciais de pupunheira do Paraná e Santa Catarina Comunicado Técnico Outubro, 306 ISSN 1980-3982 Colombo, PR 2012 Foto: Rudimar Mafacioli Ocorrência e intensidade de antracnose em viveiros de mudas e cultivos comerciais de pupunheira do Paraná e Santa

Leia mais

Variação estacional do crescimento em pupunheiras cultivadas em recipientes 1.

Variação estacional do crescimento em pupunheiras cultivadas em recipientes 1. Variação estacional do crescimento em pupunheiras cultivadas em recipientes 1. Maria Luiza Sant Anna Tucci 2, Marilene Leão Alves Bovi 2, Eduardo Caruso Machado 2,3, Sandra Heiden Spiering 2. 1 Projeto

Leia mais

PRINCIPAIS DOENÇAS QUE AMEAÇAM O CULTIVO DE PUPUNHA NO VALE DO RIBEIRA, SP

PRINCIPAIS DOENÇAS QUE AMEAÇAM O CULTIVO DE PUPUNHA NO VALE DO RIBEIRA, SP PRINCIPAIS DOENÇAS QUE AMEAÇAM O CULTIVO DE PUPUNHA NO VALE DO RIBEIRA, SP Eduardo Jun Fuzitani Eng. Agr., PqC do Polo Regional Vale do Ribeira/APTA edufuzitani@apta.sp.gov.br Wilson da Silva Moraes Eng.

Leia mais

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA 28.09 a 10.2015 Resistência genética de cultivares e linhagens de tomateiro à murcha bacteriana Genetic resistance of tomato lines and cultivars

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Belém, PA 2014 EFEITO DA TEMPERATURA SOBRE O CRESCIMENTO DE Lasiodiplodia

Leia mais

EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS PARA O CONTROLE DA GIBERELA NO TRIGO, NA SAFRA 2011.

EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS PARA O CONTROLE DA GIBERELA NO TRIGO, NA SAFRA 2011. EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS PARA O CONTROLE DA GIBERELA NO TRIGO, NA SAFRA 2011. Flávio M. Santana 1, Claudine D. Seixas 2, Carlos A. Schipanski 3,Heraldo Feksa 4, Ricardo T. Casa 5, Caroline Wesp 6, Marta

Leia mais

Efeito de Fungicidas no Controle da Pinta-Preta da Erva-mate.

Efeito de Fungicidas no Controle da Pinta-Preta da Erva-mate. Efeito de Fungicidas no Controle da Pinta-Preta da Erva-mate. Albino Grigoletti Júnior 1 Celso Garcia Auer 2 RESUMO A pinta-preta da erva-mate (Ilex paraguariensis) é a principal doença desta cultura,

Leia mais

Causas de GL IVE TMG PGER IVE TMG PGER

Causas de GL IVE TMG PGER IVE TMG PGER Efeito Alelopático do Óleo Essencial de Citronela (Cymbopogon winterianus) Sobre a Germinação de Sementes de Picão-Preto e de Milho em Diferentes Épocas de Aplicação. MARIA LITA PADINHA CORREA 1, ANA PAULA

Leia mais

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ Vanessa Aline Egewarth (PRPPG-UNIOESTE), Patrícia Aparecida Favorito, Edleusa Pereira Seidel (Orientador),

Leia mais

Identificação de cultivares de tomate adaptadas ao cultivo agroecológico.

Identificação de cultivares de tomate adaptadas ao cultivo agroecológico. CASA, J; CÂMARA, FLA. Identificação de cultivares de tomate adaptadas ao cultivo agroecológico. 2010. Horticultura Identificação de cultivares de tomate adaptadas ao cultivo agroecológico. Brasileira 28:

Leia mais

SOARES LPR; NUNES KNM; MING LC; BORGES LS Produção de mudas de rúcula em diferentes substratos. Horticultura Brasileira 30: S3114-S3118.

SOARES LPR; NUNES KNM; MING LC; BORGES LS Produção de mudas de rúcula em diferentes substratos. Horticultura Brasileira 30: S3114-S3118. Produção de mudas de rúcula em diferentes substratos Laís Peixoto da R. Soares¹; Kelly de Nazaré M. Nunes¹; Lin Chau Ming¹; Luciana da Silva Borges¹ ¹UNESP- FCA Programa de pós-graduação em Horticultura.

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS PARA CONTROLE DE Heliothis virescens NA CULTURA DO ALGODOEIRO

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS PARA CONTROLE DE Heliothis virescens NA CULTURA DO ALGODOEIRO AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS PARA CONTROLE DE Heliothis virescens NA CULTURA DO ALGODOEIRO José Geraldo Martins dos Santos (FMC Química do Brasil Ltda / jgeraldo_santos@fmc.com), Ricardo Camara

Leia mais

Bolsista CNPq: Graduação em Ciências Biológicas, PUC-CAMPINAS, Campinas-SP,

Bolsista CNPq: Graduação em Ciências Biológicas, PUC-CAMPINAS, Campinas-SP, INFLUÊNCIA DA IRRADIAÇÃO DAS SEMENTES POR FONTE DE COBALTO 60 NO CRESCIMENTO DE MUDAS DE PUPUNHEIRA PEDRO LUIZ P. XAVIER 1 ; VALÉRIA A. MODOLO 2 ; SANDRA H. SPIERING 3 ; RAYANE H. SANTOS 4 Nº 12114 RESUMO

Leia mais

Lorena Nayara de J. Carvalho 1 ; Jéssica R. da Silva 1 ; Ana Karolina L. Pais; Marcia F. Queiroz 1 ; Cristiane Domingos da Paz¹.

Lorena Nayara de J. Carvalho 1 ; Jéssica R. da Silva 1 ; Ana Karolina L. Pais; Marcia F. Queiroz 1 ; Cristiane Domingos da Paz¹. Antagonismo in vitro de Bactérias promotoras de crescimento a Alternaria cucumerina Lorena Nayara de J. Carvalho 1 ; Jéssica R. da Silva 1 ; Ana Karolina L. Pais; Marcia F. Queiroz 1 ; Cristiane Domingos

Leia mais

RESUMO. ABSTRACT Effect of different doses and intervals of Trichoderma sp. in the control of fusarium wilt in black pepper (Piper nigrum L.).

RESUMO. ABSTRACT Effect of different doses and intervals of Trichoderma sp. in the control of fusarium wilt in black pepper (Piper nigrum L.). DRUMOND NETO AP; CALVI DP; CASTRO NETO F; SILVA MB; TATAGIBA JS; GONTIJO I. Diferentes aplicações de doses e intervalos de Trichoderma ssp. para o controle da fusariose do solo em pimenta-do-reino. 2010.

Leia mais

EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS, EM TRATAMENTO DE SEMENTES, NO CONTROLE DO PULGÃO Aphis gossypii (HOMOPTERA: APHIDIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO

EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS, EM TRATAMENTO DE SEMENTES, NO CONTROLE DO PULGÃO Aphis gossypii (HOMOPTERA: APHIDIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS, EM TRATAMENTO DE SEMENTES, NO CONTROLE DO PULGÃO Aphis gossypii (HOMOPTERA: APHIDIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO Crébio José Ávila (Embrapa Agropecuária Oeste / crebio@cpao.embrapa.br),

Leia mais

Fitopatologia Geral. Princípios Gerais de Controle

Fitopatologia Geral. Princípios Gerais de Controle Fitopatologia Geral Princípios Gerais de Controle Controle de doenças visa a redução na incidência e na severidade deve ter conotação econômica e biológica Como alcançar o máximo de eficiência? depende

Leia mais

RESUMO. Palavras-Chaves: Daucus carota, Lactuca sativa, eficiência agronômica.

RESUMO. Palavras-Chaves: Daucus carota, Lactuca sativa, eficiência agronômica. Desempenho Agronômico da Alface no Primeiro Cultivo em Sistema Consorciado com Cenoura em Faixa Sob Diferentes Densidades Populacionais das Culturas Componentes Aurélio Paes Barros Júnior 1 ; Francisco

Leia mais

Eficiência de fungicidas no controle de Pseudoperonospora cubensis

Eficiência de fungicidas no controle de Pseudoperonospora cubensis Eficiência de fungicidas no controle de Pseudoperonospora cubensis na cultura da abobrinha José Usan Torres Brandão Filho 1 ; Paulo Francisco Maraus 1 ; Daniel KernKamp 1 ; Anderson José de Melo 1 ; Éverson

Leia mais

Efeito da palha, da umidade e da esterilização do solo na produção de esclerócios de Sclerotium ro!fsü Sacc.

Efeito da palha, da umidade e da esterilização do solo na produção de esclerócios de Sclerotium ro!fsü Sacc. Jornada académica da Embrapa Soja 35 Efeito da palha, da umidade e da esterilização do solo na produção de esclerócios de Sclerotium ro!fsü Sacc. DanieleCortezi 1 ; T. Mituti 1 ; Ivani O. Negrão Lopes

Leia mais

Doenças do Maracujazeiro. Grupo: Carolina Colin Gabriela Venancio Luiza Soares

Doenças do Maracujazeiro. Grupo: Carolina Colin Gabriela Venancio Luiza Soares Doenças do Maracujazeiro Grupo: Carolina Colin Gabriela Venancio Luiza Soares Maracujá Passiflora sp.; Família: Passifloraceae; Algumas espécies: P. edulis e P. alata; Originário da América tropical; Planta

Leia mais

AVALIAÇÃO DE INSETICIDAS SISTÊMICOS APLICADOS À SEMENTE DE TRIGO PARA CONTROLE DO PULGÃO Schizaphis graminum. Resumo

AVALIAÇÃO DE INSETICIDAS SISTÊMICOS APLICADOS À SEMENTE DE TRIGO PARA CONTROLE DO PULGÃO Schizaphis graminum. Resumo AVALIAÇÃO DE INSETICIDAS SISTÊMICOS APLICADOS À SEMENTE DE TRIGO PARA CONTROLE DO PULGÃO Schizaphis graminum Salvadori, J.R. 1 Resumo Foram conduzidos dois experimentos, em laboratório, para avaliar a

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Belém, PA 2014 PRODUÇÃO DE MUDAS DE MURUCIZEIRO (Byrsonima crassifolia

Leia mais

ESPORULAÇÃO DE Amphobotrys ricini EM FRUTOS DE MAMONEIRA COMO COMPONENTE DE RESISTÊNCIA AO MOFO CINZENTO Jeferson Araújo Silva 1, Nelson Dias Suassuna 2, Wirton Macedo Coutinho 2 e Máira Milani 2 1UEPB,

Leia mais

¹Universidade Federal do Ceará - Depto. de Fitotecnia - C.P. 6012, CEP , Fortaleza-CE.

¹Universidade Federal do Ceará - Depto. de Fitotecnia - C.P. 6012, CEP , Fortaleza-CE. Efeito alelopático do óleo essencial de alecrim pimenta (Lippia sidoidis) sobre a germinação de sementes de picão-preto e de soja em diferentes épocas de aplicação e concentrações. MARIA DA CONCEIÇÃO ALVES

Leia mais

MÉTODOS DE ASSEPSIA E CONTROLE OXIDAÇÃO EM GEMAS APICAIS DE AZALEIA RESUMO

MÉTODOS DE ASSEPSIA E CONTROLE OXIDAÇÃO EM GEMAS APICAIS DE AZALEIA RESUMO MÉTODOS DE ASSEPSIA E CONTROLE OXIDAÇÃO EM GEMAS APICAIS DE AZALEIA Bianca G. SOBREIRA 1 ; Jéssica A. BATISTA 2 ; Priscila P. BOTREL 3 ; Roniel G. ÁVILA 4 ; Anna Lygia R. MACIEL 5 ; Maiqui IZIDORO 6 RESUMO

Leia mais

Eficiência de fungicidas no controle de fungos patogênicos veiculados à semente de trigo

Eficiência de fungicidas no controle de fungos patogênicos veiculados à semente de trigo Eficiência de fungicidas no controle de fungos patogênicos veiculados à semente de trigo Anderson Luiz Durante Danelli 1 Erlei Melo Reis 2, e Ricardo Trezzi Casa 3 1 Eng. Agrôn., Aluno do Programa de Pós-Graduação

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS CURSO DE AGRONOMIA BIORREGULADORES NO TRATAMENTO DE SEMENTES DE SORGO E MILHO Uberlândia 2015 RENAN DE SOUZA MARTINS BIORREGULADORES NO

Leia mais

REAÇÃO DE GENÓTIPOS DE MILHO Bt E NÃO Bt A INOCULAÇÃO ARTIFICIAL DE Fusarium sp. RESUMO

REAÇÃO DE GENÓTIPOS DE MILHO Bt E NÃO Bt A INOCULAÇÃO ARTIFICIAL DE Fusarium sp. RESUMO REÇÃO DE GENÓTIPOS DE MILHO t E NÃO t INOCULÇÃO RTIFICIL DE Fusarium sp. Cassio Luiz Caetano¹; Lilian Maria rruda acchi². ¹olsista UFGD/CNPq/PIIC; ²UFGD/FC Professora ssociada RESUMO cultura do milho está

Leia mais

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE Euchistus heros NA CULTURA DO ALGODOEIRO

AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE Euchistus heros NA CULTURA DO ALGODOEIRO AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DE INSETICIDAS NO CONTROLE DE Euchistus heros NA CULTURA DO ALGODOEIRO Leandro Anderlin Garcia (FMC Química do Brasil Ltda / leandro_garcia@fmc.com), Ricardo Camara Werlang (FMC

Leia mais

VII Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 15 de agosto de 2013 Campinas, São Paulo

VII Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 15 de agosto de 2013 Campinas, São Paulo CRESCIMENTO DE PUPUNHEIRAS IRRIGADAS EM FUNÇÃO DA ADUBAÇÃO NITROGENADA Eduardo Cerqueira Ciasca¹ a ; Valéria Aparecida Modolo 1b ; Sandra Heiden Spiering¹ c 1 Instituto Agronômico (IAC/APTA), Centro de

Leia mais

EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Bemisia tabaci (HEMIPTERA: ALEYRODIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO.

EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Bemisia tabaci (HEMIPTERA: ALEYRODIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO. EFICIÊNCIA DO INSETICIDA BF 314, APLICADO EM MISTURA, PARA CONTROLE DE Bemisia tabaci (HEMIPTERA: ALEYRODIDAE) NA CULTURA DO ALGODOEIRO. Maria Paula Luporini (FMC Química do Brasil Ltda), José Geraldo

Leia mais

DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS E AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MELANCIA NO TOCANTINS

DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS E AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MELANCIA NO TOCANTINS DIAGNÓSTICO DE DOENÇAS E AVALIAÇÃO DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO DE MELANCIA NO TOCANTINS Daniel Bandeira da Silva¹ & Gil Rodrigues dos Santos² ¹Aluno do Curso de Agronomia; Campus de Gurupi; e-mail: silva_db@hotmail.com

Leia mais

Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar

Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar Produção de pimenta cumari em relação a incidência solar Anderson I. F. Kobayashi, Denis M. Fernandes, Abílio J. Meiato, Gustavo Pedrazzi, Amalia Estela Mozambani Centro Universitário Moura Lacerda, Caixa

Leia mais

Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil

Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil 119 Capítulo 6 Impacto potencial das mudanças climáticas sobre a gomose da acácia-negra no Brasil Álvaro Figueredo dos

Leia mais

DOENÇAS EM PALMEIRAS PARA PALMITO

DOENÇAS EM PALMEIRAS PARA PALMITO DOENÇAS EM PALMEIRAS PARA PALMITO Álvaro Figueredo dos Santos 1, Dauri José Tessmann 2, Ariadne Josiane Castoldi Silva 1, João Batista Vida 2, Rudimar Mafacioli 2 1 Dr., Pesquisador da Embrapa Florestas,

Leia mais

EFICIÊNCIA DE MONCEREN 25% PM (PENCYCURON) NO CONTROLE DO TOMBAMENTO CAUSADO POR Rhizoctonia solani EM PLÂNTULAS DE CAFEEIRO (Coffea arabica)

EFICIÊNCIA DE MONCEREN 25% PM (PENCYCURON) NO CONTROLE DO TOMBAMENTO CAUSADO POR Rhizoctonia solani EM PLÂNTULAS DE CAFEEIRO (Coffea arabica) Simpósio de Pesquisa dos Cafés do Brasil EFICIÊNCIA DE MONCEREN 25% PM (PENCYCURON) NO CONTROLE DO TOMBAMENTO CAUSADO POR Rhizoctonia solani EM PLÂNTULAS DE CAFEEIRO (Coffea arabica) José Marcos Angélico

Leia mais

Desempenho do pepino holandês Dina, em diferentes densidades de plantio e sistemas de condução, em ambiente protegido.

Desempenho do pepino holandês Dina, em diferentes densidades de plantio e sistemas de condução, em ambiente protegido. Desempenho do pepino holandês Dina, em diferentes densidades de plantio e sistemas de condução, em ambiente protegido. Luis A. Cirino Ruocco 1, Leila Trevizan Braz 1 ; Adriana A. Nascimento Rizzo 1 1 UNESP-FCAV,

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 EFEITO DOS ÓLEOS DE ANDIROBA E COPAÍBA

Leia mais

Produção de Mudas de Melancia em Bandejas sob Diferentes Substratos.

Produção de Mudas de Melancia em Bandejas sob Diferentes Substratos. Produção de Mudas de Melancia em Bandejas sob Diferentes. Jean de Oliveira Souza¹; Leilson Costa Grangeiro¹; Francisco Bezerra Neto¹; Aurélio Paes Barros Júnior¹; Maria Zuleide de Negreiros¹; Cosme Jales

Leia mais

EFEITO DE DOSES DE NITROGÊNIO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS DE BATATA EM GUARAPUAVA

EFEITO DE DOSES DE NITROGÊNIO NO CRESCIMENTO DE PLANTAS DE BATATA EM GUARAPUAVA BAGGIO CA; STOETZER Efeito A; VARELA de doses JR J; de MÜLLER nitrogênio MML; no crescimento KAWAKAMI de J. 009. plantas Efeito de batata de doses em de Guarapuava nitrogênio no crescimento de plantas

Leia mais

8ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo

8ºCongresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo SELEÇÃO DE PROGÊNIES MELHORADAS PARA PRODUÇÃO DE PALMITO PUPUNHA Isabela Petroff 1 ;Sandra H. Spiering 2 ;Shirley A. G.Berbari 3 ; Valéria A.Modolo 4 Nº 14117 RESUMO - O experimento dá continuidade ao

Leia mais

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Influência de Diferentes Épocas de Corte e Densidade de Plantas no Desempenho Agronômico de Duas Cultivares de Sorgo

Leia mais

PRESENÇA / AUSÊNCIA DE ESPINHOS EM PROGÊNIES DE PUPUNHA (BACTRIS GASIPAES) DO PROJETO RECA COMO FONTE DE SEMENTES 1

PRESENÇA / AUSÊNCIA DE ESPINHOS EM PROGÊNIES DE PUPUNHA (BACTRIS GASIPAES) DO PROJETO RECA COMO FONTE DE SEMENTES 1 PRESENÇA / AUSÊNCIA DE ESPINHOS EM PROGÊNIES DE PUPUNHA (BACTRIS GASIPAES) DO PROJETO RECA O FONTE DE SEMENTES 1 Antonio Nascim Kalil Filho 2 Álvaro Figueredo dos Santos 2 Edinelson José Maciel Neves 3

Leia mais

Potencialidades da Pupunheira para Produção de Palmito

Potencialidades da Pupunheira para Produção de Palmito Potencialidades da Pupunheira para Produção de Palmito Álvaro Figueredo dos Santos Edinelson José Maciel Neves Antonio Nascim Kalil Filho Honorino Roque Rodigheri No Brasil são comercializadas, anualmente,

Leia mais

ARTIGOS. Inoculation methods, aggressiveness of isolates and resistance of peach palm progenies to Phytophthora palmivora

ARTIGOS. Inoculation methods, aggressiveness of isolates and resistance of peach palm progenies to Phytophthora palmivora ARTIGOS Inoculation methods, aggressiveness of isolates and resistance of peach palm progenies to Phytophthora palmivora Eduardo Jun Fuzitani 1, Álvaro Figueredo dos Santos 2, Erval Rafael Damatto Junior

Leia mais

EFEITOS DE DOSES DE HERBICIDAS APLICADOS EM PÓS-EMERGÊNCIA NA CULTURA DA MANDIOCA (VARIEDADE IAC 14) SOBRE FITOTOXICIDADE EM DIFERENTES PERÍODOS DE

EFEITOS DE DOSES DE HERBICIDAS APLICADOS EM PÓS-EMERGÊNCIA NA CULTURA DA MANDIOCA (VARIEDADE IAC 14) SOBRE FITOTOXICIDADE EM DIFERENTES PERÍODOS DE EFEITOS DE DOSES DE HERBICIDAS APLICADOS EM PÓS-EMERGÊNCIA NA CULTURA DA MANDIOCA (VARIEDADE IAC 14) SOBRE FITOTOXICIDADE EM DIFERENTES PERÍODOS DE AVALIAÇÃO MAGNO LUIZ DE ABREU 1, ROSILAINE ARALDI 1,

Leia mais

Avaliação da Transmissão da Podridão Vermelha do Sisal Durante o Corte e Meios Químicos para

Avaliação da Transmissão da Podridão Vermelha do Sisal Durante o Corte e Meios Químicos para 134 Avaliação da Transmissão da Podridão Vermelha do Sisal Durante o Corte e Meios Avaliação da Transmissão da Podridão Vermelha do Sisal Durante o Corte e Meios Químicos para Prevenção Evaluation of Transmission

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 CARACTERIZAÇÃO MORFOAGRONÔMICA DE CLONES

Leia mais

Aspectos fitopatológicos e produtivos de cultivares de meloeiro na região Sul do Estado do Tocantins Eulrieris R de Souza¹; Luiz A Zamignan¹; Dalmárcia de Souza C Mourão¹; Ronice Alves Veloso¹; Clebson

Leia mais

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Oriental Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Embrapa Amazônia Oriental Belém, PA 2015 EFEITO DE SUBSTRATOS NA PROPAGAÇÃO VEGETATIVA

Leia mais

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DE RAÍZES DE CLONES DE BATATA-DOCE

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DE RAÍZES DE CLONES DE BATATA-DOCE MASSAROTO JA; MALUF WR; GOMES Produtividade LAA; FRANCO e qualidade HD; GASPARINO de raízes de CF. clones 2008. de Produtividade batata-doce e qualidade de raízes de clones de batata-doce. Horticultura

Leia mais

Efeito da Adubação Suplementar em Cobertura Sobre o Desempenho Produtivo do Pimentão em Sistema Orgânico.

Efeito da Adubação Suplementar em Cobertura Sobre o Desempenho Produtivo do Pimentão em Sistema Orgânico. Efeito da Adubação Suplementar em Cobertura Sobre o Desempenho Produtivo do Pimentão em Sistema Orgânico. Jacimar Luis de Souza 1. Eduardo de Sá Mendonça 2. 1 INCAPER-CRDR Centro Serrano, 29.375-000 Venda

Leia mais

Avaliação de Características Agronômicas e de Produção de Abóbora em Áreas de Agricultura Familiar na Região Agreste de Sergipe

Avaliação de Características Agronômicas e de Produção de Abóbora em Áreas de Agricultura Familiar na Região Agreste de Sergipe 198 Avaliação de Características Agronômicas e de Produção de Abóbora em Áreas de Agricultura Familiar na Região Agreste de Sergipe Aline Conceição dos Santos 1, Neusa Rosani S. Lima 2 ; Ana Beatriz C.

Leia mais

Comunicado318 Técnico

Comunicado318 Técnico Comunicado318 Técnico ISSN 1980-3982 Colombo, PR Outubro,2013 Metodologia para detecção de Fusarium spp. em sementes de pupunheira José Carlos da Costa Júnior 1 Álvaro Figueredo dos Santos 2 Dauri José

Leia mais

Produção e renda bruta da cenoura Brasília e do almeirão Folhas Amarelas, em cultivo solteiro e consorciado

Produção e renda bruta da cenoura Brasília e do almeirão Folhas Amarelas, em cultivo solteiro e consorciado Produção e renda bruta da cenoura Brasília e do almeirão Folhas Amarelas, em cultivo solteiro e consorciado Néstor Antonio Heredia Zárate 1 ; Maria do Carmo Vieira 1 ; Débora Valério 2 ; Fagner Paula Souza

Leia mais

SEVERIDADE DE Cercospora sojina HARA EM SOJA TRANSGÊNICA BRS VALIOSA RR NO ESTADO DO MARANHÃO, SOB DIFERENTES DOSAGENS DE AGROSILÍCIO

SEVERIDADE DE Cercospora sojina HARA EM SOJA TRANSGÊNICA BRS VALIOSA RR NO ESTADO DO MARANHÃO, SOB DIFERENTES DOSAGENS DE AGROSILÍCIO 06 SEVERIDADE DE Cercospora sojina HARA EM SOJA TRANSGÊNICA BRS VALIOSA RR NO ESTADO DO MARANHÃO, SOB DIFERENTES DOSAGENS DE AGROSILÍCIO Thatyane Pereira de Sousa¹; Ivaneide Oliveira Nascimento²; Claudio

Leia mais

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012

XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Eficiência do Controle Químico na Redução da Incidência de Grãos Ardidos em Milho Fabrício Eustáquio Lanza 1, Carla

Leia mais

RENDIMENTO DA PUPUNHEIRA EM FUNÇÃO DA DENSIDADE DE PLANTIO, DIÂMETRO DE CORTE E MANEJO DOS PERFILHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO

RENDIMENTO DA PUPUNHEIRA EM FUNÇÃO DA DENSIDADE DE PLANTIO, DIÂMETRO DE CORTE E MANEJO DOS PERFILHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO RENDIMENTO DA PUPUNHEIRA EM FUNÇÃO DA DENSIDADE DE PLANTIO, DIÂMETRO DE CORTE E MANEJO DOS PERFILHOS NO VALE DO SÃO FRANCISCO Effect of density, cut-off diameter classes and shoot number on production

Leia mais

EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE RAMULARIA (RAMULARIA AREOLA) NO ALGODOEIRO EM MATO GROSSO INTRODUÇÃO

EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE RAMULARIA (RAMULARIA AREOLA) NO ALGODOEIRO EM MATO GROSSO INTRODUÇÃO Página 386 EFICIÊNCIA DE FUNGICIDAS NO CONTROLE DE RAMULARIA (RAMULARIA AREOLA) NO ALGODOEIRO EM MATO GROSSO Edson Ricardo de Andrade Junior 1 ; Rafael Galbieri 1 ; Patrícia M Coury de Andrade Vilela 1.

Leia mais

REAÇÃO À BRUSONE DE GENÓTIPOS DE TRIGO NO ESTÁDIO DE PLÂNTULA

REAÇÃO À BRUSONE DE GENÓTIPOS DE TRIGO NO ESTÁDIO DE PLÂNTULA REAÇÃO À BRUSONE DE GENÓTIPOS DE TRIGO NO ESTÁDIO DE PLÂNTULA Poloni, N. M. 1* ; Maciel, J. L. N. 2 ; Garcia, I. L. 1 ; Tarumoto, M. B. 1 ; SANTOS, P. L. F. 1 ; Ceresini, P. C. 1 1 Universidade Estadual

Leia mais

Redução da taxa de infecção aparente de Oidium tuckeri em videiras cv. Festival sob cobertura plástica

Redução da taxa de infecção aparente de Oidium tuckeri em videiras cv. Festival sob cobertura plástica Redução da taxa de infecção aparente de Oidium tuckeri em videiras cv. Festival sob Reduction of the apparent infection rate of Oidium tuckeri on Festival grape cultivar under plastic cover Fabiana Silva

Leia mais

REDUÇÃO DO RENDIMENTO DE GRÃOS CAUSADO POR PODRIDÕES RADICULARESEM LAVOURAS DE FEIJÃO NO MUNICÍPIO DE LAGES, SANTA CATARINA, SAFRA 2013/14

REDUÇÃO DO RENDIMENTO DE GRÃOS CAUSADO POR PODRIDÕES RADICULARESEM LAVOURAS DE FEIJÃO NO MUNICÍPIO DE LAGES, SANTA CATARINA, SAFRA 2013/14 REDUÇÃO DO RENDIMENTO DE GRÃOS CAUSADO POR PODRIDÕES RADICULARESEM LAVOURAS DE FEIJÃO NO MUNICÍPIO DE LAGES, SANTA CATARINA, SAFRA 2013/14 José de Alencar Lemos Vieira Junior 1, Ricardo Trezzi Casa 2,

Leia mais

Produção de palmito de pupunheira, na Amazônia Central Bianca Galúcio Pereira 1 ; Kaoru Yuyama 1 ; Elaine Cristian de Sousa Coelho 2

Produção de palmito de pupunheira, na Amazônia Central Bianca Galúcio Pereira 1 ; Kaoru Yuyama 1 ; Elaine Cristian de Sousa Coelho 2 Produção de palmito de pupunheira, na Amazônia Central Bianca Galúcio Pereira 1 ; Kaoru Yuyama 1 ; Elaine Cristian de Sousa Coelho 2 1 INPA- Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia Coordenação de Tecnologia

Leia mais

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA 28.09 a 01.10.2015 Acúmulo de massa fresca e seca de plântulas de tomate em função dos diferentes tipos de substratos utilizados Fresh and dry

Leia mais

DESEMPENHO PRODUTIVO DA CULTIVAR PALOMAR NAS CONDIÇÕES DE POUSO ALEGRE-MG

DESEMPENHO PRODUTIVO DA CULTIVAR PALOMAR NAS CONDIÇÕES DE POUSO ALEGRE-MG DIAS JPT; DUARTE FILHO J.; Desempenho PÁDUA JG; produtivo CARMO EL. da cultivar Desempenho Palomar produtivo nas condições da cultivar de Palomar Pouso Alegre-MG nas condições de Pouso Alegre MG. Horticultura

Leia mais

Variação dos teores de nutrientes em função da idade fisiológica da folha em pupunheira, em Areia, PB.

Variação dos teores de nutrientes em função da idade fisiológica da folha em pupunheira, em Areia, PB. Variação dos teores de nutrientes em função da idade fisiológica da folha em pupunheira, em Areia, PB. João T. Nascimento (1) ; Ademar P. de Oliveira (2) ; Ivandro de F. da Silva (2) ; Adailson P. de Souza

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE Azadirachta indica A. Jussieu SUBMETIDA À DIFERENTES NÍVEIS DE NITROGÊNIO NA REGIÃO OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO

DESENVOLVIMENTO DE Azadirachta indica A. Jussieu SUBMETIDA À DIFERENTES NÍVEIS DE NITROGÊNIO NA REGIÃO OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO MESTRADO EM AGRONOMIA DESENVOLVIMENTO DE Azadirachta indica A. Jussieu SUBMETIDA À DIFERENTES NÍVEIS DE NITROGÊNIO NA REGIÃO OESTE DO ESTADO DE SÃO PAULO KÁTIA

Leia mais

Ensaio sobre o controle de "damping-off' do cafeeiro (+)

Ensaio sobre o controle de damping-off' do cafeeiro (+) Ensaio sobre o controle de "damping-off' do cafeeiro (+) H. TOKESHI, F. GALLI, P. C. T. DE CARVALHO E. BALMER, H. KIMATI, T. NAMEKATA ++ C. O. N. CARDOSO, B. R. SANCHES +++ Secção de Fitopatologia e Microbiologia

Leia mais

Hortic. bras., v. 30, n. 2, (Suplemento - CD Rom), julho 2012 S 6395

Hortic. bras., v. 30, n. 2, (Suplemento - CD Rom), julho 2012 S 6395 Produtividade do guaco sob dois sistemas de cultivo Josiane Cordeiro dos Santos 1 ; Julian Rodrigues Silva 1 ; Francine Ferreira Martins 1 ; Ernane Ronie Martins 1 ; Lourdes Silva de Figueiredo 1 1 Universidade

Leia mais

Seleção de Fungicidas para Controle de Oídio em Eucalipto

Seleção de Fungicidas para Controle de Oídio em Eucalipto Seleção de Fungicidas para Controle de Oídio em Eucalipto Rafaela Mazur Bizi 1 Albino Grigoletti Júnior 2 Celso Garcia Auer 3 RESUMO O objetivo deste estudo foi encontrar fungicidas eficientes contra o

Leia mais

Epidemiologia Vegetal. Etiologia é o estudo da doença, que envolve a relação ciclo patógeno-hospedeiro-ambiente

Epidemiologia Vegetal. Etiologia é o estudo da doença, que envolve a relação ciclo patógeno-hospedeiro-ambiente Epidemiologia Vegetal Etiologia é o estudo da doença, que envolve a relação ciclo patógeno-hospedeiro-ambiente Epidemia é o aumento da doença numa população de plantas em intensidade e/ou extensão, isto

Leia mais

Produção de Mudas de Pepino e Tomate Utilizando Diferentes Doses de Adubo Foliar Bioplus.

Produção de Mudas de Pepino e Tomate Utilizando Diferentes Doses de Adubo Foliar Bioplus. Produção de Mudas de Pepino e Tomate Utilizando Diferentes de Adubo Foliar Bioplus. Luiz Antonio Augusto Gomes 1 ; Renata Rodrigues Silva 1 ; João Aguilar Massaroto 1. 1 Universidade Federal de Lavras

Leia mais

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E VIGOR DE SEMENTES EM PROGÊNIES DE CAMUCAMUZEIRO ESTABELECIDAS NO BAG DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E VIGOR DE SEMENTES EM PROGÊNIES DE CAMUCAMUZEIRO ESTABELECIDAS NO BAG DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL CARACTERÍSTICAS FÍSICAS E VIGOR DE SEMENTES EM PROGÊNIES DE CAMUCAMUZEIRO ESTABELECIDAS NO BAG DA EMBRAPA AMAZÔNIA ORIENTAL Walnice Maria Oliveira do Nascimento¹, Olivia Domingues Ribeiro², Orlando Maciel

Leia mais

CAPÍTULO I DOS ENSAIOS PRELIMINARES

CAPÍTULO I DOS ENSAIOS PRELIMINARES 2. Normas para avaliação e para a indicação de fungicidas CAPÍTULO I DOS ENSAIOS PRELIMINARES Art. 1 - Os ensaios preliminares têm por objetivo a seleção de fungicidas visando sua inclusão em Ensaios Cooperativos

Leia mais

8º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo

8º Congresso Interinstitucional de Iniciação Científica CIIC a 14 de agosto de 2014 Campinas, São Paulo EFEITO DA APLICAÇÃO DE ZINCO VIA SOLO NOS TEORES FOLIARES DE PLANTAS MATRIZES DE PUPUNHEIRA Ludmila de Paula 1 ; Antônio Lúcio Melo Martins 2 ; Paulo Espindola Trani 3 ; Sandra Heiden Spiering 4 ; Valéria

Leia mais

Recebido em: Aprovado em: ISSUE DOI: /

Recebido em: Aprovado em: ISSUE DOI: / AVALIAÇÃO DA EFICIÊNCIA DO FUNGICIDA CÚPRICO HIDRÓXIDO DE COBRE EM MISTURA COM O FUNGICIDA CHLOROTHALONIL NO CONTROLE DA MANCHA PRETA NA CULTURA DO AMENDOIM 409 FONSECA, Antonio Eduardo 1 BORBA, Rafael

Leia mais

SEVERIDADE DE Puccinia polysora Underw. EM MILHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, NA SAFRA 2015/2016 INTRODUÇÃO

SEVERIDADE DE Puccinia polysora Underw. EM MILHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, NA SAFRA 2015/2016 INTRODUÇÃO SEVERIDADE DE Puccinia polysora Underw. EM MILHO NO ESTADO DE SÃO PAULO, NA SAFRA 2015/2016 Christina Dudienas 1, Aildson Pereira Duarte 1 ; Paulo Boller Gallo 2 ; Luíz Antônio Dias de Sá 3. 1 IAC/APTA/SAA,

Leia mais

DIAGNÓSTICO E ORIENTAÇÃO NO MANEJO DE DOENÇAS AOS HORTICULTORES NO MUNICÍPIO DE CASSILÂNDIA MS

DIAGNÓSTICO E ORIENTAÇÃO NO MANEJO DE DOENÇAS AOS HORTICULTORES NO MUNICÍPIO DE CASSILÂNDIA MS DIAGNÓSTICO E ORIENTAÇÃO NO MANEJO DE DOENÇAS AOS HORTICULTORES NO MUNICÍPIO DE CASSILÂNDIA MS Silas Henrique Palmieri Maia 1 ; Mercia Ikarugi Bomfim Celoto 2 1 Acadêmico do 4º ano do curso de Agronomia,

Leia mais

DESEMPENHO DE CULTIVARES DE MINI ALFACE CRESPA QUANTO À COBERTURA DO SOLO E ESPAÇAMENTO, EM TRÊS ÉPOCAS DE SEMEADURA

DESEMPENHO DE CULTIVARES DE MINI ALFACE CRESPA QUANTO À COBERTURA DO SOLO E ESPAÇAMENTO, EM TRÊS ÉPOCAS DE SEMEADURA CASTOLDI Desempenho R; ANDRÉ de cultivares EA; CHARLO de mini HCO; alface BRAZ crespa LT. quanto Desempenho à cobertura de cultivares do solo e de espaçamento, mini alface crespa em três quanto épocas

Leia mais

Níveis de infestação e controle de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) no município de Cassilândia/MS

Níveis de infestação e controle de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) no município de Cassilândia/MS Níveis de infestação e controle de Spodoptera frugiperda (Lepidoptera: Noctuidae) no município de Cassilândia/MS Stefanie Amaral Moreira¹, Alexandre Moraes Cardoso² e Gustavo Haralampidou da Costa Vieira².

Leia mais