2 BR APART. Área Bruta / Total Area: m2 Estacionamento / Parking Arrecadação / Storage Room

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "2 BR APART. Área Bruta / Total Area: 100.49m2 Estacionamento / Parking Arrecadação / Storage Room"

Transcrição

1 T2+1 Área Bruta / Total Area: m2

2 T2 Área Bruta / Total Area: 95,80m2

3 T2+1 Área Bruta / Total Area: 115,40m2

4 T3 3 BR Área Bruta / Total Area: 123,71m2

5 T BR Área Bruta / Total Area: 142,26m2

6 T2 Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios National Energy Certification and Indoor Air Quality in Buildings: D Área Bruta / Total Area: 88,41m2

7 T2+1 Área Bruta / Total Area: 100,49m2

8 T2 Área Bruta / Total Area: 88,41m2

9 T2 Certificação Energética e da Qualidade do Ar Interior nos Edifícios National Energy Certification and Indoor Air Quality in Buildings: D Área Bruta / Total Area: 95,80m2

Projeto, Construção. Comissionamento e Operação de Sistemas Energeticamente Eficientes. Mesa Redonda / Debate. Perspetivas

Projeto, Construção. Comissionamento e Operação de Sistemas Energeticamente Eficientes. Mesa Redonda / Debate. Perspetivas Perspetivas Projeto Construção/Instalação Fiscalização/Comissionamento Operação Fonte: simplyphilosophy.org Moderador: Serafin Graña PROJETO VERSUS CONSTRUÇÃO O QUADRO ATUAL 13as Jornadas de Climatização

Leia mais

ENERGY CERTIFICATION_CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA

ENERGY CERTIFICATION_CERTIFICAÇÃO ENERGÉTICA A DAJ presta serviços no âmbito do Sistema de Certificação Energética (SCE), tendo efetuado a certificação de mais de oitocentas frações e estando a trabalhar na certificação de outras tantas. Estes serviços

Leia mais

PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR. R$ 54 bilhões VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO TOTAL DE ESTABELECIMENTOS

PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR PARTICIPAÇÃO DA AGRICULTURA FAMILIAR. R$ 54 bilhões VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO TOTAL DE ESTABELECIMENTOS Os dados mostram uma estrutura agrária ainda concentrada no país: os estabelecimentos não familiares, apesar de representarem 15,6% do total dos estabelecimentos, ocupavam 75,7% da área ocupada. A área

Leia mais

- ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO

- ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO ABRAVA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE REFRIGERAÇÃO, AR CONDICIONADO, VENTILAÇÃO E AQUECIMENTO - APRESENTAÇÃO DA ABRAVA - APRESENTAÇÃO DE CASE - ENGº MECÂNICO GEORGE RAULINO - ENGENHARIA DE SISTEMAS TÉRMICOS

Leia mais

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva

Apresentação Aliança Consultoria. José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva Apresentação Aliança Consultoria José Carlos de Oliveira e Marcus Vinicius Abrahão Porto Silva SOBRE A ALIANÇA Empresa fundada em 1993, através de uma parceria com a Fundação Christiano Otoni da Universidade

Leia mais

Profº Joaquim Montezuma ISEG

Profº Joaquim Montezuma ISEG Dia 27 de Maio Investimento e Sustentabilidade Profº Joaquim Montezuma ISEG Joaquim Montezuma, Ph.D. MRICS ImoEconometrics CONGRESSO LiderA Novas Oportunidades para a Construção Sustentável O Valor Económico

Leia mais

RELAÇÃO DE TURMAS NÃO GERADAS NOTAS ANUAIS NO CÁLCULO DEVIDO ÀS INCONSISTÊNCIAS

RELAÇÃO DE TURMAS NÃO GERADAS NOTAS ANUAIS NO CÁLCULO DEVIDO ÀS INCONSISTÊNCIAS 13 5º ANO B VESPERTINO ENSINO FUNDAMENTAL Quality Sistemas - Tecnologia em Softwares Públicos Página 1 de 9 Quality Sistemas - Tecnologia em Softwares Públicos Página 2 de 9 Quality Sistemas - Tecnologia

Leia mais

Oportunidades de eficiência energética na indústria. 31 de Maio de 2011, Porto. Cláudio Monteiro FEUP / Smartwatt cdm@fe.up.pt

Oportunidades de eficiência energética na indústria. 31 de Maio de 2011, Porto. Cláudio Monteiro FEUP / Smartwatt cdm@fe.up.pt Oportunidades de eficiência energética na indústria 31 de Maio de 2011, Porto Cláudio Monteiro FEUP / Smartwatt cdm@fe.up.pt A eficiência energética é um recurso Como avaliar esse recurso? A eficiência

Leia mais

Aumento da rentabilidade por meio do gerenciamento da energia

Aumento da rentabilidade por meio do gerenciamento da energia Aumento da rentabilidade por meio do gerenciamento da energia A Certificação ISO 50001 Interpretación de ISO 50001:2011 Rev.00 2012 DNV Gerenciando Riscos desde 1864 NOSSO OBJETIVO Salvaguardar a Vida,

Leia mais

QUALIDADE DO AR EM EDIFÍCIOS

QUALIDADE DO AR EM EDIFÍCIOS QUALIDADE DO AR EM EDIFÍCIOS Onde estamos e para onde vamos Manuel Gameiro da Silva ADAI-LAETA, Departmento de Engenharia Mecânica Universidade de Coimbra manuel.gameiro@dem.uc.pt 1 QUALIDADE DO AR EM

Leia mais

Sistemas de Agua Gelada de Alta Performance

Sistemas de Agua Gelada de Alta Performance Sistemas de Agua Gelada de Alta Performance Manoel L.S.Gameiro Trane Brasil Date 09/06/2010 Agenda -Quem é a Ingersoll Rand -Nossa missão -Sistema de Água Gelada de Alta Performance visão geral 2 1 Quem

Leia mais

Fachadas Bioclimáticas

Fachadas Bioclimáticas Fachadas Bioclimáticas Automatização para maior conforto ambiental e economia de energia Edifício tradicional da rede combate as cargas para garantir o conforto! Natural da rede Interna Cargas Consequências

Leia mais

ISO 9001:2008 ESCOPO DE FORNECIMENTO

ISO 9001:2008 ESCOPO DE FORNECIMENTO RUA GUILHERME VOLPE, 1422, 14170-530 - PROJETO, DESENVOLVIMENTO, FABRICAÇÃO, INTEGRAÇÃO, INSTALAÇÃO, SUPORTE TÉCNICO E REPARO DE PRODUTOS ELETRO -ELETRÔNICOS, MECÂNICOS, SOFTWARES E SISTEMAS DE INSTRUMENTAÇÃO,

Leia mais

Palavras-chave: qualidade do ar interno, sistemas de climatização, monitoramento remoto, redes de sensores, web services.

Palavras-chave: qualidade do ar interno, sistemas de climatização, monitoramento remoto, redes de sensores, web services. SISTEMA PARA MONITORAMENTO REMOTO SEGURO DE VARIÁVEIS LIGADAS À QUALIDADE DE AMBIENTES INTERNOS CLIMATIZADOS Osvaldo Gogliano Sobrinho 1 ; Renata Maria Marè 2 ; Carlos Eduardo Cugnasca 3 ; Brenda Chaves

Leia mais

Eficiência Energética nos Edifícios em Portugal, Desafios e Perspectivas. Helder Gonçalves LNEG 10 de Julho de 2014

Eficiência Energética nos Edifícios em Portugal, Desafios e Perspectivas. Helder Gonçalves LNEG 10 de Julho de 2014 Eficiência Energética nos Edifícios em Portugal, Desafios e Perspectivas Helder Gonçalves LNEG 10 de Julho de 2014 Tópicos 1. Os Edifícios e o seu contexto Energético i. Contexto actual ii. ICESD 2010

Leia mais

Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br

Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Experiências em Sistemas de Cogeração e Climatização Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Distribuição de gás natural em São Paulo Comgás Gás Brasiliano Gás Natural SPS Citygates Existentes

Leia mais

INBEC Pós-Graduação com Futuro MBA EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS GOIÂNIA-GO

INBEC Pós-Graduação com Futuro MBA EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS GOIÂNIA-GO INBEC Pós-Graduação com Futuro MBA EM CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS Certificação Ambiental de Edificações LEED (Leadership in Energy & Environmental Design) GOIÂNIA-GO REALIZAÇÃO: APOIO: Curso Organizado conforme

Leia mais

I. INFORMAÇÕES GERAIS DA EMPRESA. 1. Razão Social (como deve aparecer no certificado)

I. INFORMAÇÕES GERAIS DA EMPRESA. 1. Razão Social (como deve aparecer no certificado) 2200 Powell St. Suite 725 Emeryville CA 94608 USA Phone: +1.510.452.8000 Fax: +1.510.452.6882 Programa de Conservação Florestal da SCS Formulário para Certificação de Cadeia de Custódia do FSC. Favor digitar

Leia mais

Experiência em Cogeração & Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br

Experiência em Cogeração & Climatização. Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Experiência em Cogeração & Climatização Pedro Luiz M. da Silva Jr. psilva@comgas.com.br Distribuição de gás natural em São Paulo Comgás Gás Brasiliano Gás Natural SPS Citygates Existentes Citygates Projetados

Leia mais

Medição & Verificação

Medição & Verificação Roteiro de apresentação Medição & Verificação Sua Importância para a Análise de Resultados em uma Operação Conceitos Normas Aplicações Planejamento Estudos t d de Caso Conclusões David Douek, Diretor de

Leia mais

Contexto. Smart Cities Benchmark Portugal 2015 13-03-2015 80% Mais de 50% da população do mundo vive hoje em zonas urbanas (34% em 1960).

Contexto. Smart Cities Benchmark Portugal 2015 13-03-2015 80% Mais de 50% da população do mundo vive hoje em zonas urbanas (34% em 1960). Smart Cities Benchmark Portugal 2015 Contexto Mais de 50% da população do mundo vive hoje em zonas urbanas (34% em 1960). 1 Mais de 80% da populção da Europa Ocidental irá viver em zonas em 2020. 2 80%

Leia mais

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº.

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Comissionamento de Infraestrutura Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Resumo: O comissionamento é basicamente a confirmação de um processo ou processos. No entanto, há uma falta de conhecimento de como ele

Leia mais

Eficiência Energética. Roberto Lamberts Labeee-UFSC e CBCS

Eficiência Energética. Roberto Lamberts Labeee-UFSC e CBCS Eficiência Energética Roberto Lamberts Labeee-UFSC e CBCS Estrutura Contextualização Desafios Visão de futuro Contextualização A sociedade vem buscando uma melhora constante na qualidade de vida e demanda

Leia mais

Potencial para Parcerias Tecnológicas com Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs)

Potencial para Parcerias Tecnológicas com Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) CIMES CONGRESSO DE INOVAÇÃO EM MATERIAIS E EQUIPAMENTOS PARA SAÚDE Potencial para Parcerias Tecnológicas com Institutos de Ciência e Tecnologia (ICTs) Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras

Leia mais

Selo LEED de Construção Sustentável

Selo LEED de Construção Sustentável Página: 1/7 Elaborado por: Rita Toscano Verificado por: Karen Carolina Martins Aprovado por: Plínio Pereira Data Aprovação: 19/08/2014 A Empresa abaixo identificada declara conhecer perfeitamente este

Leia mais

Certificações e ensaios de produtos para Brasil e para o mundo. marca ANATEL e acesso a Mercado Global

Certificações e ensaios de produtos para Brasil e para o mundo. marca ANATEL e acesso a Mercado Global Certificações e ensaios de produtos para Brasil e para o mundo Escolha UL para a marca INMETRO, marca ANATEL e acesso a Mercado Global Facilitando o comércio em todo o mundo Experiência global UL é uma

Leia mais

Smart Cities Benchmark Portugal 2015

Smart Cities Benchmark Portugal 2015 Smart Cities Benchmark Portugal 2015 Agenda Introdução & Objetivos Metodologia Cronograma 2 Um Novo Paradigma Tecnológico 40% 25% 3 3 Introdução & Objetivos Mais de 50% da população do mundo vive hoje

Leia mais

CERTIFICAÇÃO LEED: SUSTENTABILIDADE EM EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS PARA CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL

CERTIFICAÇÃO LEED: SUSTENTABILIDADE EM EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS PARA CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL CERTIFICAÇÃO LEED: SUSTENTABILIDADE EM EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS PARA CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL SANTOS, Gislaine Matias dos gislainemaatias@gmail.com Centro de Pós-Graduação Oswaldo Cruz Resumo: Com a

Leia mais

Experiencias en la implementación de la ISO 50.001

Experiencias en la implementación de la ISO 50.001 Experiencias en la implementación de la ISO 50.001 Alberto J. Fossa ONUDI / ICA/Procobre Quito Mayo 2013 Motivación y Justificativas Desafíos y Implementación Novidades e Perspectivas Motivación y Justificativas

Leia mais

ENERGY EFFICIENCY INDICATOR

ENERGY EFFICIENCY INDICATOR ENERGY EFFICIENCY INDICATOR Resultados 2011 Parceiros Brasil 1 A PESQUISA ENERGY EFFICIENCY INDICATOR Em sua quinta edição, a pesquisa atingiu quase 4 mil respondentes A pesquisa global Energy Efficiency

Leia mais

QUALIDADE DO AR INTERIOR

QUALIDADE DO AR INTERIOR QUALIDADE DO AR INTERIOR Opapel dos materiais 07 de Fevereiro de 2009 1 INTRODUÇÃO INTRODUÇÃO 2 INTRODUÇÃO Pré-requisitos / critérios (distribuição por área temática) [%] 23 43 18 29 75% dos pré-requisitos

Leia mais

Green Building & LEED for HOMES

Green Building & LEED for HOMES Certificação de casas e edifícios residenciais multifamiliares no Brasil Green Building & LEED for HOMES Copyright 2012 U.S. Green Building Council 1 Arquiteta Cristina Hana Shoji Master in Architecture

Leia mais

Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT

Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013. Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT Oportunidades de Financiamento no âmbito do tema ICT: Programa de Trabalho 2013 Elisabete Pires Ponto de Contacto Nacional do tema ICT Gabinete de Promoção do 7º Programa-Quadro de IDT Fundação da Ciência

Leia mais

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12

Casa do Futuro. Domótica. Eduardo Santos e Otelo Magalhães. Expressão e Comunicação, 2011-12 Casa do Futuro Domótica Departamento de Informática LEI - Licenciatura em Engenharia Informática Faculdade de Ciências e Tecnologiada Universidade Nova de Lisboa Expressão e Comunicação, 2011-12 INTRODUÇÃO

Leia mais

Relatório de Acção Action Report

Relatório de Acção Action Report Relatório de Acção Action Report CasA+ Building Codes 17 Novembro Expo Energia 09 16 de Dezembro de 2009 Data: 17 Novembro Título: Casas dos anos 70 e 90 revelam mais ineficiência energética Meio: Rádio

Leia mais

ROBERTO DE SOUZA. Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção

ROBERTO DE SOUZA. Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção ROBERTO DE SOUZA Sustentabilidade Conceitos gerais e a realidade no mercado brasileiro da construção SUSTENABILIDADE www.cte.com.br Roberto de Souza roberto@cte.com.br Empresa atuando há 19 anos na cadeia

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR. Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng.

ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR. Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng. ESPECIFICAÇÃO DE PROCESSOS DE CONTROLE AVANÇADOS PARA SISTEMAS DE TRATAMENTO DE AR Eng. Mauricio de Barros mbarros@consultar.eng.br XV Encontro Nacional de Projetistas e Consultores da ABRAVA 23/09/2015

Leia mais

Missão Estratégica sobre BIM França / junho de 2014

Missão Estratégica sobre BIM França / junho de 2014 Missão Estratégica sobre BIM França / junho de 2014 Missão Estratégica sobre BIM na França 02 a 06 de junho de 2014. Delegação de 07 pessoas: representantes do DECONCIC/FIESP, MDIC, SENAI-SP e empresário

Leia mais

MAOTE Instrumentos Financeiros para a Eficiência Energética e Reabilitação Urbana

MAOTE Instrumentos Financeiros para a Eficiência Energética e Reabilitação Urbana MAOTE Instrumentos Financeiros para a Eficiência Energética e Reabilitação Urbana 23 de julho de 2015 Agenda 1. Portugal 2020 - financiamento previsto 2. Enquadramento aos IF 3. Dotações previstas em IF

Leia mais

Protection notice / Copyright notice

Protection notice / Copyright notice Innovation@Siemens Protection notice / Copyright notice Innovation@Siemens Worldwide Megatrends e Respostas Mais de mil milhões de pessoas não têm acesso a água potável Transporte de carga mundial aumentará

Leia mais

O Processo de Comissionamento. Certificação LEED. Leonilton Tomaz Cleto - Yawatz Engenharia Porto Alegre RS 10/11/2010

O Processo de Comissionamento. Certificação LEED. Leonilton Tomaz Cleto - Yawatz Engenharia Porto Alegre RS 10/11/2010 O Processo de Comissionamento dentro do Programa de Certificação LEED Leonilton Tomaz Cleto - Yawatz Engenharia Porto Alegre RS 10/11/2010 O Conceito de Sustentabilidade O conceito de sustentabilidade

Leia mais

Faculdades do SENAC/RS www.senacrs.com.br

Faculdades do SENAC/RS www.senacrs.com.br Faculdades do SENAC/RS www.senacrs.com.br Faculdades do SENAC/RS www.senacrs.com.br Faculdades do SENAC/RS www.senacrs.com.br 9.2. Certificação de Qualificação Profissional e Diploma Faculdades

Leia mais

ESTUDO DE CASO: APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ETIQUETAGEM DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO DE UM EDIFÍCIO TIPO ESCRITÓRIO

ESTUDO DE CASO: APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ETIQUETAGEM DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO DE UM EDIFÍCIO TIPO ESCRITÓRIO ESTUDO DE CASO: APLICAÇÃO DO PROCESSO DE ETIQUETAGEM DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO DE UM EDIFÍCIO TIPO ESCRITÓRIO Thiago Gonçalves de Oliveira Santos (1), Álvaro Messias Bigonha Tibiriçá (2), Joyce Carlo

Leia mais

Economia de Energia. Na Modernização de elevadores

Economia de Energia. Na Modernização de elevadores Economia de Energia Na Modernização de elevadores Importância do Elevador O elevador é o equipamento mais importante do edifício. Moradores de prédios passam em média meia hora por semana dentro do elevador.

Leia mais

WESTERN ASSET MANAGEMENT COMPANY DISTRIBUIDORA DE TÍTULOES E VALORES MOBILIÁRIOS LIMITADA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

WESTERN ASSET MANAGEMENT COMPANY DISTRIBUIDORA DE TÍTULOES E VALORES MOBILIÁRIOS LIMITADA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL WESTERN ASSET MANAGEMENT COMPANY DISTRIBUIDORA DE TÍTULOES E VALORES MOBILIÁRIOS LIMITADA POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Emitida em 01 de julho de 2015 1 1. OBJETIVO A presente Política de

Leia mais

Na direcção de casas passivas. Mecanismos de apoio ao desenvolvimento do mercado de casas passivas

Na direcção de casas passivas. Mecanismos de apoio ao desenvolvimento do mercado de casas passivas Na direcção de casas passivas Mecanismos de apoio ao desenvolvimento do mercado de casas passivas Junho 2007 Índice O MÉTODO PASSIVO PARA POUPAR 1 A ESCOLHA DO FUTURO 1 CASAS PASSIVAS UM GRANDE PASSO NA

Leia mais

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria

AMBIENTE EFICIENTE Consultoria AMBIENTE EFICIENTE Consultoria ESCOPO DOS SERVIÇOS CERTIFICAÇÃO LEED A certificação LEED pode ser aplicada no Brasil em oito tipologias: Novas Construções (New Construction) Edifícios Existentes Operação

Leia mais

Disseminação de fogões a lenha eficientes: uma política necessária para a promoção de serviços energéticos limpos no Brasil

Disseminação de fogões a lenha eficientes: uma política necessária para a promoção de serviços energéticos limpos no Brasil Disseminação de fogões a lenha eficientes: uma política necessária para a promoção de serviços energéticos limpos no Brasil Felipe de Albuquerque Sgarbi Instituto de Energia e Ambiente - USP Recife - Julho,

Leia mais

Certificação de Edifícios

Certificação de Edifícios RT - nome Tensão Envoltória Certificação de Edifícios kwh/m²/ano Método adotado: Prescritivo, equação ou simulação INTRODUÇÃO Classificar o desempenho energético de edifícios está se tornando um aspecto

Leia mais

Energia Solar Térmica. João Farinha Mendes João Pereira Cardoso farinha.mendes@lneg.pt Unidade de Energia Solar

Energia Solar Térmica. João Farinha Mendes João Pereira Cardoso farinha.mendes@lneg.pt Unidade de Energia Solar Energia Solar Térmica João Farinha Mendes João Pereira Cardoso farinha.mendes@lneg.pt Unidade de Energia Solar Portugal - um dos países da Europa com maior disponibilidade de recurso solar... Competências

Leia mais

EFEITOS DA TEMPERATURA OPERATIVA E DO NÍVEL DE CO 2 NO CONSUMO DE ENERGIA EM AMBIENTES ARTIFICIALMENTE CLIMATIZADOS

EFEITOS DA TEMPERATURA OPERATIVA E DO NÍVEL DE CO 2 NO CONSUMO DE ENERGIA EM AMBIENTES ARTIFICIALMENTE CLIMATIZADOS EFEITOS DA TEMPERATURA OPERATIVA E DO NÍVEL DE CO 2 NO CONSUMO DE ENERGIA EM AMBIENTES ARTIFICIALMENTE CLIMATIZADOS Elaine G Ferreira (1) ; Eliane H Suzuki (2) ; Racine T A Prado (3) (1) Escola Politécnica

Leia mais

INDICADOR DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA

INDICADOR DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA INDICADOR DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA Resultados Brasil 2013 1 Copyright 2013 Johnson Controls, Inc. Indicador de Eficiência Energética 2013 DETALHAMENTO REGIONAL A pesquisa do Indicador de Eficiência Energética

Leia mais

Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática. Lenita Pimentel Rafael M. Laurindo

Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática. Lenita Pimentel Rafael M. Laurindo Eficiência Energética x Certificações Ambientais: Uma abordagem prática Apresentação A Método Estrutura Organizacional Certificações Ambientais LEED HQE Exemplos Práticos Cenário Contexto de atuação Cadeia

Leia mais

2ª CONFERÊNCIA PASSIVHAUS PORTUGAL 2014 29 de Novembro de 2014 Aveiro - Centro Cultural e de Congressos

2ª CONFERÊNCIA PASSIVHAUS PORTUGAL 2014 29 de Novembro de 2014 Aveiro - Centro Cultural e de Congressos Organização: Apoio Institucional: Instituto de Investigação e Desenvolvimentos Tecnológico em Ciências da Construção. Local: Cais da Fonte Nova, 3810-200 Aveiro Coordenadas GPS: N 40º 38.290', W 8º 38.683'

Leia mais

A Nova Regulamentação

A Nova Regulamentação A Nova Regulamentação Edifícios de Habitação UEE - Unidade de Eficiência Energética Susana Camelo 1 Evolução Legislação Nacional < 1990: Inexistência de requisitos térmicos na habitação 1990: RCCTE - Regulamento

Leia mais

IntelliPak. Unidades do tipo rooftop comerciais

IntelliPak. Unidades do tipo rooftop comerciais IntelliPak I Unidades do tipo rooftop comerciais Fornecendo eficiência líder na indústria, para atender às demandas comerciais de hoje No mundo dos negócios de hoje, eficiência é tudo. Nunca houve uma

Leia mais

Joana Silva. Edite Regueiro. Maria Alzira Dinis. editeregueiro@gmail.com. madinis@ufp.pt

Joana Silva. Edite Regueiro. Maria Alzira Dinis. editeregueiro@gmail.com. madinis@ufp.pt AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DO AR INTERIOR NUM BLOCO OPERATÓRIO E NUMA CENTRAL DE ESTERILIZAÇÃO UTILIZANDO COMO INDICADOR A CONCENTRAÇÃO DE DIÓXIDO DE CARBONO Joana Silva Licenciada em Engenharia do Ambiente

Leia mais

12ª Conferência Internacional da LARES Centro Brasileiro Britânico, São Paulo - Brasil 19, 20 e 21 de Setembro de 2012

12ª Conferência Internacional da LARES Centro Brasileiro Britânico, São Paulo - Brasil 19, 20 e 21 de Setembro de 2012 12ª Conferência Internacional da LARES Centro Brasileiro Britânico, São Paulo - Brasil 19, 20 e 21 de Setembro de 2012 Contribuição à Sustentabilidade na Edificação por Meio do Monitoramento Contínuo,

Leia mais

A experiência de Belo Horizonte:

A experiência de Belo Horizonte: A experiência de Belo Horizonte: a construção de uma capital sustentável Vasco de Oliveira Araujo Secretário Municipal de Meio Ambiente Prefeitura de Belo Horizonte Junho 2012 Belo Horizonte e RMBH (34

Leia mais

Clean Working Clean Living. Green Paper. O que faz o mundo mudar não são pensamentos, idéias ou palavras... São atitudes! *

Clean Working Clean Living. Green Paper. O que faz o mundo mudar não são pensamentos, idéias ou palavras... São atitudes! * Green Paper O que faz o mundo mudar não são pensamentos, idéias ou palavras... São atitudes! * * Albert Einstein millicare: um parceiro em manutenção para construções já existentes. Operação e Manutenção

Leia mais

Correio da Manhã Online

Correio da Manhã Online Correio da Manhã Online ID: 58285404 09-03-2015 Visitas diárias: 261315 OCS: Correio da Manhã Online http://www.cmjornal.xl.pt/cm_ao_minuto/detalhe/aluno_de_mestrado_cria_barometro_ de_eficiencia_energetica_da_universidade_de_lisboa.html

Leia mais

Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology. Licenciatura em Design e Multimédia/1st Cycle in Design and Multimedia 6.

Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology. Licenciatura em Design e Multimédia/1st Cycle in Design and Multimedia 6. Faculdade de Ciências e Tecnologia/ Faculty of Sciences and Technology Código/ Code Nome disciplina/ Course unit name Ano/Year Sem. ECTS Curso/ Degree programme Obs. 00760 Design e Comunicação/Design and

Leia mais

Auditorias energéticas definição de um plano de ação para edifícios de serviços

Auditorias energéticas definição de um plano de ação para edifícios de serviços Auditorias energéticas definição de um plano de ação para edifícios de serviços Luís Carlos Oliveira Fazenda Dissertação submetida para a obtenção do grau de Mestre em Energias Sustentáveis Instituto Superior

Leia mais

Aspectos metrológicos para eficiência energética de isolantes térmicos para linha branca

Aspectos metrológicos para eficiência energética de isolantes térmicos para linha branca Aspectos metrológicos para eficiência energética de isolantes térmicos para linha branca Carlos E. C. Galhardo Pesquisador Tecnologista em Metrologia dos Materiais (INMETRO/DIMCI/DIMAT) Sumário Isolamento

Leia mais

Painel Energias Limpas

Painel Energias Limpas Painel Energias Limpas Délio Malheiros Secretário Municipal de Meio Ambiente Vice Prefeito Prefeitura de Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil Santa Fé, 11 a 13 de setembro de 2013. 1 Energia Solar no

Leia mais

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA DE SOLUÇÕES ENERGETICAMENTE EFICIENTES PARA UMA EDIFICAÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR

ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA DE SOLUÇÕES ENERGETICAMENTE EFICIENTES PARA UMA EDIFICAÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR ANÁLISE DE VIABILIDADE ECONÔMICA DE SOLUÇÕES ENERGETICAMENTE EFICIENTES PARA UMA EDIFICAÇÃO PÚBLICA DE ENSINO SUPERIOR Laiane Susan Silva Almeida (1) ; Arthur Santos Silva (2) ; Wagner Augusto Andreasi

Leia mais

Desenvolvimento de benchmarks nacionais de consumo energético de edificações em operação

Desenvolvimento de benchmarks nacionais de consumo energético de edificações em operação Comunicação Técnica Desenvolvimento de benchmarks nacionais de consumo energético de edificações em operação Edward Borgstein e Roberto Lamberts CT Energia Versão 1 1/15 Ficha Técnica O documento foi desenvolvido

Leia mais

DUPONT CORIAN RELATÓRIO AMBIENTAL DO PRODUTO

DUPONT CORIAN RELATÓRIO AMBIENTAL DO PRODUTO DUPONT CORIAN RELATÓRIO AMBIENTAL DO PRODUTO 1. OBJETIVO Fornecer à força de vendas, clientes e parceiros comerciais, informações relevantes e objetivas sobre as propriedades técnicas de Corian e seu potencial

Leia mais

CTE EQUIPE DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE PONTA. empreendimentos já certificados LEED NC e CS

CTE EQUIPE DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE PONTA. empreendimentos já certificados LEED NC e CS CTE EQUIPE DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA DE PONTA ü Mais de empreendimentos já certificados LEED NC e CS ü Todos com simulação termo-energética realizada por equipe especializada interna ü Atualmente temos

Leia mais

Sistema de gestão de energia Norma ISO 50001

Sistema de gestão de energia Norma ISO 50001 Sistema de gestão de energia Norma ISO 50001 A norma ISO 50001:2011, publicada em Junho de 2011, foi desenvolvida pela Organização Internacional de Normalização (ISO), como o futuro referencial para a

Leia mais

Arquitetura de Museus Frente às Demandas Ambientais

Arquitetura de Museus Frente às Demandas Ambientais Arquitetura de Museus Frente às Demandas Ambientais Marina Byrro Ribeiro Mestre em Conforto Ambiental PROARQ / FAU / UFRJ Doutoranda no PROARQ / FAU / UFRJ Resumo: Em termos de controle e conforto ambientais

Leia mais

ZANETTINI ARQUITETURA

ZANETTINI ARQUITETURA Reconhecido como um dos principais escritórios do segmento no Brasil, com mais de 50 anos de história, a Zanettini Arquitetura é uma empresa de excelência em design arquitetônico contemporâneo, planejamento

Leia mais

CONSUMO ENERGÉTICO, CONFORTO E QUALIDADE DO AR EM SALAS DE AULA DE EDIFÍCIOS ESCOLARES DO PERÍODO JCETS - MOP

CONSUMO ENERGÉTICO, CONFORTO E QUALIDADE DO AR EM SALAS DE AULA DE EDIFÍCIOS ESCOLARES DO PERÍODO JCETS - MOP Coimbra, Portugal, 2012 CONSUMO ENERGÉTICO, CONFORTO E QUALIDADE DO AR EM SALAS DE AULA DE EDIFÍCIOS ESCOLARES DO PERÍODO JCETS - MOP Rogério Duarte 1 * e Marco Pereira 2 1: Departamento de Engenharia

Leia mais

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO SELO

FORMULÁRIO DE CANDIDATURA AO SELO IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA CANDIDATA DESIGNAÇÃO MORADA DA SEDE CAE NOME DO RESPONSAVEL PELA CANDIDATURA FUNÇÃO NA EMPRESA CONTACTOS Telefone Telemóvel Email @ 2. AMBIENTE A empresa dispõe de Sistema de Gestão

Leia mais

Monitoramento do uso de energia: o poder da informação

Monitoramento do uso de energia: o poder da informação Monitoramento do uso de energia: o poder da informação Aproveite as oportunidades de economizar custos e melhore o desempenho dos edifícios com uma solução comprovada. Junho de 2011 / White Paper Make

Leia mais

XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações

XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações Livro de actas do XI Congresso Nacional de Engenharia do Ambiente Certificação Ambiental e Responsabilização Social nas Organizações 20 e 21 de Maio de 2011 Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

Leia mais

EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING

EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING EDIFÍCIOS INTELIGENTES X CERTIFICAÇÃO GREEN BUILDING Dilmer Rodrigues, Sergio Perensin Centro Universitário Fundação Santo André (FSA) Av. Príncipe de Gales, 821 - Bairro Príncipe de Gales - Santo André,

Leia mais

Passive Houses em Ílhavo

Passive Houses em Ílhavo s em Ílhavo João Gavião Arquitecto, Assessor LiderA; Certified Designer João Marcelino Eng.º Civil, Perito Qualificado RCCTE, Certified Designer Porquê 01_Introdução 02_O conceito 03_As primeiras s 04_

Leia mais

Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Brasil. Resumo - Resultados Parceiros Brasil

Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Brasil. Resumo - Resultados Parceiros Brasil Pesquisa Energy Efficiency Indicator 2011 Resultados - Parceiros Resumo - Resultados Parceiros Agosto de 2011 Introdução A quinta edição da pesquisa anual Energy Efficiency Indicator, analisou a opinião

Leia mais

TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS

TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS TECNOLOGIAS E PRODUTOS SUSTENTÁVEIS ENGº. MARCOS CASADO Gerente Técnico LEED Tópicos a serem abordados: Objetivos Conceitos: ECOPRODUTOS - Produtos recomendados - Produtos corretos - Produtos aceitáveis

Leia mais

A participação portuguesa no Horizonte 2020

A participação portuguesa no Horizonte 2020 Infoday Nacional de Energia A participação portuguesa no Horizonte 2020 Ordem dos Engenheiros Lisboa, 9 de Outubro de 2015 Participação Portuguesa no FP7 vs H2020 FP7 FP7 H2020 H2020 Participação média

Leia mais

Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra Institute of Systems Engineering and Computers INESC - Coimbra

Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra Institute of Systems Engineering and Computers INESC - Coimbra Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra Institute of Systems Engineering and Computers INESC - Coimbra António Manuel Almeida António Gomes Martins O RSECE e a Iluminação - Uma contribuição

Leia mais

Stand by Air On Reset Reset Alarm Off Test Test Reset Stand by Air On Reset Alarm Off 3000 min. 940 ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,

Leia mais

Avaliação da Qualidade do Ar em Piscinas Cobertas

Avaliação da Qualidade do Ar em Piscinas Cobertas Avaliação da Qualidade do Ar em Piscinas Cobertas Aguiar, F.(1); Alves, S.(4); Barreiros, C.(2); Duarte, ME.(2); Pires, AF.(1); Madeira, CP.(2); Mateus, I.(3); Matos, A.(2); Nobre, ML.(1); Noronha V.(2);

Leia mais

CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL EM HOSPITAIS CRIAÇÃO DE VALOR

CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL EM HOSPITAIS CRIAÇÃO DE VALOR 1 CERTIFICAÇÃO AMBIENTAL EM HOSPITAIS CRIAÇÃO DE VALOR EDIFÍCIOS SAUDÁVEIS One-Stop-Shop for Sustainable Buildings Economia energia e água Bem-Estar e/ou Produtividade qualidade do ambiente interior Imagem

Leia mais

SEMINÁRIO FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES: CONTRIBUIÇÃO DOS ETICS/ARGAMASSAS TÉRMICAS FACHADAS EFICIENTES NO DESEMPENHO ENERGÉTICO DE EDIFÍCIOS

SEMINÁRIO FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES: CONTRIBUIÇÃO DOS ETICS/ARGAMASSAS TÉRMICAS FACHADAS EFICIENTES NO DESEMPENHO ENERGÉTICO DE EDIFÍCIOS SEMINÁRIO FACHADAS ENERGETICAMENTE EFICIENTES: CONTRIBUIÇÃO DOS ETICS/ARGAMASSAS TÉRMICAS FACHADAS EFICIENTES NO DESEMPENHO ENERGÉTICO DE EDIFÍCIOS LISBOA, 10 DE MAIO DE 2012 ADENE Agencia para a Energia

Leia mais

Energias renováveis. Fontes de financiamento e utilização em projectos de I&D. Edifício Inovisa II

Energias renováveis. Fontes de financiamento e utilização em projectos de I&D. Edifício Inovisa II Energias renováveis Fontes de financiamento e utilização em projectos de I&D Edifício Inovisa II I Ciclo de Conferências do Centenário da AEISA GreenISA 11 ISA, Lisboa, 25 Março 2011 Mapa da apresentação

Leia mais

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial

COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada COMPETIR + Sistema de Incentivos para a Competitividade Empresarial Subsistemas Fomento da Base Económica de Exportação Desenvolvimento Local Empreendedorismo

Leia mais

SINDUSCON-RS - Certificação ambiental de Edifícios. Porto Alegre (RS), 23 de Outubro de 2014

SINDUSCON-RS - Certificação ambiental de Edifícios. Porto Alegre (RS), 23 de Outubro de 2014 SINDUSCON-RS - Certificação ambiental de Edifícios Porto Alegre (RS), 23 de Outubro de 2014 Sustentabilidade Integrada na Construção Civil Índice Apresentação da ETRIA Histórico e contexto da sustentabilidade

Leia mais

COLEÇÃO DE CARPETES ACE PISOS E REVESTIMENTOS

COLEÇÃO DE CARPETES ACE PISOS E REVESTIMENTOS COLEÇÃO DE CARPETES ACE PISOS E REVESTIMENTOS 2013 ACE Revestimentos Distribuição autorizada Shaw Contract Group. A ACE Pisos e Revestimentos oferece ao mercado Brasileiro os carpetes da Shaw Contract

Leia mais

IMPORTÂNCIA DOS ENSAIOS DE RECEPÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO APLICAÇÃO AO CASO CONCRETO DE UMA PISCINA

IMPORTÂNCIA DOS ENSAIOS DE RECEPÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO APLICAÇÃO AO CASO CONCRETO DE UMA PISCINA IMPORTÂNCIA DOS ENSAIOS DE RECEPÇÃO DAS INSTALAÇÕES DE CLIMATIZAÇÃO APLICAÇÃO AO CASO CONCRETO DE UMA PISCINA Castro, Manuel Dias - mcastro@fe.up.pt DEMEGI, Faculdade de Engenharia do Porto Rua Dr. Roberto

Leia mais

ISO 9001:2008 ESCOPO DE FORNECIMENTO

ISO 9001:2008 ESCOPO DE FORNECIMENTO Certificação Conferida à BELLELLI ZUBARAN AV. PROFESSOR MAGALHAES NETO, 1856, EDIFICIO TK TOWER, SALAS 1101 E 1108, PITUBA, 41810-012 - SALVADOR/BA BRASIL Bureau Veritas Certification certifica que o Sistema

Leia mais

Ferramentas de apoio à geração distribuída

Ferramentas de apoio à geração distribuída Ferramentas de apoio à geração distribuída Paula Scheidt Manoel Seminário Micro e Minigeração Distribuída ANEEL 09 de abril de 2014 Sobre o Ideal Criado em fevereiro de 2007, com sede em Florianópolis

Leia mais

SOLUÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA REABILITAÇÃO DE EDIFÍCIOS Uma perspetiva de análise técnico-económica

SOLUÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA REABILITAÇÃO DE EDIFÍCIOS Uma perspetiva de análise técnico-económica SOLUÇÕES DE EFICIÊNCIA ENERGÉTICA NA REABILITAÇÃO DE EDIFÍCIOS Uma perspetiva de análise técnico-económica Ana Brandão de Vasconcelos 1 avasconcelos@lnec.pt Armando Costa Manso 3 acmanso@lnec.pt Manuel

Leia mais

O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado

O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado O Sistema de Certificação Energética como plataforma integrada de gestão do património edificado ENERGY FOR SMART CITIES Cascais Painel Built Environment Lisboa, 28 a 30 de Novembro de 2012 Joana Fernandes

Leia mais

AVALIAÇÃO ENERGÉTICA VISANDO CERTIFICAÇÃO DE PRÉDIO VERDE

AVALIAÇÃO ENERGÉTICA VISANDO CERTIFICAÇÃO DE PRÉDIO VERDE AVALIAÇÃO ENERGÉTICA VISANDO CERTIFICAÇÃO DE PRÉDIO VERDE Maria Fernanda Martinez (1); Marta Baltar Alves (2); Paulo Otto Beyer (3) (1) Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica - Universidade Federal

Leia mais

PROGRAMAS DAS PROVAS

PROGRAMAS DAS PROVAS ENGENHEIRO CIVIL (prova objetiva) PORTUGUÊS: PROGRAMAS DAS PROVAS 1. Compreensão de textos informativos e argumentativos e de textos de ordem prática (ordens de serviço, instruções, cartas e ofícios).

Leia mais

BELÉM - PA INSCRIÇÕES ABERTAS - VAGAS LIMITADAS. Realização: Apoio: Curso Organizado conforme as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e

BELÉM - PA INSCRIÇÕES ABERTAS - VAGAS LIMITADAS. Realização: Apoio: Curso Organizado conforme as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e BELÉM - PA INSCRIÇÕES ABERTAS - VAGAS LIMITADAS Realização: Apoio: Curso Organizado conforme as Resoluções CNE/CES nº 1, de 3 de abril de 2001 e UNIVERSIDADE CIDADE DE SÃO CNE/CES PAULO - nº UNICID 1,

Leia mais

Programa do Governo Federal vinculado ao Ministério das Minas e Energia, criado em 1985 e executado pela Eletrobras

Programa do Governo Federal vinculado ao Ministério das Minas e Energia, criado em 1985 e executado pela Eletrobras The National Electrical Energy Conservation Program Programa do Governo Federal vinculado ao Ministério das Minas e Energia, criado em 1985 e executado pela Eletrobras Missão: Articular o Setor Elétrico

Leia mais