REVISTA DO AMIGO AGOSTO DE QUEM SOMOS O segredo é abrir o coração. ACONTECEU Copa do Mundo 2014: Unindo Nacionalidades

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "REVISTA DO AMIGO AGOSTO DE 2014. QUEM SOMOS O segredo é abrir o coração. ACONTECEU Copa do Mundo 2014: Unindo Nacionalidades"

Transcrição

1 REVISTA DO AMIGO AGOSTO DE QUEM SOMOS O segredo é abrir o coração RECONHECIMENTO Gestor da Aldeias Infantis SOS de Porto Alegre é homenageado ACONTECEU Copa do Mundo 2014: Unindo Nacionalidades

2 Sumário REVISTA DO AMIGO AGOSTO DE QUEM SOMOS Aldeias Infantis SOS no território brasileiro! 8 PARA ONDE VAMOS Novas instalações em Jacarepaguá reafirmam qualidade no atendimento 12 AÇÕES E PARCERIAS Electrolux faz doação à Aldeias Infantis SOS de Rio Bonito 14 ACONTECEU Aldeias Infantis SOS Brasil no Fórum Mundial de Direitos Humanos QUEM SOMOS O segredo é abrir o coração RECONHECIMENTO Gestor da Aldeias Infantis SOS de Porto Alegre é homenageado ACONTECEU Copa do Mundo 2014: Unindo Nacionalidades 9 RECONHECIMENTO Aldeias Infantis SOS da Paraíba comemora 27 anos de fundação 10 OLHAR ATENTO! Infâncias Desaparecidas 18 ALDEIAS Jovens atletas da Aldeias Infantis SOS de Poá representaram o Brasil no Campeonato Mundial de Futebol na Polônia 19 DEDICAÇÃO Inclusão de sonhos e oportunidades Expediente: Periodicidade: Trimestral, Distribuição: Gratuita, Tiragem: 3,5 mil - Fotos: Arquivo Aldeias Infantis SOS Brasil Diretor-Presidente: Paulo G. de Castro Júnior Gestora Nacional: Sandra Greco da Fonseca Coordenação Geral: Filipe Páscoa (Diretor de Captação de Recursos e Comunicação) Gerente de Comunicação: Karen Patines (MTb 50336/SP) Projeto Gráfico e Revisão: Kanova Comunicação Ltda. - Fone: Impressão: Centro Gráfica - Conselho Diretor - Gestão 2013/2016 Diretor-Presidente: Paulo G. de Castro Júnior Diretor Vice-Presidente: Pedro Paulo Elejalde de Campos Diretor Tesoureiro: Henry Alain François Ubersfeld Membro do Conselho Diretor: Maurice Marie Joseph Van Den Berch Membros do Conselho Diretor Salete Sirlei Valesan Camba Andrea Huggard Caine Reti Conselho Fiscal (Gestão ) Camille El-Khouri Antonio Luis Parkinson de Castro Firmino Mauro Custódio Jose Ricardo de Moraes Pinto

3 EDITORIAL Prezado Amigo SOS, O ano de 2014 transcorre dentro do planejado para a maioria na nossa Organização, o que significa ainda muitos desafios e trabalho pela frente! Neste sentido, podemos afirmar que os valores, objetivos e critérios que orientam o nosso trabalho e ações continuam intactos e firmes. Com isso, podemos também manter a concentração e dedicação que são necessárias para enfrentar os desafios e dificuldades do nosso trabalho, conquistar os objetivos e novos patamares. O futuro será construído por aqueles que possuem missões desafiadoras com visões claras, e que pertencem e são apoiados por grupos de trabalho e comunidades fortes. Assim, pretendemos proporcionar a todos os colaboradores e Amigos SOS o sentimento de pertencer a comunidade SOS, em um ambiente propício para o crescimento. Apenas a partir desta base sólida, podemos assumir responsabilidades e desafios de cuidar e potencializar as crianças, famílias e comunidades com quem trabalhamos. Neste sentido, o trabalho da gestão desta Organização é de dar clareza, segurança e condições para que cada colaborador possa desempenhar seu trabalho, manter e atrair cada vez mais Amigos SOS e parceiros para nossa causa. Em breve, iniciaremos o processo de planejamento para Apesar dos fortes sentimentos e tantas conquistas, os desafios e necessidades neste país que ainda possui muita desigualdade, continuam enormes. Assim, este novo ciclo deve primeiramente proporcionar um momento para celebrar as nossas conquistas, para valorizar e reconhecer cada parceiro e Amigo SOS que temos, e ainda buscar novos Amigos SOS e parceiros para garantir o futuro. É também o momento de renovar o nosso compromisso e redobrar os esforços perante as crianças, adolescentes e jovens que cuidamos, e as famílias e comunidades com quem trabalhamos. Portanto, aproveito este momento para agradecer a todos os colaboradores, Amigos SOS e parceiros pela colaboração e contribuição, para que juntos possamos garantir os direitos e desenvolver as vidas de muitas crianças, adolescentes e jovens que merecem o nosso respeito, e que urgentemente precisam do nosso cuidado. Aproveitem a leitura. Paulo G. de Castro Junior Presidente do Conselho Diretor Aldeias Infantis SOS Brasil Entregue este cupom a alguém especial e convide-o a se tornar um Amigo SOS SIM, quero me tornar um AMIGO SOS com uma contribuição de: R$ 30,00 25,00 R$ 40,00 R$ 50,00 R$ 100,00 Periodicidade: mensal Cod: AGO_14 Autorizo debitar em minha conta corrente: ITAÚ BRADESCO SANTANDER BANCO DO BRASIL Agência: Ou em meu cartão de crédito: VISA MASTERCARD ELO Conta Corrente: Nº do cartão: Validade: Cod. de Segurança: Nome Completo: Sexo: Masc. Fem. Endereço: Nº Complemento: Cidade: UF: CEP: Tel. 1: Tel. 2: CPF: Ass: edição nº 11 / 2014 ENVIE ESTE CUPOM PARA O FAX: (11) ou preencha no site ou ainda envie por correio: R. José Antonio Coelho, CEP São Paulo - SP - Fone (11)

4 QUEM SOMOS Aldeias Infantis SOS no território brasileiro! Trabalha pela promoção integral dos direitos da criança e do adolescente, na perspectiva de reestruturação e reintegração social por meio de um programa que atua em três vertentes: Acolhimento, Fortalecimento Familiar e Comunitário e Advocacy. Uma Organização sem fins lucrativos, de promoção ao desenvolvimento social que trabalha desde 1949, na defesa, garantia e promoção dos direitos de crianças, adolescentes e jovens. O foco, em 133 países e territórios, são crianças em situação de vulnerabilidade social, que perderam ou estão prestes a perder os cuidados de suas famílias. No Brasil, o trabalho começou em 1968 em Porto Alegre. Programas novos: AL: Maceio SP: Rio Claro, Lorena e Pirassununga Programas já existentes: AM: Manaus BA: Lauro de Freitas DF: Brasília MG: Juiz de Fora PB: João Pessoa PE: Igarassu PR: Goioerê e Foz do Iguaçu RJ: Jacarepaguá RN: Caicó e Natal RS: Porto Alegre e Santa Maria SE: Aracaju SP: Poá, Campinas, São Bernardo do Campo e Rio Bonito 4 edição nº 11 / 2014 Programas em prospecção: CE: Fortaleza MA: São Luis PA: Belém PE: Recife Esse trabalho é subsidiado por pessoas físicas que contribuem com um valor mensal, e por parcerias com empresas, que financiam projetos e convênios com o Poder Público. Além do apoio financeiro, a Organização conta com a divulgação de embaixadores internacionais e nacionais. Tanto o Acolhimento quanto o Fortalecimento Familiar e Comunitário são desenvolvidos em 23 programas presentes em 12 estados brasileiros e no Distrito Federal. Foram cerca de 120 mil crianças, adolescentes e jovens participantes nestes 47 anos de atuação. Além do atendimento direto, a Aldeias Infantis SOS Brasil atua na promoção, defesa e garantia integral dos direitos das crianças adolescentes e jovens com foco na convivência familiar e comunitária. Isto é feito através da forte participação em diversas redes de proteção, campanhas e com um intenso trabalho de apoio em políticas públicas junto a conselhos municipais, estaduais e federal (CONANDA), com o objetivo de trazer ou evitar mudanças que firam os direitos da criança e do adolescente.

5 QUEM SOMOS O segredo é abrir o coração Mãe Social (Cuidadora Residente) da Aldeias Infantis SOS de Juiz de Fora fala sobre sua experiência de amor e dedicação com as crianças e adolescentes Cresci amando as crianças a minha volta. Minha vocação é, sem dúvida, oferecer cuidado, educação e carinho. Regina Maria de Fátima Oliveira, mais conhecida como Tia Regina começou a trabalhar aos 14 anos de idade em uma casa de família. Durante o dia era babá de duas crianças: Leonardo e Catarina, e a noite fazia o antigo Curso Normal (Magistério). Quando se formou, trabalhou durante anos como professora de educação infantil, na zona rural. Era um prazer enorme oferecer conhecimento a elas, relembra. Mas foi em 1996, quando conheceu o trabalho da Aldeias Infantis SOS Brasil e que se encantou com a possibilidade de fazer parte do projeto. Fui para São Paulo, visitei as Casas Lares de Poá, Rio Bonito e São Bernardo do Campo para ver de perto e comprovar o que era ser Mãe Social (Cuidadora Residente). Voltei para Minas Gerais decidida. Quero esse desafio para mim. Em seguida, passou pelo processo de seleção e treinamento e, em 17 de fevereiro de 1997 assumiu os cuidados do primeiro grupo de filhos sociais. Em 2014, completou 17 anos como Mãe Social (Cuidadora Residente) na Aldeias Infantis SOS de Juiz de Fora e conta que criou fortes laços de amor: Os meninos que já saíram me visitam sempre que podem. No dia das mães, três deles vieram à minha casa, passaram o dia comigo e ainda ganhei uma bolsa linda. Quando preciso de alguma coisa, sei que posso contar, pedir ajuda. Se estou doente, algum deles sempre está junto comigo. Hoje, são eles que me dão colinho. Apesar de ser uma profissão como outras em questões legais, a Mãe Social tem um perfil especial, com alguns segredinhos: Para ser uma boa Mãe Social (Cuidadora Residente) é preciso abrir o coração, se doar, sentir que é sua missão de vida. Assim você consegue provar que tudo é possível, mesmo aquelas situações mais difíceis podem se transformar. O importante é caminhar em uma direção positiva. Respeitar a individualidade de cada um e ter diálogo. Dessa forma, vejo que meu trabalho resultou em bons frutos e sempre valeu a pena. Com 50 anos de idade, ao todo somam mais de 30 histórias de vida que já passaram pelos cuidados da Tia Regina. Atualmente tem realizado um amplo trabalho de apoio às famílias da comunidade do entorno, apoiando os jovens em seu processo de emancipação, principalmente no processo de inserção ao mercado de trabalho. Nas horas de folga gosta de estar ao lado de sua família e amigos e, ainda se dedica à Pastoral da Criança da região. edição nº 11 /

6 QUEM SOMOS História de Sucesso Seu maior sonho: Salvar vidas! Mauricio de Jesus Santiago, 25 anos, nasceu e cresceu em Lauro de Freitas, Bahia. Atualmente, mora, estuda e trabalha na Costa Rica, América Central. Chegou a Aldeias SOS, com 2 anos de idade junto da sua irmã biológica Mariana de 3 anos. Determinado e perseverante buscou voos altos e hoje conta com orgulho sua história e conquistas: Qual a sua recordação mais marcante do tempo que viveu na Aldeias SOS? Na Infância, os momentos de descontração com meus irmãos sociais, tínhamos várias oficinas: artesanato, música, corte e costura e muitas recreações. Esses momentos foram fundamentais na minha vida, pois pude descobrir minhas habilidades e talentos. E na adolescência, minha dedicação e determinação acadêmica: eu tinha uma bolsa de estudo num colégio particular que ficava relativamente longe da minha Aldeias SOS, então eu tinha que acordar às 5 horas da manhã todos os dias, para chegar às 8 horas. Fazia isso com muito esmero e alegria. O que você aprendeu morando na Aldeias SOS e qual o princípio fundamental que carrega para sua vida até hoje? A importância de uma família: a Aldeias SOS é minha família, me educou e me deu valores fundamentais para entender o mundo e suas peculiaridades. E também o valor do Amor, por ser amado e querido por todos que me instruíram, hoje sou capaz de amar e ser humano. E, como princípio: Tudo é possível, eu acredito que eu posso ser o que eu quiser ser, desde que eu trabalhe incansavelmente para fazer isso possível. Quais eram seus sonhos quando morava na Aldeias SOS? Eles se realizaram? Desde criança eu sonhava em ser um bombeiro, pois me encantava o fato de poder salvar vidas. Infelizmente não pude cumprir esse encanto originalmente, pois à medida que fui crescendo, eu notei que podemos salvar vidas de várias maneiras: educando, criando e inspirando as vidas, para não ser necessário salvá-las. Hoje eu posso fazer tudo isso através do meu trabalho como professor. 6 edição nº 11 / 2014

7 QUEM SOMOS Portanto, eu posso dizer que meu sonho primordial está sendo fortalecido com base nas minhas oportunidades e experiências de vida, pois eu acredito que os sonhos não se acabam e nem se realizam. Eles se fortalecem. Quanto tempo morou na Aldeias SOS e como foi sua saída? Durante 15 anos. Minha saída foi transitória, porque quando eu tinha 17 anos de idade ganhei outra bolsa de estudos (após passar por um processo seletivo com vários aldeanos nacionais) para ir a um colégio internacional na Costa Rica: Colégio do Mundo Unido. Ao chegar lá encontrei outra família, com características multiculturais (estudantes de 84 países) e um espírito de comunidade fundamentados no multiculturalismo, paz e meio ambiente. Portanto, minha saída foi uma das melhores coisas que aconteceram na minha vida. Você já visitou a Aldeias SOS onde morou? O que sentiu? Sim. Já estou morando fora do Brasil (meu porto seguro ) há 8 anos, mas sempre voltei às minhas raízes, pelo menos uma vez cada um desses 8 anos. Para mim é crucial voltar ao meu porto seguro, para recarregar minha bateria cultural e visitar minha família. Sempre que volto tento levar um pouco dos resultados das minhas conquistas pelo mundo. Exemplo: uma das ações mais significativas que fiz em benefício da minha origem foi um projeto de paz chamado Peace Me the Ball. Esse projeto foi desenvolvido na minha Aldeia SOS com o objetivo central de promover a paz através do futebol no período de 01 de Junho a 30 de Agosto de em Idiomas e Culturas). Escolhi morar fora pelas oportunidades de crescimento pessoal e profissional, sou um cidadão do mundo e estou me capacitando e aproveitando todas as chances relacionadas ao meu sonho primordial: Ser um bombeiro. No período da Copa você esteve no Brasil novamente trazendo americanos para conhecer as belezas do nosso país. Conte-nos um pouco dessa experiência. Fui convidado por uma agencia de viagem e TV (destinostv.com), para levar um grupo de turistas (68 costarriquenhos) para conhecer o Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Minha responsabilidade foi me certificar que todos os detalhes logísticos funcionassem como tínhamos planejado anteriormente. E tudo funcionou perfeitamente, tivemos uma experiência inesquecível nas cidades e vivemos a emoção da Copa ao máximo. Fomos aos estádios Maracanã e Mineirão e assistimos jogos muito emocionantes, também visitamos os pontos turísticos mais importantes destas cidades. Tudo foi maravilhoso e muito bem feito. O que você deseja para as crianças e adolescentes que fazem parte da Aldeias SOS? O melhor é que acreditem que tudo é possível e não tenham limites para sonhar, pois nossos sonhos alimentam nossa vontade de crescer e se eles podem ver os sonhos como forma de crescer, serão cidadãos úteis e inconformados com suas realidades: serão agentes de mudanças nas vidas deles e depois em suas comunidades. Conte um pouquinho sobre como é ser professor e porque escolheu morar fora do Brasil. Trabalho como Professor de Português numa fundação de estudos brasileiros, também sou o diretor de ações sociais desta fundação. Desenvolvemos ações de fortalecimento comunitário em bairros desfavorecidos. Estou fazendo meu MBA online numa universidade norte-americana. Entretanto, antes de me estabelecer por aqui eu tive experiência uma profissional na Suíça (trabalhando com a Swiss Airlines), experiência de mochileiro pela América do Sul durante 6 meses e uma experiência universitária nos EUA (Licenciatura em Negócios Internacionais com ênfase edição nº 11 /

8 PARA ONDE VAMOS Novas instalações em Jacarepaguá reafirmam qualidade no atendimento 8 edição nº 11 / 2014 A cidade do Rio de Janeiro vem se preparando para receber uma série de eventos internacionais, dentre os mais importantes do mundo, os Jogos Olímpicos A preparação para estes eventos está provocando mudanças profundas na forma de pensar e planejar a cidade e com isso, toda população vem sentindo os impactos. Cerca de 30 mil famílias foram desapropriadas na capital para dar lugar a novas instalações esportivas, vias para tráfego de ônibus ou para melhoria na infraestrutura turística carioca. Em maio de 2011, a Aldeias Infantis SOS de Jacarepaguá tomou ciência que o condomínio estava incluído na área a ser desapropriada. Apesar da grande mobilização, as várias reuniões e estudos, a preservação não foi possível e as obras de construção tiveram início. Na época o condomínio atendia 100 crianças e adolescentes acolhidos. Com a determinação de todos, esta nova situação passou de preocupação para oportunidade, principalmente, no sentido de adequar as Casas Lares como estabelece a nova legislação. As Mães Sociais (cuidadoras residentes), as crianças, os adolescentes e colaboradores foram sendo sensibilizados pelos dispositivos da Metodologia do Enfoque Integral, o que ofereceu protagonismo e corresponsabilidade a todos. Como encerramento foi realizado um evento de despedida, chamado Aquele Abraço. A proposta reuniu todas as pessoas que direta ou indiretamente tiveram envolvimento com a Aldeias SOS de Jacarepaguá nestes 30 anos na região. E assim foi realizado um grande abraço coletivo pelos presentes, como sinal de agradecimento a tudo que ali foi vivenciado. Paralelamente, as novas casas foram escolhidas a partir dos requisitos como localização de fácil acesso à escolas, postos de saúde e toda infraestrutura que facilitasse o trabalho das Mães Sociais (cuidadoras residentes) no acesso aos serviços, sem esquecer-se do aspecto segurança. A busca foi um verdadeiro desafio, pois para atender com conforto e qualidade, as novas casas deveriam seguir o padrão das existentes nos condomínios, ou seja, espaçosas, arejadas e com cômodos amplos para oferecer conforto e aconchego às crianças e cuidadoras. Com os novos espaços alugados, foi visível a transformação de todos; totalmente motivados e engajados para esse novo momento. As crianças participaram da preparação das casas, todos contribuíram na limpeza e ambiência. O objetivo desse mutirão foi criar o sentimento de pertencimento em todos os envolvidos. É visível a positiva transformação das crianças e adolescentes, nesta nova configuração. Começando pelo resgate da autoestima, principalmente pelos adolescentes, pois elimina de vez o rótulo institucional. As Cuidadoras perceberam que há mais união e cooperação entre eles. Estão mais tranquilos, ficam mais em casa e a interação com a comunidade está acontecendo de forma espontânea. Os novos vizinhos acolheram bem e se prontificaram para o que precisarem., conta Wanderley Marcondes, gestor do Programa em Jacarepaguá. Para o escritório local foi alugado um espaço próximo às casas, o que facilita o trabalho dos técnicos que acompanham periodicamente as crianças e adolescentes. Concluindo essa etapa no dia 17/06, a Gestora Nacional Sandra Greco da Fonseca assinou toda documentação de entrega do espaço. A partir daí, iniciou-se a demolição das edificações. Acreditamos que a Aldeias Infantis SOS vem se solidificando na contemporaneidade e no diferencial de qualidade na garantia e defesa dos direitos de Crianças e Adolescentes. Estamos à frente no que tange ao acolhimento institucional e no que preconiza o Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária. Atores do sistema de Garantia de Direitos - Ministério Público, Conselho Municipal de Direitos, Juizado da Infância e da sociedade civil, reconhecem a qualidade que oferecemos aos nossos acolhidos e nos credenciam como uma das melhores Organizações Sociais do município, ressalta Wanderley.

9 RECONHECIMENTO Votação online premia Aldeias Infantis SOS Brasil No mês de Fevereiro, a Aldeias Infantis SOS Brasil foi selecionada para receber uma doação de US$ da Staples Foundation pelo programa 2 Million & Change. A seleção foi feita por uma votação online dos associados da Staples Brasil no ano passado. No dia 20 de Março, nosso Gerente de Relacionamento Corporativo, Marcelo Paiva, recebeu um cheque simbólico do prêmio em nome da Organização e ainda teve a oportunidade de apresentar o nosso trabalho para todos os funcionários da Gestor da Aldeias Infantis SOS de Porto Alegre é homenageado No mês passado, o gestor da Aldeias SOS de Porto Alegre, Eneas Palmeira, recebeu um reconhecimento da Prefeitura de Porto Alegre como Prefeito de Bairro das mãos do prefeito José Fortunati e do vice-prefeito de Porto Alegre, referente à articulação junto a empresários e moradores da vila onde moram para melhorias em calçadas, iluminação, limpeza de arroio e outras benfeitorias. Na semana em que comemoramos 242 anos temos que homenagear e reconhecer as pessoas que fazem a diferença na cidade afirmou o prefeito na reunião realizada no Salão Nobre do Paço Municipal junto a 50 lideranças comunitárias no dia 28 de Março. Conversaram sobre avanços Aldeias Infantis SOS da Paraíba comemora 27 anos de fundação Staples Brasil. Esse recurso será utilizado na manutenção e ampliação das atividades da Organização. e problemas enfrentados em suas regiões e também foi destacada a importância da participação e compartilhamento das responsabilidades pelos cuidados, preservação e manutenção dos espaços públicos. No dia 31/05, a Aldeias Infantis SOS da Paraíba completou seu 27 aniversário de fundação. Este ano a data foi comemorada com a equipe de colaboradores no Centro Social. Também estiveram presentes os pais e educandos do Projeto Com Vivência, representantes das comunidades parceiras e as crianças e os adolescentes do Acolhimento Institucional. Durante a comemoração, a gestora Ana Lúcia Félix contou um pouco a história da Organização na Paraíba. Na sequência da programação, os educandos realizaram contações de histórias, apresentação musical com instrumentos de percussão e um coral. Antes do tradicional parabéns, todos os presentes se confraternizaram em uma enorme ciranda. edição nº 11 /

10 OLHAR ATENTO! Infâncias Desaparecidas Lugar de criança não é em uma atividade repetitiva ou que a exponha arduamente a busca pela sua sobrevivência. Este é o lugar dos adultos 10 edição nº 11 / 2014 por Fábio José Garcia Paes Falar hoje de direitos humanos de crianças e adolescentes se transformou em assunto de gente que quer falar de direitos e não de deveres. Que sempre evita o esquecimento dos direitos e deveres definidos nas cartas internacionais e nacionais da infância. Frases como: Quem defende erradicação do trabalho infantil, cultura contra palmadas, enfrentamento da proposta de redução da idade penal, é porque que não sabe que na vida a gente aprende é com o tranco e com castigo e trabalho. Estas afirmações acima retratam o senso comum de uma boa parte da sociedade brasileira, que perpetua uma cultura de uma possível educação forjada na desvalorização dos direitos conquistados ao longo dos últimos anos de crianças e adolescentes como sujeitos de direitos, e em condição peculiar de desenvolvimento. Estas pessoas se acostumaram a ver meninas e meninos trabalhando na lavoura, serviços domésticos, no comércio, na fabricação de produtos artesanais ou industrializados e nas esquinas de tantos semáforos de nossos centros e periferias urbanas. A base da legitimação para estas cenas é considerar isso como uma forma da sua condição humana de ganhar a vida, ou de se educar para o necessário mundo do trabalho. Ué, mas é assim que a vida ensina. Trabalhar não é um mal, faz parte da vida humana. Eu trabalhei desde pequeno e isto formou meu caráter e me preparou para a vida. Criança tem que trabalhar pra dar valor às coisas da vida!. Esta visão traz no bojo uma afirmação de que as crianças e adolescentes não têm direito de viver sua condição especial de aprendizagem e desenvolvimento, eles devem se submeter à responsabilidade da roda da sobrevivência e ao peso enfadonho da vida regido por um dever de desafios e repetição. É uma concepção equivocada, distorcida e danosa historicamente que reafirma o poder da educação para crianças e adolescentes por meio do trabalho. A questão é: o que entendemos de Infância e Adolescência? Quais são os elementos necessários para esta etapa da vida de todo e qualquer ser-humano? O que deve ser potencializado e oferecido como oportunidade? Durante muitos anos esta cultura de submeter e aceitar na infância mecanismos de trabalho aponta para um adultocentrismo da infância e uma anulação do principio que rege as condições deste período de existência. A vida não é feita só de uma perspectiva laboral. Somos um ser integral com diversos potenciais e necessidades que devem ser desenvolvidos e propiciados em territórios diversificados, múltiplos e cotidianos de aprendizagem. Queremos aprender sobre o mundo, suas informações, seus mistérios e revelações, sobre o prazer de brincar e jogar, sem o peso do dever imposto pela agenda especifica da responsabilidade da vida adulta. Queremos descobrir leituras e nos lançar em âmbitos e situações que forcem nossa mente e corpo a se desenvolverem de forma sadia e qualitativa. Sabemos que a infância é uma das etapas mais importante para o crescimento do potencial humano. Aprende-se a amar e ser amado, relacionar-se, imaginar, criar, jogar, divertir-se, enfim, aprendemos a aprender. O tempo e os espaços devem oportunizar este lugar e momento do desenvolvimento emocional, cognitivo, cultural e social por excelência. Usar o tempo em jogos, brincadeiras e em momentos de criação e imaginação em nossa infância é promover seres-humanos com suas potencialidades desenvolvidas de maneira singular e oportuna. Lugar de criança não é em uma atividade repetitiva ou que a exponha arduamente à busca pela sua sobrevivência. Este é o lugar dos adultos, esta é a responsabilidade dos mesmos. Lugar de criança é na escola, em espaços culturais, na rua, como espaço pedagógico de relações e liberdade. Aprendendo a partir dos jogos e brincadeiras, se deliciando com as artimanhas de soltar pipa, ou de descobrir seus medos em mergulhos nos rios, piscinas ou subir em muros e árvores. Lugar de crianças é no ócio

11 OLHAR ATENTO! criador que possibilita a imaginação e incentiva a curiosidade que lança para descobertas do corpo, afetividade e do intelecto frente a inúmeras realidades do que chamamos vida. Infelizmente em grande parcela de nossas comunidades e nos rincões do país, isto não é uma realidade construída. No Brasil sabemos que lugar de criança ainda é em lugares especificamente de adultos, em especial para a população empobrecida e marginalizada pelo sistema econômico. O número de crianças e adolescentes de 5 a 17 anos que trabalham no Brasil diminuiu, mas o País ainda tinha 3,7 milhões de meninos e meninas em atividades econômicas ilegais em Os dados fazem parte do estudo O Trabalho Infantil Doméstico no Brasil, divulgado pelo FNPETI (Fórum Nacional para a Erradicação do Trabalho Infantil). O contingente de crianças que trabalham representa 8,6% do total da população desta faixa etária havia 42,7 milhões de jovens entre 5 e 17 anos no Brasil em Enfim, estes são os dados gerais da situação das crianças e adolescentes no país. Um longo caminho teremos que percorrer para chegar a erradicação dos trabalhos severos, considerados escravos, e dos mais comuns e cotidianos que acontecem dentro de casa ou nas ruas de nossas comunidades. Um país em que crianças têm tempo e espaço para se desenvolver é um país que investe não em seu futuro e sim na condição vital de seu presente. É hora de nossas crianças e adolescentes viverem aquilo que o próprio ECA define como condição peculiar no artigo 6º: Na interpretação desta Lei levar- -se-ão em conta os fins sociais a que ela se dirige, as exigências do bem comum, os direitos e deveres individuais e coletivos, e a condição peculiar da criança e do adolescente como pessoas em desenvolvimento. O Brasil tem como meta, até 2015, erradicar as piores formas de trabalho infantil e, até 2020, todas as formas. Será possível? Se investirmos de maneira prioritária numa nova cultura frente à infância deste país, sim. Continuemos com nossa luta pela efetivação dos direitos humanos de crianças e adolescentes, livres dos entraves e pesos históricos de adultos donos de tantas verdades e equívocos. Deixemos as crianças serem crianças, não esqueçamos disso em nossas rotinas e desafios enquanto cidadãos de uma sociedade justa para todos e todas, inclusive para nossas crianças e adolescentes, historicamente calados e manipulados por tantos interesses e descasos. edição nº 11 /

12 AÇÕES E PARCERIAS Parceria com Fundação Telefônica VIVO diminui 41% do trabalho infantojuvenil na região Aldeias Infantis SOS Brasil e Fundação Telefônica VIVO estão juntas desde 2012 com o projeto Lugar de Criança é na Infância, para a prevenção e combate ao trabalho infantil no município de Caicó, Rio Grande do Norte. Dentre as crianças e adolescentes que estão em situação de vulnerabilidade, 55% faziam trabalho infantil ou trabalho adolescente desprotegido. A Organização, com o apoio da Fundação telefônica VIVO, realizou a implantação de sete núcleos Comunitários e Sociais para realizar diversas atividades como: oficinas lúdicas, culturais e de leitura, inclusão digital, pedagógica e de resgate à cidadania no contra turno escolar em parceria com escolas. Além de seminários, palestras e formação sobre direitos, deveres e trabalho infantil e adolescente aos profissionais de educação, rede sócio assistencial, famílias e comunidades. O objetivo desse projeto era de diminuir ou erradicar o trabalho infantil de 500 crianças e adolescentes e seus irmãos, 150 famílias e 15 comunidades/escolas vulneráveis do município de Caicó. Essa parceria, até hoje, tirou 41% das crianças e adolescentes atendidas da situação de trabalho infantil e adolescente desprotegido. Electrolux faz doação à Aldeias Infantis SOS de Rio Bonito 12 edição nº 11 / 2014 A empresa Electrolux do Brasil S/A fez uma doação de 75 eletrodomésticos para as Casas Lares do Programa de Rio Bonito SP. Dentre os produtos encontravam-se geladeiras/refrigeradores, micro-ondas, freezers, fornos elétricos, depuradores, processadores, purificadores de água, aspiradores de pó, batedeiras, lavadoras de roupas, fogões de cinco bocas, liquidificadores, ferros de passar roupas e espremedores. No dia 7 de fevereiro, crianças, jovens e adolescentes, representantes da equipe do programa, da Aldeias Infantis SOS Brasil e da Electrolux receberam as doações na sede do programa situado na Avenida Fernando Amaro Miranda, 61. Segundo uma das Mães Sociais, Marli da Silva, Esses produtos vão ajudar muito o dia a dia das Mães Sociais aqui nas Casas Lares do Programa de Rio Bonito. E a Mãe Social Substituta concorda, Essa doação foi uma benção. Nossas máquinas de lavar eram antigas e quebravam muito. Com essas novas máquinas e com todos os outros produtos que ganhamos, teremos muito mais tempo para outras atividades da Casa Lar e para as crianças.

13 AÇÕES E PARCERIAS Aldeias Infantis SOS da Paraíba renova projeto com a Petrobras A Aldeias Infantis SOS da Paraíba firmou mais uma vez parceria com a Petrobras, através do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania, para execução do Projeto Com Vivência, biênio 2014/2015. O Projeto tem como finalidade desenvolver ações que fortaleçam o âmbito familiar e comunitário de crianças e adolescentes que se encontram em estado de vulnerabilidade social. Atuando na região metropolitana, o projeto abrange as cidades de João Pessoa, Bayeux e Santa Rita, tendo como objetivo reestruturar e possibilitar a autonomia de 100 famílias e 450 crianças e adolescentes. Dessa forma, o Com Vivência também pretende assegurar que os participantes tenham seus direitos e deveres garantidos perante a sociedade em que estão inseridos. (AVAB-PB), Universidade Federal da Paraíba (UFPB), Associação de Moradores do Bairro de Cidade Verde, ONG Cristina Wolpert, Associação Dom Elder Câmara, ONG Casa dos Sonhos e Centro de Referência da Juventude (CRJ). É devido às parcerias firmadas e a projetos sociais como o Com Vivência, que a Aldeias Infantis SOS é amplamente reconhecida pelo seu serviço prestado à sociedade paraibana, sobretudo àqueles indivíduos que se encontram em situação de risco e vulnerabilidade social. Além da Petrobras, também foram feitas parcerias locais com a Prefeitura Municipal de João Pessoa, Rede Margarida Pró-Crianças e Adolescentes da Paraíba (REMAR), Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de João Pessoa (CMDCA), Associação dos Veteranos e Amigos do Basquetebol da Paraíba Empresas podem investir parte dos seus impostos no futuro de milhares de crianças, adolescentes e jovens A Aldeias Infantis SOS Brasil está buscando parcerias com empresas que queiram investir parte dos seus impostos em projetos culturais e educativos aprovados pela Lei Rouanet, pelo PROAC e pelo FUMDAC, destinados às crianças, adolescentes e jovens que participam dos programas de acolhimento e fortalecimento familiar e comunitário da Organização. e patrocinar a renovação, o intercâmbio, a divulgação e a produção artística e cultural no Estado, preservar e difundir o patrimônio cultural material e imaterial do Estado, apoiar pesquisas e projetos de formação cultural, bem como a diversidade cultural, além de apoiar e patrocinar a preservação e a expansão dos espaços de circulação da produção cultural. Quais os benefícios: Lei Rouanet: Permite que as empresas patrocinadoras utilizem até 4% do Imposto de Renda para investimento em projetos aprovados pelo Ministério da Cultura. PROAC ou Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo: Tem como objetivo apoiar FUMCAD ou Fundo Municipal da Criança e do Adolescente: Foi criado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). É vinculado ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA). Esta Lei permite às empresas patrocinadoras a utilização de até 1% do Imposto de Renda para investimento em projetos aprovados pelo CMDCA de cada município. edição nº 11 /

14 ACONTECEU Aldeias Infantis SOS Brasil participa do Fórum Mundial de Direitos Humanos Entre os dias 10 e 13 de dezembro em Brasília (DF) a Aldeias Infantis SOS Brasil participou do Fórum Mundial de Direitos Humanos. O Fórum foi um espaço de debate público sobre Direitos Humanos, onde foram tratados seus principais avanços e desafios com foco no respeito às diferenças, na participação social, na redução das desigualdades e no enfrentamento a todas as violações de direitos humanos. Ao todo foram cerca de participantes, incluindo representantes e autoridades nacionais e internacionais, organizações da sociedade civil, organizações internacionais, governos federal, estaduais e municipais, poder judiciário, poder legislativo, instituições de ensino e pesquisa. A Aldeias Infantis SOS Brasil participou do evento com um estande, atividades educativas, culturais e lúdicas e também da mesa de debates que aconteceu no dia 12 de dezembro, com o tema: CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMU- NITÁRIA E CUIDADOS ALTERNATIVOS. Os convidados para compor a mesa temática da Organização: Fábio Paes representante do CONANDA e Moderador, Inês Invernizzi representante da Aldeias Infantis SOS Internacional, Sérgio Marques representante da Secretaria de Direitos Humanos, Cláudia Vidigal representante do Fórum Nacional de Convivência Familiar e Comunitária e Dr. Siro Darlan desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. A Aldeias Infantis SOS Brasil está articulando uma Mesa de discussão para o próximo Fórum que acontecerá no final do ano em Marrocos. 14 edição nº 11 / 2014

15 ACONTECEU Assembleia Geral 2014 destaca novos desafios No dia 31 de março foi realizada nossa Assembleia Geral Ordinária na Sede em São Paulo. Foram apresentados os fatos mais relevantes da nossa atuação em todo o Brasil e aprovadas as demonstrações financeiras e o balanço de gestão do ano anterior. O Presidente do Conselho Diretor, Paulo G. de Castro Junior, e a Gestora Nacional, Sandra Greco da Fonseca conduziram a Assembleia. Heloisa Helena Silva de Oliveira, Administradora Executiva da Fundação Abrinq Save The Children da qual somos parceiros no projeto Cuida de Mim, compareceu, foi homenageada e agradeceu pela parceria com a Aldeias Infantis. Também estiveram presentes outros parceiros, dentre eles o HSBC, que recebeu homenagem a contribuição que faz à Organização. A Mãe Social (cuidadora residente) Sônia Soares Greenhalgh e seus seis filhos sociais também vieram representando as famílias do Acolhimento modalidade Casa Lar de todo o país. Foi um dia de confraternização, homenagens, aprovação das demonstrações financeiras apresentadas pelo Valmir Augusto, nosso Assessor Nacional, eleição do novo Conselho Fiscal e também uma apresentação da forte atuação que a Organização tem em 12 Estados e no Distrito Federal. Aldeias SOS participa de lançamento do livro Família Acolhedora No dia 10/06, a Sra. Sandra Greco da Fonseca, Gestora Nacional, Sergio Marques, Subgestor, Fábio Paes, Assessor Nacional de Advocacy e Eymard Ribeiro de Desenvolvimento de Programas, todos da Aldeias Infantis SOS Brasil, estiveram no lançamento do livro Família Acolhedora As relações de cuidado e de proteção no serviço de acolhimento, da assistente social, pesquisadora e autora Jane Valente. Nesse livro, Jane Valente aprofunda os diversos ângulos e perspectivas do cuidado e da proteção inerentes ao Serviço de Acolhimento em Família Acolhedora, tendo como referência o trabalho desenvolvido no município de Campinas. O evento aconteceu no Museu de Arte Contemporânea de Campinas SP e teve a presença do Prefeito de Campinas Jonas Donizette e do Representante da Paulus Pe. José Carlos de Freitas Júnior Formador da Comunidade Paulina de Campinas. A Paulus é a editora madrinha e financiadora da obra. edição nº 11 /

16 ACONTECEU COPA DO MUNDO 2014: unindo nações Delegação Alemã visita Aldeias Infantis SOS de Igarassu Na manhã do dia 25/06 a delegação da Confederação Alemã de Futebol visitou a Aldeias Infantis SOS de Igarassu (PE). Apoiadores desde 2006, a Confederação iniciou um novo projeto com a Aldeias SOS chamado Sonhos de Crianças 2014, uma iniciativa que começou com a Copa do Mundo no Brasil e que tem como foco ajudar a construir um futuro melhor para crianças, adolescentes e jovens. Esta participação tem sido fundamental para o desenvolvimento do Programa de Igarassu que atualmente beneficia 58 crianças, adolescentes e jovens em situação de acolhimento e mais de 270 em situação de fortalecimento familiar e comunitário. Entre os integrantes da delegação alemã, destacamos a presença de Wolfgang Niersbach, presidente da Confederação Alemã de Futebol, Helmut Sandrock, secretário geral, Rainer Koch, vice-presidente, Reinhard Rauball, vice-presidente e presidente da primeira liga alemã de futebol, Peter Peters, vice-presidente e vice-presidente da primeira liga alemã de futebol e Ralf Kottker, diretor de mídia, entre outros convidados de expressão de um evento que reuniu mais de 190 participantes. Durante o evento, várias apresentações culturais e regionais alegraram a todos. Além disso, foi organizado um jogo amistoso de futebol entre as crianças e os representantes alemães. A emoção também tomou conta quando Tom Roeder, Gerente do fã-clube alemão entregou um cheque no valor de euros de doação ao Programa. 16 edição nº 11 / 2014

17 ACONTECEU Rainha da Bélgica conhece Aldeias Infantis SOS de Jacarepaguá Entre um jogo e outro, a Rainha Mathilde da Bélgica, reservou algumas horas para conhecer de perto o Programa da Aldeias SOS de Jacarepaguá (RJ), no dia 21/06. Durante a visita, as crianças e adolescentes contaram do seu dia a dia e quais são seus sonhos. Quase por unanimidade ser um jogador de futebol está no topo dos desejos dos meninos. A rainha fez questão de conhecer os vários ambientes da Casa Lar e também conversar com a Mãe Social. Há alguns anos, ela esteve com as crianças SOS de Poá (SP) e, agora, pode oferecer um pouco de sua atenção e carinho também para o projeto no Rio de Janeiro. Aldeias Infantis SOS de Poá recebe crianças da Bélgica Num momento de troca cultural, a Federação Belga selecionou 23 crianças e adolescentes (jogadores de futebol) para uma visita ao Programa de Poá que aconteceu no dia 27/06. A proposta foi promover um jogo amistoso de futebol entre as crianças belgas e as crianças da Aldeias SOS. O evento contou a participação de 100 pessoas ao todo. Entre os integrantes da delegação belga destacamos a presença de Steven Martens, CEO da Federação de Futebol da Bélgica, Didier Vanderhasselt, Cônsul Geral da Bélgica em São Paulo, os pais e responsáveis das 23 crianças belgas, além de representantes da imprensa do Brasil e da Bélgica, da equipe da Organização e das autoridades locais. Holandeses contribuem para reforma em Porto Alegre No dia 19/06 a Aldeias Infantis SOS de Porto Alegre recebeu um grupo de holandeses que ganhou uma promoção da empresa Rockfon para assistirem aos jogos da seleção na Copa do Mundo na cidade. Aproveitando a oportunidade, eles quiseram ver de perto como é realizado o projeto Aldeias Infantis SOS no país, já que na Holanda o trabalho é bastante conhecido e valorizado. A equipe técnica preparou uma apresentação da situação da infância e o cenário local em termos de atendimento e perspectivas futuras. Em seguida os holandeses puderam conhecer algumas das Casas Lares, as crianças e adolescentes do Programa e experimentaram o chimarrão, bebida típica da região. Sensibilizados, alguns deles já contribuíram para a reforma de uma das Casas Lares. edição nº 11 /

18 ALDEIAS Jovens atletas da Aldeias Infantis SOS de Poá representaram o Brasil no Campeonato Mundial de Futebol na Polônia Com sorrisos nos rostos, olhos brilhantes, muitas histórias para contar e bagagens repletas de prêmios e boas lembranças, as crianças e adolescentes do Programa de Poá (SP), que representaram o país no campeonato mundial de futebol (World Cup 2014 of Children from Care Homes) em Varsóvia, na Polônia, nos últimos dias 26 e 27 de julho, voltaram para casa vitoriosos porque participaram de uma competição onde todos ganharam com os resultados. Os atletas convidados para participar da World Cup 2014 of Children from Care Homes, são crianças e adolescentes que vivem em abrigos e orfanatos no mundo todo. Organizado pela associação international Hope For Mundial, o evento, que em 2014 teve cerca de 30 países participantes, conta também com o apoio do jogador Lukas Podolski, atual campeão mundial de futebol. O prêmio de melhor desempenho e mais chutes a gol ficou com Jesus Ferreira. O prêmio de habilidade individual, com Hilton Santos e o prêmio de melhor goleiro, com Luiz Fernando, que também foi selecionado para participar do jogo com as estrelas, ao lado de astros do futebol profissional. A equipe também foi premiada como a equipe mais feliz da competição. 18 edição nº 11 / 2014 Prefeitura de Recife e Aldeias Infantis SOS abrem três Casas Lares No dia 9 de Abril, o prefeito do Recife, Geraldo Julio, assinou um Convênio de cooperação técnica e financeira com a Aldeias Infantis SOS Brasil. Com isso, a Prefeitura vai aumentar e qualificar a rede de acolhimento de crianças, jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social da região. Eles foram acompanhados por Rogério Lima de Aguiar, gestor do Programa de Poá da Aldeias Infantis SOS Brasil e Elton Pereira, professor de educação física. Segundo a gestora nacional da Aldeias Infantis SOS Brasil, Sandra Greco da Fonseca, o prêmio mais importante que esses nossos jovens atletas conquistaram foi a oportunidade e a experiência de conhecerem um outro país e de terem convivido com crianças e adolescentes de outras culturas e hábitos. A parceira vai oferecer duas Casas Lares e a gestão de uma terceira, que já funciona há um mês, para Recife. O Convênio assinado terá duração de 12 meses. Serão 27 crianças, jovens e adolescentes que serão acolhidas. Eles terão seus direitos básicos garantidos como alimentação, saúde, lazer e educação. Além disso, jovens que estão em processo de emancipação terão o apoio, orientação e acompanhamento necessário para garantirem seus futuros. Existe uma necessidade muito grande desse serviço localmente. A iniciativa do governo municipal é de extrema importância para os jovens que necessitam deste acolhimento. E ver que a gestão do Recife pensa na melhoria deste atendimento é, para nós, motivo de grande alegria e satisfação. Afirma nosso Subgestor, Antônio Correia.

19 DEDICAÇÃO Inclusão de sonhos e oportunidades Ariel Goldenberg, um exemplo de vida e dedicação pela causa da inclusão no Brasil e no mundo. Ele ficou conhecido por sua atuação no filme Colegas. Em seguida, criou a Campanha Vem Sean Penn, ator norte-americano do qual Ariel sempre foi fã. A ideia era que o ator se sensibilizasse e viesse para assistir ao filme no Brasil. Milhares de compartilhamentos e artistas conhecidos aderiram a esta Campanha. E não para por aí, além de filmes, também já fez participações em novelas e peças de teatro. E ministra palestras pelo Brasil inteiro sobre o tema do preconceito e inclusão. Atualmente ele trabalha conosco na Aldeias Infantis SOS Brasil, Escritório Nacional localizado em São Paulo, no apoio dos processos das áreas. Tem também participação ativa nas formações para gestores, equipes técnicas, educadores e cuidadores. Quem é você? Sou Ariel Goldenberg tenho 33 anos, sou casado com Rita há 10 anos e atualmente trabalho na Aldeias SOS como colaborador e também faço diversos trabalhos artísticos, como por exemplo: teatro, cinema e novelas. Sou conhecido no Brasil e no mundo pelo meu trabalho de cinema e pelas minhas palestras sobre os filmes que faço e sobre a minha história de inclusão como pessoa com síndrome de Down. Estou aqui para apoiar também na divulgação da Aldeias SOS. Cite alguns trabalhos que você fez em sua carreira de artista. Eu gravei uma novela chamada Jamais te esquecerei no SBT. O nome do meu personagem era João, ele era auxiliar de armazém. Outro trabalho foi num seriado na Globo Carga Pesada, com Antônio Fagundes e Stênio Garcia. A história que vivi neste seriado foi a de um menino que foi abandonado pelo pai. Gravei também um Clip para a Banda Hateen. E o que mais foi divulgado foi o filme Colegas, que eu e minha esposa atuamos como protagonistas. E futuramente terei uma participação especial na novela Chiquititas. Como você conheceu a Aldeias? Fui convidado a fazer uma palestra no Centro de formação da Aldeias Infantis SOS, na cidade de Poá. Lá apresentei o meu trabalho e fiz uma palestra sobre preconceito e inclusão. Depois de um tempo fui convidado a trabalhar no escritório nacional da Organização. E também divulgo o trabalho da Organização. O que você acha do trabalho da Aldeias? Acho muito legal o trabalho com as crianças. Além do meu trabalho como apoio na área de RH, faço a parte do marketing da Aldeias SOS com as pessoas responsáveis por isso. Considero este trabalho importante porque acolhe crianças e ajuda as famílias para que cuidem bem de seus filhos. Por que as crianças precisam de uma casa que cuide bem delas. Sobre esta questão do preconceito e inclusão, o que você mais destaca? É preciso discutir sim o tema da Inclusão para incluir os downs na sociedade. Qualquer tipo de inclusão é importante e necessária. Os downs recebem todo dia muito preconceito. Vou dar um exemplo que aconteceu comigo. Uma vez fui ao cinema com minha mulher para assistir o nosso filme Colegas. De repente a mulher que vendia ingressos ficou furiosa por que fiquei na fila de prioridade. Eu tenho este direito não só no cinema. Ela não aceitou que eu ficasse ali. Nem falei nada, porque eu não precisava falar de um direito que todos sabem e tem informação. Fiquei bravo porque fizeram isto comigo e minha esposa. O assunto é importante e temos que trabalhar muito. Quais são seus próximos planos? Estou escrevendo o roteiro de um filme sobre Adoniran Barbosa. Já sei a história deste filme e quero divulgar a vida deste sambista que gosto muito. Será uma história de amor e música. Estou buscando apoio para gravar. Tenho outros projetos para fazer no teatro e no cinema também. Tem pessoas aqui na Aldeias SOS que estão me ajudando com esta questão. Pretendo continuar aqui na Aldeias SOS para apoiar neste trabalho, tenho muitas ideias interessantes para as pessoas. edição nº 11 /

20 Aldeias Infantis SOS Brasil ESCRITÓRIO NACIONAL Rua José Antônio Coelho, Vila Mariana - CEP: Tel: Fax: CNPJ: / Acesse o site para conhecer outros casos de sucesso: Acompanhe as atividades e discussões pelas redes sociais!

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando

Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social. O Projeto Social Luminando Lúmini Art Centro de Pesquisa, Cultura e Ação Social O Projeto Social Luminando O LUMINANDO O Luminando surgiu como uma ferramenta de combate à exclusão social de crianças e adolescentes de comunidades

Leia mais

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013

9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO ESPERANÇA BRASIL OSCIP ORGANIZAÇÃO DA SOCIEDADE CIVIL DE INTERESSE PÚBLICO 9 anos acreditando na comunidade! 05.05 - RELATÓRIO GERAL DE ATIVIDADES 2012 / 2013 Janeiro de 2014.

Leia mais

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #26 Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. Saí da prisão volto coleção Conversas #26 - setembro 2015 - e estou ou não desempregado, para o crime? Respostas para algumas perguntas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS, da

Leia mais

2. APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE

2. APRESENTAÇÃO DA ENTIDADE 1. APRESENTAÇÃO DO PROJETO Resumo executivo: O presente projeto solicita ao CMDCA recursos financeiros para aportar custos de manutenção da Aldeias Infantis SOS - Porto Alegre, cujo o foco do trabalho

Leia mais

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA

DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA DIREITOS HUMANOS, JUVENTUDE E SEGURANÇA HUMANA FARIAS, Maria Lígia Malta ¹ SOUSA, Valéria Nicolau de ² TANNUSS, Rebecka Wanderley ³ Núcleo De Cidadania e Direitos Humanos/ PROEXT RESUMO O Projeto de Extensão

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO ANUAL DE ATIVIDADES 2013 Even e Junior Achievement de Minas Gerais UMA PARCERIA DE SUCESSO 1 SUMÁRIO Resultados Conquistados... 3 Resultados do Projeto... 4 Programa Finanças Pessoais... 5 Conceitos

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Somando forças até o fim da pobreza. CARE Brasil Relatório Anual

Somando forças até o fim da pobreza. CARE Brasil Relatório Anual Somando forças até o fim da pobreza CARE Brasil Relatório Anual 2012 CARE Internacional Em 2012, a CARE apoiou 997 projetos de combate à pobreza em 84 países, beneficiando estimadamente 84 milhões de pessoas.

Leia mais

INSTITUTO LOJAS RENNER

INSTITUTO LOJAS RENNER 2011 RELATÓRIO DE ATIVIDADES INSTITUTO LOJAS RENNER Instituto Lojas Renner Inserção de mulheres no mercado de trabalho, formação de jovens e desenvolvimento da comunidade fazem parte da essência do Instituto.

Leia mais

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba

ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE INCLUSIVA EM CURITIBA. Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura Municipal de Curitiba ESTA PARA NASCER UM MODELO INOVADOR DE EDUCACAO INFANTIL INCLUSIVA EM CURITIBA VEJA COMO SUA EMPRESA PODE TRANSFORMAR ESTA IDEIA EM REALIDADE { Solicitação de doação por incentivo fiscal COMTIBA Prefeitura

Leia mais

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior

InfoReggae - Edição 32 Inclusão Digital 11 de abril de 2014. Coordenador Executivo José Júnior O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam a autoestima de jovens das camadas populares.

Leia mais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais

BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Financiamento e apoio técnico BrazilFoundation abre edital para de projetos e negócios sociais Estão abertas inscrições online até 30 de novembro para o edital bianual da BrazilFoundation que selecionará

Leia mais

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil?

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil? Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes trabalhos sociais do Brasil? Conheça o Instituto Bola Pra Frente O Instituto Bola Pra Frente, iniciativa do tetracampeão mundial

Leia mais

Construindo uma cultura de paz. Tornando-se política pública

Construindo uma cultura de paz. Tornando-se política pública Construindo uma cultura de paz Em 2000, no marco do Ano Internacional para uma cultura de paz, a Representação da UNESCO no Brasil lançou o Programa Abrindo Espaços: educação e cultura para a paz, uma

Leia mais

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica A iniciativa O projeto Praças é uma iniciativa do Instituto Sou da Paz, em parceria com a SulAmérica, que promove a revitalização de praças públicas da periferia de São Paulo com a participação da comunidade

Leia mais

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - t t o y ç r n s s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. Vocês acham possam a coleção Conversas #20 - MARÇO 2015 - cer d o t t o a r que ga cr ia n y ç a s s? Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A Coleção CONVERSAS da Editora

Leia mais

Apoio. Patrocínio Institucional

Apoio. Patrocínio Institucional Patrocínio Institucional Parceria Apoio InfoReggae - Edição 83 Papo Reto com José Junior 12 de junho de 2015 O Grupo AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura

Leia mais

Missão. fortaleçam a segurança no transporte rodoviário e que qualifiquem o capital humano no setor logístico.

Missão. fortaleçam a segurança no transporte rodoviário e que qualifiquem o capital humano no setor logístico. O Instituto Julio Simões foi criado em 2006 com o objetivo de fortalecer o trabalho social que a JSL realizava junto às comunidades do entorno de suas operações. Seguindo a vocação de sua mantenedora de

Leia mais

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos!

ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! ESPORTE NÃO É SÓ PARA ALGUNS, É PARA TODOS! Esporte seguro e inclusivo. Nós queremos! Nós podemos! Documento final aprovado por adolescentes dos Estados do Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Mato Grosso,

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

INTRODUÇÃO. Sobre o Sou da Paz: Sobre os Festivais Esportivos:

INTRODUÇÃO. Sobre o Sou da Paz: Sobre os Festivais Esportivos: 1 INTRODUÇÃO Sobre o Sou da Paz: O Sou da Paz é uma organização que há mais de 10 anos trabalha para a prevenção da violência e promoção da cultura de paz no Brasil, atuando nas seguintes áreas complementares:

Leia mais

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família?

AGENDA DA FAMÍLIA. 1 O que é a Agenda da Família? AGENDA DA FAMÍLIA Marcelo Garcia é assistente social. Exerceu a Gestão Social Nacional, Estadual e Municipal. Atualmente é professor em cursos livres, de extensão e especialização, além de diretor executivo

Leia mais

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel 1ª edição Abril de 2011 Nesta edição: Palavra da Presidente Casa Abrigo Betel uma historia de lutas e vitorias. O Serviço Social e a Educação 1 2 3 Palavra da Presidente

Leia mais

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SOCIOASSISTENCIAL X SOCIOEDUCATIVO SOCIOASSISTENCIAL apoio efetivo prestado a família, através da inclusão em programas de transferência de renda

Leia mais

Estudo sobre Organizações Não-Governamentais que Utilizam o Futebol como Ferramenta para o Desenvolvimento Social no Brasil

Estudo sobre Organizações Não-Governamentais que Utilizam o Futebol como Ferramenta para o Desenvolvimento Social no Brasil Sustentabilidade Estudo sobre Organizações Não-Governamentais que Utilizam o Futebol como Ferramenta para o Desenvolvimento Social no Brasil Resumo Executivo Agosto 2014 Fédération Internationale de Football

Leia mais

Categoria Franqueador Pleno

Categoria Franqueador Pleno PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Pleno Dados da empresa Razão Social EDACOM TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE INFORMATICA LTDA Nome fantasia EDACOM

Leia mais

Projeto ViraVida oferece alternativas para jovens e adolescentes em situação de exploração sexual

Projeto ViraVida oferece alternativas para jovens e adolescentes em situação de exploração sexual Projeto ViraVida oferece alternativas para jovens e adolescentes em situação de exploração sexual Desde 2008, o Conselho Nacional do SESI, em parceria com o empresariado, promove a inserção desse público

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES

MANUAL DE ORIENTAÇÕES MANUAL DE ORIENTAÇÕES Programa Direito e Cidadania Prezados parceiros e colaboradores É com grande satisfação que o (a) convidamos a participar do Programa Direito e Cidadania edição 2014, desenvolvido

Leia mais

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral

Setembro foi um mês marcante para a. Fim de Ciclo. Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro 2013 São Paulo. Brasil www.vidajovem.org Fim de Ciclo Formatura marca final das atividades da 2ª turma do projeto Educação Integral Setembro foi um mês marcante para a associação. Depois de um

Leia mais

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina

Primeiro escritório de inclusão social da América Latina Primeiro escritório de inclusão social da América Latina 18 de setembro Nós do Centro: mais uma ação para a comunidade do Grupo Orsa O Grupo Orsa, por meio da Fundação Orsa, inaugura um espaço inovador

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso

Envolver. Edição V Ano II Outubro de 2012. Um caso. de sucesso Envolver Edição V Ano II Outubro de 2012 Um caso de sucesso 1 editorial primeiras letras O ano de 2012 vai chegando ao fim com boas notícias para Pedro Leopoldo. As várias ações de investimento social

Leia mais

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça.

coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - u s a r Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. coleção Conversas #17 - DEZEMBRO 2014 - Sou so profes r a, Posso m a s n ão parar d aguento m e ai ensinar s? d a r a u la s Respostas perguntas para algumas que podem estar passando pela sua cabeça. A

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007

PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 PORTARIA NORMATIVA INTERMINISTERIAL Nº- 17, DE 24 DE ABRIL DE 2007 Institui o Programa Mais Educação, que visa fomentar a educação integral de crianças, adolescentes e jovens, por meio do apoio a atividades

Leia mais

Edição 1 - Ano 1 - Setembro de 201 1

Edição 1 - Ano 1 - Setembro de 201 1 Edição 1 - Ano 1 - Setembro de 201 1 Uma nova infância Poder público, sociedade civil e InterCement juntos na defesa dos direitos das crianças em Ijaci EDITORIAL A informação chega até você! COLUNA DA

Leia mais

Projeto Voz do Batuque

Projeto Voz do Batuque Mostra Local de: Maringá PR Projeto Voz do Batuque Categoria do projeto: I Projetos em Andamento Nome da Instituição/Empresa: Instituto Morena Rosa de Responsabilidade Sócio Ambiental, Cultural e Desenvolvimento

Leia mais

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil?

Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil? Que tal investir parte dos impostos da sua empresa em um dos mais importantes e inovadores trabalhos socioesportivos do Brasil? Conheça o Instituto Bola Pra Frente O Instituto Bola Pra Frente nasceu do

Leia mais

Faça amizades no trabalho

Faça amizades no trabalho 1 Faça amizades no trabalho Amigos verdadeiros ajudam a melhorar a saúde, tornam a vida melhor e aumentam a satisfação profissional. Você tem um grande amigo no local em que trabalha? A resposta para essa

Leia mais

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva

A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e Renda e Inclusão Produtiva Projeto de Pesquisa - Microcrédito Produtivo Orientado: Inovações de Tecnologia Social e Aperfeiçoamento de Política A Política e a Atividade de Microcrédito como Instrumentos de Geração de Trabalho e

Leia mais

Relatório Gestão do Projeto 2013

Relatório Gestão do Projeto 2013 Relatório Gestão do Projeto 2013 Fundação Aperam Acesita e Junior Achievement Minas Gerais: UMA PARCERIA DE SUCESSO SUMÁRIO Resultados 2013... 6 Resultados dos Programas... 7 Programa Vamos Falar de Ética...

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO

CÂMARA MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO Despacho 2007 Nº PROJETO DE LEI Nº 1099/2007 Considera de utilidade pública o Grupo de Formadores de Educadores Populares GEFEP. Autor: Vereador Eliomar Coelho. DECRETA: A Câmara Municipal do Rio de Janeiro

Leia mais

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas.

O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Página1 Curso de extensão universitária: O sistema de garantia dos direitos humanos das crianças e dos adolescentes: responsabilidades compartilhadas. Apresentação: Em 2015, comemorando 25 anos do ECA,

Leia mais

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão:

CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável Missão: O CIEDS, Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável, é uma Instituição Social Sem Fins Lucrativos, de Utilidade Pública Federal, fundada em 1998, com sede na cidade do Rio de

Leia mais

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL

METODOLOGIA SEBRAE BAHIA PARA PÓLOS DE EMPREENDEDORISMO CULTURAL Trabalho apresentado no III ENECULT Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, realizado entre os dias 23 a 25 de maio de 2007, na Faculdade de Comunicação/UFBa, Salvador-Bahia-Brasil. METODOLOGIA

Leia mais

Asilo São Vicente de Paulo

Asilo São Vicente de Paulo Asilo São Vicente de Paulo O Asilo São Vicente de Paulo promove a qualidade de vida e o resgate à dignidade da pessoa idosa. Atualmente é responsável pela garantia dos direitos fundamentais de 150 idosas.

Leia mais

2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA NO DISTRITO DE SAÚDE LESTE

2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA NO DISTRITO DE SAÚDE LESTE 2º SEMINÁRIO NACIONAL HUMANIZA SUS Em Resposta, envio os dados sobre nosso trabalho: 1- Diretriz Valorização do trabalho e do trabalhador da saúde. 2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA

Leia mais

ARTE INOVA NA FORMAÇÃO DOS JOVENS

ARTE INOVA NA FORMAÇÃO DOS JOVENS MERCADO ARTE INOVA NA FORMAÇÃO DOS JOVENS Com apoio da Embratel, Instituto Ayrton Senna qualifica ONGs para o Programa Cidadão 21 Arte OInstituto Ayrton Senna e a Embratel aliaram-se há três anos para

Leia mais

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE

PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE PROJETO TERRA CHÃO - DANÇA E ARTE 1. JUSTIFICATIVA A região do Baixo Tocantins apresenta-se na área cultural e artística, é um grande celeiro de talentos, que vem enraizado culturalmente em nosso povo,

Leia mais

Texto a ser submetido ao Prêmio VivaLeitura 2014 UM OLHAR NEGRO: RELATO DA EXPERIÊNCIA DO PONTO DE CULTURA SANTA BÁRBARA

Texto a ser submetido ao Prêmio VivaLeitura 2014 UM OLHAR NEGRO: RELATO DA EXPERIÊNCIA DO PONTO DE CULTURA SANTA BÁRBARA Texto a ser submetido ao Prêmio VivaLeitura 2014 UM OLHAR NEGRO: RELATO DA EXPERIÊNCIA DO PONTO DE CULTURA SANTA BÁRBARA JUSTIFICATIVA Desde 1996, o trabalho social voluntário, voltado para crianças e

Leia mais

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de:

1. Centro para a Juventude. 199 jovens frequentaram os cursos de: Relatório Despertar 2014 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015 Jan Fev/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Juventude 09. Voluntariado 09. Expediente

Leia mais

A vez e a voz das crianças

A vez e a voz das crianças 119 outubro de 2010-ESPECIAL CRIANÇA PARA LER NO AR A vez e a voz das crianças Às vésperas de 12 de outubro, Dia das Crianças, eu convido você, ouvinte, a refletir sobre os direitos das meninas e meninos

Leia mais

FAEL comemora 15 anos de atividades

FAEL comemora 15 anos de atividades ANOS FAEL comemora 15 anos de atividades Hoje, comemoramos 15 anos de um projeto que visa à democratização do ensino e que tornou a FAEL uma referência em educação de qualidade. Com o objetivo de proporcionar

Leia mais

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro

Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma Colheita para o Futuro A Campanha Nacional pela Proteção Infanto-Juvenil no campo: uma colheita para o futuro, é uma ação estratégica do Movimento Sindical de Trabalhadores

Leia mais

9, 16 e 23 de outubro. www.mackenzievoluntario.com.br. No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1

9, 16 e 23 de outubro. www.mackenzievoluntario.com.br. No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1 9, 16 e 23 de outubro www.mackenzievoluntario.com.br No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1 O Projeto O Mackenzie Voluntário é um projeto de voluntariado que visa à prática da cidadania por meio do

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO ABRIL / MAIO / JUNHO

RELATÓRIO TÉCNICO ABRIL / MAIO / JUNHO RELATÓRIO TÉCNICO BANCO DO LIVRO SA - CURVELO / MG ABRIL / MAIO / JUNHO 2005 INTRODUÇÃO O Banco do Livro tem sua marca registrada pela dialogia. Nossos usuários gostam que seus nomes sejam lembrados nas

Leia mais

Responsabilidade Social

Responsabilidade Social Responsabilidade Social INSTITUTO DE CIDADANIA EMPRESARIAL DO MARANHÃO ICE/MA MISSÃO: Difundir o conceito de desenvolvimento sustentável de modo a incentivar as empresas a adotarem a responsabilidade social

Leia mais

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS

EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS EDITAL PROCESSO SELETIVO 2013 - PROGRAMA NOSSAS CRIANÇAS O seguinte edital tem por objetivo convidar organizações da sociedade civil a participarem do processo de seleção de projetos para obtenção de apoio

Leia mais

Quinta-feira, 26 de março de 2015

Quinta-feira, 26 de março de 2015 Quinta-feira, 26 de março de 2015 TRT-CE e Ministério Público realizam ação contra o trabalho infantil O Tribunal Regional do Trabalho do Ceará, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e diversas

Leia mais

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014

DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014 CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE MINAS GERAIS DELIBERAÇÃO DA DIRETORIA EXECUTIVA N 01/2014 A Diretoria Executiva do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente

Leia mais

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição

GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA. Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais. Projeto de Atividades. 1º Edição GENTE EDUCADA, CIDADE BONITA Projeto de Atividades 1º Edição Modelo de Projeto para Leopoldina Minas Gerais 1. INTRODUÇÃO A educação atualmente não pode se restringir apenas ao ambiente escolar, o estudante

Leia mais

Patrocínio Institucional Parceria Apoio

Patrocínio Institucional Parceria Apoio Patrocínio Institucional Parceria Apoio O Grupo Cultural AfroReggae é uma organização que luta pela transformação social e, através da cultura e da arte, desperta potencialidades artísticas que elevam

Leia mais

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL

UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL A P R E S E N T A M UM RETRATO DAS CIDADES DE MENOS DE 100 MIL HABITANTES DO BRASIL POR QUE FAZER ESSA PESQUISA? PELA RELEVÂNCIA QUE ESSES PEQUENOS MUNICÍPIOS TÊM. 95% Dos municípios brasileiros têm menos

Leia mais

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC Resumo da ONG O CADI Palhoça é uma instituição não governamental cujo objetivo é executar, articular e fomentar ações e projetos que facilitem o desenvolvimento de comunidades. Desenvolve projetos em 6

Leia mais

Núcleo da Criança e do Adolescente: Uma Proposta de Transetorialidade

Núcleo da Criança e do Adolescente: Uma Proposta de Transetorialidade Núcleo da Criança e do Adolescente: Uma Proposta de Transetorialidade ROBERTO AUGUSTO CARVALHO DE ARAÚJO ELIETE DE OLIVEIRA COELHO NATALINA DE FÁTIMA BERNARDO RONCADA SILVIA BEZ CAMARGO SOARES DE ALVARENGA

Leia mais

FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE FORTALECENDO E ARTICULANDO A REDE DE ATENÇÃO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE Fazer laços é ligar, entrelaçar o que está separado. Literal e metaforicamente falando. A inclusão do trabalho sobre o tema da sexualidade

Leia mais

Lista de Projetos Contemplados no Programa Integração Petrobras Comunidade

Lista de Projetos Contemplados no Programa Integração Petrobras Comunidade Lista de Projetos Contemplados no Programa Integração Petrobras Comunidade ITABORAÍ Projeto: Fábrica de Sonhos Nome da instituição: Liga Independente das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Itaboraí

Leia mais

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II

Centro Comunitário Vila Gaúcha. Projeto Experimental II Centro Comunitário Vila Gaúcha Projeto Experimental II Apresentação da Empresa O Centro Comunitário Vila Gaúcha presta atendimento regular em Educação Infantil, Serviço de Apoio Sócio Educativo, Trabalho

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA Relatório das Ações Desenvolvidas pelo Projeto Oficina Escola 1. Apresentação Companheiros (as) da Associação Tremembé estamos concluindo mais um ano missão e com isso somos convidados (as) a socializar

Leia mais

Apoio às políticas públicas já existentes;

Apoio às políticas públicas já existentes; Uma voz complementa a outra, um sorriso cativa o próximo e é nesse pensamento que o Instituto Mundo Melhor, organização sem fins lucrativos liderada pelo Grupo MM Mercadomóveis, trabalha com projetos sociais

Leia mais

PASSOS E JACUÍ GANHAM NOVAS AGÊNCIAS

PASSOS E JACUÍ GANHAM NOVAS AGÊNCIAS ANO I ED. 07 AGOSTO 2015 Impresso Especial 9912317902/2013/DR/MG SICOOB Nossocrédito CORREIOS Impresso Especial 9912317902/2013/DR/MG SICOOB Nossocrédito CORREIOS DEVOLUÇÃO GARANTIDA CORREIOS D C de cara

Leia mais

1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos

1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos 1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos Realização: Instituto Terrazul Parceria: Coordenadoria da Juventude da PMRJ Comitê da Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara

Leia mais

Minissarau do 1 ano. Saídas pedagógicas

Minissarau do 1 ano. Saídas pedagógicas Agosto/2015 Minissarau do 1 ano Ao final do semestre fizemos uma singela apresentação onde os alunos do 1 ano do Ensino Fundamental puderam experimentar a sensação de estar diante do público e de compreenderem

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária

FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária FACULDADES INTEGRADAS TERESA D ÁVILA NÚCLEO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA Formulário para Registro de Projetos de Extensão Universitária Ano 2015 Título do Projeto: Observatório Juventudes Tipo de Projeto:

Leia mais

olescente APOIO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE

olescente APOIO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE 46 CRIANÇAd olescente APOIO À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE criança APOIO à e ao adolescente Chegamos ao século XXI e ainda nos defrontamos com um mundo de profundos contrastes. Os imensos avanços tecnológicos,

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação

Mostra de Projetos 2011. Projovem em Ação Mostra de Projetos 2011 Projovem em Ação Mostra Local de: Londrina. Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Prefeitura Municipal Santa Cecilia

Leia mais

NOME DO SERVIÇO: SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS.

NOME DO SERVIÇO: SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS. NOME DO SERVIÇO: SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS. DESCRIÇÃO GERAL: Serviço realizado em grupos, organizado a partir de percursos, de modo a garantir aquisições progressivas aos seus

Leia mais

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos Missão Promover programas sustentáveis e contínuos, priorizando a educação da criança e o re-erguimento da família formando bases sólidas na diminuição das desigualdades sociais. Títulos Reconhecida com

Leia mais

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA

PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PLANO DE AÇÃO OFICINA DE SENSIBILIZAÇÃO DOS PROFESSORES SOBRE O CONCURSO TEMPOS DE ESCOLA PROPOSTA DE AÇÃO Sensibilizar os professores sobre a importância de incentivar seus alunos a participarem do Concurso

Leia mais

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014

INVESTIMENTO SOCIAL. Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Agosto de 2014 INVESTIMENTO SOCIAL Nós promovemos o desenvolvimento sustentável de diversas maneiras Uma delas é por meio do Investimento Social INVESTIMENTO INVESTIENTO SOCIAL - Estratégia

Leia mais

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre.

]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt. Nossas ações durante o ano de 2013. Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. Leitura livre. ]ÉÜÇtÄ wt XávÉÄt Informativo Anual das ações da ESCOLA MUNICIPAL DR. ANTÔNIO RIBEIRO. ANO 2013-1ª EDIÇÃO A equipe gestora está sempre preocupada com o desempenho dos alunos e dos educadores, evidenciando

Leia mais

PROJETO SABER PARA CUIDAR DOENÇA FALCIFORME NA ESCOLA. Cristiane Miranda Rust cristiane@nupad.ufmg.br

PROJETO SABER PARA CUIDAR DOENÇA FALCIFORME NA ESCOLA. Cristiane Miranda Rust cristiane@nupad.ufmg.br PROJETO SABER PARA CUIDAR DOENÇA FALCIFORME NA ESCOLA Cristiane Miranda Rust cristiane@nupad.ufmg.br Incidência da DF: Brasil MA 1:1400 PE 1:1400 BA 1:650 RO 1:13000 GO 1:1800 MS 1:4000 SP 1:4000 MG 1:1400

Leia mais

OFICINA DE CONHECIMENTO GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR

OFICINA DE CONHECIMENTO GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR GESTÃO E SUSTENTABILIDADE PARA O TERCEIRO SETOR O Prêmio Criança É um programa da Fundação Abrinq Save the Children que identifica e reconhece boas práticas voltadas à primeira infância (0 a 6 anos), gestantes

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014

RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014 PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 7ª REGIÃO PROGRAMA DE COMBATE AO TRABALHO INFANTIL (PCTI) GESTÃO REGIONAL RELATÓRIO DE ATIVIDADES PCTI 2014 www.trt7.jus.br/trabalhoinfantil SEMANA CEARENSE

Leia mais

Política Nacional de Educação Infantil. Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação

Política Nacional de Educação Infantil. Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação Política Nacional de Educação Infantil Secretaria de Educação Básica Ministério da Educação Principais Marcos Normativos Constituição Federal - 1988 Lei de Diretrizes e Bases (LDB) - 1996 Estatuto da Criança

Leia mais

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2

Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 MINISTÉRIO DA CULTURA Diretoria de Infraestrutura Cultural Secretaria Executiva Termo de Referência para Elaboração de Plano de Gestão de Praça do PAC modelo de 700m 2 1. Objetivos A Praça do PAC é de

Leia mais

MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08. 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária

MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08. 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária MÓDULO V Experiência de acolhimento em família solidária Aula 08 Por Leonardo Rodrigues Rezende 1 1. Acompanhamento dos casos na modalidade de proteção em Família Solidária Os casos encaminhados à modalidade

Leia mais

Programa INTEGRA CIDADÃO

Programa INTEGRA CIDADÃO Programa INTEGRA CIDADÃO REALIZAÇÃO PARCERIA UNIVERsIDADE ÍNDICE A UNIVERSIDADE POSITIVO E O PROFISSIONAL DO FUTURO 3 VOLUNTARIADO E CIDADANIA 4 O PROFISSIONAL DO SÉCULO XXI E A PRÁTICA VOLUNTÁRIA VALORIZAÇÃO

Leia mais

Juntos somos mais fortes!

Juntos somos mais fortes! Juntos somos mais fortes! Zacharias Jabur Prefeito Municipal Solange Camargo Souza de Oliveira Prado Secretária do Bem Estar Social Caroline Bianchi Dias do Carmo Coordenadora da Casa São Rafael Efren

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN

PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN PLANO MUNICIPAL DE ATENDIMENTO SÓCIOEDUCATIVO DO MUNICÍPIO DE ESPÍRITO SANTO/RN ESPÍRITO SANTO/RN, OUTUBRO DE 2014. FRANCISCO ARAÚJO DE SOUZA PREFEITO MUNICIPAL DE ESPÍRITO SANTO/RN ELIZANGELA FREIRE DE

Leia mais

Boletim Eletrônico Nº. 104 26 de Agosto de 2011

Boletim Eletrônico Nº. 104 26 de Agosto de 2011 Boletim Eletrônico Nº. 104 26 de Agosto de 2011 Este boletim contém as seguintes matérias: - AASPTJ-SP de site novo - PL 49/09: Ajude a pressionar os deputados pela aprovação - Resolução incentiva protagonismo

Leia mais

CDC. De olho. no Futuro. em foco. Edição VII Ano III Agosto de 2013

CDC. De olho. no Futuro. em foco. Edição VII Ano III Agosto de 2013 CDC em foco Edição VII Ano III Agosto de 2013 De olho no Futuro 1 editorial A segunda edição do boletim CDC em Foco deste ano traz novidades e relembra ações que contribuíram para a melhoria da qualidade

Leia mais

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO

ANEXO IV PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL. Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO PROPOSTAS APROVADAS NA CONFERÊNCIA ESTADUAL ANEXO IV Eixo MOBILIZAÇÃO IMPLEMENTAÇÃO MONITORAMENTO 1-Promoção dos Direitos de Crianças e Adolescentes Buscar apoio das esferas de governo (Federal e Estadual)

Leia mais

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio

Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013. Isabella Assunção Cerqueira Procópio Proposta de Candidatura Diretoria da Presidência Agrobio Consultoria Júnior Gestão 2013 Isabella Assunção Cerqueira Procópio Janeiro de 2013 1 Sumário 1. Dados Básicos de Identificação...3 2. Histórico

Leia mais

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um.

coleção Conversas #10 - junho 2014 - Respostas que podem estar sendo feitas para algumas perguntas Garoto de Programa por um. coleção Conversas #10 - junho 2014 - Eu sou Estou garoto num de programa. caminho errado? Respostas para algumas perguntas que podem estar sendo feitas Garoto de Programa por um. A Coleção CONVERSAS da

Leia mais

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL

GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL GUIA DO PRÊMIO ODM BRASIL 4ª Edição QUANDO O BRASIL SE JUNTA, TODO MUNDO GANHA. Secretaria-Geral da Presidência da República Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) Movimento Nacional

Leia mais

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães

Keyla Ferrari. Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi. ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Cada um pensa em mudar a humanidade, mas ninguém pensa em mudar a si mesmo. Leon Tolstoi Keyla Ferrari ilustrado por: Maria Isabel Vaz Guimarães Agradecemos aos parceiros que investem em nosso projeto.

Leia mais

MÓDULO II Introdução ao Estatuto da Criança e do Adolescente AULA 04

MÓDULO II Introdução ao Estatuto da Criança e do Adolescente AULA 04 MÓDULO II Introdução ao Estatuto da Criança e do Adolescente AULA 04 Por Leonardo Rodrigues Rezende 1 1. Apresentação O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) completa 24 anos este ano, mas sua história

Leia mais

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor

Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor Promovendo o autodesenvolvimento para as pessoas viverem melhor para as pessoas Promover o autodesenvolvimento viverem melhor é a missão do Instituto Walmart www.iwm.org.br O Instituto Walmart é uma organização

Leia mais