PARECER N Alteração contratual por motivo superveniente. Possibilidade condicionada ao interesse público comprovado.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PARECER N. 12337. Alteração contratual por motivo superveniente. Possibilidade condicionada ao interesse público comprovado."

Transcrição

1 PARECER N Alteração contratual por motivo superveniente. Possibilidade condicionada ao interesse público comprovado. Procede o presente expediente administrativo do Sr. Secretário de Estado da Fazenda e solicita orientação com relação ao que segue. Tanto a Loteria de Números como a Loteria Instantânea (Raspadinha) transferem a totalidade de suas receitas líquidas às ações sociais do Gabinete da Primeira Dama, ao Plano de Desenvolvimento e Apoio aos Hospitais do Estado Pró-Hospitais ou outras entidades sem fins lucrativos. Desde o ano de 1996, a receita da Loteria Instantânea vem sofrendo substancial perda, em decorrência do lançamento no mercado de pelos menos 18 emissões diversas de loteria de resultado imediato e outros sorteios, como o jogo denominado Toto Bola, que vem despertando grande interesse da população. De janeiro de 1996 até abril de 1998, a receita bruta de comercialização da Loteria Instantânea, estabelecida em R$ ,00 decaiu para R$ ,00, gerando uma redução de recursos do Pró- Hospitais no percentual de 79,34%. Em face desses números, evidencia-se o interesse na adoção de medidas tendentes à recuperação dessa receita, visando às suas finalidades no campo assistencial. Para tanto se faz necessário dar ao jogo novo atrativo, além de imprimir uma divulgação mais expressiva desse produto, para incremento das vendas.

2 Pretende-se valorizar a Loteria Instantânea incluindo, no mesmo bilhete, um sorteio de números, realizado pela Loteria do Estado, nos moldes do realizado pelo Toto Bola, inclusive com premiação acumulada no caso de não ocorrer 15 acertos e com sorteio realizado ao vivo, em rede de televisão. O preço de face da cartela 2 em 1 passaria para R$1,00. Manter-se-ia a Loteria Instantânea (Raspadinha) nos moldes já existentes. O apostador continuaria concorrendo a sorteio semanal 15-números/acertos de um total de 25 possíveis, realizado pela loteria do estado e transmitido ao vivo pela televisão. Considerando que se encontra em curso tanto o contrato para a confecção e fornecimento dos bilhetes, como o contrato para distribuição, comercialização e divulgação do produto, tais modificações carecem de aditamento às respectivas cláusulas contratuais. Em síntese, pergunta-se : a) acerca da possibilidade legal à luz da Lei das Licitações, de aditivar os contratos para agregar o segundo jogo ao bilhete da Loteria Instantânea; b) em caso de resposta positiva, se é possível alterar o preço dos contratos buscando uma melhor adequação da prestação do serviço. É o relatório. Acham-se em vigor, sobre a matéria, os seguintes contratos : 1. Contrato de prestação de serviços de distribuição e comercialização de bilhetes de loteria na modalidade instantânea celebrado entre a Caixa Econômica Estadual e a empresa Ingá Distribuidora de Produtos Lotéricos Ltda; 2. Contrato de prestação de serviços de confecção e fornecimento de bilhetes de loteria na modalidade

3 instantânea, celebrado entre a Caixa Econômica Estadual e a empresa Tecnoformas Indústria Gráfica Ltda.. Primeiro termo aditivo celebrado em com o objetivo de substituir a CEE pela Secretaria da Fazenda como parte contratante, face a transferência do Departamento de Loterias do Estado. Cogita-se a respeito da possibilidade de alterar os contratos antes mencionados. A Lei 8.666/93, em seu artigo 58, dispõe acerca da prerrogativa reconhecida à Administração de modificar unilateralmente o contrato para melhor adequação às finalidades de interesse público, respeitados os direitos do contratado. Nesse sentido assinala Carlos Ari Sundfeld (Licitação e Contrato Administrativo, São Paulo, Malheiros Editores, 1994, p. 228) :... a possibilidade de o Poder Público modificar unilateralmente o vínculo constituído é corolário da prioridade do interesse público em relação ao privado, vem assim de sua indisponibilidade. No mesmo diapasão Marçal Justen Filho (Coméntários à Lei de Licitações e Contratos Administrativos, Rio, Aidé Ed., 1997, p ) quando escreve : A Administração, após realizar a contratação, não pode impor alteração da avença mercê da simples invocação da sua competência discricionária... A Administração tem de evidenciar, por isso, a superveniência de motivo justificador da alteração contratual. Deve evidenciar que a solução localizada na fase interna da licitação não se revelou, posteriormente, como a mais adequada. Deve indicar que os fatos posteriores alteraram a situação de fato ou de direito e exigem um tratamento distinto daquele adotado. A justificativa apresentada pelo Sr. Diretor do Departamento da Receita Pública Estadual põe a lume, enfaticamente, o prejuízo substancial que vem sofrendo o Estado. Vislumbra-se com as medidas preconizadas a recuperação da receita. Evidencia-se, portanto, a

4 superveniência de motivo justificador da alteração contratual de que trata Marçal Justen Filho, no trecho antes reproduzido. A prerrogativa de modificação contratual não é, contudo, ilimitada. O próprio artigo 58 estabelece que as cláusulas econômicofinanceiras do contrato deverão ser revistas para manutenção do equilíbrio contratual ( 2º). Para completar o exame da questão, deve-se ainda considerar o disposto no artigo 65, 1º da Lei 8.666/93. O acréscimo a ser pactuado deverá observar o limite fixado no dispositivo, não devendo ultrapassar o percentual de 25% do valor inicial atualizado do contrato. Isto posto, com relação à questão a, responde-se afirmativamente. Relativamente ao item b a resposta é igualmente afirmativa, respeitando-se, todavia, o limite estabelecido no artigo 65, 1º da Lei 8.666/93. Acrescente-se ainda que, inobstante se trate de prerrogativa da Administração a alteração unilateral, poderá a mesma dar-se por acordo entre as partes, observados os parâmetros antes descritos. É o parecer. Porto Alegre, 10 de setembro de MARIA ALICE COSTA HOFMEISTER PROCURADORA DO ESTADO Ref. Exp. adm

5 Processo nº /98.0 Acolho as conclusões do PARECER nº 12337, da Procuradoria do Domínio Público Estadual, de autoria da Procuradora do Estado Doutora MARIA ALICE COSTA HOFMEISTER. Restitua-se o expediente ao Excelentíssimo Senhor Secretário de Estado da Fazenda. Em 17 de setembro de EUNICE NEQUETE, PROCURADORA-GERAL DO ESTADO.

PARECER Nº 12080 LOTERIAS INSTANTÂNEAS. Interpretação de norma editalícia.

PARECER Nº 12080 LOTERIAS INSTANTÂNEAS. Interpretação de norma editalícia. PARECER Nº 12080 LOTERIAS INSTANTÂNEAS. Interpretação de norma editalícia. Princípios da vinculação obrigatória ao instrumento convocatório e da isonomia entre os licitantes. Rompimento. Sendo nulo o item

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO PROCURADORIA DO DOMÍNIO PÚBLICO ESTADUAL PARECER 13.917

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO PROCURADORIA DO DOMÍNIO PÚBLICO ESTADUAL PARECER 13.917 PARECER 13.917 COMPANHIA RIOGRANDENSE DE MINERAÇÃO. LOCAÇÃO DE VEÍCULO. HORAS EXCEDENTES. INEXISTÊNCIA DE PREVISÃO CONTRATUAL. PREVISÃO NO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO. A Companhia Riograndense de Mineração

Leia mais

VIII, 24, 8.666/93. A SETUR

VIII, 24, 8.666/93. A SETUR PARECER Nº. 11818 Passagens aéreas. Dispensa de licitação, art. 24, inc. VIII, da Lei nº 8.666/93. A SETUR está desobrigada de adquirir passagens aéreas através da agência de turismo credenciada pelo Estado,

Leia mais

PARECER N º 11927. Estando desativada a referida capatazia, vimos solicitar a retrocessão da referida área ao patrimônio do município.

PARECER N º 11927. Estando desativada a referida capatazia, vimos solicitar a retrocessão da referida área ao patrimônio do município. PARECER N º 11927 DOAÇÃO PURA. Liberalidade plena. O MOTIVO da doação preenche a liberalidade, não podendo ser entendido como condição. Inexistência de previsão de reversão na lei autorizativa do municipio

Leia mais

PARECER Nº 13.774. Superintendência do Porto de Rio Grande. Vale-refeição. Lei n. 10.002/93.

PARECER Nº 13.774. Superintendência do Porto de Rio Grande. Vale-refeição. Lei n. 10.002/93. PARECER Nº 13.774 Superintendência do Porto de Rio Grande. Vale-refeição. Lei n. 10.002/93. Provém da SUPERINTENDÊNCIA DO PORTO DE RIO GRANDE este processo administrativo que me foi distribuído para exame.

Leia mais

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS

ESTADO DO AMAZONAS PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS CARTA CONTRATO Nº 076/2014, que celebram entre si a PREFEITURA MUNICIPAL DE BARCELOS e SANTA MÔNICA DISTRIBUIDORA DE PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA- EPP, objetivando a LOCAÇÃO DE AUTOMÓVEL, sem condutor,

Leia mais

PARECER Nº 12437. Bem Público. Imóvel. Doação para Município. Art. 17 da L. 8.666/93. Necessidade de autorização legislativa.

PARECER Nº 12437. Bem Público. Imóvel. Doação para Município. Art. 17 da L. 8.666/93. Necessidade de autorização legislativa. PARECER Nº 12437 Bem Público. Imóvel. Doação para Município. Art. 17 da L. 8.666/93. Necessidade de autorização legislativa. Nesta Equipe de Consultoria da Procuradoria de Domínio Público, o expediente

Leia mais

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO.

ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. ILUSTRÍSSIMO SENHOR PREGOEIRO RESPONSÁVEL PELO PROCESSO DE LICITAÇÃO DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Ref. Edital de Pregão Eletrônico Nº 052\2012 AFEQUE SERVIÇOS DE VIGILÂNCIA LTDA, pessoa jurídica de

Leia mais

PARECER Nº 11174 SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS. DISCIPLINA DA MATÉRIA: ART. 168 DA CLT

PARECER Nº 11174 SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS. DISCIPLINA DA MATÉRIA: ART. 168 DA CLT PARECER Nº 11174 SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE - SUS. OS EXAMES ADMISSIONAIS PARA INGRESSO NAS EMPRESAS E ENTIDADES PRIVADAS NÃO SÃO DA COMPETÊNCIA DAS UNIDADES SANITÁRIAS INTEGRANTES DO SUS. DISCIPLINA DA MATÉRIA:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO COMISSÃO DE ENSINO MÉDIO E EDUCAÇÃO SUPERIOR E COMISSÃO DE ENSINO FUNDAMENTAL Parecer nº 26/2006 Processo SE n 6.599/19.00/05.1 Indefere o pedido

Leia mais

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO TRANSNACIONAL

PROGRAMA DE COOPERAÇÃO TRANSNACIONAL PROGRAMA DE COOPERAÇÃO TRANSNACIONAL MADEIRA-AÇORES-CANÁRIAS 2014-2020 Angra do Heroísmo, 29 janeiro 2016 ASPECTOS PRÁTICOS DA EXECUÇÃO DE PROJETOS (REGULAMENTO DELEGADO (UE) N.º 481/2014 ) NORMAS DE ELEGIBILIDADE

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 045/2012 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 049/2012 - PGJ/MPPB

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 045/2012 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 049/2012 - PGJ/MPPB MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 045/2012 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 049/2012 - PGJ/MPPB O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA - PGJ, inscrito

Leia mais

Circular CEF nº 441 (DOU de 01/08/08)

Circular CEF nº 441 (DOU de 01/08/08) Circular CEF nº 44 (DOU de 0/08/08) Regulação das loterias de números: Loto III - Quina / Loto V - Mega-Sena / Loto VIII - Lotomania / Loto IX - Dupla Sena / Loto XII - Lotofácil. O Vice-presidente de

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA/INCRA/Nº 32, DE 11 DE JUNHO DE 1999. (Boletim de Serviços nº 24, de 14/06/99)

INSTRUÇÃO NORMATIVA/INCRA/Nº 32, DE 11 DE JUNHO DE 1999. (Boletim de Serviços nº 24, de 14/06/99) INSTRUÇÃO NORMATIVA/INCRA/Nº 32, DE 11 DE JUNHO DE 1999. (Boletim de Serviços nº 24, de 14/06/99) Dispõe sobre a concessão de estágio, no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária INCRA, aos

Leia mais

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS CAIXA ECONÔMICA FEDERAL VICE-PRESIDÊNCIA DE FUNDOS DE GOVERNO E LOTERIAS CIRCULAR No- 486, DE 9 DE SETEMBRO DE 2009 Regulação das Loterias de Números: Loto III - Quina / Loto V - Mega-Sena / Loto VIII

Leia mais

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO

REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO REGULAMENTO INSTITUCIONAL DE COMPRAS, CONTRATAÇÃO DE OBRAS E SERVIÇOS E AQUISIÇÃO DE BENS COM EMPREGO DE RECURSOS PROVENIENTES DO PODER PÚBLICO CAPÍTULO I DA INTRODUÇÃO Art. 1º - O presente regulamento

Leia mais

A T I V O P A S S I V O CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 1.718.300 CIRCULANTE E EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 24.397

A T I V O P A S S I V O CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO PRAZO 1.718.300 CIRCULANTE E EXIGÍVEL A LONGO PRAZO 24.397 BANCO CENTRAL DO BRASIL FUNDO DE GARANTIA DOS DEPÓSITOS E LETRAS IMOBILIÁRIAS - FGDLI BALANÇO PATRIMONIAL DE ENCERRAMENTO - EM 29 DE ABRIL DE 2005 A T I V O P A S S I V O CIRCULANTE E REALIZÁVEL A LONGO

Leia mais

Coordenação de Contratos Núcleo de Gerenciamento de Atas ATA REGISTRO DE PREÇOS Nº 31 /2014 PREGAO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 26/2014

Coordenação de Contratos Núcleo de Gerenciamento de Atas ATA REGISTRO DE PREÇOS Nº 31 /2014 PREGAO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 26/2014 PROCESSO Nº 08008.000600/2014-03 PREGAO ELETRÔNICO PARA REGISTRO DE PREÇOS Nº 26/2014 No dia de de 20, a União, por intermédio do Ministério da Justiça, situado na Esplanada dos Ministérios, Bloco T, Anexo

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 004/2011 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 002/2011 - PGJ/MPPB

MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 004/2011 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 002/2011 - PGJ/MPPB MINISTÉRIO PÚBLICO DA PARAÍBA PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 004/2011 PGJ/MPPB PREGÃO PRESENCIAL N.º 002/2011 - PGJ/MPPB O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA PARAÍBA-PGJ, inscrito

Leia mais

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.420, DE 2013 (Do Sr. Valtenir Pereira)

PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.420, DE 2013 (Do Sr. Valtenir Pereira) CÂMARA DOS DEPUTADOS PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO N.º 1.420, DE 2013 (Do Sr. Valtenir Pereira) Susta a aplicação do art. 8º e seu parágrafo único da Resolução Normativa nº 581, da Agência Nacional de

Leia mais

REAJUSTE DAS CONTRAPRESTAÇÕES PECUNIÁRIAS DE CONTRATOS DE CONTRATAÇÃO COLETIVA OPERADORA: PORTO DIAS SAÚDE CNPJ: 06.145.428/0001-09 REGISTRO ANS: 41.508-1 PERÍODO DE APLICAÇÃO: Maio/2016 a Abril/2017 PERCENTUAL

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE COLORADO ESTADO DO PARANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE COLORADO ESTADO DO PARANA DISPENSA Nº: DP 077/2013 ÓRGÃO SOLICITANTE: SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO. OBJETO: AQUISIÇÃO DE QUADROS COM IMAGENS AÉREAS DO MUNICÍPIO E CD DE IMAGEM DE ALTA RESOLUÇÃO PARA A SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Faculdade Norte de Mato Grosso

Faculdade Norte de Mato Grosso CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS Por este INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇAO DE SERVIÇOS EDUCACIONAIS, que entre si fazem, de um lado a AJES ACADEMIA JUINENSE DE ENSINO SUPERIOR

Leia mais

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012

COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Nº 001/2012 COTAÇÃO PRÉVIA DE PREÇO Contrato de Repasse do Convênio no SICONV nº 763468/2011-IPD/MDA/BB Modalidade: Maior percentual de desconto oferecido sobre o valor do volume de vendas Entrega da Proposta até

Leia mais

CODIFICAÇÃO ORDEM DE SERVIÇO. Vigência 19/09/2013. ASSUNTO: Regulamenta o Programa de Monitoria. Versão 01

CODIFICAÇÃO ORDEM DE SERVIÇO. Vigência 19/09/2013. ASSUNTO: Regulamenta o Programa de Monitoria. Versão 01 OS-007 /SR-1/2013 01/05 1 - DA FINALIDADE A presente Ordem de Serviço tem como finalidade modificar a OS-007/SR-1/08 e regulamentar a operacionalização do Programa de Monitoria, em conformidade com o que

Leia mais

Regulamento Municipal para a Concessão de Apoios ao Associativismo. Preâmbulo

Regulamento Municipal para a Concessão de Apoios ao Associativismo. Preâmbulo MUNICIPIO DE ARCOS DE VALDEVEZ Regulamento Dr. Francisco Rodrigues de Araújo, Presidente da Câmara Municipal de Arcos de Valdevez: Faz público que a Assembleia Municipal de Arcos de Valdevez, na sua sessão

Leia mais

CARTA CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 002/2013

CARTA CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 002/2013 CARTA CONTRATO DE FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS DE INFORMÁTICA Nº 002/2013 Carta Contrato para a Aquisição de Equipamentos de Informática, firmada entre o SERVIÇO AUTÕNOMO DE ÁGUA E ESGOTO DE MAUÉS - SAAE

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer CONTRATO N. 014/2013 Contrato firmado entre a Câmara de Inhumas e a empresa PANIFICADORA SANTANA GRANER VAZ LTDA na forma seguinte Pelo presente instrumento, de um lado o CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS, pessoa

Leia mais

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita

Interessados: RESPONSÁVEIS: João Paulo Bastos Hildebrandt e Paulo Macedo de Carvalho Mesquita Tribunal de Contas da União Número do documento: AC-0054-06/99-1 Identidade do documento: Acórdão 54/1999 - Primeira Câmara Ementa: Tomada de Contas. Centro Psiquiátrico Pedro II. Exercício de 1997. Garantias

Leia mais

1. Do impedimento quanto aos critérios de Qualificação Econômico-Financeira:

1. Do impedimento quanto aos critérios de Qualificação Econômico-Financeira: ILMO. SR. EDUARDO ABI-NADER SIMÃO GERENTE DE LICITAÇÕES E CONTRATOS, RESPONSÁVEL DA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS DO RJ. REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 03/2015 EMPRESA BRASILEIRA DE TECNOLOGIA E ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Tribunal de Contas da União

Tribunal de Contas da União Tribunal de Contas da União Dados Materiais: Decisão 374/94 - Plenário - Ata 24/94 Processo nº TC 014.243/93-8 Interessado: Laboratório Universal - Pesquisas e Análises Clínicas Ltda. Órgão: Secretaria

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS

PERGUNTAS E RESPOSTAS PERGUNTAS E RESPOSTAS ASSUNTO: REP REGISTRADOR ELETRÔNICO DE PONTO 2. Quando a portaria entra em vigor? Na data de sua publicação, 25/08/2009, exceto para o uso do REP, que se tornará obrigatório no dia

Leia mais

NT_036/2010_FINANÇAS Brasília/DF, 30 de julho de 2010. NOTA TÉCNICA

NT_036/2010_FINANÇAS Brasília/DF, 30 de julho de 2010. NOTA TÉCNICA NT_036/2010_FINANÇAS Brasília/DF, 30 de julho de 2010. NOTA TÉCNICA REFERENTE AO VALOR DA TERRA NUA PARA FINS DE RECOLHIMENTO DO ITR A Confederação Nacional de Municípios esclarece que, em razão das situações

Leia mais

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012. (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010)

EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012. (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010) EDITAL DO PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS ANO LETIVO DE 2012 (Em conformidade com a Lei 12.101/2009 e o Decreto 7237/2010) A Associação Beneficente e Educacional de 1858 é uma instituição que atua na educação

Leia mais

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO

VERITAE TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO TRABALHO PREVIDÊNCIA SOCIAL SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Orientador Empresarial Administração Pública Contratação de Bens e Serviços de Informática e Automação p Regulamentação

Leia mais

Processo nº 51269/2014. ML-57/2014 Encaminha Projeto de Lei.

Processo nº 51269/2014. ML-57/2014 Encaminha Projeto de Lei. ML-57/2014 Encaminha Projeto de Lei. Senhor Presidente: São Bernardo do Campo, 9 de dezembro de 2014. PROJETO DE LEI N. 67/14 PROTOCOLO GERAL N. 5.212/14 Encaminhamos a Vossa Excelência, para apreciação

Leia mais

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 68

CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 68 CONSELHO DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO DELIBERAÇÃO Nº 68 O Conselho de Regulação e Melhores Práticas de Fundos de Investimento, no exercício das atribuições a ele conferidas

Leia mais

Execução de Despesa. DNT/SSSCI/SF Abril 2013

Execução de Despesa. DNT/SSSCI/SF Abril 2013 DNT/SSSCI/SF Abril 2013 Realização Secretaria da Fazenda Subsecretaria do Sistema de Controle Interno Departamento de Normas Técnicas Apresentação David Fabri Monique Junqueira Ferraz Zanella INTRODUÇÃO

Leia mais

PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015.

PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015. PROJETO DE LEI N.º 59/2015, DE 20 DE JULHO DE 2015. AUTORIZA A CONCESSÃO DE INCENTIVOS À EMPRESA METAL MARC INDÚSTRIA METALÚRGICA LTDA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE GUAPORÉ-RS faz saber,

Leia mais

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2007 / 2008 2008 / 2009. Enfermeiros

CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2007 / 2008 2008 / 2009. Enfermeiros CONVENÇÃO COLETIVA DE TRABALHO 2007 / 2008 2008 / 2009 Enfermeiros O SINDICATO DOS ENFERMEIROS DO ESTADO DE MINAS GERAIS, CNPJ nº 21.854.005/0001-51, portador de Carta Sindical expedida pelo MTb (cópia

Leia mais

NOTA INFORMATIVA Nº 739/2012/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP

NOTA INFORMATIVA Nº 739/2012/CGNOR/DENOP/SEGEP/MP Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Gestão Pública Departamento de Normas e Procedimentos Judiciais de Pessoal Coordenação-Geral de Elaboração, Orientação e Consolidação das Normas

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO CONSULTORIA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO CONSULTORIA PARECER Nº 15.149 A PARCELA RELATIVA A ADICIONAL NOTURNO INCORPORADA AO VENCIMENTO DO SERVIDOR EXTRANUMERÁRIO INTEGRANTE DO QUADRO ESPECIAL COMPOSTO DOS SERVIDORES DA EXTINTA CAIXA ECONÔMICA ESTADUAL É

Leia mais

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016

LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 LÂMINA DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS SOBRE O SANTANDER ESTRUTURADO BOLSA EUROPEIA 3 MULTIMERCADO 11.714.787/0001-70 Informações referentes a Maio de 2016 Esta lâmina contém um resumo das informações essenciais

Leia mais

indenização na desapropriação de imóvel hipotecado.

indenização na desapropriação de imóvel hipotecado. PARECER Nº 12316 DESAPROPRIAÇÃO DE BEM IMÓVEL HIPOTECADO. SISTEMA DA INDENIZAÇÃO UNITÁRIA OU DA SUB-ROGAÇÃO. Procedendo o Departamento de Estradas de Rodagem - DAER - à desapropriação de bem gravado com

Leia mais

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS DECRETO Nº 15.114,DE 8 DE JANEIRO DE 2013 Disciplina a celebração de convênios e operações de crédito com previsão de ingresso de recursos financeiros que beneficiem órgãos e entidades da Administração

Leia mais

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.:

TCE-RJ PROCESSO Nº 212.955-5/07 RUBRICA: FLS.: TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO GABINETE DO CONSELHEIRO JOSÉ MAURÍCIO DE LIMA NOLASCO VOTO GC-4 50201/2012 PROCESSO: TCE-RJ Nº 212.955-5/07 ORIGEM: FUNDAÇÃO TEATRO MUNICIPAL TRIANON DE CAMPOS

Leia mais

ILMA. SRA. CÁTIA FRANCISCA FERREIRA PREGOEIRA RESPONSÁVEL PELA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES GO/DF.

ILMA. SRA. CÁTIA FRANCISCA FERREIRA PREGOEIRA RESPONSÁVEL PELA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES GO/DF. ILMA. SRA. CÁTIA FRANCISCA FERREIRA PREGOEIRA RESPONSÁVEL PELA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DO DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES GO/DF. REF.: PREGÃO ELETRÔNICO Nº 0292/2015-12-DNIT PROCESSO

Leia mais

PARECER TÉCNICO Nº 21/GEAS/GGRAS/DIPRO/2016 COBERTURA: LENTE INTRAOCULAR - CATARATA

PARECER TÉCNICO Nº 21/GEAS/GGRAS/DIPRO/2016 COBERTURA: LENTE INTRAOCULAR - CATARATA PARECER TÉCNICO Nº 21/GEAS/GGRAS/DIPRO/2016 COBERTURA: LENTE INTRAOCULAR - CATARATA Nos termos do art. 4º, inciso III, da Lei nº 9.961, de 2000, compete à Agência Nacional de Saúde Suplementar ANS elaborar

Leia mais

A seguir, são listados alguns problemas que não podem ocorrer, de forma alguma, na proposição ou na execução do convênio ou contrato de repasse:

A seguir, são listados alguns problemas que não podem ocorrer, de forma alguma, na proposição ou na execução do convênio ou contrato de repasse: CUIDADOS DURANTE A EXECUÇÃO DE UM CONVÊNIO 1 As transferências voluntárias formam um sistema de cooperação entre a União e os demais entes da Federação, além das chamadas organizações nãogovernamentais,

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN

RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN RESOLUÇÃO Nº 01/2013-ASSEJERN Regulamenta o Bolão ASSEJERN de Loterias para as loterias administradas pela Caixa Econômica Federal. A Diretoria Executiva da Associação dos Servidores da Justiça Eleitoral

Leia mais

TEXTO ATUALIZADO. Artigo 1.º Objeto

TEXTO ATUALIZADO. Artigo 1.º Objeto Diploma: Portaria n.º 204-B/2013, de 18 de junho Sumário: Cria a medida Estágios Emprego Alterações: Portaria n.º 375/2013, de 27 de dezembro, altera o artigo 3.º e as alíneas a), b) e c) do n.º 1 do artigo

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO 1 INFORMAÇÃO Nº 051/09 CONTRATO ADMINISTRATIVO. ELEVAÇÃO DE ALÍQUOTA DE CONTRIBUIÇÃO AO SEGURO ACIDENTE DE TRABALHO. REPERCUSSÃO NO CUSTO DA EMPRESA. DIREITO AO REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO. O presente

Leia mais

Despesa Orçamentária: conceitos, classificação e etapas 1

Despesa Orçamentária: conceitos, classificação e etapas 1 Para mais informações, acesse o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público, Parte I Procedimentos Contábeis Orçamentários, 5ª edição. https://www.tesouro.fazenda.gov.br/documents/10180/137713/parte_i_-_pco.pdf

Leia mais

Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa

Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa Regulamento do Programa de Apoio à Economia e Emprego Nota Justificativa Considerando que, Os Municípios dispõem de atribuições no domínio da promoção do desenvolvimento; Que para a execução das referidas

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3.533 R E S O L V E U :

RESOLUÇÃO Nº 3.533 R E S O L V E U : RESOLUÇÃO Nº 3.533 Estabelece procedimentos para classificação, registro contábil e divulgação de operações de venda ou de transferência de ativos financeiros. O BANCO CENTRAL DO BRASIL, na forma do art.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE OSASCO 30ª SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO

PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE OSASCO 30ª SUBSEÇÃO JUDICIÁRIA PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO PORTARIA N.º 27/2006 JEF-OSASCO O Doutor MARCO AURÉLIO CHICHORR FALAVINHA, Juiz Federal Presidente do Juizado Especial Federal Cível da 30ª Subseção Judiciária de Osasco, Seção Judiciária do Estado de

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.732-D, DE 1998 Regulamenta a produção e comercialização

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.732-D, DE 1998 Regulamenta a produção e comercialização COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE REDAÇÃO REDAÇÃO FINAL PROJETO DE LEI Nº 4.732-D, DE 1998 Regulamenta a produção e comercialização de insumos, equipamento, material ou maquinaria destinados à fabricação,

Leia mais

A COMPASS COMERCIALIZADORA DE ENERGIA ELÉTRICA LTDA. OFERTA COMPASS nº 01/2009

A COMPASS COMERCIALIZADORA DE ENERGIA ELÉTRICA LTDA. OFERTA COMPASS nº 01/2009 A COMPASS COMERCIALIZADORA DE ENERGIA ELÉTRICA LTDA. OFERTA COMPASS nº 01/2009 EDITAL DE VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA NO AMBIENTE DE CONTRATAÇÃO LIVRE - ACL A OFERTA e os procedimentos relativos à Venda de

Leia mais

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009.

RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009. RESOLUÇÃO NORMATIVA RN Nº 195, DE 14 DE JULHO DE 2009. Dispõe sobre a classificação e características dos planos privados de assistência à saúde, regulamenta a sua contratação, institui a orientação para

Leia mais

a autarquia, de forma a evitar dependência em relação ao prestador, bem como garantir a segurança das informações. Acórdão 1937/2003 Plenário

a autarquia, de forma a evitar dependência em relação ao prestador, bem como garantir a segurança das informações. Acórdão 1937/2003 Plenário a autarquia, de forma a evitar dependência em relação ao prestador, bem como garantir a segurança das informações. Acórdão 1937/2003 Plenário Cumpra fielmente as cláusulas pactuadas nos contratos, evitando

Leia mais

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda:

DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009. O PREFEITO MUNICIPAL DE ANANINDEUA, no uso de suas atribuições constitucionais e legais, e ainda: 1 DECRETO nº. 11.698, de 16 de janeiro de 2009 Regulamenta, no âmbito da Administração pública municipal, o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº. 8.666, de 21 de junho de 1993, e

Leia mais

TORRES E MOCCHETTI SOCIEDADE MEDICAS SS

TORRES E MOCCHETTI SOCIEDADE MEDICAS SS CONTRATO 235/2013 CREDOR VALOR 81.000,00 DATA 04/11/2013 VENCIMENTO 04/05/2014 TORRES E MOCCHETTI SOCIEDADE MEDICAS SS A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MEDICO-HOSPITALAR NA ESPECIALIZAÇÃO DE ORTOPEDIA ENTRE

Leia mais

Parágrafo Primeiro. O fornecimento do material para veiculação do informativo será de responsabilidade da contratante.

Parágrafo Primeiro. O fornecimento do material para veiculação do informativo será de responsabilidade da contratante. CONTRATO Nº 004/2015 REFERENTE À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE QUERÊNCIA E A EMPRESA RÁDIO LÍDER SERVIÇOS E PUBLICIDADE LTDA ME. A Estado de Mato Grosso, Pessoa Jurídica

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP/PR Nº 4, DE 8 DE OUTUBRO DE 2003

INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP/PR Nº 4, DE 8 DE OUTUBRO DE 2003 INSTRUÇÃO NORMATIVA SEAP/PR Nº 4, DE 8 DE OUTUBRO DE 2003 O SECRETÁRIO ESPECIAL DA SECRETARIA ESPECIAL DE AQÜICULTURA E PESCA DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o art.

Leia mais

ANS Papel Institucional e Competência do Rol de Procedimentos

ANS Papel Institucional e Competência do Rol de Procedimentos 201 ANS Papel Institucional e Competência do Rol de Procedimentos Luciana Gomes de Paiva 1 Da palestra do Dr. Franklin Padrão, de início, destacam-se os princípios doutrinários de universalidade, equidade

Leia mais

CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013

CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013 CIRCULAR Nº 3.649, DE 11 DE MARÇO DE 2013 Dispõe sobre os procedimentos para instrução de processos de constituição, autorização para funcionamento, alterações de controle societário, reorganização societária,

Leia mais

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias Parte 2

Produtos Bancários CAIXA. Item 3- Loterias Parte 2 Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Parte 2 Produtos Bancários CAIXA Item 3- Loterias Parte 2 Como jogar: TELA CHEIA MEGASENA APOSTA O sistema escolhe Concorrer com a SORTEIOS RATEIO SEM GANHADOR

Leia mais

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Reforçar a Competitividade das Empresas

AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS. Reforçar a Competitividade das Empresas AVISO PARA APRESENTAÇÃO DE CANDIDATURAS PROGRAMA OPERACIONAL DA 2014-2020 (MADEIRA 14-20) EIXO PRIORITÁRIO 3 Reforçar a Competitividade das Empresas PRIORIDADE DE INVESTIMENTO (PI) 3.b Desenvolvimento

Leia mais

CARTILHA ESTÁGIO (Lei nº. 11.788/08 - Estágios de Estudantes)

CARTILHA ESTÁGIO (Lei nº. 11.788/08 - Estágios de Estudantes) CARTILHA ESTÁGIO (Lei nº. 11.788/08 - Estágios de Estudantes) 1 O que se entende por estágio? R - Estágio é ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho, que visa à preparação

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO. PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010

PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO. PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 001/2007 ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO PREGÃO ELETRÔNICO N o 09/2010 PROCESSO Nº 079/2010 CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE FORNECIMENTO DE PASSAGENS AÉREAS NACIONAIS E INTERNACIONAIS,

Leia mais

Mega da Virada. Existem outros concursos especiais como: Lotomania de Páscoa Quina de São João Lotofácil da Independência

Mega da Virada. Existem outros concursos especiais como: Lotomania de Páscoa Quina de São João Lotofácil da Independência Agenda O que é a Mega da Virada? Quais são as Loterias do Brasil Os termos básicos do Mercado de Loterias Quais são suas regras básicas Calendário de Sorteios Uma noção do mercado de Loterias no Brasil

Leia mais

Contrato para Compra de Investimento No. [referência da SOCIEDADE]

Contrato para Compra de Investimento No. [referência da SOCIEDADE] Contrato para Compra de Investimento No. [referência da SOCIEDADE] Entre [ ].. representada pelas pessoas devidamente autorizadas nomeadas na página de assinatura do presente CONTRATO, doravante denominada

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS PORTARIA Nº 693, DE 25 DE NOVEMBRO DE 2014 Estabelece regras e critérios de execução e monitoramento do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico

Leia mais

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS

GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS Manual de GUIA PRÁTICO APOIOS SOCIAIS CRIANÇAS E JOVENS INSTITUTO DA SEGURANÇA SOCIAL, I.P ISS, I.P. Departamento/Gabinete Pág. 1/13 FICHA TÉCNICA TÍTULO Guia Prático Apoios Sociais Crianças e Jovens (35

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 3220 - ANTAQ, DE 8 DE JANEIRO DE 2014.

RESOLUÇÃO Nº 3220 - ANTAQ, DE 8 DE JANEIRO DE 2014. RESOLUÇÃO Nº 3220 - ANTAQ, DE 8 DE JANEIRO DE 2014. APROVA A NORMA QUE ESTABELECE PROCEDIMENTOS PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE ARRENDAMENTOS E RECOMPOSIÇÃO DO EQUILÍBRIO ECONÔMICO- FINANCEIRO DOS CONTRATOS

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO

CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO CARTA CONVITE Nº 017/2007 TIPO: MENOR PREÇO PROCESSO Nº 017/2007 Tipo de Licitação: MENOR PREÇO DATA: 22/08/2007 HORÁRIO: 10:00 HORAS LOCAL: Universidade de Brasília Campus Universitário Darcy Ribeiro

Leia mais

Venda exclusiva para pessoa jurídica. Condições Gerais EMPRESARIAL

Venda exclusiva para pessoa jurídica. Condições Gerais EMPRESARIAL Venda exclusiva para pessoa jurídica. Condições Gerais O IDEAL CAP Empresarial é um título de capitalização de pagamento mensal que ajuda você a guardar dinheiro para tirar os projetos do papel. Além disso,

Leia mais

CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE

CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE CARTA TÉCNICA CERTIFICADO DE ENTIDADE BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CEBAS ÁREA: SAÚDE ENTIDADES ABRANGIDAS: Entidades que atuam na área da saúde (Art. 4º ao Art. 11º da Lei nº 12.101/2009) ÓRGÃO RESPONSÁVEL

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS. Pagamento Cota de sorteio % Cota de carregamento % Cota de Capitalização % 1º ao 3º 5,7736% 84,2264% 10,0000%

CONDIÇÕES GERAIS. Pagamento Cota de sorteio % Cota de carregamento % Cota de Capitalização % 1º ao 3º 5,7736% 84,2264% 10,0000% CONDIÇÕES GERAIS GLOSSÁRIO Subscritor é a pessoa que subscreve a proposta de aquisição do Título, assumindo o compromisso de efetuar o pagamento na forma convencionada nestas Condições Gerais. Titular

Leia mais

OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES

OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES OBRIGATORIEDADE DA EXIGÊNCIA DA CERTIDÃO NEGATIVA DE DÉBITOS TRABALHISTAS NAS LICITAÇÕES A Lei 8.666/93 foi alterada em 11 de julho de 2011 (artigos 27 e 29), pela Lei 12.440, sendo implementada a exigência

Leia mais

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO que celebram, de um lado, o SINDICATO DOS EMPREGADOS EM INSTITUIÇÕES BENEFICENTES, RELIGIOSAS E FILANTRÓPICAS DO ESTADO

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO que celebram, de um lado, o SINDICATO DOS EMPREGADOS EM INSTITUIÇÕES BENEFICENTES, RELIGIOSAS E FILANTRÓPICAS DO ESTADO ACORDO COLETIVO DE TRABALHO que celebram, de um lado, o SINDICATO DOS EMPREGADOS EM INSTITUIÇÕES BENEFICENTES, RELIGIOSAS E FILANTRÓPICAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, entidade sindical representativa da

Leia mais

Projeto de Resolução n.º 565/XII/2.ª

Projeto de Resolução n.º 565/XII/2.ª Projeto de Resolução n.º 565/XII/2.ª Recomenda ao Governo que aprove, para o período de vigência do Programa de Assistência Financeira a Portugal, uma moratória para as ações de despejo que tiverem fundamento

Leia mais

EXM. º SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO- PORTO ALEGRE/RS

EXM. º SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO- PORTO ALEGRE/RS EXM. º SENHOR PRESIDENTE DA COMISSÃO DE LICITAÇÃO DA PROCURADORIA REGIONAL DO TRABALHO DA 4ª REGIÃO- PORTO ALEGRE/RS REF.: EDITAL PREGÃO ELETRÔNICO Nº 27/2013 MICHIELIN CENTRO DE PROMOÇÃO À SAÚDE OCUPACIONAL

Leia mais

Centro de Ciências Humanas e Naturais Secretaria de Ensino a Distância Curso de Licenciatura em História Ead

Centro de Ciências Humanas e Naturais Secretaria de Ensino a Distância Curso de Licenciatura em História Ead Centro de Ciências Humanas e Naturais Secretaria de Ensino a Distância Curso de Licenciatura em História Ead REGULAMENTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO OBRIGATÓRIO E NÃO OBRIGATÓRIO DO CURSO DE HISTÓRIA-EAD

Leia mais

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005

Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Esta versão não substitui a publicada no DOU INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02, DE 30 DE SETEMBRO DE 2005 Dispõe sobre os critérios e procedimentos relativos ao enquadramento de projetos de produção de biodiesel

Leia mais

ANEXO III MECANISMO DE REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO

ANEXO III MECANISMO DE REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO ANEXO III MECANISMO DE REEQUILÍBRIO ECONÔMICO-FINANCEIRO PÁGINA 1 DE 13 SUMÁRIO PARTE I DA ALOCAÇÃO DOS RISCOS... 3 1. DISPOSIÇÕES GERAIS... 3 2. SEÇÃO 1: DOS RISCOS DO PODER CONCEDENTE... 3 3. SEÇÃO 2:

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA DENATRAN Nº 01, de 09 de dezembro de 2003.

INSTRUÇÃO NORMATIVA DENATRAN Nº 01, de 09 de dezembro de 2003. INSTRUÇÃO NORMATIVA DENATRAN Nº 01, de 09 de dezembro de 2003. Estabelece orientações e procedimentos a serem adotados na celebração de Contratos, Convênios, Termos de Cooperação, Acordos de Cooperação

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE CONSELHO UNIVERSITÁRIO RESOLUÇÃO Nº 12/2011/CONSU Estabelece normas para o relacionamento entre a Universidade Federal de

Leia mais

Relatório Consolidado da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada

Relatório Consolidado da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada RT GIDUR/SP Nº 003/08 São Paulo, 03 de novembro de 2008. Relatório Consolidado da Operação Urbana Consorciada Água Espraiada Anexo ao Ofício nº 7054/08 - GIDUR/SP Sinopse: Relatório de fiscalização do

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO SECRETARIA FEDERAL DE CONTROLE INTERNO RELATÓRIO DE AUDITORIA ANUAL DE CONTAS TIPO DE AUDITORIA : AUDITORIA DE GESTÃO EXERCÍCIO : 2008 PROCESSO Nº

Leia mais

MINUTA PARA AUTORIZAÇÃO DE MODALIDADES AFIM DE JOGOS DE FORTUNA OU AZAR

MINUTA PARA AUTORIZAÇÃO DE MODALIDADES AFIM DE JOGOS DE FORTUNA OU AZAR MINUTA PARA AUTORIZAÇÃO DE MODALIDADES AFIM DE JOGOS DE FORTUNA OU AZAR Descobre Modena com Monari Exmº. Senhor Secretário- Geral do Ministério da Administração Interna A Sociedade Nacional de Azeites

Leia mais

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS

CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS PROGRAMA OPERACIONAL VALORIZAÇÃO DO TERRITÓRIO Deliberações CMC POVT: 15/10/2007, 19/02/2008, 6/02/2012, 8/08/2012 e 2/10/2013 RECUPERAÇÃO DO PASSIVO AMBIENTAL ENTRADA EM VIGOR EM 3/10/2013 NA REDAÇÃO

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PROCESSO N.º 2810-09.00/12-7 PREGÃO ELETRÔNICO Nº 85/2012 Contrato AJDG N.º 004/13 O ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, por intermédio da PROCURADORIA- GERAL DE JUSTIÇA, órgão

Leia mais

5 CONTRATAÇÃO DIRETA 5.1 DISPENSA DE LICITAÇÃO

5 CONTRATAÇÃO DIRETA 5.1 DISPENSA DE LICITAÇÃO 5 CONTRATAÇÃO DIRETA ENUNCIADO DE SÚMULA N. 89. Quem ordenar despesa pública sem a observância do prévio procedimento licitatório, quando este for exigível, poderá ser responsabilizado civil, penal e administrativamente,

Leia mais

PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G. A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas,

PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G. A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas, PORTARIA Nº 1386/2006 SMS.G A SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE, no uso das atribuições que lhe são legalmente conferidas, CONSIDERANDO a edição da Lei nº 14.084 de 27 de outubro de 2005 e do Decreto Municipal

Leia mais

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PROJETO DE LEI Nº 6.590, DE 2006.

COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PROJETO DE LEI Nº 6.590, DE 2006. COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR PROJETO DE LEI Nº 6.590, DE 2006. (Apensos: Projetos nºs 7.160, de 2006; 631, de 2007; 2.175, de 2007; 2.342, de 2007; 6.950, de 2010; 3.131, de 2012; e 3.313, de 2012,

Leia mais

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010

Concurso Público para Cargos Técnico-Administrativos em Educação UNIFEI 13/06/2010 Questão 21 Conhecimentos Específicos - Auditor No que diz respeito às Demonstrações Contábeis Aplicadas ao Setor Público, a Demonstração Contábil cuja apresentação é obrigatória apenas pelas empresas estatais

Leia mais

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO

Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Prefeitura Municipal de Floriano Peixoto 01.612.289/0001-62 Avenida Alfredo Joahnes Dücker - 99.910-000 - Floriano Peixoto/RS EDITAL DE LICITAÇÃO Processo...: 8/2015 Modalidade.: Convite Número...: 6/2015

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº. 001/2010/SENAR-AR/RO

CONCORRÊNCIA Nº. 001/2010/SENAR-AR/RO PROCESSO nº 006/2010 CONCORRÊNCIA SOB REGISTRO DE PREÇOS n.º 001/2010 CONTRATO SOB REGISTRO DE PREÇOS PARA FORNECIMENTO DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS, PRODUTOS DESCARTAVÉIS E PRODUTOS DE HIGIENE E LIMPEZA QUE

Leia mais

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural

Serviço Nacional de Aprendizagem Rural Serviço Nacional de Aprendizagem Rural REGULAMENTO DOS PROCEDIMENTOS PARA CELEBRAÇÃO DE TERMOS DE COOPERAÇÃO Estabelece diretrizes, normas e procedimentos para celebração, execução e prestação de contas

Leia mais