Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A."

Transcrição

1 Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Emissões / Issues Empréstimo Obrigacionista até 30,0 Milhões de Euros Cláusulas Especiais / Special Clauses Rating Relatório de Follow-up Follow-up Report Vencimento bullet em 8 de Julho de 2018; e possibilidade de amortização antecipada por parte do emitente (call-option) do montante total emitido em 8 de Julho de 2015, em 8 de Julho de 2016 ou em 8 de Julho de BBB Tendência / Outlook Estável Validade / Validity Até 8 de Julho de 2018, sendo neste período necessário proceder a follow-ups anuais, o primeiro devido até 17 Outubro de Período Analisado / Period of Analysis Bond Loan with a maximum amount of EUR 30.0 Million Bullet maturity on 8 July 2018; and the issuer has a call option on the loan s full amount on 8 July 2015, 8 July 2016 or 8 July BBB Stable Until 8 July 2018, the bond loan s maturity, in the meantime requiring annual follow-ups, the next being due by 17 October a Março de 2012 e previsões para to March 2012 and forecasts for 2012 Data deste Relatório/ Report s Date 17 de Outubro de October 2012 Data do Rating Inicial / Initial Rating Date 24 de Junho de June 2010 Data do Último Follow-up / Last Follow-up Date 12 de Setembro de September 2011 Painel de Rating / Rating Panel José Poças Esteves Presidente do Conselho de Administração Chairman of the Board of Directors Henrique Murteira Director Manager Carlos Leitão Analista de Rating Rating Analyst Isabel Fernandes Analista de Rating Rating Analyst Contacto / Contact Henrique Murteira Director Manager Tel: (351) Carlos Leitão Analista de Rating Rating Analyst Fax: (351) De acordo com o Código de Conduta da Companhia Portuguesa de Rating, S.A. (CPR) e dos seus colaboradores, a CPR tem em vigor procedimentos internos e mecanismos para identificar e, consequentemente, eliminar ou, alternativamente, gerir e divulgar, quando apropriado, actuais ou potenciais conflitos de interesse. Neste âmbito, informa-se que o Dr. Rui Chancerelle de Machete é o presidente das Mesas das Assembleias Gerais da Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. e da CPR. No entanto, no exercício da sua função como Presidente da Mesa da Assembleia Geral da CPR, o Dr. Rui Chancerelle de Machete não teve qualquer interferência no processo de atribuição pela CPR do rating aos compromissos financeiros da Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A.. In accordance with the Code of Conduct of Companhia Portuguesa de Rating, S.A. (CPR) and its Employees, CPR has in place internal procedures and mechanisms aimed at identifying, and consequently eliminating, or alternatively, managing and disclosing, as appropriate, actual or potential conflicts of interest. Accordingly, we hereby inform that Mr. Rui Chancerelle de Machete is the Chairman of the Board of the General Meeting of Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. and of CPR. However, in the exercise of his functions as Chairman of the Board of the General Meeting of CPR, Mr. Rui Chancerelle de Machete had no interference whatsoever in the process of assigning the rating to the financial commitments of Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A..

2 1. DESCRIÇÃO DA OPERAÇÃO SUJEITA A FOLLOW-UP 1. DESCRIPTION OF THE OPERATION SUBJECT TO FOLLOW-UP É sujeito a follow-up um empréstimo obrigacionista da Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. (SCOA holding do Grupo OREY) no montante de até 30 milhões de euros (M ), dos quais 13,0 M foram emitidos no dia 8 de Julho de 2010, com vencimento bullet em 8 de Julho de 2018 e com possibilidade de amortização antecipada por parte do emitente (call-option) do montante total da emissão no final do 5º ano (8 de Julho de 2015), do 6º ano (8 de Julho de 2016) ou do 7º ano (8 de Julho de 2017). A curto prazo a SCOA não prevê vir a emitir mais obrigações no âmbito deste empréstimo. O rating atribuído pela Companhia Portuguesa de Rating, S.A. (CPR) a este empréstimo obrigacionista é válido até ao vencimento do mesmo, sendo neste período necessário proceder a follow-ups anuais, sendo o próximo devido até 17 de Outubro de Poderão ocorrer follow-ups antecipados caso ocorram novas emissões do empréstimo obrigacionista sujeito a follow-up e / ou caso se registem alterações significativas nas actividades do Grupo OREY e / ou nos seus enquadramentos face às perspectivas apresentadas ao longo deste relatório. This follow-up applies to a bond loan issued by Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. (SCOA the holding company of the OREY Group) of up to EUR 30 million, of which EUR 13.0 million were issued on 8 July 2010 with bullet maturity on 8 July The issuer has a call option on the loan s full amount, which may be exercised on the loan s 5th, 6th or 7th anniversaries (8 July 2015, 8 July 2016 and 8 July 2017). SCOA does not plan to issue more bonds under this loan in the short term. The rating assigned by Companhia Portuguesa de Rating, S.A. (CPR) to this bond loan is valid up to its maturity, but in the meantime requires annual follow-ups, the next of which is due by 17 October Earlier follow-ups may be required if further issues under the bond loan now subject to follow up are made and / or if there occur significant changes in the activities or overall operating conditions of the OREY Group relative to those described and projected throughout this report. 2. EVOLUÇÃO RECENTE 2. RECENT DEVELOPMENTS Economia Mundial Segundo as Perspectivas Económicas Mundiais de Outubro de 2012 do Fundo Monetário Internacional (FMI), a economia mundial cresceu 3,8% em 2011, desacelerando face ao crescimento de 5,1% estimado para Esta desaceleração reflecte essencialmente a crise da dívida soberana iniciada nos países periféricos da Zona Euro, mas com efeitos noutras economias desenvolvidas. Assim, o conjunto das economias desenvolvidas terá crescido 1,6% em 2011 (face a 3,0% em 2010), enquanto as economias em desenvolvimento terão crescido, no conjunto, 6,2% (face a 7,4% em 2010). Neste contexto, o FMI estimava no referido documento que o crescimento do comércio mundial de bens tenha desacelerado em 2011, para 6,3% (face a 14,1% em 2010, depois da quebra de 11,5% em 2009). World Economy According to the World Economic Outlook issued by the International Monetary Fund (IMF) in October 2012, the world economy grew by 3.8% in 2011, slowing down compared to 5.1% in This deceleration was mainly induced by the sovereign debt crisis which erupted in the Eurozone peripheral countries but also impacted other advanced economies. Hence in overall terms it is estimated that the advanced economies grew by 1.6% in 2011 (+3.0% in 2010), while the developing economies grew by 6.2% (+ 7.4% in 2010). In this paper the IMF estimated that the growth of the world trade of goods decelerated to 6.3% in 2011, from 14.1% in 2010 (after a fall of 11.5% in 2009). Economia Portuguesa Em Portugal o produto interno bruto (PIB) apresentou uma redução de 1,7% em 2011 (face a um crescimento de 1,4% em 2010), tendo sido determinante para isso a evolução da Portuguese Economy The Portuguese Gross Domestic Product (GDP) dropped by 1.7% in 2011 (1.4% growth in 2010), being dragged down by domestic demand, which, having started to fall in the second 2

3 procura interna, que iniciou uma fase negativa no segundo semestre de 2010, mas que se acentuou muito fortemente em 2011, tendo neste ano apresentado redução de 5,7% (com uma variação homóloga de -9,5% no último trimestre de 2011). A evolução da procura interna foi em grande parte compensada pelo crescimento significativo da procura externa líquida, com um aumento de 7,4% das exportações (em 2010 o crescimento foi de 8,8%) e uma redução de 5,5% nas importações (que em 2010 cresceram 5,4%). No primeiro trimestre de 2012 o PIB português decresceu 2,3% face ao trimestre homólogo de 2011 (com um decréscimo de 6,1% na procura interna, um aumento de 7,9% nas exportações e uma redução de 3,8% nas importações) e 0,1% face ao trimestre imediatamente anterior. A taxa de desemprego em Portugal continuou a aumentar em 2011 e no primeiro trimestre de 2012, tendo passado, segundo estimativas do Instituto Nacional de Estatística (INE), de 12,4% no primeiro trimestre de 2011 para 14,9% no primeiro trimestre de O agravamento de 2,0 pontos percentuais (pp) na taxa normal do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) aplicado a partir de Janeiro de 2011 (depois de em meados de 2010 terem já sido aumentadas em 1,0 pp todas as taxas de IVA), a passagem do IVA aplicável às tarifas de electricidade da taxa reduzida para a taxa normal e um conjunto de outros aumentos, de que são exemplo o aumento extraordinário de 15,0% nas tarifas dos transportes públicos, foram factores determinantes para o forte agravamento do índice de preços no consumidor (IPC) em 2011, que ascendeu a 3,7%. O Estado Português encontra-se desde meados de 2011 sob assistência financeira internacional (Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal) do FMI, da União Europeia e do Banco Central Europeu (BCE) ( Troika ), obrigando-se a um extenso programa de medidas de consolidação orçamental e de reformas estruturais. Após sucessivas reduções ao longo do ano de 2011 e no início de 2012, as notações atribuídas à República Portuguesa pelas três maiores agências de rating passaram a ser as seguintes (médio e longo prazo / tendência ou acção em curso / curto prazo): half of 2010, plunged even further in 2011 (-5.7% in the full year and -9.5% in the last quarter, in year-on-year terms). The downturn of domestic demand was to a large extent compensated by the significant increase of net external demand, with exports rising by 7.4% (+8.8% in 2010) while imports fell by 5.5% (+5.4% in 2010). In the first quarter of 2012 the Portuguese GDP dropped by 2.3% year-on-year (with domestic demand falling by 6.1%, exports increasing by 7.9% and imports declining by 3.8%) and by 0.1% quarter-on-quarter. The jobless rate in Portugal rose consistently in 2011 and the first quarter of 2012: according to the National Statistics Institute (NSI) it went up from 12.4% In the first quarter of 2011 to 14.9% In the first quarter of The Consumer Price Index (CPI) suffered a sharp increase in 2011, to 3.7%, underpinned by a 2.0 pp increase in the standard rate of VAT since January 2011 (by mid-2010 all VAT rates had already been increased by 1.0 pp), the increase in the VAT rate on electricity from the reduced rate to the standard rate, and a number of other increases, namely a 15.0% extraordinary increase in public transport fares. Since the middle of 2011 the Portuguese State has been under a programme of international financial assistance (Programme of Economic and Financial Assistance to Portugal) provided by the IMF, the European Union (EU) and the European Central Bank (ECB) (the Troika ), under which it has undertaken to implement an extensive programme of fiscal consolidation measures and structural reforms. After being successively cut during 2011 and beginning of 2012, the ratings assigned to the Portuguese Republic by the three large rating agents are now as follows (medium and long term / outlook or ongoing action / short term): - BB+ / tendência negativa / B, pela Fitch Ratings (Fitch); - BB+ / negative outlook / B, by Fitch Ratings (Fitch); - BB / tendência negativa / B, pela Standard & Poor s (S&P); - Ba3 (correspondente a BB- na tabela de notações da CPR) / tendência negativa / NP (not prime, correspondente a B ou inferior na tabela de notações da - BB / negative outlook / B, by Standard & Poor s (S&P); - Ba3 (corresponding to BB- in CPR s rating schedule) / negative outlook / NP (not prime, corresponding to B or lower in CPR s rating schedule), 3

4 CPR), pela Moody s Investors Service (Moody s). O Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal inclui uma componente financeira para a recapitalização do sistema financeiro português (que foi gravemente afectado pela situação da República Portuguesa e de outros Estados Soberanos e pela recessão económica que, entretanto, afectou a economia portuguesa, com particular impacto nos sectores da construção e do imobiliário, que conjuntamente apresentavam um peso muito significativo da carteira de crédito da banca). Segundo dados do Banco de Portugal, os bancos portugueses diminuíram significativamente o financiamento à economia em 2011 e primeiros meses de 2012, especialmente às empresas não financeiras (depois de atingir um máximo de 144,5 mil M em Novembro de 2010, o stock de crédito concedido a estas sociedades situou-se em torno de 139,0 mil M no período de Dezembro de 2010 a Novembro de 2011 e baixou muito significativamente nos meses seguintes, para 132,6 mil M em Abril de 2012). by Moody s Investors Service (Moody s). The Programme of Economic and Financial Assistance to Portugal includes a financial component aimed at the recapitalisation of the Portuguese financial system (which was seriously impacted by the situation of the Portuguese Republic and that of other sovereign states, as well as by the economic recession that contaminated the Portuguese economy and hit with particular force the construction and real estate sector, which together represented a very large share of banks credit book). According to Bank of Portugal data, the Portuguese banks considerably reduced the financing of the economy in 2011 and first months of 2012, in particular the credit granted to the non-financial companies (after reaching a peak of EUR billion in November 2010, the stock of credit to these companies dwindled to EUR billion in the period of December 2010 to November 2011 and fell even more sharply in the following months, standing at EUR billion in April 2012). Economia Angolana Em Angola, de acordo com o referido relatório de Outubro de 2012 do FMI, o PIB cresceu 3,9% em 2011 (face a 3,4% em 2010), com uma inflação média de 13,5% (14,5% em 2010). A manutenção em 2011 de um baixo crescimento do produto em Angola reflecte sobretudo a manutenção dos constrangimentos que a produção de petróleo tem registado desde meados de 2010 (decorrente de obras de manutenção em vários blocos). Em 2011 o saldo da balança corrente de Angola manteve-se significativamente excedentário (9,6% do PIB, face a 9,0% em 2010). Em Maio de 2012 a Fitch alterou a tendência do rating de médio e longo prazo da República de Angola, passando-o de estável para positivo, mantendo essa notação em BB- e mantendo a notação de curto prazo em B. A S&P e a Moody s mantêm as notações atribuídas à República de Angola com as melhorias verificadas em meados de 2011: respectivamente, BB- / tendência estável / B e Ba3 (correspondente a BB- na tabela de notações da CPR) / tendência estável / NP (not prime, correspondente a B ou inferior na tabela de notações da CPR). Angolan Economy According to the referred October 2012 IMF report, the Angolan GDP grew by 3.9% in 2011 (+3.4% in 2010), with an average inflation rate of 13.5% (14.5% in 2010). The persistently subdued performance of GDP is mainly explained by the constraints on oil production which have been affecting it since mid 2010 due to maintenance works at several blocks. In 2011 Angola s current account balance continued to register a significant surplus (9.6% of GDP, versus 9.0% in 2010). In May 2012 Fitch lifted the Republic of Angola s medium and long term rating outlook from stable to positive, maintaining that rating at BB- as well as the short-term rating at B. S&P and Moody s have maintained their ratings of the Republic of Angola, following their upgrades in mid 2011, at respectively BB- / stable outlook / B and Ba3 (corresponding to BB- in CPR s rating schedule) / stable outlook / NP (not prime, corresponding to B or lower in CPR s rating schedule). Grupo OREY OREY Group Estrutura do Grupo No dia 31 de Maio de 2012 a SCOA informou que concluiu, com êxito, a transferência de todas os seus negócios não Group Structure On 31 May 2012 SCOA informed it had successfully concluded the transfer of all its non financial businesses to the 4

5 financeiros para o fundo Orey Capital Partners SCA, SICAR (OREY CAPITAL FUND), transformando-se numa holding de investimentos com uma alocação e gestão dinâmica de activos. No âmbito deste processo verificou-se, num passo intermédio, a alienação do conjunto de empresas que constitui cada uma das principais áreas de actividade a novas holdings (criadas para o efeito no âmbito do Grupo) pelos seguintes valores: - 16,0 M para a área de actividade de transportes e logística em Portugal alienada em 2010 à Horizon View - Navegação e Trânsitos, S.A. (HORIZON VIEW), que financiou a aquisição com 40,0% de capitais próprios e 60,0% de capitais alheios (conforme descrito no anterior Relatório de Follow-up); - 29,0 milhões de dólares (MUSD) dos Estados Unidos da América (EUA) para a área de actividade de transportes e logística em Angola alienada em 2011 à Orey Transports & Logistics Internacional BV (OTLI), que financiou a aquisição com 34,5% de capitais próprios e 65,5% de capitais alheios, sendo estes constituídos pela emissão de 15,0 MUSD de um empréstimo obrigacionista (ver adiante) que foi inicialmente tomado na totalidade pela SCOA e por um empréstimo da SCOA no valor de 4,0 MUSD; - 5,0 M para a área das representações técnicas navais e de segurança alienada em 2011 à Orey Safety and Naval Representations - Soluções de Segurança e Representações Navais, S.A. (OREY SAFETY AND NAVAL), que financiou a aquisição com 40,0% de capitais próprios e 60,0% (3,0 M ) de capitais alheios (conforme descrito no anterior Relatório de Follow-up); - 2,0 M para a área das representações técnicas industriais alienada em 2012 à Orey Industrial Representations, S.A. (OREY INDUSTRIAL), que financiou a aquisição com 50,0% de capitais próprios e 50,0% (1,0 M ) de capitais alheios, sendo estes constituídos por um empréstimo da SCOA. A actividade do Grupo reiniciada no final de 2010 em Moçambique, na área dos transportes e logística, foi alienada ainda em 2011 por um valor pouco significativo à Orey Mauritius Transports and Logístics Ltd. (OREY MAURITIUS), empresa constituída em 2011 pelo OREY CAPITAL FUND. A actividade do Grupo OREY na área dos transportes e logística em Espanha (Orey Shipping SL (OREY SHIPPING)) Orey Capital Partners SCA, SICAR fund (OREY CAPITAL FUND), transforming itself into an investment holding company with a dynamic asset allocation and management. In an intermediate stage this process involved the sale of the set of companies included within each of the main business areas to new holding companies created for the purpose within the Group, for the following amounts: - EUR 16.0 million - transports and logistics business area in Portugal sold in 2010 to Horizon View - Navegação e Trânsitos, S.A. (HORIZON VIEW), which financed this acquisition through 40.0% of equity and 60.0% of borrowed funds (as described in the previous Follow-up Report); - USD 29.0 million - transports and logistics business area in Angola sold in 2011 to Orey Transports & Logistics Internacional BV (OTLI), which financed this acquisition through 34.5% of equity and 65.5% of borrowed funds, comprising a USD 15.0 million bond loan (see further down) which was initially fully taken by SCOA, and a USD 4.0 million loan from SCOA; - EUR 5.0 million - naval and safety technical representations business area sold in 2011 to Orey Safety and Naval Representations - Soluções de Segurança e Representações Navais, S.A. (OREY SAFETY AND NAVAL), which financed this acquisition through 40.0% of equity and 60.0% (EUR 3.0 million) of borrowed funds (as described in the previous Follow-up Report); - EUR 2.0 million - industrial technical representations business area sold in 2012 to Orey Industrial Representations, S.A. (OREY INDUSTRIAL), which financed this acquisition through 50.0% of equity and 50.0% (EUR 1.0 million) of borrowed funds consisting of a loan from SCOA. The Group s activity in the transports and logistics business in Mozambique, resumed at the end of 2010, was sold in 2011 for a relatively small amount to Orey Mauritius Transports and Logistics Ltd. (OREY MAURITIUS), a company set up in 2011 by the OREY CAPITAL FUND. The OREY Group s transports and logistics activity in Spain (Orey Shipping SL (OREY SHIPPING)) was recently much 5

6 ficou recentemente muito reduzida com a alienação em 2011 da actividade de operação portuária, pelo que foi alienada directamente ao OREY CAPITAL FUND por um valor pouco significativo. A gestão corrente de todas as actividades na área dos transportes e logística, com excepção da actividade em Moçambique, foi entregue à equipa de gestão, através de acordos parassociais (esta equipa assumiu participações minoritárias nas várias holdings destas actividades). No fim de Maio de 2012 esta equipa de gestão detinha 17,8% da HORIZON VIEW (a opção de compra, no âmbito do acordo parassocial, vai até 30,0%), 5,0% da OTLI (a opção de compra vai até 20,0%) e 8,0% da OREY SHIPPING (a opção de compra vai até 30,0%). Note-se que no fim de 2011 o Grupo OREY alienou à OPERQUANTO - Consultoria Navegação e Trânsitos, Lda. (OPERQUANTO) a totalidade da sua participação (90,57%) no capital social da HORIZON VIEW pelo valor de 5,7 M. A OPERQUANTO é detida pela equipa de gestão da HORIZON VIEW e financiou esta aquisição com um empréstimo da Orey Financial - Instituição Financeira de Crédito, S.A. (OREY FINANCIAL IFIC, detida a 100,0% pela SCOA), ficando com a obrigação de alienar 82,17% do capital social da HORIZON VIEW ao OREY CAPITAL FUND, o que aconteceu até 31 de Maio de Operação idêntica com a OPERQUANTO foi realizada no primeiro trimestre de 2012 em relação à participação na OTLI, tendo a revenda desta participada ao OREY CAPITAL FUND ocorrido também até 31 de Maio de A integração das novas holdings das actividades não financeiras no OREY CAPITAL FUND deu-se por sucessivos aumentos de capital do OREY CAPITAL FUND, realizados em dinheiro (num valor global de 14,7 M, passando o capital do fundo a ser de 15,8 M ), seguidos da aquisição pelo OREY CAPITAL FUND das acções representativas do capital social destas holdings, ficando, assim, este fundo a ser detido a 92,9% pela Orey Investments Holding BV (OREY INVESTMENTS HOLDING, holding instrumental detida a 100,0% pela SCOA e que anteriormente se designava OA Internacional BV), a 0,2% pela Orey Capital Partners GP, SARL (OREY CAPITAL GP, entidade gestora do OREY CAPITAL FUND e detida a 100,0% pela OREY FINANCIAL IFIC) e a 6,9% pela OREY FINANCIAL IFIC. Com a referida transferência de participações para o OREY CAPITAL FUND, o Grupo OREY pretende fazer crescer estas actividades captando novos investidores, sendo que, caso desta captação resulte a alienação das unidades de reduced following the sale in 2011 of its port operation, and therefore it was sold directly to the OREY CAPITAL FUND for a relatively small amount. The current management of all transports and logistics activities, except in Mozambique, was entrusted to the management team through shareholder agreements (this team took minority stakes in the various holding companies in this business area). At the end of May 2012 this management team held 17.8% of HORIZON VIEW (with a purchase option under the shareholders agreement of up to 30.0%), 5.0% of OTLI (with a purchase option of up to 20.0%) and 8.0% of OREY SHIPPING (with a purchase option of up to 30.0%). Note that at the end of 2011 the OREY Group sold to OPERQUANTO - Consultoria Navegação e Trânsitos, Lda. (OPERQUANTO) its entire holding (90.57%) in HORIZON VIEW, for EUR 5.7 million. OPERQUANTO, which is held by HORIZON VIEW s management team, financed this acquisition with a loan from Orey Financial - Instituição Financeira de Crédito, S.A. (OREY FINANCIAL IFIC, held at 100.0% by SCOA), undertaking to sell 82.17% of HORIZON VIEW to the OREY CAPITAL FUND, which occurred before 31 May In the first quarter of 2012 a similar transaction with OPERQUANTO was carried out regarding the shareholding in OTLI, which was resold to the OREY CAPITAL FUND also before the end of 31 May The new non financial holdings were integrated into the OREY CAPITAL FUND by means of successive capital increases in cash of this fund (for a global amount of EUR 14.7 million, increasing the fund s share capital to EUR 15.8 million), followed by the acquisition by the OREY CAPITAL FUND of the shares in these holding companies. As a result, this fund is now held at 92.9% by Orey Investments Holding BV (OREY INVESTMENTS HOLDING, an instrumental holding fully held by SCOA, previously called OA Internacional BV), at 0.2% by Orey Capital Partners GP, SARL (OREY CAPITAL GP, the manager of the OREY CAPITAL FUND which is fully held by OREY FINANCIAL IFIC) and at 6.9% by OREY FINANCIAL IFIC. With this transfer of equity holdings to the OREY CAPITAL FUND the OREY Group aims to further the growth of these activities by attracting new investors. When the entry of new investors implies the sale of equity holdings held by the Group, 6

7 participação que o Grupo detém, existe o compromisso formal que os fundos gerados terão que se manter no OREY CAPITAL FUND (através de um aumento de capital) e ser afectos a novas aquisições de participações. Estas novas aquisições poderão ocorrer durante o período inicial de cinco anos após a constituição do fundo. Relativamente à responsabilidade solidária da SCOA para com as suas participadas no âmbito dos artigos 488º e seguintes do Código das Sociedades Comerciais (CSC) (participadas com sede em Portugal e nas quais a SCOA detenha, directamente ou através de empresas com sede em Portugal, a totalidade do capital social ou, já tendo detido a totalidade do capital, detenha mais de 90,0%), importa destacar que às participadas que foram transferidas para o OREY CAPITAL FUND deixou de se aplicar esta responsabilidade solidária da SCOA, na medida em que este fundo e a respectiva sociedade gestora têm sede no Luxemburgo. Assim, o âmbito de aplicação desta responsabilidade da SCOA ficou limitado à OREY FINANCIAL IFIC, à Orey Gestão Imobiliária, S.A. (OREY IMOBILIÁRIA) e à Orey Serviços e Organização, Lda. (OSO). Note-se, no entanto, que existem interpretações do CSC que consideram que se mantém a solidariedade de uma entidade para com uma sua participada relativamente às obrigações desta existentes no momento em que se deixe de verificar a relação de domínio total (ou seja, no momento em que a primeira reduzir a sua participação na segunda abaixo dos 90,0%, depois de ter detido a totalidade do capital da participada). Reflectindo esta alteração fundamental, passaram a ser analisadas neste relatório as demonstrações financeiras individuais da SCOA, com a análise das participadas numa lógica de retorno dos investimentos. there is a formal commitment to the effect that the funds generated must stay within the OREY CAPITAL FUND (through a capital increase) and be allocated to new acquisitions, which may occur during the initial 5-year period after the creation of the fund. With regard to SCOA s joint and several liability to its subsidiaries under article 488 and following of the CCC (subsidiaries headquartered in Portugal in which SCOA holds, either directly or through other companies headquartered in Portugal, the entire share capital, or having once held the entire share capital, still holds a participation of more than 90.0%), it should be noted that this liability ceased to apply with regard to the subsidiaries transferred to the OREY CAPITAL FUND in so far as this fund and respective management firm are headquartered in Luxembourg. The scope of application of this liability of SCOA is thus now limited to OREY FINANCIAL IFIC, Orey Gestão Imobiliária, S.A. (OREY IMOBILIÁRIA) and Orey Serviços e Organização, Lda. (OSO). In this regard it should be said that some interpretations of the CCC consider that this joint liability of an entity to a subsidiary for the liabilities of this subsidiary that exist at the time when there ceases to be a relationship of full control persists beyond this event, i.e., when the first reduces its stake in the latter from 100% to less than 90.0%). As a result of this fundamental change, this report will henceforth analyse the individual financial statements of SCOA, while the subsidiaries will be analysed from the standpoint of return on investment. Principais Investimentos / Participações Main Investments / Equity Holdings Orey Financial IFIC Orey Financial IFIC Em 2011 a OREY FINANCIAL IFIC iniciou duas novas actividades, ambas em Portugal: corporate finance e concessão de crédito. Além destas, a OREY FINANCIAL IFIC mantém as seguintes actividades: - em Portugal a corretagem on-line, o serviço personalizado de gestão de activos e a gestão de fundos mobiliários e imobiliários; In 2011 OREY FINANCIAL IFIC initiated two new business activities, both in Portugal, namely corporate finance and credit granting, while maintaining its previous activities: - in Portugal online brokerage, individual asset management services and management of mutual funds and real estate funds; - em Espanha a corretagem on-line. - In Spain online brokerage. A actividade de concessão de crédito da OREY FINANCIAL IFIC intensificou-se no último trimestre de 2011 com a modalidade de crédito para o investimento em valores OREY FINANCIAL IFIC s lending business intensified in the last quarter of 2011, underpinned by the credit for investment in securities (CIS) business line. According to the OREY Group, 7

8 mobiliários (CIVM). Esta modalidade, segundo o Grupo OREY, tem como única e exclusiva finalidade servir de suporte a investimentos que o cliente da OREY FINANCIAL IFIC pretenda realizar em valores mobiliários. Relativamente a estes créditos salienta-se, de acordo com as condições dos contratos, que para garantia do pagamento integral e intempestivo das obrigações do contrato de crédito os clientes constituem (...), a favor da OREY FINANCIAL IFIC, primeiro penhor sobre os valores mobiliários (...) adquiridos e que este penhor deverá representar um grau de cobertura mínimo de 120% sobre o valor do CIVM e que, de acordo com o estabelecido pela Comissão Executiva da OREY FINANCIAL IFIC, o grau de cobertura terá que ascender no mínimo a 200% no momento da concessão do crédito. Existem limites para a composição da carteira de acordo com o nível de liquidez dos títulos e este nível de liquidez determina também graus de ponderação diferentes para o cálculo do referido grau de cobertura. Não se encontram definidos limites máximos de concentração por valor mobiliário, excepto para as obrigações emitidas pela Araras Finance BV (ARARAS) (ver adiante) e pela OTLI (ver adiante). Refira-se que, devido à especificidade e à regulação de sua actividade, a OREY FINANCIAL IFIC decidiu, em 2011, criar áreas para efectuar funções anteriormente realizadas em regime de outsourcing (sobretudo pela empresa de serviços partilhados do Grupo OREY), gerando um aumento da sua estrutura (no final de 2011 o número de colaboradores da OREY FINANCIAL IFIC ascendia a 60, tendo aumentado 36,4% face ao verificado no final do ano anterior). No final de Fevereiro de 2012 o saldo do crédito concedido pela OREY FINANCIAL IFIC ascendia a 6,7 M, não tendo apresentado variação com significado, quer em termos de valor quer em termos de composição, face ao final de O saldo de CIVM ascendia a 2,7 M, apresentando penhor de activos com um grau de cobertura largamente acima dos 200,0%. Em 2011 os resultados de serviços e comissões da OREY FINANCIAL IFIC ascenderam a 5,6 M, tendo apresentado redução de 1,7% face ao ano anterior, para o que contribuíram a redução das comissões na actividade de corretagem e das auferidas, em termos líquidos, com a gestão de fundos de investimento mobiliário e imobiliário, não tendo estas reduções sido compensadas com o aumento das comissões na gestão do fundo de private equity. Entre o final de 2010 e o final de 2011 o total dos activos sob gestão da OREY FINANCIAL IFIC apresentou redução de 29,2% (para 115,5 M ), apesar da significativa captação de novos clientes na actividade de gestão discricionária (o número de clientes desta actividade this business line has the only and exclusive purpose of supporting investments which OREY FINANCIAL IFIC s clients may wish to make in securities. Under the CIS contracts, as security for the full and timely payment of the credit contract s obligations, the clients create a first degree pledge on the securities purchased in favour of OREY FINANCIAL IFIC, which pledge must provide a minimum coverage of 120% of the amount of the CIS, and also, as established by OREY FINANCIAL IFIC s Executive Committee, this coverage level must be of at least 200% at the time the credit is granted. The composition of the portfolio is subject to limits in accordance with the level of liquidity of the securities, and this level of liquidity also determines different weighing levels for the calculation of the coverage level. No maximum concentration limits per security have been established, save for the bonds issued by Araras Finance BV (ARARAS) (see further down) and OTLI (see further down). Due to the specific nature and regulation of its business, in 2011 OREY FINANCIAL IFIC decided to create areas to perform functions that were previously outsourced (mainly to the OREY Group s shared services company). Its structure consequently increased and at the end of 2011 OREY FINANCIAL IFIC had 60 employees, which represents a year-on-year increase of 36.4%. At the end of February 2012 the balance of credit granted by OREY FINANCIAL IFIC totalled EUR 6.7 million, there being no significant change versus the end of 2011 in terms of either its amount or its composition. The balance of CIS was EUR 2.7 million, being secured by pledged assets providing a coverage that largely exceeded 200.0%. In 2011 OREY FINANCIAL IFIC s income from services and commissions amounted to EUR 5.6 million, a year-on-year reduction of 1.7% that was driven by the drop in brokerage fees as well as mutual and real estate funds management fees, which was not compensated by the increase in the management fees from the private equity fund. Between the end of 2010 and the end of 2011 total assets under management of OREY FINANCIAL IFIC fell by 29.2% (to EUR million), despite the considerable client acquisitions in the discretionary management business (the number of clients doubled). In online brokerage 2011 also saw a significant increase in the number of clients (+51.3%), but this 8

9 duplicou). Também na actividade de corretagem on-line verificou-se um aumento significativo do número de clientes em 2011 (+51,3%), que não foi suficiente para impedir uma redução do número de transacções (-33,1%). No primeiro trimestre de 2012 não se verificaram alterações com significado nos activos sob gestão da OREY FINANCIAL IFIC, mas na actividade de corretagem on-line continuou a verificar-se uma redução acentuada no número de transações (-50,1% face ao período homólogo do ano anterior), apesar da continuação do aumento significativo do número de clientes (+44,4%, face ao período homólogo de 2011). O resultado líquido da OREY FINANCIAL IFIC em 2011 foi de apenas 13 mil euros (m ), face a 3,4 M em 2010, reflectindo, além da redução dos resultados de serviços e comissões, o facto do resultado de 2010 incluir um ganho de 3,3 M com a amortização antecipada do produto estruturado Orey7 e o registo em 2011 de uma perda de 0,5 M com o desreconhecimento de activos por impostos diferidos anteriores a Pela positiva verificou-se uma redução de 3,1% nos custos de estrutura. Na medida em que a OREY FINANCIAL IFIC ainda não potenciou a expansão da sua actividade, na sequência do aumento do capital social realizado em 2008 no montante de 8,0 M, apresenta uma elevada solvabilidade. Assim, no final de 2011 os capitais próprios da OREY FINANCIAL IFIC representavam 89,3% do total do activo líquido (14,2 M ). Dado a elevada representatividade dos capitais próprios no activo e apesar do expressivo saldo das rubricas extrapatrimoniais (173,7 M ), a OREY FINANCIAL IFIC apresentava no final de 2011 um elevado rácio de solvabilidade (49,2%, face a 71,6% no final de 2010). Para o crescimento da sua actividade, a OREY FINANCIAL IFIC prevê iniciar a muito curto prazo a emissão de obrigações ao abrigo de um programa até ao montante máximo de 30,0 M. Estas obrigações destinam-se a financiar a concessão de CIVM pela OREY FINANCIAL IFIC e, de forma residual, a constituição pela própria OREY FINANCIAL IFIC de uma carteira de valores mobiliários. As obrigações serão emitidas em quatro tranches, no valor de 7,5 M cada uma, e com as seguintes condições: - prazo de 3 anos para cada uma das tranches, com reembolso bullet; - garantia de penhor / ressalva dinâmica de disponibilidades no montante equivalente à parte do empréstimo obrigacionista emitido e não utilizado pela OREY FINANCIAL IFIC na concessão de CIVM e na was not sufficient to prevent a reduction in the number of transactions (-33.1%). In the first quarter of 2012 there was no significant changes in OREY FINANCIAL IFIC s assets under management but its online brokerage business continued to register a sharp downward trend in the number of transactions (-50.1% year-on-year), even though the number of clients continued to increase at a significant pace (+44.4% year-on-year). In 2011 OREY FINANCIAL IFIC posted a net profit of EUR 13 thousand only, down from EUR 3.4 million in 2010, which, besides the reduction in income from services and commissions, also reflects the fact that the 2010 profit included a EUR 3.3 million gain with the early redemption of the Orey7 structured product, and also the recognition in 2011 of a EUR 0.5 million loss on the derecognition of deferred tax assets from prior to On the positive side, structure costs dropped by 3.1% In so far as OREY FINANCIAL IFIC has not yet expanded its activity following the EUR 8.0 million capital increase carried out in 2008, its solvency is very high. Hence at the end of 2011 OREY FINANCIAL IFIC equity represented 89.3% of total net assets (EUR 14.2 million). Due to the large weight of equity in assets and despite the expressive balance of off balance sheet items (EUR million), OREY FINANCIAL IFIC had a very high solvency ratio at the end of 2011 (49.2%, versus 71.6% at the end of 2010). To fund activity growth, OREY FINANCIAL IFIC intends to very soon start issuing bonds under a programme for a maximum amount of EUR 30.0 million, which will be used to finance its concession of CIS, and to a lesser extent the creation of its own securities portfolio. These bonds will be issued in four tranches of EUR 7.5 million each, under the following conditions: - maturity of 3 years for each of the tranches, with bullet redemption; - secured pledge / dynamic lien on liquid assets for an amount equivalent to the part of the bond loan issued but not used by OREY FINANCIAL IFIC in the concession of CIS or the acquisition of securities for its 9

10 aquisição de valores mobiliários para a própria OREY FINANCIAL IFIC; - garantia de penhor / ressalva dinâmica dos CIVM concedidos pela OREY FINANCIAL IFIC, respectivas garantias, e da carteira de valores mobiliários da própria OREY FINANCIAL IFIC, tendo o montante destes CIVM e desta carteira que proporcionar um grau de cobertura de 120% face ao montante do empréstimo obrigacionista utilizado na concessão de CIVM e na aquisição de carteira de valores mobiliários da própria OREY FINANCIAL IFIC; - possibilidade de amortização antecipada de cada série por parte do emitente (call-option) no final do 12º mês, do 24º mês e de 36º mês após a respectiva emissão; - amortização antecipada exigível pelos detentores das obrigações (put-option) caso o grau de cobertura do empréstimo pelas garantias que constituem o penhor / ressalva dinâmica se reduza abaixo dos 100%; e - opção de renovação automática por parte da OREY FINANCIAL IFIC, pelo período máximo de 12 meses, caso o grau de cobertura do empréstimo obrigacionista pelo valor das garantias que constituem o penhor / ressalva dinâmica, na data de vencimento de cada série, seja superior a 120%, sendo admissíveis duas renovações. Nesta data a CPR atribuiu a notação BBB+, com tendência estável, às obrigações a emitir pela OREY FINANCIAL IFIC ao abrigo deste programa. Aos demais compromissos financeiros (rating de emitente) de médio e longo prazo da OREY FINANCIAL IFIC a CPR atribuiu, também nesta data, a notação BBB, com tendência estável. own portfolio; - secured pledge / dynamic lien on the CIS granted by OREY FINANCIAL IFIC, the respective guarantees and the securities portfolio of OREY FINANCIAL IFIC; the amount of these CIS and of that portfolio must provide a coverage level of 120% of the amount of the bond loan used for the concession of the CIS and for the acquisition of OREY FINANCIAL IFIC s own securities portfolio; - the issuer has a call option on each series at the end of the 12th, 24th and 36th months upon the respective issuance; - the bondholders have a put option exercisable in case the coverage level of the loan by the guarantees provided by the secured pledge / dynamic lien falls below 100%; and - OREY FINANCIAL IFIC has an automatic renewal option for a maximum period of 12 months if at the maturity date of each series the coverage level of the bond loan by the value of the guarantees included in the secured pledge / dynamic lien is higher than 120%, with two renewals being permitted. On this date CPR assigned a rating of BBB+, with stable outlook, to the bonds to be issued by OREY FINANCIAL IFIC under this programme. On the same date CPR rated OREY FINANCIAL IFIC s other medium and long-term financial commitments (issuer rating) as BBB, with stable outlook. Orey Financial Brasil Orey Financial Brasil A Orey Financial Brasil, S.A. (OREY FINANCIAL BRASIL) manteve em 2011 a sua actividade centrada, essencialmente, na gestão de carteiras, na gestão de fundos de investimento, no corporate finance e no family office. Entretanto, em 2012 esta participada passou por um processo de reestruturação, decorrente da saída em 2011 de parte da equipa de gestão e da redução de actividade. Assim, muito recentemente foram alienadas as actividades (incluindo a transferência do pessoal afecto) de gestão de carteiras e de gestão de fundos de investimento (mediante o recebimento futuro de parte das comissões de gestão dos próximos cinco anos), ficando In 2011 Orey Financial Brasil, S.A. (OREY FINANCIAL BRASIL) kept its activity essentially concentrated in portfolio management, investment funds management, corporate finance and family office. In 2012 this subsidiary underwent a restructuring process resulting from the departure in 2011 of part of its management team and from the reduction of activity. The portfolio management and investment funds management businesses have therefore been sold very recently (and the respective staff transferred) (against the future receipt of part of the management fees for the next five years), leaving only the management of the OREY Group s investments in bankruptcy 10

11 apenas com a gestão dos investimentos do Grupo OREY em processos de massa falida no Brasil (ver ponto seguinte) e com as actividades de consultoria (corporate finance e family office). Os activos sob gestão da OREY FINANCIAL BRASIL diminuíram 17,6% entre o fim de 2010 e o fim de 2011 e 30,6% entre o fim de 2011 e o fim de Março de 2012 (para 106,4 M ). O decréscimo de 2011 traduziu-se numa redução de 10,9%, para 1,6 M, nos proveitos com comissões líquidas da OREY FINANCIAL BRASIL. No primeiro trimestre de 2012 as comissões líquidas caíram 57,8% face ao período homólogo de Apesar da redução das comissões líquidas, a OREY FINANCIAL BRASIL registou em 2011 uma melhoria dos resultados, face a 2010, passando de um prejuízo de cerca de 0,2 M para um prejuízo de cerca de 0,1 M. Para esta melhoria de resultados foi fundamental uma redução significativa dos custos de estrutura. No fim de 2011 a OREY FINANCIAL BRASIL apresentava um capital próprio de cerca de 1,0 M, num activo total de 1,3 M. processes in Brazil (see next point) and the advisory services activities (corporate finance and family office). OREY FINANCIAL BRASIL s assets under management dropped by 17.6% from the end of 2010 to the end of 2011 and by 30.6% from the end of 2011 to the end of March 2012 (to EUR million). The reduction in 2011 caused a 10.9% drop, to EUR 1.6 million, in OREY FINANCIAL BRASIL s net income from commissions. In the first quarter of 2012 net commissions fell by 57.8% year-on-year. Despite the reduction in net commissions income, OREY FINANCIAL BRASIL s results improved from a loss of EUR 0.2 million in 2010 to a loss of EUR 0.1 million in 2011, this improvement being chiefly underpinned by a significant reduction in structure costs. At the end of 2011 OREY FINANCIAL BRASIL had equity of EUR 1.0 million and total assets of EUR 1.3 million. Gestão de Massas Falidas Bankruptcy Management Na actividade de gestão de massas falidas, o Grupo OREY mantém dois projectos, ambos no Brasil, geridos pela OREY FINANCIAL BRASIL, a qual recebe as comissões respectivas: - da CEVEKOL Indústria e Comércio de Produtos Químicos S.A., gerida pela Op. Incrível Brasil, S.A. (empresa detida a 100,0% pela Op. Incrível - Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A. (OP. INCRÍVEL), sendo esta detida a 100,0%, indirectamente, pela SCOA); - da A. Araújo S.A. Engenharia e Montagens (A. ARAÚJO), gerida pela F.A.W.S.P.E. Empreendimentos e Participações S.A. (FAWSPE) (empresa detida a 100,0% pelo Fundo de Investimento em Participações Orey I (FIP OREY I), do qual a SCOA detém, indirectamente, 74,4% das unidades de participação, sendo as remanescentes unidades de participação detidas pelo Orey Opportunity Fund Limited (OREY OPPORTUNITY FUND), fundo gerido pela OREY FINANCIAL IFIC). A gestão do projecto da OP. INCRÍVEL tem associado o recebimento de uma comissão de sucesso que corresponde ao recebimento de um conjunto de bens (depósitos, imóveis e acções da Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras)), cujo valor total The OREY Group maintains two projects in its bankruptcy management business, both in Brazil, under management of OREY FINANCIAL BRASIL, from which it receives the respective commissions: - of CEVEKOL Indústria e Comércio de Produtos Químicos S.A., which is managed by Op. Incrível Brasil, S.A. (a company fully held by Op. Incrível - Sociedade Gestora de Participações Sociais, S.A. (OP. INCRÍVEL), which in turn is fully held, indirectly, by SCOA); - of A. Araújo S.A. Engenharia e Montagens (A. ARAÚJO), which is managed by F.A.W.S.P.E. Empreendimentos e Participações S.A. (FAWSPE) (a company fully held by the Fundo de Investimento em Participações Orey I fund (FIP OREY I), in which SCOA holds, indirectly, 74.4% of the participation units, the remaining being held by Orey Opportunity Fund Limited (OREY OPPORTUNITY FUND), a fund managed by OREY FINANCIAL IFIC). The management of the OP. INCRÍVEL project implies the receipt of a success fee corresponding to the receipt of a set of assets (deposits, properties and shares of Petróleo Brasileiro S.A. (Petrobras)), with a total value estimated by the 11

12 o Grupo OREY estima que seja de cerca de 15,7 M. O Grupo OREY prevê que este processo esteja fechado muito brevemente, permitindo receber ainda em 2012 os créditos de 3,9 M concedidos e reconhecer também em 2012 os ganhos de 15,7 M. A alienação dos bens a receber deverá ser realizada em No caso do projecto da FAWSPE, o Grupo OREY está a adquirir créditos sobre a massa falida, pretendendo adquirir dois terços da totalidade, de forma a ter o controlo do processo de massa falida. Após o controlo do processo, o Grupo realizará a venda dos activos e liquidará os passivos restantes. O Grupo prevê que o resultado deste processo seja, no mínimo, de 30,0 milhões de reais (cerca de 14,0 M ) e este resultado será partilhado em partes iguais entre o Grupo OREY e os antigos donos da A. ARAÚJO. O Grupo OREY prevê concluir este processo em finais de 2012 ou em Para financiar os pagamentos aos credores da massa falida do projecto da FAWSPE, foi constituída em 2011 uma nova sociedade na Holanda, a ARARAS, detida a 100,0% pela FAWSPE, que emitiu em 30 de Novembro de 2011 obrigações de cupão zero, com um valor nominal de 16,7 M, pelo prazo de cinco anos (vencimento em 30 de Novembro de 2016) e com garantia da FAWSPE. As obrigações, sendo de cupão zero, foram emitidas a desconto, a um preço de 32,73% do montante principal, ou seja, na data da emissão a ARARAS recebeu 5,5 M. A emitente ficou com uma opção de reembolso antecipado (call-option) numa base anual, após o terceiro ano inclusive, ascendendo o preço de exercício da call-option a 70,0% do valor nominal em 30 de Novembro de 2014 e a 80,0% em 30 de Novembro de Note-se que esta emissão de obrigações foi realizada no âmbito de um programa com um valor nominal máximo de 50,0 M. No dia 31 de Julho de 2012 foi realizada uma nova emissão de obrigações (ao abrigo do mesmo programa) para o mesmo objectivo, com um valor nominal de 7,4 M, cupão zero, um preço de emissão equivalente a 45,35% do valor nominal, ou seja, a ARARAS recebeu 3,4 M, com vencimento e call-option nas mesmas datas e nas mesmas condições da emissão inicial e também com garantia da FAWSPE. O Grupo OREY prevê realizar ainda mais uma emissão (ao abrigo do mesmo programa). O Grupo Orey está a analisar mais quatro operações de gestão de massas falidas no Brasil, sendo uma de grande dimensão e cuja opção está assegurada. O eventual investimento em algum destes projectos só avançará após o encerramento dos dois projectos em curso. OREY Group of roughly EUR 15.7 million. The OREY Group expects this process to be closed very soon, permitting to receive, still in 2012, credits granted in the amount of EUR 3.9 million and to recognise gains of EUR 15.7 million, also still in The sale of the assets to be received should take place in As regards the FAWSPE project, the OREY Group has been purchasing claims against the bankrupcy estate so as to acquire two thirds of the whole and thus control the total estate. Once it has gained control, the Group will sell the assets and settle the remaining liabilities. The Group expects that the result of this process will reach at least BRL 30.0 million (ca. EUR 14.0 million), to be shared in equal parts between the OREY Group and the former owners of A. ARAÚJO. The OREY Group expects to conclude this process by the end of 2012 or in To finance the payments to the creditors of the bankruptcy estate of the FAWSPE project, in 2011 a new company fully held by FAWSPE was set up in Holland, called ARARAS. On 30 November 2011 ARARAS issued zero-coupon bonds with face value of EUR 16.7 million, maturity of 5 years (30 November 2016), and guaranteed by FAWSPE. Being zero coupon bonds, they were issued at a discount at a price corresponding to 32.73% of the principal, therefore ARARAS received EUR 5.5 million on the date of issuance. The issuer has a call option on an annual basis exercisable as from the third year inclusive, at the price of 70.0% of face value on 30 November 2014 and 80.0% on 30 November This issue of bonds was made within the scope of a programme with a maximum face value of EUR 50.0 million. On 31 July 2012 a new issue of bonds was made under the same programme, and for the same purpose, with face value of EUR 7.4 million, zero coupon, at an issuance price corresponding to 45.35% of face value. ARARAS received EUR 3.4 million, the maturity of the issue and the call options have the same dates and conditions as the initial issue, and the issue was also guaranteed by FAWSPE. The OREY Group expects to make yet another issue under the same programme. The OREY Group is analysing another four bankruptcy management operations in Brazil, one of which is very substantial and has an option ensured. The possible investment in any of these projects will only go forward after the two outstanding projects have been closed. 12

13 Orey Capital Fund Orey Capital Fund Actualmente a SCOA detém, indirectamente, a totalidade das unidades de participação do OREY CAPITAL FUND, prevendo a curto / médio prazo iniciar a captação de novos investidores e, assim, reduzir esta participação. O OREY CAPITAL FUND agrupa actualmente as seguintes áreas de actividade: Transportes & Logística - Mercado Nacional (HORIZON VIEW), Transportes & Logística África (OTLI para Angola e OREY MAURITIUS para Moçambique), Transportes & Logística Espanha (OREY SHIPPING), Área Naval e Segurança (OREY SAFETY AND NAVAL) e Área Industrial (OREY INDUSTRIAL). Em 2012 o OREY CAPITAL FUND recebeu 0,6 M de dividendos das suas participadas (totalmente relativos à HORIZON VIEW), valor que foi em parte utilizado para o pagamento à SCOA de parte dos empréstimos que esta lhe concedeu desde a sua constituição para o pagamento de despesas. SCOA currently holds, indirectly, all the participation units in the OREY CAPITAL FUND. In the short to medium term it intends to start capturing new investors and thus reduce its holding in the fund. The OREY CAPITAL FUND currently encompasses the following business areas: Transports & Logistics Domestic Market (HORIZON VIEW); Transports & Logistics Africa (OTLI in Angola and OREY MAURITIUS in Mozambique); Transports & Logistics Spain (OREY SHIPPING); Naval and Safety (OREY SAFETY AND NAVAL) and Industrial (OREY INDUSTRIAL). In 2012 the OREY CAPITAL FUND received EUR 0.6 million of dividends from its subsidiaries (fully corresponding to dividends from HORIZON VIEW). This amount was in part used to pay to SCOA part of the loans which it had granted it since its creation, for the payment of expenses. HORIZON VIEW A HORIZON VIEW desempenha em Portugal, através das suas participadas, a prestação de serviços a navios que fazem escala (agenciamento de navios) nos principais portos de Portugal Continental, a prestação de serviços de transporte de mercadorias (trânsitos) por via marítima e aérea, o agenciamento e comercialização em Portugal, através da representação de armadores internacionais, de serviços de transporte marítimo de carga em linha regular (linhas regulares), a logística e distribuição de papel e produtos derivados de madeira (logística) e outras actividades, onde se incluem essencialmente os serviços aduaneiros. Em 2011 a HORIZON VIEW registou um aumento de 22,4% no seu volume de negócios, para 46,4 M, com evoluções positivas em todas as actividades, excepto a logística. No primeiro trimestre de 2012, face ao período homólogo de 2011, o aumento do volume de negócios foi de 6,1%, com crescimentos significativos no agenciamento de navios e nas linhas regulares e decréscimos nas restantes actividades. Apesar da evolução positiva do mercado e da HORIZON VIEW, o contexto depressivo da economia e o elevado nível de competitividade no mercado traduziram-se em reduções de margens. Assim, a margem bruta em percentagem do volume de negócios baixou de 1,4 pp em 2011, para 13,0%, e 0,6 pp no primeiro trimestre de 2012 (face ao homólogo de 2011). Ainda assim, a margem bruta cresceu 10,0% em 2011 (para HORIZON VIEW In Portugal HORIZON VIEW, through its subsidiaries, provides shipping agency services to ships calling at mainland Portugal s main ports, forwarding services by sea and air, agency and marketing for ship owners of regular liner services (regular lines), logistics and distribution of paper and wood by-products (logistics), as well as other activities, mainly including customs services. In 2011 HORIZON VIEW increased turnover by 22.4%, to EUR 46.4 million, with positive contributions from all activities, except logistics. In the first quarter of 2012, turnover increased by 6.1% year-on-year, the result of significant increases in shipping agency services and regular lines and decreases in all other activities. Despite the positive evolution of the market and the HORIZON VIEW, the depressed state of the economy and high competitiveness in the market led to the shrinking of margins. Hence the gross profit as a percentage of turnover dropped by 1.4 pp in 2011, to 13.0%, and by 0.6 pp in the first quarter of 2012 (in year-on-year terms). Even so the gross profit grew by 10.0% in 2011 (to EUR 6.0 million) and by 1.6% in the first 13

14 6,0 M ) e 1,6% no primeiro trimestre de As actividades do agenciamento de navios e dos trânsitos representaram em 2011, respectivamente, 41,6% e 38,8% da margem bruta da HORIZON VIEW. Apesar do referido aumento de 10,0% na margem bruta registado em 2011, o excedente bruto de exploração (EBITDA) da HORIZON VIEW diminuiu 2,4% em 2011, para 1,7 M, salientando-se para esta evolução o aumento de 23,0% nos custos com pessoal, e o resultado operacional diminuiu 2,7%, para 1,8 M. O resultado líquido diminuiu 23,5%, para 1,2 M, salientando-se, face à evolução do resultado operacional, um aumento de 39,6% nos custos financeiros líquidos. Em 2011 a HORIZON VIEW pagou 0,5 M de dividendos (sobre o resultado de 2010) e, sobre o resultado de 2011, a HORIZON VIEW distribuiu 0,6 M de dividendos em No fim de 2011 a HORIZON VIEW apresentava uma autonomia financeira, calculada com o passivo líquido de disponibilidades, de 34,3% (sem alteração face ao fim de 2010), num activo total de 26,7 M (mais 3,6% do que no fim de 2010) e com uma dívida financeira líquida de 5,9 M (menos 8,8% do que no fim de 2010). No restante passivo da HORIZON VIEW, no fim 2011, salientava-se uma dívida à SCOA de 0,3 M. quarter of The shipping agency and forwarding services business areas accounted for 41.6% and 38.8%, respectively, of HORIZON VIEW s gross profit in Despite 10.0% increase in HORIZON VIEW s gross profit in 2011, its gross operating surplus (EBITDA) dropped by 2.4%, to EUR 1.7 million, being dragged down by a 23.0% increase in staff costs, while its operating results declined by 2.7%, to EUR 1.8 million. The net profit for the year fell by 23.5%, to EUR 1.2 million, which, in view of the performance of operating results, is explained by a 39.6% increase in net financial costs. In 2011 and 2012 HORIZON VIEW paid dividends of EUR 0.5 million and EUR 0.6 million, respectively on the 2010 and 2011 net profits. At the end of 2011 HORIZON VIEW s equity / assets ratio calculated with liabilities net of liquid assets was 34.3% (no change compared to the end of 2010), with total assets amounting to EUR 26.7 million (up by 3.6% on the end of 2010), and its net financial debt totalled EUR 5.9 million (down by 8.8% on the end of 2010). At the end of 2011 liabilities also included a EUR 0.3 million debt to SCOA. OTLI Em Angola a OTLI desenvolve, através das suas participadas, as actividade de agenciamento de navios nos quatro principais portos, trânsitos, linhas regulares, logística e transporte de mercadorias por via terrestre. Em 2011 e no primeiro trimestre de 2012 (face aos respectivos períodos homólogos), o Grupo registou decréscimos significativos de actividade em Angola, que se traduziram em reduções no volume de negócios consolidado de 32,3% em 2011 (para 17,9 M ) e de 36,0% no primeiro trimestre de Apesar desta evolução, a margem bruta diminuiu apenas 2,3% em 2011 (para 7,5 M ) e aumentou 19,5% no primeiro trimestre de 2012, reflectindo sobretudo uma alteração no mix de actividade, com o crescimento de actividades com maior nível de margem bruta, como as linhas regulares. O resultado líquido ascendeu a 0,5 M em 2011, face a 1,5 M em A dívida financeira desta área de negócios era no fim de 2011 essencialmente constituída por 15,0 MUSD (cerca de 11,5 M ) do referido empréstimo obrigacionista emitido pela OTLI em 22 de Dezembro de 2011, com reembolso bullet em 30 de Dezembro de 2019 e pagamento trimestral de juros, à OTLI In Angola, OTLI, through its subsidiaries, engages in the following activities: shipping agency services in the country s four main ports, forwarding services, regular lines, logistics and transport of goods by road. The Group s activity in Angola suffered significant contractions in 2011 and first quarter of 2012 when compared to the same periods in the previous years, with consolidated turnover falling by 32.3% in the first period, to EUR 17.9 million, and by 36.0% in the second. Even so the gross profit declined by 2.3% only in 2011 (to EUR 7.5 million) and increased by 19.5% in the first quarter of This performance mainly reflects a change in the mix of activities, with those yielding higher gross profits, such as regular lines, increasing. The net profit in 2011 was a EUR 0.5 million, down from EUR 1.5 million in At the end of 2011 this business area s financial debt mainly consisted of USD 15.0 million (ca. EUR 11.5 million) under the referred bond loan issued by OTLI on 22 December 2011, with bulled redemption on 30 December 2019 and quarterly interest payments at the annual rate of 15.0%. The issuer has a partial 14

15 taxa anual de 15,0%. A emitente ficou com uma opção de reembolso antecipado (call-option) parcial, em 30 de Dezembro de 2016 (25,0% do montante emitido), em 30 de Dezembro de 2017 (até 50,0% do montante emitido, em múltiplos de 25,0%) e em 30 de Dezembro de 2018 (até 75,0% do montante emitido, em múltiplos de 25,0%). Como garantia foi constituído penhor sobre a totalidade das acções representativas do capital social de três empresas deste segmento. Os 4,0 MUSD de um empréstimo da SCOA estão a ser pagos em 30 prestações trimestrais, iguais e consecutivas, nas datas de pagamento de juros do empréstimo obrigacionista, iniciadas em 30 de Setembro de 2012 e a terminar 30 de Dezembro de call option exercisable on 30 December 2016 (25.0% of the amount issued), 30 December 2017 (up to 50.0% of the amount issued, in multiples of 25.0%) and 30 December 2018 (up to 75.0% of the amount issued, in multiples of 25.0%). As guarantee, a pledge was created on all the shares of three companies in this segment. A USD 4.0 million loan from SCOA is being paid in 30 consecutive instalments of the same amount, payable on the bond loan s interest payment dates, started on 30 September 2012 and ending on 30 December OREY MAURITIUS Em Moçambique a OREY MAURITIUS, através de uma participada, desenvolve as actividades de agenciamento de navios (no porto de Maputo), trânsitos, logística e gestão de projectos. Em 2011 o Grupo OREY registou o primeiro ano completo de actividade em Moçambique, com um volume de negócios de cerca de 0,8 M (face a cerca de 0,2 M em 2010) e um resultado (operacional e líquido) de cerca de -0,2 M. OREY MAURITIUS In Mozambique, OREY MAURITIUS, through a subsidiary, develops the activities of shipping agency services (in the port of Maputo), forwarding services, logistics and project management. In 2011 the OREY Group completed the first full year of operation in Mozambique, posting turnover of EUR 0.8 million (EUR 0.2 million in 2010) and operational and net results of EUR -0.2 million. OREY SHIPPING A OREY SHIPPING desenvolve, em Espanha, a actividade de agenciamento de navios e de entrega de mercadorias. Em 2011 a OREY SHIPPING registou um volume de negócios de 1,6 M, com uma margem bruta de 0,2 M e um EBITDA de -0,1 M. O resultado líquido ascendeu a -1,3 M, salientando-se o reconhecimento de 1,1 M de perdas relativas aos prejuízos de anos anteriores da participação de 50,0% que detinha na sociedade AGEMASA - Agência Marítima de Consignaciones, S.A. (esta participação foi alienada em 2011, por 4,15 M, conforme já referido no anterior Relatório de Follow-up). Nesse mesmo ano o Grupo realizou uma recapitalização da OREY SHIPPING, mediante a conversão de créditos em capital e a prestação de 0,6 M em dinheiro. OREY SHIPPING OREY SHIPPING develops in Spain the activity of shipping agency services and delivery of goods. In 2011 OREY SHIPPING posted turnover of EUR 1.6 million, a gross profit of EUR 0.2 million and EBITDA of EUR -0.1 million. The company reported a EUR 1.3 million loss for the year, having recognised losses of EUR 1.1 million due to losses incurred in previous years in the 50.0% stake it held in AGEMASA - Agência Marítima de Consignaciones, S.A. (this holding was sold in 2011 for EUR 4.15 million, as referred in the previous Follow-up Report). In the same year the Group recapitalised OREY SHIPPING through the conversion of credits into capital and a cash contribution loan of EUR 0.6 million. OREY SAFETY AND NAVAL A OREY SAFETY AND NAVAL desenvolve, através das suas participadas, as actividades de comercialização de equipamentos de segurança e de artigos navais, incluindo a inspecção e reparação de equipamentos salva-vidas, sobretudo em Portugal, mas em expansão internacional (sobretudo para Angola). Após dois anos (2009 e 2010) de forte crescimento OREY SAFETY AND NAVAL OREY SAFETY AND NAVAL, through its subsidiaries, operates in the sale of safety and nautical equipment, including the inspection and repair of life-saving equipment, essentially in Portugal but now also expanding abroad (mainly to Angola). Following two years (2009 and 2010) of strong growth 15

16 (sobretudo por aquisições), em 2011 o volume de negócios da actividade da representações técnicas do sector naval e segurança diminuiu 5,9%, para 7,4 M, reflectindo sobretudo os efeitos da forte crise económica e financeira que afecta Portugal. Estes efeitos fizeram-se sentir particularmente na actividade de representação de equipamentos de combate a incêndios, dada a redução do investimento público. A margem bruta baixou 4,1%, para 3,0 M. Em 2011 a OREY SAFETY AND NAVAL já consolidou esta área de actividades, tendo registado um EBITDA de 0,4 M, um resultado operacional de 0,3 M e um resultado líquido negativo num valor imaterial. No fim de 2011 a OREY SAFETY AND NAVAL apresentava uma autonomia financeira consolidada, calculada com o passivo líquido de disponibilidades, de 19,1%, num activo total de 11,1 M e com uma dívida financeira líquida de 3,8 M. No restante passivo da OREY SAFETY AND NAVAL no fim 2011 salientava-se uma dívida de 1,6 M à SCOA. (mainly by acquisitions), in 2011 the turnover from the naval and safety technical representations dropped by 5.9%, to EUR 7.4 million, mainly through the impact of the strong economic and financial crisis in Portugal, which was particularly harmful for the representation business of fire-fighting equipment, due to the reduction of public investment. The gross profit declined by 4.1%, to EUR 3.0 million. In 2011 OREY SAFETY AND NAVAL already consolidated this business area, posting EBITDA of EUR 0.4 million, operating results of EUR 0.3 million and a very small net loss for the year. At the end of 2011 OREY SAFETY AND NAVAL had a consolidated equity / assets ratio calculated with liabilities net of liquid assets of 19.1%, with total assets of EUR 11.1 million and a net financial debt of EUR 3.8 million. At the end of 2011 liabilities also included a EUR 1.6 million debt to SCOA. OREY INDUSTRIAL A OREY INDUSTRIAL desenvolve, através das suas participadas, a actividade de representações técnicas do sector industrial, sobretudo em Portugal, mas em expansão internacional (sobretudo para Angola e Moçambique). Em 2011 o volume de negócios das actividades de representações técnicas do sector industrial diminuiu 17,0%, para 3,1 M, verificando-se, no entanto, uma melhoria significativa na margem bruta em percentagem do volume de negócios (+6,2 pp, para 37,3%), permitindo que a margem bruta, em valor absoluto, tenha diminuído apenas 0,5%, para 1,1 M. Em 2011 a Oilmetric - Participações e Representações Industriais, S.G.P.S., S.A. (OILMETRIC), sub-holding à data desta área, registou um resultado líquido, com o reconhecimento dos resultados das participadas pelo método da equivalência patrimonial, de 0,3 M. Conforme referido, no início de 2012 a OREY INDUSTRIAL passou a ser a nova sub-holding desta área de actividades, ficando com uma dívida à SCOA de 1,0 M. OREY INDUSTRIAL OREY INDUSTRIAL develops, through its subsidiaries, the business of industrial technical representations, essentially in Portugal but now also expanding abroad, mainly to Angola and Mozambique. In 2011 the turnover from the industrial technical representations business fell by 17.0%, to EUR 3.1 million. However, the gross profit as a percentage of turnover improved considerably (+6.2 pp, to 37.3%), allowing the gross profit, in absolute value, to drop by 0.5% only, to EUR 1.1 million. In 2011 Oilmetric - Participações e Representações Industriais, S.G.P.S., S.A. (OILMETRIC), at the time the sub-holding company for the industrial technical representations business area, posted a net profit of EUR 0.3 million, with the results of its subsidiaries being equity accounted. As referred, at the beginning of 2012 OREY INDUSTRIAL became the new sub-holding for this business área, taking on a debt to SCOA of EUR 1.0 million. Outros Other Imobiliário O Grupo OREY detém investimentos imobiliários numa lógica de arrendamento ou de promoção imobiliária. Parte Real Estate The OREY Group holds real estate investments intended for rental or property development. Part of these investments 16

17 destes investimentos são detidos directamente pela SCOA e outra parte pela OREY IMOBILIÁRIA, sendo que esta última empresa foi constituída para gerir todos os investimentos imobiliários do Grupo OREY. Assim, em 2011 a SCOA concretizou a transferência de um imóvel para a OREY IMOBILIÁRIA e prevê transferir todos os seus investimentos imobiliários para a OREY IMOBILIÁRIA em No fim de 2011 o valor conjunto das propriedades de investimento detidas pela SCOA e pela OREY IMOBILIÁRIA ascendia a 9,3 M. Estes investimentos geraram em 2011 um rendimento bruto de 518 m (mais 11,4% do que em 2010), correspondendo a uma yield bruta de 5,5%. Note-se que parte significativa das propriedades de investimento estão arrendadas a outras empresas do Grupo, sendo que parte significativa destas foram em 2012 autonomizadas do Grupo através da sua integração no OREY CAPITAL FUND. Note-se que no fim de 2011 parte dos imóveis de rendimento do Grupo (no valor de 4,5 M, ou 48,1% do total) tinham hipoteca para garantia de financiamentos (que, à data, ascendiam a 4,3 M ). A OREY IMOBILIÁRIA registou em 2011 um EBITDA de 128 m, mas o resultado operacional e o resultado líquido foram negativos reflectindo o registo de imparidades relativas à desvalorização dos imóveis. No fim de 2011 a OREY IMOBILIÁRIA apresentava uma autonomia financeira de 8,8%, num activo total de 7,5 M e com uma dívida financeira líquida de 3,9 M (com o risco de taxa de juro limitado por um cap para um valor nominal de 3,1 M, válido até Junho de 2027). No passivo da OREY IMOBILIÁRIA salientava-se ainda uma dívida à SCOA de 2,7 M. Está em curso a aquisição de dois imóveis em Lisboa num valor global de 4,5 M, com financiamento aprovado de 3,6 M através de locações financeiras a médio e longo prazo. are held directly by SCOA and another part by OREY IMOBILIÁRIA, a company which was set up to manage all the Group s real estate investments. Hence in 2011 SCOA transferred one property to OREY IMOBILIÁRIA and expects to transfer to it all its real estate investments in the course At the end of 2011 the overall amount of the investment properties held by SCOA and OREY IMOBILIÁRIA was EUR 9.3 million. In 2011 these investments generated a gross income of EUR 518 thousand (up by 11.4% on 2010), corresponding to a gross yield of 5.5%. Note that a significant part of the investment properties are let to other Group companies, and of these a considerable part was separated in 2012 through their integration in the OREY CAPITAL FUND. Note that at the end of 2011 part of the Group s income property (worth EUR 4.5 million, or 48.1% of the total) was mortgaged as security for financings (amounting to EUR 4.3 million as of that date). In 2011 OREY IMOBILIÁRIA recorded EBITDA of EUR 128 thousand, though posting negative operating results and a loss for the period, due to the recognition of impairments on the devaluation of property. At the end of 2011 OREY IMOBILIÁRIA had an equity / assets ratio of 8.8%, with total assets amounting to EUR 7.5 million, and a net financial debt of EUR 3.9 million (the interest rate risk was limited by a cap for a nominal value of EUR 3.1 million, valid up to June 2027). OREY IMOBILIÁRIA s liabilities also included a debt to SCOA in the amount of EUR 2.7 million. The acquisition of two properties in Lisbon is currently under way, for a global amount of EUR 4.5 million, for which a financing of EUR 3.6 million has been approved in the form of medium and long-term leasing. Serviços Partilhados No seio do Grupo OREY foi no passado criada uma empresa de serviços partilhados, a OSO, que, com a referida autonomização das actividades não financeiras do Grupo, passou a ser uma área de negócios do Grupo OREY. Em 2011 a OSO registou um volume de negócios de 2,1 M, com um EBITDA de 0,2 M, um resultado operacional de 0,1 M e um resultado líquido de 0,1 M. A principal rubrica de custos da OSO, os custos com pessoal, ascendeu a 1,4 M em No fim de 2011 a OSO tinha uma estrutura de Shared Services OSO, a share services company created in the past within the OREY Group has now become a business area of the Group following the referred split of all the non financial activities. In 2011 OSO posted turnover of EUR 2.1 million, EBITDA of EUR 0.2 million, operating results of EUR 0.1 million and a net profit for the year of EUR 0.1 million. OSO s main costs item, staff costs, totalled EUR 1.4 million in At the end of 2011 OSO had 35 employees. 17

18 35 colaboradores. No fim de 2011 a OSO apresentava uma autonomia financeira de 41,6%, num activo total de 1,4 M, sem dívida financeira. Salientava-se no passivo uma dívida à SCOA de 350 m. At the end of 2011 OSO had an equity / assets ratio of 41.6%, with total assets amounting to EUR 1.4 million, and it had no financial debt. Liabilities included a debt to SCOA of EUR 350 thousand. SCOA Enquanto holding de investimentos os proveitos recorrentes da SCOA são sobretudo os dividendos recebidos das participadas (incluídos no Quadro 2.1. em outros proveitos operacionais) e os juros obtidos dos empréstimos às participadas (proveitos e ganhos financeiros). Em 2011 a SCOA reconheceu 2,3 M de proveitos com dividendos, repartidos entre 1,5 M recebidos da OREY INVESTMENTS HOLDING, 0,5 M da HORIZON VIEW e 0,3 M da OILMETRIC. Em 2010 a SCOA reconheceu 6,4 M de proveitos com dividendos, repartidos entre 3,4 M reconhecidos da OREY FINANCIAL IFIC (mas apenas recebidos em 2011), 2,9 M recebidos da OREY INVESTMENTS HOLDING e 0,2 M recebidos da OA TECHNICAL REPRESENTATIONS. Os juros obtidos ascenderam a 0,7 M em 2011, dos quais 0,6 M respeitam a juros obtidos de financiamentos às participadas. Além destes, a SCOA registou em 2011 proveitos com prestação de serviços à OSO e à OREY FINANCIAL IFIC (em volume de negócios), no valor de 262,6 m (face a 249,8 m em 2010), com cedências de pessoal e instalações e com recuperações de custos (em proveitos suplementares), no valor de 426,4 m (face a 386,0 m em 2010), e com rendas de propriedades de investimentos (em outros proveitos operacionais), no valor de 181,3 m (face a 116,5 m em 2010). As despesas operacionais da SCOA em 2011 ascenderam a 4,4 M e foram significativamente afectadas pelo processo de reestruturação concluído nos primeiros meses de 2012, ao nível dos custos associados ao processo (nomeadamente com advogados) e das mais-valias registadas em 2011 (com a alienação da HORIZON VIEW) que levaram a um aumento significativo do bónus ao Conselho de Administração (10,0% do resultado consolidado de 5,7 M ). Assim, estas despesas de 2011 representam um aumento de 41,8% face a 2010 e um aumento de 79,5% face a 2009 (ano ainda não afectado pelo processo de reestruturação). Em 2011 as despesas SCOA In so far as it is an investment holding company, SCOA s recurrent income mainly consist of dividends received from its subsidiaries (shown in Table 2.1. under other operating income) and interest on loans to the subsidiaries (financial income and gains). In 2011 SCOA recognised EUR 2.3 million in income from dividends, of which EUR 1.5 million received from OREY INVESTMENTS HOLDING, EUR 0.5 million from HORIZON VIEW and EUR 0.3 million from OILMETRIC. In 2010 SCOA had recognised EUR 6.4 million in income from dividends, of which EUR 3.4 million from OREY FINANCIAL IFIC (only received in 2011), EUR 2.9 million from OREY INVESTMENTS HOLDING and EUR 0.2 million from OA TECHNICAL REPRESENTATIONS. Interest income totalled EUR 0.7 million in 2011, and of these EUR 0.6 million were interest on loans to subsidiaries. In addition, in 2011 SCOA recorded income from services provided to OSO and OREY FINANCIAL IFIC (booked under turnover) in the amount of EUR thousand (EUR thousand in 2010), from the assignment of personnel and premises and from cost recoveries (booked under supplementary income) in the amount of EUR thousand (EUR thousand in 2010), and from rents from investment properties (under other operating income), in the amount of EUR thousand (EUR thousand in 2010). SCOA s operating costs in 2011, in the amount of EUR 4.4 million, bear the brunt of the restructuring process concluded in the first months of 2012, namely in terms of the costs associated to the process itself (such as lawyers fees) and in connection to the capital gains recognised in 2011 relative to the sale of HORIZON VIEW, which led to a significant increase in the bonus to the Board of Directors (10% of the EUR 5.7 million consolidated net profit). Hence operating costs increased by 41.8% compared to 2010 and by 79.5% compared to 2009 (a year not yet affected by the restructuring process). The 2011 operating costs essentially consisted of suppliers and 18

19 operacionais repartiram-se sobretudo entre 3,3 M de fornecimentos e serviços externos (face a 2,3 M em 2010 e a 1,6 M em 2009) e 1,0 M de custos com pessoal (face a 0,7 M em 2010 e a 0,8 M em 2009). Refira-se que os custos com trabalhos especializados (em fornecimentos e serviços externos), rubrica que mais reflecte os referidos custos não recorrentes com o processo de reestruturação do Grupo OREY, aumentou de 0,7 M em 2009 para 1,1 M em 2010 e para 2,0 M em external services amounting to EUR 3.3 million (EUR 2.3 million in 2010 and EUR 1.6 million in 2009) and staff costs amounting to EUR 1.0 million (EUR 0.7 million in 2010 and EUR 0.8 million in 2009). The costs with specialised works (under suppliers and external services), which is the item most affected by the non recurrent costs with the restructuring process, increased from EUR 0.7 million in 2009 to EUR 1.1 million in 2010 and to EUR 2.0 million in QUADRO 2.1. TABLE 2.1. DEMONSTRAÇÃO DE RESULTADOS DA SCOA (MILHARES DE EUROS) SCOA PROFIT AND LOSS ACCOUNT (THOUSAND EUROS) (Re) (Jan. a / to Mar.) 2012 (Jan. a / to Mar.) VOLUME DE NEGÓCIOS TURNOVER Custos Variáveis: Variable Costs: Custo Merc. Vend. e Mat. Cons Cost of Goods Sold and Materials Consumed Fornecimentos e Serviços Externos Suppliers and External Services Variação da Produção (-) Production Variation (-) Total dos Custos Variáveis Total Variable Costs MARGEM DE CONTRIB. BRUTA (915) (793) (800) (800) (1 925) (3 045) (541) (585) GROSS CONTRIBUTION MARGIN Proveitos Operacionais Diversos: Sundry Operating Income: Trabalhos Para a Própria Empresa Work Done for the Company Proveitos Suplementares Supplementary Income Subsídios à Exploração Operating Subsidies Outros Proveitos Operacionais Other Operating Income Total dos Proveitos Oper. Diversos Total Sundry Operating Income MARGEM DE CONT. OPERACIONAL (150) (407) OPERATING CONTRIBUTION MARGIN Despesas Operac. Fixas: Fixed Operating Expenses: Custos com o Pessoal Staff Costs Outros Custos Operacionais Other Operating Costs Total das Despesas Operac. Fixas Total Fixed Operating Expenses EXCEDENTE BRUTO DE EXPLORAÇÃO (EBITDA (a)) (1 246) (527) EBITDA (a) Amort. de Imob. Corp. e Incorp Depreciation and Amortisation Provisões / Ajustamentos / Variações de Justo Valor 0 79 (1) (1) (56) Provisions / Adjustments / Changes in Fair Value RESULTADO OPERACIONAL (EBIT (b)) (1 407) (549) EBIT (b) Proveitos e Ganhos Financeiros Financial Income and Gains Custos e Perdas Financeiras Financial Costs and Losses RESULTADO FINANCEIRO (413) (762) (629) (629) (1 184) (861) (287) (189) FINANCIAL RESULT RESULTADO CORRENTE DO EXERCÍCIO (2 268) (836) CURRENT RESULT FOR THE YEAR Proveitos e Ganhos Não Recorrentes Non-recurrent Income and Gains Custos e Perdas Não Recorrentes Non-recurrent Costs and Losses RESULTADOS NÃO RECORRENTES 8 (0) NON-RECURRENT RESULTS RESULTADO ANTES DE IMPOSTOS (836) EARNINGS BEFORE TAXES Impostos S/ Rendimento do Exercício 12 7 (176) (176) (107) (329) (159) 55 Taxes on Income for the Year RESULTADO LÍQ. DO EXERCÍCIO (677) NET PROFIT FOR THE YEAR Distribuição de Resultados Distribution of Profits RESULTADO LÍQ. RETIDO (1 552) NET RETAINED PROFITS (LOSSES) Notas: Valores arredondados. Notes: Figures rounded (Re) = Re-expresso. (Re) = Restated. Contas com ajustamentos efectuados pela CPR para efeitos de análise. Accounts adjusted by CPR for analisys purposes. Contas de 2011 certificadas pela Ernst & Young Audit & Associados - Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, S.A.. (a) Earnings before interests, taxes, depreciations and amortizations accounts certified by the official auditing firm Ernst & Young Audit & Associados - Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, S.A. (a) Earnings before interests, taxes, depreciations and amortizations. (b) Earnings before interests and taxes. (b) Earnings before interests and taxes. Fontes: Relatórios e Contas da SCOA Sources: SCOA Annual Reports. Informações adicionais da SCOA. SCOA Additional information. O EBITDA da SCOA em 2011 foi de -1,2 M, enquanto em 2010 foi de 4,2 M. Note-se, no entanto, que se a SCOA tivesse reconhecido apenas em 2011 os 3,4 M recebidos da OREY FINANCIAL IFIC, o EBITDA ajustado de 2011 seria de 2,2 M, face a 0,8 M em Os meios libertos operacionais ascenderam a 3,0 M em 2011 (Quadro 2.2.), face a -1,6 M em 2010, reflectindo ainda (face ao EBITDA ajustado ) o recebimento apenas em 2011 de parte dos dividendos da OREY INVESTMENTS HOLDING reconhecidos em Em 2011 a SCOA registou cerca de 92,1 m de amortizações (93,6 m em 2010) e reforçou as suas provisões em 68,7 m (em 2010 a SCOA constituiu 137,4 m de SCOA s EBITDA in 2011 was EUR -1.2 million, which compares with EUR 4.2 million in Note, however, that if SCOA had recognised only in 2011 the EUR 3.4 million received from OREY FINANCIAL IFIC, the 2011 adjusted EBITDA would be EUR 2.2 million, versus EUR 0.8 million in Operating cash flow amounted to EUR 3.0 million in 2011 (Table 2.2.), versus EUR -1.6 million in 2010, which still reflects (relative to the adjusted EBITDA) the fact that part of the dividends from OREY INVESTMENTS HOLDING recognised in 2010 were only received in In 2011 SCOA recorded amortisation and depreciation of EUR 92.1 thousand (EUR 93.6 thousand in 2010) and reinforced provisions by EUR 68.7 thousand (in 2010 SCOA 19

20 provisões e registou uma valorização de 193,0 m no justo valor das suas propriedades de investimento). made a provision charge of EUR thousand and booked a EUR thousand value increase in the fair value of its investment properties). QUADRO 2.2. TABLE 2.2. MAPA DE FLUXOS DA SCOA (MILHARES DE EUROS) SCOA FUND FLOWS (THOUSAND EUROS) (Re) MEIOS LIBERTOS OPERACIONAIS (MLO) (1 572) (1 572) (1 573) OPERATING CASH FLOW (OCF) MEIOS LIBERTOS CORRENTES (MLC) (1 999) (1 999) (2 136) CURRENT CASH FLOW (CCF) MEIOS DISPON. P/ DECISÕES ESTRATÉGICAS (MDDE) (2 165) (2 165) (2 217) FUNDS AVAILABLE FOR STRATEGIC DECISIONS (FASD) Actividades de Investimento (5 575) (12 770) Investment Activities MEIOS LIBERTOS P/ ACC. E CREDORES (2 386) (6 276) (2 195) (2 195) CASH FLOW FOR SHAREHOLDERS AND CREDITORS Pagamentos de Distribuição de Res Profits Paid SALDO DE FINANCIAMENTO (3 073) (7 260) (3 692) (3 692) FINANCING BALANCE Entradas de Capital (450) (1 460) (1 460) (1 758) (4 607) Capital Inflows Acréscimo dos Débitos L. Prazo (1 216) (1 314) (1 314) (967) Increase in Long Term Liabilities SALDO DE FINANCIAMENTO A CURTO PRAZO (4 738) (6 466) (6 466) FINANCING BALANCE SHORT TERM Acréscimo Débitos C. Prazo Financiamento (1 508) (11 578) (345) Increase in Short Term Financing Liabilities Efeito das Diferenças de Câmbio 3 (0) Net Exchange Rate Effect VARIAÇÃO DAS DISPONIBILIDADES E SEUS EQUIVALENTES (996) (1 509) (1 509) BANK DEPOSITS AND CASH VARIATION Notas: Valores arredondados. Notes: Figures rounded (Re) = Re-expresso. (Re) = Restated. Contas com ajustamentos efectuados pela CPR para efeitos de análise. Accounts adjusted by CPR for analisys purposes. Contas de 2011 certificadas pela Ernst & Young Audit & Associados - Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, S.A accounts certified by the official auditing firm Ernst & Young Audit & Associados - Sociedade de Revisores Oficiais de Contas, S.A. Fontes: Relatórios e Contas da SCOA Sources: SCOA Annual Reports. Assim, a SCOA registou em 2011 um resultado operacional de -1,4 M (face a 4,2 M em 2010) ou um resultado operacional ajustado de 2,0 M (face a 0,8 M em 2010). Ao resultado operacional ajustado de 2011 corresponde uma rendibilidade operacional do activo de 1,8% (face a 0,7% em 2010), em vez de -1,3% (3,7% em 2010). Hence in 2011 SCOA reported operating results of EUR -1.4 million (versus EUR 4.2 million in 2010), or adjusted operating results of EUR 2.0 million (versus EUR 0.8 million in 2010). The 2011 adjusted operating results represent an operating return on assets of 1.8% (0.7% in 2010), instead of -1.3% (3.7% in 2010), if non adjusted. GRÁFICO 2.1 / CHART 2.1 EVOLUÇÃO DA EURIBOR A 1, 3 E 6 MESES EURIBOR EVOLUTION 1, 3 AND 6 MONTHS 5,5 5,0 4,5 4,0 3,5 20 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5 0, Fonte: Banco de Portugal. Source: Bank of Portugal Euribor - 1 mês / month Euribor - 3 meses / months Euribor - 6 meses / months

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico

106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico 106 BANCO DE PORTUGAL Boletim Estatístico B.7.1.1 Taxas de juro sobre novas operações de empréstimos (1) concedidos por instituições financeiras monetárias a residentes na área do euro (a) Interest rates

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 14/2014 TEXTO Brazil Leads Decline Among World's Biggest Companies THE losses OF São Paulo's stock market AND THE decline OF Brazil's real made Brazilian companies THE biggest losers among THE world's major companies,

Leia mais

1. THE ANGOLAN ECONOMY

1. THE ANGOLAN ECONOMY BPC IN BRIEF ÍNDICE 1. THE ANGOLAN ECONOMY 2. EVOLUTION OF THE BANK SECTOR 3. SHAREHOLDERS 4. BPC MARKET RANKING 5. FINANCIAL INDICATORES 6. PROJECTS FINANCE 7. GERMAN CORRESPONDENTS 1. THE ANGOLAN ECONOMY

Leia mais

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos

SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos SAP fecha 2008 com Crescimento de Dois Dígitos A SAP aumenta a um ritmo de 14% as receitas de software e de serviços relacionados com software em 2008 e apresenta um crescimento nas receitas totais de

Leia mais

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas)

COMUNICADO 9M 2015 COMUNICADO 9M 2015. (Contas não auditadas) COMUNICADO 9M 2015 (Contas não auditadas) 30 novembro 2015 1 1. EVOLUÇÃO DOS NEGÓCIOS 1.1. ÁREA FINANCEIRA A Área Financeira do Grupo concentra as atividades financeiras, incluindo a Orey Financial e as

Leia mais

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015

COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 COMUNICADO RESULTADOS TRIMESTRAIS (Não auditados) 28 de Maio de 2015 Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Sociedade Aberta Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, nº 17 6A, 1070-313 Lisboa Portugal Capital

Leia mais

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010)

Parte 1 Part 1. Mercado das Comunicações. na Economia Nacional (2006-2010) Parte 1 Part 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) Communications Market in National Economy (2006/2010) Parte 1 Mercado das Comunicações na Economia Nacional (2006-2010) / Part 1

Leia mais

Banco Santander Totta, S.A.

Banco Santander Totta, S.A. NINTH SUPPLEMENT (dated 26 October 2011) to the BASE PROSPECTUS (dated 4 April 2008) Banco Santander Totta, S.A. (incorporated with limited liability in Portugal) 5,000,000,000 (increased to 12,500,000,000)

Leia mais

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS

ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS ESTRUTURA DE CAPITAL: UMA ANÁLISE EM EMPRESAS SEGURADORAS THE CAPITAL STRUCTURE: AN ANALYSE ON INSURANCE COMPANIES FREDERIKE MONIKA BUDINER METTE MARCO ANTÔNIO DOS SANTOS MARTINS PAULA FERNANDA BUTZEN

Leia mais

Miguel Coelho Universidade Lusíada de Lisboa

Miguel Coelho Universidade Lusíada de Lisboa Demasiado tarde para ser perdoada? Uma análise sintética sobre o impacto de uma renegociação da dívida pública Miguel Coelho Universidade Lusíada de Lisboa Lusíada. Economia & Empresa. Lisboa, n.º 16/2013

Leia mais

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009

SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 SAP anuncia resultados do Segundo Trimestre de 2009 A SAP continua a demonstrar um forte crescimento das suas margens, aumentando a previsão, para o ano de 2009, referente à sua margem operacional Non-GAAP

Leia mais

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES

Senhores Acionistas: FATURAMENTO CRESCE 47% E SUPERA A MARCA DOS R$ 4 BILHÕES Senhores Acionistas: Após sofrer o impacto causado pela desvalorização da moeda brasileira no início de 1999, a economia do País, de um modo geral, mostrou resultados bastante positivos no encerramento

Leia mais

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica

International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China. dossiers. Economic Outlook Conjuntura Económica dossiers Economic Outlook Conjuntura Económica International Trade and FDI between Portugal-China Comércio Internacional e IDE entre Portugal-China Last Update Última Actualização: 10-02-2015 Prepared

Leia mais

COMUNICADO 1S 2015. COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas)

COMUNICADO 1S 2015. COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas) COMUNICADO 1S 2015 (Contas não auditadas) 31 agosto 2015 1. EVOLUÇÃO DOS NEGÓCIOS 1.1. ÁREA FINANCEIRA A Área Financeira do Grupo concentra as atividades financeiras, incluindo a Orey Financial, e as suas

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 068 Balanços em 31 de Dezembro de 2008 e 2007 Balance at 31 December 2008 and 2007 Activo Assets 2008 2007

Leia mais

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1)

Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank. Depósitos com pré-aviso até 3 meses. equiparados até 2 anos (1) B.0.1 AGREGADOS MONETÁRIOS DA ÁREA DO EURO (a) EURO AREA MONETARY AGGREGATES (a) Saldos em fim de mês End-of-month figures Fonte / Source: Banco Central Europeu / European Central Bank M3 Circulação monetária

Leia mais

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements

05. Demonstrações Financeiras Financial Statements 05. Demonstrações Financeiras Financial Statements Demonstrações Financeiras Financial Statements 060 Balanços em 31 de Dezembro de 2007 e 2006 Balance at 31 December 2007 and 2006 Activo Assets 2007 2006

Leia mais

GERDAU. 1 o Trim. 2001

GERDAU. 1 o Trim. 2001 GERDAU Informações Relevantes 2 o Trimestre de Senhores Acionistas: O ano de iniciou-se movido pelo bom desempenho econômico brasileiro do ano anterior: forte crescimento industrial, inflação sob controle,

Leia mais

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA

75, 8.º DTO 1250-068 LISBOA EAbrief: Medida de incentivo ao emprego mediante o reembolso da taxa social única EAbrief: Employment incentive measure through the unique social rate reimbursement Portaria n.º 229/2012, de 03 de Agosto

Leia mais

Rating de Emitente BB Médio e Longo Prazo B Curto Prazo Rating de Emissão. BB Médio e Longo Prazo B Curto Prazo. BB Médio e Longo Prazo

Rating de Emitente BB Médio e Longo Prazo B Curto Prazo Rating de Emissão. BB Médio e Longo Prazo B Curto Prazo. BB Médio e Longo Prazo 8 de Outubro de 2015 Grupo Orey Emitente Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Emitente Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Emitente OFH S.à.r.l. Emitente OFH S.à.r.l. Rating de Emitente BB Médio e

Leia mais

SUMÁRIO. 3º Trimestre 2009 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA. Produção de seguro directo. Custos com sinistros

SUMÁRIO. 3º Trimestre 2009 RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA. Produção de seguro directo. Custos com sinistros SUMÁRIO Produção de seguro directo No terceiro trimestre de, seguindo a tendência evidenciada ao longo do ano, assistiu-se a uma contracção na produção de seguro directo das empresas de seguros sob a supervisão

Leia mais

Rating soberano do Brasil

Rating soberano do Brasil Rating soberano do Brasil Regina Nunes Presidente Standard & Poor s no Brasil Outubro 2014 Permission to reprint or distribute any content from this presentation requires the prior written approval of

Leia mais

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name

Subject: The finance source/ new application/ project submission form COMPANY / PROJECT INFORMATION. Date of Submission: Registered Company Name Subject: The finance source/ new application/ project submission form All questions must be answered in details to receive an informed response. All information & data are to be provided directly by the

Leia mais

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO

CARLA ALEXANDRA SEVES DE ANDRADE CANOTILHO Escola Superior de Tecnologia e Gestão Instituto Politécnico da Guarda R E L AT Ó R I O D E AT I V I D A D E P R O F I S S I O N A L N A J. V A R G A S - G A B I N E T E T É C N I C O D E G E S T Ã O E

Leia mais

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre

Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Maia, 31 de Julho de 2008 Desempenho afectado por desvalorização dos activos ditada pelo mercado Sonae Sierra registou Resultado Líquido de 1,3 milhões no primeiro semestre Rendas cresceram 4,5% numa base

Leia mais

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD

ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD PRESENTATION APIMEC BRASÍLIA ADJUSTMENTS IN BRAZIL S ECONOMIC POLICY IN 2015 WILL LIKELY PRODUCE MORE SUSTAINABLE GDP GROWTH RATES GOING FORWARD 1 1 Brasília, February, 5th 2015 Ellen Regina Steter WORLD

Leia mais

Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS. Informação não auditada.

Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS. Informação não auditada. Reuters: BANIF.LS Bloomberg: BANIF PL ISIN: PTBAF0AM0002 www.banif.pt/investidores 2015 1S2015 RESULTADOS CONSOLIDADOS Lisboa, 7 de Agosto de 2015 Informação não auditada. RESULTADOS CONSOLIDADOS: Janeiro

Leia mais

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline

Administração de Capital de Giro e Planejamento a Curto Prazo. Chapter Outline 26-0 Universidade Federal de Itajubá Instituto de Engenharia de Produção e Gestão Curso de Finanças Corporativas Prof. Edson Pamplona (www.iem.efei.br/edson) CAPÍTULO 27 Administração de Capital de Giro

Leia mais

Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online. Casos práticos

Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online. Casos práticos Casos práticos Comunicação de Operações com o Exterior (COPE) formação online O presente documento compreende a informação correspondente aos casos práticos da Comunicação de Operações com o Exterior (COPE)

Leia mais

SÃO PAULO 916.321.967-00 CLÓVIS AUGUSTO MANFIO 063.986.528-35

SÃO PAULO 916.321.967-00 CLÓVIS AUGUSTO MANFIO 063.986.528-35 Corporate Legal Name ALARM-TEK ELETRONICA LTDA Trade Name ALARMTEK Address Calçada das Anêmonas, nº. 42 District Centro Comercial - Alphaville Zip Code 6453-5 Telephones 11 4191-7256 Corporate Tax Registration

Leia mais

ANÚNCIO DE LANÇAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE TROCA DE OBRIGAÇÕES PELO BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. ( BANIF )

ANÚNCIO DE LANÇAMENTO DE OFERTA PÚBLICA DE TROCA DE OBRIGAÇÕES PELO BANIF BANCO INTERNACIONAL DO FUNCHAL, S.A. ( BANIF ) Banif Banco Internacional do Funchal, S.A. Sede Social: Rua de João Tavira, n.º 30, 9004-509 Funchal, Portugal Capital Social: 780.000.000 Euros Matriculado na Conservatória do Registo Comercial do Funchal

Leia mais

OVERVIEW DO SISTEMA BANCÁRIO PORTUGUÊS

OVERVIEW DO SISTEMA BANCÁRIO PORTUGUÊS OVERVIEW DO SISTEMA BANCÁRIO PORTUGUÊS ÍNDICE I. Importância do Sector Bancário na Economia II. III. Actividade de Crédito Financiamento IV. Solvabilidade V. Regimes de Recapitalização Pública e de Concessão

Leia mais

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO

BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO BUSINESS TO WORLD COMPANHIA GLOBAL DO VAREJO 4Q08 Results Conference Call Friday: March 13, 2008 Time: 12:00 p.m (Brazil) 11:00 a.m (US EDT) Phone: +1 (888) 700.0802 (USA) +1 (786) 924.6977 (other countries)

Leia mais

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores

PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores PROGRAM FOR 3 DAYS in Faial and S. Jorge Islands, Azores THIS PROGRAM AIMS TO TOAST OUR CUSTOMERS WITH THE OPPORTUNITY TO DISCOVER AND EXPLORE THE FAIAL AND S. JORGE ISLANDS. WE HAVE A WIDE RANGE OF CULTURAL

Leia mais

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES

2. HUMAN RESOURCES 2. RECURSOS HUMANOS 1 RECRUTAMENTO E SELECÇÃO 1 RECRUITMENT AND SELECTION 2 QUALIFICAÇÃO DOS TRABALHADORES RECURSOS HUMANOS HUMAN RESOURCES . RECURSOS HUMANOS RECRUTAMENTO E SELECÇÃO. HUMAN RESOURCES RECRUITMENT AND SELECTION O recrutamento e a situação contratual, no ano em análise, e face ao anterior, caracterizaram-se

Leia mais

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence

Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution. Marcas representadas Represented brands. Aposta na competência Focus on competence Teixeira Duarte Distribuição Teixeira Duarte Distribution Marcas representadas Represented brands Aposta na competência Focus on competence Mercados de atuação Marketplaces Angola Angola Brasil Brazil

Leia mais

ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira

ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira ARC Ratings atribui notação a curto prazo de B, com tendência positiva, ao Grupo Visabeira EMITENTE Grupo Visabeira SGPS, S.A. RATING DE EMITENTE Médio e Longo Prazo BB+ (BB+, com tendência estável) B

Leia mais

ELEnA European Local ENergy Assistance

ELEnA European Local ENergy Assistance ECO.AP Programa de Eficiência Energética na Administração Pública ELEnA European Local ENergy Assistance Lisboa, 6/03/2015 Desafios 1 Conhecimento: a) Edifícios/equipamentos; b) Capacidade técnica; c)

Leia mais

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento:

A Direção-Geral do Território disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Modalidades de Pagamento A disponibiliza aos seus clientes diversas modalidades de pagamento: Estações de CTT Cheque por Correio Depósito Bancário Transferência Bancária Balcão 'Loja da DGT' Estações dos

Leia mais

Interface between IP limitations and contracts

Interface between IP limitations and contracts Interface between IP limitations and contracts Global Congress on Intellectual Property and the Public Interest Copyright Exceptions Workshop December 16, 9-12:30 Denis Borges Barbosa The issue Clause

Leia mais

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA

RELATÓRIO DE EVOLUÇÃO DA ACTIVIDADE SEGURADORA SUMÁRIO No primeiro trimestre de, a produção de seguro directo, relativa à actividade em Portugal das empresas de seguros sob a supervisão do ISP, apresentou, em termos globais, uma quebra de 29,8% face

Leia mais

AVISO DE EVENTO CORPORATIVO: BANIF BCO INTER DO FUNCHAL SA

AVISO DE EVENTO CORPORATIVO: BANIF BCO INTER DO FUNCHAL SA AVISO DE EVENTO CORPORATIVO: Aviso BANIF BCO INTER DO FUNCHAL SA LOCALIZACAO: Lisbon N DE AVISO: LIS_20130927_00754_EUR DATA DE DISSEMINACAO: 27/09/2013 MERCADO: EURONEXT LISBON AVISO DA REALIZAÇÃO DA

Leia mais

1. FINANCIAMENTO A MÉDIO E LONGO PRAZO

1. FINANCIAMENTO A MÉDIO E LONGO PRAZO 1. FINANCIAMENTO A MÉDIO E LONGO PRAZO Finanças II Ano Lectivo 2005/06 Turma TP1 Ricardo Valente 1 Introdução Decisões de financiamento Captação de fundos para financiar actividade corrente, projectos

Leia mais

no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração

no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração As consequências do Orçamento Estado 2010 no Sistema Financeiro Carlos David Duarte de Almeida Vice-Presidente do Conselho de Administração As consequências do OE 2010 no Sistema Financeiro Indice 1. O

Leia mais

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação

RELATÓRIO & CONTAS Liquidação Fundo Especial de Investimento Aberto CAIXA FUNDO RENDIMENTO FIXO IV (em liquidação) RELATÓRIO & CONTAS Liquidação RELATÓRIO DE GESTÃO DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS RELATÓRIO DO AUDITOR EXTERNO CAIXAGEST Técnicas

Leia mais

News on Banks capital ratios. Instruction no. 28/2011, of the Bank of Portugal

News on Banks capital ratios. Instruction no. 28/2011, of the Bank of Portugal Novidades relativas rácios de capital de instituições de crédito Instrução n.º 28/2011 do Banco de Portugal Na sequência da recente subida das taxas de juros de depósitos oferecidas pelas instituições

Leia mais

Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos.

Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos. GLOSSÁRIO Activo subjacente: activo que serve de base a outros instrumentos financeiros, como sejam os futuros, as opções e os warrants autónomos. Assembleia geral: órgão das sociedades anónimas em que

Leia mais

ALVES RIBEIRO - INVESTIMENTOS FINANCEIROS, SGPS, S.A. ANEXO ÀS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS INDIVIDUAIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2008 (Montantes em Euros, excepto quando expressamente indicado) 1. NOTA INTRODUTÓRIA

Leia mais

Português 207 Portuguese for Business

Português 207 Portuguese for Business Português 207 Portuguese for Business Spring 2012: Porugal and the EU Instructor: Jared Hendrickson Office: 1149 Van Hise Office Hours: Monday and Thursday, 11:00 am-12:00 pm e-mail: jwhendrickso@wisc.edu

Leia mais

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL

REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL REAL ESTATE MARKET IN BRAZIL JOÃO CRESTANA President of Secovi SP and CBIC National Commission of Construction Industry SIZE OF BRAZIL Population distribution by gender, according to age group BRAZIL 2010

Leia mais

ARC Ratings confirma a notação "A-1" à Somincor RATING DE EMITENTE RATING DE EMISSÕES

ARC Ratings confirma a notação A-1 à Somincor RATING DE EMITENTE RATING DE EMISSÕES ARC Ratings confirma a notação "A-1" à Somincor EMITENTES RATING DE EMITENTE Somincor Sociedade Mineira de Neves-Corvo, S.A. A-1 Curto Prazo DATA DAS NOTAÇÕES RATING DE EMISSÕES 7 de Setembro de 2015 A-1

Leia mais

[tradução livre dos Termos Finais em língua inglesa. Em caso de discrepância, a versão inglesa prevalecerá]

[tradução livre dos Termos Finais em língua inglesa. Em caso de discrepância, a versão inglesa prevalecerá] [tradução livre dos Termos Finais em língua inglesa. Em caso de discrepância, a versão inglesa prevalecerá] Termos Finais datados de 22 de Dezembro de 2011 Banif Banco Internacional do Funchal, S.A. Emissão

Leia mais

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011

PORTUGAL - INDICADORES ECONÓMICOS. Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011. Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 Evolução 2005-2011 Actualizado em Setembro de 2011 Unid. Fonte 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 Notas 2011 População a Milhares Hab. INE 10.563 10.586 10.604 10.623 10.638 10.636 10.643 2º Trimestre

Leia mais

Resultados consolidados do Banco BPI no 1.º semestre de 2011

Resultados consolidados do Banco BPI no 1.º semestre de 2011 www.ir.bpi.pt BANCO BPI, S.A. - Sociedade aberta Capital Social: 990 000 000 euros; Pessoa Colectiva n.º 501 214 534 Matrícula na Conservatória do Registo Comercial do Porto, sob o n.º 501 214 534 Sede:

Leia mais

Comunicado Reuters>bcp.Is Exchange>MCP Bloomberg>bcp pl ISIN PTBCP0AM00007

Comunicado Reuters>bcp.Is Exchange>MCP Bloomberg>bcp pl ISIN PTBCP0AM00007 26 de Outubro de 2010 Actividade do Bank Millennium (Polónia) no 3º Trimestre de 2010 O Banco Comercial Português, S.A. informa que o Bank Millennium S.A. com sede em Varsóvia, Polónia, entidade na qual

Leia mais

SOCIEDADE COMERCIAL OREY ANTUNES, S.A. Capital social: 12.000.000,00 Euros. Pessoa coletiva n.º 500255342. Sociedade Aberta. Informação Privilegiada

SOCIEDADE COMERCIAL OREY ANTUNES, S.A. Capital social: 12.000.000,00 Euros. Pessoa coletiva n.º 500255342. Sociedade Aberta. Informação Privilegiada SOCIEDADE COMERCIAL OREY ANTUNES, S.A. Capital social: 12.000.000,00 Euros Pessoa coletiva n.º 500255342 Sociedade Aberta Informação Privilegiada A Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. ( Sociedade ),

Leia mais

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio

Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Full Ship Charter Qualification / Formulário de Fretamento de Navio Qualification Completed By / Qualificação completada por: Country/Region / País/Região: Royal Caribbean LTD Lead Source & Contact Information

Leia mais

JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Capital Social: EUR 479.293.220,00 Pessoa Colectiva n.º: 500 100 144 C.R.C. Lisboa n.

JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Capital Social: EUR 479.293.220,00 Pessoa Colectiva n.º: 500 100 144 C.R.C. Lisboa n. JERÓNIMO MARTINS, SGPS, S.A. Sociedade Aberta Capital Social: EUR 479.293.220,00 Pessoa Colectiva n.º: 500 100 144 C.R.C. Lisboa n.º 8 122 RESTRUCTURING The need to adjust the level of equity in the balance

Leia mais

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio

COSEC. Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio COSEC 8 de Agosto de 2011 Valorização do Real e Mercado Futuro de Câmbio Roberto Giannetti da Fonseca Diretor Titular Departamento de Relações Internacionais e Comércio Exterior Mitos e Mistérios do Mercado

Leia mais

Recapitalizar as Pequenas e Médias Empresas Portuguesas

Recapitalizar as Pequenas e Médias Empresas Portuguesas Recapitalizar as Pequenas e Médias Empresas Portuguesas Apresentação na 1ª Reunião do Fórum CMVM/PME para o Mercado de Capitais Carlos Tavares 27 Março 2012 1 Redução dos desequilíbrios externos da Economia

Leia mais

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008

PORTUGAL Economic Outlook. Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 PORTUGAL Economic Outlook Carlos Almeida Andrade Chief Economist Julho 2008 Portugal: Adaptação a um novo ambiente económico global A economia portuguesa enfrenta o impacto de um ambiente externo difícil,

Leia mais

As Novas Formas de Financiamento da Economia

As Novas Formas de Financiamento da Economia As Novas Formas de Financiamento da Economia Francisco Fonseca Vice-Presidente ANJE 2º CONGRESSO DAS EMPRESAS E DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS - LISBOA O que são? Formas alternativas de financiamento incluem

Leia mais

Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6)

Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6) Estatísticas do Setor Externo Adoção da 6ª Edição do Manual de Balanço de Pagamentos e Posição Internacional de Investimentos (BPM6) Nota Metodológica nº 4 Dívida externa Junho de 2015 1. Introdução A

Leia mais

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES

INVESTIMENTO ACTIVO MAIS OBRIGAÇÕES Breve Descrição do Produto O é um produto financeiro complexo composto por 50% do investimento num Depósito a Prazo a 180 dias, não renovável, com uma taxa de juro de 4% (TANB Taxa Anual Nominal Bruta),

Leia mais

Relatório de Acção Action Report

Relatório de Acção Action Report Relatório de Acção Action Report CasA+ Building Codes 17 Novembro Expo Energia 09 16 de Dezembro de 2009 Data: 17 Novembro Título: Casas dos anos 70 e 90 revelam mais ineficiência energética Meio: Rádio

Leia mais

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013

WWW.ADINOEL.COM Adinoél Sebastião /// Inglês Tradução Livre 67/2013 PASSO A PASSO DO DYNO Ao final desse passo a passo você terá o texto quase todo traduzido. Passo 1 Marque no texto as palavras abaixo. (decore essas palavras, pois elas aparecem com muita frequência nos

Leia mais

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management

MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE. manual for management MT BOOKING SYSTEM BACKOFFICE manual for management BACKOFFICE BACKOFFICE Últimas Reservas Latest Bookings 8 7 6 3 2 2 Configurações Configuration - pag. 3 Barcos Boats - pag.8 Pessoal Staff - pag.0 Agentes

Leia mais

PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO. Citibank International plc

PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO. Citibank International plc PROGRAMA EQUITY FIRST PRODUCT SUMÁRIO Citibank International plc Valores Mobiliários auto-call Escalator até 50.000.000 euros associados aos Índices EURO STOXX 50 SM, Nikkei 225 e S&P 500 com vencimento

Leia mais

A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL. Encerramento de sociedades (consequente desemprego)

A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL. Encerramento de sociedades (consequente desemprego) A CRISE ACTUAL EXPÔS A VULNERABILIDADE DO FINANCIAMENTO DO TECIDO EMPRESARIAL NACIONAL Encerramento de sociedades (consequente desemprego) Empresas com encomendas rentáveis que não podem satisfazer Linhas

Leia mais

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1

RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 COMUNICADO Página 1 / 9 RESULTADOS CONSOLIDADOS A 30 DE JUNHO DE 2005 1 09 de Setembro de 2005 (Os valores apresentados neste comunicado reportam-se ao primeiro semestre de 2005, a não ser quando especificado

Leia mais

FITCH AFIRMA RATINGS DA CPFL ENERGIA E DE SUAS SUBSIDIÁRIAS EM AA(BRA) ; PERSPECTIVA NEGATIVA

FITCH AFIRMA RATINGS DA CPFL ENERGIA E DE SUAS SUBSIDIÁRIAS EM AA(BRA) ; PERSPECTIVA NEGATIVA FITCH AFIRMA RATINGS DA CPFL ENERGIA E DE SUAS SUBSIDIÁRIAS EM AA(BRA) ; PERSPECTIVA NEGATIVA Fitch Ratings-Sao Paulo-17 June 2016: A Fitch Ratings afirmou, hoje, o Rating Nacional de Longo Prazo 'AA(bra)'

Leia mais

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO

PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO DOCUMENTO INFORMATIVO Capital Garantido Brasil 2015 Notes ( Brasil 2015 Notes ) a emitir pelo Espirito Santo Investment p.l.c. ao abrigo do seu 2,500,000,000 Euro Medium Term

Leia mais

Resultados consolidados do Banco BPI entre Janeiro e Setembro de 2010

Resultados consolidados do Banco BPI entre Janeiro e Setembro de 2010 www.ir.bpi.pt BANCO BPI, S.A. - Sociedade aberta Capital Social: 900 000 000 euros; Pessoa Colectiva n.º 501 214 534 Matrícula na Conservatória do Registo Comercial do Porto, sob o n.º 501 214 534 Sede:

Leia mais

Informação Intercalar

Informação Intercalar 1 Informação Intercalar Primeiro Trimestre 2016 (contas não auditadas) j Sociedade Comercial Orey Antunes, S.A. Sociedade Aberta Rua Carlos Alberto da Mota Pinto, nº 17 6ºA, 1070-313 Lisboa Portugal Capital

Leia mais

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE)

Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Xai-Xai, 28 de Agosto de 2009 Rogério P. Ossemane (IESE) Países em recessão oficial (dois trimestres consecutivos) Países em recessão não-oficial (um trimestre) Países com desaceleração econômica de mais

Leia mais

ANEXO A COMPOSIÇÃO DISCRIMINADA DA CARTEIRA DE APLICAÇÕES

ANEXO A COMPOSIÇÃO DISCRIMINADA DA CARTEIRA DE APLICAÇÕES ANEXO A COMPOSIÇÃO DISCRIMINADA DA CARTEIRA DE APLICAÇÕES RUBRICA DE 1.º NÍVEL: É preenchido com as constantes A, B, C ou D consoante a informação respeite, respectivamente, à carteira de activos, ao valor

Leia mais

FUNDO DE PENSÕES DOS COLABORADORES DA LIBERTY SEGUROS, SA

FUNDO DE PENSÕES DOS COLABORADORES DA LIBERTY SEGUROS, SA FUNDO DE PENSÕES DOS COLABORADORES DA LIBERTY SEGUROS, SA Posição financeira e Demonstração de Resultados Notas à Posição financeira e Demonstração de Resultados Lisboa, 4 de Abril de 2011 1/22 Índice:

Leia mais

Relatório de evolução da atividade seguradora

Relatório de evolução da atividade seguradora Relatório de evolução da atividade seguradora 1.º Semestre 214 I. Produção e custos com sinistros 1. Análise global 2. Ramo Vida 3. Ramos Não Vida a. Acidentes de Trabalho b. Doença c. Incêndio e Outros

Leia mais

ALTRI, S.G.P.S., S.A. (SOCIEDADE ABERTA)

ALTRI, S.G.P.S., S.A. (SOCIEDADE ABERTA) 30 de Junho de 2005 ALTRI, S.G.P.S., S.A. (SOCIEDADE ABERTA) Relatório do Conselho de Administração Altri, S.G.P.S., S.A. (Sociedade Aberta) Contas Individuais Rua General Norton de Matos, 68 4050-424

Leia mais

Enquadramento Page 1. Objectivo. Estrutura do documento. Observações. Limitações

Enquadramento Page 1. Objectivo. Estrutura do documento. Observações. Limitações Objectivo No âmbito do processo de adopção plena das Normas Internacionais de Contabilidade e de Relato Financeiro ("IAS/IFRS") e de modo a apoiar as instituições financeiras bancárias ("instituições")

Leia mais

É disponibilizada uma cópia electrónica deste aviso no sítio Web: www.jpmorganassetmanagement.com

É disponibilizada uma cópia electrónica deste aviso no sítio Web: www.jpmorganassetmanagement.com JPMorgan Funds Société d Investissement à Capital Variable (a "Sociedade") Registered Office: 6 route de Trèves, L-2633 Senningerberg, Grand Duchy of Luxembourg R.C.S. Luxembourg B 49 663 Telephone: +352

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

Tendências na Europa. Melhorias de desempenho a curto-prazo, evidenciam recuperação dos níveis de rendibilidade da indústria.

Tendências na Europa. Melhorias de desempenho a curto-prazo, evidenciam recuperação dos níveis de rendibilidade da indústria. Maio 25 Tendências na Europa O investimento europeu em private equity aumenta 5% em 24. De acordo com os dados preliminares divulgados pela EVCA (os finais serão conhecidos em Junho), o investimento total

Leia mais

1 Políticas contabilísticas a) Bases de apresentação A F&C Portugal, Gestão de Patrimónios, S.A. ( Sociedade ) é uma sociedade privada constituída a 31 de Outubro de 2001, tendo iniciado a sua actividade

Leia mais

Instructions. Instruções

Instructions. Instruções Instructions ENGLISH Instruções PORTUGUÊS This document is to help consumers in understanding basic functionality in their own language. Should you have any difficulty using any of the functions please

Leia mais

Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal

Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal Norma Regulamentar n.º 12/2010-R, de 22 de Julho Instituto de Seguros de Portugal O Instituto de Seguros de Portugal aprovou hoje a Norma Regulamentar n.º 12/2010 R, relativa à utilização de fundos de

Leia mais

Grupo Unicer. Relatório de Rating / Follow-up Rating / Follow-up Report. 1) Capacity to Comply with is Medium and Long Term Financial Longo Prazo

Grupo Unicer. Relatório de Rating / Follow-up Rating / Follow-up Report. 1) Capacity to Comply with is Medium and Long Term Financial Longo Prazo Grupo Unicer Relatório de Rating / Follow-up Rating / Follow-up Report Operações / Operations 1) Capacidade de Cumprimento de Compromissos Financeiros de Médio e 1) Capacity to Comply with is Medium and

Leia mais

Catálogo casa de banho l WC accessories. gestos que apetecem l tempting gestures

Catálogo casa de banho l WC accessories. gestos que apetecem l tempting gestures Catálogo casa de banho l WC accessories gestos que apetecem l tempting gestures VALENÇA BRAGA A NOSSA MISSÃO......VALORIZAR E ENGRADECER A TUPAI PORTO AVEIRO ÁGUEDA - COIMBRA GPS - N 40.58567º W 8.46558º

Leia mais

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros

Insurance Sector Sector Segurador. Insurance Sector Sector Segurador. dossiers. Banking and Insurance. Banca e Seguros dossiers Banking and Insurance Banca e Last Update Última Actualização: 21/4/214 Portugal Economy Probe (PE Probe) Prepared by PE Probe Preparado por PE Probe Copyright 214 Portugal Economy Probe PE Probe

Leia mais

Erasmus Student Work Placement

Erasmus Student Work Placement Erasmus Student Work Placement EMPLOYER INFORMATION Name of organisation Address Post code Country SPORT LISBOA E BENFICA AV. GENERAL NORTON DE MATOS, 1500-313 LISBOA PORTUGAL Telephone 21 721 95 09 Fax

Leia mais

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO

DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Advertências ao investidor: Remuneração não garantida DOCUMENTO INFORMATIVO EUR BES DUAL 5%+ÁFRICA FEVEREIRO 2011 NOTES PRODUTO FINANCEIRO COMPLEXO Impossibilidade de solicitação de reembolso antecipado

Leia mais

Deposits and Withdrawals policy

Deposits and Withdrawals policy Deposits and Withdrawals policy TeleTrade-DJ International Consulting Ltd **** Política de Depósitos e Levantamentos TeleTrade-DJ International Consulting Ltd 2011-2015 TeleTrade-DJ International Consulting

Leia mais

CME Construção e Manutenção Electromecânica, S.A. Tecneira Tecnologias Energéticas, S.A.

CME Construção e Manutenção Electromecânica, S.A. Tecneira Tecnologias Energéticas, S.A. CME Construção e Manutenção Electromecânica, S.A. Tecneira Tecnologias Energéticas, S.A. Emissões / Issues Rating Relatório de Follow-up / Monitoramento 1) Capacidade de cumprimento dos compromissos financeiros

Leia mais

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001

BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 BANCO ESPIRITO SANTO RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 2 RESULTADOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2001 ASPECTOS MAIS RELEVANTES: SIGNIFICATIVO CRESCIMENTO DA ACTIVIDADE DESIGNADAMENTE A CAPTAÇÃO DE RECURSOS

Leia mais

Fortis Lease Portugal, Instituição Financeira de Crédito, S.A

Fortis Lease Portugal, Instituição Financeira de Crédito, S.A FORTIS LEASE PORTUGAL IFIC S.A. AVISO 10/2007 DISCIPLINA DE MERCADO Disciplina de Mercado - 2010 1 Índice Nota Introdutória 3 1. Declaração de Responsabilidade 3 2. Âmbito de Aplicação e Políticas de Gestão

Leia mais

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking

assumptions of that particular strengthening the participation of families and local communities in the strategic direction of schools, not taking Agradecimentos A dissertação do Mestrado que adiante se apresenta resulta na concretização de um projecto que me parecia difícil mas não impossível de alcançar. Foram meses seguidos de trabalho de investigação,

Leia mais

[tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] TERMOS FINAIS

[tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] TERMOS FINAIS [tradução livre dos Final Terms em língua inglesa Em caso de discrepância a versão inglesa deverá prevalecer] 14 de Maio de 2009 TERMOS FINAIS Banco Comercial Português S.A. (o Banco) Agindo através da

Leia mais