MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE ACURÁCIA DE PILOTO AUTOMÁTICO RTK

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE ACURÁCIA DE PILOTO AUTOMÁTICO RTK"

Transcrição

1 MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE ACURÁCIA DE PILOTO AUTOMÁTICO RTK Raphael F. Silva¹, José V. Salvi²; 1Discente, FATEC Shunji Nishimura, Pompeia. 2Eng. Agrônomo, Professor Docente, FATEC Shunji Nishimura, Pompeia SP. RESUMO: Com o crescimento de aquisição de equipamentos de auto direcionamento das máquinas, denominados pilotos automáticos RTK no setor canavieiro, houve se a necessidade da validação da acurácia desses equipamentos na operação de forma simples, sem a necessidade da compra de softwares específicos. O presente trabalho foi desenvolvido para verificar a possibilidade de estimar a acurácia entre as passadas do piloto automático elétrico RTK na operação de cultivo na cultura de cana-de-açúcar (Saccharum spp.), por meio da comparação dos dados planejados no escritório e dados coletados do trabalho realizado no campo através de um software de SIG gratuito. O estudo foi realizado em condições de campo no Grupo Agroterenas Cana S/A, unidade de Paraguaçu Paulista SP. De acordo com os resultados obtidos, conclui-se que existe á possibilidade de estimar a acurácia através do programa de SIG gratuito Quantum GIS Lisboa 1.8, conferindo ao uso do piloto com acurácia estimada de 0,048 metros das linhas programadas e as realizadas, mas, ainda se faz necessários estudos comparando-o com outros métodos. PALAVRAS CHAVES: Método, acurácia, paralelismo, SIG. METHOD EVALUATION ACCURACY AUTOPILOT RTK ABSTRACT : With the growth of purchasing auto equipment targeting the machines called autopilots RTK in the sugarcane sector, there is a need for validation of the accuracy of the equipment operation simply, without the need of buying specific software. The present study was designed to verify the possibility of estimating the accuracy between the past electric autopilot RTK operation in the culture of sugarcane (Saccharum spp. ), using comparing the data in the office and planned data collected from the work done in the field using a GIS software free. The study was conducted under field conditions in Group Agroterenas Cana S/A on the unit Paraguaçu Paulista - SP. According to the results, we conclude that to the possibility there of estimating the accuracy of the program through GIS Quantum GIS Lisbon Free 1.8, giving the use of pilot estimated accuracy of meters lines scheduled and performed, but is still necessary study, comparing it with other methods. KEYWORDS : Method, accuracy, parallelism, GIS. 1

2 1. INTRODUÇÃO Devido ao alto crescimento do cultivo das áreas de canaviais no estado de São Paulo, atualmente as empresas do setor buscam maneiras de aumentar a produtividade em toneladas por hectare. Entre essas maneiras, ganha destaque o uso de uma das principais ferramentas que se enquadram dentro do conceito de agricultura de precisão, o direcionamento automático das maquinas no campo através do uso de sinais de satélites. SILVA et al. (2011) através de uma pesquisa constataram que o uso dessa tecnologia vem sendo adotada em mais de 39% das empresas produtoras de cana de açúcar instaladas do Brasil. Dentre os direcionamentos automáticos disponíveis no mercado, o direcionamento de piloto automático RTK (Real Time Kinematic) encontra em grande uso dentro das empresas do setor, tendo como sua principal vantagem fornecer a maior acurácia no posicionamento (TRIMBLE, 2013). A acurácia do sistema RTK é de 0,025 m em 95% do tempo, mensurada em condições estáticas (JOHN DEERE, 2013). No Brasil existe uma gama de empresas que fornecem esse tipo de equipamento, entre elas, destacam-se empresas do setor de produção de máquinas e implementos agrícolas que nas vendas de suas máquinas fornecem a possibilidade da tecnologia de auto direcionamento com um custo inferior em relação á aquisição da tecnologia de forma individual, onde esse custo pode variar cerca de até 40% do preço da aquisição do equipamento. Atualmente as empresas consumidoras dessa tecnologia vêm comprando um volume elevado desses equipamentos e esquecendo a necessidade da avaliação de acurácia em operação de forma periódica dentro de suas unidades de negócio, pois pode ser afetado devido alguns componentes da maquina em uso estarem danificados ou em mau estado de conservação. Estudos já foram realizados, e segundo BAIO et. al. (2011) em uma avaliação de acurácia no direcionamento de campo com piloto automático realizado na operação de plantio mecanizado na cana de açúcar, o uso do RTK ofereceu uma acurácia de 0,033 m entre as passadas, dados obtido através de uma planilha eletrônica desenvolvida por POVH et al (2007) para determinar o cálculo do erro de paralelismo em trajetos retilíneos. Outro estudo realizado por BAIO (2012), utilizando novamente uma planilha eletrônica, demostrou que com a utilização do piloto automático na colheita noturna de cana, foi possível aumentar a qualidade das passadas nas linhas, mas não ocorreram ganhos significativos em perdas e rendimento operacional. Tendo em vista estes parâmetros, o objetivo deste trabalho é estimar a acurácia entre as passadas do piloto automático elétrico RTK, na operação de cultivo na cultura de cana-deaçúcar (Saccharum spp.), por meio da comparação dos dados planejados no escritório e dados coletados do trabalho realizado no campo por meio de um software de SIG (sistema de informações geográficas) gratuito, ao invés do uso de planilhas eletrônicas. 2. MATERIAL E MÉTODOS A área onde foi realizada a coleta dos dados para estudo da acurácia das passadas com a utilização do piloto elétrico RTK, ocorreu na fazenda Tição, zona 1060, talhão 4 e 5 de propriedade do Grupo Agroterenas Cana S/A, unidade Paraguaçu Paulista, localizada no município de Paraguaçu Paulista, estado de São Paulo, com coordenadas latitude , longitude , altitude de 615 metros, com 4,5 % de declividade, com área total de 3,7 ha. Foi utilizado um trator da empresa fabricante John Deere S/A, modelo 6180 J com potencia de 180 CV, acoplado ao implemento de três pontos denominado cultivador de cana 2

3 soca, da empresa Sollus S/A. O piloto elétrico utilizado é fabricado pela mesma empresa do trator, modelo piloto elétrico ATU200 (AutoTrac Universal) que é instalado diretamente na barra de direção do trator. Para funcionamento do Piloto Automático elétrico ATU foi necessário os seguintes equipamentos instalados no trator: Monitor GS John Deere; Receptor GNSS Starfire 3000 John Deere e Rádio; Receptor John Deere; Sistema comando elétrico ATU200 John Deere. Devido Grupo Agroterenas Cana S/A unidade Paraguaçu Paulista possuir área produtiva de mais de 40 mil hectares, houve a necessidade de instalar duas bases fixas de RTK com raio de 20 km para cobrir com precisão todas as fazendas. As bases fixas foram instaladas em pontos estratégicos para que não haja degradação do sinal emitido pelas mesmas (Figura I) Figura I - Localização e raio de 20 km das bases fixas e em destaque o local do experimento. Fonte: Agroterenas Cana S/A, As linhas planejadas no escritório são linhas levantadas há um ano com utilização de GPS RTK do mesmo modelo em estudo, demarcadas na operação de quebra lombo em trajetos retos e curvos, onde trator passa com o equipamento cultivador de cana planta, e nivelar as entre linhas da cana de açúcar, rebaixando as bordaduras do sulco abertos no plantio. Os dados das linhas de trabalho são descarregados por meio de um pen drive e 3

4 levados para o escritório para processamento no software APEX (JOHN DEERE, 2013), e processados no software AutoCad 2013 Civil 3D, (AUTO DESK, 2013) com ajuda da interface do software AGROCAD (TEC GRAFI, 2013). No processamento são retirados os erros de fim de rua, curvas improváveis, e erros relacionados aos operadores por não desligamento do equipamento no final da rua. As linhas de trabalho planejadas foram inseridas no monitor GS por meio de um pen drive. Essas linhas planejadas foram utilizadas no piloto automático na operação do cultivo e simultaneamente coletadas as linhas da operação realizada para comparativo de ambas. Após o trabalho realizado os dados foram novamente descarregados da maneira anterior mencionado e salvos em arquivos SHP (Shape File) para abertura no software Quantum GIS 1.8 Lisboa (QUANTUM GIS, 2013), software de SIG disponível de uso gratuito. FIGURA II - Demonstração das linhas planejadas e realizadas Com as duas linhas traçadas (projetadas e realizadas Figura II) por meio da ferramenta de Poliygonizer disponível no plug-ins do software Quantum GIS foi possível a criação de polígonos (Figura III). Além da criação dos polígonos, automaticamente o software também criou os perímetros dos mesmos. 4

5 FIGURA III- Demonstração dos polígonos criados Após a criação dos polígonos foi possível calcular a área dos mesmos com a ferramenta Calculadora de Campo disponível nos atributos do software Quantum GIS. Logo em seguida após os cálculos das áreas, e utilizando o perímetro de cada polígono, foi possível calcular a acurácia entre as passadas projetadas e realizadas utilizando o seguinte calculo na própria Calculadora de Campo do software: Erro médio estimado = Área /(perímetro/2) Em que, Erro médio estimado= Acurácia entre as passadas em metros. Área= Área em m² de cada polígono; Perímetro= Perímetro em metros de cada polígono. 2 = Utilizado para divisão do perímetro em uma linha media em metros. Exemplo de resolução: Polígono de área = 0,12 m² e perímetro de 6,25 m. Cálculo: Erro médio estimado = Área /(perímetro/2) Erro médio estimado =(0,12/(6,25/2)) Erro médio estimado =(0,12/3,125) Erro médio estimado = 0,038 m. 5

6 3. RESULTADOS E DISCUSSÃO Com a realização do cálculo na Calculadora de Campo do software para todos os polígonos criados, foi elaborada uma analise estatística dos dados da acurácia estimada, obtendo a análise descrita na Tabela I. TABELA I- Estatística descritiva dos dados da acurácia estimada Parâmetros Resultados Media (m) 0,048 Desvio padrão (m) 0,059 Coeficiente de Variação (%) 12,400 Soma (m) 16,021 Mínimo (m) 0,002 Máximo (m) 0,475 Contagem 332 Número de valores únicos 332 Intervalo (m) 0,475 Mediana (m) 0,033 Por meio da análise da estatística descrita da Tabela I foi possível verificar que o desvio padrão é relativamente baixo, aproximadamente 0,06 m, demonstrando que existe homogeneidade entre os erros das passadas, ou seja, a correção do desvio do equipamento da linha projetada é realizada de forma regular, evitando que os erros entre as passadas criassem pisoteio nas fileiras de plantio. Este comportamento também pode ser observado pelo coeficiente de variação de 12,4%, considerado baixo para condições de campo(pimentel Gomes, 1990). O maior erro apresentado foi de 0,47 m, obtido pelo valor Máximo, ocasionado pelo possível desligamento do piloto automático quando em operação na coleta dos dados, trabalhando com o direcionamento manual da máquina. Na verificação da mediana, verifica-se que 50 % dos valores encontram-se abaixo de 0,033 m, acurácia próxima do estudo realizado por BAIO et. al (2011), na operação de plantio mecanizado de cana de açúcar. Em relação à acurácia média, observa-se que os valores se encontram superior ao estudo de BAIO et. al (2011), cerca de 0,015 m. Esse erro superior pode estar relacionado devido a diferença de velocidade entre as duas operações, sendo que no plantio mecanizado de cana de açúcar a velocidade média é de 1,6 m s -1 (5,6 km h -1 ), enquanto que na operação realizada neste estudo a média é de 2,6 m s -1 (9,5 km h -1 ), caracterizando condições de trabalho distintas, tanto na frequência de coleta de coordenadas que foram geradas as linhas (1 ponto por segundo), quanto na frequência de correção de sinal. 6

7 4. CONCLUSÕES Com o estudo realizado na operação de cultivo com utilização de piloto automático elétrico, foi possível estimar o erro médio através do programa de SIG gratuito Quantum GIS Lisboa 1.8, conferindo ao uso do piloto a acurácia estimada de 0,048 m das linhas programadas e as realizadas, mas ainda são necessários estudos comparando-o com outros métodos, principalmente com o uso de planilhas eletrônicas que calculem trajetos retos e curvos de forma simultânea. Esta análise auxilia a empresa ter como base um método para avaliação dos demais pilotos automáticos em operação, onde por meio de uma média das acurácias será possível identificar erros de paralelismo fora de um padrão e descobrir as causas do mau funcionamento dos equipamentos. 5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS AUTO DESK. - AutoCad Civil 3D. Disponível em: <://www.autodesk.com.br/products/autodesk-autocad-civil-3d/overview>. Acesso em: 30 fev BAIO, F. H. R. e MORATELLI, R. F.- Avaliação da acurácia no direcionamento com piloto automático e contraste da capacidade de campo operacional no plantio mecanizado da cana-de-açúcar. Eng. Agríc. 2011, vol.31, n.2, pp ISSN Disponível em: < Acesso em: 12 Agos BAIO, F. R. H Evaluation of an auto-guidance system operating on a sugar cane. Disponível em: < Acesso em: 22 Mar JOHN DEERE. AMS Soluções em Gerenciamento Agrícola. Disponível em: <http://www.deere.com.br/pt_br/ag/products/ams/base_rtk.html>. Acesso em: 30 fev PIMENTEL GOMES, F. Curso de estatística experimental. 13. ed. Piracicaba: Nobel/USP- ESALQ, p. POVH, F.P.; SPEKKEN, M.; SALVI, J.V.; MACHADO, T.M.; MOLIN, J.P. Metodologia para análise de paralelismo em sistemas de orientação utilizando planilha eletrônica. In: simpósio internacional de agricultura de precisão, 4., 2007, Viçosa. Anais... Viçosa: UFV, CD-ROM. QUANTUM GIS. Quantum GIS 1.8 Versão Lisboa Disponível em: < Acesso em: 06 mar SILVA, C.B.; MORAES, M.A.F.D.; MOLIN, J.P. Adoption and use of precision agriculture technologies in the sugarcane industry of São Paulo state, Brazil. Precision Agriculture, v.12, n.1., p.67-81,

8 TRIMBLE, G Tecnologia de GNSS. Disponível em: < guidance.aspx/> Acesso em: 22 fev TEC GRAFI. Agrocad Cana de Açúcar Disponível em: <http://www.tecgraf.com.br/produtos/agrocad>. Acesso em: 30 fev

AVALIAÇÃO DA ACURÁCIA NO DIRECIONAMENTO COM PILOTO AUTOMÁTICO E CONTRASTE DA CAPACIDADE DE CAMPO OPERACIONAL NO PLANTIO MECANIZADO DA CANA-DE-AÇÚCAR

AVALIAÇÃO DA ACURÁCIA NO DIRECIONAMENTO COM PILOTO AUTOMÁTICO E CONTRASTE DA CAPACIDADE DE CAMPO OPERACIONAL NO PLANTIO MECANIZADO DA CANA-DE-AÇÚCAR AVALIAÇÃO DA ACURÁCIA NO DIRECIONAMENTO COM PILOTO AUTOMÁTICO E CONTRASTE DA CAPACIDADE DE CAMPO OPERACIONAL NO PLANTIO MECANIZADO DA CANA-DE-AÇÚCAR FÁBIO H. R. BAIO 1, RODRIGO F. MORATELLI 2 RESUMO: Com

Leia mais

Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão - ConBAP 2014. São Pedro - SP, 14 a 17 de setembro de 2014

Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão - ConBAP 2014. São Pedro - SP, 14 a 17 de setembro de 2014 Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão- ConBAP 2014 São Pedro - SP, 14 a 17 de setembro de 2014 AVALIAÇÃO DA PRECISÃO DOS SINAIS RTK E RTX EM ENSAIO ESTÁTICO E CINEMÁTICO RODRIGO G. TREVISAN¹,

Leia mais

Atualização do Software GreenStar 2015-1

Atualização do Software GreenStar 2015-1 Observações Importantes: É recomendável fazer o backup dos dados do Monitor GreenStar 2 1800 e do Monitor GreenStar 3 2630 antes de instalar a Atualização de Software 15-1, como precaução para proteger

Leia mais

NEW HOLLAND IDEA 2014

NEW HOLLAND IDEA 2014 NEW HOLLAND IDEA 2014 Samir de Azevedo Fagundes Marketing PLM Agricultura de Precisão Felipe Sousa Marketing Especialista Agricultura de Precisão IDEA Edições anteriores... 2009 Influência da lastragem

Leia mais

UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP

UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP UM ESTUDO DE CASO DE APLICAÇÃO DE TÉCNICAS DE AGRICULTURA DE PRECISÃO NO CULTIVO DE LARANJA NO MUNICÍPIO DE LIMEIRA - SP BARBOSA, Rogério Zanarde rogério.zanarde@hotmail.com GARCIA, Fernando Manfrin GIATI

Leia mais

Bruna Pessoa Passalaqua 1, Leonardo Felipe Maldaner 1, Tatiana Canata 1, José Paulo Molin 2

Bruna Pessoa Passalaqua 1, Leonardo Felipe Maldaner 1, Tatiana Canata 1, José Paulo Molin 2 Avaliação da precisão dos sinais RTK e RTK em rede em ensaios estático e cinemático Evaluation of the precision of RTK and networked RTK signals in static and kinematic tests Bruna Pessoa Passalaqua 1,

Leia mais

Palavras-chave: Sistema de Direcionamento, GPS, Faixas Paralelas. ISSN 1808-8759. Botucatu, vol. 23, n.3, 2008, p.60-73

Palavras-chave: Sistema de Direcionamento, GPS, Faixas Paralelas. ISSN 1808-8759. Botucatu, vol. 23, n.3, 2008, p.60-73 Revista Energia na Agricultura ISSN 1808-8759 ENSAIO COMPARATIVO DA ACURÁCIA DE UM SISTEMA DE DIRECIONAMENTO VIA SATÉLITE E POR CABO DE AÇO NA ORIENTAÇÃO DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS 1 FÁBIO HENRIQUE ROJO BAIO

Leia mais

Agricultura de Precisão em Máquinas Agrícolas

Agricultura de Precisão em Máquinas Agrícolas Agricultura de Precisão em Máquinas Agrícolas Eduardo R. Martini -Setembro 2011 Tendências Globais Crescimento Populacional População (bilhões) Crescimento da Renda Calorias de proteína animal (kcal) Crescimento

Leia mais

Figura 1: (A) representação de uma condição de alta acurácia e alta precisão, (B) representação de uma condição de baixa acurácia e alta precisão.

Figura 1: (A) representação de uma condição de alta acurácia e alta precisão, (B) representação de uma condição de baixa acurácia e alta precisão. AVALIAÇÃO DE TRÊS RECEPTORES GPS PARA USO EM AGRICULTURA DE PRECISÃO EM DOIS PERÍODOS DE COLETA DE DADOS ALDIE TRABACHINI 1, EDEMILSON JOSÉ MANTOAM 2, FRANZ ARTHUR PAVLU 3, JOSE PAULO MOLIN 4. 1 Engenheiro

Leia mais

Relatório Procedimentos de Instalação e Configuração da Base RTK

Relatório Procedimentos de Instalação e Configuração da Base RTK Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza FATEC Shunji Nishimura - Pompeia, S.P. Relatório Procedimentos de Instalação e Configuração da Base RTK Equipe AZEVEDO, F.R. COELHO JUNIOR, E.V. PADOVAN,

Leia mais

Atualização do Software GreenStar 2015-1

Atualização do Software GreenStar 2015-1 Observações Importantes: É recomendável fazer o backup dos dados do Monitor GreenStar 2 1800 e do Monitor GreenStar 3 2630 antes de instalar a Atualização de Software 15-1, como precaução para proteger

Leia mais

Monitores CommandCenter Geração 4

Monitores CommandCenter Geração 4 Observações Importantes: Ao instalar essa versão do software SO 8.11.2456-13 Geração 4, a atualização pode levar até 25 minutos para atingir o mesmo nível porcentual (cerca de 82%) na etapa Instalação

Leia mais

INFLUÊNCIA DO SISTEMA WADGPS NA DETERMINAÇÃO DO POSICIONAMENTO NA REGIÃO DE POMPEIA - SP

INFLUÊNCIA DO SISTEMA WADGPS NA DETERMINAÇÃO DO POSICIONAMENTO NA REGIÃO DE POMPEIA - SP INFLUÊNCIA DO SISTEMA WADGPS NA DETERMINAÇÃO DO POSICIONAMENTO NA REGIÃO DE POMPEIA - SP Marisa S. A. R. Faulin 1, Ezequiel B. Faleco 2, Cláudia S. Souza 2, 1 Eng. Agrônoma, Doutora, Professora assistente,

Leia mais

V Congresso Brasileiro de Agroinformática, SBI-AGRO Londrina, 28 a 30 de setembro de 2005

V Congresso Brasileiro de Agroinformática, SBI-AGRO Londrina, 28 a 30 de setembro de 2005 AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO ESTÁTICO DE RECEPTORES DE GPS FRASSON, F.R 1 SENATORE, G.M. 1 MOTOMIYA, A.V.A 2 MOLIN, J.P 3 RESUMO Considerando que o Sistema de Posicionamento Global por Satélites (GPS) tem-se

Leia mais

ESTUDO SOBRE PILOTO AUTOMÁTICO NAS OPERAÇÕES MECANIZADAS EM CANA DE AÇÚCAR (Saccharum officinarum)

ESTUDO SOBRE PILOTO AUTOMÁTICO NAS OPERAÇÕES MECANIZADAS EM CANA DE AÇÚCAR (Saccharum officinarum) Faculdade de Tecnologia Shunji Nishimura Curso de Mecanização em Agricultura de Precisão ESTUDO SOBRE PILOTO AUTOMÁTICO NAS OPERAÇÕES MECANIZADAS EM CANA DE AÇÚCAR (Saccharum officinarum) Leonardo Feltrin

Leia mais

Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão

Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão 01 Sistemas de Informação Geográfica (SIG) para Agricultura de Precisão Rodrigo G. Trevisan¹; José P. Molin² ¹ Eng. Agrônomo, Mestrando em Engenharia de Sistemas Agrícolas (ESALQ-USP); ² Prof. Dr. Associado

Leia mais

A reformulação do serviço de pós-processamento on-line de dados GNSS IBGE-PPP: estudo de caso no estado de Mato Grosso do Sul

A reformulação do serviço de pós-processamento on-line de dados GNSS IBGE-PPP: estudo de caso no estado de Mato Grosso do Sul Embrapa Informática Agropecuária/INPE, p. 384-388 A reformulação do serviço de pós-processamento on-line de dados GNSS IBGE-PPP: estudo de caso no estado de Mato Grosso do Sul Ronaldo Lisboa Gomes 1 José

Leia mais

A precisão que você precisa.

A precisão que você precisa. A precisão que você precisa. -30 Agronave 30 O Agronave 30 é um moderno sistema de navegação agrícola para auxiliar o produtor rural nos diversos processos de aplicação, plantio e colheita. Leia com cuidado

Leia mais

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça

Posicionamento por Satélite. Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça Posicionamento por Satélite Tecnologia em Mecanização em Agricultura de Precisão Prof. Esp. Fernando Nicolau Mendonça O Sistema GPS - Características Básicas O sistema GPS é composto por três segmentos:

Leia mais

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ PÓS-GRADUAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS

UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ PÓS-GRADUAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS UNIVERSIDADE TUIUTI DO PARANÁ PÓS-GRADUAÇÃO EM GEORREFERENCIAMENTO DE IMÓVEIS RURAIS COMPARATIVO DE COORDENADAS GEOGRÁFICAS COLETADAS ATRAVÉS DE DIFERENTES RECEPTORES DE SISTEMA DE POSICIONAMENTO GLOBAL

Leia mais

Monitores CommandCenter Geração 4

Monitores CommandCenter Geração 4 Observações Importantes: Ao instalar essa versão do software SO 8.12.2500-17 Geração 4, a atualização pode levar até 25 minutos para atingir o mesmo nível porcentual (cerca de 82%) na etapa Instalação

Leia mais

Técnicas de Levantamento atendendo a Lei 10.267 2ª edição da norma técnica e Soluções para Topografia Como reduzir custos e aumentar produtividade

Técnicas de Levantamento atendendo a Lei 10.267 2ª edição da norma técnica e Soluções para Topografia Como reduzir custos e aumentar produtividade Técnicas de Levantamento atendendo a Lei 10.267 2ª edição da norma técnica e Soluções para Topografia Como reduzir custos e aumentar produtividade Eng. Wesley Polezel INTRODUÇÃO - Lei 10.267 / outubro

Leia mais

O EMPREGO RURAL NO CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR danton@iea.sp.gov.br

O EMPREGO RURAL NO CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR danton@iea.sp.gov.br O EMPREGO RURAL NO CULTIVO DA CANA-DE-AÇÚCAR danton@iea.sp.gov.br APRESENTACAO ORAL-Desenvolvimento Rural, Territorial e regional DANTON LEONEL DE CAMARGO BINI. INSTITUTO DE ECONOMIA AGRÍCOLA (IEA) DA

Leia mais

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS

CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS CARTOGRAFIA TEMÁTICA e GPS Orientação e Forma Diversidade = A visibilidade é variável Ordem = As categorias se ordenam espontaneamente Proporcionalidade = relação de proporção visual Cores convencionais

Leia mais

AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE UM MICROCONTROLADOR NA PLATAFORMA ARDUINO NA LEITURA DE SENSORES ELÉTRICOS PARA CORRELAÇÃO COM ATRIBUTOS DO SOLO.

AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE UM MICROCONTROLADOR NA PLATAFORMA ARDUINO NA LEITURA DE SENSORES ELÉTRICOS PARA CORRELAÇÃO COM ATRIBUTOS DO SOLO. AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DE UM MICROCONTROLADOR NA PLATAFORMA ARDUINO NA LEITURA DE SENSORES ELÉTRICOS PARA CORRELAÇÃO COM ATRIBUTOS DO SOLO. Fábio Vinicius de Freitas Damiati (Universidade Estadual de

Leia mais

A N A I S D O E V E N T O. 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil

A N A I S D O E V E N T O. 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil A N A I S D O E V E N T O 12 e 13 de Novembro de 2014 Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil Evolução da mecanização da colheita de cana-de-açúcar em São Paulo: uma reflexão a partir de dados do Protocolo

Leia mais

INTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS CAMPUS MUZAMBINHO Curso Superior em Tecnologia da Cafeicultura

INTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS CAMPUS MUZAMBINHO Curso Superior em Tecnologia da Cafeicultura INTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SUL DE MINAS CAMPUS MUZAMBINHO Curso Superior em Tecnologia da Cafeicultura CARLOS ALBERTO BÓCOLI JÚNIOR O USO DO GPS NA AGRICULTURA Muzambinho 2009 O

Leia mais

4ª aba do cadastro: Mapa Orientações para upload de shapefiles

4ª aba do cadastro: Mapa Orientações para upload de shapefiles Conteúdo: 1. Como fazer upload de arquivos espaciais no SiCAR-SP? Formato dos arquivos Características do shapefile Sistema de Coordenadas requerido Como preparar o shapefile para o upload 2. O que fazer

Leia mais

Comparação entre receptores GPS e o nível ótico

Comparação entre receptores GPS e o nível ótico CERRADO AGROCIÊNCIAS Revista do Centro Universitário de Patos de Minas. ISSN 2178-7662 Patos de Minas, UNIPAM, (2):91-95, set. 2011 Comparação entre receptores GPS e o nível ótico Comparison between GPS

Leia mais

Guia Rápido Monitor CFX-750

Guia Rápido Monitor CFX-750 Guia Rápido TELA EXECUTAR O CFX-750 da Trimble possui tela touch screen, onde todas as funções de trabalho e configurações são realizadas tocando-se a tela do monitor. Os ícones na tela irão alterar conforme

Leia mais

Variabilidade espacial da resistência à penetração de um LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico típico e sua relação com a produção do cafeeiro.

Variabilidade espacial da resistência à penetração de um LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico típico e sua relação com a produção do cafeeiro. Variabilidade espacial da resistência à penetração de um LATOSSOLO VERMELHO Distroférrico típico e sua relação com a produção do Taylor Lima de SOUZA 1 ; Diogo Santos CAMPOS 2 ; Adriano André LUIZ 3, Gustavo

Leia mais

Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão- ConBAP 2012 Ribeirão Preto - SP, Brasil, 24 a 26 de setembro de 2012

Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão- ConBAP 2012 Ribeirão Preto - SP, Brasil, 24 a 26 de setembro de 2012 Congresso Brasileiro de Agricultura de Precisão- ConBAP 2012 Ribeirão Preto - SP, Brasil, 24 a 26 de setembro de 2012 O USO DE PILOTO AUTOMÁTICO NO RIO GRANDE DO SUL Adriano A. Anselmi 1, Christian Bredemeier

Leia mais

CommandCenter Geração 4 SO Geração 4 10.0.49-65 Observações Sobre a Versão da Atualização de Software 2015-2

CommandCenter Geração 4 SO Geração 4 10.0.49-65 Observações Sobre a Versão da Atualização de Software 2015-2 Observações Importantes As ativações de software são intransferíveis nos casos de perda, roubo ou destruição do equipamento. Recomenda-se fazer seguro das máquinas com um CommandCenter Geração 4 no valor

Leia mais

LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK

LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK LEVANTAMENTOS TOPOGRÁFICOS ESTAÇÃO TOTAL x GPS RTK Douglas Luiz Grando 1 ; Valdemir Land 2, Anderson Clayton Rhoden 3 Palavras-chave: Topografia; Geodésia; GPS de Precisão. INTRODUÇÃO Com a evolução das

Leia mais

MAPA - Orientações. Conteúdo desse documento:

MAPA - Orientações. Conteúdo desse documento: Conteúdo desse documento: 1. Como fazer upload de arquivos espaciais no CAR 1.a. Formato do arquivo 1.b. Características do shapefile 1.c. Sistema de coordenadas requerido 1.d. Como preparar o shapefile

Leia mais

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola

Setor Sucroenergético: GIS Corporativo e Inovações no Grupo Noble CASE NOBLE GROUP. Herbert Del Petri Gerente Técnico Agrícola Gerente Técnico Agrícola Introdução O Noble Bioenergia ao longo da sua história no Brasil vem desenvolvendo o uso das informações espacializadas no dia-a-dia das operações e planejamento agrícola através

Leia mais

Ferramentas de AP Arvus Tecnologia. Gerente nacional de vendas Luiz Ghilherme Bridi Luiz.bridi@arvus.com.br (48) 8817-4115

Ferramentas de AP Arvus Tecnologia. Gerente nacional de vendas Luiz Ghilherme Bridi Luiz.bridi@arvus.com.br (48) 8817-4115 Ferramentas de AP Arvus Tecnologia Gerente nacional de vendas Luiz Ghilherme Bridi Luiz.bridi@arvus.com.br (48) 8817-4115 Arvus Tecnologia Estrutura e Equipe Unidade Administrativa (SC) Unidade Industrial

Leia mais

Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos

Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos Espacialização comparativa de dados de produtividade de milho com teores agronômicos das propriedades químicas dos solos Amarindo Fausto Soares Embrapa Informática Agropecuária, Campinas São Paulo - Brasil

Leia mais

VARIABILIDADE ESPACIAL DE ATRIBUTOS FÍSICOS EM SOLOS SOB PLANTIO DIRETO. Bolsista PBIC/UEG, graduando do Curso de Engenharia Agrícola, UnU Cet - UEG.

VARIABILIDADE ESPACIAL DE ATRIBUTOS FÍSICOS EM SOLOS SOB PLANTIO DIRETO. Bolsista PBIC/UEG, graduando do Curso de Engenharia Agrícola, UnU Cet - UEG. VARIABILIDADE ESPACIAL DE ATRIBUTOS FÍSICOS EM SOLOS SOB PLANTIO DIRETO Ródney Ferreira Couto 1 ; Cássio Rodrigues Moreira 1 ; Elton Fialho dos Reis 2 1 Bolsista PBIC/UEG, graduando do Curso de Engenharia

Leia mais

Receptor GNSS Navcom SF 3040 com tecnologia StarFire

Receptor GNSS Navcom SF 3040 com tecnologia StarFire Receptor GNSS Navcom SF 3040 com tecnologia StarFire Webinar MundoGeo/Alezi Teodolini Um novo paradigma para os receptores GNSS: precisão de 5 cm com apenas um equipamento e sem utilizar bases Algumas

Leia mais

Aplicação do algoritmo SimpleKMeans em experimento de milho verde

Aplicação do algoritmo SimpleKMeans em experimento de milho verde Aplicação do algoritmo SimpleKMeans em experimento de milho verde Wesley Viana 1, Prof. MSc. Marcos de Moraes Sousa 1, Prof. MSc. Júnio César de Lima 1 Prof. Dr. Milton Sérgio Dornelles 1 1 Instituto Federal

Leia mais

Programa de Monitoramento do Lençol Freático do AHE Jirau

Programa de Monitoramento do Lençol Freático do AHE Jirau Programa de Monitoramento do Lençol Freático do AHE Jirau Preparado Por Preparado Para ICF Consultoria do Brasil Ltda. Av. das Américas, nº 700, Bloco 6, sala 251 Barra da Tijuca Rio de Janeiro, RJ CEP

Leia mais

EAD Sistema CR Campeiro 7

EAD Sistema CR Campeiro 7 EAD Sistema CR Campeiro 7 Tópico 1 Interface com Sistema de Posicionamento Global 1.1 Introdução: O Sistema Campeiro, disponibiliza para emprego nas rotinas de topografia, Geoprocessamento e Agricultura

Leia mais

RBMC-IP. Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real. Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED

RBMC-IP. Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real. Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED RBMC-IP Rede Brasileira de Monitoramento Contínuo dos Sistemas GNSS em Tempo Real Diretoria de Geociências DGC Coordenação de Geodésia - CGED 06 de Maio de 2009 Sumário Sistema GPS Técnica de Posicionamento

Leia mais

O PROBLEMA DO BAIXO NÚMERO DE REPETIÇÕES EM EXPERIMENTOS DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES

O PROBLEMA DO BAIXO NÚMERO DE REPETIÇÕES EM EXPERIMENTOS DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES O PROBLEMA DO BAIXO NÚMERO DE REPETIÇÕES EM EXPERIMENTOS DE COMPETIÇÃO DE CULTIVARES Cristiano Nunes Nesi 1, Antônio Lourenço Guidoni 2 Cleber Bringhenti 1 INTRODUÇÃO Uma questão importante a ser definida

Leia mais

RECEPTOR GPS ME1513 ANTENA. 1 ME Componentes e Equipamentos Eletrônicos Ltda

RECEPTOR GPS ME1513 ANTENA. 1 ME Componentes e Equipamentos Eletrônicos Ltda RECEPTOR GPS ME1513 ANTENA 1 ME Componentes e Equipamentos Eletrônicos Ltda Prefácio Obrigado por escolher o Receptor GPS ME-1513. Este manual mostra o layout para ligação da antena do módulo ME1513, de

Leia mais

MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA DIRECIONAMENTO DE VEÍCULOS AGRÍCOLAS E EFEITO DE SINAIS DE GNSS

MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA DIRECIONAMENTO DE VEÍCULOS AGRÍCOLAS E EFEITO DE SINAIS DE GNSS See discussions, stats, and author profiles for this publication at: http://www.researchgate.net/publication/267943702 MÉTODO DE AVALIAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA DIRECIONAMENTO DE VEÍCULOS AGRÍCOLAS E EFEITO

Leia mais

6. AGRICULTURA DE PRECISÃO. EXEMPLO DA AVALIAÇÃO DO EFEITO DA TOPOGRAFIA E DA REGA SOBRE A VARIABILIDADE ESPACIAL E TEMPORAL DA PRODUTIVIDADE DO MILHO

6. AGRICULTURA DE PRECISÃO. EXEMPLO DA AVALIAÇÃO DO EFEITO DA TOPOGRAFIA E DA REGA SOBRE A VARIABILIDADE ESPACIAL E TEMPORAL DA PRODUTIVIDADE DO MILHO 6. AGRICULTURA DE PRECISÃO. EXEMPLO DA AVALIAÇÃO DO EFEITO DA TOPOGRAFIA E DA REGA SOBRE A VARIABILIDADE ESPACIAL E TEMPORAL DA PRODUTIVIDADE DO MILHO José Rafael Marques da Silva (1) e Luís Leopoldo Silva

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA GPS NA AQUISIÇÃO DE DADOS PARA PLANEJAMNETO AGRÍCOLA

UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA GPS NA AQUISIÇÃO DE DADOS PARA PLANEJAMNETO AGRÍCOLA Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 39 UTILIZAÇÃO DE TECNOLOGIA GPS NA AQUISIÇÃO DE DADOS PARA PLANEJAMNETO AGRÍCOLA Carlos Eduardo Seawright Silva 1,

Leia mais

Sistemas mecanizados canavieiros JD

Sistemas mecanizados canavieiros JD Inovações tecnológicas Sistemas mecanizados canavieiros JD José Luís COELHO Gerente MKT Estratégico/CANA Ribeirão Preto/SP MAR10 Área Plantada Mundial de Cana de Açúcar Metricas: Fonte: LMC/CANAPLAN Os

Leia mais

USO DO SOFTWARE WINDOGRAPHER PARA ESTIMATIVAS DA VELOCIDADE DO VENTO EM ALTITUDE NUMA REGIÃO DO LITORAL CEARENSE

USO DO SOFTWARE WINDOGRAPHER PARA ESTIMATIVAS DA VELOCIDADE DO VENTO EM ALTITUDE NUMA REGIÃO DO LITORAL CEARENSE USO DO SOFTWARE WINDOGRAPHER PARA ESTIMATIVAS DA VELOCIDADE DO VENTO EM ALTITUDE NUMA REGIÃO DO LITORAL CEARENSE Emerson Mariano da Silva 1 ; Flavio José Alexandre Linard 2 1 Universidade Estadual do Ceará

Leia mais

Localização Geográfica no Google Maps com o Auxílio de Redes Wireless

Localização Geográfica no Google Maps com o Auxílio de Redes Wireless Localização Geográfica no Google Maps com o Auxílio de Redes Wireless Henrique G. G. Pereira 1, Marcos L. Cassal 1, Guilherme Dhein 1, Tarcízio R. Pinto 1 1 Centro Universitário Franciscano (UNIFRA) Rua

Leia mais

Adendo ao AutoTrac Universal

Adendo ao AutoTrac Universal Adendo ao AutoTrac Universal MANUAL DO OPERADOR Adendo ao AutoTrac Universal OMPC20766 Edição J6 (PORTUGUESE) John Deere Ag Management Solutions LITHO IN U.S.A. Introdução Prefácio IMPORTANTE: O adendo

Leia mais

Agricultura de precisão no Brasil: estado atual, avanços e principais aplicações

Agricultura de precisão no Brasil: estado atual, avanços e principais aplicações Agricultura de precisão no Brasil: estado atual, avanços e principais aplicações José P. Molin Prof. Associado, Laboratório de Agricultura de Precisão, Departamento de Engenharia de Biossistemas, ESALQ/USP,

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA Jorge Ricardo Moura 3 ; Elton Fialho dos Reis 1,4 ; João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 2,4 ; 1 Pesquisador Orientador

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE DISTRIBUIÇÃO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS COM DISTRIBUIDOR A LANÇO PARA DIFERENTES FORMULAÇÕES

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE DISTRIBUIÇÃO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS COM DISTRIBUIDOR A LANÇO PARA DIFERENTES FORMULAÇÕES 1 2 3 5 6 8 9 21 2 25 2 29 31 33 3 35 3 39 0 1 AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE DISTRIBUIÇÃO EM MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS COM DISTRIBUIDOR A LANÇO PARA DIFERENTES FORMULAÇÕES FÁBIO KAGAMI TAIRA 1, HEBER

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Penman-Monteith. Semiárido. Evapotranspiração. Escassez de chuva. Irrigação

PALAVRAS-CHAVE: Penman-Monteith. Semiárido. Evapotranspiração. Escassez de chuva. Irrigação CALIBRAÇÃO DOS PARÂMETROS DA EQUAÇÃO DE HARGREAVES & SAMANI E ESTIMATIVA DA VARIAÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA A SER APLICADO NA CULTURA DA GOIABA PARA IGUATU, CEARÁ-BRASIL Juarez Cassiano de Lima Junior¹, Antonio

Leia mais

Modelos. Agronave 30. Agronave 31. Agronave 32. O software de salvamento de área pode ser instalado em qualquer Agronave de tela colorida.

Modelos. Agronave 30. Agronave 31. Agronave 32. O software de salvamento de área pode ser instalado em qualquer Agronave de tela colorida. Salvamento de Área Modelos O software de salvamento de área pode ser instalado em qualquer Agronave de tela colorida. Agronave 30 GPS Agronave 31 GPS Controle de Seção Agronave 32 GPS Controle de Seção

Leia mais

XV COBREAP - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS - IBAPE/SP 2009

XV COBREAP - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS - IBAPE/SP 2009 XV COBREAP - CONGRESSO BRASILEIRO DE ENGENHARIA DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS - IBAPE/SP 2009 ANÁLISE COMPARATIVA NA AVALIAÇÃO DE FLORESTA PLANTADA DE PINUS PELO MÉTODO DO VALOR ECONÔMICO, UTILIZANDO COMO PARÂMETROS

Leia mais

CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES EM ATIVIDADES DIRETAS E INDIRETAS DE COLHEITA E TRANSPORTE FLORESTAL

CONSUMO DE COMBUSTÍVEIS E LUBRIFICANTES EM ATIVIDADES DIRETAS E INDIRETAS DE COLHEITA E TRANSPORTE FLORESTAL REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA FAIT ISSN 1807-9989 Publicação semestral da Faculdade de Ciências Agrárias de Itapeva/SP Ano II, Número 03, janeiro de 2006 Periodicidade: semestral

Leia mais

GPS. Global Positioning System

GPS. Global Positioning System GPS Global Positioning System Microsoft PowerPoint Johnny F. Crivellaro João Elinaldo GPS Global Positioning System Navegador portátil que identifica informações de satélites e define através de calculo

Leia mais

Atualização do Software 2014-2

Atualização do Software 2014-2 Observações Importantes: Atualização do Software 2014-2 É recomendável fazer o backup dos dados do Monitor GreenStar 2 1800 e do Monitor GreenStar 3 2630 antes de instalar a Atualização de Software 14-1,

Leia mais

Conceitos, ferramentas e aplicações na avaliação imobiliária: Tecnologias de informação geográfica FLOSS & FLOSS4G

Conceitos, ferramentas e aplicações na avaliação imobiliária: Tecnologias de informação geográfica FLOSS & FLOSS4G Conceitos, ferramentas e aplicações na avaliação imobiliária: Tecnologias de informação geográfica FLOSS & FLOSS4G José Miguel M. C. Gomes Aires zeaires@gmail.com 1 FLOSS & FLOSS4G "Código Aberto FSF (Free

Leia mais

ENLACE DE MICRO-ONDAS RELACIONADO A ATENUAÇÃO DEVIDO À CHUVA

ENLACE DE MICRO-ONDAS RELACIONADO A ATENUAÇÃO DEVIDO À CHUVA ENLACE DE MICRO-ONDAS RELACIONADO A ATENUAÇÃO DEVIDO À CHUVA Caio Matheus Pereira Braga, Diego de Brito Piau, Heitor Ferreira Camargos Silva, Rafael Resende Moraes Dias, Yago Gomes Dos Santos Universidade

Leia mais

GPS RTK. Fabiano Cucolo 13/08/2015

GPS RTK. Fabiano Cucolo 13/08/2015 GPS RTK Fabiano Cucolo 13/08/2015 Um pouco sobre o palestrante Fabiano Cucolo fabiano@soloverdi.com.br 11-98266-0244 (WhatsApp) Consultor de Geotecnologias. Geógrafo e Mestre pela Unesp, dissertação e

Leia mais

SISTEMAS MECANIZADOS JOHN DEERE. COLHEITA MECANIZADA DE CANA-DE-AÇUCAR. José Righi Colorado Máquinas Gerente Comercial COLORADO

SISTEMAS MECANIZADOS JOHN DEERE. COLHEITA MECANIZADA DE CANA-DE-AÇUCAR. José Righi Colorado Máquinas Gerente Comercial COLORADO SISTEMAS MECANIZADOS JOHN DEERE. COLHEITA MECANIZADA DE CANA-DE-AÇUCAR José Righi Colorado Máquinas Gerente Comercial 1 2 Colorado Máquinas 3 Araraquara REVENDAS Ituverava 4 Ribeirão Preto REVENDAS Nova

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE DE ADMINISTRAÇÃO RURAL EM MATO GROSSO

UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE DE ADMINISTRAÇÃO RURAL EM MATO GROSSO 65 UTILIZAÇÃO DE SOFTWARE DE ADMINISTRAÇÃO RURAL EM MATO GROSSO SIMIÃO, Sérgio Adão 1 RESUMO: A agropecuária no Estado de Mato Grosso tem apresentado altos índices de crescimento em área e produtividade

Leia mais

COMPARAÇÃO DE SONDAS DE AMOSTRAGEM PARA ANÁLISE DA CANA EM DUAS SAFRAS SAMPLES PROBES COMPARISON FOR SUGARCANE ANALYSIS ON TWO SEASON

COMPARAÇÃO DE SONDAS DE AMOSTRAGEM PARA ANÁLISE DA CANA EM DUAS SAFRAS SAMPLES PROBES COMPARISON FOR SUGARCANE ANALYSIS ON TWO SEASON COMPARAÇÃO DE SONDAS DE AMOSTRAGEM PARA ANÁLISE DA CANA EM DUAS SAFRAS SAMPLES PROBES COMPARISON FOR SUGARCANE ANALYSIS ON TWO SEASON Leonardo Lucas Madaleno (1) Reginaldo Soares Santos (2) Juliana Freire

Leia mais

BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1

BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1 BALANÇO DE ENERGIA DE UM SISTEMA RECOLHEDOR DE CAFÉ PARA REGIÕES DE MONTANHA 1 Haroldo Carlos Fernandes 2 ; Danilo Roberto Loureiro 3 ; Anderson Candido da Silva 4 1 Trabalho desenvolvido como parte da

Leia mais

Ativações. Ajuste a data e a hora antes de inserir os códigos de Ativação para assegurar que as Ativações serão reconhecidas. Transferência de Dados

Ativações. Ajuste a data e a hora antes de inserir os códigos de Ativação para assegurar que as Ativações serão reconhecidas. Transferência de Dados Ativações Instruções de Entrega Ajuste a data e a hora antes de inserir os códigos de Ativação para assegurar que as Ativações serão reconhecidas. Transferência de Dados O Apex (versão 3.2 ou uma mais

Leia mais

COMPUTADOR DE BORDO PARA AGRICULTURA DE PRECISÃO

COMPUTADOR DE BORDO PARA AGRICULTURA DE PRECISÃO COMPUTADOR DE BORDO PARA AGRICULTURA DE PRECISÃO FELIPE AUGUSTO DA SILVA 1 PAULO RICARDO CECHELERO VILLA 2 VALTER TOFFOLO 3 FLÁVIO STEFFENS DE CASTRO 4 EDUARDO AUGUSTO BEZERRA 5 RESUMO: Este artigo descreve

Leia mais

Atualização do Software GreenStar 2015-2 Observações Sobre a Versão

Atualização do Software GreenStar 2015-2 Observações Sobre a Versão Observações Importantes: É recomendável fazer o backup dos dados do Monitor GreenStar 2 1800 e do Monitor GreenStar 3 2630 antes de instalar a Atualização de Software 15-2, como precaução para proteger

Leia mais

PROJETO DE DIMENSIONAMENTO DE ENLACE DE RÁDIO

PROJETO DE DIMENSIONAMENTO DE ENLACE DE RÁDIO PROJETO DE DIMENSIONAMENTO DE ENLACE DE RÁDIO Diego de Brito Piau, Gilberto Arantes Carrijo Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Engenharia Elétrica, Uberlândia-MG diegopiau@yahoo.com.br, gilberto@ufu.br

Leia mais

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS

COLETOR DE DADOS. 1. Verificar ou alterar o modo de interface para avançado COLETOR DE DADOS COLETOR DE DADOS Objetivo O objetivo deste material é orientar o operador das colhedoras de Cana Série A8000 de como formatar e como operacionalizar o coletor de dados. Descrição O coletor de dados das

Leia mais

PPP EM TEMPO REAL UTILIZANDO A RBMC-IP PARA A REGIÃO DA CIDADE DO RECIFE

PPP EM TEMPO REAL UTILIZANDO A RBMC-IP PARA A REGIÃO DA CIDADE DO RECIFE WORKSHOP DA RBMC PPP EM TEMPO REAL UTILIZANDO A RBMC-IP PARA A REGIÃO DA Eng. Agrim. Alexandre do Nascimento Souza Prof. Dr. Silvio Jacks dos Anjos Garnés Prof. Dr. Haroldo Antonio Marques INTRODUÇÃO Neste

Leia mais

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET

2010-2014 NUVEM TECNOLOGIA LTDA. WWW.NUVEM.NET Sediada em Cuiabá, Mato Grosso, a Nuvem Tecnologia Ltda desenvolve softwares para empresas de médio e grande porte no centro-oeste do país. A partir do know-how adquirido sobre rastreabilidade, lançou

Leia mais

Departamento de Engenharia Rural AGRICULTURA DE PRECISÃO. Jorge Wilson Cortez

Departamento de Engenharia Rural AGRICULTURA DE PRECISÃO. Jorge Wilson Cortez Unesp Jaboticabal Departamento de Engenharia Rural AGRICULTURA DE PRECISÃO Jorge Wilson Cortez Doutorado Produção Vegetal, UNESP, Jaboticabal (SP). E-mail: jorge.cortez@yahoo.com.br INTRODUÇÃO O que é

Leia mais

VETORIZAÇÃO DO CADASTRO GEOMÉTRICO DA PROPRIEDADE RÚSTICA DO CONCELHO DE ALJUSTREL

VETORIZAÇÃO DO CADASTRO GEOMÉTRICO DA PROPRIEDADE RÚSTICA DO CONCELHO DE ALJUSTREL VETORIZAÇÃO DO CADASTRO GEOMÉTRICO DA PROPRIEDADE RÚSTICA DO CONCELHO DE ALJUSTREL Lisboa, Setembro 2015 Inês Guerreiro Sara Santos - CM Aljustrel OBJETIVOS Converter para formato vetorial, o cadastro

Leia mais

Agrícola ISO 9001 OHSAS 18001 ISO 22000 ISO 14001

Agrícola ISO 9001 OHSAS 18001 ISO 22000 ISO 14001 Agrícola ISO 9001 OHSAS 18001 ISO 22000 ISO 14001 1 Tema: PREPARO REDUZIDO E PLANTIO DIRETO Local: Ribeirão Preto - SP Palestrante: Hilário 2 LOCALIZAÇÃO Latitude: 20º28 41 S UAM Longitude: 47º52 21 W

Leia mais

Sistema de produção e sustentabilidade no setor sucroenergético paulista: o papel das políticas públicas

Sistema de produção e sustentabilidade no setor sucroenergético paulista: o papel das políticas públicas Sistema de produção e sustentabilidade no setor sucroenergético paulista: o papel das políticas públicas Kátia Regina E. de Jesus 1 e Sérgio Alves Torquato 2 Resumo O sistema produtivo da cana-de-açúcar

Leia mais

AGRICULTURA DE PRECISÃO EM SISTEMAS AGRÍCOLAS

AGRICULTURA DE PRECISÃO EM SISTEMAS AGRÍCOLAS IX SIMPÓSIO NACIONAL CERRADO BRASÍLIA 12 A 17 DE OUTUBRO DE 2008 AGRICULTURA DE PRECISÃO EM SISTEMAS AGRÍCOLAS ANTÔNIO MARCOS COELHO OBJETIVOS : INTRODUÇÃO - CONCEITOS E DEFFINIÇÕES: PRECISÃO NA AGRICULTURA

Leia mais

HÉRCULES 7000, 10000, 15000 e 24000. Precisão e alto rendimento na distribuição de corretivos e fertilizantes

HÉRCULES 7000, 10000, 15000 e 24000. Precisão e alto rendimento na distribuição de corretivos e fertilizantes HÉRCULES 7000, 10000, 15000 e 24000 Precisão e alto rendimento na distribuição de corretivos e fertilizantes Catálogo virtual Português Nov / 2014 HÉRCULES DE ARRASTO Os Hércules de arrasto são ideais

Leia mais

inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental

inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental inciência Iniciação Científica Embrapa Anais da X Jornada de Iniciação Científica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Anais da X Jornada de

Leia mais

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012

Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 11 Custo de Produção da Cultura da Soja Safra 2011/2012 Dirceu Luiz Broch Roney Simões Pedroso 1 2 11.1. Introdução Os sistemas de produção da atividade agropecuária cada vez mais requerem um grau de conhecimento

Leia mais

ESTIMATIVA E ANÁLISE DAS IRREGULARIDADES DA IONOSFERA UTILIZANDO DADOS GPS DE REDES ATIVAS

ESTIMATIVA E ANÁLISE DAS IRREGULARIDADES DA IONOSFERA UTILIZANDO DADOS GPS DE REDES ATIVAS p. 001-007 ESTIMATIVA E ANÁLISE DAS IRREGULARIDADES DA IONOSFERA UTILIZANDO DADOS GPS DE REDES ATIVAS VINÍCIUS AMADEU STUANI PEREIRA ¹ PAULO DE OLIVEIRA CAMARGO ² Universidade Estadual Paulista - UNESP

Leia mais

ANÁLISE DA PROPAGAÇÃO DE SINAIS DE TV DIGITAL NA CIDADE DE UBERLÂNDIA - MG

ANÁLISE DA PROPAGAÇÃO DE SINAIS DE TV DIGITAL NA CIDADE DE UBERLÂNDIA - MG ANÁLISE DA PROPAGAÇÃO DE SINAIS DE TV DIGITAL NA CIDADE DE UBERLÂNDIA - MG Tiago Nunes Santos, Gilberto Arantes Carrijo Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Engenharia Elétrica, Uberlândia-MG.

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E ECONÔMICO DE MÁQUINAS PARA FENAÇÃO. I. CULTURA DE COAST-CROSS

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E ECONÔMICO DE MÁQUINAS PARA FENAÇÃO. I. CULTURA DE COAST-CROSS 147 AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO OPERACIONAL E ECONÔMICO DE MÁQUINAS PARA FENAÇÃO. I. CULTURA DE COAST-CROSS SÉRGIO ARI RIBEIRO 1, HOLMER SAVASTANO JÚNIOR 1 e DENISE DE SOUZA ABLAS 2 1 Faculdade de Zootecnia

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO E COLHEITA DO FEIJÃO CAUPI VERDE SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ENTRE LINHAS

AVALIAÇÃO DOS CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO E COLHEITA DO FEIJÃO CAUPI VERDE SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ENTRE LINHAS Área: Sócio-economia AVALIAÇÃO DOS CUSTOS DE IMPLANTAÇÃO E COLHEITA DO FEIJÃO CAUPI VERDE SOB DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ENTRE LINHAS Weslley Costa Silva 1 ; Vanessa Oliveira Teles 2 ; Leonardo Lenin Marques

Leia mais

Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth. Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A.

Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth. Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A. 21 a 25 de Agosto de 2006 Belo Horizonte - MG Gerenciamento de Traçado de Rede Rural Utilizando o Software Google Earth Wagner Antônio Araújo Veloso CEMIG Distribuição S.A. wveloso@cemig.com.br RESUMO

Leia mais

TRBOnet Standard. Manual de Operação

TRBOnet Standard. Manual de Operação TRBOnet Standard Manual de Operação Versão 1.8 NEOCOM Ltd ÍNDICE 1. TELA DE RÁDIO 3 1.1 COMANDOS AVANÇADOS 4 1.2 BARRA DE FERRAMENTAS 5 2. TELA DE LOCALIZAÇÃO GPS 6 2.1 MAPLIB 6 2.2 GOOGLE EARTH 7 2.3

Leia mais

l AGCO Limeted 2007 l A-portugues/14335/1007

l AGCO Limeted 2007 l A-portugues/14335/1007 As Soluções Avançadas em Tecnologia (ATS) da AGCO oferecem suporte tecnológico mundial para todas as marcas de equipamentos comercializadas pela AGCO. www.agcotechnologies.com l AGCO Limeted 2007 l A-portugues/14335/1007

Leia mais

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.)

(in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) CARTOGRAFIA Sensoriamento Remoto (in: SENE, Eustáquio. Geografia Geral e do Brasil. São Paulo, SP: Scipione, 2010.) Sensoriamento remoto é o conjunto de técnicas de captação e registro de imagens a distância

Leia mais

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS

TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS DEPEC - Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos TRATORES E MÁQUINAS AGRÍCOLAS OUTUBRO DE 2015 1 PRODUTOS 2 Os tratores e máquinas agrícolas são movidos a diesel. São fabricados os seguintes tipos

Leia mais

1.1) PLANO DE APLICAÇÃO DE RECURSOS (EM ANEXO) 1.2) PROJETO DE CAPACITAÇÃO EM GEOTECNOLOGIA INTRODUÇÃO

1.1) PLANO DE APLICAÇÃO DE RECURSOS (EM ANEXO) 1.2) PROJETO DE CAPACITAÇÃO EM GEOTECNOLOGIA INTRODUÇÃO 1.1) PLANO DE APLICAÇÃO DE RECURSOS (EM ANEXO) 1.2) PROJETO DE CAPACITAÇÃO EM GEOTECNOLOGIA INTRODUÇÃO Com o crescimento e desenvolvimento tecnológico constante, o agronegócio brasileiro ostenta aumentos

Leia mais

Monitoramento de plantios de eucalipto utilizando técnicas de sensoriamento remoto aplicadas em imagens obtidas por VANT

Monitoramento de plantios de eucalipto utilizando técnicas de sensoriamento remoto aplicadas em imagens obtidas por VANT Monitoramento de plantios de eucalipto utilizando técnicas de sensoriamento remoto aplicadas em imagens obtidas por VANT Guilherme Rodrigues de Pontes 1 Thiago Ubiratan de Freitas 2 1 International Paper

Leia mais

AVALIAÇÃO DA CARGA FÍSICA DE TRABALHO EXIGIDA EM ATIVIDADES DE FABRICAÇÃO DE MÓVEIS NO DISTRITO FEDERAL

AVALIAÇÃO DA CARGA FÍSICA DE TRABALHO EXIGIDA EM ATIVIDADES DE FABRICAÇÃO DE MÓVEIS NO DISTRITO FEDERAL Avaliação da carga física de trabalho exigida em atividades de fabricação de... 117 AVALIAÇÃO DA CARGA FÍSICA DE TRABALHO EXIGIDA EM ATIVIDADES DE FABRICAÇÃO DE MÓVEIS NO DISTRITO FEDERAL Nilton Cesar

Leia mais

Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho

Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho Efeito da colhedora, velocidade e ponto de coleta na qualidade física de sementes de milho 1 Delineide Pereira Gomes, 2 Érika S. M. Koshikumo, 3 Leandra Matos Barrozo, 4 Breno Marques S. e Silva e 5 Rouverson

Leia mais

GPS. Sistema de Posicionamento por Satélites Artificiais. Sumário. O que é o GPS? Sumário

GPS. Sistema de Posicionamento por Satélites Artificiais. Sumário. O que é o GPS? Sumário Sumário GPS Sistema de Posicionamento por Satélites Artificiais P r o f. Ti a g o B a d r e M a r i n o G e o p r o c e s s a m e n t o D e p a r t a m e n t o d e G e o c i ê n c i a s I n s t i t u t

Leia mais

Guia de Ajuda. On-line - Simulador de Monitor e CommandARM TM

Guia de Ajuda. On-line - Simulador de Monitor e CommandARM TM On-line - Simulador de Monitor e CommandARM TM Guia de Ajuda Monitor GS2 1800 Monitor CommandCenterTM GS3 Monitor GS3 2630 Monitor CommandCenterTM Geração 4 Última Atualização: Abril de 2016 Aplicável

Leia mais

ANÁLISE TRIDIMENSIONAL DA VELOCIDADE E PRESSÃO ESTATÍSCA DO AR EM SILO DE AERAÇÃO USANDO ELEMENTOS FINITOS RESUMO ABSTRACT 1.

ANÁLISE TRIDIMENSIONAL DA VELOCIDADE E PRESSÃO ESTATÍSCA DO AR EM SILO DE AERAÇÃO USANDO ELEMENTOS FINITOS RESUMO ABSTRACT 1. ANÁLISE TRIDIMENSIONAL DA VELOCIDADE E PRESSÃO ESTATÍSCA DO AR EM SILO DE AERAÇÃO USANDO ELEMENTOS FINITOS RESUMO EDUARDO VICENTE DO PRADO 1 DANIEL MARÇAL DE QUEIROZ O método de análise por elementos finitos

Leia mais