Prof. Lorí Viali, Dr.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Lorí Viali, Dr."

Transcrição

1 Prof. Lorí Viali, Dr.

2

3 Coleção de números estatísticas O número de carros vendidos no país aumentou em 30%. A taa de desemprego atinge, este mês, 7,5%. As ações da Telebrás subiram R$ 1,5, hoje. Resultados do Carnaval no trânsito: 145 mortos, 430 feridos.

4 Estatística: uma definição A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores decisões.

5 Estatística (divisão) Os procedimentos usados Descritiva para organizar, resumir e apresentar dados numéricos. A coleção de métodos e Indutiva técnicas utilizados para estudar uma população baseado em amostras probabilísticas desta população.

6 POPULAÇÃO A coleção de todos os possíveis elementos, objetos ou medidas de interesse.

7 CENSO Um levantamento efetuado sobre toda uma população é denominado de levantamento censitário ou censo.

8 AMOSTRA Uma porção ou parte de uma população de interesse.

9 AMOSTRAGEM O processo de escolha de uma amostra da população é denominado de amostragem.

10 Probabilidade (Matemática) Univariada Estatística (Matemática Aplicada) Multivariada

11 P R O B A POPULAÇÃO (Censo) B IL Erro Inferência I D A D E AMOSTRA (Amostragem)

12 Estatística Descritiva Probabilidade Amostragem Estatística Indutiva

13 Estatística Probabilidade Faces Probabilidades Faces Freqüências 1 1/ / / / / / Total 1 Total 10

14 Arredondamento Todo arredondamento é um erro. O erro deve ser evitado ou então minimizado.

15 Regra básica: Arredondar sempre para o mais próimo.

16 Eemplos 1,456 1,46 1,454 1,45 É ímpar 1,475 1,48 Aumenta É par 1,485 1,48 Não aumenta

17 V A R I Á V E I S QUALITATIVAS QUANTITATIVAS NOMINAL ORDINAL DISCRETA CONTÍNUA

18 Variável Qualitativa NOMINAL ORDINAL Seo Religião Estado civil Curso Conceito Grau de Instrução Mês Dia da semana

19 Variável Quantitativa DISCRETA Número de faltas Número de irmãos Número de acertos Altura CONTÍNUA Área Peso Volume

20

21 Estatística Descritiva Organização; Resumo; Conjunto de dados: Amostra ou Apresentação. População

22 Um conjunto de dados é resumido de acordo com Amostra as seguintes ou características: População Tendência ou posição central Dispersão ou variabilidade Assimetria (distorção) Achatamento ou curtose

23 Tendência ou Posição Central S Aritmética i Geométrica m (a) As p Harmônica médias l Quadrática e s Interna

24 A média Aritmética (mean) 1... n n 1 n i n i

25 A média Geométrica m g n n n i

26 A média Harmônica m i n n h n... n n

27 A média Quadrática m q 1 n... n n i

28 A média Interna (trimmed mean) É a mesma média aritmética só que aplicada sobre o conjunto onde uma parte dos dados (etremos) é descartada.

29 Eemplo Médias Conjuntos m m g h ,9 4, ,8

30 Relação entre as médias Dado um conjunto de dados qualquer, as médias aritmética, geométrica e harmônica mantém a seguinte relação: m g m h

31 Tendência ou Posição Central (a) As médias P o n d er a d as Aritmética Geométrica Harmônica Quadrática

32 A média Aritmética Ponderada w w w w w w w w m i i i k k k ap

33 A média Geométrica Ponderada w w w m i 1. gp w k k w i w i i

34 A média Harmônica Ponderada w w w w w w w w m i i i k k k P... h 1 1 1

35 A média Quadrática Ponderada m qp w 1 1 w w 1 w...w...w k k k w i w i i

36 Eemplo Produtos p 01 p 0 q Carne 4,80 5,5 5 kg Cana 5,0 4,94 1 l Ceva 0,80 0,9 1 lt Pão 1,50,10 u Total

37 Produto p 01 p 0 α p(0,t) 1 4,80 5,5 0,58 1,15 5,0 4,94 0,1 0,95 3 0,80 0,9 0,3 1,15 4 1,50,10 0,07 1,40 Total ,00 --

38 Média aritmética ponderada dos relativos (aumentos) será: m ap 1,15.0,58 0,95.0,1 1,15.0,3 1,40.0,07 0,57 0,1 0,3 0,07 1, ,31% 14,31%. Por este critério o aumento foi de

39 Média geométrica ponderada dos relativos (aumentos) será: m gp 1 0,58 0,1 0,3 0, 07 1,15 1,15 0,58 0,95 0,95 0,1 1, ,90 % 1,15 1,15 0,3 1,40 1,40 0,07 Por este critério o aumento foi de 13,90%.

40 Média harmônica ponderada dos relativos (aumentos) será: m h P 0,58 1,15 0,1 0,95 1 0, 3 1,15 0,07 1, 40 1, , 48 % 13,48%. Por este critério o aumento foi de

41 (b) A mediana (median) É o valor que separa o conjunto em dois subconjuntos do mesmo tamanho. m e [ (n/) (n/)1 ]/ se n é par m e (n1)/ se n é ímpar

42 Separatrizes A idéia de repartir o conjunto de dados pode ser levada adiante. Se ele for repartido em 4 partes tem-se os QUARTIS, se em 10 os DECIS e se em 100 os PERCENTIS.

43 Eemplo Considere o seguinte conjunto: Como n 7 (ímpar), então (n1)/ 4 Ordenando o conjunto, tem-se: Então: m e 4

44 Se o conjunto for: Tem-se: n 8 (par) Então m e [ n/ n/1) ]/ ( 4 5 )/ Ordenando o conjunto, tem-se: m e ( 4 5 )/ (1 )/ 1,50

45 (c) A moda (mode) É o(s) valor(es) do conjunto que mais se repete(m).

46 Eemplo Considere o conjunto Então: m o Pois, o dois é o que mais se repete (três vezes).

47 Considere o conjunto: Então: m o 1 e m o Conjunto bimodal

48 Considere o conjunto: Este conjunto é amodal, pois todos os valores apresentam a mesma freqüência.

49 Dispersão ou Variabilidade (a) A amplitude (h) (b) O Desvio Médio (dma) (c) A Variância (s ) (d) O Desvio Padrão (s) (e) A Variância Relativa (g ) (f) O Coeficiente de Variação (s)

50 A Amplitude (range) h má - mín Considere o conjunto: h 5 (-) 7

51 O dma (average deviation) Considere o conjunto: A média é:

52 Calculando os desvios: i Tem-se: d d d d d

53 Como pode ser visto a soma é igual a zero. Tomando o módulo vem: dma i n ,40

54 Se ao invés de tomar o módulo, elevarmos ao quadrado, tem-se: , ( ( n i ) ) ) ( ) ( s A variância (variance)

55 A variância de um conjunto de dados será: s ( ) ( 1 ) n... ( n ) ( i n ) s i n

56 O Desvio Padrão (standard deviation) É a raiz quadrada da variância. ( ) s i i n n

57 Se etrairmos a raiz quadrada teremos do resultado anterior teremos o desvio padrão: s ( ) i 6,80,61 n

58 A Variância Relativa g s / O Coeficiente de Variação g s /

59 O coeficiente de variação do eemplo anterior, será: s,6077 g 1 60,77%

Prof. Lorí Viali, Dr.

Prof. Lorí Viali, Dr. Prof. Lorí Viali, Dr. viali@mat.ufrgs.br http://www.mat.ufrgs.br/~viali/ Coleção de números estatísticas O número de carros vendidos no país aumentou em 30%. A taa de desemprego atinge, este mês, 7,5%.

Leia mais

Prof. Lorí Viali, Dr. PUCRS Prof. Titular da FAMAT - Departamento de Estatística. Curso: Engenharia de Produção

Prof. Lorí Viali, Dr. PUCRS Prof. Titular da FAMAT - Departamento de Estatística. Curso: Engenharia de Produção Coleção de números n estatísticas sticas O número n de carros vendidos no país aumentou em 30%. A taa de desemprego atinge, este mês, 7,5%. As ações a da Telebrás s subiram R$,5, hoje. Resultados do Carnaval

Leia mais

Prof. Lorí Viali, Dr. Prof. Lorí Viali, Dr. PUCRS FAMAT: Departamento de Estatística

Prof. Lorí Viali, Dr.   Prof. Lorí Viali, Dr. PUCRS FAMAT: Departamento de Estatística Prof. Lorí Viali, Dr. viali@mat.ufrgs.br http://www.ufrgs.br/~viali/ Coleção de números n estatísticas sticas O número n de carros vendidos no país aumentou em 30%. A taxa de desemprego atinge, este mês,

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Probabilidade e Estatística Prof. Dr.Narciso Gonçalves da Silva http://paginapessoal.utfpr.edu.br/ngsilva Estatística Descritiva Distribuição de frequência Para obter informações de interesse sobre a característica

Leia mais

ESTATÍSTICA. Estatística é o conjunto de métodos para a obtenção, organização, resumo, análise e interpretação dos dados.

ESTATÍSTICA. Estatística é o conjunto de métodos para a obtenção, organização, resumo, análise e interpretação dos dados. ESTATÍSTICA Termo vem de status Aspectos de um país (tamanho da população, taxas de mortalidade, taxas de desemprego, renda per capita). Estatística é o conjunto de métodos para a obtenção, organização,

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta de dados representa somente um dos aspectos

Leia mais

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO Medidas de Tendência Central (1) média (aritmética) * só para variáveis quantitativas exceção: variável qualitativa nominal dicotômica, com categorias codificadas em 0 e 1; neste

Leia mais

Medidas de Posição ou Tendência Central

Medidas de Posição ou Tendência Central Medidas de Posição ou Tendência Central Medidas de Posição ou Tendência Central Fornece medidas que podem caracterizar o comportamento dos elementos de uma série; Possibilitando determinar se um valor

Leia mais

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA

Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Medidas Estatísticas NILO FERNANDES VARELA Tendência Central Medidas que orientam quanto aos valores centrais. Representam os fenômenos pelos seus valores médios, em torno dos quais tendem a se concentrar

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística A Estatística originou-se com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu e esta coleta de dados representa somente um

Leia mais

DISCIPLINA: Metodologia Científica e Tecnológica Exatas: Engenharia de Produção SUMÁRIO

DISCIPLINA: Metodologia Científica e Tecnológica Exatas: Engenharia de Produção SUMÁRIO 7 8 9 SUMÁRIO. GENERALIDADES..... INTRODUÇÃO..... DIVISÃO DA ESTATÍSTICA..... MENSURAÇÃO...... Introdução...... Formas de mensuração.... RESUMO DE PEQUENOS CONJUNTOS DE DADOS...8.. INTRODUÇÃO...8.. MEDIDAS

Leia mais

SÉRIE: Estatística Básica - Enfoque: Humanas Texto : ESTATÍSTICA DESCRITIVA UNIVARIADA SUMÁRIO GENERALIDADES...4

SÉRIE: Estatística Básica - Enfoque: Humanas Texto : ESTATÍSTICA DESCRITIVA UNIVARIADA SUMÁRIO GENERALIDADES...4 SUMÁRIO 1. 1. GENERALIDADES...4 1.1. INTRODUÇÃO...4 1.2. DIVISÃO DA ESTATÍSTICA...4 1.3. MENSURAÇÃO...6 1.3.1. Introdução...6 1.3.2. Formas de mensuração...6 2. RESUMO DE PEQUENOS CONJUNTOS DE DADOS...10

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Estatística Descritiva 1 O que é Estatística A Estatística originou-se com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu e esta coleta de dados representa somente um dos

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva C E N T R O D E M A T E M Á T I C A, C O M P U T A Ç Ã O E C O G N I Ç Ã O UFABC Estatística Descritiva Centro de Matemática, Computação e Cognição March 17, 2013 Slide 1/52 1 Definições Básicas Estatística

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 29 de Agosto de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Local: Sala dos professores

Leia mais

Medidas de localização (ou de tendência central) Média: definida como o centro de massa (ou ponto de equilíbrio) do conjunto.

Medidas de localização (ou de tendência central) Média: definida como o centro de massa (ou ponto de equilíbrio) do conjunto. Aula 02 01 de abril Medidas de localização (ou de tendência central) Média: definida como o centro de massa (ou ponto de equilíbrio) do conjunto. No geral, a melhor média é a que mais se aproxima do centro

Leia mais

1. ANÁLISE EXPLORATÓRIA E ESTATÍSTICA DESCRITIVA

1. ANÁLISE EXPLORATÓRIA E ESTATÍSTICA DESCRITIVA 1. ANÁLISE EXPLORATÓRIA E ESTATÍSTICA DESCRITIVA 2019 Estatística Descritiva e Análise Exploratória Etapas iniciais. Utilizadas para descrever e resumir os dados. A disponibilidade de uma grande quantidade

Leia mais

Estatística Aplicada

Estatística Aplicada Estatística Aplicada Medidas Descritivas Professor Lucas Schmidt www.acasadoconcurseiro.com.br Estatística Aplicada ESTATÍSTICA DESCRITIVA Classificação de variáveis QuaLitativas (categóricas) Descrevem

Leia mais

ESTATÍSTICA DESCRITIVA. Aula 07 Estatística Descritiva

ESTATÍSTICA DESCRITIVA. Aula 07 Estatística Descritiva ESTATÍSTICA DESCRITIVA 2 Estatística Descritiva O que fazer com as observações que coletamos? Primeira etapa da análise: Resumo dos dados: organizar, descrever e resumir os dados coletados Estatística

Leia mais

MAE116 Farmácia Estatística Descritiva (I)

MAE116 Farmácia Estatística Descritiva (I) MAE116 Farmácia 2017 Estatística Descritiva (I) 1 O que é Estatística A estatística desempenha o papel importante em muitos processos de tomada de decisão. Um pesquisador, em muitas situações, necessita

Leia mais

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade

Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Medidas Descritivas de Posição, Tendência Central e Variabilidade Prof. Gilberto Rodrigues Liska UNIPAMPA 27 de Março de 2017 Material de Apoio e-mail: gilbertoliska@unipampa.edu.br Sumário 1 Introdução

Leia mais

Estatística Básica. Profa. Andreza Palma

Estatística Básica. Profa. Andreza Palma Estatística Básica Profa. Andreza Palma DEFINIÇÕES PRELIMINARES Estatística (ciência): A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores

Leia mais

Conceito de Estatística

Conceito de Estatística Conceito de Estatística Estatística Técnicas destinadas ao estudo quantitativo de fenômenos coletivos, observáveis. Unidade Estatística um fenômeno individual é uma unidade no conjunto que irá constituir

Leia mais

Inferência Estatística. Medidas de Tendência Central Medidas de Variação Medidas de Posição

Inferência Estatística. Medidas de Tendência Central Medidas de Variação Medidas de Posição Inferência Estatística Medidas de Tendência Central Medidas de Variação Medidas de Posição Notações Estatísticas Característica amostra população Somatório de um conjunto de valores Valores individuais

Leia mais

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d

Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos. Pode ser de interesse apresentar esses dados através d UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA MEDIDAS DE POSIÇÃO E DISPERSÃO Departamento de Estatística Luiz Medeiros Vimos que é possível sintetizar os dados sob a forma de distribuições de frequência e gráficos.

Leia mais

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL

IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL IFF FLUMINENSE CST EM MANUTENÇÃO INDUSTRIAL Estatística e Probabilidade CH: 40 h/a Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação; e Análise de resultados. Séries Estatísticas.

Leia mais

Noções de Estatística Airlane P. Alencar LANE

Noções de Estatística Airlane P. Alencar LANE Noções de Estatística Airlane P. Alencar LANE www.ime.usp.br/~lane 1 Programa Estatística, Amostragem Análise Descritiva Organização dos dados, Tipos de variáveis Medidas resumo: proporção, média, mediana,

Leia mais

A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores decisões.

A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores decisões. Prof. Lorí Val, Dr. val@at.ufrgs.br http://.at.ufrgs.br/~val/ Coleção de úeros estatístcas stcas O úero de carros veddos o país auetou e 30%. A taa de deseprego atge, este ês, 7,%. As ações a da Telebrás

Leia mais

Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas

Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas Métodos Experimentais em Ciências Mecânicas Professor Jorge Luiz A. Ferreira Pertencem ao grupo de ferramentas estatísticas que permitem caracterizar um conjunto de dados sob ponto de vista da tendência

Leia mais

MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO. Profª Andréa H Dâmaso

MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO. Profª Andréa H Dâmaso MEDIDAS DE POSIÇÃO E DE DISPERSÃO Profª Andréa H Dâmaso Bioestatística e Delineamento Experimental - 2012 Tópicos da aula Medidas de tendência central e dispersão Variáveis contínuas: distribuição normal

Leia mais

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE

ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE ANÁLISE EXPLORATÓRIA DE DADOS 2ª PARTE 1 Medidas de síntese TERCEIRA maneira de resumir um conjunto de dados referente a uma variável quantitativa. Separatrizes Locação x % x % x % x % Dispersão Forma

Leia mais

Sumário. Estatistica.indb 11 16/08/ :47:41

Sumário. Estatistica.indb 11 16/08/ :47:41 Sumário CAPÍTULO 1 CONCEITOS INICIAIS... 19 1.1. Introdução... 19 1.2. Estatística... 19 1.2.1. Estatística Descritiva ou Dedutiva... 21 1.2.2. Estatística Indutiva ou Inferencial... 21 1.3. População...

Leia mais

Redes de Computadores sem Fio

Redes de Computadores sem Fio Redes de Computadores sem Fio Prof. Marcelo Gonçalves Rubinstein Programa de Pós-Graduação em Engenharia Eletrônica Faculdade de Engenharia Universidade do Estado do Rio de Janeiro Programa Introdução

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA: Medidas de Tendência Central e Medidas de Dispersão Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior Relembrando!!! Não é uma CIÊNCIA EXATA!!! É UMA CIÊNCIA PROBABILÍSTICA!!!!!!! Serve

Leia mais

Estatística descritiva

Estatística descritiva Estatística descritiva Para que serve a estatística? Qual o seu principal objectivo? obter conclusões sobre a população usando uma amostra? População Amostragem Amostra Uma ou mais variáveis (X) são observadas

Leia mais

Técnicas Computacionais em Probabilidade e Estatística I. Aula I

Técnicas Computacionais em Probabilidade e Estatística I. Aula I Técnicas Computacionais em Probabilidade e Estatística I Aula I Chang Chiann MAE 5704- IME/USP 1º Sem/2008 1 Análise de Um conjunto de dados objetivo: tratamento de um conjunto de dados. uma amostra de

Leia mais

Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão

Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão Métodos Quantitativos Aplicados a Gestão Cálculos estatísticos para análise e tomada de decisão Responsável pelo Conteúdo: Prof. Carlos Henrique e Prof. Douglas Mandaji Revisão Textual: Profa. Ms. Alessandra

Leia mais

AULA DO CPOG. Estatística básica

AULA DO CPOG. Estatística básica AULA DO CPOG Estatística básica ATRIBUTO características que podem ser enumeradas VARIÁVEL características que podem ser medidas, controladas ou manipuladas em uma pesquisa VARIÁVEL QUALITATIVA valores

Leia mais

A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores decisões.

A ciência de coletar, organizar, apresentar, analisar e interpretar dados numéricos com o objetivo de tomar melhores decisões. .pucrs.br/faat/val/.at.ufrgs.br/~val/ Prof. Lorí Val, Dr. val@at.ufrgs.br val@pucrs.br Coleção de úeros estatístcas O úe ro de carros ve ddos o país auetou e 30%. A taa de deseprego atge, este ês, 7,%.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa

PLANO DE ENSINO. Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º. Ementa Disciplina: Estatística e Probabilidade Carga Horária: 40h Período: 1º PLANO DE ENSINO Ementa Classificação de variáveis, Levantamento de Dados: Coleta; Apuração; Apresentação e Análise de resultados.

Leia mais

Medidas resumo numéricas

Medidas resumo numéricas Medidas descritivas Medidas resumo numéricas Tendência central dos dados Média Mediana Moda Dispersão ou variação em relação ao centro Amplitude Intervalo interquartil Variância Desvio Padrão Coeficiente

Leia mais

Estatística Descritiva (I)

Estatística Descritiva (I) Estatística Descritiva (I) O que é Estatística Para muitos, a Estatística não passa de conjuntos de tabelas de dados numéricos. Os estatísticos são as pessoas que coletam esses dados. A Estatística originou-se

Leia mais

Estatística: uma definição

Estatística: uma definição Prof. Lorí Val, Dr. val@pucrs.br http://.pucrs.br/faat/val/ Estatístca: ua defção Coleção de úeros estatístcas O úero de carros veddos auetou e 30%. o país A taa de deseprego atge, este ês, 7,%. As ações

Leia mais

3.1 - Medidas de Posição Medidas de Dispersão Quantis Empiricos Box-plots Graficos de simetria 3.

3.1 - Medidas de Posição Medidas de Dispersão Quantis Empiricos Box-plots Graficos de simetria 3. 3 - MEDIDAS RESUMO 3.1 - Medidas de Posição 3.2 - Medidas de Dispersão 3.3 - Quantis Empiricos 3.4 - Box-plots 3.5 - Graficos de simetria 3.6 - Transformações 1/17 3.1 - Medidas de Posição Muitas vezes

Leia mais

Cap. 6 Medidas descritivas

Cap. 6 Medidas descritivas Estatística Aplicada às Ciências Sociais Sexta Edição Pedro Alberto Barbetta Florianópolis: Editora da UFSC, 2006 Cap. 6 Medidas descritivas Análise descritiva e exploratória de variáveis quantitativas

Leia mais

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO

CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº de 04/07/01 DOU de 09/07/01 PLANO DE CURSO Componente Curricular: ESTATÍSTICA CURSO DE ADMINISTRAÇÃO Autorizado plea Portaria nº 1.399 de 04/07/01 DOU de 09/07/01 Código: ADM - 121 Pré-requisito: ---- Período Letivo: 2011.2 CH Total: 60 horas Turma:

Leia mais

SUMÁRIO. Prefácio, Espaço amostrai, Definição de probabilidade, Probabilidades finitas dos espaços amostrais fin itos, 20

SUMÁRIO. Prefácio, Espaço amostrai, Definição de probabilidade, Probabilidades finitas dos espaços amostrais fin itos, 20 SUMÁRIO Prefácio, 1 3 1 CÁLCULO DAS PROBABILIDADES, 15 1.1 Introdução, 15 1.2 Caracterização de um experimento aleatório, 15 1.3 Espaço amostrai, 16 1.4 Evento, 17 1.5 Eventos mutuamente exclusivos, 17

Leia mais

MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL

MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL Professor Jair Wyzykowski Universidade Estadual de Santa Catarina Média aritmética INTRODUÇÃO A concentração de dados em torno de um valor pode ser usada para representar todos

Leia mais

Distribuição de frequências:

Distribuição de frequências: Distribuição de frequências: Uma distribuição de frequências é uma tabela que reúne o conjunto de dados conforme as frequências ou as repetições de seus valores. Esta tabela pode representar os dados em

Leia mais

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico

MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO. * é muito influenciada por valor atípico MAIS SOBRE MEDIDAS RESUMO Medidas de Tendência Central (1) média (aritmética) * só para variáveis quantitativas exceção: variável qualitativa nominal dicotômica, com categorias codificadas em 0 e 1; neste

Leia mais

Estatística Descritiva (aula 2) Curso de Farmácia Prof. Hemílio Fernandes

Estatística Descritiva (aula 2) Curso de Farmácia Prof. Hemílio Fernandes Estatística Descritiva (aula 2) Curso de Farmácia Prof. Hemílio Fernandes 1 Estatística População Características Técnicas de amostragem Amostra Análise descritiva Conclusões sobre as características da

Leia mais

[Ano] CÁLCULOS ESTATÍSTICOS PARA ANÁLISE E TOMADA DE DECISÃO. Universidade Cruzeiro do Sul

[Ano] CÁLCULOS ESTATÍSTICOS PARA ANÁLISE E TOMADA DE DECISÃO. Universidade Cruzeiro do Sul [Ano] CÁLCULOS ESTATÍSTICOS PARA ANÁLISE E TOMADA DE DECISÃO Universidade Cruzeiro do Sul www.cruzeirodosul.edu.br CÁLCULOS ESTATÍSTICOS PARA ANÁLISE E TOMADA DE DECISÃO Responsável pelo Conteúdo: Carlos

Leia mais

Análise Descritiva de Dados

Análise Descritiva de Dados Análise Descritiva de Dados Resumindo os dados de variáveis quantitativas Síntese Numérica Descrição e Apresentação de Dados Dados 37 39 34 34 30 35 38 32 32 30 46 36 40 31 39 33 33 35 29 27 39 Ferramentas

Leia mais

Introdução. Quem nunca ouviu a palavra estatística referindo-se a um número ou conjunto de números?

Introdução. Quem nunca ouviu a palavra estatística referindo-se a um número ou conjunto de números? Estatística Disciplina de Estatística 2012/2 Curso de Administração em Gestão Pública Profª. Me. Valéria Espíndola Lessa E-mail: lessavaleria@gmail.com 1 Introdução Quem nunca ouviu a palavra estatística

Leia mais

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade

Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas de Variabilidade Universidade Federal de Minas Gerais Instituto de Ciências Exatas Departamento de Estatística Introdução à Bioestatística Turma Nutrição Aula 3 Análise Descritiva: Medidas de Tendência Central Medidas

Leia mais

Bioestatística UNESP. Prof. Dr. Carlos Roberto Padovani Prof. Titular de Bioestatística IB-UNESP/Botucatu-SP

Bioestatística UNESP. Prof. Dr. Carlos Roberto Padovani Prof. Titular de Bioestatística IB-UNESP/Botucatu-SP Bioestatística UNESP Prof. Dr. Carlos Roberto Padovani Prof. Titular de Bioestatística IB-UNESP/Botucatu-SP Perguntas iniciais para reflexão I - O que é Estatística? II - Com que tipo de informação (dados)

Leia mais

Tutorial para o desenvolvimento das Oficinas

Tutorial para o desenvolvimento das Oficinas Tutorial para o desenvolvimento das Oficinas 1 Métodos Quantitativos Profa. Msc. Regina Albanese Pose 2 Objetivos Objetivo Geral Este tutorial tem como objetivo parametrizar o desenvolvimento da oficina

Leia mais

CAPÍTULO 4 DESCRIÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS DADOS 2ª parte

CAPÍTULO 4 DESCRIÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS DADOS 2ª parte CAPÍTULO 4 DESCRIÇÃO E EXPLORAÇÃO DOS DADOS 2ª parte 4.3 Medidas de posição 4.4 Medidas de dispersão 4.5 Separatrizes Prof. franke 2 Vimos que a informação contida num conjunto de dados pode ser resumida

Leia mais

Plano de Ensino. Disciplina: Estatística. Carga Horária: 50 aulas. Ementa da disciplina:

Plano de Ensino. Disciplina: Estatística. Carga Horária: 50 aulas. Ementa da disciplina: 1 Plano de Ensino Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Estatística Carga Horária: 50 aulas Semestre Letivo/Turno: 2º semestre/ Professor: Período: Ementa da disciplina: Gerais: Conteúdo Programático:

Leia mais

Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix

Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA. Prof. Luiz Felix Unidade I ESTATÍSTICA APLICADA Prof. Luiz Felix O termo estatística Provém da palavra Estado e foi utilizado originalmente para denominar levantamentos de dados, cuja finalidade era orientar o Estado em

Leia mais

Elementos de Estatística

Elementos de Estatística Elementos de Estatística Lupércio F. Bessegato & Marcel T. Vieira UFJF Departamento de Estatística 2013 Medidas Resumo Medidas Resumo Medidas que sintetizam informações contidas nas variáveis em um único

Leia mais

6EMA Lucas Santana da Cunha 17 e 19 de abril de Universidade Estadual de Londrina

6EMA Lucas Santana da Cunha   17 e 19 de abril de Universidade Estadual de Londrina ESTATÍSTICA ECONÔMICA 6EMA020-1000 lscunha@uel.br http://www.uel.br/pessoal/lscunha/ Universidade Estadual de Londrina 17 e 19 de abril de 2017 1 o Bimestre Cronograma Critério de Avaliação Bibliografia

Leia mais

Apontamentos de Introdução às Probabilidades e à Estatística

Apontamentos de Introdução às Probabilidades e à Estatística i Índice 1. Introdução 1 1.1. Enquadramento e objectivos 2 1.2. Organização 5 1.3. Noções base da Estatística 7 1.3.1. Distinção entre população e amostra 8 1.3.2. Amostragem 10 1.3.3. Unidade estatística

Leia mais

ESTATÍSTICA. PROF. RANILDO LOPES U.E PROF EDGAR TITO

ESTATÍSTICA. PROF. RANILDO LOPES  U.E PROF EDGAR TITO ESTATÍSTICA PROF. RANILDO LOPES http://ueedgartito.wordpress.com U.E PROF EDGAR TITO Introdução à Estatística Básica 1- O que é Estatística? A Estatística é uma ciência exata que visa fornecer subsídios

Leia mais

Estatística. 1 Medidas de Tendência Central 2 Medidas de Posição 3 Medidas de Dispersão. Renata Souza

Estatística. 1 Medidas de Tendência Central 2 Medidas de Posição 3 Medidas de Dispersão. Renata Souza Estatística 1 Medidas de Tendência Central 2 Medidas de Posição 3 Medidas de Dispersão Renata Souza Medidas Depois que você conheceu os conceitos de coleta de dados, variação, causas comuns e causas especiais,

Leia mais

12/06/14. Estatística Descritiva. Estatística Descritiva. Medidas de tendência central. Medidas de dispersão. Separatrizes. Resumindo numericamente

12/06/14. Estatística Descritiva. Estatística Descritiva. Medidas de tendência central. Medidas de dispersão. Separatrizes. Resumindo numericamente Resumindo numericamente Para resumir numericamente dados quantitativos o objetivo é escolher medidas apropriadas de locação (``qual o tamanho dos números envolvidos?'') e de dispersão (``quanta variação

Leia mais

* Descrição: organização, resumo, apresentação e interpretação de dados (tabelas, gráficos e sumários estatísticos, de posição e de dispersão)

* Descrição: organização, resumo, apresentação e interpretação de dados (tabelas, gráficos e sumários estatísticos, de posição e de dispersão) ESTATÍSTICA DESCRITIVA a) Conceito: Apresentação numérica, tabular e/ou gráfica com o propósito resumir ou sumarizar as informações contidas num conjunto de dados observados (estatística: tabelas, gráficos

Leia mais

ESTATÍSTICA ECONÔMICA A 6EMA

ESTATÍSTICA ECONÔMICA A 6EMA 6EMA020-2000 Lucas Santana da Cunha email: lscunha@uel.br Universidade Estadual de Londrina 13 de abril de 2016 CRONOGRAMA 1 o BIMESTRE: MÓDULO I - Estatística Descritiva Noções Básicas em estatística:

Leia mais

Métodos Quantitativos

Métodos Quantitativos Métodos Quantitativos Unidade 2 Estatística descritiva 1 SUMÁRIO SEÇÃO SLIDES 2.1 Amostragem... 03 11 2.2 Tabelas e gráficos... 12 19 2.3 Medidas de posição... 20 24 2.4 Medidas de dispersão... 25 30 Observação:

Leia mais

um conjunto de métodos e processos quantitativos que servem para estudar e medir os fenômenos coletivos Aplicações em quase todas as áreas de

um conjunto de métodos e processos quantitativos que servem para estudar e medir os fenômenos coletivos Aplicações em quase todas as áreas de Estatística Básica O que é Estatística? um conjunto de métodos e processos quantitativos que servem para estudar e medir os fenômenos coletivos Aplicações em quase todas as áreas de Aplicações em quase

Leia mais

Estatítica Descritiva e Exploratória

Estatítica Descritiva e Exploratória Gledson Luiz Picharski e Wanderson Rodrigo Rocha 3 de Abril de 2008 Estatística Descritiva e exploratória 1 Introdução à análise exploratória de dados 2 Análise exploratória de dados: Medidas-resumo 3

Leia mais

Estatística Computacional Profª Karine Sato da Silva

Estatística Computacional Profª Karine Sato da Silva Estatística Computacional Profª Karine Sato da Silva karine.sato.silva@gmail.com Introdução Quando analisamos uma variável qualitativa, basicamente, construímos sua distribuição de frequências. Ao explorarmos

Leia mais

6EMA Lucas Santana da Cunha 19 de abril de Universidade Estadual de Londrina

6EMA Lucas Santana da Cunha  19 de abril de Universidade Estadual de Londrina ESTATÍSTICA ECONÔMICA 6EMA020-2000 lscunha@uel.br http://www.uel.br/pessoal/lscunha/ Universidade Estadual de Londrina 19 de abril de 2017 1 o Bimestre Plano do Curso Cronograma Critério de Avaliação Bibliografia

Leia mais

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática

Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Estatística para Cursos de Engenharia e Informática Pedro Alberto Barbetta / Marcelo Menezes Reis / Antonio Cezar Bornia São Paulo: Atlas, 2004 Cap. 3 Análise exploratória de dados APOIO: Fundação de Apoio

Leia mais

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP

Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP INTRODUÇÃO A ESTATÍSTICA ESPACIAL Análise Exploratória dos Dados Estatística Descritiva Univariada Roberto Wagner Lourenço Roberto Wagner Lourenço Prof. Dr. Engenharia Ambiental, UNESP Estrutura da Apresentação

Leia mais

Aula 03. Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas. Parte 1 Medidas de Tendência Central

Aula 03. Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas. Parte 1 Medidas de Tendência Central Aula 03 Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas Parte 1 Medidas de Tendência Central Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 Medidas de Tendência Central dos Dados Para uma variável quantitativa, uma medida

Leia mais

Estatística Descritiva

Estatística Descritiva Estatística Descritiva Tabela s Gráficos Números x, s 2, s, m o, Q 1, Q 2, Q 3,...etc. 1 Estatística Descritiva 3. Números 3.1. Medidas de posição (ou tendência ) 3.2. Medidas de dispersão 2 3.1. Medidas

Leia mais

Medidas de Tendência Central. Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes

Medidas de Tendência Central. Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes Medidas de Tendência Central Introdução Média Aritmética Moda Mediana Análise de Assimetria Separatrizes Introdução A maioria dos dados apresenta uma tendência de se concentrar em torno de um ponto central

Leia mais

Mas, para começar a aplicar métodos estatísticos, é preciso conhecer alguns conceitos básicos.

Mas, para começar a aplicar métodos estatísticos, é preciso conhecer alguns conceitos básicos. Na Criptologia, assim como em outras ciências, são realizados estudos experimentais ou obser vacionais que resultam numa coleção de dados numéricos. O propósito da investigação é responder uma questão

Leia mais

Joaquim Neto Versão 1.0

Joaquim Neto  Versão 1.0 Introdução à estatística Joaquim Neto joaquim.neto@ufjf.edu.br www.ufjf.br/joaquim_neto Departamento de Estatística - ICE Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) Versão 1.0 Joaquim Neto (UFJF) ICE

Leia mais

CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48

CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48 CAD. 8 SETOR A AULAS 45-48 48 ESTATÍSTICA STICA Prof. Suzart ESTATÍSTICA Elabora métodos para coleta, organização, descrição, análise e intepretação de dados. Experimentos não-determinísticos. Determinação

Leia mais

SUMÁRIO. 1.1 Introdução, Conceitos Fundamentais, 2

SUMÁRIO. 1.1 Introdução, Conceitos Fundamentais, 2 SUMÁRIO 1 CONCEITOS BÁSICOS, 1 1.1 Introdução, 1 1.2 Conceitos Fundamentais, 2 1.2.1 Objetivo, 2 1.2.2 População e amostra, 2 1.3 Processos estatísticos de abordagem, 2 1.4 Dados estatísticos, 3 1.5 Estatística

Leia mais

Estatística I Aula 3. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc.

Estatística I Aula 3. Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística I Aula 3 Prof.: Patricia Maria Bortolon, D. Sc. Estatística: Prof. André Carvalhal Dados quantitativos: medidas numéricas Propriedades Numéricas Tendência Central Dispersão Formato Média Mediana

Leia mais

Esta%s&ca Descri&va I Ciências Contábeis - FEA - Diurno 2º Semestre 2016

Esta%s&ca Descri&va I Ciências Contábeis - FEA - Diurno 2º Semestre 2016 Esta%s&ca Descri&va I Ciências Contábeis - FEA - Diurno 2º Semestre 2016 1 O que é Esta%s&ca Origem relacionada com a coleta e construção de tabelas de dados para o governo. A situação evoluiu: a coleta

Leia mais

AULA 2 UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO

AULA 2 UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO AULA UNIDADE 1 DISTRIBUIÇÃO DE FREQUÊNCIAS 1.1 INTRODUÇÃO As tabelas estatísticas, geralmente, condensam informações de fenômenos que necessitam da coleta de grande quantidade de dados numéricos. No caso

Leia mais

Medidas-Resumo. Tipos de Variáveis

Medidas-Resumo. Tipos de Variáveis Tipos de Variáveis Medidas-Resumo Exemplo 2.1 Um pesquisador está interessado em fazer um levantamento sobre alguns aspectos socioeconômicos dos empregados da seção de orçamentos da Companhia MB. Usando

Leia mais

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA

NOÇÕES DE ESTATÍSTICA ONALDO CHAVES ESTATÍSTICA BIBLIOGRAFIA SUGERIDA: 1 Estatística Aplicada Autores: Larson e Farber Editora: Pearson 4ª edição 2009 2 Estatística para Ciências Humanas Autor: Levin, Fox e Ford Editora: Pearson

Leia mais

Unidade III Medidas Descritivas

Unidade III Medidas Descritivas Unidade III Medidas Descritivas Medidas separatrizes Quantis Medidas de dispersão Amplitude total Desvio Médio Variância Desvio Padrão Coeficiente de Variabilidade Desvio Interquartílico Na aula anterior...

Leia mais

Estatística. O que é Estatística? Estatística pode ser: Estatística Descritiva. Ivonete Melo de Carvalho. Conteúdo

Estatística. O que é Estatística? Estatística pode ser: Estatística Descritiva. Ivonete Melo de Carvalho. Conteúdo Estatística Estatística Descritiva Ivonete Melo de Carvalho Conteúdo Definições; Tabelas e Gráficos; Medidas de tendência central; Medidas de dispersão. Objetivos Diferenciar população e amostra. Elaborar

Leia mais

Conjunto de Dados. Existe uma estimativa de que a cada 20 meses dobra a quantidade de dados armazenada nos bancos de dados do mundo.

Conjunto de Dados. Existe uma estimativa de que a cada 20 meses dobra a quantidade de dados armazenada nos bancos de dados do mundo. Conjunto de Dados Existe uma estimativa de que a cada 20 meses dobra a quantidade de dados armazenada nos bancos de dados do mundo. No entanto, tem aumentando também a distância entre a quantidade de dados

Leia mais

Aula 03. Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas. Parte 1 Medidas de Tendência Central

Aula 03. Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas. Parte 1 Medidas de Tendência Central Aula 03 Medidas Descritivas de Variáveis Quantitativas Parte 1 Medidas de Tendência Central Stela Adami Vayego - DEST/UFPR 1 2. Medidas de Tendência Central dos Dados Para uma variável quantitativa, uma

Leia mais

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA

INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA INTRODUÇÃO À ESTATÍSTICA A Estatística refere-se às técnicas pelas quais os dados são "coletados", "organizados","apresentados" "apresentados" e"analisados" "analisados". Pode-se dividir a ciência Estatística

Leia mais

Medidas Estatísticas de Posição

Medidas Estatísticas de Posição Medidas Estatísticas de Posição 1 - Medidas de Tendência Central Denição medida de tendência central é um único valor que representa ou tipica um conjunto de valores. Nunca pode ser menor que o menor valor

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PONTA GROSSA METROLOGIA II

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ CAMPUS PONTA GROSSA METROLOGIA II METROLOGIA II Professor: Eng. PAULO ROBERTO CAMPOS ALCOVER JUNIOR Curso de Tecnologia em Fabricação Mecânica 2 Período Introdução à Estatística; Medidas de Tendência Central; Medidas Separatrizes; Medidas

Leia mais

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS CURSO: MATEMÁTICA DISCIPLINA: ESTATÍSTICA E PROBABILIDADE SÉRIE: 1ª CARGA HORÁRIA: 144 HORAS PROFESSORA: Maria Ivete Basniak ANO LETIVO: 2013 EMENTA: Variáveis e gráficos; Distribuições

Leia mais

Importância da estatística 17. O que é a Estatística? 18

Importância da estatística 17. O que é a Estatística? 18 Índice MENSAGEM DO AUTOR 11 AGRADECIMENTOS 13 Capítulo 1 Introdução Importância da estatística 17 O que é a Estatística? 18 Escalas de medida 19 Escala de medida qualitativa ou não métrica 19 Escalas Nominais

Leia mais

Fernando de Pol Mayer

Fernando de Pol Mayer Fernando de Pol Mayer Laboratório de Estatística e Geoinformação (LEG) Departamento de Estatística (DEST) Universidade Federal do Paraná (UFPR) Este conteúdo está disponível por meio da Licença Creative

Leia mais