AULA 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AULA 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA"

Transcrição

1 AULA 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

2 O que é uma fundamentação teórica É uma visão crítica da pesquisa existente que é significante para o trabalho que o aluno/pesquisador está desenvolvendo. Identifica e organiza os conceitos encontrados em trabalhos relevantes; Seu objetivo é captar o estado da arte de um campo do conhecimento. A partir da revisão de trabalhos antigos (clássicos) e recentes, torna-se possível identificar áreas nas quais uma pesquisa mais profunda poderia ser benéfica.

3 Características de uma boa fundamentação teórica Ser organizada e relacionada diretamente com o tema ou questão de pesquisa que está sendo desenvolvida; Identificar a literatura na qual a pesquisa dará uma contribuição e contextualizar a pesquisa dentro dessa literatura; Construir um entendimento dos conceitos teóricos e das terminologias utilizadas;

4 Características de uma boa fundamentação teórica Sintetizar os resultados do que é conhecido e do que não se conhece sobre o assunto; Identificar áreas de controvérsias na literatura; Facilitar a elaboração de uma bibliografia ou lista de fontes que foram consultadas.

5 Como integrar um artigo na sua fundamentação teórica Pesquisar um artigo científico Analisar, comparar e sintetizar Seu trabalho Integrar na fundamentação teórica Outras pesquisas

6 Importância da fundamentação teórica Serve inicialmente para duas situações: elaborar hipóteses e fornecer subsídios para arranjar argumentações que possam sustentar ou refutar as hipóteses; Auxilia também a olhar criticamente a realidade sob a forma dos trabalhos publicados; Realizar análise crítica. A crítica deveria identificar aspectos de um fenômeno que estão perdidos, incompletos ou fracamente representados na literatura, assim como inconsistências entre as perspectivas publicadas sobre o tema.

7 Seleção da bibliografia Toda a jornada começa com um primeiro passo ; A fundamentação teórica é construída com a leitura de um documento por vez; Sua fundamentação teórica tem que ser simples e compreensiva, mas não precisa ser exaustiva;

8 Seleção da bibliografia O que é conhecido sobre o tema? Porque este tópico é importante? O que ainda não foi resolvido? Por que ainda não foi resolvido? Quais são as lacunas ainda não preenchidas? Qual você escolheu? Como você pretende preenchê-la?

9 Organização dos documentos Saber exatamente o que o autor disse; Reler sempre que precisar; Obter a referência completa (autor, ano, título, periódico, volume, número, páginas).

10 Como buscar informações Por assuntos; Por palavras-chave; Por autor; Por título do periódico.

11 Fontes de informação impressas Artigos publicados em periódicos científicos (nacionais ou internacionais); Artigos de congressos (ENEGEP, SIMPOI, SIMPEP, etc.); Teses e dissertações da UNIFEI; Teses e dissertações de outros programas; Livros; Recursos (páginas) da internet.

12 Fontes de informação digitais Web of Science; Portal Periódicos da Capes; Banco de Dissertações da UNIFEI; Banco de Teses e Dissertações UFSC; Banco de Teses e Dissertações UFRGS; Banco de Teses e Dissertações MIT; Outros bancos de teses e dissertações.

13 Algumas fontes digitais importantes

14 Página do programa de pós-graduação da UNIFEI

15 Página da biblioteca da UNIFEI (BIM)

16 Portal de teses da USP

17 Portal de teses da USP

18 Portal de teses da USP

19 Portal de teses da USP

20 Portal de teses da UFSC

21 Portal de teses da UFSC

22 Portal de teses da UFRGS

23 Portal de teses da UFRGS

24 Portal de teses da UFRGS

25 Biblioteca digital da UNESP

26 Biblioteca digital da UNESP

27 Biblioteca digital da UNICAMP

28 Biblioteca digital da UNICAMP

29 Biblioteca digital da UNICAMP

30 Portal periódicos da Capes

31 Portal periódicos da Capes

32 Portal periódicos da Capes

33 Portal periódicos da Capes

34 Portal periódicos da Capes

35 Portal periódicos da Capes

36 Portal periódicos da Capes

37 Portal periódicos da Capes

38 Google Acadêmico

39 Google Acadêmico - Citações

40 Site de Congressos

41 Livros

42 Livros Biblioteca Mauá BIM - UNIFEI

43 Qualis O Qualis é uma lista de veículos utilizados para a divulgação da produção intelectual dos programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado); Os periódicos são classificados quanto ao âmbito de circulação (local, nacional e internacional) e à qualidade (A, B, C), por área de avaliação.

44 Qualis - Pontuação A1 = 1,0 ponto; A2 = 0,85 pontos; B1 = 0,75 pontos; B2 = 0,50 pontos; B3 = 0,25 pontos; B4 = 0,10 pontos; B5 = 0,05 pontos. C = 0 ponto. Engenharia de Produção Se enquadra na Engenharia III

45 Qualis

46 Fator de impacto

47 Análise de artigos mais citados

48 Análise de artigos publicados

49 ATIVIDADE 2 Entre no site do CNPq, no site de grupos de pesquisa ( e identifique os principais grupos de pesquisa do Brasil relacionados com o tema definido para o seu trabalho de pesquisa. Indique o nome de dois desses grupos, preferencialmente da região sudeste (Indique: nome do grupo, instituição ao qual está ligado, nome do coordenador do grupo). Analise o currículo Lattes do coordenador desses grupos. Eles são bolsistas de produtividade? Se sim, de qual nível? Quantas publicações em periódicos eles possuem nos últimos 4 anos (2009 a 2012)? Quais os principais periódicos (no mínimo, dois) que esses coordenadores publicaram? Qual a classificação Qualis ou fator de impacto desses periódicos? Baixe no Google o software Publish or Perish ( instale no seu computador e realize buscas com as palavras-chave (em inglês) do seu tema, identificando os autores mais citados. Analise os grupos de pesquisa ou universidades onde os mesmos atuam. Faça uma análise similar a que foi feita para os pesquisadores nacionais. Que comentários você poderia fazer a respeito desses grupos de pesquisa, seus coordenadores e suas publicações? Ler o artigo: MYERS, M. D.; NEWMAN, M. The qualitative interview in IS research: examining the craft. Information and Organization, v.17, p. 2-26, Faça um resumo de no máximo uma página destacando as principais ideias do trabalho sobre uma das técnicas de coleta de dados (tema de nossa próxima aula). Data para entrega desta atividade: 11/03/2013.

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA AULA 3 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA O que é uma fundamentação teórica É uma visão crítica da pesquisa existente que é significante para o trabalho que o aluno/pesquisador está desenvolvendo; Identifica e organiza

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3

CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3 CAPES - ÁREA DE ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA ÁREA 46 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA PROGRAMAS ACADÊMICOS DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU CARACTERÍSTICAS DE UM PROGRAMA (MESTRADO) NOTA 3 Para obter nota

Leia mais

2/11/2009. Fontes de informação científica. O que gera ou veicula informação

2/11/2009. Fontes de informação científica. O que gera ou veicula informação Fontes de informação científica Agosto de 2009 Aula 08 O que gera ou veicula informação Fontes mais estruturadas, normalmente publicações em periódicos e livros. Tem mais legitimidade. Normalmente preveem

Leia mais

Pesquisa Bibliográfica em Ciência da Computação. Avanilde Kemczinski, Dra. Marcelo da Silva Hounsell, PhD

Pesquisa Bibliográfica em Ciência da Computação. Avanilde Kemczinski, Dra. Marcelo da Silva Hounsell, PhD Pesquisa Bibliográfica em Ciência da Computação Avanilde Kemczinski, Dra. Marcelo da Silva Hounsell, PhD 1 Nenhuma descoberta científica é obra de uma única pessoa (Louis Pasteur apud Thorpe 2000:144)

Leia mais

www.unioeste.br/portaldainformacao

www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE Página de acesso livre ao conhecimento. www.unioeste.br/portaldainformacao PORTAL DA INFORMAÇÃO DA UNIOESTE A P R E S E N T A Ç Ã O O Portal da Informação da Unioeste é

Leia mais

GPMC. Grupo de Pesquisas em Marketing e Consumo

GPMC. Grupo de Pesquisas em Marketing e Consumo GPMC Grupo de Pesquisas em Marketing e Consumo Guia Prático 2014 Olá, Este é um guia para você saber informações básicas sobre o Grupo de Pesquisas em Marketing e Consumo da UFRGS e seu funcionamento.

Leia mais

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional*

Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* Parâmetros para avaliação de mestrado profissional* 1. Natureza do mestrado profissional A pós-graduação brasileira é constituída, atualmente, por dois eixos claramente distintos: o eixo acadêmico, representado

Leia mais

ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS DE TURMAS ANTERIORES 2008.1

ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS DE TURMAS ANTERIORES 2008.1 ORIENTAÇÃO AOS ALUNOS DE TURMAS ANTERIORES 2008.1 1.- Objetivos do Curso de Mestrado: a. Formação de professores para o magistério superior; b. Formação de pesquisadores; c. Capacitação para o exercício

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério

Leia mais

Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática

Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática Anais do VIII ENEM Mesa Redonda 1 Pós-Graduação e Ensino de Ciências e Matemática Tânia Maria Mendonça Campos - tania@pucsp.br A Pós-Graduação é a Unidade Universitária responsável pela formação de recurso

Leia mais

MEC/CAPES. Portal de Periódicos

MEC/CAPES. Portal de Periódicos MEC/CAPES Portal de Periódicos A CAPES e a formação de recursos de alto nível no Brasil Criada em 1951, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é uma agência vinculada ao

Leia mais

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES

2 DA ETAPA DE SELEÇÃO DOS ORIENTADORES EDITAL 2014 Estabelece inscrições para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI. O Diretor Geral da Faculdade de Tecnologia Intensiva FATECI, Prof. Clauder Ciarlini

Leia mais

EDITAL. Mestrado em Economia Stricto Sensu Seleção para a Turma 2015

EDITAL. Mestrado em Economia Stricto Sensu Seleção para a Turma 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA Avenida Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras - Campus Goiabeiras CEP: 29075-910 Vitória Espírito Santo Brasil Tel/fax: +55 (027) 4009 2615 E-mail meconufes@gmail.com

Leia mais

Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação

Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação Perfil de Produção Bibliográfica dos Programas Brasileiros de Pós-Graduação em Ciência da Computação Jesús P. Mena-Chalco 1, Luciano A. Digiampietri 2, Leonardo B. Oliveira 3 1 Centro de Matemática, Computação

Leia mais

Atualização 2014. Universidade Federal do Paraná Sistema de Bibliotecas Biblioteca de Ciências da Saúde

Atualização 2014. Universidade Federal do Paraná Sistema de Bibliotecas Biblioteca de Ciências da Saúde MANUAL DO CURRÍCULO LATTES Atualização 2014 Universidade Federal do Paraná Sistema de Bibliotecas Biblioteca de Ciências da Saúde 1 Equipe: Este tutorial faz parte da programação de treinamentos da Biblioteca

Leia mais

Aula 2: Projeto de pesquisa

Aula 2: Projeto de pesquisa 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 2: Projeto de pesquisa 1 O projeto de pesquisa O projeto de pesquisa é a base da organização do seu trabalho de pesquisa. Ao elaborar o projeto você organiza suas

Leia mais

EDITAL. Mestrado em Economia Stricto Sensu Seleção para a Turma 2016

EDITAL. Mestrado em Economia Stricto Sensu Seleção para a Turma 2016 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECONOMIA Avenida Fernando Ferrari, 514, Goiabeiras - Campus Goiabeiras CEP: 29075-910 Vitória Espírito Santo Brasil Tel.: +55 (027) 4009 2615 E-mail: meconufes@gmail.com Website:

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 4º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência,

Leia mais

A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos:

A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos: Mudanças do Currículo Lattes Conheça a interface A área de trabalho é o espaço reservado para as telas de preenchimento do Sistema e contém os seguintes elementos: 1.Barra de Ferramentas: Contém utilidades

Leia mais

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PESQUISA

UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO PAULO DIRETORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU E PESQUISA EDITAL 59-1/2012 ABRE PERÍODO DE INSCRIÇÃO PARA VAGAS REMANESCENTES DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU - MESTRADO PROFISSIONAL ADOLESCENTE EM CONFLITO COM A LEI DA UNIVERSIDADE BANDEIRANTE DE SÃO

Leia mais

ANEXO II. FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014

ANEXO II. FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014 ANEXO II FORMULÁRIO PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO 2ª Chamada PIBITI/CNPq PIBInova/PDI/UFF 2013 2014 Avaliador: Identificação do projeto (Título) - link do Projeto Projeto Total Máximo: 50 pontos Atende ao

Leia mais

R E S O L V E. Artigo 3º - Esta portaria gera efeitos a partir de 01 de março de 2012, revogadas as disposições em contrário.

R E S O L V E. Artigo 3º - Esta portaria gera efeitos a partir de 01 de março de 2012, revogadas as disposições em contrário. P O R T A R I A N º 0 27/ 2 0 1 5 - P BF A Prof.ª Dr.ª Débora de Mello Gonçales Sant Ana, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Biociências e fisiopatologia, no uso de suas atribuições legais e

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA GRANDE DOURADOS FACULDADE DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL PPGEdu/FAED/UFGD Nº 03 DE 30 DE ABRIL DE 2015. A COORDENADORA DO da da, no uso de suas atribuições, torna público o presente edital, para a abertura de inscrições visando a seleção de candidato

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014

RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014 1 RESOLUÇÃO N. 10, DE 21 DE NOVEMBRO DE 2014 Estabelece as atividades e pontuações a serem consideradas para a realização de Concurso Público de Provas e Títulos para o ingresso nas Carreiras de Magistério

Leia mais

ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA ESCRITA. Critérios para avaliação da Prova Escrita e respectivas pontuações: 1. Apresentação 3.

ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA ESCRITA. Critérios para avaliação da Prova Escrita e respectivas pontuações: 1. Apresentação 3. 1 ANEXO I TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA ESCRITA da Prova Escrita e respectivas pontuações: 1. Apresentação 3.0 1.1 Introdução 1.0 1.2 Desenvolvimento 1.0 1.3 Conclusão 1.0 2. Conteúdo e desenvolvimento

Leia mais

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação

Seção de Acesso a Bases de Dados. Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Seção de Acesso a Bases de Dados Estratégias de busca e recuperação de informação online para Profissionais de Informação Sumário 1. Instrumentos de Busca 2. Bom atendimento ao usuário 3. Conhecimento

Leia mais

AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO AREA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS CRITÉRIOS PARA ACOMPANHAMENTO DE AVALIAÇÃO DE 2004

AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO AREA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS CRITÉRIOS PARA ACOMPANHAMENTO DE AVALIAÇÃO DE 2004 Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior Capes Documento de Área: Ciências e Tecnologia de Alimentos AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DA PÓS-GRADUAÇÃO AREA DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Leia mais

O Comportamento informacional dos pós-graduandos em Ciências Sócias e Humanas: um estudo com os pós-graduandos da UNESP de Marília.

O Comportamento informacional dos pós-graduandos em Ciências Sócias e Humanas: um estudo com os pós-graduandos da UNESP de Marília. O Comportamento informacional dos pós-graduandos em Ciências Sócias e Humanas: um estudo com os pós-graduandos da UNESP de Marília. Eixo Temático: Livre Nome: Etiene Siqueira de Oliveira - Bolsista: PIBIC/CNPq

Leia mais

FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD

FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD FONTES DE INFORMAÇÃO (FI) PARA PESQUISA E USO DE BD Luciane Meire Ribeiro STRAUD Biblioteca FCAV (Seção Técnica de Referência, Atendimento ao Usuário e Documentação) Out./2014 Este material foi elaborado

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 019/2015 Bolsista de Pós Doutorado PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS (PPGCEM)

EDITAL DE SELEÇÃO 019/2015 Bolsista de Pós Doutorado PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIA E ENGENHARIA DE MATERIAIS (PPGCEM) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rodovia José Aurélio Vilela, 11999 Cidade Universitária Poços de Caldas MG 37715-400 EDITAL DE SELEÇÃO 019/2015 Bolsista de Pós Doutorado

Leia mais

A PRODUÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES NA PERSPECTIVA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

A PRODUÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES NA PERSPECTIVA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO 22 a 24 de julho de 205 A PRODUÇÃO DE DISSERTAÇÕES E TESES NA PERSPECTIVA DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO INTRODUÇÃO Eva Dayane Jesus dos Santos Bibliotecária da Universidade do Estado da Bahia eva@uneb.br Marivaldina

Leia mais

FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA

FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA OFICINA FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA CIENTÍFICA Projeto de Extensão LALETEC Para refletir! Agenda ETAPAS DE UMA PESQUISA 1 O QUE PESQUISAR? assunto Objetivo: Delimitar o tema e listar as respectivas

Leia mais

Psicopedagogia Institucional

Psicopedagogia Institucional Psicopedagogia Institucional Pós-graduação 03 Módulo A: Introdução à Psicopedagogia Teorias da Aprendizagem Psicologia do Desenvolvimento e da Aprendizagem Desafio Profissional. Enunciado O tema deste

Leia mais

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti

Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Cavalcanti Pesquisa Bibliográfica Prof. Alessandro Leite Tipos de Dados em Pesquisa Dados Primários: São aqueles coletados em uma pesquisa de campo, ou seja, são dados originais. Por exemplo, um questionário, formulário,

Leia mais

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (ESTRUTURAS) DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS DA USP

NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (ESTRUTURAS) DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS DA USP Normas do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (Estruturas) - EESC/USP 1 NORMAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA CIVIL (ESTRUTURAS) DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS DA USP I - COMPOSIÇÃO

Leia mais

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011

Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 Universidade Federal de Campina grande CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIDADE ACADÊMICA DE ENGENHARIA QUÍMICA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO Resolução N 0 06/2010 Edital de Ingresso 1º Semestre de 2011 O Colegiado

Leia mais

Edital 002/2014. Processo Seletivo Mestrado e Doutorado 1) DA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA PROCESSO SELETIVO E PRÉ- REQUISITOS PARA OS CANDIDATOS

Edital 002/2014. Processo Seletivo Mestrado e Doutorado 1) DA DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA PROCESSO SELETIVO E PRÉ- REQUISITOS PARA OS CANDIDATOS Edital 002/2014 Processo Seletivo Mestrado e Doutorado O Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas: Psiquiatria torna público que receberá a documentação dos candidatos ao processo de seleção para

Leia mais

FACULDADE DE ENGENHARIA ENGENHEIRO CELSO DANIEL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA DOCENTES

FACULDADE DE ENGENHARIA ENGENHEIRO CELSO DANIEL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA DOCENTES DO EDITAL FACULDADE DE ENGENHARIA ENGENHEIRO CELSO DANIEL REGULAMENTO DO PROCESSO SELETIVO EXTERNO PARA DOCENTES Encontram-se abertas as inscrições para o processo seletivo externo para docentes, de acordo

Leia mais

1. PRODUÇÃO BIBLIOGRÁFICA

1. PRODUÇÃO BIBLIOGRÁFICA ANEXO III PLANILHA DE AVALIAÇÃO DO LATTES PIBIC 2014 PROFESSOR: CENTRO/CAMPI: ÁREA DE ATUAÇÃO: PLANILHA DE PONTUAÇÃO PARA PRODUÇÃO CIENTÍFICA (2008-2012) PRODUÇÃO DO ÚLTIMO QUINQUÊNIO PONTOS Qtde. TOTAL

Leia mais

Apresentação da Disciplina. Metodologia de Pesquisa

Apresentação da Disciplina. Metodologia de Pesquisa Apresentação da Disciplina Metodologia de Pesquisa Objetivo / Método de Ensino- Aprendizagem Objetivo: Ementa: Fundamentos da metodologia da pesquisa científica. Normas de apresentação de pesquisas. Testes

Leia mais

PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA RESULTANTE DAS DISSERTAÇÕES E TESES EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL

PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA RESULTANTE DAS DISSERTAÇÕES E TESES EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA RESULTANTE DAS DISSERTAÇÕES E TESES EM EDUCAÇÃO FÍSICA NO BRASIL Alexandre Soares dos Santos 1. Jose Dorival Gleria 2. Michele Silva Sacardo 3. RESUMO Saber se as dissertações e teses,

Leia mais

A estruturação de Grupos de Pesquisa

A estruturação de Grupos de Pesquisa A estruturação de Grupos de Pesquisa Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação O que é um Grupo de Pesquisa? Um conjunto de indivíduos organizados hierarquicamente em torno de uma ou, eventualmente, duas

Leia mais

1 DA FINALIDADE E DO PÚBLICO ALVO

1 DA FINALIDADE E DO PÚBLICO ALVO A Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências torna público as Normas Complementares do Processo Seletivo Ano Letivo 2015, aos candidatos a discente do Programa de Pós-Graduação em Ensino

Leia mais

Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp

Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp Pró-Reitoria Administrativa - Proad Pró-Reitoria Acadêmica Proac Pró-Reitoria Adjunta de Pós-Graduação e Pesquisa Papgp Programa de Capacitação e Qualificação Docente Edital. 01/2010 1. Objetivo Subsidiar

Leia mais

Oncologia Normas Específicas

Oncologia Normas Específicas Oncologia Normas Específicas I COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) A CCP do Programa de Pós-graduação em ONCOLOGIA será constituída pelo Coordenador do Programa e seu Suplente; mais 1

Leia mais

AVISO PÚBLICO Nº 05/UNOESC-R/2015

AVISO PÚBLICO Nº 05/UNOESC-R/2015 AVISO PÚBLICO Nº 05/UNOESC-R/2015 Abre inscrições para requerimento de credenciamento de docente permanente no Programa de Pós- Graduação Mestrado Profissional em Administração. A UNIVERSIDADE DO OESTE

Leia mais

www.pucrs.br/pos *AVALIAÇÃO CAPES POR QUE A PUCRS?

www.pucrs.br/pos *AVALIAÇÃO CAPES POR QUE A PUCRS? A Pós-Graduação da PUCRS é a porta de entrada para um novo momento da sua vida profissional e acadêmica. Você pode ampliar habilidades, fomentar ideias e adquirir conhecimento com experiências inovadoras

Leia mais

Como agilizar a produção científica com pesquisas bem sucedidas nas melhores fontes on-line

Como agilizar a produção científica com pesquisas bem sucedidas nas melhores fontes on-line Mini-curso 2 Como agilizar a produção científica com pesquisas bem sucedidas nas melhores fontes on-line 8/11/11-08h30 às 12h30 http://www.abecbrasil.org.br DAMIANO, L. C. C., nov/2011 Apresentação licenciada

Leia mais

BIBLIOTECA DIGITAL DE PRODUÇÃO INTELECTUAL DA USP

BIBLIOTECA DIGITAL DE PRODUÇÃO INTELECTUAL DA USP BIBLIOTECA DIGITAL DE PRODUÇÃO INTELECTUAL DA USP Sistema Integrado de Bibliotecas Novembro de 2012 Uma nova realidade Com o advento da Internet, os fluxos da Comunicação científica se modificaram As publicações

Leia mais

Como elaborar um relatório de pesquisa

Como elaborar um relatório de pesquisa Como elaborar um relatório de pesquisa Profa. Dra. Maria José B. Finatto - UFRGS - Instituto de Letras www.ufrgs.br/textecc Seminários Temáticos PROPESQ - 2012 Preâmbulo - sério! O Programa Institucional

Leia mais

Art. 1º - A concessão de bolsas de estudo para os alunos regularmente matriculados no PPgCO terá a vigência de doze (12) meses.

Art. 1º - A concessão de bolsas de estudo para os alunos regularmente matriculados no PPgCO terá a vigência de doze (12) meses. RESOLUÇÃO N O 01/201 PPgCO Regulamenta a distribuição de bolsas de estudo no Programa de Pós-Graduação em Clínica Odontológica, quanto à concessão, manutenção, duração e cancelamento da bolsa. O Colegiado

Leia mais

Primeiros Escritos em. Filosofia UFSJ. Fundação de Ensino Superior de São João del-rei. Número 2 - julho - 2000

Primeiros Escritos em. Filosofia UFSJ. Fundação de Ensino Superior de São João del-rei. Número 2 - julho - 2000 Primeiros Escritos em Filosofia UFSJ Número 2 - julho - 2000 Diretor-Executivo Vice-Diretor Executivo Vice-Diretor Acadêmico Vice-Diretor de Planejamento Vice-Diretor Administrativo Vice-Diretor de Rec.

Leia mais

EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED

EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED EDITAL PARA PROCESSO SELETIVO DOCENTE IMED Com objetivo de consolidar sua missão de proporcionar um centro de excelência acadêmica para formação de sujeitos capazes de compreender e transformar a realidade

Leia mais

Bases de dados. Biblioteca FEAUSP 2015 Seção de Atendimento ao Usuário. Elaborado por Giseli Adornato de Aguiar

Bases de dados. Biblioteca FEAUSP 2015 Seção de Atendimento ao Usuário. Elaborado por Giseli Adornato de Aguiar Bases de dados Biblioteca FEAUSP 2015 Seção de Atendimento ao Usuário Elaborado por Giseli Adornato de Aguiar ACESSO REMOTO VPN BASES DE DADOS USP DEDALUS BIBLIOTECA DIGITAL DE TESES E DISSERTAÇÕES DA

Leia mais

Data 2008 BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS

Data 2008 BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO CPA/FACESA INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS SEGMENTO: ALUNOS Data 2008 CURSO: Enfermagem / TURNO: Matutino SEMESTRE: Primeiro BLOCO I INFORMAÇÕES GERAIS P1. Sexo A) ( ) Feminino

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS CONGREGAÇÃO DO NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS CONGREGAÇÃO DO NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS CONGREGAÇÃO DO NÚCLEO DE ALTOS ESTUDOS AMAZÔNICOS RESOLUÇÃO Nº 03, DE 01 DE OUTUBRO DE 2014 Aprova e regulamenta

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 01/PPGN/2012, DE 11 DE JULHO DE 2012.

RESOLUÇÃO N. 01/PPGN/2012, DE 11 DE JULHO DE 2012. RESOLUÇÃO N. 01/PPGN/2012, DE 11 DE JULHO DE 2012. Dispõe sobre credenciamento e recredenciamento de professores no Programa de Pós-Graduação Nutrição. A coordenação do Programa de Pós-Graduação em Nutrição,

Leia mais

A experiência da USP e o repositório do CRUESP

A experiência da USP e o repositório do CRUESP A experiência da USP e o repositório do CRUESP Profa. Dra. Sueli Mara S. P. Ferreira Seminário VIABILIZANDO O ACESSO ABERTO AO CONHECIMENTO NA FIOCRUZ Rio de Janeiro - 30 de maio de 2014 Estrutura - Composição

Leia mais

AVISO PÚBLICO Nº 12/UNOESC-R/2013

AVISO PÚBLICO Nº 12/UNOESC-R/2013 AVISO PÚBLICO Nº 12/UNOESC-R/2013 Abre inscrições para recebimento de requerimento para credenciamento de docente permanente no Programa de Pós-Graduação Mestrado Acadêmico em Direito. A UNIVERSIDADE DO

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS (UFLA) DEPARTAMENTO DE ADMINSITRAÇÃO E ECONOMIA (DAE) PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO (PPGA) CRITÉRIOS DE SELEÇÃO DO MESTRADO E DOUTORADO O processo de seleção

Leia mais

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA

ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA ELABORAÇÃO DE CATÁLOGO DESCRITIVO DE SITES PARA O ENSINO DE ESPANHOL COMO LÍNGUA ESTRANGEIRA Dayane Ribeiro da Silva (PICV/PRPPG/ UNIOESTE), Greice da Silva Castela (Orientadora), e-mail: greicecastela@yahoo.com.br

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 5º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 5º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) 5º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2014 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério da Ciência,

Leia mais

Modelos de Gestão da Qualidade da Pós-graduação e do Doutorado: Experiências Nacionais: BRASIL

Modelos de Gestão da Qualidade da Pós-graduação e do Doutorado: Experiências Nacionais: BRASIL Modelos de Gestão da Qualidade da Pós-graduação e do Doutorado: Experiências Nacionais: BRASIL Livio Amaral Diretor de Avaliação 17set13 A AVALIAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO (SNPG) (SNPG) -FUNDAMENTOS

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PPGECC. EDITAL 001/2014 Processo Seletivo 2015

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PPGECC. EDITAL 001/2014 Processo Seletivo 2015 PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃO CIVIL PPGECC EDITAL 001/2014 Processo Seletivo 2015 Áreas de Concentração: (detalhes sobre as linhas pesquisa, consultar o site www.ppgcc.ufpr.br )

Leia mais

DOI - Digital Object Identifier

DOI - Digital Object Identifier DOI - Digital Object Identifier conceito, requisitos e responsabilidades dos editores Claudiane Weber Bibliotecária BU/UFSC DOI conceito WEBER, Claudiane (2012) O que é o DOI? 3 "Digital Object Identifier",

Leia mais

NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC

NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC NORMAS ESPECÍFICAS DA COMISSÃO COORDENADORA DO PROGRAMA (CCP) DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA DA ESCOLA DE ENGENHARIA DE SÃO CARLOS EESC I - COMPOSIÇÃO DA COMISSÃO COORDENADORA DE PROGRAMA (CCP)

Leia mais

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Escolha do tema 2. Formulação do problema 3. Justificativa 4. Determinação dos objetivos 5. Referencial teórico 6. Referências 1 Escolha do Tema 1. Escolha do Tema Nesta

Leia mais

REGIME DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO

REGIME DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO REGIME DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA VOLUNTÁRIA DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SÃO PAULO CAPITULO I DA NATUREZA E FINALIDADE Artigo 1º O programa de iniciação científica voluntária

Leia mais

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

1. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AOS PROCESSOS SELETIVOS nº. 016/2015 PROGRAMA DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E MATEMÁTICA COMPUTACIONAL

Leia mais

Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico Metodologia do Trabalho Científico Diretrizes para elaboração de projetos de pesquisa, monografias, dissertações, teses Cassandra Ribeiro O. Silva, Dr.Eng. METODOLOGIA DA PESQUISA CIENTÍFICA Porque escrever

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A):

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): MATRÍCUL A ALUNO (A) REUNI ÃO ORIENTAÇ ÕES TCC Entregue Corrigida Nota Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador:

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO Edital nº 07/2014 Programa institucional de auxílio financeiro ao pesquisador para tradução

Leia mais

ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação

ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação ROTEIRO PARA CLASSIFICAÇÃO DE LIVROS Avaliação dos Programas de Pós graduação Aprovada na 111ª Reunião do CTC de 24 de agosto de 2009 Considerações preliminares O propósito deste roteiro é estabelecer

Leia mais

Especialização, Mestrado e Doutorado

Especialização, Mestrado e Doutorado Especialização, Mestrado e Doutorado Dúvidas Frequentes Anderson Kanegae Soares Rocha http://about.me/kanegae Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação Departamento de Computação Centro de Ciências

Leia mais

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas

Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas Os Investigadores da Universidade de Coimbra e as plataformas & 1 Índice 2 Introdução...3 3 A Plataforma de Curricula DeGóis...3 3.1 É utilizada porque...3 3.2 Com a utilização do DeGóis ganho...4 3.1

Leia mais

EDITAL PIBIC CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016

EDITAL PIBIC CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016 EDITAL PIBIC CNPq 001/2015 PERÍODO 2015/2016 O Centro Universitário Municipal de Franca Uni-FACEF, juntamente com o Comitê Institucional Interno, divulgam as informações para o processo de seleção no PIBIC

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O.

EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. EDITAL DE SELEÇÃO DOCENTE PARA O PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA CIENTÍFICA (PIBID/FAI) EDITAL N O. 004/15 1. APRESENTAÇÃO A Direção-Geral das FACULDADES ADAMANTINENSES INTEGRADAS

Leia mais

- 1 - EDITAL 04/2015 DAS VAGAS

- 1 - EDITAL 04/2015 DAS VAGAS EDITAL 04/2015 Ementa: Edital para seleção de docentes em regime de Tempo Integral 40 horas, para atuar no Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção. O Diretor da Faculdade de Engenharia, Arquitetura

Leia mais

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015

COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015 COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA EDITAL PIBIC / FAPEMIG / FTM-2015 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA: PIBIC/ FAPEMIG/FTM- 2015 A Coordenação do Programa de Pós-Graduação e

Leia mais

Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva NORMAS PARA AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS DE MESTRADO

Programa de Pós-Graduação em Biologia Evolutiva NORMAS PARA AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS DE MESTRADO NORMAS PARA AVALIAÇÃO E ACOMPANHAMENTO DE ALUNOS DE MESTRADO 1. Respeitadas as normas das Agências de Fomento, para acompanhamento, renovação e desligamento, os bolsistas e não bolsistas serão avaliados

Leia mais

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS

RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS RESOLUÇÃO n o 35 de 16/12/2011- CAS Estabelece a política de pesquisa, desenvolvimento, inovação e extensão da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior

Leia mais

DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO FACULDADE IDEAU. Edital de Seleção

DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO FACULDADE IDEAU. Edital de Seleção DOUTORADO INTERINSTITUCIONAL - MINTER UNIVERSIDADE NOVE DE JULHO FACULDADE IDEAU Edital de Seleção Este edital disciplina as informações, abre as inscrições e descreve as etapas do processo seletivo dos

Leia mais

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM

CHAMADA INTERNA 40/2011 PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS CNPq - UFSM Ministério da Educação Universidade Federal de Santa Maria Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa Pró-Reitoria de Graduação Secretaria de Apoio Internacional CHAMADA INTERNA 40/ PRPGP-PROGRAD-SAI PROGRAMA

Leia mais

Edital para Seleção de Mestrado e Doutorado 2º 2013

Edital para Seleção de Mestrado e Doutorado 2º 2013 Edital para Seleção de Mestrado e Doutorado 2º 2013 EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EM CIÊNCIAS GENÔMICAS E BIOTECNOLOGIA EM NÍVEL

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS VITÓRIA EDITAL DPPG-IFES-VITÓRIA Nº 01/2014 - PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS VITÓRIA EDITAL DPPG-IFES-VITÓRIA Nº 01/2014 - PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CAMPUS VITÓRIA Avenida Vitória, 1729 Bairro Jucutuquara 29040-780 Vitória ES 27 3331-2110 DIRETORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DO IFES CAMPUS

Leia mais

DOI: Claudiane Weber

DOI: Claudiane Weber clauweber@gmail.com DOI: sistema de identificação numérico para conteúdo digital Claudiane Weber Bibliotecária UDESSM CRB 14/1272 DOI conceito O que é o DOI? 3 "Digital Object Identifier", significando

Leia mais

SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ

SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ SB-FAJ - Sistema de Bibliotecas da FAJ Normas - O Sistema de Bibliotecas da FAJ - SB-FAJ Faculdade de Jaguariúna, tem como missão dar suporte informacional às atividades educacionais e científicas da Instituição,

Leia mais

ANEXO I FORMULÁRIO DE INDICAÇÃO DE BOLSISTA

ANEXO I FORMULÁRIO DE INDICAÇÃO DE BOLSISTA Nome Completo: ANEXO I FORMULÁRIO DE INDICAÇÃO DE BOLSISTA DADOS DO COORDENADOR/ORIENTADOR Centro: E-mail: Departamento: Telefone: Endereço do Currículo Lattes: Grupo de Pesquisa: ATUAÇÃO DO DOCENTE Doutor

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS À BOLSA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD/CAPES)

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DA INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS EDITAL PROGEPE Nº 099 DE 08 DE MAIO DE 2015 O Pró-Reitor de Gestão de Pessoas da Universidade Federal da Integração Latino-Americana UNILA, conforme competências delegadas por meio da Portaria UNILA nº

Leia mais

Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes

Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes Qualis 2007 Perguntas Mais Frequentes Conteúdo: 1. Há diferença nos conceitos de Qualis das Áreas e Qualis? 2. O que é WebQualis? 3. Como é construído o Qualis? 4. Gostaria de saber como faço para indicar

Leia mais

Identificação. PROEX - Projeto de Extensão Universitária Página 1. Modalidade: Com solicitação de bolsas e/ou recursos (Em continuidade)

Identificação. PROEX - Projeto de Extensão Universitária Página 1. Modalidade: Com solicitação de bolsas e/ou recursos (Em continuidade) PROEX - Projeto de Extensão Universitária Página 1 Modalidade: Trâmite Atual: Com solicitação de bolsas e/ou recursos (Em continuidade) Manifestação da CPEU Identificação Projeto Institucionalizado a quem

Leia mais

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA.

3. DA SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS: 3.1. A seleção será operacionalizada pela Comissão Coordenadora de Programa do PPG-MATEMÁTICA. INSTITUTO DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS E DE COMPUTAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES AO PROCESSO SELETIVO No 034/2015 PROGRAMA DE MATEMÁTICA DOUTORADO E DOUTORADO DIRETO A Presidente

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SERVIÇO SOCIAL PROCESSO DE SELEÇÃO DE CANDIDATOS À BOLSA DE PÓS-DOUTORADO (PNPD/CAPES) O Programa de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Sergipe (PROSS/UFS) torna público o processo de seleção

Leia mais

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA

ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA ROTEIRO PARA A ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA - CEUA Estrutura do Projeto de Pesquisa CAPA FOLHA DE ROSTO SUMÁRIO 1. RESUMO 2. PROBLEMA DE PESQUISA OU INTRODUÇÃO 3. REFERENCIAL TEÓRICO (REVISÃO DE

Leia mais

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA EDITAL No. 01/2010 SELEÇÃO DE CANDIDATOS ÀS VAGAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOÉTICA PARA OS CURSOS DE MESTRADO ACADÊMICO E DOUTORADO

Leia mais

Metodologia Científica. Profa. Alessandra Martins Coelho

Metodologia Científica. Profa. Alessandra Martins Coelho Metodologia Científica Profa. Alessandra Martins Coelho julho/2014 Ementa O Sistema acadêmico brasileiro. O conhecimento científico e outros tipos de conhecimento. Virtudes do texto técnico Modalidades

Leia mais

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR

EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR EDITAL DE RECRUTAMENTO E SELEÇÃO PARA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA O QUADRO DE CORPO DOCENTE DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMINIO DA SILVEIRA - IBMR A DIRETORA ACADÊMICA DO CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO

Leia mais

EDITAL Nº 003, de 05 de dezembro de 2014.

EDITAL Nº 003, de 05 de dezembro de 2014. EDITAL Nº 003, de 05 de dezembro de 2014. A Faculdade de Ciências Humanas (FCH), da Fundação Universidade Federal da Grande Dourados, torna público o presente Edital para abertura de inscrições visando

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró - Reitor ia de Planejamento, Gestão e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas (62) 3328-1123 - radoc@ueg.

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS Pró - Reitor ia de Planejamento, Gestão e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas (62) 3328-1123 - radoc@ueg. EDITAL INTERNO - PrPGF 001/2014 - A Pró-Reitoria de Planejamento, Gestão e Finanças (PrPGF) da Universidade Estadual de Goiás (UEG), tendo em vista o disposto na Resolução CsU nº 051/2013, torna público

Leia mais