DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS COM FUNDAMENTAÇÃO BASE LEGAL, EMITIDA PELO ÓRGÃO (ORIGINAL);

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS COM FUNDAMENTAÇÃO BASE LEGAL, EMITIDA PELO ÓRGÃO (ORIGINAL);"

Transcrição

1 PROTOCOLO GERAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÕES: 1. APOSENTADORIA REQUERIMENTO ASSINADO PELO SERVIDOR E COM VISTO DO CHEFE IMEDIATO (ORIGINAL); OBS.: APOSENTADORIA COMPULSÓRIA - NÃO É NECESSÁRIO REQUERIMENTO. TERMO DE OPÇÃO ASSINADO PELO SERVIDOR, CONFORME SIMULAÇÃO DO SIPREV (ORIGINAL); ÚLTIMO CONTRACHEQUE (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL); DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS COM FUNDAMENTAÇÃO BASE LEGAL, EMITIDA PELO ÓRGÃO (ORIGINAL); DOCUMENTOS PESSOAIS: RG, CPF, CERTIDÃO DE NASCIMENTO OU CASAMENTO, TÍTULO DE ELEITOR, CARTEIRA DE RESERVISTA E COMPROVENTE DE ENDEREÇO (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL); DECLARAÇÃO DE BENS (ORIGINAL): ASSINADA PELO REQUERENTE E DUAS TESTEMUNHAS, COLOCAR NÚMERO DA IDENTIDADE OU CPF E/OU DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL); DECLARAÇÃO DE ACUMULAÇÃO OU NÃO CARGOS, EMPREGOS OU FUNÇÃO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA (ORIGINAL): ACUMULAÇÃO LÍCITA: DECLARAR QUE NÃO HOUVE, NEM HAVERÁ APROVEITAMENTO DO TEMPO DE SERVIÇO EM OUTRA CONTAGEM, APRESENTANDO (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL) : ۰CONTRACHEQUE DO CARGO QUE ACUMULA;

2 ۰DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS EMITIDA PELO ÓRGÃO ONDE ACUMULA CARGO; ۰DECLARAÇÃO INDICANDO O HORÁRIO DE TRABALHO DO SERVIDOR EMITIDA PELO ÓRGÃO ONDE ACUMULA CARGO; INATIVO: APRESENTAR CONTRACHEQUE, DECRETO E O JULGAMENTO DA APOSENTADORIA PELO TCE. CONTRATO DE TRABALHO OU ATO DE ADMISSÃO OU MEMORANDO OU TERMO DE POSSE OU DECLARAÇÃO (A DECLARAÇÃO DEVE SER TRANSFORMADA EM CERTIDÃO DADA PELO ÓRGÃO DE ORIGEM E QUE SEJA ANEXADA A DECLARAÇÃO QUE FOI TRANSFORMADA) (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); APOSTILA OU DECRETO DE ENQUADRAMENTO (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); SE HOUVE AVERBAÇÃO DE TEMPO DE SERVIÇO, APRESENTAR (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL) : ۰PORTARIA DE AVERBAÇÃO; ۰CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DO PERÍODO AVERBADO DO INSS (ORIGINAL); PORTARIA OU MEMORANDO DO ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO (ANEXAR LEI COMPLEMENTAR Nº 33/03); SE EXERCEU OU ESTIVER EXERCENDO CARGO EM COMISSÃO E/OU FUNÇÃO GRATIFICADA: ANEXARCÓPIAS DOS ATOS DE NOMEAÇÕES, DESIGNAÇÕES E EXONERAÇÕES (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); SE TIVER GRATIFICAÇÃO INCORPORADA: ANEXAR CÓPIA DO PROCESSO DE INCORPORAÇÃO; TRANSPOSIÇÃO OU MUDANÇA DE CARGOS (CÓPIAS DOS ATOS);

3 CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA DO IAPEP (ORIGINAL); DECRETO DE ENQUADRAMENTO NO PLANO DE CARGOS E SALÁRIOS (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); MAPA DE TEMPO DE SERVIÇO JÁ EXISTENTE NA PASTA DO SERVIDOR (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); SE PROFESSOR (ALÉM DA DOCUMENTAÇÃO ACIMA): APOSTILAS DE ACESSO OU PROMOÇÕES FUNCIONAIS (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); APOSTILAS DE NÍVEIS OU PROGRESSÕES FUNCIONAIS (TODAS E EM SEQUÊNCIA, CÓPIAS AUTENTICADAS OU CONFERIDAS PELOS ORIGINAIS); DECLARAÇÃO QUE COMPROVE EXCLUSIVAMENTE TEMPO DE EFETIVO EXERCÍCIO DAS FUNÇÕES DE MAGISTÉRIO NA EDUCAÇÃO INFANTIL, ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO; NO CASO DE DISPOSIÇÃO APRESENTAR DOCUMENTOS QUE COMPROVEM A FUNÇÃO DE PROFESSOR DURANTE A DISPOSIÇÃO; POR INVALIDEZ (ALÉM DA DOCUMENTAÇÃO ACIMA): ATESTADO MÉDICO OU LAUDO MÉDICO (ORIGINAL) QUE COMPROVE INVALIDEZ PERMANENTE DECORRENTE DE ACIDENTE EM SERVIÇO, MOLÉSTIA PROFISSIONAL OU DOENÇA GRAVE, CONTAGIOSA OU INCURÁVEL, ASSIM ESPECIFICADAS: TUBERCULOSE ATIVA, ALIENAÇÃO MENTAL, ESCLEROSE MÚLTIPLA, NEOPLASIA MALIGNA, CEGUEIRA POSTERIOR AO INGRESSO NO SERVIÇO PÚBLICO, HANSENÍASE, CARDIOPATIA GRAVE, DOENÇA DE PARKINSON, PARALISIA IRREVERSÍVEL E INCAPACITANTE, ESPONDILOARTROSE ANQUILOSANTE, NEOPATIA GRAVE, ESTADOS AVANÇADOS DO MAL DE PAGET (OSTEOÍSTE DEFORMANTE), SÍNDROME DE INUNO DEFICIÊNCIA ADQUIRIDA - AIDS, E OUTRAS QUE A LEI INDICAR, COM BASE NA MEDICINA ESPECIALIZADA; MAPA DE LICENÇA SAÚDE (ORIGINAL); PLANO DE CARGO.

4 PROCESSOS DE LICENÇAS SAÚDE (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA PELO ORIGINAL); 2. ABONO DE PERMANÊNCIA CÓPIA DA CERTIDÃO DE CONTRIBUIÇÃO DO IAPEP; CÓPIA DOS DOCUMENTOS PESSOAIS: RG, CPF, CERTIDÃO DE NASCIMENTO OU CASAMENTO; DECLARAÇÃO QUE COMPROVE EXCLUSIVAMENTE TEMPO DE EFETIVO EXERCÍCIO DAS FUNÇÕES DE MAGISTÉRIO NA EDUCAÇÃO INFANTIL, NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO; MAPA DE TEMPO DE SERVIÇO ATUALIZADO; NO CASO DE DISPOSIÇÃO APRESENTAR DOCUMENTOS QUE COMPROVEM A FUNÇÃO DE PROFESSOR DURANTE A DISPOSIÇÃO; SE HOUVER AVERBAÇÃO DE TEMPO: APRESENTAR PORTARIA E CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO INSS, ATO DE ADMISSÃO OU MEMORANDO OU CONTRATO OU TERMO DE POSSE; 3. ADICIONAL POR TEMPO DE SERVIÇO CÓPIA DO ATO DE ADMISSÃO, MEMORANDO, CONTRATO OU TERMO DE POSSE; 4. AVALIAÇÕES DE ESTÁGIO PROBATÓRIO ATIVIDADES DE EXTENSÃO E/OU PESQUISAS COMPROVADAS PELAS RESPECTIVAS PRÓ-REITORIAS;

5 CÓPIA DO CONTRACHEQUE OU TERMO DE POSSE; DECLARAÇÕES DAS DISCIPLINAS MINISTRADAS, POR SEMESTRE, EMITIDA PELA COORDENAÇÃO DE CURSO; DEMOSTRATIVO DE AVALIAÇÃO DISCENTE. 5. AVERBAÇÃO CERTIDÃO DO INSS (ORIGINAL); CÓPIA DOS DOCUMENTOS PESSOAIS: RG, CPF; REQUERIMENTO; 6. CONTAGEM DE EX-SERVIDOR ADESÃO - PDV (PORTARIA); APOSTILA DE ENQUADRAMENTO (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL); ATO DE ADMISSÃO; CONTRATO, NOMEAÇÃO, MEMORANDO (CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAL); CÓPIA AUTENTICADA OU CONFERIDA COM ORIGINAIS DOS DOCUMENTOS PESSOAIS (RG, CPF, CERTIDÃO DE NASCIMENTO OU CASAMENTO); EXONERAÇÃO; REQUERIMENTO ASSINADO PELO SERVIDOR A SER EXONERADO; TRANSPOSIÇÃO DE CARGOS. 7. CONTAGEM DE TEMPO DE SERVIÇO

6 CÓPIA DA CERTIDÃO DE NASCIMENTO OU CASAMENTO; CÓPIA DA PORTARIA DE MUDANÇAS DE CLASSES E NÍVEIS (ASCENSÃO E PROGRESSÃO FUNCIONAL); CÓPIA DO R.G. E CPF; CÓPIA DO TERMO DE POSSE OU PORTARIA DE CONTRATAÇÃO; CÓPIA DO ÚLTIMO MAPA DE TEMPO DE SERVIÇO; 8. DEDICAÇÃO EXCLUSIVA CÓPIA DO PROJETO REGISTRADO NA PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO - PROP; DECLARAÇÃO DE QUE NÃO EXERCE NENHUMA OUTRA ATIVIDADE REMUNERADA EM OUTRA INSTITUIÇÃO, SEJA ELA PÚBLICA OU PRIVADA (MODELO NA DAOS); FAZER EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS, JUSTIFICANDO A SOLICITAÇÃO DO PEDIDO DE DEDICAÇÃO EXCLUSIVA E ENCAMINHAR À REITORIA. 9. EXONERAÇÃO CÓPIA DE DOCUMENTOS PESSOAIS (RG E CPF); CÓPIA DO TERMO DE POSSE OU PORTARIA DE CONTRATAÇÃO; REQUERIMENTO ASSINADO PELO SERVIDOR A SER EXONERADO.

7 10. GRATIFICAÇÃO POR CURSO CÓPIA DO CERTIFICADO DO CURSO CONSOLIDADO; CÓPIA DO CERTIFICADOS PARA COMPROVAÇÃO DOS CURSOS JÁ INCLUÍDOS NO CONTRACHEQUE; 11. INCENTIVO POR TITULAÇÃO MUDANÇA DE CLASSE - PROMOÇÃO FUNCIONAL CERTIFICADO DE PÓS-GRADUAÇÃO (PARA ESPECIALISTAS); CÓPIA DO CONTRACHEQUE (ÚLTIMO MÊS RECEBIDO); DIPLOMA (PARA MESTRE E DOUTORES); HISTÓRICO ESCOLAR DA PÓS-GRADUAÇÃO; PORTARIA DE CONTRATAÇÃO OU TERMO DE POSSE (PARA OS PROFESSORES QUE NÃO POSSUEM CONTRACHEQUE E SOLICITAM CONCESSÃO DE INCLUSÃO); PROMOÇÃO FUNCIONAL: PORTARIA DE HOMOLOGAÇÃO DO ESTÁGIO PROBATÓRIO; 12. LICENÇA MATERNIDADE ATESTADO MÉDICO ORIGINAL; CASO O PRAZO JÁ TENHA OCORRIDO, ANEXAR CÓPIA DO REGISTRO DE NASCIMENTO;

8 13. LICENÇA MÉDICA ATESTADO MÉDICO ORIGINAL; 14. LICENÇA PARA CAPACITAÇÃO COMPROVAÇÃO DE MATRÍCULA OU DECLARAÇÃO DE ESTAR CURSANDO, ESPECIFICADO CARGA HORÁRIA, NO MÍNIMO DE 120h; REQUERIMENTO ASSINADO PELO CHEFE IMEDIATO (FORNECIDO PELA UESPI/SETOR DE PROTOCOLO). SERVIDOR À DISPOSIÇÃO: PORTARIA DE PERMISSÃO CONCEDIDA PELA SECRETARIA DE ORIGEM. SERVIDOR DA UESPI: PORTARIA DE CONCESSÃO FORNECIDA PELO DGP/PRAD. 15. LIÇENÇA PRÊMIO REQUERIMENTO ASSINADO PELO CHEFE IMEDIATO (FORNECIDO PELA UESPI/SETOR DE PROTOCOLO). SERVIDOR À DISPOSIÇÃO: PORTARIA DE PERMISSÃO CONCEDIDA PELA SECRETARIA DE ORIGEM. SERVIDOR DA UESPI: PORTARIA DE CONCESSÃO FORNECIDA PELO DGP/PRAD. 16. LICENÇA SEM VENCIMENTO

9 17. MUDANÇA DE NÍVEL PROGRESSO FUNCIONAL COMPROVAÇÃO DAS ATIVIDADES DE EXTENSÃO E PESQUISA PARA PROFESSOR DE 40h E DEDICAÇÃO EXCLUSIVA; CÓPIA DAS DUAS ÚLTIMAS PORTARIAS DE ASCENÇÃO FUNCIONAL; PORTARIA DE HOMOLOGAÇÃO DO ESTÁGIO PROBATÓRIO; RELATÓRIO DE ATIVIDADES DOCENTES; 18. MUDANÇA DE NÍVEL - SEDUC APOSTILA DE PROMOÇÃO; DECLARAÇÃO DE DISPOSIÇÃO DO ÓRGÃO DE ORIGEM. 19. SALÁRIO FAMÍLIA COMPROVANTE DE MATRÍCULA ONDE ESTUDA O DEPENDENTE; CÓPIA DA CERTIDÃO DE NASCIMENTO DO DEPENDENTE; CÓPIA DO CARTÃO DE VACINAÇÃO;

10 DECLARAÇÃO DO SERVIDOR E DO CÔNJUGE, INFORMANDO QUE NÃO RECEBEM O REFERIDO BENEFÍCIO; 20. SOLICITAÇÃO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAIS, SERVIÇOS E OBRAS REQUISIÇÃO, MEMORANDO OU OFÍCIO. 21. SOLICITAÇÃO DE DIÁRIA CÓPIA DO CONTRACHEQUE ATUALIZADO; CÓPIA DA IDENTIDADE E CPF; CÓPIA DO EXTRATO BANCÁRIO, CONTENDO Nº CONTA CORRENTE E AGÊNCIA DOCUMENTO QUE COMPROVE O EVENTO (QUALQUER QUE SEJA O EVENTO) 22. SOLICITAÇÃO DE PAGAMENTO REQUERIMENTO OU DOCUMENTO OFICIAL: MEMORANDO OU OFÍCIO. 23. VALE TRANSPORTE COMPROVANTE DE ENDEREÇO ATUALIZADO EM NOME DO REQUERENTE; CÓPIA DO ÚLTIMO CONTRACHEQUE OU PORTARIA DE CONTRATAÇÃO; REQUERIMENTO DE OPÇÃO PELA UTILIZAÇÃO DE VALE TRANSPORTE.

11

12

13

O seu futuro em boas mãos

O seu futuro em boas mãos O seu futuro em boas mãos Previdência Social de Campina Grande do Sul Paraná Previdência Social de Campina Grande do Sul Paraná Março 1994 Aposentadoria por Tempo de Contribuição Os Servidores Públicos

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CARIACICA - IPC. Principais procedimentos Perícia Médica e Benefícios Previdenciários

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CARIACICA - IPC. Principais procedimentos Perícia Médica e Benefícios Previdenciários INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE CARIACICA - IPC Principais procedimentos Perícia Médica e Benefícios Previdenciários APRESENTAÇÃO DE ATESTADO À CHEFIA IMEDIATA As licenças

Leia mais

Informações sobre Aposentadoria

Informações sobre Aposentadoria MINISTÉRIO DAS RELAÇÕES EXTERIORES Subsecretaria-Geral do Serviço Exterior Departamento do Serviço Exterior Informações sobre Aposentadoria Departamento do Serviço Exterior Divisão de Pagamentos Esplanada

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E MODERNIZAÇÃO ÁREA DE RECURSOS HUMANOS DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA ABERTURA DE PROCESSOS A formalização do processo torna-se procedimento indispensável para solicitação de quaisquer serviços ou benefícios. Desta forma, é necessário fazer juntada

Leia mais

1 Dados do Servidor MATRÍCULA SIAPE CPF DATA DE NASCIMENTO TELEFONE RESIDÊNCIAL TELEFONE DO TRABALHO CIDADE ESTADO CEP

1 Dados do Servidor MATRÍCULA SIAPE CPF DATA DE NASCIMENTO TELEFONE RESIDÊNCIAL TELEFONE DO TRABALHO CIDADE ESTADO CEP MINISTÉRIO DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DEPARTAMENTO DE ÓRGÃOS EXTINTOS SAN Quadra 03 Lote A Ed. Núcleo dos Transportes Sala nº 2237 CEP: 70.040-902 BRASÍLIA DF ESPAÇO RESERVADO

Leia mais

É o retorno do servidor posto em disponibilidade. A disponibilidade não é uma forma de punição, é uma garantia do servidor.

É o retorno do servidor posto em disponibilidade. A disponibilidade não é uma forma de punição, é uma garantia do servidor. Turma e Ano: TJ ANALISTA JUDICIÁRIO e EXECUTANTE (2014) Matéria / Aula: Estatuto dos Servidores / Aula 2 Professor: Marcelo Chaves Monitor: Juliana Louzada FORMAS DE PROVIMENTO: Recondução: Segundo a Constituição,

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA

Leia mais

COGESP/SEPOG/PMF III REUNIÃO

COGESP/SEPOG/PMF III REUNIÃO COGESP/SEPOG/PMF III REUNIÃO Agenda Horário Assunto Palestrante 8:00h às 8:30h Abertura da Reunião pelo Secretário da SEPOG Philipe Nottingham 8:30h às 9:30h Apresentação do Processo de Aposentadoria nova

Leia mais

CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO

CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO ESCOLAR 3º Encontro de Integração dos Servidores da Educação CARREIRA DOS SERVIDORES DO QUADRO DO MAGISTÉRIO 29 de junho de 2011 Para mais informações consulte http://www.pmf.sc.gov.br/entidades/educa

Leia mais

TIPOS E REGRAS DE APOSENTADORIAS

TIPOS E REGRAS DE APOSENTADORIAS TIPOS E REGRAS DE APOSENTADORIAS O SINTFUB entende que o servidor que está para aposentar tem de ter esclarecimento sobre os tipos e regras para aposentadorias hoje vigentes antes de requerer esse direito.

Leia mais

PRESTAÇÕES BENEFICIÁRIAS. Benefícios e Serviços

PRESTAÇÕES BENEFICIÁRIAS. Benefícios e Serviços Seguridade Social Profª Mestre Ideli Raimundo Di Tizio p 20 PRESTAÇÕES BENEFICIÁRIAS Benefícios e Serviços As prestações compreendidas pelo Regime Geral de Previdência Social são expressas em benefícios

Leia mais

ACORDO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASIL - JAPÃO

ACORDO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASIL - JAPÃO ACORDO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASIL E JAPÃO 63 ACORDO DA PREVIDÊNCIA SOCIAL BRASIL - JAPÃO Acordo internacional Brasil/Japão, que foi assinado em 29 de julho de 2010 e entrou em vigor em 1º de março de

Leia mais

FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR - FAPS REGRAS DE APOSENTADORIA

FUNDO DE APOSENTADORIA E PENSÃO DO SERVIDOR - FAPS REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS DE APOSENTADORIA REGRA PERMANENTE Art. 40 da CF redação da EC 41/03 Servidores que ingressaram no serviço público a partir de 01/01/2004. Média de Contribuições Manutenção do Valor Real INVALIDEZ

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE GOV. VALADARES Departamento de Benefícios

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE GOV. VALADARES Departamento de Benefícios DIREITOS PREVIDENCIÁRIOS DO SERVIDOR PÚBLICO O RPPS é estabelecido por lei elaborada em cada um dos Estados, dos Municípios e do Distrito Federal, e se destina exclusivamente aos servidores públicos titulares

Leia mais

PRAZOS PARA PROTOCOLO DE SOLICITAÇÕES E OCORRÊNCIAS NO SERVIÇO DE PESSOAL Válidos a partir de 05/10/2015

PRAZOS PARA PROTOCOLO DE SOLICITAÇÕES E OCORRÊNCIAS NO SERVIÇO DE PESSOAL Válidos a partir de 05/10/2015 Abono de permanência se aplica A partir do dia seguinte ao do cumprimento de TODOS os requisitos necessários para aposentadoria Acidente de Trabalho 24 horas 5 dias corridos Atestado Médico Adicional de

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE ALAGOAS

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE ALAGOAS TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE ALAGOAS Palestra Tema: Formalização de Processo Administrativo na Gestão de Pessoas Aposentadoria é a contraprestação assistencial por serviços prestados, nos termos da

Leia mais

RETIFICAÇÃO DO 14º EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO 001/2013

RETIFICAÇÃO DO 14º EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO 001/2013 RETIFICAÇÃO DO 14º EDITAL DE CONVOCAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO 001/2013 1. DA CONVOCAÇÃO E NOMEAÇÃO 1.1. O Prefeito Municipal de Cametá no uso de suas atribuições legais, e em cumprimento ao disposto no item

Leia mais

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA)

ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA) ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA) Recebi o diagnóstico de ELA e agora? Orientações básicas sobre direitos previdenciários Esta cartilha surgiu com a intenção de esclarecer dúvidas frequentes, quando

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ SUPERINTENDÊNCIA DE RECURSOS HUMANOS Ao Magnífico Reitor da Universidade Federal do Piauí, Venho requerer minha aposentadoria, nos termos do fundamento legal abaixo assinado: 1 Dados do Servidor Nome: CPF: Data de nascimento: / / Endereço

Leia mais

Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas

Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Comissão: Ana Maria Coelho Laurenti Elisângela Rodrigues Carrijo José Francisco Gregoracci Marco Antonio Zanni Maria Helena Pereira Rosalini Prof. Dr Mauro Rocha Côrtes

Leia mais

Manual de Procedimentos

Manual de Procedimentos Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos Versão 1 Nesta edição: 02 de maio de 2012 AFASTAMENTOS Afastamento do País Afastamento para Pós graduação Integral Cancelamento de Afastamento Integral para

Leia mais

EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015

EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015 EDITAL N.º 083/15 DE 24 DE ABRIL DE 2015 CHAMAMENTO PÚBLICO O Município de Não-Me-Toque, através da Secretaria Municipal de Habitação, em consonância com o Edital de Seleção Nº 001/2014, a Lei N.º 4.489/2014

Leia mais

ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA

ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA Código Descrição 1 Cônjuge Feminino 34 Cônjuge Masculino 7 Companheiro(a)/ Convivente 30 Ex-Cônjuge Feminino com Pensão Alimentícia 3 Filho(a) Solteiro(a) 17 Enteado(a) Solteiro(a)

Leia mais

MANUAL DO SERVIDOR APOSENTÁVEL. Servidor, este manual tem o objetivo de orientá-lo, por ocasião da aposentadoria.

MANUAL DO SERVIDOR APOSENTÁVEL. Servidor, este manual tem o objetivo de orientá-lo, por ocasião da aposentadoria. MANUAL DO SERVIDOR APOSENTÁVEL Servidor, este manual tem o objetivo de orientá-lo, por ocasião da aposentadoria. Onde requerer sua aposentadoria? Dirigir-se ao Órgão de Pessoal da Secretaria em que estiver

Leia mais

1. Finalidade Estabelecer critérios e procedimentos para a efetivação das Aposentadorias Compulsória, Voluntária e por Invalidez.

1. Finalidade Estabelecer critérios e procedimentos para a efetivação das Aposentadorias Compulsória, Voluntária e por Invalidez. 1. Finalidade Estabelecer critérios e procedimentos para a efetivação das Aposentadorias Compulsória, Voluntária e por Invalidez. 2. Base Legal e Normativa 2.1. Art. 40, 1º, inciso II, da Constituição

Leia mais

Relação dos documentos necessários para Aposentadoria

Relação dos documentos necessários para Aposentadoria 1 /11 a) APOSENTADORIA POR INVALIDEZ Laudo Médico Expedido pela DIMS; civil atual); Histórico-funcional (dados de ingresso na Instituição: data, cargo, nível, regime de trabalho, forma de ingresso) - RHC;

Leia mais

PROGRAMA DE PROLONGAMENTO DE ANUIDADES 2009/1

PROGRAMA DE PROLONGAMENTO DE ANUIDADES 2009/1 INSTITUTO SUPERIOR DE EDUCAÇÃO SANT ANA FACULDADE SANT ANA PROGRAMA DE PROLONGAMENTO DE ANUIDADES 2009/1 EDITAL Nº 09/2008 Estabelece normas para o Programa de Prolongamento de Anuidades, para o primeiro

Leia mais

COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE

COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE COMPROVANTE DE RENDIMENTOS PAGOS E DE RETENÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA NA FONTE Ano Calendário/ 2010 Quer entender um pouco mais sobre este documento? Conheça as informações que devem constar em cada quadro

Leia mais

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 1- DEFINIÇÃO APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 1.1 Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos calculados de acordo com a média aritmética das maiores remunerações,

Leia mais

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO

MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE LUCAS DO RIO VERDE CONTROLE INTERNO 1/8 1) DOS OBJETIVOS: 1.1) Disciplinar e normatizar os procedimentos operacionais na administração de recursos humanos; 1.2) Garantir maior segurança na admissão e exoneração de pessoal; 1.3) Manter atualizado

Leia mais

XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica. Isenção de Carência do INSS Temporário x Definitivo

XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica. Isenção de Carência do INSS Temporário x Definitivo INSS - DIRETORIA DE BENEFÍCIOS XVII Congresso Brasileiro de Perícia Médica Isenção de Carência do INSS Temporário x Definitivo Filomena Maria Bastos Gomes Coordenadora Geral de Benefícios por Incapacidade

Leia mais

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei:

Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado do Paraná aprovou e eu, ALBARI GUIMORVAM FONSECA DOS SANTOS, sanciono a seguinte lei: LEI Nº 1524/2009 Altera a Lei Municipal nº 1032 de 29 de Junho de 1998 e a Lei Municipal nº 1030 de 29 de Junho de 1998 e dá outras providências: Faço saber, que a Câmara Municipal de Mangueirinha, Estado

Leia mais

Digite o título aqui. Informativo 17/2015

Digite o título aqui. Informativo 17/2015 Data do boletim informativo Volume 1, Edição 1 Digite o título aqui Informativo 17/2015 PUBLICADA LEI QUE PROMOVE ALTERAÇÕES NOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Lei nº 13.135, de 17 de junho de 2015 - DOU de

Leia mais

O que é? virtuais O que mudou com o processo eletrônico?

O que é? virtuais O que mudou com o processo eletrônico? Início Janeiro/2016 O que é? Processo eletrônico é o processo no qual todas as peças processuais (petições, certidões, despachos, etc.) são virtuais, ou seja, foram digitalizadas em arquivos para visualização

Leia mais

EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO ANO 2016

EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO ANO 2016 EDITAL DE BOLSA SOCIAL DE ESTUDO ANO 2016 A ORDEM AUXILIADORA DAS SENHORAS EVANGÉLICAS - OASE: 1. IEL Instituto Educacional Luterano; Por meio de seu PROGRAMA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL, conforme

Leia mais

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA A Ficha Socioeconômica deve ser preenchida, sem rasuras, assinada pelo (a) candidato(a) ou pelo(a) pai, mãe e/ou responsável legal e, apresentada

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 Seleção Pública de bolsistas do Programa de Apoio ao Ingressante PAI para

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM) PARA ALUNOS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA No ato da apresentação dos documentos comprobatórios obrigatórios deverão ser apresentados os originais e cópias dos mesmos OU cópias autenticadas

Leia mais

PROGRAMA AUXÍLIO-CRECHE

PROGRAMA AUXÍLIO-CRECHE PROGRAMA AUXÍLIO-CRECHE OBSERVAÇÕES: 1. A comprovação de desemprego somente se realiza com a cópia da Carteira de Trabalho e com a assinatura da Declaração de não exercício de atividade remunerada. Nisso

Leia mais

ACORDO BRASIL/JAPÃO 1

ACORDO BRASIL/JAPÃO 1 ACORDO BRASIL/JAPÃO 1 ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - INSS PRESIDÊNCIA DIRSAT DIRBEN DIRAT DGP DIROFL PFE AUDGER CORREG SUP REGIONAL CGAIS CGRD CGGPB GEX CAINTER APS Corpo funcional: 39 mil servidores 2 ESTRUTURA

Leia mais

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Administração de Pessoal Divisão de Benefícios

Ministério da Educação UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas Departamento de Administração de Pessoal Divisão de Benefícios Ministério da Educação APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA Matrícula UFPR: Matrícula SIAPE: Data de nascimento: Telefone: Declaro que: ( ) não possuo saldo de férias; ( ) possuo saldo de férias, conforme abaixo discriminado:

Leia mais

PRESIDÊNCIA DIRBEN. Corpo funcional: 39 mil servidores CGRD CAINTER DIRSAT SUP REGIONAL GEX APS

PRESIDÊNCIA DIRBEN. Corpo funcional: 39 mil servidores CGRD CAINTER DIRSAT SUP REGIONAL GEX APS ACORDO BRASIL/JAPÃO ESTRUTURA ORGANIZACIONAL - INSS PRESIDÊNCIA DIRSAT DIRBEN DIRAT DGP DIROFL PFE AUDGER CORREG SUP REGIONAL CGAIS CGRD CGGPB GEX CAINTER APS Corpo funcional: 39 mil servidores ESTRUTURA

Leia mais

REQUERIMENTO. MD. Presidente do CRTR 17ª Região, Eu, CPF:, CRTR 17 venho através deste requerer:

REQUERIMENTO. MD. Presidente do CRTR 17ª Região, Eu, CPF:, CRTR 17 venho através deste requerer: REQUERIMENTO Ilmo. Sr. TR. Wellington Miranda Carvalho MD. Presidente do CRTR 17ª Região, Eu, CPF:, CRTR 17 venho através deste requerer: ( ) Baixa de Registro Profissional de Franqueado do PRAP e mudança

Leia mais

Serviços Relacionados à Pessoa Jurídica

Serviços Relacionados à Pessoa Jurídica Serviços Relacionados à Pessoa Jurídica Atenção: Documentos apresentados em fotocópia devem ser autenticados em Cartório ou acompanhados dos originais para receberem autenticação do CREA. Documentos obrigatórios

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL GOIANO ASSESSORIA INTERNACIONAL REGULAMENTO GERAL PARA AFASTAMENTO DE SERVIDOR DO INSTITUTO FEDERAL GOIANO PARA

Leia mais

APOSENTADORIAS. Aposentadoria por invalidez permanente;

APOSENTADORIAS. Aposentadoria por invalidez permanente; APOSENTADORIAS Aposentadoria é o direito que o servidor tem à inatividade remunerada, em decorrência de invalidez, da idade, ou oriunda da conjugação de vários requisitos, quais sejam: tempo de exercício

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 7PENSÃO CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública. A

Leia mais

MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA

MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA 9 MANUAL DA APOSENTADORIA E ABONO DE PERMANÊNCIA Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará Manual da Aposentadoria e Abono de Permanência 1 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIAS

REGRAS DE APOSENTADORIAS REGRAS DE APOSENTADORIAS Cartilha elaborada para reunião com servidores de Betim - Maio/2015 O IPREMB O IPREMB é uma autarquia que operacionaliza e administra o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS)

Leia mais

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ESTADO DO MARANHÃO PREFEITURA MUNICIPAL DE IMPERATRIZ SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO EDITAL Nº 01/2015 SEMED (Prazo: 30 dias) Processo Seletivo para a concessão de licença para qualificação profissional

Leia mais

Orientações sobre Benefícios do INSS

Orientações sobre Benefícios do INSS Orientações sobre Benefícios do INSS A PREFEITURA DE GUARULHOS MANTÉM UM CONVÊNIO COM O INSS AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DE GUARULHOS PARA REQUERIMENTO DOS SEGUINTES BENEFÍCIOS: AUXÍLIO DOENÇA PREVIDENCIÁRIO,

Leia mais

MANUTENÇÃO E PERDA DA QUALIDADE DE SEGURADO

MANUTENÇÃO E PERDA DA QUALIDADE DE SEGURADO A manutenção da qualidade do segurado é essencial porque sem ela inexiste a prestação previdenciária. Tal proteção só é dada a quem é segurado, ou a dependente de quem é segurado, nunca a ex-segurado!!!

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÃO DE APOSENTADORIA E PENSÃO POR MORTE. (Instituído pela Instrução Normativa 01/2014 Fozprev)

MANUAL DE INSTRUÇÃO DE APOSENTADORIA E PENSÃO POR MORTE. (Instituído pela Instrução Normativa 01/2014 Fozprev) MANUAL DE INSTRUÇÃO DE APOSENTADORIA E PENSÃO POR MORTE (Instituído pela Instrução Normativa 01/2014 Fozprev) Abril 2014 SUMÁRIO PARTE I BENEFÍCIO DE APOSENTADORIA... 2 1 PROCEDIMENTOS PROCESSUAIS APOSENTADORIA

Leia mais

MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO

MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 11 MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará MANUAL DE CERTIDÃO DE TEMPO DE CONTRIBUIÇÃO 1 Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO PRÓ-REITORIA DE GESTÃO ESTUDANTIL PROGEST PROGRAMA DE APOIO AO INGRESSANTE EDITAL 01/2015 Seleção Pública de bolsistas do Programa de Apoio ao Ingressante PAI para

Leia mais

INVESTIMENTO I - IMPOSTO DE RENDA NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR II - SIMULE E FAÇA CONTRIBUIÇÕES ADICIONAL

INVESTIMENTO I - IMPOSTO DE RENDA NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR II - SIMULE E FAÇA CONTRIBUIÇÕES ADICIONAL INVESTIMENTO I - IMPOSTO DE RENDA NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR II - SIMULE E FAÇA CONTRIBUIÇÕES ADICIONAL I - IMPOSTO DE RENDA NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR A Lei n.º 11.053, de 29 de dezembro de 2004, trouxe

Leia mais

Batendo um papo. Você sabia que em nosso país existem hoje três grandes regimes previdenciários? São eles:

Batendo um papo. Você sabia que em nosso país existem hoje três grandes regimes previdenciários? São eles: Apresentação A cartilha é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Administração, aprovada pelo Conselho Curador do Fundo Municipal de Assistência e Previdência - Fumap. O objetivo da produção deste material

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

IX ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA NA APOSENTADORIA

IX ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA NA APOSENTADORIA IX ISENÇÃO DO IMPOSTO DE RENDA NA APOSENTADORIA Instrução Normativa SRF 15, de 6/2/2001 O que é? Os portadores de câncer (neoplasia maligna) estão isentos do Imposto de Renda relativo aos rendimentos de

Leia mais

Centro Universitário Senac MANUAL PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS INCENTIVO ACADÊMICO 2º SEMESTRE 2013

Centro Universitário Senac MANUAL PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS INCENTIVO ACADÊMICO 2º SEMESTRE 2013 Centro Universitário Senac MANUAL PROGRAMA DE BOLSAS DE ESTUDOS INCENTIVO ACADÊMICO 2º SEMESTRE 2013 1. O QUE É 1.1. O Programa de Bolsas de Estudo do Centro Universitário Senac, na modalidade Bolsa Incentivo

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Faculdade de Ciências Farmacêuticas Câmpus de Araraquara EDITAL DE SELEÇÃO 2016 PROGRAMA DE PÓS- GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS Estarão abertas no período de 03 a 23/11/2015 na Seção Técnica de Pós-

Leia mais

DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS NO MOMENTO DA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PELO CANDIDATO OU MEMBRO DO GRUPO FAMILIAR 1.

DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS NO MOMENTO DA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PELO CANDIDATO OU MEMBRO DO GRUPO FAMILIAR 1. DOCUMENTOS QUE DEVEM SER APRESENTADOS NO MOMENTO DA COMPROVAÇÃO DE INFORMAÇÕES PELO CANDIDATO OU MEMBRO DO GRUPO FAMILIAR 1. A documentação deve estar completa e ser apresentada na ordem descrita abaixo.

Leia mais

DEFINIÇÃO: APOSENTADORIA INTEGRAL REGRA GERAL

DEFINIÇÃO: APOSENTADORIA INTEGRAL REGRA GERAL DEFINIÇÃO: APOSENTADORIA INTEGRAL REGRA GERAL Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos integrais, por ter completado o tempo de contribuição e idade exigidas por lei. REQUISITOS

Leia mais

Parágrafo único. Os servidores docentes podem candidatar-se somente em caso de formação de mestrado ou doutorado.

Parágrafo único. Os servidores docentes podem candidatar-se somente em caso de formação de mestrado ou doutorado. RESOLUÇÃO N o 014, de 23 de dezembro de 2009. Regulamenta o Programa de Incentivo à Formação dos Servidores (PROSER) da UFSJ. O PRESIDENTE DO CONSELHO DIRETOR DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO JOÃO DEL-REI

Leia mais

Informações sobre afastamento para qualificação e licença para capacitação

Informações sobre afastamento para qualificação e licença para capacitação Informações sobre afastamento para qualificação e licença para capacitação O que é capacitação? A Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoal assim define capacitação: Processo permanente e deliberado

Leia mais

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5

FACULDADE DIREÇÃO GERAL NORMA 029 1/5 1. Dos Requisitos e Documentos para o Ingresso Para ingressar nos cursos de ensino superior o candidato deve ter concluído o Ensino Médio, prestar processo seletivo da IES ou ingressar por uma das formas

Leia mais

ASSUNTO: PEDIDO DE RESTITUIÇÃO IRRF MOLÉSTIA GRAVE

ASSUNTO: PEDIDO DE RESTITUIÇÃO IRRF MOLÉSTIA GRAVE MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM MACAPÁ SEÇÃO DE ORIENTAÇÃO E ANÁLISE TRIBUTÁRIA - SAORT PROCESSO Nº PARECER x INTERESSADO CNPJ/CPF

Leia mais

EDITAL GSE/ADM Nº 0012/2015

EDITAL GSE/ADM Nº 0012/2015 EDITAL GSE/ADM Nº 0012/2015 Estabelece os procedimentos paraque os Trabalhadores da Educação Básica do Estado do Piauí concorram às vagas de afastamento integral ou parcial disponibilizadas pela do Piauí

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA COMISSÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 02/2010/CPG Estabelece procedimento para o reconhecimento e o registro de diploma de conclusão de curso de Pós-Graduação expedidos por instituições de ensino superior estrangeiras.

Leia mais

PORTARIA Nº 025/2009. CONSIDERANDO o elevado volume de perícias judiciais realizadas mensalmente no Jef de Santo André,

PORTARIA Nº 025/2009. CONSIDERANDO o elevado volume de perícias judiciais realizadas mensalmente no Jef de Santo André, PODER JUDICIÁRIO JUIZADO ESPECIAL FEDERAL CÍVEL DE SANTO ANDRÉ 26ª Subseção da Seção Judiciária do Estado de São Paulo Av. Pereira Barreto, nº 1.299, Paraíso Santo André SP CEP 09190-610 PORTARIA Nº 025/2009

Leia mais

Aposentadoria por invalidez pressupõe a existência de uma incapacidade total e definitiva para o trabalho

Aposentadoria por invalidez pressupõe a existência de uma incapacidade total e definitiva para o trabalho A. Aposentadoria por invalidez Decreto Federal nº 3.048, de 06 de maio de 1999 (Regulamento da Previdência Social), que regulamentou a Lei Federal nº 8.122, de 24 de julho de 1991 (Lei Orgânica da Seguridade

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL. Data de Nascimento: / / Idade: anos Sexo: Masculino Feminino. Responsável Legal: CPF:

SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL. Data de Nascimento: / / Idade: anos Sexo: Masculino Feminino. Responsável Legal: CPF: SOLICITAÇÃO DE BOLSA SOCIAL Protocolo de Solicitação: Beneficiário: Data de Nascimento: / / Idade: anos Sexo: Masculino Feminino Ensino: Infantil Nível: Médio: Ano Fundamental Ano Profissionalizante: Ano

Leia mais

Processo nº 13854.720271/2014-90 Parecer SARAC/DRF/DOU/MS nº 31/2015

Processo nº 13854.720271/2014-90 Parecer SARAC/DRF/DOU/MS nº 31/2015 Processo nº 13854.720271/201490 Parecer SARAC/DRF/DOU/MS nº 31/2015 MINISTÉRIO DA FAZENDA SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL DELEGACIA DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL EM DOURADOS MS Seção de Arrecadação

Leia mais

APROVAR as normas para concessão de afastamento para pós-graduação aos servidores do IF-SC. CAPÍTULO I DOS TIPOS DE PÓS-GRADUAÇÃO

APROVAR as normas para concessão de afastamento para pós-graduação aos servidores do IF-SC. CAPÍTULO I DOS TIPOS DE PÓS-GRADUAÇÃO RESOLUÇÃO N o 019/2012/CDP Florianópolis, 03 de maio de 2012. A PRESIDENTE DO DO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo Regimento Geral do IF-SC e pelo

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA Após realizar o pré-cadastro no Sistema PBP, (permanencia.gov.mec.br) o estudante deve fazer o seguinte: 1. Imprimir, assinar o Termo de Compromisso,

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 023/2015 CONSEPE

RESOLUÇÃO Nº 023/2015 CONSEPE RESOLUÇÃO Nº 023/2015 CONSEPE Estabelece procedimentos para revalidação de diplomas expedidos por estabelecimentos estrangeiros de ensino superior, em observância as normas do Conselho Nacional de Educação.

Leia mais

Coordenação de Cadastro/DP

Coordenação de Cadastro/DP CONHECENDO A UFRRJ: um olhar mais próximo da estrutura física, organizacional, funcional e cultural da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Coordenação de Cadastro/DP SEÇÃO DE CADASTRO Controle

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Os candidatos pré-selecionados deverão entregar cópia simples dos documentos adiante solicitados de todos aqueles que compõem a família.

Leia mais

Direito Previdenciário - Prof. Ítalo

Direito Previdenciário - Prof. Ítalo 51 BOAS DICAS DE BENEFÍCIOS Professor Italo Romano DICA 1 São 10 os benefícios previdenciários (REGRA 4 3 2 1). DICA 2 São 6 os segurados da Previdência Social (CADES F). DICA 3 Os beneficiários do sistema

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO E QUALIFICAÇÃO - ANEXOS - ANEXO I - PROCEDIMENTOS PARA CAPACITAÇÃO INTERNA DO REQUERIMENTO Art. 1º - A capacitação interna poderá ser proposta pela Reitoria, Pró-Reitorias ou Diretorias

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA IFC 02/2015, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015

INSTRUÇÃO NORMATIVA IFC 02/2015, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 INSTRUÇÃO NORMATIVA IFC 02/2015, DE 12 DE FEVEREIRO DE 2015 Dispõe sobre a regulamentação de critérios para fins de análise socioeconômica aos estudantes inscritos no Programa de Assistência Estudantil

Leia mais

AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER

AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 16/2012 AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011,

Leia mais

1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010

1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010 1ª EDIÇÃO CAMPOS DOS GOYTACAZES DEZEMBRO/2010 Índice Como tramita o processo...6 e 7 Abono Pecuniário... 8 Abono de Permanência... 8 Aposentadoria... 9 Auxílio Funeral...10 Auxílio Natalidade...11 Averbação

Leia mais

-Homens, Aposentadoria por tempo de contribuição: -Mulheres, Aposentadoria por tempo de contribuição:

-Homens, Aposentadoria por tempo de contribuição: -Mulheres, Aposentadoria por tempo de contribuição: DA APOSENTADORIA Aposentadoria por: I- Idade e Tempo de Contribuição: -Homens, Aposentadoria por tempo de contribuição: 35 anos de contribuição e 60 anos de idade, 10 anos de serviço público e 05 anos

Leia mais

Manual DA PERÍCIA MÉDICA

Manual DA PERÍCIA MÉDICA 8 Manual DA PERÍCIA MÉDICA Secretaria do Planejamento e Gestão do Estado do Ceará Secretária do Planejamento e Gestão Desirée Custódio Mota Gondim Secretário Adjunto Reno Ximenes Ponte Secretária Executiva

Leia mais

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015

REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 REGULAMENTO DE BOLSA DE ESTUDO SOCIAL 2015 I DO CONCEITO Art. 1º. Entende-se como Bolsa de Estudo Social, a concessão de descontos, em virtude da situação financeira momentânea do aluno, de até 40% (quarenta

Leia mais

PRINCIPAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS

PRINCIPAIS PERGUNTAS E RESPOSTAS 1) Onde obtenho informações sobre aposentadoria? Resposta: No site da Secretaria Municipal de Administração (www.rio.rj.gov.br/sma), na parte destina a Serviços, há uma seção chamada Aposentadoria: Quanto

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE No ato de entrega dos documentos o candidato deve apresentar os originais e as cópias para conferência. 1.Documentos Diversos a) Cópia de documento de identificação (ou certidão de nascimento, quando menor

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN

CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN CARTILHA: DIREITOS E VANTAGENS DOS SERVIDORES PÚBLICOS UNIDADE ADMINISTRATIVO FINANCEIRA - UNAFIN 1. Que vantagens além do vencimento podem ser pagas ao servidor? a) indenizações, que não se incorporam

Leia mais

PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011

PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011 PARECER CREMEC Nº 26/2011 01/10/2011 Processo-Consulta Protocolo CREMEC nº 5032/2011 Assunto: DOENÇA DE ALZHEIMER Relatora: DRA. PATRÍCIA MARIA DE CASTRO TEIXEIRA EMENTA: DOENÇA DE ALZHEIMER. PORTADOR.

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR. 1. Requerimento (original) do interessado; 2. Cópia da certidão de nascimento e/ou casamento,

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação

Ministério da Educação Universidade Tecnológica Federal do Paraná Conselho de Pesquisa e Pós-Graduação REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES DA UTFPR PARA A REALIZAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO STRICTO SENSU Aprovada pela resolução 139/12-COPPG de 19 de Dezembro de 2012. REGULAMENTO DE AFASTAMENTO DE SERVIDORES

Leia mais

Orientação de Serviço SEPLAG/DCCTA e SEE/SNP nº001/2015

Orientação de Serviço SEPLAG/DCCTA e SEE/SNP nº001/2015 Orientação de Serviço SEPLAG/DCCTA e SEE/SNP nº001/2015 Assunto: Situação previdenciária dos servidores públicos estaduais efetivados pela Lei Complementar Estadual nº100, de 2007, à vista da decisão proferida

Leia mais

RESOLUÇÃO N 26/95 - CUn

RESOLUÇÃO N 26/95 - CUn RESOLUÇÃO N 26/95 - CUn INSTITUI O PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO DO PESSOAL TÉCNICO-ADMINISTRATIVO E ESTABELECE NORMAS PARA A CONCESSÃO DE HORÁRIO PARA SERVIDORES ESTUDANTES, AFASTAMENTO PARA ESTUDOS E PROMOÇÃO

Leia mais

Universidade Estadual de Roraima- UERR. Normas e Procedimentos para Requerimentos

Universidade Estadual de Roraima- UERR. Normas e Procedimentos para Requerimentos Universidade Estadual de Roraima- UERR Normas e Procedimentos para Requerimentos Boa Vista PRODES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE RORAIMA AUXÍLIO NATALIDADE Definição: Benefício que é devido ao servidor (a) por

Leia mais

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA. EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014

PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA. EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014 PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA EDITAL Nº 009/2014-PROPPG, de 22 de abril de 2014 A, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG/IFG), torna público o processo

Leia mais

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão

Universidade CEUMA REITORIA Gerência de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão EDITAL DE APOIO A PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS ACADÊMICOS, CIENTÍFICOS E TECNOLÓGICOS, ESTÁGIOS DE CURTA DURAÇÃO E CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO STRICTO SENSU EDITAL No. 010/GPG/2015 A Universidade CEUMA, por meio

Leia mais