AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER"

Transcrição

1 INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 16/2012 AUXÍLIO FUNERAL E RESTOS DEIXADOS DE RECEBER A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011, resolve tornar pública esta Instrução de Serviço, que trata sobre os procedimentos destinados à concessão do Auxílio Funeral e Restos deixados de receber objetivando sistematizar e agilizar procedimentos administrativos, evitando prejuízos ao interessado ou ao serviço público. 1. DA DEFINIÇÃO O benefício do Auxílio Funeral tem como finalidade a ajuda de custo, correspondente a um mês de salário, concedido aos familiares do servidor falecido face às despesas com o funeral. Define-se como Restos Deixados de receber, outros direitos concedidos à família do servidor tais como: dias deixados de receber, proporcionalidade do 13º salário, licença prêmio não gozadas e outros. 2. DO EMBASAMENTO LEGAL

2 O Auxílio Funeral e Restos Deixados do servidor falecido se dá conforme as disposições contidas na Lei Nº 6123, de 20 de julho de 1968, no seu Cap. IX, Art DAS COMPETÊNCIAS 3.1. Compete à GGDP analise do processo, homologar o parecer e encaminhar a Gerência Geral de Planejamento e Avaliação GGPA ; Compete a GGPA analise do processo com base em leis providenciando empenho através da Gerência Geral de Administrativo Financeiro - GGAF; Compete a GGAF encaminhar empenhos a FAZENDA; Compete a FAZENDA liberar os empenhos a serem pagos aos interessados. 4. DOS REQUISITOS 4.1. O Auxílio Funeral é concedido ao interessado que solicita, através de formulário padrão, a restituição de valores pagos mediante documentação que comprove seus gastos com o funeral; O interessado, no ato da solicitação, deve apresentar a seguinte documentação: Formulário padrão assinado pelo requerente; Cópia da certidão de óbito; Cópia do CPF e RG do requerente; Cópia do comprovante de residência atualizado (últimos dois meses), em nome do requerente; O requerente deve anexar cópias legíveis e apresentar documentos originais para a conferência das cópias; Nota fiscal e recibo (original ou cópia autenticada pelo cartório) em nome do requerente constando nome do servidor falecido e data do óbito; Extrato bancário indicando banco, agência e conta onde será depositado o benefício, ou cópia do cartão do banco (legível);

3 4.2. Restos Deixados de receber é concedido à família que solicita, através de formulário padrão, mediante apresentação da seguinte documentação: Formulário padrão assinado pelo requerente; Cópia da certidão de óbito; Cópia do CPF e RG do requerente; Cópia do comprovante de residência atualizado (últimos dois meses), em nome do requerente; Cônjuge: Certidão de Casamento e Declaração de Cônjuge original reconhecida em cartório informando estar casado (a) e que deixou ou não filhos; Companheiro (a): Certidão de União Estável, Declaração Original de União Estável emitida pela FUNAPE, Declaração de dependentes pelo SASSEPE, Declaração de Companheiro(a) original reconhecida em cartório informando que conviveu até a data do óbito, bem como se o ex-servidor (a) deixou ou não filhos; Filhos maiores: cópia do CPF e RG; Filhos menores: cópia da Certidão de Nascimento, Declaração original de únicos herdeiros com 02 testemunhas e Alvará judicial para todos os filhos em questão; Pais: declaração de dependência econômica do ex-servidor e inexistência dos primeiros dependentes; Irmãos: declaração de dependência econômica do ex-servidor e inexistência dos primeiros dependentes; Tutor: termo de tutela e Alvará judicial original para que sejam identificados os beneficiários; Guardião: termo de guarda e Alvará judicial original para que sejam identificados os beneficiários; Procurador da família: Procuração pública ou particular com firma reconhecida em cartório; Extrato bancário indicando banco, agência e conta onde será depositado o benefício, ou cópia do cartão do banco (legível); O requerente deve anexar cópias legíveis e apresentar documentos originais para a conferência das cópias. 5. DOS FLUXOS E PROCEDIMENTOS

4 5.1. O fluxo e a tramitação do benefício do Auxílio Funeral e Restos Deixados do servidor falecido ocorrem da seguinte forma: O interessado preenche o formulário específico (anexando documentação exigida nos ITENS 3.1 e 3.2) e entrega na Gerência Regional de Educação-GRE de jurisdição do servidor falecido ou USGA/Protocolo da SE; A GRE enviará a solicitação a SE; O Protocolo da SE enviará o processo para a Unidade de Apoio Administrativo- UAA; A UAA encaminha para a Unidade de Atenção ao Servidor -UAS a solicitação do Auxílio Funeral e para a Unidade de Pagamento de Pessoal -UPGP a solicitação de Restos Deixados do servidor falecido; A UAS emite parecer com valor a receber do Auxílio Funeral e encaminha à Gerência de Atenção ao Servidor e Desenvolvimento na Carreira- GASDC; A GASDC ratifica o parecer e devolve à UAS; A UAS encaminha à UAA o processo para as providências; A UAA analisa o parecer, faz abertura de cadastro, encaminha à GGDP para assinatura; A GGDP ratifica o parecer e retorna à UAA; A UAA encaminha para providências quanto ao pagamento; A UPGP emite parecer com valor a receber de Restos Deixados servidor falecido e encaminha a UAA. 6. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 6.1. Os casos omissos a esta Instrução Normativa serão decididos pela Secretaria de Educação/Gerência Geral de Desenvolvimento de Pessoas GGDP. A presente Instrução de Serviço entra em vigor a partir da data de sua publicação. Recife, 24 de agosto de 2012.

5 Elizabeth Cavalcanti Jales Gerente Geral de Desenvolvimento de Pessoas

6 Unidade de Atenção ao Servidor Processo/Atividade: Auxílio Funeral Unidade de Trabalho GRE ou Gerência de vinculação do servidor UASG/Prot ocolo SE Unidade de Apoio Administrativo distribui os processos por assunto/competência UAS Recebe pelo SIGEPE e distribuirpor equipes de trabalho. UAS Análise Técnica: Analisa documentação apresentada; Emiti parecer com valor a receber; Encaminha o processo à Gerência de Atenção ao Servidor e Desenvolvimento na Carreira GASCD. GASDC Analisa o parecer da UAS e encaminha a UAA. UAA Analisa o parecer; Cadastra o processo; Encaminha o processo à Gerência Geral de Desenvolvimento de Pessoas GGDP, para assinatura. GGDP Aprecia o parecer e devolve o processo a UAA. UAA Encaminha o processo para pagamento.

7 Gerência Geral de Desenvolvimento de Pessoas Gerência de Atenção ao Servidor e Desenvolvimento na Carreira NOME DO SERVIDOR FALECIDO: MATRÍCULA: NOME DO REQUERENTE: AUXÍLIO FUNERAL ITENS QUE COMPÕEM O PROCESSO PARENTESCO: Nº ITEM/DOCUMENTO/INFORMAÇÃO SIM PÁGINA(S) OBSERVAÇÃO 1 CONTROLE ELETRÔNICO DE DOCUMENTO-SIGEPE 2 PARECER (EXCLUSIVO DA UAS) 3 PLANILHA DE CÁLCULO 4 DESPACHO DA UAS 5 REQUERIMENTO PADRÃO ASSINADO PELO REQUERENTE 6 CÓPIA DA CERTIDÃO DE ÓBITO 7 CÓPIA DA CARTEIRA DE IDENTIDADE DO REQUERENTE 8 CÓPIA DO CPF DO REQUERENTE COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA EM NOME DO REQUERENTE EXTRATO BANCÁRIO INDICANDO BANCO, AGÊNCIA E CONTA OU CÓPIA DO CARTÃO DO BANCO (LEGÍVEL) ONDE SERÁ DEPOSITADO O BENEFÍCIO. NOTA FISCAL E RECIBO (ORIGINAL OU CÓPIA AUTENTICADA PELO CARTÓRIO) EM NOME DO REQUERENTE CITANDO O SERVIDOR FALECIDO E DATA DO ÓBITO PROCURAÇÃO PÚBLICA OU PARTICULAR COM FIRMA RECONHECIDA EM CARTÓRIO INFORMAÇÕES ADICIONAIS / UAS - Unidade de Atenção ao Servidor OBS: É NECESSÁRIA A APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS ORIGINAIS PARA AUTENTICAÇÃO DAS CÓPIAS. EM / / ASSINATURA

8 Unidade de Pagamento de Pessoal Processo: Restos deixados de Servidor Falecido GRE ou Gerência de vinculação do servidor USGA/Protocol o SE Unidade de Apoio Administrativo (distribui os processos por assunto / competência) UPGP (recebe pelo SGNET) UPGP Análise Técnica:. Analisa documentação apresentada;. Emiti parecer com valor a receber;. Encaminha o processo a UAA

9 ANEXO I Processo nº: Servidor Falecido: Matrícula: Requerente: Parentesco: DEIXADOS: ( ) DIAS A RECEBER ( ) PAGAMENTO DO 13º SALARIO/PROPORCIONAL ( ) LICENÇA PREMIO NÃO GOZADA ( ) OUTROS Nº de paginas VERBAS A RESTITUIR DE SERVIDOR FALECIDO Documentos para requerimento de Auxilio Funeral (Lei Estadual nº 6.123/68 Cap..IX art. 172), Vencimentos proporcionais, 13º Salário proporcional, Licença Premio não gozada, proporcional. 01 Requerimento padrão 02 Cópia da Certidão de óbito 03 Cópia da Carteira de identidade (requerente) 04 Cópia do CPF (requerente) 05 Cópia da Certidão de Nascimento dos filhos menores de 18 anos. 06 Comprovante de residência em nome do requerente Extrato Bancário Indicando, banco, agência e conta onde serão depositados os benefícios ao requerente. Para requerer auxilio funeral - Nota fiscal e recibo (original ou cópia autenticada pelo cartório) em nome do requerente citando o ex-servidor e data do óbito. Sim/Não Observações Direito Sucessório Documentos dos beneficiários na ordem sucessória Sim/Não Observações Cópia da certidão de casamento. 1 Cônjuge Declaração original com firma reconhecida em cartório Quando legalmente casados e informando estar casado(a) de direito e de fato, bem como se conviviam maritalmente. o ex-servidor(a) deixou ou não deixou filhos. 2 Companheiro(a) Conviviam maritalmente, com ex-servidor legalmente separado de terceiro (a) 3 Filhos Maiores 4 Pais 5 - Irmãos Tutor (a) (Termo de tutela) ou Guardião (termo de guarda) 5 Procurador da família OBSERVAÇÕES Declaração original de União Estável emitida pela FUNAPE e Declaração de dependentes pelo SASSEPE, se não constar nos registros funcionais a declaração do ex-servidor(a), deverá ser feita via ação judicial (original). Declaração original com firma reconhecida em cartório informando que conviveu até a data do óbito, bem como se o ex-servidor(a) deixou ou não deixou filhos. Declaração original de únicos herdeiros com 02 testemunhas. Em anexo, copia do RG e CPF. Se houver filhos menores, será necessário alvará judicial para todos os filhos em questão. Declaração de dependência econômica do ex-servidor e a inexistência dos primeiros dependentes. Declaração de dependência econômica do ex-servidor e a inexistência dos primeiros dependentes. Alvará judicial original para que sejam identificados os beneficiários. Procuração pública ou particular com firma reconhecida em cartório. No Requerimento Padrão deverá constar um único beneficio constando toda documentação para compor o processo. CÓPIAS LEGÍVEIS. É IMPRESCENDÍVEL A APRESENTAÇÃO DOS ORIGINAIS PARA A AUTENTICAÇÃO DAS CÓPIAS. Atendimento/GGDP Recife, de de.

10 ANEXO II DECLARAÇÃO DE CÔNJUGE / COMPANHEIRA(O) Eu,, portador (a) da carteira de identidade n.º, CPF, residente na Rua, declaro em sã consciência que convivia com a vítima, até a data de seu falecimento, na condição de. Declaro ainda que a vítima acima mencionada não ( ) sim ( ) deixou descendentes (filhos naturais ou adotivos), sendo os mesmos no número total de pessoas. Esta declaração é a expressão da verdade, pela qual me responsabilizo civil e criminalmente sob as penas da Lei. LOCAL DATA Assinatura da (o) declarante

11 ANEXO III 1- REQUERENTE : PARENTESCO: SERVIDOR FALECIDO: CARGO: MATRÍCULA: ÓBITO Falecido em : RESTOS DEIXADOS POR SERVIDOR FALECIDO 2-INFORMAÇÕES: CHEQUES: RECEBIDOS (ESPECIFICAR) PROVIDENCIADO BLOQUEIO DE PAGAMENTO: DATA: 3- CALCULOS: DIAS DEIXADO DE RECEBER: PAG.DE 13º SALARIO: LICENÇA PRÊMIO NÃO GOZADA: OUTROS: DATA: Responsável: 4- DESPACHO: De acordo com o artigo 172 lei 6123 de 20/07/68 Faz jus ao pagamento da quantia de R$ Referente ao período deixado de receber pelo ex-servidor: Data : Responsável: O pagamento da quantia acima foi efetuado de acordo com a ordem de saque nº Data: Responsável: Encaminhamento ao Arquivo Data: Responsável OBS:

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 14/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 APOSENTADORIA

Leia mais

GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS

GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 15/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 ABONO PERMANÊNCIA

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 VALE TRANSPORTE A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011, resolve tornar pública esta

Leia mais

PROGRESSÃO POR ELEVAÇÃO DE NÍVEL PROFISSIONAL

PROGRESSÃO POR ELEVAÇÃO DE NÍVEL PROFISSIONAL SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO N 04/2013 Atualizado em Janeiro/2014. PROGRESSÃO POR ELEVAÇÃO DE NÍVEL PROFISSIONAL A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, através

Leia mais

FUNERAL CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

FUNERAL CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 8AUXÍLIO FUNERAL CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública.

Leia mais

AFASTAMENTO PARA CURSO

AFASTAMENTO PARA CURSO INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 10/2012 AFASTAMENTO PARA CURSO A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011, resolve tornar pública

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 08/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 AULAS EM SUBSTITUIÇÃO

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 08/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 AULAS EM SUBSTITUIÇÃO GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 08/2012 ATUALIZADA EM JANEIRO/2014 AULAS EM SUBSTITUIÇÃO

Leia mais

ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA

ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA ANEXO I GRAUS DE DEPENDÊNCIA Código Descrição 1 Cônjuge Feminino 34 Cônjuge Masculino 7 Companheiro(a)/ Convivente 30 Ex-Cônjuge Feminino com Pensão Alimentícia 3 Filho(a) Solteiro(a) 17 Enteado(a) Solteiro(a)

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado).

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS SERVIÇO SOCIAL (Verificar em qual situação se enquadra e apresentar os documentos conforme especificado). Sociedade dos Irmãos da Congregação de Santa Cruz COLÉGIO NOTRE DAME DE CAMPINAS Rua Egberto Ferreira de Arruda Camargo nº 151 Bairro Notre Dame Campinas - SP INFORMAÇÕES IMPORTANTES: Os documentos relacionados,

Leia mais

GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE ATENÇÃO AO SERVIDOR VALE TRANSPORTE

GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS GERÊNCIA DE ATENÇÃO AO SERVIDOR VALE TRANSPORTE GERÊNCIA GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 06/2012 Atualizado em Janeiro/2014 VALE TRANSPORTE A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA

ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA ORIENTAÇÕES PARA INSCRIÇÃO NO PROGRAMA BOLSA PERMANÊNCIA Após realizar o pré-cadastro no Sistema PBP, (permanencia.gov.mec.br) o estudante deve fazer o seguinte: 1. Imprimir, assinar o Termo de Compromisso,

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

Anexo III - Requisição de Documentos

Anexo III - Requisição de Documentos Anexo III - Requisição de Documentos I - Identificação Documentos de identificação do candidato/aluno e dos membros de seu grupo familiar: 1. Documento de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança

Leia mais

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA

DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA DOS DOCUMENTOS NECESSÁRIOS AO PROCESSO DE SELEÇÃO E MATRÍCULA A Ficha Socioeconômica deve ser preenchida, sem rasuras, assinada pelo (a) candidato(a) ou pelo(a) pai, mãe e/ou responsável legal e, apresentada

Leia mais

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo:

O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples ou originais de todo o grupo familiar os documentos abaixo: LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado;

DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA. Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; DOCUMENTOS DO VENDEDOR PESSOA FÍSICA Cópia da Carteira de Identidade com o nome correto, conforme comprovante de estado civil atualizado; Nota: caso o proponente for casado(a), enviar também os documentos/certidões

Leia mais

Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a);

Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a); Solicitação de Pensão Previdenciária por morte do(a) Associado(a); Quem são os dependentes: Cônjuge, companheiro(a), filhos menores de 21 anos, não emancipados ou inválidos e filhos até 24 anos cursando

Leia mais

SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 1PLANOS DE SAÚDE CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública.

Leia mais

AVISO DE SINISTRO MORTE ACIDENTAL DO TITULAR

AVISO DE SINISTRO MORTE ACIDENTAL DO TITULAR Pág. 1 /7 AVISO DE SINISTRO MORTE ACIDENTAL DO TITULAR A liquidação do sinistro começa com o AVISO DO SINISTRO à Seguradora. No caso de Evento (s) que possa (m) acarretar em responsabilidade da Seguradora,

Leia mais

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação. LUIZ CARLOS DE ALMEIDA CAPELLA Subsecretário de Gestão de Recursos Humanos

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data da sua publicação. LUIZ CARLOS DE ALMEIDA CAPELLA Subsecretário de Gestão de Recursos Humanos PORTARIA SUBRE/SEPLAG Nº. 012, DE 26 DE MAIO DE 2008. DO 29/05/2008 APROVA AS ROTINAS-PADRÃO REFERENTES À VACÂNCIA E BENEFÍCIOS DO PLANO DE SEGURIDADE SOCIAL DO SERVIDOR, NO ÂMBITO DO PODER EXECUTIVO ESTADUAL,

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL EDITAL 18-2014

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS ESTUDANTIS COORDENAÇÃO DE INTEGRAÇÃO ESTUDANTIL EDITAL 18-2014 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO EDITAL 18-2014 PROCESSO DE SELEÇÃO PARA INGRESSO POR COTAS SOCIAIS (até 1,5 salário per capita) Curso de Licenciatura em Letras Espanhol (Modalidade à distância) - Chamada Oral A

Leia mais

Colaboração: Antonieta do Carmo Pereira Carlos Eduardo Teixeira Moura

Colaboração: Antonieta do Carmo Pereira Carlos Eduardo Teixeira Moura 1 COORDENADORIA GERAL DO SISTEMA DE RECURSOS HUMANOS COORDENADORIA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins Realização: Maria do Carmo Santana Colaboração: Antonieta

Leia mais

PORTARIA NORMATIVA nº 1/SEA - de 5/7/2010

PORTARIA NORMATIVA nº 1/SEA - de 5/7/2010 PORTARIA NORMATIVA nº 1/SEA - de 5/7/2010 O SECRETÁRIO DE ESTADO DA ADMINISTRAÇÃO, no uso de suas atribuições e de acordo com o disposto na Lei nº 306, de 21 de novembro de 2005 e Decreto nº 3.769, de

Leia mais

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL

CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL 7PENSÃO CARTA DE SERVIÇOS AO SERVIDOR POLÍCIA FEDERAL CARTA DE SERVIÇOS A Carta de Serviços é uma ferramenta de gestão criada pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização GesPública. A

Leia mais

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor,

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE FAZENDA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela legislação em vigor, RESOLUÇÃO SMF Nº 2.771, DE 29 DE ABRIL DE 2013. [Publicada no D. O. Rio de 30.04.2013] * Estabelece procedimentos a serem adotados para a entrega de prêmios aos tomadores de serviços pessoas naturais titulares

Leia mais

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO

Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre de 2016 UNIFIEO - Centro Universitário FIEO Renovação - ProUni - para o 1º semestre

Leia mais

COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL

COMPANHIA DE SEGUROS ALIANÇA DO BRASIL São Paulo, 5 de abril de 2012. Sr(a). Ref.: Solicitação de Documentos Segurado: Seguro: Apólice / Proposta n. o Aviso de Sinistro n. o Estipulante: Em atendimento a sua solicitação, confirmamos o recebimento

Leia mais

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA

AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA AVISO DE SINISTRO MORTE NATURAL - CÔNJUGE INCLUSÃO FACULTATIVA A liquidação do sinistro começa com o AVISO DO SINISTRO à Seguradora. No caso de Evento(s) que possa(m) acarretar responsabilidade à Sociedade

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE AUXÍLIO-DOENÇA

ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE AUXÍLIO-DOENÇA GUIA ORIENTAÇÃO PARA REQUERER O BENEFÍCIO DE AUXÍLIO-DOENÇA INTRODUÇÃO Este guia foi criado com o objetivo de orientar os participantes do plano Vale Mais, caso precisem solicitar a suplementação de auxílio-doença.

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. LISTA DE DOCUMENTOS RELAÇÃO DE DOCUMENTOS QUE DEVERÃO SER APRESENTADOS PELO REQUERENTE JUNTAMENTE COM A FICHA PREENCHIDA E ASSINADA. O Responsável Financeiro deverá entregar cópias autenticadas/ simples

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP

RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP RESOLUÇÃO Nº 09/2011 CAD/UENP Súmula: Estabelece critérios para a concessão de isenção ou desconto no preço público da inscrição no Processo Seletivo de Inverno. CONSIDERANDO a necessidade de estabelecer

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS P/ HABILITAÇÃO À PENSÃO E AUX. RECLUSÃO (CÓPIA E ORIGINAL) 1 VIÚVA (O) E FILHOS MENORES DE 18 ANOS: ( ) Requerimento do IPERN preenchido e assinado na presença do atendente; ( ) Certidão

Leia mais

CHECKLIST DOS DOCUMENTOS DO CANDIDATO

CHECKLIST DOS DOCUMENTOS DO CANDIDATO CHECKLIST DOS DOCUMENTOS DO CANDIDATO CANDIDATO (A): TIPO DE GRUPO FAMILIAR: CURSO: IES: O CHECKLIST deverá ser encaminhado a FAPES juntamente com a ficha de inscrição e os documentos do candidato; É obrigatório

Leia mais

RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006

RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006 RESOLUÇÃO SARE Nº 3.076 DE 31 DE JULHO DE 2006 DISPÕE SOBRE O CONTROLE DE PAGAMENTO, APROVA A ROTINA- PADRÃO PARA O PROCESSAMENTO DOS PEDIDOS DE ENCERRAMENTO DE FOLHA DOS SERVIDORES INATIVOS DO PODER EXECUTIVO

Leia mais

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO

PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO PROCEDIMENTOS ADMINISTRATIVOS PASEP - PROGRAMA DE FORMAÇÃO DO PATRIMÔNIO DO SERVIDOR PÚBLICO 1 CONCEITO O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público - PASEP foi criado pelo Governo Federal

Leia mais

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 11/2012 PROGRAMA DE ESTÁGIO

INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 11/2012 PROGRAMA DE ESTÁGIO INSTRUÇÃO DE SERVIÇO Nº 11/2012 PROGRAMA DE ESTÁGIO A GERENTE GERAL DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, no uso de suas atribuições deliberadas pela Portaria SE Nº 1495, de 01/03/2011, resolve tornar pública

Leia mais

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE

CAMPANHA NACIONAL DE ESCOLAS DA COMUNIDADE No ato de entrega dos documentos o candidato deve apresentar os originais e as cópias para conferência. 1.Documentos Diversos a) Cópia de documento de identificação (ou certidão de nascimento, quando menor

Leia mais

Orientações sobre Benefícios do INSS

Orientações sobre Benefícios do INSS Orientações sobre Benefícios do INSS A PREFEITURA DE GUARULHOS MANTÉM UM CONVÊNIO COM O INSS AGÊNCIA DA PREVIDÊNCIA SOCIAL DE GUARULHOS PARA REQUERIMENTO DOS SEGUINTES BENEFÍCIOS: AUXÍLIO DOENÇA PREVIDENCIÁRIO,

Leia mais

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional. Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados RO Roteiro Operacional Pref. Campinas - SP RO.05.145 Versão: 01 Excluso para Uso Interno Prefeitura de Campinas - SP Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS

Leia mais

REGULAMENTO PARA A CONCESSÃO DE AUXÍLIO-MORADIA, DE 31 DE JULHO DE 2015.

REGULAMENTO PARA A CONCESSÃO DE AUXÍLIO-MORADIA, DE 31 DE JULHO DE 2015. REGULAMENTO PARA A CONCESSÃO DE AUXÍLIO-MORADIA, DE 31 DE JULHO DE 2015. Dispõe sobre as regras e procedimentos para a concessão de auxílio-moradia aos servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência

Leia mais

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência

Prefeitura do Município de Foz do Iguaçu Foz Previdência INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 05/2015 FOZPREV DATA: 18 de dezembro de 2015 SÚMULA: Estabelece a forma e os procedimentos para o Recadastramento Anual, na modalidade Prova de Vida, dos pensionistas vinculados

Leia mais

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL

DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL DOCUMENTOS COMPROBATÓRIOS PARA CONCESSÃO DE BOLSA SOCIAL O responsável legal pelo educando deverá apresentar os documentos abaixo relacionados; de todo os membros do grupo familiar onde o aluno esta inserido,

Leia mais

Perguntas mais frequentes

Perguntas mais frequentes Perguntas mais frequentes 01. Quando começo a pagar o condomínio? Caso adquira o imóvel durante a construção, o pagamento do condomínio começa após a primeira reunião de instalação do condomínio, que é

Leia mais

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA

Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA AUTORIZAÇÃO DE PAGAMENTO DE INDENIZAÇÃO DO SEGURO DPVAT Nº DO SINISTRO CAMPO PREENCHIDO PELA SEGURADORA Este formulário deve ser preenchido exclusivamente com dados do beneficiário da indenização do Seguro

Leia mais

2015 OU declaração pessoal de que não possui conta bancária em nenhuma instituição financeira localizada no território brasileiro (ANEXO II).

2015 OU declaração pessoal de que não possui conta bancária em nenhuma instituição financeira localizada no território brasileiro (ANEXO II). LOGÍSTICA CPF PARECER SITUAÇÃO 027.972.496-90 DOCUMENTAÇÃO COMPLETA Estudo Social Concluído. 058.472.236-25 DOCUMENTAÇÃO COMPLETA Estudo Social Concluído. 002.825.226-89 DOCUMENTAÇÃO COMPLETA Estudo Social

Leia mais

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS

DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS Formulário cadastral contendo assinatura do estudante e foto 3x4 recente colada na parte indicada Cópia legível do documento de identificação oficial do estudante frente e verso

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) RELAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA SOLICITAÇÃO DE BOLSA DE ESTUDO NÃO RESTITUÍVEL (BOLSA FILANTRÓPICA) 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Será concedida a Bolsa Filantrópica com base nos critérios básicos consignados nos

Leia mais

Universidade Estadual de Roraima- UERR. Normas e Procedimentos para Requerimentos

Universidade Estadual de Roraima- UERR. Normas e Procedimentos para Requerimentos Universidade Estadual de Roraima- UERR Normas e Procedimentos para Requerimentos Boa Vista PRODES UNIVERSIDADE ESTADUAL DE RORAIMA AUXÍLIO NATALIDADE Definição: Benefício que é devido ao servidor (a) por

Leia mais

PRAZOS PARA PROTOCOLO DE SOLICITAÇÕES E OCORRÊNCIAS NO SERVIÇO DE PESSOAL Válidos a partir de 05/10/2015

PRAZOS PARA PROTOCOLO DE SOLICITAÇÕES E OCORRÊNCIAS NO SERVIÇO DE PESSOAL Válidos a partir de 05/10/2015 Abono de permanência se aplica A partir do dia seguinte ao do cumprimento de TODOS os requisitos necessários para aposentadoria Acidente de Trabalho 24 horas 5 dias corridos Atestado Médico Adicional de

Leia mais

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL

ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL ORIENTAÇÕES SOBRE A ATUALIZAÇÃO CADASTRAL DO SERVIDOR MUNICIPAL Apresentação A Prefeitura Municipal de Goiânia realizará a atualização cadastral dos Servidores

Leia mais

Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias. Evento Morte Natural ou Morte Acidental

Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias. Evento Morte Natural ou Morte Acidental Planos de Previdência Itaú - Proteção Familiar Comunicação de Sinistro para Planos de Previdência com Coberturas Acessórias Evento Morte Natural ou Morte Acidental O Itaú está a sua disposição e sabe a

Leia mais

Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013

Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Código: MAP-DIPESGEP-001 Versão: 00 Data de Emissão: 01/01/2013 Elaborado por: Gerencia de Cadastro e Remuneração Aprovado por: Diretoria de Gestão de Pessoas 1 OBJETIVO Estabelece critérios e procedimentos

Leia mais

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal AUXÍLIO-FUNERAL

Universidade Federal de Minas Gerais Pró-Reitoria de Recursos Humanos Departamento de Administração de Pessoal AUXÍLIO-FUNERAL AUXÍLIO-FUNERAL Cód.: AFU Nº: 29 Versão: 8 Data: 05/10/2015 DEFINIÇÃO Benefício devido à família ou a terceiro que tenha custeado o funeral do servidor falecido em atividade ou aposentado, incluído o traslado

Leia mais

1. DESCONTOS COMERCIAIS

1. DESCONTOS COMERCIAIS Resolução nº. 04/2015 Normatiza a Concessão de Descontos Institucionais nas Mensalidades de Graduação e, conforme determinado pela Campanha Nacional de Escolas da Comunidade - CNEC. A Diretora da Faculdade

Leia mais

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 075/2014 Dispõe sobre o reconhecimento e o registro de união estável e sobre o instituto da dependência econômica em

PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 075/2014 Dispõe sobre o reconhecimento e o registro de união estável e sobre o instituto da dependência econômica em PORTARIA TRT 18ª GP/DG/SGPe Nº 075/2014 Dispõe sobre o reconhecimento e o registro de união estável e sobre o instituto da dependência econômica em relação aos magistrados e servidores do Tribunal Regional

Leia mais

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR

EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR EDITAL - BOLSA DE ESTUDO ENSINO MÉDIO E SUPERIOR Inscrições disponíveis no site da Prefeitura Municipal de Joinville Entrega de formulário preenchido e documentação exigida: Servidores Lotados nas demais

Leia mais

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN.

CARTILHA DPVAT. Todo proprietário de veículo é obrigado a pagar anualmente o seguro obrigatório, sob pena de não licenciar o veículo junto ao DETRAN. CARTILHA DPVAT - Apresentação Esta cartilha nasceu da constatação dos Promotores de Justiça, que atuam nas Varas de Delitos de Trânsito e nos Juizados Especiais Criminais, de que grande parte das vítimas

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI Nº 6.996, DE 7 DE JUNHO MAIO DE 1982. Dispõe sobre a utilização de processamento eletrônico de dados nos serviços eleitorais e

Leia mais

CIRCULAR SUSEP N 127, de 13 de abril de 2000

CIRCULAR SUSEP N 127, de 13 de abril de 2000 MINISTÉRIO DA FAZENDA Superintendência de Seguros Privados CIRCULAR SUSEP N 127, de 13 de abril de 2000 Dispõe sobre a atividade de corretor de seguros, e dá outras providências. O SUPERINTENDENTE DA SUPERINTENDÊNCIA

Leia mais

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL

EDITAL Nº 01 /2014/FABEL EDITAL Nº 01 /2014/FABEL O Presidente da SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR PROFESSORA FERNANDA BICCHIERI SOARES, SESPFBS no uso de suas atribuições Estatutárias, RESOLVE: Art. 1º Tornar público o processo de

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA-EXECUTIVA DIRETORIA DE ADMINISTRAÇÃO NORMA OPERACIONAL/DIRAD/N 04, DE 7 DE AGOSTO DE 2014 Define os procedimentos relativos à concessão de auxílio-moradia

Leia mais

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR

ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR ASSISTÊNCIA À SAÚDE SUPLEMENTAR DEFINIÇÃO DOCUMENTAÇÃO INFORMAÇÕES GERAIS INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES FUNDAMENTAÇÃO LEGAL PERGUNTAS FREQUENTES DEFINIÇÃO É um benefício concedido ao servidor, ativo ou inativo,

Leia mais

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio.

Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Prezado (a) cliente: Para melhor atendê-lo, seguem abaixo todos os formulários e documentos necessários, juntamente com a orientação de como proceder ao envio. Procedimentos para envio dos documentos de

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1)

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA UTILIZAÇÃO DO FGTS (Check list) Modalidade: AQUISIÇÃO À VISTA (DAMP 1) (I) DO COMPRADOR ( ) Ficha Cadastral do Proponente (Original, preenchida, datada e assinada) ( ) Documento de Identidade de todos os compradores e seus respectivos cônjuges, se for o caso ( ) CPF de todos

Leia mais

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014.

INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. INSTRUÇÃO NORMATIVA COHAB-ARAUCÁRIA Nº 03, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2014. Súmula: Estabelece normas e procedimentos para a realização de inscrição dos mutuários, relaciona os documentos necessários a instruir

Leia mais

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC -

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA BOLSA PERMANÊNCIA DO MEC - ORIENTAÇÕES: a) Apresentar cópia simples dos documentos de todos os membros do grupo familiar (pessoas que vivem na mesma casa,

Leia mais

ANEXO I - Edital 02/2015 - DOCUMENTAÇÃO COMPROBATÓRIA

ANEXO I - Edital 02/2015 - DOCUMENTAÇÃO COMPROBATÓRIA MINISTÉRIO DAEDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS E ESTUDANTIS Av. Getúlio Guaritá, 159 Sala 230 - Abadia 38025-440 - Uberaba MG Tel: (34) 3318-5978

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM)

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS ACEITOS PARA FINS COMPROBATÓRIOS I. DOCUMENTO DE IDENTIFICAÇÃO UM) PARA ALUNOS EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE SOCIOECONÔMICA No ato da apresentação dos documentos comprobatórios obrigatórios deverão ser apresentados os originais e cópias dos mesmos OU cópias autenticadas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Informe

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO. Informe Informe Conforme previsto no Edital nº 03, 10 de abril de 2015 http://www.sm.ifes.edu.br/site/arquivo/diversos/editais/2015/ed-pae-2015-03.pdf, a Direção-Geral do campus São Mateus do Instituto Federal

Leia mais

Listagem dos alunos com pendências e indeferidos:

Listagem dos alunos com pendências e indeferidos: Página 1 Listagem dos alunos com pendências e indeferidos: Algumas observações importantes: 1-Leiam atentamente o arquivo - Documentação para comprovação de vulnerabilidade socioeconômica - que está disponível

Leia mais

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados

RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados MARINHA DO BRASIL RO. 03.03 Versão: 38 Exclusivo para Uso Interno RO Roteiro Operacional Marinha do Brasil Área responsável: Gerência de Produtos Consignados 1. PÚBLICO ALVO E REGRAS BÁSICAS Categorias

Leia mais

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB

CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB CredIES IESB: a melhor alternativa para você. REGULAMENTO CRÉDITO ESTUDANTIL VIE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO (PRESENCIAIS) CONVÊNIO IESB - FUNDAPLUB Art.1º - O Centro de Educação Superior de Brasília, entidade

Leia mais

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro;

Passo 1: Entre em contato no numero abaixo em nossa Central Itaú Seguros para registrar a retirada do KIT de sinistro; Prezado Beneficiário, Para melhor apoiá-lo neste momento, encaminhamos abaixo todos os formulários e documentos necessários, bem como a orientação de como realizar o envio desses documentos. Procedimentos

Leia mais

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde

3 Benefícios. 3.1 Plano de Saúde 3 Benefícios O Processo de Benefícios atua como agente visando minimizar as situações problemas existentes na relação homem-trabalho, através de orientações e esclarecimentos aos empregados sobre os benefícios

Leia mais

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação!

Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Prezado (a) Consorciado (a), Parabéns pela contemplação! Para realizar sua contemplação providenciar a documentação solicitada abaixo e levar até uma loja do Magazine Luiza ou representação autorizada

Leia mais

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS

CRITÉRIOS DE PARTICIPAÇÃO NO PROCESSO DE ADMISSÃO DE NOVOS ALUNOS O Diretor do Colégio Santo Agostinho - Leblon, no uso de suas atribuições regimentais e em consonância com a legislação em vigor, traz a público este Edital e estabelece as normas regentes para o Processo

Leia mais

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA

SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA SETOR DE ATENDIMENTO AO ALUNO S.A.A. PROGRAMA INTERNO DE BOLSAS DE ESTUDO CARÊNCIA. REGULAMENTO TÍTULO I DOS FINS DA BOLSA O Conselho Universitário da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, regulamenta

Leia mais

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015

COMUNICADO. Assunto: Bolsas de Estudos 2015 COMUNICADO Assunto: Bolsas de Estudos 2015 O Colégio Franciscano Santa Clara informa os critérios para concorrer à bolsa de estudos 2015, aos candidatos que cumprirem com as seguintes condições: 1º Requisitos:

Leia mais

Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso

Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso Seguro viagem Kit de sinistro relação de documentos para aviso Para o Aviso de Sinistro, o beneficiário do segurado, ou o próprio segurado, deverá apresentar os seguintes documentos básicos, além dos documentos

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COMISSÃO PARA AVALIAÇÃO DA RENDA PER CAPITA PROCESSO SELETIVO PBP

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COMISSÃO PARA AVALIAÇÃO DA RENDA PER CAPITA PROCESSO SELETIVO PBP MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COMISSÃO PARA AVALIAÇÃO DA RENDA PER CAPITA PROCESSO SELETIVO PBP A B Instruções para o preenchimento: Leia com atenção todo o formulário, é importante

Leia mais

DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS COM FUNDAMENTAÇÃO BASE LEGAL, EMITIDA PELO ÓRGÃO (ORIGINAL);

DECLARAÇÃO DE VENCIMENTOS E VANTAGENS COM FUNDAMENTAÇÃO BASE LEGAL, EMITIDA PELO ÓRGÃO (ORIGINAL); PROTOCOLO GERAL DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÕES: 1. APOSENTADORIA REQUERIMENTO ASSINADO PELO SERVIDOR E COM VISTO DO CHEFE IMEDIATO (ORIGINAL); OBS.: APOSENTADORIA COMPULSÓRIA - NÃO É NECESSÁRIO

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2

LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2 LISTA DE DOCUMENTOS PARA OS CANDIDATOS A ASSISTÊNCIA SOCIAL EDUCACIONAL (BOLSA DE ESTUDO) 2013.2 Documentos Pessoais e do Grupo Familiar: ( )Uma foto atual 3x4 do aluno; ( )Cópia do comprovante de residência

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI -

LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - LISTA DE DOCUMENTOS - PROUNI - Os candidatos pré-selecionados devem entrar em contato com o SAE (Serviço de Assistência ao Estudante) para agendar a entrevista. Telefone: 35-3299-3044 Segue abaixo a relação

Leia mais

Considerando a reunião do CDP de 07 de abril de 2015;

Considerando a reunião do CDP de 07 de abril de 2015; RESOLUÇÃO N o 06/2015/CDP Florianópolis, 28 de maio de 2015. O PRESIDENTE DO DO INSTITUTO FEDERAL DE SANTA CATARINA EM EXERCÍCIO, no uso das atribuições que lhe foram conferidas pelo Regimento Geral do

Leia mais

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013

LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 LISTA DE DOCUMENTOS ProUni 2 º Semestre 2013 1. INFORMAÇÕES GERAIS 1.1 Os candidatos pré-selecionados deverão entregar cópia simples dos documentos adiante solicitados de todos aqueles que compõem a família.

Leia mais

Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins. Realização: José Hamilton Maldonado

Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins. Realização: José Hamilton Maldonado 1 COORDENADORIA GERAL DO SUBSISTEMA DE RECURSOS HUMANOS COORDENADORIA DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Coordenação Geral: Eliane Bastos Martins Realização: José Hamilton Maldonado Colaboração: Alexandre

Leia mais

ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos

ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos ANEXO II Programa Mais Professores FUSVE-USS 2016 Documentos Necessários para Requerimento de Bolsa de Estudos Os estudantes ou responsáveis legais obrigam-se a efetuar a entrega dos seguintes documentos

Leia mais

EDITAL UESC Nº 101 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA ISENÇÃO DA TAXA DO VESTIBULAR/2012

EDITAL UESC Nº 101 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA ISENÇÃO DA TAXA DO VESTIBULAR/2012 EDITAL UESC Nº 101 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA ISENÇÃO DA TAXA DO VESTIBULAR/2012 A Reitora em exercício da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC, no uso de suas atribuições, em conformidade com a Resolução

Leia mais

REGULAMENTO Nº 006, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014.

REGULAMENTO Nº 006, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. REGULAMENTO Nº 006, DE 22 DE DEZEMBRO DE 2014. Dispõe acerca das regras e procedimentos para a concessão de ajuda de custo e transporte dos servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia

Leia mais

Secretaria da Fazenda

Secretaria da Fazenda Secretaria da Fazenda PORTARIA Nº 022 DE 21 DE JANEIRO DE 2015 Salvador, Bahia Quinta-feira 22 de janeiro de 2015 Ano XCIX N o 21.622 Dispõe sobre o pagamento dos servidores públicos estaduais ativos ou

Leia mais

Art.3º O Recadastramento deverá ser feito na sede do IPASBO, situada à Avenida Maria Clara de Jesus nº 295 Centro.

Art.3º O Recadastramento deverá ser feito na sede do IPASBO, situada à Avenida Maria Clara de Jesus nº 295 Centro. PORTARIA Nº 03, DE 29 DE MAIO DE 2015. Estabelece normas e procedimentos para o recadastramento previdenciário dos servidores ativos, aposentados e pensionistas vinculados ao Regime Próprio de Previdência

Leia mais

EDITAL DE VAGAS. A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL

EDITAL DE VAGAS. A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL EDITAL DE VAGAS A diretora do Instituto Canção Nova, no uso de suas atribuições legais e regimentais, baixa o seguinte: EDITAL Para determinar os procedimentos necessários para pleitear vaga(s) para a

Leia mais

Relação de Documentos para a Concessão do Financiamento

Relação de Documentos para a Concessão do Financiamento 1 Prezado(a) Cliente, Estamos felizes em receber sua Proposta de Financiamento Imobiliário. Sabemos que é um importante momento de sua vida e nos sentimos orgulhosos de fazer parte dele. Para que tudo

Leia mais

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011.

SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011. Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. SEGURO-DESEMPREGO - NOVOS VALORES - MARÇO/2011 Matéria elaborada com base na legislação vigente em: 09/03/2011. Sumário: 1 - Introdução 2 - Requisitos 3 - Comprovação 4 - Parcelas 4.1 - Parcelas Adicionais

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR.

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR. RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA INSTRUIR O PROCESSO DE APOSENTADORIA, A SEREM APRESENTADOS PELO SERVIDOR. 1. Requerimento (original) do interessado; 2. Cópia da certidão de nascimento e/ou casamento,

Leia mais

Planos de Previdência Itaú. Relação de Documentos para Resgate em Caso de Falecimento do Titular do Plano

Planos de Previdência Itaú. Relação de Documentos para Resgate em Caso de Falecimento do Titular do Plano Planos de Previdência Itaú Relação de Documentos para Resgate em Caso de Falecimento do Titular do Plano Setembro/2014 Conte Conosco O Itaú está à sua disposição e sabe à importância de oferecer a você

Leia mais

A Bolsa de Estudo não está condicionada a nenhuma forma de desembolso monetário ou assunção de compromissos de prestação de serviços.

A Bolsa de Estudo não está condicionada a nenhuma forma de desembolso monetário ou assunção de compromissos de prestação de serviços. EDITAL - 2010 A União Brasileira de Educação e Ensino UBEE e a União Norte Brasileira de Educação e Cultura - UNBEC mantenedoras dos Colégios e Faculdades Maristas, no uso de suas atribuições previstas

Leia mais

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2

PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS- PROUNI PROCESSO SELETIVO PROUNI PARA 2015/2 FAHESA - Faculdade de Ciências Humanas, Econômicas e da Saúde de Araguaína ITPAC - INSTITUTO TOCANTINENSE PRESIDENTE ANTÔNIO CARLOS LTDA. Av. Filadélfia, 568 Setor Oeste Araguaína TO CEP 77.816-540 Fone:

Leia mais