A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N / PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N. 12.232/29.04.2010. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados"

Transcrição

1 A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N / PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

2 1) COEXISTÊNCIA ENTRE A NOVA LEI E A 8.666/93 A LEI 8.666/93 CONTINUA VIGORANDO NAQUILO QUE COMPLEMENTA A LEI /10, TAIS COMO: 1.1. Princípios da isonomia 1.2. Selecionar proposta mais vantajosa para a Administração PúblicaP 1.3. Atender os princípios pios da legalidade, impessoalidade, moralidade, igualdade, publicidade, probidade administrativa, vinculação ao instrumento convocatório, julgamento objetivo

3 1.4. Não admitir nos editais cláusulas ou condições que comprometam, restrinjam ou frustrem o caráter competitivo; 1.5. Manutenção dos prazos para publicação dos editais, sendo 45 dias para concorrência, 30 dias para tomada de preços e 5 dias úteis para convite; 1.6. Necessidade de republicação do edital quando houver modificações que afetem a formulação das propostas; 1.7. Manutenção das exigências relativas à documentação quanto à habilitação; OBSERVAÇÃO: Questionáveis as exigências quanto á profissional de nível n superior; capital ou patrimônio líquido l de até 10% do valor do contrato.

4 1.8. Manutenção das exigências quanto à composição do edital: objeto, prazo, condições para participação da licitação, critério rio de julgamento, etc. Excluída a apresentação do projeto básico b e orçamento estimado em planilhas; 1.9. Manutenção de prazo para impugnar edital: - Qualquer cidadão: 5 dias úteis anteriores à data da abertura dos envelopes; - Licitantes: 2 dias úteis anteriores à data da abertura dos envelopes; Manutenção de prazo de recurso: 5 dias úteis em relação à habilitação, inabilitação, julgamento de propostas, etc;

5 1.11. Manutenção das exigências quanto aos elementos do contrato administrativo: objeto, regime de execução, preço o e condições de pagamento, prazos, garantias, etc; Manutenção das condições para prorrogação do contrato decorrente de serem serviços de natureza contínua; nua;

6 2) OBRIGATORIEDADE DE LICITAÇÃO PELOS ÓRGÃOS DOS PODERES EXECUTIVOS, LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO DE TODOS OS ENTES FEDERADOS (UNIÃO, ESTADOS, MUNICÍPIOS) E DE SUA ADMINISTRAÇÃO INDIRETA 3) SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS A SEREM EXECUTADOS EXCLUSIVAMENTE POR AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE APTAS A PRESTAR INTEGRALMENTE TODOS OS SERVIÇOS QUE A LEI DEFINE COMO SEUS OBJETOS 4) A AGÊNCIA LICITANTE DEVERÁ TER O CERTIFICADO DE QUALIFICAÇÃO TÉCNICA T FORNECIDA PELO CENP, EM VIGOR. ENTIDADES EQUIVALENTES? PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

7 5) MODALIDADES DE LICITAÇÃO: A) CONCORRÊNCIA PARA VALORES ACIMA DE R$ ,00 E FACULTATIVA PARA VALORES INFERIORES B) TOMADA DE PREÇOS PARA VALORES ATÉ R$ ,00 C) CONVITE PARA VALORES ATÉ R$80.000,00. 6) TIPOS DE LICITAÇÕES: MELHOR TÉCNICA T e TÉCNICA T E PREÇO. VEDADO O TIPO MELHOR PREÇO

8 7) VEDADO O PREGÃO (PRESENCIAL OU DIGITAL) POR SER O PREGÃO SEMPRE DO TIPO MELHOR PREÇO 8) O QUE PODE SER CONTIDO NO OBJETO DO CONTRATO? O CONJUNTO DE ATIVIDADES REALIZADAS INTEGRADAMENTE QUE TENHAM POR OBJETO O ESTUDO, O PLANEJAMENTO, A CONCEITUAÇÃO, A CONCEPÇÃO, A CRIAÇÃO, A EXECUÇÃO INTERNA, A INTERMEDIAÇÃO E SUPERVISÃO DA EXECUÇÃO EXTERNA E A DISTRIBUIÇÃO DA PUBLICIDADE AOS VEÍCULOS E DEMAIS MEIOS DE DIVULGAÇÃO COM O OBJETIVO DE PROMOVER A VENDA DE BENS OU SERVIÇOS DE QUALQUER NATUREZA, DIFUNDIR IDÉIAS IAS OU INFORMAR AO PÚBLICO P EM GERAL. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

9 9) QUAIS SÃO OS SERVIÇOS COMPLEMENTARES POSSÍVEIS DE SEREM PRESTADOS? SÃO OS ESPECIALIZADOS PERTINENTES: A) Planejamento, execução e avaliação de pesquisas sobre o públicop blico-alvo, os meios de divulgação e os resultados das campanhas realizadas B) Produção e execução técnica t das peças e campanhas C) Criação e desenvolvimento de formas inovadoras de comunicação, em consonância com novas tecnologias.

10 10) VEDAÇÃO DE PESQUISAS E AVALIAÇÕES DE MATÉRIA ESTRANHA OU QUE NÃO GUARDEM PERTINÊNCIA COM O OBJETO DO CONTRATO DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS 11) SERVIÇOS COMPLEMENTARES QUE NÃO PODEM SER CONTRATADOS COM A INTERMEDIAÇÃO DAS AGÊNCIAS, OU SEJA, AQUELAS ATIVIDADES ALHEIAS À PUBLICIDADE PROPRIAMENTE DITA: AQUELES QUE NÃO NECESSITAM DA PARTICIPAÇÃO DA AGÊNCIA, PARA SUA INTERMEDIAÇÃO, COMO ASSESSORIA DE IMPRENSA, COMUNICAÇÃO E RELAÇÕES PÚBLICAS, P REALIZAÇÃO DE EVENTOS FESTIVOS, PROMOÇÕES E PATROCÍNIO, OS QUAIS SERÃO CONTRATADOS MEDIANTE LICITAÇÃO PRÓPRIA. PRIA.

11 OBS: Excluem-se do conceito de patrocínio vedado pela lei, o patrocínio de projetos de veiculação em mídia m ou em instalações que funcionem como veiculo de comunicação e o patrocínio da transmissão de eventos esportivos, culturais ou de entretenimento comercializados por veículo de comunicação. 12) PUBLICIDADE LEGAL 13) CONTRATAÇÃO DE MAIS DE UMA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE É PERMITIDA, MESMO SEM A SEGREGAÇÃO EM ÍTENS OU CONTAS PUBLICITÁRIAS, MEDIANTE JUSTIFICATIVA NO PROCESSO DE SELEÇÃO PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

12 O ENTE PÚBLICO P DEVERÁ INSTITUIR PROCEDIMENTO DE SELEÇÃO INTERNA ENTRE AS CONTRATADAS, CABENDO A ELE ESTABELECER COMO FARÁ ESSA SELEÇÃO INTERNA 14) CONTRATAÇÃO DE ESPAÇO/TEMPO NOS VEÍCULOS: SOMENTE PELA(S) AGÊNCIA(S) CONTRATADA(S), EXPRESSAMENTE AUTORIZADA(S) PELA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICAP

13 PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

14 15) DEVERÃO SER ATENDIDAS AS DISPOSIÇÕES DO ART. 40 DA LEI 8.666, EXCEÇÃO FEITA AOS INCISOS I E II DO SEU PARÁGRAFO 2º., 2 QUE SÃO: 2º: : CONSTITUEM ANEXOS DO EDITAL, DELE FAZENDO PARTE INTEGRANTE: I O PROJETO BÁSICO B E/OU EXECUTIVO; II ORÇAMENTO ESTIMADO EM PLANILHAS DE QUANTITATIVOS DE PREÇOS UNITÁRIOS. SERÃO EXIGIDOS:

15 A)DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO APRESENTADOS APÓS S O JULGAMENTO DAS PROPOSTAS DE PREÇO O E TÉCNICA, APENAS PELAS AGÊNCIAS CLASSIFICADAS B)SUBSTITUI-SE SE O PROJETO BÁSICO B E/OU EXECUTIVO POR : + BRIEFING CLARO, PRECISO E OBJETIVO, CONTENDO AS INFORMAÇÕES SUFICIENTES PARA QUE OS INTERESSADOS ELABOREM SUAS PROPOSTAS

16 + PLANO DE COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA QUE INCLUIRÁ,, OBRIGATORIAMENTE, UM RACIOCÍNIO BÁSICO, A ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA PROPOSTA, A IDÉIA IA CRIATIVA E A ESTRATÉGIA DE MÍDIA M E NÃO MÍDIAM + CONJUNTO DE INFORMAÇÕES QUE PERMITAM AVALIAR A CAPACIDADE DE ATENDIMENTO DO PROPONENTE E O NÍVEL N DOS TRABALHOS POR ELE REALIZADOS PARA SEUS CLIENTES. C)PROPOSTA TÉCNICA T SERÁ APRESENTADA EM 03 (TRÊS) ENVELOPES SENDO: - ENVELOPE 1 PADRONIZADO, FORNECIDO PELA ENTIDADE LICITANTE; - ENVELOPES 2 E 3 PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

17 D) CONTEÚDO DA PROPOSTA TÉCNICA: T - PLANO DE COMUNICAÇÃO EM 02 VIAS, SENDO A DE Nº 1 SEM IDENTIFICAÇÃO DE SUA AUTORIA E A DE Nº 2, COM IDENTIFICAÇÃO; AMBAS SERÃO IGUAIS, MAS A 2ª. 2. SEM OS EXEMPLOS DE PEÇAS QUE DEMONSTRAM A CONCRETIZAÇÃO DA IDÉIA IA CRIATIVA - CONJUNTO DE INFORMAÇÕES REFERENTES AO PROPONENTE, CONSTITUÍDO DE CAPACIDADE DE ATENDIMENTO, REPERTÓRIO RIO E CASES HISTORIES (ENVELOPE N. 3)

18 16) O PLANO DE COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA SERÁ COMPOSTO DE RACIOCÍNIO BÁSICO, B ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO PUBLICITÁRIA, IDÉIA IA CRIATIVA E ESTRATÉGIA DE MÍDIA M E NÃO MÍDIA, COMO JÁ J VINHA OCORRENDO PELA LEI 8.666/93. 17) JULGAMENTOS DAS PROPOSTAS TÉCNICAS T E DE PREÇO O COM BASE NO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO POR UMA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO OU POR UMA COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

19 18) JULGAMENTO DA PROPOSTA TÉCNICA T OBRIGATORIAMENTE POR UMA SUBCOMISSÃO TÉCNICA, SORTEADA ENTRE FUNCIONÁRIOS (OU NÃO) DO ENTE PÚBLICO, P PRÉ-CADASTRADOS, QUE SEJAM FORMADOS EM COMUNICAÇÃO, PUBLICIDADE OU MARKETING OU QUE ATUEM EM UMA DESSAS ÁREAS, SENDO QUE 1/3 DELES NÃO PODERÁ MANTER NENHUM VÍNCULO V COM A ENTIDADE LICITANTE. 19) REAVALIAÇÃO DA PONTUAÇÃO ATRIBUÍDA A UM QUESITO SEMPRE QUE A DIFERENÇA A ENTRE A MAIOR E A MENOR PONTUAÇÃO FOR SUPERIOR A 20% DA PONTUAÇÃO MÁXIMA M DO QUESITO.

20 COMISSÃO DEVE ENTRAR EM ACORDO. NÃO SENDO POSSÍVEL, OS AUTORES DAS PONTUAÇÕES DESTOANTES REGISTRARÃO EM ATA AS RAZÕES QUE OS LEVARAM A MANTER A PONTUAÇÃO ATRIBUÍDA AO QUESITO. 20) FIXAÇÃO DE CRITÉRIOS RIOS OBJETIVOS E AUTOMÁTICOS TICOS PARA IDENTIFICAÇÃO DA PROPOSTA MAIS VANTAJOSA PARA A ADMINISTRAÇÃO (A CRITÉRIO RIO DESTA), NO CASO DE EMPATE, TAIS COMO MELHOR PLANO DE COMUNICAÇÃO, CASES, ETC. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

21 21) VEDADA A COLOCAÇÃO NA VIA NÃO IDENTIFICADA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO, DE MARCA, SINAL OU PALAVRA QUE POSSIBILITE A IDENTIFICAÇÃO DO SEU PROPONENTE ANTES DO INVÓLUCRO DA VIA IDENTIFICADA. 22) PROPOSTA TÉCNICA T DESCLASSIFICADA TAMBÉM RECEBERÁ PONTUAÇÃO E SERÁ LACRADA, ATÉ O JULGAMENTO DOS RECURSOS INTERPOSTOS, EXCETO QUANDO DECORRENTE DA IDENTIFICAÇÃO DO PROPONENTE ANTES DA ABERTURA DO INVÓLUCRO IDENTIFICADO.

22 23) PROPOSTA DE PREÇOS OU COMERCIAL: SERÁ APRESENTADA EM UM ENVELOPE E CONTERÁ QUESITOS REPRESENTATIVOS DAS FORMAS DE REMUNERAÇÃO VIGENTES NO MERCADO PUBLICITÁRIO: (i) VEICULAÇÃO 20% SOBRE A MÍDIA, M COM EVENTUAL REPASSE PARCIAL (ii) 15% HONORÁRIOS RIOS PRODUÇÃO EXTERNA QUE PODEM SER REDUZIDOS SE HOUVER VEICULAÇÃO OU NÃO (iii) 5% A 10% SOBRE SERVIÇOS EXTERNOS EM QUE A AGÊNCIA SÓ S FAÇA A A INTERMEDIAÇÃO E/OU A COBRANÇA (iv) CUSTOS INTERNOS TABELA REFERENCIAL DO SINAPRO DA SUA BASE TERRITORIAL PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

23 24) CONSTITUIÇÃO DA SUBCOMISSÃO: ESCOLHA POR SORTEIO, EM SESSÃO PÚBLICA, P ENTRE OS NOMES DE UMA RELAÇÃO QUE TERÁ, NO MÍNIMO, M O TRIPLO DO NÚMERO N DE INTEGRANTES DA SUBCOMISSÃO, PREVIAMENTE CADASTRADOS, SENDO PELO MENOS 1/3 DE PROFISSIONAIS QUE NÃO MANTENHAM NENHUM VÍNCULO FUNCIONAL OU CONTRATUAL DIRETO OU INDIRETO COM A ENTIDADE LICITANTE. SUGESTÃO: MONTAR BANCO DE DADOS DE PROFISSIONAIS QUE POSSAM PARTICIPAR DESSAS SUBCOMISSÕES DE DENTRO E DE FORA DA ADMINISTRAÇÃO, EM NÚMERO N EXPRESSIVO.

24 DEVE HAVER DOIS SORTEIOS: UM SÓ S PARA PROFISSIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO E OUTRO PARA EXTERNOS, MESMO QUE DA ADMINISTRAÇÃO, MAS NÃO DO QUADRO DO ÓRGÃO QUE REALIZA A LICITAÇÃO 25) NAS CONTRATAÇÕES DE VALOR ATÉ 10 VEZES O LIMITE PREVISTO NA ALÍNEA A DO INCISO ii DO ART. 23 DA LEI 8.666/93 (R$ ,00), A RELAÇÃO DE MEMBROS DA SUBCOMISSÃO, PARA SEREM ESCOLHIDOS NO MÍNIMO M 03, SERÁ DE NO MÍNIMO O DOBRO DOS PROFISSIONAIS A SEREM ESCOLHIDOS. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

25 26) A RELAÇÃO COMPLETA DOS NOMES PARA A ESCOLHA DA SUBCOMISSÃO SERÁ PUBLICADA NA IMPRENSA OFICIAL ATÉ 10 DIAS ANTES DA DATA PREVISTA NO EDITAL PARA O SORTEIO, PODENDO QUALQUER DO POVO IMPUGNAR, MEDIANTE FUNDAMENTOS JURÍDICOS PLAUSÍVEIS, NOMES CONSTANTES DA RELAÇÃO. O IMPUGNADO PODE, POR INICIATIVA PRÓPRIA, PRIA, DAR-SE POR IMPEDIDO OU O CASO SERÁ JULGADO PELA AUTORIDADE COMPETENTE PELA LICITAÇÃO, SENDO REPUBLICADA A RELAÇÃO NO CASO DE ACEITAÇÃO DA IMPUGNAÇÃO.

26 27) EXCEPCIONALMENTE, QUANDO A LICITAÇÃO SE DER ATRAVÉS S DE CONVITE, NAS PEQUENAS UNIDADES ADMINISTRATIVAS E SEMPRE QUE FOR IMPOSSÍVEL, COMPROVADAMENTE, A CRIAÇÃO DA SUBCOMISSÃO TÉCNICA, T ESTA PODERÁ SER SUBSTITUÍDA PELA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO, OU POR SERVIDOR COM CONHECIMENTO NA ÁREA DE COMUNICAÇÃO, PUBLICIDADE OU MARKETING, FORMALMENTE DESIGNADO PELA AUTORIDADE COMPETENTE. 28) OS INTEGRANTES DA SUBCOMISSÃO TÉCNICA T NÃO PODERÃO PARTICIPAR DA SESSÃO DE RECEBIMENTO E ABERTURA DOS INVÓLUCROS COM AS PROPOSTAS TÉCNICAS T E DE PREÇOS. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

27 29) A ENTREGA DAS PROPOSTAS SERÁ REVESTIDA DE CUIDADOS, IMPEDINDO QUE QUALQUER ENVELOPE CONTENHA ALGUM TIPO DE IDENTIFICAÇÃO, SEGUINDO O RITO ESPECIAL: A) ABERTURA DOS DOIS INVÓLUCROS COM A VIA NÃO IDENTIFICADA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E COM AS INFORMAÇÕES SOBRE O PARTICIPANTE, EM SESSÃO PÚBLICA P ESPECIAL; B) ENCAMINHAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS, T NÃO IDENTIFICADAS, À SUBCOMISSÃO TÉCNICA T PARA ANÁLISE INDIVIDUALIZADA E JULGAMENTO DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E CONJUNTO DE INFORMAÇÕES, JULGAMENTO E ENCAMINHAMENTO DO RESULTADO, COM DOCUMENTOS, INCLUSIVE AS PLANILHAS, À COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO;

28 C) SESSÃO PÚBLICA P PARA APURAÇÃO GERAL DAS PROPOSTAS TÉCNICAS, T QUANDO SERÁ ABERTA A VIA IDENTIFICADA E SEU COTEJO COM A NÃO IDENTIFICADA, COM A POSTERIOR PROCLAMAÇÃO DO RESULTADO. O PROCEDIMENTO NA FASE TÉCNICA T ENCERRA-SE COM A PUBLICAÇÃO DO RESULTADO E A ABERTURA DO PRAZO DE CINCO DIAS PARA QUE SEJA APRESENTADA EVENTUAL IMPUGNAÇÃO. 30) ENCERRADA A PARTE TÉCNICA, T SERÁ REALIZADA SESSÃO PÚBLICA P PARA A ABERTURA DAS PROPOSTAS DE PREÇO, ACOMPANHANDO O QUE ESTIVER DETERMINADO NO EDITAL QUANTO AO TIPO DE LICITAÇÃO: MELHOR TÉCNICAT CNICA OU TÉCNICA E PREÇO. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

29 31) SENDO DO TIPO MELHOR TÉCNICAT CNICA,, A MELHOR CLASSIFICADA TÉCNICAMENTE T TERÁ A PREFERÊNCIA COM A ACEITAÇÃO DO MENOR PREÇO OFERECIDO ENTRE AS CLASSIFICADAS PREVIAMENTE E, NA DE TÉCNICA E PREÇO,, SERÁ VENCEDORA A DE MELHOR MÉDIA M PONDERADA ENTRE OS PONTOS OBTIDOS EM TÉCNICA T E PREÇO. DESSA DECISÃO, IGUALMENTE, CABERÁ RECURSO A SER INTERPOSTO EM CINCO DIAS ÚTEIS, CONTADOS DA DATA DA INTIMAÇÃO DO ATO OU DA LAVRATURA DA ATA.

30 DOS CONTRATOS DOS SERVIÇOS DE PUBLICIDADE E SUA EXECUÇÃO PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

31 32) A DEFINIÇÃO DO OBJETO DO CONTRATO E DE SUAS CLÁUSULAS DAR-SE SE-Á EM ESTRITA VINCULAÇÃO AO ESTABELECIDO NO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO DA LICITAÇÃO E DA LEGISLAÇÃO EM VIGOR. A EXECUÇÃO DO CONTRATO ATENDERÁ OS TERMOS E CONDIÇÕES ESTABELECIDAS NO EDITAL DE LICITAÇÃO E NO CONTRATO OS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS REGULAM-SE PELAS SUAS CLÁUSULAS E PELOS PRECEITOS DE DIREITO PÚBLICO. QUANDO A EXECUÇÃO DO OBJETO DO CONTRATO NÃO PUDER SER INTEGRALMENTE PREVISTA PELO DIREITO PÚBLICO, P SERÁ APLICADA, DE FORMA SUBSIDIÁRIA, AS DISPOSIÇÕES DE DIREITO PRIVADO (ART. 54 DA LEI 8.666) (CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS, SEM LICITAÇÃO)

32 FORNECEDORES 33) TERCEIROS FORNECEDORES DE BENS E SERVIÇOS ESPECIALIZADOS E COMPLEMENTARES DA PUBLICIDADE, PARA SEREM CONTRATADOS, DEVERÃO SE CADASTRAR PREVIAMENTE NO ENTE PÚBLICO P QUE REALIZA A LICITAÇÃO. 34) CADA ENTIDADE PÚBLICA P É QUEM ESTABELECERÁ AS CONDIÇÕES PARA O CADASTRAMENTO DOS FORNECEDORES.

33 35) NOSSA SUGESTÃO: A ATUALIZAÇÃO DO CADASTRO SE DARÁ POR GESTÃO,, DE ACORDO COM AS REGRAS QUE CADA UM CRIAR PARA ISSO 36) A AGÊNCIA CONTRATADA DEVERÁ SEMPRE COLHER NO MÍNIMO M TRÊS PROPOSTAS JUNTO AOS FORNECEDORES CADASTRADOS 37) A EXCEÇÃO A ESSA REGRA OCORRERÁ QUANDO FOR JURIDICAMENTE IMPOSSÍVEL OBTER TRÊS ORÇAMENTOS, DEVENDO SER OBJETO DE PLENA JUSTIFICAÇÃO E A MESMA MANTIDA NO PROCESSO LICITATÓRIO PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

34 38) QUANDO O FORNECIMENTO DE BENS OU SERVIÇOS TIVER VALOR SUPERIOR A 0,5% DO VALOR GLOBAL DO CONTRATO, A AGÊNCIA COLETARÁ OS ORÇAMENTOS DOS FORNECEDORES EM ENVELOPES FECHADOS E QUE SERÃO ABERTOS EM SESSÃO PÚBLICA, P CONVOCADA E REALIZADA SOB FISCALIZAÇÃO DO ENTE PÚBLICO P CONTRATANTE. 39) O VALOR GLOBAL DO CONTRATO A QUE SE REFERE O PARÁGRAFO 2º 2 DO ART. 14, SE REFERE AO VALOR ORIGINAL DO CONTRATO, NÃO SENDO ADOTADA QUALQUER ALTERAÇÃO A ESSE VALOR, INCLUSIVE OS EVENTUAIS ACRÉSCIMOS DE ATÉ 25% PERMITIDOS PELA NORMA LEGAL.

35 40) SERÁ DISPENSADO DA EXIGÊNCIA O FORNECIMENTO DE BENS E SERVIÇOS ATÉ O VALOR DE R$16.000,00 OU 20% DO VALOR MÁXIMO DO CONTRATO. 41) NA PRESTAÇÃO DE CONTAS DA VEICULAÇÃO DE PUBLICIDADE, EXIGE-SE QUE A AGÊNCIA APRESENTE A TABELA DE PREÇOS DO VEÍCULO, O VALOR DEVIDO, A DESCRIÇÃO DOS DESCONTOS NEGOCIADOS, OS PEDIDOS DE INSERÇÃO CORRESPONDENTES, BEM COMO O RELATÓRIO RIO DE CHECAGEM DA VEICULAÇÃO A CARGO DE EMPRESA INDEPENDENTE, SEMPRE QUE POSSÍVEL.

36 42) PERTENCERÁ AO ENTE PÚBLICO P QUE REALIZA A CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS AS VANTAGENS OBTIDAS PELA AGÊNCIA NA NEGOCIAÇÃO DE COMPRA DE MÍDIA, M INCLUÍDOS DESCONTOS E BONIFICAÇÕES NA FORMA DE TEMPO, ESPAÇO O OU REAPLICAÇÕES. 43) O ENTE PÚBLICO P DEVERÁ MANTER SÍTIO S ABERTO, A PARTIR DE 29/04/10, NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES, COM AS INFORMAÇÕES SOBRE A EXECUÇÃO DO CONTRATO, COM OS NOMES DOS FORNECEDORES DE SERVIÇOS ESPECIALIZADOS E VEÍCULOS, GARANTINDO LIVRE ACESSO ÀS INFORMAÇÕES POR QUAISQUER INTERESSADOS PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

37 44) O SÍTIO S A SER CRIADO PELO ENTE PÚBLICO P DEVE CONTER AS INFORMAÇÕES SOBRE SERVIÇOS REALIZADOS A PARTIR DE 30 DE ABRIL DE 2010, DATA EM QUE PASSOU A VIGORAR A NOVA LEI 45) A PERIODICIDADE DESSAS INFORMAÇÕES NÃO FOI ESTABELECIDA PELA LEI, MAS SUGERE-SE SE QUE SEJA FEITO MENSALMENTE, ABRANGENDO OS PAGAMENTOS REALIZADOS NO MÊS ANTERIOR 46) RECOMENDA-SE TAMBÉM M QUE AS DESPESAS DOS MESES ANTERIORES SEJAM DISPONIBILIZADAS ATRAVÉS S DE UM LINK E QUE PODE SER ACESSADO POR INTERESSADOS, FICANDO DISPONÍVEL ATÉ O FINAL DA EXECUÇÃO DO CONTRATO

38 47) AS AGÊNCIAS SÃO OBRIGADAS, A PARTIR DA VIGÊNCIA DA LEI, A MANTER POR CINCO ANOS, NO MÍNIMO, M A CONTAR DO FINAL DA EXECUÇÃO DO CONTRATO, O ACERVO COMPROBATÓRIO RIO DOS SERVIÇOS PRESTADOS, INCLUSIVE DAS PEÇAS PRODUZIDAS. 48) FACULTA-SE AOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO A CONCESSÃO DE PLANOS DE INCENTIVO E SUA ACEITAÇÃO POR AGÊNCIA DE PUBLICIDADE, CUJOS FRUTOS CONSTITUEM RECEITA PRÓPRIA PRIA DA AGÊNCIA E NÃO SE CONFUNDEM COM AS BONIFICAÇÕES NA FORMA DE TEMPO, ESPAÇO O OU REAPLICAÇÕES QUE A LEI DETERMINA QUE SEJAM REPASSADOS AO ENTE PÚBLICO P CONTRATANTE. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

39 49) AS AGÊNCIAS NÃO PODERÃO SOBREPOR O INTERESSE DOS PLANOS DE INCENTIVO DOS QUAIS PARTICIPE, AO INTERESSE DO CLIENTE, PRETERINDO VEÍCULOS NA INTERMEDIAÇÃO DA PUBLICIDADE, SOB PENA DE SER ENQUADRADA NO ART. 87 DA LEI N. 8666/93, QUE PREVÊ SANÇÕES PARA A INEXECUÇÃO OU FRAUDE NA EXECUÇÃO DOS CONTRATOS ADMINISTRATIVOS 50) SERÃO DISCRIMINADAS EM CATEGORIAS DE PROGRAMAÇÃO ESPECÍFICAS NO PROJETO E NA LEI ORÇAMENT AMENTÁRIA ANUAL AS DOTAÇÕES ORÇAMENT AMENTÁRIAS DESTINADAS ÀS S DESPESAS COM PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E COM PUBLICIDADE DE UTILIDADE PÚBLICA. P

40 51) A LEI /2010 É APLICADA SUBSIDIARIAMENTE ÀS S EMPRESAS QUE POSSUEM REGULAMENTO PRÓPRIO PRIO DE CONTRATAÇÃO, ÀS LICITAÇÕES ABERTAS, AOS CONTRATOS EM FASE DE EXECUÇÃO E AOS EFEITOS PENDENTES DOS CONTRATOS JÁ J ENCERRADOS NA DATA DE SUA PUBLICAÇÃO PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

41 52) SENDO ESSA APLICAÇÃO DE FORMA SUBSIDIÁRIA, OU SEJA, DE FORMA COMPLEMENTAR, NÃO PODE ALTERAR AS DISPOSIÇÕES PRINCIPAIS DO CONTRATO, COMO O OBJETO, AS CONDIÇÕES BÁSICAS, B ETC PODEM APLICAR AS DISPOSIÇÕES DA NOVA LEI, TAIS COMO: a) Adoção do procedimento de sorteio para designação dos membros da subcomissão técnicat b) Seleção interna para distribuição de serviços entre as agências, quando houver mais de uma agência contratada

42 c) Adoção de envelopes fechados para as propostas dos fornecedores quando o valor estimado do serviço o de produção publicitária ultrapassar 0,5% do valor do contrato d) Obrigatoriedade na divulgação de relatórios rios regulares de gastos executados no site de cada entidade e) Inclusão, nos processos de liquidação de despesas, das tabelas de descontos de mídia m dos veículos contratados f) Estudo para criação de um Cadastro único de Fornecedores que centralizará os fornecedores de produção publicitária PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

43 Paulo Gomes de Oliveira Filho Mariana Sceppaquercia Galvão Letícia Mara Vaz Livreri Eduardo Fonseca Martins Av. dos Eucaliptos, 530 (11)

44 PALESTRAS DISPONIBILIZADAS: - A Proteção Intelectual da Obra Publicitária e Direitos da Personalidade - Câmara Nacional de Arbitragem na Comunicação - Conar - Contratos em Publicidade - Critérios rios Éticos para a promoção de Medicamentos - Fórum de Produção Publicitária - Internet, Redes Sociais e Direitos Autorais - Problemas Legais Mais Comuns no Dia-a-dia da Agência - Promoções Comerciais e Concursos Culturais - Publicidade de Fumígeros e Medicamentos - Publicidade Dirigida ao Público P Infanto- juvenil - Publicidade Institucional em ano de eleição e Publicidade Política - Publicidade De Medicamentos e Alimentos

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO Por João Luiz Faria Netto A nova lei conta com normas principais e obrigatórias para a contratação de agências de publicidade

Leia mais

PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS. Paulo Gomes de Oliveira Filho Advogados Associados

PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS. Paulo Gomes de Oliveira Filho Advogados Associados PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS I DISPOSIÇÕES GERAIS 1 Normais legais e convencionais que regulam as licitações e as contratações de serviços publicitários: Normas

Leia mais

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS Secretaria Municipal de Gestão e Controle Departamento de Auditoria Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 LEI FEDERAL 12.232, DE 29

Leia mais

Nota Técnica nº 36/2014

Nota Técnica nº 36/2014 Nota Técnica nº 36/2014 Assunto: Licitação para contratação de agência de publicidade. Procedimentos. Caros clientes e colegas: A GEPAM, no intuito de orientar seus clientes, vem esclarecer sobre a Lei

Leia mais

Publicidade Legal x Publicidade Institucional

Publicidade Legal x Publicidade Institucional Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos Módulo 6: Contratação de serviços de publicidade Edinando Brustolin Graduado e mestre em Direito pela UFSC. Assessor jurídico da Federação

Leia mais

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008.

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010

ESTADO DO ACRE DECRETO Nº 5.966 DE 30 DE DEZEMBRO DE 2010 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas, empresas de pequeno porte e equiparadas nas contratações de bens, prestação de serviços e execução de obras, no âmbito

Leia mais

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007

DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 DECRETO Nº. 6.204, DE 5 DE SETEMBRO DE 2007 DOU 06.09.2007 Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado para as microempresas e empresas de pequeno porte nas contratações públicas de

Leia mais

XXI. Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010

XXI. Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010 XXI Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010 [Disciplina as licitações e os contratos de serviços de publicidade prestados por intermédio de agência de propaganda a órgão ou entidade do Poder

Leia mais

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO

OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO FECAM Escola de Gestão Pública Municipal OBRAS PÚBLICAS: QUESTÕES PRÁTICAS DA LICITAÇÃO AO RECEBIMENTO Módulo II Chapecó, março/2012 1 Aspectos Legais da Licitação de Obras Denise Regina Struecker Auditora

Leia mais

LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE Nº 26 abril/maio/junho de 2011 Salvador Bahia Brasil - ISSN 1981-187X LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE Edgar Guimarães Advogado. Mestre e Doutorando em Direito Administrativo

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador FRANCISCO DORNELLES I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE 2009. RELATOR: Senador FRANCISCO DORNELLES I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2009 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, em decisão terminativa, sobre o Projeto de Lei da Câmara nº 197, de 2009 (nº 3.305, de 2008, na origem), do Deputado José Eduardo Cardozo,

Leia mais

SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA DO ESTADO DO PIAUÍ

SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA DO ESTADO DO PIAUÍ VALORES DE INVESTIMENTO MÍNIMO PARA REEMBOLSO DE CUSTOS INTERNOS DE SERVIÇOS PRÓPRIOS DE AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA RECOMENDADO PELO SINAPRO PIAUÍ 2014 SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA

Leia mais

Agência de Propaganda

Agência de Propaganda Agência de Propaganda Um assinante do Consultor Municipal fez a seguinte consulta: As empresas de propaganda e marketing são consideradas agências? E qual seria a base de cálculo do ISS? Por ser um assunto

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 3.931, DE 19 DE SETEMBRO DE 2001. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. Disciplina as licitações e os contratos de serviços de publicidade prestados por intermédio

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO A empresa

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013 O CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA - CRF/SC, Autarquia Federal, instituída pela Lei 3.820/60, torna público que se acha aberto, nesta unidade,

Leia mais

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004

DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 DIÁRIO OFICIAL EDIÇÃO Nº 030224 de 30/06/2004 GABINETE DO GOVERNADOR D E C R E T O Nº 1.093, DE 29 DE JUNHO DE 2004 Institui, no âmbito da Administração Pública Estadual, o Sistema de Registro de Preços

Leia mais

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL

CONFEDERAÇÃO BRASILEIRA DE HANDEBOL EDITAL DE LICITAÇÃO nº 002/2012 TOMADA DE PREÇOS PARA PRESTADORES DE SERVIÇOS E PRESTAÇÕES DE CONTAS NA GESTÃO DE PROJETOS A CBHb, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ CONCORRÊNCIA 12/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PUBLICIDADE

Leia mais

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Brasília, 7 de agosto de 2014 ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Prezados Senhores, Em resposta a questionamentos formulados pelas licitantes no âmbito da Concorrência Publica nº

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 003/2014

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 003/2014 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO N.º 003/2014 O Prefeito Municipal de Pomerode/SC, no uso de suas atribuições legais, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar CHAMAMENTO PÚBLICO,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2012 Processo nº 22.402/2012 PREÂMBULO

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Licitação segundo a Lei n. 8.666/93 Leila Lima da Silva* *Acadêmica do 6º período do Curso de Direito das Faculdades Integradas Curitiba - Faculdade de Direito de Curitiba terça-feira,

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 03/2014 RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS

CARTA CONVITE Nº 03/2014 RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS CARTA CONVITE Nº 03/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 14.09.029 ADM OBJETO: Contratação de agência publicitária para a prestação de serviços de publicidade, destinados à realização de campanha em homenagem

Leia mais

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra

COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93. Viviane Moura Bezerra COMPARAÇÃO ENTRE O RDC E A LEI 8666/93 Viviane Moura Bezerra Índice de Apresentação 1.Considerações iniciais 2.Surgimento do RDC 3.Principais Inovações 4.Pontos Comuns 5.Contratação Integrada 6.Remuneração

Leia mais

NORMAS DE DILIGÊNCIA TÉCNICA DE VERIFICAÇÃO:

NORMAS DE DILIGÊNCIA TÉCNICA DE VERIFICAÇÃO: NORMAS DE DILIGÊNCIA TÉCNICA DE VERIFICAÇÃO: NORMAS DE DILIGÊNCIA TÉCNICA DE VERIFICAÇÃO: Considerando: - A Lei nº 12.232/10 estabelece no seu art. 4º que, para participar de licitações públicas, as agências

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012 Inscrição e seleção dos membros da Subcomissão Técnica para licitações de serviços de publicidade EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DOS MEMBROS DA SUBCOMISSÃO TÉCNICA

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 005/2008 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais

Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais Análise realizada em 25/08/2014. Consultores: Maurício Zanin, Maria Aparecida e Mauro

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS ESTADO DO PARANÁ EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA ASSUNTO: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing, ou que atuem em uma dessas áreas, com o intuito de constituir subcomissão técnica para a

Leia mais

Parágrafo Terceiro. O caixa do ICP não poderá conter valores elevados, mas somente o suficiente para realizar pequenas compras ou pagamentos.

Parágrafo Terceiro. O caixa do ICP não poderá conter valores elevados, mas somente o suficiente para realizar pequenas compras ou pagamentos. Regulamento interno para aquisição de bens e contratação de obras e serviços, do ICP, com fundamento na Lei nº 8.666 de 21 de junho de 1993, e na Instrução Normativa nº 01/97 da Secretaria do Tesouro Nacional.

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR

NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR Referências: Processo SECOM nº 00170.001719/2008-71.

Leia mais

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP)

Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Formação dos integrantes do Conselho de Planejamento e Orçamento Participativos (CPOP) Conceitos gerais de gestão pública: princípios e regras da administração pública, processos de licitação, contratos

Leia mais

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013

PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 1. O que é Registro de Preços? PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES Sistemática de Registro de Preços Versão: 06/12/2013 O Sistema de Registro de Preços é "o conjunto de procedimentos para seleção de proposta

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom 1. IDENTIFICAÇÃO TC n : Órgão concedente: Objeto da outorga: Local: 2. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL a Constituição Federal, art. 21, XI; b - Lei n.º 9.472/97; c - Resolução ANATEL n.º 65/98 e 73/98; d - Lei n.º

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015 Página 1 de 6 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015 O Centro Universitário Municipal de Franca Uni-FACEF, sediado à Avenida Major Nicácio, 2433, São José, neste Município de FRANCA, SP, inscrita no CNPJ

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A

CARTA CONVITE Nº 028/2009 M I N U T A IMPORTANTE : PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JARDIM PAULISTA

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2015 Assunto: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing, ou que atuem em uma dessas áreas, com o intuito de constituir Subcomissão

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2015 A Faculdade de Direito de Franca FDF, com sede na Avenida Major Nicácio, 2377, Bairro São José, neste Município de FRANCA, SP, inscrita no CNPJ sob nº 54.157.748/0001-21,

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015 OBJETO: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing com o intuito de constituir subcomissão técnica

Leia mais

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições:

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: PORTARIA Nº. 001/2009 O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: Considerando que o CENTRO INTEGRADO DE ESTUDOS

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local

EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA. Data Evento Horário Forma Local EDITAL DE LICITAÇÃO PROCESSO DE SELEÇÃO CBG Nº 001/2015 ASSESSORIA DE IMPRENSA A CBG Confederação Brasileira de Golfe, de acordo com a Lei 10.264 de 16 de julho de 2001 Lei Agnelo/Piva, regulamentada pelo

Leia mais

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1

Seja Bem-vindo(a)! AULA 1 Seja Bem-vindo(a)! Neste módulo vamos trabalhar os principais conceitos de Administração Pública que apareceram com mais frequência nas últimas provas. AULA 1 Estado, origens e funções Teoria Burocrática

Leia mais

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO LEIA-SE: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA COMERCIAL NO SUMÁRIO: ONDE

Leia mais

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR

IMPUGNAÇÃO AO EDITAL. Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR Ilmº Senhor HENRIQUE MARTINS FARIAS Gerente de Administração Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil CAU/BR REF.: Pregão Eletrônico nº 019/2015 A empresa Cabral Consultoria em Recursos Humanos Ltda,

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE PREÂMBULO O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede Urgência do Norte de Minas- CISRUN, com sede na Praça Itapetinga, N 27,

Leia mais

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS

A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS A ILUSTRÍSSIMA SENHORA SHEILA BATISTA DOS SANTOS PREGOEIRA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE VILA VELHA SECRETARIA MUNICIPAL DE GOVERNO CENTRAL DE COMPRAS C.C.P TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DO ESPITIRO SANTO

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 002/2010

CARTA CONVITE Nº 002/2010 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO COM ATÉ 24 HORAS DE ANTECEDENCIA DO CERTAME NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP:

Leia mais

PARECER JURÍDICO Nº011/2014 CONCORRÊNCIA Nº001/2014 I - A QUESTÃO:

PARECER JURÍDICO Nº011/2014 CONCORRÊNCIA Nº001/2014 I - A QUESTÃO: PARECER JURÍDICO Nº011/2014 CONCORRÊNCIA Nº001/2014 I - A QUESTÃO: O CONSELHO DE ARQUITETURA E URBANISMO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CAU/RS solicita parecer jurídico acerca dos Recursos Hierárquicos

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Empresas de Pequeno Porte em Compras Governamentais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO. Empresas de Pequeno Porte em Compras Governamentais Benefícios para Micro Empresa e Empresas de Pequeno Porte em Compras Governamentais I) Objetivo Tópicos II) Avaliação da experiência do Governo Federal III) Principais Pontos da LC nº 123/2006 e do Decreto

Leia mais

10/2011 750364/2010 SDH/PR

10/2011 750364/2010 SDH/PR Cotação Prévia de Preço n 10/2011 Convênio nº 750364/2010 SDH/PR Projeto: Desenvolver processos de educação popular, visando a garantia dos direitos humanos e fortalecimento da cidadania, na perspectiva

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 05/2015 CREMEB 1 -DO OBJETO O objeto do Pregão Presencial é a contratação de empresa especializada para prestação de serviços de rádio-táxi

Leia mais

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012

PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 PROCESSO SELETIVO Nº 004/2012 O Instituto de Gestão e Humanização IGH, torna público para conhecimento dos interessados, que fará realizar Processo Seletivo objetivando a contratação de serviços de Coleta,

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014

EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 EDITAL DE LICITAÇÃO - CONVITE N 01/2014 PROCESSO 08/2014 I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES Por determinação do(a) Senhor(a) GILMAR DE ALMEIDA BOEIRA, Prefeito Municipal, com a autoridade que lhe é atribuida

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 04/2012/DENOR/SGCN/SECOM-PR Brasília, 20 de abril de 2012. Referência:

Leia mais

GUIA DE RECEBIMENTO E OFERECIMENTO DE PRESENTES, BRINDES, HOSPITALIDADE E CONTRAPARTIDAS DE PATROCÍNIO

GUIA DE RECEBIMENTO E OFERECIMENTO DE PRESENTES, BRINDES, HOSPITALIDADE E CONTRAPARTIDAS DE PATROCÍNIO GUIA DE RECEBIMENTO E OFERECIMENTO DE PRESENTES, BRINDES, HOSPITALIDADE E CONTRAPARTIDAS DE PATROCÍNIO (Síntese adaptada do normativo interno PG-0V1-00034-0 Guia de Recebimento e Oferecimento de Presentes,

Leia mais

REGULAMENTO DE COMPRAS

REGULAMENTO DE COMPRAS REGULAMENTO DE COMPRAS A SPDM /PAIS Associação Paulista Para O Desenvolvimento da Medicina, vem por meio deste dar publicidade ao Regulamento Próprio utilizado contendo os procedimentos que adotará para

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007

CARTA CONVITE Nº 013/2007 PROCESSO N.º 1.612/2007 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO O INTERESSADO DEVERÁ RETIRAR O EDITAL SOB PROTOCOLO NA SEDE DO CONSELHO SITUADO À RUA PAMPLONA, 1200 JD PAULISTA CEP: 01405-001 - DEPTO DE COMPRAS - 8º ANDAR. Regime

Leia mais

LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO

LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO 1 2 3 LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO 4 5 INTRODUÇÃO O intuito deste

Leia mais

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda.

WEGH Assessoria e Logística Internacional Ltda. ILMO. SR. DR. PREGOEIRO DO PREGÃO ELETRÔNICO N. 79/2012 DA FUNDAÇÃO DE APOIO A PESQUISA E A EXTENSAO - FAPEX Pregão Eletrônico nº 79/2012 WEGH ASSESSORIA E LOGISTICA INTERNACIONAL LTDA, com sede na Rua

Leia mais

Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para:

Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo <araujo.m40@gmail.com> Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para: Marcelino David Bandt Da Costa De: Mario Luis Coutinho de Araujo Araujo Enviado em: terça-feira, 2 de agosto de 2011 16:38 Para: Marcelino David Bandt Da Costa Assunto: Pedido de

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO:

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL PREGÃO PRESENCIAL 008/2015 ASSUNTO: Impugnação ao Edital oferecida pela empresa QATIVE TECNOLOGIA E EVENTOS LTDA. DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004

DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 DECRETO Nº 11.319, DE 13 DE FEVEREIRO DE 2004 PUBLICADO NO DIÁRIO OFICIAL Nº 032, DE 17-02-2004 Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP, previsto no art. 15, da Lei nº 8.666, de 21 de junho de

Leia mais

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES O PRESIDENTE DA VIVA RIO, no uso de suas atribuições regimentais, torna público o anexo Regulamento para Aquisição

Leia mais

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39

GRUPO. CEP: 57020-670 - Cel. 8830-6001. WAPPE PUBLICIDADE E EVENTOS LTDA Unidade de Cursos www.wap.com.br CNPJ: 05.823.069/0001-39 Curso de Licitações, Contratos e Sistema de Registro de Preços (SRP) - 20 e 21 de Março Módulo i- licitação Definição O dever de licitar Quem pode licitar Pressuposto Natureza jurídica e fundamentos Legislação

Leia mais

Impugnação apresentada pela Promotional

Impugnação apresentada pela Promotional Impugnação apresentada pela Promotional PROMOTIONAL TRAVEL VIAGENS E TURISMO LTDA, pessoa jurídica dedireito privado, inscrita no CNPJ sob o nº 40.434.458/0001-73, situada à Rua São José nº 90, Salas 1505/06/07/08,

Leia mais

Contratos. Licitações & Contratos - 3ª Edição

Contratos. Licitações & Contratos - 3ª Edição Contratos 245 Conceito A A Lei de Licitações considera contrato todo e qualquer ajuste celebrado entre órgãos ou entidades da Administração Pública e particulares, por meio do qual se estabelece acordo

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores:

5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental. CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009. Prezados Senhores: CONVITE Nº. 0006/2009 Contrato 045/2009 Prezados Senhores: A ONG 5 Elementos Instituto de Educação e Pesquisa Ambiental, em conformidade com a redação em vigor da Lei Federal nº 8.666/93, Lei Estadual

Leia mais

ASSUNTO: Atualização do Perguntas e Respostas nº 003/2010 que versa sobre Pregão ORIGEM: GEALC PSEF 40284/10-7

ASSUNTO: Atualização do Perguntas e Respostas nº 003/2010 que versa sobre Pregão ORIGEM: GEALC PSEF 40284/10-7 PERGUNTAS E RESPOSTAS OT Nº 001/11 ASSUNTO: Atualização do Perguntas e Respostas nº 003/2010 que versa sobre Pregão ORIGEM: GEALC PSEF 40284/10-7 Este trabalho visa a orientar os agentes administrativos,

Leia mais

Apresentação PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES

Apresentação PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES Apresentação 1 PostgreSQL 8.2/ 8.3 Domingos Martins ES v. 1.0 2 Introdução: O foi desenvolvido com o objetivo de simplificar e agilizar o processo de aquisição de materiais e serviços, atendendo as exigências

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA 01/2010 QUESTIONAMENTO 12

CONCORRÊNCIA AA 01/2010 QUESTIONAMENTO 12 CONCORRÊNCIA AA 01/2010 QUESTIONAMENTO 12 Questionamento 12.1: No item 2.1, p. 02 do edital, informa-se que poderão participar da concorrência, os interessados cadastrados e habilitados parcialmente no

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado,

O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL, no uso da atribuição que lhe confere o art. 82, incisos V e VII, da Constituição do Estado, DECRETO N 42.434, DE 09 DE SETEMBRO DE 2003, DOERS. Regulamenta, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, a modalidade de licitação denominada pregão, por meio eletrônico, para a aquisição de bens e serviços

Leia mais

Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República

Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República Secretaria de Comunicação Social - SECOM Presidência da República Manifestação da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República sobre as contribuições, sugestões e questionamentos apresentados

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

CONDIÇÕES GERAIS DO (NOME FANTASIA DO PRODUTO) (NOME FANTASIA DO PRODUTO) - MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: (nº processo SUSEP)

CONDIÇÕES GERAIS DO (NOME FANTASIA DO PRODUTO) (NOME FANTASIA DO PRODUTO) - MODALIDADE: INCENTIVO PROCESSO SUSEP Nº: (nº processo SUSEP) - textos na cor azul serão adotados caso selecionados; - textos na cor vermelha deverão ser suprimidos no documento original e trata-se de informações para a elaboração do Título; - textos em negrito,

Leia mais

ELABORAÇÃO DE EDITAIS,

ELABORAÇÃO DE EDITAIS, ELABORAÇÃO DE EDITAIS, TERMOS DE REFERÊNCIA E PROJETOS BÁSICOS Os cuidados necessários no planejamento das licitações O direito de preferência para bens e serviços produzidos no Brasil As regras de sustentabilidade

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PEDRO DAS MISSÕES PROCESSO LICITATÓRIO Nº 003/2016 TOMADA DE PREÇO Nº 003/2016 Aldoir Godois Vezaro, Prefeito Municipal de São Pedro das Missões RS, no uso de suas atribuições legais e de conformidade com a Lei nº 8.666,

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO

CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA 1ª REGIÃO 1 CARTA CONVITE n.º 001/2011 São Paulo, 20 de outubro de 2011. O CONSELHO REGIONAL DE BIOMEDICINA - 1ª REGIÃO, nos termos da autorização constante no Processo Administrativo em epígrafe, vem, por intermédio

Leia mais

LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009.

LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009. LEI Nº 1.048, de 12 de novembro de 2009. Institui a Lei Geral Municipal da Microempresa, Empresa de Pequeno Porte e Microempreendedor Individual, e dá outras providências. CIRILDE MARIA BRACIAK, Prefeita

Leia mais

4. No item 15 onde se lê: Prazo final para apresentação do cronograma e do orçamento de construção das INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO

4. No item 15 onde se lê: Prazo final para apresentação do cronograma e do orçamento de construção das INSTALAÇÕES DE TRANSMISSÃO TEL: 55 (61) 426 5743 Ouvidoria: 0800727 2010 PARA: Fax: ASSUNTO: EDITAL DE LEILÃO N o 002/2004-ANEEL ADENDO N o 03 - ESCLARECIMENTO DE: Rosângela Lago TEL: (61) 426-5743 FAX: (61) 426-5778 FAX N 0 206/2004-CEL/ANEEL

Leia mais

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital.

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital. É possível a uma Fundação de Apoio a uma Universidade, participar da Concorrência nº 002/2013, sabendo-se que a execução técnica das atividades de elaboração do Manual de Contabilidade Regulatório será

Leia mais

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI)

1.2. Obrigatoriedade de realização de licitação ( CF, art. 37, XXI) ESPECIALIZAÇÃO EM DIREITO PÚBLICO DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO PROFESSORA: CLARISSA SAMPAIO SILVA 1) LICITAÇÃO - Previsão constitucional: 1.1. Estabelecimento de normas gerais ( CF, art.22, XXVII)

Leia mais

FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO

FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO R FACULDADE DE SAÚDE, CIÊNCIAS HUMANAS E TECNOLÓGICAS DO PIAUÍ - NOVAFAPI COORDENAÇÃO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EDITAL DE PESQUISA CPPG/NOVAFAPI Nº 001/2008 Seleção de projetos de pesquisa e desenvolvimento

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO DE ESTUDOS N º 001/2014 PREÂMBULO

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO DE ESTUDOS N º 001/2014 PREÂMBULO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO DE ESTUDOS N º 001/2014 PREÂMBULO Interessado: Gabinete do Presidente Referência: Chamamento 001/2014. Objeto Resumido: Inscrição de profissionais formados em comunicação,

Leia mais

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17

RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 RESPOSTA A RECURSO ADMINISTRATIVO CONCORRÊNCIA N.º 07/2014 PROCESSO N.º 23368.000296.2014-17 DO OBJETO Trata-se de procedimento licitatório na modalidade Concorrência, cujo objeto é a contratação de empresa

Leia mais