PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS. Paulo Gomes de Oliveira Filho Advogados Associados

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS. Paulo Gomes de Oliveira Filho Advogados Associados"

Transcrição

1 PUBLICIDADE INSTITUCIONAL E A CONTRATAÇÃO LEGAL DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS

2 I DISPOSIÇÕES GERAIS

3 1 Normais legais e convencionais que regulam as licitações e as contratações de serviços publicitários: Normas de Direito Público: Lei n /93 e Lei n /2010. Normas de Direito Privado: Lei n /65, Decreto n /66, Decreto n. 4563/2002. Normas Convencionais: Normas Padrão da Atividade Publicitária. Outras normas sobre procedimento licitatório são editadas pela Administração Pública nas esferas federal, estadual ou municipal.

4 2 Obrigatoriedade na Contratação de Serviços Publicitários Mediante Processo de Licitação A anterior disposição do art. 25 da Lei quanto à inviabilidade de competição de serviços técnicos de natureza singular, com profissionais e empresas de notória especialização Exceção feita aos serviços publicitários e de divulgação.

5 O art. 1º da Lei estabelece a obrigatoriedade de licitação para a contratação de serviços publicitários, através de Agência de Publicidade, no âmbito da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, aí abrangidos os órgãos dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, bem como as pessoas jurídicas da Administração indireta e todas as entidades controladas direta ou indiretamente pela União, Estados e Municípios.

6 3 Quem Pode Participar dos Procedimentos Licitatórios de Serviços Publicitários Somente agências de publicidade, legalmente constituídas, que exerçam as atividades relacionadas pela Lei 4.680/65, que tenham obtido Certificado de Qualificação Técnica concedida pelo Conselho Executivo de Normas Padrão CENP.

7 Arts. 1º e 4º e seu parágrafo único da Lei entidade equivalente Inexistência. Impossibilidade de participação nas licitações de pessoas físicas e pessoas jurídicas que se dediquem a outras atividades complementares de comunicação, como assessoria de imprensa, empresas de pesquisas, relações públicas e outras.

8 4 Objeto da Prestação dos Serviços Publicitários São considerados serviços de publicidade, para os fins da Lei , o conjunto de atividades realizadas integradamente que tenham por objetivo o estudo, o planejamento, a conceituação, a concepção, a criação, a execução interna, a intermediação e a supervisão da execução externa e a distribuição de publicidade aos veículos e demais meios de divulgação, com o objetivo de promover a venda de bens ou serviços de qualquer natureza, difundir idéias ou informar o público em geral.

9 A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverão ter caráter educativo, informativo ou de orientação social. Duas são as formas de atuação das Agências de Publicidade: a)concebendo, planejando e executando peças e campanhas publicitárias; b)intermediando a contratação de Veículos de Comunicação e Fornecedores de bens e serviços especiais de publicidade, agindo em nome e por conta e ordem dos Clientes, inclusive da Administração Pública.

10 Atividades Complementares Possíveis de serem Prestados pelas Agências de Publicidade e/ou com sua intermediação: O parágrafo 1º. do art. 2º da Lei aponta quais são as atividades complementares possíveis de serem prestadas pelas agências ou por seu intermédio: a)planejamento e execução de pesquisas e outros instrumentos de avaliação e de geração de conhecimento sobre o mercado, o público-alvo, os meios de divulgação nos quais serão difundidas as peças e ações publicitárias ou sobre os resultados das campanhas realizadas ou avaliação das que estão sendo estudadas.

11 b) Intermediar e acompanhar e orientar os serviços e fornecimento de suprimentos por fornecedores externos, relativos às peças e projetos publicitários desenvolvidos pelas agências. c) Conceber, executar ou intermediar a contratação de formas inovadoras de comunicação publicitária, em consonância com novas tecnologias, visando à expansão dos efeitos das mensagens e das ações publicitárias (exemplos sites na internet, uso das redes sociais, Facebook, Twitter, Youtube e outros).

12 5 Restrições à Contratação de Determinados Serviços Complementares à Publicidade Não podem ser executados ou intermediados serviços pelas agências de publicidade, dentro do contrato de publicidade, outras atividades que não exijam, necessariamente, a atuação da agência, tais como atividades de relações públicas, assessoria de imprensa, realização de eventos festivos, ações de promoção e de patrocínio e outros, que deverão ser objeto de procedimento licitatório próprio.

13 Não estão excluídas da intermediação por Agências de Publicidade as ações de promoção e o patrocínio da transmissão de eventos esportivos, culturais ou de entretenimento comercializados e realizados por veículos de comunicação.

14 6 Serviços Publicitários são de Natureza Contínua Os serviços publicitários são de natureza contínua e nos termos do art. 57, inciso II e parágrafo 4º da Lei 8.666, podem ser prorrogados a critério da Administração Pública, tendo como motivação a obtenção de condições mais vantajosas para a Administração Pública, seja de ordem financeira ou técnica. O período do contrato original e suas prorrogações pode chegar a 72 meses (60 meses pelo inciso II do art. 57 e mais 12 meses pelo parágrafo 4º do mesmo artigo).

15 7 MODALIDADES DE LICITAÇÃO Concorrência, Tomada de Preço e Carta Convite A lei , acompanhando em parte a lei estabeleceu três modalidades de licitação: Concorrência para valores acima de R$ ,00 (podendo também ser utilizada para licitações de menor valor); Tomada de Preço para valores até R$ ,00 Carta Convite para valores até R$80.000,00.

16 8 TIPOS DE LICITAÇÃO Melhor Técnica e Técnica e Preço A Lei excluiu o tipo Melhor Preço, mesmo nas modalidades de Tomada de Preços e Carta Convite. Serão sempre aplicáveis os tipos Melhor Técnica ou Técnica e Preço. Incabível a adoção do PREGÃO, seja porque pregão pode ser utilizado para contratação de serviços de Natureza Comum, seja porque pregão adota sempre o tipo Melhor Preço.

17 9 CONTRATAÇÃO DE MAIS DE UMA AGÊNCIA DE PUBLICIDADE O art. 2º, parágrafos 3º. e 4º. da Lei prevê a possibilidade de adjudicação do objeto da licitação a mais de uma agência de publicidade, independentemente de sua divisão em itens ou contas publicitárias. Necessidade de processo interno de seleção, cuja metodologia deverá ser aprovada e publicada na imprensa oficial. Permitido o Consórcio de agências, desde que expressamente previsto no edital.

18 II PROCEDIMENTOS LICITATÓRIOS

19 10 Atuação da agência A(s) agência(s) atuará(ão) por ordem conta da Administração Pública, na contratação de fornecedores de bens e serviços e de veículos de comunicação (cf. art. 3º da Lei 4.680/65, art. 14 da Lei

20 11 - Apresentação das Propostas Técnica e De Preço Apresentação em dia, local e hora determinados Proposta Técnica (em 3 envelopes_: A. Plano de Comunicação Publicitária composto de: Raciocínio básico Estratégia de comunicação publicitária Idéia criativa Estratégia de mídia e não mídia

21 N. 1 Via Não Identificada do plano de comunicação Padronizado fornecido pelo órgão responsável pela licitação. Sem lacre e sem rubrica ou qualquer outro elemento identificador do proponente. N. 2 Via Identificada do plano de comunicação Providenciado pela licitante, no qual só será inserido o Plano de Comunicação, sem os exemplos de peças referentes à ideia criativa. Fechado e rubricado no fecho, com a identificação da proponente (Denominação - Via Identificada - CNPJ - número da licitação).

22 N. 3 Invólucro contendo: -B.Capacidade de Atendimento -C.Repertório -D. Relatos de Soluções de problemas de comunicação

23 11.2. Proposta de Preços Deve atender o princípio estabelecido pelo parágrafo 3º do art. 44 da Lei 8.666/93: inadmitirá proposta que apresente preços global ou unitários simbólicos, irrisórios e incompatíveis com os preços de mercado (itens 3.6, e das Normas Padrão). A proposta de preço engloba redução de custos internos, honorários sobre produção externa, sobre pesquisas e instrumentos de avaliação e sobre criação e desenvolvimento de formas inovadoras de comunicação publicitária.

24 Recomenda-se, para fins de avaliação de melhor proposta de preços, o estabelecimento de: concessão de descontos sobre a Tabela de custos Internos do Sindicato das Agências de Propaganda de sua base territorial, no limite máximo de 30%; fixação de honorários sobre produção externa: máximo 15% e mínimo 10%.

25 Essa sugestão é destinada tanto para os tipos Melhor Técnica como Técnica e Preço, para atender o princípio da exequibilidade do contrato. A proposta de preço deverá ser inserida no Invólucro n. 4, com a identificação da proponente (denominação social Proposta de Preços - CNPJ número da licitação).

26 12 Apresentação e Elaboração da Proposta Técnica A elaboração da Proposta Técnica é fundamentalmente baseada nas orientações e informações do BRIEFING, pelo que este deverá ser criteriosamente elaborado pelo órgão público responsável pela licitação. Eliminou-se a exigência do artigo 40, parágrafo 2º, da Lei 8.666/93 quanto à apresentação de projeto básico com as especificações dos trabalhos a serem realizados bem como do orçamento em planilhas de quantitativos e preços unitários.

27 Dois aspectos são fundamentais na elaboração da Proposta Técnica: Conteúdo dos itens quanto ao raciocínio básico; estratégia de comunicação publicitária; ideia criativa e estratégia de mídia e não mídia. Atendimento às formalidades quanto à forma de apresentação (tipo de papel, espaçamentos, numeração, fontes, não identificação da proponente, cores dos gráficos, limitação ao número de peças apresentadas). PREPONDERÂNCIA DA TÉCNICA em todas as modalidades de licitação e nos dois tipos (Melhor Técnica e Técnica e Preço).

28 13 Julgamento das Propostas Técnicas As Propostas Técnicas serão julgadas por Subcomissão Técnica constituída por profissionais da área de publicidade, comunicação ou marketing.

29 A pontuação dos quesitos corresponderá à média aritmética dos pontos de cada membro da Subcomissão Técnica e a nota de cada licitante corresponderá à soma dos pontos dos quesitos. VENCEDORA - a de maior nota. DESCLASSIFICADA a que não atender às exigências do edital e ou que não alcançar, no total, a nota mínima entre 70 e 80 pontos ou que obtiver pontuação ZERO em quaisquer dos quesitos. DESEMPATE na forma constante do edital. SORTEIO Se persistir o empate.

30 14 Apresentação e Elaboração da Proposta de Preços FORMATO da Proposta de Preços modelo anexo em cada edital. INDICAÇÃO DE PERCENTUAIS MÁXIMOS nas renovações de: a. direito autorais sobre obras preexistentes; b. direitos conexos/personalíssimos. c. Obrigação de obter melhores condições financeiras nas renovações. NÃO PONTUAÇÃO NA INDICAÇÃO DESSES ÍNDICES.

31 15 Valoração das Propostas de Preços VALORAÇÃO das Propostas de Preço apenas quanto às remunerações pagas à Agência pela Administração Pública: a. CRIAÇÃO: Custos Internos b.intermediação DE FORNECEDORES EXTERNOS: honorários sobre produção externa, inclusive sobre pesquisas e instrumentos de avaliação e criação de formas inovadoras de comunicação publicitária. VALORAÇÃO: pelo desconto dos Custos Internos e redução dos honorários sobre custos externos.

32 16 - O porquê da limitação na concessão de descontos e na redução de honorários: Os Contratos Administrativos devem ser exequíveis (parágrafo 3º do art. 44 e inciso II, do art. 48 da Lei 8.666/93). PREÇOS DE MERCADO: NORMAS aplicáveis no relacionamento comercial Anunciante/Agência/Veículos/Fornecedores Externos e formas de remuneração. Custos Internos: Tabela Referencial dos SINAPROS. Produção Externa: Normas Padrão da Atividade Publicitária Honorários Fixados em 15% sobre os custos externos.

33 17 Propostas de Preços ADOÇÃO DAS REGRAS DE MERCADO: a.adoção de Tabela de Custos Internos dos SINAPROS com desconto máximo de 30% b. Honorários sobre Produção Externa percentual de 10% a 15%. Não entram em avaliação, portanto, o chamado desconto de agência, que é uma remuneração que os Veículos pagam com exclusividade às agências, ainda que a forma de faturamento e liquidação dessa remuneração, seja feita pelo Cliente, na forma do disposto no artigo 19 da Lei /2010.

34 18 Julgamento final das propostas JULGAMENTO FINAL Rito previsto no art. 46, parágrafos 1º e 2º. da Lei 8.666/93. a. LICITAÇÃO Melhor Técnica vencedora a melhor pontuada no julgamento da Proposta Técnica. NEGOCIAÇÃO DE PREÇOS. b. LICITAÇÃO Técnica e Preço vencedora a que apresentar a melhor média ponderada entre as Propostas Técnica e de Preço, levando em consideração os pesos atribuídos a cada uma dessas Propostas.

35 19 Entrega e Forma de Apresentação dos Documentos de Habilitação AGÊNCIAS CLASSIFICADAS nas propostas apresentarão os documentos de habilitação. Os Documentos de Habilitação serão entregues à Comissão Permanente de Licitação, no Invólucro n. 5, com a identificação da proponente (Invólucro n. 5 Documentos de Habilitação denominação social da licitante e CNPJ N. da Licitação). Os documentos são os relacionados no Edital e estabelecidas pelas Leis /2010 e 8.666/93, inclusive o Certificado de Qualificação Técnica concedido pelo Conselho Executivo das Normas Padrão CENP.

36 20 Comissão Permanente de Licitação e Subcomissão Técnica COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO julgará as licitações. EXCEÇÃO SUBCOMISSÃO TÉCNICA julgará as Propostas Técnicas. COMPOSIÇÃO da Subcomissão Técnica: mínimo de 03 componentes. RELAÇÃO para sorteio: publicação, impugnação, exclusão.

37 21 Homologação e Adjudicação Não havendo interposição ou julgados os recursos interpostos, será homologado o resultado da licitação e aprovada a adjudicação de seu objeto à licitante vencedora.

38 22 Contrato dos serviços publicitários A minuta do contrato administrativo dos serviços publicitários constará do edital como Anexo e estabelecerá, dentre outras condições: a.prazo para assinatura; b.garantias exigidas; c.chamada de licitantes, na ordem de classificação, caso a vencedora não assine o contrato no prazo. d.forma de Remuneração: de acordo com a proposta vencedora; e.sanções administrativas.

39 III - CONTRATOS DE SERVIÇOS E SUPRIMENTOS DE PUBLICIDADE POR VEÍCULOS E FORNECEDORES EXTERNOS

40 23 Os contratos com veículos e fornecedores externos SERVIÇOS E SUPRIMENTOS QUE COMPÕEM A PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS À ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: Agência/ Fornecedores Externos / Veículos de Comunicação ETAPAS DA PRESTAÇÃO DOS SERVIÇOS CONTRATAÇÃO AGÊNCIA MEDIANTE PROCEDIMENTO LICITATÓRIO. CONTRATAÇÃO FORNECEDORES EXTERNOS/VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO SEM PROCEDIMENTO LICITATÓRIO

41 Normas de Direito Público (lei /2010 e lei 8.666/93) e de Direito Privado (Lei 4.680/65). Art. 54 da Lei 8.666/93: Os contratos administrativos de que trata esta lei regulam-se pelas suas cláusulas e pelo preceitos de direito público, aplicando-se-lhes supletivamente, os princípios da teoria geral dos contratos e AS DISPOSIÇÕES DE DIREITO PRIVADO. Art. 1º, parágrafo 2o da Lei /2010: As Leis ns /65 e 8.666/93 serão aplicadas aos procedimentos licitatórios e aos contratos regidos por esta Lei, de forma complementar.

42 Art. 14 da Lei /2010: Fornecedores Externos da Administração Pública cadastramento prévio. Contratação dos Veículos de Comunicação e Fornecedores Externos pela Administração Pública, mediante a intermediação da Agência, conforme o art. 2º da Lei , ao definir o que sejam serviços de publicidade para os fins do procedimento licitatório, aponta expressamente

43 o conjunto de atividades realizadas integradamente que tenham por objetivo o estudo, o planejamento, a conceituação, a concepção, a criação, a execução interna, a intermediação e a supervisão da execução externa e a distribuição de publicidade aos veículos e demais meios de divulgação com o objetivo de promover a venda de bens ou serviços de qualquer natureza, difundir ideias ou informar o público em geral.

44 24 Faturamento e Pagamento de Veículos de Comunicação CONTRATAÇÃO DOS VEÍCULOS DE COMUNICAÇÃO: COMO CONTRATAR Planejamento de Mídia pela Agência. Contratação pela Administração Pública. Faturamento pelos Veículos de Comunicação: art. 15 do Decreto n /66: O faturamento da divulgação será feito em nome do Anunciante, devendo o Veículo de Divulgação remetê-lo à Agência responsável pela propaganda.

45 COMO O VEÍCULO FATURA: a) Valor da Mídia; b) Pagamento integral pelo Anunciante; c) Divisão do valor: 80% ao Veículo e 20% à Agência Art. 19 da Lei : Para fins de interpretação da legislação de regência (lei 4.680/65), valores correspondentes ao desconto-padrão de agência pela concepção, execução e distribuição de propaganda, por ordem e conta de clientes anunciantes, constituem receita da agência de publicidade e, em consequência, o veículo de divulgação não pode, para quaisquer fins, faturar e contabilizar tais valores como receita própria, inclusive quando o repasse do descontopadrão à agência de publicidade for efetivado por meio de veículo de divulgação.

46 25 Faturamento e Pagamento de Serviços e Suprimentos Externos ATUAÇÃO DOS FORNECEDORES EXTERNOS: Gráficas, produtoras cinematográficas, produtoras fotográficas, produtoras fonográficas, desenvolvedoras de sites e portais, artistas/modelos, etc) desenvolvem tecnicamente o que a agência concebeu, criativamente. Prestação dos serviços à Administração Pública:

47 Art. 14 da Lei : a.prévio Cadastramento; b.obtenção de 03 orçamentos (no mínimo) pela Agência c.escolha do fornecedor pela Administração Pública. d.orçamentos lacrados no caso de serviços de valor superior a 0,5% do valor do contrato publicitário; e.fornecimento inferior a 20% do máximo fixado para o Convite (80 mil) dispensa envelopes lacrados com os orçamentos; f.faturamento dos fornecedores contra a Administração Pública e aos cuidados da Agência.

48 Mariana Sceppaquercia Galvão Letícia Mara Vaz Livreri Eduardo Fonseca Martins Av. dos Eucaliptos, 530 (11)

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10

Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMPINAS Secretaria Municipal de Gestão e Controle Departamento de Auditoria Nova Lei de Contratação de Serviços de Publicidade Lei Federal nº 12.232/10 LEI FEDERAL 12.232, DE 29

Leia mais

A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N. 12.232/29.04.2010. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados

A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N. 12.232/29.04.2010. PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados A NOVA LEI DE LICITAÇÕES DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS LEI N. 12.232/29.04.2010 PauloGomesdeOliveiraFilho AdvogadosAssociados 1) COEXISTÊNCIA ENTRE A NOVA LEI E A 8.666/93 A LEI 8.666/93 CONTINUA VIGORANDO

Leia mais

Publicidade Legal x Publicidade Institucional

Publicidade Legal x Publicidade Institucional Aperfeiçoamento em Licitações Públicas e Contratos Administrativos Módulo 6: Contratação de serviços de publicidade Edinando Brustolin Graduado e mestre em Direito pela UFSC. Assessor jurídico da Federação

Leia mais

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO

TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO TRANSPARÊNCIA E RIGOR NA NOVA LEI DE LICITAÇÕES DA PUBLICIDADE DE ÓRGÃO PÚBLICO Por João Luiz Faria Netto A nova lei conta com normas principais e obrigatórias para a contratação de agências de publicidade

Leia mais

Nota Técnica nº 36/2014

Nota Técnica nº 36/2014 Nota Técnica nº 36/2014 Assunto: Licitação para contratação de agência de publicidade. Procedimentos. Caros clientes e colegas: A GEPAM, no intuito de orientar seus clientes, vem esclarecer sobre a Lei

Leia mais

LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO

LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO 1 2 3 LICITAÇÕES PÚBLICAS DE SERVIÇOS PUBLICITÁRIOS COMO PREPARAR O PROCESSO LICITATÓRIO 4 5 INTRODUÇÃO O intuito deste

Leia mais

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008.

DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. DECRETO Nº 6.555, DE 8 DE SETEMBRO DE 2008. Dispõe sobre as ações de comunicação do Poder Executivo Federal e dá outras providências. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no uso das atribuições que lhe confere o

Leia mais

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014

ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Brasília, 7 de agosto de 2014 ASSUNTO: ESCLARECIMENTOS QUANTO À CONCORRÊNCIA Nº 02/2014 Prezados Senhores, Em resposta a questionamentos formulados pelas licitantes no âmbito da Concorrência Publica nº

Leia mais

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DO PARANÁ FECOMÉRCIO/PARANÁ SERVIÇO SOCIAL DO COMÉRCIO SESC/PARANÁ SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM COMERCIAL SENAC/PARANÁ CONCORRÊNCIA 12/2012 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PUBLICIDADE

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010.

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 4 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2010. Disciplina as licitações e os contratos de serviços de publicidade prestados por intermédio

Leia mais

LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE Nº 26 abril/maio/junho de 2011 Salvador Bahia Brasil - ISSN 1981-187X LICITAÇÕES: A NOVA LEI PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE Edgar Guimarães Advogado. Mestre e Doutorando em Direito Administrativo

Leia mais

NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR

NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 23/2008/DENOR/SGCN/SECOM-PR Referências: Processo SECOM nº 00170.001719/2008-71.

Leia mais

XXI. Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010

XXI. Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010 XXI Instrução Normativa 04, de 21 de dezembro de 2010 [Disciplina as licitações e os contratos de serviços de publicidade prestados por intermédio de agência de propaganda a órgão ou entidade do Poder

Leia mais

Agência de Propaganda

Agência de Propaganda Agência de Propaganda Um assinante do Consultor Municipal fez a seguinte consulta: As empresas de propaganda e marketing são consideradas agências? E qual seria a base de cálculo do ISS? Por ser um assunto

Leia mais

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA

SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA SERVIÇO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS DO TOCANTINS EDITAL CONCORRÊNCIA 011/2014 ASSUNTO: Impugnação oferecida pela empresa RECORDS PROPAGANDA DECISÃO DA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO A empresa

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador SÉRGIO PETECÃO

PARECER Nº, DE 2012. RELATOR: Senador SÉRGIO PETECÃO PARECER Nº, DE 2012 Da COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 337, de 2005, que acrescenta o 5º ao art. 46 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, a fim de regular

Leia mais

SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA DO ESTADO DO PIAUÍ

SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA DO ESTADO DO PIAUÍ VALORES DE INVESTIMENTO MÍNIMO PARA REEMBOLSO DE CUSTOS INTERNOS DE SERVIÇOS PRÓPRIOS DE AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA RECOMENDADO PELO SINAPRO PIAUÍ 2014 SINAPRO-PI SINDICATO DAS AGÊNCIAS DE PROPAGANDA

Leia mais

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA

PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PROJETO BÁSICO AGÊNCIA DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA Projeto Básico da Contratação de Serviços: Constitui objeto do presente Projeto Básico a contratação de empresa especializada em serviços de comunicação

Leia mais

ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13

ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13 Estado da Paraíba Prefeitura Municipal de João Pessoa Comissão Central Permanente de Licitação COPEL ESCLARECIMENTOS CONCORRÊNCIA Nº 01/13 1 - Em relação ao envelope 5 - documentos de habilitação, gostaria

Leia mais

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015.

DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. DECRETO N 001 A / 2015 De 02 de janeiro de 2015. EMENTA: Regulamenta o Sistema de Registro de Preços SRP previsto no art. 15 da Lei nº 8.666/93, no âmbito do Município de Central Bahia. O PREFEITO DO MUNICÍPIO

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2013

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2013 CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2013 Processo nº 0.00.002.0000358/2013-45 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO

Leia mais

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993.

Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. DECRETO N.º 7.892, DE 23 DE JANEIRO DE 2013. Regulamenta o Sistema de Registro de Preços previsto no art. 15 da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. A PRESIDENTA DA REPÚBLICA, no uso da atribuição que

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 03/2014 RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS

CARTA CONVITE Nº 03/2014 RECURSO AO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS TÉCNICAS CARTA CONVITE Nº 03/2014 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 14.09.029 ADM OBJETO: Contratação de agência publicitária para a prestação de serviços de publicidade, destinados à realização de campanha em homenagem

Leia mais

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado.

1.1 O recebimento dos envelopes dar-se-á até às 14:00h do dia 09 de março de 2010, pela Comissão Permanente de Licitação, no endereço acima citado. EDITAL DE CARTA CONVITE N 02/2010 CRM-PR OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE ASSESSORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E SUPERVISÃO DE PROJETO DE TELEMEDICINA, VIDEOCONFERÊNCIA E EDUCAÇÃO CONTINUADA PARA

Leia mais

MODALIDADE DA LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA PÚBLICA nº.001/2013 ÁREA RESPONSÁVEL: COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

MODALIDADE DA LICITAÇÃO: CONCORRÊNCIA PÚBLICA nº.001/2013 ÁREA RESPONSÁVEL: COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO COMUNICAÇÃO O CONSELHO REGIONAL DE ODONTOLOGIA DE SÃO PAULO, de ora em diante designada simplesmente CROSP, por intermédio de sua Comissão Permanente de Licitação, torna público que promoverá licitação

Leia mais

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE

EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE EDITAL DE CREDENCIAMENTO DE SUBCOMISSÃO TÉCNICA PARA PROCESSO DE PUBLICIDADE PREÂMBULO O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Rede Urgência do Norte de Minas- CISRUN, com sede na Praça Itapetinga, N 27,

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA MUNICIPAL DE PALHOÇA SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÃO

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA MUNICIPAL DE PALHOÇA SETOR DE COMPRAS E LICITAÇÃO Tomada de Preços nº 001/2013 CONTRATO n 17/2013 CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE, REALIZADOS INTEGRADAMENTE, COM ABRANGÊNCIA ESTADUAL, PARA A, CONFORME ESPECIFICAÇÕES

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE

CÂMARA MUNICIPAL DE BELO HORIZONTE RESPOSTA A PEDIDO DE ESCLARECIMENTO Concorrência nº 01/2015 Objeto: Contratação de uma Agência para prestação de serviços de publicidade. Requerentes: RCCOM (RC Comunicação LTDA). FEELING COMUNICAÇÃO.

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO

COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO EDITAL DE CONCORRÊNCIA CEL-SMG Nº 002/2015 PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº. 04500.110331/2014 SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA PREFEITURA MUNICIPAL DE MACEIÓ. TIPO: MELHOR TÉCNICA E PREÇO REGIME DE EXECUÇÃO:

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS)

CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS CONSELHO REGIONAL DE NUTRICIONISTAS - 3ª Região (SP, MS) CARTA CONVITE Nº: 008/2013. São Paulo, 04 de junho de 2.013. Processo n.º 042-05/2013 Tipo: MENOR PREÇO Firma: A/C: E-mail: Convidamos a referida empresa a apresentar proposta para atendimento do objeto

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2012 Inscrição e seleção dos membros da Subcomissão Técnica para licitações de serviços de publicidade EDITAL DE INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DOS MEMBROS DA SUBCOMISSÃO TÉCNICA

Leia mais

BNDES CONCORRÊNCIA AA Nº01/2014 - BNDES

BNDES CONCORRÊNCIA AA Nº01/2014 - BNDES BNDES CONCORRÊNCIA AA Nº01/2014 - BNDES CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE SUMÁRIO Edital Página 1. Disposições iniciais 2. Recebimento e abertura das Propostas e Documentos 3. Objeto

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 01/2012 Processo nº 22.402/2012 PREÂMBULO

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 03/2011/DENOR/SGCN/SECOM-PR Brasília, 09 de maio de 2011. Referência:

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Secretaria de Comunicação Social Secretaria de Gestão, Controle e Normas Departamento de Normas NOTA TÉCNICA Nº 04/2012/DENOR/SGCN/SECOM-PR Brasília, 20 de abril de 2012. Referência:

Leia mais

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA DE VEREADORES DE CAMBORIÚ

ESTADO DE SANTA CATARINA CÂMARA DE VEREADORES DE CAMBORIÚ EDITAL DE LICITAÇÃO CARTA CONVITE - Nº 04/2015 CMC Repetição MODALIDADE DE CARTA CONVITE TIPO MELHOR TÉCNICA E PREÇO (Com exclusividade para Microempresas e Empresas de Pequeno Porte Lei Complementar nº

Leia mais

BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CONCORRÊNCIA Nº 0001138/2011 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CONCORRÊNCIA Nº 0001138/2011 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE BANCO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL S.A. CONCORRÊNCIA Nº 0001138/2011 CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE ÍNDICE 1 OBJETO... 2 2 CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO... 4 3 RETIRADA DO EDITAL E INVÓLUCRO...

Leia mais

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012

Prefeitura Municipal de Nova Ubiratã Gestão: 2009/2012 INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 018 /2011/CSCI Versão: 01 Aprovação em: 17 de novembro de 2011 Ato de Aprovação: 018/2011 Unidades Responsáveis: Assessoria de Imprensa e Comunicação Social DISPÕE SOBRE PROCEDIMENTOS

Leia mais

CONVITE N.º 004-001/2013-CV

CONVITE N.º 004-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 004-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de hospedagem com local para realização de evento, destinado aos contratados e convidados

Leia mais

Edital de Concorrência Pública para Contratação de Serviços de Publicidade

Edital de Concorrência Pública para Contratação de Serviços de Publicidade Edital de Concorrência Pública para Contratação de Serviços de Publicidade Concorrência Pública n.º 001/2015 Processo n.º 03/2015 O Conselho Regional de Odontologia do Estado do Paraná por intermédio da

Leia mais

CONVITE N.º 003-001/2013-CV

CONVITE N.º 003-001/2013-CV 1 CONVITE N.º 003-001/2013-CV REFERÊNCIA: Contratação de organização, associação ou empresa que preste serviço de fornecimento de alimentação no município de Santarém/Pará. A TERRA DE DIREITOS, entidade

Leia mais

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009

DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 DEPARTAMENTO DE COMPRAS E LICITAÇÕES LICITAÇÃO MODALIDADE TOMADA DE PREÇOS MENOR PREÇO ORIGEM DA TOMADA DE PREÇOS: EDITAL Nº 001/2009 TOMADA DE PREÇOS Nº 001/2009 - PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2009.40.38.00182

Leia mais

EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO:

EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO: 1 EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2015 OBJETO: Concorrência Pública, do tipo Técnica e Preço, para contratação de serviços de publicidade prestados por intermédio de agência de propaganda. 2 COMISSÃO PERMANENTE

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA 02/2013

EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA 02/2013 EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA PÚBLICA 02/2013 A PREFEITURA MUNICIPAL DE SORRISO - MT, localizada na Av. Porto Alegre 2.525, Centro, Sorriso/MT, em conformidade com a legislação e normas pertinentes,

Leia mais

CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL - Nº 20120001 - CASA CIVIL PROCESSO Nº12392664-5

CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL - Nº 20120001 - CASA CIVIL PROCESSO Nº12392664-5 CONCORRÊNCIA PÚBLICA NACIONAL - Nº 20120001 - PROCESSO Nº12392664-5 LICITAÇÃO DO TIPO MELHOR TÉCNICA PARA CONTRATAÇÃO DE 03 (TRÊS) AGÊNCIAS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

Leia mais

Se não tem respeito, não tem negócio

Se não tem respeito, não tem negócio Se não tem respeito, não tem negócio O que faz o CENP Centro Referencial de informações sobre as normas regentes das relações comerciais da publicidade brasileira AUTORREGULAÇÃO É prática de CIDADANIA

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul CÂMARA MUNICIPAL DE BENTO GONÇALVES Palácio 11 de Outubro AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 02/2014

Estado do Rio Grande do Sul CÂMARA MUNICIPAL DE BENTO GONÇALVES Palácio 11 de Outubro AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 02/2014 AVISO DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 02/2014 A Câmara Municipal de Bento Gonçalves torna público que a Comissã9 de Licitações e a Subcomissão Téca;a Especial, reunir-se-á no dia 041 de MCVE/11 7 A 1/ de 2014,

Leia mais

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO

INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO INSTRUMENTO CONVOCATÓRIO Processo de compra nº 011/2012 Modalidade: Carta Convite nº 003/2012 Tipo da Licitação: Técnica e Menor preço global Data da abertura dos envelopes: 15/05/2012 às 17h00min I Justificativa

Leia mais

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº

EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº EDITAL TOMADA DE PREÇOS SETOR DE LICITAÇÕES PROCESSO Nº 45/2013. TOMADA DE PREÇO Nº 07/2013. A Prefeitura Municipal de General Salgado, sito à Av: Antonino José de Carvalho, 940, centro, fará realizar

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom

TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. Formulário de Telecom 1. IDENTIFICAÇÃO TC n : Órgão concedente: Objeto da outorga: Local: 2. LEGISLAÇÃO APLICÁVEL a Constituição Federal, art. 21, XI; b - Lei n.º 9.472/97; c - Resolução ANATEL n.º 65/98 e 73/98; d - Lei n.º

Leia mais

NORMA DE PROCEDIMENTO

NORMA DE PROCEDIMENTO de 06.11.2014 INFORMAÇÕES PRELIMINARES 1. As solicitações para compra de materiais e/ou contratação de serviços deverão considerar os seguintes prazos de atendimento ao solicitado, contados a partir do

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO

CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CÂMARA MUNICIPAL DE VENDA NOVA DO IMIGRANTE ESTADO DO ESPÍRITO SANTO EDITAL DE CONVITE Nº 010/2009 PROCESSO Nº 014/2009 Expedição: 02/12/2009 Abertura: 16/12/2009, às 09:00 horas LICITANTE: Câmara Municipal

Leia mais

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO

Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO Errata do EDITAL DE LICITAÇÃO da Concorrência Nº. 1501558000080/2014 SEDE NO SUMÁRIO: ONDE SE LÊ: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA DE PREÇO LEIA-SE: ANEXO V MODELO PARA PROPOSTA COMERCIAL NO SUMÁRIO: ONDE

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013.

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013. Florianópolis, 15de fevereiro de 2013. EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 001/2013 O CONSELHO REGIONAL DE FARMÁCIA DO ESTADO DE SANTA CATARINA - CRF/SC, Autarquia Federal, instituída pela Lei 3.820/60, torna público que se acha aberto, nesta unidade,

Leia mais

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO ERRATA II - CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO 1. INTRODUÇÃO Este documento contém a descrição dos procedimentos e critérios a serem adotados para avaliação, julgamento e classificação das propostas das licitantes

Leia mais

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições:

O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: PORTARIA Nº. 001/2009 O Diretor Presidente do Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável - CIEDS, no uso de suas atribuições: Considerando que o CENTRO INTEGRADO DE ESTUDOS

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE COMUNICAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 01/2011

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE COMUNICAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ SECRETARIA DE ESTADO DE COMUNICAÇÃO CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 - ORIGEM DA LICITAÇÃO: SECRETARIA DE ESTADO DE COMUNICAÇÃO - MODALIDADE: CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 - OBJETO: Contratação

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos 1 de 7 07/10/2015 10:08 Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos DECRETO Nº 8.538, DE 6 DE OUTUBRO DE 2015 Vigência Regulamenta o tratamento favorecido, diferenciado e simplificado

Leia mais

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007

Decreto nº 8.538, de 6 de outubro de 2015 Decreto nº 6.204, de 5 de setembro de 2007 DECRETO 8.538/2015 COMPARATIVO COM DECRETO 6.204/2007 Outubro/2015 Importante: Pontos acrescidos estão destacados em verde. Pontos suprimidos estão destacados em vermelho. Decreto nº 8.538, de 6 de outubro

Leia mais

QUESTIONAMENTO Audiência Pública 14/01/2011 Contratação de empresas para a prestação dos serviços de Publicidade para o Conglomerado Banco do Brasil

QUESTIONAMENTO Audiência Pública 14/01/2011 Contratação de empresas para a prestação dos serviços de Publicidade para o Conglomerado Banco do Brasil QUESTIONAMENTO Audiência Pública 14/01/2011 Contratação de empresas para a prestação dos serviços de Publicidade para o Conglomerado Banco do Brasil EMPRESA: FENAPRO Federação Nacional das Agências de

Leia mais

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP

RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP RESUMO DO DECRETO MUNICIPAL Nº 49.511/08 - SP O Decreto Municipal Nº 49.511/08 regulamenta, no âmbito do Município de São Paulo, as normas definidas na Lei Complementar nº 123/06, que criou o Estatuto

Leia mais

PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS

PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS 1) PARTICIPAÇÃO PRÊMIO TUBAL SIQUEIRA 2015 REGULAMENTO CATEGORIA PROFISSIONAL AGÊNCIAS 1.1. Poderão participar do Prêmio Tubal Siqueira todas as agências de publicidade com sede na área de cobertura da

Leia mais

Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais

Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais Como aplicar os avanços da Lei Complementar 123/2006 na área de Compras Governamentais Tema: Compras Governamentais Análise realizada em 25/08/2014. Consultores: Maurício Zanin, Maria Aparecida e Mauro

Leia mais

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação

AV. BRASÍLIA, 1057 FONE: 054-3356 1244. Edital de Licitação Edital de Licitação Modalidade.:Tomada de Preço Numero...:0006/15 DATA DA ABERTURA DA LICITAÇÃO: 11/02/2015 DATA ABERTURA DAS PROPOSTAS..: 04/03/2015 HORARIO...: 14:00 Fornecedor.: Endereço...: CGCMF...:

Leia mais

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF

INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF INSTRUÇÕES AOS PROPONENTES CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE SEGURANÇA E VIGILÂNCIA ARMADA PARA AS INSTALAÇÕES DO ONS EM BRASÍLIA/DF Ref: Aviso de Edital ADG nº 003/2014 publicado em 28/10/2014. 1 1. OBJETO A

Leia mais

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região ESCLARECIMENTO II

CONSELHO FEDERAL DE PSICOLOGIA CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA - 7ª Região ESCLARECIMENTO II ESCLARECIMENTO II EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 01/2014 SERVIÇOS DE PUBLICIDADE E PROPAGANDA O Conselho Regional de Psicologia da 7ª região CRP/RS, através de sua Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS

DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS DEPARTAMENTO CENTRAL DE AQUISIÇÕES TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE ALAGOAS TOMADA DE PREÇOS N 03/2011 TIPO TÉCNICA E PREÇO Regida pela Lei nº 8.666/93, pela Lei Complementar nº 123/2006 e pela Lei nº

Leia mais

administracão ~ pública A lei geral de licitações, o nascimento da lei específica, os atores e a história legislativa da publicidade nacional

administracão ~ pública A lei geral de licitações, o nascimento da lei específica, os atores e a história legislativa da publicidade nacional A publicidade na administracão ~ pública A lei geral de licitações, o nascimento da lei específica, os atores e a história legislativa da publicidade nacional Uma iniciativa nova/sb Oscar Kita Colaboradores:

Leia mais

Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO

Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO Regulamento 2015 das Categorias Audio e Cyber CATEGORIA AUDIO A Associação dos Profissionais de Propaganda de Ribeirão Preto, entidade sem fins lucrativos, CNPJ 54164348/0001-43, edita o presente regulamento

Leia mais

Processo Administrativo nº 14.09.029 ADM

Processo Administrativo nº 14.09.029 ADM Processo Administrativo nº 14.09.029 ADM CARTA CONVITE Nº 03/2014 OBJETO: Contratação de agência publicitária para a prestação de serviços de publicidade, destinados à realização de campanha em homenagem

Leia mais

MINISTÉRIO DO TURISMO

MINISTÉRIO DO TURISMO MINISTÉRIO DO TURISMO EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2012 Processo nº 72031. 010779/2011-86 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE 1 Edital SUMÁRIO Página 1. Disposições iniciais 04 2. Recebimento

Leia mais

MINUTA DE DEDITAL CONCORRÊNCIA - MELHOR TÉCNICA Nº 006/2014 COMPOSIÇÃO DO EDITAL

MINUTA DE DEDITAL CONCORRÊNCIA - MELHOR TÉCNICA Nº 006/2014 COMPOSIÇÃO DO EDITAL MINUTA DE DEDITAL CONCORRÊNCIA - MELHOR TÉCNICA Nº 006/2014 COMPOSIÇÃO DO EDITAL 1. DO OBJETO 2. DAS CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO 3. APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS E DAS PROPOSTAS 4. PROPOSTA TÉCNICA 5. PROPOSTA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS ESTADO DO PARANÁ

PREFEITURA MUNICIPAL DE MATINHOS ESTADO DO PARANÁ EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA ASSUNTO: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing, ou que atuem em uma dessas áreas, com o intuito de constituir subcomissão técnica para a

Leia mais

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue:

Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos sobre a licitação, conforme segue: Quanto aos questionamentos apresentados pela empresa LORENO, passamos a responder o seguinte: Conforme previsto no item VIII do edital de Pregão nº 44/2009, apresentamos nosso pedido de esclarecimentos

Leia mais

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital.

RESPOSTA: No que tange à equipe técnica é importante observar que a licitante interessada, deverá respeitar todos os requisitos exigidos pelo Edital. É possível a uma Fundação de Apoio a uma Universidade, participar da Concorrência nº 002/2013, sabendo-se que a execução técnica das atividades de elaboração do Manual de Contabilidade Regulatório será

Leia mais

SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES... 15 NOTA AO LEITOR... 17 PREFÁCIO... 19

SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES... 15 NOTA AO LEITOR... 17 PREFÁCIO... 19 2 STF00094574 SUMÁRIO LISTA DE ILUSTRAÇÕES........... 15 NOTA AO LEITOR............... 17 PREFÁCIO...... 19 CAPÍTULO 1 INTRODUÇÃO - CONTEXTUALIZAÇÃO DE UM REGIME LICITATÓRIO ESPECÍFICO PARA DETERMINADOS

Leia mais

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015

EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015 EDITAL DE CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2015 PROCESSO LICITATÓRIO Nº 03/2015 OBJETO: Inscrição de profissionais formados em comunicação, publicidade ou marketing com o intuito de constituir subcomissão técnica

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE LICITAÇÕES

PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE LICITAÇÕES PREÂMBULO A PREFEITURA MUNICIPAL DO PAULISTA, através da Comissão Permanente de Licitação de Serviços, em conformidade com as normas pertinentes à Lei Federal n.º 8.666/93 e suas modificações posteriores,

Leia mais

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES

VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES VIVA RIO REGULAMENTO PARA AQUISIÇÃO DE BENS E CONTRATAÇÃO DE OBRAS, SERVIÇOS E LOCAÇÕES O PRESIDENTE DA VIVA RIO, no uso de suas atribuições regimentais, torna público o anexo Regulamento para Aquisição

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC

CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO RS/SC CONSELHO REGIONAL DE BIOLOGIA 3ª REGIÃO CONVITE Nº 05/2013 SERVIÇOS DE ASSESSORIA CONTÁBIL O Conselho Regional de Biologia 3ª Região, através da Comissão Permanente de Licitações, convida V.S.a. a apresentar

Leia mais

Chamada de Projetos nº 04/2008

Chamada de Projetos nº 04/2008 Ministério do Turismo Chamada de Projetos nº 04/2008 O Ministério do Turismo, por intermédio da Comissão Avaliadora de Eventos, torna pública a realização de processo seletivo de projetos para apoio à

Leia mais

PROCESSO Nº. 23.348/2012 CONCORRÊNCIA nº. 01/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

PROCESSO Nº. 23.348/2012 CONCORRÊNCIA nº. 01/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 19ª REGIÃO ASSESSORIA DE LICITAÇÕES E COMPRAS COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO Nº. 23.348/2012 CONCORRÊNCIA nº. 01/2013 EDITAL DE CONCORRÊNCIA

Leia mais

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES:

I - LOCAL DE ENTREGA DOS ENVELOPES: EDITAL de LICITAÇÃO MODALIDADE: CARTA CONVITE N.º 17/2013 Data da abertura dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas Data limite para entrega dos envelopes: Dia: 25/10/2013 Horário: 13:00 horas

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº01/2013 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PROPAGANDA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE

CONCORRÊNCIA Nº01/2013 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PROPAGANDA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina CONCORRÊNCIA Nº01/2013 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO DE AGÊNCIA DE PROPAGANDA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE PUBLICIDADE SUMÁRIO Página

Leia mais

CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924

CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924 CONCORRÊNCIA N. 2014/01 PROTOCOLO N. 2014/9.924 OBJETO: Contratação, sob demanda, de serviços de publicidade e atividades complementares, a serem prestados por intermédio de agência de propaganda. SEGUE

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA TERRA DE LUTA E FÉ - DOE ORGÃOS, DOE SANGUE:SALVE VIDAS EDITAL DE CARTA CONVITE 027/2015 A PREFEITA MUNICIPAL DE SANTANA DA BOA VISTA, torna público, para conhecimento dos interessados, que no dia 20 DE NOVEMBRO DE 2015, às 10 horas, reunirse-á a Comissão Permanente

Leia mais

EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 1/2012

EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 1/2012 EDITAL DE LICITAÇÃO CONCORRÊNCIA N 1/2012 O CONSELHO FEDERAL DE NUTRICIONISTAS (CFN), autarquia federal, órgão de fiscalização profissional regido pela Lei n 6.583, de 20.10.1978, inscrito no CNPJ sob

Leia mais

1.1. A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para execução de atividades de

1.1. A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para execução de atividades de EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº. 007/2013 TIPO: TÉCNICA E PREÇO A DME DISTRIBUIÇÃO S.A. - DMED, inscrita no CNPJ nº. 23.664.303/0001-04, NIRE nº. 3150021609-1, e I.E. nº. 518.601288-0094, empresa pública, pessoa

Leia mais

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2011

CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 CONSELHO NACIONAL DO MINISTÉRIO PÚBLICO SECRETARIA GERAL ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E CERIMONIAL (ASCOM) EDITAL CONCORRÊNCIA Nº 01/2011 Processo nº 0.00.002.0001321/2011-72 CONCORRÊNCIA PARA CONTRATAÇÃO

Leia mais

GUIA PARA CONCORRÊNCIAS PRIVADAS.

GUIA PARA CONCORRÊNCIAS PRIVADAS. GUIA PARA CONCORRÊNCIAS PRIVADAS. CONHEÇA O SINAPRO SANTA CATARINA O Sindicato das Agências de Propaganda do estado de Santa Catarina (Sinapro/SC) tem como principal objetivo o fortalecimento do setor

Leia mais

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h

CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h CONVITE: 003 /08 DE 19 DEFEVEREIRO DE 2008 ENCERRAMENTO e ABERTURA: - 06 DE MARÇO DE 2008-10:00 h 1.0.OBJETO 1.1 Contratação de Empresa Especializada para Locação, Implantação, Treinamento de Pessoal e

Leia mais

Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO

Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO Carta Convite LICITAÇÃO PARA CONFECÇÃO DE MATERIAL GRÁFICO CARTA CONVITE Nº 001/2015 A Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial CETEFE, situada em SAIS Área 2ª ED. ENAP Ginásio de

Leia mais

CONVITE N.º 001/2007

CONVITE N.º 001/2007 CONVITE N.º 001/2007 A Companhia das Docas do Estado da Bahia - CODEBA, com observância da Lei n.º 8.666/93, de 21/6/1993, e demais disposições legais, convida essa empresa a participar de Licitação acima

Leia mais

COMENTÁRIOS À LEI DE LICITAÇÕES E CONTRATOS LEI nº 8.666/1993

COMENTÁRIOS À LEI DE LICITAÇÕES E CONTRATOS LEI nº 8.666/1993 COMENTÁRIOS À LEI DE LICITAÇÕES E CONTRATOS LEI nº 8.666/1993 www.editoraferreira.com.br Fala, galera! Espero que tenham gostado do encontro passado. Os detalhes são vários, estou ciente disso, porém finitos,

Leia mais

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO DE LICITAÇÃO Nº 016/2015 TOMADA DE PREÇOS 001/2015 TIPO: TÉCNICA E PREÇO

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO DE LICITAÇÃO Nº 016/2015 TOMADA DE PREÇOS 001/2015 TIPO: TÉCNICA E PREÇO COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO PROCESSO ADMINISTRATIVO DE LICITAÇÃO Nº 016/2015 TOMADA DE PREÇOS 001/2015 TIPO: TÉCNICA E PREÇO OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA DE PUBLICIDADE PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

Leia mais

Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência FIESC nº 020/2014 Lote 2.

Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência FIESC nº 020/2014 Lote 2. Data: 16/09/2014 Para: AOS PARTICIPANTES DA CONCORRÊNCIA 020/2014 De: FIESC COMISSÃO ESPECIAL DE LICITAÇÃO Assunto: Esclarecimento n. 6 Pergunta: Prezados, seguem abaixo questionamentos pertinentes a Concorrência

Leia mais

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015

CONCORRÊNCIA Nº 001/2015 IMPORTANTE: PARA PARTICIPAR DA LICITAÇÃO, O(A) INTERESSADO(A) DEVERÁ PREENCHER O PROTOCOLO DE RETIRADA DE EDITAL CONSTANTE DO ANEXO I, E DEVOLVÊ-LO COM ATÉ 03 (TRÊS) DIAS DE ANTECEDÊNCIA DO CERTAME. CONCORRÊNCIA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARCOVERDE Comissão Permanente de Licitação

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARCOVERDE Comissão Permanente de Licitação PREFEITURA MUNICIPAL DE ARCOVERDE Comissão Permanente de Licitação EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 002/2011 PROCESSO LICITATORIO Nº 025/2011 TIPO: TÉCNICA E PREÇO 1. PREÂMBULO O

Leia mais