Revisão do Contrato de Concessão de Blocos Exploratório para Futuras Rodadas de Licitações

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Revisão do Contrato de Concessão de Blocos Exploratório para Futuras Rodadas de Licitações"

Transcrição

1 Revisão do Contrato de Concessão de Blocos Exploratório para Futuras Rodadas de Licitações Audiência Pública Rio de Janeiro, 19 de abril de 2011

2 Revisão do Contrato Grupo de Trabalho Formação de Grupo de Trabalho para revisão dos Contratos de Concessão e dos Editais de licitações de blocos exploratórios e de áreas inativas contendo acumulações marginais.

3 Revisão do Contrato Composição do Grupo de Trabalho Coordenação SPL - Superintendência de Promoção de Licitações

4 Revisão do Contrato Consulta e Audiência Pública Por se tratar de ato regulatório que afeta os direitos de agentes econômicos, a ANP realizou Consulta e promove Audiência Pública em atenção ao previsto na Lei n.º 9.478/97

5 Contrato de Concessão Apresentação Alterações formais Melhorias de redação Remissões Reorganização de cláusulas Mudanças de conteúdo

6 Cláusula Quinta Fase de Exploração Prorrogação do Segundo Período Modificação Limitação da prorrogação do Segundo Período de Exploração em até 150% da duração prevista em contrato, para a realização do Plano de Avaliação de Descoberta(PAD)

7 Cláusula Quinta Fase de Exploração 5.5 Extensão de Período ou Fase Modificação Extensão do Período ou da Fase exploratória até a data de conclusão do poço, acrescido de 60 dias para apresentação de eventual Plano de Avaliação de Descoberta

8 Cláusula Quinta Fase de Exploração Condição para abatimento das Unidades de Trabalho Modificação Poços perfurados deverão atingir o objetivo estratigráfico mínimo em profundidade suficiente para avaliar o seu potencial

9 Cláusula Quinta Fase de Exploração Condição para abatimento das Unidades de Trabalho Modificação Cômputo de Unidades de Trabalho (UT) somente dentro da área do bloco

10 Cláusula Quinta Fase de Exploração Condição para abatimento das Unidades de Trabalho Inclusão Possibilidade de isenção do concessionário do cumprimento de montante residual do PEM durante o Primeiro Período de Exploração, desde que inferior a 10% do total contratado e condicionado ao pagamento de multa

11 Cláusula Nona Plano de Desenvolvimento Prazo de entrega do PD Modificação Na hipótese de postergação da Declaração de Comercialidade, o Plano de Desenvolvimento (PD) deverá ser entregue na data da Declaração de Comercialidade à ANP

12 Cláusula Décima Segunda Individualização da Produção 12.2 Pré-Acordo de Individualização da Produção Inclusão Inclusão do Pré-acordo de Individualização da Produção

13 Cláusula Décima Quinta Garantia Financeira do PEM 15.1 Garantias Financeiras Modificação Exclusão da possibilidade de contrato de hipoteca como garantia financeira do PEM

14 Cláusula Décima Oitava Garantias de Desativação e Abandono e Garantias de Desativação e Abandono Modificação A apresentação de garantia de desativação se torna necessária, independentemente de solicitação por parte da ANP Ovalor da garantia poderá ser revisto em função do custo das operações de abandono e desativação, desde que auditáveis pela ANP

15 Cláusula Vigésima Primeira Meio Ambiente 21.4 Controle Ambiental Inclusão Obrigatoriedade de envio de cópia das licenças ambientais e de suas respectivas renovações no prazo de 30 dias contados de sua obtenção

16 Cláusula Vigésima Quarta Recursos Destinados a P&D 24.4 Aplicação dos recursos de P&D Modificação Aplicação de recursos em áreas, atividades ou projetos previamente definidos ou aprovados pela ANP Possibilidade de aplicação de recursos em atividades de pesquisa das áreas de Ciências Sociais, Humanas e da Vida, desde que relacionadas ao setor

17 Principais Abordagens da Indústria 12 - Individualização da Produção 21% 05- Fase de Exploração 41% 20 - Conteúdo Local 09 - Plano de Desenvolvimento 15% 24 -Recursos Destinados a Pesquisa e Desenvolvimento 4% 6% 5% 8% 07 - Declaração de Comercialidade Outros

18 Consulta Pública Petra Energia Luidia Óleo & Gás

19 OBRIGADA Claudia Rabello Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis Av. Rio Branco, 65-18º andar Tel.: (21)

PRINCIPAIS APRIMORAMENTOS AO PRÉ-EDITAL DA DÉCIMA RODADA E CUMPRIMENTO DA IN TCU 27/98

PRINCIPAIS APRIMORAMENTOS AO PRÉ-EDITAL DA DÉCIMA RODADA E CUMPRIMENTO DA IN TCU 27/98 PRINCIPAIS APRIMORAMENTOS AO PRÉ-EDITAL DA DÉCIMA RODADA E CUMPRIMENTO DA IN TCU 27/98 SUPERINTENDÊNCIA DE PROMOÇÃO DE LICITAÇÕES Rio de Janeiro / RJ 29 de Outubro de 2008 CRONOGRAMA SIMPLIFICADO DA RODADA

Leia mais

Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP

Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP AÇÕES E PROJETOS DA ANP RELACIONADOS AO MEIO AMBIENTE NA ÁREA DE E&P Andrea Gallo Xavier Coordenadora do Grupo de Acompanhamento de Questões Ambientais da ANP ARCABOUÇO LEGAL Art. 8, inciso IX da Lei do

Leia mais

Exigências de Conteúdo Local no Setor de Petróleo e Gás

Exigências de Conteúdo Local no Setor de Petróleo e Gás Exigências de Conteúdo Local no Setor de Petróleo e Gás São Paulo, 12/04/2013 Estrutura da Política de CL MME/CNPE Estratégias e Política de Conteúdo Local ANP Regulamentação Monitoramento Fiscalização

Leia mais

Orientações gerais para a comunicação entre Operadores e ANP

Orientações gerais para a comunicação entre Operadores e ANP 1. INTRODUÇÃO O Catálogo de E&P é um conjunto de documentos no formato de página da internet. Contém orientações, procedimentos e formulários destinados a orientar a relação entre os Operadores dos Contratos

Leia mais

ANEXO XII ATIVIDADES NÃO REALIZADAS POR RESTRIÇÃO DE PESSOAL E DE ORÇAMENTO

ANEXO XII ATIVIDADES NÃO REALIZADAS POR RESTRIÇÃO DE PESSOAL E DE ORÇAMENTO ANEXO XII ATIVIDADES NÃO REALIZADAS POR RESTRIÇÃO DE PESSOAL E DE ORÇAMENTO ANEXO XII ATIVIDADES NÃO REALIZADAS POR RESTRIÇÃO DE PESSOAL E DE ORÇAMENTO QUADRO 1 Atividades a não serem realizadas por restrição

Leia mais

Aspectos gerais do Contrato de Concessão sob o novo modelo. Daniel Pedroso Superintendente de Promoção de Licitações Agência Nacional do Petróleo

Aspectos gerais do Contrato de Concessão sob o novo modelo. Daniel Pedroso Superintendente de Promoção de Licitações Agência Nacional do Petróleo Daniel Pedroso Superintendente de Promoção de Licitações Agência Nacional do Petróleo Modelo-base do Contrato de Concessão permanece o mesmo Investimentos por conta e risco do Concessionário Programas

Leia mais

Gás Natural em Terra Rodada de Licitações 2013

Gás Natural em Terra Rodada de Licitações 2013 Gás Natural em Terra Rodada de Licitações 2013 XI Seminário Internacional Britcham de Energia Não Convencionais Olavo Colela Júnior Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) 10

Leia mais

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis

Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Os desafios da ANP: Pré-Sal e Biocombustíveis Comissão de Serviços de Infra-Estrutura Desafios para um país emergente Luis Eduardo Duque Dutra Chefe de Gabinete da Diretoria Geral Professor Adjunto EQ/UFRJ

Leia mais

ANEXO IX - MODELO DE SEGURO-GARANTIA PARA O PROGRAMA EXPLORATÓRIO MÍNIMO

ANEXO IX - MODELO DE SEGURO-GARANTIA PARA O PROGRAMA EXPLORATÓRIO MÍNIMO ANEXO IX - MODELO DE SEGURO-GARANTIA PARA O PROGRAMA EXPLORATÓRIO MÍNIMO APÓLICE N.º A Nome da Seguradora, através desta apólice de Seguro-Garantia, garante ao SEGURADO, AGÊNCIA NACIONAL DE PETRÓLEO, GÁS

Leia mais

[SPG VOL.VI MANUAL DE ATIVIDADES - PROCEDIMENTOS DE PAGAMENTO AOS PROPRIETÁRIOS DE TERRA ]

[SPG VOL.VI MANUAL DE ATIVIDADES - PROCEDIMENTOS DE PAGAMENTO AOS PROPRIETÁRIOS DE TERRA ] 2009 [SPG VOL.VI MANUAL DE ATIVIDADES - PROCEDIMENTOS DE PAGAMENTO AOS PROPRIETÁRIOS DE TERRA ] Descrição das atividades, por etapas sistemáticas, que compõe a atividade de Pagamento aos Proprietários

Leia mais

Ata de Audiência Pública

Ata de Audiência Pública Ata de Audiência Pública Assunto: Audiência Pública referente à Quinta Rodada de Licitações para contratação de atividades de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural Data: 26 de

Leia mais

Órgãos Estaduais de Meio Ambiente:

Órgãos Estaduais de Meio Ambiente: Órgãos Estaduais de Meio Ambiente: Licenciamento Ambiental Simone Anhaia Melo Simone Anhaia Melo Superintendência de Promoção de Licitações Agência Nacional do Petróleo Tópicos abordados Objetivos Articulação

Leia mais

ANEXO VII - MODELO DE GARANTIA E SEGURO-GARANTIA DE OFERTA. Concorrente R$ XXX / / / /

ANEXO VII - MODELO DE GARANTIA E SEGURO-GARANTIA DE OFERTA. Concorrente R$ XXX / / / / ANEXO VII - MODELO DE GARANTIA E SEGURO-GARANTIA DE OFERTA PARTE 2 - MODELO DE SEGURO-GARANTIA PARA OFERTA APÓLICE N.º A ( nome da seguradora ), através desta apólice de Seguro-Garantia, garante ao SEGURADO

Leia mais

Investimentos em Prospecção: Bacia do São Francisco

Investimentos em Prospecção: Bacia do São Francisco Investimentos em Prospecção: Bacia do São Francisco Haroldo Lima Diretor-Geral da ANP Comissão de Serviços de Infra-Estrutura Senado Federal 27 de março de 2008 Situação atual do O&G no Brasil (2007) Reservas

Leia mais

RAPHAEL N. MOURA SUPERINTENDENTE DE SEGURANÇA OPERACIONAL E MEIO AMBIENTE AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS

RAPHAEL N. MOURA SUPERINTENDENTE DE SEGURANÇA OPERACIONAL E MEIO AMBIENTE AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS Processos administrativos relativos aos vazamentos de petróleo no Campo de Frade RAPHAEL N. MOURA SUPERINTENDENTE DE SEGURANÇA OPERACIONAL E MEIO AMBIENTE AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS

Leia mais

Edital de Licitação. Claudia Rabello Superintendente de Promoção de Licitações

Edital de Licitação. Claudia Rabello Superintendente de Promoção de Licitações Edital de Licitação a Claudia Rabello Superintendente de Promoção de Licitações Diretrizes iniciais para disposições do Edital Lei 12.351/10 O licitante vencedor deverá constituir consórcio com a PPSA

Leia mais

Audiência Pública nº13/2015. Marcelo Castilho

Audiência Pública nº13/2015. Marcelo Castilho Audiência Pública nº13/2015 Marcelo Castilho Roteiro 1 Aspectos do Pré-Edital Base Legal; Objeto; Cronograma; e Procedimento licitatório 2 3 Aspectos do Contrato Balanço da Consulta Pública Base Legal

Leia mais

Orientações gerais para a comunicação entre Operadores e ANP

Orientações gerais para a comunicação entre Operadores e ANP 1. INTRODUÇÃO O Catálogo de E&P é um conjunto de documentos no formato de página da internet. Contém orientações, procedimentos e formulários destinados a orientar a relação entre os Operadores dos Contratos

Leia mais

Regulamentação e Licenciamento Ambiental. Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas

Regulamentação e Licenciamento Ambiental. Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas Regulamentação e Licenciamento Ambiental Oscar Graça Couto Lobo & Ibeas Matriz Constitucional "Todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia

Leia mais

Reservas Brasileiras de gás convencional. e Potencial para gás não convencional

Reservas Brasileiras de gás convencional. e Potencial para gás não convencional Reservas Brasileiras de gás convencional e Potencial para gás não convencional Gás Natural Reservas Gás Natural Provada 459 bcm (16 tcf) Total 907 bcm (32 tcf) Em 10 anos: x 2 Produção Gás Natural 65,9

Leia mais

Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP

Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP Conteúdo Local na Construção Naval e Offshore Brasileira: O papel da ANP Coordenadoria de Conteúdo Local Marintec South America / 12ª Navalshore, 12/08/15 A Política de Conteúdo Local Definição: Política

Leia mais

COORDENAÇÃO DE MEIO AMBIENTE

COORDENAÇÃO DE MEIO AMBIENTE COORDENAÇÃO DE MEIO AMBIENTE João Carlos C. Tavares Coordenador de Segurança Operacional e Meio Ambiente Agência Nacional do Petróleo Arcabouço Legal Art. 8, inciso IX da Lei do Petróleo (9478/97) fazer

Leia mais

Bacia do Espírito Santo

Bacia do Espírito Santo Bacia do Espírito Santo Adoniran Bugalho Superintendência de Definição de Blocos Roteiro Localização Infraestrutura e condições operacionais Histórico exploratório Dados existentes Evolução tectonoestratigráfica

Leia mais

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações Manifestação de Interesse. Qualificação Jurídica

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações Manifestação de Interesse. Qualificação Jurídica Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações Manifestação de Interesse Qualificação Jurídica Regularidade Fiscal e Trabalhista Mileno Feitosa Jr. Superintendência de Promoção de

Leia mais

ANP Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis GEOF Programa Gerador de Ofertas

ANP Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis GEOF Programa Gerador de Ofertas Procedimento de Geração de Ofertas SPL Superintendência de Promoção de Licitações NIN Núcleo de Informática ANP Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e - Página 1 de 20 SUMÁRIO I. INFORMAÇÕES GERAIS

Leia mais

Considerações sobre o Contrato de Partilha de Produção. Olavo Bentes David Procurador Federal - AGU Subprocurador-Geral de E&P - ANP

Considerações sobre o Contrato de Partilha de Produção. Olavo Bentes David Procurador Federal - AGU Subprocurador-Geral de E&P - ANP Considerações sobre o Contrato de Partilha de Produção Olavo Bentes David Procurador Federal - AGU Subprocurador-Geral de E&P - ANP Definições Escopo Fixar conceitos e não disposições Ex: Conteúdo Local,

Leia mais

Controle de Versões e Atualizações. Classe I (Local x Local) Versão Data Título Conteúdo da Alteração 2.0 10/07/2009 Oferta Pública de Interconexão

Controle de Versões e Atualizações. Classe I (Local x Local) Versão Data Título Conteúdo da Alteração 2.0 10/07/2009 Oferta Pública de Interconexão Classe I (Local x Local) 2.0 10/07/2009 Oferta Pública de Interconexão Atualização dos Preços e Da Legislação Aplicável no Anexo 5, do item 2.3.. Inclusão do Anexo 10. Inclusão do item 4.6 e 2.0 10/07/2009

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTA ALUNO Versão 04/02/2011 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE

Leia mais

Diretrizes Ambientais

Diretrizes Ambientais Diretrizes Ambientais 11ª Rodada de Licitações Luciene Ferreira Pedrosa M.Sc. Planejamento Ambiental Assessora da Diretoria-Geral Superintendência de Segurança Operacional e Meio Ambiente Base Legal Resolução

Leia mais

Seminário Jurídico-Fiscal

Seminário Jurídico-Fiscal Seminário Jurídico-Fiscal Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação Tathiany R. Moreira de Camargo Superintendente-Adjunta de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico Recursos Destinados a P&D&I Mantém-se a obrigatoriedade,

Leia mais

Áreas em oferta na Nona Rodada de Licitações para Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural

Áreas em oferta na Nona Rodada de Licitações para Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural Áreas em oferta na Nona Rodada de Licitações para Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural Magda Chambriard Superintendência de Definição de Blocos - ANP Sumário Política Governamental Estudos da

Leia mais

Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental

Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental NATAL-RIO GRANDE DO NORTE - ANO 03 - EDIÇÃO 19 Sindipostos cria grupo de trabalho sobre legislação ambiental O Sindicato do Comércio Varejista dos Derivados de Petróleo continua investindo alto no t r

Leia mais

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações QUALIFICAÇÃO TÉCNICA. Josie Quintella Superintendência de Promoção de Licitações

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações QUALIFICAÇÃO TÉCNICA. Josie Quintella Superintendência de Promoção de Licitações Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações QUALIFICAÇÃO TÉCNICA Josie Quintella Superintendência de Promoção de Licitações Roteiro Qualificação Técnica requisitos estipulados

Leia mais

ÇÕES SOBRE MODELOS CONTRATUAIS PARA EXPLORAÇÃ ÇÃO O E PRODUÇÃ

ÇÕES SOBRE MODELOS CONTRATUAIS PARA EXPLORAÇÃ ÇÃO O E PRODUÇÃ CONSIDERAÇÕ ÇÕES SOBRE MODELOS CONTRATUAIS PARA EXPLORAÇÃ ÇÃO O E PRODUÇÃ ÇÃO O DE PETRÓLEO E GÁS G S NATURAL Ivan Simões Filho Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás G s e Biocombustíveis - IBP Seminário

Leia mais

RESOLUÇÃO ANP Nº 39, DE 13.11.2007

RESOLUÇÃO ANP Nº 39, DE 13.11.2007 AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS RESOLUÇÃO ANP Nº 39, DE 13.11.2007 O DIRETOR-GERAL da AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GAS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS ANP, no uso de suas atribuições

Leia mais

GEOFÍSCA MÉTODOS SÍSMICOS MÉTODOS POTENCIAIS MÉTODOS GEOELÉTRICOS MÉTODOS GEOTÉRMICOS REFLEXÃO REFRAÇÃO GRAVIMETRIA MAGNETOMETRIA

GEOFÍSCA MÉTODOS SÍSMICOS MÉTODOS POTENCIAIS MÉTODOS GEOELÉTRICOS MÉTODOS GEOTÉRMICOS REFLEXÃO REFRAÇÃO GRAVIMETRIA MAGNETOMETRIA 28 de maio de 2013 GEOFÍSCA MÉTODOS SÍSMICOS REFLEXÃO REFRAÇÃO MÉTODOS POTENCIAIS GRAVIMETRIA MAGNETOMETRIA MÉTODOS GEOELÉTRICOS POLARIZAÇÃO INDUZIDA ELETRORRESISTIVIDADE POTENCIAL ESPONTÂNEO RADAR DE

Leia mais

PLANO DECENAL - ANP. Mauro Barbosa de Araújo Superintendência de Definição de Blocos

PLANO DECENAL - ANP. Mauro Barbosa de Araújo Superintendência de Definição de Blocos PLANO DECENAL - ANP Planejamento das Atividades de Estudos Geológicos & Geofísicos nas Bacias Sedimentares Brasileiras Visando a Exploração de Petróleo e Gás Natural Mauro Barbosa de Araújo Superintendência

Leia mais

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA.

O presente Contrato fica vinculado a Apólice apresentada pela CONTRATADA. CONTRATO Nº 003/2013 - PARANACIDADE CONTRATO DE SEGURO, POR PREÇO GLOBAL FIXO QUE ENTRE SI CELEBRAM O SERVIÇO SOCIAL AUTÔNOMO PARANACIDADE E A EMPRESA MARÍTIMA SEGUROS S/A, NA FORMA ABAIXO: O Serviço Social

Leia mais

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 057/2012 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A.

CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 057/2012 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. CONTRIBUIÇÕES REFERENTES À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 057/2012 NOME DA INSTITUIÇÃO: CPFL ENERGIAS RENOVÁVEIS S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: Resolução Normativa ANEEL nº 279,

Leia mais

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações

Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações Workshop de Qualificação para a Décima Primeira Rodada de Licitações QUALIFICAÇÃO ECONÔMICO - FINANCEIRA Antonio Mello e Jorge Eduardo de Campos Pinto Superintendência de Promoção de Licitações Qualificação

Leia mais

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL MINISTÉRIO DAS MINAS E ENERGIA CONTRATO DE CONCESSÃO PARA EXPLORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL N o CELEBRADO ENTRE AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO

Leia mais

MENSAGEM DA ADMINISTRAÇÃO A QGEP Participações iniciou o ano de 2011 com uma sólida posição financeira. Concluímos com sucesso a nossa oferta pública inicial de ações em fevereiro, com uma captação líquida

Leia mais

REDESENHO INSTITUCIONAL E ARRANJOS CONTRATUAIS: UMA ANÁLISE DA REGULAÇÃO E DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO UPSTREAM BRASILEIRO

REDESENHO INSTITUCIONAL E ARRANJOS CONTRATUAIS: UMA ANÁLISE DA REGULAÇÃO E DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO UPSTREAM BRASILEIRO I Jornada Científica IE/UFRJ REDESENHO INSTITUCIONAL E ARRANJOS CONTRATUAIS: UMA ANÁLISE DA REGULAÇÃO E DA INDÚSTRIA DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL NO UPSTREAM BRASILEIRO Aluno: Orientador: Prof. Dr. Helder

Leia mais

GESTÃO DE RISCOS AMBIENTAIS NO SETOR DE EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS

GESTÃO DE RISCOS AMBIENTAIS NO SETOR DE EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS Seminário Internacional GESTÃO DE RISCOS AMBIENTAIS NO SETOR DE EXPLORAÇÃO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS Lucia Maria de Araujo Lima Gaudencio Coordenadora de Meio Ambiente Agência Nacional do Petróleo,

Leia mais

Agência Nacional do Petróleo

Agência Nacional do Petróleo Agência Nacional do Petróleo Ivan de Araújo Simões Filho Superintendente de Promoção de Licitações Procedimentos Informações Gerais 53 Blocos 12 bacias Áreas grandes 79.000 km2 em mar; 11.000 km2 em terra

Leia mais

Guia da Quarta Rodada de Licitações

Guia da Quarta Rodada de Licitações Guia da Quarta Rodada de Licitações Esse Guia tem como o objetivo, informar e esclarecer possíveis dúvidas em relação a documentos que deverão ser apresentados e valores das Taxas de Participação do processo

Leia mais

Nova Regulamentação ANP que Especifica a Qualidade do Etanol Combustível

Nova Regulamentação ANP que Especifica a Qualidade do Etanol Combustível Nova Regulamentação ANP que Especifica a Qualidade do Etanol Combustível Cristiane Zulivia de Andrade Monteiro Superintendência de Biocombustíveis e de Qualidade de Produtos Novembro 2010 Revisão da Resolução

Leia mais

Procedimentos da Rodada. Ivan Araújo Simões Filho Superintendente de Promoção de Licitações

Procedimentos da Rodada. Ivan Araújo Simões Filho Superintendente de Promoção de Licitações Procedimentos da Rodada Ivan Araújo Simões Filho Superintendente de Promoção de Licitações Quarta Rodada de Licitações Procedimentos semelhantes aos das Rodadas anteriores Dois estágios Qualificação Ofertas

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SCM Contrato que entre si celebram Edmilson de Lima Araújo - ME, inscrito no CNPJ sob o nº 00552496/0001-06, Inscrição Estadual 24837800-7, situado a Av. Dr. Jayme Carneiro Lopes

Leia mais

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08

Brasil não pode emperrar pré-sal, diz presidente do World Petroleum Council Qua, 19 de Setembro de 2012 08:08 Dirigindo uma das principais entidades de petróleo do mundo, o World Petroleum Council, mas também presidente da brasileira Barra Energia, Renato Bertani acha que o Brasil não pode se dar ao luxo, como

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 42 / 2009

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 42 / 2009 MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº 42 / 2009 NOME DA INSTITUIÇÃO: CHARTIS BRASIL SEGUROS S.A. AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: LEILÃO Nº 06/2009,

Leia mais

II.2. CARACTERIZAÇÃO DA ATIVIDADE

II.2. CARACTERIZAÇÃO DA ATIVIDADE II.2. CARACTERIZAÇÃO DA ATIVIDADE II.2.1. IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE DE PERFURAÇÃO E DAS EMBARCAÇÕES DE APOIO A) EMBARCAÇÕES DE APOIO Para o apoio logístico (transporte de materiais, transporte de resíduos,

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS REGULAMENTO DO PROGRAMA DE BOLSAS DO OBJETIVO Cláusula Primeira Estabelecer as regras gerais para a concessão de bolsas nas mensalidades de alunos regularmente matriculados na Universidade Guarulhos. DAS

Leia mais

NAS RODADAS DE LICITAÇAO. Heloisa Borges Bastos Esteves

NAS RODADAS DE LICITAÇAO. Heloisa Borges Bastos Esteves MECANISMOS DE DEFESA DA CONCORRÊNCIA NAS RODADAS DE LICITAÇAO Seminário i Jurídico-Fiscal - 10/10/2008 Heloisa Borges Bastos Esteves Coordenadoria a de Defesa esa da Concorrência c Estrutura da Apresentação

Leia mais

Índice. Pablo L. Gay Ger. Julho de 2010

Índice. Pablo L. Gay Ger. Julho de 2010 Regime de Partilha de Produção Algumas questões práticas Pablo L. Gay Ger Julho de 2010 1 1. Arcabouço Legal Lei 9.478, Lei 12.351, Lei 12.304 e Lei 12.276 2. Regime de Partilha de Produção Estrutura Contratual

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI N o 11.097, DE 13 DE JANEIRO DE 2005. Mensagem de veto Conversão da MPv nº 214, de 2004 Dispõe sobre a introdução do biodiesel

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA ANEXO VI MINUTA DE CONTRATO CONTRATO que entre si fazem o DEPARTAMENTO MUNICIPAL DE LIMPEZA URBANA e a empresa xxxxxxxx, para seguro contra terceiros para os veículos deste Departamento. O DEPARTAMENTO

Leia mais

TERMO ADITIVO AO CONTRATO DE CONCESSÃO Nº 48000.00xxxxxxxxxx, BLOCO XXXXXX PARA EXPLORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL

TERMO ADITIVO AO CONTRATO DE CONCESSÃO Nº 48000.00xxxxxxxxxx, BLOCO XXXXXX PARA EXPLORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL TERMO ADITIVO AO CONTRATO DE CONCESSÃO Nº 48000.00xxxxxxxxxx, BLOCO XXXXXX PARA EXPLORAÇÃO, DESENVOLVIMENTO E PRODUÇÃO DE PETRÓLEO E GÁS NATURAL que entre si celebram A AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, autarquia

Leia mais

EDITAL 01/2014 - SELEÇÃO DE BOLSISTAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA PARA ATUAÇÃO NO PRH-PB203

EDITAL 01/2014 - SELEÇÃO DE BOLSISTAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA PARA ATUAÇÃO NO PRH-PB203 EDITAL 01/2014 - SELEÇÃO DE BOLSISTAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA MECÂNICA PARA ATUAÇÃO NO PRH-PB203 1) Programa de Fomento à Formação de recursos humanos em Tecnologia de Equipamentos para

Leia mais

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS

ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS ORIENTAÇÕES BÁSICAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS CLÁUSULA DE INVESTIMENTOS EM P&D I. Aspectos gerais 1. Introdução O objetivo da cláusula de Investimentos em P&D é a geração de novas tecnologias, novos

Leia mais

REGULAMENTO ANP Nº 5/2005

REGULAMENTO ANP Nº 5/2005 Revisão 01-24/novembro/2005 Título: Regulamento Técnico para realização dos Investimentos em Pesquisa e Desenvolvimento e Elaboração do Relatório Demonstrativo das Despesas Realizadas Tipo: Requisitos

Leia mais

Assunto: 13ª Rodada de Licitações de Blocos e de Campos Marginais - Aprimoramento da sistemática de Conteúdo Local.

Assunto: 13ª Rodada de Licitações de Blocos e de Campos Marginais - Aprimoramento da sistemática de Conteúdo Local. 483.000879/2015-00 MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA Secretaria de Petróleo, Gás Natural e Combustíveis Renováveis Departamento de Política de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural NOTA TÉCNICA N

Leia mais

SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA PRH 39

SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA PRH 39 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA

Leia mais

Estrutura da Indústria do

Estrutura da Indústria do Estrutura da Indústria do Petróleo e Gás Professora Elaine Ribeiro EMENTA Noções de exploração e produção de petróleo e gás natural. PETRÓLEO EXPLORAÇÃO Art. 6º - lei 9478 de 1997 XV - Pesquisa ou Exploração:

Leia mais

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás

Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás Certificação de Conteúdo Local Serviços de Petróleo e Gás O que é? Conteúdo Local é a relação entre o valor dos bens produzidos e serviços prestados no país para executar o contrato e o valor total dos

Leia mais

Nota Técnica nº 47/2015-CEL/ANEEL. Em 7 de dezembro de 2015. Processo nº: 48500.004029/2015-41

Nota Técnica nº 47/2015-CEL/ANEEL. Em 7 de dezembro de 2015. Processo nº: 48500.004029/2015-41 Nota Técnica nº 47/2015-CEL/ANEEL Em 7 de dezembro de 2015. Processo nº: 48500.004029/2015-41 Assunto: Instauração de Audiência Pública, exclusivamente por intercâmbio documental, para subsidiar o processo

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado da Casa Civil Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro Processo nº.: E-12/0 Autuação: 29/01 Concessionária: PROLAGOS Assunto: Seguro Garantia - 2014 Sessão Regulatória: 26 de agosto de 2014 RELATÓRIO O presente Processo Regulatório foi iniciado em razão da

Leia mais

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação

Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Ciência sem Fronteiras: construindo redes internacionais para inovação Recursos Humanos Universidade Petrobras Brasil 12 a 14 de novembro Hotel Transamérica São Paulo. 2 Petrobras A PETROBRAS Atua como

Leia mais

A ANP e a Resolução CONAMA 315/2002 Waldyr Luiz Ribeiro Gallo Assessor de Diretor - ANP

A ANP e a Resolução CONAMA 315/2002 Waldyr Luiz Ribeiro Gallo Assessor de Diretor - ANP A ANP e a Resolução CONAMA 315/2002 Waldyr Luiz Ribeiro Gallo Assessor de Diretor - ANP Câmara dos Deputados - Comissão de Minas e Energia Audiência Pública 22 de novembro de 2007 Brasília, DF Sumário

Leia mais

TERMO Nº 003/541/2007.

TERMO Nº 003/541/2007. PUBLICADO no D.O. Em 05/07/07 Fls. 03 TERMO Nº 003/541/2007. CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA QUE AJUSTAM O TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO E A UNIVERSIDADE VEIGA DE ALMEIDA, MANTIDA PELA

Leia mais

Manual de Orientações Técnico-Financeiras

Manual de Orientações Técnico-Financeiras Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - Manual de Orientações Técnico-Financeiras Programa /COLCIÊNCIAS BRASIL-COLÔMBIA 2013 Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior

Leia mais

EDITAL Nº006 / 2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS

EDITAL Nº006 / 2013 1. DISPOSIÇÕES GERAIS EDITAL Nº006 / 2013 DISPÕE SOBRE O PROCESSO PRÉ-SELETIVO DE ALUNOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS PARA CONCESSÃO DE BOLSA DE GRADUAÇÃO SANDUICHE NO EXTERIOR NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS

Leia mais

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS

CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE CONTRATO DICQ Nº / (à ser preenchido pelo DICQ) DE LABORATÓRIOS CLÍNICOS CONTRATO DE ACREDITAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALI- DADE DE LABORATÓRIO

Leia mais

APRESENTAÇÃO NA FUP MUDANÇAS NO MARCO REGULATÓRIO DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO NO BRASIL

APRESENTAÇÃO NA FUP MUDANÇAS NO MARCO REGULATÓRIO DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO NO BRASIL APRESENTAÇÃO NA FUP MUDANÇAS NO MARCO REGULATÓRIO DA INDÚSTRIA DO PETRÓLEO NO BRASIL Henrique Jäger (Subseção da FUP) Cloviomar Cararine (Subseção do SINDIPETRO-NF) Técnicos do DIEESE Rio de Janeiro, 25

Leia mais

PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ. Consulta aos Potenciais Interessados

PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ. Consulta aos Potenciais Interessados PLANO CONJUNTO BNDES/FINEP PARA DESENVOLVIMENTO E INOVAÇÃO DA INDÚSTRIA QUÍMICA PADIQ Consulta aos Potenciais Interessados Agenda Objetivos Linhas temáticas Etapas Consulta a parceiros e potenciais clientes

Leia mais

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE,

INSTRUMENTO PARTICULAR DE CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, CONTRATO PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS, COM PARTICIPAÇÃO FINANCEIRA DO CLIENTE, QUE ENTRE SI CELEBRAM, LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE S/A, DE UM LADO, E XXXXXXXXX, DE OUTRO LADO. LIGHT SERVIÇOS DE ELETRICIDADE

Leia mais

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações

PEC-PG CNPq e CAPES. 8. Recomendações PEC-PG CNPq e CAPES 8. Recomendações a) O Estudante-Convênio deverá matricular-se no primeiro semestre letivo do ano imediatamente subseqüente ao que se candidatou ao PEC-PG. Poderá, no entanto, ser concedida

Leia mais

EBDQUIM 2014. Abastecimento de Derivados e Biocombustíveis. Distribuição Missão e Valores. Aurélio Amaral Superintendência de Abastecimento

EBDQUIM 2014. Abastecimento de Derivados e Biocombustíveis. Distribuição Missão e Valores. Aurélio Amaral Superintendência de Abastecimento EBDQUIM 2014 Abastecimento de Derivados e Biocombustíveis Distribuição Missão e Valores Aurélio Amaral Superintendência de Abastecimento 19 de Março de 2014 Atividades da ANP Números do Setor de Petróleo

Leia mais

A Atuação do TCU no acompanhamento do setor de aviação civil: Desestatização e Regulação

A Atuação do TCU no acompanhamento do setor de aviação civil: Desestatização e Regulação A Atuação do TCU no acompanhamento do setor de aviação civil: Desestatização e Regulação 1ª Secretaria de Fiscalização de Desestatização e Regulação Carlos Modena Brasília, 4 de julho de 2012 Estrutura

Leia mais

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013

1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 1ª CHAMADA PÚBLICA PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS (CsF) PROCESSO SELETIVO INTERNO DO CsF RESOLUÇÃO 04/2013 Ciência sem Fronteiras é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão

Leia mais

SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA PRH 39

SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA PRH 39 UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO Fundação Instituída nos termos da Lei nº 5.152, de 21/10/1966 São Luís - Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação SELEÇÃO PARA BOLSAS DE ESTUDO DO CONVÊNIO ANP/UFMA

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS

MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS PROGRAMA PETROBRAS DE FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS (PFRH) MANUAL DO USUÁRIO NÍVEL TÉCNICO PARTE I INFORMAÇÕES PARA BOLSISTAS Versão 06/maio/2010 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO 2 INTRODUÇÃO 3 MODALIDADES DE AUXÍLIO

Leia mais

Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE

Departamento de Energia e Tecnologias Limpas DENE Energia e Tecnologias Limpas DENE A Finep A Finep é uma empresa pública vinculada ao MCTI (Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação) criada em 24 de julho de 1967. Seu objetivo é atuar em toda a cadeia

Leia mais

01/01/2009 em quantidade e com adequação de distribuição que assegure sua disponibilização em pelo menos uma bomba de cada um dos postos revendedores

01/01/2009 em quantidade e com adequação de distribuição que assegure sua disponibilização em pelo menos uma bomba de cada um dos postos revendedores 19ª Vara Cível Federal Autos nº 2007.61.00.034636-2 e 2008.61.00.013278-0 AÇÕES CIVIS PÚBLICAS Autores: MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL, ESTADO DE SÃO PAULO, INSTITUTO BRASILEIRO DO MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 42/2012 - BNDES Prezada Senhora, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. EDITAL - Item 4.12.4 inciso I - Qual documento

Leia mais

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE GOIÁS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS AO PROGRAMA GRADUAÇÃO SANDUÍCHE NOS EUA NO ÂMBITO DO PROGRAMA CIÊNCIA

Leia mais

Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios. Waldyr Martins Barroso Diretor

Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios. Waldyr Martins Barroso Diretor Tendências do Petróleo e Gás na América Latina: Desafios Waldyr Martins Barroso Diretor Rio de Janeiro, 12 de novembro de 2015 Sumário Alterações nas Variáveis da Indústria de Petróleo e Gás América Latina

Leia mais

Informações sobre Procedimentos e Emissão dos Formulários de Oferta e da capa do Envelope de Oferta

Informações sobre Procedimentos e Emissão dos Formulários de Oferta e da capa do Envelope de Oferta Informações sobre Procedimentos e Emissão dos Formulários de Oferta e da capa do Envelope de Oferta Este comunicado visa prestar os esclarecimentos necessários à apresentação da oferta para a Oitava Rodada

Leia mais

VOTO. RESPONSÁVEL: Superintendência de Concessões e Autorizações de Geração SCG. 1. A UHE Cachoeira da Fumaça foi outorgada em 22/04/1975.

VOTO. RESPONSÁVEL: Superintendência de Concessões e Autorizações de Geração SCG. 1. A UHE Cachoeira da Fumaça foi outorgada em 22/04/1975. VOTO PROCESSO: 00000.703597/1973-68. INTERESSADOS: Porto Seguro Negócios Imobiliários S.A.. RELATOR: Diretor Reive Barros dos Santos RESPONSÁVEL: Superintendência de Concessões e Autorizações de Geração

Leia mais

Icaro Sanguine Ribeiro: icaro@petrobras.com.br Frank Tetsuya Komati: fkomati.tempo@petrobras.com.br

Icaro Sanguine Ribeiro: icaro@petrobras.com.br Frank Tetsuya Komati: fkomati.tempo@petrobras.com.br PCPE Planejamento e Controle de Projetos Exploratórios, uma ferramenta de apoio e comunicação para o PMO da Gerência de Exploração da Unidade Operacional da Petrobras no ES Icaro Sanguine Ribeiro: icaro@petrobras.com.br

Leia mais

UNESCO IOC 2011 Todos os direitos reservados.

UNESCO IOC 2011 Todos os direitos reservados. UNESCO IOC 2011 Todos os direitos reservados. Edição: Rachel Dahl Redação: Charles Ehler e Fanny Douvere Tradução: Ministério do Meio Ambiente Revisão técnica: Setor de Ciências Naturais da Representação

Leia mais

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15

13 de agosto de 2015. Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 13 de agosto de 2015 Apresentação de Resultados 2T15 e 6M15 Agenda Visão Geral Destaques Financeiros Atualização de Ativos DESTAQUES DO PERÍODO Manati produziu média de 5,7 MM m³ por dia no 2T15 e 6M15

Leia mais

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO

CONTRATO 035/2014 CLÁUSULA PRIMEIRA DO OBJETO CONTRATO 035/2014 A Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (FATEC), inscrita no CNPJ n.º 89.252.431/0001-59, sediada na Cidade Universitária, em Santa Maria /RS, neste ato representada pelo Diretor Presidente,

Leia mais

1 Política Energética: Abrangência, Consistência, Dilemas e Desafios. 3. 2 A Modernização Dependente da Reforma Energética Brasileira...

1 Política Energética: Abrangência, Consistência, Dilemas e Desafios. 3. 2 A Modernização Dependente da Reforma Energética Brasileira... Sumário Parte I - Política Energética & Regulação 1 1 Política Energética: Abrangência, Consistência, Dilemas e Desafios. 3 2 A Modernização Dependente da Reforma Energética Brasileira... 13 3 Mudança

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL

NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL NORMAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA DA FACULDADE UNIGRAN CAPITAL Art. 1º Os Projetos de Pesquisa serão elaborados em formulário próprio, definido pela Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação/Faculdade

Leia mais

Medida Provisória 532/2011

Medida Provisória 532/2011 Ciclo de palestras e debates Agricultura em Debate Medida Provisória 532/2011 Manoel Polycarpo de Castro Neto Assessor da Diretoria da ANP Chefe da URF/DF Maio,2011 Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer

ESTADO DE GOIÁS CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS Palácio Fulgêncio Alves Soyer CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS N. 010/2013 Termo de contrato de locação de softwares que entre si celebram a CÂMARA MUNICIPAL DE INHUMAS, pessoa jurídica de direito público, com sede na Praça Santana,

Leia mais

Edital para Pleito a Bolsa de Iniciação Científica da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais PIBIC / FAPEMIG - 2015

Edital para Pleito a Bolsa de Iniciação Científica da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais PIBIC / FAPEMIG - 2015 Edital para Pleito a Bolsa de Iniciação Científica da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado de Minas Gerais PIBIC / FAPEMIG - 2015 1. Descrição Este programa procura desenvolver nos estudantes de graduação

Leia mais

CRIANDO UMA BIBLIOTECA DE SÍMBOLOS PARA POÇOS DE PETRÓLEO NO ArcGis/ArcMap

CRIANDO UMA BIBLIOTECA DE SÍMBOLOS PARA POÇOS DE PETRÓLEO NO ArcGis/ArcMap CRIANDO UMA BIBLIOTECA DE SÍMBOLOS PARA POÇOS DE PETRÓLEO NO ArcGis/ArcMap José Francisco Ladeira Neto Rui Gomes da Silva João Batista de V. Dias Júnior Data 30/05/2006 1 Introdução: A representação em

Leia mais

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011

ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 CONTROLE DE VERSÃO EILD PADRÃO BRASIL TELECOM S.A. ALTERAÇÕES DA MINUTA REVISADA EM MARÇO/2011 1. Alterações realizadas no corpo do contrato: Alteradas as qualificações da CONTRATADA e CONTRATANTE O Anexo

Leia mais