Calendário Escolar Ano Letivo 2014/2015

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Calendário Escolar Ano Letivo 2014/2015"

Transcrição

1

2 Calendário Escolar Ano Letivo 2014/2015 Níveis de Ensino Período Início Termo 1.º 17 de setembro de de dezembro de º Ciclo 2.º 5 de janeiro de de março de º 7 de abril de de junho de 2015 (a) 2.º, 3.º Ciclos e Secundário 1.º Entre 17 e 22 de setembro de de dezembro de º 5 de janeiro de de março de º 7 de abril de 2015 junho de 2015 (b), (c), (d) e (e) a) 4º ano de escolaridade 2 semanas de acompanhamento extraordinário e para as situações previstas no n.º 19; b) 6.º ano de escolaridade dia 12 de junho de 2015 c) 9.º, 11.º e 12.º anos de escolaridade - dia 5 de junho de 2015; d) 5.º, 7.º, 8.º e 10.º anos de escolaridade dia 26 de junho de 2015; e) 6.º ano de escolaridade 2 semanas de acompanhamento extraordinário e para as situações previstas no n.º 19.

3 REDE ESCOLAR ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO/ENSINO Público 141 Privado 65 TOTAL 206 Nota: Encerramento da creche A Cegonha em 2014/2015

4 REDE ESCOLAR Encerramento de ediacios: A creche A Cegonha Obras a lançar: Escola Básica e Secundária Prof. Doutor Francisco de Freitas Branco / Porto Santo (modernização/inclusão 1.º ciclo) Escola Básica do 1.º Ciclo com PE da Cruz de Carvalho (modernização) Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares

5 DESPORTO ESCOLAR Instalações DesporHvas na RAM, por Hpologia (Setor Federado e RecreaNvo)

6 Demografia Escolar (público + privado) 2013/ /2015 Creche crianças crianças crianças Pré- Escolar e Jardim de Infância crianças crianças crianças 1.º Ciclo Básico alunos alunos alunos 2.º Ciclo Básico alunos alunos alunos 3.º Ciclo Básico alunos alunos alunos Secundário alunos alunos alunos EFAS e Formação Modelar alunos alunos + 44 alunos TOTAL alunos alunos alunos

7 População a atender dos 0 aos 18 anos (com deficiência e/outras necessidades especiais) Nº de Alunos (previsão) Estabelecimentos de Educação Especial InsNtuições 38 Estabelecimentos de Educação e Ensino 3555

8 Ação Social EducaHva 2013/ / º Ciclo 54,44 % 58 % 2.º e 3.º Ciclos e Secundário 45,06 % 45 % a 50%

9 Recursos Humanos Docentes Número de docentes nos estabelecimentos de educação/ensino (ensino regular e especial) N.º Docentes Educação/Níveis de Ensino Contrato Tempo Indeterminado CONTRATADO 2013/ / / /2015 Pré- Escolar 1.º Ciclo do Ensino Básico 2.º Ciclo do Ensino Básico Até º Ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário

10 Recursos Humanos Não Docentes Número de trabalhadores nos estabelecimentos de educação/ensino (ensino regular e especial) N.º Trabalhadores Estabelecimentos de Educação 292 Escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico com Unidades de Educação Pré- Escolar Escolas Básicas dos 2.º e 3.º Ciclos e Secundárias TOTAL

11 Abertura de novas Unidades de Ensino Especializado 2º/3º Ciclos e Secundário: EB 2/3 da Torre (6 alunos) EBS de Santa Cruz (4 alunos) EBS Gonçalves Zarco (6 alunos) Encerramento de Unidades de Ensino Especializado 1.º Ciclo: EB1/PE da Achada (6 alunos) EB1/PE do Garachico (3 alunos)

12 Modalidades Diversificadas de Inclusão Escolas de referência para a educação bilingue de alunos surdos: EB1/PE Professor Eleutério de Aguiar (14 alunos surdos) EB2/3 dos Louros (22 alunos surdos) ES Francisco Franco (5 alunos surdos) Escolas de referência para a educação de alunos cegos e com baixa visão: ES Francisco Franco (2 alunos cegos) EB2/3 da Torre (1 alunos cegos)

13 Modalidades Diversificadas de Inclusão Unidades de Apoio Especializado para a Educação de Alunos com MulHdeficiência Problemas Graves de Cognição: 1º Ciclo do Ensino Básico EB1/PE da Ribeira Brava (3 alunos) EB1/PE Eng. Santos Costa - Machico (7 alunos) EB1/PE de Câmara de Lobos (3 alunos) EB1/PE do Lombo Segundo (7 alunos) EB1/PE de Santa Cruz (5 alunos) EB1/PE do Campo de Baixo (2 alunos)

14 Modalidades Diversificadas de Inclusão Unidades de Apoio Especializado para a Educação de Alunos com MulHdeficiência Problemas Graves de Cognição: 2º/3º Ciclos e Secundário: EBS Dr Maurílio Dantas (7 alunos) EB 2/3 Dr Horácio Bento de Gouveia (7 alunos) EBS Dra Lucinda de Andrade (4 alunos)

15 Modalidades Diversificadas de Inclusão Unidades de Ensino Estruturado para a Educação de Alunos com Perturbações do Espectro do AuHsmo Modelo TEACCH : 1º Ciclo do Ensino Básico: EB1/PE da Ladeira (7 alunos) EB1/PE das Figueirinhas (5 alunos) 2º/3º Ciclos e Secundário: EBS Dr. Ângelo Augusto da Silva (7 alunos) Serviço Técnico de Educação para a Deficiência Intelectual e Motora: STEDIM (6 alunos)

16 Projetos a desenvolver em 2014/2015 Formação Pessoal e Social: Convivialidade e Ambiente Escolar Educação para a Segurança e Prevenção de Riscos Educação para a Saúde (Sexualidade e Afetos e Prevenção das Toxicodependências) Outro Projetos: Componentes Regionais do Currículo nas áreas dos Autores Madeirenses, da Biologia, da Geografia e da História. Língua Inglesa no 1.º ciclo do ensino básico Aferição da qualidade do sistema educanvo

17 Projetos de apoio às aprendizagens Formação, prioritariamente, nas disciplinas de Português e MatemáHca Diferenciação Pedagógica na sala de aula.

18 Oferta FormaHva Direção Regional de Educação Cursos 2.º Ciclo do Ensino Básico 3.º Ciclo do Ensino Básico Ensino Secundário Percursos Curriculares AlternaNvos (PCA) 30 cursos 43 cursos - Cursos de Educação de Formação (CEF) 4 cursos 81 cursos 29 cursos Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) 17 cursos 39 cursos 67 cursos Cursos ArlsNcos Especializados (CAE) 2 cursos 3 cursos 1 curso Cursos Profissionais (CP) - 2 cursos 197 cursos Cursos da Aprendizagem (CA) cursos Total: 53 cursos 168 cursos 302 cursos

19 Oferta FormaHva Direção Regional de Qualificação profissional Cursos Dupla CerNficação Qualificante Escolar/Tecnológica Formação Qualificante 13 cursos 7 cursos Total: 13 cursos 7 cursos 27 UFCD - Unidades de Formação de Curta Duração

20 Oferta FormaHva Conservatório Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode Número de Cursos Cursos Profissionais Ensino especializado da Música Aprendizagem ao Longo da Vida 4 cursos 6 cursos 3 cursos Total: 13 cursos Ensino Especializado desde iniciação musical infanhl até Nível 4 - (9 a 10 anos)

21 NÚMERO DE ALUNOS Conservatório Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode Iniciação Musical InfanHl e Ensino Especializado NÚCLEO PRÉ- INSCRIÇÕES novos alunos* (até 26/08/2014) MATRÍCULAS (até 26/08/2014) TOTAL Caniço Camacha Machico Santana São Vicente Calheta Ponta do Sol Ribeira Brava Porto Santo Câmara de Lobos Funchal TOTAL *A seleção de novos alunos estará concluída até ao dia 9 de Setembro

22 NOVIDADES PARA ANO LETIVO 2014/2015 Ensino ArvsHco Especializado Os Cursos de Ensino ArlsNco Especializado iniciam a modalidade de dança em 3 Núcleos: São MarNnho, Câmara de Lobos e Ribeira Brava. Cursos de Aprendizagem ao Longo da Vida Os AnNgos Cursos Livres do Conservatório passarão a designar- se: Cursos de Aprendizagem ao Longo da Vida Formação de Adultos Escola do Espetador Unidades de Formação com o objecnvo de sensibilizar os formandos/adultos para as artes e espetáculos, tornando- os melhores ouvintes.

23 Oferta FormaHva Escola Profissional Dr. Francisco Fernandes Cursos Ensino Básico 2.º e 3.º ciclos Ensino Secundário Formação de jovens 4 cursos - 9 cursos Formação de Adultos 3 cursos 5 cursos Total: 7 cursos 14 cursos UFCD - Unidades de Formação de Curta Duração em 6 áreas.

24

Calendário Escolar Ano Letivo 2013/2014

Calendário Escolar Ano Letivo 2013/2014 Calendário Escolar Ano Letivo 2013/2014 Período Níveis de Ensino Início Termo 1.º 1.º Ciclo 17 de setembro de 2013 2.º, 3.º Ciclos e Secundário 17 a 19 de setembro de 2013 18 de dezembro de 2013 2.º 1.º,

Leia mais

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR

EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR MAPA V EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR Código Estabelecimento de Educação/Concelho/Zonas Pedagógicas 3101 Concelho da Calheta 3101101 EB1/PE de Ladeira e Lamaceiros 3101102 EB1/PE do Lombo da Guiné 3101103 EB1/PE

Leia mais

PROGRAMA ECO-ESCOLAS 2012/2013

PROGRAMA ECO-ESCOLAS 2012/2013 PROGRAMA ECO-ESCOLAS 2012/2013 ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO INSCRITOS/GALARDOADOS, POR CONCELHO CALHETA EB1/PE da Calheta EB1/PE do Estreito da Calheta EB1/PE da Ladeira e Lamaceiros EB1/PE do

Leia mais

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira 2015 As tabelas seguintes contêm a lista das entidades que, em 2015, integravam o subsector institucional da Administração

Leia mais

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira

Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira Entidades do Subsector Institucional da Administração Pública Regional da Madeira 2014 As tabelas seguintes contêm a lista das entidades que, em 2014, integravam o subsector institucional da Administração

Leia mais

EDUCAÇÃO EM NÚMEROS. Portugal 2015

EDUCAÇÃO EM NÚMEROS. Portugal 2015 EDUCAÇÃO EM NÚMEROS Portugal 2015 FICHA TÉCNICA Título Educação em Números - Portugal 2015 Autoria Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC) Direção de Serviços de Estatísticas da Educação

Leia mais

Programa de Atividades

Programa de Atividades Programa de Atividades Mensagem Mais um ano, mais uma semana regional da pessoa com necessidades especiais desta vez com o lema: Inclusão, tornemos o desafio real. Muito já se falou de educação para

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 25 de julho de Série. Número 110

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Sexta-feira, 25 de julho de Série. Número 110 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Sexta-feira, Série Suplemento Sumário SECRETARIAS REGIONAIS DO PLANO E FINANÇAS E DA E RECURSOS HUMANOS Portaria n.º 101-A/2014 Procede ao ajustamento da dotação

Leia mais

ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Profissionais. Cursos Vocacionais

ENSINO SECUNDÁRIO. Cursos Profissionais. Cursos Vocacionais ENSINO SECUNDÁRIO Cursos Científico Humanísticos Cursos do Ensino Artístico Especializado Cursos Profissionais Cursos com Planos Próprios Cursos Vocacionais Cursos de Aprendizagem (IEFP) Ensino Superior

Leia mais

A Qualificação de Jovens e Adultos

A Qualificação de Jovens e Adultos A Qualificação de Jovens e Adultos Na região do Algarve, a rede de oferta formativa tem vindo a ser construída, alargada e consolidada com a colaboração e empenho de um número crescente de entidades públicas

Leia mais

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO. Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário

SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO. Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Modalidades de Educação e Formação Ensino Secundário Cursos Científico Humanísticos Cursos Tecnológicos (estes cursos não constituem opção para novos

Leia mais

RUA PREFEITO HILÁRIO DA COSTA E SILVA, Nº 147 - CENTRO - MARICÁ - RJ INSC. NO C.N.P.J. 00.198.742/0001-73 TEL: 2637-2956

RUA PREFEITO HILÁRIO DA COSTA E SILVA, Nº 147 - CENTRO - MARICÁ - RJ INSC. NO C.N.P.J. 00.198.742/0001-73 TEL: 2637-2956 HORÁRIO DAS AULAS 1º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL AULA DE MÚSICA / LÍNGUA PORTUGUESA / AULA DE INGLÊS / LÍNGUA PORTUGUESA / CIÊNCIAS / ARTES / LÍNGUA PORTUGUESA EDUCAÇÃO FÍSICA / HISTÓRIA E GEOGRAFIA / LÍNGUA

Leia mais

Programa de Atividades

Programa de Atividades Programa de Atividades Mensagem Mais um ano, mais uma semana regional da pessoa com necessidades especiais desta vez com o lema: Inclusão, tornemos o desafio real. Muito já se falou de educação para

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2014 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 PLANO DE ESTUDOS DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 0/0 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 7 ÍNDICE - Introdução...

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 27 de julho de 2015. Série. Número 135 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 27 de julho de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO Despacho n.º 352/2015 Determina que no ano letivo 2015/2016 fique suspensa a componente

Leia mais

UNIÃO EUROPEIA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Fundos Europeus Estruturais e de Investimento

UNIÃO EUROPEIA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Fundos Europeus Estruturais e de Investimento UNIÃO EUROPEIA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Fundos Europeus Estruturais e de Investimento Capital Humano Sara Estudante Relvas Posicionamento da Região Autónoma da Madeira no contexto nacional e europeu

Leia mais

Identificação. Nome: Leonel Pereira de Oliveira. Data de Nascimento: 4 de Julho de 1981. Estado Civil: Casado. Nacionalidade: Portuguesa

Identificação. Nome: Leonel Pereira de Oliveira. Data de Nascimento: 4 de Julho de 1981. Estado Civil: Casado. Nacionalidade: Portuguesa Identificação Nome: Data de Nascimento: 4 de Julho de 1981 Estado Civil: Casado Nacionalidade: Portuguesa Morada: Rua dos Dragoeiros Edifício Villa Brava Nº 46 Bloco A 4º N 9350 215 Ribeira Brava Telemóvel:

Leia mais

A Constituição de Turmas

A Constituição de Turmas DATA: NÚMERO: 20/05/2012 03/12 C/CONHECIMENTO A: REMETIDO A: SG Secretaria-Geral do Ministério da Educação... DGPGF Direção-Geral de Planeamento e Gestão Financeira... DGE Direcção-Geral de Educação...

Leia mais

FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2015/2016)

FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2015/2016) FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2015/2016) ESCOLAS A TEMPO INTEIRO (ETIS): CALHETA 1. Escola Básica de 1º Ciclo com Pré-Escolar da Calheta GERTAL

Leia mais

para um novo ano lectivo

para um novo ano lectivo Ano Lectivo 2008/09 20 medidas de política para um novo ano lectivo Este documento apresenta algumas medidas para 2008/09: Apoios para as famílias e para os alunos Modernização das escolas Plano Tecnológico

Leia mais

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013

JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de agosto de 2013 Série Sumário ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Aviso n.º 165/2013 Lista unitária de ordenação final do procedimento

Leia mais

PROJETO PÓS ZARCO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS. "Uma Escola de Oportunidades"

PROJETO PÓS ZARCO ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS. Uma Escola de Oportunidades ESCOLA SECUNDÁRIA JOÃO GONÇALVES ZARCO-MATOSINHOS "Uma Escola de Oportunidades" Dossiê de Apresentação do Projeto Pós...Zarco I. O PROJETO PÓS ZARCO No ano letivo de 2005/2006, a Escola Secundária João

Leia mais

ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL

ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL 9º ano: e depois? Sistema Educativo Português 2013/2014 ORIENTAÇÃO ESCOLAR E PROFISSIONAL Objetivos Promover a auto - exploração (interesses, capacidades, competências

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Melgaço

Agrupamento de Escolas de Melgaço Cod. 345921 ESCOLA E.B. 2, 3/S DE MELGAÇO SEDE DE AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE MELGAÇO Direcção Regional de Educação do Norte Agrupamento de Escolas de Melgaço Educação Especial Decreto Lei 3/2008 Decreto

Leia mais

Formação de Dupla Certificação

Formação de Dupla Certificação Glossário Formação de Dupla Certificação É aquela que confere, simultaneamente, Certificação Escolar e Certificação Profissional Cursos de dupla certificação destinados a Jovens (dos 15 aos 25 anos) Cursos

Leia mais

EXAMES - ÉPOCA ESPECIAL

EXAMES - ÉPOCA ESPECIAL ADMINISTRAÇÃO DE ORGANIZAÇÕES EDUCATIVAS DIA Horas Ano Disciplina Sala 9 SET 18.30 h 1º Sociologia das Organizações 26 10 SET 18.30 h 1º Teoria da Administração 26 11 SET 18.30 h 1º Financiamento e Gestão

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Segunda-feira, 21 de julho de 2014. Série. Número 132 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Segunda-feira, 21 de julho de 2014 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Despacho n.º 196/2014 Aprova o Calendário Escolar dos estabelecimentos

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O calendário escolar constitui um elemento indispensável à planificação das atividades a desenvolver por cada agrupamento de escolas e escolas não agrupadas, tendo em vista a execução do seu projeto

Leia mais

Descrição do Projecto Proposta de actividades

Descrição do Projecto Proposta de actividades ACÇÃO TÉCNICA E DIDÁCTICA PARA A EFICIÊNCIA ENERGÉTICA E A QUALIDADE DO AR INTERIOR NAS ESCOLAS DA RAM (EEQAI-) Descrição do Projecto Proposta de actividades 1 (Versão 3: Maio de 2011) PARCEIROS: AREAM

Leia mais

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE

PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE PROJETO CURRICULAR DO AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FREI JOÃO DE VILA DO CONDE ÍNDICE 1. Introdução 2. O Agrupamento 2.1 População Escolar (número de alunos por estabelecimento de ensino) 2.2 Recursos Humanos

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO. Necessidades Educativas Especiais

CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO. Necessidades Educativas Especiais CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO Évora, junho 2015 1. Enquadramento geral A realização deste painel temático enquadra-se no processo de elaboração da

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO VILLARET

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO VILLARET AGRUPAMENTO DE ESCOLAS JOÃO VILLARET Escola E.B. 2/3 João Villaret Tão importante quanto o que se ensina e se aprende é como se ensina e como se aprende. (César Coll) O Agrupamento de Escolas João Villaret

Leia mais

FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2016/2017)

FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2016/2017) FORNECIMENTO DE REFEIÇÕES ESCOLARES LISTA GLOBAL DE ESTABELECIMENTOS / EMPRESAS (ANO LETIVO 2016/2017) ESCOLAS A TEMPO INTEIRO (ETIS): CALHETA 1. Escola Básica do 1ºCiclo com Pré-Escolar da Calheta (2

Leia mais

Boas práticas. Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário

Boas práticas. Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário Jornadas de Formação Profissional Boas práticas Região Autónoma da Madeira Vias de Conclusão e Certificação do Ensino Secundário (Decreto lei nº 357/2007 de 29 de Outubro) Os melhores RUMOS para os Cidadãos

Leia mais

Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015

Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015 Regimento das Actividades de Enriquecimento Curricular 2014-2015 Índice Introdução 3 Artigo 1.º - Enquadramento 3 Artigo 2.º - Período de funcionamento/instalações 4 Artigo 3.º - Normas de inscrição/funcionamento

Leia mais

:: Legislação. Unidade: Câmara de Educação Básica. Número: 79/2009 Ano: 2009. Ementa:

:: Legislação. Unidade: Câmara de Educação Básica. Número: 79/2009 Ano: 2009. Ementa: :: Legislação Unidade: Câmara de Básica Número: 79/2009 Ano: 2009 Ementa: Estabelece normas para a Especial, na Perspectiva da Inclusiva para todas as etapas e Modalidades da Básica no Sistema Estadual

Leia mais

MODALIDADES DE FORMAÇÃO. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda

MODALIDADES DE FORMAÇÃO. Centro de Emprego e Formação Profissional da Guarda MODALIDADES DE FORMAÇÃO 1 CURSOS DE APRENDIZAGEM FORMAÇÃO PROFISSIONAL DE JOVENS EM ALTERNÂNCIA O que são? São cursos que: > Dãoumaqualificaçãoepreparamparaomercadode trabalho. > Duram aproximadamente

Leia mais

» Mensagens... 4. Secretário Regional de Educação... 4. Diretor Regional de Educação... 5. Diretor de Serviços do Desporto Escolar...

» Mensagens... 4. Secretário Regional de Educação... 4. Diretor Regional de Educação... 5. Diretor de Serviços do Desporto Escolar... Índice» Lista de Siglas e Acrónimos» Mensagens... 4 Secretário Regional de Educação... 4 Diretor Regional de Educação... 5 Diretor de Serviços do Desporto Escolar... 7» Cerimónia de abertura... 9» Programa

Leia mais

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300

CETEB. A adolescência e o ensino da língua inglesa 60. A aprendizagem criativa e o prazer de aprender 45. A comunicação em sala de aula 300 Governo do Distrito Federal Secretaria de Estado de Educação Subsecretaria de Gestão dos Profissionais da Educação Coordenação de Administração de Pessoas Instituição CETEB A adolescência e o ensino da

Leia mais

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO

DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO DIRECÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO ESPECIAL E REABILITAÇÃO [DREER] A tem por missão assegurar a inclusão familiar, educacional e social de crianças, jovens e adultos com deficiência ou outras necessidades especiais.

Leia mais

Vou entrar no Ensino Secundário. E agora? Que via escolher?

Vou entrar no Ensino Secundário. E agora? Que via escolher? Vou entrar no Ensino Secundário. E agora? Que via escolher? A publicação da Lei n.º 85/2009, de 27 de Agosto, estabelece o regime de escolaridade obrigatória para as crianças e jovens em idade escolar,

Leia mais

Exames Nacionais PROFIJ Nível I/II Programa Reactivar. Secretaria Regional da Educação e Formação

Exames Nacionais PROFIJ Nível I/II Programa Reactivar. Secretaria Regional da Educação e Formação Exames Nacionais PROFIJ Nível I/II Programa Reactivar Secretaria Regional da Educação e Formação EXAMES NACIONAIS Formação e Classificação de Provas na RAA Disciplina Data de Realização Formador Local

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Observatório do Sistema Educativo da Região Autónoma da Madeira 2. EDITOR/PROPRIEDADE Secretaria Regional de Educação

FICHA TÉCNICA. Observatório do Sistema Educativo da Região Autónoma da Madeira 2. EDITOR/PROPRIEDADE Secretaria Regional de Educação FICHA TÉCNICA EDITOR/PROPRIEDADE Secretaria Regional de Educação TÍTULO Anuário 2014 AUTORIA Observatório do Sistema Educativo da RAM / Gabinete do Secretário EDIÇÃO Observatório do Sistema Educativo da

Leia mais

Europass-Curriculum Vitae

Europass-Curriculum Vitae Europass-Curriculum Vitae Informação pessoal Apelido(s) / Nome(s) próprio(s) Maria Helena Abreu Fernandes Marote Galvão T Correio(s) electrónico(s) Nacionalidade mgalvao.tma@gmail.com Portuguesa Data de

Leia mais

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4

ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 ÍNDICE ENQUADRAMENTO... 3 1- CARACTERIZAÇÃO DO AGRUPAMENTO... 4 1.1- DOCENTES:... 4 1.2- NÃO DOCENTES:... 5 1.2.1- TÉCNICAS SUPERIORES EM EXERCÍCIO DE FUNÇÕES... 5 1.2.2- ASSISTENTES OPERACIONAIS EM EXERCÍCIO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GABARITO DEFINITIVO.

PREFEITURA MUNICIPAL DE MANAUS SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO GABARITO DEFINITIVO. CARGO 01: PROFESSOR ESPECIALIDADE: EDUCAÇÃO INFANTIL Gabarito A C C B A B C A B D B C D D C Gabarito B C B B C D C B B C B D C D D CARGO 02: PROFESSOR ESPECIALIDADE: 1º AO 5º ANO Gabarito A C C D B A B

Leia mais

Prémio Agrobio HORTAS BIO ECO ESCOLAS Concurso. Margarida Gonçalves Direcção Agrobio

Prémio Agrobio HORTAS BIO ECO ESCOLAS Concurso. Margarida Gonçalves Direcção Agrobio HORTAS BIO ECO ESCOLAS Margarida Gonçalves Direcção Agrobio AGROBIO A AGROBIO Associação Portuguesa de Agricultura Biológica, de âmbito nacional, é a pioneira da Agricultura Biológica em Portugal. Criada

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 5 de julho de Série. Número 116

JORNAL OFICIAL. Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Terça-feira, 5 de julho de Série. Número 116 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Terça-feira, 5 de julho de 2016 Série Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Conta definitiva Conta definitiva da Região

Leia mais

AGENDA DE TRABALHO 2

AGENDA DE TRABALHO 2 AGENDA DE TRABALHO 2 Agrupamento de Escolas (Educação Pré-Escolar e Ensino Básico/ Educação Pré-Escolar, Ensino Básico e Ensino Secundário) 1.º DIA 9:00 CHEGADA À ESCOLA-SEDE 9:00-10:30 SESSÃO DE APRESENTAÇÃO

Leia mais

SIGA - Sistema Integrado de Gestão de Atendimento

SIGA - Sistema Integrado de Gestão de Atendimento 2º Semestre 2012 SIGA - Sistema Integrado de Gestão de Atendimento Estatística de utilização Índice... 2 Médio de Espera... 2 Taxa de Desistências... 3 Total de Contribuintes Atendidos... 3 Médio de Atendimento...

Leia mais

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 1 de setembro de Série. Número 154

JORNAL OFICIAL. 2.º Suplemento. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quinta-feira, 1 de setembro de Série. Número 154 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 1 de setembro de 2016 Série 2.º Suplemento Sumário SECRETARIA REGIONAL DAS FINANÇAS E DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Conta provisória da Região Autónoma

Leia mais

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO)

PLANO ANUAL DE ACTIVIDADES (3ª ACTUALIZAÇÃO) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS PÚBLICAS DO CONCELHO DE PROENÇA-A-NOVA (3ª ACTUALIZAÇÃO) (3ª Actualização JULHO/2008) 1 Mês: Abril/2008 ANULAR (Estava na 1ª versão sem data) ANULAR (estava na 2ª versão para o 3º

Leia mais

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE

M ODELO EUROPEU DE INFORMAÇÃO PESSOAL EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL CURRICULUM VITAE M ODELO EUROPEU DE CURRICULUM VITAE INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Filipa Torres Santos Queiroz Morada Rua Alexandre Herculano nº29 2025-307 Amiais de Baixo Telefone 93 813 65 42 Correio electrónico Filipa_queiroz83@hotmailcom

Leia mais

EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015

EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015 EDITAL Nº 017/VRG-DA/2015 DIVULGA O CALENDÁRIO, OS PROCEDIMENTOS E AS CONDIÇÕES PARA A MATRÍCULA DE DISCIPLINAS EM REGIME DE DEPENDÊNCIA, DOS ALUNOS VETERANOS DO CURSO DE PEDAGOGIA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA,

Leia mais

Alternativas de formação escolar e profissional após o 9º ano de escolaridade. Informação atualizada para 2013/2014

Alternativas de formação escolar e profissional após o 9º ano de escolaridade. Informação atualizada para 2013/2014 Alternativas de formação escolar e profissional após o 9º ano de escolaridade Informação atualizada para 2013/2014 ENSINO BÁSICO ENSINO SECUNDÁRIO Mundo do Trabalho CET Cursos de Especialização Tecnológica

Leia mais

Ministério da Educação e Ciência

Ministério da Educação e Ciência Despacho O Despacho Normativo n.º 24/2000, de 11 de maio, com as alterações que lhe foram introduzidas pelo Despacho Normativo n.º 36/2002, de 4 de junho, estabelece as regras orientadoras para a organização

Leia mais

Falta preparo para inclusão de crianças com deficiência na escola regular

Falta preparo para inclusão de crianças com deficiência na escola regular Entrevistas PARTICIPAÇÃO, DIREITOS E CIDADANIA Falta preparo para inclusão de crianças com deficiência na escola regular 1 DE JUNHO DE 2015 A inclusão da pessoa com deficiência na escola regular está prevista

Leia mais

Gestor de Atividades e Recursos Educativos

Gestor de Atividades e Recursos Educativos 21/01/ Imprimir atividade Gestor de Atividades e Recursos Educativos Agrupamento de Escolas de Data Atividade Público Alvo Início Término Préescolar Titulo, Tipologia, Proponente, Escola Desafios da Matemática

Leia mais

COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS COLÉGIO J. OLIVEIRA PROJETO PEDAGÓGICO DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS 01. JUSTIFICATIVA: Entendemos que a Educação de Jovens e Adultos foi concebida para resgatar aqueles que por vários motivos tenham

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO. Necessidades Educativas Especiais

CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO. Necessidades Educativas Especiais CÂMARA MUNICIPAL DE ÉVORA CARTA EDUCATIVA DE ÉVORA 2017-2027 RESUMO PAINEL TEMÁTICO Évora, junho 2015 1. Enquadramento geral A realização deste painel temático enquadra-se no processo de elaboração da

Leia mais

A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FORMAÇÃO DE DOCENTES NO PARANÁ A PARTIR DOS DOCUMENTOS ORIENTADORES DE 2006 E 2014

A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FORMAÇÃO DE DOCENTES NO PARANÁ A PARTIR DOS DOCUMENTOS ORIENTADORES DE 2006 E 2014 A ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DO CURSO DE FORMAÇÃO DE DOCENTES NO PARANÁ A PARTIR DOS DOCUMENTOS ORIENTADORES DE 006 E 014 Resumo Eduardo Marcomini UNINTER 1 Ligia Lobo de Assis UNINTER Grupo de Trabalho Políticas

Leia mais

Departamento de Psicologia e de Educação Especial

Departamento de Psicologia e de Educação Especial Departamento de Psicologia e de Educação Especial 1- Avaliação e acompanhamento psicológico Avaliação e acompanhamento psicológico e psicopedagógico individual (promoção da autoestima e comportamentos

Leia mais

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO

REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA GOVERNO REGIONAL SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS DIREÇÃO REGIONAL DE EDUCAÇÃO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA Prémio de Literatura Infantojuvenil Inclusiva OGIMA - Todos Podem Ler Preâmbulo Considerando a) Os princípios de Educação Inclusiva vertidos na Declaração de Salamanca; b) Que

Leia mais

Plano de Formação. do Agrupamento

Plano de Formação. do Agrupamento Plano de Formação do Agrupamento Ano letivo 2014/2015 1/8 ÍNDICE 1. Introdução... 2 2. Caracterização do Agrupamento... 3 3. Identificação das necessidades de 4 4. Objetivos gerais a atingir com o Plano

Leia mais

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012

MAPA DE PESSOAL PARA O ANO DE 2012 GABINETE DE APOIO E RELAÇÕES EXTERNAS As constantes do artigo 10.º do Regulamento Orgânico dos Serviços Municipais e Anexo V, aprovado em reunião ordinária da Câmara Municipal de 28 de Fevereiro de 2011.

Leia mais

Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Âmbito

Artigo 1.º Objecto. Artigo 2.º Âmbito O XVII Governo Constitucional assumiu como um dos objectivos prioritários para a área da Educação a melhoria das condições de estabilidade, motivação e de formação do pessoal docente, adequadas a responder

Leia mais

Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos

Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho. SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos Agrupamento de Escolas Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO Psicóloga Áurea Santos Ensino Secundário Ensino Superior Ensino Básico Sistema Educativo e Formativo

Leia mais

PROGRAMA SESI EDUCAÇÃO DO TRABALHADOR. Gerência de Educação. Versão Julho_09

PROGRAMA SESI EDUCAÇÃO DO TRABALHADOR. Gerência de Educação. Versão Julho_09 PROGRAMA SESI EDUCAÇÃO DO TRABALHADOR Gerência de Educação Versão Julho_09 O SESI (Serviço Social da Indústria) ao longo de seus sessenta anos de história sempre foi fiel à sua missão de promover a qualidade

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Título Estatísticas da Educação 2008/2009 - Adultos

FICHA TÉCNICA. Título Estatísticas da Educação 2008/2009 - Adultos FICHA TÉCNICA Título Estatísticas da Educação 2008/2009 - Adultos Autoria Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE) Direcção de Serviços de Estatística Edição Gabinete de Estatística e Planeamento

Leia mais

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Lisboa, 8 de Janeiro de 2008

EDUCAÇÃO ESPECIAL. Lisboa, 8 de Janeiro de 2008 EDUCAÇÃO ESPECIAL Lisboa, 8 de Janeiro de 2008 DL 3/2008, de 7 de Janeiro: Sumário Define os apoios especializados a prestar na educação pré-escolar e nos ensinos básico e secundário dos sectores público,

Leia mais

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros

31. Enfermagem Gerontológica I e II (Enfermagem) 32. Gestão em Saúde I e II (Enfermagem) 33. Primeiros Socorros I (Enfermagem) 34. Primeiros Socorros CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA PAULA SOUZA ETEC PARQUE DA JUVENTUDE SÃO PAULO EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA CONCURSO PÚBLICO DE DOCENTES nº 159/02/2007 O Diretor da Escola Técnica Estadual

Leia mais

CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2011

CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2011 CENSO DA EDUCAÇÃO BÁSICA 2011 Dezembro de 2011 Edições preliminares Matrículas Educação Básica Número de Matrículas de Educação Básica por Modalidade e Etapa de Ensino, segundo a Dependência Administrativa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 1 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 4.638, DE 25 DE FEVEREIRO DE 2015 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura

Leia mais

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL AOS ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR PORTADORES DE DEFICIÊNCIA

LEGISLAÇÃO APLICÁVEL AOS ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR PORTADORES DE DEFICIÊNCIA LEGISLAÇÃO APLICÁVEL AOS ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR PORTADORES DE DEFICIÊNCIA PRINCÍPIOS GERAIS APLICÁVEIS: Todos os portugueses têm direito à Educação e à Cultura, nos termos da Constituição Portuguesa

Leia mais

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E.

PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. PROTOCOLO DE COOPERAÇÃO ENTRE A DIRECÇÃO REGIONAL DE PLANEAMENTO E RECURSOS EDUCATIVOS E O SERVIÇO DE SAÚDE DA REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA, E.P.E. Considerando que incumbe ao Serviço de Saúde da Região

Leia mais

APPDA-Setúbal. Educação

APPDA-Setúbal. Educação APPDA-Setúbal Educação Enquadramento Constitui desígnio do XVII Governo Constitucional promover a igualdade de oportunidades, valorizar a educação e promover a melhoria da qualidade do ensino. Um aspeto

Leia mais

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação

Esfera: 10 Função: 12 - Educação Subfunção: 367 - Educação Especial UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Programa 1374 Desenvolvimento da Educação Especial Numero de Ações 16 Ações Orçamentárias 0511 Apoio ao Desenvolvimento da Educação Especial Produto: Projeto apoiado UO: 26298 - Fundo Nacional de Desenvolvimento

Leia mais

Homenagem aotrabalhador Madeirense

Homenagem aotrabalhador Madeirense 2013 Homenagem aotrabalhador Madeirense Local: Avenida Sá Carneiro Horas: 09h00 Descrição: Hino da Região, junto do Monumento ao Trabalhador Madeirense, pelo Coro Juvenil da Secretaria Regional da Educação

Leia mais

CONCURSO DE EDUCADORES DE INFÂNCIA E DE PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO

CONCURSO DE EDUCADORES DE INFÂNCIA E DE PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA SECRETARIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DIRECÇÃO REGIONAL DE ADMINISTRAÇÃO EDUCATIVA CONCURSO DE EDUCADORES DE INFÂNCIA E DE PROFESSORES DOS ENSINOS BÁSICO E SECUNDÁRIO CONTRATAÇÃO

Leia mais

CERIMÓNIA DE ABERTURA FESTA DO DESPORTO ESCOLAR 2016

CERIMÓNIA DE ABERTURA FESTA DO DESPORTO ESCOLAR 2016 CERIMÓNIA DE ABERTURA FESTA DO DESPORTO ESCOLAR 2016 RAM SOMOS MARAVILHAS 40 ANOS DE AUTONOMIA 31 de maio 2016 1 Fundamentação do tema O ano 2016 será um ano comemorável para a Região Autónoma da Madeira:

Leia mais

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA

SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA SINOPSE ESTATÍSTICA EDUCAÇÃO BÁSICA CENSO ESCOLAR 2006 Presidente da República Federativa do Brasil Luís Inácio Lula da Silva Ministro da Educação Fernando Haddad Secretário Executivo José Henrique Paim

Leia mais

Ver : quadro de comparação dos sistemas escolares francês e português ( no fim do documento).

Ver : quadro de comparação dos sistemas escolares francês e português ( no fim do documento). O ENSINO BÁSICO NO LICEU FRANCÊS CHARLES LEPIERRE A NOSSA OFERTA DE ENSINO ALGUNS DADOS SOBRE A NOSSA ESCOLA OS PROGRAMAS DE ENSINO O ENSINO DAS LINGUAS OS HORÁRIOS, UM DIA DE AULAS OS LOCAIS, AS SALAS

Leia mais

PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO

PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO PPAG 2016-2019 EM DISCUSSÃO EIXO: EDUCAÇÃO E CULTURA RELATÓRIO DO GRUPO DE TRABALHO TEMA: NÍVEIS E MODALIDADES DE ENSINO O grupo discutiu o Programa 214 DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA. O grupo entendeu

Leia mais

INIDE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

INIDE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INIDE REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Relatório explicativo dos Organigramas do Sistema de Educação (Elaborados com base na Lei 13/01 de 31 de Dezembro) Cada Organigrama apresentado (tanto a

Leia mais

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA.

EDITAL Nº 001/2014 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA. EDITAL Nº 00/204 DED/PROEN/IFAM ANEXO I QUADRO GERAL DE DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS POR DISCIPLINAS E CURSOS LICENCIATURA EM FÍSICA Módulo I Educação a Distância e Ambiente Virtual de Aprendizagem História e

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER - Código 151427 PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3. PLANO PLURIANUAL DE ATIVIDADES DO PRÉ-ESCOLAR E 1.º, 2.º E 3.º CICLOS AGRUPAMENTO DE ESCOLAS SOPHIA DE MELLO BREYNER 2013/2017 O Projeto Plurianual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sophia de Mello

Leia mais

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS)

Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS) Relatório de Actividades do ano letivo 2014/15 A Escola Profissional de Pedagogia Social (EPPS), tutelada pela API e apoiada pelo Ministério da Educação,

Leia mais

TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Seção I Das Disposições Gerais

TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA. Seção I Das Disposições Gerais TÍTULO V DOS NÍVEIS E DAS MODALIDADES DE EDUCAÇÃO E ENSINO CAPÍTULO II DA EDUCAÇÃO BÁSICA Seção I Das Disposições Gerais Art. 22. A educação básica tem por finalidades desenvolver o educando, assegurar-lhe

Leia mais

Atendimento Educacional Especializado SEDUC CE 1. ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL INSTITUTO DOS CEGOS

Atendimento Educacional Especializado SEDUC CE 1. ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL INSTITUTO DOS CEGOS Atendimento Educacional Especializado SEDUC CE 1. ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL INSTITUTO DOS CEGOS Endereço: Rua: Dr. João Guilherme, 373/399 Antônio Bezerra - 3ª Região CEP 60.356-770 Fortaleza - CE Fonefax:

Leia mais

Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, de Rio Maior Projeto Educativo de Escola 2012/2015

Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, de Rio Maior Projeto Educativo de Escola 2012/2015 Escola Secundária Dr. Augusto César da Silva Ferreira, de Rio Maior Projeto Educativo de Escola 2012/2015 A equipa nomeada pelo Conselho Pedagógico elaborou a presente proposta de Projeto Educativo que

Leia mais

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO 20 Dezembro 2011. Jornada de Prevenção FDL

TÍTULO DA APRESENTAÇÃO 20 Dezembro 2011. Jornada de Prevenção FDL 20 Dezembro 2011 Jornada de Prevenção FDL Direcção de Serviços para a Promoção da Segurança e Saúde no Trabalho Divisão de Promoção e Avaliação de Programas e Estudos Divisão de Regulação de Entidades

Leia mais

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

pelouro da educação, cultura, desporto e juventude CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO ORDEM DE TRABALHOS.9ª reunião CME Leitura e aprovação da ata da reunião anterior; Apreciação dos projetos educativos desenvolvidos no Município no 3º período do ano letivo

Leia mais

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA

ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DE PONTE DA BARCA Uma escola de todos Para todos Transformar Vidas, Alimentar Sonhos, Projetar Carreiras! SPO Serviço de Psicologia e Orientação 9.º ANO e agora? Cursos Científico

Leia mais

9ºANO E AGORA? SPO. Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama

9ºANO E AGORA? SPO. Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama 9ºANO E AGORA? SPO Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama Cursos Vocacionais CET TESP Escolha consciente Orientação Escolar Interesses Aptidões Percurso Escolar Papel dos Pais no processo de DECISÃO

Leia mais

Quadro 28: Percentual de matrículas inclusivas no Brasil e no DF

Quadro 28: Percentual de matrículas inclusivas no Brasil e no DF META 4 Universalizar o atendimento educacional aos estudantes com deficiência, transtorno global do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação, independente da idade, garantindo a inclusão na

Leia mais

Homenagem aotrabalhador Madeirense

Homenagem aotrabalhador Madeirense Homenagem aotrabalhador Madeirense Local: Avenida Sá Carneiro Horas: 09h00 Descrição: Hino da Região, junto do Monumento ao Trabalhador Madeirense, pelo Coro Juvenil da Secretaria Regional da Educação

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA AGRUPAMENTO DE ESCOLAS FERNANDO PESSOA Regulamento do Curso Vocacional Artes e Multimédia Ensino Básico 3º ciclo Artigo 1.º Âmbito e Enquadramento O presente regulamento estabelece as diretrizes essenciais

Leia mais

Creche Pré-Escolar 1º Ciclo

Creche Pré-Escolar 1º Ciclo Creche Pré-Escolar 1º Ciclo A NOSSA MISSÃO É O NOSSO COMPROMISSO... Contribuir para o desenvolvimento integral dos nossos Alunos. Ser uma escola que marca a diferença fazendo melhor. Ensinar com amor.

Leia mais

Prefeitura Municipal de Vitória Secretaria Municipal de Educação. Resolução COMEV Nº. 01/2014

Prefeitura Municipal de Vitória Secretaria Municipal de Educação. Resolução COMEV Nº. 01/2014 Prefeitura Municipal de Vitória Secretaria Municipal de Educação Resolução COMEV Nº. 01/2014 Fixa normas relativas à Organização e Funcionamento do Ciclo Inicial de Aprendizagem do Ensino Fundamental na

Leia mais

I DAS INSCRIÇÕES As inscrições deverão ser feitas, no período de 03/11/2014 a 07/11/2014, das 8h30 às 15h30, nos seguintes locais:

I DAS INSCRIÇÕES As inscrições deverão ser feitas, no período de 03/11/2014 a 07/11/2014, das 8h30 às 15h30, nos seguintes locais: GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO DIRETORIA DE ENSINO DA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO ESCOLAS DE TEMPO INTEGRAL Ensino Fundamental

Leia mais