EFEITO DO PISOTEIO OVINO SOBRE ATRIBUTOS DO SOLO, EM ÁREA DE COQUEIRAL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EFEITO DO PISOTEIO OVINO SOBRE ATRIBUTOS DO SOLO, EM ÁREA DE COQUEIRAL"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA EFEITO DO PISOTEIO OVINO SOBRE ATRIBUTOS DO SOLO, EM ÁREA DE COQUEIRAL EDNALDO BARBOSA PEREIRA JUNIOR PATOS 2006

2 UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE CENTRO DE SAÚDE E TECNOLOGIA RURAL PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA EDNALDO BARBOSA PEREIRA JUNIOR EFEITO DO PISOTEIO OVINO SOBRE ATRIBUTOS DO SOLO, EM ÁREA DE COQUEIRAL Dissertação apresentada á universidade Federal de Campina Grande, Centro de Saúde e Tecnologia Rural, como parte das exigências do curso de Pós-Graduação em Zootecnia, área de concentração Sistemas Agrosilvopastoris no Semi-árido para obtenção do título de Mestre. Orientador: Prof. Dr. Jacob Silva Souto PATOS PARAIBA BRASIL 2006

3 EDNALDO BARBOSA PEREIRA JUNIOR EFEITO DO PISOTEIO OVINO SOBRE ATRIBUTOS DO SOLO, EM ÁREA DE COQUEIRAL BANCA EXAMINADORA Prof. Jacob Silva Souto Dr./ UFCG (Presidente Orientador) Prof. Rômulo Simões C. Menezes, PhD./UFPE (1 Membro) Prof. Antônio Amador de Sousa, Dr./UFCG (2 Membro)

4 Aos meus pais: Ednaldo Barbosa Pereira e Maria Edna de Figueiredo Pereira Aos meus irmãos: Eliedna Maria P. Barbosa, Eliezer e Eliezebio de Figueirêdo Pereira. Aos meus avós paternos: Luiz Panta Barbosa e Maria Luiza Barbosa Pereira (In memoriam). Aos meus avós maternos: João Figueiredo de Lima e Rita Paulina de Lima (In memoriam). OFEREÇO. À minha maravilhosa e companheira esposa Adinelha Fernandes e aos meus filhos Maria Luiza e Gabriel Fernandes que foram a minha fortaleza nos momentos difíceis nesta caminhada, que sempre estiveram ao meu lado confortando-me com amor, compreensão, carinho e paciência. DEDICO.

5 AGRADECIMENTOS A Deus, ONIPOTENTE, o meu eterno orientador nos momentos de alegria e difíceis da minha vida. À Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), em especial ao Programa de Pós-Graduação em Zootecnia, pela oportunidade concedida. Ao Prof. Dr. Jacob Silva Souto, pelo grande ser humano que é, exemplo de humildade e sensibilidade, pelos momentos de conversa que sempre foi uma fonte inesgotável de conhecimento e que sempre me fortalecia com as suas palavras simples de incentivo e orientação que levarei durante a minha vida profissional e pessoal. Ao Prof. Dr. Aderbal Marcos de Azevedo Silva, pelo apoio e confiança. A todos os professores do Programa de Pós-Graduação em Zootecnia (PPGZ-UFCG), pelos ensinamentos transmitidos. Aos amigos Dallison Coura, Iremar, Djair, Edílson, Werlaneide, Mario Damasceno, Junior Souto Maior, Maria José, Hugo e Edmundo Bernardino Campo (In memoriam) pessoas adoráveis que sempre estiveram do meu lado dando apoio diretamente ou indiretamente no desenvolvimento deste trabalho. Aos companheiros de trabalho Hermano Oliveira e Miguel Wanderley pela cooperação durante o desenvolvimento deste trabalho. Ao ex-coordenador geral de Produção e Pesquisa da Escola agrotécnica Federal de Sousa, Jose Evânio da Costa Siebra e o atual, Everaldo Mariano Gomes pelo apoio e incentivo. Ao ex-diretor da Escola Agrotécnica Federal de Sousa, Francisco Tomaz de Oliveira, pelo reconhecimento e a necessidade da busca de novos conhecimentos. Aos funcionários da Biblioteca do campus de Patos. A todas as pessoas que de alguma forma contribuíram para a realização deste trabalho. Muito obrigado.

6 SUMÁRIO Página LISTA DE TABELAS... i LISTA DE FIGURAS... ii RESUMO... iii ABSTRACT... iv 1 INTRODUÇÃO REVISÃO DE LITERATURA Manejo de solos compactados Alterações nos atributos físicos do solo pelo pisoteio animal Alterações nos atributos químicos do solo pelo pisoteio animal Importância da ovinofruticultura MATERIAL E MÉTODO Características gerais da área de estudo Cronograma e unidade experimental Caracterização físico-químico do solo da área de estudo Amostragem do solo Determinações físicas e químicas das amostras de solo Atributos físicos analisados Densidade aparente(da) Densidade de partículas (dp) Porosidade total, microporosidade e macroporosidade Umidade atual do solo (gravimétrica) Atributos químicos analisados Tratamentos utilizados e delineamento estatístico...13

7 4 RESULTADOS E DISCUSSÃO Influência do pisoteio ovino nos atributos físicos do solo Densidade aparente do solo Porosidade total Microporosidade e macroporosidade Umidade atual do solo Influência do pisoteio ovino nos atributos químicos do solo CONCLUSÕES REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS...30

8 LISTA DE TABELAS página TABELA 1 - Atributos químicos e físicos do solo utilizado no experimento...11 TABELA 2 - Esquema de análise de variância do experimento...14 TABELA 3 - Valores médios do ph e da matéria orgânica do solo na profundidade de 0 20 cm, antes e depois do pisoteio ovino no coqueiral, em um NEOSSOLO FLÚVICO...23 TABELA 4 - Teores médios de P, K, Ca e Mg do solo na profundidade de 0 20cm, antes e depois do pisoteio ovino no coqueiral em um NEOSSOLO FLÚVICO...25 i

9 LISTA DE FIGURAS página FIGURA 1 - Densidade aparente do solo (kg dm -3 ) nos tratamentos com e sem utilização de ovinos, em um NEOSSOLO FLÚVICO (Sousa -PB)...15 FIGURA 2 - Porosidade total do solo (m 3 m -3 ) nos tratamentos com e sem utilização de ovinos, sob um NEOSSOLO FLÚVICO (Sousa - PB)...17 FIGURA 3 - Microporosidade do solo (m 3 m -3 ) nos tratamentos com e sem utilização de ovinos, em um NEOSSOLO FLÚVICO (Sousa - PB)...18 FIGURA 4 - Macroporosidade do solo (m 3 m -3 ) nos tratamentos com e sem utilização de ovinos, em um NEOSSOLO FLÚVICO (Sousa - PB)...19 FIGURA 5 - Valores médios dos teores de água no solo nas profundidades 0 5 cm (A) e 5 10 cm (B), após aplicação dos tratamentos...21 FIGURA 6 - Valores médios dos teores de água no solo profundidades cm (A) e cm (B), após aplicação dos tratamentos...22 ii

10 RESUMO PEREIRA JUNUIOR, E. B. Efeito do pisoteio ovino sobre atributos do solo, em área de coqueiral. Patos: UFCG, f. (Dissertação Pós-Graduação em Zootecnia) Com o objetivo de avaliar o efeito do pisoteio ovino nos atributos químicos e físicos de um NEOSSOLO FLÚVICO, em área de coqueiro (Cocus nucifera), foi conduzido experimento em blocos casualizados com quatro tratamentos e três repetições na Fazenda Experimental da Escola Agrotécnica Federal de Sousa, na Paraíba, Brasil. Os tratamentos utilizados foram: piquetes sem animais, com dois animais, quatro animais e seis animais. Foram coletadas amostras de solo antes da instalação do experimento e após a aplicação dos tratamentos para análise dos atributos físicos (densidade do solo, porosidade total, macroporosidade, microporosidade e umidade do solo) na camada de 0-5 cm, 5-10 cm, cm e cm de profundidade e, na camada de 0-20 cm, para análise dos atributos químicos (ph, matéria orgânica, fósforo, potássio, cálcio e magnésio). Os resultados mostraram que as características físicas do solo foram influenciadas significativamente pelo pisoteio ovino (p < 0,05), exceto para a umidade do solo (p < 0,01), na camada de 0-5 cm. Em relação a camada de 5-10 cm, apenas a umidade do solo foi influenciada pelo pisoteio (p < 0,01).As concentrações de cálcio e magnésio diminuiram à medida que adicionou-se animais nos piquetes. O pisoteio ovino causou o aumento na densidade do solo, diminuição da porosidade total e mudanças no tamanho dos poros na camada de 0-5 cm. Palavras-chave: Compactação do solo, Conteúdo de água, Semi-árido, Cálcio e magnésio iii

11 ABSTRACT PEREIRA JUNUIOR, E. B. Effect of the sheep treading attributes of the soil, in Cocus nucifera area. Patos: UFCG, f. (Dissertation - Master's Degree in Zootecnia) In order to evaluate the effect the sheep stocking in the chemical and physical attributes of NEOSSOLO FLÚVICO soil, in Cocus nucifera area, an experiment was carried out in a randomized block design with four treatments and three replications at the Experimental Station of the Escola Agrotécnica Federal de Sousa, at Paraiba, Brazil. The treatments were: without animals, two animals, four animals and six animals by picket. Were collected soil sampling before and after in the animals access to soil density, total porosity, macroporosidad, microporosidad and soil humidity analysis, in the 0-5 cm, 5-10 cm, cm and cm layer to physical analysis and, 0-20 cm layer to chemical analysis (ph, organic matter, phosphorus, potassium, calcium and magnesium). The results showed that physical characteristics were influenced significantly by stocking (p < 0,05), excet in soil humidity (p < 0,01), in the 0-5 cm layer. In relation to 5-10 cm layer, only the soil humidity were influenced by stocking (p < 0,01).. Calcium and magnesium concentrations decreased with addition of animals in the pickets. The results allow to conclude that sheep stocking induced the increase of soil density, decrease the total porosity and change in the pore size in the 0-5 cm layer. Index terms: Soil compaction, Water content, Semi-arid, calcium and magnesium. iv

REVISÃO BIBLIOGRAFICA DE ALGUNS MÉTODOS DIRETOS E ITERATIVOS PARA RESOLUÇÃO DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES

REVISÃO BIBLIOGRAFICA DE ALGUNS MÉTODOS DIRETOS E ITERATIVOS PARA RESOLUÇÃO DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES LINEARES UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO CAMPUS ANGICOS CURSO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA DAKSON CÂMARA DA FÉ REVISÃO BIBLIOGRAFICA DE ALGUNS MÉTODOS DIRETOS E ITERATIVOS PARA RESOLUÇÃO DE SISTEMAS DE EQUAÇÕES

Leia mais

Acidez do solo em plantios de Eucalyptus grandis sob efeito residual da adubação com diferentes lodos de esgoto

Acidez do solo em plantios de Eucalyptus grandis sob efeito residual da adubação com diferentes lodos de esgoto Acidez do solo em plantios de Eucalyptus grandis sob efeito residual da adubação com diferentes lodos de esgoto Alexandre de Vicente Ferraz Fábio Poggiani Programa de Pós-Graduação em Recursos Florestais

Leia mais

RESISTÊNCIA MECÂNICA DO SOLO A PENETRAÇÃO E PRODUTIVIDADE DA CULTURA DO MILHO SOB DISTINTAS PLANTAS DE COBERTURA E DOSES DE NITROGÊNIO

RESISTÊNCIA MECÂNICA DO SOLO A PENETRAÇÃO E PRODUTIVIDADE DA CULTURA DO MILHO SOB DISTINTAS PLANTAS DE COBERTURA E DOSES DE NITROGÊNIO RESISTÊNCIA MECÂNICA DO SOLO A PENETRAÇÃO E PRODUTIVIDADE DA CULTURA DO MILHO SOB DISTINTAS PLANTAS DE COBERTURA E DOSES DE NITROGÊNIO Herberto José Lopes 1 ; Francieli Steffler Weber 2 ; Guilherme Vitória

Leia mais

MANEJO DA FERTILIDADE DO SOLO EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO NO CERRADO

MANEJO DA FERTILIDADE DO SOLO EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO NO CERRADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS E TECNOLÓGICAS MANEJO DA FERTILIDADE DO SOLO EM SISTEMAS DE PRODUÇÃO NO CERRADO Edicarlos Damacena

Leia mais

ALTERAÇÕES QUÍMICAS DO SOLO E RENDIMENTO DE MILHO VERDE APÓS APLICAÇÃO DE COMPOSTAGEM DE CARCAÇA DE AVES

ALTERAÇÕES QUÍMICAS DO SOLO E RENDIMENTO DE MILHO VERDE APÓS APLICAÇÃO DE COMPOSTAGEM DE CARCAÇA DE AVES ALTERAÇÕES QUÍMICAS DO SOLO E RENDIMENTO DE MILHO VERDE APÓS APLICAÇÃO DE COMPOSTAGEM DE CARCAÇA DE AVES Pohlmann, R.A.C.* 1 ; Paulino, H.B. 2 ; Portugal, A.F. 3 ; Fernandes, M.S. 4 1 Mestranda da UFG

Leia mais

ATRIBUTOS QUIMICOS DO SOLO APÓS ADUBAÇÃO COM CAMA DE PERU E FONTES MINERAIS

ATRIBUTOS QUIMICOS DO SOLO APÓS ADUBAÇÃO COM CAMA DE PERU E FONTES MINERAIS ATRIBUTOS QUIMICOS DO SOLO APÓS ADUBAÇÃO COM CAMA DE PERU E FONTES MINERAIS Lana, R.M.Q. 1 ; Silva, A.A. 2 ; Lana, A.M.Q. 3 ; Assis, D.F. 4 1 Professora Titular de fertilidade do solo e Nutrição de Plantas

Leia mais

EFEITO DA TORTA DE MAMONA SOBRE O CRESCIMENTO DA MAMONEIRA BRS 149 NORDESTINA.

EFEITO DA TORTA DE MAMONA SOBRE O CRESCIMENTO DA MAMONEIRA BRS 149 NORDESTINA. EFEITO DA TORTA DE MAMONA SOBRE O CRESCIMENTO DA MAMONEIRA BRS 149 NORDESTINA Joab Josemar Vitor Ribeiro do Nascimento 1, Maria José Vieira Tavares 2, Liv Soares Severino 3, Valdinei Sofiatti 3 1UFCG,

Leia mais

DETERMINAÇÃO DO EFEITO DE DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DE CAPOEIRA NAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE UM LATOSSOLO AMARELO NA AMAZONIA ORIENTAL

DETERMINAÇÃO DO EFEITO DE DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DE CAPOEIRA NAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE UM LATOSSOLO AMARELO NA AMAZONIA ORIENTAL DETERMINAÇÃO DO EFEITO DE DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO DE CAPOEIRA NAS PROPRIEDADES FÍSICAS DE UM LATOSSOLO AMARELO NA AMAZONIA ORIENTAL Clóvis M. Priebe Bervald (1), Osvaldo Ryohei Kato (2), José Miguel

Leia mais

Portugal, A. F.²*; Ribeiro, D. O.³; Carballal, M. R.¹; Vilela, L. A. F.³; Araújo, E. J.³; Gontijo, M.F.D. 4

Portugal, A. F.²*; Ribeiro, D. O.³; Carballal, M. R.¹; Vilela, L. A. F.³; Araújo, E. J.³; Gontijo, M.F.D. 4 EFEITOS DA UTILIZAÇÃO DE DIFERENTES DOSES DE CAMA DE FRANGO POR DOIS ANOS CONSECUTIVOS NA CONDIÇAO QUÍMICA DO SOLO E OBTENÇÃO DE MATÉRIA SECA EM Brachiaria brizantha cv. MARANDÚ Portugal, A. F.²*; Ribeiro,

Leia mais

TEORES DE NITROGÊNIO NAS FOLHAS DE CANA-DE- - AÇÚCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.), CULTIVAR CB

TEORES DE NITROGÊNIO NAS FOLHAS DE CANA-DE- - AÇÚCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.), CULTIVAR CB TEORES DE NITROGÊNIO NAS FOLHAS DE CANA-DE- - AÇÚCAR (SACCHARUM OFFICINARUM L.), CULTIVAR CB 41/76 ( 1 ). JOSÉ ROMANO GALLO ( 2 ), RÚTER HIROCE ( 2 ) e RAPHAEL ALVAREZ. Numa revisão da literatura feita

Leia mais

18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA

18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA 18 PRODUTIVIDADE DA SOJA EM FUNÇÃO DA APLICAÇÃO DE MACRONUTRIENTES EM PÓS- EMERGÊNCIA DA CULTURA O objetivo neste trabalho foi avaliar a aplicação de macronutrientes de diversas fontes e épocas de aplicação

Leia mais

Influência de uma atividade secular na distribuição e mobilização do cobre em solos da Região vinhateira do Douro: Projeto DVINE

Influência de uma atividade secular na distribuição e mobilização do cobre em solos da Região vinhateira do Douro: Projeto DVINE Influência de uma atividade secular na distribuição e mobilização do cobre em solos da Região vinhateira do Douro: Projeto DVINE Carla Patinha GEOBIOTEC/ Universidade de Aveiro Objetivos DVINE As vinhas

Leia mais

TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO NO PLANTIO

TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO NO PLANTIO Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: EFEITOS DA PROFUNDIDADE DE PLANTIO NA GERMINAÇÃO E PRODUÇÃO DE MASSA DO CAPIM BRAQUIARÃO ADUBADO

Leia mais

Cynthia R. Matos Silva

Cynthia R. Matos Silva Cynthia R. Matos Silva EFEITO DA SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA C SOBRE AS ALTERAÇÕES NUTRICIONAIS DECORRENTES DA CIRROSE BILIAR SECUNDÁRIA Estudo experimental em ratos jovens Botucatu SP 2002 Cynthia R. Matos

Leia mais

EFEITOS DA OMISSÃO DE NUTRIENTES NOS COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO ARROZ EM LATOSSOLOS DO NORDESTE PARAENSE

EFEITOS DA OMISSÃO DE NUTRIENTES NOS COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO ARROZ EM LATOSSOLOS DO NORDESTE PARAENSE 64 EFEITOS DA OMISSÃO DE NUTRIENTES NOS COMPONENTES DE PRODUTIVIDADE DO ARROZ EM LATOSSOLOS DO NORDESTE PARAENSE Danielly Cristina da Silva Marques 1 ; Juliana Souza da Silva 2 ; José Darlon Nascimento

Leia mais

16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE

16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE 16 EFEITO DA APLICAÇÃO DO FERTILIZANTE FARTURE EM RELAÇÃO AO FORMULADO PADRÃO O objetivo deste trabalho foi avaliar o desempenho do fertilizante Farture (00-12-12) em diferentes dosagens em relação ao

Leia mais

PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA EDUCAÇÃO. Fernando Haddad SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA

PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA EDUCAÇÃO. Fernando Haddad SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA PRESIDENTE DA REPÚBLICA Luiz Inácio Lula da Silva MINISTRO DA EDUCAÇÃO Fernando Haddad SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Eliezer Moreira Pacheco REITOR DO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO,

Leia mais

AVALIAÇÃO DO USO DO PÓ DE ROCHA NO DESEMPENHO DE DUAS VARIEDADES DE MANDIOCA DE MESA

AVALIAÇÃO DO USO DO PÓ DE ROCHA NO DESEMPENHO DE DUAS VARIEDADES DE MANDIOCA DE MESA AVALIAÇÃO DO USO DO PÓ DE ROCHA NO DESEMPENHO DE DUAS VARIEDADES DE MANDIOCA DE MESA Fernanda Pereira de Souza 1 Eder de Souza Martins 2 Luise Lottici Krahl 3 Eduardo Alano Vieira 4 Josefino de Freitas

Leia mais

RAQUEL REZENDE MARTINS DE BARROS. A influência da superfície bioativa de implante na. osseointegração. Estudo comparativo em cães

RAQUEL REZENDE MARTINS DE BARROS. A influência da superfície bioativa de implante na. osseointegração. Estudo comparativo em cães - 1 - FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE RIBEIRÃO PRETO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO RAQUEL REZENDE MARTINS DE BARROS A influência da superfície bioativa de implante na osseointegração. Estudo comparativo em cães

Leia mais

Adubação com composto de farelos anaeróbico na produção de tomate orgânico cultivado sobre coberturas vivas de amendoim forrageiro e grama batatais.

Adubação com composto de farelos anaeróbico na produção de tomate orgânico cultivado sobre coberturas vivas de amendoim forrageiro e grama batatais. Adubação com composto de farelos anaeróbico na produção de tomate orgânico cultivado sobre coberturas vivas de amendoim forrageiro e grama batatais. RESUMO O trabalho foi conduzido na Área de Pesquisa

Leia mais

DESEMPENHO DO MÉTODO DAS PESAGENS EM GARRAFA PET PARA A DETERMINAÇÃO DA UMIDADE DO SOLO

DESEMPENHO DO MÉTODO DAS PESAGENS EM GARRAFA PET PARA A DETERMINAÇÃO DA UMIDADE DO SOLO DESEMPENHO DO MÉTODO DAS PESAGENS EM GARRAFA PET PARA A DETERMINAÇÃO DA UMIDADE DO SOLO E. D. ARAÚJO 1 ; A. M. A. AVILEZ 1 ; J. M. SANTOS 1 ; E. C. MANTOVANI 2 1 Estudante de Mestrado, Universidade Federal

Leia mais

Quadro 1 - Fatores para conversão de unidades antigas em unidades do Sistema Internacional de Unidades.

Quadro 1 - Fatores para conversão de unidades antigas em unidades do Sistema Internacional de Unidades. Informação sobre interpretação de Análise de Solo, segundo o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Solos e Recursos Ambientais, Instituto Agronômico de Campinas. Quadro 1 - Fatores para conversão de

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO FONOLITO VIA MINERAL EM LARANJEIRAS ADULTAS

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO FONOLITO VIA MINERAL EM LARANJEIRAS ADULTAS AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO FONOLITO VIA MINERAL EM LARANJEIRAS ADULTAS Resumo Danilo Franco 1 Minoru Yasuda 2 Rafael Curimbaba Ferreira 3 Leandro Aparecido Fukuda 4 Rafael Trombin Ferracini 5 O presente

Leia mais

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a

Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA a Resumos do IX Congresso Brasileiro de Agroecologia Belém/PA 28.09 a 01.10.2015 Acúmulo de massa fresca e seca de plântulas de tomate em função dos diferentes tipos de substratos utilizados Fresh and dry

Leia mais

Manejo da lavoura para altas produtividades com base na agricultura de precisão. Telmo Amado

Manejo da lavoura para altas produtividades com base na agricultura de precisão. Telmo Amado Manejo da lavoura para altas produtividades com base na agricultura de precisão Telmo Amado Situação atual. Eficiência de Uso < 50% N e K, e < 30% de P Eficiência do uso da água Potencial genético subutilizado

Leia mais

CANA-DE-AÇÚCAR: COMPORTAMENTO DE VARIEDADES EM PIRACICABA, SP 0

CANA-DE-AÇÚCAR: COMPORTAMENTO DE VARIEDADES EM PIRACICABA, SP 0 CANA-DE-AÇÚCAR: COMPORTAMENTO DE VARIEDADES EM PIRACICABA, SP 0 VIRGINIO BOVIC 2,3 ), JOSÉ CIONE ( 2 ) e ANTÓNIO PEREIRA DE CAMARGO ( 2 ' 3 ) RESUMO Na Estação Experimental de Piracicaba, do Instituto

Leia mais

TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES

TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES TÍTULO: AVALIAÇÃO DE MUDAS DE COFFEA ARABICA PRODUZIDAS EM DIFERENTES RECIPIENTES CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA SUBÁREA: CIÊNCIAS AGRÁRIAS INSTITUIÇÃO: CENTRO UNIVERSITÁRIO DO PLANALTO

Leia mais

13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA

13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA 13 AVALIAÇÃO DE PROGRAMAS DE NUTRIÇÃO VIA FOLIAR APLICADOS NA SOJA EM LUCAS DO RIO VERDE, MT O objetivo neste trabalho foi testar e avaliar o programa de nutrição foliar recomendado pela empresa Helena

Leia mais

MINIMIZAÇÃO DOS EFEITOS DA FUMAÇA SOBRE O CÁLCULO DO NDVI

MINIMIZAÇÃO DOS EFEITOS DA FUMAÇA SOBRE O CÁLCULO DO NDVI MINISTÉRIO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS ESPACIAIS INPE-8976-TDI/810 MINIMIZAÇÃO DOS EFEITOS DA FUMAÇA SOBRE O CÁLCULO DO NDVI Marcelo Lima de Moura Dissertação de Mestrado em

Leia mais

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK

Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Produção de feijão-fava em resposta ao emprego de doses de esterco bovino e presença e ausência de NPK Adriana U. Alves ; Ademar P. de Oliveira 2 ; Carina S. M. Dornelas ; Anarlete U. Alves 3 ; Edna U.

Leia mais

DETERMINAÇÃO DO ph DE UM ARGISSOLO VERMELHO AMARELO distrófico INCUBADO COM APLICAÇÃO DE DOSES CRESCENTES DE CaCO 3 POR DIFERENTES MÉTODOS

DETERMINAÇÃO DO ph DE UM ARGISSOLO VERMELHO AMARELO distrófico INCUBADO COM APLICAÇÃO DE DOSES CRESCENTES DE CaCO 3 POR DIFERENTES MÉTODOS 58 DETERMINAÇÃO DO ph DE UM ARGISSOLO VERMELHO AMARELO distrófico INCUBADO COM APLICAÇÃO DE DOSES CRESCENTES DE CaCO 3 POR DIFERENTES MÉTODOS Luis Felipe Rodrigues de Aquino Sousa¹; Ricardo Welder Duarte

Leia mais

Vanderson Modolon DUART 1, Adriana Modolon DUART 2, Mário Felipe MEZZARI 2, Fernando José GARBUIO 3

Vanderson Modolon DUART 1, Adriana Modolon DUART 2, Mário Felipe MEZZARI 2, Fernando José GARBUIO 3 ATRIBUTOS QUÍMICOS DO SOLO E DESENVOLVIMENTO DE CULTIVARES HÍBRIDAS DE ARROZ IRRIGADO EM FUNÇÃO DA APLICAÇÃO DE CALCÁRIO E GESSO EM SISTEMA DE SEMEADURA DIRETA Vanderson Modolon DUART 1, Adriana Modolon

Leia mais

Classificação de Frutos Melão Cantaloupe Cultivado em Diferentes Coberturas do Solo e Lâminas de Irrigação.

Classificação de Frutos Melão Cantaloupe Cultivado em Diferentes Coberturas do Solo e Lâminas de Irrigação. Classificação de Frutos Melão Cantaloupe Cultivado em Diferentes Coberturas do Solo e Lâminas de Irrigação. Saint Clair Lira Santos 1 ; José Francismar de Medeiros 1 ; Maria Zuleide de Negreiros 1 ; Maria

Leia mais

AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS DE SALINIDADE EM DOIS SOLOS SUBMETIDOS A LÂMINAS CRESCENTES DE IRRIGAÇÃO COM ÁGUA SALINA

AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS DE SALINIDADE EM DOIS SOLOS SUBMETIDOS A LÂMINAS CRESCENTES DE IRRIGAÇÃO COM ÁGUA SALINA AVALIAÇÃO DE PARÂMETROS DE SALINIDADE EM DOIS SOLOS SUBMETIDOS A LÂMINAS CRESCENTES DE IRRIGAÇÃO COM ÁGUA SALINA André Souza Lima Eng. Agr. Mestre em Irrigação e Drenagem. UFERSA Universidade Federal Rural

Leia mais

9 CONGRESSO DE EDUCAÇÃO AGRÍCOLA SUPERIOR AREIA-PB - 27 A 30 DE OUTUBRO DE 2014 Nº ISSN / X

9 CONGRESSO DE EDUCAÇÃO AGRÍCOLA SUPERIOR AREIA-PB - 27 A 30 DE OUTUBRO DE 2014 Nº ISSN / X INFLUÊNCIA DA SALINIDADE DA ÁGUA NO CONSUMO DE RAÇÃO E ÁGUA DE OVINOS SANTA INÊS Diego José Araújo Bandeira 1, Keviane Pereira Aragão 2, Dermeval Araújo Furtado 3 Jordânio Inácio Marques 4, Sebastião Benício

Leia mais

EFEITOS DO USO DE CAMA DE FRANGO ASSOCIADA A DIFERENTES DOSES DE NITROGÊNIO NO ACÚMULO DE MATÉRIA SECA EM BRACHIARIA BRIZANTHA CV.

EFEITOS DO USO DE CAMA DE FRANGO ASSOCIADA A DIFERENTES DOSES DE NITROGÊNIO NO ACÚMULO DE MATÉRIA SECA EM BRACHIARIA BRIZANTHA CV. EFEITOS DO USO DE CAMA DE FRANGO ASSOCIADA A DIFERENTES DOSES DE NITROGÊNIO NO ACÚMULO DE MATÉRIA SECA EM BRACHIARIA BRIZANTHA CV. MARANDU Vilela, L.A.F.³; Portugal, A.F.²*; Carballal, M.R¹; Ribeiro, D.O.³,

Leia mais

As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes

As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes João André Fernandes da Silva As provas da existência de Deus nas Meditações Metafísicas de René Descartes Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós-graduação em Filosofia da PUC-Rio

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE FLORESTAIS USANDO COMPOSTO ORGÂNICO

DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE FLORESTAIS USANDO COMPOSTO ORGÂNICO DESENVOLVIMENTO DE MUDAS DE FLORESTAIS USANDO COMPOSTO ORGÂNICO Suayra Marta Gomes de Almeida 1, Maria Tereza Cristina do Nascimento 1, Rodolpho Gomes Martins 1, Joelma Sales dos Santos 1 1 Universidade

Leia mais

Plano de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos no Município de Água-Grande-São Tomé

Plano de Gestão de Resíduos Sólidos Urbanos no Município de Água-Grande-São Tomé Fundação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Faculdade de Engenharias, Arquitetura e Urbanismo e Geografia Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Ambientais PGTA Wanderley Rodrigues de Carvalho

Leia mais

DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM IRRIGAÇÃO NO CERRADO - PPGIC DISCIPLINAS CRÉDITOS CH MATRIZ CURRICULAR CARACTERÍSTICA

DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM IRRIGAÇÃO NO CERRADO - PPGIC DISCIPLINAS CRÉDITOS CH MATRIZ CURRICULAR CARACTERÍSTICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA GOIANO GERÊNCIA DE PÓSGRADUAÇÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA DE PÓSGRADUAÇÃO EM IRRIGAÇÃO NO CERRADO DISCIPLINAS DO PROGRAMA DE PÓSGRADUAÇÃO EM IRRIGAÇÃO

Leia mais

Efeito do erro de apontamento de antenas fixadas em plataformas móveis no desempenho de sistemas de comunicação digital por satélite

Efeito do erro de apontamento de antenas fixadas em plataformas móveis no desempenho de sistemas de comunicação digital por satélite Marcus Vinicius Galletti Arrais Efeito do erro de apontamento de antenas fixadas em plataformas móveis no desempenho de sistemas de comunicação digital por satélite Dissertação de Mestrado Dissertação

Leia mais

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo

Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2012, Belo Horizonte Acúmulo de macronutrientes em roseiras em função do manejo do solo Iara Cristina Santos Curvelo (1), Elka Fabiana Aparecida Almeida

Leia mais

TEORES DE POTÁSSIO, CÁLCIO E MAGNÉSIO NO SOLO APÓS APLICAÇÃO DE DEJETO LÍQUIDO E CAMA SOBREPOSTA DE SUÍNOS NO CULTIVO DE MILHO

TEORES DE POTÁSSIO, CÁLCIO E MAGNÉSIO NO SOLO APÓS APLICAÇÃO DE DEJETO LÍQUIDO E CAMA SOBREPOSTA DE SUÍNOS NO CULTIVO DE MILHO TEORES DE POTÁSSIO, CÁLCIO E MAGNÉSIO NO SOLO APÓS APLICAÇÃO DE DEJETO LÍQUIDO E CAMA SOBREPOSTA DE SUÍNOS NO CULTIVO DE MILHO Dotzbach, D. 1,3 ; Léis, C.M. de. 2,3 ; Comin, J.J. 2 ; Belli Filho, P. 2

Leia mais

Amostragem para avaliação da fertilidade do solo em função da variabilidade de suas características químicas

Amostragem para avaliação da fertilidade do solo em função da variabilidade de suas características químicas Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental v.13, (Suplemento), p.849 854, 2009 Campina Grande, PB, UAEA/UFCG http://www.agriambi.com.br Protocolo 019.08 24/01/2008 Aprovado em 29/04/2009 Amostragem

Leia mais

EFEITO DOS NÍVEIS DE SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO COMUM*

EFEITO DOS NÍVEIS DE SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO COMUM* EFEITO DOS NÍVEIS DE SALINIDADE DA ÁGUA DE IRRIGAÇÃO NA PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO COMUM* SILVEIRA, A.L. 1 ; SANTANA, M.J. ; BARRETO, A.C. ; VIEIRA, T.A. 3 * Projeto com apoio da FAPEMIG. 1 Estudante Agronomia

Leia mais

1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG CURSO DIREITO

1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado CENTRO UNIVERSITÁRIO DA FUNDAÇÃO EDUCACIONAL GUAXUPÉ UNIFEG CURSO DIREITO IN 01/2013 INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DE RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO MANUAL DE ORIENTAÇÃO DE RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO 1 - Modelo de Relatório Final de Estágio Supervisionado

Leia mais

Manejos da Sucessão Aveia Branca /Milho em Sistema de Integração Lavoura Pecuária nas Características Físicas de um Latossolo Vermelho Muito Argiloso

Manejos da Sucessão Aveia Branca /Milho em Sistema de Integração Lavoura Pecuária nas Características Físicas de um Latossolo Vermelho Muito Argiloso Manejos da Sucessão Aveia Branca /Milho em Sistema de Integração Lavoura Pecuária nas Características Físicas de um Latossolo Vermelho Muito Argiloso Marcos V. M. Sarto 1, Rafael de L. Lázaro 1, Cristiane

Leia mais

AS RELAÇÕES ENTRE MACRONUTRIENTES E MICRONUTRIENTES E A FERTILIDADE DO SOLO Pedro Lopes Ferlini Salles Orientadora: Marisa Falco Fonseca Garcia

AS RELAÇÕES ENTRE MACRONUTRIENTES E MICRONUTRIENTES E A FERTILIDADE DO SOLO Pedro Lopes Ferlini Salles Orientadora: Marisa Falco Fonseca Garcia AS RELAÇÕES ENTRE MACRONUTRIENTES E MICRONUTRIENTES E A FERTILIDADE DO SOLO Pedro Lopes Ferlini Salles Orientadora: Marisa Falco Fonseca Garcia Coorientador: Flávio Ferlini Salles RELEVÂNCIA O solo é importante

Leia mais

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA

08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA 08 POTENCIAL PRODUTIVO DE CULTIVARES DE SOJA COM TECNOLOGIA INTACTA RR2 PRO EM DUAS ÉPOCAS DE SEMEADURA O objetivo deste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de cultivares de soja disponíveis comercialmente

Leia mais

ELIZABETH BOHLAND. Atividade funcional de polimorfonucleares do sangue de bezerros neonatos

ELIZABETH BOHLAND. Atividade funcional de polimorfonucleares do sangue de bezerros neonatos ELIZABETH BOHLAND Atividade funcional de polimorfonucleares do sangue de bezerros neonatos versus Escherichia coli in vitro : influência do volume de colostro mamado e da idade São Paulo 2008 ELIZABETH

Leia mais

DIAGNOSE FOLIAR E TRANSLOCAÇÃO DE NUTRIENTES EM PLANTAS DE Bixa orellana L.

DIAGNOSE FOLIAR E TRANSLOCAÇÃO DE NUTRIENTES EM PLANTAS DE Bixa orellana L. DIAGNOSE FOLIAR E TRANSLOCAÇÃO DE NUTRIENTES EM PLANTAS DE Bixa orellana L. Foliar diagnosis and translocation of nutrients in plants of Bixa orellana L. José Carlos de Menezes Júnior 1, Wladimir Nicolau

Leia mais

AVALIAÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA ESCOADO EM DIFERENTES DECLIVES SOB CHUVA SIMULADA 1

AVALIAÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA ESCOADO EM DIFERENTES DECLIVES SOB CHUVA SIMULADA 1 AVALIAÇÃO DO VOLUME DE ÁGUA ESCOADO EM DIFERENTES DECLIVES SOB CHUVA SIMULADA 1 FRAGA JUNIOR, E. F. 2 ; VALLE JUNIOR, R.F. 3 ; FERREIRA JUNIOR, J. A. 4 ; CASSIA, M. T. 4 ; BONTEMPO, A.R. 4 ; FERREIRA,

Leia mais

Análise da Produção Energética e de Carvão Vegetal de Espécies de Eucalipto

Análise da Produção Energética e de Carvão Vegetal de Espécies de Eucalipto IPEF, n.23, p.53-56, abr.1983 Análise da Produção Energética e de Carvão Vegetal de Espécies de Eucalipto J.O. BRITO, L. E. G. BARRICHELO e F. SEIXAS ESALQ - USP, Depto. de Silvicultura - 13.400 - Piracicaba

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO SUL CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA VEGETAL A interação entre inundação e fogo influencia

Leia mais

Mariana Figueiredo de Castro Pereira

Mariana Figueiredo de Castro Pereira Mariana Figueiredo de Castro Pereira POLÍTICA SOCIOAMBIENTAL: Construindo o conceito através do Projeto EcoBarreiras Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada ao Programa de Pós- Graduação em Serviço

Leia mais

Manejo de água em cultivo orgânico de banana nanica

Manejo de água em cultivo orgânico de banana nanica Manejo de água em cultivo orgânico de banana nanica Water management in organic cultivation of banana nanica PINTO, José Maria. Embrapa Semiárido, Petrolina, PE, jmpinto@cpatsa.embrapa.br; GALGARO, Marcelo.

Leia mais

CORRELAÇÕES ENTRE A PERMEABILIDADE E OS ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO DA SUB-BACIA DO CÓRREGO CENTENÁRIO DA CIDADE DE LAVRAS MG

CORRELAÇÕES ENTRE A PERMEABILIDADE E OS ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO DA SUB-BACIA DO CÓRREGO CENTENÁRIO DA CIDADE DE LAVRAS MG 798 SAMPAIO, COMUNICAÇÃO F. de M. T. et al. CORRELAÇÕES ENTRE A PERMEABILIDADE E OS ATRIBUTOS FÍSICOS DO SOLO DA SUB-BACIA DO CÓRREGO CENTENÁRIO DA CIDADE DE LAVRAS MG Correlations between the permeability

Leia mais

PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA

PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA PLANTIO CONSORCIADO DE PIMENTA DEDO-DE-MOÇA COM ADUBOS VERDES: PROMOÇÃO DE CRESCIMENTO E OCORRÊNCIA DE PRAGAS PROJETO DE PESQUISA PROFESSOR: MARCELO TAVARES DE CASTRO ALUNO: FABIOLA DOS REIS LIMA CURSO:

Leia mais

1. Abertura. 2. Expediente. 3. Comunicações. 4. Ordem do Dia

1. Abertura. 2. Expediente. 3. Comunicações. 4. Ordem do Dia MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE SECRETARIA DOS ÓRGÃOS DELIBERATIVOS SUPERIORES CONSELHO UNIVERSITÁRIO CÂMARA SUPERIOR DE PÓS-GRADUAÇÃO Pauta da 8ª Reunião Extraordinária da

Leia mais

PRODUCTION OF BANANA CV GRAND NAINE UNDER FERTIRRIGATION IN THE NORTH OF MINAS GERAIS STATE CONDITIONS

PRODUCTION OF BANANA CV GRAND NAINE UNDER FERTIRRIGATION IN THE NORTH OF MINAS GERAIS STATE CONDITIONS PRODUÇÃO DE BANANEIRA GRAND NAINE SOB FERTIRRIGAÇÃO NAS CONDIÇÕES DO NORTE DE MINAS F. D. ARAÚJO 1, J. T. A. SOUZA 1, E. F.COELHO 2, P. M. DE OLIVEIRA 3, W. L. SIMÕES 4, E. B. DO N. FILHO 1 RESUMO: O objetivo

Leia mais

Influência da irrigação com água salina sobre a composição mineral das folhas de coqueiro

Influência da irrigação com água salina sobre a composição mineral das folhas de coqueiro 10756 - Influência da irrigação com água salina sobre a composição mineral das folhas de coqueiro Influence of irrigation with saline water on the mineral composition of coconut leaves MARINHO, Francisco

Leia mais

Fertilidade do Solo e Nutrição do Castanheiro

Fertilidade do Solo e Nutrição do Castanheiro Fertilidade do Solo e Nutrição do Castanheiro Fertilidade do Solo e Nutrição do Castanheiro Margarida Arrobas & Manuel Ângelo Rodrigues Centro de Investigação de Montanha Escola Superior Agrária de Bragança

Leia mais

fmvz-unesp FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - BOTUCATU Curso de Pós-Graduação em Zootecnia Nutrição e Produção Animal

fmvz-unesp FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - BOTUCATU Curso de Pós-Graduação em Zootecnia Nutrição e Produção Animal fmvz-unesp FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - BOTUCATU Curso de Pós-Graduação em Zootecnia Nutrição e Produção Animal ÍNDICE DE FRAGMENTAÇÃO MIOFRIBILAR Daniela Cristina Morales Zootecnista

Leia mais

ESPACIALIZAÇÃO DE PARÂMETROS DE SOLO EM UMA MICROBACIA DE OCUPAÇÃO URBANA - SOROCABA/SP

ESPACIALIZAÇÃO DE PARÂMETROS DE SOLO EM UMA MICROBACIA DE OCUPAÇÃO URBANA - SOROCABA/SP ESPACIALIZAÇÃO DE PARÂMETROS DE SOLO EM UMA MICROBACIA DE OCUPAÇÃO URBANA - SOROCABA/SP Rodrigo Custódio Urban 1 ; Alexandre Marco da Silva 1 ; Luiz Augusto Manfré 1 1 UNESP Campus Sorocaba. Av. Três de

Leia mais

Janeiro/2012 Mossoró-RN

Janeiro/2012 Mossoró-RN UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS AMBIENTAIS E TECNOLÓGICAS Prof. Rafael Oliveira Batista Coordenador Prof. José Francismar de Medeiros

Leia mais

Análise estatística do ganho de peso de suínos alojados em ambiente de alta temperatura

Análise estatística do ganho de peso de suínos alojados em ambiente de alta temperatura Análise estatística do ganho de peso de suínos alojados em ambiente de alta temperatura Wederson Leandro Ferreira 1 3 Naje Clécio Nunes da Silva 1 3 Augusto Ramalho de Morais 2 3 1 Introdução Segundo Wolp

Leia mais

Técnicas de Experimentação Agrícola

Técnicas de Experimentação Agrícola ProSavana Programa Especial de Capacitação e Treinamento Técnicas de Experimentação Agrícola Embrapa Arroz e Feijão Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos Universidade Federal de Goiás Nampula,

Leia mais

O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO

O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO Karina Cristina Sousa Macedo Michelle Rigamonte Bulk Alves Selma Aparecida Cardoso O PROCESSO DO ALEITAMENTO MATERNO EM RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO Bragança Paulista 2007 Karina Cristina Sousa Macedo Michelle

Leia mais

EFEITO DO MODO DE APLICAÇÃO DE GEOX NA CORREÇÃO DO SOLO. Matiello, Paiva, Vaz e Pinto.

EFEITO DO MODO DE APLICAÇÃO DE GEOX NA CORREÇÃO DO SOLO. Matiello, Paiva, Vaz e Pinto. EFEITO DO MODO DE APLICAÇÃO DE GEOX NA CORREÇÃO DO SOLO Matiello, Paiva, Vaz e Pinto. Justificativas Solos usados para a cafeicultura, no Brasil, são quimicamente pobres ou desequilibrados, necessitando

Leia mais

IRRIGAÇÃO COM ÁGUA RESIDUÁRIA E DE ABASTECIMENTO SUBMETIDO À ADUBAÇÃO FOSFATADA EM PLANTAS DE PINHÃO MANSO

IRRIGAÇÃO COM ÁGUA RESIDUÁRIA E DE ABASTECIMENTO SUBMETIDO À ADUBAÇÃO FOSFATADA EM PLANTAS DE PINHÃO MANSO IRRIGAÇÃO COM ÁGUA RESIDUÁRIA E DE ABASTECIMENTO SUBMETIDO À ADUBAÇÃO FOSFATADA EM PLANTAS DE PINHÃO MANSO A. S. Silva 1 ; L. T. Souto Filho 1 ; M. F. Mendonça 1 ; P. G. Leite 2 ; F. V. da Silva 3 ; R.

Leia mais

VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO CULTIVO DO TOMATEIRO IRRIGADO *

VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO CULTIVO DO TOMATEIRO IRRIGADO * VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DO CULTIVO DO TOMATEIRO IRRIGADO * VIEIRA, T.A. 1 ; SANTANA, M.J. 2 ; BARRETO, A.C. 2 * Projeto financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG).

Leia mais

IMPACTO DA CODISPOSIÇÃO DE LODO SÉPTICO NAS TRINCHEIRAS DE UM ATERRO SANITÁRIO RESUMO

IMPACTO DA CODISPOSIÇÃO DE LODO SÉPTICO NAS TRINCHEIRAS DE UM ATERRO SANITÁRIO RESUMO IMPACTO DA CODISPOSIÇÃO DE LODO SÉPTICO NAS TRINCHEIRAS DE UM ATERRO SANITÁRIO RESUMO Carlos Rafael Dufrayer 1 Patrícia Caldeira de Souza¹ Fabiana Barbosa de Resende¹ Milton Gonçalves da Silva Júnior¹

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO EM FÍSICA DO SOLO. Não estudar apenas por esta lista

ESTUDO DIRIGIDO EM FÍSICA DO SOLO. Não estudar apenas por esta lista ESTUDO DIRIGIDO EM FÍSICA DO SOLO QUESTÕES: Não estudar apenas por esta lista 1) Cite três importantes aplicações da moderna física do solo. 2) Cite as principais causas de compactação do solo. 3) Descreva

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS DA ADMINISTRAÇÃO ESAG CURSO DE MESTRADO PROFISSIONAL EM ADMINISTRAÇÃO FABIANO LEHMKUHL GERBER O PÓS-VENDA COMO PREMISSA DO MARKETING DE

Leia mais

CARLOS EDUARDO COSTA FABIANA BUSATTO HORÁCIO YASSUCI KANASIRO

CARLOS EDUARDO COSTA FABIANA BUSATTO HORÁCIO YASSUCI KANASIRO CARLOS EDUARDO COSTA FABIANA BUSATTO HORÁCIO YASSUCI KANASIRO A IMPORTÂNCIA DA CONSCIENTIZAÇÃO DO TRABALHADOR E DO EMPREGADOR NA REDUÇÃO E PREVENÇÃO DOS ACIDENTES DE TRABALHO Trabalho de Conclusão apresentado

Leia mais

DENSIDADE DO SOLO 1. INTRODUÇÃO 2. CONCEITOS

DENSIDADE DO SOLO 1. INTRODUÇÃO 2. CONCEITOS DENSIDADE DO SOLO PROF. GILSON MOURA FILHO/SER/UFAL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DISCIPLINA: FÍSICA DE SOLOS 1. INTRODUÇÃO Compreender a importância da densidade do solo para o desenvolvimento das

Leia mais

Rodrigo Cavalieri de Souza. Possibilidades de Fidelização no. Serviço de Telefonia Celular DISSERTAÇÃO DE MESTRADO

Rodrigo Cavalieri de Souza. Possibilidades de Fidelização no. Serviço de Telefonia Celular DISSERTAÇÃO DE MESTRADO Rodrigo Cavalieri de Souza Possibilidades de Fidelização no Serviço de Telefonia Celular DISSERTAÇÃO DE MESTRADO DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO Programa de Pós Graduação em Administração de Empresas Rio

Leia mais

Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física Sociedade Brasileira de Física Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense

Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física Sociedade Brasileira de Física Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Mestrado Nacional Profissional em Ensino de Física Sociedade Brasileira de Física Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense Nome do Mestrando TÍTULO DA DISSERTAÇÃO Campos dos Goytacazes/RJ

Leia mais

ESTRUTURA DO SOLO. Uma das propriedades mais importantes do solo Solos bem estruturados Solos bem agregados

ESTRUTURA DO SOLO. Uma das propriedades mais importantes do solo Solos bem estruturados Solos bem agregados 1 ESTRUTURA DO SOLO PROF. GILSON MOURA FILHO/SER/UFAL CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA DISCIPLINA: FÍSICA DE SOLOS 1. INTRODUÇÃO Uma das propriedades mais importantes do solo Solos bem estruturados

Leia mais

Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense

Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense 159.doc 19/5/yyyy 1 Conservação pós-colheita de pimentas da espécie Capsicum chinense com filme de PVC em duas temperaturas. Otávio Gravina 1 ; Gilmar P. Henz 2, Sabrina I. C. de Carvalho 2 1 UFV, Viçosa-MG;

Leia mais

Substratos para Produção de Mudas de Tomateiro

Substratos para Produção de Mudas de Tomateiro Substratos para Produção de Mudas de Tomateiro Substrates for Tomato Seedlings Production PEREIRA, Dercio Ceri. UNIOESTE, dcpereirasp@hotmail.com; COSTA, Luiz Antonio de Mendonça. UNIOESTE, lmendo@ig.com.br;

Leia mais

PRODUÇÃO DE FORRAGEM HIDROPÔNICA DE MILHO EM FUNÇÃO DE CONCENTRAÇÕES DE BIOFERTILIZANTE E DENSIDADE DE SEMENTES

PRODUÇÃO DE FORRAGEM HIDROPÔNICA DE MILHO EM FUNÇÃO DE CONCENTRAÇÕES DE BIOFERTILIZANTE E DENSIDADE DE SEMENTES PRODUÇÃO DE FORRAGEM HIDROPÔNICA DE MILHO EM FUNÇÃO DE CONCENTRAÇÕES DE BIOFERTILIZANTE E DENSIDADE DE SEMENTES Lisiane Lucena Bezerra Graduados do Curso de Licenciatura em Ciências Agrárias UEPB E-mail:

Leia mais

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO

EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO CLÍNICO RANDOMIZADO ALEATORIZADO 1 UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA-UnB FACULDADE DE CEILÂNDIA-FCE CURSO DE FISIOTERAPIA YASMIN SANTANA MAGALHÃES EFEITO DA ESTIMULAÇÃO VESTIBULAR NO PERFIL SENSORIAL DE CRIANÇAS COM PARALISIA CEREBRAL: ENSAIO

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DE TOMATE Sweet Grape PRODUZIDO COM EFLUENTE DE ESGOTO TRATADO ENRIQUECIDO 1

CLASSIFICAÇÃO DE TOMATE Sweet Grape PRODUZIDO COM EFLUENTE DE ESGOTO TRATADO ENRIQUECIDO 1 CLASSIFICAÇÃO DE TOMATE Sweet Grape PRODUZIDO COM EFLUENTE DE ESGOTO TRATADO ENRIQUECIDO 1 Ananda Helena Nunes Cunha 2, Rafael Batista Ferreira 3, Delvio Sandri 4 RESUMO: O objetivo desse trabalho foi

Leia mais

Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil

Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil Ciência Rural ISSN: 0103-8478 cienciarural@mail.ufsm.br Universidade Federal de Santa Maria Brasil Kusumota Bonini, Andreia; Secco, Deonir; Ferreira Santos, Reginaldo; Reinert, Dalvan José; Reichert, José

Leia mais

Márcia Maria Ferreira do Nascimento Feitosa

Márcia Maria Ferreira do Nascimento Feitosa Márcia Maria Ferreira do Nascimento Feitosa Palavra: uma arma eficiente de denúncia e luta pela construção da identidade. Uma leitura de Regresso Adiado de Manuel Rui. Dissertação apresentada como requisito

Leia mais

DESENVOLVIMENTO FOLIAR, PRODUTIVIDADE E TEOR DE AMIDO EM MANDIOCA SUBMETIDA À DISTINTO MANEJO NUTRICIONAL EM DOIS ANOS AGRÍCOLAS 1

DESENVOLVIMENTO FOLIAR, PRODUTIVIDADE E TEOR DE AMIDO EM MANDIOCA SUBMETIDA À DISTINTO MANEJO NUTRICIONAL EM DOIS ANOS AGRÍCOLAS 1 DESENVOLVIMENTO FOLIAR, PRODUTIVIDADE E TEOR DE AMIDO EM MANDIOCA SUBMETIDA À DISTINTO MANEJO NUTRICIONAL EM DOIS ANOS AGRÍCOLAS 1 Taise Pacheco Paganini 2 ; Janaina Emerim de Souza 3 ; Naracelis Poletto

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - IRRIGAÇÃO E DRENAGEM

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA CAMPUS DE BOTUCATU FACULDADE DE CIÊNCIAS AGRONÔMICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - IRRIGAÇÃO E DRENAGEM PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA - IRRIGAÇÃO E DRENAGEM PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA DISCIPLINA: Estatística Experimental CURSO: Mestrado ( X ) Doutorado ( X ) DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL:

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO MEDIDOR PORTÁTIL DE CLOROFILA PARA A RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM COBERTURA EM ALGODÃO

UTILIZAÇÃO DO MEDIDOR PORTÁTIL DE CLOROFILA PARA A RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM COBERTURA EM ALGODÃO UTILIZAÇÃO DO MEDIDOR PORTÁTIL DE CLOROFILA PARA A RECOMENDAÇÃO DE ADUBAÇÃO NITROGENADA EM COBERTURA EM ALGODÃO Danilo Marcelo Aires dos Santos (Unesp - Ilha Solteira / daniloaires@yahoo.com.br), Enes

Leia mais

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Estatística

Universidade Federal de Viçosa Departamento de Estatística Universidade Federal de Viçosa Departamento de Estatística Prova Seletiva para o Programa de Pós-Graduação em Estatística Aplicada e Biometria. Nível Doutorado - 22/nov/2013 Nome: Assinatura:. Número do

Leia mais

Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente

Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica, 9., 2, Belo Horizonte 1 Adubação orgânica do pepineiro e produção de feijão-vagem em resposta ao efeito residual em cultivo subsequente Carlos Henrique

Leia mais

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610

EFEITO DA ADUBAÇÃO FOSFATADA SOBRE O RENDIMENTO DE FORRAGEM E COMPOSIÇÃO QUÍMICA DE PASPALUM ATRATUM BRA-009610 REVISTA CIENTÍFICA ELETRÔNICA DE AGRONOMIA - ISSN 1677-0293 P UBLICAÇÃO C IENTÍFICA DA F ACULDADE DE A GRONOMIA E E NGENHARIA F LORESTAL DE G ARÇA/FAEF A NO IV, NÚMERO 08, DEZEMBRO DE 2005. PERIODICIDADE:

Leia mais

JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO

JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO JOSÉ CARLOS DE ALMEIDA PERNAMBUCO ARTROPATIA INFLAMATÓRIA HANSÊNICA ESTUDO CLÍNICO - EVOLUTIVO, LABORATORIAL E RADIOGRÁFICO Dissertação apresentada à Escola Paulista de Medicina para obtenção do título

Leia mais

20 PRODUTIVIDADE DE HÍBRIDOS DE MILHO EM

20 PRODUTIVIDADE DE HÍBRIDOS DE MILHO EM 20 PRODUTIVIDADE DE HÍBRIDOS DE MILHO EM SEGUNDA SAFRA EM DOIS NÍVEIS DE TECNOLOGIA EM LUCAS DO RIO VERDE, MT O objetivo neste trabalho foi avaliar o potencial produtivo de híbridos de milho em segunda

Leia mais

ESTIMATIVA DO POTENCIAL DE CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO CAMPUS DA UFCG EM POMBAL PB

ESTIMATIVA DO POTENCIAL DE CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO CAMPUS DA UFCG EM POMBAL PB ESTIMATIVA DO POTENCIAL DE CAPTAÇÃO DE ÁGUAS PLUVIAIS NO CAMPUS DA UFCG EM POMBAL PB José Ronildo da Silva ¹; Amanda Nogueira Medeiros ¹; Célia Soares de Brito ²; Yasmim Sousa e Lima ³; Raphael Moreira

Leia mais

Leonardo Melo Bezerra. Estudo teórico-experimental da ligação entre pilares mistos preenchidos e vigas pré-moldadas de concreto

Leonardo Melo Bezerra. Estudo teórico-experimental da ligação entre pilares mistos preenchidos e vigas pré-moldadas de concreto Leonardo Melo Bezerra Estudo teórico-experimental da ligação entre pilares mistos preenchidos e vigas pré-moldadas de concreto (VERSÃO CORRIGIDA) O exemplar de defesa encontra-se disponível no Serviço

Leia mais

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA

EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA EFEITO DA TEMPERATURA E DO FOTOPERÍODO NO DESENVOLVIMENTO in vitro E in vivo DE Aspergillus niger EM CEBOLA Cargnim, Jaqueline Marques ; Marcuzzo, Leandro Luiz Instituto Federal Catarinense, Rio do Sul/SC

Leia mais

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ

PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ PRODUTIVIDADE E QUALIDADE DA PUPUNHA EM DIFERENTES DENSIDADES DE PLANTIO E ADUBAÇÃO NO NOROESTE DO PARANÁ Vanessa Aline Egewarth (PRPPG-UNIOESTE), Patrícia Aparecida Favorito, Edleusa Pereira Seidel (Orientador),

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FCF / FEA / FSP Programa de Pós-Graduação Interunidades em Nutrição Humana Aplicada PRONUT

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FCF / FEA / FSP Programa de Pós-Graduação Interunidades em Nutrição Humana Aplicada PRONUT UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FCF / FEA / FSP Programa de Pós-Graduação Interunidades em Nutrição Humana Aplicada PRONUT ELIETE BERNAL ARELLANO Avaliação dos programas de Qualidade de Vida no Trabalho análise

Leia mais

Gustavo Simão Rodrigues

Gustavo Simão Rodrigues Gustavo Simão Rodrigues O Problema do Sequenciamento em Uma Única Máquina, com Tempos de Preparação Dependentes da Sequência e Penalidades por Antecipação e Atraso: Estudo de Caso de um Processo de Fabricação

Leia mais