COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ"

Transcrição

1

2 Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações com a indicação da fonte. COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

3 EGUINALDO HÉLIO DE SOUZA

4 Conteúdo multimídia e avaliação final Versão da matéria: 1.0 Para verificar se existe uma nova versão para este curso e saber quais foram as alterações realizadas acesse o link abaixo.

5 Sumário 03 u Introdução 05 u Capítulo 1 q Elementos gerais 08 u Capítulo 2 q Elementos históricos 11 u Capítulo 3 q Elementos doutrinários 11 O conceito sobre Deus 12 O conceito sobre Jesus Cristo 13 O conceito sobre a salvação 14 O conceito sobre a natureza humana 14 A mediação de Meishu-Sama 14 A vida após a morte 15 A escatologia messiânica 16 A fonte de autoridade religiosa 16 O credo messiânico 18 Os locais sagrados 18 As práticas da Igreja Messiânica 22 u Capítulo 4 q Elementos geográficos e estatísticos 23 Organizações ligadas à Igreja Messiânica Mundial 24 Solo sagrado de Guarapiranga MATERIAL EXCLUSIVO PARA ALUNOS MATRICULADOS 1

6 25 u Capítulo 5 q Elementos estratégicos 26 Essa pessoa foi atraída por fatos, não por verdades 26 As crenças dessa pessoa são mais budistas do que cristãs 27 Essa pessoa precisa conhecer o sentido real de alguns termos 27 Essa pessoa precisa estar ciente de certos perigos 28 u Capítulo 6 q Elementos doutrinários 28 O Messias 29 O único Mediador 29 O único Deus 30 A salvação 30 O contato com os mortos 30 O mal no mundo 32 u Conclusão 33 u Apêndice Testemunho de conversão 34 u Referências bibliográficas 2 MATERIAL EXCLUSIVO PARA ALUNOS MATRICULADOS

7 q Introdução Não são poucos os cristãos que confundem a Igreja Messiânica Mundial (IMM) com uma das muitas igrejas evangélicas que existem no Brasil, em razão de o nome messiânica ser derivado do nome Messias. Com o atual crescimento do movimento messiânico, isto é, judeus que reconheceram que Jesus era o Messias, essa confusão se torna ainda mais comum. Entretanto, apesar do nome igreja, esse grupo nada tem a ver com o cristianismo histórico. Apesar do termo messiânico, não há qualquer ligação com o conteúdo bíblico. Não passa de religiosidade oriental disfarçada com termos e conceitos cristãos, a fim de atrair os ocidentais para o seu seio. Esse processo é muito comum na criação e desenvolvimento de grupos religiosos modernos. Termos cristãos são esvaziados de seu significado bíblico e histórico para serem preenchidos com outras ideias e conceitos completamente alheios ao mesmo. Dessa forma, as pessoas têm a impressão de que estão seguindo algum tipo de cristianismo, quando, na verdade, estão seguindo algo completamente diferente, uma série de tradições japonesas com toques budistas. Denominando-se messiânicos, sua identidade tende a gerar confusão e engano, e o resultado pode ser mais um seguidor desavisado. Assim como os outros grupos fazem, a Igreja Messiânica também se utiliza de expressões como paraíso, volta de Jesus e semelhantes como uma forma de atrair nossa cultura cristianizada, impondo, em seguida, crenças e hábitos completamente orientais, como culto a ancestrais e a homens divinizados. A pessoa que ali entra pela primeira vez nem sempre tem conhecimento suficiente para discernir e, quando se dá conta, já está envolvida com o ambiente acolhedor e belo preparado justamente com a finalidade de segurar os adeptos. MATERIAL EXCLUSIVO PARA ALUNOS MATRICULADOS 3

8 Como é do nosso conhecimento, a Igreja Messiânica dividiu-se em um grande número de dissidências no Japão, seu país de origem, e está presente no Brasil desde 1955 por meio de seu ramo maior, chamado Igreja Messiânica Mundial do Brasil (IMMB), e mais cinco dissidências: Comunidade Messiânica Universal, Templo Luz do Oriente, Shinji Shumei Kai, Seimei-Kyo e MOA Panamericana do Brasil. Ainda que o crescimento do número de membros da Igreja Messiânica não seja sempre tão significativo, é fácil perceber sua influência na sociedade pelo conhecimento do johrei. Muitos já ouviram falar dessa prática, uma espécie de terapia espiritual recebida por muitas pessoas em busca de cura física e paz espiritual. Diversas instituições estão ligadas a ela, inclusive empresas de alimentos. Dessa forma, mesmo os não adeptos, de algum modo, são incluídos em seu raio de influência. A religiosidade brasileira tem levado muitas pessoas a participar de seus eventos e cerimônias, ainda que nem sempre isso resulte em um vínculo mais estreito. Entre as muitas religiões e seitas orientais no Brasil, ao lado da Seicho-no-Ie, esta é uma das mais significativas. Conhecer seus ensinos, seus hábitos e suas crenças é uma obrigação para todo aquele que deseja orar com eficácia e compartilhar o evangelho de Cristo. Aqueles que moram nos grandes centros urbanos muito provavelmente já viram alguns dos chamados Centros de Aperfeiçoamento ou Johrei Center, como são chamados os templos e locais de encontro. 4 MATERIAL EXCLUSIVO PARA ALUNOS MATRICULADOS

9 MATRICULE-SE PARA TER ACESSO AO CONTEÚDO COMPLETO GRATOS PELA VISITA!

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT 2016 - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PASTORAL DISCIPLINA: EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA PLANIFICAÇÃO DE 7º ANO

COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PASTORAL DISCIPLINA: EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA PLANIFICAÇÃO DE 7º ANO 1º PERÍODO UL1 - As origens ÉTICA E MORAL Calendarização - 26 aulas A. Construir uma chave de leitura religiosa Os dados da ciência sobre a origem do Diálogo com os alunos, relacionado da pessoa, da vida

Leia mais

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser instrumento de Deus para o resgate da verdade em amor.

Leia mais

Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos Plano de aula Sugestão Didática

Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos Plano de aula Sugestão Didática Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos 3.21-30 Plano de aula Sugestão Didática 1- OBJETIVO DA LIÇÃO: a- Mostra o processo histórico do amor de Deus pelo homem. b-compreender

Leia mais

Antes de começar, precisamos reconhecer que

Antes de começar, precisamos reconhecer que Antes de começar, precisamos reconhecer que toda pessoa de fé tem dúvidas toda pessoa cética tem fé A dúvida do crente: Uma fé sem algumas dúvidas é como um corpo sem anticorpos Tim Keller A fé do cético:

Leia mais

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução a) Conversar sobre a vida secular dele(a); b) Conversar sobre as experiencias

Leia mais

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS Prof. Lucas Neto INTRODUÇÃO O FIM DA HUMANIDADE O fim da humanidade na terra será marcada pela gloriosa volta de Jesus e nos desdobramentos dos acontecimentos,

Leia mais

Informações da disciplina de EMRC 5.º ano. Aulas Previstas (45 minutos )

Informações da disciplina de EMRC 5.º ano. Aulas Previstas (45 minutos ) Departamento de Ciências Socias e Humanas 2016/ 2017 Educação Moral e Religiosa Católica 5.º ano RESUMO DA PLANIFICAÇÃO Informações da disciplina de EMRC 5.º ano Resumo da Planificação: Conteúdos 1.º Período

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p

Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p Medida Multidimensional Breve de Religiosidade/Espiritualidade BMMRS-p A) Experiências espirituais diárias As seguintes questões lidam com as possíveis experiências espirituais. Com que frequência você

Leia mais

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho PASSAGENS BÍBLICAS O julgamento de Salomão Mar Vermelho ESPAÇO CATÓLICO Os espaços católicos têm diferentes denominações e cada uma tem significado próprio e um sentido para os fiéis. O mais comum é a

Leia mais

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54 Sumário Sumário detalhado...4 Prefácio à quarta edição... 11 Como usar este livro... 14 1. A Reforma: uma introdução... 17 2. O cristianismo no final da Idade Média... 41 3. O humanismo e a Reforma...

Leia mais

Fala-se muito hoje daqueles que preferem

Fala-se muito hoje daqueles que preferem CAPA Natal: uma grata dependência de Cristo A mensagem para os leitores de 30Dias de sua graça Rowan Williams, arcebispo de Canterbury Fala-se muito hoje daqueles que preferem espiritualidade a religião.

Leia mais

Mariologia Prof. Thiago Onofre

Mariologia Prof. Thiago Onofre Mariologia Prof. Thiago Onofre Quando Deus formou o mundo Olhou a Virgem Maria Que, por mistério profundo, Antes de criá-la a via... Nela pôs a formosura Da mais bela criatura Que por desígnio plasmou,

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas North A meric an Divisio n Portuguese Mi nistry Treinamento de Instrutores Bíblicos Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Como Ensinar Doutrinas Básicas Adventistas Objetivo Uma compreensão clara

Leia mais

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos:

JUSTIFICATIVA. OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e metodologicamente fundam Específicos: JUSTIFICATIVA A Bíblia é a fonte primeira da teologia cristã, de onde os mais diversos grupos do cristianismo retiram OBJETIVOS Gerais: Capacitar expositores da Bíblia a utilizá-la de forma teológica e

Leia mais

- Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos. Pr. Evanildo Ferreira da Silva

- Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos. Pr. Evanildo Ferreira da Silva - Santificação - Uma Realidade ao Alcance de todos I Pedro 1:14-16 Como filhos da obediência, não vos amoldeis às paixões que tínheis anteriormente na vossa ignorância; (I Pedro 1:14) pelo contrário, segundo

Leia mais

O chamado de ESTEVÃO (Atos 6:3-5)

O chamado de ESTEVÃO (Atos 6:3-5) O chamado de ESTEVÃO (Atos 6:3-5) Introdução: Cemitério de Avião Você como um avião enferrujado Nós como juventude enfatizamos o seu chamado Se você estiver enferrujado, Deus pode te usar hoje para ser

Leia mais

Igreja Messiânica Mundial e suas dissidências: a Religião de Mokiti Okada no Brasil.

Igreja Messiânica Mundial e suas dissidências: a Religião de Mokiti Okada no Brasil. Igreja Messiânica Mundial e suas dissidências: a Religião de Mokiti Okada no Brasil. Hiranclair Rosa Gonçalves Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP Resumo Esse artigo diz respeito à religião de Mokiti

Leia mais

Coreia do Norte. A perseguição religiosa nos países comunistas

Coreia do Norte. A perseguição religiosa nos países comunistas China Vietnã Cuba Coreia do Norte Laos A perseguição religiosa nos países comunistas Referências Cap. 2 Cesar e Deus: Os poderes comunistas remanescentes - Perseguidos - O ataque global aos cristãos -

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Pluralismo e diversidade religiosa 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 5 Conteúdos

Leia mais

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo QUANDO ACONTECEU? 753 a. C. 509 a. C. 27 a. C. 0 218 d. C. 313 476 381 Nascimento República

Leia mais

Conhecer Deus Pessoalmente

Conhecer Deus Pessoalmente 1 2 Conhecer Deus Pessoalmente Introdução Conhecer Jesus.. p. 4 Lição 1 Conhecer a Salvação p. 12 Lição 2 Conhecer a Comunhão.. p. 17 Lição 3 Conhecer o Espírito Santo. p. 22 Lição 4 Conhecer o Crescimento.

Leia mais

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo,

ASCENSÃO DO SENHOR. LEITURA I Actos 1, Leitura dos Actos dos Apóstolos. No meu primeiro livro, ó Teófilo, ASCENSÃO DO SENHOR LEITURA I Actos 1, 1-11 Leitura dos Actos dos Apóstolos No meu primeiro livro, ó Teófilo, narrei todas as coisas que Jesus começou a fazer e a ensinar, até ao dia em que foi elevado

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO

ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO ORIENTAÇÕES PARA A PASTORAL DO DÍZIMO Sumário Introdução 1. A compreensão do dízimo 1.1 Os fundamentos do dízimo 1.2 O que é o dízimo? 1.3 As dimensões do dízimo 1.4 As finalidades do dízimo 2. Orientações

Leia mais

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras RELEMBRANDO... 2.1-10: a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras O ARGUMENTO SEGUINTE... 2.11-22: A humanidade como um todo. Judeus e gentios unidos em

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida JERUSALÉM10 LIÇÃO JESUS EM O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 10 INTRODUÇÃO esboço Os títulos de cada dia foram ajustados a proposta de termos uma idéia essencial

Leia mais

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos.

LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? LIÇÃO 02 O que a Bíblia ensina sobre Deus? Missão: Missão Cumprida: 20 pontos. LIÇÃO 01 O que a Bíblia ensina sobre a Trindade? Leia os textos de referência abaixo e relacionados à referida pessoa descrita: ( ) João 1.1-4,14 ( A ) Deus o Pai ( ) João 14.16, 17,27 ( B ) Jesus o Filho

Leia mais

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley

Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley Breve Biografia e Seleção de Frases John Wesley John Wesley Não poderia deixar de colocar aqui este servo de Deus, não especialmente ministro de curas, na verdade um dos primeiros avivalistas da história.

Leia mais

Ensinar e aprender História na sala de aula

Ensinar e aprender História na sala de aula Ensinar e aprender História na sala de aula Séries iniciais do Ensino Fundamental Ensino de História nas séries iniciais do Ensino Fundamental Por que estudar História? Quais ideias os educandos possuem

Leia mais

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus

Preparado por: Pr. Wellington Almeida LIÇÃO. O Evangelho. Mateus Preparado por: Pr. Wellington Almeida CURA04 LIÇÃO FÉ E O Evangelho Mateus de LIÇÃO - II TRI 2016 04 INTRODUÇÃO esboço A lição desta semana aborda o modo pelo qual Cristo tratou os desfavorecidos no ambiente

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

O Ensino religioso nas escolas Públicas

O Ensino religioso nas escolas Públicas O Ensino religioso nas escolas Públicas Scates Dias¹ Humberto Resumo O presente artigo tem como finalidade abordar a questão do ensino religioso nas escolas. Através de uma pesquisa bibliográfica procuraremos

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS

ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 6ºs ANOS TEMA: OS RITOS E OS RITUAIS : OS SETE SACRAMENTOS DA IGREJA. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 6.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra);

1.1 Recuperar a comunidade (Base do Antigo Israel); 1.2 A nova experiência de Deus: o Abbá (Oração e escuta comunitária da Palavra); Uma nova paróquia Introdução DA: Conversão Pastoral Escolha de outro caminho; Transformar a estrutura paroquial retorno a raiz evangélica; Jesus: modelo (vida e prática); Metodologia: Nele, com Ele e a

Leia mais

Carnaval e Quaresma: uma reflexão - Carnaval e Quaresma: uma reflexão 01-Mar-2014

Carnaval e Quaresma: uma reflexão - Carnaval e Quaresma: uma reflexão 01-Mar-2014 - 01-Mar-2014 da carne, algo como um deboche da condição humana na sua contingência e fragilidade. Contudo, a festa já se verifica em outras civilizações e períodos anteriores ao cristianismo e antes de

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências 1 Os exercícios deverão ser feitos no próprio livro. Livro de Gramática Reflexiva págs. 19, 20, 21 e

Leia mais

Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus. Ef 3: Presb. Cícero Nogueira Martins

Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus. Ef 3: Presb. Cícero Nogueira Martins Orando novamente: Fortalecimento e conhecimento de Deus Ef 3: 14-21 Presb. Cícero Nogueira Martins 1 Efésios - Esboço Louvor pela redenção 1.1-14 Oração por revelação 1.15-23 Posição do cristão 2.1-3.13

Leia mais

ESTUDO SISTEMATIZADO: estudo metódico, gradativo, partindo dos conceitos e princípios mais simples para os mais complexos.

ESTUDO SISTEMATIZADO: estudo metódico, gradativo, partindo dos conceitos e princípios mais simples para os mais complexos. ESTUDO SISTEMATIZADO: estudo metódico, gradativo, partindo dos conceitos e princípios mais simples para os mais complexos. A FEB, por ocasião de seu centenário, em 27 de novembro de 1983, em reunião do

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE

AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE AS 4 COLUNAS DO MDA PROJETO EU TENHO UM GE PROJETO EU TENHO UM GE O QUE É UM GE? GE = Grupo de Evangelismo. Um GE é uma reunião periódica, programada e pré-definida, objetivando levar pessoas a Cristo

Leia mais

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ

PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ PARÓQUIA SANTA RITA DE CÁSSIA DIOCESE DE JUNDIAÍ Material Estudo Bíblico Parte I Apresentação Pe Antônio 24/08 A BÍBLIA SAGRADA Palavra de Deus. Deus fala ao seu povo Deus se revela, se manifesta, intervém

Leia mais

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA

CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA 17-03-2012 Catequese com adultos 11-12 Chave de Bronze A Igreja no desígnio de Deus O que significa a palavra Igreja? Designa o povo que Deus convoca e reúne de todos os

Leia mais

Introdução do Editor. John MacArthur

Introdução do Editor. John MacArthur Introdução do Editor John MacArthur Certa vez, uma mulher me escreveu para dizer que pensava que o cristianismo era bom, mas ela, em particular, era ligada ao zen-budismo. Gostava de ouvir a rádio evangélica,

Leia mais

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português

Catequese Paroquial e CNE Escutismo Católico Português 1º Ano Paroquial e CNE Escutismo Católico Português JESUS GOSTA DE MIM Proporcionar às crianças um bom acolhimento eclesial, pelos catequistas e por toda a comunidade cristã (cf CT 16 e 24). Ajudá-las

Leia mais

Alimentação e agricultura natural na Igreja Messiânica Mundial do Brasil e suas dissidências

Alimentação e agricultura natural na Igreja Messiânica Mundial do Brasil e suas dissidências Alimentação e agricultura natural na Igreja Messiânica Mundial do Brasil e suas dissidências Hiranclair Rosa Gonçalves Doutor em Ciências Sociais pela PUC-SP Resumo: Esse artigo aborda a questão da alimentação

Leia mais

Atos dos apóstolos (1)

Atos dos apóstolos (1) Atos dos apóstolos (1) Roteiro 19 FEDERAÇÃO ESPÍRITA BRASILEIRA Estudo Aprofundado da Doutrina Espírita Livro I Cristianismo e Espiritismo Módulo II O Cristianismo Objetivo Identificar os principais ensinamentos

Leia mais

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias

Catequese Adolescência Paróquia S. Salvador de Carregosa 8º ano/ º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos Estratégias Finalidade: Descobrir-se Cristão Objectivos: Participar na eucaristia Concretizar projecto comunitário (partilha fraterna) Tema do Período Em Diálogo 1 1º Período Objectivos Data Tema da catequese Objectivos

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 26 ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO POPULAÇÃO Grande diversidade étnica: maioria de origem árabe. Dos 16 países, 11 são de etnia árabe, localizados na Península Arábica.

Leia mais

Introdução ao Novo Testamento

Introdução ao Novo Testamento Introdução ao Novo Testamento Prof. Roney Ricardo roneycozzer@hotmail.com Site Teologia & Discernimento A Autoridade do Novo Testamento Em Jesus, os primeiros cristãos tinham descoberto a realidade para

Leia mais

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS O DOM ESPIRITUAL E A EDIFICAÇÃO DA IGREJA Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Romanos 12,6 A cada um, porém, é dada a

Leia mais

QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft.

QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft. QUANDO UM PASTOR DEVE SE NEGAR A REALIZAR UM CASAMENTO? Por Brian Croft. www.santoevangelho.com.br Um pastor deve realizar o casamento de dois não-cristãos? E, quanto a um cristão se casar com um não-cristão?

Leia mais

Restaurando por Completo a Visão Espiritual. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis

Restaurando por Completo a Visão Espiritual. Marcos Pr. Fernando Fernandes. PIB em Penápolis Restaurando por Completo a Visão Espiritual Marcos 8.22-26 Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis Visão é ato ou efeito de ver. É a percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista, que envia ao cérebro

Leia mais

Na Nigéria, religiosos fazem campanha para combater o preconceito contra Exu

Na Nigéria, religiosos fazem campanha para combater o preconceito contra Exu Na Nigéria, religiosos fazem campanha para combater o preconceito contra Exu por Por Dentro da África - terça-feira, janeiro 12, 2016 http://www.pordentrodaafrica.com/cultura/22084 Natalia da Luz, Por

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS III TRIMESTRE 2015 0 MI S IONÁRIOS S Preparado por: Pr. Wellington Almeida MISSÕES TRANSCULTURAIS MISSÕES TRANSCULTURAIS ESBOÇO INTRODUÇÃO DOM - A Mulher Samaritana SEG - O Oficial Romano TER - Lidando

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

Ensino Religioso PROBLEMÁTICAS DO ENSINO E DO USO DE MATERIAL DIDÁTICO. Colégio Ibituruna Governador Valadares, MG 19 de outubro de 2016

Ensino Religioso PROBLEMÁTICAS DO ENSINO E DO USO DE MATERIAL DIDÁTICO. Colégio Ibituruna Governador Valadares, MG 19 de outubro de 2016 Ensino Religioso PROBLEMÁTICAS DO ENSINO E DO USO DE MATERIAL DIDÁTICO Colégio Ibituruna Governador Valadares, MG 19 de outubro de 2016 Welder Lancieri Marchini welder.marchini@gmail.com Nossa rota...

Leia mais

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo.

Conteúdos. Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Tarefas do Pastor, Ancião ou director de estudo bíblico em grupo. Conteúdos Porque fazemos pequenos grupos de estudo bíblico? Quem necessita de estudo bíblico em grupo? Quem deve liderar o grupo? Tipos de pessoas que podem participar nos grupos. Como iniciar um novo

Leia mais

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação Te m a G e r a l A h i s t ó r i a d e J e s u s V i d a e M i n i s t é r i o Aula 7 : 22/Mar/2015 Te m a d a A u l a Escola Bíblica Dominical COXIPÓ lorikrama@hotmail.com Visão Geral Título Autoria Datação

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 Questão 01 (1,0) As religiões orientais desenvolveram-se

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Sexta-feira da 4ª Semana da Quaresma Ó Deus, que

Leia mais

Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?.

Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?. MARCOS 9,11 JOÃO BATISTA E ELIAS vivendopelapalavra.com Revisão e comentários: Helio Clemente Marcos 9,11: E interrogaram-no, dizendo: Por que dizem os escribas ser necessário que Elias venha primeiro?.

Leia mais

Plano da HISTÓRIA DO FUTURO. [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89]

Plano da HISTÓRIA DO FUTURO. [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89] Plano da HISTÓRIA DO FUTURO [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89] LIVRO PRIMEIRO Nome, verdade e fundamento deste Império Se na Sagrada Escritura

Leia mais

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) Componentes Chaves para a Apresentação na Igreja conclusão de mensagem

NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) Componentes Chaves para a Apresentação na Igreja conclusão de mensagem NO ABRIR DA MINHA BOCA (EFÉSIOS 6:19) Componentes Chaves para a Apresentação na Igreja conclusão de mensagem COMPONENTES ESSENCIAIS PARA A APRESENTAÇÃO À IGREJA É essencial que a sua mensagem tenha uma

Leia mais

PARTE 2 - A PALAVRA NORMATIVA. O CÂNONE BÍBLICO

PARTE 2 - A PALAVRA NORMATIVA. O CÂNONE BÍBLICO Índice Siglas e abreviaturas 6 Introdução 7 PARTE 1 - A PALAVRA INSPIRADA CAPÍTULO I - NATUREZA DA INSPIRAÇÃO BÍBLICA 12 1. A inspiração bíblica no limiar do Vaticano II 13 1.1. Deus, autor principal,

Leia mais

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã

BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse. Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã BIBLIOLOGIA IV Epístolas e Apocalipse Prof. Eloi Pereira dos Santos Faesp Extensão Mairiporã Objetivos da Disciplina Facilitar o estudo, compreensão e o uso adequado da Bíblia. Familiarizar o aluno com

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA-5 Os Sem-Igreja Igreja(parte 2): O desinteresse pela igreja e o momento atual da fé evangélica no contexto da pós modernidade e do secularismo IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro

Leia mais

O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4

O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4 O Cristão Carnal Aula 10 Texto Básico Rm 7 ; 1 co 3.1-4 Nosso estudo lida com a realidade de nossa natureza regenerada. Não temos mais a natureza caída de quando nascemos, fomos regenerados. Também não

Leia mais

Interpretação Bíblica

Interpretação Bíblica IGREJA ALIANÇA EVANGÉLICA MISSIONÁRIA Interpretação Bíblica Disciplina 17/03/2011 Este material didático, é de grande importância para o estudo em seminário, visando a formação dos futuros líderes e obreiros

Leia mais

História e Ministério

História e Ministério História e Ministério 1 - Ministério e propósito 2 - Resumo da história da Igreja 3 - Responsabilidades espirituais e oficiais 4 - Documentos relevantes 1. MINISTERIO E PROPÓSITO O Ministério da Igreja

Leia mais

EMENTAS DAS DISCIPLINAS

EMENTAS DAS DISCIPLINAS Cultura Religiosa EMENTAS DAS DISCIPLINAS CURSO ENSINO A DISTÂNCIA (EAD) DE TEOLOGIA Visão global do fenômeno religioso, sua importância e implicações na formação do ser humano e da sociedade, através

Leia mais

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão

Há quatro pontos importantes nesse livro: o primeiro anúncio, a catequese, a vida das comunidade e a missão O livro dos Atos dos Apóstolos é a 2ªparte do Evangelho de São Lucas. Neste livro o autor apresenta a atividade dos apóstolos como uma grande viagem que vai de Jerusalém até Roma, o centro do mundo daquela

Leia mais

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média:

Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: EXERCÍCIOS ON LINE 3º BIMESTRE DISCIPLINA: Filosofia PROFESSOR(A): Julio Guedes Curso TURMA: 2101 e 2102 DATA: Teste: Prova: Trabalho: Formativo: Média: NOME: Nº.: Exercício On Line (1) A filosofia atingiu

Leia mais

O Objetivo da Vida Cristã. Aula 02 Texto básico: Mateus Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho

O Objetivo da Vida Cristã. Aula 02 Texto básico: Mateus Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho O Objetivo da Vida Cristã Aula 02 Texto básico: Mateus 6. 25-34 Hino sugerido: 386 (HNC) - Testemunho Objetivo: Demonstrar que a prática religiosa não é o objetivo da vida cristã, mas o meio pelo qual

Leia mais

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a

É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a É Maria quem nos convida a refletir e guardar no coração a vida e projeto de seu FILHO. A missão dela era nos dar Jesus e fez isso de maneira ímpar. Vamos refletir nos fatos na vida de Jesus onde ELA está

Leia mais

PLANEJAMENTO Fé versus força física Todos saberão que há deus em Israel Jeitos de ser convicto O que diz a educação física

PLANEJAMENTO Fé versus força física Todos saberão que há deus em Israel Jeitos de ser convicto O que diz a educação física Disciplina: Ensino Religioso Série: 8º ano Prof.:Cristiano Souza 1ªUNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES CONVICÇÃO Favorecer um caminho de auto descoberta. Auto-conhecimento: Caminho para conviver

Leia mais

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI História Em 395 o Imperador Teodósio divide o Império Romano em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla

Leia mais

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR

RELACIONAMENTO DISCIPULADOR RELACIONAMENTO DISCIPULADOR O QUE É DISCIPULO? Dicionário Aprendiz, aluno receptivo a ensinamentos, seguidor devotado e/ou disposto a dar prosseguimento ao trabalho (de seu mestre) DISCIPULOS DE QUEM?

Leia mais

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento

Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Itinerários e catequese Itinerário de conversão e de crescimento Imersão progressiva na onda do Espírito, acompanhada por testemunhas feita de escuta, encontros e experiências no coração do REINO/COMUNIDADE

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

Aprendi a fazer Sexo na Bíblia. Entenda o plano de Deus para sua vida sexual

Aprendi a fazer Sexo na Bíblia. Entenda o plano de Deus para sua vida sexual Aprendi a fazer Sexo na Bíblia Entenda o plano de Deus para sua vida sexual Salomão Silva Aprendi a fazer Sexo na Bíblia Entenda o plano de Deus para sua vida sexual 1ª Edição Salvador 2014 Aprendi a fazer

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração SÁBADO DA 34ª SEMANA DO TEMPO COMUM Levantai, ó

Leia mais

A suficiência da Bíblia

A suficiência da Bíblia A suficiência da Bíblia Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente

Leia mais

ORIGEM DO CRISTIANISMO. Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica.

ORIGEM DO CRISTIANISMO. Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica. ORIGEM DO CRISTIANISMO Igreja é uma realidade histórica e, portanto passível de ser estudada sob o ponto de vista da objetividade científica. ORIGEM DO CRISTIANISMO O que começa com cristo não é a salvação,

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

TRADUÇÃO Anderson Dias de Araújo

TRADUÇÃO Anderson Dias de Araújo TRADUÇÃO Anderson Dias de Araújo Sumário Obtendo o máximo de Atos...5 Parte 1: O poder de Deus em Jerusalém e na Judeia Atos 1 12 1- Vocês serão minhas testemunhas Atos 1...8 2- Recebendo o poder Atos

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico Propedêutica Bíblica 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico 24* Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. 25 Há ainda muitas

Leia mais

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA?

EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? EM RESUMO, QUE LUZES NOS TRAZ O DOCUMENTO DE APARECIDA? O documento Conclusivo da V Conferência contém inúmeras e oportunas indicações pastorais, motivadas por ricas reflexões à luz da fé e do atual contexto

Leia mais

COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP

COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP COMO INICIAR UM GRUPO DE JOVENS DA PJMP Preparando o Terreno Quem se dispõe a formar e acompanhar um novo grupo de jovens precisa ter conhecimento de algumas coisas como: O objetivo da Pastoral da Juventude

Leia mais

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016

Rebelião Redenção. Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 Rebelião Redenção e Preparado por: Pr. Wellington Almeida I TRI 2016 O grande LIÇÃO 9 e a Igreja conflito primitiva Preparado por: Pr. Wellington Almeida O grande conflito e a igreja esboço LIÇÃO - I TRI

Leia mais

domingo, 10 de novembro de 13

domingo, 10 de novembro de 13 A n é s i o R o d r i g u e s João 14:26,27 Livres da religião do medo e das maldições João 14:26,27 Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas João

Leia mais

Aula 08 Terceiro Colegial.

Aula 08 Terceiro Colegial. Aula 08 Terceiro Colegial Cristianismo: Entre a Fé e a Razão Busca por uma base racional para sustentar a fé Formulações filosóficas se estendendo por mais de mil anos Cristianismo Palavra de Jesus, que

Leia mais

Não foi um doutor formado nas melhores universidades, mas todos o chamavam de Mestre.

Não foi um doutor formado nas melhores universidades, mas todos o chamavam de Mestre. O Maravilhoso Jesus! Isaías 9.6-7 (Baseado em sermão do Dr. John E. Haggai) Pr. Fernando Fernandes PIB em Penápolis, 31/12/2009 Culto Especial de Fim de Ano 2 Ele não foi um guerrilheiro, mas provocou

Leia mais

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo;

Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; Um só Senhor, uma só fé, um só batismo; INSTITUTO RECIFE NORTE PREPARAÇÃO MISSIONÁRIA Professor Willian Silva AULA 10 FÉ E CONVERSÃO DOUTRINAS E PRINCÍPIOS A COMPREENDER A fé no Senhor Jesus Cristo é essencial

Leia mais