3. Panorama das Crenças Religiosas e Cosmovisões

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "3. Panorama das Crenças Religiosas e Cosmovisões"

Transcrição

1 Em defesa da fé 3. Panorama das Crenças Religiosas e Cosmovisões Quadro de Religiões e Filosofias Mundiais Reclaiming the Mind Ministries 2009 Judaísmo Siquismo Novas Religiões Religiões Tribais Confucionismo Zoroastrismo Xintoísmo Jainismo Taoísmo Budismo Ateismo, Agnosticismo etc Cristianismo Hinduismo Islamismo Pluralismo Religioso Brasileiro Nas últimas três décadas tem havido uma grande mudança no perfil religioso no Brasil, que, apesar de ainda ser o maior país católico do mundo, tem presenciado um enorme decréscimo em número de seguidores do catolicismo. Tendo uma grande parte deles migrado para o chamado baixo espiritismo (cultos afro-brasileiros [candomblé, umbanda, quimbanda]), e o alto espiritismo (kardecismo) etc. Ainda percebemos um grande número de pessoas identificadas como sem religião (que são quase duas 24

2 Curso Apologético vezes maior do que os chamados evangélicos não pentecostais na região sudeste), só perdendo em número para os católicos e os evangélicos pentecostais. Sem religião não são ateus, mas pessoas que, apesar de possuírem crenças definidas sobre vários aspectos de sua experiência espiritual, não fazem parte de nenhum sistema religioso definido por meio de dogmas e doutrinas. Abaixo temos uma estatística da mudança gradativa do perfil religioso brasileiro, com base no censo do IBGE. Católica Apostólica Romana 100% 90% Evangélica Espírita Outras Sem religião e sem declaração 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% Fonte: Diretoria Geral de Estatística, Recenseamento do Brasil 1872/1890, e IBGE, Censo Demográfico 1940/ Compartilhando a Fé com Adeptos de Grupos não Cristãos Entre as várias características do cristianismo bíblico está a de que é e sempre será uma religião proselitista (que busca fazer seguidores em qualquer segmento, inclusive entre os demais grupos religiosos), pois Jesus claramente deu a seus discípulos essa ordem conhecida e expressa em Mateus 28.19,20. 25

3 Em defesa da fé A partir dessa perspectiva de reconhecimento da ordem de Cristo, faz-se necessário obter um conhecimento básico dos cânones (regras) da evangelização de adeptos de outras crenças e religiões, para que o nosso diálogo com tais pessoas se torne frutífero e promissor para o Reino de Deus. A nossa análise será dividida em duas partes fundamentais: Precauções que devem ser tomadas e Como agir diante de adeptos de grupos não cristãos. O estudo cauteloso dessas informações será de grande auxílio para que você consiga cumprir de forma eficaz a ordem de Pedro em sua primeira epístola, dando, assim, a qualquer que lhe pedir a razão de sua esperança (1Pe 3.15,16). 6. Precauções que devem Ser Tomadas 6.1. Aprenda o máximo que puder acerca do grupo que almeja evangelizar. Seus pontos fundamentais: terminologias, crenças básicas e conceitos fundamentais em relação a Deus, suas Escrituras, Jesus (sempre é um bom tema para um diálogo dessa natureza) etc. Outro ponto que não pode ser esquecido são as doutrinas bíblicas que você pretende abordar. Isso tudo contribuirá para que você não se ache despreparado em um diálogo e para que suas respostas não sejam evasivas, ou seu silêncio, ao ser questionado, não possua um efeito inverso, concedendo maior convicção ao adepto de que a fé dele é mais bem fundamentada do que a sua Lembre-se de que quem convence é o Espírito Santo, e não você (Jo ) Lembre-se de que você foi enviado para pregar o evangelho a todas as pessoas; inclusive aos adeptos dos grupos não ortodoxos (Mt ) Não pretenda fazer do encontro com o adepto apenas um teste de conhecimento e tentar humilhá-lo. Nosso intuito deve ser arrebatá-lo do erro (Jd 23). 26

4 Curso Apologético 6.5. Lembre-se de que Satanás também é quem está por trás de todo engano e cegueira espiritual (2Co 4.3, 4) Interceda pelas pessoas que você deseja evangelizar para que todo impedimento seja superado (Ef 6.19, 20). 7. Como Agir Diante dos Adeptos de Grupos não Cristãos 7.1. Deixe a pessoa sentir-se à vontade. Seja cordial Seja um bom ouvinte. Não fique interrompendo o raciocínio da pessoa. Esse tipo de atitude pode inibi-la Não demonstre ser o dono da verdade, mas antes a deixe perceber que você está apenas buscando a verdade dos fatos Demonstre respeito pelo que ela crê, mesmo que não concorde com a sua crença. Por exemplo: se um muçulmano expõe para você a crença na poligamia celestial, nunca trate a sua fé com desdém, apesar de julgar tal crença um grande absurdo Não permita ao adepto de um grupo não ortodoxo se esquivar do assunto que foi iniciado. Por exemplo: se você está tratando da divindade de Jesus, não o permita fugir para outro assunto mesmo que seja relativamente próximo ao tema (a Trindade, por exemplo) Trate um assunto por vez Procure sempre localizar ou documentar as suas afirmações para não transparecer a ideia de que o que foi declarado é apenas mera opinião pessoal Empregue mais perguntas do que afirmações a fim de não ignorar questões importantes e relevantes. As perguntas exigem uma resposta pensada, enquanto as afirmações nem sempre, ou não necessariamente. 27

5 Em defesa da fé 7.9. Nunca deixe que uma pergunta sua não seja respondida e não passe para outra questão antes de obter a resposta da indagação anterior Não ataque nenhuma doutrina do grupo em particular, deixei-o à vontade para lhe dirigir perguntas acerca de sua opinião sobre qualquer tema. Por exemplo: se você está trabalhando com um muçulmano, nunca inicie o diálogo criticando o profeta Mohamed. 28

6 verificação De aprendizagem CENSOS E METODOLOGIAS DE ABORDAGEM 1. De acordo com o censo de 2009, qual a maior religião do mundo? 2. Que grupo religioso mais perdeu seguidores de acordo com o último censo? 3. O cristianismo é uma religião proselitista? Em caso afirmativo, cite a base bíblica para tal comportamento. 4. Por que é importante aprender o máximo que puder acerca do grupo que almeja evangelizar? 5. Embora façamos a nossa parte, quem é o responsável pelo convencimento do discipulando? 6. O que nunca podemos esquecer de acordo com Mt ? 7. Quem também é o principal responsável por todo engano e cegueira espiritual? 8. Cite três formas de agir que mais lhe chamam a atenção ao lidar com adeptos de grupos não Cristãos. 9. Por que é importante o uso de perguntas neste tipo de evangelização? 10. Por que é importante nunca criticar as crenças do grupo ao iniciarmos uma conversa? 29

VALOR: 8 PONTOS PONTOS OBTIDOS: TRABALHO DE ENSINO RELIGIOSO

VALOR: 8 PONTOS PONTOS OBTIDOS: TRABALHO DE ENSINO RELIGIOSO COLÉGIO SÃO PAULO TRABALHO 3ª ETAPA / 1ª Série do Ensino Médio DISCIPLINA: Ensino Religioso PROFESSORA: Teonila Leonel Soares Data: / /2012 Aluno(a) Nº: Turma: VALOR: 8 PONTOS PONTOS OBTIDOS: TRABALHO

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta matéria é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 8 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA PATRÍCIA FONSECA PROF. LUIS CLÁUDIO BATISTA Avaliação da unidade III Pontuação: 7,5 pontos 2 Questão 01 (1,0) As religiões orientais desenvolveram-se

Leia mais

SEITAS E RELIGIÕES APOLOGÉTICA

SEITAS E RELIGIÕES APOLOGÉTICA SEITAS E RELIGIÕES APOLOGÉTICA INTRODUÇÃO A história da igreja é a história das controvérsias teológicas. Desde o início, os apóstolos e a igreja precisaram se levantar contra falsas idéias: a. Paulo lutou

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta matéria é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser instrumento de Deus para o resgate da verdade em amor.

Leia mais

Escola Ryle de Teologia. Grade Curricular 1º Ano

Escola Ryle de Teologia. Grade Curricular 1º Ano Escola Ryle de Teologia Ensinando o poder do evangelho de Cristo Grade Curricular 1º Ano Introdução à Bíblia Como não se pode fazer teologia sem a Palavra de Deus, vamos dar início com esse tema. Este

Leia mais

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos

evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Tema do trimestre: Maravilhosa graça O evangelho de Jesus Cristo revelado na carta aos Romanos O Estudo da epístola de Paulo aos Romanos, um dos livros mais analisados na história da Igreja (Agostinho,

Leia mais

ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA

ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA ENSINO RELIGIOSO 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª ERIKA CARMO PROF. LUÍS CLÁUDIO BATISTA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Pluralismo e diversidade religiosa 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 5 Conteúdos

Leia mais

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN

IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS DE MOSSORÓ RN CURSO SOBRE O CREMOS DA ASSEMBLEIA DE DEUS Primeiro Artigo de Fé: Cremos em um só Deus, eternamente subsistente em três pessoas distintas: o Pai, o Filho

Leia mais

Paracletologia SEFO 2013

Paracletologia SEFO 2013 Paracletologia SEFO 2013 1 ª Aula Fabio Codo Fábio Codo - http://teologiaaservicoevangelho.wordpress.com Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Madureira Campo de Mogi das Cruzes Conteúdo Programático

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

Religiões Proféticas

Religiões Proféticas Religiões Proféticas O QUE É RELIGIÃO? Religião é uma fé, uma devoção a tudo que é considerado sagrado. É um culto que aproxima o homem das entidades a quem são atribuídas poderes sobrenaturais. É uma

Leia mais

DIÁLOGO ECUMÊNICO E DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO

DIÁLOGO ECUMÊNICO E DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO DIÁLOGO ECUMÊNICO E DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO Aloísio Cardeal Lorscheider* Introdução Alguns gostam de chamar isso de macroecumenismo. Prefiro manter as duas expressões separadas. Por quê? É que o diálogo

Leia mais

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global

EVANGELISMO. Por Evaristo Filho. SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global EVANGELISMO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais Pré-Tarefas Antes

Leia mais

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Texto para reflexão Pão Nosso Item 41 No Futuro Quem aqui gosta de manga? Prefere comprida ou curta? Evolução da

Leia mais

EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã

EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã EXAME UNIDADE 1: Maturidade Cristã Nome: As seguintes afirmações ou são verdadeiras ou falsas. Indique com V ou F. 1. Um crente cresce em maturidade cristã mesmo que este não queira. 2. Deus tem um plano

Leia mais

CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS

CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS CONFLITOS POLÍTICO-CULTURAIS CULTURA CONCEITO São todas as obras e valores de um povo ou de uma sociedade CIVILIZAÇÃO CONCEITO É um agrupamento de culturas menores, formando, assim, uma ampla cultura.

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

TRINITARIANISMO (parte I)

TRINITARIANISMO (parte I) TRINITARIANISMO (parte I) A Palavra de Deus diz: Não terás outros deuses diante de mim. (Êx 20:3) Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências 1 Os exercícios deverão ser feitos no próprio livro. Livro de Gramática Reflexiva págs. 19, 20, 21 e

Leia mais

Introdução do Editor. John MacArthur

Introdução do Editor. John MacArthur Introdução do Editor John MacArthur Certa vez, uma mulher me escreveu para dizer que pensava que o cristianismo era bom, mas ela, em particular, era ligada ao zen-budismo. Gostava de ouvir a rádio evangélica,

Leia mais

GRUPOS DE RELIGIÃO E RELIGIÕES

GRUPOS DE RELIGIÃO E RELIGIÕES GRUPOS DE RELIGIÃO E RELIGIÕES 00 SEM RELIGIÃO 000 Sem religião 001 Agnóstico 002 Ateu 11 CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA 110 Católica Apostólica Romana 111 Católica Carismática; Católica Pentecostal 112 Católica

Leia mais

Às filhas da Terra. Ela conhece as lágrimas penosas E recebe a oração da alma insegura, Inundando de amor e de ternura As feridas cruéis e dolorosas.

Às filhas da Terra. Ela conhece as lágrimas penosas E recebe a oração da alma insegura, Inundando de amor e de ternura As feridas cruéis e dolorosas. Maria: mãe! Às filhas da Terra Do seu trono de luzes e de rosas, A Rainha dos Anjos, meiga e pura Estende os braços para a desventura, Que campeia nas sendas espinhosas. Ela conhece as lágrimas penosas

Leia mais

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15 Sumário Prefácio, 13 Primeira parte - Fundamentação, 15 I. A teologia fundamental como ciência teológica básica, 17 1 Teologia como "fala de Deus", 17 1.1 Tipos básicos de teologia, 17 a) A teologia como

Leia mais

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA

LIÇÃO 13 A EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL NESTA ÚLTIMA HORA INTRODUÇÃO - Concluindo o estudo deste trimestre sobre evangelização, estudaremos a necessária integralidade desta atividade mais importante, da razão de ser da igreja. - A evangelização tem de ser integral.

Leia mais

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS

OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS OS DONS DO ESPÍRITO SANTO O CAMINHO DOS DOS ESPIRITUAIS O DOM ESPIRITUAL E A EDIFICAÇÃO DA IGREJA Temos diferentes dons, de acordo com a graça que nos foi dada. Romanos 12,6 A cada um, porém, é dada a

Leia mais

Antes de começar, precisamos reconhecer que

Antes de começar, precisamos reconhecer que Antes de começar, precisamos reconhecer que toda pessoa de fé tem dúvidas toda pessoa cética tem fé A dúvida do crente: Uma fé sem algumas dúvidas é como um corpo sem anticorpos Tim Keller A fé do cético:

Leia mais

BUDISMO O budismo não é só uma religião, mas também um sistema ético e filosófico, originário da região da Índia. Foi criado por Sidarta Gautama (563?

BUDISMO O budismo não é só uma religião, mas também um sistema ético e filosófico, originário da região da Índia. Foi criado por Sidarta Gautama (563? ÁSIA - RELIGIÕES BUDISMO O budismo não é só uma religião, mas também um sistema ético e filosófico, originário da região da Índia. Foi criado por Sidarta Gautama (563? - 483 a.c.?), também conhecido como

Leia mais

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL

Acesso ao Jesus da História ROSSI & KLINGBEIL Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO

Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão ENSINO RELIGIOSO A Aula 5.2 Conteúdo: As grandes Religiões de matriz Orientais Hinduísmo - Índia Budismo - Índia Taoísmo - China Xintoísmo - Japão 2 A Habilidades: Identificas as diferenças e semelhanças entre as religiões

Leia mais

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas

PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas PROFECIAS NEWS Boletim Informativo de Religiões Proféticas Judaísmo, Cristianismo, Islamismo Qual a definição da palavra religião? Vem do latim religare, tem o siginificado de religação. Essa religação

Leia mais

A DOUTRINA DA TRINDADE

A DOUTRINA DA TRINDADE A DOUTRINA DA TRINDADE A Trindade, Ensinamento doutrinal de domínio no cristianismo, diz que, o Único Deus, revela-se em três pessoas divinas distintas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Que a mesma divindade

Leia mais

LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS.

LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS. LUGARES SAGRADOS DE ALGUMAS TRADIÇÕES RELIGIOSAS. Pode-se observar que muitas pessoas, de diferentes religiões, estabelecem lugares como sagrados. Sendo o sagrado reconhecido em suas manifestações, os

Leia mais

study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, p.

study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, p. GORSKI, Eugene F. Theology of religions. A sourcebook for interreligious study. New York/Mahwah: NJ/Paulist Press, 2008. 324 p. João Batista Libanio * O livro quer ser uma fonte de dados para o estudo

Leia mais

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que?

Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? Conversa de Formigas Uma formiga conversando com outra: -Qual é o seu nome? -Fu. -Fu o que? -Fu miga. E você? -Ota. -Ota o que? -Ota fu miga Metodologia de uma Escola Bíblico-Catequética Método. [do gr.

Leia mais

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS

III TRIMESTRE 2015 LIÇÃO. S Preparado por: Pr. Wellington Almeida IONÁRIOS MISSÕES TRANSCULTURAIS III TRIMESTRE 2015 0 MI S IONÁRIOS S Preparado por: Pr. Wellington Almeida MISSÕES TRANSCULTURAIS MISSÕES TRANSCULTURAIS ESBOÇO INTRODUÇÃO DOM - A Mulher Samaritana SEG - O Oficial Romano TER - Lidando

Leia mais

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã.

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. Uma missão irrenunciável da igreja como um todo e do cristão particularmente. O QUE É INDISPENSÁVEL PARA A EVANGELIZAÇÃO? Conversão

Leia mais

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A Doutrina a c e r c a d a : Responda: O que a Doutrina da Trindade tem a ver com: Sua salvação Sua oração Seu casamento : Deus é UM ou Deus é TRÊS? : Nossa limitação: Ó profundidade da riqueza da sabedoria

Leia mais

Alexandre Zanca Bacich SÍNTESE TEOLÓGICA

Alexandre Zanca Bacich SÍNTESE TEOLÓGICA SÍNTESE TEOLÓGICA 1 Síntese de Teologia 2 SÍNTESE TEOLÓGICA MATÉRIAS DE TEOLOGIA ALEXANDRE ZANCA BACICH 3 Síntese de Teologia Copyright 2016 by Alexandre Zanca Bacich Todos os direitos reservados e protegidos

Leia mais

PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA

PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA INSTITUTO EDUCACIONAL DE TEOLOGIA EVANGÉLICA[1] PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA SISTEMA EAD DE NATUREZA JURÍDICA LIVRE ALUNO (A): MAT: 000/2014 MATÉRIA: INTRODUÇÃO À TEOLOGIA

Leia mais

Metas/Objetivos Descritores/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação

Metas/Objetivos Descritores/Conteúdos Estratégias/Metodologias Avaliação 1º Período Unidade Letiva 1 A Dignidade da Vida Humana Domínio ÉTICA E MORAL CULTURA CRISTÃ E VISÃO CRISTÃ DA VIDA Calendarização: 26 aulas Metas/Objetivos Descritores/Conteúdos Estratégias/Metodologias

Leia mais

Acesso ao Jesus da História

Acesso ao Jesus da História 2 O Acesso ao Jesus da História Acesso ao Jesus da História A preocupação central da cristologia é o acesso ao Jesus da história. Se as cristologias do NT não são biografias, que acesso temos, então, ao

Leia mais

CULTURA ECLÉTICA Ensinamentos Esoteroespiritualistas Aula de Apresentação

CULTURA ECLÉTICA Ensinamentos Esoteroespiritualistas Aula de Apresentação CULTURA ECLÉTICA Ensinamentos Esoteroespiritualistas Aula de Apresentação Os ensinamentos apresentados ao ser humano se subdividem em espiritismo, espiritualismo, seitas, artes, filosofia, religiões e

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira

IGREJA E CULTO. Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira AULA-5 Os Sem-Igreja Igreja(parte 2): O desinteresse pela igreja e o momento atual da fé evangélica no contexto da pós modernidade e do secularismo IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro

Leia mais

Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos Plano de aula Sugestão Didática

Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos Plano de aula Sugestão Didática Lição 3 Jesus Cristo: a garantia da justificação! Texto bíblico: Romanos 3.21-30 Plano de aula Sugestão Didática 1- OBJETIVO DA LIÇÃO: a- Mostra o processo histórico do amor de Deus pelo homem. b-compreender

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano OS POVOS DA ANTIGUIDADE ORIENTAL: ORIENTE PRÓXIMO E EXTREMO ORIENTE QUAIS A PRINCIPAL HERANÇA DEIXADA PELOS HEBREUS A maior contribuição dos hebreus foi religiosa.

Leia mais

A QUEM PERTENCE O REINO DOS CÉUS?

A QUEM PERTENCE O REINO DOS CÉUS? A QUEM PERTENCE O REINO DOS CÉUS? Maria Luiza Marques Pereira de Siqueira Universidade Potiguar e-mail: callcenter@unp.br A ideia de dualismo interposto na Grécia antiga ainda perpetua nos dias atuais,

Leia mais

Qual é o Evangelho Completo?

Qual é o Evangelho Completo? Qual é o Evangelho Completo? "Evangelho" significa boa notícia! Cristo é a Boa Nova de Deus para o homem. Assim, Cristo é o Evangelho. O anúncio de Cristo plenamente com todas as Suas bênçãos é mensagem

Leia mais

CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 9ºANO E.F.II

CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 9ºANO E.F.II CONTEÚDOS PARA EXAME FINAL 9ºANO E.F.II MATEMÁTICA PROFª. CRISTIANE LIVRO 2 CAPÍTULO 04 RADICIAÇÃO - CAPÍTULO 05 OPERAÇÕES COM RADICAIS LIVRO 4 CAPÍTULO 10 TÉCNICAS ALGÉBRICAS, O PRODUTO NOTÁVEL. CAPÍTULO

Leia mais

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI)

A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) A REVELAÇÃO E A MISSÃO DE DEUS (MISSIO DEI) Teologia Bíblica da Missão de Deus Tema missiológico comum: Reino de Deus Mais de 70 vezes é referido por Jesus nos Evangelhos O tema destaca-se do começo ao

Leia mais

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial

Roteiro de leitura e síntese para compreender. o significado da Comunidade Eclesial Roteiro de leitura e síntese para compreender o significado da Comunidade Eclesial Comunidade Eclesial Sinal do Reino no presente e no futuro O livro está dividido em 4 capítulos: Refletindo sobre Comunidade

Leia mais

A classe da Terceira Idade

A classe da Terceira Idade CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO CRISTÃ IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL CONSELHO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ E PUBLICAÇÕES Oficina A classe da Terceira Idade 22/04/16 10h30 e 14h20 Universidade Presbiteriana Mackenzie

Leia mais

Escola Secundária/3 de Felgueiras Planificação da Disciplina de E.M.R.C. 9º Ano 2012/2013

Escola Secundária/3 de Felgueiras Planificação da Disciplina de E.M.R.C. 9º Ano 2012/2013 1 A Dignidade da Pessoa Humana Dignidade e inviolabilidade da vida humana: declarações de direitos e perspetiva da Igreja Católica. A vida: condição de possibilidade de todos os outros valores A vida como

Leia mais

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07

CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO. APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 CONHECENDO O ESPÍRITO SANTO APOSTILA DA CLASSE DE NOVOS MEMBROS Volume 06 de 07 A trindade sempre existiu, mas se apresenta com maior clareza com vinda de Cristo e a redação do Novo Testamento. Por exemplo,

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE

CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE CURSO DE FORMAÇÃO DE OBREIRO ON LINE AULA 8: ECLESIOLOGIA Baseado em Jeremias 9: 24, a Igreja Pentecostal Deus é Amor oferece a você, obreiro, a oportunidade aprofundar seu conhecimento na palavra de Deus

Leia mais

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz

Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL. 18 jan Pr. Adriano Diniz Lição nº 3 VERDADE SOBRE A UNÇÃO ESPIRITUAL Pr. Adriano Diniz 18 jan 2015 TEXTO ÁUREO O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu para pregar boas novas aos pobres. Ele me enviou para proclamar

Leia mais

A Declaração de Jerusalém

A Declaração de Jerusalém A Declaração de Jerusalém Introdução Preocupados em estabelecer fundamentos sobre os quais a igreja deve buscar a expansão do cristianismo, representantes anglicanos de todo o mundo firmaram princípios

Leia mais

MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS

MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS MEMORIZANDO O QUE APRENDEMOS NAS 13 LIÇÕES DA REVISTA RELIGIÕES, SEITAS E HERESIAS Lição 1 Como identificar e refutar as seitas e heresias Na primeira lição entendemos que o cristão deve estar atento acerca

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC)

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE SÁTÃO CURRÍCULO DISCIPLINAR 3º ANO EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA CATÓLICA (EMRC) (SNEC) 2015-16 3 º ANO Unidade Letiva 1 A Dignidade das Crianças 1. Tomar consciência de que as crianças

Leia mais

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e

O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e O Espírito Santo, que o Pai nos presenteia, identifica-nos com Jesus- Caminho, abrindo-nos ao seu mistério de salvação para que sejamos filhos seus e irmãos uns dos outros; identifica-nos com Jesus-Verdade,

Leia mais

A DOUTRINA SOBRE O ESPÍRITO SANTO. Jl. 2:28-29 Ef. 5:18 Rm 8:14

A DOUTRINA SOBRE O ESPÍRITO SANTO. Jl. 2:28-29 Ef. 5:18 Rm 8:14 A DOUTRINA SOBRE O ESPÍRITO SANTO Jl. 2:28-29 Ef. 5:18 Rm 8:14 Introdução: Uma das doutrinas bíblicas que os cristãos precisam compreender com clareza, é a doutrina relacionada a pessoa do Espírito Santo.

Leia mais

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas?

Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? Se Jesus ressuscitou, onde estão as testemunhas? 1 Coríntios 15.1-11 1. Irmãos, quero lembrar-lhes o evangelho que lhes preguei, o qual vocês receberam e no qual estão firmes. 2. Por meio deste evangelho

Leia mais

QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ?

QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ? QUAL O SIGNIFICADO DE RELIGIOSIDADE PARA VOCÊ? COMO A FILOSOFIA ESPÍRITA DEFINE O PROCESSO DE ESPIRITUALIZAÇÃO DO SER HUMANO? QUANDO E COMO ELE COMEÇA? QUAL O REAL CONCEITO DE RELIGIÃO? A religião é caracterizada

Leia mais

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita

A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita A Doutrina Espírita e seu Tríplice Aspecto Movimento Espírita Centro Espírita Facilitadora: Mônica Oliveira / Mônica Urbano Data: 22/09/2012 Doutrina = Do latim Doctrina 1 - Conjunto de princípios em que

Leia mais

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo

EVANGELISMO. Uma ideia nada popular. razão externa: religião como fenômeno particular. razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo EVANGELISMO Uma ideia nada popular razão externa: religião como fenômeno particular razão interna: confusão entre evangelismo e proselitismo O QUE EVANGELISMO NÃO É? Não é um convite para ir uma reunião

Leia mais

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade

ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade ANIMAÇÃO BÍBLICA DA PASTORA: uma nova mentalidade Tanto o Documento de Aparecida (248) como a Exortação Apostólica Verbum Domini (73) se referem à uma nova linguagem e a um novo passo na questão bíblica:

Leia mais

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular

FEB - EADE - Livro III - Módulo I - Roteiro 3 - A pedra angular Esclarecer, à luz do Espiritismo, por que o Cristianismo é considerado pedra angular. Realizar análise espírita destas palavras do Cristo: O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar

Leia mais

2 Timóteo 4.3 Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo grande desejo de ouvir coisas agradáveis, ajuntarão para si mestres, segundo os seus próprios desejos, Verdade Aplicada O

Leia mais

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte

8º Capítulo. Petros Os Dons Pilares 1ª Parte 8º Capítulo Petros Os Dons Pilares 1ª Parte O texto de I Co 12:7-11 fala sobre os dons espirituais, aqui chamados de carismáticos; O texto de Ef 4:11 fala sobre os dons ministeriais, aqui chamados de dons

Leia mais

Módulo III O que anuncia a Catequese?

Módulo III O que anuncia a Catequese? Módulo III O que anuncia a Catequese? Diocese de Aveiro Objectivos Tomar consciência da realidade complexa do ser humano a quem levamos, hoje, uma Boa Nova. Compreender a importância da Sagrada Escritura

Leia mais

RELIGIÃO E MORAL ESPÍRITA

RELIGIÃO E MORAL ESPÍRITA Casa Espírita Francisco de Paula Vítor RELIGIÃO E MORAL ESPÍRITA ESPIRITISMO: QUESTÃO DE FUNDO E NÃO DE FORMA Lambari, MG setembro de 2015 Por Antônio Carlos Guimarães Evolução do Princípio Inteligente

Leia mais

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT)

ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) ESCOLA DE MISSÕES FORMAÇAO MINISTERIAL TENDA (FMT) A FMT-Escola oferece este Curso para aqueles que tem um chamado para a obra de missões, mas que também queiram servir na igreja local. O CURSO A) CURSO

Leia mais

Curso de PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO I I Semestre de Professor: José Martins Júnior. Quartas-feiras. (11) (Whatsapp)

Curso de PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO I I Semestre de Professor: José Martins Júnior. Quartas-feiras. (11) (Whatsapp) Curso de PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO I I Semestre de 2017 Professor: José Martins Júnior Quartas-feiras (11) 9.8383-5316 (Whatsapp) pastorjunioropbb2815@gmail.com www.reflexoes-e-flexoes.blogspot.com.br

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência. Menos maturidade

Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência. Menos maturidade Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência Menos maturidade Recapitulando: Síndrome de Peter Pan aquela pessoa que não sabe ou não pode renunciar a ser filho para começar a ser pai (Dan Kiley)

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal

Treinamento de Instrutores Bíblicos. Princípios de Testemunho Pessoal North American Division Portuguese Ministry Treinamento de Instrutores Bíblicos Princípios de Testemunho Pessoal Princípios de Testemunho Pessoal CRESCIMENTO DA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO - Atos 1:15 -

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4).

Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). Leitura: Romanos 12.1-8 Deus tem um plano para cada um de nós, com propósitos bem definidos (Pv 16.4). O plano é perfeito e inclui a salvação em Cristo (2 Ts 2.13) e a capacitação para lhe servirmos (2

Leia mais

Evolução das Religiões. Evolução das Religiões. Religião e Ciclo de Vida. Religião e Ciclo de Vida. Religião e Ciclo de Vida.

Evolução das Religiões. Evolução das Religiões. Religião e Ciclo de Vida. Religião e Ciclo de Vida. Religião e Ciclo de Vida. Evolução das Religiões Brasil: Participação de Católicos na População - 1872 a 99,72 98,92 95,01 93,48 93,07 91,77 88,96 83,34 1872 1890 1900 1910 1920 1930 1960 1991 73,89 73,79 Evolução das Religiões

Leia mais

PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016

PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016 PADRES APOLOGISTAS, APOSTÓLICOS E CONTROVERSISTAS... PROFESSOR UILSON FERNANDES 19/09/2016 DEFINIÇÕES CONCEITUAIS... O nome patrística advém diretamente das figuras desse grande primeiro momento da Filosofia

Leia mais

Evangelho. Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27

Evangelho. Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27 Evangelho Viver os ensinamentos Mateus: 7:21-27 27 Mateus 7 21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. 22 Muitos me

Leia mais

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony

A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony INTRODUÇÃO A teologia da política Dr. Rousas John Rushdoony Introdução Uma área de estudo muito negligenciada nos dois séculos passados ou mais é a teologia da política. O pensamento político tem se tornado

Leia mais

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves PASTORES, LOBOS E POODLES Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Mateus 24:24 Porque tais falsos apóstolos

Leia mais

Dossiê: Religião e Demografia Artigo original. DOI /P v12n36p1140. Claudio Santiago Dias Junior Ana Paula Verona** Resumo

Dossiê: Religião e Demografia Artigo original. DOI /P v12n36p1140. Claudio Santiago Dias Junior Ana Paula Verona** Resumo Dossiê: Religião e Demografia Artigo original DOI 10.5752/P.2175-5841.2014v12n36p1140 Perfil religioso da população autodeclarada indígena no Brasil: considerações a partir do censo demográfico de 2010

Leia mais

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10

Princípios para uma Catequese Renovada. Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Princípios para uma Catequese Renovada Eu vim para que tenham a vida Jo 10,10 Por que Renovada? Podemos renovar o que ainda não existe? Como renovar? Introdução A renovação atual da catequese nasceu para

Leia mais

INTRODUÇÃO À TEOLOGIA

INTRODUÇÃO À TEOLOGIA - INTRODUÇÃO À TEOLOGIA PALAVRA DO DIRETOR Este é o primeiro módulo que você vai estudar no Curso Básico em Teologia, que é constituído de 24 disciplinas, distribuído em 12 módulos. Neste módulo você será

Leia mais

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015

Fiéis em cristo. Direitos e deveres dos fiéis leigos. Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 Fiéis em cristo Direitos e deveres dos fiéis leigos Paróquia São Francisco de Assis Ribeirão Preto 05/08/2015 A igreja Necessidade de se fazer a distinção quando usamos o termo IGREJA. Quando falamos em

Leia mais

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Lição 8 PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA CRISTOLOGIA BÍBLICA Pr. Marcel Mendes Filho Texto Áureo A eles quis Deus dar a conhecer entre os gentios a gloriosa riqueza deste mistério, que é Cristo em vocês, a esperança

Leia mais

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1)

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) APÓSTOLO PAULO Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para

Leia mais

Lição 8. O Catolicismo está Mudando? Leitura bíblica: Mateus

Lição 8. O Catolicismo está Mudando? Leitura bíblica: Mateus Lição 8 O Catolicismo está Mudando? Leitura bíblica: Mateus 16.13-21 Introdução: Catolicismo é uma expressão usada para identificar as pessoas que praticam sua fé em sintonia com os ensinos da Igreja Romana

Leia mais

Métodos Teológicos. Prof. Me. Joerley Cruz

Métodos Teológicos. Prof. Me. Joerley Cruz Prof. Me. Joerley Cruz O objeto e o sujeito... O objeto do método teológico, do estudo teológico é a teologia é sobre quem nos debruçamos, e com imenso respeito, observamos com total cuidado O sujeito

Leia mais

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O MINISTÉRIO TRÍPLICE DE JESUS Jesus Cristo em seu ministério tríplice pregou, curou e ensinou, mas o ensino foi a atividade mais

Leia mais

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski

* Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO. DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Apostila Nr. 01 O VERDADEIRO SENTIDO DO DIZIMO DIOCESE DE JOINVILLE SC PASTORAL DO DIZIMO Pe. Ivanor Macieski Introdução Neste primeiro volume da Apostila da Pastoral do dizimo, desejamos aprofundar o

Leia mais

CATECISMO do Século XXI

CATECISMO do Século XXI CATECISMO do Século XXI IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL IGREJA ANGLICANA REFORMADA DO BRASIL Sumário Introdução 1 Prefácio 3 A Chamada de Deus 7 A Fé Cristã 11 A Obediência Cristã 17 O Crescimento

Leia mais

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização

Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Luzes dos Documentos Conciliares Para a Nova Evangelização Prof. Denilson A. Rossi O que se entende por Nova Evangelização? Quais são as luzes dos documentos conciliares para a Nova Evangelização? Em que

Leia mais