A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A teologia da política. Dr. Rousas John Rushdoony"

Transcrição

1 INTRODUÇÃO A teologia da política Dr. Rousas John Rushdoony

2

3 Introdução Uma área de estudo muito negligenciada nos dois séculos passados ou mais é a teologia da política. O pensamento político tem se tornado secularizado e humanista a ponto de que falar sobre a relação entre Deus e política ser para muitos introduzir um fator estranho na discussão. Segundo vários pastores, a extensão da preocupação política pela Igreja deveria ser limitada a orar pelas autoridades. Essa é uma redução miserável do significado da fé. O ponto de partida do pensamento bíblico é o fato da criação. No princípio, criou Deus os céus e a terra (Gênesis 1.1). O Deus criador não é alguma divindade não partidária que tolere igualmente uma variedade de religiões e filosofias. Ele é o Deus trino; é o Pai de Jesus Cristo. Deus o Filho, em sua existência eterna, é aquele por quem todas as coisas foram criadas. João começa seu evangelho fazendo tal identificação: No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele, e, sem ele, nada do que foi feito se fez. (João 1.1-3) Assim, política não pode ser uma esfera neutra. Num universo que é totalmente criação de Deus, não pode existir nenhuma esfera neutra, e nenhum pensamento ou átomo neutro. Todas as coisas estão sob Deus e o seu governo. Além do mais, somos claramente informados: aquele que é o bendito e único Soberano, Reis dos reis e Senhor dos 15

4 16 Com Liberdade e Justiça para Todos senhores (2 Timóteo 6.15) é o nosso Senhor Jesus Cristo. Significa que, primeiro, não pode existir nenhum sistema político religiosamente neutro. Todos estão submissos a Cristo ou contra ele. Pode existir liberdade religiosa, mas não neutralidade. Imaginar que Deus tenha deixado algumas áreas de sua criação fora do seu propósito e governo não tem base na Escritura. Segundo, significa que devemos ter uma teologia de política, baseada sobre toda a Palavra de Deus. Tal teologia deve aplicar a Escritura a cada faceta da vida política. Deve enfatizar o dever a Deus de todos os que ocupam algum ofício. A Constituição dos Estados Unidos fornece um voto de ofício; os que ajudaram a escrever a Constituição consideravam os votos como um fato bíblico; um voto coloca o ofício, o oficial, e a ordem social, sob Deus. Terceiro, porque a ordem social é um fato moral, e a moralidade é um ramo da teologia, uma falta de fé entre o povo, e uma indiferença à ordem teológica pelo Estado, logo significarão uma decadência moral e, então, o colapso social. Quarto, um governo civil não é uma igreja e, assim, não se deve envolver nas questões da igreja ou em doutrinas eclesiásticas, porém, deve afirmar uma fé bíblica, se quiser evitar o colapso social. A política divorciada de Deus e de sua Palavra não pode fornecer uma ordem moral válida. Pelo contrário, ela se torna uma força corrosiva que leva a decadência. Isso não significa que basta um credo para o Estado. Afinal, não são poucas as igrejas que professam grandes credos e não creem em nenhum deles. Uma teologia de política sadia deve começar na vida das pessoas e manifestar-se nas igrejas. Se não estiver no povo nem na Igreja, não estará no Estado.

5 Introdução Quinto, em termos da Escritura, a Igreja e o Estado são ministros sob Deus. A Igreja é um ministro de graça, e o Estado, um ministro de justiça. Observe que em nenhum caso devemos limitar os ministérios. Embora a igreja seja o principal meio do ministério da graça, não ousamos esquecer que a graça de Deus alcança homens por meio de vários canais. O mesmo é verdade quanto ao governo civil; o mundo seria um lugar sombrio e terrível se a justiça existisse somente dentro do maquinário do Estado. Nossos pais administravam rotineiramente a justiça em nós, assim como as igrejas, os patrões e uma variedade de grupos e pessoas. Para ser eficaz, a graça e a justiça devem estar presentes em cada esfera da vida. Não devemos restringir a obra de Deus aos canais oficiais! Fazê-lo é limitar a Deus, uma coisa perigosa de se tentar. Precisamos ver a natureza ministerial do governo civil sem limitar a justiça ao Estado. Na década de 1600, Richard Steele escreveu The Religious Tradesman [O comerciante religioso], uma aplicação da Escritura ao mundo dos negócios. Começou declarando que a religião, significando o cristianismo, é o maior negócio da vida. Qualquer teoria de política que negligencie a fé bíblica como sua premissa resultará em engano e produzirá desordem social. Joe Morecraft, III escreveu um estudo de teologia política. E nos diz que a liberdade e a justiça têm como sua premissa necessária o cristianismo, e que sem essa fé, a sociedade termina em escravidão e injustiça. Escreve com habilidade, inteligência e franqueza. Sua fé não é limitada, nem sua trombeta soa escapismo. Antes, com fé no Deus trino e soberano, Morecraft é um guerreiro da verdade. 17

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9

LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 LIÇÃO 1 Por que liderança masculina? Atos 14.23; Tito 1.5-9 1. Considerando as grandes mudanças ocorridas na sociedade, como a igreja deve responder a elas à luz do ensino do NT? A resposta é se adequar

Leia mais

A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO

A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO A SEGUNDA VOLTA DE CRISTO 1 - Só existirá uma nova vinda de Cristo. Esta segunda vinda será um evento pessoal e físico, Jesus voltará fisicamente à terra, a mesma pessoa que deixou os apóstolos na ascensão

Leia mais

Antes de começar, precisamos reconhecer que

Antes de começar, precisamos reconhecer que Antes de começar, precisamos reconhecer que toda pessoa de fé tem dúvidas toda pessoa cética tem fé A dúvida do crente: Uma fé sem algumas dúvidas é como um corpo sem anticorpos Tim Keller A fé do cético:

Leia mais

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu

Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! - O perdão do teu passado - Um propósito para a tua vida futura - Uma morada no céu Eis-te aqui! Eis um livro com uma mensagem! Uma mensagem que vai responder à tua pergunta o que posso fazer aqui na terra? Há uma mensagem que responde a todas as tuas perguntas e dúvidas. Este livro demonstra

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida ~ USA 1 Oferta Lição 10 (volte para as páginas 4, 5 e 6) Qual é o significado da oferta e quais são as minhas responsabilidades nesta área? O assunto da oferta é extremamente controverso na cristandade hoje

Leia mais

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura.

No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Franklin Ferreira No contexto da fé cristã, a teologia não é o estudo de Deus como algo abstrato, mas é o estudo do Deus pessoal revelado na Escritura. Necessariamente isso inclui tudo o que é revelado

Leia mais

Escola Ryle de Teologia. Grade Curricular 1º Ano

Escola Ryle de Teologia. Grade Curricular 1º Ano Escola Ryle de Teologia Ensinando o poder do evangelho de Cristo Grade Curricular 1º Ano Introdução à Bíblia Como não se pode fazer teologia sem a Palavra de Deus, vamos dar início com esse tema. Este

Leia mais

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15

Sumário. Prefácio, 13. Primeira parte - Fundamentação, 15 Sumário Prefácio, 13 Primeira parte - Fundamentação, 15 I. A teologia fundamental como ciência teológica básica, 17 1 Teologia como "fala de Deus", 17 1.1 Tipos básicos de teologia, 17 a) A teologia como

Leia mais

G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade. Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental

G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade. Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental G-1 Questões de (Sacerdócio) Moralidade Apresentada pelo Centro de Missão do Canadá Oriental Resumo: Esta resolução recomendaria a Primeira Presidência que considere revisar a política da Igreja Mundial,

Leia mais

TEOLOGIA CRISTÃ: UMA INTRODUÇÃO À SISTEMATIZAÇÃO DAS DOUTRINAS

TEOLOGIA CRISTÃ: UMA INTRODUÇÃO À SISTEMATIZAÇÃO DAS DOUTRINAS TEOLOGIA CRISTÃ: UMA INTRODUÇÃO À SISTEMATIZAÇÃO DAS DOUTRINAS FERREIRA, Franklin. Teologia cristã: uma introdução à sistematização das doutrinas. São Paulo: Edições Vida Nova, 2011. Natan da Costa Fernandes

Leia mais

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gênesis 1.27

E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gênesis 1.27 E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se

Leia mais

3ª edição Projeto Timóteo Como Dar a Razão de Sua Fé Apostila do Aluno

3ª edição Projeto Timóteo Como Dar a Razão de Sua Fé Apostila do Aluno Como Dar a Razão de Sua Fé Projeto Timóteo 1 Apostila do Aluno Como Dar a Razão de Sua Fé Projeto Timóteo Coordenador do Projeto Dr. John Barry Dyer Equipe Pedagógica Marivete Zanoni Kunz Tereza Jesus

Leia mais

A volta de Jesus é iminente, pois pode acontecer a qualquer momento.

A volta de Jesus é iminente, pois pode acontecer a qualquer momento. LIÇÃO 12 - A VOLTA DE JESUS Texto Bíblico: Apocalipse 19.11-16 Objetivos: Compreender as implicações sobre a segunda vinda de Cristo. Resgatar em sua vida cristã a bendita expectativa da volta de Cristo.

Leia mais

e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como igualmente o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada,

e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como igualmente o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada, e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como igualmente o nosso amado irmão Paulo vos escreveu, segundo a sabedoria que lhe foi dada, ao falar acerca destes assuntos, como, de fato, costuma

Leia mais

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO

CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA COMPÊNDIO Copyright 2005 - Libreria Editrice Vaticana «Motu Proprio» Introdução PRIMEIRA PARTE - A PROFISSÃO DA FÉ Primeira Secção: «Eu

Leia mais

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai.

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. FILOSOFIA CRISTÃ Unidade 01. Capítulo 04: pg. 53-54 Convite a Filosofia Unidade 08.

Leia mais

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1

Lição 11. Garotos Adultos & É o Coração. Page 1 Lição 11 Garotos Adultos & É o Coração Page 1 LIÇÃO 11 GAROTOS ADULTOS & É O CORAÇÃO I. Garotos Adultos (capítulo 16) A. A maldição de nossos dias é. Mais do que estar ausente da família, existe a ausência

Leia mais

Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência. Menos maturidade

Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência. Menos maturidade Recapitulando: Paradoxo do nosso tempo: Mais experiência Menos maturidade Recapitulando: Síndrome de Peter Pan aquela pessoa que não sabe ou não pode renunciar a ser filho para começar a ser pai (Dan Kiley)

Leia mais

Nova Estrutura do Curso: Avisos

Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso: Avisos Nova Estrutura do Curso Disciplinas de Teologia Sistemática: Introdução a Teologia Sistemática Doutrina de Deus Teontologia Doutrina do Ser Humano Antropologia Doutrina

Leia mais

A vida tem sentido? O que eu faço tem algum sentido? Qual o valor tudo o que eu fiz nesse ano? Qual o propósito de viver uma vida que não encontramos

A vida tem sentido? O que eu faço tem algum sentido? Qual o valor tudo o que eu fiz nesse ano? Qual o propósito de viver uma vida que não encontramos A vida tem sentido? O que eu faço tem algum sentido? Qual o valor tudo o que eu fiz nesse ano? Qual o propósito de viver uma vida que não encontramos significado? Se existe algum propósito na vida? Como

Leia mais

A Segunda Epístola a Timóteo

A Segunda Epístola a Timóteo A Segunda Epístola a Timóteo Um Guia de Estudo com Comentários Introdutórios, Resumos, Esboços e Perguntas de Revisão Estudo Preparado por Mark A. Copeland Distribuição Gratuita Venda Proibida A Segunda

Leia mais

UNIÃO ESTE BRASILEIRA. Associação Ministerial

UNIÃO ESTE BRASILEIRA. Associação Ministerial UNIÃO ESTE BRASILEIRA Associação Ministerial Comentários sobre a Música Comentários sobre a Música Pr. Graciliano Martins Percepção Humana da Música A música é percebida pelo tálamo, estação de transmissão

Leia mais

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo

Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia. A volta de Cristo Textos bíblicos e observações Jörg Garbers - Ms. de Teologia A volta de Cristo Introdução A palavra segunda vinda ou volta não ocorre no NT. Parusia: Estar presente / Presença Visita oficial de um príncipe

Leia mais

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2

O REINO. Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 REINO DE DEUS O REINO Deus, escolheu o conceito de reino para nos comunicar seu propósito, sua vontade e seu plano para a humanidade. Pra Ivonne Muniz 2 O que é reino? Governo ou domínio Um reino é a influencia

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 RESOLUÇÃO Nº 049-PROEC/UNICENTRO, DE 27 DE MARÇO DE 2014. Altera o anexo I E II da Resolução nº035- PROEC/UNICENTRO, de 06 de maio de 2013 e aprova o Relatório Final. O PRÓ-REITOR DE EXTENSÃO E CULTURA

Leia mais

Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo.

Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo. Gênesis 1:1 É a MAÇANETA, o TRINCO que abrirá a porta para descobrir toda a beleza, de toda a história da humanidade e do universo. * Por toda a Bíblia vemos referências e afirmações sobre a CRIAÇÃO, sempre

Leia mais

As Bases da Fé Cristã

As Bases da Fé Cristã As Bases da Fé Cristã Romanos 13 Os aspectos políticos da vida cristã Jörg Garbers Ms. de Teologia Resultado Cap. 12 A salvação traz mudanças A salvação quer ser vivida A vida em comunidade Os frutos principais

Leia mais

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood

APÓCRIFOS LIVROS APÓCRIFOS. Aula 1 Introdução. Guilherme A. Wood. Guilherme Wood LIVROS APÓCRIFOS Aula 1 Introdução Guilherme A. Wood Perguntas: Por que a Bíblia contém estes livros? Por que a Bíblia Católica contém alguns livros a mais? Por que alguns outros livros despertam o interesse

Leia mais

A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO. I João 2:6

A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO. I João 2:6 A VONTADE DE DEUS PARA O SEU POVO É QUE SEJAMOS CONFORMES À IMAGEM DE CRISTO TEXTO I João 2:6 INTRODUÇÃO Sejam meus imitadores, como eu sou de Cristo I Coríntios 11:1. Portanto, sejam imitadores de Deus,

Leia mais

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação

Aula 7 : 22/Mar/2015. Te m a d a A u l a O Evangelho de João Proclamando Fé em Jesus como única fonte de salvação Te m a G e r a l A h i s t ó r i a d e J e s u s V i d a e M i n i s t é r i o Aula 7 : 22/Mar/2015 Te m a d a A u l a Escola Bíblica Dominical COXIPÓ lorikrama@hotmail.com Visão Geral Título Autoria Datação

Leia mais

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54

Sumário detalhado 1. A Reforma: uma introdução O cristianismo no final da Idade Média O humanismo e a Reforma...54 Sumário Sumário detalhado...4 Prefácio à quarta edição... 11 Como usar este livro... 14 1. A Reforma: uma introdução... 17 2. O cristianismo no final da Idade Média... 41 3. O humanismo e a Reforma...

Leia mais

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa

O Sacramento da Ordem - V Seg, 29 de Dezembro de :26 - Pe. Henrique Soares da Costa Pe. Henrique Soares da Costa No artigo passado vimos em que sentido o sacramento da Ordem confere um modo especial de participar do único sacerdócio de Cristo. Veremos, agora como é celebrado este sacramento,

Leia mais

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero

Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero Olá amigo estamos iniciando mais um programa da série Através da Bíblia, quero saudá-lo, desejando sobre você e toda a sua família as mais preciosas bênçãos do 1 Senhor. É um prazer estar mais uma vez

Leia mais

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 9 A MISSÃO ENSINADORA DA IGREJA Prof. A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O MINISTÉRIO TRÍPLICE DE JESUS Jesus Cristo em seu ministério tríplice pregou, curou e ensinou, mas o ensino foi a atividade mais

Leia mais

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ

COPYRIGHT TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - SABER E FÉ Aviso importante! Esta disciplina é uma propriedade intelectual de uso exclusivo e particular do aluno da Saber e Fé, sendo proibida a reprodução total ou parcial deste conteúdo, exceto em breves citações

Leia mais

PLANEJAMENTO Disciplina: Ensino Religioso Série: 7º ano Prof.:Cristiano Souza 1ª UNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES

PLANEJAMENTO Disciplina: Ensino Religioso Série: 7º ano Prof.:Cristiano Souza 1ª UNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES Disciplina: Ensino Religioso Série: 7º ano Prof.:Cristiano Souza 1ª UNIDADE EIXOS COGNITIVOS CONTEÚDOS HABILIDADES O homem e sua relação com o Transcendente LIDERANÇA CHAMADOS PARA FORMAR UMA NAÇÃO Favorecer

Leia mais

A DOUTRINA DA TRINDADE

A DOUTRINA DA TRINDADE A DOUTRINA DA TRINDADE A Trindade, Ensinamento doutrinal de domínio no cristianismo, diz que, o Único Deus, revela-se em três pessoas divinas distintas, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Que a mesma divindade

Leia mais

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 1 ESCATOLOGIA, O ESTUDO DAS ÚLTIMAS COISAS Prof. Lucas Neto INTRODUÇÃO O FIM DA HUMANIDADE O fim da humanidade na terra será marcada pela gloriosa volta de Jesus e nos desdobramentos dos acontecimentos,

Leia mais

LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 2 O ÚNICO DEUS VERDADEIRO E A CRIAÇÃO Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO NÃO EXISTE OUTRO DEUS YAHWEH é o único e verdadeiro Deus não existindo outro deus além dele. Nesta lição estudaremos

Leia mais

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira

Os Outros Seis Dias. Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira Os Outros Seis Dias Aula 02/08/2015 Prof. Lucas Rogério Caetano Ferreira S Vivendo Teologicamente S O que a teologia tem a ver com a vida diária? S A teologia geralmente é considerada como algo abstrato.

Leia mais

A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool.

A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool. A Religião Evangélica Quatro pontos cardeais Manifesto escrito por John Charles Ryle 1º Bispo da Diocese da Igreja da Inglaterra de Liverpool. para aprovardes as coisas excelentes (Fp 1:10) I. PRINCÍPIOS

Leia mais

Conhecer Deus Pessoalmente

Conhecer Deus Pessoalmente 1 2 Conhecer Deus Pessoalmente Introdução Conhecer Jesus.. p. 4 Lição 1 Conhecer a Salvação p. 12 Lição 2 Conhecer a Comunhão.. p. 17 Lição 3 Conhecer o Espírito Santo. p. 22 Lição 4 Conhecer o Crescimento.

Leia mais

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato

1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução 2º-Perguntas de Diagnóstico 3º-Plano da Salvação 4º- Descisão/Compromisso 5º-Acompanhamento imediato 1º-Introdução a) Conversar sobre a vida secular dele(a); b) Conversar sobre as experiencias

Leia mais

Lição 1 para o dia 3 de Janeiro de 2009

Lição 1 para o dia 3 de Janeiro de 2009 Lição 1 para o dia 3 de Janeiro de 2009 Havendo Deus falado muitas vezes e de muitas maneiras em outro tempo aos pais pelos profetas, nestes dias nos falou por meio de seu Filho, a quem constituiu herdeiro

Leia mais

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19

LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 LIÇÃO 1 A LEI E A ALIANÇA Êxodo 19 1. Antes de entregar a lei, Deus já havia feito uma aliança com o povo. Em Êxodo 19.1-4, Deus lembra o povo do seu pacto, confirmado demonstrado em um fato. Qual é o

Leia mais

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa

Síntese do Novo Testamento (Curso de Formação Ministerial, 2014) Prof. Marco Aurélio Correa 1 Evangelho de João Este evangelho tem 21 capítulos. Evangelho do Filho de Deus / Divino. 1 - Autor: João, o apóstolo, ele foi o último dos apóstolos a morrer. 2 - Data: Alguns escritores acreditam que

Leia mais

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes

Devocional. Céus Abertos Pastor Carlito Paes BÍBLIA Devocional Céus Abertos Pastor Carlito Paes 2 ROTEIRO BÍBLIA: ENTENDENDO A PALAVRA DE DEUS O que devo conhecer sobre a bíblia? Diversidade dos Autores Condições de alguns autores quando foram inspirados

Leia mais

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã.

A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. A evangelização é uma parte importante e fundamental da fé e vida cristã. Uma missão irrenunciável da igreja como um todo e do cristão particularmente. O QUE É INDISPENSÁVEL PARA A EVANGELIZAÇÃO? Conversão

Leia mais

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja

Lição 5 ATOS 1. Atos destinado a Teófilo período 63 d.c apóstolo Pedro apóstolo Paulo Atos do Espírito Santo que Jesus operou por meio da igreja Lição 5 ATOS 1. Atos O livro de Atos foi o segundo escrito por Lucas, também destinado a Teófilo. Acredita-se que originalmente não tivesse título, sendo inserido Atos ou Atos dos Apóstolos nos manuscritos

Leia mais

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves PASTORES, LOBOS E POODLES Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Mateus 24:24 Porque tais falsos apóstolos

Leia mais

O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10)

O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10) Nossa Torre Forte O nome do Senhor é Torre Forte; o justo foge para ela e está seguro (Provérbios 18.10) Introdução O nome do Senhor! Seria difícil começar uma declaração sobre o Refúgio divino de forma

Leia mais

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé.

1 Coríntios 15,4: E, se Cristo não ressuscitou, é vã a nossa pregação, e vã, a vossa fé. BREVE CATECISMO DE WESTMINSTER PERGUNTA 30 PERGUNTA 30: Como nos aplica o Espírito a redenção adquirida por Cristo? Resposta: O Espírito aplica-nos a redenção adquirida por Cristo pelo chamado eficaz,

Leia mais

REVISIONAL DE FILOSOFIA Questões de 1 a 10

REVISIONAL DE FILOSOFIA Questões de 1 a 10 REVISIONAL DE FILOSOFIA Questões de 1 a 10 1) Hobbes assim define a essência da república ou cidade: Uma cidade (...) é uma pessoa cuja vontade, pelo pacto de muitos homens, há de ser recebida como sendo

Leia mais

10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES. Por Robert W. Kellemen.

10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES. Por Robert W. Kellemen. 10 PALAVRAS ESSENCIAIS DE CRISTO PARA OS PASTORES Por Robert W. Kellemen. www.santoevangelho.com.br Quando eu faço aconselhamentos em igrejas locais, eu repetidamente ouço a preocupação de que nossa igreja

Leia mais

A Decadência da Verdade! Pós Modernismo & Relativismo!!! Baseado no trabalho de Kerby Anderson! Probe Ministries

A Decadência da Verdade! Pós Modernismo & Relativismo!!! Baseado no trabalho de Kerby Anderson! Probe Ministries A Decadência da Verdade Pós Modernismo & Relativismo Baseado no trabalho de Kerby Anderson Probe Ministries A Decadência da Verdade Olhando de perto o Pós Modernismo Isaías 59.4, 14-16 4 Ninguém há que

Leia mais

Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos

Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos Lição 12 As autoridades e a posição do crente Texto Bíblico: Romanos 13.1-7 A sociedade organizada pressupõe uma liderança que possa conduzi-los. Nos tempos mais remotos da civilização, os povos já possuíam

Leia mais

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser

resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser resguardar o verdadeiro cristianismo; conhecer a verdade para reconhecer uma fraude; evitar cair no erro, ter respostas às aberrações heréticas; ser instrumento de Deus para o resgate da verdade em amor.

Leia mais

O Âmago do Evangelho. A justificação é o âmago do Evangelho?

O Âmago do Evangelho. A justificação é o âmago do Evangelho? O Âmago do Evangelho A justificação é o âmago do Evangelho? Introdução Qual é o centro do Evangelho? Muitos vão dizer que a justificação é a base do Evangelho, pois sem justificação não poderíamos nos

Leia mais

O QUE É O ESPIRITISMO 1

O QUE É O ESPIRITISMO 1 O QUE É O ESPIRITISMO 1 Facilitadores Alex Olegário e Roberto Camilo 17/18-Janeiro-2016 OBJETIVO Conhecer sobre: O Conceito do Espiritismo O Codificador Se me amais, guardai os meus mandamentos; e eu rogarei

Leia mais

Introdução do Editor. John MacArthur

Introdução do Editor. John MacArthur Introdução do Editor John MacArthur Certa vez, uma mulher me escreveu para dizer que pensava que o cristianismo era bom, mas ela, em particular, era ligada ao zen-budismo. Gostava de ouvir a rádio evangélica,

Leia mais

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação.

1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. Introdução 1º Técnicas e Regras para Entender a Palavra de Deus. 2º Lendo a Palavra Tirando Entendimento Dela Geografia Bíblica da Interpretação. 4º A Regra Espiritual da Interpretação 5º O que disse Jesus

Leia mais

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico

Propedêutica Bíblica. 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico Propedêutica Bíblica 11 de Novembro de 2013 Texto Bíblico 24* Este é o discípulo que dá testemunho destas coisas e que as escreveu. E nós sabemos bem que o seu testemunho é verdadeiro. 25 Há ainda muitas

Leia mais

Sumário PREFÁCIO CAPÍTULO 1 O que é a Bíblia? CAPÍTULO 2 Como é Deus? CAPÍTULO 3 O que é a Trindade?...

Sumário PREFÁCIO CAPÍTULO 1 O que é a Bíblia? CAPÍTULO 2 Como é Deus? CAPÍTULO 3 O que é a Trindade?... 1. O QUE É A BÍBLIA? 7 Sumário PREFÁCIO... 00 9 CAPÍTULO 1 O que é a Bíblia?... 0013 CAPÍTULO 2 Como é Deus?... 0023 CAPÍTULO 3 O que é a Trindade?... 0043 CAPÍTULO 4 O que é a criação?... 0050 CAPÍTULO

Leia mais

O Apocalipse de João foi feito para incitar a esperança, e não o pavor.

O Apocalipse de João foi feito para incitar a esperança, e não o pavor. LIÇÃO 01 O PONTO DE PARTIDA Texto Bíblico: Apocalipse 1.1-3 Objetivos: Desenvolver interesse em estudar o livro de Apocalipse. Entender que o objetivo do livro do Apocalipse não é trazer medo, mas esperança

Leia mais

DO DEUS PAI E DO FILHO DE DEUS E DO ESPIRITO SANTO

DO DEUS PAI E DO FILHO DE DEUS E DO ESPIRITO SANTO DO DEUS PAI E DO FILHO DE DEUS E DO ESPIRITO SANTO Desde os mais remotos tempos da existência humana, sempre houve no coração dos homens, o desejo de saber qual seria o nome do Deus Todo poderoso. Desde

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO

PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO Por Evaristo Filho SEMINÁRIO TEOLÓGICO EVANGÉLICO BÍBLICO SETEB Global http://seminarioevangelico.com.br setebonline@gmail.com 2 Apresentação da Disciplina Informações Gerais

Leia mais

A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA

A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA A ENCARNAÇÃO DA GRAÇA Um mundo sem graça, marcado por: Guerras, Violências, Pressão econômica Competição. Igrejas sem graça, marcadas por: Padrões de conduta que te aprovam, Não saberem lidar com a culpa,

Leia mais

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A

Doutrina. a c e r c a d a : Breve Exposição das Principais Doutrinas Cristã - Trindade. Vidanova I G R E J A B A T I S T A Doutrina a c e r c a d a : Responda: O que a Doutrina da Trindade tem a ver com: Sua salvação Sua oração Seu casamento : Deus é UM ou Deus é TRÊS? : Nossa limitação: Ó profundidade da riqueza da sabedoria

Leia mais

Cap. 6: PREGAÇÃO PURITANA. PROPOSTA: Tentar ir além do texto. Sugestões de respostas. Debate.

Cap. 6: PREGAÇÃO PURITANA. PROPOSTA: Tentar ir além do texto. Sugestões de respostas. Debate. Cap. 6: PREGAÇÃO PURITANA PROPOSTA: Tentar ir além do texto. Sugestões de respostas. Debate. Introdução As pessoas gostavam muito do sermão puritano. Por quê? (capítulo responde essa pergunta (?); até

Leia mais

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica

Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral. Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica Conferência Doutrinária, Pastoral e Teológica 20º Concílio Geral Palavra do Bispo Roberto Alves de Souza Bispo da 4ª Região Eclesiástica julho de 2016 Teresópolis RJ Bispo Roberto: Bom dia Bispo Adonias

Leia mais

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO.

O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1 O LIVRO E O CORDEIRO O Rev. Ronaldo Lidório comentou esse texto e trabalhou a MISSÃO. 1) A Missão do Pai é Reinar 2) A Missão do Filho é Pagar o Preço; 3) A Missão da Igreja é servir ao Cordeiro Jesus.

Leia mais

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL

O ÚNICO DEUS DE ISRAEL - 2014 - QUE A GRAÇA E A PAZ DO NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO ESTEJA SEMPRE COM VOCÊ! Boa Leitura! JESUS: O Cordeiro e O Leão O ÚNICO DEUS DE ISRAEL O DEUS JEOVÁ É JESUS... Sim ou Não? Para afirmar

Leia mais

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. visando evangelizar o ocidente do Império Romano. O No capítulo 15 da carta aos Romanos, Paulo diz qual a motivação que o levou a escrever a epístola à igreja em Roma. O Paulo escreve a carta aos Romanos visando evangelizar o ocidente do Império Romano.

Leia mais

Plano da HISTÓRIA DO FUTURO. [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89]

Plano da HISTÓRIA DO FUTURO. [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89] Plano da HISTÓRIA DO FUTURO [Cópia do Ms. da Biblioteca Nacional, Maquinações de Antonio Vieira jesuíta, tomo II, p. 89] LIVRO PRIMEIRO Nome, verdade e fundamento deste Império Se na Sagrada Escritura

Leia mais

P eu e ma m t a olo l gia Estudo Sistemático

P eu e ma m t a olo l gia Estudo Sistemático Pneumatologia Estudo Sistemático Podemos confessar a divindade do Espírito Santo, afirmando: Ao Espírito são atribuídos nomes divinos; Ao Espírito Santo são concedidos os atributos divinos, como a onipresença,

Leia mais

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático

O Reino de Deus. Estudo Bíblico e Sistemático O Reino de Deus Estudo Bíblico e Sistemático Antigo Testamento Sl 103.19 Deus é visto como o rei da criação, tendo domínio sobre todos os aspectos da criação (inanimados, animados e humanos). Ao criar

Leia mais

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto

LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR. Prof. Lucas Neto LIÇÃO 3 - O DIA DO SENHOR Prof. Lucas Neto A GLÓRIA É DE DEUS INTRODUÇÃO O DIA DO SENHOR EM TODAS AS ÉPOCAS O dia do Senhor representou para Judá e Israel um severo julgamento devido a altivez humana que

Leia mais

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras

RELEMBRANDO : a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras RELEMBRANDO... 2.1-10: a restauração do indivíduo 2.10: fomos criados em Cristo Jesus para a prática de boas obras O ARGUMENTO SEGUINTE... 2.11-22: A humanidade como um todo. Judeus e gentios unidos em

Leia mais

IGREJA E CULTO. Por que me importar? AULA - 2. Os Sem-Igreja (parte 1): Abandonar a igreja e manter a fé é possível?

IGREJA E CULTO. Por que me importar? AULA - 2. Os Sem-Igreja (parte 1): Abandonar a igreja e manter a fé é possível? AULA - 2 Os Sem-Igreja (parte 1): Abandonar a igreja e manter a fé é possível? IGREJA E CULTO Por que me importar? Presb. José Cordeiro Neto» Presb. Lúcio Mafra Teixeira EBD CONSOLIDAÇÃO 2015 O Ano da

Leia mais

Ano Litúrgico Ano C

Ano Litúrgico Ano C Ano Litúrgico 2009-2010 Ano C TEMPO DO ADVENTO 29/11 1º Domingo do Advento A redenção está próxima. Jeremias 33,14-16; Salmo 25(24); 1 Tessalonicenses 3,12-4,2; Lucas 21,25-28. 34-36 6/12 2º Domingo do

Leia mais

Amor História Eternidade

Amor História Eternidade 3 Faculdade de Teologia Núcleo de Estudos Balthasarianos Amor História Eternidade Actas das Jornadas Balthasarianas Outubro de 2008 e 2009 coordenação Maria Manuela Dias de Carvalho Isabel Maria Alçada

Leia mais

José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO. 2ª Edição

José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO. 2ª Edição A ÚLTIMA UNÇÃO 1 A ÚLTIMA UNÇÃO 2 José Elias Gomes A ÚLTIMA UNÇÃO 2ª Edição PerSe Volta Redonda, RJ Fevereiro 2013 3 A ÚLTIMA UNÇÃO Título A ÚLTIMA UNÇÃO Todos os direitos reservados; É proibida a reprodução

Leia mais

QUEM É DEUS? OS NOMES DE DEUS. Todos os verdadeiros cristãos creem num Deus trinitário, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

QUEM É DEUS? OS NOMES DE DEUS. Todos os verdadeiros cristãos creem num Deus trinitário, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. QUEM É DEUS? OS NOMES DE DEUS Todos os verdadeiros cristãos creem num Deus trinitário, Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo. Eles são iguais em poder, eternidade e na posse de todos os atributos

Leia mais

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1)

Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) APÓSTOLO PAULO Paulo é um dos grandes homens do cristianismo e um exemplo para todos nós: Sede meus imitadores, como também eu sou de Cristo (1 Co 11:1) Mas o Senhor lhe disse: Vai, porque este é para

Leia mais

Fala-se muito hoje daqueles que preferem

Fala-se muito hoje daqueles que preferem CAPA Natal: uma grata dependência de Cristo A mensagem para os leitores de 30Dias de sua graça Rowan Williams, arcebispo de Canterbury Fala-se muito hoje daqueles que preferem espiritualidade a religião.

Leia mais

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 6: Jesus, o Filho de Deus - 1ª parte.

ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 6: Jesus, o Filho de Deus - 1ª parte. ESCOLA DA FÉ Paróquia Santo Antonio do Pari Aula 6: Jesus, o Filho de Deus - 1ª parte. Frei Hipólito Martendal, OFM. São Paulo-SP, 31 de maio de 2012. revisão, comentários e dúvidas sobre as aulas anteriores.

Leia mais

Ressurgência é um fenômeno oceanográfico que consiste na subida de águas profundas, ricas em nutrientes, para regiões menos profundas do oceano.

Ressurgência é um fenômeno oceanográfico que consiste na subida de águas profundas, ricas em nutrientes, para regiões menos profundas do oceano. Ressurgência é um fenômeno oceanográfico que consiste na subida de águas profundas, ricas em nutrientes, para regiões menos profundas do oceano. A forma mais espectacular de ressurgência ocorre quando

Leia mais

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos

Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano. Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Curso Aprendizes do Evangelho 1º Ano Aula 1 Evolução da Religiosidade através dos tempos Texto para reflexão Pão Nosso Item 41 No Futuro Quem aqui gosta de manga? Prefere comprida ou curta? Evolução da

Leia mais

autoridade sobre as nações, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser (Lc 4.6). Embora Deus seja soberano e Satanás não possa fazer nada

autoridade sobre as nações, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser (Lc 4.6). Embora Deus seja soberano e Satanás não possa fazer nada Introdução No cerne da verdade redentora bíblica está a esperança abençoada do glorioso segundo advento pessoal de Jesus Cristo. A salvação tem que ver com a redenção dos homens como indivíduos e como

Leia mais

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura.

INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. INTRODUÇÃO AO TRIMESTRE - Trimestre temático O desafio da evangelização obedecendo ao ide do Senhor Jesus de levar as boas novas a toda criatura. - A Igreja foi criada para dar seguimento ao ministério

Leia mais

A suficiência da Bíblia

A suficiência da Bíblia A suficiência da Bíblia Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente

Leia mais

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ

CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO NASCIMENTO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ IGREJA EVANGÉLICA ASSEMBLEIA DE DEUS EM MOSSORÓ CREMOS NA NECESSIDADE DO NOVO CURSO DE FORMAÇÃO DE LÍDERANÇA NASCIMENTO Pb. Márcio Tarcísio Mendonça Ferreira 5º) NA NECESSIDADE ABSOLUTA DO PELA GRAÇA DE

Leia mais

PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA

PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA INSTITUTO EDUCACIONAL DE TEOLOGIA EVANGÉLICA[1] PROVA FINAL DA DISCIPLINA DE INTRODUÇÃO À TEOLOGIA BÍBLICA SISTEMA EAD DE NATUREZA JURÍDICA LIVRE ALUNO (A): MAT: 000/2014 MATÉRIA: INTRODUÇÃO À TEOLOGIA

Leia mais

2ª LIÇÃO. Estudo De Colossenses

2ª LIÇÃO. Estudo De Colossenses Colossenses 2 1 2ª LIÇÃO Estudo De Colossenses O TEXTO INTRODUÇÃO: 1:1-8 I. A SAUDAÇÃO DE PAULO (1:1,2). A. Apresenta a autoridade da epístola. É a autoridade do apóstolo de Jesus Cristo, não por vontade

Leia mais

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016

O LIVRO DE. Maldito dia! LIÇÃO IV TRI-2016 IV TRI-2016 Maldito dia! O LIVRO DE JÓ VERSO PARA MEMORIZAR Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque todas as coisas Tu criaste, sim, por causa da Tua vontade vieram

Leia mais

CURSO DE TEOLOGIA Forania Santana Arquidiocese de Campinas. Estudo da Teologia E Metodologia Teológica

CURSO DE TEOLOGIA Forania Santana Arquidiocese de Campinas. Estudo da Teologia E Metodologia Teológica CURSO DE TEOLOGIA Forania Santana Arquidiocese de Campinas Estudo da Teologia E Metodologia Teológica INTRODUÇÃO 1 - Vivemos tempos difíceis para a fé e portanto para a Teologia. Porém este desafio é nosso,

Leia mais

SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE

SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE vivendopelapalavra.com Por: Helio Clemente SÓ EXISTIRÁ UMA NOVA VINDA DE CRISTO, QUE SERÁ VISÍVEL POR TODA HUMANIDADE A segunda vinda de Cristo será um evento pessoal e físico, Jesus voltará fisicamente

Leia mais

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO

FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO FILOSOFIA - 2 o ANO MÓDULO 08 A REAÇÃO DE ROMA: O CONCÍLIO DE TRENTO Como pode cair no enem A Reforma protestante e a Contrarreforma envolveram aspectos ligados à doutrina da religião cristã e à forma

Leia mais

Exercitando o raciocínio lógico-dedutivo!

Exercitando o raciocínio lógico-dedutivo! Exercitando o raciocínio lógico-dedutivo! Exercícios de raciocínio lógico-dedutivo a favor de Deus. Primeiramente devemos entender o conceito da dedução lógica, para então, realizarmos o seu exercício.

Leia mais

Informativo Semanal. Ano VII. 24/04/2014. N. 300

Informativo Semanal. Ano VII. 24/04/2014. N. 300 Informativo Semanal. Ano VII. 24/04/2014. N. 300... pág 1... > Restaurante Waldorf - Cardápio Semanal... pág 2... > Mestre dos Ritmos da Vida... pág 3... > A Semana Santa... pág 4... > Doação de Sangue

Leia mais