BARROCO = PEROLA IRREGULAR

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BARROCO = PEROLA IRREGULAR"

Transcrição

1 CAPÍTULO 10

2 BARROCO = PEROLA IRREGULAR

3 A ARTE BARROCA DESENVOLVEU-SE NO SÉCULO XVII, PERÍODO DE GRANDES MUDANÇAS NA EUROPA DA IDADE MODERNA.

4 PARA MELHOR ENTENDER OS ACONTECIMENTOS DAQUELE SÉCULO, PRECISAMOS BUSCAR SUAS ORIGENS EM FATOS DO XVI, DOS QUAIS UM DOS MAIS IMPORTANTES FOI A REFORMA PROTESTANTE, QUE SE INICIOU NA ALEMANHA E EXPANDIU-SE POR MUITOS OUTROS PAÍSES.

5 O JUIZO FINAL NESSE PERÍODO DO SÉCULO XVI A PINTURA, A ARQUITETURA E A ESCULTURA JÁ MANIFESTAM UM NOVO ESTILO, COMO PODEMOS OBSERVAR NA OBRA DE MICHELANGELO, O JUÍZO FINAL.

6 APÓS A SUA MORTE EM 1564, A MAIORIA DAS GENITÁLIAS EXPOSTAS NA OBRA FORAM COBERTAS.

7 O CONCÍLIO DE TRENTO (UM DOS TRÊS CONCÍLIOS PRINCIPAIS DA IGREJA CATÓLICA) HAVIA CONDENADO TODO TIPO DE NUDEZ NA ARTE SACRA, AFIRMANDO QUE AS IMAGENS NÃO DEVEM SER PINTADAS OU ENFEITADAS COM REFERÊNCIAS À LUXÚRIA.

8 Como se fosse uma velha serpente esgueirando-se Por uma estreita passagem E perdendo sua velha pele, Poderia me renovar, Abrir mão de meu estilo de vida e de todos os desejos humanos. Tenho perfeita consciência de que, quando se está coberto Com uma pele mais forte, O mundo passa a não significar nada. (Michelangelo, 1541). São Bartolomeu exibindo seu corpo esfolado

9 A TÉCNICA UTILIZADA PARA PINTAR A PAREDE DO ALTAR FOI O AFRESCO, A MESMA USADA PARA O TETO DA CAPELA. A PAREDE MEDE 13,7X12,2M E É, ATÉ HOJE, UM DOS GRANDES PATRIMÔNIOS DA ARTE UNIVERSAL.

10 RENASCIMENTO- RAZÃO X BARROCO-EMOÇÃO DAVID-MICHELANGELO DAVID-BERNINI A ARTE BARROCA ORIGINOU-SE NA ITÁLIA, LOGO SE ESPALHOU POR OUTROS PAÍSES DA EUROPA E CHEGOU À AMERICA.

11 PORÉM, APRESENTOU CARACTERÍSTICAS BASTANTE DIFERENTES NOS VÁRIOS PAÍSES.

12 Igreja de São Francisco, Salvador.

13 X O BARROCO ITALIANO DO INICIO DO SÉCULO XVII, POR EXEMPLO, DIFERE MUITO DO BARROCO HOLANDÊS DA MESMA ÉPOCA.

14 O BARROCO ITALIANO FOI PRIMEIRAMENTE PATROCINADO PELA IGREJA CATÓLICA. NATURALMENTE, A INFLUÊNCIA DA IGREJA NESTA ARTE NA ITÁLIA SIGNIFICAVA QUE OS TEMAS ERAM QUASE SEMPRE VOLTADOS PARA A RELIGIÃO. São Tomé, o Incrédulo, Caravaggio- Novo Palácio de Potsdam, Alemanha

15 POR OUTRO LADO, EM 1600, A MAIORIA DOS HOLANDESES ERAM PROTESTANTES. AO INVÉS DA IGREJA, OS ARTISTAS TINHAM O APOIO DOS NOBRES, MERCADORES RICOS E OUTROS PATROCINADORES DE COMISSÕES. A Rendeira,Vermeer, Museu do Louvre,1669 e 1670

16 CARACTERÍSTICAS GERAIS: PREDOMINAM AS EMOÇÕES E NÃO O RACIONALISMO. BUSCA DE EFEITOS DECORATIVOS E VISUAIS, ATRAVÉS DE CURVAS, COLUNAS RETORCIDAS. ENTRELAÇAMENTO ENTRE A ARQUITETURA E ESCULTURA. VIOLENTOS CONTRASTES DE LUZ E SOMBRA. PINTURAS COM EFEITOS ILUSIONISTAS, DANDO-NOS ÀS VEZES A IMPRESSÃO DE VER O CÉU, TAL A APARÊNCIA DE PROFUNDIDADE CONSEGUIDA.

17 Cristo em Emmaus, Caravaggio ( ) AINDA ASSIM, HÁ ASPECTOS COMUNS ÀS OBRAS DESSE PERÍODO: O PREDOMÍNIO DA EMOÇÃO, E NÃO DA RAZÃO, QUE PREVALECEU NO RENASCIMENTO; O ACENTUADO CONTRASTE ENTRE TONS CLAROS E ESCUROS, QUE INTENSIFICA A EXPRESSÃO DOS SENTIMENTOS.

18 OS TEMAS SÃO VARIADOS: RELIGIOSOS, MITOLÓGICOS E NA FORMA DE RETRATOS.

19 A PINTURA CARAVAGGIO TINTORETTO ANDREA POZZO OS PINTORES ITALIANOS CARAVAGGIO, TINTORETTO E ANDREA POZZO ESTÃO ENTRE OS MAIS REPRESENTATIVOS DO BARROCO.

20 CARAVAGGIO: BELEZA ALÉM DA ARISTOCRACIA A Captura de Cristo, 1602, Galeria Nacional da Irlanda MICHELANGELO MERISI DA CARAVAGGIO ( ) NÃO SE INTERESSAVA PELA BELEZA CLÁSSICA A DOS DEUSES DA MITOLOGIA GREGA OU DOS MEMBROS DA ARISTOCRACIA -, QUE TANTO ENCANTOU OS ARTISTAS DO RENASCIMENTO.

21 Cristo na coluna Por Caravaggio, atualmente no Museu de Belas Artes de Ruão, na França PARA ELE, NÃO HAVIA LIGAÇÃO ENTRE BELEZA E ARISTOCRACIA, E SEUS MODELOS ERAM VENDEDORES, MÚSICOS AMBULANTES, CIGANOS; ENFIM, GENTE DO POVO.

22 O sacrifício de Isaac, 1603, Uffizi, Florença O QUE MELHOR CARACTERIZA SUA PINTURA É A UTILIZAÇÃO ORIGINAL DA LUZ: ELA NÃO APARECE COMO REFLEXO DA LUZ SOLAR, MAS É CRIADA DE MODO INTENCIONAL PARA DIRECIONAR A ATENÇÃO DO OBSERVADOR.

23 VOCAÇÃO DE SÃO MATEUS, , : Igreja São Luís dos Franceses, Roma ISSO É FUNDAMENTAL EM SUA OBRA QUE ELE É CONSIDERADO IMPORTANTE PINTOR DA LUZ, COMO DEMONSTRA A OBRA VOCAÇÃO DE SÃO MATEUS.

24 TINTORETTO: A EXPRESSIVIDADE NO CORPO A ultima Ceia (1594) Igreja S. Giorgio Maggiore, Veneza Itália. A EXTENSA PRODUÇÃO ARTÍSTICA DE TINTORETTO, COMO ERA CONHECIDO JACOPO ROBUSTI ( ) TEM DOIS ASPECTOS MARCANTES: O CORPO MAIS EXPRESSIVO QUE O ROSTO; A INTENSIDADE DA LUZ E DA COR.

25 Cristo em casa de Maria e Marta.1578, Monique PARA ELE, UM QUADRO DEVIA SER VISTO INICIALMENTE EM SEU CONJUNTO E SÓ DEPOIS PERCEBIDO EM SEUS DETALHES.

26 ANDREA POZZO: A ABERTURA PARA O CÉU A Glorificação de Santo Inácio, , Igreja de Santo Inácio em Roma. A PINTURA BARROCA DESENVOLVEU-SE TAMBÉM NO TETO DE IGREJAS E PALÁCIOS. EMBORA COM FINALIDADE PREDOMINANTEMENTE DECORATIVA, APRESENTA ALGUMAS OBRAS EM QUE A PERSPECTIVA É TRABALHADA DE FORMA AUDACIOSA.

27

28 ESTA TÉCNICA É OBSERVADA NA OBRA, A GLÓRIA DE SANTO INÁCIO, AFRESCO DO TETO DA IGREJA DE SANTO INÁCIO EM ROMA DE ANDREA POZZO ( ).

29 Alegoria da Obra Missionária dos Jesuítas (detalhe) (4), afrescos por Andrea Pozzo ( , Italy)

30 ESCULTURA Extase de Santa Tereza, Bernini, Igreja de Santa Maria della Vittoria, Roma. NOS GESTOS E NO ROSTO DAS FIGURAS REPRESENTADAS, A ESCULTURA BARROCA EXPRIME EMOÇÕES: ALEGRIA, DOR, SOFRIMENTO.

31

32 Bernini David jogando a pedra POR VEZES, UM GRUPO DE ESCULTURAS COMPÕE UMA CENA DRAMÁTICA. AS FORMAS SUGEREM MOVIMENTO E APRESENTAM EFEITOS DECORATIVOS.

33 PREDOMINAM LINHAS CURVAS, DRAPEADOS DAS VESTES E TONS DOURADOS.

34 A beata Ludovica, capela Altieri da igreja de Francisco a Ripa Grande. ENTRE OS ARTISTAS DO BARROCO ITALIANO BERNINI ( ) FOI, SEM DÚVIDA, O MAIS IMPORTANTE E COMPLETO: FOI ARQUITETO, URBANISTA, ESCULTOR, DECORADOR E PINTOR.

35 COMO ARQUITETO, BASTA LEMBRAR QUE SÃO DE BERNINI A COLUNATA DA BASÍLICA DE SÃO PEDRO, NO VATICANO. 17 METROS DE LARGURA, 23 METROS DE ALTURA E É COMPOSTA POR 284 COLUNAS. SOBRE ESTAS, ASSENTA-SE UMA IMENSA CORNIJA COM 162 ESTÁTUAS DE 2,70 METROS DE ALTURA.

36

37 NESSA ÉPOCA FIRMOU-SE TAMBÉM A IDÉIA DE QUE O ESPAÇO EM TORNO DA OBRA ARQUITETÔNICA ERA IMPORTANTE PARA A BELEZA DA CONSTRUÇÃO COM OS PROJETOS DE PRAÇAS DAS IGREJAS COMO A DA BASÍLICA DE SÃO PEDRO, NO VATICANO.

38 A ARQUITETURA Fachada da Igreja de San Borromeo, em Noto, Sicilia. COMO A IGREJA CATÓLICA QUERIA PROCLAMAR A IMPORTÂNCIA DA FÉ, CRIOU OBRAS QUE IMPRESSIONAM PELO ESPLENDOR. A ARQUITETURA EXPRESSOU, AINDA, O DESEJO DOS GOVERNANTES DE DEMONSTRAR PODER POR MEIO DE SEUS PALÁCIOS.

39 Palácio de Versalhes, França ASSIM, OS ARQUITETOS DO BARROCO DEIXAM DE LADO A SIMPLICIDADE E A RACIONALIDADE DO RENASCIMENTO E INVESTEM NA GRANDIOSIDADE DAS IGREJAS E DOS PALÁCIOS E NOS EFEITOS DECORATIVOS.

40

41

42

43 TAMBÉM NESSE PERÍODO CRIARAM-SE PROJETOS PAISAGÍSTICOS DE GRANDES JARDINS DE PALÁCIOS, COMO OS DE VERSALHES, NA FRANÇA.

44 O BARROCO NA ESPANHA DO SÉCULO XVII ATÉ A PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XIII O BARROCO EXPANDIU-SE DA ITÁLIA PARA TODA A EUROPA E GANHOU, EM CADA PAÍS, CARACTERÍSTICAS PRÓPRIAS.

45 Catedral de Santiago de Compostela UM TRAÇO ORIGINAL DO BARROCO ESPANHOL ENCONTRA-SE NA ARQUITETURA, PRINCIPALMENTE NAS PORTADAS DOS EDIFÍCIOS CIVIS E RELIGIOSOS, DECORADAS EM RELEVO.

46 Infanta Margarita da Áustria, Velázquez. A PINTURA ESPANHOLA FOI MUITO INFLUENCIADA PELO BARROCO ITALIANO, PRINCIPALMENTE NO USO EXPRESSIVO DE LUZ E SOMBRA, MAS CONSERVOU PREOCUPAÇÕES PRÓPRIAS: O REALISMO E O DOMÍNIO DA TÉCNICA.

47 EL GRECO VELÁZQUEZ ENTRE OS PINTORES MAS REPRESENTATIVOS ESTÃO EL GRECO E VELÁZQUEZ.

48 EL GRECO: AS FORMAS ALONGADAS São Paulo Agonia no Jardim EL GRECO ( ) NASCEU NA ILHA DE CRETA, GRÉCIA, E MAIS TARDE FOI PARA ROMA. APÓS BREVE PERÍODO EM MADRI, PARTIU PARA TOLEDO NA ESPANHA, ONDE SE INSTALOU DEFINITIVAMENTE.

49 Sagrada Família SEU NOME VERDADEIRO ERA DOMENIKOS THEOTOKOPOULOS, MAS SEU APELIDO EL GRECO REUNIU AS TRÊS CULTURAS QUE O INFLUENCIARAM: O ARTIGO EL DO ESPANHOL, O SUBSTANTIVO GRECO DO ITALIANO, O QUAL INDICAVA SUA ORIGEM.

50 No Trono Cristo Carregando a Cruz SUA PINTURA É MARCADA PELA VERTICALIDADE: FIGURAS ESGUIAS E ALONGADAS QUE DEIXAM DE LADO O IDEAL DE BELEZA DO RENASCIMENTO ITALIANO, EM QUE O CORPO HUMANO É REPRESENTADO COM FORMAS PERFEITAS.

51 Espólio, 1579, El Greco, catedral de Toledo

52 VELÁZQUEZ: RETRATOS DA CORTE ESPANHOLA Felipe IV de Armadura, 1628 Felipe IV em Fraga, 1644 VELÁZQUEZ ( ), ASSIM COMO CARAVAGGIO, TRABALHOU A LUZ EM CONTRASTE COM A SOMBRA. TORNOU-SE FAMOSO POR RETRATAR A CORTE ESPANHOLA DO SÉCULO XVII.

53 As meninas, Velásquez, , museu do Prado ENTRE ESSES RETRATOS ESTÁ AS MENINAS, UMA DE SUAS OBRAS MAIS IMPORTANTES.

54

55

56

57 O BARROCO NOS PAÍSES BAIXOS NOS PAÍSES BAIXOS O BARROCO DESENVOLVEU-SE EM DUAS GRANDES DIREÇÕES, SOBRETUDO NA PINTURA. NA BÉLGICA MANTEVE AS LINHAS MOVIMENTADAS E A FORTE EXPRESSÃO EMOCIONAL.

58 JÁ NA HOLANDA GANHOU ASPECTOS MAIS PRÓXIMOS DO ESPÍRITO PRÁTICO E AUSTERO DO POVO HOLANDÊS; DAÍ A PINTURA DE CENAS DA VIDA DOMÉSTICA E SOCIAL TRABALHADAS COM MINUCIOSO REALISMO.

59 REMBRANDT: A GRADUAÇÃO DA CLARIDADE A ronda noturna A PINTURA DE REMBRANDT ( ) REVELA UM PINTOR QUE TRABALHO COM PRECISÃO OS EFEITOS DA LUZ.

60 O QUE DIRIGE NOSSA ATENÇÃO NÃO É PROPRIAMENTE O CONTRASTE ENTRE LUZ E SOMBRA, MAS OS DIVERSOS GRAUS DE CLARIDADE, OS MEIOS-TONS, AS PENUMBRAS QUE ENVOLVEM ÁREAS DE LUMINOSIDADE MAIS INTENSA.

61 São Paulo

62 A LIÇÃO DE ANATOMIA DO DOUTO TULP,1632. Haia É ISSO, POR EXEMPLO, O QUE SE VÊ NO QUADRO A LIÇÃO DE ANATOMIA DO DOUTO TULP.

63

64 VERMEER: A DELICADEZA DA VIDA COMUM A leiteira ( ) A aula de música (1662) DIFERENTEMENTE DE REMBRANDT, VERMEER ( ) TRABALHA OS TONS EM PLENA CLARIDADE. SEUS TEMAS SÃO SEMPRE OS DA VIDA DAS PESSOAS COMUNS DA HOLANDA SEISCENTISTA.

65 SEUS QUADROS DOCUMENTAM COM DEDICADA BELEZA OS MOMENTOS SIMPLES DA VIDA COTIDIANA. Cristo na casa de Marta e Maria ( ) A alcoviteira (1656)

66 Jovem adormecida (1657) Mulher de azul, lendo uma carta (1664)

67 Leitora à janela ( ) Mulher segurando uma balança (1665)

68 Rapariga com Brinco de Pérola ( ) Alegoria da pintura ( )

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M.

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO Surgiu na Itália no século XVII e deve-se a uma série de mudanças econômicas, religiosas e sociais ocorridas na Europa; Contrarreforma reafirmar

Leia mais

CARACTERISTICAS. - A busca de efeitos decorativos e visuais, através de curvas, contracurvas, colunas retorcidas;

CARACTERISTICAS. - A busca de efeitos decorativos e visuais, através de curvas, contracurvas, colunas retorcidas; O BARROCO A arte barroca originou-se na Itália (séc. XVII) mas não tardou a irradiar-se por outros países da Europa e a chegar também ao continente americano, trazida pelos colonizadores portugueses e

Leia mais

ARTE BARROCA SÉCULO XVII

ARTE BARROCA SÉCULO XVII ARTE BARROCA SÉCULO XVII O Barroco surgiu na Itália, deve-se a uma série de mudanças econômicas, religiosas e sociais ocorridas na época. O grande império cristão começou a fragmentarse. Contra-Reforma

Leia mais

ARTE BARROCA. Arte e Estética Contemporânea Professora: Tais Vieira Pereira Aluna: Vitória da Silva Adão

ARTE BARROCA. Arte e Estética Contemporânea Professora: Tais Vieira Pereira Aluna: Vitória da Silva Adão ARTE BARROCA Arte e Estética Contemporânea Professora: Tais Vieira Pereira Aluna: Vitória da Silva Adão A arte barroca originou-se na Itália (séc. XVII) mas não tardou a expandir-se por outros países da

Leia mais

Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo

Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo Artes visuais AULA 3 Barroco, Rococó e Neoclassicismo Prof. André de Freitas Barbosa Altar do Mosteiro de São Bento (Rio de Janeiro, 1617), traçado original de Francisco Frias de Mesquita. Numa época de

Leia mais

Barroco. www.roginei.com.br

Barroco. www.roginei.com.br Barroco As origens da palavra são incertas. Talvez venha do português barroco ou do espanhol berrueco, que significa pérola de formato irregular. O Juízo Final (1536-1541) afresco de Michelangelo Capela

Leia mais

RENASCIMENTO ITALIANO

RENASCIMENTO ITALIANO ARTES / 2º ANO PROF.MÍLTON COELHO RENASCIMENTO ITALIANO Contexto histórico O termo significa reviver os ideais greco-romanos; na verdade o Renascimento foi mais amplo, pois aumentou a herança recebida

Leia mais

BARROCO. 1766 Aleijadinho projeta a Igreja de São Francisco de Assis.

BARROCO. 1766 Aleijadinho projeta a Igreja de São Francisco de Assis. 1. INTRODUÇÃO Historicismo 1523 Reforma Protestante de Lutero. 1541 Contra-Reforma Católica. 1542 Instaurada a Santa Inquisição pelo Concílio de Trento. 1600 Caravaggio pinta A Conversão de Santo Paulo.

Leia mais

aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaa Barroco Barroco Profª Adalgiza

aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaaa aaa Barroco Barroco Profª Adalgiza aaa Barroco Origem em Roma no final do século XVI; Disseminado por toda a Europa e, através dos colonizadores espanhóis e portugueses, pelas Américas; Pouco influente nos países protestantes. Suas características

Leia mais

iluminação focalizada, criando contrastes claro-escuro expressão revelando fortes emoções e dramaticidade mescla o pagão e o místico

iluminação focalizada, criando contrastes claro-escuro expressão revelando fortes emoções e dramaticidade mescla o pagão e o místico BARROCO Quadro comparativo RENASCIMENTO BARROCO organização espacial racional espaço dinâmico perfeito equilíbrio na distribuição dos elementos equilíbrio assimétrico composição simétrica assimetria perspectiva

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 8ª - Ensino Fundamental Professora: Michelle Fialho Atividades para Estudos Autônomos Data: 23 / 5 / 2016 Nome: _ Nº Turma: INTRODUÇÃO

Leia mais

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino ARTE MEDIEVAL Durante a Idade Média (século V ao XV), a arte europeia foi marcada por uma forte influência da Igreja Católica. Esta atuava nos aspectos sociais, econômicos, políticos, religiosos e culturais

Leia mais

Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular.

Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular. Palavra de origem portuguesa que designava uma pérola de forma irregular. ?... O que terá sido essa história do Barroco?!... O Barroco foi um movimento artístico que se iniciou nos finais do século XVI

Leia mais

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Aula 4.1 Conteúdo: Arte Barroca Europeia Arte Barroca Brasileira Neoclássica Europeia e Brasileira. 1 Habilidades: Reconhecer características e produções artísticas dos períodos denominados: Barroca Europeia

Leia mais

PINTURA BARROCA. A pintura barroca é uma pintura realista, concentrada nos retratos no interior das casas,

PINTURA BARROCA. A pintura barroca é uma pintura realista, concentrada nos retratos no interior das casas, PINTURA BARROCA A pintura barroca é uma pintura realista, concentrada nos retratos no interior das casas, Senhora escrevendo uma carta com a criada, Vermeer, 1670, Dublin, National Gallery of Ireland nas

Leia mais

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3 4 5 Todos os caminhos levam à Roma:

Leia mais

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p. Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio Capítulo 14 A arte no Barroco Europeu 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.141 02 No livro, encontramos duas explicações para o surgimento

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco HISTÓRIA DA ARTE Arte gótica Renascimento Barroco ARTE GÓTICA O Gótico foi notadamente a expressão artística mais importante do final da Idade Média. Seu auge ocorre na Baixa Idade Média. Sua importância

Leia mais

CARACTERÍSTICAS GERAIS

CARACTERÍSTICAS GERAIS BARROCO BARROCO Originou-se na Itália, no século XVII e irradiouse pela Europa, adquirindo peculiaridades; Pode ser compreendido como a arte da Contra- Reforma Concílio de Trento (1545-1563); Igreja será

Leia mais

Artes visuais AULA 2 Arte Bizantina, Renascimento e Maneirismo Prof. André de Freitas Barbosa

Artes visuais AULA 2 Arte Bizantina, Renascimento e Maneirismo Prof. André de Freitas Barbosa Artes visuais AULA 2 Arte Bizantina, Renascimento e Maneirismo Prof. André de Freitas Barbosa Retrato dos Reis Magos na Basílica de Santo Apolinário (Ravena, Itália, séc. VI) A principal característica

Leia mais

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO)

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO) ARTE E RELIGIÃO Formas tão díspares como as pirâmides do Egito, as catedrais cristãs, as mesquitas muçulmanas ou as colossais imagens japonesas de Buda correspondem, em seu fundamento, à mesma inquietação

Leia mais

CAESP - Artes Aula 15-05/08/2016 BARROCO: EUROPA

CAESP - Artes Aula 15-05/08/2016 BARROCO: EUROPA CAESP - Artes Aula 15-05/08/2016 BARROCO: EUROPA A revolução arquitetônica do Barroco: Com o trabalho de renovação da fé no Catolicismo, foi pensado um novo tipo de organização arquitetônica das igrejas.

Leia mais

DICAS PARA FACILITAR SEU ESTUDO

DICAS PARA FACILITAR SEU ESTUDO Nome Nº Série Ensino Turma 1ª Medio Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Trimestre / Ano Data Educação Artística Cátia Roteiro 2 o / 2016 05/08/2016 Tema VALOR: Roteiro de estudos 5,0 NOTA DICAS

Leia mais

Flagelação de Cristo (Foto: Pintura: Caravaggio / Reprodução)

Flagelação de Cristo (Foto: Pintura: Caravaggio / Reprodução) O Barroco O Barroco foi um período do século XVI marcado pela crise dos valores Renascentistas, gerando uma nova visão de mundo através de lutas religiosas e dualismos entre espírito e razão. O movimento

Leia mais

A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX

A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX A TRANSIÇÃO DO SÉCULO XVIII PARA O SÉCULO XIX Quando surgiu? Durante o século XVIII. Está ligado ao pensamento filosófico do Iluminismo. Como Surgiu? Através de achados arqueológicos durante o século XVIII

Leia mais

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo

O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O barroco O caso Francês e o barroco no mundo O caso Francês Em França, as concepções renascentistas permaneceram até mais tarde, pois houve uma grande resistência ao Barroco por parte das academias. Quando

Leia mais

ARTE BARROCA. História

ARTE BARROCA. História História 01 : contexto 01 : MIGUEL ÂNGELO : David 02 : BERNINI : David : Surge em Itália : Difunde-se por quase toda a Europa : Implantada noutros continentes por europeus : Séc XVII XVIII : Século XVIII

Leia mais

Tempos Antigos. Barroco e o Rococó

Tempos Antigos. Barroco e o Rococó Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a

A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a A descoberta de novos continentes, a visão antropocêntrica do mundo, a invenção da bússola e da imprensa, a afirmação dos estados nacionais; a difusão de variadas formas artísticas inspiradas no mundo

Leia mais

Filosofia dos Gregos

Filosofia dos Gregos ARQUITETURA GREGA Parte de nossa cultura e valores artísticos vem dos gregos. Vemos a arquitetura grega sob uma perspectiva especial e consequências que resultaram dos gregos. O projetista medita sobre

Leia mais

IMPRESSIONISMO. As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens.

IMPRESSIONISMO. As figuras não devem ter contornos nítidos, pois a linha é uma abstração do ser humano para representar imagens. IMPRESSIONISMO O Impressionismo foi um movimento artístico que revolucionou profundamente a pintura e deu início às grandes tendências da arte do século XX. Havia algumas considerações gerais, muito mais

Leia mais

ESTUDO DO MEIO 9º ANO

ESTUDO DO MEIO 9º ANO COLÉGIO MARIA IMACULADA ESTUDO DO MEIO 9º ANO ESPLENDORES DO VATICANO: UMA JORNADA ATRAVÉS DA FÉ E DA ARTE Nome: Série: Objetivos Gerais: Proporcionar ao aluno contato direto com as mais importantes obras

Leia mais

se desenvolveu entre 1300 e 1650

se desenvolveu entre 1300 e 1650 RENASCIMENTO se desenvolveu entre 1300 e 1650 ocorreram nesse período muitos progressos e incontáveis realizações no campo das artes, da literatura e das ciências. a valorização do Humanismo e da natureza,

Leia mais

Casamento da Virgem, Matias de Arteaga- Barroco espanhol.

Casamento da Virgem, Matias de Arteaga- Barroco espanhol. Apresentação: A pintura escolhida para a leitura analítica intitula-se Casamento da Virgem, de Matias de Arteaga (1633-1703), pintor pertencente ao barroco espanhol. Entre suas obras estão Uma aparição

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 7ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma: Vamos rever nosso

Leia mais

Curso de História. Prof. Fabio Pablo. efabiopablo.wordpress.com

Curso de História. Prof. Fabio Pablo. efabiopablo.wordpress.com efabiopablo.wordpress.com Conteúdo O humanismo e o Renascimento Cultural Marco Polo. Multimídia A arte renascentista e o mecenato A Revolução Científica #Conceito O Renascimento foi um movimento artístico,

Leia mais

BARROCO. Pintura. 8º Ano Artes 2º bimestre

BARROCO. Pintura. 8º Ano Artes 2º bimestre 8º Ano Artes 2º bimestre BARROCO A arte barroca desenvolveu-se no século XVII, num período muito importante da história da civilização ocidental, pois nele ocorreram mudança que deram nova feição à Europa

Leia mais

Matéria: literatura Assunto: barroco - contexto e características Prof. IBIRÁ

Matéria: literatura Assunto: barroco - contexto e características Prof. IBIRÁ Matéria: literatura Assunto: barroco - contexto e características Prof. IBIRÁ Literatura Contexto histórico Origens e Características do Barroco O barroco foi uma tendência artística que se desenvolveu

Leia mais

Mais do que um retrato

Mais do que um retrato Faculdade Cásper Líbero Mais do que um retrato Os detalhes nas personagens de Van Dick Luciana Fernandes dos Reis 2º JO D História da Arte Jorge Paulino São Paulo/ 2009 A Marquesa Lomellini e os Filhos

Leia mais

ENGENHARIA BARROCA ICCC1. André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael. Verônica Freitas

ENGENHARIA BARROCA ICCC1. André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael. Verônica Freitas ENGENHARIA BARROCA ICCC1 Verônica Freitas André Vieira, Alexsandro S. Nunes, Matheus Rafael Introdução : No final do século XVI surgiu na Itália uma nova expressão artística, que se contrapunha ao maneirismo

Leia mais

CONTEXTO HISTÓRICO. Compreende o milênio que transcorreu desde a queda do Império Romano do Ocidente até o fim do Império Bizantino.

CONTEXTO HISTÓRICO. Compreende o milênio que transcorreu desde a queda do Império Romano do Ocidente até o fim do Império Bizantino. C O L É G I O D I O C E S A N O S E R I D O E N S E - C D S D I S C I P L I N A : A R T E S P R O F E S S O R A : A N A P R I S C I L A S É R I E : 3 ª E N S I N O M É D I O Arte Medieval CONTEXTO HISTÓRICO

Leia mais

Antropocentrismo (do grego anthropos, "humano"; e kentron, "centro") é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do

Antropocentrismo (do grego anthropos, humano; e kentron, centro) é uma concepção que considera que a humanidade deve permanecer no centro do ARTE GÓTICA A Arte Gótica se desenvolveu na Europa entre os séculos XII e XV e foi uma das mais importantes da Idade Média, junto com a Arte Românica. Ela teve grande influencia do forte Teocentrismo (O

Leia mais

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros.

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. ArtenaIdadeMédia A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. Seu fim foi assinalado pela queda do Império Romano do Oriente em 1453,devido

Leia mais

Arte na antiguidade: Egito e Grécia. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr.

Arte na antiguidade: Egito e Grécia. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. Arte na antiguidade: Egito e Grécia Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com Arte para a eternidade: Egito e Mesopotâmia periodização Antigo Império (3200-2000 a.c.) Médio Império (2000-1580

Leia mais

Prof. Hélder Pereira

Prof. Hélder Pereira Prof. Hélder Pereira Pergunta 1 Em que país da Europa surgiu o Renascimento? Itália Portugal França Pergunta 2 Em que séculos este movimento se afirmou? XIII e XIV XV e XVI XVII e XVIII Pergunta 3 Qual

Leia mais

SÉCULO XIX NO BRASIL: A MODERNIZAÇÃO DA ARTE

SÉCULO XIX NO BRASIL: A MODERNIZAÇÃO DA ARTE SÉCULO XIX NO BRASIL: A MODERNIZAÇÃO DA ARTE 1 Em meados do séc. XIX o Brasil passou por um período de crescimento econômico, estabilidade social e incentivo às letras, ciência e arte por parte do imperador

Leia mais

História Ilustrada da Arte volume 1. Marcos Faber www.historialivre.com

História Ilustrada da Arte volume 1. Marcos Faber www.historialivre.com História Ilustrada da Arte volume 1 Marcos Faber www.historialivre.com O Renascimento foi um movimento intelectual e cultural que iniciou na Itália, por volta do século XIV, como resultado das relações

Leia mais

R enascimento. Prof.: André Vinícius Magalhães

R enascimento. Prof.: André Vinícius Magalhães R enascimento Prof.: André Vinícius Magalhães O que é Renascimento????? O termo Renascimento é comumente aplicado à Europa entre 1300 e 1650. Além de reviver a antiga cultura greco-romana, ocorreram nesse

Leia mais

MODERNIDADE Renascimento

MODERNIDADE Renascimento MODERNIDADE Renascimento O fim do feudalismo e o início da modernidade: rompimentos e resgates A modernidade Nova Economia Comércio Manufatura Nova política Absolutismo Novas relações sociais Burguesia

Leia mais

Técnico Design Interior

Técnico Design Interior Técnico Design Interior A ARTE NO EGITO Professora Alba Baroni Arquiteta A ARTE NO EGITO O Egito foi uma das principais civilizações da antiguidade. Com uma civilização bastante desenvolvida em sua organização

Leia mais

- Transição da Idade Média para Idade Moderna

- Transição da Idade Média para Idade Moderna Renascimento - Transição da Idade Média para Idade Moderna - Movimento que começou na Itália por volta do século XV devido ao grande desenvolvimento econômico das cidades italianas (Genova, Veneza, Milão,

Leia mais

História 4B: Aula 10. Europa no Século XIX.

História 4B: Aula 10. Europa no Século XIX. História 4B: Aula 10 Europa no Século XIX. Alemanha e Itália Até 1870 eram dois amontoados de pequenas monarquias e principados independentes. ESTADOS DO NORTE: Industrializados. Piemonte-Sardenha. Lombardia.

Leia mais

ARTE 2º. TRIMESTRE/14

ARTE 2º. TRIMESTRE/14 ARTE 2º. TRIMESTRE/14 IDADE MÉDIA ARTE ROMÂNICA Estilo de arte e arquitetura que prevaleceu na maior parte da Europa nos séculos XI e XII, sendo o primeiro estilo a atingir maior expressão internacional;

Leia mais

ENASCIMENTO. Prof. Igor Pelegrini

ENASCIMENTO. Prof. Igor Pelegrini ENASCIMENTO Prof. Igor Pelegrini RENASCIMENTO ITALIANO TRECENTO (SÉC. XIV) TRECENTO ESSE PERÍODO SE DESTACA COMO O INÍCIO DO MOVIMENTO RENASCENTISTA. ONDE ENCONTRAMOS ESSENCIALMENTE NA ITÁLIA, EM ESPECIAL

Leia mais

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA/SECRETARIA DE EDUCAÇÃO POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR SARGENTO NADER ALVES DOS SANTOS SÉRIE/ANO: 1ª SÉRIE

Leia mais

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS

FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS FACULDADE ESTADUAL DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS ANA PAULA JACYNTHO TATIANE JASKIU DA SILVA PÉRICLES E A ERA DOURADA DE ATENAS UNIÃO DA VITÓRIA 2010 INTRODUÇÃO O presente trabalho tem como finalidade

Leia mais

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos:

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos: Nome Nº Ano Ensino Turma 9 o Fund. II Disciplina Professor Natureza Trimestre/Ano Data Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/2016 03/08/2016 Capítulos: 4 - A Arte na Hélade Grécia Antiga 5 - A Arte na Roma

Leia mais

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano

Arte no Brasil Colonial. Arquitetura e urbanismo. 8º ano Arte no Brasil Colonial Arquitetura e urbanismo 8º ano - 2013 A arte no Brasil colonial (1500 a 1808) foi marcada pela forte influência européia. O principal estilo que surge neste período é o BARROCO,

Leia mais

Maneirismo e Barroco. Criação: Ana Cláudia B.Sanches

Maneirismo e Barroco. Criação: Ana Cláudia B.Sanches Maneirismo e Barroco Maneirismo Roma, de 1520 até meados de1610 Nome dado as manifestações artísticas de 1520 (crise do renascimento), até o início do século XVII. Termo utilizado por Giorgio Vasari (biografo

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE Centro de Comunicação e Letras Curso de Propaganda, Publicidade e Criação PLANO DE ENSINO PLANO DE ENSINO CÓDIGO 042 UNIDADE CENTRO DE COMUNICAÇÃO E LETRAS CÓD. CURSO CURSO PROPAGANDA, PUBLICIDADE E CRIAÇÃO CÓD. DISC. 17031461 DISCIPLINA EVOLUÇÃO DAS ARTES VISUAIS I ETAPA 1 CH ANO 2009 CRÉDITOS

Leia mais

CORPO E ARTE BARROCA: O SAGRADO E O PROFANO ATRAVÉS DAS OBRAS DE BERNINI

CORPO E ARTE BARROCA: O SAGRADO E O PROFANO ATRAVÉS DAS OBRAS DE BERNINI CORPO E ARTE BARROCA: O SAGRADO E O PROFANO ATRAVÉS DAS OBRAS DE BERNINI Lucas Martinucci (PROART, UEL), Jardel Dias Cavalcanti (Orientador) e-mail: jardeldias1@hotmail.com Universidade Estadual de Londrina/

Leia mais

Continente: Europa Capital: Roma Território: 301.268 Km² População: 58.876.835 habitantes Moeda: Euro Idioma: Italiano Religião: 83,2% católicos, 16,8% sem filiação e outras. Forma de governo: República

Leia mais

NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga

NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga NEOCLASSICISMO De volta ao lirismo da Grécia antiga O ideal romântico de ressuscitar os valores estéticos da antiguidade clássica inspirou o movimento artístico conhecido como neoclassicismo, que dominou

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 1ª Série Ensino Médio Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 Arte Cristã Primitiva Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 2 Arte Paleocristã (séc. II séc V) Desenvolveu-se dentro do Império Romano; Perseguidos pelos imperadores;

Leia mais

Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor.

Surge em em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor. Impressionismo Surge em 1.863 em Paris, na França, tendo em Édouard Manet seu mentor. O artista rompeu definitivamente com os valores clássicos da antiguidade; apesar de não se considerar um impressionista

Leia mais

ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX

ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX ARTE DOS SÉCULOS XIX E XX Os movimentos europeus de vanguarda eram aqueles que, segundo seus próprios autores, guiavam a cultura de seus tempos, estando de certa forma à frente deles. Movimentos vanguardistas

Leia mais

A Idade Média e O Renascimento

A Idade Média e O Renascimento Estes textos são produzidos sob patrocínio do Departamento Cultural da Clínica Naturale.Direitos são reservados. A publicação e redistribuição de qualquer conteúdo é proibida sem prévio consentimento.

Leia mais

O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas

O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas O Impressionismo é um movimento artístico surgido na França no século XIX que criou uma nova visão conceitual da natureza utilizando pinceladas soltas dando ênfase na luz e no movimento. Geralmente as

Leia mais

Filosofia da Arte Aula 01. Introdução à compreensão da arte e sua história. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr.

Filosofia da Arte Aula 01. Introdução à compreensão da arte e sua história. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. Filosofia da Arte Aula 01 Introdução à compreensão da arte e sua história Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com Trivium (Gramática, a Retórica e a Lógica/Dialética) Quadrivium (Música,

Leia mais

RIF Ensaio Fotográfico

RIF Ensaio Fotográfico RIF Ensaio Fotográfico Mirim Santos: o artista de Ouro Preto Elaine Schmitt 1 As fotografias que compõem esse ensaio fotográfico foram feitas na cidade de Ouro Preto, Minas Gerais, em frente à Igreja Católica

Leia mais

- Transição da Idade Média para Idade Moderna

- Transição da Idade Média para Idade Moderna Renascimento - Transição da Idade Média para Idade Moderna - Movimento que começou na Itália por volta do século XV devido ao grande desenvolvimento econômico das cidades italianas (Genova, Veneza, Milão,

Leia mais

Bramante, Bernini e Borromini- 1

Bramante, Bernini e Borromini- 1 Bramante, Bernini e Borromini- 1 Arquitetura Renascentista e Barroca Prof. Dr. Percival Tirapeli Piazza Navona Gian Lorenzo Bernini Roma Projeto da fachada de São Pedro com torres ao lado (de acordo com

Leia mais

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues

Idade Média. Barroco RENASCIMENTO. Prof. Vinicius Rodrigues Idade Média, RENASCIMENTO Barroco e Prof. Vinicius Rodrigues LITERATURA MEDIEVAL Alta Idade Média TROVADORISMO (Século XI-XIV) Novelas de Cavalaria (PROSA) - O herói-cavaleiro carrega os ideias da Igreja

Leia mais

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4

Sugestões de avaliação. História 7 o ano Unidade 4 Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Nome: Data: Unidade 4 1. Complete as sentenças. a) O foi um movimento cultural que surgiu entre as elites das ricas cidades, no século XIV, e se estendeu,

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 6ª Ensino Fundamental Professora: Ione Botelho Atividades para Estudos Autônomos Data: 5 / 9 / 2016 Valor: xxx pontos Aluno(a): Nº: Turma:

Leia mais

Rafael e Michelangelo. Prof. Dr. Percival Tirapeli

Rafael e Michelangelo. Prof. Dr. Percival Tirapeli Rafael e Michelangelo Prof. Dr. Percival Tirapeli TEORIAS DE HEINRICH WÖLFFLIN Princípios Fundamentais da História da Arte: cinco símbolos da visualidade Análise estritamente formal Formas clássicas: linearidade,

Leia mais

. a d iza r to u a ia p ó C II

. a d iza r to u a ia p ó C II II Sugestões de avaliação História 7 o ano Unidade 4 5 Unidade 4 Nome: Data: 1. Leia o trecho a seguir e faça o que se pede. Renascimento foi um movimento cultural que nasceu entre as elites de ricas cidades

Leia mais

BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX

BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX Campus São Cristóvão II Coordenador pedagógico de disciplina: Shannon Botelho 8º ano. TURMA: NOME: nº BARROCO BRASILEIRO séc. XVIII - XIX O barroco brasileiro desenvolve-se principalmente em Minas Gerais,

Leia mais

9/11/2010. A lição de anatomia do Dr. Tulp

9/11/2010. A lição de anatomia do Dr. Tulp Barroco Europeu Arte da ambiguidade (pedra barroca) Mostrar o oculto (mostra e esconde) Questão religiosa (contra reforma, reforma expansão marítima). Reforma protestante Não querendo pagar o tributo a

Leia mais

IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO

IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO IV SEMINÁRIO IGREJA E BENS CULTURAIS EVANGELIZAÇÃO E PRESERVAÇÃO ARQUITETURA E ARTE DO SAGRADO ARTE SACRA NO ESPIRITO SANTO bens móveis integrados: uma perspectiva histórica e estética Attilio Colnago

Leia mais

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo

Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Forte de S. Francisco Xavier Castelo do Queijo Porto Praça Gonçalves Zarco 4100-274 Porto Tel: 22 618 10 67 3ª a Domingo : 13.00 às 18.00 Encerra: 2ª Fª Escolas, reformados e deficientes: gratuito. Restante

Leia mais

O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro

O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro O Barroco Colonial e o Mosteiro de São Bento no Rio de Janeiro Roberto Hofmann, São Bento, Rio de Janeiro, 23 de Junho 2002 O Barroco Colonial Principais intenções dos colonizadores portugueses: Tomar

Leia mais

O RENASCIMENTO. A pintura do Renascimento confirma as três conquistas que os artistas do último período gótico HISTORICISMO

O RENASCIMENTO. A pintura do Renascimento confirma as três conquistas que os artistas do último período gótico HISTORICISMO HISTORICISMO 1308 Dante Alighieri começa a escrever A Divina Comédia. 1333 Simoni de Martini pinta O Anjo e a Anunciação. 1415 Navegadores portugueses chegam a Ceuta. 1448 Gutenberg inventa a imprensa.

Leia mais

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Prof. André de Freitas Barbosa Objetivos: - A Arte na História: refletir sobre a finalidade da produção artística

Leia mais

AMARILIS CHAVES DADOS ACADÊMICOS

AMARILIS CHAVES DADOS ACADÊMICOS AMARILIS CHAVES Amarílis Chaves nasceu em Belo Horizonte, onde muito cedo despertou para as Artes Plásticas, nunca mais tendo parado este percurso, sempre na procura de traço certo, da forma pura. DADOS

Leia mais

QUEM FOI LEONARDO DA VINCI?

QUEM FOI LEONARDO DA VINCI? LEONARDO DA VINCI QUEM FOI LEONARDO DA VINCI? Leonardo di ser Piero nascido em Vinci - Florença Cientista responsável por surpreendentes descobertas, mas nunca as publicou Foi o maior pintor da Renascença

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 9º Ano Ensino Fundamental Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Renascimento comercial e urbano + surgimento da burguesia

Renascimento comercial e urbano + surgimento da burguesia Renascimento comercial e urbano + surgimento da burguesia Explicações religiosas sobre o mundo - INSUFICIENTES 1- Rupturas e continuidades Inspiração greco-romana cultura Influências da Igreja Católica

Leia mais

ARTE BRASILEIRA DO SÉCULO XIX

ARTE BRASILEIRA DO SÉCULO XIX ARTE BRASILEIRA DO SÉCULO XIX Pintura Brasileira século XIX Assim como a arquitetura, a pintura irá assimilar as mudanças sociais e políticas. Criaram-se neste período, no Brasil, empresas de mineração,

Leia mais

BARROCO O que foi? O barroco foi uma manifestação que caracterizava-se pelo movimento, dramatismo e exagero. Uma época de conflitos espirituais e religiosos, o estilo barroco traduz a tentativa angustiante

Leia mais

O RENASCIMENTO NA PENÍNSULA ITÁLICA.

O RENASCIMENTO NA PENÍNSULA ITÁLICA. O RENASCIMENTO NA PENÍNSULA ITÁLICA. Chama-se Renascimento o movimento cultural desenvolvido na Europa entre 1300 e 1650 portanto, no final da Idade Média e na Idade Moderna. O termo sugere que, a partir

Leia mais

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA

PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA PROFESSOR: EQUIPE DE EDUCAÇÃO ARTÍSTICA BANCO DE QUESTÕES - EDUCAÇÃO ARTÍSTICA 3ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO - PARTE 3 =============================================================================================

Leia mais

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI História Em 395 o Imperador Teodósio divide o Império Romano em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla

Leia mais

História. Cultura Renascentista

História. Cultura Renascentista Cultura Renascentista Índice Clique sobre tema desejado: Origem e conceito Origem e conceito Origem Itália Crise feudal (séc. XIV-XVI) Florença Centro do renascimento Conceito Movimento de renovação cultural,

Leia mais

Buridan. Teoria do impetus. Astronomia. Astronomia. Jean Buridan (1300-1358) 3 - A Ciência no Renascimento. História e Epistemologia da Física

Buridan. Teoria do impetus. Astronomia. Astronomia. Jean Buridan (1300-1358) 3 - A Ciência no Renascimento. História e Epistemologia da Física 3 - A Ciência no Renascimento Jean Buridan (1300-1358) História e Epistemologia da Física 12-fev-2014 www.fisica-interessante.com 1/84 12-fev-2014 www.fisica-interessante.com 2/84 Buridan sacerdote francês

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio O contexto de uma imagem nos apresenta o cenário geral em que ela foi produzida, sua função e o impacto

Leia mais