CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTEÚDO E HABILIDADES DINÂMICA LOCAL INTERATIVA INTERATIVIDADE FINAL AULA ARTES. Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã"

Transcrição

1

2 Aula 2.1 Conteúdo: Roma Arte Primitiva Cristã 2

3 Habilidades: Reconhecer as manifestações artísticas relacionadas ao período da arte: Roma Antiga e primitiva Cristã. 3

4 4

5 5

6 Todos os caminhos levam à Roma: 6

7 Vídeo: Mito de Rômulo e Remo 7

8 Características principais da arquitetura romana: Solidez nas construções (característica que herdaram dos etruscos); Uso do arco nas construções; Uso da abóbada (construção em forma de arco que preenche espaços entre arcos, muros e outros tipos de espaços); Construções sóbrias, funcionais e luxuosas. 8

9 Panteão área interna e frontal. Data de 120 a 124 d.c. Possui uma das mais celebres construções de abóboda da época romana. 9

10 Panteão era administrado por um grupo de sacerdotes que zelavam pelas estátuas e tochas acesas em homenagem às divindades No ano de 608, com o mundo romano dominado por outros povos, 10

11 o rei bizantino Flávio Focas entregou a construção para as mãos do papa Bonifácio IV, que transformou o lugar em uma igreja cristã dedicada à Santa Maria e a Todos os Santos. 11

12 Durante 400 anos as construções de: Teatro Termas, Os Arcos de Triunfo Muralhas 12

13 13

14 14

15 Estradas e pontes Romanas; facilitaram as conquistas Estradas romanas 15

16 Ponte e aqueduto 16

17 Aqueduto de Segóvia Arcos da Lapa (Rio de Janeiro) 17

18 Os romanos davam importância a função, e não a beleza arquitetônica (funcionalidade) Mausoléu Romano do primeiro século. Casa sobre mausoléu. 18

19 Coliseu mostra o amor que os Romanos tinham pelo motivo arquitetônico de arcos associado a coluna. 19

20 20

21 21

22 Moradia: Casa Era construída ao redor de um pátio chamada Átrio. 22

23 O Mosaico Utilizadas na decoração de muros e pisos. Provem da cidade de Pompéia e Herculano (soterradas em 79.a.C ). Essas pinturas foram classificadas em quatro estilos: 23

24 24

25 25

26 Pintura Romana Primeiro estilo: Recobrir as paredes de uma sala com uma camada de gesso pintado; que dava impressão de placas de mármore. 26

27 Segundo estilo: Os artistas começaram então a pintar painéis que criavam a ilusão de janelas abertas por onde eram vistas paisagens com animais, aves e pessoas, formando um grande mural. 27

28 Terceiro estilo: Representações fiéis da realidade e valorizou a delicadeza dos pequenos detalhes. 28

29 Quarto estilo: Um painel de fundo vermelho, tendo ao centro uma pintura, geralmente cópia de obra grega, imitando um cenário teatral. 29

30 Escultura Representação fiel das pessoas e não de um ideal de pessoa. Mais realista que idealista. Retratavam os imperadores e os homens da sociedade. Êxito na representação de retratos. 30

31 31

32 Relevo : 32

33 Arte Primitiva Cristã : Origem 33

34 Vídeo Arte primitiva Cristã 34

35 A arte Cristã é dividida em dois períodos: O primeiro: quando o povo cristão (pessoas de várias origens unidas pela fé em Jesus Cristo) era intolerado e perseguido pelos romanos; O segundo: quando o Cristianismo tornou-se religião oficial do Império Romano em

36 Capela grega das catacumbas de Priscila, em Roma (século II) Arte das Catacumbas Eram espaços pequenos destinados a receber o corpo dos cristãos mais simples Os espaços maiores eram destinados aos mártires 36

37 37

38 Escadarias que levam as catacumbas 38

39 Pintura Cruz Símbolo do sacrifício de Jesus Cristo 39

40 Pintura Palma Símbolo do martírio 40

41 Pintura Âncora Símbolo da salvação 41

42 Pintura Peixe grego (ichtys) Jesus Cristo Filho de Deus Salvador 42

43 Evolução da arte primitiva cristã Surgem cenas do Antigo e do Novo Testamento Santa ceia Lázaro ressuscitado Daniel e os leões 43

44 Segundo Período Em 391, o Imperador Teodósio declarou o Cristianismo como religião oficial do Império. 44

45 São construídos: Mausoléus e Templos Decorados com mosaicos e pinturas que continuam utilizando as histórias bíblicas. 45

46 Arquitetônica dos prédios públicos romanos. Uma das maiores manifestações dessa influência é vista na utilização da palavra basílica para nomear as igrejas 46

47 1. As influências romanas são tantas que nos deparamos com elas todos os dias. Ou você não conhece um Augusto, um Júlio, um César, um Adriano, um Antônio? Ou mesmo você, que está lendo este texto, pode ter um desses nomes, que eram de pessoas que marcaram a história de Roma. Isso ocorre em virtude da importância de Roma para o mundo ocidental. São nomes que permaneceram conhecidos ao longo do tempo e são utilizados (...) 47

48 (...) até os dias atuais. Mas não são apenas os nomes que demonstram as influências romanas em nossa vida atual. Houve, por isso, uma combinação harmônica entre a beleza e a utilidade nas mais variadas edificações romanas. Cite quais as principais características da arquitetura romana. 48

49 2. Abaixo estão escritos várias palavras, marque somente as principais realizações arquitetônicas construídas pelos Romanos? Arco Triunfal Termas, Circos Muralhas Patheón Colunas Aqueduto Mausoléus Coliseu 49

50 3. Desenhe os principais símbolos da Arte primitiva Cristã. 50

A arte romana sofreu duas fortes influências: a da arte etrusca popular e voltada para a expressão da realidade vivida, e a da greco-helenística,

A arte romana sofreu duas fortes influências: a da arte etrusca popular e voltada para a expressão da realidade vivida, e a da greco-helenística, ARTE ROMANA A arte romana sofreu duas fortes influências: a da arte etrusca popular e voltada para a expressão da realidade vivida, e a da greco-helenística, orientada para a expressão de um ideal de beleza.

Leia mais

ARTE CRISTÂ PRIMITIVA ARTE BIZANTINA

ARTE CRISTÂ PRIMITIVA ARTE BIZANTINA 3º ano - ENSINO MÉDIO Aula dia 13/03/15 ARTE CRISTÂ PRIMITIVA ARTE BIZANTINA Professora Alba ARTE CRISTÂ PRIMITIVA Após a morte de Jesus Cristo, seus discípulos divulgaram seus ensinamentos, e a comunidade

Leia mais

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo

Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo Preparação para a Ficha de Avaliação B2 O mundo romano no apogeu do Império Origem e difusão do cristianismo QUANDO ACONTECEU? 753 a. C. 509 a. C. 27 a. C. 0 218 d. C. 313 476 381 Nascimento República

Leia mais

Arte na antiguidade: Roma. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com

Arte na antiguidade: Roma. Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com Arte na antiguidade: Roma Prof. Arlindo F. Gonçalves Jr. http://www.mural-2.com INFLUÊNCIAS: arte etrusca - voltada para a expressão da arte vivida (destaque para o uso de arcos e abóbadas nas construções)

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes

Arte Cristã Primitiva. 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes Arte Cristã Primitiva 6º Ano 2015 Prof. Juventino Artes Dois Momentos 1º - Clandestino e perseguidos pelos romanos. 2 - Aceitação da religião cristã. Os primeiros cristãos de origem humilde, reuniam-se

Leia mais

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1

Arte Cristã Primitiva. Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 Arte Cristã Primitiva Mosaico Bizantino da Basílica de Santa Sofia em Constantinopla século XII. 1 2 Arte Paleocristã (séc. II séc V) Desenvolveu-se dentro do Império Romano; Perseguidos pelos imperadores;

Leia mais

Arte Romana. 6º Ano Apostila 2015 Artes Professor Juventino

Arte Romana. 6º Ano Apostila 2015 Artes Professor Juventino Arte Romana 6º Ano Apostila 2015 Artes Professor Juventino Arte Romana A soberania do Império Romano, sem paralelos na história, estendia-se da Espanha ao sul da Rússia, da Inglaterra ao Egito e em seu

Leia mais

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino

ARTE MEDIEVAL. Estilo Bizantino ARTE MEDIEVAL Durante a Idade Média (século V ao XV), a arte europeia foi marcada por uma forte influência da Igreja Católica. Esta atuava nos aspectos sociais, econômicos, políticos, religiosos e culturais

Leia mais

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI

ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI ARTE BIZANTINA PROFª MARIANA KAADI História Em 395 o Imperador Teodósio divide o Império Romano em duas partes: Império Romano do Ocidente com capital em Roma Império Romano do Oriente com capital em Constantinopla

Leia mais

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS

LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS LINGUAGENS, CÓDIGOS E SUAS TECNOLOGIAS Lista de Recuperação do II Trimestre / 1 º ano/arte Professor(a): Ana Cecilia Data: / setembro / 2016. 1) Aponte as principais influências culturais sofridas pela

Leia mais

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga

Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Artes visuais AULA 1 Elementos fundamentais; Expressão artística na Grécia e Roma Antiga Prof. André de Freitas Barbosa Objetivos: - A Arte na História: refletir sobre a finalidade da produção artística

Leia mais

Arte cristã primitiva (paleocristã)

Arte cristã primitiva (paleocristã) Arte cristã primitiva (paleocristã) -Abrange os primeiros cinco séculos do surgimento do cristianismo. - Duras e cruéis perseguições aos cristãos (aqueles que seguiam os ensinamentos de Jesus Cristo) empreendidas

Leia mais

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda;

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda; ARTE PRÉ-HISTÓRICA PALEOLÍTICO INFERIOR aproximadamente 5.000.000 a 25.000 a.c.; controle do fogo; e instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados. PALEOLÍTICO SUPERIOR instrumentos

Leia mais

Abóbada de Nervura. Abóbada de Arco

Abóbada de Nervura. Abóbada de Arco Arte Romana FOI ASSIM... O processo de desenvolvimento da arte romana iniciou-se no século II a.c. e expandiu-se pelos territórios do Mediterrâneo, Norte da Europa e Ásia. Ao conquistar a Grécia, Roma

Leia mais

Datada do séc. II ao final do séc. V d.c.

Datada do séc. II ao final do séc. V d.c. ARTE PALEOCRISTÃ ARTE PALEOCRISTÃ ANTIGUIDADE Datada do séc. II ao final do séc. V d.c. ARTE PRIMITIVA CRISTÃ arte dos cinco primeiros séculos do aparecimento do cristianismo. Divide-se em dois períodos:

Leia mais

Império Romano Era Cristã

Império Romano Era Cristã ARTE ROMANA Império Romano Era Cristã Conjunto de sarcófagos do chamado Hipogeu dos Volumni em Perúgia tumulo com mulher c. séc. VI Túmulo casais c. séc. VI-V Casais c. 400 ac Fase Helenística/neoclassicista

Leia mais

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos:

Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/ /08/2016 Capítulos: Nome Nº Ano Ensino Turma 9 o Fund. II Disciplina Professor Natureza Trimestre/Ano Data Arte Alvaro Roteiro de estudos 2º/2016 03/08/2016 Capítulos: 4 - A Arte na Hélade Grécia Antiga 5 - A Arte na Roma

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Idade Média. Professor Isaac Antonio Camargo

HISTÓRIA DA ARTE. Idade Média. Professor Isaac Antonio Camargo HISTÓRIA DA ARTE Idade Média 1 Professor Isaac Antonio Camargo O conceito de Medieval é comumente entendido como uma época de atraso e estagnação cultural onde dominou uma profunda ignorância e superstição

Leia mais

Capítulo 14 (p. 263)

Capítulo 14 (p. 263) Capítulo 14 (p. 263) O imperador Otávio Augusto Aconteceu durante o período do fim da repúbica romana e estabeleceu o início de um novo regime político o Império. Aproveitando-se do seu poder, ele promoveu

Leia mais

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros.

A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. ArtenaIdadeMédia A Idade Média inicia-se em 476 com aqueda do Império Romano do Ocidente, devido às invasões de povos barbaros. Seu fim foi assinalado pela queda do Império Romano do Oriente em 1453,devido

Leia mais

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO

ARTES AVALIAÇÃO. Aula 3.2 - AVALIAÇÃO Aula 3.2-2 1. A Anunciação é uma das obras mais conhecidas de Leonardo da Vinci. Feita por volta do ano de 1472, ela retrata uma das cenas bíblicas mais famosas de todos os tempos. Escreva nas linhas abaixo

Leia mais

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano

DICAS DO PROFESSOR. História 6º Ano DICAS DO PROFESSOR História 6º Ano ROMA ANTIGA fases: séculos: IIIdC JC I ac VI ac VIIIaC IMPÉRIO REPÚBLICA MONARQUIA Auge da civilização romana; Pão e circo e Pax Romana; Cristianismo; Bárbaros; Crise.

Leia mais

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império;

Roma Antiga. O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; ROMA Roma Antiga O mais vasto império da antiguidade; Lendária fundação pelos gêmeos Rômulo e Remo, em 753 a.c.; Roma - centro político do Império; Sua queda, em 476, marca o início da Idade Média. O mito

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS S 1º semestre / 2012 Aula 5 26/03/2012 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com IDADE MÉDIA Idade Antiga (Antiguidade) Idade Média (Era Medieval) c ESCRITA

Leia mais

Aula 07 Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA. a produção artística. CRISTÃ PARTE 2a. Aula 07 Prof. Lila Donato BIZANTINA

Aula 07 Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA. a produção artística. CRISTÃ PARTE 2a. Aula 07 Prof. Lila Donato BIZANTINA Profª. Lila Donato IDADE MÉDIA a produção artística CRISTÃ PARTE 2a A ARTE BIZANTINA 1. RELEMBRANDO E REFORÇANDO 1 momento arte & arquitetura PALEOCRISTÃ 1ª etapa CATACUMBAS SEPULCRO Congregação clandestina

Leia mais

Colégio Avanço de Ensino Programado

Colégio Avanço de Ensino Programado α Colégio Avanço de Ensino Programado Trabalho de Recuperação1º Semestre - 1º Bim. /2016 Nota: Professor (a): Lúcia Disciplina: Arte Turma: 1ª Série Ensino Médio Nome: Nº: ORIENTAÇÕES PARA DESENVOLVIMENTO

Leia mais

Técnico Design Interior

Técnico Design Interior Técnico Design Interior A ARTE NA GRÉCIA Professora Alba Baroni Arquiteta A ARTE NA GRÉCIA Dos povos da antiguidade os gregos apresentaram uma produção cultural mais livre. Não se submeteram as imposições

Leia mais

Igreja de Hagia Sophia

Igreja de Hagia Sophia Igreja de Hagia Sophia Constantino (em 312) teve uma revelação através de um sonho onde durante uma batalha teria visto uma cruz luminosa no céu. Depois disto, a batalha teria sido vencida. Assim, adotou

Leia mais

A Arte na Roma Antiga

A Arte na Roma Antiga A Arte na Roma Antiga 01 Quais as civilizações que influenciaram Roma no campo artístico? R. na pag. 51 02 Como a arte grego-helenística contribuiu com a expressão artística romana? R. na pag. 52 (na caixa

Leia mais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais

Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Artes Visuais Colégio Pedro II Departamento de Desenho e Campus São Cristóvão II Coordenador pedagógico de Disciplina: Shannon Botelho 7º ano. TURMA: NOME: nº ARTE PÁLEO-CRISTÃ OU DAS CATACUMBAS Surgiu com os primeiros

Leia mais

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO DO UL CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS CURSO DE ARTES VISUAIS Professor Dr. Isaac A. Camargo Apoio Pedagógico: AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM: www.artevisualensino.com.br

Leia mais

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE

ARTE PALEOCRISTÃ PRINCIPAIS CARACTERÍSTICAS. Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica - ESPIRITUALIDADE Arte Paleocristã Arte Bizantina Arte Islâmica ARTE PALEOCRISTÃ ARTE PALEOCRISTÃ Também chamada de Arte das Catacumbas, desenvolveu-se dentro do Império Romano, quando surgiram os primeiros núcleos cristãos.

Leia mais

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com

DAS ARTES. 1º semestre / 2012. Aula 4. Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão. masiscao@hotmail.com ESTÉTICA TICA E HISTÓRIA DAS ARTES 1º semestre / 2012 Aula 4 Prof. a M. a Marcela Provinciatto Siscão masiscao@hotmail.com 1 ANTIGUIDADE OCIDENTAL ARTE ANTIGA: ROMANA 2 Roma Antiga Extensão máxima território

Leia mais

Arte Romana. 1º Ano Artes. Professor Juventino 2015

Arte Romana. 1º Ano Artes. Professor Juventino 2015 Arte Romana 1º Ano Artes Professor Juventino 2015 Arte Romana A soberania do Império Romano, sem paralelos na história, estendia-se da Espanha ao sul da Rússia, da Inglaterra ao Egito e em seu apogeu absorveu

Leia mais

Ano lectivo 2009/2010. Disciplina: Área De Projecto. Feito por: Carlos Grilo

Ano lectivo 2009/2010. Disciplina: Área De Projecto. Feito por: Carlos Grilo Ano lectivo 2009/2010 Disciplina: Área De Projecto Feito por: Carlos Grilo Índice Introdução... 3 Arena... 4 Utilizações do Coliseu... 4 Jogos inaugurais do Coliseu... 5 A planta de Coliseu... 6 O fim

Leia mais

Filosofia dos Gregos

Filosofia dos Gregos ARQUITETURA GREGA Parte de nossa cultura e valores artísticos vem dos gregos. Vemos a arquitetura grega sob uma perspectiva especial e consequências que resultaram dos gregos. O projetista medita sobre

Leia mais

CONTEXTO HISTÓRICO. Compreende o milênio que transcorreu desde a queda do Império Romano do Ocidente até o fim do Império Bizantino.

CONTEXTO HISTÓRICO. Compreende o milênio que transcorreu desde a queda do Império Romano do Ocidente até o fim do Império Bizantino. C O L É G I O D I O C E S A N O S E R I D O E N S E - C D S D I S C I P L I N A : A R T E S P R O F E S S O R A : A N A P R I S C I L A S É R I E : 3 ª E N S I N O M É D I O Arte Medieval CONTEXTO HISTÓRICO

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco

HISTÓRIA DA ARTE. Arte gótica Renascimento Barroco HISTÓRIA DA ARTE Arte gótica Renascimento Barroco ARTE GÓTICA O Gótico foi notadamente a expressão artística mais importante do final da Idade Média. Seu auge ocorre na Baixa Idade Média. Sua importância

Leia mais

Estudo dirigido. Segunda Avaliação. Capitulo 2 A arte no Egito

Estudo dirigido. Segunda Avaliação. Capitulo 2 A arte no Egito Segunda Avaliação Estudo dirigido Capitulo 2 A arte no Egito 01 É do nosso conhecimento que a Civilização Egípcia era socialmente complexa e culturalmente muito rica, mas podemos destacar desse contexto

Leia mais

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro.

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro. GRÉCIA CONTEXTO HISTÓRICO O Conhecimento sobre a história de Creta e Micenas deve-se, sobretudo, ás descobertas de dois arqueólogos: Schliemann, que encontrou vestígios de Tróia e as ruínas de Micenas

Leia mais

Éfeso. Rua Principal. Porto

Éfeso. Rua Principal. Porto Página 1 de 6 Éfeso Rua Principal Éfeso era a maior cidade da costa oeste da Ásia Menor. Como um centro de comércio marítimo e rodoviário da região, Éfeso era uma próspera comunidade urbana. No final do

Leia mais

Antiguidade século IV. Arte Bizantina

Antiguidade século IV. Arte Bizantina Antiguidade século IV Arte Bizantina Na Antiguidade, além da arte Egípcia e Grega, também encontram-se a Romana, Paleocristã e Bizantina... Enquanto os romanos desenvolviam uma arte colossal e espalhavam

Leia mais

Império Romano (27 a.c. até 476)

Império Romano (27 a.c. até 476) O Mundo Romano - II Império Romano (27 a.c. até 476) *Com a vitória sobre Marco Antônio, Otávio instaura a fase imperial de Roma, a conquista e unificação do mundo Mediterrâneo. PAX AUGUSTUS ou PAX ROMANA

Leia mais

Arte Cristã Primitiva

Arte Cristã Primitiva Arte Cristã Primitiva 1º Ano 1º Bimestre 2015 A clandestinidade Dois Momentos 1º - Clandestino e perseguidos pelos romanos 2 - Aceitação da religião cristã Os primeiros cristãos de origem humilde, reuniam-se

Leia mais

Exercícios Recuperação 2º semestre

Exercícios Recuperação 2º semestre ENSINO FUNDAMENTAL II Aluno: Ano: 6 Turno: Matutino Turma: Data: / / 2014 DG Professor (a):lucimar Exercícios Recuperação 2º semestre QUESTÃO 01 Polígono é uma figura geométrica cuja palavra é proveniente

Leia mais

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio

HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco. Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio HISTÓRIA DA ARTE Da Pré-história ao Barroco Professora: Vanessa Oliveira Arte 1ª série Ensino Médio O contexto de uma imagem nos apresenta o cenário geral em que ela foi produzida, sua função e o impacto

Leia mais

3- Sob o poder de qual imperador o império romano atingiu sua maior extensão? R.: Sob o comando do imperador Trajano que governou entre 98 a 117 d.c.

3- Sob o poder de qual imperador o império romano atingiu sua maior extensão? R.: Sob o comando do imperador Trajano que governou entre 98 a 117 d.c. Professor: Edson Alves Martins Questões sobre o Império Romano 1 Qual o nome da 1ª dinastia do império romano? R: Dinastia Julio Cláudia (14-68) 2- Qual o primeiro imperador romano R.: Otávio Augusto.

Leia mais

Técnico Design Interior

Técnico Design Interior Técnico Design Interior A ARTE NO EGITO Professora Alba Baroni Arquiteta A ARTE NO EGITO O Egito foi uma das principais civilizações da antiguidade. Com uma civilização bastante desenvolvida em sua organização

Leia mais

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes

4ª FASE. Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes 4ª FASE Prof. Amaury Pio Prof. Eduardo Gomes Unidade II Natureza-Sociedade: questões ambientais 2 Aula 8.1 Conteúdo Hebreus, Fenícios e Persas. 3 Habilidade Identificar as principais características físicas,

Leia mais

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO)

PRIMEIRAS MANIFESTAÇÕES (MAGIA E RITUAL VENATÓRIO) ARTE E RELIGIÃO Formas tão díspares como as pirâmides do Egito, as catedrais cristãs, as mesquitas muçulmanas ou as colossais imagens japonesas de Buda correspondem, em seu fundamento, à mesma inquietação

Leia mais

Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações

Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações Igreja Nossa Senhora da Candelária de Itu (SP) passará por restaurações Local é considerado um dos maiores símbolos do barroco no Estado. Obras vão custar quase R$ 7 milhões e serão acompanhadas pelos

Leia mais

A Arte egípcia estava inteiramente ligada á religião. Não sabemos os nomes dos artistas, por isso chamamos de anônimos. As pinturas eram uma forma de

A Arte egípcia estava inteiramente ligada á religião. Não sabemos os nomes dos artistas, por isso chamamos de anônimos. As pinturas eram uma forma de A Arte egípcia estava inteiramente ligada á religião. Não sabemos os nomes dos artistas, por isso chamamos de anônimos. As pinturas eram uma forma de registrar histórias e acontecimentos. Era também um

Leia mais

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO

EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO EJA 4ª FASE PROF. LUIS CLAÚDIO CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade II As tradições religiosas e os textos sagrados. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO

Leia mais

Sofreram influência dos Egípcios e do Oriente Próximo, copiando o ato de pintar e esculpir, que mais tarde iriam superar.

Sofreram influência dos Egípcios e do Oriente Próximo, copiando o ato de pintar e esculpir, que mais tarde iriam superar. Curso de artes A arte na Grécia Características gerais: Sofreram influência dos Egípcios e do Oriente Próximo, copiando o ato de pintar e esculpir, que mais tarde iriam superar. Convicção de que o uso

Leia mais

01. A pintura rupestre apresenta no período paleolítico figuras feitas do modo naturalista. Defina o termo Naturalismo.

01. A pintura rupestre apresenta no período paleolítico figuras feitas do modo naturalista. Defina o termo Naturalismo. Capítulo 01 - A Arte na Pré-História 01. A pintura rupestre apresenta no período paleolítico figuras feitas do modo naturalista. Defina o termo Naturalismo. R Na pág. 09, na caixa de texto. 02. Os artefatos

Leia mais

O Mundo Romano - II. Prof. Thiago

O Mundo Romano - II. Prof. Thiago O Mundo Romano - II Prof. Thiago O Império (27 a.c. 476) Unificação do mundo Mediterrâneo Vitória de Caio Otávio sobre Marco Antônio Início da Era Imperial Otávio absteve-se de proclamar-se rei ou ditador

Leia mais

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.

Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio. Capítulo 14. A arte no Barroco Europeu. 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p. Estudo dirigido artes Milton Gomes Segundo ano Ensino Médio Capítulo 14 A arte no Barroco Europeu 01 Como foi criado o termo Barroco? R. na p.141 02 No livro, encontramos duas explicações para o surgimento

Leia mais

ARTE ROMANA A arte romana desenvolveu-se durante os quase seis séculos que vão da terceira Guerra Púnica (146 a.c) ao séc. IV d.c. Esta sofreu fortes

ARTE ROMANA A arte romana desenvolveu-se durante os quase seis séculos que vão da terceira Guerra Púnica (146 a.c) ao séc. IV d.c. Esta sofreu fortes A arte romana ARTE ROMANA A arte romana desenvolveu-se durante os quase seis séculos que vão da terceira Guerra Púnica (146 a.c) ao séc. IV d.c. Esta sofreu fortes influências por parte da arte etrusca

Leia mais

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda;

ARTE PRÉ-HISTÓRICA. IDADE DOS METAISaproximadamente 5.000 a 3.500 a.c. aparecimento de metalurgia; invenção da roda; ARTE PRÉ-HISTÓRICA PALEOLÍTICO INFERIOR aproximadamente 5.000.000 a 25.000 a.c.; controle do fogo; e instrumentos de pedra e pedra lascada, madeira e ossos: facas, machados. PALEOLÍTICO SUPERIOR instrumentos

Leia mais

ROMA ANTIGA. Antiguidade Ocidental

ROMA ANTIGA. Antiguidade Ocidental ROMA ANTIGA Antiguidade Ocidental Roma Antiga Geografia Península Itálica Fonte Eneida (Virgílio) Enéas Lavinia Cidade de Alba Longa Amúlio X Numitor Réia Silvia Marte Remo Rômulo Loba 753 a.c. - Roma

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 PLANIFICAÇÃO ANUAL DE HISTÓRIA DA CULTURA E DAS ARTES - 10.º ANO ANO LECTIVO DE 2010/2011 Módulos/Conteúdos Tronco Comum Módulo inicial Criatividade e Rupturas A Cultura, a Arte e a História; as artes

Leia mais

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico).

Arte 1º. Ano do Ensino Médio. Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Arte 1º. Ano do Ensino Médio 1º. Trimestre - Conteúdo Avaliativo: Linha do Tempo da História da Arte (Períodos/ Movimentos Artísticos/ Contexto Histórico). Períodos Artísticos: Pré-História/Idade Antiga

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma D Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur

Arquitetura Egípcia. Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Arquitetura Egípcia Discentes: Bárbara Pellegrini Bruno Marques Bruno Luiz Mayla Miranda João Arthur Docente: Veronica Curso: Técnico em Edificações Turno: Vespertino INTRODUÇÃO Os egípcios desenvolveram

Leia mais

Outra designação: Basílica da Estrela. Data: Encomendado por: Rainha D. Maria I.

Outra designação: Basílica da Estrela. Data: Encomendado por: Rainha D. Maria I. Identificação do Monumento: Basílica do Sagrado Coração de Jesus Outra designação: Basílica da Estrela Localização: Largo da Estrela, 1200-667 Lisboa, Lisboa, Portugal Data: 1779 1790 Photograph: Artistas:

Leia mais

Pergamo. Teatro. Acropole

Pergamo. Teatro. Acropole Página 1 de 6 Pergamo Teatro Pérgamo foi a maior cidade no oeste da Ásia Menor nos tempos do Novo Testamento. Está situada em um espaçoso vale, a 26 quilômetros do mar Egeu, naquilo que é hoje a Turquia.

Leia mais

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai.

FILOSOFIA CRISTÃ. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. Jesus Cristo Pantocrator, Uma das mais antigas imagens de Jesus (séc. VI-VII). Monastério Sta. Catarina, Monte Sinai. FILOSOFIA CRISTÃ Unidade 01. Capítulo 04: pg. 53-54 Convite a Filosofia Unidade 08.

Leia mais

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS

EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS EJA 5ª FASE PROF.ª GABRIELA DACIO PROF.ª LUCIA SANTOS ARTES CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade I Tecnologia - Corpo, movimento e linguagem na

Leia mais

A arte na Grécia. Capítulo 3

A arte na Grécia. Capítulo 3 A arte na Grécia Capítulo 3 Por volta do século X a. C, os habitantes da Grécia continental e das ilhas do mar Egeu formavam pequenas comunidades, distantes umas das outras, e falavam diversos dialetos.

Leia mais

A CULTURA DO MOSTEIRO. Alta Idade Média ao Românico

A CULTURA DO MOSTEIRO. Alta Idade Média ao Românico A CULTURA DO MOSTEIRO Alta Idade Média ao Românico O ROMÂNICO: tópicos ENQUADRAMENTO HISTÓRICO A arte românica corresponde ao período medieval da história da Europa desde, sensivelmente, o séc. X/XI até

Leia mais

NEOCLASSICISMO Neoclassicismo

NEOCLASSICISMO Neoclassicismo NEOCLASSICISMO Movimento cultural do fim do século XVIII, e início do século XIX (1780 1830), o NEOCLASSICISMO está identificado com a retomada da cultura clássica (Grécia e Roma) por parte da Europa Ocidental

Leia mais

A ARTE NA GRÉCIA. Não devia ser somente parecida com o modelo, mas devia ser um objeto belo em si mesmo. EVOLUÇÃO DA ESCULTURA:

A ARTE NA GRÉCIA. Não devia ser somente parecida com o modelo, mas devia ser um objeto belo em si mesmo. EVOLUÇÃO DA ESCULTURA: ARTES / 3º ANO Professor: MÍLTON COELHO Características gerais: Sofreram influência dos Egípcios e do Oriente Próximo, copiando o ato de pintar e esculpir, que mais tarde iriam superar. Convicção de que

Leia mais

COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM VISUAL. Pe Thiago Faccini Paro

COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM VISUAL. Pe Thiago Faccini Paro COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM VISUAL Pe Thiago Faccini Paro Catedral de Santa Teresa Caxias do Sul / RS Linguagem visual é todo tipo de comunicação que se dá através de imagens e símbolos. Na Liturgia...

Leia mais

Antiguidade Clássica (II) ROMA. LIVRO : 1 AULA: 4 e 5

Antiguidade Clássica (II) ROMA. LIVRO : 1 AULA: 4 e 5 Antiguidade Clássica (II) ROMA LIVRO : 1 AULA: 4 e 5 FASES DA HISTÓRIA ROMANA Monarquia República Império 753 a.c. 590 a.c. 590 a.c. 27 a.c. 27 a.c. 476 d.c. FUNDAÇÃO DE ROMA Versão mitológica: Romulo

Leia mais

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10)

O AUTOR ROMANOS. Contextos e Particularidades AULA 1 INTRODUÇÃO. Objetivos do Curso PAULO. O Apóstolo Paulo. Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) ROMANOS AULA 1 A REVELAÇÃO E A APLICAÇÃO DA JUSTIÇA DE DEUS Professor: Vlademir Hernandes vlademir@ibcu.org.br 1 2 Objetivos do Curso Fortalecimento da Fé (2Pe 1:1-10) Conhecimento frutífero Capacitação

Leia mais

I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1

I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1 I D A D E M É D I A Arquitetura Medieval Estilo Bizantino INSTRODUÇÃO A CONSTRUÇÃO CIVIL 1 Professora Arq.: VERÔNICA FREITAS Equipe: Ana Paula Diego Neves John Kennedy Sthefany Cabrera Oswaldo Garcia Campus

Leia mais

A história de Roma Antiga é fascinante em função da cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por esta civilização. De uma pequena cidade,

A história de Roma Antiga é fascinante em função da cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por esta civilização. De uma pequena cidade, Roma A história de Roma Antiga é fascinante em função da cultura desenvolvida e dos avanços conseguidos por esta civilização. De uma pequena cidade, tornou-se um dos maiores impérios da antiguidade. Dos

Leia mais

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro.

Minoicos. Produção: jarros de cerâmica, vasos decorados, objetos refinados em ouro. GRÉCIA CONTEXTO HISTÓRICO O Conhecimento sobre a história de Creta e Micenas deve-se, sobretudo, ás descobertas de dois arqueólogos: Schliemann, que encontrou vestígios de Tróia e as ruínas de Micenas

Leia mais

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho.

ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A. 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque. 8.junho. ESCOLA SECUNDÁRIA DE CASQUILHOS - BARREIRO Ficha de avaliação 03 de História A 10º Ano Turma C Professor: Renato Albuquerque Duração da ficha: 15 minutos. Tolerância: 5 minutos 3 páginas 8.junho.2012 NOME:

Leia mais

Outra designação: Santuário dos Remédios

Outra designação: Santuário dos Remédios Identificação do Monumento: Santuário da Nossa Senhora dos Remédios Outra designação: Santuário dos Remédios Localização: Santuário de Nossa Senhora dos Remédios 5100-025 Lamego, Lamego, Portugal Data:

Leia mais

Templo de Baal-Shamin. Erigido no século IV, numa zona árabe helenizada. Templo de Baal-Shamin. Perspectiva da câmara central

Templo de Baal-Shamin. Erigido no século IV, numa zona árabe helenizada. Templo de Baal-Shamin. Perspectiva da câmara central Templo de Baal-Shamin. Vista do interior do santuário central Templo de Baal-Shamin 24 Erigido no século IV, numa zona árabe helenizada. Templo de Baal-Shamin. Perspectiva da câmara central 25 Templo de

Leia mais

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano

Nome: nº. Recuperação Final de História Profª Patrícia. Lista de atividades 6º ano 1 Conteúdos selecionados: Nome: nº Recuperação Final de História Profª Patrícia Lista de atividades 6º ano Apostila 1 Tempo histórico, periodização da História, ocupação da América. Apostila 2 Egito, Mesopotâmia,

Leia mais

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento

Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri. Adaptado de Alex Federle do Nascimento Colégio Ser! Sorocaba História 7ºs anos Profª Marilia Coltri Adaptado de Alex Federle do Nascimento Império Bizantino O Império Bizantino foi o Império Romano do Oriente durante a Antiguidade Tardia e

Leia mais

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS

COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO. ENSINO RELIGIOSO REVISÃO GERAL III TRIMESTRE 7ºs ANOS Tema: Deus se mostra as pessoas: o simbolismo nas religiões. CAPÍTULOS 9 AO 12 DO LIVRO DIDÁTICO (RSE). Professor: Roberto

Leia mais

Para resolver os problemas de abastecimento de água na cidade, os romanos desenvolveram um complexo sistema de aquedutos e fontes públicas.

Para resolver os problemas de abastecimento de água na cidade, os romanos desenvolveram um complexo sistema de aquedutos e fontes públicas. PIERDELUNE / SHUTTERSTOCK / GLOW IMAGES Para resolver os problemas de abastecimento de água na cidade, os romanos desenvolveram um complexo sistema de aquedutos e fontes públicas. Roma chegou a ter 11

Leia mais

História Rafael Av. Mensal 21/05/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO

História Rafael Av. Mensal 21/05/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1º EM História Rafael Av. Mensal 21/05/14 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

Civilização Cicládica Civilização Minóica ou Cretense Civilização Micênica

Civilização Cicládica Civilização Minóica ou Cretense Civilização Micênica A Arte Egéia ou Arte do Mar Egeu está associada às culturas que floresceram no mar Egeu antes do aparecimento dos Gregos por volta do 3000 A.C. e que foram principalmente três: Civilização Cicládica Civilização

Leia mais

ARQUITETURA E URBANISMO ROMANO

ARQUITETURA E URBANISMO ROMANO ARQUITETURA E URBANISMO ROMANO A tipologia residência O DOMUS A Domus é a residência urbana das famílias abastadas na Roma Antiga, e, portanto, na sua maioria, das patrícias, nome pela qual é denominada

Leia mais

A escultura é uma das mais importantes manifestações da arte egípcia no Antigo Império, pois possuía uma função de representação política e

A escultura é uma das mais importantes manifestações da arte egípcia no Antigo Império, pois possuía uma função de representação política e COLÉGIO PEDRO II Campus São Cristóvão II Departamento de Desenho e Artes Visuais Equipe de Artes Visuais Coordenação: Prof. Shannon Botelho - 6º ano Aluno / a: Turma: Arte no Egito Os egípcios constituíram

Leia mais

Doc. 59. Nome: Ano: Turma: Nº.:

Doc. 59. Nome: Ano: Turma: Nº.: PGA - Prova Global do Agrupamento Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Silves Sul Doc. 59 Departamento de Ciências Sociais e Humanas História 7.º Ano Prova: A Nome: Ano: Turma: Nº.:

Leia mais

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M.

BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO PROFESSORA: GEORGIANA E G SOUSA 3º ANO E. M. BARROCO Surgiu na Itália no século XVII e deve-se a uma série de mudanças econômicas, religiosas e sociais ocorridas na Europa; Contrarreforma reafirmar

Leia mais

A IMAGEM COMO TRANSMISSORA DE CONHECIMENTO. Korina Costa

A IMAGEM COMO TRANSMISSORA DE CONHECIMENTO. Korina Costa Encontro de Ensino, Pesquisa e Extensão, Presidente Prudente, 22 a 25 de outubro, 2012 155 A IMAGEM COMO TRANSMISSORA DE CONHECIMENTO Korina Costa Arquiteta e Urbanista, Especialista em Docência do Ensino

Leia mais

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas

Conceitos Domínios a trabalhar Experiências de aprendizagem Sugestões de recursos Avaliação Aulas 7º ANO - PCA 1º PERÍODO 2012-2013 TEMA A Das sociedades recoletoras às primeiras civilizações A1 As sociedades recoletoras e as primeiras sociedades produtoras As primeiras conquistas do Homem Os grandes

Leia mais

Planificação Anual da Disciplina de História da Cultura e das Artes - 10º Ano. Ano letivo Módulo 1: A Cultura da Ágora

Planificação Anual da Disciplina de História da Cultura e das Artes - 10º Ano. Ano letivo Módulo 1: A Cultura da Ágora Planificação Anual da Disciplina de História da Cultura e das Artes - 10º Ano Ano letivo 2016-2017 PERÍODO COMPETÊNCIAS VISADAS TEMAS 1º Período - Apresentação do programa, critérios de avaliação e atividades

Leia mais

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes,

1 substituição do teto de madeira por abóbadas. 2 grande espessura das paredes, Arte românica é o nome dado ao estilo artístico vigente na Europa entre os séculos XI e XIII. O estilo é visto principalmente nas igrejas católicas construídas após a expansão do cristianismo pela Europa

Leia mais

A Arte na Idade Média

A Arte na Idade Média Colégio Pedro II - Unidade São Cristóvão II 7º ano Artes Visuais Prof. Shannon Botelho Nome: Turma: 2º Trimestre ARTE BIZANTINA A Arte na Idade Média A arte Bizantina teve seu centro de difusão a partir

Leia mais

As lutas existentes no Segundo Triunvirato, durante a República, centralizaram o poder em Otávio. Vitorioso, ele tornou-se imperador de Roma,

As lutas existentes no Segundo Triunvirato, durante a República, centralizaram o poder em Otávio. Vitorioso, ele tornou-se imperador de Roma, Roma As lutas existentes no Segundo Triunvirato, durante a República, centralizaram o poder em Otávio. Vitorioso, ele tornou-se imperador de Roma, recebendo o título de Augusto, que significa divino.

Leia mais

Arte Egéia Origens do mundo Clássico

Arte Egéia Origens do mundo Clássico Arte Egéia Origens do mundo Clássico Mar Egeu Cretences ou Minóicos Mar Egeu Afresco do Toureador. Palácio de Knossos. Micênicos mégaron. Esta tipologia caracteriza-se pela existência de três espaços

Leia mais

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro)

Planejamento das Aulas de História º ano (Prof. Leandro) Planejamento das Aulas de História 2016-6º ano (Prof. Leandro) Fevereiro Aula programada (Por que estudamos História?) Páginas Tarefa 1 Lembrar o passado: memória e história 10 e 11 Mapa Mental 3 O tempo

Leia mais