Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências da Natureza Disciplina: Ciências Ano: 7º - Ensino Fundamental Professor: Bernardo Dias

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências da Natureza Disciplina: Ciências Ano: 7º - Ensino Fundamental Professor: Bernardo Dias"

Transcrição

1 Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências da Natureza Disciplina: Ciências Ano: 7º - Ensino Fundamental Professor: Bernardo Dias Ciências Atividades para Estudos Autônomos Data: 3 / 4 / 2017 Aluno(a): N o : Turma: Os assuntos trabalhados nestes Estudos Autônomos estão relacionados aos conteúdos: Evolução e Classificação. Antes de realizar as atividades que se seguem, faça um estudo sobre estes temas consultando suas anotações do caderno, as aulas disponibilizadas no site do Colégio e ainda os capítulos 3 e 5 do seu livro didático de Ciências. Um abraço e bons estudos! Bernardo. QUESTÃO 1 (STERN, 2015) Observe a ilustração a seguir, que descreve uma situação: Em uma população de uma espécie de besouro, alguns indivíduos apresentam coloração mais esverdeada, outros mais amarronzada. Nesse ambiente, os besouros têm um predador: uma espécie de ave. Repare que os besouros amarronzados ficam mais camuflados do que os esverdeados, e as aves dessa espécie comem mais besouros verdes do que amarronzados. Os besouros amarronzados vivem mais tempo e geram maior número de descendentes em relação aos esverdeados. De acordo com a situação apresentada e em outros conhecimentos sobre o assunto, RESPONDA: a) Por que a proporção entre besouros esverdeados e amarronzados mudou? b) Nessa situação, qual característica foi objeto de seleção natural? Colégio Santa Dorotéia - BH 1

2 c) Agora, imagine que o ambiente dessa situação tenha se modificado: onde antes havia mato seco, agora é um gramado bem vivo. O que deve acontecer nessa nova situação? QUESTÃO 2 ANALISE as figuras a seguir: As mariposas representadas têm hábitos noturnos e, durante o dia, permanecem pousadas em troncos de árvores. Existem muitas aves de hábitos diurnos que são predadores de mariposas. EXPLIQUE por que as mariposas brancas (claras) devem estar em maior quantidade no ambiente da figura 1. QUESTÃO 3 (Unifesp) De acordo com a teoria da evolução biológica, os seres vivos vêm se modificando gradualmente ao longo das gerações, desde o seu surgimento na Terra, em um processo de adaptação evolutiva. Segundo essa teoria: a) Os indivíduos mais bem adaptados transmitem as características aos descendentes. b) Ocorre seleção de características externas adquiridas pelo uso frequente. c) A seleção natural apenas elimina aqueles indivíduos que sofrem mutação. d) As mutações são dirigidas para genes específicos que proporcionam maior vantagem aos seus portadores. e) As mutações são seguidas da seleção ao acaso daquelas que tornam os indivíduos mais adaptados. 2 Colégio Santa Dorotéia - BH

3 QUESTÃO 4 (UFRN) Dois grandes cientistas contribuíram decisivamente para a compreensão do processo de formação das espécies. No final do século XVIII, Jean-Baptiste de Lamarck propôs uma explicação para o processo de formação dos seres vivos. Em 1859, Charles S. Darwin lançou a sua teoria da seleção natural, que, uma vez aceita pela comunidade científica, acabou por descartar a proposta de Lamarck. Posteriormente, a teoria de Darwin foi modificada, dando origem a teoria sintética da evolução. Neste contexto, RESPONDA: a) EXPLIQUE por que o trabalho de Lamarck contribuiu positivamente para se compreender a formação dos seres vivos. b) EXPLIQUE por que a teoria de Lamarck foi descartada a partir dos trabalhos de Darwin. c) EXPLIQUE por que a teoria sintética da evolução avança mais na explicação da formação dos seres vivos que a teoria de Darwin. QUESTÃO 5 As Teorias da Evolução enunciam o surgimento da vida na Terra como um processo de evolução contínuo e lento, que depende de mutações genéticas e/ou processos internos de adaptações do organismo ao ambiente, conduzidos por hereditariedade. A partir desta afirmação, preencha o espaço em branco das sentenças a seguir, utilizando L (de Lamarck) e N (de Neodarwinismo) para tornar a sequência correta, considerando a relação entre a teoria e seus defensores: ( ) 1- Herança dos caracteres adquiridos. ( ) 2- A sobrevivência dos mais aptos está relacionada com a seleção natural. ( ) 3- As aquisições ou perdas de características são causadas pelo ambiente e, a partir daí, pelo uso ou desuso, e conservadas pela reprodução. ( ) 4- Mutações que ocorrem nos genes e nas novas disposições nos cromossomos resultam em alterações no conjunto de genes (características), transmitidas as gerações de forma sucessiva e que favorecem a evolução da espécie. Agora, MARQUE a alternativa correta: a) LNLN. b) NLLN. c) LNNL. d) NNLL. e) NLNL. Colégio Santa Dorotéia - BH 3

4 QUESTÃO 6 (STERN, 2015) Você talvez já tenha ouvido dizer que "viemos dos macacos". Essa afirmação está errada. O correto seria dizer que temos ancestrais comuns com os macacos, com quem dividimos o grupo dos Primatas, como mostra o cladograma a seguir, que inclui a espécie humana, o Homo sapiens. a) Há cerca de quantos milhões de anos os seres humanos passaram a constituir um grupo independente? b) Segundo o esquema, dentre os primatas atuais, quais são os mais antigos? Quando eles surgiram? QUESTÃO 7 (Thompson e Rios, 2016) Um grupo de biólogos deu início a um levantamento de animais encontrados em uma área do Cerrado. Depois de conversarem com os habitantes e analisarem os seres vivos da região, elaboraram o gráfico a seguir; ANALISE-o e faça o que se pede. 4 Colégio Santa Dorotéia - BH

5 a) ELABORE uma explicação para a diferença observada entre o número de espécies identificadas e o número de seres vivos conhecidos por seu nome popular. b) EXPLIQUE por que o número de espécies é maior que o número de gêneros, que, por sua vez, é maior que o número de famílias. QUESTÃO 8 (Thompson e Rios, 2016) ANALISE as relações filogenéticas representadas pela filogenia a seguir e RESPONDA às questões. a) A lontra e o lobo pertencem à mesma família? EXPLIQUE, usando informações da imagem. b) A que categoria taxonômica pertencem todas as espécies retratadas na filogenia? c) A que correspondem os números 2 e 3 da árvore filogenética? Colégio Santa Dorotéia - BH 5

6 d) Com base no parentesco evolutivo, que animal tem maior semelhança com o coiote? JUSTIFIQUE sua resposta. e) Considerando a filogenia acima, qual das linhagens representadas foi a primeira a se diversificar das demais? QUESTÃO 9 (César, Sezar e Bedaque, 2013) Preste atenção nas seguintes informações: I) De acordo com as regras de nomenclatura, podemos escrever o nome do gênero sozinho, desde que acompanhado da abreviatura "sp.". Por exemplo: a palavra Canis indica um gênero que abrange várias espécies, certo? Se quisermos nos referir a qualquer animal desse gênero, sem especificar se é um cão, um lobo ou um coiote, escrevemos simplesmente "Canis sp.". II) Se, por outro lado, quisermos nos referir, ao mesmo tempo, a várias espécies de um mesmo gênero, utilizamos a abreviatura "spp." após a palavra que indica o gênero. A partir dessas informações, use a criatividade e seus conhecimentos sobre os organismos do gênero Canis, criando duas frases: uma que ilustre a primeira informação apresentada e outra para exemplificar o que vocês aprenderam com a segunda informação. QUESTÃO 10 (Canto, 2013) ANALISE as charges a seguir e RESPONDA às questões. 6 Colégio Santa Dorotéia - BH

7 a) Ambas mencionam o DNA. Em que parte de uma célula encontra-se essa substância? b) Qual das afirmações a seguir, referentes ao DNA, é correta? I) O DNA serve apenas para preencher espaço na célula, pois não tem nenhuma função. II) O DNA é algo que aparece nas histórias de ficção científica, mas na vida real não é importante. III) O DNA só tem importância para seres eucariotos. IV) O DNA contém informações que a célula utiliza para produzir substâncias necessárias ao seu funcionamento. Sugestões de respostas QUESTÃO 1 a) Por que os besouros verdes eram mais visíveis e, por isso, mais caçados; os besouros marrons sobreviveram em maior número e puderam se reproduzir, assim, ao longo do tempo, sua população aumentou. b) A característica foi a cor dos besouros. c) A característica "cor verde" é aquela que aumenta as chances de sobrevivência e reprodução dos besouros. Portanto, ao longo do tempo, essa característica deve aumentar na população. QUESTÃO 2 As mariposas claras da figura 1 são as que apresentam uma característica vantajosa (camuflagem) que aumenta as chances de sobrevivência e reprodução neste ambiente; logo, essa característica deve aumentar ao longo do tempo na população. QUESTÃO 3 A. QUESTÃO 4 a) Lamarck compreendeu que as espécies sofrem transformações (evoluem, adaptam-se) ao longo do tempo, contestando a teoria do fixismo (criacionismo, seres imutáveis). b) A teoria de Lamarck foi descartada porque não ficou comprovada a hereditariedade de caracteres adquiridos ou modificações de órgãos e estruturas pelo uso ou desuso. Darwin sugeriu que haveria uma seleção natural de indivíduos mais bem adaptados a uma determinada situação ambiental. c) Darwin não conseguiu explicar as variações que apareciam em indivíduos de uma mesma espécie. A teoria sintética leva em consideração que as características são determinadas pelos genes e que ocorrem mutações que geram variabilidade aspectos que Darwin desconhecia. QUESTÃO 5 A QUESTÃO 6 a) Entre 5 e 5,7 milhões de anos. b) Orangotangos. Entre 9 e 13 milhões de anos. QUESTÃO 7 a) De acordo com o gráfico, diferentes espécies possuem o mesmo nome popular, já que temos mais espécies do que nomes populares. b) Isto ocorre porque dentro de um gênero, podemos encontrar várias espécies diferentes. O mesmo padrão pode ser encontrado dentro de uma única família: vários gêneros diferentes. QUESTÃO 8 a) Não, pois a lontra pertence à família Mustelidae, enquanto o lobo pertence à família Canidae. b) Ordem (Carnivora). c) Os números 2 e 3 correspondem aos nós ou pontos de especiação. d) Dos animais representados, o que apresenta maior semelhança com o coiote é o lobo, pois ambos apresentam o mesmo gênero (Canis). e) A linhagem da família Felidae. QUESTÃO 9 Resposta pessoal. QUESTÃO 10 a) No material genético. Nas células eucarióticas, esse material está dentro do núcleo e, nas procarióticas, está disperso no citoplasma. b) IV. Colégio Santa Dorotéia - BH 7

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo Fundamentos da Evolução Biológica As Teorias Evolutivas Várias teorias evolutivas surgiram, mas destacam-se se as teorias de Lamarck e de Darwin. O EVOLUCIONISMO, OU TEORIA DA EVOLUÇÃO, É A EXPLICAÇÃO

Leia mais

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução Ancestral comum Primeiras ideias: filósofos da Grécia Clássica Tales de Mileto (Séc. VI a.c.): água como princípio organizador dos seres vivos Xenófanes

Leia mais

Respostas e rascunhos deverão ser redigidos com a Caneta entregue pelo Fiscal. Em nenhuma hipótese se avaliará resposta escrita com grafite.

Respostas e rascunhos deverão ser redigidos com a Caneta entregue pelo Fiscal. Em nenhuma hipótese se avaliará resposta escrita com grafite. 4º dia 1 Na parte inferior desta capa, preencha todos os espaços destinados à sua identificação. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever mensagem, etc., será automaticamente

Leia mais

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica - I Prof. Pablo Paim Biologia Organismos se adaptam ao ambiente?! O homem veio do macaco?! Organismos mais evoluídos!? Ser evolucionista é ser ateu?! O processo de evolução biológica

Leia mais

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA

- CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA - CAPÍTULO 1 - INTRODUÇÃO À BIOLOGIA 1. Quais são os elementos encontrados, geralmente, em maior quantidade no corpo dos seres vivos? 2. Todos os seres vivos, com exceção dos vírus, são compostos por células.

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques EVOLUÇÃO 1 As teorias evolucionistas Nosso planeta apresenta uma imensa variedade de espécies, vivendo nos mais diferentes habitats. A Teoria da evolução tenta explicar como isso torno-se possível. 2 Fixismo

Leia mais

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia Biologia Tema: Everton Amorim 1) Introdução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra. o =Fato o Ciência que estuda

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 9 Classificação biológica 7º anos 2º período - 2012 01 - Em uma área de transição entre a mata atlântica e o cerrado, são encontrados o pau-d arco (Tabebuia

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO

21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO BIOLOGIA EVOLUÇÃO O que é a evolução? Evolução é o processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas. 1 Evidências da evolução

Leia mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais Evolução Prof. Fernando Belan - Biologia Mais O pensamento evolucionista Desde o surgimento da revolução cientfca (XVII) as ideias cientfcas entraram em confitos com as religiosas. Nicolau Copérnico derrubou

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. Ao longo da evolução, as variações e adaptações nos dentes dos mamíferos são numerosas e surpreendentes. A conformação dos dentes sugere o cardápio possível das espécies, sendo correto

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações Evolução A palavra evolução vem do Latim evolvere que significa Desenvolver ou Estender. A Def. usual: progresso, desenvolvimento, melhora. Biologicamente: evolução é a mudança nas propriedades (frequências

Leia mais

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos?

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? EVOLUÇÃO BIODIVERSIDADE Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? FIXISMO Teorias A Fixismo 9 As espécies surgiram independentemente umas das outras (tal como se conhecem hoje) e mantiveram-se

Leia mais

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181 Aluno (a): Disciplina: Ciências Curso Professor: Marcel Série: 7º ano ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Número: 1 - Conteúdo: - Classificação - Critérios de agrupamentos - Sistema Natural de

Leia mais

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro.

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro. Evolução 1. (UFERSA) Responda esta questão com base no calendário abaixo, que representa a história da Terra, desde o seu surgimento até os dias de hoje, descrita numa escala hipotética de 12 meses. Considerando

Leia mais

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita;

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita; 1. Surgimento das idéias ias Evolutivas Acreditava-se que as espécies eram imutáveis Fixismo; No século XX a evolução passou a ser mais aceita; Fixismo começou a ser quebrado por Jean Baptiste Lamarck

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

BIOLOGIA Teorias evolucionistas

BIOLOGIA Teorias evolucionistas Módulo 40 Página 1 à 7 De onde viemos? Por que estamos aqui? Qual o propósito para a existência? Para onde vamos? Evolucionismo x Criacionismo Idéias de Lamarck Jean Baptiste Pierre Antonie de Monet Conde

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA RELEMBRANDO... O que é Ecologia? Biosfera Ecossistema Comunidade População Organismo PENSAMENTO EVOLUTIVO E ECOLÓGICO Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz a evolução

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4.

EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4. EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE 2015 Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4. 1- Diferencie a célula vegetal da animal em três aspectos. 2- Por que o núcleo é o

Leia mais

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas:

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Explicações para Biodiversidade: Creacionismo Ato sobrenatural fixismo Geração espontânea Vida matéria bruta Transmutação de Espécies. Uma espécie da origem

Leia mais

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Os alunos devem ler os capítulos 1, 4, 22 e 23 do livro texto e responder as questões apresentadas a seguir. Todas as questões do questionário já foram corrigidas

Leia mais

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas TEORIA DA EVOLUÇÃO O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas Histórico Como Darwin explica? Os primeiros a falarem: Antiguidade/Idade

Leia mais

BIOLOGIA Diversidade e história da vida

BIOLOGIA Diversidade e história da vida Diversidade e história da vida Módulo 13 Página 8 à 16 DIVERSIDADE = número + variedade + distribuição Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos Atualmente: 1,7 milhões de seres vivos descritos

Leia mais

1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica.

1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica. 1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica. a) Que nome se dá a esse tipo de adaptação ao substrato de repouso? Cite uma vantagem dessa adaptação.

Leia mais

Ano: 7 Turma: 71 / 72

Ano: 7 Turma: 71 / 72 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 7 Turma: 71 / 72 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

Ciências/15 7º ano Turma:

Ciências/15 7º ano Turma: Ciências/15 7º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 7ºcie301r Roteiro de Estudos- Recuperação de Ciências 7 ANO 1º trimestre O que estudamos no primeiro trimestre? No primeiro trimestre estudamos as

Leia mais

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky) O significado da Adaptação É muito comum dizermos

Leia mais

O conceito de evolução biológica

O conceito de evolução biológica O conceito de evolução biológica Todos os seres vivos do planeta descendem de organismos muito simples, que surgiram há mais de 3 bilhões de anos. A enorme diversidade de seres atuais é resultado de um

Leia mais

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia Atividade extra Questão 1 Na nomenclatura descritiva na Biologia, o maior dos agrupamentos é o domínio. Existem apenas três domínios nos quais toda a diversidade biológica é incluída. Estes domínios são

Leia mais

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman Evolução e etologia Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia Prof. Mauro Lantzman A perigosa idéia de Darwin Darwin demonstrou de maneira conclusiva que, ao contrario da tradição antiga, as

Leia mais

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA

COLÉGIO EQUIPE DE JUIZ DE FORA 1) Diferencie os seres que pertencem ao reino Monera dos que pertencem o reino Plantae quanto ao número de células e quanto à ausência ou presença de envoltório nuclear. 2) Corrija as afirmações a seguir.

Leia mais

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos:

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Criacionismo: defendia que todos os seres vivos tinham sido obra divina

Leia mais

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis

Taxonomia e Nomenclatura. Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Taxonomia e Nomenclatura Aula nº49 e 51 4 e 9 Fev 09 Prof. Ana Reis Actualmente, as classificações biológicas são ainda influenciadas pelo trabalhos de Aristóteles, mas sobretudo pelos de Lineu, que é

Leia mais

Biologia Luiz Segundo

Biologia Luiz Segundo Biologia Luiz Segundo TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: Desde que médicos começaram a solicitar regularmente exames de tomografia computadorizada, cientistas se preocupam que o procedimento de imageamento

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de da Natureza Disciplina: Série: 6ª - Ensino Fundamental Professora: Flávia Lage Atividades para Estudos Autônomos Data: 03 / 10 / 2016 Aluno(a): Nº: Turma: Querido(a) aluno(a),

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução?

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução? EVOLUÇÃO Prof. André Maia O que sabemos sobre a evolução? As espécies mudam com o decorrer do tempo. Hoje existem aproximadamente dois milhões de espécies de organismos vivos sobre a Terra, incluindo bactérias,

Leia mais

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade

Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade Ecologia e Modelagem Ambiental para a conservação da Biodiversidade SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA, BOTÂNICA E CONSERVAÇÃO 1. NOÇÕES BÁSICAS DE SISTEMÁTICA FILOGENÉTICA 2. Índice de Diversidade Filogenética

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA 1ª AVALIAÇÃO CORRETOR 1 01 02 03 04 05 06 07 08 Reservado à CCV AVALIAÇÃO FINAL Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV Comissão do Vestibular Reservado à CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA

Leia mais

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4.

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4. Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. (Faculdade Albert Einstein 2016) O gráfico abaixo refere-se ao processo de divisão celular que ocorre durante a espermatogênese humana: Nesse processo de divisão ocorre:

Leia mais

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com Origem da Vida Panspermia cósmica hipercognicion.blogspot.com Conseguiriam sobreviver? Como se formaram? Abiogênese (Geração espontânea) http://slideplayer.com.br/slide/387759/ slideplayer.com.br Antonie

Leia mais

Ciências da Natureza

Ciências da Natureza Ministério da Educação e Ciência Exame de Acesso Específico Ciências da Natureza Prova Modelo Grupo I 1. A Figura 1 representa uma secção esquemática do globo terrestre. Figura 1 1.1. Indique o número

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Processo seletivo PPGECB - 2013 Prova de conhecimentos em Ecologia e Evolução CPF do candidato: MS ( ) DR ( ) Instruções para a prova: 1) Não coloque NOME nas folhas de prova em hipótese alguma. Sua única

Leia mais

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Biologia Evolução Tema: Evolução Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Introdução Evolução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que

Leia mais

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS BIOLOGIA 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco questões, constituídas de itens e

Leia mais

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva HOMEM E SOCIEDADE Professor Guilherme Paiva Antropologia Antropologia Antropologia Antropologia 1.1 - Principais visões sobre a origem humana: o evolucionismo e o debate das determinações biológicas versus

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Série: 6ª Ensino Fundamental Professora: Cristiane Mattar Atividades para Estudos Autônomos Data: 2 / 8 / 2016 Aluno(a): Nº: Turma: VERIFIQUE

Leia mais

Sistemática dos seres vivos

Sistemática dos seres vivos Sistemática dos seres vivos O mundo vivo é constituído por uma enorme variedade de organismos. Para estudar e compreender tamanha variedade, idd foi necessário agrupar os organismos de acordo com as suas

Leia mais

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Profa. Eleonora Erbesdobler EVOLUÇÃO Processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas.

Leia mais

Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE BIOLOGIA II

Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE BIOLOGIA II Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2014. LISTA DE BIOLOGIA II 1) (UFGO) Há alterações estruturais decorrentes da adaptação de uma espécie,

Leia mais

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: ALUNO(a): Numa comparação grosseira, as briófitas são consideradas os anfíbios do mundo vegetal.

GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: ALUNO(a): Numa comparação grosseira, as briófitas são consideradas os anfíbios do mundo vegetal. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: DISCIPLINA: SÉRIE: 3º ano ALUNO(a): Lista de Exercícios NOTA: No Anhanguera você é + Enem Questão 01) Numa comparação grosseira, as briófitas são consideradas os anfíbios do

Leia mais

Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester

Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester Teorias Evolutivas Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester Uma adaptação é uma característica que é comum em uma população porque fornece alguma

Leia mais

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859)

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) Fez 6 edições em vida realizando pequenas correções e até abrandou seus argumentos (sofreu

Leia mais

Questão 01 A figura abaixo ilustra uma célula eucariota. Analise-a e responda:

Questão 01 A figura abaixo ilustra uma célula eucariota. Analise-a e responda: BIOLOGIA (Cada questão desta prova vale até cinco pontos) Questão 01 A figura abaixo ilustra uma célula eucariota. Analise-a e responda: 2 1 a) A estrutura indicada em 1 é formada por microtúbulos, constituintes

Leia mais

Antes de Mim. Genética(fazer nascer) Qual a Especificidade do Ser humano?

Antes de Mim. Genética(fazer nascer) Qual a Especificidade do Ser humano? Psicologia B Antes de Mim Genética(fazer nascer) Qual a Especificidade do Ser humano? Nós e os outros Como se explicam as caraterísticas dos diferentes seres vivos? Porque razão os seres da mesma espécie

Leia mais

Escola Secundária/3 Morgado de Mateus

Escola Secundária/3 Morgado de Mateus Escola Secundária/3 Morgado de Mateus FICHA DE TRABALHO Ano lectivo 2009/2010 1. Para cada uma das questões seguintes, escolha a opção correcta. 1.1. A reprodução é uma função A- necessária à sobrevivência

Leia mais

Atividade 1 Seres Vivos

Atividade 1 Seres Vivos Atividade 1 Seres Vivos Coletar seres vivos encontrados em casa, na rua ou na escola. Colocar dentro de um pote de vidro fechado. Entregar dia: 31/03/2016 Atividade 2 Classificação dos alunos do 7º Criaremos

Leia mais

Sitemática. Dannubia Bastos

Sitemática. Dannubia Bastos Sitemática aula 01 Dannubia Bastos Sistemática Estuda a biodiversidade Variações existentes entre os seres vivos Objetivos Descrever a biodiversidades em catálogos Batizar com nomes científicos (padronização)

Leia mais

Meio Ambiente. Primeiros Passos da Trajetória Humana. Professor Enrico Blota.

Meio Ambiente. Primeiros Passos da Trajetória Humana. Professor Enrico Blota. Meio Ambiente Primeiros Passos da Trajetória Humana Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Meio Ambiente MEIO AMBIENTE - PRIMEIROS PASSOS DA TRAJETÓRIA HUMANA As espécies do planeta, incluindo

Leia mais

Bases genéticas e a evolução do comportamento

Bases genéticas e a evolução do comportamento Bases genéticas e a evolução do comportamento Comportamento = FENÓTIPO Genótipo + Ambiente 1 Efeitos de genes individuais sobre o comportamento Mutante Icebox (Ibx) herança recessiva ligada ao cromossomo

Leia mais

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Aula nº45, 46 e 48 26 e 28 Jan e 2 Fev09 Prof. Ana Reis Principais críticas apontadas à Teoria de Darwin: não explicar o surgimento de variações naturais nos

Leia mais

Avaliação Ciências 6º ano Unidade 7

Avaliação Ciências 6º ano Unidade 7 1. A ilustração abaixo representa um ecossistema. Com relação a esse ecossistema responda: a) O que é um ecossistema? b) Quais são os componentes vivos representados? c) Cite alguns dos elementos não vivos

Leia mais

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F

CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F CADERNO DE EXERCÍCIOS 2F Ensino Fundamental Ciências da Natureza Questão Conteúdo Habilidade da Matriz da EJA/FB 1. Classificação Hierárquica dos Seres Vivos H36 2. Análise do parentesco Evolutivo H20

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE Ploidia 2n n 4 3 2 interfase meiose I meiose II 4x 3x 2x x M M 1 Como pode cair no enem A meiose e a fecundação na reprodução sexuada são processos complementares,

Leia mais

DOPING SANGUÍNEO UNIDADE: DATA: 03 / 12 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE BIOLOGIA 2.º ANO/EM QUESTÃO 01. Leia o texto a seguir.

DOPING SANGUÍNEO UNIDADE: DATA: 03 / 12 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE BIOLOGIA 2.º ANO/EM QUESTÃO 01. Leia o texto a seguir. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 03 / 2 / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE BIOLOGIA 2.º ANO/EM ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Origem das células eucarióticas

Origem das células eucarióticas Origem das células eucarióticas As primeiras formas de vida foram os seres unicelulares procariontes. O registo fóssil indica-nos que as primeiras formas de vida terão surgido há cerca de 4 000 Ma. No

Leia mais

FUVEST a Fase - Biologia - 05/01/2000

FUVEST a Fase - Biologia - 05/01/2000 Q.01 a) Apesar de o predatismo ser descrito como uma interação positiva para o predador e negativa para a presa, pode-se afirmar que os predadores têm um efeito positivo sobre a população de presas. Explique

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Colégio Santa Dorotéia Área de Ciências Humanas Disciplina: Geografia Série: 6 a - Ensino Fundamental Professora: Cristiane Mattar Geografia Atividades para Estudos Autônomos Data: 25 / 4 / 2016 Aluno(a):

Leia mais

antropologia & cultura

antropologia & cultura antropologia & cultura carlos joão correia estudos africanos filosofia artes & humanidades 2011-2012/2ºsemestre Charles Darwin, 1809-1882 On the Origin of Species by means of Natural Selection [1859] Evolução:

Leia mais

Sistemática e biogeografia

Sistemática e biogeografia Sistemática e biogeografia Prof. Dr. Fernando Santiago dos Santos fernandoss@ifsp.edu.br www.fernandosantiago.com.br (13) 8822-5365 Aula 3 Escolas gradista (evolutiva), fenética (numérica) e cladista (filogenética)

Leia mais

Citologia Exercícios Dissertativos. (a) A afirmação apresentada pode ou não ser considerada válida? (b) Justifique sua resposta.

Citologia Exercícios Dissertativos. (a) A afirmação apresentada pode ou não ser considerada válida? (b) Justifique sua resposta. Exercícios Dissertativos 1. (2002) Devido ao fato de serem muito simples em termos de organização, podemos afirmar que os vírus provavelmente tiveram sua origem antes do surgimento das primeiras células

Leia mais

3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) GRUPO I

3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) GRUPO I 3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) Ano Lectivo: 2007/2008 Nome: Nº Turma: CT Curso: CH-CT Data: 17/01/2008 Docente: Catarina Reis GRUPO I 1. A figura 1 representa, esquematicamente,

Leia mais

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS?

Reinos COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMO CLASSIFICAR OS SERES VIVOS? COMPLEXIDADE CELULAR Ser unicelular: organismo formado por uma única célula. Bactérias e protistas são unicelulares, apesar de muitas vezes formarem colônias - no entanto,

Leia mais

biologia caderno de prova instruções informações gerais 13/12/2009 boa prova! 2ª fase exame discursivo

biologia caderno de prova instruções informações gerais 13/12/2009 boa prova! 2ª fase exame discursivo 2ª fase exame discursivo 13/12/2009 biologia caderno de prova Este caderno, com dezesseis páginas numeradas sequencialmente, contém dez questões de Biologia. Não abra o caderno antes de receber autorização.

Leia mais

Sugestão de Atividades História 6º ano Unidade 1

Sugestão de Atividades História 6º ano Unidade 1 1. Leia atentamente: Quando nos referimos a homens, devemos esclarecer que esse termo se aplica à nossa espécie, chamada de Homo sapiens sapiens, surgida apenas entre 180 e 190 mil anos atrás, bem como

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Ciências Nome: Ano: 3º Ano 2ª Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Ciências Naturais Disciplina:

Leia mais

TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA

TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA TEXTO BASE: PRÉ-HISTÓRIA A Pré-História é um termo utilizado para definir o período que compreende desde o surgimento dos primeiros gêneros humanos (por volta de 4 milhões de anos) no leste do continente

Leia mais

contiver qualquer marca identificadora em um outro local deste caderno. que prejudique a leitura, peça imediatamente ao fiscal que o substitua.

contiver qualquer marca identificadora em um outro local deste caderno. que prejudique a leitura, peça imediatamente ao fiscal que o substitua. 1. Só se identifique na parte inferior desta capa. Sua prova será anulada se contiver qualquer marca identificadora em um outro local deste caderno. 2. Este caderno contém 05 questões. Se estiver incompleto

Leia mais

Colégio Nomelini Anglo Barretos - Ensino Fundamental II. CIÊNCIAS PROFª Íris. LISTA EXTRA Recuperação 2 Bimestre Aluno: Série:7º Ano Nº

Colégio Nomelini Anglo Barretos - Ensino Fundamental II. CIÊNCIAS PROFª Íris. LISTA EXTRA Recuperação 2 Bimestre Aluno: Série:7º Ano Nº LISTA EXTRA Recuperação 2 Bimestre Aluno: Série:7º Ano Nº Disciplina : Ciências Professora : Íris Data : 01/08/2011 1. Observe a filogenia abaixo: a) As 3 espécies possuem um ancestral comum? b) Entre

Leia mais

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade

Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Classificação biológica Sistemática Biodiversidade Descrição da diversidade biológica Batismo das espécies Catálogos de características a espécie Organização da diversidade Compreensão dos processos de

Leia mais

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna

Classificação dos seres vivos. Professor: André Resende de Senna Classificação dos seres vivos Professor: André Resende de Senna Taxonomia ( taxis = ordem / nomo = lei ) Sistemática ou Classificação Biológica Conceito: É a parte da Biologia que identifica, nomeia e

Leia mais

INTRODUÇÃO AO ENSINO DE CIÊNCIAS. A Geografia Levada a Sério

INTRODUÇÃO AO ENSINO DE CIÊNCIAS.  A Geografia Levada a Sério INTRODUÇÃO AO ENSINO DE CIÊNCIAS 1 Não São as espécies mais fortes que sobrevivem, nem as mais inteligentes, e sim as mais suscetíveis a mudanças. Charles Darwin 2 3 Introdução ao Ensino de Ciências As

Leia mais

PLANO DE TRABALHO. TÍTULO: Evolução na Educação Básica concepções e desafios

PLANO DE TRABALHO. TÍTULO: Evolução na Educação Básica concepções e desafios FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS FUNDAÇÃO CECIERJ / CONSÓRCIO CEDERJ PROFESSOR/CURSISTA: FELIPE CARVALHO DE OLIVEIRA COLÉGIO: COLÉGIO ESTADUAL DAVID CAPISTRANO TUTOR (A): SÉRIE:

Leia mais

1 Os gráficos A, B e C correspondem à taxa de fotossíntese de três plantas diferentes ocorrendo em três ambientes distintos.

1 Os gráficos A, B e C correspondem à taxa de fotossíntese de três plantas diferentes ocorrendo em três ambientes distintos. 1 BIOLOGIA Os gráficos A, B e C correspondem à taxa de fotossíntese de três plantas diferentes ocorrendo em três ambientes distintos. Gráficos da taxa fotossintética em função da temperatura da folha em

Leia mais

Evidências da evolução

Evidências da evolução Evidências da evolução Como surgiu a enorme diversidade de seres vivos que observamos? Diversas sociedades ofereceram explicações para a diversidade dos seres vivos Assim como outros fenômenos naturais,

Leia mais

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo:

Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos. Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: Agrupamento Escolas José Belchior Viegas - Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos Ciências Naturais Planificação anual 5ºAno Ano letivo: 2016-17 / Nº aulas Conteúdos Metas Aulas previstas A importância

Leia mais

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê?

Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Os colecionadores, para organizar as suas coleções utilizam diversos CRITÉRIOS. Classificar para quê? Sistemática Ciência que faz o estudo científico dos seres vivos, das suas relações evolutivas, e desenvolve

Leia mais

Abril Educação Plantas/Algas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota:

Abril Educação Plantas/Algas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Abril Educação Plantas/Algas Aluno(a): Número: Ano: Professor(a): Data: Nota: Questão 1 Qual é a importância dos vegetais para a vida animal? Questão 2 Diferencie uma célula animal de uma vegetal. Questão

Leia mais

Aula 25 Teorias da evolução

Aula 25 Teorias da evolução Aula 25 Teorias da evolução A grande variabilidade dos seres vivos e o grande número de espécies atuais, segundo a teoria evolucionista, originaram-se de espécies preexistentes mais simples, que evoluíram,

Leia mais

Introdução a Algoritmos Genéticos

Introdução a Algoritmos Genéticos Introdução a Algoritmos Genéticos Tiago da Conceição Mota Laboratório de Inteligência Computacional Núcleo de Computação Eletrônica Universidade Federal do Rio de Janeiro Outubro de 2007 O Que São? Busca

Leia mais

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia

Disciplina Evolução Módulo II. Prof. Carolina Voloch. Filogenia Disciplina Evolução Módulo II Prof. arolina Voloch Filogenia A sistemática é a ciência que une a taxonomia, ou seja, a ciência da classificação dos organismos, com a filogenia, a ciência que traça a história

Leia mais

CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS

CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS CAPÍTULO 6: COMPOSTOS ORGÂNICOS PROTEÍNAS CAP. 7: COMPOSTOS ORGÂNICOS ÁCIDOS NUCLEICOS E VITAMINAS 1. Dentre os diferentes compostos orgânicos das células temos as proteínas. Sobre estas responda: a) Cite

Leia mais

O trabalho deve ser entregue em folha de papel almaço, completo e com capa.

O trabalho deve ser entregue em folha de papel almaço, completo e com capa. GOIÂNIA, / / 2015 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA:Biologia SÉRIE: 1º ano ALUNO(a): Trabalho de Recuperação No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre. Profº Guilherme. Livros:

Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre. Profº Guilherme. Livros: Sala de Estudo Ciências 7º ano 1º Trimestre Profº Guilherme Livros: Teoria celular: de Hooke a Schwann. Maria Elice B. Prestes. São Paulo: Scipione, 1997. (Série Ponto de Apoio). Antes e depois de Charles

Leia mais

BIOLOGIA Origem da Vida

BIOLOGIA Origem da Vida Origem da Vida Módulo 2 Página 13 à 28 Uma coisa é desejar ter a verdade ao nosso lado, outra é desejar sinceramente estar ao lado da verdade. (Richard Whately) Questões mais antigas da humanidade: Questões

Leia mais

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE 1) Durante a meiose, o pareamento dos cromossomos homólogos é importante porque garante: (A) a separação dos cromossomos não homólogos. (B) a duplicação do DNA, indispensável a esse processo. (C) a formação

Leia mais

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 Questão 1 A figura abaixo mostra uma árvore filogenética que reflete as relações de parentesco entre alguns animais da ordem Perissodactyla,

Leia mais