21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "21/11/2013 BIOLOGIA EVOLUÇÃO"

Transcrição

1 BIOLOGIA EVOLUÇÃO O que é a evolução? Evolução é o processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas. 1

2 Evidências da evolução A evolução tem suas bases fortemente corroboradas pelo estudo comparativo dos organismos, sejam fósseis ou atuais. Provas embriológicas Provas fósseis Provas bioquímicas Provas zoogeográficas Provas anatômicas (Órgãos vestigiais e homologia entre órgãos) Provas embriológicas: 2

3 Provas fósseis: 3

4 Órgãos vestigiais Homologia e analogia 4

5 Homologia e analogia Ateção! Analogia não é prova de evolução. Homologia: apresenta a mesma origem embriológica de estruturas de diferentes organismos, sendo que essas estruturas podem ter ou não a mesma função. As estruturas homólogas sugerem ancestralidade comum. Analogia: refere-se à semelhança morfológica entre estruturas, em função de adaptação à execução da mesma função. 5

6 Irradiaçãoadaptativa. Irradiaçãoadaptativa. Processo que é consequência de isolamento geográfico de vários grupos a partir de uma população inicial, levando à diversificação das espécies com acúmulo de características diferentes ao longo do tempo e com atuação da seleção natural. A partir de uma mesmo tipo ancestral ocorre o aparecimento de várias linhas evolutivas divergentes. Todos estes organismos, por terem um ancestral comum, possuem estruturas derivadas de uma mesma estrutura original. Estas estruturas são chamadas órgãos homólogos como, por exemplo, braços do homem e asas de morcego, que possuem a mesma origem embrionária. 6

7 Evolução convergente: Evolução convergente: Processo que é resultante da adaptação de grupos de organismos de espécies diferentes a um mesmo hábitat. Por estarem adaptados ao mesmo hábitat, possuem semelhanças em relação à organização de corpo sem necessariamente possuírem grau de parentesco. Estes organismos, por viverem num mesmo tipo de ambiente e estarem adaptados ao mesmo, possuem estruturas que apresentam a mesma função que são chamadas órgãos análogos, como, por exemplo: Asas de borboleta Asas de morcego São semelhantes pela função e não por terem uma mesma origem embrionária ou pelos organismos possuírem ancestral comum. 7

8 Lamarckismo Jean-Baptiste Lamarck ( ) As Teorias evolutivas: Lamarckismo Jean-Baptiste Lamarck ( ), naturalista francês, foi o primeiro cientista a propor uma teoria sistemática da evolução. Sua teoria foi publicada em 1809, em um livro denominado Filosofia zoológica. I) Lei do uso ou desuso: o uso de determinadas partes do corpo do organismo faz com que estas se desenvolvam, e o desuso faz com que se atrofiem. II) Lei da transmissão dos caracteres adquiridos : alterações provocadas em determinadas características do organismo, pelo uso e desuso, são transmitidas aos descendentes. 8

9 O pescoço das girafas segundo Lamarck: Darwinismo Charles Darwin ( ) 9

10 Darwinismo Charles Darwin ( ), naturalista inglês, desenvolveu uma teoria evolutiva que é a base da moderna teoria sintética: a teoria da seleção natural. Segundo Darwin, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes. Os organismos mais bem adaptados são, portanto, selecionados para aquele ambiente. Teoria da seleção natural: Segundo Darwin, os organismos mais bem adaptados ao meio têm maiores chances de sobrevivência do que os menos adaptados, deixando um número maior de descendentes. Os organismos mais bem adaptados são, portanto, selecionados para aquele ambiente O pescoço das girafas segundo Darwin: 10

11 Teoria sintética da evolução (ou Neodarwinismo) Neodarwinismo Darwinismo (Charles Darwin) + Mutacionismo (Hugo de Vries) Seleção natural Conceito de Mutação Variação Provoca Adapatação A teoria sintética da evolução (ou Neodarwinismo): Fatores que influenciam na variabilidade: *Fatores que tendem a aumentar a variabilidade genética da população: mutação gênica, mutação cromossômica e recombinação. *Fatores que atuam sobre a variabilidade genética já estabelecida : seleção natural, migração e oscilação genética. 11

12 Crossing-over e a variabilidade genética A relação existente entre meiose e variabilidade é baseada principalmente na ocorrência de crossing-over. O crossing é um fenômeno que envolve cromátides homólogas. Consiste na quebra dessas cromátides em certos pontos, seguida de uma troca de pedaços correspondentes entre elas. A variabilidade genética existente entre os organismos das diferentes espécies é muito importante para a ocorrência da evolução biológica. Sobre essa variabilidade é que atua a seleção natural, favorecendo a sobrevivência de indivíduos dotados de características genéticas adaptadas ao meio. Quanto maior a variabilidade gerada na meiose, por meio de recombinação gênica permitida pelo crossingover, maiores as chances para a ação seletiva do meio. 12

13 Seleção natural: 13

14 Seleção natural: Melanismo industrial: Mariposa (Melatis neda) EXERCÍCIOS COMPLEMENTARES 14

15 1 - Nas regiões industrializadas da Inglaterra, as populações de mariposas Biston betularia de cor clara foram substituídas gradativamente por outras de cor escura, a partir de Esse relato constitui um exemplo clássico de: a) competição. b) recapitulação. c) seleção natural. d) irradiação adaptativa. e) convergência adaptativa. 2 - August Weismann cortou a cauda de camundongos durante mais de cem gerações e verificou que as novas ninhadas continuavam a apresentar aquele órgão perfeitamente normal. Dessa experiência podese concluir que: a) as espécies são fixas e imutáveis. b) quanto mais se utiliza determinado órgão, mais ele se desenvolve. c) a evolução se processa dos seres vivos mais simples para os mais complexos. d) a seleção natural e as mutações são fatores que condicionam a evolução dos seres vivos. e) os caracteres adquiridos do meio ambiente não são transmitidos aos descendentes. 15

16 3- Frente às mudanças que ocorrem em um determinado ambiente, têm maior sucesso adaptativo as espécies: a) com maior variabilidade genética. b) com menor variabilidade genética. c) que não apresentam nenhuma variabilidade genética. d) que não respondem às alterações no meio ambiente. e) que mantêm constantes suas proporções gênicas. 4 - I. A semelhança do bicho-pau a um graveto é devida à seleção natural. II. Os peixes do interior de cavernas são cegos, por não fazerem uso da visão. III. Os herbívoros desenvolveram um estômago complexo, por só comerem vegetais. IV. As girafas atuais têm pescoço comprido porque seus ancestrais se esticavam para atingir as folhas das árvores. Refletem o pensamento de Lamarck: a) I e II, apenas. d) II, III e IV, apenas. b) I e III, apenas. e) I, II, III e IV. c) II e IV, apenas. 16

17 5 - As asas das aves e dos insetos têm a mesma função, mas origem embrionária e plano estrutural diferentes. Tais estruturas são chamadas de: a) homólogas. b) heterólogas. c) órgãos vestigiais. d) análogas. e) homótipos. 6 A figura a seguir mostra o desenvolvimento embrionário de diferentes vertebrados. Observando-a com atenção, pode-se concluir corretamente que: 17

18 a) existe grande semelhança no desenvolvimento embrionário dos diferentes animais, sobretudo nos primeiros estágios. b) a presença da cauda é uma característica comum nos estágios finais de desenvolvimento dos diferentes animais. c) os estágios jovens do desenvolvimento embrionário de um animal são bastante diferentes dos estágios jovens do desenvolvimento embrionário de seus ancestrais. d) uma ancestralidade comum não pode ser evidenciada através da observação do desenvolvimento embrionário. e) quanto mais diferentes são os organismos, maior é a semelhança embrionária entre eles. 7 - O meio ambiente cria a necessidade de uma determinada estrutura em um organismo. Este se esforça para responder a essa necessidade. Como resposta a esse esforço, nota-se modificação na estrutura do organismo. Tal modificação é transmitida aos descendentes. O texto sintetiza as principais idéias relacionadas ao: a) fixismo. b) darwinismo. c) mendelismo. d) criacionismo. e) lamarckismo. 18

19 8 - Os três vertebrados marinhos mostrados, embora distanciados evolutivamente, assemelham-se muito quanto à forma geral de seus corpos, devido ao fato de terem sido submetidos a pressões de seleção semelhantes: Estamos exemplificando um caso de: a) convergência adaptativa. b) irradiação adaptativa. c) barreira ecológica. d) mutação migratória. e) recombinação genética. 9 - Evolução em ritmo acelerado Pesquisadores do mundo animal têm chamado a atenção para um fenômeno curioso: há cada vez mais elefantes, principalmente na Ásia, que nascem sem as presas de marfim características dos machos da espécie.... O processo é desencadeado pela ação predadora dos caçadores, em busca do valioso marfim... a) Que nome se dá ao mecanismo evolutivo proposto por Charles Darwin para explicar a evolução das espécies ao longo do tempo? Se não fosse a ação dos caçadores, qual seria o fenótipo dos animais mais bem adaptados: presença ou ausência de chifres? b) Do ponto de vista genético e evolutivo, explique por que está havendo aumento na proporção de elefantes que nascem sem as presas. 19

20 10 - Macaco, lobo e foca são animais de espécies diferentes e apresentam semelhanças morfofisiológicas. O processo evolutivo desses animais, a partir de uma origem comum, pode ser explicado por: a) migração dos três grupos de indivíduos e sua adaptação a ambientes mais propícios. b) fluxo gênico e seleção natural, os quais possibilitam a variabilidade fenotípica. c) transformações semelhantes para adaptação das três espécies aos diferentes ambientes. d) recombinação genética, mutações sucessivas e seleção dos indivíduos mais vigorosos. e) isolamento reprodutivo, mutações independentes e adaptação às condições ambientais distintas. GABARITO 1 C; 2 E; 3- A; 4-D ; 5- D; 6-A ; 7-E; 8-A; 10-E. 9 A) O mecanismo proposto por Darwin é o da seleção natural, com permanência dos mais aptos no meio ambiente. Sem os caçadores, a presença de presas seria uma característica mais favorável em função da defesa e da atração sexual. B) A seleção artificial realizada pelos caçadores, eliminando os elefantes com presas, reduz a frequência dos genes que determinam essa característica, ocorrendo a predominância dos elefantes sem presas. 20

21 BONS ESTUDOS! 21

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia

Everton Amorim 14/11/2013. Biologia Biologia Tema: Everton Amorim 1) Introdução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra. o =Fato o Ciência que estuda

Leia mais

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin

Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução: As Teorias de Lamarck e Darwin Evolução Ancestral comum Primeiras ideias: filósofos da Grécia Clássica Tales de Mileto (Séc. VI a.c.): água como princípio organizador dos seres vivos Xenófanes

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques

EVOLUÇÃO. Prof. Gilmar Marques EVOLUÇÃO 1 As teorias evolucionistas Nosso planeta apresenta uma imensa variedade de espécies, vivendo nos mais diferentes habitats. A Teoria da evolução tenta explicar como isso torno-se possível. 2 Fixismo

Leia mais

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO

Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Aula 2: Ciências Ambientais EVOLUÇÃO Profa. Eleonora Erbesdobler EVOLUÇÃO Processo através no qual ocorrem as mudanças ou transformações nos seres vivos ao longo do tempo, dando origem a espécies novas.

Leia mais

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio

EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS. Professor Fláudio EVOLUÇÃO: IDÉIAS E EVIDÊNCIAS Professor Fláudio EVIDÊNCIAS DE EVOLUÇÃO EVOLUÇÃO conjunto de processos que levam a modificações nos seres vivos ao longo do tempo, podendo dar origem a novas espécies Entender

Leia mais

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo

As Teorias Evolutivas. Princípios da Teoria de Lamarck. Fundamentos da Evolução Biológica. Ideias Evolucionistas - Lamarckismo Fundamentos da Evolução Biológica As Teorias Evolutivas Várias teorias evolutivas surgiram, mas destacam-se se as teorias de Lamarck e de Darwin. O EVOLUCIONISMO, OU TEORIA DA EVOLUÇÃO, É A EXPLICAÇÃO

Leia mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais

Evolução. Prof. Fernando Belan - Biologia Mais Evolução Prof. Fernando Belan - Biologia Mais O pensamento evolucionista Desde o surgimento da revolução cientfca (XVII) as ideias cientfcas entraram em confitos com as religiosas. Nicolau Copérnico derrubou

Leia mais

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas:

Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Evidências da Evolução e hipóteses evolutivas: Explicações para Biodiversidade: Creacionismo Ato sobrenatural fixismo Geração espontânea Vida matéria bruta Transmutação de Espécies. Uma espécie da origem

Leia mais

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery

Evolução. Biologia. Tema: Evolução. Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Biologia Evolução Tema: Evolução Diogo N. Maciel Facebook: Professor Diogo Nery Introdução Evolução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que vem ocorrendo nos seres vivos desde que

Leia mais

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos?

BIODIVERSIDADE E V O L U Ç Ã O. Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? EVOLUÇÃO BIODIVERSIDADE Qual a origem de tamanha variedade de seres vivos? FIXISMO Teorias A Fixismo 9 As espécies surgiram independentemente umas das outras (tal como se conhecem hoje) e mantiveram-se

Leia mais

Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE BIOLOGIA II

Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / LISTA DE BIOLOGIA II Ensino Médio Unidade Parque Atheneu Professor (a): Emmanuella Rodrigues Aluno (a): Série: 3ª Data: / / 2014. LISTA DE BIOLOGIA II 1) (UFGO) Há alterações estruturais decorrentes da adaptação de uma espécie,

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Helio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele

Leia mais

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução?

EVOLUÇÃO. Prof. André Maia. O que sabemos sobre a evolução? EVOLUÇÃO Prof. André Maia O que sabemos sobre a evolução? As espécies mudam com o decorrer do tempo. Hoje existem aproximadamente dois milhões de espécies de organismos vivos sobre a Terra, incluindo bactérias,

Leia mais

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita;

Teorias Evolutivas. Acreditava-se que as espécies eram imutáveis. No século XX a evolução passou a ser mais aceita; 1. Surgimento das idéias ias Evolutivas Acreditava-se que as espécies eram imutáveis Fixismo; No século XX a evolução passou a ser mais aceita; Fixismo começou a ser quebrado por Jean Baptiste Lamarck

Leia mais

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos

Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Profº Marcelo Morcegão Evolução Biológica Conceitos e pensamentos Fixismo Doutrina Filosófica que defende que desde o seu aparecimento as espécies são imutáveis e não sofrem transformações. Aristóteles

Leia mais

Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA. Profa. Ângela Dauch

Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA. Profa. Ângela Dauch Módulo 3: EVIDÊNCIAS DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA Profa. Ângela Dauch O conceito de evolução biológica Todos os seres vivos do planeta descendem de organismos muito simples, que surgiram há mais de 3 bilhões

Leia mais

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia

Evolução Biológica - I. Prof. Pablo Paim Biologia Evolução Biológica - I Prof. Pablo Paim Biologia Organismos se adaptam ao ambiente?! O homem veio do macaco?! Organismos mais evoluídos!? Ser evolucionista é ser ateu?! O processo de evolução biológica

Leia mais

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas

O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias. Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas TEORIA DA EVOLUÇÃO O que é teoria??? Senso comum Apenas no campo das idéias Ciência Conjunto de varias idéias baseadas em fatos e provas Histórico Como Darwin explica? Os primeiros a falarem: Antiguidade/Idade

Leia mais

Matéria: Biologia Assunto: Evolução e teorias evolutivas Prof. Enrico Blota

Matéria: Biologia Assunto: Evolução e teorias evolutivas Prof. Enrico Blota Matéria: Biologia Assunto: Evolução e teorias evolutivas Prof. Enrico Blota Biologia Origem e evolução da vida Evolução e teorias evolutivas O princípio da evolução postula que as espécies que habitaram

Leia mais

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com

Panspermia cósmica. hipercognicion.blogspot.com Origem da Vida Panspermia cósmica hipercognicion.blogspot.com Conseguiriam sobreviver? Como se formaram? Abiogênese (Geração espontânea) http://slideplayer.com.br/slide/387759/ slideplayer.com.br Antonie

Leia mais

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro.

Considerando a origem e evolução da nossa espécie, nesse calendário, o homem teria surgido no mês de: a) Março. b) Junho. c) Agosto. d) Dezembro. Evolução 1. (UFERSA) Responda esta questão com base no calendário abaixo, que representa a história da Terra, desde o seu surgimento até os dias de hoje, descrita numa escala hipotética de 12 meses. Considerando

Leia mais

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch

Módulo 6: ESPECIAÇÃO. Profa. Ângela Dauch Módulo 6: ESPECIAÇÃO Profa. Ângela Dauch Ao longo dos tempos novas espécies têm surgido, enquanto outras se têm extinguido. Como se formam as novas espécies? Dois mecanismos fundamentais conduzem à especiação:

Leia mais

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA

PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA PRINCÍPIOS DE ECOLOGIA EVOLUTIVA RELEMBRANDO... O que é Ecologia? Biosfera Ecossistema Comunidade População Organismo PENSAMENTO EVOLUTIVO E ECOLÓGICO Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz a evolução

Leia mais

O conceito de evolução biológica

O conceito de evolução biológica O conceito de evolução biológica Todos os seres vivos do planeta descendem de organismos muito simples, que surgiram há mais de 3 bilhões de anos. A enorme diversidade de seres atuais é resultado de um

Leia mais

1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica.

1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica. 1. (Unicamp 2014) A foto abaixo mostra o sapo de chifre em meio a folhas no chão da Mata Atlântica. a) Que nome se dá a esse tipo de adaptação ao substrato de repouso? Cite uma vantagem dessa adaptação.

Leia mais

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI

Organismos em seus ambientes. Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Organismos em seus ambientes Prof. Dr. Francisco Soares Santos Filho UESPI Em biologia, nada tem sentido, exceto à luz da evolução (Theodosius Dobzhansky) O significado da Adaptação É muito comum dizermos

Leia mais

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos:

Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Fixismo: admite que as espécies, desde o seu aparecimento, são imutáveis, ou seja, não sofrem modificações. Tem os seguintes ramos: Criacionismo: defendia que todos os seres vivos tinham sido obra divina

Leia mais

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução

Biologia. Rubens Oda e Alexandre Bandeira (Hélio Fresta) Evolução Evolução Evolução 1. Ao longo da evolução, as variações e adaptações nos dentes dos mamíferos são numerosas e surpreendentes. A conformação dos dentes sugere o cardápio possível das espécies, sendo correto

Leia mais

EVOLUÇÃO. Criacionismo = XVIII (Fixismo)

EVOLUÇÃO. Criacionismo = XVIII (Fixismo) Criacionismo = XVIII (Fixismo) Espécies surgiam de forma independente, no passado por ato de criação divina, tendo exatamente as mesmas características que possuem hoje. OBS: Lineu era Fixista. Transformismo

Leia mais

Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester

Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester Teorias Evolutivas Adaptação Conceito ligado a ambiente Exemplo clássico: Biston betularia Mariposas de Manchester Uma adaptação é uma característica que é comum em uma população porque fornece alguma

Leia mais

CRIACIONISMO E FIXISMO

CRIACIONISMO E FIXISMO Wellerson Britto INTRODUÇÃO As variedades de seres vivos em nosso planeta têm fascinado a humanidade ao longo da história. De acordo com as explicações científicas, essa enorme variedade de espécie é resultado

Leia mais

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações

Evolução Def. usual Biologicamente frequências gênicas populações Evolução A palavra evolução vem do Latim evolvere que significa Desenvolver ou Estender. A Def. usual: progresso, desenvolvimento, melhora. Biologicamente: evolução é a mudança nas propriedades (frequências

Leia mais

3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) GRUPO I

3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) GRUPO I 3ª Ficha de Trabalho para Avaliação de Biologia e Geologia (ano 2) Ano Lectivo: 2007/2008 Nome: Nº Turma: CT Curso: CH-CT Data: 17/01/2008 Docente: Catarina Reis GRUPO I 1. A figura 1 representa, esquematicamente,

Leia mais

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859)

A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) A origem das espécies por meio da seleção natural, ou a preservação das raças favorecidas na luta pela vida (1859) Fez 6 edições em vida realizando pequenas correções e até abrandou seus argumentos (sofreu

Leia mais

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman

Evolução e etologia. Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia. Prof. Mauro Lantzman Evolução e etologia Transparências apresentadas no curso de Psicobiologia Prof. Mauro Lantzman A perigosa idéia de Darwin Darwin demonstrou de maneira conclusiva que, ao contrario da tradição antiga, as

Leia mais

Roteiro de Recuperação (Terceiro Ano)

Roteiro de Recuperação (Terceiro Ano) Roteiro de Recuperação (Terceiro Ano) - Origem da Vida - Evolução Biológica (Evidências da evolução, Teorias evolutivas, Tipos de seleções, Especiações, Irradiação e convergência adaptativa, Eras geológicas,

Leia mais

Argumentos do evolucionismo:

Argumentos do evolucionismo: Argumentos do evolucionismo: 1- Argumentos paleontológicos 2-Argumentos de anatomia comparada 3- Argumentos embriológicos 4- Argumentos bioquímicos 5- Argumentos da citologia 6- Argumentos biogeográficos

Leia mais

LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução

LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução LGN215 - Genética Geral Aula 9: Evolução Antonio Augusto Franco Garcia Maria Marta Pastina Piracicaba - SP Evolução Teoria da Evolução formulada por Darwin Teoria Sintética da Evolução (Neodarwinismo)

Leia mais

Argumentos a favor da Evolução. Dados da embriologia

Argumentos a favor da Evolução. Dados da embriologia Argumentos a favor da Evolução Prof. Ana Rita Rainho Dados da embriologia Quanto mais aparentados são os seres entre si, mais tardiamente surgem as diferenças no desenvolvimento embrionário www.biogeolearning.com

Leia mais

Meiose. Texto extraído do site:

Meiose. Texto extraído do site: Meiose Texto extraído do site: http://www.sobiologia.com.br/ Diferentemente da mitose, em que uma célula diplóide, por exemplo, se divide formando duas células também diplóides (divisão equacional), a

Leia mais

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181

3 - Material para consulta: Fonte: USBERCO, João et al. Companhia das Ciências: 7º ano. 1. ed. São Paulo: Saraiva, p. 181 Aluno (a): Disciplina: Ciências Curso Professor: Marcel Série: 7º ano ROTEIRO DE ESTUDOS DE RECUPERAÇÃO E REVISÃO Número: 1 - Conteúdo: - Classificação - Critérios de agrupamentos - Sistema Natural de

Leia mais

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a):

GOIÂNIA, / / PROFESSOR: FreD. DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º. ALUNO(a): GOIÂNIA, / / 2016 PROFESSOR: FreD DISCIPLINA: Biologia TOOOP SÉRIE: 9º ALUNO(a): Lista de Exercícios P1 4º Bimestre Prova dia 21/10 No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia

Leia mais

BIOLOGIA Teorias evolucionistas

BIOLOGIA Teorias evolucionistas Módulo 40 Página 1 à 7 De onde viemos? Por que estamos aqui? Qual o propósito para a existência? Para onde vamos? Evolucionismo x Criacionismo Idéias de Lamarck Jean Baptiste Pierre Antonie de Monet Conde

Leia mais

BIOLOGIA PROF. NANNI

BIOLOGIA PROF. NANNI BIOLOGIA PROF. NANNI 22-02-13. 01) A análise laboratorial de uma amostra de água revelou a presença de dois patógenos (A e B) com as seguintes características: Patógeno A ë organismo filtrável, parasita

Leia mais

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO

Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução GENÉTICA DE POPULAÇÕES E EVOLUÇÃO Modelando microevolução Evolução: mudança na frequência de alelos ou combinações de alelos no pool gênico. Modelos de evolução deve incluir a passagem

Leia mais

Lista de exercícios sobre Evolução 3º ano/ Prof. Karina-Bio/ CFNP

Lista de exercícios sobre Evolução 3º ano/ Prof. Karina-Bio/ CFNP 1. (Unesp 2014) A ema (Rhea americana), o avestruz (Struthio camelus) e o emu (Dromaius novaehollandiae) são aves que não voam e que compartilham entre si um ancestral comum mais recente que aquele que

Leia mais

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução

Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Neodarwinismo Teoria Sintética da Evolução Aula nº45, 46 e 48 26 e 28 Jan e 2 Fev09 Prof. Ana Reis Principais críticas apontadas à Teoria de Darwin: não explicar o surgimento de variações naturais nos

Leia mais

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia

Atividade extra. Questão 1. Questão 2. Ciências da Natureza e suas Tecnologias Biologia Atividade extra Questão 1 Na nomenclatura descritiva na Biologia, o maior dos agrupamentos é o domínio. Existem apenas três domínios nos quais toda a diversidade biológica é incluída. Estes domínios são

Leia mais

Aula 25 Teorias da evolução

Aula 25 Teorias da evolução Aula 25 Teorias da evolução A grande variabilidade dos seres vivos e o grande número de espécies atuais, segundo a teoria evolucionista, originaram-se de espécies preexistentes mais simples, que evoluíram,

Leia mais

Biologia. Natália Aguiar Paludetto

Biologia. Natália Aguiar Paludetto Biologia Natália Aguiar Paludetto Aula de hoje: Introdução à Biologia O que é? O que estuda? Como se organiza? Referência bibliográfica: Bio Volume Único, Sônia Lopes, editora Saraiva. Biologia estudo

Leia mais

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE 4º BIMESTRE

CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE 4º BIMESTRE CONTEÚDO DE RECUPERAÇÃO 1ª SÉRIE 4º BIMESTRE Literatura Módulo 39 - Romantismo: características gerais Módulo 40 - Romantismo: características nacionais Módulo 46 - Primeira geração poética brasileira:

Leia mais

Genética II: Ligação e a Teoria Cromossômica

Genética II: Ligação e a Teoria Cromossômica Genética II: Ligação e a Teoria Cromossômica Um indivíduo possui duas cópias de cada partícula de herança (gene). Essas duas cópias são separadas durante a formação dos gametas e juntam-se novamente quando

Leia mais

Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos

Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos Evolução e Classificação dos seres vivos. Fundamentos Quais são as evidências do processo evolutivo? Anatomia comparada O estudo comparado da anatomia de animais e vegetais mostra a existência de um padrão

Leia mais

antropologia & cultura

antropologia & cultura antropologia & cultura carlos joão correia estudos africanos filosofia artes & humanidades 2011-2012/2ºsemestre Charles Darwin, 1809-1882 On the Origin of Species by means of Natural Selection [1859] Evolução:

Leia mais

Nessa figura, em forma de árvore, apresentada no livro A origem das espécies, de Charles Darwin (1859), qual a ideia que o autor queria apresentar?

Nessa figura, em forma de árvore, apresentada no livro A origem das espécies, de Charles Darwin (1859), qual a ideia que o autor queria apresentar? Questão 01 - (PUCCamp/SP) Sobre o tema evolução fizeram-se as afirmações abaixo. I. As espécies dos seres vivos são passíveis de modificação, podendo sofrer alterações morfofisiológicas ao longo do tempo.

Leia mais

3) Usando seus conhecimentos de probabilidade, Mendel chegou às seguintes conclusões, com exceção de uma delas. Indique-a:

3) Usando seus conhecimentos de probabilidade, Mendel chegou às seguintes conclusões, com exceção de uma delas. Indique-a: LISTA REVISÃO BIOLOGIA DIVISÃO CELULAR E GENÉTICA 1) Em urtigas o caráter denteado das folhas domina o caráter liso. Numa experiência de polinização cruzada, foi obtido o seguinte resultado: 89 denteadas

Leia mais

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA

Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA 1ª AVALIAÇÃO CORRETOR 1 01 02 03 04 05 06 07 08 Reservado à CCV AVALIAÇÃO FINAL Universidade Federal do Ceará Coordenadoria de Concursos - CCV Comissão do Vestibular Reservado à CCV 2ª ETAPA PROVA ESPECÍFICA

Leia mais

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE Processo seletivo PPGECB - 2013 Prova de conhecimentos em Ecologia e Evolução CPF do candidato: MS ( ) DR ( ) Instruções para a prova: 1) Não coloque NOME nas folhas de prova em hipótese alguma. Sua única

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Ciências 7 o ano Unidade 2 5 Unidade 2 Nome: Data: 1. As cores das flores e o período do dia em que elas abrem são duas adaptações importantes das plantas e que facilitam a sua

Leia mais

Seleção natural e adaptações. Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva IB - USP

Seleção natural e adaptações. Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva IB - USP Seleção natural e adaptações Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva IB - USP Adaptações Adaptação O fato de que os organismos estão adaptados aos seus ambientes é reconhecido

Leia mais

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano

Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Ciências Roteiro de Recuperação Final 7 o Ano Os alunos devem ler os capítulos 1, 4, 22 e 23 do livro texto e responder as questões apresentadas a seguir. Todas as questões do questionário já foram corrigidas

Leia mais

EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4.

EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4. EXERCÍCIOS ON LINE 7 ANO - 1 TRIMESTRE 2015 Observe os esquemas abaixo, e em seguida, responda as questões 1,2, 3 e 4. 1- Diferencie a célula vegetal da animal em três aspectos. 2- Por que o núcleo é o

Leia mais

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4.

a) T2 e T3. b) T1 e T3. c) T3 e T4. d) T1 e T4. Lista de Exercícios (BIO-LEO) 1. (Faculdade Albert Einstein 2016) O gráfico abaixo refere-se ao processo de divisão celular que ocorre durante a espermatogênese humana: Nesse processo de divisão ocorre:

Leia mais

BIOLOGIA PRIMEIRA ETAPA

BIOLOGIA PRIMEIRA ETAPA BIOLOGIA PRIMEIRA ETAPA - 1998 QUESTÃO 01 Observa-se que as bananeiras inibem o crescimento de outras espécies de vegetais plantadas próximo a elas. Para verificar se essa inibição é provocada por uma

Leia mais

Sistemática e biogeografia

Sistemática e biogeografia Sistemática e biogeografia Prof. Dr. Fernando Santiago dos Santos fernandoss@ifsp.edu.br www.fernandosantiago.com.br (13) 8822-5365 Aula 3 Escolas gradista (evolutiva), fenética (numérica) e cladista (filogenética)

Leia mais

Atividade 1 Seres Vivos

Atividade 1 Seres Vivos Atividade 1 Seres Vivos Coletar seres vivos encontrados em casa, na rua ou na escola. Colocar dentro de um pote de vidro fechado. Entregar dia: 31/03/2016 Atividade 2 Classificação dos alunos do 7º Criaremos

Leia mais

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014

PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 PPGECB / IB / UFMT Prova de Seleção para o Curso de Mestrado Turma 2014 Questão 1 A figura abaixo mostra uma árvore filogenética que reflete as relações de parentesco entre alguns animais da ordem Perissodactyla,

Leia mais

Genética de Populações e Evolução

Genética de Populações e Evolução Genética de Populações e Evolução Populações Genética de populações a palavra população geralmente não se refere a todos os indivíduos de uma espécie, mas sim a um grupo de indivíduos da mesma espécie

Leia mais

Seleção Natural. Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade

Seleção Natural. Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Seleção Natural Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Aluna: Michelle Andrade Furtado Profº Dalton e Profª Silvana Definição Seleção Natural pode ser definida

Leia mais

A teoria sintética da evolução

A teoria sintética da evolução A teoria sintética da evolução De 1900 até cerca de 1920, os adeptos da genética mendeliana acreditavam que apenas as mutações eram responsáveis pela evolução e que a seleção natural não tinha importância

Leia mais

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um...

EVOLUÇÃO no princípio. pio éramos um... EVOLUÇÃO no princípio Como surgiu o universo? E o planeta Terra? Quando apareceu a vida? 4,5 biliões de anos Bola de fogo Muitos vulcões Cinzas Poeiras Tectónica de placas Ano 2009 Planeta Azul: a Terra...

Leia mais

FUVEST a Fase - Biologia - 05/01/2000

FUVEST a Fase - Biologia - 05/01/2000 Q.01 a) Apesar de o predatismo ser descrito como uma interação positiva para o predador e negativa para a presa, pode-se afirmar que os predadores têm um efeito positivo sobre a população de presas. Explique

Leia mais

Escola Secundária/3 Morgado de Mateus

Escola Secundária/3 Morgado de Mateus Escola Secundária/3 Morgado de Mateus FICHA DE TRABALHO Ano lectivo 2009/2010 1. Para cada uma das questões seguintes, escolha a opção correcta. 1.1. A reprodução é uma função A- necessária à sobrevivência

Leia mais

ECOLOGIA DE POPULAÇÕES

ECOLOGIA DE POPULAÇÕES 2º EM Biologia Professor João ECOLOGIA DE POPULAÇÕES INTRODUÇÃO População: qualquer grupo de organismos de mesma espécie que ocupa um determinado espaço em determinado período de tempo; Ecologia de populações:

Leia mais

Esta avaliação é composta de 12 questões, das quais você deverá escolher apenas 10 para responder.

Esta avaliação é composta de 12 questões, das quais você deverá escolher apenas 10 para responder. 1º EM Biologia B Marli Av. Trimestral 28/10/15 INSTRUÇÕES PARA A REALIZAÇÃO DA PROVA LEIA COM MUITA ATENÇÃO 1. Verifique, no cabeçalho desta prova, se seu nome, número e turma estão corretos. 2. Esta prova

Leia mais

Meio Ambiente. Primeiros Passos da Trajetória Humana. Professor Enrico Blota.

Meio Ambiente. Primeiros Passos da Trajetória Humana. Professor Enrico Blota. Meio Ambiente Primeiros Passos da Trajetória Humana Professor Enrico Blota www.acasadoconcurseiro.com.br Meio Ambiente MEIO AMBIENTE - PRIMEIROS PASSOS DA TRAJETÓRIA HUMANA As espécies do planeta, incluindo

Leia mais

Esboço da aula. - Princípios da teoria evolutiva. - Cognição humana em uma perspectiva evolutiva. - Modulações culturais

Esboço da aula. - Princípios da teoria evolutiva. - Cognição humana em uma perspectiva evolutiva. - Modulações culturais Esboço da aula - Princípios da teoria evolutiva - Cognição humana em uma perspectiva evolutiva - Modulações culturais Objetivos de aprendizagem - Entender os fundamentos da teoria evolutiva e como eles

Leia mais

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia

Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo. Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia Um ensaio sobre criacionismo e evolucionismo Judith Sonja Garbers Psicóloga e Especialista em Teologia História do Evolucionismo I A Teoria da evolução é fruto de um conjunto de pesquisas, ainda em desenvolvimento,

Leia mais

Palavras-chave: Charles Darwin; Teoria da evolução; Evolucionismo; Neodarwinismo.

Palavras-chave: Charles Darwin; Teoria da evolução; Evolucionismo; Neodarwinismo. CHARLES DARWIN E A TEORIA DA EVOLUÇÃO Ricardo Fernandes da SILVA 1 Maria Izabel Barnez PIGNATA 2 Resumo A teoria da evolução, publicada por Charles Darwin em 1859, causa polêmica até hoje nos meios acadêmicos,

Leia mais

O REGISTRO FÓSSIL E O NEODARWINISMO

O REGISTRO FÓSSIL E O NEODARWINISMO VI Seminário - A Filosofia das Origens Campina Grande, PB - Outubro de 2008 O REGISTRO FÓSSIL E O NEODARWINISMO Marcos Natal de Souza Costa UNASP-SP Pressupostos básicos do Neodarwinismo A evolução é um

Leia mais

Ligação, permuta e mapas genéticos: ligação e permuta genética, estimativa da freqüência de permuta

Ligação, permuta e mapas genéticos: ligação e permuta genética, estimativa da freqüência de permuta Universidade Federal de Pelotas FAEM - DZ Curso de Zootecnia Genética Aplicada à Produção Animal Ligação, permuta e mapas genéticos: ligação e permuta genética, estimativa da freqüência de permuta Após

Leia mais

Evolução e Ecologia de Populações

Evolução e Ecologia de Populações Evolução e Ecologia de Populações O que é Ecologia?? A ciência capaz de compreender a relação do organismo com o seu ambiente (Ernst Haeckel, 1866) Estudo científico da distribuição e da abundância de

Leia mais

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva

HOMEM E SOCIEDADE. Professor Guilherme Paiva HOMEM E SOCIEDADE Professor Guilherme Paiva Antropologia Antropologia Antropologia Antropologia 1.1 - Principais visões sobre a origem humana: o evolucionismo e o debate das determinações biológicas versus

Leia mais

Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu

Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu Eu não tenho fé suficiente para ser um ateu Aula 3 Evidências do mundo natural: a origem da vida Wesley R. Silva e José Luiz F. Rodrigues Escola Bíblica de Adultos Agosto Setembro 2014 A hipótese naturalista

Leia mais

Ano: 8 Turma: 81 / 82

Ano: 8 Turma: 81 / 82 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: Ciências Professor (a): Felipe Cesar Ano: 8 Turma: 81 / 82 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação.

Leia mais

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE

BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE BIOLOGIA - 3 o ANO MÓDULO 36 MEIOSE Ploidia 2n n 4 3 2 interfase meiose I meiose II 4x 3x 2x x M M 1 Como pode cair no enem A meiose e a fecundação na reprodução sexuada são processos complementares,

Leia mais

Dispersão. Biogeografia. Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade

Dispersão. Biogeografia. Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Biogeografia Dispersão Maratona de Biogeografia Fundamentos de Ecologia e Modelagem Ambiental Aplicados à Conservação da Biodiversidade Vivian F. Renó 29/03/2012 O que é dispersão? Movimento de um organismo

Leia mais

Melhoramento de espécies autógamas

Melhoramento de espécies autógamas Universidade Federal de Rondônia Curso de Eng. Florestal Melhoramento genético Florestal Melhoramento de espécies autógamas Emanuel Maia www.lahorta.acagea.net emanuel@unir.br Apresentação Introdução Efeitos

Leia mais

TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose

TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose TD de Revisão de Biologia- 9º ano- 4ª etapa Profa: Ana Gardênia Assunto: Mitose e Meiose 1. A interfase é definida como o período que antecede as divisões celulares. Sobre este processo, responda: a) Qual

Leia mais

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 5 Evolução 7º anos 2º período - 2012

CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 5 Evolução 7º anos 2º período - 2012 CIÊNCIAS FÍSICAS E BIOLÓGICAS FUNDAMENTAL NII Listas 5 Evolução 7º anos 2º período - 2012 1) Escreva em cada afirmativa abaixo se é da teoria segundo o Criacionismo ou segundo Lamarck ou Darwin: a) A espécie

Leia mais

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA

COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA GABARITO AV. PARCIAL DISCIPLINA: QUI. I / BIO. I / HIS. I/ FÍS. I E II / GEO. COLÉGIO MONS. JOVINIANO BARRETO 52 ANOS DE HISTÓRIA ENSINO E DISCIPLINA QUEM NÃO É O MAIOR TEM QUE SER O MELHOR Rua Frei Vidal,

Leia mais

Tamanho populacional 31/08/2010. Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Relação entre o Censo (N) e tamanho efetivo (Ne)

Tamanho populacional 31/08/2010. Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Relação entre o Censo (N) e tamanho efetivo (Ne) Evolução Estocasticidade (Acaso) e Determinismo (Seleção natural) Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) Os fatores evolutivos e a dinâmica populacional (p + q) 2 = p 2 + 2pq + q 2 Professor Fabrício R. Santos

Leia mais

A diversidade dos seres vivos sempre chamou a atenção do seres humanos. Características que evidenciam o quão os organismos estão adaptados ao meio

A diversidade dos seres vivos sempre chamou a atenção do seres humanos. Características que evidenciam o quão os organismos estão adaptados ao meio Adaptação A diversidade dos seres vivos sempre chamou a atenção do seres humanos. Características que evidenciam o quão os organismos estão adaptados ao meio ambiente são particularmente atrativas. Essas

Leia mais

Otimização. Unidade 6: Algoritmo Genético. Jaime Arturo Ramírez. 7. Teoria do processo evolutivo num GA. 8. Aspectos avançados

Otimização. Unidade 6: Algoritmo Genético. Jaime Arturo Ramírez. 7. Teoria do processo evolutivo num GA. 8. Aspectos avançados Otimização Jaime Arturo Ramírez Conteúdo 1. Introdução 2. Analogia de mecanismos de seleção natural com sistemas artificiais 3. Algoritmo genético modelo 4. Um GA simples 5. Representação, genes e cromossomos

Leia mais

Histórico da evolução após Darwin e Wallace. Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva Instituto de Biociências - USP

Histórico da evolução após Darwin e Wallace. Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva Instituto de Biociências - USP Histórico da evolução após Darwin e Wallace Sergio Russo Matioli Departamento de Genética e Biologia evolutiva Instituto de Biociências - USP August Weismann (1834-1914) August Friedrich Leopold Weismann,

Leia mais

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE

QUESTÕES SOBRE MEIOSE/MITOSE 1) Durante a meiose, o pareamento dos cromossomos homólogos é importante porque garante: (A) a separação dos cromossomos não homólogos. (B) a duplicação do DNA, indispensável a esse processo. (C) a formação

Leia mais

Biologia 1 aula s 6 e 7

Biologia 1 aula s 6 e 7 Biologia 1 aula s 6 e 7 TEORIAS DA EVOLUÇÃO COMENTÁRIOS ATIVIDADES PARA SALA 1. A Teoria Moderna da Evolução (ou Teoria Sintética) considera três fatores evolutivos principais: mutação gênica, recombinação

Leia mais

Teoria cromossômica da herança e genes ligados ao sexo. Herança a ligada ao sexo. Prof. Victor Martin Quintana Flores

Teoria cromossômica da herança e genes ligados ao sexo. Herança a ligada ao sexo. Prof. Victor Martin Quintana Flores Teoria cromossômica da herança e genes ligados ao sexo Herança a ligada ao sexo Genética BásicaB Prof. Victor Martin Quintana Flores 1 Nesta aula veremos como a transmissão de cromossomos está relacionada

Leia mais

Macroevolução molecular

Macroevolução molecular Evo-Devo Macroevolução molecular Evolução e Desenvolvimento (Evo-Devo) A árvore temporal da vida Professor Fabrício R Santos fsantos@icb.ufmg.br Departamento de Biologia Geral, UFMG 2012 Biologia evolutiva

Leia mais

Seleção Natural. BIO0230 Genética e Evolução. Felipe Bastos Rocha

Seleção Natural. BIO0230 Genética e Evolução. Felipe Bastos Rocha Seleção Natural BIO0230 Genética e Evolução Felipe Bastos Rocha Charles Darwin Origem das adaptações: Seleção Natural Há fenótipos que conferem maior probabilidade de sobrevivência e/ou reprodução Gregor

Leia mais