APOSENTADORIA. Tyago Hoffmann

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APOSENTADORIA. Tyago Hoffmann"

Transcrição

1 APOSENTADORIA Tyago Hoffmann A maioria dos capixabas não está preocupada com a aposentadoria. Essa é a principal constatação da pesquisa da Futura, que foi às ruas ouvir a opinião dos capixabas sobre suas preocupações e seu conhecimento sobre a vida financeira após a aposentadoria. Interessante notar que, apesar de não demonstrar grandes preocupações, os moradores da Grande Vitória têm a percepção de que a renda da aposentadoria não é muito boa. Mais de 81% afirmam que o valor das aposentadorias é baixo e acham que o governo, através da previdência social, poderia pagar mais. Para os capixabas, na média, o valor mínimo das aposentadorias deveria ser de R$ 1.324,06. Comparando com o valor do salário mínimo atual (piso da previdência social), que é de R$465,00, o valor mínimo proposto pelos capixabas é quase três vezes superior. O valor médio mínimo para as aposentadorias é maior entre os homens (R$1.502,36) que entre as mulheres (R$1.118,31), é maior entre os mais velhos (R$1.626,99 para pessoas com idade acima de 60 anos) que entre os mais jovens (R$1.204,06 para pessoas com idades entre 20 e 29 anos) e maior entre os mais ricos (R$ 1.808,62 para pessoas das classes A e B) que entre os mais pobres (R$ 1.083,79 para pessoas das classes D e E). A falta de preocupação dos capixabas com a aposentadoria pode ser notada quando o assunto é previdência privada. Apesar de achar muito baixo o valor das aposentadorias da previdência social, apenas 8,6% dos capixabas possuem um plano de previdência privada. Esse percentual é ainda menor entre as pessoas de baixa renda (classes D e E), onde apenas 2,2% possuem um plano de previdência privada, contra 23,7% das pessoas das classes A e B. Os mais jovens também não estão muito preocupados com seu futuro financeiro. Apenas 2% possuem plano de previdência entre as pessoas de 16 e 19 anos e apenas 7,5% entre as pessoas de 20 a 29 anos. Esse percentual só cresce significativamente entre as pessoas com idade entre 50 e 59 anos, onde 11,6% o possuem e entre as pessoas com mais de 60 anos, onde 26,2% possuem um plano de previdência privada, mostrando que os capixabas, ao invés de se preocuparem com a renda na aposentadoria ainda enquanto estão jovens, só estão se preocupando quando já estão chegando à terceira idade. Outro indício da falta de preocupação dos capixabas com a vida financeira na velhice é a constatação de que cerca de 70% dos moradores da Grande Vitória afirmam que não planejaram ou não planejam a vida financeira para a aposentadoria. Como consequência disso, cerca de 60% afirmam que não têm ou não terão a renda que gostariam na velhice. Chama a atenção que o planejamento é maior entre os homens que entre as mulheres. Cerca de 34% deles se planejam, contra 25% delas. O planejamento é maior também entre as pessoas de maior renda. Menos de 26% entre as pessoas das classes D e E se planejam, conta 43,4% entre as pessoas das classes A e B. Soma-se a isso o fato de que apenas 3,2% conhecem todos os critérios para a aposentadoria. Mais de 80% afirmam que desconhecem os critérios ou conhecem apenas alguns poucos. Com as constatações acima colocadas, podemos concluir que o capixaba está bastante relapso com sua vida financeira na velhice. Essa falta de comprometimento com a garantia de uma vida tranquila na velhice traz sérios problemas para essas pessoas, fazendo com que não tenham a renda que gostariam na aposentadoria. As tentações do consumo e da vida moderna estão fazendo com que sejamos pouco prevenidos, gastando na juventude toda a renda e garantindo pouco para a aposentadoria. Essa preocupação é maior, pois a pesquisa aponta que o problema da falta de precaução é maior entre os mais jovens e entre os mais pobres. No futuro, esse problema pode ser uma herança muito ruim para as gerações futuras, que precisarão garantir a sua renda presente e futura e ainda precisarão contribuir para o sustento dos despreocupados de hoje. Tyago Hoffmann é economista e gestor técnico da Futura /

2 RESULTADO GERAL O(a) sr.(a) é aposentado ou pensionista ou possui algum parente próximo (pai, mãe ou cônjuge) que seja aposentado ou pensionista? Sim, sou aposentado/pensionista 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 37,1 Não 39,8 NS/NR 0,7 Número de entrevistas 407 De uma maneira geral, qual a opinião do(a) sr.(a) sobre o valor das aposentadorias e pensões pagas no Brasil? Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 6,1 Acho o valor justo 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,2 NS/NR 5,4 Nenhuma dessas 0,2 Número de entrevistas 407 Quanto o(a) sr.(a) acha que deveria ser o valor mínimo para uma aposentadoria? , , , , , , , , , , , , , , , ,3 NS/NR 5,8 Número de entrevistas 380 Média R$ 1.324,06 2

3 O(a) sr.(a) possui um plano de previdência privada? Sim 8,6 Não 89,2 NS/NR 2,2 Número de entrevistas 407 Na sua aposentadoria o seu plano de previdência privada será Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social 40,0 Sua principal fonte de renda 31,4 Ainda não sei 22,9 Nenhuma dessas 2,9 NR 2,9 Número de entrevistas 35 O(a) sr.(a) planeja ou planejou sua vida financeira para depois que parar de trabalhar? Sim 29,0 Não 68,1 NS/NR 2,9 Número de entrevistas 407 Em sua opinião, o(a) sr.(a) tem ou terá na aposentadoria a renda que gostaria? Sim 28,3 Não 59,0 NS/NR 12,8 Número de entrevistas 407 Qual o grau de conhecimento do sr.(a) sobre os critérios para a aposentadoria? Não conheço os critérios para aposentadoria 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 39,6 Conheço a maioria dos critérios 11,3 Conheço completamente todos os critérios 3,2 NS/NR 5,4 Número de entrevistas 407 3

4 CRUZAMENTOS O(a) sr.(a) é aposentado ou pensionista ou possui algum parente próximo (pai, mãe ou cônjuge) que seja aposentado ou pensionista? Sim, sou aposentado/pensionista 29,1 23,0 20,4 16,8 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 42,7 30,0 40,8 34,7 37,1 Não 28,2 47,0 35,9 48,5 39,8 NS/NR 0,0 0,0 2,9 0,0 0,7 Faixa Etária Masculino Feminino Sim, sou aposentado/pensionista 18,3 26,2 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 42,6 31,9 37,1 Não 38,1 41,4 39,8 NS/NR 1,0 0,5 0,7 De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos ou mais Sim, sou aposentado/pensionista 6,0 5,7 13,7 18,3 41,9 90,5 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 38,0 35,8 44,2 49,3 32,6 7,1 37,1 Não 56,0 56,6 41,1 32,4 25,6 2,4 39,8 NS/NR 0,0 1,9 1,1 0,0 0,0 0,0 0, Sim, sou aposentado/pensionista 32,2 16,7 14,4 50,0 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 33,0 34,4 43,7 21,4 37,1 Não 33,9 48,9 41,4 25,0 39,8 NS/NR 0,9 0,0 0,6 3,6 0,7 Classe Social D/E C A/B NS/NR Sim, sou aposentado/pensionista 23,6 15,0 32,9 22,2 22,4 Sim, possuo um parente próximo aposentado/pensionista 35,7 39,3 36,8 33,3 37,1 Não 40,1 45,0 28,9 44,4 39,8 NS/NR 0,5 0,7 1,3 0,0 0,7 4

5 De uma maneira geral, qual a opinião do(a) sr.(a) sobre o valor das aposentadorias e pensões pagas no Brasil? Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 93,2 74,0 86,4 72,3 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 1,9 5,0 4,9 12,9 6,1 Acho o valor justo 2,9 11,0 1,9 9,9 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,0 1,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 1,9 9,0 5,8 5,0 5,4 Nenhuma dessas 0,0 0,0 1,0 0,0 0,2 Masculino Feminino Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 80,2 82,9 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 7,6 4,8 6,1 Acho o valor justo 6,1 6,7 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,0 0,5 0,2 NS/NR 5,6 5,2 5,4 Nenhuma dessas 0,5 0,0 0,2 Faixa Etária De 16 a 19 anos De 20 a 29 anos De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos De 50 a 59 anos De 60 anos ou mais Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 72,0 76,4 82,1 90,1 86,0 85,7 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 8,0 9,4 4,2 1,4 9,3 4,8 6,1 Acho o valor justo 10,0 7,5 4,2 5,6 2,3 9,5 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,0 0,9 0,0 0,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 10,0 5,7 8,4 2,8 2,3 0,0 5,4 Nenhuma dessas 0,0 0,0 1,1 0,0 0,0 0,0 0, Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 87,8 78,9 79,3 78,6 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 3,5 6,7 8,6 0,0 6,1 Acho o valor justo 4,3 6,7 6,9 10,7 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,9 0,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 2,6 7,8 5,2 10,7 5,4 Nenhuma dessas 0,9 0,0 0,0 0,0 0,2 5

6 Classe Social D/E C A/B NS/NR Acho o valor baixo e penso que o governo poderia pagar mais 83,5 86,4 71,1 55,6 81,6 Acho o valor baixo, mas penso que o governo não poderia pagar mais 3,8 5,7 11,8 11,1 6,1 Acho o valor justo 5,5 3,6 10,5 33,3 6,4 Acho o valor alto e penso que o governo deveria pagar menos 0,5 0,0 0,0 0,0 0,2 NS/NR 6,6 3,6 6,6 0,0 5,4 Nenhuma dessas 0,0 0,7 0,0 0,0 0,2 6

7 Quanto o(a) sr.(a) acha que deveria ser o valor mínimo para uma aposentadoria? ,0 35,2 43,6 27,5 35, ,0 21,6 20,8 19,8 20, ,0 11,4 12,9 18,7 14, ,0 8,0 5,0 6,6 7, ,0 5,7 3,0 3,3 3, ,0 2,3 3,0 6,6 3, ,0 1,1 1,0 4,4 2, ,0 3,4 1,0 3,3 2, ,0 1,1 0,0 2,2 1, ,0 1,1 0,0 1,1 0, ,0 1,1 1,0 0,0 0, ,0 1,1 0,0 0,0 0, ,0 0,0 1,0 0,0 0, ,0 0,0 0,0 0,0 0, ,0 0,0 0,0 1,1 0, ,0 1,1 0,0 0,0 0,3 NS/NR 4,0 5,7 7,9 5,5 5,8 Média R$ 1.324,01 R$ 1.346,30 R$ 1.197,77 R$ 1.384,53 R$ 1.324,06 Número de entrevistas: 380 Masculino Feminino ,6 42,6 35, ,0 20,0 20, ,2 13,3 14, ,0 8,7 7, ,9 1,5 3, ,2 3,1 3, ,8 1,5 2, ,3 0,5 2, ,1 1,0 1, ,1 0,5 0, ,1 0,0 0, ,5 0,5 0, ,5 0,0 0, ,0 0,5 0, ,5 0,0 0, ,0 0,5 0,3 NS/NR 5,9 5,6 5,8 Média R$ 1.502,36 R$ 1.118,31 R$ 1.324,06 Número de entrevistas: 380 7

8 Faixa Etária De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos ou anos anos anos anos anos mais ,6 42,3 38,5 31,3 26,2 31,6 35, ,6 17,5 25,3 19,4 19,0 21,1 20, ,1 18,6 9,9 13,4 19,0 18,4 14, ,9 7,2 7,7 9,0 7,1 7,9 7, ,4 1,0 1,1 7,5 9,5 2,6 3, ,7 2,1 2,2 3,0 4,8 2,6 3, ,7 1,0 2,2 3,0 2,4 2,6 2, ,4 3,1 1,1 1,5 2,4 2,6 2, ,0 0,0 2,2 0,0 4,8 0,0 1, ,0 0,0 1,1 3,0 0,0 0,0 0, ,0 1,0 0,0 0,0 0,0 2,6 0, ,0 0,0 1,1 1,5 0,0 0,0 0, ,0 0,0 0,0 0,0 0,0 2,6 0, ,0 1,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0, ,0 0,0 0,0 1,5 0,0 0,0 0, ,2 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,3 NS/NR 4,4 5,2 7,7 6,0 4,8 5,3 5, Média R$ 1.478,95 R$ 1.204,06 R$ 1.103,81 R$ 1.486,63 R$ 1.239,94 R$ 1.626,99 R$ 1.324,06 Número de entrevistas: ,0 42,9 29,6 16,0 35, ,9 16,7 21,6 8,0 20, ,2 9,5 19,1 28,0 14, ,5 7,1 8,6 16,0 7, ,0 2,4 6,8 4,0 3, ,9 6,0 3,1 4,0 3, ,8 3,6 1,2 8,0 2, ,7 0,0 3,1 0,0 2, ,7 0,0 0,0 0,0 1, ,0 1,2 1,2 0,0 0, ,0 0,0 1,2 0,0 0, ,0 2,4 0,0 0,0 0, ,0 0,0 0,6 0,0 0, ,0 1,2 0,0 0,0 0, ,0 1,2 0,0 0,0 0, ,9 0,0 0,0 0,0 0,3 NS/NR 6,4 6,0 3,7 16,0 5,8 Média R$ 1.112,79 R$ 1.396,83 R$ 1.387,28 R$ 1.374,29 R$ 1.324,06 Número de entrevistas: 380 8

9 Classe Social D/E C A/B NS/NR ,0 32,6 19,1 33,3 35, ,8 20,7 13,2 0,0 20, ,1 15,6 19,1 50,0 14, ,3 7,4 16,2 0,0 7, ,6 3,0 13,2 0,0 3, ,8 6,7 0,0 0,0 3, ,8 3,0 4,4 0,0 2, ,3 3,0 1,5 0,0 2, ,8 0,0 1,5 0,0 1, ,0 0,7 2,9 0,0 0, ,0 0,0 2,9 0,0 0, ,2 0,0 0,0 0,0 0, ,0 0,0 1,5 0,0 0, ,0 0,7 0,0 0,0 0, ,0 0,7 0,0 0,0 0, ,6 0,0 0,0 0,0 0,3 NS/NR 5,8 5,9 4,4 16,7 5,8 Média R$ 1.083,79 R$ 1.358,14 R$ 1.808,62 R$ 940,10 R$ 1.324,06 Número de entrevistas: 380 9

10 O(a) sr.(a) possui um plano de previdência privada? Sim 9,7 9,0 6,8 8,9 8,6 Não 88,3 89,0 88,3 91,1 89,2 NS/NR 1,9 2,0 4,9 0,0 2,2 Masculino Feminino Sim 13,2 4,3 8,6 Não 85,3 92,9 89,2 NS/NR 1,5 2,9 2,2 Faixa Etária De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos ou mais Sim 2,0 7,5 6,3 5,6 11,6 26,2 8,6 Não 94,0 89,6 92,6 91,5 88,4 71,4 89,2 NS/NR 4,0 2,8 1,1 2,8 0,0 2,4 2, Classe Social Sim 4,3 3,3 10,9 28,6 8,6 Não 92,2 93,3 87,9 71,4 89,2 NS/NR 3,5100 3,3 1,1 0,0 2,2 D/E C A/B NS/NR Sim 2,2 9,3 23,7 0,0 8,6 Não 95,6 89,3 75,0 77,8 89,2 NS/NR 2,2 1,4 1,3 22,2 2,2 10

11 Na sua aposentadoria o seu plano de previdência privada será: Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social 30,0 55,6 28,6 44,4 40,0 Sua principal fonte de renda 30,0 22,2 57,1 22,2 31,4 Ainda não sei 30,0 22,2 14,3 22,2 22,9 NR 0,0 0,0 0,0 11,1 2,9 Nenhuma dessas 10,0 0,0 0,0 0,0 2,9 Número de entrevistas: 35 Masculino Feminino Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social 38,5 44,4 40,0 Sua principal fonte de renda 34,6 22,2 31,4 Ainda não sei 26,9 11,1 22,9 NR 0,0 11,1 2,9 Nenhuma dessas 0,0 11,1 2,9 Número de entrevistas: 35 Faixa Etária Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social De 16 a 19 anos De 20 a 29 anos De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos De 50 a 59 anos De 60 anos ou mais 0,0 50,0 16,7 50,0 60,0 36,4 40,0 Sua principal fonte de renda 0,0 25,0 33,3 25,0 40,0 36,4 31,4 Ainda não sei 100,0 25,0 33,3 25,0 0,0 18,2 22,9 NR 0,0 0,0 16,7 0,0 0,0 0,0 2,9 Nenhuma dessas 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 9,1 2, Número de entrevistas: 35 Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social 20,0 33,3 42,1 50,0 40,0 Sua principal fonte de renda 60,0 0,0 26,3 37,5 31,4 Ainda não sei 20,0 33,3 26,3 12,5 22,9 NR 0,0 33,3 0,0 0,0 2,9 Nenhuma dessas 0,0 0,0 5,3 0,0 2,9 Número de entrevistas: 35 Classe Social D/E C A/B Uma renda complementar à aposentadoria da Previdência Social 75,0 7,7 55,6 40,0 Sua principal fonte de renda 25,0 38,5 27,8 31,4 Ainda não sei 0,0 38,5 16,7 22,9 NR 0,0 7,7 0,0 2,9 Nenhuma dessas 0,0 7,7 0,0 2,9 100 Número de entrevistas: 35 11

12 O(a) sr.(a) planeja ou planejou sua vida financeira para depois que parar de trabalhar? Faixa Etária Classe Social Sim 25,2 36,0 28,2 26,7 29,0 Não 70,9 63,0 68,0 70,3 68,1 NS/NR 3,9 1,0 3,9 3,0 2,9 Masculino Feminino Sim 33,5 24,8 29,0 Não 65,0 71,0 68,1 NS/NR 1,5 4,3 2,9 De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a De 50 a De 60 anos anos anos anos 49 anos 59 anos ou mais Sim 22,0 26,4 26,3 32,4 34,9 38,1 29,0 Não 74,0 68,9 71,6 66,2 65,1 57,1 68,1 NS/NR 4,0 4,7 2,1 1,4 0,0 4,8 2, Sim 26,1 21,1 31,6 50,0 29,0 Não 70,4 76,7 65,5 46,4 68,1 NS/NR 3,5 2,2 2,9 3,6 2,9 D/E C A/B NS/NR Sim 25,3 26,4 43,4 22,2 29,0 Não 71,4 72,1 53,9 55,6 68,1 NS/NR 3,3 1,4 2,6 22,2 2,9 12

13 Na sua opinião, o(a) sr.(a) tem ou terá na aposentadoria a renda que gostaria? Faixa Etária Classe Social Sim 26,2 33,0 26,2 27,7 28,3 Não 68,9 50,0 59,2 57,4 59,0 NS/NR 4,9 17,0 14,6 14,9 12,8 Masculino Feminino Sim 34,5 22,4 28,3 Não 52,8 64,8 59,0 NS/NR 12,7 12,9 12,8 De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a De 50 a De 60 anos anos anos anos 49 anos 59 anos ou mais Sim 46,0 34,9 24,2 21,1 23,3 16,7 28,3 Não 42,0 48,1 60,0 71,8 69,8 71,4 59,0 NS/NR 12,0 17,0 15,8 7,0 7,0 11,9 12, Sim 19,1 31,1 30,5 42,9 28,3 Não 66,1 50,0 59,2 57,1 59,0 NS/NR 14,8 18,9 10,3 0,0 12,8 D/E C A/B NS/NR Sim 22,0 29,3 42,1 22,2 28,3 Não 61,0 60,0 52,6 55,6 59,0 NS/NR 17,0 10,7 5,3 22,2 12,8 13

14 Qual o grau de conhecimento do sr.(a) sobre os critérios para a aposentadoria? Não conheço os critérios para aposentadoria 35,9 38,0 45,6 42,6 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 37,9 52,0 25,2 43,6 39,6 Conheço a maioria dos critérios 18,4 10,0 9,7 6,9 11,3 Conheço completamente todos os critérios 3,9 0,0 6,8 2,0 3,2 NS/NR 3,9 0,0 12,6 5,0 5,4 Faixa Etária Masculino Feminino Não conheço os critérios para aposentadoria 33,5 47,1 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 43,1 36,2 39,6 Conheço a maioria dos critérios 13,7 9,0 11,3 Conheço completamente todos os critérios 4,6 1,9 3,2 NS/NR 5,1 5,7 5,4 De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos ou mais Não conheço os critérios para aposentadoria 64,0 38,7 34,7 40,8 39,5 31,0 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 24,0 38,7 50,5 40,8 30,2 42,9 39,6 Conheço a maioria dos critérios 6,0 10,4 9,5 12,7 20,9 11,9 11,3 Conheço completamente todos os critérios 0,0 3,8 2,1 2,8 4,7 7,1 3,2 NS/NR 6,0 8,5 3,2 2,8 4,7 7,1 5, Não conheço os critérios para aposentadoria 55,7 48,9 30,5 14,3 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 28,7 38,9 48,9 28,6 39,6 Conheço a maioria dos critérios 5,2 5,6 13,2 42,9 11,3 Conheço completamente todos os critérios 0,9 1,1 4,0 14,3 3,2 NS/NR 9,6 5,6 3,4 0,0 5,4 Classe Social D/E C A/B NS/NR Não conheço os critérios para aposentadoria 46,7 37,1 28,9 66,7 40,5 Conheço apenas alguns poucos critérios 37,4 45,7 35,5 22,2 39,6 Conheço a maioria dos critérios 5,5 11,4 26,3 0,0 11,3 Conheço completamente todos os critérios 1,1 3,6 7,9 0,0 3,2 NS/NR 9,3 2,1 1,3 11,1 5,4 14

15 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O uso desta pesquisa é livre, a partir de 17 de janeiro de 2010, desde que sejam indicados: a fonte (Futura), a metodologia e o endereço eletrônico onde pode ser acessada: (www. futuranet.ws) Área de abrangência: Grande Vitória, considerando Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. entrevistas com cotas por faixa etária, sexo e município de moradia. Período de realização: 10 a 12 de dezembro de 2009 Margem de erro: 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%, Os cruzamentos por Renda Familiar expressam cortes por classe sendo classificadas como: D/E Até 930 reais C De 931 a reais A/B Acima de reais 15

AUMENTO DOS VEREADORES

AUMENTO DOS VEREADORES AUMENTO DOS VEREADORES Dihego Pansini de Souza A população capixaba não aprova o aumento de salário dos vereadores da Grande Vitória (entendese Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra). É o que aponta a

Leia mais

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira LEI ANTIFUMO Luciana Ghidetti de Oliveira No dia 4 de setembro, foi publicado no Diário Oficial o decreto que regulamenta a Lei Antifumo no estado do Espírito Santo. Com isso, a Futura foi às ruas conhecer

Leia mais

TELEMARKETING Andressa Malagutti

TELEMARKETING Andressa Malagutti TELEMARKETING Andressa Malagutti No dia 1º de dezembro de 2008 entrou em vigor a nova lei que regulamenta os serviços das centrais de atendimento por telefone (serviço de atendimento por telefone). Entre

Leia mais

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado TERCEIRO MANDATO Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado Junho de 2009 TERCEIRO MANDATO Luciana Ghidetti de Oliveira e Raquel Rocha Gomes Está tramitando na Câmara Federal a Proposta de

Leia mais

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO Raquel Rocha Gomes Em conjuntura de crise econômica mundial a Futura foi as ruas verificar hábitos de consumo alimentares do capixaba e o quanto esses hábitos foram ou

Leia mais

Importância das Marcas

Importância das Marcas Importância das Marcas Dihego Pansini de Souza A marca de uma empresa se coloca como um bem intangível, mas, sem dúvida alguma, é um importante diferencial. Na dinâmica atual do mercado já não é mais possível

Leia mais

REDUÇÃO DO IPI. Luciana Ghidetti de Oliveira

REDUÇÃO DO IPI. Luciana Ghidetti de Oliveira REDUÇÃO DO IPI Luciana Ghidetti de Oliveira A Futura foi às ruas saber a opinião da população capixaba sobre a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que engloba produtos da linha branca

Leia mais

SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA

SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA Simone Vermeuln Desde 2009, os supermercados em todo o Espírito Santo não abrem as suas portas aos domingos. Na época em que foi estabelecido

Leia mais

EXPECTATIVA DE EMPREGO

EXPECTATIVA DE EMPREGO EXPECTATIVA DE EMPREGO Dihego Pansini de Souza Nívia Cavatti Maciel Em maio de 2011, foi publicado pelo Instituto Jones Santos Neves os investimentos previstos para os próximos 05 anos no estado do Espírito

Leia mais

CUIDADOS COM A SAÚDE

CUIDADOS COM A SAÚDE CUIDADOS COM A SAÚDE Andressa Malagutti Assis Realizar exames periodicamente, fazer exercícios e cuidar da alimentação são medidas básicas para cuidar da saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças

Leia mais

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Luciana Zamprogne Em outubro deste ano, o senador Ivo Cassol (PP) anunciou em Plenário a apresentação do Projeto de Decreto Legislativo

Leia mais

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS APENAS METADE DOS CAPIABAS PRATICAM EERCÍCIOS FÍSICOS Lucas Almeida Adotar hábitos saudáveis de alimentação e praticar atividades físicas são medidas que devemos seguir. Pensando assim, a Futura foi às

Leia mais

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio.

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio. CRIANÇA E CONSUMO Tâmara Barros Em época de Natal, os pais enchem shoppings e lojas para atender os desejos dos filhos. Entretanto, essa cena não é comum somente no mês de dezembro. As crianças estão frequentemente

Leia mais

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL Andressa Malagutti Assis Com a proximidade do Natal, a economia é aquecida pelo aumento da produção para atender à demanda que nessa época do ano é sempre maior que

Leia mais

A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS

A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS Patrícia Gonoring Na sociedade contemporânea, existe uma preocupação dos indivíduos com sua imagem, presente na intensificação do culto ao corpo, em que indivíduos experimentam

Leia mais

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE Tâmara Barros Cuidar da alimentação, fazer exercícios regularmente e ter uma boa noite de sono são medidas básicas para manter a saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças,

Leia mais

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura /

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura / TRAIÇÃO Getúlio Cantão Patrícia Gonoring A traição é um assunto constante no cotidiano das pessoas. Sempre exposto na mídia, principalmente através das novelas, dos reality shows e das revistas de celebridade,

Leia mais

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Inayara Soares Com a definição do salário mínimo para 2013, que passou de 622,00 para 678,00 começando a valer no dia 1º de Janeiro de 2013, a Futura

Leia mais

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO Simone Vermeuln Com a decisão do título do Campeonato Brasileiro antecipada em três rodadas, o Fluminense foi consagrado campeão, chegando à

Leia mais

DESARMAMENTO. Leandro de Souza Lino

DESARMAMENTO. Leandro de Souza Lino DESARMAMENTO Leandro de Souza Lino Com o aumento da violência e de casos como o massacre de Realengo, como ficou conhecido o assassinato de crianças em uma escola no Rio de Janeiro, temas como o desarmamento

Leia mais

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO Dihego Pansini de Souza O crescimento de faculdades particulares ocorre de forma vertiginosa, crescimento esse que pode ser constatado no gráfico a seguir.

Leia mais

POPULARIDADE DA INTERNET

POPULARIDADE DA INTERNET POPULARIDADE DA INTERNET Inayara Soares da Silva Atualmente, a população encontra grande facilidade no acesso à internet. Tal facilidade e popularização da rede vem atraindo de jovens a idosos, que não

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL

EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL Tâmara Barros A pesquisa sobre as expectativas para as compras de Natal possui uma série histórica que, ao longo dos anos, vem medindo o humor dos consumidores ao

Leia mais

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR Emmanuelle Serrano Queiroz O tema fiscalização de obras está bastante estampado na mídia devido aos vários acontecimentos. Pelo fato de o assunto ter

Leia mais

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino

PLANOS DE SAÚDE. Leandro de Souza Lino 1 PLANOS DE SAÚDE Leandro de Souza Lino Na atualidade, as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade de vida e, por sua vez, com a saúde. Assim, a necessidade de ter planos de saúde se faz

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com o advento das novas tecnologias, como telefones celulares equipados com câmeras fotográficas e/ou filmadoras, além das câmeras de segurança

Leia mais

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura DELIVERY Revieni Chisté Zanotelli O serviço de entrega de produtos (delivery) foi criado para proporcionar comodidade às pessoas e, também, para aqueles que estão sem tempo de ir até ao estabelecimento

Leia mais

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários.

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Inayara Soares O Brasil vem vivendo hoje um grave problema em consequência em função do crescente

Leia mais

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO

MULHER NO MERCADO DE TRABALHO MULHER NO MERCADO DE TRABALHO Tâmara Freitas Barros A mulher continua a ser discriminada no mercado de trabalho. Foi o que 53,2% dos moradores da Grande Vitória afirmaram em recente pesquisa da Futura,

Leia mais

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1

PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 PLANO DE SAÚDE SETEMBRO DE 2011 1 CRESCEU O NÚMERO DE USUÁRIOS DE PLANOS DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Segundo reportagem publicada pela revista Exame, o crescimento dos gastos com saúde é tendência

Leia mais

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA

CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA CORRUPÇÃO E DANÇAS DAS CADEIRAS NO GOVERNO DILMA Tyago Ribeiro Hoffmann A Futura foi às ruas da Grande Vitória para colher a opinião dos capixabas sobre a corrupção no Governo Federal e constatou que 90,5%

Leia mais

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini

ASSALTO E MEDO. Dihego Pansini ASSALTO E MEDO Dihego Pansini As relações humanas têm se aprofundado cada vez mais nas últimas décadas. Nesse processo, um dos grandes desafios do ser humano moderno é aprender a lidar com as diferenças

Leia mais

QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO?

QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO? QUAL É O PAPEL DO ESTADO BRASILEIRO? Tyago Ribeiro Hoffmann Desde o início da década de 1990 no Brasil, quando se iniciaram as privatizações de empresas públicas, que diversos estudiosos e a população

Leia mais

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE

NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE NOVAS TECNOLOGIAS E INVASÃO DE PRIVACIDADE Leandro de Souza Lino Com a onda de violência que gira em torno dos grandes centros urb, é cada vez mais comum encontrar câmeras de segurança instaladas em diversos

Leia mais

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS

MORADORES DE RUA E FLANELINHAS 1 MORADORES DE RUA E FLANELINHAS Leandro de Souza Lino À margem da sociedade, a quantidade de moradores de rua tem sido crescente no cotidiano das grandes cidades. E aliado a isso, a presença de flanelinhas

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL DE 2011 JOB604 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar informações sobre o contexto pré-eleitoral do município

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra JOB101629 1 Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais Objetivo Geral O objetivo principal da pesquisa é conhecer os hábitos

Leia mais

A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO

A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO A PRINCIPAL JUSTIFICATIVA PARA A NÃO DOAÇÃO DE ÓRGÃOS É O MEDO Inayara Soares da Silva No Brasil, eiste a carência de doadores de órgãos, o que acaba dificultando os processos de transplante em todo o

Leia mais

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS

MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS MAIORIA NÃO CONVERSA COM A FAMÍLIA SOBRE DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Emmanuelle Serrano Queiroz No Brasil, a doação de órgãos é, sem dúvida, um tema que sempre está em discussão, principalmente no que se refere às

Leia mais

INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015

INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015 INTENÇÃO DE PARTICIPAÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO NATAL DE 2015 Novembro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar como serão as comemorações para natal de 2015 considerando o envolvimento com as celebrações

Leia mais

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009

O papel das empresas e o lucro. 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro 1 20 de Setembro de 2009 O papel das empresas e o lucro Roberta Atherton Magalhães Dias No ano de 2005, a Futura realizou uma pesquisa que avaliava, na percepção dos capixabas,

Leia mais

REDES SOCIAIS NA INTERNET

REDES SOCIAIS NA INTERNET 1 REDES SOCIAIS NA INTERNET Leandro de Souza Lino O maior acesso das pessoas à internet, e, consequentemente, o crescimento das redes sociais virtuais, alteram toda a relação entre as pessoas, já que crescem

Leia mais

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO 1 CASA É A PREFERÊNCIA DOS SOTEROPOLITANOS PARA MORADIA Roberta Atherton Conforme pesquisa realizada pela Futura em março de 2012, a casa própria permeia

Leia mais

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA Roberta Atherton Diversas capitais brasileiras já aprovaram leis que limitam ou proíbem a utilização de sacolas plásticas em estabelecimentos

Leia mais

O(a) Sr.(a) acompanhou o campeonato estadual deste ano?

O(a) Sr.(a) acompanhou o campeonato estadual deste ano? FUTEBOL CAPIXABA Andressa Assis e Luiz Henrique Borges A Futura foi às ruas para saber a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre os times de futebol capixaba. E, segundo se deduz das entrevistas,

Leia mais

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes

DOAÇÃO DE SANGUE. Raquel Rocha Gomes DOAÇÃO DE SANGUE Raquel Rocha Gomes O dia 25 de novembro é nacionalmente comemorado como o dia do doador de sangue. Aproveitando esse tema, a Futura realizou uma pesquisa com os moradores da Grande Vitória

Leia mais

O MELHOR DO VERÃO. Dihego Pansini de Souza

O MELHOR DO VERÃO. Dihego Pansini de Souza O MELHOR DO VERÃO Dihego Pansini de Souza O verão é uma temporada muito esperada para passeios turísticos, férias, viagens e outros atrativos de lazer. O Instituto Futura buscou investigar quais são os

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA

PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA Agosto/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 6 Segundo turno - Cenário 1... 6 Segundo turno

Leia mais

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE

MAIS DA METADE DOS CAPIXABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE MAIS DA METADE DOS CAPIABAS NÃO POSSUI PLANO DE SAÚDE Emmanuelle Serrano Queiroz Em alguns países, as despesas com saúde já correspondem a mais de 10% do PIB. E, um fator que será determinante para o aumento

Leia mais

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS 1 PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS 27 de outubro de 2016 2 Especificações técnicas da pesquisa: Tamanho da amostra, período da coleta de dados e área física de realização

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS AGOSTO DE 2012 JOB1092-15 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA

PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA Agosto/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 6 Segundo turno - Cenário 1... 7 Segundo turno

Leia mais

TRÂNSITO E ACIDENTES

TRÂNSITO E ACIDENTES TRÂNSITO E ACIDENTES Roberta Atherton Magalhães Dias A ocorrência de acidentes de trânsito é cada vez mais comum e cresce em gravidade. Conforme dados do relatório anual de estatística de 2007, do Departamento

Leia mais

BULLYING. Patrícia Gonoring

BULLYING. Patrícia Gonoring BULLYING Patrícia Gonoring A tragédia de Realengo, em que Wellington Menezes de Oliveira, o responsável pelo massacre, teria sido vítima de bullying na mesma escola em que mais tarde se transformara de

Leia mais

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros

Hábitos de Leitura. Tâmara Freitas Barros Hábitos de Leitura Tâmara Freitas Barros Um contingente de 671 mil moradores da Grande Vitória, o que corresponde a 60% da população acima de 16, não tem o costume de ler. Essa é apenas uma das constatações

Leia mais

LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva

LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva LOJAS DE RUA GANHAM A PREFERÊNCIA DO CONSUMIDOR NA HORA DE FAZER COMPRAS Inayara Soares da Silva A atual praticidade na hora de fazer compras e procurar alguns tipos de serviço leva o consumidor a optar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL/ MAIO DE 2016 JOB0510 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar o cenário eleitoral

Leia mais

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA

O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA O PLANEJAMENTO DO BRASILEIRO PARA A APOSENTADORIA Julho 2016 Formas de preparo do brasileiro para aposentadoria: 74,1% INSS pela empresa que trabalha ou de forma autônoma Poupança Imóveis 19,2% 31,1% 6,2%

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

Aquecimento Global e Desastres Naturais

Aquecimento Global e Desastres Naturais Aquecimento Global e Desastres Naturais Tyago Hoffmann Tema constante na mídia nos últimos, o aquecimento global foi o tema da presente pesquisa da Futura, realizada com os capixabas da Grande Vitória.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB2213 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO JULHO DE 2014 JOB1107 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é a percepção da população sobre a Copa

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB1306-3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

Zika Vírus e Gravidez

Zika Vírus e Gravidez Gravidez e o Zika Vírus Zika Vírus e Gravidez Impacto da doença no planejamento familiar Julho, 2016 Metodologia e Objetivos O objetivo da pesquisa foi medir o nível de preocupação das mulheres em relação

Leia mais

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL GRAVATAÍ/RS

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL GRAVATAÍ/RS 1 PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL GRAVATAÍ/RS 17 e 18 de setembro de 2016 2 Especificações técnicas da pesquisa: Tamanho da amostra, período da coleta de dados e área física de realização

Leia mais

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de ELEITORAL SÃO MATEUS Agosto de 2012 1-12 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 - CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 - ELEIÇÃO SÃO MATEUS... 6 4 - AVALIAÇÃO POLÍTICA... 10 REALIZADORES... 12 2-12 1 METODOLOGIA

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 JULHO DE 2013 JOB1036 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é levantar um conjunto de informações sobre

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VIDA FINANCEIRA

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VIDA FINANCEIRA FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VIDA FINANCEIRA Abril 2016 INTRODUÇÃO Maioria das brasileiras tem acesso aos principais serviços financeiros, mas relacionamento com bancos e instituições é insatisfatório

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2016 JOB1328 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

Segurança na Rede - 1-21. Simone Cardoso

Segurança na Rede - 1-21. Simone Cardoso Segurança na Rede Simone Cardoso No final do ano passado, o congresso aprovou a criação da Lei da Carolina Dieckman, que pune os responsáveis por crimes virtuais. Na época a atriz que dá nome a lei federal,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PONTA GROSSA - PR AGOSTO DE 2012 JOB1586-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2012 JOB1006-25 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante

Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Aquecimento Global: estar informado ainda não é o bastante Simone Cardoso O aquecimento global, tema tão recorrente na mídia e na mente de ambientalistas e estudiosos, é assunto do último levantamento

Leia mais

SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS

SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS SENSAÇÃO DE INSEGURANÇA: CAPIXABAS NÃO SE SENTEM SEGUROS EM GRANDES EVENTOS PÚBLICOS Simone Cardoso Com a proimidade da realização de Grandes Eventos esportivos no país, o que vê uma mobilização e uma

Leia mais

VOLUNTARIADO. Dihego Pansini de Souza

VOLUNTARIADO. Dihego Pansini de Souza VOLUNTARIADO Dihego Pansini de Souza No dicionário Aurélio, o significado da palavra voluntário é aquele que age espontaneamente; derivado da vontade própria, em que não há coação. Sobre a palavra voluntariado,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MAIO/ JUNHO DE 2012 JOB1227 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger

OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA. Jane Lucia Wilhelm Berwanger OS TRABALHADORES RURAIS E REFORMA DA PREVIDÊNCIA Jane Lucia Wilhelm Berwanger HISTÓRICO PREVIDÊNCIA RURAL Estatuto do Trabalhador Rural Lei n. 4.214/63 Lei Complementar 11/71 Constituição Federal Leis

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB1798-2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

INTERNET E EDUCAÇÃO. Tâmara Barros. Tâmara Barros é estatística e analista de pesquisas da Futura 3235-5440 tamara@futuranet.ws

INTERNET E EDUCAÇÃO. Tâmara Barros. Tâmara Barros é estatística e analista de pesquisas da Futura 3235-5440 tamara@futuranet.ws INTERNET E EDUCAÇÃO Tâmara Barros A internet propiciou um novo ambiente de comunicação online e instantâneo, eliminando distâncias e permitindo trocas de informações a um custo acessível. Com a popularização

Leia mais

CELULAR CONTINUA NA MODA

CELULAR CONTINUA NA MODA CELULAR CONTINUA NA MODA Emmanuelle Serrano Queiroz Novas tecnologias são lançadas no mercado diariamente e pensando nisso a Futura foi às ruas da Grande Vitória para descobrir a opinião dos moradores

Leia mais

ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO

ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO Outubro de 2012 ÍNDICE 1 - METODOLOGIA... 3 2 - ELEIÇÃO 2 TURNO... 4 3 - CAMPANHA... 9 4 - AVALIAÇÃO POLÍTICA... 10 REALIZADORES... 12 2-12 1 - METODOLOGIA Empresa responsável:

Leia mais

Dados relativos à pesquisa do mês de novembro/16 Pulso Brasil / ACSP

Dados relativos à pesquisa do mês de novembro/16 Pulso Brasil / ACSP Dados relativos à pesquisa do mês de novembro/16 Pulso Brasil / ACSP PULSO BRASIL AMOSTRA 1.200 entrevistas, pessoais e domiciliares, realizadas mensalmente em 72 municípios no Brasil inteiro. Amostra

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS NOVEMBRO/ DEZEMBRO DE 2013 JOB2726-13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Trata-se de uma pesquisa de acompanhamento

Leia mais

ELEITORAL SÃO MATEUS. Outubro de

ELEITORAL SÃO MATEUS. Outubro de ELEITORAL SÃO MATEUS Outubro de 2012 1-7 ÍNDICE 1 - METODOLOGIA... 3 2 - ELEIÇÃO SÃO MATEUS... 4 REALIZADORES... 7 2-7 1 - METODOLOGIA Empresa responsável: Futura Consultoria e Pesquisa. Contratante: Jornal

Leia mais

CUIDADOS COM A BELEZA

CUIDADOS COM A BELEZA CUIDADOS COM A BELEZA Dihego Pansini Getúlio Cantão Quando observamos os padrões de beleza determinados pela sociedade no decorrer dos, podemos perceber que a mesma possui uma característica de transitoriedade,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE BUROCRACIA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE BUROCRACIA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE BUROCRACIA DEZEMBRO DE 2008 JOB12-9 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas a burocracia

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS DEZEMBRO DE 2015 JOB1705 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar um conjunto de informações sobre o contexto

Leia mais

Índice. 1. Metodologia e objetivo. 2. Praticantes de skate: penetração nos lares. 3. Perfil da amostra

Índice. 1. Metodologia e objetivo. 2. Praticantes de skate: penetração nos lares. 3. Perfil da amostra 1 Índice 2 1. Metodologia e objetivo 2. Praticantes de skate: penetração nos lares 3. Perfil da amostra Objetivo 3 A pesquisa tem como objetivo medir a penetração e conhecer o perfil de praticantes de

Leia mais

Aumento real da aposentadoria coloca em risco salário mínimo O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (24)

Aumento real da aposentadoria coloca em risco salário mínimo O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (24) Aumento real da aposentadoria coloca em risco salário mínimo O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (24) Matéria publicada em 26 de Junho de 2015 O ministro da Previdência Social,

Leia mais

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros

UNIÃO HOMOAFETIVA. Tâmara Barros UNIÃO HOMOAFETIVA Tâmara Barros O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado através de pesquisa

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0425-2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar informações sobre o

Leia mais

USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL. Relatório em Setembro de 2012

USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL. Relatório em Setembro de 2012 1 1 USO DE CADEIRINHA NO AUTOMÓVEL Relatório em Setembro de 2012 Índice 2 2 Objetivo Metodologia Hábito de transportar crianças com até 10 anos em automóvel de passeio Perfil População adulta Transporta

Leia mais

CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME

CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME CONTRATAÇÃO DE EMPRESAS PARA LIMPAR NOME Fevereiro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender motivos e resultados na recuperação de crédito por meio da contratação de empresas para limpar o nome.

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 7-70 Ano 5 Número 5 Agosto de 05 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica II - Renda e endividamento 5 Brasileiros sofrem com endividamento e perda de poder de compra Como

Leia mais

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 Agosto de 2014 1-24 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2014... 8 4 AVALIAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO... 18 5 CAMPANHA... 20 REALIZADORES...

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2008 JOB1308-13 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto à população da área em estudo opiniões

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A PEC DAS DOMÉSTICAS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A PEC DAS DOMÉSTICAS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A PEC DAS DOMÉSTICAS MAIO DE 2013 JOB0707 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é levantar a opinião dos brasileiros a

Leia mais

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 -

Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - Avaliação da flexibilização do horário do programa de rádio A Voz do Brasil - Março/2014 - 2 Objetivo Metodologia Perfil da amostra Programa A Voz do Brasil Transmissão em horário fixo / flexível Importância

Leia mais

3- Até que ano você cursou na escola? 1 Analfabeto/ Lê e escreve 2 Primeiro Grau Incompleto/ Completo

3- Até que ano você cursou na escola? 1 Analfabeto/ Lê e escreve 2 Primeiro Grau Incompleto/ Completo Avaliação de Cenário Eleitoral de Cuiabá Julho 2012 Numero do questionário === APRESENTAÇÃO: BOM DIA (TARDE/NOITE)! MEU NOME É... (mostrar crachá). Sou entrevistador Voice Pesquisas e nós estamos fazendo

Leia mais