A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE"

Transcrição

1 A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE Dihego Pansini O primeiro semestre deste ano tem dado bons indícios de que o ano de 2010, como haviam previsto alguns analistas, é um período de recuperação para a economia, seja a nível estadual, nacional ou internacional. Assim, a Futura Pesquisa e Consultoria foi às ruas mensurar as expectativas da população capixaba em relação à economia do Espírito Santo e do Brasil para o segundo semestre, dando uma perspectiva daquilo que podemos esperar para um futuro próximo. Quando estávamos em meio à crise de 2008, muitos analistas diziam que, depois da crise, o ano de 2009 seria de sobrevivência e o ano de 2010 seria de retomada do crescimento. Os resultados da pesquisa realizada pela Futura dão fortes sinais de que as previsões estavam certas. Cada vez mais, o período de crise econômica está sendo visto no retrovisor do carro de muitos capixabas, pois, de acordo com a pesquisa, 60,3% dos entrevistados afirmaram que o pior da crise já passou, enquanto que em 2009 esse percentual era de 50%, um crescimento de 10,3 pontos percentuais na percepção de superação da crise. A avaliação da economia brasileira obteve o maior índice positivo aferido desde 2005, pois 41,6% dos entrevistados capixabas consideram satisfatória (somatório de ótimo+bom) a economia do Brasil hoje. Esse resultado reforça a percepção de que o otimismo tem permeado os cidadãos capixabas. Os homens a avaliam mais positivamente do que as mulheres, pois, entre os entrevistados do sexo masculino, 54,7% a avaliam positivamente (soma de ótimo + bom), e entre as mulheres esse percentual não passa dos 30% (29,8%). Além disso, quanto maior o nível de escolaridade maior é a avaliação. A expectativa de 50,4% dos respondentes quanto à economia do país no segundo semestre de 2010 é de melhora. Ainda de acordo com a pesquisa, 5,7% dos entrevistados acham que ela irá piorar e 40,7% acham que irá continuar a mesma coisa. Entre as pessoas que acham que a economia irá piorar, 26,1% afirmaram que os juros vão subir e 13% afirmaram que os preços vão aumentar. Entre os moradores que acham que ela irá melhorar, 23,2% afirmaram ter esperança e 16,7% afirmaram que a economia vai crescer. Entre os capixabas que acham que vai continuar a mesma coisa, 17,1% responderam que a causa é o período eleitoral, 8,5% a falta de confiança no governo e 7,3% a falta de projetos. 1

2 A população está mais otimista com o Espírito Santo do que com o Brasil. De acordo com a pesquisa realizada pela Futura Pesquisa e Consultoria, 55,6% dos entrevistados acham que a economia do Espírito Santo vai melhorar. Esse resultado é 5,2 pontos percentuais maior do que as expectativas para a economia do Brasil. De acordo com a pesquisa, 30,3% dos respondentes afirmaram que terão dificuldade ou mais dificuldade para manter as despesas da casa no segundo semestre de Esse resultado é o menor desde 2001, o que reforça o bom ânimo dos capixabas. Além disso, na opinião de 37% dos entrevistados, a população em geral terá dificuldade ou mais dificuldade para viver no segundo semestre de Este também é o menor índice negativo desde o início da série em Por fim, ainda de acordo com a pesquisa, 16,6% dos entrevistados afirmaram que o principal problema econômico do Brasil é o desemprego, em segundo lugar a corrupção com 11,4% e, em terceiro lugar, a desigualdade social com 10,2%. O desemprego é um problema maior entre os respondentes da classe D/E e a desigualdade social é mais citada entre o público da classe A/B. Dihego Pansini é economista e analista de pesquisa da Futura /

3 RESULTADO GERAL Como o (a) sr.(a) avalia a economia do Brasil hoje? Opções Ótimo + Bom 21,6 23,5 29,1 36,2 31,6 41,6 Regular 48,8 46,5 45,0 43,9 48,8 45,4 Ruim + Péssima 27,9 27,0 24,9 18,6 17,9 11,4 NS/NR 1,7 3,0 1,0 1,2 1,7 1,5 Total Número de entrevistas De um modo geral, qual a sua expectativa quanto à economia do país no segundo semestre de 2010? Opções Vai melhorar 43,9 35,7 42,0 31,5 50,0 51,9 56,2 50,4 Vai continuar a mesma 35,2 47,0 39,3 51,5 40,3 36,5 36,1 40,7 Vai piorar 16,7 14,9 15,4 9,5 6,7 10,7 5,5 5,7 NS/NR 4,2 2,5 3,2 7,5 3,0 1,0 2,2 3,2 Total Número de entrevistas

4 (Para quem disse vai piorar) Por que vai piorar? Opções Os juros vão subir 2,3-26,1 Os preços vão aumentar 30,2 13,6 13,0 Período eleitoral 2,3 4,5 8,7 O crédito estará mais difícil - - 8,7 A crise econômica vai continuar - 22,7 8,7 Vai ter mais desemprego - 18,2 4,3 Por causa do governo Lula 9,3-4,3 Dólar vai subir mais - 4,5 4,3 A crise internacional - - 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 7,0 4,5 4,3 Vou ter menos dinheiro - 4,5 - Vai aumentar a inflação 27,9 4,5 - Preço do petróleo vai subir 2,3 - - NS/NR 9,3 9,1 8,7 Outros 23,3 27,3 13 Total 113,9 113,6 108,7 Número de entrevistas * O entrevistado poderia citar mais uma opção de resposta. 4

5 (Para quem disse vai melhorar) Por que vai melhorar? Opções Esperança 29,2 27,4 23,2 A economia vai crescer 14,4 26,1 16,7 Vai ter mais emprego 5,7 11,5 9,4 Lula está fazendo um bom governo 9,6 9,7 9,4 Período eleitoral 3,8 1,3 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia - 5,8 5,4 Os salários vão aumentar 1,4 2,7 3,9 Inflação baixa 3,3 1,8 3,0 Os preços vão cair 1,9 2,7 2,5 Haverá mais promoções 3,8 0,9 2,5 Os juros vão cair 0,5 4,0 1,5 Vou ter mais dinheiro - 4,4 1,0 Vão aprovar as reformas 2,4 - - Propostas do governo O governo está atendendo às expectativas Mais investimento Lula vai arrumar a casa Espera melhorar com o governo novo NS/NR 14,8 15,9 7,4 Outros 12,4 1,8 15,3 Total 103,2 115,9 107,9 Número de entrevistas * O entrevistado poderia citar mais uma opção de resposta. 5

6 (Para quem disse vai continuar a mesma) Por que vai continuar a mesma? Opções Período eleitoral 2,0 2,8 17,1 Falta de confiança no governo 10,2 13,1 8,5 Faltam projetos 8,8 13,1 7,3 Inflação alta 12,9 6,2 5,5 Alto índice de desemprego 3,4 13,1 3,7 Não foi feito nada para melhorar 5,4 15,2 3,0 Lula não tem capacidade 2,0-3,0 A equipe de Lula é ruim 6,1 4,1 3,0 Lula não vai arrumar a casa 2,7 1,4 2,4 Os preços vão continuar altos 5,4 3,4 1,8 Os juros vão continuar elevados 2,7-1,8 Não vão aprovar as reformas 0,7 2,8 1,2 Alta do preço do petróleo 1,4 1,4 1,2 Vou continuar sem dinheiro - 4,1 0,6 Os salários não vão aumentar - 4,1 0,6 Alta do dólar - 2,1 0,6 Não tem expectativa A economia não vai mudar NS/NR 25,2 7,6 15,2 Outros 17,7 15,9 31,1 Total 106,6 110,3 107,9 Número de entrevistas * O entrevistado poderia citar mais uma opção de resposta. De um modo geral, qual a sua expectativa quanto à economia do Espírito Santo no segundo semestre de...? Opções Vai melhorar 58,0 46,5 55,7 60,3 61,7 55,6 Vai continuar a mesma 33,6 41,3 36,6 34,0 33,8 37,5 Vai piorar 3,7 2,8 5,2 4,0 3,2 2,7 NS/NR 4,7 9,5 2,5 1,7 1,2 4,2 Total Número de entrevistas

7 O (A) sr. (a) acha que terá... para manter as despesas da casa no segundo semestre de 2010? Opções Mais dificuldade 61,3 58,3 42,6 46,3 27,1 27,0 23,9 22,6 22,1 12,9 Dificuldade 16,3 15,3 17,4 22,1 26,4 20,3 18,2 19,1 19,2 17,4 Menos dificuldade 8,5 7,0 12,5 10,2 23,4 25,3 33,6 31,0 29,9 36,0 Facilidade 4,0 5,5 7,5 7,7 6,5 7,5 9,0 14,4 10,2 16,1 Mais facilidade 7,8 9,5 12,2 7,7 11,2 8,5 12,9 10,4 15,9 11,7 NS/NR 2,3 4,5 8,0 6,1 5,5 11,5 2,5 2,5 2,7 6,0 Total Número de entrevistas O (A) sr. (a) acha que a população em geral terá... para viver no segundo semestre de 2010? Opções Mais dificuldade 63,5 58,3 45,6 50,3 40,1 33,5 32,8 34,0 29,1 18,6 Dificuldade 16,3 19,5 18,5 27,5 26,6 23,8 23,9 27,3 17,9 18,4 Menos dificuldade 7,5 7,0 12,5 10,2 16,4 18,0 25,4 20,6 29,4 32,3 Facilidade 3,5 4,5 3,7 4,1 6,5 3,0 5,2 7,4 8,7 14,1 Mais facilidade 4,8 8,0 12,7 5,6 4,5 8,8 9,2 7,2 11,4 9,4 NS/NR 4,5 2,8 7,0 2,3 6,0 13,0 3,5 3,5 3,5 7,2 Total Número de entrevistas

8 Qual é o principal problema econômico do Brasil? Opções Desemprego 16,3 16,9 15,6 18,7 16,6 Corrupção 6,8 19,2 12,4 8,5 11,4 Desigualdade social 8,0 3,5 5,0 9,7 10,2 Baixos salários 1,8 9,5 3,0 6,5 7,7 Saúde 4,5 3,2 7,7 10,2 6,0 Violência 4,0 1,7 2,7 5,2 5,7 Educação 4,0 2,5 5,0 7,5 5,2 Aumento de preços 1,8 5,0 10,4 3,0 3,5 Crise econômica ,7 3,2 Impostos elevados 1,5 0,5 3,0 0,5 2,0 Política 4,0 3,5 1,7 2,5 1,5 Miséria 1,0-1,7 0,7 1,5 Fome 1,8 1,0 3,0 1,2 1,5 Falta de dinheiro 3,0 3,0 3,0 2,5 1,2 Políticos ,7 0,7 Juros altos 2,0 1,0 1,2 0,2 0,7 Inflação 0,8 0,5 2,0 0,2 0,7 Dívida externa 0,8 1,5 1,0 0,5 0,7 Congresso 0,5 0,8-0,0 0,5 Presidente 0,8 1,0 0,7 0,2 0,2 Vulnerável à especulação - - 0,2 0,0 0,0 NS/NR 23,5 16,7 14,4 9,2 13,9 Outros 13,5 9,2 6,2 4,5 5,2 Total Número de entrevistas Para o (a) sr.(a), o pior da crise já passou? Opções Sim 50,0 60,3 Não 47,3 36,2 NS/NR 2,7 3,5 Total Número de entrevistas

9 CRUZAMENTOS Como o (a) sr.(a) avalia a economia do Brasil hoje? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Ótimo + Bom 42,5 36,0 42,1 46,0 41,6 Regular 44,6 47,0 47,1 43,0 45,4 Ruim + Péssimo 12,9 16,0 9,8 7,0 11,4 NS/NR 0,0 1,0 1,0 4,0 1,5 Total Número de entrevistas: 403 Sexo Opções Masculino Feminino Total Ótimo + Bom 54,7 29,8 41,6 Regular 40,6 49,8 45,4 Ruim + Péssimo 4,2 18,1 11,4 NS/NR 0,5 2,4 1,5 Total Número de entrevistas: 403 Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Ótimo + Bom 36 40,9 43,6 45,2 37,5 43,9 41,6 Regular 50,0 44,8 47,9 46,6 45,0 34,1 45,4 Ruim + Péssimo 14 14,3 7,5 5,4 17,5 14,7 11,4 NS/NR 0,0 0,0 1,1 2,7 0,0 7,3 1,5 Total Número de entrevistas: 403 9

10 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Ótimo + Bom 36,6 41,4 52,8 0,0 41,6 Regular 47,6 46,8 37,5 0,0 45,4 Ruim + Péssimo 11,7 11,8 9,7 0,0 11,4 NS/NR 4,1 0,0 0,0 0,0 1,5 Total Número de entrevistas: 403 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Ótimo + Bom 37,7 47,0 48,5 8,3 41,6 Regular 48,2 40,3 43,9 66,7 45,4 Ruim + Péssimo 11,5 12,7 7,6 16,6 11,4 NS/NR 2,6 0,0 0,0 8,3 1,5 Total Número de entrevistas:

11 De um modo geral, qual a sua expectativa quanto à economia do país no segundo semestre de 2009 (ESTIMULADA) Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Vai melhorar 55,4 43,0 47,1 56,0 50,4 Vai piorar 3,0 13,0 4,9 2,0 5,7 Vai continuar a mesma 37,6 42,0 45,1 38,0 40,7 NS/NR 4,0 2,0 2,9 4,0 3,2 Total Número de entrevistas: 403 Sexo Opções Masculino Feminino Total Vai melhorar 51,6 49,3 50,4 Vai piorar 6,8 4,7 5,7 Vai continuar a mesma 38,5 42,7 40,7 NS/NR 3,1 3,3 3,2 Total Número de entrevistas: 403 Faixa Etária De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total Opções anos anos anos anos anos acima Vai melhorar 54,0 56,2 54,3 49,3 37,5 36,6 50,4 Vai piorar 2,0 2,9 3,2 5,5 15,0 14,6 5,7 Vai continuar a mesma 42,0 40,0 38,3 45,2 40,0 39,0 40,7 NS/NR 2,0 1,0 4,3 0,0 7,5 9,8 3,2 Total Número de entrevistas:

12 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Vai melhorar 47,6 55,4 43,1 0,0 50,4 Vai piorar 6,9 4,8 5,6 0,0 5,7 Vai continuar a mesma 42,1 36,6 48,6 0,0 40,7 NS/NR 3,4 3,2 2,8 0,0 3,2 Total ,0 100 Número de entrevistas: 403 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Vai melhorar 46,6 55,2 47,0 75,0 50,4 Vai piorar 7,9 3,7 3,0 8,3 5,7 Vai continuar a mesma 40,8 39,6 47,0 16,7 40,7 NS/NR 4,7 1,5 3,0 0,0 3,2 Total Número de entrevistas:

13 (Para quem disse vai piorar) Por que vai piorar? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Os juros vão subir 0,0 38,5 20,0 0,0 26,1 Os preços vão aumentar 33,3 7,7 20,0 0,0 13,0 Período eleitoral 33,3 0,0 20,0 0,0 8,7 O crédito estará mais difícil 0,0 7,7 20,0 0,0 8,7 A crise econômica vai continuar 0,0 15,4 0,0 0,0 8,7 Vai ter mais desemprego 0,0 7,7 0,0 0,0 4,3 Por causa do governo Lula 0,0 0,0 20,0 0,0 4,3 Dólar vai subir mais 0,0 7,7 0,0 0,0 4,3 A crise internacional 0,0 7,7 0,0 0,0 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 0,0 0,0 0,0 50,0 4,3 NS/NR 0,0 7,7 0,0 50,0 8,7 Outros 33,3 15,4 0,0 0,0 13,0 Total , ,7 Número de entrevistas: 23 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta Sexo Opções Masculino Feminino Total Os juros vão subir 30,8 20,0 26,1 Os preços vão aumentar 7,7 20,0 13,0 Período eleitoral 0,0 20,0 8,7 O crédito estará mais difícil 7,7 10,0 8,7 A crise econômica vai continuar 7,7 10,0 8,7 Vai ter mais desemprego 7,7 0,0 4,3 Por causa do governo Lula 7,7 0,0 4,3 Dólar vai subir mais 0,0 10,0 4,3 A crise internacional 7,7 0,0 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 0,0 10,0 4,3 NS/NR 15,4 0,0 8,7 Outros 7,7 20,0 13,0 Total 100,0 120,0 108,7 Número de entrevistas: 23 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 13

14 Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos 49 anos anos acima Total Os juros vão subir 0,0 33,3 0,0 50,0 0,0 50,0 26,1 Os preços vão aumentar 0,0 33,3 0,0 0,0 16,7 16,7 13,0 Período eleitoral 0,0 0,0 33,3 0,0 0,0 16,7 8,7 O crédito estará mais difícil 0,0 33,3 0,0 0,0 16,7 0,0 8,7 A crise econômica vai continuar 0,0 33,3 0,0 25,0 0,0 0,0 8,7 Vai ter mais desemprego 0,0 0,0 0,0 25,0 0,0 0,0 4,3 Por causa do governo Lula 0,0 0,0 33,3 0,0 0,0 0,0 4,3 Dólar vai subir mais 0,0 33,3 0,0 0,0 0,0 0,0 4,3 A crise internacional 0,0 0,0 0,0 0,0 16,7 0,0 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 0,0 0,0 0,0 0,0 16,7 0,0 4,3 NS/NR 0,0 0,0 33,3 0,0 0,0 16,7 8,7 Outros 100,0 0,0 0,0 0,0 33,3 0,0 13,0 Total 100,0 166,7 100,0 100,0 100,0 100,0 108,7 Número de entrevistas: 23 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior Total Os juros vão subir 20,0 44,4 0,0 26,1 Os preços vão aumentar 20,0 11,1 0,0 13,0 Período eleitoral 0,0 11,1 25,0 8,7 O crédito estará mais difícil 0,0 11,1 25,0 8,7 A crise econômica vai continuar 10,0 0,0 25,0 8,7 Vai ter mais desemprego 10,0 0,0 0,0 4,3 Por causa do governo Lula 0,0 11,1 0,0 4,3 Dólar vai subir mais 0,0 11,1 0,0 4,3 A crise internacional 0,0 11,1 0,0 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 10,0 0,0 0,0 4,3 NS/NR 10,0 11,1 0,0 8,7 Outros 20,0 0,0 25,0 13,0 Total 100,0 122,2 100,0 108,7 Número de entrevistas: 23 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 14

15 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Os juros vão subir 33,3 20,0 0,0 0,0 26,1 Os preços vão aumentar 20,0 0,0 0,0 0,0 13,0 Período eleitoral 6,7 0,0 0,0 100,0 8,7 O crédito estará mais difícil 6,7 20,0 0,0 0,0 8,7 A crise econômica vai continuar 13,3 0,0 0,0 0,0 8,7 Vai ter mais desemprego 0,0 20,0 0,0 0,0 4,3 Por causa do governo Lula 0,0 20,0 0,0 0,0 4,3 Dólar vai subir mais 6,7 0,0 0,0 0,0 4,3 A crise internacional 0,0 0,0 50,0 0,0 4,3 A crise política vai prejudicar a economia 6,7 0,0 0,0 0,0 4,3 NS/NR 13,3 0,0 0,0 0,0 8,7 Outros 6,7 20,0 50,0 0,0 13,0 Total 113,3 100,0 100,0 100,0 108,7 Número de entrevistas: 23 *O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 15

16 (Para quem disse vai melhorar) Por que vai melhorar? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Esperança 19,6 7,0 29,2 33,9 23,2 A economia vai crescer 8,9 23,3 12,5 23,2 16,7 Vai ter mais emprego 12,5 4,7 8,3 10,7 9,4 Lula está fazendo um bom governo 12,5 11,6 6,2 7,1 9,4 Período eleitoral 5,4 9,3 8,3 5,4 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia 1,8 9,3 4,2 7,1 5,4 Os salários vão aumentar 1,8 2,3 10,4 1,8 3,9 Inflação baixa 3,6 4,7 2,1 1,8 3,0 Os preços vão cair 3,6 2,3 4,2 0,0 2,5 Haverá mais promoções 0,0 4,7 0,0 5,4 2,5 Os juros vão cair 1,8 0,0 2,1 1,8 1,5 Vou ter mais dinheiro 1,8 0,0 0,0 1,8 1,0 NS/NR 10,7 9,3 2,1 7,1 7,4 Outros 17,9 25,6 20,8 0,0 15,3 Total 101,8 114,0 110,4 107,1 107,9 Número de entrevistas: 203 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 16

17 Sexo Opções Masculino Feminino Total Esperança 16,2 29,8 23,2 A economia vai crescer 22,2 11,5 16,7 Vai ter mais emprego 11,1 7,7 9,4 Lula está fazendo um bom governo 14,1 4,8 9,4 Período eleitoral 9,1 4,8 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia 5,1 5,8 5,4 Os salários vão aumentar 1,0 6,7 3,9 Inflação baixa 2,0 3,8 3,0 Os preços vão cair 3,0 1,9 2,5 Haverá mais promoções 1,0 3,8 2,5 Os juros vão cair 1,0 1,9 1,5 Vou ter mais dinheiro 1,0 1,0 1,0 NS/NR 6,1 8,7 7,4 Outros 14,1 16,3 15,3 Total 107,1 108,7 107,9 Número de entrevistas: 203 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 17

18 Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos 49 anos anos acima Esperança 11,1 25,4 23,5 27,8 20,0 26,7 23,2 A economia vai crescer 18,5 20,3 13,7 16,7 20,0 6,7 16,7 Vai ter mais emprego 3,7 15,3 7,8 5,6 6,7 13,3 9,4 Lula está fazendo um bom governo 3,7 3,4 17,6 11,1 6,7 13,3 9,4 Período eleitoral 7,4 8,5 3,9 11,1 6,7 0,0 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia 3,7 3,4 9,8 5,6 0,0 6,7 5,4 Os salários vão aumentar 7,4 0,0 5,9 5,6 0,0 6,7 3,9 Inflação baixa 3,7 1,7 2,0 5,6 6,7 0,0 3,0 Os preços vão cair 7,4 3,4 0,0 0,0 6,7 0,0 2,5 Haverá mais promoções 3,7 3,4 2,0 2,8 0,0 0,0 2,5 Os juros vão cair 3,7 1,7 0,0 2,8 0,0 0,0 1,5 Vou ter mais dinheiro 0,0 0,0 2,0 2,8 0,0 0,0 1,0 NS/NR 18,5 8,5 3,9 0,0 20,0 0,0 7,4 Outros 14,8 13,6 15,7 13,9 6,7 33,3 15,3 Total 107,4 108,5 107,8 111,1 100,0 106,7 107,9 Número de entrevistas: 203 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 18

19 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior Total Esperança 27,5 19,4 25,8 23,2 A economia vai crescer 13,0 20,4 12,9 16,7 Vai ter mais emprego 7,2 9,7 12,9 9,4 Lula está fazendo um bom governo 14,5 6,8 6,5 9,4 Período eleitoral 5,8 6,8 9,7 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia 5,8 4,9 6,5 5,4 Os salários vão aumentar 4,3 4,9 0,0 3,9 Inflação baixa 2,9 2,9 3,2 3,0 Os preços vão cair 1,4 2,9 3,2 2,5 Haverá mais promoções 2,9 2,9 0,0 2,5 Os juros vão cair 0,0 1,9 3,2 1,5 Vou ter mais dinheiro 0,0 1,0 3,2 1,0 NS/NR 10,1 6,8 3,2 7,4 Outros 8,7 20,4 12,9 15,3 Total 104,3 111,7 103,2 107,9 Número de entrevistas: 203 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 19

20 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Esperança 23,6 25,7 12,9 33,3 23,2 A economia vai crescer 16,9 20,3 9,7 11,1 16,7 Vai ter mais emprego 11,2 4,1 16,1 11,1 9,4 Lula está fazendo um bom governo 7,9 9,5 16,1 0,0 9,4 Período eleitoral 3,4 6,8 16,1 11,1 6,9 A redução dos impostos vai melhorar a economia 3,4 6,8 9,7 0,0 5,4 Os salários vão aumentar 2,2 8,1 0,0 0,0 3,9 Inflação baixa 3,4 4,1 0,0 0,0 3,0 Os preços vão cair 4,5 0,0 3,2 0,0 2,5 Haverá mais promoções 3,4 1,4 3,2 0,0 2,5 Os juros vão cair 0,0 2,7 0,0 11,1 1,5 Vou ter mais dinheiro 0,0 0,0 6,5 0,0 1,0 NS/NR 10,1 4,1 3,2 22,2 7,4 Outros 19,1 10,8 16,1 11,1 15,3 Total 109,0 104,1 112,9 111,1 107,9 Número de entrevistas: 203 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 20

21 (Para quem disse vai continuar a mesma) Por que vai continuar a mesma? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Período eleitoral 15,8 14,3 23,9 13,2 17,1 Falta de confiança no governo 10,5 9,5 8,7 5,3 8,5 Faltam projetos 13,2 4,8 2,2 10,5 7,3 Inflação alta 5,3 7,1 4,3 5,3 5,5 Alto índice de desemprego 0,0 2,4 4,3 7,9 3,7 Não foi feito nada para melhorar 2,6 7,1 0,0 2,6 3,0 Lula não tem capacidade 0,0 2,4 8,7 0,0 3,0 A equipe de Lula é ruim 0,0 4,8 0,0 7,9 3,0 Lula não vai arrumar a casa 2,6 2,4 2,2 2,6 2,4 Os preços vão continuar altos 0,0 4,8 0,0 2,6 1,8 Os juros vão continuar elevados 0,0 2,4 0,0 5,3 1,8 Não vão aprovar as reformas 2,6 0,0 0,0 2,6 1,2 Alta do preço do petróleo 0,0 0,0 0,0 5,3 1,2 Vou continuar sem dinheiro 0,0 0,0 0,0 2,6 0,6 Os salários não vão aumentar 0,0 0,0 0,0 2,6 0,6 Alta do dólar 0,0 0,0 2,2 0,0 0,6 NS/NR 7,9 14,3 21,7 15,8 15,2 Outros 42,1 31,0 30,4 21,1 31,1 Total 102,6 107,1 108,7 113,2 107,9 * Número de entrevistas: 164 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 21

22 Sexo Opções Masculino Feminino Total Período eleitoral 21,6 13,3 17,1 Falta de confiança no governo 5,4 11,1 8,5 Faltam projetos 6,8 7,8 7,3 Inflação alta 5,4 5,6 5,5 Alto índice de desemprego 4,1 3,3 3,7 Não foi feito nada para melhorar 1,4 4,4 3,0 Lula não tem capacidade 2,7 3,3 3,0 A equipe de Lula é ruim 1,4 4,4 3,0 Lula não vai arrumar a casa 2,7 2,2 2,4 Os preços vão continuar altos 2,7 1,1 1,8 Os juros vão continuar elevados 4,1 0,0 1,8 Não vão aprovar as reformas 1,4 1,1 1,2 Alta do preço do petróleo 2,7 0,0 1,2 Vou continuar sem dinheiro 1,4 0,0 0,6 Os salários não vão aumentar 1,4 0,0 0,6 Alta do dólar 1,4 0,0 0,6 NS/NR 12,2 17,8 15,2 Outros 32,4 30,0 31,1 Total 110,8 105,6 107,9 * Número de entrevistas: 164 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 22

23 Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Período eleitoral 0,0 9,5 22,2 36,4 12,5 12,5 17,1 Falta de confiança no governo 4,8 4,8 11,1 9,1 18,8 6,2 8,5 Faltam projetos 9,5 9,5 13,9 3,0 0,0 0,0 7,3 Inflação alta 0,0 9,5 2,8 0,0 12,5 12,5 5,5 Alto índice de desemprego 9,5 0,0 5,6 3,0 6,2 0,0 3,7 Não foi feito nada para melhorar 4,8 2,4 5,6 3,0 0,0 0,0 3,0 Lula não tem capacidade 4,8 7,1 2,8 0,0 0,0 0,0 3,0 A equipe de Lula é ruim 0,0 2,4 2,8 0,0 6,2 12,5 3,0 Lula não vai arrumar a casa 4,8 4,8 2,8 0,0 0,0 0,0 2,4 Os preços vão continuar altos 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 18,8 1,8 Os juros vão continuar elevados 0,0 0,0 0,0 3,0 0,0 12,5 1,8 Não vão aprovar as reformas 0,0 4,8 0,0 0,0 0,0 0,0 1,2 Alta do preço do petróleo 4,8 2,4 0,0 0,0 0,0 0,0 1,2 Vou continuar sem dinheiro 4,8 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,6 Os salários não vão aumentar 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 6,2 0,6 Alta do dólar 0,0 0,0 2,8 0,0 0,0 0,0 0,6 NS/NR 38,1 16,7 8,3 18,2 0,0 6,2 15,2 Outros 23,8 31,0 33,3 27,3 43,8 31,2 31,1 Total 109,5 104,8 113,9 103,0 100,0 118,8 107,9 * Número de entrevistas: 164 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 23

24 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior Total Período eleitoral 18,0 14,7 20,0 17,1 Falta de confiança no governo 9,8 5,9 11,4 8,5 Faltam projetos 6,6 4,4 14,3 7,3 Inflação alta 4,9 4,4 8,6 5,5 Alto índice de desemprego 3,3 5,9 0,0 3,7 Não foi feito nada para melhorar 3,3 2,9 2,9 3,0 Lula não tem capacidade 0,0 5,9 2,9 3,0 A equipe de Lula é ruim 4,9 2,9 0,0 3,0 Lula não vai arrumar a casa 1,6 4,4 0,0 2,4 Os preços vão continuar altos 3,3 1,5 0,0 1,8 Os juros vão continuar elevados 4,9 0,0 0,0 1,8 Não vão aprovar as reformas 0,0 1,5 2,9 1,2 Alta do preço do petróleo 1,6 1,5 0,0 1,2 Vou continuar sem dinheiro 1,6 0,0 0,0 0,6 Os salários não vão aumentar 1,6 0,0 0,0 0,6 Alta do dólar 0,0 1,5 0,0 0,6 NS/NR 18,0 14,7 11,4 15,2 Outros 27,9 33,8 31,4 31,1 Total 111,5 105,9 105,7 107,9 * Número de entrevistas: 164 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 24

25 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Período eleitoral 11,5 26,4 16,1 0,0 17,1 Falta de confiança no governo 7,7 9,4 9,7 0,0 8,5 Faltam projetos 7,7 5,7 9,7 0,0 7,3 Inflação alta 6,4 3,8 6,5 0,0 5,5 Alto índice de desemprego 3,8 5,7 0,0 0,0 3,7 Não foi feito nada para melhorar 3,8 3,8 0,0 0,0 3,0 Lula não tem capacidade 3,8 3,8 0,0 0,0 3,0 A equipe de Lula é ruim 2,6 3,8 3,2 0,0 3,0 Lula não vai arrumar a casa 2,6 3,8 0,0 0,0 2,4 Os preços vão continuar altos 3,8 0,0 0,0 0,0 1,8 Os juros vão continuar elevados 3,8 0,0 0,0 0,0 1,8 Não vão aprovar as reformas 1,3 0,0 3,2 0,0 1,2 Alta do preço do petróleo 1,3 0,0 3,2 0,0 1,2 Vou continuar sem dinheiro 1,3 0,0 0,0 0,0 0,6 Os salários não vão aumentar 1,3 0,0 0,0 0,0 0,6 Alta do dólar 0,0 1,9 0,0 0,0 0,6 NS/NR 17,9 11,3 12,9 50,0 15,2 Outros 29,5 28,3 38,7 50,0 31,1 Total 110,3 107,5 103,2 100,0 107,9 Número de entrevistas: 164 * O entrevistado podia citar mais de uma opção de resposta 25

26 De um modo geral, qual a sua expectativa quanto à economia do Espírito Santo no segundo semestre de 2010? (estimulada) Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Vai melhorar 60,4 47,0 57,8 57,0 55,6 Vai piorar 1,0 6,0 2,9 1,0 2,7 Vai continuar a mesma 34,7 41,0 36,3 38,0 37,5 NS/NR 4,0 6,0 2,9 4,0 4,2 Total Sexo Opções Masculino Feminino Total Vai melhorar 60,4 51,2 55,6 Vai piorar 2,6 2,8 2,7 Vai continuar a mesma 32,3 42,2 37,5 NS/NR 4,7 3,8 4,2 Total Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Vai melhorar 54,0 55,2 63,8 53,4 42,5 56,1 55,6 Vai piorar 0,0 2,9 2,1 0,0 10,0 4,9 2,7 Vai continuar a mesma 42,0 37,1 30,9 45,2 40,0 31,7 37,5 NS/NR 4,0 4,8 3,2 1,4 7,5 7,3 4,2 Total

27 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Vai melhorar 50,3 62,4 48,6 0,0 55,6 Vai piorar 2,8 2,7 2,8 0,0 2,7 Vai continuar a mesma 40,0 32,8 44,4 0,0 37,5 NS/NR 6,9 2,2 4,2 0,0 4,2 Total ,0 100 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Vai melhorar 52,9 57,5 54,5 83,3 55,6 Vai piorar 3,7 1,5 3,0 0,0 2,7 Vai continuar a mesma 37,2 38,8 39,4 16,7 37,5 NS/NR 6,3 2,2 3,0 0,0 4,2 Total

28 O (a) sr.(a) acha que terá... para manter as despesas da casa no segundo semestre de 2010? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Mais dificuldade 10,9 17,0 9,8 14,0 12,9 Dificuldade 13,9 25,0 16,7 14,0 17,4 Menos dificuldade 41,6 29,0 44,1 29,0 36,0 Facilidade 10,9 15,0 18,6 20,0 16,1 Mais facilidade 19,8 6,0 7,8 13,0 11,7 NS/NR 3,0 8,0 2,9 10,0 6,0 Total Sexo Opções Masculino Feminino Total Mais dificuldade 11,5 14,2 12,9 Dificuldade 13,0 21,3 17,4 Menos dificuldade 37,5 34,6 36,0 Facilidade 18,8 13,7 16,1 Mais facilidade 14,6 9,0 11,7 NS/NR 4,7 7,1 6,0 Total Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos acima Total Mais dificuldade 20,0 7,6 9,6 9,6 30,0 14,6 12,9 Dificuldade 20,0 17,1 18,1 15,1 15,0 19,5 17,4 Menos dificuldade 32,0 41,0 41,5 41,1 20,0 22,0 36,0 Facilidade 16,0 14,3 17,0 17,8 7,5 24,4 16,1 Mais facilidade 8,0 17,1 9,6 11,0 12,5 7,3 11,7 NS/NR 4,0 2,9 4,3 5,5 15,0 12,2 6,0 Total

29 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Mais dificuldade 18,6 10,2 8,3 0,0 12,9 Dificuldade 13,8 18,8 20,8 0,0 17,4 Menos dificuldade 31,7 35,5 45,8 0,0 36,0 Facilidade 17,9 17,7 8,3 0,0 16,1 Mais facilidade 11,7 11,8 11,1 0,0 11,7 NS/NR 6,2 5,9 5,6 0,0 6,0 Total ,0 100 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Mais dificuldade 12,6 15,7 7,6 16,7 12,9 Dificuldade 19,4 14,2 16,7 25,0 17,4 Menos dificuldade 35,1 35,1 40,9 33,3 36,0 Facilidade 14,1 21,6 13,6 0,0 16,1 Mais facilidade 11,5 9,0 15,2 25,0 11,7 NS/NR 7,3 4,5 6,1 0,0 6,0 Total

30 O (a) sr.(a) acha que a população em geral terá... para viver no segundo semestre de 2010? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Mais dificuldade 12,9 20,0 21,6 20,0 18,6 Dificuldade 17,8 25,0 15,7 15,0 18,4 Menos dificuldade 40,6 26,0 36,3 26,0 32,3 Facilidade 12,9 12,0 13,7 18,0 14,1 Mais facilidade 12,9 8,0 7,8 9,0 9,4 NS/NR 3,0 9,0 4,9 12,0 7,2 Total Sexo Opções Masculino Feminino Total Mais dificuldade 18,2 19,0 18,6 Dificuldade 15,1 21,3 18,4 Menos dificuldade 32,3 32,2 32,3 Facilidade 15,1 13,3 14,1 Mais facilidade 10,9 8,1 9,4 NS/NR 8,3 6,2 7,2 Total Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos acima Total Mais dificuldade 20,0 20,0 13,8 16,4 20,0 26,8 18,6 Dificuldade 28,0 17,1 18,1 11,0 27,5 14,6 18,4 Menos dificuldade 30,0 34,3 39,4 37,0 20,0 17,1 32,3 Facilidade 16,0 15,2 11,7 16,4 7,5 17,1 14,1 Mais facilidade 4,0 8,6 8,5 12,3 17,5 7,3 9,4 NS/NR 2,0 4,8 8,5 6,8 7,5 17,1 7,2 Total

31 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Mais dificuldade 22,8 16,7 15,3 0,0 18,6 Dificuldade 14,5 20,4 20,8 0,0 18,4 Menos dificuldade 29,7 32,3 37,5 0,0 32,3 Facilidade 14,5 15,1 11,1 0,0 14,1 Mais facilidade 9,7 10,2 6,9 0,0 9,4 NS/NR 9,0 5,4 8,3 0,0 7,2 Total ,0 100 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Mais dificuldade 19,4 18,7 13,6 33,3 18,6 Dificuldade 19,4 16,4 19,7 16,7 18,4 Menos dificuldade 31,9 35,1 27,3 33,3 32,3 Facilidade 13,6 14,2 16,7 8,3 14,1 Mais facilidade 7,9 8,2 16,7 8,3 9,4 NS/NR 7,9 7,5 6,1 0,0 7,2 Total

32 Qual é o principal problema econômico do Brasil hoje? (Espontânea) (APENAS 1) Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Desemprego 16,8 24,0 14,7 11,0 16,6 Corrupção 14,9 6,0 11,8 13,0 11,4 Desigualdade social 7,9 12,0 10,8 10,0 10,2 Baixos salários 7,9 2,0 8,8 12,0 7,7 Saúde 7,9 5,0 5,9 5,0 6,0 Violência 2,0 3,0 8,8 9,0 5,7 Educação 9,9 4,0 5,9 1,0 5,2 Aumento de preços 0,0 4,0 2,9 7,0 3,5 Crise econômica 5,0 2,0 2,0 4,0 3,2 Impostos elevados 5,0 1,0 0,0 2,0 2,0 Política 3,0 0,0 1,0 2,0 1,5 Miséria 0,0 1,0 1,0 4,0 1,5 Fome 1,0 2,0 2,0 1,0 1,5 Falta de dinheiro 1,0 1,0 1,0 2,0 1,2 Políticos 0,0 1,0 2,0 0,0 0,7 Juros altos 0,0 1,0 2,0 0,0 0,7 Inflação 2,0 1,0 0,0 0,0 0,7 Dívida externa 0,0 2,0 0,0 1,0 0,7 Congresso 0,0 1,0 1,0 0,0 0,5 Presidente 0,0 1,0 0,0 0,0 0,2 Vulnerável a especulação 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 NS/NR 8,9 20,0 15,7 11,0 13,9 Outros 6,9 6,0 2,9 5,0 5,2 Total

33 Sexo Opções Masculino Feminino Total Desemprego 16,7 16,6 16,6 Corrupção 10,9 11,8 11,4 Desigualdade social 13,0 7,6 10,2 Baixos salários 7,3 8,1 7,7 Saúde 4,7 7,1 6,0 Violência 6,2 5,2 5,7 Educação 5,2 5,2 5,2 Aumento de preços 4,2 2,8 3,5 Crise econômica 2,1 4,3 3,2 Impostos elevados 2,1 1,9 2,0 Política 1,6 1,4 1,5 Miséria 0,5 2,4 1,5 Fome 0,5 2,4 1,5 Falta de dinheiro 2,1 0,5 1,2 Políticos 1,0 0,5 0,7 Juros altos 1,0 0,5 0,7 Inflação 0,5 0,9 0,7 Dívida externa 1,6 0,0 0,7 Congresso 0,5 0,5 0,5 Presidente 0,5 0,0 0,2 Vulnerável a especulação 0,0 0,0 0,0 NS/NR 12,0 15,6 13,9 Outros 5,7 4,7 5,2 Total

34 Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos Total anos anos anos anos anos acima Desemprego 24,0 14,3 17,0 19,2 20,0 4,9 16,6 Corrupção 8,0 7,6 13,8 13,7 12,5 14,6 11,4 Desigualdade social 10,0 11,4 10,6 12,3 10,0 2,4 10,2 Baixos salários 2,0 5,7 11,7 5,5 12,5 9,8 7,7 Saúde 0,0 3,8 8,5 8,2 5,0 9,8 6,0 Violência 4,0 6,7 6,4 4,1 7,5 4,9 5,7 Educação 2,0 8,6 6,4 1,4 2,5 7,3 5,2 Aumento de preços 4,0 2,9 4,3 2,7 5,0 2,4 3,5 Crise econômica 4,0 2,9 6,4 0,0 2,5 2,4 3,2 Impostos elevados 4,0 3,8 0,0 1,4 0,0 2,4 2,0 Política 4,0 1,0 0,0 1,4 5,0 0,0 1,5 Miséria 2,0 1,9 0,0 2,7 0,0 2,4 1,5 Fome 0,0 1,0 3,2 0,0 0,0 4,9 1,5 Falta de dinheiro 2,0 1,0 2,1 1,4 0,0 0,0 1,2 Políticos 2,0 1,0 1,1 0,0 0,0 0,0 0,7 Juros altos 2,0 1,0 0,0 1,4 0,0 0,0 0,7 Inflação 0,0 1,9 0,0 1,4 0,0 0,0 0,7 Dívida externa 0,0 1,9 0,0 0,0 0,0 2,4 0,7 Congresso 0,0 0,0 0,0 2,7 0,0 0,0 0,5 Presidente 0,0 0,0 0,0 0,0 2,5 0,0 0,2 Vulnerável a especulação 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 NS/NR 22,0 15,2 5,3 17,8 7,5 19,5 13,9 Outros 4,0 6,7 3,2 2,7 7,5 9,8 5,2 Total

35 Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Desemprego 16,6 19,9 8,3 0,0 16,6 Corrupção 12,4 8,6 16,7 0,0 11,4 Desigualdade social 6,9 8,6 20,8 0,0 10,2 Baixos salários 10,3 7,5 2,8 0,0 7,7 Saúde 7,6 4,3 6,9 0,0 6,0 Violência 6,2 7,0 1,4 0,0 5,7 Educação 2,8 4,3 12,5 0,0 5,2 Aumento de preços 4,8 3,8 0,0 0,0 3,5 Crise econômica 2,1 3,8 4,2 0,0 3,2 Impostos elevados 0,7 1,6 5,6 0,0 2,0 Política 1,4 1,1 2,8 0,0 1,5 Miséria 1,4 2,2 0,0 0,0 1,5 Fome 2,8 0,5 1,4 0,0 1,5 Falta de dinheiro 0,7 1,1 2,8 0,0 1,2 Políticos 0,0 1,6 0,0 0,0 0,7 Juros altos 0,0 1,1 1,4 0,0 0,7 Inflação 0,7 1,1 0,0 0,0 0,7 Dívida externa 0,0 1,1 1,4 0,0 0,7 Congresso 0,0 1,1 0,0 0,0 0,5 Presidente 0,0 0,0 1,4 0,0 0,2 Vulnerável a especulação 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 NS/NR 17,9 15,6 1,4 0,0 13,9 Outros 4,8 4,3 8,3 0,0 5,2 Total ,

36 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Desemprego 20,4 15,7 7,6 16,7 16,6 Corrupção 11,0 11,2 15,2 0,0 11,4 Desigualdade social 5,2 14,9 15,2 8,3 10,2 Baixos salários 7,3 10,4 4,5 0,0 7,7 Saúde 6,3 3,0 9,1 16,7 6,0 Violência 4,2 8,2 1,5 25,0 5,7 Educação 6,8 2,2 7,6 0,0 5,2 Aumento de preços 4,7 3,7 0,0 0,0 3,5 Crise econômica 2,6 3,0 4,5 8,3 3,2 Impostos elevados 1,6 1,5 4,5 0,0 2,0 Política 1,6 1,5 1,5 0,0 1,5 Miséria 3,1 0,0 0,0 0,0 1,5 Fome 2,1 0,0 3,0 0,0 1,5 Falta de dinheiro 1,0 0,7 3,0 0,0 1,2 Políticos 0,0 1,5 1,5 0,0 0,7 Juros altos 0,0 1,5 1,5 0,0 0,7 Inflação 0,5 1,5 0,0 0,0 0,7 Dívida externa 0,5 0,0 3,0 0,0 0,7 Congresso 0,0 1,5 0,0 0,0 0,5 Presidente 0,5 0,0 0,0 0,0 0,2 Vulnerável a especulação 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 NS/NR 16,8 11,9 9,1 16,7 13,9 Outros 3,7 6,0 7,6 8,3 5,2 Total * O entrevistado podia citar apenas uma opção de resposta 36

37 Para o (a) sr. (a), o pior da crise já passou? Região de Moradia Opções Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 58,4 58,0 60,8 64,0 60,3 Não 38,6 38,0 36,3 32,0 36,2 NS/NR 3,0 4,0 2,9 4,0 3,5 Total Sexo Opções Masculino Feminino Total Sim 66,7 54,5 60,3 Não 31,2 40,8 36,2 NS/NR 2,1 4,7 3,5 Total Faixa Etária Opções De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 anos anos anos anos anos anos acima Total Sim 60,0 62,9 57,4 58,9 72,5 51,2 60,3 Não 34,0 35,2 40,4 38,4 25,0 39,0 36,2 NS/NR 6,0 1,9 2,1 2,7 2,5 9,8 3,5 Total Escolaridade Opções Fundamental Médio Superior NS/NR Total Sim 57,9 62,9 58,3 0,0 60,3 Não 35,9 36,0 37,5 0,0 36,2 NS/NR 6,2 1,1 4,2 0,0 3,5 Total ,

38 Classe Social Opções D/E C A/B NS/NR Total Sim 59,2 61,2 66,7 33,3 60,3 Não 36,1 36,6 30,3 66,7 36,2 NS/NR 4,7 2,2 3,0 0,0 3,5 Total

39 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O uso desta pesquisa é livre, a partir de 11 de julho de 2010, desde que sejam indicados: a fonte (Futura), a metodologia e o endereço eletrônico onde pode ser acessada: (www.futuranet.ws) Área de abrangência: Grande Vitória, considerando Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. Número de entrevistas: 403 entrevistas com cotas por faixa etária, sexo e município de moradia. Período de realização: 28, 29 e 30 de junho de de junho de 2009 Margem de erro: 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Os cruzamentos por Renda Familiar expressam cortes por classe sendo classificadas como: D/E Até R$ 1.020,00 C De R$1.021,00 a R$ 2.550,00 A/B Acima de R$ 2.550,00 39

Aumento do Salário Mínimo

Aumento do Salário Mínimo Aumento do Salário Mínimo Luciana Ghidetti de Oliveira Começou a vigorar em janeiro deste ano o valor de R$ 510,00 do salário mínimo, o que representou um aumento de R$ 45,00 ou 9,7%, em relação a 2009.

Leia mais

EXPECTATIVA DE EMPREGO

EXPECTATIVA DE EMPREGO EXPECTATIVA DE EMPREGO Dihego Pansini de Souza Nívia Cavatti Maciel Em maio de 2011, foi publicado pelo Instituto Jones Santos Neves os investimentos previstos para os próximos 05 anos no estado do Espírito

Leia mais

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO Andressa Malagutti Assis A partir de fevereiro, o salário mínimo teve um aumento de 15,87%,passando de R$ 415,00 para R$ 465,00. Segundo o Ministério do Trabalho, com o aumento

Leia mais

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS. Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS. Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira No Brasil, a doação de órgãos é, sem dúvida, um tema que sempre está em discussão, principalmente no que se refere às campanhas que promovem a

Leia mais

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado TERCEIRO MANDATO Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado Junho de 2009 TERCEIRO MANDATO Luciana Ghidetti de Oliveira e Raquel Rocha Gomes Está tramitando na Câmara Federal a Proposta de

Leia mais

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA Dihego Pansini de Souza A crise financeira norte-americana está repercutindo em todo mundo. Tal crise não pode ser considerada apenas norte-americana, mas sim, global.

Leia mais

Pirataria. Dihego Pansini de Souza

Pirataria. Dihego Pansini de Souza Pirataria Dihego Pansini de Souza A pirataria é um tema delicado e muito discutido na atualidade. Várias vertentes têm debatido o assunto, que divide a opinião da população. Existem muitos argumentos que

Leia mais

CONCURSOS E EMPREGOS. Dihego Pansini de Souza

CONCURSOS E EMPREGOS. Dihego Pansini de Souza CONCURSOS E EMPREGOS Dihego Pansini de Souza A Futura Pesquisa e Consultoria foi às ruas sondar o que o capixaba pensa sobre concursos e empregos. Nesse sentido, o interesse da Futura está em investigar

Leia mais

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL Andressa Malagutti Assis Com a proximidade do Natal, a economia é aquecida pelo aumento da produção para atender à demanda que nessa época do ano é sempre maior que

Leia mais

CONSUMO X SONEGAÇÃO. Dihego Pansini de Souza

CONSUMO X SONEGAÇÃO. Dihego Pansini de Souza CONSUMO X SONEGAÇÃO Dihego Pansini de Souza O Instituto Futura constatou que a maior parte da população da Grande Vitória exige nota fiscal ao comprar um produto. De forma geral, 81,4% (soma de sim + às

Leia mais

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Tâmara Freitas Barros O Procon comemorou, no dia 11 de setembro de 2010, o aniversário de 20 do Código de Defesa do Consumidor. A Futura foi às ruas para saber como se encontra

Leia mais

TELEMARKETING Andressa Malagutti

TELEMARKETING Andressa Malagutti TELEMARKETING Andressa Malagutti No dia 1º de dezembro de 2008 entrou em vigor a nova lei que regulamenta os serviços das centrais de atendimento por telefone (serviço de atendimento por telefone). Entre

Leia mais

Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida

Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida Lucas Almeida Muitas pessoas passam boa parte da vida sonhando e planejando o futuro. Esses sonhos podem ser viajar, adquirir

Leia mais

RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS

RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS Luciana Ghidetti de Oliveira Notícias veiculadas na mídia a respeito de casos de violência envolvendo pais e filhos escandalizam a sociedade e levantam questões sobre

Leia mais

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Lucas Almeida As Olimpíadas, uma das competições mais tradicionais da história, tiveram início na Grécia Antiga em 776

Leia mais

Olimpíadas no Rio e Violência

Olimpíadas no Rio e Violência Olimpíadas no Rio e Violência Fabiola Miranda von Rondow Após se candidatar três vezes e não conseguir ganhar a disputa para sediar os Jogos Olímpicos, o Brasil finalmente foi o escolhido. Com isso, o

Leia mais

Relacionamento Homossexual

Relacionamento Homossexual Relacionamento Homossexual Roberta Atherton O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado

Leia mais

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Luciana Zamprogne Em outubro deste ano, o senador Ivo Cassol (PP) anunciou em Plenário a apresentação do Projeto de Decreto Legislativo

Leia mais

VITÓRIA 459 ANOS. Tâmara Freitas Barros

VITÓRIA 459 ANOS. Tâmara Freitas Barros VITÓRIA 459 ANOS Tâmara Freitas Barros Com 459 anos de existência, Vitória tem arte, beleza, cultura, turismo e negócios. Aproveitando o aniversário da cidade, a Futura foi às ruas captar a percepção dos

Leia mais

CUIDADOS COM A SAÚDE

CUIDADOS COM A SAÚDE CUIDADOS COM A SAÚDE Andressa Malagutti Assis Realizar exames periodicamente, fazer exercícios e cuidar da alimentação são medidas básicas para cuidar da saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças

Leia mais

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO Raquel Rocha Gomes Em conjuntura de crise econômica mundial a Futura foi as ruas verificar hábitos de consumo alimentares do capixaba e o quanto esses hábitos foram ou

Leia mais

Reforma Eleitoral. Raquel Rocha Gomes

Reforma Eleitoral. Raquel Rocha Gomes Reforma Eleitoral Raquel Rocha Gomes Aproximando-se as eleições de 2010, o governo discute mudanças na legislação eleitoral, que, se forem devidamente aprovadas, valerão para o próximo pleito. Com base

Leia mais

CARNAVAL. Andressa Malagutti Assis

CARNAVAL. Andressa Malagutti Assis CARNAVAL Andressa Malagutti Assis Falta muito pouco para a chegada da maior festa popular do Brasil. Além de uma festa cultural genuinamente brasileira, o carnaval é um grande fomento para o turismo. Enquanto

Leia mais

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS APENAS METADE DOS CAPIABAS PRATICAM EERCÍCIOS FÍSICOS Lucas Almeida Adotar hábitos saudáveis de alimentação e praticar atividades físicas são medidas que devemos seguir. Pensando assim, a Futura foi às

Leia mais

DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO

DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO Lucas Almeida A Futura realizou, pelo quarto ano a pesquisa sobre o carnaval de Vitória. O percentual de entrevistados que costumam

Leia mais

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura /

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura / TRAIÇÃO Getúlio Cantão Patrícia Gonoring A traição é um assunto constante no cotidiano das pessoas. Sempre exposto na mídia, principalmente através das novelas, dos reality shows e das revistas de celebridade,

Leia mais

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE Tâmara Barros Cuidar da alimentação, fazer exercícios regularmente e ter uma boa noite de sono são medidas básicas para manter a saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças,

Leia mais

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio.

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio. CRIANÇA E CONSUMO Tâmara Barros Em época de Natal, os pais enchem shoppings e lojas para atender os desejos dos filhos. Entretanto, essa cena não é comum somente no mês de dezembro. As crianças estão frequentemente

Leia mais

GRIPE SUÍNA. Raquel Rocha Gomes

GRIPE SUÍNA. Raquel Rocha Gomes GRIPE SUÍNA Raquel Rocha Gomes Considerando-se o aumento do número de casos da nova gripe H1N1, que tem se espalhado por todo mundo e inclusive já registrou casos suspeitos e confirmados em Vitória, a

Leia mais

GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA.

GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA. GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA. Felipe Sellin O estresse é considerado o mal do século I. Uma doença silenciosa que causa inúmeros outros problemas à saúde

Leia mais

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO Simone Vermeuln Com a decisão do título do Campeonato Brasileiro antecipada em três rodadas, o Fluminense foi consagrado campeão, chegando à

Leia mais

COMPRAS PELA INTERNET

COMPRAS PELA INTERNET COMPRAS PELA INTERNET Roberta Atherton As compras pela internet são uma tendência e vêm crescendo progressivamente. Mas, afinal, qual é o perfil e o comportamento do consumidor virtual capixaba? Pesquisa

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS

PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS Setembro/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 7 Votos Válidos... 8 Rejeição...

Leia mais

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Roberta Atherton Diante da consciência de que os recursos naturais são bens finitos e de valor inestimável, temos o desafio de compatibilizar a promoção do crescimento

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 72 CNT 21 a 23 de Setembro de 2004 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS / ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS / ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS / ADMINISTRATIVOS DEZEMBRO DE 2011 JOB1408 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

Perspectivas Political & Social SIAC 2016

Perspectivas Political & Social SIAC 2016 Perspectivas Political & Social SIAC Perspectivas Political & Social SIAC Objetivo Monitorar as expectativas e impressões da população brasileira em relação à situação econômica do país e do impacto em

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: SÃO MATEUS

PESQUISA ELEITORAL: SÃO MATEUS PESQUISA ELEITORAL: SÃO MATEUS Setembro/2016 1 ÍNDICE ÍNDICE... 2 METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 7 Intenção Espontânea... 7 Intenção Estimulada... 8 Rejeição... 8 IMAGEM DOS CANDIDATOS...

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA

PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA PESQUISA ELEITORAL: CARIACICA Agosto/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 6 Segundo turno - Cenário 1... 6 Segundo turno

Leia mais

Revisão do Plano Estratégico

Revisão do Plano Estratégico WORKING DRAFT Revisão do Plano Estratégico Análise dos resultados da pesquisa IBOPE 14 de dezembro de 2011 CONFIDENCIAL E DE PROPRIEDADE EXCLUSIVA A utilização deste material sem a permissão expressa da

Leia mais

ÍNDICE DE AVALIAÇÃO. Média geral = 124

ÍNDICE DE AVALIAÇÃO. Média geral = 124 1989 a 2014 ÍNDICE DE AVALIAÇÃO 78 105 134 81 139 183 146 Fernando Collor Itamar Franco FHC - 1º mandato FHC - 2º mandato Lula - 1º mandato Lula - 2º mandato Dilma Média geral = 124 Cada índice é calculado

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 68 CNT 24 a 26 de Março de 2004 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE

PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE PESQUISA CNT/MDA RELATÓRIO SÍNTESE Rodada 114 07 a 10 de julho de 2013 ÍNDICE 1 DADOS TÉCNICOS 03 2 ELEIÇÃO PRESIDENCIAL 04 3 AVALIAÇÃO DO GOVERNO 13 4 EXPECTATIVA 21 5 CONJUNTURAIS 24 5.1 MANIFESTAÇÕES

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM

PESQUISA ELEITORAL: CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM PESQUISA ELEITORAL: CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM Setembro/2016 1 ÍNDICE ÍNDICE... 2 METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 7 Intenção Espontânea... 7 Intenção Estimulada... 7 Rejeição... 8

Leia mais

INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO

INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO INTENÇÃO DE COMEMORAÇÃO PARA O ANO NOVO Dezembro de 2015 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO Investigar como serão as comemorações para o ano novo e respectivos valores financeiros envolvidos; Avalição do cenário

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA

PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA PESQUISA ELEITORAL: VILA VELHA Agosto/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 6 Segundo turno - Cenário 1... 7 Segundo turno

Leia mais

CONVENTO DA PENHA E DOMINGOS MARTINS SÃO DESTAQUES NO TURISMO CAPIXABA Lucas Almeida

CONVENTO DA PENHA E DOMINGOS MARTINS SÃO DESTAQUES NO TURISMO CAPIXABA Lucas Almeida CONVENTO DA PENHA E DOMINGOS MARTINS SÃO DESTAQUES NO TURISMO CAPIXABA Lucas Almeida O Top Five é realizado anualmente pela Futura com o intuito de captar qual a preferência dos capiabas na área econômica

Leia mais

ELEITORAL ARACRUZ. Setembro de

ELEITORAL ARACRUZ. Setembro de ELEITORAL ARACRUZ Setembro de 2012 1-16 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2012... 6 4 CAMPANHA... 11 5 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 14 REALIZADORES... 16 2-16 1 METODOLOGIA

Leia mais

Conflitos no Rio de Janeiro. novembro de 2010

Conflitos no Rio de Janeiro. novembro de 2010 Conflitos no Rio de Janeiro novembro de 2010 1 Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas telefônicas. Objetivo Geral Levantar a percepção

Leia mais

AVALIAÇÃO DO CENÁRIO ELEITORAL SANTA CATARINA ABRIL 2010

AVALIAÇÃO DO CENÁRIO ELEITORAL SANTA CATARINA ABRIL 2010 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA - SUMÁRIO GERENCIAL DE RESULTADOS - AVALIAÇÃO DO CENÁRIO ELEITORAL SANTA CATARINA ABRIL 2010 Elaborada com exclusividade para: Rua Monsenhor Manfredo Leite, 129 Centro Florianópolis

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS ABRIL/ MAIO DE 2016 JOB0510 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar o cenário eleitoral

Leia mais

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de ELEITORAL SÃO MATEUS Agosto de 2012 1-12 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 - CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 - ELEIÇÃO SÃO MATEUS... 6 4 - AVALIAÇÃO POLÍTICA... 10 REALIZADORES... 12 2-12 1 METODOLOGIA

Leia mais

AVALIAÇÃO DO GOVERNO MARÇO/2011

AVALIAÇÃO DO GOVERNO MARÇO/2011 AVALIAÇÃO DO GOVERNO MARÇO/2011 Pesquisa CNI-IBOPE CONFEDERAÇÃO NACIONAL DA INDÚSTRIA - CNI Presidente: Robson Braga de Andrade Diretoria Executiva - DIREX Diretor: José Augusto Coelho Fernandes Diretor

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A CRISE ECONÔMICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A CRISE ECONÔMICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A CRISE ECONÔMICA ABRIL DE 2015 JOB0508 OBJETIVO LOCAL ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA O principal objetivo desse projeto é avaliar qual a impressão que a população

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2012 JOB2457-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2012 JOB2213 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

RECURSOS FINANCEIROS UTILIZADOS PARA AS COMPRAS DE NATAL 2016

RECURSOS FINANCEIROS UTILIZADOS PARA AS COMPRAS DE NATAL 2016 RECURSOS FINANCEIROS UTILIZADOS PARA AS COMPRAS DE NATAL 2016 Novembro 2016 81% possuem expectativas de que 2017 será um ano financeiramente melhor O ano de 2016 não tem sido fácil para boa parte dos brasileiros.

Leia mais

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS

PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS 1 PESQUISA DE AVALIAÇÃO CENÁRIO POLÍTICO MUNICIPAL SANTA MARIA/RS 27 de outubro de 2016 2 Especificações técnicas da pesquisa: Tamanho da amostra, período da coleta de dados e área física de realização

Leia mais

Metodologia e Amostra

Metodologia e Amostra JOB101629 1 Metodologia e Amostra Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais Objetivo Geral O objetivo principal da pesquisa é conhecer os hábitos

Leia mais

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA a 13 de Outubro de 2010

SENSUS. Relatório Síntese CNT SENSUS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA a 13 de Outubro de 2010 Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 106 CNT 11 a 13 de Outubro de 2010 SAUS Q 01 - Bloco J - Entradas 10 e 20 Rua Grão Pará, 737 4ºandar Ed. CNT - 11 o

Leia mais

Apresentação - 30/03/2016

Apresentação - 30/03/2016 Apresentação - 30/03/2016 1 Especificações Técnicas Período De 17 a 20 de março de 2016. Abrangência Nacional Universo Eleitores com 16 anos ou mais Amostra 2002 entrevistas em 142 municípios Margem de

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2016 JOB0965 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

PESQUISA SOBRE A COMPRA E VENDA PARA NO DIA DAS MÃES Maio/2016

PESQUISA SOBRE A COMPRA E VENDA PARA NO DIA DAS MÃES Maio/2016 PESQUISA SOBRE A COMPRA E VENDA PARA NO DIA DAS MÃES 2016 Maio/2016 Sumário Introdução...3 Metodologia...5 Avaliação do desempenho das vendas do comércio Dia das Mães 2016..9 Avaliação das compras do consumidor

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MAIO DE 2012 JOB989 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões relacionadas

Leia mais

PESQUISA SOBRE A EXPECTATIVA DE COMPRA E VENDA PARA O DIA DOS PAIS Julho/2016

PESQUISA SOBRE A EXPECTATIVA DE COMPRA E VENDA PARA O DIA DOS PAIS Julho/2016 PESQUISA SOBRE A EXPECTATIVA DE COMPRA E VENDA PARA O DIA DOS PAIS 2016 Julho/2016 Sumário Introdução...3 Metodologia...5 Avaliação do desempenho das vendas do comércio Dia dos Pais 2016...9 Avaliação

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2016 JOB1328 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

ELEITORAL CARIACICA 2 TURNO

ELEITORAL CARIACICA 2 TURNO ELEITORAL CARIACICA 2 TURNO Outubro de 2012 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 ELEIÇÃO 2 TURNO... 4 2.1 Transferência de votos... 7 3 CAMPANHA... 8 4 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 9 2 1 METODOLOGIA Empresa responsável:

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PONTA GROSSA - PR AGOSTO DE 2012 JOB1586-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área

Leia mais

16/10/2008-1ª pesquisa/2º turno

16/10/2008-1ª pesquisa/2º turno Pesquisa de Intenção de Voto Sucessão Municipal Canoas 16/10/2008-1ª pesquisa/2º turno Porto Alegre, 17 de outubro de 2008. 1 Sumário Apresentação e Metodologia... 3 Intenção de Voto... 5 Avaliação dos

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO DE BASE ESTADUAL RIO DE JANEIRO

PESQUISA DE OPINIÃO DE BASE ESTADUAL RIO DE JANEIRO PR-/079-09-ERJ- 09.12 PESQUISA DE OPINIÃO DE BASE ESTADUAL RIO DE JANEIRO RELATÓRIO FINAL 09 DE DEZEMBRO DE 2009 1 SOLICITANTE IBPS METODOLOGIA A pesquisa PR/079-09-ERJ foi realizada mediante entrevistas

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA:

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Curitiba, 17 de outubro de 2016. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no município de Belo Horizonte, com o objetivo de consulta à população sobre situação eleitoral

Leia mais

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública

DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública DataPoder360 pesquisa nacional de opinião pública julho 2017 ficha técnica pesquisa telefônica IVR período de campo 9 e 10 de julho de 2017 universo amostra brasileiros e brasileiras com 16 anos de idade

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS AGOSTO DE 2016 JOB0569-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014

INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 INTENÇÃO DE VOTO ELEIÇÕES 2014 Julho de 2014 1-26 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2014... 8 4 AVALIAÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO... 21 5 CAMPANHA... 23 REALIZADORES...

Leia mais

Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão

Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão Horário dos Jogos e Avaliação do Brasileirão Especificações Técnicas - Pesquisa Quantitativa - Datas de campo De 17 a 22 de junho de 2015 Seleção da amostra Aleatória Margem de erro 3 pontos percentuais

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE AS ELEIÇÕES 2014 JULHO DE 2013 JOB1036 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é levantar um conjunto de informações sobre

Leia mais

Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário

Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário Maio 2017 Indicador de Confiança do MPE mostra empresários ainda pessimistas com os rumos da economia Em maio de 2017, o Indicador de Confiança do Micro

Leia mais

Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário

Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário Indicador de Confiança do Micro e Pequeno Empresário Fevereiro 2017 Indicador de Confiança do MPE alcança o maior resultado desde maio de 2015 INDICADOR DE CONFIANÇA 50,2 50,6 50,2 48,9 51,0 52,5 36,6

Leia mais

ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO

ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO ELEITORAL VILA VELHA - 2 TURNO Outubro de 2012 ÍNDICE 1 - METODOLOGIA... 3 2 - ELEIÇÃO 2 TURNO... 4 3 - CAMPANHA... 9 4 - AVALIAÇÃO POLÍTICA... 10 REALIZADORES... 12 2-12 1 - METODOLOGIA Empresa responsável:

Leia mais

Brasil, governo e eleições

Brasil, governo e eleições 1 Brasil, governo e eleições 2 A pesquisa CUT/Vox Populi 1. Objetivos: Os objetivos da 5º rodada da pesquisa CUT/Vox Populi, realizada em outubro de 2016, foram avaliar sentimentos e opiniões da população

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS DISTRITO FEDERAL JULHO DE 2013 JOB0998 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0425-2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar informações sobre o

Leia mais

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA

RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Indicadores CNI ISSN 7-70 Ano 5 Número 5 Agosto de 05 RETRATOS DA SOCIEDADE BRASILEIRA Crise econômica II - Renda e endividamento 5 Brasileiros sofrem com endividamento e perda de poder de compra Como

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS MARÇO DE 2014 JOB0425-3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo levantar informações sobre o

Leia mais

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Murilo Hidalgo Lopes de Oliveira Diretor

PROCEDIMENTOS UTILIZADOS NA REALIZAÇÃO DA PESQUISA: Murilo Hidalgo Lopes de Oliveira Diretor Curitiba, 16 de setembro de 2015. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Estado de Goiás, com o objetivo de consulta à população para avaliação das administrações

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL Pesquisa e Consultoria Relatório Síntese PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA NACIONAL RODADA 85 CNT 22 a 25 de Agosto de 2006 SAS Q 06 - Lote 03 - Bloco J Rua Grão Pará, 737-4º andar Ed. Camilo Cola - 2 o andar

Leia mais

Opinião dos brasileiros sobre o atendimento público na área de saúde

Opinião dos brasileiros sobre o atendimento público na área de saúde Opinião dos brasileiros sobre o atendimento público na área de saúde População brasileira, 16 anos ou mais Setembro de 2015 Índice Introdução Planos de saúde SUS X Plano de saúde Perfil da amostra Principais

Leia mais

Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Estado do Rio de Janeiro,

Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Estado do Rio de Janeiro, Curitiba, 11 de julho de 2017. Apresentamos a seguir os resultados da pesquisa de opinião pública realizada no Estado do Rio de Janeiro, com o objetivo de consulta à população sobre a avaliação da administração

Leia mais

Empresários esperam queda de cerca de 10% no valor do presente para o Dia das Crianças

Empresários esperam queda de cerca de 10% no valor do presente para o Dia das Crianças PRESS-RELEASE Empresários esperam queda de cerca de 10% no valor do presente para o Dia das Crianças Expectativa é reflexo do atual cenário macroeconômico de deterioração da renda das famílias. Para atrair

Leia mais

Indicadores CNI ISSN Ano 6 Número 3 setembro de Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Setembro /2016

Indicadores CNI ISSN Ano 6 Número 3 setembro de Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO. Setembro /2016 Indicadores CNI ISSN 2317-712 Ano 6 Número 3 setembro de 16 Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO Setembro /16 Pesquisa CNI-Ibope AVALIAÇÃO DO GOVERNO Setembro / 16 16. CNI Confederação Nacional da

Leia mais

sumário dezembro 2016 Para ter acesso ao conteúdo completo do Pulso Brasil, solicite um orçamento: IPSOS PUBLIC AFFAIRS

sumário dezembro 2016 Para ter acesso ao conteúdo completo do Pulso Brasil, solicite um orçamento: IPSOS PUBLIC AFFAIRS dezembro 20 sumário Para ter acesso ao conteúdo completo do Pulso Brasil, solicite um orçamento: pulsobrasil@ipsos.com Pesquisa realizada entre os dias: 30 de novembro e 12 de dezembro de 20. gem de 3p.p.

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS AGOSTO DE 2016 JOB0574-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO BRASIL PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE A COPA DO MUNDO NO JULHO DE 2014 JOB1107 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL O principal objetivo desse projeto é a percepção da população sobre a Copa

Leia mais

PESQUISA COMPRA E VENDA PARA O DIA DAS CRIANÇAS Outubro/2016

PESQUISA COMPRA E VENDA PARA O DIA DAS CRIANÇAS Outubro/2016 PESQUISA COMPRA E VENDA PARA O DIA DAS CRIANÇAS 2016 Outubro/2016 Sumário Introdução...3 Metodologia...5 Avaliação do desempenho das vendas do comércio Dia das Crianças 2016...9 Avaliação das compras do

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS AGOSTO DE 2016 JOB0561-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

Serafina Corrêa. Pesquisa C0006 Administrativa

Serafina Corrêa. Pesquisa C0006 Administrativa RELATÓRIO DE PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA Serafina Corrêa Pesquisa C0006 Serafina Corrêa Página 1/1 METODOLOGIA Objetivo: Levantar junto aos eleitores da área em estudo, opiniões relacionadas a assuntos

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS OUTUBRO DE 2012 JOB1750-5 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar junto aos eleitores da área em estudo opiniões

Leia mais

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Panorama da micro e pequena indústria de São Paulo. 1º semestre de 2014

MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V. Panorama da micro e pequena indústria de São Paulo. 1º semestre de 2014 1 MERCADO DE MEIOS ELETRÔNICOS DE PAGAMENTO POPULAÇÃO E COMÉRCIO - ANO V Panorama da micro e pequena indústria de São Paulo 1º semestre de 2014 Metodologia 2 Metodologia 3 Técnica Pesquisa quantitativa,

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS SETEMBRO DE 2016 JOB0572-2 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO O projeto tem por objetivo geral levantar um conjunto de informações

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE ASSUNTOS POLÍTICOS/ ADMINISTRATIVOS JUNHO DE 2016 JOB0268-1 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL Levantar um conjunto de informações sobre o contexto eleitoral

Leia mais