SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA"

Transcrição

1 SUPERMERCADOS: AS MUDANÇAS NA ROTINA DO CONSUMIDOR DA GRANDE VITÓRIA Simone Vermeuln Desde 2009, os supermercados em todo o Espírito Santo não abrem as suas portas aos domingos. Na época em que foi estabelecido o acordo entre a Federação do Comércio do Espírito Santo (Fecomércio), a Associação Capixaba dos Supermercados (Acaps) e o Sindicato dos Comerciários (Sindicomerciários) a Futura ouviu a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre o tema. A medida vigente prevê que os supermercados não funcionem aos domingos até o final deste ano e, por conta disso e das recentes alterações nas leis municipais que proibiam a distribuição gratuita de sacolas plásticas, voltamos a ouvir a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre estas questões. A maior parte dos entrevistados concorda com a lei que proíbe o funcionamento dos supermercados aos domingos, são 53,1% dos entrevistados que apontam concordância. Entre os que discordam com a lei, observa-se que são pertencentes à classe A/B e que possuem maior nível escolaridade. Ainda que a lei não seja uma unanimidade e à época tenha gerado questionamento em relação à possibilidade de cortes de postos de trabalho no setor supermercadista, e enfraquecimento do comércio capixaba, o fato é que, em 2009, para 50,5% dos entrevistados o comércio capixaba seria prejudicado, quase três depois, a percepção se inverte e 51,1% acreditam que o comércio capixaba não tem sido prejudicado por conta do fechamento dos supermercados aos domingos. Além disso, para 56,6% dos entrevistados o fechamento dos supermercados aos domingos não implicou na redução de postos de trabalho. Na avaliação dos entrevistados, há claramente uma divisão no que se refere sobre qual a melhor forma de compensar aqueles comerciários que ainda trabalham nos finais de semana, para 49,9% dos entrevistados os comerciários devem ter uma folga em outro dia da semana e para 45,1% o dia de domingo trabalhado deve ser remunerado. 1-25

2 Constata-se também que, a partir da vigência da lei e da adequação da sua rotina de compras, cresceu o número de entrevistados que se sentem prejudicados com a vigência deste acordo. Em 2009, 33,9% apontaram se sentirem prejudicados e, neste ano, 41,9% dos entrevistados indicam esta opção. Outra lei recente que implicou em mudança na rotina de compras dos moradores da Grande Vitória foi a restrição da distribuição das sacolas plásticas nos supermercados e também a revogação desta mesma lei, obrigando os supermercados a distribuírem gratuitamente nas cidades de Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica em pouco menos de um mês de vigência da cobrança em todas as cidades. É praticamente unânime a opinião dos entrevistados no que tange à cobrança das sacolas plásticas. 90% não concordam com a cobrança que ocorreu no período em que a lei vigorou o que corrobora a aprovação do retorno da distribuição gratuita das sacolas pelos supermercados, com 82,2% dos entrevistados avaliando como Ótimo e Bom. Entre os entrevistados que consideram a distribuição das sacolas negativa (somatória das opções Ruim e Péssimo), destacam -se os moradores da cidade de Vitória. Observa-se uma mudança no comportamento do consumidor no que tange ao uso das sacolas plásticas. Ao serem questionados como levavam suas compras para casa durante o período que a lei vigorou, 46,4% informaram que levavam a sacola de casa para colocar as compras. Agora, com o retorno da distribuição gratuita, 22,4% continuam com este hábito. Atualmente, 68,8% dos entrevistados preferem utilizar as sacolas plásticas distribuídas no supermercado. Por fim, para 56,9% dos entrevistados não houve benefícios por conta da restrição da distribuição das sacolas plásticas. Para aqueles que identificaram algum benefício na restrição, 13,5% apontaram a preservação do meio ambiente, 13,5% citaram que os donos de supermercado obtiveram mais lucro e 7,2% apontam que a cidade ficou mais limpa. Simone Vermeuln é cientista social e gestora de pesquisa na Futura (27)

3 RESULTADOS Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? % Concordo 53,1 Discordo 45,6 NS 1,2 NR 0,0 Total 100 O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado por esse acordo? Sim 50,5 46,9 Não 49,0 51,1 NS/NR 0,5 1,9 Total Número de Entrevistas O(A) sr.(a) como consumidor se sente prejudicado com esse acordo? Sim 33,9 41,9 Não 65,8 57,4 NS/NR 0,3 0,7 Total Número de Entrevistas Número de entrevistas: 392 A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de trabalho nos supermercados? % Sim 38,2 Não 56,6 NS 4,7 NR 0,5 Total

4 Os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo trabalhado? Devem ter folga 49,0 49,9 Devem ser remunerados 46,9 45,1 NS/NR 4,1 5 Total Número de Entrevistas Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) % Ótimo 40,1 Bom 42,1 Regular 7,7 Ruim 4,7 Péssimo 4,2 NS 0,7 NR 0,2 Total 100 Ótimo + Bom 82,2 Ruim + Péssimo 8,9 O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da sacolas plásticas? % Concorda 9,0 Discorda 90,0 Não sabe 1,0 Total

5 Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras para casa? (Estimulada) % Levava a sacola de casa para colocar as compras 46,4 Comprava as sacolas plásticas no supermercado 25,4 Levava as compras em caixas de papelão 16,0 Colocava em carrinhos de compra 5,2 Não fazia compras 4,7 NS 1,0 NR 1,2 Total 100 E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) % Utiliza as sacolas plásticas no supermercado 68,8 Leva a sacola de casa para colocar as compras 22,4 Coloca em carrinhos de compra 4,2 Leva as compras em caixas de papelão 2,5 Não faz compras 1,0 NS 0,5 NR 0,5 Total 100 Em sua opinião, quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) % Não houve benefícios 56,9 Preservação do meio ambiente 13,5 Os donos de supermercado tiveram mais lucro 13,5 A cidade ficou limpa 7,2 Redução da poluição 6,2 Redução do entupimento de bueiros 1,0 Outros 4,7 NS 5,5 NR 0,5 Total 109,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta 5-25

6 CRUZAMENTOS Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Concordo 49,5 49,5 53,5 60,0 53,1 Discordo 49,5 47,5 45,5 40,0 45,6 NS 1,0 3,0 1,0 0,0 1,2 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? Sexo Masculino Feminino Total Concordo 55,0 51,4 53,1 Discordo 44,5 46,7 45,6 NS 0,5 1,9 1,2 NR 0,0 0,0 0,0 Total Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? De 16 a 19 De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Concordo 46,0 53,9 64,6 45,8 50,0 48,8 53,1 Discordo 54,0 46,1 33,3 52,8 47,5 48,8 45,6 NS 0,0 0,0 2,1 1,4 2,5 2,4 1,2 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,

7 Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? Escolaridade Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior NS/NR Total Concordo 50,0 60,2 40,3 100,0 53,1 Discordo 48,6 38,2 59,7 0,0 45,6 NS 1,4 1,6 0,0 0,0 1,2 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Desde 2009, os supermercados e hipermercados do Espírito Santo foram proibidos por lei de abrir aos domingos. O(A) sr.(a) concorda ou discorda com esta lei? Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Concordo 54,8 57,5 44,6 40,0 53,1 Discordo 43,6 41,7 54,2 60,0 45,6 NS 1,6 0,8 1,2 0,0 1,2 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado pelo supermercado não abrir no domingo? Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 53,5 42,6 48,5 43,0 46,9 Não 45,5 53,5 49,5 56,0 51,1 NS 1,0 4,0 2,0 0,0 1,7 NR 0,0 0,0 0,0 1,0 0,2 7-25

8 O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado pelo supermercado não abrir no domingo? Sexo Masculino Feminino Total Sim 41,4 51,9 46,9 Não 57,1 45,7 51,1 NS 1,0 2,4 1,7 NR 0,5 0,0 0,2 Total O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado pelo supermercado De 16 a 19 De 20 a 29 não abrir no domingo? Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Sim 52,0 46,1 42,7 54,2 45,0 41,5 46,9 Não 46,0 52,9 57,3 41,7 50,0 56,1 51,1 NS 2,0 1,0 0,0 2,8 5,0 2,4 1,7 NR 0,0 0,0 0,0 1,4 0,0 0,0 0, O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado pelo supermercado não abrir no domingo? Escolaridade Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior NS/NR Total Sim 51,4 39,8 56,9 0,0 46,9 Não 45,8 58,1 43,1 100,0 51,1 NS 2,8 1,6 0,0 0,0 1,7 NR 0,0 0,5 0,0 0,0 0,2 8-25

9 O(A) sr.(a) acha que o comércio capixaba tem sido prejudicado pelo supermercado não abrir no domingo? Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Sim 48,9 40,8 50,6 50,0 46,9 Não 48,4 56,7 49,4 50,0 51,1 NS 2,7 1,7 0,0 0,0 1,7 NR 0,0 0,8 0,0 0,0 0,2 O(A) sr.(a), como consumidor, se sente/se sentiu prejudicado com essa lei/acordo? Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 46,5 41,6 38,6 41,0 41,9 Não 53,5 56,4 61,4 58,0 57,4 NS 0,0 2,0 0,0 1,0 0,7 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 O(A) sr.(a), como consumidor, se sente/se sentiu prejudicado com essa lei/acordo? Sexo Masculino Feminino Total Sim 39,3 44,3 41,9 Não 60,2 54,8 57,4 NS 0,5 1,0 0,7 NR 0,0 0,0 0,0 Total O(A) sr.(a), como consumidor, se sente/se sentiu prejudicado com essa lei/acordo? De 16 a 19 De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Sim 52,0 51,0 31,2 43,1 40,0 31,7 41,9 Não 48,0 49,0 68,8 55,6 57,5 65,9 57,4 NS 0,0 0,0 0,0 1,4 2,5 2,4 0,7 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,

10 O(A) sr.(a), como consumidor, se sente/se sentiu prejudicado com essa lei/acordo? Escolaridade Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior NS/NR Total Sim 43,0 34,9 58,3 0,0 41,9 Não 54,9 65,1 41,7 100,0 57,4 NS 2,1 0,0 0,0 0,0 0,7 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 O(A) sr.(a), como consumidor, se sente/se sentiu prejudicado com essa lei/acordo? Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Sim 41,5 36,7 48,2 60,0 41,9 Não 57,4 62,5 51,8 40,0 57,4 NS 1,1 0,8 0,0 0,0 0,7 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de trabalho nos supermercados? Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Sim 42,4 30,7 35,6 44,0 38,2 Não 52,5 61,4 61,4 51,0 56,6 NS 5,1 7,9 3,0 3,0 4,7 NR 0,0 0,0 0,0 2,0 0,5 A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de trabalho nos supermercados? Sexo Masculino Feminino Total Sim 39,3 37,1 38,2 Não 57,6 55,7 56,6 NS 3,1 6,2 4,7 NR 0,0 1,0 0,5 Total

11 A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de De 16 a 19 De 20 a 29 trabalho nos supermercados? Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Sim 46,0 34,3 32,3 44,4 42,5 36,6 38,2 Não 48,0 59,8 61,5 52,8 47,5 63,4 56,6 NS 6,0 4,9 6,2 1,4 10,0 0,0 4,7 NR 0,0 1,0 0,0 1,4 0,0 0,0 0, A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de trabalho nos supermercados? Escolaridade Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior NS/NR Total Sim 45,8 32,3 38,9 0,0 38,2 Não 50,0 62,9 54,2 0,0 56,6 NS 3,5 4,3 6,9 100,0 4,7 NR 0,7 0,5 0,0 0,0 0,5 A partir desta lei, o(a) sr.(a) acha que houve uma redução no número de postos de trabalho nos supermercados? Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Sim 43,1 29,2 34,9 80,0 38,2 Não 50,0 67,5 60,2 20,0 56,6 NS 5,9 3,3 4,8 0,0 4,7 NR 1,1 0,0 0,0 0,0 0,

12 Em sua opinião, os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo trabalhado? (Estimulada) Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Devem ter folga 44,4 57,4 45,5 52,0 49,9 Devem ser remunerados 49,5 36,6 48,5 46,0 45,1 NS/NR 6,1 5,9 5,9 2,0 5,0 Em sua opinião, os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo trabalhado? (Estimulada) Sexo Masculino Feminino Total Devem ter folga 44,5 54,8 49,9 Devem ser remunerados 49,7 41,0 45,1 NS/NR 5,8 4,3 5,0 Total Em sua opinião, os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo De 16 a 19 trabalhado? (Estimulada) De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Devem ter folga 50,0 44,1 46,9 56,9 55,0 53,7 49,9 Devem ser 48,0 50,0 47,9 40,3 37,5 39,0 45,1 remunerados NS/NR 2,0 5,9 5,2 2,8 7,5 7,3 5,

13 Em sua opinião, os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo trabalhado? (Estimulada) Escolaridade Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior NS/NR Total Devem ter folga 60,6 45,7 40,3 0,0 49,9 Devem ser 36,6 48,9 51,4 100,0 45,1 remunerados NS/NR 2,8 5,4 8,3 0,0 5,0 Em sua opinião, os comerciários que trabalham aos domingos devem ter uma folga semanal em outro dia da semana ou devem ser remunerados pelo domingo trabalhado? (Estimulada) Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Devem ter folga 57,4 47,5 38,6 30,0 49,9 Devem ser remunerados 38,8 47,5 54,2 60,0 45,1 NS/NR 3,7 5,0 7,2 10,0 5,0 Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Ótimo 44,4 37,6 41,6 37,0 40,1 Bom 27,3 52,5 39,6 49,0 42,1 Regular 9,1 3,0 10,9 8,0 7,7 Ruim 8,1 5,0 4,0 2,0 4,7 Péssimo 9,1 2,0 3,0 3,0 4,2 NS 1,0 0,0 1,0 1,0 0,7 NR 1,0 0,0 0,0 0,0 0,2 Ótimo + Bom 71,7 90,1 81,2 86,0 82,2 Ruim + Péssimo 17,2 7,0 7,0 5,0 8,

14 Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) Sexo Masculino Feminino Total Ótimo 41,9 38,6 40,1 Bom 43,5 41,0 42,1 Regular 6,3 9,0 7,7 Ruim 5,2 4,3 4,7 Péssimo 2,6 5,7 4,2 NS 0,5 1,0 0,7 NR 0,0 0,5 0,2 Total Ótimo + Bom 85,4 79,6 82,2 Ruim + Péssimo 7,8 10,0 8,9 Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) De 16 a 19 De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Ótimo 40,0 37,3 37,5 51,4 42,5 31,7 40,1 Bom 28,0 43,1 47,9 38,9 42,5 48,8 42,1 Regular 14,0 8,8 7,3 6,9 2,5 4,9 7,7 Ruim 6,0 4,9 4,2 1,4 5,0 9,8 4,7 Péssimo 10,0 3,9 2,1 1,4 7,5 4,9 4,2 NS 2,0 2,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,7 NR 0,0 0,0 1,0 0,0 0,0 0,0 0, Ótimo + Bom Ruim + Péssimo 68,0 80,4 85,4 90,3 85,0 80,5 82,2 16,0 8,8 6,3 2,8 12,5 14,7 8,

15 Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) Escolaridade Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior NS/NR Total Ótimo 38,0 38,2 50,0 0,0 40,1 Bom 52,8 41,9 20,8 100,0 42,1 Regular 3,5 10,2 9,7 0,0 7,7 Ruim 2,8 4,8 8,3 0,0 4,7 Péssimo 2,8 4,3 6,9 0,0 4,2 NS 0,0 0,5 2,8 0,0 0,7 NR 0,0 0,0 1,4 0,0 0,2 Ótimo + Bom 90,8 80,1 70,8 100,0 82,2 Ruim + Péssimo 5,6 9,1 15,2 0,0 8,9 Recentemente, as sacolas plásticas voltaram a ser distribuídas nos supermercados da Grande Vitória, como o(a) sr.(a) avalia esta mudança? (Estimulada) Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Ótimo 40,4 35,0 48,2 30,0 40,1 Bom 47,9 46,7 21,7 50,0 42,1 Regular 5,9 7,5 12,0 10,0 7,7 Ruim 3,7 4,2 8,4 0,0 4,7 Péssimo 1,6 5,8 8,4 0,0 4,2 NS 0,5 0,0 1,2 10,0 0,7 NR 0,0 0,8 0,0 0,0 0,2 Ótimo + Bom 88,3 81,7 69,9 80,0 82,2 Ruim + Péssimo 5,3 10,0 16,8 0,0 8,

16 O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da sacolas plásticas? Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Concorda 13,1 7,9 6,9 8,0 9,0 Discorda 86,9 89,1 93,1 91,0 90,0 Não sabe 0,0 3,0 0,0 1,0 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da sacolas plásticas? Sexo Masculino Feminino Total Concorda 8,9 9,0 9,0 Discorda 91,1 89,0 90,0 Não sabe 0,0 1,9 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 Total O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da De 16 a 19 De 20 a 29 sacolas plásticas? Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Concorda 14,0 12,7 6,2 8,3 2,5 7,3 9,0 Discorda 84,0 86,3 92,7 90,3 97,5 92,7 90,0 Não sabe 2,0 1,0 1,0 1,4 0,0 0,0 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,

17 O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da sacolas plásticas? Escolaridade Ensino Fundamental Ensino Médio Ensino Superior NS/NR Total Concorda 7,7 8,6 12,5 0,0 9,0 Discorda 92,3 89,8 86,1 100,0 90,0 Não sabe 0,0 1,6 1,4 0,0 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 O(A) sr.(a) concorda ou discorda com a cobrança que era realizada para uso da sacolas plásticas? Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Concorda 5,9 10,8 13,3 10,0 9,0 Discorda 93,6 87,5 86,7 80,0 90,0 Não sabe 0,5 1,7 0,0 10,0 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras para casa? (Estimulada) Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Levava a sacola de casa para colocar as 55,6 49,5 41,6 39,0 46,4 compras Comprava as sacolas plásticas no 27,3 16,8 26,7 31,0 25,4 supermercado Levava as compras em caixas de papelão 10,1 21,8 16,8 15,0 16,0 Colocava em carrinhos de compra 6,1 3,0 9,9 2,0 5,2 Não fazia compras 1,0 6,9 5,0 6,0 4,7 NS 0,0 2,0 0,0 2,0 1,0 NR 0,0 0,0 0,0 5,0 1,

18 Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras para casa? (Estimulada) Sexo Masculino Feminino Total Levava a sacola de casa para colocar as compras 36,1 55,7 46,4 Comprava as sacolas plásticas no supermercado 31,4 20,0 25,4 Levava as compras em caixas de papelão 17,3 14,8 16,0 Colocava em carrinhos de compra 7,3 3,3 5,2 Não fazia compras 6,3 3,3 4,7 NS 1,0 1,0 1,0 NR 0,5 1,9 1,2 Total Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras Levava a sacola de casa para colocar as compras Comprava as sacolas plásticas no supermercado Levava as compras em caixas de papelão Colocava em De 16 a 19 para casa? (Estimulada) De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total 44,0 47,1 43,8 44,4 57,5 46,3 46,4 20,0 25,5 32,3 29,2 12,5 22,0 25,4 14,0 16,7 14,6 15,3 22,5 14,6 16,0 8,0 2,9 4,2 4,2 5,0 12,2 5,2 carrinhos de compra Não fazia compras 12,0 5,9 2,1 5,6 0,0 2,4 4,7 NS 0,0 2,0 0,0 1,4 2,5 0,0 1,0 NR 2,0 0,0 3,1 0,0 0,0 2,4 1,

19 Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras para casa? (Estimulada) Escolaridade Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior NS/NR Total Levava a sacola de casa 41,5 44,1 61, ,4 para colocar as compras Comprava as sacolas 29,6 27,4 12,5 0,0 25,4 plásticas no supermercado Levava as compras em 15,5 14,5 20,8 0,0 16,0 caixas de papelão Colocava em carrinhos de 4,2 5,9 5,6 0,0 5,2 compra Não fazia compras 4,2 7,0 0,0 0,0 4,7 NS 1,4 1,1 0,0 0,0 1,0 NR 3,5 0,0 0,0 0,0 1,2 Quando o uso das sacolas estava restrito, como o(a) sr.(a) levava as suas compras para casa? (Estimulada) Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Levava a sacola de casa para colocar as compras 46,3 46,7 50,6 10,0 46,4 Comprava as sacolas plásticas no supermercado 27,1 25,0 19,3 50,0 25,4 Levava as compras em caixas de papelão 14,9 15,8 19,3 10,0 16,0 Colocava em carrinhos de compra 4,3 5,8 7,2 0,0 5,2 Não fazia compras 4,3 5,8 2,4 20,0 4,7 NS 1,1 0,0 1,2 10,0 1,0 NR 2,1 0,8 0,0 0,0 1,

20 E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Utiliza as sacolas plásticas no 49,5 86,1 71,3 68,0 68,8 supermercado Leva a sacola de casa para colocar as 44,4 8,9 20,8 16,0 22,4 compras Coloca em carrinhos de compra 3,0 2,0 4,0 8,0 4,2 Leva as compras em caixas de papelão 2,0 1,0 3,0 4,0 2,5 Não faz compras 1,0 2,0 1,0 0,0 1,0 NS 0,0 0,0 0,0 2,0 0,5 NR 0,0 0,0 0,0 2,0 0,5 E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) Sexo Masculino Feminino Total Utiliza as sacolas plásticas no supermercado 77,5 61,0 68,8 Leva a sacola de casa para colocar as compras 13,6 30,5 22,4 Coloca em carrinhos de compra 4,2 4,3 4,2 Leva as compras em caixas de papelão 2,6 2,4 2,5 Não faz compras 1,6 0,5 1,0 NS 0,5 0,5 0,5 NR 0,0 1,0 0,5 Total E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) Faixa Etária De 16 a 19 De 20 a 29 De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Utiliza as sacolas plásticas 70,0 67,6 74,0 65,3 67,5 65,9 68,8 no supermercado Leva a sacola de casa 20,0 22,5 20,8 26,4 22,5 22,0 22,4 para colocar as compras Coloca em carrinhos de 6,0 3,9 0,0 4,2 7,5 9,8 4,2 compra Leva as compras em 0,0 2,0 3,1 4,2 2,5 2,4 2,5 caixas de papelão Não faz compras 4,0 2,0 0,0 0,0 0,0 0,0 1,0 NS 0,0 1,0 1,0 0,0 0,0 0,0 0,5 NR 0,0 1,0 1,0 0,0 0,0 0,0 0,

21 E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) Escolaridade Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior NS/NR Total Utiliza as sacolas plásticas 71,1 71,5 56,9 100,0 68,8 no supermercado Leva a sacola de casa para 16,9 18,8 43,1 0,0 22,4 colocar as compras Coloca em carrinhos de 5,6 4,8 0,0 0,0 4,2 compra Leva as compras em caixas 3,5 2,7 0,0 0,0 2,5 de papelão Não faz compras 0,0 2,2 0,0 0,0 1,0 NS 1,4 0,0 0,0 0,0 0,5 NR 1,4 0,0 0,0 0,0 0,5 E atualmente, como tem levado as suas compras para casa? (Estimulada) Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Utiliza as sacolas plásticas no supermercado 73,9 65,8 62,7 60,0 68,8 Leva a sacola de casa para colocar as compras 16,5 22,5 36,1 20,0 22,4 Coloca em carrinhos de compra 4,8 6,7 0,0 0,0 4,2 Leva as compras em caixas de papelão 3,2 2,5 1,2 0,0 2,5 Não faz compras 0,5 1,7 0,0 10,0 1,0 NS 0,5 0,0 0,0 10,0 0,5 NR 0,5 0,8 0,0 0,0 0,

22 Em sua opinião quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) Município de Moradia Vitória Vila Velha Serra Cariacica Total Não houve benefícios 52,5 41,6 65,3 68,0 56,9 Preservação do meio ambiente 18,2 13,9 9,9 12,0 13,5 Os donos de supermercado tiveram mais lucro 11,1 24,8 14,9 3,0 13,5 A cidade ficou limpa 6,1 11,9 7,9 3,0 7,2 Redução da poluição 11,1 7,9 3,0 3,0 6,2 Redução do entupimento de bueiros 1,0 1,0 2,0 0,0 1,0 Outros 4,0 3,0 5,0 7,0 4,7 NS 5,1 11,9 1,0 4,0 5,5 NR 0,0 0,0 0,0 2,0 0,5 Total* 109,1 115,8 108,9 102,0 109,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta Em sua opinião quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) Sexo Masculino Feminino Total Não houve benefícios 54,5 59,0 56,9 Preservação do meio ambiente 13,6 13,3 13,5 Os donos de supermercado tiveram mais lucro 15,2 11,9 13,5 A cidade ficou limpa 8,9 5,7 7,2 Redução da poluição 4,7 7,6 6,2 Redução do entupimento de bueiros 1,0 1,0 1,0 Outros 4,2 5,2 4,7 NS 7,3 3,8 5,5 NR 0,5 0,5 0,5 Total* 109,9 108,1 109,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta 22-25

23 Em sua opinião, quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) De 16 a 19 De 20 a 29 Faixa Etária De 30 a 39 De 40 a 49 De 50 a 59 De 60 acima Total Não houve benefícios 48,0 56,9 52,1 61,1 57,5 70,7 56,9 Preservação do meio 26,0 8,8 19,8 9,7 7,5 7,3 13,5 ambiente Os donos de supermercado tiveram mais lucro 14,0 12,7 15,6 15,3 10,0 9,8 13,5 A cidade ficou limpa 20,0 2,9 8,3 4,2 12,5 0,0 7,2 Redução da poluição 8,0 9,8 6,2 0,0 7,5 4,9 6,2 Redução do 0,0 1,0 1,0 0,0 5,0 0,0 1,0 entupimento de bueiros Outros 4,0 8,8 4,2 1,4 7,5 0,0 4,7 NS 2,0 2,9 4,2 11,1 5,0 9,8 5,5 NR 0,0 1,0 0,0 1,4 0,0 0,0 0,5 Total* 122,0 104,9 111,5 104,2 112,5 102,4 109,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta Em sua opinião, quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) Escolaridade Ensino Ensino Ensino Fundamental Médio Superior NS/NR Total Não houve benefícios 56,3 58,6 54,2 0,0 56,9 Preservação do meio ambiente 8,5 13,4 23,6 0,0 13,5 Os donos de supermercado 16,2 11,8 12,5 0,0 13,5 tiveram mais lucro A cidade ficou limpa 11,3 5,4 4,2 0,0 7,2 Redução da poluição 3,5 7,5 8,3 0,0 6,2 Redução do entupimento de 2,1 0,5 0,0 0,0 1,0 bueiros Outros 4,9 4,3 4,2 100,0 4,7 NS 7,7 5,9 0,0 0,0 5,5 NR 0,7 0,5 0,0 0,0 0,5 Total* 111,3 108,1 106, ,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta 23-25

24 Em sua opinião, quais foram os benefícios da restrição do uso das sacolas plásticas nos supermercados? (espontânea) Classe Social D/E C A/B NS/NR Total Não houve benefícios 59,6 58,3 49,4 50,0 56,9 Preservação do meio ambiente 7,4 15,0 24,1 20,0 13,5 Os donos de supermercado tiveram mais lucro 12,2 17,5 12,0 0,0 13,5 A cidade ficou limpa 8,0 5,8 7,2 10,0 7,2 Redução da poluição 5,9 5,0 9,6 0,0 6,2 Redução do entupimento de bueiros 1,1 1,7 0,0 0,0 1,0 Outros 5,3 2,5 4,8 20,0 4,7 NS 7,4 4,2 3,6 0,0 5,5 NR 0,5 0,0 1,2 0,0 0,5 Total* 107,4 110,0 112, ,0 *O entrevistado podia citar até três opções de resposta 24-25

25 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS O uso desta pesquisa é livre, a partir de 24 de setembro de 2012, desde que indicados: a fonte (Futura), a metodologia e o endereço eletrônico onde pode ser acessada: ( Área de abrangência: Grande Vitória, considerando Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. Número de entrevistas: 401 entrevistas com cotas por faixa etária, sexo e município de moradia. Período de realização: 06 de setembro de Margem de erro: 4,9 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%. Os cruzamentos por renda familiar expressam cortes por classe sendo classificadas como: D/E Até R$ 1.244,00 C De R$ 1.245,00 a R$ 3.110,00 A/B Acima de R$ 3.110,

HÁBITOS DE ALIMENTAÇÃO FORA DE CASA

HÁBITOS DE ALIMENTAÇÃO FORA DE CASA HÁBITOS DE ALIMENTAÇÃO FORA DE CASA Tâmara Freitas Barros A maioria dos moradores da Grande Vitória não se alimenta em restaurantes self-service, porém 39,1% deles afirmaram se alimentar nesse tipo de

Leia mais

Aumento do Salário Mínimo

Aumento do Salário Mínimo Aumento do Salário Mínimo Luciana Ghidetti de Oliveira Começou a vigorar em janeiro deste ano o valor de R$ 510,00 do salário mínimo, o que representou um aumento de R$ 45,00 ou 9,7%, em relação a 2009.

Leia mais

OS BONS VENTOS DA MUDANÇA

OS BONS VENTOS DA MUDANÇA OS BONS VENTOS DA MUDANÇA Tyago Ribeiro Hoffmann Ao que tudo indica, sopram bons ventos na Grande Vitória. Ventos de mudança em relação à representação política das câmaras de vereadores, pelo menos é

Leia mais

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO Andressa Malagutti Assis A partir de fevereiro, o salário mínimo teve um aumento de 15,87%,passando de R$ 415,00 para R$ 465,00. Segundo o Ministério do Trabalho, com o aumento

Leia mais

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado

TERCEIRO MANDATO. Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado TERCEIRO MANDATO Terceiro mandato de Lula é aprovado por 54% no estado Junho de 2009 TERCEIRO MANDATO Luciana Ghidetti de Oliveira e Raquel Rocha Gomes Está tramitando na Câmara Federal a Proposta de

Leia mais

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO

AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO AUMENTO DO SALÁRIO MÍNIMO Leandro de Souza Lino Apesar de não ter sido aprovado, o aumento do salário mínimo de R$ 510,00 para R$ 545,00 já é consenso dentro do Poder Executivo Federal. Por isso, a Futura

Leia mais

Qual será o salário ideal para os capixabas?

Qual será o salário ideal para os capixabas? Qual será o salário ideal para os capixabas? Emmanuelle Serrano Queiroz Muitos dos empregos que as pessoas são apaixonadas não possuem o salário considerado ideal ou, ao menos, o mínimo para se viver bem.

Leia mais

Procon: maioria dos que reclamam dizem valer a pena

Procon: maioria dos que reclamam dizem valer a pena Procon: maioria dos que reclamam dizem valer a pena Lucas Almeida O Procon (Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor) atua em todo o território nacional orientando o consumidor em suas reclamações, informando

Leia mais

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres

Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Ouro olímpico: credibilidade no futebol feminino supera a do masculino em Londres Lucas Almeida As Olimpíadas, uma das competições mais tradicionais da história, tiveram início na Grécia Antiga em 776

Leia mais

A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE

A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE A ECONOMIA NO SEGUNDO SEMESTRE Dihego Pansini O primeiro semestre deste ano tem dado bons indícios de que o ano de 2010, como haviam previsto alguns analistas, é um período de recuperação para a economia,

Leia mais

A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS

A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS A VISÃO DA MODA PELOS CAPIXABAS Patrícia Gonoring Na sociedade contemporânea, existe uma preocupação dos indivíduos com sua imagem, presente na intensificação do culto ao corpo, em que indivíduos experimentam

Leia mais

71,1% DOS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA NUNCA TENTARAM CONCURSO PÚBLICO

71,1% DOS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA NUNCA TENTARAM CONCURSO PÚBLICO 71,1% DOS MORADORES DA GRANDE VITÓRIA NUNCA TENTARAM CONCURSO PÚBLICO Inayara Soares Passar em um concurso publico é o sonho de grande parte dos brasileiros. O sonho de possuir um emprego estável movimenta

Leia mais

CONSUMO X SONEGAÇÃO. Dihego Pansini de Souza

CONSUMO X SONEGAÇÃO. Dihego Pansini de Souza CONSUMO X SONEGAÇÃO Dihego Pansini de Souza O Instituto Futura constatou que a maior parte da população da Grande Vitória exige nota fiscal ao comprar um produto. De forma geral, 81,4% (soma de sim + às

Leia mais

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR Tâmara Freitas Barros O Procon comemorou, no dia 11 de setembro de 2010, o aniversário de 20 do Código de Defesa do Consumidor. A Futura foi às ruas para saber como se encontra

Leia mais

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira

LEI ANTIFUMO. Luciana Ghidetti de Oliveira LEI ANTIFUMO Luciana Ghidetti de Oliveira No dia 4 de setembro, foi publicado no Diário Oficial o decreto que regulamenta a Lei Antifumo no estado do Espírito Santo. Com isso, a Futura foi às ruas conhecer

Leia mais

Reforma Eleitoral. Raquel Rocha Gomes

Reforma Eleitoral. Raquel Rocha Gomes Reforma Eleitoral Raquel Rocha Gomes Aproximando-se as eleições de 2010, o governo discute mudanças na legislação eleitoral, que, se forem devidamente aprovadas, valerão para o próximo pleito. Com base

Leia mais

DOIS A CADA TRÊS CAPIXABAS NÃO QUEREM DINHEIRO PÚBLICO NOS ESTÁDIOS DA COPA

DOIS A CADA TRÊS CAPIXABAS NÃO QUEREM DINHEIRO PÚBLICO NOS ESTÁDIOS DA COPA DOIS A CADA TRÊS CAPIABAS NÃO QUEREM DINHEIRO PÚBLICO NOS ESTÁDIOS DA COPA Dihego Pansini de Souza Falta pouco mais de dois anos para a realização da Copa do Mundo de 2014 no Brasil, pode parecer muito

Leia mais

AUMENTO DOS VEREADORES

AUMENTO DOS VEREADORES AUMENTO DOS VEREADORES Dihego Pansini de Souza A população capixaba não aprova o aumento de salário dos vereadores da Grande Vitória (entendese Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra). É o que aponta a

Leia mais

PROPAGANDAS. Dihego Pansini de Souza

PROPAGANDAS. Dihego Pansini de Souza PROPAGANDAS Dihego Pansini de Souza Mais uma vez a Futura Pesquisa e Consultoria foi às ruas ouvir a opinião da população capixaba. Desta vez foi em relação a um assunto que mexe com a cabeça dos consumidores,

Leia mais

REDUÇÃO DO IPI. Luciana Ghidetti de Oliveira

REDUÇÃO DO IPI. Luciana Ghidetti de Oliveira REDUÇÃO DO IPI Luciana Ghidetti de Oliveira A Futura foi às ruas saber a opinião da população capixaba sobre a redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), que engloba produtos da linha branca

Leia mais

METADE DOS CAPIXABAS TROCARIAM FIXO POR CELULAR

METADE DOS CAPIXABAS TROCARIAM FIXO POR CELULAR METADE DOS CAPIXABAS TROCARIAM FIXO POR CELULAR Emmanuelle Serrano Queiroz Com a entrada de várias empresas no mercado de telefonia, a disputa pelos consumidores ficou cada vez mais acirrada. O resultado

Leia mais

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES

VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES VIOLÊNCIA CONTRA AS MULHERES Luciana Zamprogne A Futura Pesquisa e Consultoria foi às ruas saber a opinião da população da Grande Vitória sobre um tema que, por estar geralmente em evidência, gera polêmica:

Leia mais

O Caso Jurong e o Lobby Lulista.

O Caso Jurong e o Lobby Lulista. O Caso Jurong e o Lobby Lulista. Luciana Zamprogne A briga por investimentos transnacionais entre os Estados brasileiros não é algo novo. É comum ver no Brasil, as federações disputando concessões para

Leia mais

CONCURSOS E EMPREGOS. Dihego Pansini de Souza

CONCURSOS E EMPREGOS. Dihego Pansini de Souza CONCURSOS E EMPREGOS Dihego Pansini de Souza A Futura Pesquisa e Consultoria foi às ruas sondar o que o capixaba pensa sobre concursos e empregos. Nesse sentido, o interesse da Futura está em investigar

Leia mais

Pirataria. Dihego Pansini de Souza

Pirataria. Dihego Pansini de Souza Pirataria Dihego Pansini de Souza A pirataria é um tema delicado e muito discutido na atualidade. Várias vertentes têm debatido o assunto, que divide a opinião da população. Existem muitos argumentos que

Leia mais

Capixabas pretendem viajar nas férias de verão

Capixabas pretendem viajar nas férias de verão Capixabas pretendem viajar nas férias de verão Patrícia Gonoring Estamos na estação mais quente do ano, período de dias longos e férias escolares e de trabalho. Como nos anos anteriores, a Futura foi às

Leia mais

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO

OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO OS MELHORES DO CAMPEONATO BRASILEIRO E A COPA ESPÍRITO SANTO Simone Vermeuln Com a decisão do título do Campeonato Brasileiro antecipada em três rodadas, o Fluminense foi consagrado campeão, chegando à

Leia mais

IMPORTÂNCIA DAS MARCAS

IMPORTÂNCIA DAS MARCAS IMPORTÂNCIA DAS MARCAS Dihego Pansini Ao contrário das máquinas, equipamentos, produtos e serviços de uma empresa, a marca é um bem intangível e mais difícil de valorar. Aliás, umas das principais formas

Leia mais

ATENDIMENTO BANCÁRIO

ATENDIMENTO BANCÁRIO ATENDIMENTO BANCÁRIO Leandro de Souza Lino Devido à importância dos bancos para a dinâmica econômica local, a Futura foi às ruas para saber a opinião da população sobre os serviços por eles prestados.

Leia mais

Medo dos capixabas. Patrícia Gonoring

Medo dos capixabas. Patrícia Gonoring Medo dos capixabas Patrícia Gonoring O medo é um sentimento que está presente no dia a dia de muitas pessoas. Se recorremos ao dicionário Aurélio, o medo é descrito como sentimento de grande inquietação

Leia mais

VITÓRIA 459 ANOS. Tâmara Freitas Barros

VITÓRIA 459 ANOS. Tâmara Freitas Barros VITÓRIA 459 ANOS Tâmara Freitas Barros Com 459 anos de existência, Vitória tem arte, beleza, cultura, turismo e negócios. Aproveitando o aniversário da cidade, a Futura foi às ruas captar a percepção dos

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR Dihego Pansini de Souza O Índice de Confiança do Consumidor está operando em patamares similares ao período antes da crise, ou seja, o período da crise econômica mundial

Leia mais

ELEIÇÕES 2012 OUTUBRO 2010

ELEIÇÕES 2012 OUTUBRO 2010 ELEIÇÕES 2012 OUTUBRO 2010 ELEIÇÃO 2012 Patrícia Gonoring Falta um ano para as eleições municipais, novamente, os cidadãos irão às ruas para eleger os seus representantes, tanto no executivo quanto no

Leia mais

EXPECTATIVA DE EMPREGO

EXPECTATIVA DE EMPREGO EXPECTATIVA DE EMPREGO Dihego Pansini de Souza Nívia Cavatti Maciel Em maio de 2011, foi publicado pelo Instituto Jones Santos Neves os investimentos previstos para os próximos 05 anos no estado do Espírito

Leia mais

Importância das Marcas

Importância das Marcas Importância das Marcas Dihego Pansini de Souza A marca de uma empresa se coloca como um bem intangível, mas, sem dúvida alguma, é um importante diferencial. Na dinâmica atual do mercado já não é mais possível

Leia mais

Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida

Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida Jovens sonham em crescer profissionalmente e adultos querem qualidade de vida Lucas Almeida Muitas pessoas passam boa parte da vida sonhando e planejando o futuro. Esses sonhos podem ser viajar, adquirir

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR Dihego Pansini de Souza Os impactos da crise nas bases da economia do estado do Espírito Santo são inegáveis. Contudo, ao que parece, a recuperação do humor capixaba segue

Leia mais

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas

Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Delinquência juvenil: a discussão da maioridade penal entre os capixabas Luciana Zamprogne Em outubro deste ano, o senador Ivo Cassol (PP) anunciou em Plenário a apresentação do Projeto de Decreto Legislativo

Leia mais

O Virus da Corrupção

O Virus da Corrupção O Virus da Corrupção Luciana Zamprogne De norte a sul, De leste a oeste, meu irmão. Como tem político contaminado Com o vírus da corrupção. (Bezerra da Silva). No entendimento popular, existe um ditado

Leia mais

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS. Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira

DOAÇÃO DE ÓRGÃOS. Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira DOAÇÃO DE ÓRGÃOS Dihego Pansini Karoline Pereira Ferreira No Brasil, a doação de órgãos é, sem dúvida, um tema que sempre está em discussão, principalmente no que se refere às campanhas que promovem a

Leia mais

INFLAÇÃO. Dihego Pansini Emmanuelle Serrano Queiroz

INFLAÇÃO. Dihego Pansini Emmanuelle Serrano Queiroz INFLAÇÃO Dihego Pansini Emmanuelle Serrano Queiroz A inflação tem sido um dos temas mais discutidos atualmente no Brasil. O mercado tem sinalizado algumas preocupações quanto à volta da inflação a patamares

Leia mais

CONSUMO DE TV. Nossos entrevistados acreditam que a TV possui grande poder de influenciar as pessoas, tanto no consumo como na opinião.

CONSUMO DE TV. Nossos entrevistados acreditam que a TV possui grande poder de influenciar as pessoas, tanto no consumo como na opinião. 1 CONSUMO DE TV Tâmara Freitas Barros No dia 18 de setembro de 2010 comemoram-se 60 de TV no Brasil. A Futura foi às ruas para conhecer um pouco mais sobre o meio de comunicação que está presente na vida

Leia mais

Olimpíadas no Rio e Violência

Olimpíadas no Rio e Violência Olimpíadas no Rio e Violência Fabiola Miranda von Rondow Após se candidatar três vezes e não conseguir ganhar a disputa para sediar os Jogos Olímpicos, o Brasil finalmente foi o escolhido. Com isso, o

Leia mais

Corrupção. Patrícia Gonoring

Corrupção. Patrícia Gonoring Corrupção Patrícia Gonoring Sempre que ouvimos falar de corrupção no nosso dia a dia, seja na mídia, seja em conversas com amigos, essa palavra sempre se emprega ligada a um acontecimento, a um fato que

Leia mais

TELEMARKETING Andressa Malagutti

TELEMARKETING Andressa Malagutti TELEMARKETING Andressa Malagutti No dia 1º de dezembro de 2008 entrou em vigor a nova lei que regulamenta os serviços das centrais de atendimento por telefone (serviço de atendimento por telefone). Entre

Leia mais

Férias de Verão. Tâmara Barros

Férias de Verão. Tâmara Barros Férias de Verão Tâmara Barros De uma forma geral, as férias de verão da maioria dos capixabas não será muito diferente das férias dos anos anteriores. 30% pretendem viajar e 26% ficarão em casa. Em contrapartida,

Leia mais

Relacionamento Homossexual

Relacionamento Homossexual Relacionamento Homossexual Roberta Atherton O relacionamento entre pessoas do mesmo sexo ainda é uma questão controversa para a maior parte da população da Grande Vitória, conforme pode ser averiguado

Leia mais

APOSENTADORIA. Tyago Hoffmann

APOSENTADORIA. Tyago Hoffmann APOSENTADORIA Tyago Hoffmann A maioria dos capixabas não está preocupada com a aposentadoria. Essa é a principal constatação da pesquisa da Futura, que foi às ruas ouvir a opinião dos capixabas sobre suas

Leia mais

CAPIXABAS DESABAFAM: É PRECISO TER MAIS RIGOR NO CUMPRIMENTO DA LEI DE TRANSITO

CAPIXABAS DESABAFAM: É PRECISO TER MAIS RIGOR NO CUMPRIMENTO DA LEI DE TRANSITO CAPIXABAS DESABAFAM: É PRECISO TER MAIS RIGOR NO CUMPRIMENTO DA LEI DE TRANSITO Patrícia Gonoring O trânsito sempre é um assunto tratado pela mídia, seja por campanhas educativas do órgão regulador, ou

Leia mais

GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA.

GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA. GASTAMOS EM MÉDIA 14 HORAS COM O TRABALHO E APENAS 3 HORAS E MEIA COM A FAMÍLIA. Felipe Sellin O estresse é considerado o mal do século I. Uma doença silenciosa que causa inúmeros outros problemas à saúde

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR Dihego Pansini de Souza Ao que tudo indica, as bases da economia do Espírito Santo e do Brasil têm alçado novos vôos. O mês de junho foi mais um período de confirmação

Leia mais

RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS

RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS RELACIONAMENTO ENTRE PAIS E FILHOS Luciana Ghidetti de Oliveira Notícias veiculadas na mídia a respeito de casos de violência envolvendo pais e filhos escandalizam a sociedade e levantam questões sobre

Leia mais

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA

A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA A CRISE FINANCEIRA NORTE-AMERICANA Dihego Pansini de Souza A crise financeira norte-americana está repercutindo em todo mundo. Tal crise não pode ser considerada apenas norte-americana, mas sim, global.

Leia mais

Trânsito. A Futura realizou uma pesquisa para saber a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre a situação do trânsito na região.

Trânsito. A Futura realizou uma pesquisa para saber a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre a situação do trânsito na região. Trânsito Luciana Ghidetti de Oliveira A Futura realizou uma pesquisa para saber a opinião dos moradores da Grande Vitória sobre a situação do trânsito na região. Do total dos entrevistados, 75,1% não possuem

Leia mais

VIAGENS AÉREAS. Tâmara Barros

VIAGENS AÉREAS. Tâmara Barros VIAGENS AÉREAS Tâmara Barros Sabe-se que há algum tempo viajar de avião deixou de ser privilégio para poucos. Contudo, mais recentemente, impulsionado pelo aumento do poder aquisitivo das famílias e pelas

Leia mais

PUNIÇÃO PARA BANDIDOS

PUNIÇÃO PARA BANDIDOS PUNIÇÃO PARA BANDIDOS Leandro de Souza Lino Luciana Ghidetti de Oliveira Apesar do elevado índice de violência na Grande Vitória, percebe-se que a população ainda tem uma visão humanizada dos bandidos,

Leia mais

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente

Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Hábitos de Consumo e Meio Ambiente Roberta Atherton Diante da consciência de que os recursos naturais são bens finitos e de valor inestimável, temos o desafio de compatibilizar a promoção do crescimento

Leia mais

COMPRAS PELA INTERNET

COMPRAS PELA INTERNET COMPRAS PELA INTERNET Roberta Atherton As compras pela internet são uma tendência e vêm crescendo progressivamente. Mas, afinal, qual é o perfil e o comportamento do consumidor virtual capixaba? Pesquisa

Leia mais

ENDIVIDAMENTO DO CAPIXABA

ENDIVIDAMENTO DO CAPIXABA ENDIVIDAMENTO DO CAPIXABA SETEMBRO 2011 ENDIVIDAMENTO DO CAPIXABA Tâmara Barros Em 2008, a maioria dos capixabas não conseguia fazer o salário sobrar ao final do mês. Apenas 29% costumavam manter parte

Leia mais

CUIDADOS COM A SAÚDE

CUIDADOS COM A SAÚDE CUIDADOS COM A SAÚDE Andressa Malagutti Assis Realizar exames periodicamente, fazer exercícios e cuidar da alimentação são medidas básicas para cuidar da saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças

Leia mais

DESARMAMENTO. Leandro de Souza Lino

DESARMAMENTO. Leandro de Souza Lino DESARMAMENTO Leandro de Souza Lino Com o aumento da violência e de casos como o massacre de Realengo, como ficou conhecido o assassinato de crianças em uma escola no Rio de Janeiro, temas como o desarmamento

Leia mais

FINANÇAS PESSOAIS. Dihego Pansini de Souza

FINANÇAS PESSOAIS. Dihego Pansini de Souza FINANÇAS PESSOAIS Dihego Pansini de Souza O primeiro passo para uma vida financeira saudável é o planejamento. Em meio à crescente onda de cheques especiais, cartões de crédito, cheques pré-datados, parcelamentos

Leia mais

GRIPE SUÍNA. Raquel Rocha Gomes

GRIPE SUÍNA. Raquel Rocha Gomes GRIPE SUÍNA Raquel Rocha Gomes Considerando-se o aumento do número de casos da nova gripe H1N1, que tem se espalhado por todo mundo e inclusive já registrou casos suspeitos e confirmados em Vitória, a

Leia mais

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura /

Getúlio Cantão é graduando em Comunicação Social - Publicidade e editor da Futura / TRAIÇÃO Getúlio Cantão Patrícia Gonoring A traição é um assunto constante no cotidiano das pessoas. Sempre exposto na mídia, principalmente através das novelas, dos reality shows e das revistas de celebridade,

Leia mais

DROGAS. Dihego Pansini de Souza Patrícia Gonoring

DROGAS. Dihego Pansini de Souza Patrícia Gonoring DROGAS Dihego Pansini de Souza Patrícia Gonoring Foram denominadas drogas as substâncias que podem modificar o estado da consciência e as funções normais do organismo. Existem dois tipos de drogas, quando

Leia mais

Visão Hierárquica. % que percebem a existência do hábito de valorizar a posição social Respostas sempre+quase sempre

Visão Hierárquica. % que percebem a existência do hábito de valorizar a posição social Respostas sempre+quase sempre Visão Hierárquica Luciana Ghidetti de Oliveira Foi realizada uma pesquisa pela Futura com os moradores da Região Metropolitana da Grande Vitória a fim de captar a percepção dos capixabas sobre a importância

Leia mais

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS

APENAS METADE DOS CAPIXABAS PRATICAM EXERCÍCIOS FÍSICOS APENAS METADE DOS CAPIABAS PRATICAM EERCÍCIOS FÍSICOS Lucas Almeida Adotar hábitos saudáveis de alimentação e praticar atividades físicas são medidas que devemos seguir. Pensando assim, a Futura foi às

Leia mais

CARNAVAL. Tâmara Barros

CARNAVAL. Tâmara Barros CARNAVAL Tâmara Barros A Futura realizou pesquisa sobre o carnaval na Grande Vitória e os resultados obtidos mostram que a maioria dos capixabas não gosta das festas de carnaval (60,8%). Os que não gostam

Leia mais

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio.

CRIANÇA E CONSUMO. Segundo a pesquisa, estima-se que a Grande Vitória possua, em média, 1,78 crianças com essa faixa de idade por domicílio. CRIANÇA E CONSUMO Tâmara Barros Em época de Natal, os pais enchem shoppings e lojas para atender os desejos dos filhos. Entretanto, essa cena não é comum somente no mês de dezembro. As crianças estão frequentemente

Leia mais

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO

IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO IMPACTOS DA CRISE NA ALIMENTAÇÃO Raquel Rocha Gomes Em conjuntura de crise econômica mundial a Futura foi as ruas verificar hábitos de consumo alimentares do capixaba e o quanto esses hábitos foram ou

Leia mais

O CONSUMIDOR DE MODA

O CONSUMIDOR DE MODA O CONSUMIDOR DE MODA Getúlio Cantão A moda capixaba está em evidência. As grifes de roupas locais estão ganhando cada vez mais espaço no mercado nacional e internacional, como também, o Vitória Moda Show,

Leia mais

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR

ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR ÍNDICE DE CONFIANÇA DO CONSUMIDOR Mariana Sousa Borges O humor do consumidor capixaba em relação à economia é mensalmente auferido pela Futura através de uma pesquisa feita na Grande Vitória. A pesquisa

Leia mais

Futebol Capixaba. Luciana Ghidetti de Oliveira

Futebol Capixaba. Luciana Ghidetti de Oliveira Futebol Capixaba Luciana Ghidetti de Oliveira O campeonato capixaba está em andamento e a Futura foi às ruas para saber se o capixabas prestigiam o futebol local e sua opinião sobre o desempenho dos times.

Leia mais

DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO

DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO DESFILE DAS ECOLAS DE SAMBA EM VITÓRIA MELHORA NA AVALIAÇÃO DESTE ANO Lucas Almeida A Futura realizou, pelo quarto ano a pesquisa sobre o carnaval de Vitória. O percentual de entrevistados que costumam

Leia mais

Mobilidade Urbana. Luciana Ghidetti de Oliveira

Mobilidade Urbana. Luciana Ghidetti de Oliveira Mobilidade Urbana Luciana Ghidetti de Oliveira Segundo o Ministério das Cidades, mobilidade urbana é o resultado da interação dos deslocamentos de pessoas e bens entre si e com a própria cidade. A partir

Leia mais

QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS

QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS QUADRILHA E COMIDAS TÍPICAS MANTÊM A TRADIÇÃO DAS FESTAS JUNINAS Emmanuelle Serrano Queiroz Os meses de junho e julho são caracterizados por danças, comidas típicas, bandeirinhas, além das peculiaridades

Leia mais

CARNAVAL. Andressa Malagutti Assis

CARNAVAL. Andressa Malagutti Assis CARNAVAL Andressa Malagutti Assis Falta muito pouco para a chegada da maior festa popular do Brasil. Além de uma festa cultural genuinamente brasileira, o carnaval é um grande fomento para o turismo. Enquanto

Leia mais

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO

FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO FACULDADES PARTICULARES E QUALIDADE NO ENSINO Dihego Pansini de Souza O crescimento de faculdades particulares ocorre de forma vertiginosa, crescimento esse que pode ser constatado no gráfico a seguir.

Leia mais

COPA DO MUNDO Dihego Pansini de Souza

COPA DO MUNDO Dihego Pansini de Souza COPA DO MUNDO 2010 Dihego Pansini de Souza O povo brasileiro é conhecido mundialmente pela sua paixão pelo futebol. Os jogadores brasileiros são cobiçados por grandes clubes e considerados os melhores

Leia mais

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE

PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE PREOCUPAÇÃO COM A SAÚDE Tâmara Barros Cuidar da alimentação, fazer exercícios regularmente e ter uma boa noite de sono são medidas básicas para manter a saúde. Além de prevenir e ajudar na cura de doenças,

Leia mais

EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL

EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL EXPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL Tâmara Barros A pesquisa sobre as expectativas para as compras de Natal possui uma série histórica que, ao longo dos anos, vem medindo o humor dos consumidores ao

Leia mais

POPULARIDADE DA INTERNET

POPULARIDADE DA INTERNET POPULARIDADE DA INTERNET Inayara Soares da Silva Atualmente, a população encontra grande facilidade no acesso à internet. Tal facilidade e popularização da rede vem atraindo de jovens a idosos, que não

Leia mais

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual

Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Salario mínimo ideal deveria ser 50% maior que o atual Inayara Soares Com a definição do salário mínimo para 2013, que passou de 622,00 para 678,00 começando a valer no dia 1º de Janeiro de 2013, a Futura

Leia mais

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL

ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL ESPECTATIVAS PARA AS COMPRAS DE NATAL Andressa Malagutti Assis Com a proximidade do Natal, a economia é aquecida pelo aumento da produção para atender à demanda que nessa época do ano é sempre maior que

Leia mais

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA

RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA RESTRIÇÃO À UTILIZAÇÃO DAS SACOLAS PLÁSTICAS É CONTROVERSA Roberta Atherton Diversas capitais brasileiras já aprovaram leis que limitam ou proíbem a utilização de sacolas plásticas em estabelecimentos

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: SERRA

PESQUISA ELEITORAL: SERRA PESQUISA ELEITORAL: SERRA Outubro/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea 2º Turno... 6 Intenção Estimulada 2º Turno... 6 Rejeição Espontânea... 6 Rejeição Estimulada...

Leia mais

AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS NOS BAIRROS

AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS NOS BAIRROS AVALIAÇÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS NOS BAIRROS Tyago Hoffmann Os serviços públicos prestados nas comunidades da Grande Vitória precisam melhorar. Essa é a mensagem dada pela população em pesquisa realizada

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL NOVA VENÉCIA

PESQUISA ELEITORAL NOVA VENÉCIA PESQUISA ELEITORAL NOVA VENÉCIA Agosto de 2012 ÍNDICE 1 - METODOLOGIA...Erro! Indicador não definido. 2 - CARACTERIZAÇÃO... 4 3 - ELEIÇÕES 2012... 6 4 - CARACTERÍSTICAS PRINCIPAIS... 10 5 - AVALIAÇÃO POLÍTICA...

Leia mais

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de

ELEITORAL SÃO MATEUS. Agosto de ELEITORAL SÃO MATEUS Agosto de 2012 1-12 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 - CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 - ELEIÇÃO SÃO MATEUS... 6 4 - AVALIAÇÃO POLÍTICA... 10 REALIZADORES... 12 2-12 1 METODOLOGIA

Leia mais

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários.

Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Crack: moradores da Grande Vitória, desconhecem os serviços públicos disponíveis para apoio aos usuários. Inayara Soares O Brasil vem vivendo hoje um grave problema em consequência em função do crescente

Leia mais

Soteropolitanos discordam em pagar pelo uso das sacolas

Soteropolitanos discordam em pagar pelo uso das sacolas Soteropolit discordam em pagar pelo uso das sacolas Lucas Almeida Diversas capitais brasileiras já aprovaram leis que restringem ou proíbem a distribuição de sacolas plásticas em estabelecimentos comerciais,

Leia mais

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO

PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO PESQUISA FUTURA CORREIO DA BAHIA MERCADO IMOBILIÁRIO 1 CASA É A PREFERÊNCIA DOS SOTEROPOLITANOS PARA MORADIA Roberta Atherton Conforme pesquisa realizada pela Futura em março de 2012, a casa própria permeia

Leia mais

ELEITORAL SERRA. Setembro de

ELEITORAL SERRA. Setembro de ELEITORAL SERRA Setembro de 2012 1-16 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2012... 6 4 CAMPANHA... 11 5 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 14 REALIZADORES... 16 2-16 1 METODOLOGIA

Leia mais

ELEITORAL ARACRUZ. Setembro de

ELEITORAL ARACRUZ. Setembro de ELEITORAL ARACRUZ Setembro de 2012 1-16 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2012... 6 4 CAMPANHA... 11 5 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 14 REALIZADORES... 16 2-16 1 METODOLOGIA

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: SOORETAMA

PESQUISA ELEITORAL: SOORETAMA PESQUISA ELEITORAL: SOORETAMA Setembro/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 10 Votos Válidos... 12 Rejeição... 13 AVALIAÇÃO

Leia mais

ELEITORAL SERRA. Julho de

ELEITORAL SERRA. Julho de ELEITORAL SERRA Julho de 2012 1-17 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 3 ELEIÇÕES 2012... 7 4 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 14 REALIZADORES... 17 2-17 1 METODOLOGIA Empresa responsável: Futura Consultoria e Pesquisa. Contratante:

Leia mais

PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS

PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS PESQUISA ELEITORAL: TEIXEIRA DE FREITAS Setembro/2016 1 ÍNDICE METODOLOGIA... 3 CARACTERIZAÇÃO... 4 INTENÇÃO DE VOTO... 6 Intenção Espontânea... 6 Intenção Estimulada... 7 Votos Válidos... 8 Rejeição...

Leia mais

REDE GAZETA ELEITORAL LINHARES

REDE GAZETA ELEITORAL LINHARES REDE GAZETA ELEITORAL LINHARES AGOSTO 2012 ÍNDICE 1 METODOLOGIA... 3 2 CARACTERIZAÇÃO DO ENTREVISTADO... 4 3 ELEIÇÕES 2012... 6 4 CAMPANHA... 10 5 AVALIAÇÃO POLÍTICA... 13 2-15 1 METODOLOGIA Empresa responsável:

Leia mais

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura

DELIVERY. Revieni Chisté Zanotelli. Revieni Chisté Zanotelli é economista e analista de pesquisas da Futura DELIVERY Revieni Chisté Zanotelli O serviço de entrega de produtos (delivery) foi criado para proporcionar comodidade às pessoas e, também, para aqueles que estão sem tempo de ir até ao estabelecimento

Leia mais

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR

MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR MAIS DE 70% NÃO SABEM DENUNCIAR UMA OBRA IRREGULAR Emmanuelle Serrano Queiroz O tema fiscalização de obras está bastante estampado na mídia devido aos vários acontecimentos. Pelo fato de o assunto ter

Leia mais