SEMEADORAS CAPÍTULO????

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SEMEADORAS CAPÍTULO????"

Transcrição

1 ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DEC ENGENHARIA RURAL LER 432 Máquinas e Implementos Agrícolas SEMEADORAS CAPÍTULO???? EDIÇÃO 2005 J.P. MOLIN T.C.C.RIPOLI C.D.GADANHA Jr. W.F.MOLINA JR. M.MILAN

2 ESCLARECIMENTO: A UTILIZAÇÃO DESTAS LÂMINAS UTILIZADAS EM CLASSE DEVE SER, APENAS, CONSIDERADA COMO MAIS UMA FERRAMENTA PARA ESTUDO. LIMITAR-SE A ESTE MATERIAL ENTENDENDO-O O COMO SUFICIENTE PARA UM MÍNIMO M DE APRENDIZADO É O PIOR CAMINHO A SER PERCORRIDO NA BUSCA DO CONHECIMENTO. ESTAS DEVEM SERVIR, SOMENTE, COMO ROTEIRO PARA ESTUDOS, OS QUAIS DEVERÃO SER COMPLEMENTADOS POR MEIO DE REVISÕES BIBLIOGRÁFICAS, DE RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS, CIOS, DE VISITAS AO SETOR DE MÁQUINAS M DO LER (ONDE EXISTE FARTO MATERIAL DIDÁTICO) ALÉM M DE CONSULTAS AOS PROFESSORES PARTICIPANTES DESTA DISCIPLINA.

3 HISTÓRICO 1636 Primeira semeadora (Europa) de distribuição superficial em linhas (Joseph Locatelli) 1785 Tração animal (Inglaterra) (James Cook) 1839 Primeira patente (EUA) - milho 1840 Primeira fábrica (EUA) ( Mr. Pennock) % do trigo (EUA) semeado mecanicamente

4

5

6 semeadora

7 PLANTADORA (DE BATATAS)

8 PLANTADORA (DE BATATAS)

9 NOMENCLATURA Semeadora Plantadora Transplantadora

10 TRANSPLANTADORA

11 TRANSPLANTADORA

12 TIPOS DE SEMEADORAS Pode-se fazer dferentes classificações para enquadrar os diversos tipos de semeadoras; por exemplo, a classificação abaixo: - Forma de acionamento - Manual - Motorizada - Tracionada Tração animal Tratorizada - Forma de deposição - Superficial - Em sulcos - Em covas - Forma de distribuição das sementes - A lanço - Em grupos - Em linha Com precisão Sem precisão

13

14

15

16

17

18

19

20

21 - semeadora-adubadora de fluxo contínuo ou de sementes miúdas ( semeadeira ) - semeadora-adubadora de precisão ou de sementes graúdas ( plantadeira )

22 semeadora-adubadora de fluxo contínuo ou de sementes miúdas ( semeadeira )

23 semeadora-adubadora de precisão ou de sementes graúdas ( plantadeira )

24 semeadora-adubadora múltipla

25 PARTES CONSTITUINTES MAIS IMPORTANTES - mecanismos dosadores de sementes - mecanismos dosador de adubo - sulcadores - controladores de profundidade - cobridores - mecanismos de compactação - reservatórios de sementes - reservatórios de adubo - tubos condutores -chassi - transmissão - rodado - marcadores de linha

26 Mecanismos dosadores - Sementes Sementes Miúdas Rotor acanalado Orifício regulador Rotor alveolado Copo dosador Escova Sementes graúdas Disco horizontal Disco inclinado Dedos prensores Pneumáticos sucção sopro

27 SEMEADURA OU PLANTIO DIRETO

28 O plantio direto inicia na colheita anterior

29 Espalhador de palhada

30 Picador-espalhador de palha

31 Manejo da palhada ou cultura anterior Rolo-faca Roçadora Picador de palhada Herbicida

32 Rolo-faca

33 Roçadora

34 Efeito da roçadora

35 Picador de palhada

36 Herbicida

37

38

39

40

41

42

43 Semeadoraadubadora de fluxo contínuo ou de sementes miúdas ( semeadeira )

44 Mecanismos dosadores de semeadoras de fluxo contínuo Rotor acanalado

45

46 Mecanismos dosadores - Fertilizantes Gravitacional Rotor denteado Rosca sem-fim

47 Mecanismos dosadores de adubo Rotor denteado Rosca sem-fim

48 Transmissão

49

50

51

52

53

54

55

56 REGULAGENS É feita com base na quantidade de plantas que se queira por unidade de área. Em semeadoras de linha essa quantidade é sempre expressa em massa ou número de sementes por metro de sulco.

57 REGULAGENS É feita com base na quantidade de plantas que se queira por unidade de área. Em semeadoras de linha essa quantidade é sempre expressa em massa ou número de sementes por metro de sulco. A partir de então é importante se verificar se o que foi estabelecido está sendo obtido.

58 REGULAGEM

59 semeadoraadubadora de precisão ou de sementes graúdas ( plantadeira )

60

61

62

63

64

65

66 semeadora-adubadora de tração animal para semeadura direta

67

68

69

70

71

72

73 Mecanismos dosadores de semeadoras de precisão

74 Disco horizontal

75 Dedos prensores

76 Copo dosador Escova Dosadores para soja

77 Dosadores pneumáticos

78 Pneumáticos

79

80

81 Tubo condutor

82 Mecanismos dosadores de adubo Rotor denteado Rosca sem-fim

83 Sulcadores

84

85 Cobridores e compactadores

86 Marcador de linha

87 Monitores de semeadoras

88 REGULAGENS

LEB 432 Máquinas e Implementos Agrícolas. TÓPICO: Máquinas para Semeadura. Prof. Dr. Casimiro Dias Gadanha Jr. LEB/ESALQ/USP

LEB 432 Máquinas e Implementos Agrícolas. TÓPICO: Máquinas para Semeadura. Prof. Dr. Casimiro Dias Gadanha Jr. LEB/ESALQ/USP LEB 432 Máquinas e Implementos Agrícolas TÓPICO: Máquinas para Semeadura Prof. Dr. Casimiro Dias Gadanha Jr. LEB/ESALQ/USP OBJETIVOS Conhecer a classificação das semeadoras Conhecer a constituição e o

Leia mais

Departamento de Engenharia de Biossistemas ESALQ/USP SEMEADURA. LEB0432 Máquinas e Implementos Agrícolas. Prof. Leandro M. Gimenez

Departamento de Engenharia de Biossistemas ESALQ/USP SEMEADURA. LEB0432 Máquinas e Implementos Agrícolas. Prof. Leandro M. Gimenez SEMEADURA LEB0432 Máquinas e Implementos Agrícolas Prof. Leandro M. Gimenez 2016 MATERIAL PARA ESTUDO MIALHE, L. G. Máquinas agrícolas para plantio. Editora Millennium. São Paulo, 2012. 648 p. BALASTREIRE,

Leia mais

10. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO

10. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO 10. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO São sistemas mecânicos responsáveis pela deposição de órgãos vegetativos no solo. A forma de deposição desses órgãos vegetativos são definidas como: Semeadoras. Depositam

Leia mais

DIMENSIONAMENTO DE ORIFÍCIOS EM DISCO DOSADOR DE SEMEADORA-ADUBADORA PARA SEMENTES DE MAMONA

DIMENSIONAMENTO DE ORIFÍCIOS EM DISCO DOSADOR DE SEMEADORA-ADUBADORA PARA SEMENTES DE MAMONA DIMENSIONAMENTO DE ORIFÍCIOS EM DISCO DOSADOR DE SEMEADORA-ADUBADORA PARA SEMENTES DE MAMONA Alberto Kazushi Nagaoka 1 Angela de Emília de Almeida Pinto 2 Pedro Castro Neto 3 Antônio Carlos Fraga 4 Afonso

Leia mais

13. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO

13. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO 106 13. MÁQUINAS PARA SEMEADURA E PLANTIO São sistemas mecânicos responsáveis pela deposição de órgãos vegetativos no solo. A forma de deposição desses órgãos vegetativos são definidas como: Semeadoras.

Leia mais

O plantio compreende a colocação do órgão da planta no solo, de tal forma que ele tenha condição de germinar.

O plantio compreende a colocação do órgão da planta no solo, de tal forma que ele tenha condição de germinar. SEMEADORAS 1 O plantio compreende a colocação do órgão da planta no solo, de tal forma que ele tenha condição de germinar. O órgão da planta utilizado para sua propagação pode ser: semente, tubérculo,

Leia mais

PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA

PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA Plantio direto para todo tipo de cultura. A Case IH lança no mercado sua linha de plantadeiras para todos os tipos de cultura: girassol, aveia, trigo, arroz, algodão,

Leia mais

Semeadoras agrícolas. Distribuição das sementes

Semeadoras agrícolas. Distribuição das sementes Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias - Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03305 Mecanização Agrícola Prof. Ricardo Ferreira Garcia

Leia mais

SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DAS SEMEADORAS DE LINHA DE PRECISÃO

SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DAS SEMEADORAS DE LINHA DE PRECISÃO 2ª parte semeadora SISTEMA DE DISTRIBUIÇÃO DAS SEMEADORAS DE LINHA DE PRECISÃO 2 A função deste sistema é selecionar as sementes individualmente do depósito numa taxa prédeterminada. Os principais sistemas

Leia mais

SEMEADORA-ADUBADORA. Prof. Dr. Carlos Eduardo Angeli Furlani

SEMEADORA-ADUBADORA. Prof. Dr. Carlos Eduardo Angeli Furlani SEMEADORA-ADUBADORA 1 Qual a cultura? Qual o adubo? 2 Qual o tamanho/formato da semente? Qual a quantidade de sementes/hectare? Qual a quantidade de plantas/hectare? Quando? 3 revolvimento mínimo do solo

Leia mais

JM2960PD EX - vista lateral UNIDADE DE DISCO DE CORTE ABAIXO DA MÁQUINA E UNIDADE DE ADUBO

JM2960PD EX - vista lateral UNIDADE DE DISCO DE CORTE ABAIXO DA MÁQUINA E UNIDADE DE ADUBO PLANTADORA ADUBADORA PIVOTADA JM2860-PD MG JM2960-PD EX ENXUTA Plantadora Adubadora JM2860PD ENXUTA MG, fornecida com chassi de 08 e 10 linhas. Plantadora Adubadora JM2960PD ENXUTA EX, fornecida com chassi

Leia mais

UNITRI MECÂNICA E MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA PRIMEIRA AULA DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA. Professor: Adriano Franzon

UNITRI MECÂNICA E MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA PRIMEIRA AULA DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA. Professor: Adriano Franzon UNITRI MECÂNICA E MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA PRIMEIRA AULA DE MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA Professor: Adriano Franzon EMENTÁRIO Elementos básicos de mecânica. Mecanismos de transmissão de potência. Lubrificação e lubrificantes.

Leia mais

HiTech COMPACT Plantadora Adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA.

HiTech COMPACT Plantadora Adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. HiTech COMPACT Plantadora Adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. Duas opções no sistema de articulação da linha da semente PANTOGRÁFICA Linha da semente com sistema pantográfico dotado de amplo curso de

Leia mais

VICTÓRIA. Plantio com precisão para pequeno e médio produtor

VICTÓRIA. Plantio com precisão para pequeno e médio produtor VICTÓRIA Plantio com precisão para pequeno e médio produtor Catálogo virtual Português Abr/2016 VICTÓRIA DPS As plantadoras Victória são pneumáticas, compactas e leves. Disponíveis na versão pivotada-pantográfica

Leia mais

Plantio direto para todo tipo de cultura.

Plantio direto para todo tipo de cultura. SemeadoraS PARA GRÃOS GRAÚDOS Plantio direto para todo tipo de cultura. A Case IH lança no mercado sua linha de semeadoras para todos os tipos de cultura: girassol, aveia, trigo, arroz, algodão, sorgo,

Leia mais

Disco Duplo Desencontrado 16 (padrão) D.D.D - Direito D.D.D - Esquerdo

Disco Duplo Desencontrado 16 (padrão) D.D.D - Direito D.D.D - Esquerdo PLANTADORA ADUBADORA PIVOTADA JM3080-PD JM3090-PD MAGNUM EXACTA AIR Plantadora Adubadora JM3080PD Magnum, fornecida com chassi de 08, 10, 12, 13, 15 e 18 linhas. Plantadora Adubadora JM3090PD Exacta, fornecida

Leia mais

SEMEADORA-ADUBADORA. Prof. Dr. Carlos Eduardo Angeli Furlani RESULTADOS DE PESQUISAS

SEMEADORA-ADUBADORA. Prof. Dr. Carlos Eduardo Angeli Furlani RESULTADOS DE PESQUISAS SEMEADORA-ADUBADORA RESULTADOS DE PESQUISAS 1 Rendimento da cultura de milho em diferentes manejos do solo e tipos de sulcadores (haste x disco duplo) utilizados na operação de semeadura. (Klein & Boller,

Leia mais

CERES MASTER e CERES. Plantio eficiente com melhor custo/benefício

CERES MASTER e CERES. Plantio eficiente com melhor custo/benefício CERES MASTER e CERES Plantio eficiente com melhor custo/benefício Catálogo virtual Português Abr/2016 CERES MASTER As semeadoras Ceres Master apresentam modelos com grande versatilidade, agilidade e excelente

Leia mais

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES ATA AQUISIÇAO DE EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS

Estado do Rio Grande do Sul PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES ATA AQUISIÇAO DE EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS Pregão Modalidade 000025 / 2014 Pregao 1 AQUISIÇAO DE EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS Ata de reunião realizada às 15:00 horas do dia 16 de junho de 2014, na sala de reuniões da Comissão Permanente de Licitações,

Leia mais

SEMEADORA ADUBADORA 1 INTRODUÇÃO

SEMEADORA ADUBADORA 1 INTRODUÇÃO 1 SEMEADORA ADUBADORA 1 INTRODUÇÃO Semear foi uma das primeiras operações agrícolas a ser mecanizada, dentro do contexto de modernização da agricultura em todos os países do mundo e em todas as épocas

Leia mais

SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS GRAÚDOS SOL TT SOL TOWER LAND MASTER

SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS GRAÚDOS SOL TT SOL TOWER LAND MASTER SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS GRAÚDOS SOL TT SOL TOWER LAND MASTER 2 3 LINHA DE SEMEADORAS NEW HOLLAND. A parceria entre a New Holland e a Semeato veio para render frutos ao produtor. Líder no mercado,

Leia mais

Mecanização Agrícola Manejo de Culturas de Cobertura

Mecanização Agrícola Manejo de Culturas de Cobertura Mecanização Agrícola Manejo de Culturas de Cobertura MANEJO DA VEGETAÇÃO E DE RESTOS CULTURAIS INTRODUÇÃO - Preparos Conservacionistas Objetivos: Superfície coberta máximo de tempo possível Uniformidade

Leia mais

hitech plantadadora adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA.

hitech plantadadora adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. hitech plantadadora adubadora *FOTO MERAMENTE ILUSTRATIVA. Câmbio Caixa de câmbio de fácil acesso para regulagem da dosagem de fertilizante e semente por meio de grupo de rodas dentadas e correntes, possibilitando

Leia mais

PLANTADEIRA EASY RISER 2200

PLANTADEIRA EASY RISER 2200 PLANTADEIRA EASY RISER 2200 A Case IH desenvolveu para o mercado brasileiro uma nova família de plantadeiras, a Easy Riser 2200. Seguindo o conceito mundial Agronomic Design, da Case IH, a nova plantadeira

Leia mais

1 van 1 11/04/2008 19:30

1 van 1 11/04/2008 19:30 Calcareadora Tração Animal http://www.iadel.com.br/prod07.htm 1 van 1 11/04/2008 19:30 Calcareadora Tração Animal Dados técnicos: Capacidade total de carga de 400 kg de calcário ou esterco orgânico. Com

Leia mais

EFEITO DA VELOCIDADE DO CONJUNTO TRATOR SEMEADORA- ADUBADORA E DA PROFUNDIDADE DE DEPOSIÇÃO DO ADUBO SOB PLANTIO DIRETO NA CULTURA DO FEIJÃO

EFEITO DA VELOCIDADE DO CONJUNTO TRATOR SEMEADORA- ADUBADORA E DA PROFUNDIDADE DE DEPOSIÇÃO DO ADUBO SOB PLANTIO DIRETO NA CULTURA DO FEIJÃO EFEITO DA VELOCIDADE DO CONJUNTO TRATOR SEMEADORA- ADUBADORA E DA PROFUNDIDADE DE DEPOSIÇÃO DO ADUBO SOB PLANTIO DIRETO NA CULTURA DO FEIJÃO Introdução Danilo Gomes de Oliveira ¹ (UEG) Josué Gomes Delmond

Leia mais

ESTRELA. Não basta ser grande, tem que ser Estrela!

ESTRELA. Não basta ser grande, tem que ser Estrela! ESTRELA Não basta ser grande, tem que ser Estrela! Catálogo virtual Português Ago/2016 ESTRELA A Estrela é uma plantadora pneumática articulada, ágil, de grande porte e com rodado de plantio posicionado

Leia mais

Victória Top Plantadora para sementes graúdas disponível nos modelos de 9 a 17 linhas

Victória Top Plantadora para sementes graúdas disponível nos modelos de 9 a 17 linhas Victória Top Plantadora para sementes graúdas disponível nos modelos de 9 a 17 linhas Visite nosso site: www.stara.com.br Victória Top Victória Top com Caixa de Sementes Suspensa As plantadoras Victória

Leia mais

Demanda Energética de Máquinas Agrícolas na Implantação da Cultura do Corgo Forrageiro

Demanda Energética de Máquinas Agrícolas na Implantação da Cultura do Corgo Forrageiro Demanda Energética de Máquinas Agrícolas na Implantação da Cultura do Corgo Forrageiro Flávia M. Nascimento 1, José G. L. Rodrigues 2, Carlos A. Gamero 3, Jairo C. Fernandes 4, Sílvio J. Bicudo 5 1,2,4

Leia mais

GERMINAÇÃO E SOBREVIVÊNCIA DA SOJA EM DIFERENTES MANEJOS DO SOLO

GERMINAÇÃO E SOBREVIVÊNCIA DA SOJA EM DIFERENTES MANEJOS DO SOLO GERMINAÇÃO E SOBREVIVÊNCIA DA SOJA EM DIFERENTES MANEJOS DO SOLO Alberto Kazushi Nagaoka 1 Kleber Pereira Lanças 2 Paulo Roberto Arbex Silva 3 Pedro Castro Neto 4 Antonio Carlos Fraga 5 RESUMO Do ponto

Leia mais

Prima Semeadora múltipla para culturas de inverno e verão

Prima Semeadora múltipla para culturas de inverno e verão Prima Semeadora múltipla para culturas de inverno e verão Visite nosso site: www.stara.com.br Prima As Semeadoras Prima destacam-se por sua robustez e simplicidade de manuseio, aliadas com um design extremamente

Leia mais

Por que ler o manual é um hábito tão necessário?

Por que ler o manual é um hábito tão necessário? ???????????? 1 Por que ler o manual é um hábito tão necessário? Muitas vezes, erros básicos cometidos pelo usuário do produto poderiam ser evitados com a leitura do manual e instrução. O comportamento

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS DISCIPLINA DE PRÁTICA DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS PRATM72

UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS DISCIPLINA DE PRÁTICA DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS PRATM72 UNIVERSIDADE DO ESTADO DE SANTA CATARINA UDESC CENTRO DE CIÊNCIAS AGROVETERINÁRIAS DISCIPLINA DE PRÁTICA DE MÁQUINAS AGRÍCOLAS PRATM72 Professor: Alberto Kazushi Nagaoka Professor: Mauro Nerbass Filho

Leia mais

3. Máquinas Agrícolas

3. Máquinas Agrícolas 3.2. Máquinas de distribuição Trabalho: distribuem produtos à superfície do terreno (por vezes enterrado) Tipos de máquinas de distribuição distribuidores de estrume sólido distribuidores de estrume líquido

Leia mais

TECNOLOGIA EM MÁQUINAS PARA SEMEADURA NO SISTEMA PLANTIO DIRETO

TECNOLOGIA EM MÁQUINAS PARA SEMEADURA NO SISTEMA PLANTIO DIRETO TECNOLOGIA EM MÁQUINAS PARA SEMEADURA NO SISTEMA PLANTIO DIRETO Marcos Roberto da Silva (UFRB CETEC / dasilvamr@hotmail.com), Afonso Peche Filho (CAPTAEA - IAC), Luiz Antonio Daniel (FATEC - CEETEPS).

Leia mais

ANÁLISE DA SEMEADORA PNEUMÁTICA E DISCOS HORIZONTAIS POR CAPABILIDADE DO PROCESSO

ANÁLISE DA SEMEADORA PNEUMÁTICA E DISCOS HORIZONTAIS POR CAPABILIDADE DO PROCESSO ANÁLISE DA SEMEADORA PNEUMÁTICA E DISCOS HORIZONTAIS POR CAPABILIDADE DO PROCESSO Jorge Wilson Cortez (1), Roberto Carlos Orlando (2), Cristiano Márcio Alves de Souza (1), Leidy Zulys Leyva Rafull (2),

Leia mais

AVALIAÇÃO DE DIFERENTES MECANISMOS DOSADORES DE SEMENTES EM CONDIÇÕES DE CAMPO NA CULTURA DA SOJA

AVALIAÇÃO DE DIFERENTES MECANISMOS DOSADORES DE SEMENTES EM CONDIÇÕES DE CAMPO NA CULTURA DA SOJA XLIV Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola - CONBEA 2015 Hotel Fazenda Fonte Colina Verde - São Pedro - SP 13 a 17 de setembro de 2015 AVALIAÇÃO DE DIFERENTES MECANISMOS DOSADORES DE SEMENTES EM

Leia mais

Semeadoras. Plantadora de linha, hidráulica, plantio direto, pequena propriedade. Moderna, versátil e resistente. Planta soja, milho, feijão e sorgo.

Semeadoras. Plantadora de linha, hidráulica, plantio direto, pequena propriedade. Moderna, versátil e resistente. Planta soja, milho, feijão e sorgo. Semeadoras 1. Semeadora MAX Seed Line Plantadora de linha, hidráulica, plantio direto, pequena propriedade. Moderna, versátil e resistente. Planta soja, milho, feijão e sorgo. Características: Distribuição

Leia mais

ESALQ. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Universidade de São Paulo. Prof. Dr. Walter F. Molina Jr Depto de Eng. de Biossistemas 2015

ESALQ. Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Universidade de São Paulo. Prof. Dr. Walter F. Molina Jr Depto de Eng. de Biossistemas 2015 ESALQ Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Universidade de São Paulo Prof. Dr. Walter F. Molina Jr Depto de Eng. de Biossistemas 2015 www.ler.esalq.usp.br/molina.htm Walter Molina: wfmolina@usp.br

Leia mais

PLANTADORA DE ARRASTO VERSÕES: L-M-H-HF-VHF MASSEY FERGUSON

PLANTADORA DE ARRASTO VERSÕES: L-M-H-HF-VHF MASSEY FERGUSON LINHAS 3-30MF 500 PLANTADORA DE ARRASTO VERSÕES: L-M-H-HF-VHF MASSEY FERGUSON Robustez, praticidade e eficiência na sua lavoura Chassi monobloco, com estrutura reforçada, projetado e desenvolvido para

Leia mais

O produtor pergunta, a Embrapa responde

O produtor pergunta, a Embrapa responde Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Milho e Sorgo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento O produtor pergunta, a Embrapa responde José Carlos Cruz Paulo César Magalhães Israel

Leia mais

Semeadoras-adubadoras em semeadura convencional de soja - NOTA -

Semeadoras-adubadoras em semeadura convencional de soja - NOTA - Ciência Rural, Santa Maria, v.39, Semeadoras-adubadoras n.1, p.241-245, jan-fev, em 2009 semeadura convencional de soja. ISSN 0103-8478 241 Semeadoras-adubadoras em semeadura convencional de soja Fertilizer-seeders

Leia mais

SEMEADORAS PARA GRÃOS MIÚDOS

SEMEADORAS PARA GRÃOS MIÚDOS SEMEADORAS PARA GRÃOS MIÚDOS Plantio direto, para todo tipo de cultura. A Case IH lança no mercado na sua linha de semeadoras para todos os tipos de cultura: girassol, aveia, trigo, arroz, algodão, sorgo,

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS DE NOVA XAVANTINA

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS DE NOVA XAVANTINA GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO CAMPUS DE NOVA XAVANTINA Acadêmico (a) Disciplina: Máquinas Agrícolas Professor: Ms.

Leia mais

MAQUINAS PARA PREPARO DO SOLO

MAQUINAS PARA PREPARO DO SOLO MAQUINAS PARA PREPARO DO SOLO GRADES grade É um implemento agrícola utilizado na agricultura para descompactação do solo e também controle de plantas daninhas, só remove a camada superficial do solo.

Leia mais

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR R SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 Bairro Santa Rosa 89.400-000 Porto União - SC Telefone (42)3522-2789 - 3522-1819 E-mail: vendas@knapik.com.br,

Leia mais

Máquinas para ENSILAGEM SILAGEM ENSILAGEM E FENAÇÃO. Otoniel Ferreira ENSILAGEM. ENSILAGEM e FENAÇÃO

Máquinas para ENSILAGEM SILAGEM ENSILAGEM E FENAÇÃO. Otoniel Ferreira ENSILAGEM. ENSILAGEM e FENAÇÃO Máquinas para E FENAÇÃO Permite armazenar grande quantidade de alimento em pouco espaço. Por que da necessidade de se armazenar forragem? Reserva de alimento devido: Otoniel Ferreira DER - FAEM - UFPel

Leia mais

ABSOLUTA. Absolutamente eficiente

ABSOLUTA. Absolutamente eficiente ABSOLUTA Absolutamente eficiente Catálogo virtual Português Mar/ 2016 ABSOLUTA A Absoluta é uma plantadora pneumática desenvolvida para oferecer agilidade e eficiência no plantio em áreas onde a fertilização

Leia mais

Plantadeiras Easy Riser 3200

Plantadeiras Easy Riser 3200 Plantadeiras Easy Riser 3200 O plantio é a mais importante das operações agrícolas. É o momento de definição do potencial produtivo da lavoura. Qualquer desvio nesta operação resultará em perdas que não

Leia mais

EXERCÍCIOS SEMEADOR/ADUBADORA:

EXERCÍCIOS SEMEADOR/ADUBADORA: EGR 1003 MÁQUINAS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS Monitora Guidiane Moro - Exercícios 1 EXERCÍCIOS SEMEADOR/ADUBADORA: 1 Um agricultor deseja cultivar 500 ha. Sabe-se que a densidade de semeadura recomendada é

Leia mais

Solos. Equipamentos agrícolas utilizados para o manejo da palhada.

Solos. Equipamentos agrícolas utilizados para o manejo da palhada. Cultivo do Sorgo Importância econômica Clima Ecofisiologia Preparo de solo e Nutrição Adubação Cultivares Plantio Plantas daninhas Doenças Pragas Colheita e pós-colheita Mercado e comercialização Coeficientes

Leia mais

PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA

PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA PLANTADEIRAS DE MÚLTIPLA SEMEADURA Plantio direto para todo tipo de cultura. A Case IH lança no mercado sua linha de plantadeiras para todos os tipos de cultura: girassol, aveia, trigo, arroz, algodão,

Leia mais

MANEJO DE RESTOS CULTURAIS DE MILHO PARA PLANTIO DIRETO DE TRIGO. Resumo

MANEJO DE RESTOS CULTURAIS DE MILHO PARA PLANTIO DIRETO DE TRIGO. Resumo MANEJO DE RESTOS CULTURAIS DE MILHO PARA PLANTIO DIRETO DE TRIGO Denardin, J.E. 1 ; Kochhann, R.A. 1 Resumo Presume-se que semeadoras para plantio direto apresentam problemas operacionais para semear trigo

Leia mais

Evolução do SPD foi possível com adaptação das semeadoras

Evolução do SPD foi possível com adaptação das semeadoras Histórico Evolução do SPD foi possível com adaptação das semeadoras Ruy Casão Junior e Augusto Guilherme de Araújo* Rodrigo Estevam Munhoz de Almeida Semedura de milho em sistema pllantio direto no oeste

Leia mais

Catálogo de Peças Plantadeiras PHS 63, 126, 146 E 167

Catálogo de Peças Plantadeiras PHS 63, 126, 146 E 167 CATÁLOGO DE PEÇAS Catálogo de Peças Plantadeiras PHS 63, 126, 146 E 167 Através deste Catálogo de Peças nosso cliente pode identificar e solicitar as peças de reposição para sua Plantadeira. Ao solicitar

Leia mais

PLANTIO DIRETO. Definição JFMELO / AGRUFBA 1

PLANTIO DIRETO. Definição JFMELO / AGRUFBA 1 Definição JFMELO / AGRUFBA 1 INFLUÊNCIAS NO SOLO Matéria orgânica Estabilidade dos agregados e infiltração JFMELO / AGRUFBA 2 INFLUÊNCIAS NO SOLO Temperatura do solo JFMELO / AGRUFBA 3 INFLUÊNCIAS NO SOLO

Leia mais

SUA PRODUTIVIDADE GANHA FORÇA COM A SANTAL.

SUA PRODUTIVIDADE GANHA FORÇA COM A SANTAL. SANTAL.COM.BR TRADIÇÃO DE ALTO DESEMPENHO. SUA PRODUTIVIDADE GANHA FORÇA COM A SANTAL. TECNOLOGIA RESULTADO COMPROVADO NO SETOR SUCROALCOOLEIRO. A Plantadora Santal PDM2 é mais um exemplo do espírito inovador

Leia mais

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN ) INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DIRETA

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN ) INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DIRETA 67 GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN 1984-3801) INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DIRETA Welington Gonzaga do Vale 1*, Ricardo Ferreira Garcia 1, Delorme

Leia mais

SOLO-MÁQUINA-PLANTA E ROMPEDORES DE SOLO

SOLO-MÁQUINA-PLANTA E ROMPEDORES DE SOLO SOLO-MÁQUINA-PLANTA E ROMPEDORES DE SOLO Ruy Casão Junior ruycasao@iapar.br Herbert Bartz Rolândia PR Período de 1972 a 1979 pioneirismo Franke Dijskstra, Shirley Philips e Nonô Pereira A ROTACASTER não

Leia mais

Amaldo Ferreira da Silva Antônio Carlos Viana Luiz André Correa. r José Carlos Cruz 1. INTRODUÇÃO

Amaldo Ferreira da Silva Antônio Carlos Viana Luiz André Correa. r José Carlos Cruz 1. INTRODUÇÃO CRUZ, 1987 J.C. SEMEADURA DO MILHO 1. INTRODUÇÃO Amaldo Ferreira da Silva Antônio Carlos Viana Luiz André Correa r José Carlos Cruz O milho é a cultura mais largamente plantada no Brasil, com cerca de

Leia mais

PRIMA SUPER e CERES SUPER. Grandes semeadoras para culturas de inverno

PRIMA SUPER e CERES SUPER. Grandes semeadoras para culturas de inverno PRIMA SUPER e CERES SUPER Grandes semeadoras para culturas de inverno PRIMA SUPER A Prima Super é uma semeadora para culturas de inverno. Sua principal característica é a uniformidade no plantio, pois

Leia mais

Avaliação da produtividade do milho em função dos sistemas de semeadura e velocidades de deslocamento

Avaliação da produtividade do milho em função dos sistemas de semeadura e velocidades de deslocamento 158 Avaliação da produtividade do milho em função dos sistemas de semeadura e velocidades de deslocamento Rafael Jung 1, Carolina Amaral Tavares 1, Alessandro Griggio 1, Luis Gustavo de Oliveira 1, Mateus

Leia mais

Tecnologias da Geoinformação aplicadas a Agricultura de Precisão. EAD CR Campeiro7 Edição 2015

Tecnologias da Geoinformação aplicadas a Agricultura de Precisão. EAD CR Campeiro7 Edição 2015 Tecnologias da Geoinformação aplicadas a Agricultura de Precisão EAD CR Campeiro7 Edição 2015 Fonte - AGCO Como a agricultura de precisão ainda é considerada por muitos no Brasil A agricultura de precisão

Leia mais

Semeadeira de 1 Linha para Motocultivador ou Tratorito Instruções do Operador

Semeadeira de 1 Linha para Motocultivador ou Tratorito Instruções do Operador R Semeadeira de 1 Linha para Motocultivador ou Tratorito Instruções do Operador INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA. Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br

Leia mais

DANOS MECÂNICOS OCASIONADOS POR SISTEMAS DOSADORES DE SEMENTES 1

DANOS MECÂNICOS OCASIONADOS POR SISTEMAS DOSADORES DE SEMENTES 1 Pesquisa Agropecuária Tropical, 33 (): 7-, 003 7 DANOS MECÂNICOS OCASIONADOS POR SISTEMAS DOSADORES DE SEMENTES Rogério de Araújo Almeida, Luiz Carlos Barcellos e Paulo Alcanfor Ximenes ABSTRACT MECHANICAL

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE

MANUAL DE OPERAÇÃO ÍNDICE ÍNDICE APRESENTAÇÃO...2 ASSISTÊNCIA TÉCNICA...2 CERTIFICADO DE GARANTIA...3 CERTIFICADO DE ENTREGA...4/5 1. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS...6 1.1. Características técnicas e potência do motor...6/7/8 1.2. Dimensões

Leia mais

Plantadeira Tração Animal Instruções do Operador

Plantadeira Tração Animal Instruções do Operador R Plantadeira Tração Animal Instruções do Operador Fone: (42) 3522-2789 3522-1819 3523-79 Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br E-mail: knapik@knapik.com.br

Leia mais

A AGRICULTURA FAMILIAR FAZ MAIS COM NEW HOLLAND.

A AGRICULTURA FAMILIAR FAZ MAIS COM NEW HOLLAND. A AGRICULTURA FAMILIAR FAZ MAIS COM NEW HOLLAND. Família de sucesso faz mais alimentos. Amigo agricultor familiar, chegou a hora de dar um salto em produtividade. Agora você vai poder modernizar a sua

Leia mais

SSM 33 E SSM 33 SEED

SSM 33 E SSM 33 SEED 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...3 1 IDENTIFICAÇÃO...4 2 - NORMAS DE SEGURANÇA...6 2.1 - SEGURANÇA NA OPERAÇÃO...7 2.2 - SEGURANÇA NA MANUTENÇÃO...9 3 ESPECIFICAÇÕES...14 4. PREPARAÇÃO...20 4.1 - CABEÇALHO...20

Leia mais

INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NA SEMEADURA DO MILHO

INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NA SEMEADURA DO MILHO INFLUÊNCIA DA VELOCIDADE DE DESLOCAMENTO NA SEMEADURA DO MILHO LUIZ C. GARCIA 1, ROBERTO JASPER 2, MÔNICA JASPER 3, ALLISON J. FORNARI 4, JULIUS BLUM RESUMO: Teve-se o objetivo de verificar a influência

Leia mais

AVALIAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO LONGITUDINAL DE SEMENTES NO PLANTIO DIRETO DA SOJA

AVALIAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO LONGITUDINAL DE SEMENTES NO PLANTIO DIRETO DA SOJA 63 AVALIAÇÃO DA DISTRIBUIÇÃO LONGITUDINAL DE SEMENTES NO PLANTIO DIRETO DA SOJA CORTEZ, Jorge Wilson 1 CARVALHO FILHO, Alberto 2 SILVA, Rouverson Pereira da 3 FURLANI, Carlos Eduardo A. 4 RESUMO: Para

Leia mais

SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS FINOS TDNG 320/420/520 TDAX 3500/3800/4500

SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS FINOS TDNG 320/420/520 TDAX 3500/3800/4500 SEMEADORAS NEW HOLLAND PARA GRÃOS FINOS TDNG 320/420/520 TDAX 3500/3800/4500 2 3 LINHA DE SEMEADORAS NEW HOLLAND. A parceria entre a New Holland e a Semeato veio para render frutos ao produtor. Líder no

Leia mais

MECANIZAÇÃO NA AGRICULTURA FAMILIAR

MECANIZAÇÃO NA AGRICULTURA FAMILIAR UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA AGRÍCOLA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA DISCIPLINA: SEMINÁRIO EM ENGENHARIA AGRÍCOLA MECANIZAÇÃO NA

Leia mais

CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº

CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº SA HIDRÁULICA Super Série 1 CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº Verifique se as seguintes informações abaixo, estão sendo realizadas pela revenda de sua preferência, bem como se a assistência técnica foi

Leia mais

S E M E A D O R A S PL6000

S E M E A D O R A S PL6000 SEMEADORAS PL6000 NOVA PL6000. A EVOLUÇÃO DO PLANTIO. TUDO SE DEFINE NO PLANTIO. A qualidade do plantio determina o potencial produtivo da sua lavoura. Essa qualidade é traduzida pela correta distribuição

Leia mais

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN ) DESEMPENHO DE CONJUNTO TRATOR E SEMEADORA-ADUBADORA NA SEMEADURA DIRETA DE Crotalaria juncea

GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN ) DESEMPENHO DE CONJUNTO TRATOR E SEMEADORA-ADUBADORA NA SEMEADURA DIRETA DE Crotalaria juncea 78 GLOBAL SCIENCE AND TECHNOLOGY (ISSN 1984-3801) DESEMPENHO DE CONJUNTO TRATOR E SEMEADORA-ADUBADORA NA SEMEADURA DIRETA DE Crotalaria juncea Welington Gonzaga do Vale 1*, Ricardo Ferreira Garcia 1, José

Leia mais

CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS E PONDERAIS DAS SEMEADORAS-ADUBADORAS DE PRECISÃO NO BRASIL

CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS E PONDERAIS DAS SEMEADORAS-ADUBADORAS DE PRECISÃO NO BRASIL CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS E PONDERAIS DAS SEMEADORAS-ADUBADORAS DE PRECISÃO NO BRASIL Tiago R. Francetto 1*, Ravel F. Dagios 2, João A. Leindecker 2, Airton dos S. Alonço 1, Mauro F. Ferreira 3 1 Departamento

Leia mais

Catalogo de Peças JM-2560PD SA CATÁLOGO DE PEÇAS

Catalogo de Peças JM-2560PD SA CATÁLOGO DE PEÇAS CATÁLOGO DE PEÇAS 1 INTRODUÇÃO As ilustrações dos desenhos em vistas explodidas mostram a montagem típica dos vários conjuntos e peças componentes. Identificando a peça no nº de referência das vistas explodidas,

Leia mais

APÊNDICE "A" QUANTITATIVOS ESTIMADOS MORRI IPORÁ NHOS POSSE MAQUINÁRIOS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS RIO VERDE

APÊNDICE A QUANTITATIVOS ESTIMADOS MORRI IPORÁ NHOS POSSE MAQUINÁRIOS E IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS RIO VERDE ITEM CATMA T DESCRIÇÃO Conjunto Hidráulico Pantográfico DIANTEIRO para Trator LS 80.4 PLUS, tipo plaina agrícola dianteira, com sistema hidráulico próprio, altura mínima de levante de 2,90 m, para 1 acoplamento

Leia mais

Catalogo de Peças JM J2 / J2S CATÁLOGO DE PEÇAS

Catalogo de Peças JM J2 / J2S CATÁLOGO DE PEÇAS CATÁLOGO DE PEÇAS 1 INTRODUÇÃO As ilustrações dos desenhos em vistas explodidas mostram a montagem típica dos vários conjuntos e peças componentes. Identificando a peça no nº de referência das vistas explodidas,

Leia mais

Catalogo de Peças JM 2090PD CATÁLOGO DE PEÇAS

Catalogo de Peças JM 2090PD CATÁLOGO DE PEÇAS CATÁLOGO DE PEÇAS 1 INTRODUÇÃO As ilustrações dos desenhos em vistas explodidas mostram a montagem típica dos vários conjuntos e peças componentes. Identificando a peça no nº de referência das vistas explodidas,

Leia mais

Agricultura de Precisão situação e tendências

Agricultura de Precisão situação e tendências Agricultura de Precisão situação e tendências Seminário de Agricultura de Precisão 2012 José P. Molin ESALQ/USP jpmolin@usp.br www.agriculturadeprecisao.org.br O que é Agricultura de Precisão? Diferentemente

Leia mais

A inserção do cultivo do arroz irrigado na Agricultura de Baixo Carbono do Plano Agrícola e Pecuário, Safra 2013/14

A inserção do cultivo do arroz irrigado na Agricultura de Baixo Carbono do Plano Agrícola e Pecuário, Safra 2013/14 A inserção do cultivo do arroz irrigado na Agricultura de Baixo Carbono do Plano Agrícola e Pecuário, Safra 2013/14 Eng. Agr. Sérgio Iraçu Gindri Lopes Gerente da Divisão de Pesquisa Estação Experimental

Leia mais

Resultados do Circuito Tecnológico Aprosoja Safra 2010/11 18 A 29 DE OUTUBRO 2010

Resultados do Circuito Tecnológico Aprosoja Safra 2010/11 18 A 29 DE OUTUBRO 2010 Resultados do Circuito Tecnológico Aprosoja Safra 2010/11 18 A 29 DE OUTUBRO 2010 APRESENTAÇÃO O Circuito Tecnológico Aprosoja no Campo Safra 2010/11, idealizado pela Associação dos Produtores de Soja

Leia mais

Desempenho de uma Semeadora de Plantio Direto na Cultura do Milho João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 1 e Ramiro Lourenço de Souza Júnior 2

Desempenho de uma Semeadora de Plantio Direto na Cultura do Milho João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 1 e Ramiro Lourenço de Souza Júnior 2 XXIX CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO - Águas de Lindóia - 26 a 30 de Agosto de 2012 Desempenho de uma Semeadora de Plantio Direto na Cultura do Milho João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 1 e Ramiro

Leia mais

APLICAÇÃO DE UM MODELO COMPUTACIONAL NA SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE PINTURA DE UMA PEQUENA INDÚSTRIA DE IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS: UM ESTUDO DE CASO

APLICAÇÃO DE UM MODELO COMPUTACIONAL NA SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE PINTURA DE UMA PEQUENA INDÚSTRIA DE IMPLEMENTOS AGRÍCOLAS: UM ESTUDO DE CASO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ COORDENAÇÃO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO PAULO SERGIO NAUMANN APLICAÇÃO DE UM MODELO COMPUTACIONAL NA SIMULAÇÃO DO PROCESSO DE PINTURA

Leia mais

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção,

Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Curso de Pós-Graduação em Estratégias Integradas para Pecuária de Corte: Produção, Eficiência e Gestão Módulo I ESTABELECIMENTO/FORMAÇÃO DE PASTAGENS Prof. Dr. Gelci Carlos Lupatini UNESP UNESP Campus

Leia mais

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador

Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador R Plantadeira de Micro-Trator 1 Linha - Plantio Direto e Convencional Instruções do Operador INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA. Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 - CEP 89400-000 - Porto União - SC Site: www.knapik.com.br

Leia mais

CAPABILIDADE DO PROCESSO DE SEMEADURA DO MILHO SAFRINHA COM MECANISMO DOSADOR TIPO PNEUMÁTICO

CAPABILIDADE DO PROCESSO DE SEMEADURA DO MILHO SAFRINHA COM MECANISMO DOSADOR TIPO PNEUMÁTICO CAPABILIDADE DO PROCESSO DE SEMEADURA DO MILHO SAFRINHA COM MECANISMO DOSADOR TIPO PNEUMÁTICO Jorge Wilson Cortez (1),Cristiano Márcio Alves de Souza (1), Roberto Carlos Orlando (2), Leidy Zulys Leyva

Leia mais

Consórcio Milho-Braquiária

Consórcio Milho-Braquiária Gessí Ceccon Consórcio Milho-Braquiária 1Oque é. É o cultivo simultâneo de milho safrinha com braquiária utilizando a semeadora de soja, ajustando-a para uma linha de milho safrinha e outra de braquiária.

Leia mais

3.4.2. Época 2: Semeadura da pastagem simultaneamente com a semeadura do milho safrinha numa única operação

3.4.2. Época 2: Semeadura da pastagem simultaneamente com a semeadura do milho safrinha numa única operação Tecnologia e Produção: Milho Safrinha e Culturas de Inverno - 2008 espaçamento de 45 cm. O método leva em consideração que parte das sementes da pastagem serão incorporadas na operação de semeadura do

Leia mais

Semeadura de trigo tratado com terra de diatomáceas na armazenagem

Semeadura de trigo tratado com terra de diatomáceas na armazenagem Semeadura de trigo tratado com terra de diatomáceas na armazenagem Cledemar Busnello 1, Fábio Palczewski Pacheco 2, Lúcia Helena Pereira Nóbrega 3, Márcia Santorum 2, Helton Aparecido Rosa 1, Danilo Bonini

Leia mais

SSM 23 ROTO ÍNDICE APRESENTAÇÃO NORMAS DE SEGURANÇA IDENTIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÕES...17

SSM 23 ROTO ÍNDICE APRESENTAÇÃO NORMAS DE SEGURANÇA IDENTIFICAÇÃO ESPECIFICAÇÕES...17 1 ÍNDICE APRESENTAÇÃO...03 1. NORMAS DE SEGURANÇA...04 2. IDENTIFICAÇÃO...15 3. ESPECIFICAÇÕES...17 4. PREPARAÇÃO...22 4.1 Cabeçalho...22 4.2 Pressão dos Pneus...22 4.3 Lubrificação...22 4.4 Reaperto Geral...22

Leia mais

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA

AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DE UMA SEMEADORA-ADUBADORA DE PLANTIO DIRETO NA CULTURA DA SOJA Jorge Ricardo Moura 3 ; Elton Fialho dos Reis 1,4 ; João Paulo Arantes Rodrigues da Cunha 2,4 ; 1 Pesquisador Orientador

Leia mais

REVISÃO DE LITERATURA SOBRE SISTEMAS DE ABERTURA DE SULCO EM SEMEADORAS: HASTE SULCADORA E DISCO DUPLO

REVISÃO DE LITERATURA SOBRE SISTEMAS DE ABERTURA DE SULCO EM SEMEADORAS: HASTE SULCADORA E DISCO DUPLO 49 ISSN: 23170336 REVISÃO DE LITERATURA SOBRE SISTEMAS DE ABERTURA DE SULCO EM SEMEADORAS: HASTE SULCADORA E DISCO DUPLO OSTA, A.N. 1, CAMPOS, L.H. 11, VIEGAS NETO, A.L 2 RESUMO: Por ser um tema de grande

Leia mais

Importância do Manejo de Solos

Importância do Manejo de Solos CENTRO UNIVERSITÁRIO DO TRIÂNGULO IMPORTÂNCIA DO SOLO O seu uso adequado, além de garantir o suprimento de água para Importância do Manejo de Solos as culturas, criações e comunidades; previne a erosão

Leia mais

Rev. E - 02/09/2015 JM2040 3

Rev. E - 02/09/2015 JM2040 3 Rev. E - 02/09/2015 JM2040 3 ÍNDICE CABECOTE E RODA DE SUSTENTACAO 6 CONJ MARC LINHA DISCO LISO 10" 8 CONJ MARC LINHA DISCO RECORT 13" 10 CONJUNTO SULCADOR 12 QUADRO DIANTEIRO 14 QUADRO TRASEIRO 16 CONJ

Leia mais

CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº

CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº CERTIFICADO DE ENTREGA TÉCNICA Nº Verifique se as seguintes informações abaixo, estão sendo realizadas pela revenda de sua preferência, bem como se a assistência técnica foi efetiva: 1. Instruções e forma

Leia mais

DESEMPENHO DE SEMEADORAS-ADUBADORAS NO ESTABELECIMENTODA CULTURA DO ARROZ DE SEQUEIRO 1

DESEMPENHO DE SEMEADORAS-ADUBADORAS NO ESTABELECIMENTODA CULTURA DO ARROZ DE SEQUEIRO 1 DESEMPENHO DE SEMEADORAS-ADUBADORAS NO ESTABELECIMENTODA CULTURA DO ARROZ DE SEQUEIRO JOSÉ GERALDO DA SILVA 2, JOÃO KLUTHCOUSKI 3, LUIZ FERNANDO STONE, HOMERO AIDAR,ITAMAR PEREIRA DE OLIVEIRA e EVANE FERREIRA

Leia mais

SEMEADORAS NEW HOLLAND PL5000

SEMEADORAS NEW HOLLAND PL5000 SEMEADORAS NEW HOLLAND PL5000 2 TUDO SE DEFINE NO PLANTIO. A semeadura é o início do ciclo agrícola e sua qualidade é determinante para definição de um alto potencial produtivo da lavoura. Seu objetivo

Leia mais