PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação"

Transcrição

1 PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

2 Pequeno Glossário da Previdência

3 As Formas de aposentadoria

4 Voluntária por tempo de contribuição: 35 anos para homens e 30 para mulheres do Magistério Superior. 5 anos a menos para professores(as) do Ensino Básico. Invalidez por doença grave e acidente de trabalho. Compulsória aos 75 anos de idade

5 Os Regimes de Previdência

6 Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) Regime fechado e diferente em cada ente federado. Na União não foi implantado na prática Tesouro recebe PSS e paga as aposentadorias, integrais ou não. Art. 40 da CF1988 Regime Geral de Previdência Social (RGPS) Regime aberto, gerenciado pelo INSS e que recebe as contribuições patronais e dos trabalhadores e paga aposentadorias limitadas ao teto de R$ 5.531,31 (2017) e ao piso de 1 salário mínimo. Art. 201 da CF 1988.

7 As mudanças Legais e Constitucionais

8 EC20 (15/12/1998) Reforma do RGPSS, mas permitiu a unificação dos regimes. EC41 (19/12/2003) Reforma do RPPS, com o fim da integralidade de proventos e pensões e da paridade. Previdência complementar para servidores públicos. Lei (18/06/2004) Regulamenta o cálculo das aposentadorias pela média.

9 EC47 (05/07/2005) PEC Paralela ameniza a EC41. Lei (22/09/2008) Define os reajustes das aposentadorias como os mesmos do RGPS. EC70 (29/03/2012) Torna a aposentadoria por invalidez integral para quem entrou antes da EC41. Lei (30/04/2012) Cria a Previdência Complementar para os servidores públicos.

10 Lei (17/06/2015) Pensões limitadas no tempo, dependendo da idade do pensionista. EC88 (07/05/2015) e Lei Complementar 152 (03/12/2015 compulsória aos 75 anos. Lei (05/11/2015) torna automática a adesão à Funpresp. Lei (29/07/2016) amplia o prazo de adesão à Funpresp até 2018.

11 Termos a dominar

12 Integralidade Primeiro provento de aposentadoria é essencialmente o mesmo que o último salário VB e RT iguais aos da atividade. Paridade Reajustes iguais entre ativos e aposentados. Benefício complementar Pago por entidade de previdência fechada (FUNPRESP) ou aberta. Regras próprias, sem relação com as da ativa.

13 Teto do RGPS Limite máximo da contribuição e dos proventos do RGPS. Em 2017 equivale a R$ 5.531,31. Contribuição de Inativos 11% sobre a parcela que excede o teto do RGPS. Paga por todos os inativos fo RPPS após a EC41. Por conta da EC47 é de 11% sobre o que excede o dobro do teto para doenças graves.

14 Aposentadoria pela média Regra geral da EC41 regulamentada pela Lei média aritmética simples das maiores remunerações, correspondentes a 80% do tempo. Para o cálculo, as parcelas são corrigidas mês a mês pelo INPC. Base de cálculo Rubricas sobres as quais se paga PSS. Não inclui por exemplo insalubridade, alimentação e pré-escola.

15 As Gerações de Aposentados

16 1ª Geração Aposentados antes da EC41 (até 19/12/2003)

17 - Aposentadoria integral e paritária. - pagam contribuição de inativos. -pensões correspondem à soma do teto do RGPS mais 70% do que o excede. - pensionista também paga contribuição de inativos.

18 2ª Geração ingressaram antes da EC41 (até 19/12/2003)

19 - aposentadoria integral e paritária se cumprirem todos os requisitos de aposentadoria por tempo de contribuição da EC 41: idade: 60 anos homens 55 anos mulheres contribuição: 35 anos homens 30 anos mulheres para todos 20 anos no serviço público 10 anos na carreira e 5 no cargo

20 Para professores do ensino básico existe a aposentadoria especial com 5 anos a menos na idade e na contribuição: Homem 30 anos de contribuição e 55 anos de idade Mulher 25 anos de contribuição e 50 anos de idade

21 Não existe mais a Aposentadoria voluntária Proporcional. Os que têm os requisitos de aposentadoria voluntária podem pedir abono permanência A aposentadoria compulsória para estes, se não cumprirem os requisitos, será pela regra nova, além de ser proporcional ao tempo de contribuição.

22 aposentadoria por invalidez integral - - EC70. Apenas para os que ingressaram antes da EC20 (15/12/1998) - regra de transição 85/95 - EC47: Pode se aposentar com menos idade, se tiver maior tempo de contribuição

23 3ª Geração ingressaram após a EC41 e antes da Funpresp (entre 01/01/2004 e 03/02/2013)

24 Não têm integralidade e paridade: A aposentadoria é calculada pela média das melhores contribuições (80% do tempo) e vira Provento linha única no contracheque, sem relação com ativos ou aposentados antigos (Lei /2004) Reajuste pelo mesmo percentual do RGPS (Lei /2008) tempo, idade e valor de contribuição (11% do bruto), iguais aos da 2ª geração

25 4ª Geração ingressaram após a Funpresp após 04/02/2013)

26 Para os que entrarem após a criação da Funpresp-Exe a aposentadoria pela média é limitada ao teto do RGPS (hoje R$ 5.531,31) Paga pelo RPPS Se quiserem receber mais que isso terão que contribuir para o Fundo de Pensão do seu Poder. Tempo e idade são os mesmos da 3ª geração, mas contribuem com apenas 11% até o teto do RGPS máximo de R$ 608,44 em 2017

27 As regras atuais das pensões Lei /2015

28 Mudanças na Lei 8.112/1990 *RJU) - Se o servidor falecido tiver menos de 18 meses de contribuição ou se o casamento (ou a união estável) tiver menos de 2 anos na data do falecimento: Os cônjuges terão direito apenas a 4 meses de pensão.

29 Mudanças na Lei 8.112/1990 *RJU) - Para os servidores com mais de 18 meses de contribuição ou mais de 2 anos de casamento, a pensão durará: a) 3 anos, pensionista de menos de 21 b) 6 anos, pensionista de 21 a 24 anos c) 10 anos, pensionista de 27 e 29 anos d) 15 anos, pensionista de30 a 40 anos e) 20 anos, pensionista de 41 e 43 anos f) vitalícia, pensionista com 44 ou mais.

30 Mudanças na Lei 8.112/1990 *RJU) A exceção, em relação à carência dos 18 meses de contribuição ou dos 2 anos de casamentos se dá se o óbito do servidor decorrer de acidente de qualquer natureza ou de doença profissional ou do trabalho, mas isso não muda o prazo da pensão para o(a) cônjuge ou companheiro(a), citados antes.

31 Mudanças na Lei 8.112/1990 *RJU) - Após 3 anos estes prazos de recebimento de pensão poderão ser alteradas se aumentada a expectativa de vida ao nascer do brasileiro. O tempo de 18 meses de contribuição, será a soma do tempo de contribuição ao RPPS e ao RGPS. O valor da pensão será a soma do teto do RPGPS mais 70% do que o exceder, considerando a a aposentadoria ou a última remuneração como base (para ativos)

32 As dramáticas mudanças que virão se a PEC287/2016 for aprovada O que vem por aí?

33 As novas regras para aposentadorias e pensões Art. 1º da PEC

34 Formas de aposentadoria I - por incapacidade permanente para o trabalho, no cargo em que estiver investido, quando insuscetível de readaptação II - compulsoriamente, aos 75 anos de idade III - voluntariamente, aos 65 anos de idade e 25 anos de contribuição, desde que tenha 10 anos de no serviço público e 5 anos no cargo

35 Idades mínimas variáveis -. Sempre que aumentar em 1 ano a expectativa de sobrevida da população brasileira aos 65 anos, para ambos os sexos, as idades para aposentadoria compulsória (75) e voluntária (65) serão majoradas, nos termos fixados para o RGPS. Isso entrará em vigor 5 anos após a promulgação da PEC.

36 Novidade - Readaptação O servidor poderá ser readaptado em outro cargo cujas atribuições e responsabilidades sejam compatíveis com a limitação que tenha sofrido em sua capacidade física ou mental, mediante perícia. Enquanto permanecer nesta condição, respeitados a habilitação e o nível e escolaridade exigidos mo novo cargo, manterá a remuneração do cargo de origem.

37 Novidade Graves mudanças na invalidez Hoje a CF permite a aposentadoria por invalidez permanente, com os proventos proporcionais ao tempo de contribuição, exceto se decorrente de acidente em serviço, moléstia profissional ou doença grave, contagiosa ou incurável. O servidor que tenha ingressado antes da EC41 (19/12/2003) que tenha se aposentado ou venha a se aposentar por invalidez permanente, tem direito a proventos integrais na forma da lei.

38 O valor dos proventos Os proventos de aposentadoria não poderão ser menores que o menor valor do RGPS e nem maiores que o teto do RGPS. Novo cálculo da média: - Para aposentadoria voluntária e por incapacidade: 51% da média das remunerações, na forma da lei, mais 1% por ano de contribuição até o limite de 100% da média 100% se for por acidente de trabalho

39 O valor dos proventos Para a aposentadoria compulsória, aos 75 anos: O percentual da média ainda será multiplicado por um redutor igual a redutor= TC/25 onde TC é o tempo de contribuição - o máximo do redutor é 1, mesmo se TC for maior que 25 anos

40 Proibição de acumulação de benefícios vedado o recebimento conjunto de: - mais e uma aposentadoria pública ressalvadas as decorrentes dos cargos acumuláveis; - mais de uma pensão por morte, pública ou privada, assegurado o direito de opção por um dos benefícios. - pensão por morte e aposentadoria, públicas ou privadas, assegurado o direito de opção por um dos benefícios.

41 O valor das pensões - poderá ser menor que o salário mínimo (é retirada a garantia do 2º do Art. 201 da CF1988) - será equivalente a 50% + 10% por por dependente, até o limite de 100%: - as cotas individuais cessarão com a perda da qualidade de dependente não sendo redistribuídas como hoje.

42 O valor das pensões - instituidor aposentado: cotas calculadas sobre a totalidade dos proventos, limitado ao teto do RGPS. - instituidor ativo: cotas calculadas sobre o valor dos proventos aos quais o servidor teria direito caso fosse aposentado por incapacidade permanente na data do óbito, limitado ao teto do RGPS.

43 O valor das pensões o tempo de duração da pensão e as condições de cessação das cotas individuais serão iguais aos do RGPS. - o reajuste dos benefícios será o mesmo do RGPS.

44 O que valerá para os atuais servidores

45 Direito adquirido Art. 5º da PEC Manutenção do direito de aposentadoria e pensão nas regras atuais se os critérios forem atingidos antes da PEC ser aprovada, a qualquer tempo.

46 Para homens com mais de 50 anos e mulheres com mais de 45 anos Art. 2º da PEC

47 Critérios de aposentadoria - Idade: 60 anos, se homem, e 55 anos, se mulher; - Tempo de contribuição: 35 anos, se homem, e 30 anos, se mulher; - 20 anos de serviço público; - 5 anos no cargo; Pedágio: tempo extra de contribuição - 50% do tempo que faltaria para atingir os 35 ou 30 de contribuição.

48 Critérios de aposentadoria - Os que ingressaram antes da EC20 (16/12/1998) terão redução da idade mínima em 1 dia para cada dia que exceder os 35 ou 30 anos de contribuição exigidos

49 Critérios de aposentadoria - professores (as) do ensino básico (e policiais) continuarão com a aposentadoria especial, com 5 anos a menos na idade e de no tempo de contribuição, sem a redução de idade para os que entraram antes da EC20 - o(a) professor(a) deve comprovar 30 anos (homem) e 25 anos (mulher) exclusivamente no magistério da educação infantil e no ensino fundamental e médio.

50 O valor dos proventos Para os da 2ª geração (ingressaram no serviço público até 31/12/2003): integral Para a 3ª geração (ingressaram no serviço público Após 01/01/2004): 100% da média aritmética simples de TODAS as remunerações usadas como base de cntribuição. (Não há referência a alguma lei nem aos 80% Fo tempo)

51 Reajuste dos proventos Para os da 2ª geração (ingressaram no serviço público até 31/12/2003): mantém a paridade com os ativos Para a 3ª geração (ingressaram no serviço público Após 01/01/2004): o mesmo do RGPS

52 Abono de Permanência - Conforme os critérios a serem estabelecidos pelo ente federativo, o servidor que tenha completado as exigências para aposentadoria voluntária, e opte por permanecer em atividade fará jus ao abono permanência, equivalente, no máximo, ao valor da sua contribuição, até os 75 anos.

53 Para homens com menos de 50 anos e mulheres com menos de 45 anos Art. 3º da PEC

54 Critérios de aposentadoria -Se aposentarão pela nova regra geral de 65 anos de idade e 25 anos de contribuição e com percentuais de 76 a 100% da média, calculada conforme a Lei. - Os que ingressaram antes de 04/02/2013 e que não tenham optado pela 4ª geração não terão o limite do teto do RGPS. - Os da 4ª geração terão a média limitada ao teto do RGPS.

55 Para todos os da 2ª e 3ª gerações (os que ingressaram antes de 04/02/2013) Art. 4º da PEC

56 O valor das pensões Para todos os da 2ª e 3ª gerações (os que ingressaram antes de 04/02/2013) as regras das pensões são as novas, com uma única diferença, o limite máximo para o cálculo das cotas será o teto do RGPS acrescido de 70% do que o exceder.

57 A Cartilha do PRPOFES artilha%20web%20atualizada.pdf Muito Obrigado!!!

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação

PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação PEC287/2016 Os impactos para os servidores Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Presidente do PROIFES-Federação Pequeno Glossário da Previdência As Formas de aposentadoria Voluntária por tempo de contribuição:

Leia mais

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL

A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL PALESTRA: A PEC 287/2016 E O REGIME PRÓPRIO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL MINISTRANTE: JANE BERWANGER SÃO PAULO 08/02/2017 1. Aposentadoria do Servidor no texto original da Constituição Federal de 1988 : Servidor

Leia mais

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO

APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO «DESCONTO PREVIDENCIÁRIO INFOMATIVO FÓRUM DAS SEÇÕES SINDICAIS DO ANDES SN DAS IEES PARANAENSES» APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO PRINCIPAIS ALTERAÇÕES INTRODUZIDAS PELAS EC. Ns. 41/2003 E 47/2005 - quebra

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016 Proposição: Proposta de Emenda à Constituição nº 287, de 2016 Ementa: Altera os arts. 37, 40, 109, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição,

Leia mais

O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário. Wagner Advogados Associados

O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário. Wagner Advogados Associados O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário Wagner Advogados Associados www.wagner.adv.br wagner@wagner.adv.br 1 REGRAS VIGENTES PARA APOSENTADORIA DOS SERVIDORES - Aposentadoria com

Leia mais

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO

BOCA PAULISTA ELETRÔNICO BOCA PAULISTA ELETRÔNICO São Paulo, 4 de janeiro de 2017 - nº 1 A PEC DA PREVIDÊNCIA - I De acordo com o RH Em Números, do Depes, de novembro/2016, o Banco Central do Brasil possuía 4.060 servidores ativos,

Leia mais

CARTILHA DA PREVIDÊNCIA

CARTILHA DA PREVIDÊNCIA CARTILHA DA PREVIDÊNCIA O servidor público federal do Poder Executivo e as alterações do seu regime previdenciário José Luis Wagner Luciana Inês Rambo Flavio Alexandre Acosta Ramos Agosto de 2013 1 1 A

Leia mais

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul

Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul Instituto

Leia mais

Rioprevidência com você. Novembro de 2015

Rioprevidência com você. Novembro de 2015 Rioprevidência com você Novembro de 2015 O principal objetivo desta apresentação é levar aos servidores do Estado do Rio de Janeiro a Educação Previdenciária, ampliando os conhecimentos dos seus direitos

Leia mais

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016

Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Nota Técnica: Proposta de Emenda à Constituição 287/2016 Da Tramitação: O Poder Executivo encaminhou, no dia 05/12/2016, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que altera os artigos 37, 40,

Leia mais

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores

A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores A FTICE e a CNTI através da 1ª Secretaria da Região Nordeste Ceará, Piauí e Maranhão, convidam os dirigentes sindicais, trabalhadoras e trabalhadores para o debate NÃO AO DESMONTE DA PREVIDÊNCIA. O evento

Leia mais

PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais?

PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais? PEC DA PREVIDÊNCIA: que propostas podem atingir os servidores públicos federais? Porto Alegre, dezembro de 2016 Letícia Kolton Rocha Grace Esteves Bortoluzzi 1 A proposta de Emenda à Constituição nº 287/2016

Leia mais

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REGIME PRÓPRIO DOS SERVIDORES PÚBLICOS APOSENTADORIA Os servidores serão aposentados e terão os seus proventos calculados e revistos, na forma prevista na Constituição Federal, observadas as normas gerais de previdência estabelecidas em lei

Leia mais

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição.

DOCUMENTAÇÃO 1. Requerimento do servidor. 2. Mapa do tempo de contribuição. DEFINIÇÃO É um incentivo pago ao servidor que já preencheu todos os requisitos para se Aposentar, mas opta por permanecer na ativa. Deferido o abono, o servidor continua recolhendo a contribuição previdenciária,

Leia mais

PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016

PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016 PEC nº 287/2016 PROPOSTA DE REFORMA DE PREVIDÊNCIA 4º ENCONTRO DE GESTORES DE RPPS DO ESTADO DO MATO GROSSO - CUIABÁ - 07 DE DEZEMBRO DE 2016 PARTE 1 REFORMA - LINHAS GERAIS Razões para a Reforma Evolução

Leia mais

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO

DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO CENTRO DE RECURSOS HUMANOS MARCOS CANDIDO ANALISTA ADMINISTRATIVO APOSENTADORIA BOAS VINDAS... MSG APOSENTADORIA Objetivo do treinamento Fortalecer o conhecimento das formas mais empregadas de aposentadoria

Leia mais

A Sua Senhoria, a Senhora, Professora Eblin Joseph Farage, Presidente do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior ANDES/SN

A Sua Senhoria, a Senhora, Professora Eblin Joseph Farage, Presidente do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior ANDES/SN 1 Brasília, 07 de dezembro de 2016. A Sua Senhoria, a Senhora, Professora Eblin Joseph Farage, Presidente do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior ANDES/SN BREVE ANÁLISE: TEXTO PRELIMINAR

Leia mais

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA CARTILHA SOBRE A REFORMA DA PREVIDÊNCIA O servidor público e as alterações do seu regime previdenciário Jose Luis Wagner Luciana Inês Rambo Flavio Alexandre Acosta Ramos Junho de 2011 1 1. Introdução Desde

Leia mais

Direito Previdenciário e Infortunístico

Direito Previdenciário e Infortunístico Direito Previdenciário e Infortunístico (o presente texto representa apenas anotações para exposição do autor sem validade para citação) 8º tema Previdência Social para os Servidores Públicos. Desde 1990,

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS 49 ANOS - Aposentadoria aos 65 anos de idade, para homens e mulheres, e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício:

Leia mais

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL. Londrina-Pr

(CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL. Londrina-Pr (CAPA) CARTILHA DA PREVIDÊNCIA DO SERVIDOR PÚBLICO MUNICIPAL Londrina-Pr 1 O melhor plano para sua vida Missão Oferecer segurança e bem estar aos segurados, buscando a excelência na prestação de serviços

Leia mais

Histórico Previdenciário período: 1998 à 2011.

Histórico Previdenciário período: 1998 à 2011. Rolando Rubens Malvásio Júnior. Coordenador Geral da FASUBRA Sindical. rolando@fasubra.org.br 0XX 61 9271.5042 Argumentos para o surgimento da EC 20? Inúmeros foram os argumentos apresentados pelo governo

Leia mais

AMPARO LEGAL PARA CONCESSÃO DE APOSENTADORIAS A PARTIR DA EC 47/2005 MODALIDADE REGRA REQUISITOS DISPOSITIVOS PROVENTOS

AMPARO LEGAL PARA CONCESSÃO DE APOSENTADORIAS A PARTIR DA EC 47/2005 MODALIDADE REGRA REQUISITOS DISPOSITIVOS PROVENTOS TABELA DE REGRAS E MODALIDADES DE APOSENTADORIA PARA BENEFÍCIOS CONCEDIDOS A PARTIR DA EC 47/2005 - Elaborada pelos servidores da 7ª Controladoria Técnica do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo

Leia mais

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO

INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO MUNICÍPIO DE RIO CLARO MUNICÍPIO DE RIO CLARO ESTADO DE SÃO PAULO INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DO O QUE É O IPRC? O Instituto de Previdência do Município de Rio Claro IPRC nasceu em 20 de setembro de 2007, através da Lei Complementar Municipal 023/2007. É uma Autarquia Municipal

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES

REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES REFORMA DA PREVIDÊNCIA CONQUISTA DOS PARLAMENTARES Esforço conjunto por uma nova Previdência Não é de hoje que a Previdência Social, um patrimônio do trabalhador brasileiro, precisa de ajustes. O Executivo

Leia mais

CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA

CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA CURSO NOVOS SERVIDORES LEI 8.112/90 BENEFÍCOS DA SEGURIDADDE APOSENTADORIA 1 2 OBJETIVO: Orientar e esclarecer de forma sucinta, a luz da legislação, um dos benefícios da seguridade social APOSENTADORIA.

Leia mais

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS

REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS REQUISITOS PARA APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA DOS SERVIDORES PÚBLICOS Fabiana Martins Maia Advogada Pós-graduanda em Direito Público Assessora Jurídica da Asscontas Em virtude das Emendas Constitucionais que

Leia mais

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema.

Esperamos com isto ampliar a compreensão de toda a comunidade de servidores da UFSCar em relação a este tema. Em decorrência do grande número de dúvidas dos servidores sobre a concessão de aposentadorias voluntárias, o Departamento de Aposentadorias, Pensões e Benefícios, da DiAPe/ProGPe, achou por bem relacionar

Leia mais

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social.

Além da previdência, a proposta também altera regras da Assistência Social, reduzindo a abrangência e a capacidade de proteção social. NATAL LEO PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS APOSENTADOS, PESIONISTAS E IDOSOS UGT SINDIAPI UGT SECRETARIO ADJUNTO DA UGT NACIONAL PARA APOSENTADOS E IDOSOS SECRETARIO DE PREVIDÊNCIA E DA SEGURIDADE

Leia mais

BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS

BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS BENEFÍCIOS PREVIDENCIÁRIOS Aposentadoria Redação original, EC nº 20/98, EC nº 41/03 e EC nº 47/05 Artigo 40 da CF Redação Original Regra aplicável ao servidor que tenha implementado

Leia mais

Quadro comparativo comentado da PEC 287/2016, sobre a reforma da previdência, com a legislação atual

Quadro comparativo comentado da PEC 287/2016, sobre a reforma da previdência, com a legislação atual Quadro comparativo comentado da 287/6, sobre a reforma da previdência, com a legislação atual Art. CF Tema Subtema Reforma da Previdência ( 287/6) Legislação atual Observações 37 Readaptação servidores

Leia mais

SEPREV SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL DOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE INDAIATUBA CARTILHA DA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL

SEPREV SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL DOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE INDAIATUBA CARTILHA DA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL SEPREV SERVIÇO DE PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA SOCIAL DOS FUNCIONÁRIOS MUNICIPAIS DE INDAIATUBA CARTILHA DA PREVIDÊNCIA MUNICIPAL 2015 APRESENTAÇÃO Os regimes de previdência foram criados para proteger e

Leia mais

Reforma da Previdência e o Magistério Superior Federal (PEC 287)

Reforma da Previdência e o Magistério Superior Federal (PEC 287) Associação dos Docentes da Universidade de Brasília - ADUnB Reforma da Previdência e o Magistério Superior Federal (PEC 287) LEANDRO MADUREIRA SILVA SUBCOORDENADOR DE DIREITO PREVIDENCIÁRIO ESCRITÓRIO

Leia mais

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA

SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA SENADO FEDERAL COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA PARECER Nº, DE 2003 Redação, para o segundo turno, da Proposta de Emenda à Constituição nº 67, de 2003 (nº 40, de 2003, na Câmara dos Deputados).

Leia mais

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016

Reforma da Previdência. Dezembro de 2016 Reforma da Previdência Dezembro de 2016 1 Razões para a Reforma Evolução populacional Hoje o Brasil é mais jovem que EUA e Europa; Mas projeções indicam que o país ficará mais envelhecido que os EUA e

Leia mais

IPREMFEL INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE FELIXLÂNDIA/MG

IPREMFEL INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE FELIXLÂNDIA/MG IPREMFEL INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA MUNICIPAL DE FELIXLÂNDIA/MG MANUAL PREVIDENCIÁRIO DO SERVIDOR PÚBLICO DO MUNICÍPIO DE FELIXLÂNDIA JANEIRO/2011 APRESENTAÇÃO No contexto atual, cada vez mais é necessário

Leia mais

O impacto da PEC n. 287/2016 sobre os servidores públicos: é tempo de iniciar os debates sobre a reforma previdenciária propalada pelo governo

O impacto da PEC n. 287/2016 sobre os servidores públicos: é tempo de iniciar os debates sobre a reforma previdenciária propalada pelo governo O impacto da PEC n. 287/2016 sobre os servidores públicos: é tempo de iniciar os debates sobre a reforma previdenciária propalada pelo governo Deborah de Andrade Cunha e Toni Bacharel em Direito pelo Centro

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIAS

REGRAS DE APOSENTADORIAS REGRAS DE APOSENTADORIAS Cartilha elaborada para reunião com professores da E.M. Barão do Rio Branco - Vianópolis - 02/Agosto/2014 O IPREMB O IPREMB é uma autarquia que operacionaliza e administra o Regime

Leia mais

Minimização da Previdência Pública

Minimização da Previdência Pública A PEC 287: Minimização da Previdência Pública Seminário Reforma da Previdência: Desafios e Ação Sindical São Paulo 7 e 8 de fevereiro de 2017 Roteiro da apresentação Características gerais da PEC 287 Mudanças

Leia mais

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo

Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo Grupo de Gestão de Pessoas Coordenadoria de Recursos Humanos Secretaria de Saúde Governo do Estado de São Paulo APOSENTADORIA Aposentar-se é uma mudança radical na vida do trabalhador e é essencial se

Leia mais

RESUMO DAS REGRAS PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO - PSS/UFRN

RESUMO DAS REGRAS PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO - PSS/UFRN UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE UFRN PRÓREITORIA DE RECURSOS HUMANOS PRH DEPARTAMENTO DE ADMINISTRAÇÃO DE PESSOAL DAP RESUMO DAS S PARA APOSENTADORIA NO REGIME PRÓPRIO PSS/UFRN DE DIREITO ADQUIRIDO

Leia mais

REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS REGRAS DE CONCESSÃO Orientação Normativa SPS 03/04

REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS REGRAS DE CONCESSÃO Orientação Normativa SPS 03/04 MPS SPS Ministério da Previdência Social Secretaria de Previdência Social REGIMES PRÓPRIOS DE PREVIDÊNCIA NA UNIÃO, ESTADOS E MUNICÍPIOS REGRAS DE CONCESSÃO Orientação Normativa SPS 03/04 São Gonçalo /RJ

Leia mais

Câmara dos Deputados Liderança da Minoria. Constituição Federal PEC nº 287/2016 Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações:

Câmara dos Deputados Liderança da Minoria. Constituição Federal PEC nº 287/2016 Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações: Proposta de Emenda à Constituição (PEC) nº 287, de 2016 (Reforma da Previdência) Altera os arts. 37, 40, 42, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição, para dispor sobre a seguridade social, estabelece

Leia mais

MUD U A D NÇA DE D E REGIME

MUD U A D NÇA DE D E REGIME MUDANÇA DE REGIME PRAZO Após a aprovação no CONSU, haverá um prazo fixado (provavelmente 180 dias) para os interessados fazerem a opção pela mudança de regime. CONTRATO Não haverá rescisão contratual,

Leia mais

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal

Universidade Federal do Recôncavo da Bahia Pró - Reitoria de Gestão de Pessoal Coordenadoria de Administração de Pessoal Aposentadoria Passagem do servidor da atividade para a inatividade, com proventos integrais ou proporcionais ao tempo de contribuição, observadas as regras específicas para cada situação. Pode ser concedida

Leia mais

Números da Previdência Social

Números da Previdência Social Números da Previdência Social Segundo o Boletim Estatístico da Previdência Social, a aposentadoria média dos segurados vinculados ao RGPS é em torno de R$ 1.197,44. Mais de 70% dos segurados ganham um

Leia mais

P R E V I D Ê N C I A PA R A O S SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE

P R E V I D Ê N C I A PA R A O S SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE P R E V I D Ê N C I A PA R A O S SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS DE Balneário Camboriú INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Apresentação Os sistemas

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo)

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE (Do Poder Executivo) PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 40, DE 2003 (Do Poder Executivo) Modifica os artigos 37, 40, 42, 48, 96, 142 e 149 da Constituição Federal, o artigo 8º da Emenda Constitucional nº 20, de 15 de dezembro

Leia mais

Regras APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO INTEGRAL DE CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL - SP

Regras APOSENTADORIA VOLUNTÁRIA POR TEMPO INTEGRAL DE CONTRIBUIÇÃO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL - SP Regras APOETADORIA VOLUTÁRIA POR TEMPO ITEGRAL DE COTRIBUIÇÃO ERVIDOR PÚBLICO ETADUAL - P REGRA PREVIÃO ORMATIVA IGREO ER. PÚBL IDADE TEMPO DE COTRIBUIÇÃO TEMPO DE ERVIÇO PÚBLICO TEMPO O CARGO EFETIVO

Leia mais

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA

SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA SUBSTITUTIVO DA PEC 287/2016 REFORMA DA PREVIDÊNCIA APOSENTADORIA NO RGPS - Aposentadoria aos 65 anos de idade e 25 anos de tempo de contribuição; - Valor do benefício: - 51% da média +1% por ano de tempo

Leia mais

Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos.

Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos. Reforma da Previdência PEC 287/2016 Análise preliminar dos principais pontos. Milton Canuto de Almeida Vice Presidente da CNTE 08 de dezembro de 2016 A proposta de Reforma Previdenciária já conhecida no

Leia mais

REGRAS PARA APOSENTADORIA. IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias

REGRAS PARA APOSENTADORIA. IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias REGRAS PARA APOSENTADORIA IPMDC Instituto de Previdência dos Servidores Públicos do Município de Duque de Caxias Regras de aposentadoria com funções de magistério HOMEM: 55 ANOS DE IDADE 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO

Leia mais

Pensão por Morte. Prof. Danilo Ripoli

Pensão por Morte. Prof. Danilo Ripoli Pensão por Morte Prof. Danilo Ripoli Definição: A pensão por morte é o benefício da previdência social devido aos dependentes do segurado em função da morte deste. Será devido ao conjunto de dependentes

Leia mais

REFORMA DA PREVIDÊNCIA PERGUNTAS E RESPOSTAS PREVIDÊNCIA SOCIAL

REFORMA DA PREVIDÊNCIA PERGUNTAS E RESPOSTAS PREVIDÊNCIA SOCIAL REFORMA DA PREVIDÊNCIA PERGUNTAS E RESPOSTAS A Previdência Social precisa adaptar-se à nova realidade demográfica brasileira a fim de que a atual geração em idade ativa e as próximas que a sucederão tenham

Leia mais

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero

As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL. Vilson Antonio Romero As mudanças na PREVIDÊNCIA SOCIAL Vilson Antonio Romero PROPOSTAS DE MUDANÇAS PREVIDÊNCIA SOCIAL - PEC 287/2016 - CARTILHA OFICIAL De onde vêm os recursos da Previdência Social? (1) As fontes de recursos

Leia mais

Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família. 1-As regras da PEC 287/2016 para os servidores públicos

Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família. 1-As regras da PEC 287/2016 para os servidores públicos Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família José Prata Araújo Apresento aos filiados do Serjusmig um estudo completo da PEC 287/2016 sobre este tema complexo que é a previdência social.

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria.

Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria. Tudo o que você precisa saber sobre a previdência e a aposentadoria. Cuidar da sua previdência é fazer o seu futuro mais seguro. Esta cartilha reúne as principais informações sobre a previdência e a aposentadoria

Leia mais

Autora: Regina Mainente

Autora: Regina Mainente Autora: Regina Mainente Abril de 2015 Índice 1. Missão...3 2. Apresentação...4 3. Aspectos Gerais...5 3.1. O que é a Cartilha Previdenciária?...5 3.2 Qual a finalidade da Cartilha Previdenciária?...5 3.3.

Leia mais

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio

O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio O Regime Geral de Previdência Social - RGPS e a PEC 287 de 2016 CURITIBA-PR, 14 DEZ 2016 Expositor: Luciano Fazio 1 SUMÁRIO 1. O que é Previdência Social 2. Déficit do Regime Geral de Previdência Social

Leia mais

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016

Desafios da Previdência. FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Desafios da Previdência FGV Rio de Janeiro, Março 2016 Evolução da Razão de Dependência de Idosos 2000-2060 IBGE 45 40 35 30 25 20 15 10 5 8 Despesa RGPS como % do PIB 1995-2015 7.5 7.4 7 6.5 6.4 6.7 6.9

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos

Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos Página 1 de 8 Brastra (4376 bytes) Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 41, DE 19 DE DEZEMBRO DE 2003 As MESAS da CÂMARA DOS DEPUTADOS e do SENADO

Leia mais

REGRAS BÁSICAS - PLANO DE BENEFÍCIOS FAF CNPB Nº

REGRAS BÁSICAS - PLANO DE BENEFÍCIOS FAF CNPB Nº 1 - BENEFÍCIOS OFERECIDOS O Plano de Benefícios FAF oferece os seguintes benefícios aos seus participantes, ou aos dependentes de participantes falecidos: I - quanto aos participantes: - suplementação

Leia mais

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017

PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PEC 287 A (SUBSTITUTIVO): A MINIMIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA PÚBLICA SINPAF, DOURADOS/MS 10 DE MAIO DE 2017 PRINCIPAIS ALTERAÇÕES Mantém o salário mínimo como piso dos benefícios previdenciários e assistenciais

Leia mais

DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS. PROF. ADRIANA MENEZES

DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS. PROF. ADRIANA MENEZES DIREITO PREVIDENCIÁRIO CONCURSO INSS PROF. ADRIANA MENEZES www.adrianamenezes.com DÚVIDAS QUANTO À LEGISLAÇÃO A SER COBRADA NA PROVA E A PROVA EM SI. Será cobrada a legislação previdenciária em vigor até

Leia mais

REGRAS DE APOSENTADORIA

REGRAS DE APOSENTADORIA REGRAS DE APOSENTADORIA Apresentação: O Instituto de Seguridade dos Servidores Municipais de Jaraguá do Sul Issem, iniciou no ano de 2007, com a adoção do Sistema Integrado de Informações Previdenciárias

Leia mais

Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8.

Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8. Segue quadro comparativo sobre as alterações trazidas pela MP nº 664/2014, no tocante à pensão deixada pelo servidor público federal Lei 8.112/90: Lei nº 8.112/90 redação anterior à Medida Provisória nº

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016

LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016 LEI MUNICIPAL Nº 2.242/2016 DE 15 DE JUNHO DE 2016 Altera a Lei Municipal n. 1.554, de 04 de julho de 2005 que Reestrutura o Regime Próprio de Previdência Social do Município de Barra do Bugres/MT e, dá

Leia mais

O ANALISTA-TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL NA REFORMA PREVIDENCIÁRIA

O ANALISTA-TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL NA REFORMA PREVIDENCIÁRIA O ANALISTA-TRIBUTÁRIO DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL NA REFORMA PREVIDENCIÁRIA PEC 287/2016 TRIÊNIO 2017-2019 JANEIRO/2017 1 APRESENTAÇÃO Diretoria Executiva Nacional O presente estudo visa esclarecer, de

Leia mais

SALÁRIO DE BENEFÍCIO: ARTS. 31 A 34 DO DECRETO 3048/99 Prof. Andreson Castelucio 1. ITER PARA O CÁLCULO DO BENEFÍCIO PREVIDENCIÁRIO 2. CONCEITO DE SALÁRIO DE CONTRIBUIÇÃO 3. CONCEITO DE SALÁRIO DE BENEFÍCIO

Leia mais

COMO APOSENTAR-SE NA PREVISCAM

COMO APOSENTAR-SE NA PREVISCAM . Município de Campo Mourão Cidade Escola PREVIDÊNCIA MUNICIPAL PREVISCAM Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Campo Mourão PR Autarquia Municipal - Criada pela Lei 718/90 - Alterada:

Leia mais

Regras de Aposentadoria no. Serviço Público.

Regras de Aposentadoria no. Serviço Público. Rolando Rubens Malvásio Júnior. Coordenador Geral da FASUBRA Sindical. rolando@fasubra.org.br 0XX 61 9271.5042 Breve histórico para entendimento: A EC nº 41/03 introduziu quatro regimes normativos de aposentação,

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Altera os arts. 37, 40, 42, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição, para dispor sobre a seguridade social, estabelece regras de transição e dá outras providências. Art.

Leia mais

1 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA - SUBSTITUTIVO PEC 287/ NOVA ESTRUTURA SRPPS 3 - INDICADOR DE SITUAÇÃO PREVIDENCIÁRIA

1 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA - SUBSTITUTIVO PEC 287/ NOVA ESTRUTURA SRPPS 3 - INDICADOR DE SITUAÇÃO PREVIDENCIÁRIA MF - Ministério da Fazenda SPREV - Secretaria de Previdência SRPPS - Subsecretaria dos Regimes Próprios de Previdência Social 1 - REFORMA DA PREVIDÊNCIA - SUBSTITUTIVO PEC 287/2016 2 - NOVA ESTRUTURA SRPPS

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO. Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações:

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO. Art. 1º A Constituição passa a vigorar com as seguintes alterações: PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Altera os arts. 37, 40, 42, 149, 167, 195, 201 e 203 da Constituição, para dispor sobre a seguridade social, estabelece regras de transição e dá outras providências. Art.

Leia mais

Estamos vivendo a AGEING SOCIETY

Estamos vivendo a AGEING SOCIETY Estamos vivendo a AGEING SOCIETY HC monitora crianças em busca de longevidade - O Estado de São Paulo, 16/09/07. Expectativa de vida de 150 anos (Instituto Barshop - Universidade do Texas EUA) Isto É,

Leia mais

Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família. 1-As regras da PEC 287/2016 para os servidores públicos

Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família. 1-As regras da PEC 287/2016 para os servidores públicos Como a reforma da previdência vai afetar a você e a sua família José Prata Araújo Apresento aos filiados do Serjusmig um estudo completo da PEC 287/2016 sobre este tema complexo que é a previdência social.

Leia mais

IV ENCONTRO DE PREVIDÊNCIA PÚBLICA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE ALVORADA FORMAÇÃO PARA CANDIDATOS A CONSELHEIROS & SEMINÁRIO DE PREVIDÊNCIA DA REGIÃO

IV ENCONTRO DE PREVIDÊNCIA PÚBLICA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE ALVORADA FORMAÇÃO PARA CANDIDATOS A CONSELHEIROS & SEMINÁRIO DE PREVIDÊNCIA DA REGIÃO IV ENCONTRO DE PREVIDÊNCIA PÚBLICA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE ALVORADA FORMAÇÃO PARA CANDIDATOS A CONSELHEIROS & SEMINÁRIO DE PREVIDÊNCIA DA REGIÃO METROPOLITANA 2009 LEGISLAÇÃO E BENEFÍCIOS LEGISLAÇÃO

Leia mais

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA

CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 ABONO DE PERMANÊNCIA 1 CIRCULAR GEPE Nº 004/2004 De: Para: Gerência de Administração de Pagamento de Pessoal Gerências da GEPE, Gerências Regionais de Recursos Humanos e unidades de pessoal das demais Secretarias ABONO DE

Leia mais

APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES

APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES APOSENTADORIA E SUAS MODALIDADES PRÓ-REITORIA DE ADMINISTRAÇÃO COORDENADORIA DE RECURSOS HUMANOS GRUPO TÉCNICO DE ADMINISTRAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS Constituição da República Federativa do Brasil Alterada

Leia mais

Reforma da Previdência

Reforma da Previdência Reforma da Previdência Pela proposta de emenda constitucional, a idade mínima para se aposentar será de 65 anos, com pelo menos 25 anos de contribuição à Previdência. Mas, na prática, para receber 100%

Leia mais

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil.

Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Bom dia, hoje farei breves considerações sobre a aposentadoria por idade urbana. Espero que seja útil. Diz o art. 48, da Lei 8.213/91: Art. 48. A aposentadoria por idade será devida ao segurado que, cumprida

Leia mais

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA 2015 ALEXANDRE CORRÊA

ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA 2015 ALEXANDRE CORRÊA ATUALIZAÇÃO TRABALHISTA 2015 ALEXANDRE CORRÊA NOVAS REGRAS PARA : CONCESSÃO DA PENSÃO POR MORTE AUXÍLIO DOENÇA ATESTADOS MÉDICOS SEGURO DESEMPREGO ABONO SALARIAL SEGURO DESEMPREGO WEB RAIS 2014 No dia

Leia mais

Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado.

Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado. INFORME JURÍDICO 06/01/2015 411 Prezados (as) Auxílio Doença: Empregador será responsável pela remuneração dos primeiros 30 dias de afastamento do empregado. Divulgamos a Medida Provisória 664/2014 que

Leia mais

Retrocesso para a classe trabalhadora

Retrocesso para a classe trabalhadora Reforma da Previdência de Temer Retrocesso para a classe trabalhadora O Mandato da deputada Marília Campos (PT/MG) vem alertando que a proposta de reforma da previdência social em discussão é um dos maiores

Leia mais

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse: ABONO DE PERMANÊNCIA

Asscontas Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais / Artigos Acesse:  ABONO DE PERMANÊNCIA ABONO DE PERMANÊNCIA O Abono de Permanência, instituto criado pela Emenda Constitucional 41, de 19 de dezembro de 2003 (EC 41/03), consiste em uma restituição, feita pelo Estado ao servidor, do valor que

Leia mais

Direito Previdenciário

Direito Previdenciário Direito Previdenciário Prof. Hugo Goes www.hugogoes.com.br SEGURADO EMPREGADO DOMÉSTICO Aquele que presta serviços de forma contínua, subordinada, onerosa e pessoal e de finalidade não lucrativa à pessoa

Leia mais

Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015

Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015 American Chamber of Commerce for Brazil AMCHAM BRASIL/Brasília Comitê de Legislação: impactos legislativos e jurídicos Direito Previdenciário: a Medida Provisória nº 676/2015 LEANDRO MADUREIRA SILVA SUBCOORDENADOR

Leia mais

Cartilha Previdenciária

Cartilha Previdenciária Cartilha Previdenciária O IPREMB O IPREMB é uma autarquia que operacionaliza e administra o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) do Município de Betim, que tem caráter contributivo e solidário,

Leia mais

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12

2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 1 Sumário 1. Aposentadoria do Professor Concursado...04 2. Regras do INSS...11 Concessão de Aposentadoria...12 3. Requisitos da Concessão de Aposentadoria...24 Aposentadoria com Integralidade e Paridade...23

Leia mais

ABONO DE PERMANÊNCIA. O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003:

ABONO DE PERMANÊNCIA. O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003: Autoria: Sidnei Di Bacco Advogado ABONO DE PERMANÊNCIA O abono de permanência foi instituído pela EC 41/2003: Art. 1º. A Constituição Federal passa a vigorar com as seguintes alterações: (...) Art. 40.

Leia mais

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 287-A, DE 2016 COMPLEMENTAÇÃO DE VOTO

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO Nº 287-A, DE 2016 COMPLEMENTAÇÃO DE VOTO 1 COMISSÃO ESPECIAL DESTINADA A PROFERIR PARECER À PROPOSTA DE EMENDA CONSTITUCIONAL Nº 287-A, DE 2016, QUE ALTERA OS ARTS. 37, 40, 42, 149, 167, 195, 201 E 203 DA CONSTITUIÇÃO PARA DISPOR SOBRE A SEGURIDADE

Leia mais

1.2 Quem pode votar? É obrigatório? Podem votar os Participantes da FUNCEF, inclusive aposentados e pensionistas. O voto não é obrigatório.

1.2 Quem pode votar? É obrigatório? Podem votar os Participantes da FUNCEF, inclusive aposentados e pensionistas. O voto não é obrigatório. 1 O PLEBISCITO 1.1 Para que serve este Plebiscito? Consultar a opinião dos Participantes sobre as alternativas de solução para os planos de benefícios da FUNCEF, com saldamento do REG/REPLAN e implementação

Leia mais

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA

CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA CARTILHA INFORMATIVA DE APOSENTADORIA Esta cartilha tem a finalidade de esclarecer as formas e os requisitos da aposentadoria para os servidores do Ministério da Saúde. Agosto/2016 CARO LEITOR, Esta cartilha

Leia mais

CARTILHA DO PLANO CELPREV

CARTILHA DO PLANO CELPREV CARTILHA DO PLANO CELPREV O QUE É O CELPREV? O CELPREV é um plano de contribuição definida, também conhecido como plano CD, que nada mais é do que uma poupança individual na qual serão investidos dois

Leia mais

Ciências atuariais aplicadas à previdência

Ciências atuariais aplicadas à previdência Ciências atuariais aplicadas à previdência Máris Caroline Gosmann Prof. Coordenadora do Curso de Ciências Atuariais da UFRGS Atuária, Economista e Nutricionista Mestre em Atuária PESQUISAS CEGOV: Centro

Leia mais

Direito Previdenciário

Direito Previdenciário Carlos Mendonça Direito Previdenciário Direito Previdenciário Carlos Mendonça CÁLCULO DOS BEnEFÍCIOS Salário de Benefício Lei 8.213/91, Art. 28. O valor do benefício de prestação continuada, inclusive

Leia mais

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24.

SB = média dos últimos 36 salários-de-contribuição, considerados em um período não superior a 48 meses, cujo divisor não pode ser inferior a 24. APOSENTADORIA POR TEMPO DE SERVIÇO (REGRAS VIGENTES ANTES DA EC 20/98) * Requisitos: Qualidade de Segurado e Carência 30 anos de tempo de serviço, se homem, e 25, se mulher * Cálculo do benefício: 70%

Leia mais

Senhor Deputado, São Paulo, 06 de fevereiro de 2017

Senhor Deputado, São Paulo, 06 de fevereiro de 2017 1 Senhor Deputado, São Paulo, 06 de fevereiro de 2017 As entidades representando mais de 700.000 servidores públicos em todo o Brasil ativos, aposentados e pensionistas, reivindicam a Vossa Excelência

Leia mais

A Previdência dos Servidores. Previdência Complementar. Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Vice-Presidente do PROIFES

A Previdência dos Servidores. Previdência Complementar. Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Vice-Presidente do PROIFES A Previdência dos Servidores após 2004 Previdência Complementar Prof. Eduardo Rolim de Oliveira Vice-Presidente do PROIFES Recife, PE 15 e 16/09/2011 Formas de aposentadoria Invalidez Com proventos proporcionais

Leia mais

Ou talvez: Encontrar os culpados e puni-los com redução de direitos

Ou talvez: Encontrar os culpados e puni-los com redução de direitos Denise Lobato Gentil Instituto de Economia/UFRJ Ou talvez: Encontrar os culpados e puni-los com redução de direitos SEGURIDADE SOCIAL ALGUNS NÚMEROS A cobertura atual supera 110 milhões de pessoas, se

Leia mais