Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e"

Transcrição

1 Manual de Uniformes

2 Profissionalismo, organização, asseio, segurança, confiança. Muitas são as mensagens que uma equipe uniformizada passa para clientes e fornecedores e que justificam o investimento no uniforme, que pode ser aliado de um trabalho de fortalecimento de marca e se tornar diferencial no atendimento. Mais do que isso, a opção pelo uso do uniforme evita problemas causados pela atual perda de referência no que se refere ao modo de se vestir no ambiente corporativo. 02

3 UNIFORME MASCULINO Uniforme Social Quem deverá usar: É OBRIGATÓRIO a utilização dos uniformes por quem possui vínculo empregatício com a Cresol, tais como caixas, analistas, assessores, coordenadores e diretores. É dispensado do uso do uniforme social quando o colaborador ou diretor exerce, ou for exercer atividade de campo. Neste caso o mesmo deve utilizar o uniforme externo, conforme modelos nas páginas 04 e 11 deste manual. Periodicidade de uso: De segunda a sexta-feira, sem exceções Composição do Uniforme Social Masculino Calça Social Camisa Social (preferencialmente manga longa) Cinto, Sapato e Meia social (todos da mesma cor) Blazer ou Cabam (se necessário) 02 03

4 UNIFORME MASCULINO Uniforme Externo ou Casual Quem deverá usar: Todo o colaborador/diretor que exercer função externa a cooperativa, como em visitas técnicas, dias de campo, visita a propriedade do cooperado ou atividadesem que o mesmo passe a maior parte do tempo em ambiente rural. Periodicidade de uso: Sempre que necessário Boné e Chapéus Se necessário pode ser utilizado boné e chapéu para as visitas de campo ou em ambiente externo, mas estes não podem ser usados com traje social ou dentro do ambiente da cooperativa em nenhum circunstância. Calçado Para este tipo de uniforme recomenda-se o uso de sapatênis, coturnos ou botas. Composição do uniforme de uso externo Calça Jeans (ou de tecido similar preferencialmente escura) Camisa Polo (seguir modelos da página 11) Sapatênis, coturnos ou botas 04

5 UNIFORME MASCULINO Imagem Pessoal Cuidados com Cabelo e Barba Mantenha seu cabelo sempre bem cortado e devidamente arrumado. Se utilizar barba média ou longa, mantenha sempre bem aparada e arrumada Se não usa barba, corte-a diariamente Sapatos e Cintos Mantenha seus sapatos sempre limpos e polidos Prefira tons mais neutros como preto ou marrom Cintos sociais com fivelas discretas Cuitados com o Uniforme Seu uniforme deve estar sempre limpo e bem passado Utilize a camisa sempre por dentro da calça Mantenha todos os botões da camisa fechados (exceto o botão do colarinho, que este só é utilizado quando fazemos o uso de gravata) Mantenha o frizo da calça sempre reto e bem passado 05

6 UNIFORME MASCULINO Regras para Confecção do Uniforme Masculino Modelo: Fica livre para as Cooperativas escolherem o modelo do uniforme, bem como sua cor e tecido, desde que este seja SOCIAL. Todos os colaboradores que exercerem função interna na Cooperativa, devem utilizar uniforme SOCIAL sem exceções. Detalhes técnicos: Bordado com a logo Cresol Simplificada L x A Tamanho 4,5 x 1,4cm A cor do bordado segue a cor do contraste da gola e mangas Se o uniforme não tiver gola e mangas contratantes, aplicar o bordado com uma cor que sobressaia sobre a cor do tecido. Se a cor do tecido do uniforme for clara ou branca aplicar o bordado em verde escuro. 06

7 UNIFORME FEMININO Uniforme Social Quem deverá usar: É OBRIGATÓRIO a utilização dos uniformes por quem possui vínculo empregatício com a Cresol, tais como caixas, analistas, acessores, coordenadores e diretores. É dispensado do uso do uniforme social quando a colaboradora ou diretora exerce, ou for exercer atividade de campo. Neste caso a mesma deve utilizar o uniforme externo conforme modelos nas páginas 08 e 12 deste manual. Periodicidade de uso: De segunda a sexta-feira, sem exceções Composição do Uniforme Social Feminino Calça Social, Capri, Bermuda ou Saia Camisete Social (manga: curta - longa - manga3/4 ou sem manga) Blazer ou jaqueta (se necessário) Calçados (qualquer modelo desde que social) Evite o uso de calçados muito informais como rasteirinhas, chinelos ou tênis. 07

8 UNIFORME FEMININO Uniforme Externo ou Casual Quem deverá usar: Toda colaboradora/diretora que exercer função externa a cooperativa, como em visitas técnicas, dias de campo, visita a propriedade do cooperado ou atividades em que a mesma passe a maior parte do tempo em ambiente rural. Periodicidade de uso: Sempre que necessário Boné e Chapéus Se necessário pode ser utilizado boné e chapéu para as visitas de campo ou em ambiente externo, mas estes não podem ser usados com traje social ou dentro do ambiente da cooperativa em nenhuma circunstância. Calçado Com este uniforme aconselha-se o uso de sapatos, coturnos, botas ou sapatênis. Composição do uniforme de uso externo Calça Jeans (ou de tecido similar preferencialmente escura) Camisa Polo (seguir modelos da página 12) Sapato, coturnos, botas ou tênis 08

9 UNIFORME FEMININO Imagem Pessoal Cuitados pessoais Mantenha seu cabelo sempre bem cortado e devidamente arrumado Pode ser utilizado preso ou solto A maquiagem deverá ser sóbria. Evite cores fortes de sombra e batom. As unhas deverão estar sempre feitas. Evite trabalhar com unhas com esmalte descascando. Acessórios Com relação à utilização de brincos, colares, anéis e pulseiras, prefira os mais discretos possíveis e, quanto ao tamanho, os menores. Cuitados com o Uniforme Seu uniforme deve estar sempre limpo e bem passado Utilize calçados que combinem com seu uniforme e estilo 09

10 UNIFORME FEMININO Regras para Confecção do Uniforme Feminino Modelo: Fica livre para as Cooperativas escolherem o modelo do uniforme, bem como sua cor e tecido, desde que este seja SOCIAL. Todos os colaboradores que exercerem função interna na Cooperativa, devem utilizar uniforme SOCIAL sem exceções. O Uniforme Feminino, pode ter peças adicionais, como saias, shortes e capri, podendo a cooperativa definir por um modelo ou fornecer, como peça adicional além da calça, desde que todos tenham corte e modelo Social. Detalhes técnicos: Bordado com a logo Cresol Simplificada L x A Tamanho 3,5 x 1,1cm A cor do bordado segue a cor do contraste da gola e mangas Se o uniforme não tiver gola e mangas contratantes, aplicar o bordado com uma cor se sobressaia sobre a cor do tecido. Se a cor do tecido do uniforme for clara ou branca aplicar o bordado em verde. 10

11 UNIFORME MASCULINO Camisa Polo Detalhes Camisa Polo com botões Detalhe na gola com cor contrastante Bordado Cresol do lado esquerdo na mesma cor do detalhe Abertura lateral com detalhe na mesma cor da gola Detalhes técnicos: Bordado com a logo Cresol Simplificada L x A Tamanho 4,5 x 1,4cm O detalhe da gola de ser feito em tecido de cor contrastante liso ou com detalhes A abertura lateral deve ter no máximo 4cm seu interior deve ser revestido com o mesmo tecido usado para fazer o detalhe da gola 11

12 UNIFORME FEMININO Camisa Polo Detalhes Camisa Polo com botões Modelo normal ou Baby Look Detalhe na gola com cor contrastante Bordado Cresol do lado esquerdo na mesma cor do detalhe Abertura lateral com detalhe na mesma cor da gola Detalhes técnicos: Bordado com a logo Cresol Simplificada L x A Tamanho 3,5 x 1,4cm O detalhe da gola de ser feito em tecido de cor contrastante liso ou com detalhes A abertura lateral deve ter no máximo 4cm seu interior deve ser revestido com o mesmo tecido usado para fazer o detalhe da gola 12

13 Dúvidas entre em contato com o Setor de Comunicação e Marketing da Central Cresol Baser Fone:

POLÍTICA DE F E M I N I N O

POLÍTICA DE F E M I N I N O POLÍTICA DE UTILIZAÇÃO DO UNIFORME F E M I N I N O PROPOSTA O Grupo Villela já conta com mais de 160 profissionais em seu quadro funcional, por isso estamos trabalhando pela padronização e pela profissionalização

Leia mais

DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME.

DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME. DICAS DE UTILIZAÇÃO PARA SEU UNIFORME. A PROPOSTA Usar uniforme pro ssional às vezes não é uma prática vista com bons olhos pelos funcionários de uma empresa. As pessoas nem sempre gostam de se sentir

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE 1 2 ANEXO I REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE PADRÃO DE ATENDIMENTO VAPT VUPT DO PROCON-GOIÁS FINALIDADE Art. 1º A Unidade Padrão de Atendimento Vapt Vupt do PROCON - Goiás tem por finalidade: I. Responsabilizar-se

Leia mais

COLÉGIO LUIZA DE MARILLAC

COLÉGIO LUIZA DE MARILLAC COMUNICADO Nº 27/14-A: AOS PAIS E ALUNOS DA ED. INFANTIL E ENS.FUND. (1º AO 5º ANO) evento de nossa escola. Trajes das danças do Jardim e Pré da Educação Infantil: Dança 1: Meninos: Calça jeans, camisa

Leia mais

REGULAMENTO DE UNIFORMES

REGULAMENTO DE UNIFORMES POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS COMANDO DE ENSINO POLICIAL MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE GOIÁS ANEXO III REGULAMENTO DE UNIFORMES TÍTULO I Generalidades Art. 1º O presente Regulamento

Leia mais

UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS

UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS UNIFORMES LOCAMERICA DICAS E CUIDADOS APRESENTAÇÃO No universo corporativo, as regras de conduta e comportamento são mais claras e rígidas do que na vida social. Para projetar a imagem institucional adequada,

Leia mais

Uniforme. Em ordem para manter as regras de uniforme, e necessário que seja adquirido atravéz da companhia de uniforme:

Uniforme. Em ordem para manter as regras de uniforme, e necessário que seja adquirido atravéz da companhia de uniforme: Uniforme Para todos os alunos é esperado que usem o uniforme completo todo o tempo. É exigido que o aluno lembre de usar o uniforme adequadamente, e que a higiene pessoal é de extrema importância e esperado

Leia mais

OSCAR! A grande festa do cinema! Fantasia 2º e 3º ano (Meninas) OSCAR! A grande festa do cinema! Fantasia 1º ano (Meninas)

OSCAR! A grande festa do cinema! Fantasia 2º e 3º ano (Meninas) OSCAR! A grande festa do cinema! Fantasia 1º ano (Meninas) Fantasia 1º ano (Meninas) Filme (Jazz) Marilyn Monroe Vestido frente única, rodado e branco (até o joelho). Batom vermelho e pinta em cima da boca Sapatilha preta Cabelo solto Fantasia 2º e 3º ano (Meninas)

Leia mais

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá

APÊNDICE V. Modelos de Uniforme e Crachá APÊNDICE V Modelos de Uniforme e Crachá MARÇO DE 2016 1 23 ÍNDICE 1.1. Apresentação...3 1.2. Tecidos...3 2.1. Gerente Feminino...5 2.2. Atendente Feminino...7 2.3. Gestante...9 2.4. Orientador Feminino...

Leia mais

TÉCNICAS DE ENSINO AULA 4

TÉCNICAS DE ENSINO AULA 4 TÉCNICAS DE ENSINO AULA 4 A apresentação individual MENSUTE 2014.1 Prof. Sergio Loncan DIA 9 DE ABRIL - QUARTA-FEIRA Urbanista Osny A Defesa Civil, suas atribuições 13:25:12 2 DIA 9 DE ABRIL - QUARTA-FEIRA

Leia mais

ENXOVAL PARA OS ALUNOS QUE IRÃO INICIAR O CURSO: Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública

ENXOVAL PARA OS ALUNOS QUE IRÃO INICIAR O CURSO: Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública ENXOVAL PARA OS ALUNOS QUE IRÃO INICIAR O CURSO: Bacharelado em Ciências Policiais de Segurança e Ordem Pública 1. MATERIAL ESCOLAR BÁSICO - Caneta esferográfica azul, preta e vermelha; - lápis preto,

Leia mais

CATÁLOGO DE UNIFORMES

CATÁLOGO DE UNIFORMES CATÁLOGO DE UNIFORMES Conjunto calça, camisa social e boné Vestido de copeira Conjunto calça cargo, camisa social e colete segurança Avental de bolinhas Pg.2 Conjunto profissional em polycotton Conjunto

Leia mais

Festa do Dia das Mães - 2014

Festa do Dia das Mães - 2014 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA Meninos: camiseta branca lisa e short ou calça jeans Meninas: camiseta branca lisa e short ou calça jeans. Cabelo preso com rabo de cavalo Festa do Dia das Mães 2014 2º ANO

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA MASCULINA Tecido: Elanca (PA) ou Seletel Pantone Verde: 190415 (Beckauser) ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico de

Leia mais

II - NORMAS PARA O PENTEADO E O CORTE DE CABELO FEMININO PARA OFICIAIS E PRAÇAS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE (CBMRN).

II - NORMAS PARA O PENTEADO E O CORTE DE CABELO FEMININO PARA OFICIAIS E PRAÇAS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE (CBMRN). II - NORMAS PARA O PENTEADO E O CORTE DE CABELO FEMININO PARA OFICIAIS E PRAÇAS DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE (CBMRN). 1. FINALIDADE Estabelecer procedimentos uniformes para a apresentação

Leia mais

Por mais que não exista estilo certo ou errado, é possível. compreender melhor os traços da sua personalidade para combinar

Por mais que não exista estilo certo ou errado, é possível. compreender melhor os traços da sua personalidade para combinar O seu modo de vestir diz muito sobre você. Por mais que não exista estilo certo ou errado, é possível compreender melhor os traços da sua personalidade para combinar com o visual mais adequado. Neste guia

Leia mais

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos:

Os princípios da composição do vestuário levam em conta os seguintes aspectos: Princípios de Composição do Vestuário Para trabalhar com roupas mais elaboradas é importante conhecer os princípios de composição do vestuário. Neste nicho de mercado, este tipo de peça é desenvolvido

Leia mais

EXCLUSIVO LOGO CLIENTE TEREZA SANTOS TS STUDIO

EXCLUSIVO LOGO CLIENTE TEREZA SANTOS TS STUDIO TEREZA SANTOS PROJETO EXCLUSIVO DE UNIFORMIZAÇÃO LOGO CLIENTE TEREZA SANTOS ADMINISTRATIVO SEDE LOGO CLIENTE CINTO REF.: 71 CINTO MASCULINO M.P.: Couro COR: Preto Fivela Niquel LOGO FIDENS GRAVADA EM BAIXO

Leia mais

O que é um traje típico?

O que é um traje típico? O que é um traje típico? Conta a história que os nobres se revoltavam com o povo por eles imitarem suas vestimentas. Foi criada então uma lei que proibia o povo usar trajes iguais aos da nobreza. Quem

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE 1 2 ANEXO I REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE PADRÃO VAPT VUPT DA SUPERVISÃO DE INSTALAÇÃO E MANUTENÇÃO DA SUPERINTENDÊNCIA CENTRAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO - SCTI FINALIDADE Art. 1º A Unidade Padrão Vapt

Leia mais

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN

DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS DO RUCBMRN CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO RIO GRANDE DO NORTE REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CBMRN (RUCBM) ANEXO I DA PORTARIA Nº 153 GAB CMDO, DE 29 DE AGOSTO DE 2014. DESCRIÇÃO DOS UNIFORMES, INSÍGNIAS E DISTINTIVOS

Leia mais

Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia

Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia Instruçoes para fotos biométricas - República da Eslovênia Recomendações do Ministério das Relações Exteriores da República da Eslovênia para as fotos biométricas: o o tamanho da foto: 3,5 x 4,5 cm o o

Leia mais

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC

MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC MANUAL DE PRODUÇÃO PADRONIZAÇÃO DOS UNIFORMES ESCOLARES DA SATC CALÇA ADIDAS MASCULINA Tecido: Elanca 28% Algodão e 72% Poliéster Pantone Verde: 190415 ESPECIFICAÇÃO DOS DETALHES: Largura do Cós: Elástico

Leia mais

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.

Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com. www.centraldecatalogos.com.br - (11) 3723-5566 Ideal Work Uniformes e EPI s Ltda. Rua Pio XI, 824 - Alto da Lapa São Paulo - SP - CEP: 05060-000 Fone: (11) 3833-0264 - duplor@idealwork.com.br www.idealwork.com.br

Leia mais

UNIFORME SESI. Especificação Técnica

UNIFORME SESI. Especificação Técnica UNIFORME SESI Especificação Técnica 2015 SUMÁRIO 1. CAMISETA MANGA CURTA 3 2. CAMISETA MANGA LONGA 10 3. REGATA 17 4. POLO MASCULINA 24 5. POLO FEMININA 32 6. JAQUETA MASCULINA - TACTEL 40 7. JAQUETA MASCULINA

Leia mais

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE

ESTADO DE GOIÁS SECRETARIA DE GESTÃO E PLANEJAMENTO GABINETE ANEXO I REGULAMENTO INTERNO DA UNIDADE PADRÃO DE ATENDIMENTO VAPT VUPT DENSORIA PÚBLICA DO ESTADO DE GOIÁS FINALIDADE Art. 1º A Unidade Padrão de Atendimento Vapt Vupt da Defensoria Pública do Estado de

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE UNIFORME EXECUTIVO PARA ATENDENTE COMERCIAL 1. PALETÓ MASCULINO 30039 Paletó padrão alfaiataria, três botões, 03 (três) bolsos embutidos (externo) 01 (um) bolso embutido (interno)

Leia mais

SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS

SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS REGULAMENTO DE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR DA PARAÍBA (RUPMPB) SEÇÃO III DOS UNIFORMES DAS UNIDADES ESPECIALIZADAS I - 8º UNIFORME CAVALARIA 8º UNIFORME A (8ºA) - CAVALARIA HISTÓRICO NEGO a) 8º UNIFORME

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO CONSELHO SUPERIOR

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO CONSELHO SUPERIOR MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO MARANHÃO CONSELHO SUPERIOR RESOLUÇÃO Nº 032/2009, de 03 de setembro de 2009. Aprova, ad referendum do Conselho Superior, as

Leia mais

SOLICITAÇÃO DE COMPRAS

SOLICITAÇÃO DE COMPRAS Nº032 NA Núcleo de Qualidade CR: Casimiro de Abreu - RJ 1 2 4 botões, aberturas laterais e costas com regulagem de dois botões para acinturar ou soltar. TAMANHO G - Cor: BRANCO ( 1 - Téc. Laboratório)

Leia mais

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

COLÉGIO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS Maternal Manhã e Tarde Gaúchos (sugestão das roupas anexa) Meninos: calça jeans preta ou bombacha; camisa branca; lenço vermelho no pescoço; tênis ou botas. Meninas: vestido rodado de prenda cor lisa ou

Leia mais

Manual de Estilo Localiza

Manual de Estilo Localiza Manual de Estilo Localiza Zelar pela imagem da empresa é zelar pela sua própria apresentação, tendo cuidado ao falar, vestir e se comportar Livro de Valores Localiza Zelo pela Imagem da Empresa Conselhos

Leia mais

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 13/0003-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS. Sesc Administração 48 3 9 60 PAR

CONCORRÊNCIA SESC/MA Nº 13/0003-CC REGISTRO DE PREÇOS ANEXO I DESCRIÇÕES DOS ITENS. Sesc Administração 48 3 9 60 PAR Item 1 2 3 Uso Interno (RCMS) 12 6634-1 12 7132-4 12 0738-13 12 0911-69 12 6634-2 12 7265-8 12 6607-4 12 7268-6 12 0738-6 12 0911-75 12 6634-3 12 7131-3 12 6607-2 12 7268-7 12 7266-8 12 0738-5 12 0911-74

Leia mais

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI

MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI. MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI MATERNAL A e B Dança: BUMBA MEU BOI Chapéu de palha encapado com veludo preto, decorado com renda branca franzida na borda arabescos e acabamento feito com galão dourado,

Leia mais

A nova assistente executiva. Mudanças de estilo, postura, atitude.

A nova assistente executiva. Mudanças de estilo, postura, atitude. A nova assistente executiva. Mudanças de estilo, postura, atitude. Imagem profissional. O que faz parte dela? "Você é o cartão de visitas da Habilidades, talentos, experiência, currículo, entrega e...imagem.

Leia mais

Turma: Pré A (Professora Tati) Meninos

Turma: Pré A (Professora Tati) Meninos Turma: Pré A (Professora Tati) Meninos Camisa, calça e sapato ou tênis brancos / faixa e gravata borboleta (azul royal) Fantasia de fanfarra + chapéu + tênis Camiseta preta (sem estampa) + calça preta

Leia mais

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto

Fotos necessárias para a confecção da estatueta. Rosto Fotos necessárias para a confecção da estatueta Todo o trabalho é referenciado em fotos, ou seja, não nos responsabilizamos por material fotográfico que confecção, para isto criamos este guia, para atender

Leia mais

CÓDIGO DE INDUMENTÁRIA

CÓDIGO DE INDUMENTÁRIA CÓDIGO DE INDUMENTÁRIA Estas regras são válidas para todos os eventos autorizados ou sob a tutela da APPDSI A APPDSI reserva-se o direito de impor regras adicionais ou permitir exceções em eventos específicos.

Leia mais

Sinergia consultoria em Gestão de Pessoas é especialista em R&S, T&D, Coach.

Sinergia consultoria em Gestão de Pessoas é especialista em R&S, T&D, Coach. Sinergia consultoria em Gestão de Pessoas é especialista em R&S, T&D, Coach. Ana Lúcia de Paula Silva Daiane Lima de Souza Gleiciane Duarte Silva Luciana Mendes de Souza Luzia da Conceição Azevedo Rebeca

Leia mais

APÊNDICE X UNIFORMES E CRACHÁS

APÊNDICE X UNIFORMES E CRACHÁS APÊNDICE X UNIFORMES E CRACHÁS 1 SUMÁRIO 1 DESCRIÇÃO GERAL DOS UNIFORMES... 3 2 ESPECIFICAÇÕES DOS UNIFORMES... 3 2.1 Uniforme Atendimento... 4 2.2 Uniforme Administrativo... 7 2.3 Uniforme Supervisão...

Leia mais

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta

Feminino. Tipos de corpo. Ampulheta O guia de tamanho será desenvolvido para auxiliar os e-consumidores, no momento da compra. O e-consumidor terá disponível um guia de auxilio a medidas, de forma que permitirá que o mesmo obtenha informações

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA VESTIMENTA NA ENTREVISTA DE EMPREGO Lívia Marsari Pereira e Michele Santos Tentor*

A IMPORTÂNCIA DA VESTIMENTA NA ENTREVISTA DE EMPREGO Lívia Marsari Pereira e Michele Santos Tentor* A IMPORTÂNCIA DA VESTIMENTA NA ENTREVISTA DE EMPREGO Lívia Marsari Pereira e Michele Santos Tentor* Resumo: Este estudo, feito por meio de um levantamento teórico, tem como objetivo evidenciar o valor

Leia mais

9 - Pai Italiano Quantidade: 1. Execução de 1 chapéu de feltro com fita de veludo e pena; 1 casaco de camurça e lã forrado de oxford com debrum em

9 - Pai Italiano Quantidade: 1. Execução de 1 chapéu de feltro com fita de veludo e pena; 1 casaco de camurça e lã forrado de oxford com debrum em 9 - Pai Italiano Quantidade: 1. Execução de 1 chapéu de feltro com fita de veludo e pena; 1 casaco de camurça e lã forrado de oxford com debrum em couro; 1 colete de veludo com galões metalizados e gregas;

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 2.004 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

MANUAL DO FORNECEDOR MF - 2.004 MANUAL DE QUALIDADE - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS VERSÃO 10 PAG: 1 / 24 Esta Instrução visa definir tipos, formas e locais para fixação das etiquetas de preços, uniformizando a apresentação visual dos produtos e impedindo ainda que essas etiquetas danifiquem

Leia mais

UNIFORME DE OFICIAL R/2 (ORIENTAÇÕES)

UNIFORME DE OFICIAL R/2 (ORIENTAÇÕES) UNIFORME DE OFICIAL R/2 (ORIENTAÇÕES) PEÇA ESPECIFICAÇÃO USO AQUISIÇÃO OBSERVAÇÕES SAPATO Social preto, padrão militar, com cadarço. Preferencialmente em lojas militares Evitar uso de sapato social com

Leia mais

para o mercado de trabalho

para o mercado de trabalho Orientação Profissional para o mercado de trabalho 2 APRESENTAÇÃO O SINDEPRESTEM, através de seu Plano Diretor, tem trabalhado com responsabilidade social e dedicação empresarial na promoção de ações e

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA. Subcomando Geral - Nº 012-12 de agosto de 2003 LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA E NORMAS GERAIS LJNG

POLÍCIA MILITAR DA BAHIA. Subcomando Geral - Nº 012-12 de agosto de 2003 LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA E NORMAS GERAIS LJNG POLÍCIA MILITAR DA BAHIA Subcomando Geral - Nº 012-12 de agosto de 2003 LEGISLAÇÃO JURISPRUDÊNCIA E NORMAS GERAIS LJNG SUMÁRIO SUPLEMENTO LJNG N.º 012 06 DE AGOSTO DE 2003 QUARTA - FEIRA 1 - PORTARIA N.º

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE 1 338400 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 36 PC 6 Dalmalhas / Santanense 2 338418 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 38 PC 70 Dalmalhas / Santanense 3 338426 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 40 PC 152 Dalmalhas / Santanense

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão

CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO. Amanda Medeiros Cecília Aragão CONSTRUÇÃO DE IMAGEM PESSOAL NO AMBIENTE DE TRABALHO Amanda Medeiros Cecília Aragão Mais importante do que a roupa é a vida que se vive dentro da roupa. A gente é mais bonita quando está feliz. Quem se

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos SEGER

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO Secretaria de Estado de Gestão e Recursos Humanos SEGER 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 APÊNDICE X UNIFORMES E CRACHÁS 18 SUMÁRIO 1 DESCRIÇÃO GERAL DOS UNIFORMES... 20 1.1 Entrega de Uniformes... 20 1.2 Substituição de Uniformes... 20 1.3 Reposição

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL PORTARIA Nº 005/BM-1/07

ESTADO DE MATO GROSSO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL PORTARIA Nº 005/BM-1/07 ESTADO DE MATO GROSSO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR COMANDO GERAL PORTARIA Nº 005/BM-1/07 Aprova as Normas Gerais de Ação (NGA) para o Corpo Feminino do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso.

Leia mais

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r?

D i c a s e E s t i l o s p a r a N o i v o s O q u e u s a r? O q u e u s a r? Smoking Black Tie: Para um casamento moderno, luxuoso e realizado durante à noite. Composição: As lapelas com detalhes em cetim, camisa branca, podendo ser plissada no peito. A gravata

Leia mais

PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016

PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016 PERÍODO DE ADAPTAÇÃO 2016 POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ DIRETORIA DE ENSINO E PESQUISA ACADEMIA POLICIAL MILITAR DO GUATUPÊ ESCOLA DE OFICIAIS ENXOVAL SÃO JOSÉ DOS PINHAIS 2016 P á g i n a 2 ITENS OBRIGATÓRIOS

Leia mais

Regulamento do Grupo Folclórico Polônia. I Manter e promover o folclore polonês em suas mais diversas manifestações, especialmente a dança e o canto.

Regulamento do Grupo Folclórico Polônia. I Manter e promover o folclore polonês em suas mais diversas manifestações, especialmente a dança e o canto. Regulamento do Grupo Folclórico Polônia Art. 1º - O Grupo Folclórico Polônia tem como objetivos: I Manter e promover o folclore polonês em suas mais diversas manifestações, especialmente a dança e o canto.

Leia mais

Art. 1º. Fica aprovado o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/RN), anexo ao presente Decreto.

Art. 1º. Fica aprovado o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/RN), anexo ao presente Decreto. Decreto nº 16.039, de 3 de maio de 2002. Dispõe sobre o Regulamento de Uniformes do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte(RUCBM/ RN). O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE, usando da

Leia mais

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO ESCOLAR E ASSISTÊNCIA SOCIAL. Capítulo I Das disposições preliminares

DIRETORIA DE EDUCAÇÃO ESCOLAR E ASSISTÊNCIA SOCIAL. Capítulo I Das disposições preliminares DIRETORIA DE EDUCAÇÃO ESCOLAR E ASSISTÊNCIA SOCIAL INSTRUÇÃO 02 / 2012. DEEAS Regula o uso de uniformes do Colégio Tiradentes da Policial Militar de Minas Gerais. Capítulo I Das disposições preliminares

Leia mais

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC

FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC FICHAS REFERENCIAIS UNIFORMES SENAC RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA CAIXAS - CONTACT CENTER - BIBLIOTECA FEMININO - INVERNO 01 RECEPÇÃO - SECRETARIA ESCOLAR - CENTRAL DE MATRÍCULA

Leia mais

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado

Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado Uniformização das Unidades de Atendimento Integrado 1 POSTOS UAI - PROJETO DE UNIFORMIZAÇÃO ARTIGO COD. PAG FUNÇÃO AGASALHO FEMININO BEGE T- 11/ T-12 58 COPEIRA AGASALHO FEMININO PRETO T-13 13 ATEN. RECEPÇÃO,

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO

DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO DESCRIÇÃO UNIFORMES BLAZER FEMININO Blazer padrão alfaiataria, acinturado, modelo tradicional com três botões bolsos com lapelas. Tecido composto c/ 100% poliéster, (padrão Sanyotex ou Superior); Sanyotex:

Leia mais

Senhores Pais e/ou Responsáveis Somos Dom Bosco que caminha

Senhores Pais e/ou Responsáveis Somos Dom Bosco que caminha Maternal Agrupamento 1 ano professora Aryadna: Meninos: short jeans, camiseta colorida, meia ¾ e tênis. Meninas: vestidinho, meia ¾, sapatinho, chuquinhas no cabelo. Brincadeira: Ursinho de pelúcia Maternal

Leia mais

DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006

DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006 1 DECRETO Nº 39.034, DE FEVEREIRO DE 2006 APROVA O REGULAMENTO DE UNIFORMES DO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. A GOVERNADORA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO,

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MFI 02.007 ESPECIFIAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA

MANUAL DO FORNECEDOR MFI 02.007 ESPECIFIAÇÕES TÉCNICAS ETIQUETAS DE MARCA PRÓPRIA BORDD MNUL DO FORNECEDOR MFI 02.007 PG: 1/ 10 ESPECIFIÇÕES TÉCNICS S DE MRC PRÓPRI VIGÊNCI: 1. LYOUT E DIMENSÕES DS S Marca é a soma intangível dos atributos do produto, de seu nome, sua embalagem, sua

Leia mais

DIRETRIZES PARA OS TRAJE ATUAL PEÃO ADULTO, VETERANO E JUVENIL

DIRETRIZES PARA OS TRAJE ATUAL PEÃO ADULTO, VETERANO E JUVENIL MOVIMENTO TRADICIONALISTA GAÚCHO DIRETRIZES PARA A PILCHA GAÚCHA ATUALIZADA conforme as Convenções Tradicionalistas nºs 76ª (Taquara, julho de 2011), 77ª (Guaporé, julho de 2012) e 78ª (Porto Alegre, julho

Leia mais

L O O K B O O K 5 P R I M A V E R A 2 0 1 5

L O O K B O O K 5 P R I M A V E R A 2 0 1 5 5 PRIMAVERA 2015 2 - Off White Tule invisível Camisa - E11236 Viscose 000 Branco 1554 Tin Tin Short - E11550 Sarja... 36/38/40/42/44 1846 Azul Brilhante 000 Branco 1696 Tangerina Blusa - E11713 Cetim

Leia mais

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO

R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO R E G U L A M E N T O UNIFORMES ESCOLARES E FARDAS DE TRABALHO Outubro 2015 1 UNIFORMES E FARDAS DE TRABALHO Os uniformes escolares e fardas de trabalho integram a imagem das Escolas de Hotelaria e Turismo

Leia mais

1º ANO A - CALYPSO 1º ANO A - CALYPSO

1º ANO A - CALYPSO 1º ANO A - CALYPSO 1º ANO A - CALYPSO - Flor - Braceletes de elástico com folhos verde e amarelo - Top em tecido algodão azul Royal com folhos em verde limão e amarelo. OBS: O bracelete é separado do top. - Saia estilo tchu

Leia mais

SUPLEMENTO: BRASIL CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA EMPRESARIAL PETRONAS

SUPLEMENTO: BRASIL CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA EMPRESARIAL PETRONAS SUPLEMENTO: BRASIL CÓDIGO DE CONDUTA E ÉTICA EMPRESARIAL PETRONAS O Código de Conduta e Ética Empresarial, Suplemento: Brasil é uma referência específica para uso no Brasil. Não descreve todas as leis

Leia mais

INSTITUCIONALIZA O UNIFORME

INSTITUCIONALIZA O UNIFORME DECRETO Nº29.482, de 03 de outubro de 2008. INSTITUCIONALIZA O UNIFORME DO PROGRAMA RONDA DO QUARTEIRÃO E MODIFICA O DECRETO Nº18.063, DE 06 DE AGOSTO DE 1986 (REGULAMENTODE UNIFORMES DA POLÍCIA MILITAR

Leia mais

Treinamento Visual Merchanding

Treinamento Visual Merchanding Treinamento Visual Merchanding Temas abordados: VISUAL DE LOJA Visual Merchandising na loja VENDEDOR = CONSULTOR DE MODA Personalização do atendimento para cada tipo de corpo = Credibilidade no Atendimento

Leia mais

SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA?

SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? SOULAN RECURSOS HUMANOS Cursos & Palestras PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? PERDI MEU EMPREGO, E AGORA? 1. A primeira coisa é NÃO tirar férias. 2. Quando você está empregado, as pessoas sabem onde procurá-lo,

Leia mais

MANUAL DO FORNECEDOR MF 02.017 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 POSICIONAMENTO DE ETIQUETAS DE ALARME EM PRODUTO VIGÊNCIA: 01/06/2012

MANUAL DO FORNECEDOR MF 02.017 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 POSICIONAMENTO DE ETIQUETAS DE ALARME EM PRODUTO VIGÊNCIA: 01/06/2012 OPERAÇÃO DE ALARMES PAG: 1 / 12 Esta Instrução tem por finalidade estabelecer o fluxo de operações para entrega de produtos previamente colocada etiquetas de alarme no fornecedor. A retirada das etiquetas

Leia mais

102 - Puppet Noel Confeiteiro. Quantidade: 4. 4 (quatro) malhas de suplex.

102 - Puppet Noel Confeiteiro. Quantidade: 4. 4 (quatro) malhas de suplex. 102 - Puppet Noel Confeiteiro. Quantidade: 4. 4 (quatro) malhas de suplex. 103 - Bolacha Puppet. Quantidade: 8. 8 (oito) meias. 104 - Boneca Fantástica Fábrica. Quantidade: 8. Reformas e ajustes necessários.

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL CORPORATIVA Índice 1. Introdução... Pág. 3 2. A Marca Atacadão Guarujá... Pág. 3 3. Logotipo... Pág. 4 4. Símbolo... Pág. 5 5. Utilização das Figuras Corporativas... Pág. 6

Leia mais

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL AABB COMUNIDADE 2013

MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL AABB COMUNIDADE 2013 MANUAL DE IDENTIDADE VISUAL 2013 INTRODUÇÃO Olá! Você tem em mãos o novo Manual de Identidade Visual do Programa AABB Comunidade. Ele nasceu junto com a reformulação do Programa, do desejo dos instituidores

Leia mais

LEILÃO DA PALACE RECEPÇÕES. Anexo I lista dos lotes

LEILÃO DA PALACE RECEPÇÕES. Anexo I lista dos lotes LEILÃO DA PALACE RECEPÇÕES Anexo I lista dos lotes LOTES DESCRIÇÃO FOTOS 01 10 vestidos de damas: tamanhos, lance inicial: R$: 500,00 02 10 vestidos de damas: tamanhos, lance inicial: R$: 500,00 03 10

Leia mais

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE POLÍCIA TÉCNICO-CIENTÍFICA SETOR DE CRIMES CONTRA A VIDA

SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE POLÍCIA TÉCNICO-CIENTÍFICA SETOR DE CRIMES CONTRA A VIDA SECRETARIA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO DO AMAZONAS DEPARTAMENTO DE POLÍCIA TÉCNICO-CIENTÍFICA SETOR DE CRIMES CONTRA A VIDA FORMULÁRIO DE LOCAL DE CRIME CONTRA A VIDA / ENCONTRO DE CADÁVER DATA: / /

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR

SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DE SANTA CATARINA CENTRO DE ENSINO BOMBEIRO MILITAR ACADEMIA DE BOMBEIRO MILITAR Caro futuro Cadete, Nós, da Academia de Bombeiro Militar

Leia mais

FICHA DE FIGURINO. Linha estética. Preto Cor base. Vermelho. Branco. Azul. Marrom PALETA DOS CINCO TONS

FICHA DE FIGURINO. Linha estética. Preto Cor base. Vermelho. Branco. Azul. Marrom PALETA DOS CINCO TONS FICHA DE FIGURINO PALETA DOS CINCO TONS Vermelho Preto Cor base Branco Marrom Azul Linha estética O figurino é essencial na composição de um personagem, pois é como se fosse uma máscara que o ator irá

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE 338400 338418 338426 338434 338442 338459 338467 338483 338475 338491 338509 338517 338525 347583 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 36 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 38 BERMUDA BRIM AZUL-ESCURO N. 40 BERMUDA BRIM

Leia mais

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha

Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Capítulo 62 Vestuário e seus acessórios, exceto de malha Notas. 1.- O presente Capítulo compreende apenas os artefatos confeccionados de qualquer matéria têxtil, com exclusão das pastas ("ouates") e dos

Leia mais

Manual de Identidade Visual

Manual de Identidade Visual Manual de Identidade Visual Este Manual tem por objetivo fixar as normas e padrões para a utilização da logomarca Redlar. O uso das cores, a tipologia, aplicações, reduções e as normas de apresentação

Leia mais

Identidade Visual -2008-

Identidade Visual -2008- Identidade Visual -2008- Aplicação da Logo Tanto a aplicação vertical quanto a horizontal da logo da SATC deve conter, no mínimo, os elementos: diamante, nome fantasia e slogan. Caso seja mais apropriado

Leia mais

COMUNICADO N o 06/2015-CEV/UECE (13 de janeiro de 2015)

COMUNICADO N o 06/2015-CEV/UECE (13 de janeiro de 2015) Fundação COMUNICADO N o 06/2015-CEV/UECE (13 de janeiro de 2015) Dispõe sobre a convocação para a matrícula no Curso de Formação Profissional referente a Turma Única de Agente de Defesa Civil e dá outras

Leia mais

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA

MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA ICA 168-6/2011 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA PESSOAL-MILITAR RCA 35-2 REGULAMENTO DE UNIFORMES PARA OS MILITARES DA AERONÁUTICA (RUMAER) 2012 MINISTÉRIO DA DEFESA COMANDO DA AERONÁUTICA DIRETORIA

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 16h30

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 16h30 TURMA: 2º ANO C PROFESSORA ROSÂNGELA Prezados Pais e Responsáveis, HORÁRIO DA DANÇA: 16h30 Camiseta amarela lisa, saia jeans, meia calça branca, bota, cabelo com duas tranças com fita verde e amarela e

Leia mais

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul

Diário Oficial. Estado de Mato Grosso do Sul 11-1 0-1977 Diário Oficial Estado de Mato Grosso do Sul ANO XXXII n. 7.655 CAMPO GRANDE-MS, QUARTA-FEIRA, 68 PÁGINAS GOVERNADOR ANDRÉ PUCCINELLI Vice-Governador MURILO ZAUITH Secretário de Estado de Governo

Leia mais

MINIS TÉRIO DA. Todos os direitos reservados ao Ministério Jovem da AAmaR. Conselho do Ministério da Música da AAmaR

MINIS TÉRIO DA. Todos os direitos reservados ao Ministério Jovem da AAmaR. Conselho do Ministério da Música da AAmaR Regulamento de Uniformes MINIS TÉRIO Todos os direitos reservados ao Ministério Jovem da Conselho do Ministério da Música da JOVEM Alvo A mensagen do advento a todo mundo em minha geração III. UNIFORME

Leia mais

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo

Projeto de Uniformização. Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo Projeto de Uniformização Gerente: Mara Nogueira Machado Consultor: Sidney Araújo DETALHE Camisa Fem Tradicional TECIDO: Tricoline Elastano TECIDO DETALHE: Microleve COR: Branco COR DETALHES: 10 Verde Bandeira

Leia mais

Reunimos 10 peças clássicas, que nunca sairão de moda e que todo homem que se preza deve ter no seu guarda-roupa.

Reunimos 10 peças clássicas, que nunca sairão de moda e que todo homem que se preza deve ter no seu guarda-roupa. Nós homens temos, atualmente, diversas opções de roupas e acessórios. Porém, muitas vezes nos esquecemos de comprar algumas peças que são essenciais para o dia a dia. Reunimos 10 peças clássicas, que nunca

Leia mais

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015. Série. Número 34

JORNAL OFICIAL. Sumário REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA. Quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015. Série. Número 34 REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015 Série Sumário SECRETARIA REGIONAL DO AMBIENTE E RECURSOS NATURAIS Portaria n.º 50/2015 Aprova o Regulamento do Fardamento

Leia mais

ÍNDICE. Introdução...3. Como escolher sapatos infantis?...4. Como escolher sapatos femininos?...5. Como escolher sapatos masculinos?...

ÍNDICE. Introdução...3. Como escolher sapatos infantis?...4. Como escolher sapatos femininos?...5. Como escolher sapatos masculinos?... 1 ÍNDICE Introdução...3 Como escolher sapatos infantis?...4 Como escolher sapatos femininos?...5 Como escolher sapatos masculinos?...8 Conclusão... 10 Sobre a Agittus... 11 Introdução A vida corrida que

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO CURSO DE FONOAUDIOLOGIA ESTÁGIO CURRICULAR Canoas, março de 2015 1 - Informações Gerais O Estágio Supervisionado do Curso de Fonoaudiologia da ULBRA é feito a partir do 6º semestre

Leia mais

COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA

COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA COMANDO DA AERONÁUTICA CENTRO DE DOCUMENTAÇÃO E HISTÓRICO DA AERONÁUTICA Fl. nº 1 Rio de Janeiro, 13 de abril de 2005 ADITAMENTO AO BOLETIM DO COMANDO DA AERONÁUTICA Nº 068 Para conhecimento do Pessoal

Leia mais

ETIQUETA CORPORATIVA para a Mulher de Negócios

ETIQUETA CORPORATIVA para a Mulher de Negócios ETIQUETA CORPORATIVA para a Mulher de Negócios 08 a 11 de outubro de 2014 08 a 11 de outubro de 2014 POR QUÊ? E PARA QUÊ? Imagem Competência Social Comportamento Ético Etiqueta A primeira impressão é a

Leia mais

Horário 11h00- ABERTURA DO EVENTO. Horário 11h00- JAPÃO Apresentação dos alunos do nível I A - profª Sheila

Horário 11h00- ABERTURA DO EVENTO. Horário 11h00- JAPÃO Apresentação dos alunos do nível I A - profª Sheila Senhores Responsáveis; A festa de encerramento do Projeto ESTRELINHA ALEGRE NO MUNDO DOS ESPORTES E DA CULTURA acontecerá no dia 7 de Dezembro na Casa de Nassau, onde os alunos receberão seus convidados

Leia mais

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS

DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS DESCRIÇÃO UNIFORMES DA DEFESA CIVIL PARA AS COORDENADORIAS DISTRITAIS DE DEFESA CIVIL DAS SUBPREFEITURAS 1- COLETE : - Azul marinho; - 02 (duas) faixas refletivas, na direção horizontal, na cor laranja;

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 13h

COMUNICADO IMPORTANTE TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA. HORÁRIO DA DANÇA: 13h TURMA: 2º ANO A PROFESSORA ROSÂNGELA HORÁRIO DA DANÇA: 13h Camiseta amarela lisa, saia jeans, meia calça branca, bota, cabelo com duas tranças com fita verde e amarela e chapéu de palha Camiseta verde

Leia mais

Escola Salesiana São Domingos Sávio ESSDS 3ª Avenida Área Especial 05 Lotes A/F 71.720-587 Núcleo Bandeirante- Brasília - DF

Escola Salesiana São Domingos Sávio ESSDS 3ª Avenida Área Especial 05 Lotes A/F 71.720-587 Núcleo Bandeirante- Brasília - DF Maternal I A Infantil I A Amanda Janaina Meninos: Calça ou bermuda preta e blusa branca, se possível suspensório ou macacão. Bota. Infantil II A Ana Lúcia Meninas: blusa branca, saia vermelha rodada e

Leia mais