Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Elementos de máquina. Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo. Diego Rafael Alba"

Transcrição

1 E Curso Técnico Concomitante em Mecânica 3º módulo Diego Rafael Alba 1

2 Roscas É um conjunto de filetes em torno de uma superfície cilíndrica; Podem ser internas e externas. 2

3 Perfil de rosca Triangular; Trapezoidal; Redondo; 3

4 Perfil de rosca Dente de serra; Quadrado. 4

5 Perfil de rosca 5

6 Perfil de rosca Rosca direita; Rosca esquerda. 6

7 Nomenclatura de rosca 7

8 Roscas triangulares Rosca métrica; Rosca Whitworth; Rosca americana. 8

9 Roscas métrica ISO NBR 9527; Normal (M) e fina (MF); Ângulo do perfil da rosca: a=60º Diâmetro menor do parafuso (núcleo: d 1 = d P Diâmetro efetivo do parafuso: d 2 = D 2 = d P Folga entre a raiz do filete da porca e a crista do filete do parafuso: f = 0.045P 9

10 Roscas métrica Diâmetro maior da porca: D = d +2f Diâmetro menor da porca (furo): D 1 = d P Diâmetro efetivo da porca (diâmetro médio): D 2 = d 2 Altura do filete do parafuso: h e = P Raio de arredondamento da raiz do filete do parafuso: r re = P Raio de arredondamento da raiz do filete da porca; r ri = 0.063P 10

11 Roscas Whitworth Normal (BSW) e fina (BSF); a=55º P= 1/número de fios; h i = h e = P r ri = r re = P d= D d 1 = d 2h e D 2 = d 2 = d -h e 11

12 Roscas Whitworthe americana 12

13 Parafusos O que é: Elemento metálico com cabeça (alguns não possuem), corpo e fixação através de rosca. Aplicação: Fixação não permanente de peças variadas que possam ser facilmente montadas e desmontadas. 13

14 Parafusos Cabeças distintas: Sextavadas,; De Fenda (cabeça escareada); De sextavado interno (Allen). As principais vantagens: Baixo custo; Possibilidade de montagem e desmontagem. Fabricação: Conformação plástica; Usinagem. 14

15 Especificação de Parafusos Norma; Cabeça e tipo de fenda quando existir; Tipo de rosca; Diâmetro do parafuso ou peça; Comprimento do parafuso (comprimento útil); Qualidade do aço e resistência; Acabamento galvanização. 15

16 Montagem de parafusos Parafuso sem porca ou não passante; Parafuso com porca; Parafuso prisioneiro; 16

17 Resumo de parafusos 17

18 Resumo de parafusos 18

19 Resumo de parafusos 19

20 Considerações Profundidade do furo broqueado; Profundidade do furo roscado; Comprimento útil de penetração do parafuso; Diâmetro do furo passante. 20

21 Considerações 21

22 Considerações O comprimento ideal para um parafuso de porca é aquele em que apenas dois filetes de rosca projetam-se da porca após apertado 22

23 Parafuso de cabeça sextavada Parafuso de com sextavado interno -Allen 23

24 Outros parafusos Parafuso de cabeça com fenda Parafuso de cabeça cilíndrica boleada com fenda Parafuso de cabeça escareadaboleada Parafuso de cabeça redonda com fenda com fenda 24

25 Outros parafusos Parafuso auto-atarraxante Parafuso para pequenas montagens Parafuso com rosca soberba para madeira 25

26 Especificações de parafusos Classe de Resistência Resistência àtração [Mpa] Limite de Escoamento [Mpa] Exemplo: 12x 100 = 1200 Mpa= Resistência àtração 1200 x 0.9= 1080 Mpa= Limite de Escoamento 26

27 Especificações de parafusos 27

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Elementos de Máquinas O que são Elementos Orgânicos de Máquinas? São componentes que possuem funções como fixar, apoiar outras peças ou componentes, transmitir potência, realizar vedações ou conferir certa

Leia mais

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella

Módulo 08 DESENHO TÉCNICO. Luiz Fontanella Módulo Luiz Fontanella 2 ÍNDICE SCRIÇÃO PÁG. ÍNDICE 2 ROSCAS 3 TIPOS 4 SENTIDO DIREÇÃO 4 NOMENCLATURA 5 ROSCAS TRIANGULARES 5 o ROSCA MÉTRICA 6 o ROSCA WHITWORTH 6 PARAFUSOS 7 PARAFUSOS PASSANTES 7 PARAFUSOS

Leia mais

Rosca é um conjunto de filetes em torno de uma superfície cilíndrica.

Rosca é um conjunto de filetes em torno de uma superfície cilíndrica. A UU L AL A Parafusos I Um motorista, distraído, passou com o carro sobre um grande buraco. Sentiu que o carro começou a se desgovernar. Parou acostamento e, para seu espanto, viu uma roda quase solta.

Leia mais

Parafusos. Rosca. Formas padronizadas de roscas

Parafusos. Rosca. Formas padronizadas de roscas 4 Parafusos São elementos de máquinas usados em uniões provisórias ou desmontáveis, ou seja, quando permitem a desmontagem e montagem com facilidade sem danificar as pecas componentes. Exemplo: a união

Leia mais

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof.

Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica. Desenho Mecânico. Prof. Universidade de Fortaleza Centro de Ciencias Tecnologicas Curso de Engenharia deprodução/mecânica Desenho Mecânico Prof. José Rui Barbosa Componentes mecânicos Elementos de ligação - Roscas - Parafusos

Leia mais

Cálculo Simplificado de Parafusos

Cálculo Simplificado de Parafusos INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE METAL MECÂNICA CURSO TÉCNICO EM MECÂNICA Cálculo Simplificado de Parafusos Prof. Eng. Mec. Norberto Moro

Leia mais

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I SEM 0564 - DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Notas de Aulas v.2017 Aula 07 Componentes de fixação: parafusos, porcas, rebites e Soldas (noções de simbologia) Prof. Assoc. Carlos Alberto Fortulan Departamento

Leia mais

Nem sempre os parafusos usados nas máquinas são padronizados (normalizados) e, muitas vezes, não se encontra o tipo de parafuso desejado no comércio.

Nem sempre os parafusos usados nas máquinas são padronizados (normalizados) e, muitas vezes, não se encontra o tipo de parafuso desejado no comércio. Nem sempre os parafusos usados nas máquinas são padronizados (normalizados) e, muitas vezes, não se encontra o tipo de parafuso desejado no comércio. Nesse caso, é necessário que a própria empresa faça

Leia mais

2 - A rosca em que o filete de perfil tem forma triangular, denomina-se rosca: a) ( ) redonda; b) ( ) quadrada; c) (x) triangular.

2 - A rosca em que o filete de perfil tem forma triangular, denomina-se rosca: a) ( ) redonda; b) ( ) quadrada; c) (x) triangular. Lista de exercícios 1 - PARAFUSOS Marque com um X a resposta correta. 1 - Uma característica do parafuso é que todos eles apresentam: a) ( ) pinos; b) (x) roscas; c) ( ) arruelas. 2 - A rosca em que o

Leia mais

Classificação dos parafusos quanto à função:

Classificação dos parafusos quanto à função: Classificação dos parafusos quanto à função: Os parafusos podem ser classificados quanto a sua função em quatro grandes grupos: parafusos passantes, parafusos não-passantes, parafusos de pressão, parafusos

Leia mais

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos.

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. A UU L AL A Parafusos II Na aula anterior você teve noções gerais de roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. Introdução Parafusos Parafusos são elementos de fixação,

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I AULA 8 - ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO) Notas de Aulas v.2015 ELEMENTOS DE FIXAÇÃO REBITES ELEMENTOS DE FIXAÇÃO REBITES ELEMENTOS DE FIXAÇÃO REBITES Costuras:

Leia mais

Conjuntos mecânicos III

Conjuntos mecânicos III Conjuntos mecânicos III A UU L AL A Desenho de componente é o desenho de uma peça isolada que compõe um conjunto mecânico. Introdução Desenho de detalhe é o desenho de um elemento, de uma parte de um elemento,

Leia mais

52 Conjuntos mecânicos VII

52 Conjuntos mecânicos VII A U A UL LA Conjuntos mecânicos VII Introdução Agora que se estudou a serra tico-tico, representada em desenho como conjunto mecânico, é preciso saber interpretar e ler as partes que compõem a serra, ou

Leia mais

Ficha Técnica. Perfil Suporte do Módulo. Aplicação: Perfil tubular indicado para instalações em telhados cerâmicos e fibrocimento.

Ficha Técnica. Perfil Suporte do Módulo. Aplicação: Perfil tubular indicado para instalações em telhados cerâmicos e fibrocimento. Ficha Técnica Perfil Suporte do Módulo Aplicação: Perfil tubular indicado para instalações em telhados cerâmicos e fibrocimento. Perfil Suporte do Módulo Código - Comprimento [m] Peso [kg] Acabamento PF842630X630BRT0-6,30

Leia mais

Informações Técnicas Propriedades Mecânicas

Informações Técnicas Propriedades Mecânicas Informações Técnicas Propriedades Mecânicas Resistência a Limite de Carga de Grau de Tração Escoamento Alongam. Redução Dureza Prova de Área Resistência (kgf/mm2) (kgf/mm2) (kgf/mm2) min. máx. min. (%)

Leia mais

Conjuntos mecânicos V

Conjuntos mecânicos V A U A UL LA Acesse: http://fuvestibular.com.br/ Conjuntos mecânicos V Introdução Os funcionários acharam importante a aula anterior porque puderam conhecer bem o calço-regulável e as diversas formas pelas

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM 0502)

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM 0502) DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM 0502) Aula 10 Tolerância de forma e posição, roscas, parafusos e porcas 10. 02 Aula 10 Tolerância de forma e posição, roscas, parafusos e porcas TOLERÂNCIA GEOMÉTRICA: FORMA

Leia mais

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores Parafusos Porcas Arruelas E Toda Linha de Fixadores CATÁLOGO ÍNDICE GERAL Parafuso ASTM A307 B Parafuso Sextavado Parafuso ASTM A394 TO Parafuso Sextavado Interno Cabeça Cilíndrica Barra Roscada e Estojo

Leia mais

CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO

CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

porca sextavada rosca em polegadas winox porca sextavada rosca métrica arruela lisa polegadas fixação rosca MA - ansi din 934 ansi b

porca sextavada rosca em polegadas winox porca sextavada rosca métrica arruela lisa polegadas fixação rosca MA - ansi din 934 ansi b 1 fixação winox rosca MA - ansi 18.2.2 porca sextavada rosca em polegadas Diâmetro Rosca/ PASSo h (altura ) s (chave máxima) 800052 1/4 UNC - 20 7/32 7/16 1000 800053 5/16 unc - 18 17/64 1/2 500 800054

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: COSSINETES São ferramentas de corte construídas de aço especial, com rosca temperada e retificada; é similar a uma porca, com cortes radiais dispostos convenientemente

Leia mais

Informações Técnicas Uso Orientativo

Informações Técnicas Uso Orientativo Parafusos série métrica conforme norma DIN ISO 9- CLASSE DE.. 0.9 2.9 4.6. < M6 > M6 () 67-9 HRB 2-9 HRB (2) 22-32 HRC 23-34 HRC 32-39 HRC 39-44 HRC TENSÃO TENSÃO TRAÇÃO MÍNIMA ESCOAMENTO (kgf/ 2 ) MÍNIMA

Leia mais

parte externa rosca interna

parte externa rosca interna Acesse: http://fuvestibular.com.br/ A UU L AL A Porcas Um menino tinha duas bicicletas quebradas. Decidiu juntar as peças das duas e montar uma bicicleta que lhe servisse para ir à escola. Seu pai, mecânico,

Leia mais

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO)

DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO) DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I (SEM0564) AULA 8 DESENHO DE CONJUNTO E ELEMENTOS DE MÁQUINA (UNIÃO E FIXAÇÃO) Notas de Aulas v.2016 DESENHO DE CONJUNTO E DE DETALHE DEFINIÇÕES Conjuntos Mecânicos Peças justapostas

Leia mais

FAURGS HCPA Edital 02/2013 PS 26 TÉCNICO DE MANUTENÇÃO III (Usinagem) Pág. 1

FAURGS HCPA Edital 02/2013 PS 26 TÉCNICO DE MANUTENÇÃO III (Usinagem) Pág. 1 Pág. 1 HOSPITAL DE CLÍNICAS DE PORTO ALEGRE EDITAL N.º 02/2013 DE PROCESSOS SELETIVOS GABARITO APÓS RECURSOS PROCESSO SELETIVO 26 TÉCNICO DE MANUTENÇÃO III (Usinagem) 01. C 11. A 21. ANULADA 31. E 02.

Leia mais

GABARITOS PARA IMPRIMIR Tamanho Real de Parafusos

GABARITOS PARA IMPRIMIR Tamanho Real de Parafusos GABARITOS PARA IMPRIMIR Tamanho Real de Parafusos +7300 CLIENTES ATIVOS +6500 ITENS NO CATÁLOGO Que encontraram na Indufix o seu parceiro ideal no fornecimento de elementos de fixação. Parafuso é coisa

Leia mais

CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO

CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) CADEIRA POSTURAL REGULÁVEL MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

Acesse:

Acesse: Feitos um para o outro Existem muitas coisas nesse mundo que foram feitas uma para a outra: arroz com feijão, goiabada com queijo, a porca e o parafuso. Na aula passada, você estudou que para fazer aquela

Leia mais

Curso: Código: CTM.010 Componente Curricular: Período Letivo: Carga Horária total: Objetivos do componente curricular: Gerais Específicos:

Curso: Código: CTM.010 Componente Curricular: Período Letivo: Carga Horária total: Objetivos do componente curricular: Gerais Específicos: Curso: Técnico em Mecânica Concomitante Código: CTM.010 Componente Curricular: Elementos de Máquinas Período Letivo: Carga Horária total: 45 horas (54 aulas) 2 módulo Carga Horária Teoria: 30 horas (36

Leia mais

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

Latão Parafuso Sextavado Rosca Inteira

Latão Parafuso Sextavado Rosca Inteira PA SX LT Dimensões: ANSI B 8.. Rosca: - UNC ASME B.-A - BSW BS 84 - média Parafuso Sextavado Rosca Inteira Código da Linha - UNC: 90 - BSW: 9 TABELA DE PREÇOS Nº 0 (3/6 ) /4 /6 / F.P.P. UNC BSW 4 0 8 6

Leia mais

MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO MESA ADAPTÁVEL PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO

Leia mais

ARTIGO TÉCNICO PARAFUSOS MITOS E VERDADES.

ARTIGO TÉCNICO PARAFUSOS MITOS E VERDADES. ARTIGO TÉCNICO PARAFUSOS MITOS E VERDADES. 1 O Parafuso. O parafuso é uma peça metálica ou feita de matéria dura (PVC, plástico, vidro, madeira, entre outros), em formato cônico ou cilíndrico, sulcada

Leia mais

PARAFUSOS SEXT. E FRANCESES DE FERRO E AÇO 8.8

PARAFUSOS SEXT. E FRANCESES DE FERRO E AÇO 8.8 PARAFUSOS SEXT. E FRANCESES DE FERRO E AÇO 8.8 N/CÓDIGO MEDIDAS QUANT. PREÇO P/ % 110.016 PR SX F 1/4X1.3/4NC RP 450 R$ 10.30 110.017 PR SX F 1/4X2 NC RP 120 R$ 10.85 110.018 PR SX F 1/4X2.1/4 NC RP 1090

Leia mais

Broca Helicoidal DIN338N- HSS

Broca Helicoidal DIN338N- HSS Broca Helicoidal DIN338N- HSS Broca Helicoidal com Haste Cilíndrica Broca Comp. De Corte Broca Helicoidal com Haste Cilíndrica Broca Comp. De Corte 0,5 22 6 4,1 75 43 0,6 24 7 4,2 75 43 0,7 28 9 4,3 80

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio ELMA3 AULA 4 Prof. Carlos Fernando Dispositivos de Fixação Rebites, Parafusos, Pregos, Arruelas, Anéis Elásticos.

Leia mais

PUXADORES. Puxadores Embutidos

PUXADORES. Puxadores Embutidos 508 PUXADORES es Embutidos Páginas 510 a 515 Os puxadores com design embutido proporcionam uum ponto de contato amplo e ergonômico, sem elementos salientes na superfície frontal de portas, gavetas ou painéis.

Leia mais

PARAFUSO CABEÇA SEXTAVADA ROSCA INTEIRA EM POLEGADAS FIXAÇÃO WINOX ALTURA MÁXIMA (CABEÇA) QUANT. EMB. FIOS POR POLEGADAS CHAVE

PARAFUSO CABEÇA SEXTAVADA ROSCA INTEIRA EM POLEGADAS FIXAÇÃO WINOX ALTURA MÁXIMA (CABEÇA) QUANT. EMB. FIOS POR POLEGADAS CHAVE 71 FIXAÇÃO WINOX PARAFUSO CABEÇA SEXTAVADA ROSCA INTEIRA EM POLEGADAS Dimensões: ANSI B 18.2.1 Rosca: ASME B 1.1 2A / BS 84 - Média CÓDIGO DESCRIÇÃO FIOS POR POLEGADAS CHAVE ALTURA MÁXIMA (CABEÇA) 800600

Leia mais

Parafuso Francês com Porca Sextavada

Parafuso Francês com Porca Sextavada PA FR C/PO SX Dimensões: ANSI B. Rosca BSW: BS - Média Rosca UNC: ASME B. - A Parafuso - B Porca Material: Aço Baixo Carbono Fornecido com componentes desmontados - F.P.P. Compr. - Até 6 mín. de rosca

Leia mais

União de materiais utilizados na construção de máquinas agrícolas

União de materiais utilizados na construção de máquinas agrícolas Universidade Estadual do Norte Fluminense Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias Laboratório de Engenharia Agrícola EAG 03204 Mecânica Aplicada * União de materiais utilizados na construção de

Leia mais

Prof. MSc. David Roza José -

Prof. MSc. David Roza José - 1/139 Elementos de Fixação Veremos, nesta aula, o quê são e para quê servem os elementos de fixação. Conheceremos também os principais elementos de fixação: Rebites; Pinos e cupilhas;. Parafusos e roscas;

Leia mais

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores. Catálogo Geral de Produtos

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores. Catálogo Geral de Produtos Parafusos Porcas Arruelas E Toda Linha de Fixadores Catálogo Geral de Produtos www.indufix.com.br contato@indufix.com.br (11) 3207.8466 Há 25 anos a Indufix é líder do mercado brasileiro na fabricação

Leia mais

Cálculos de roscas. Nem sempre os parafusos usados nas máquinas. Formulários

Cálculos de roscas. Nem sempre os parafusos usados nas máquinas. Formulários A UU L AL A Cálculos de roscas Nem sempre os parafusos usados nas máquinas são padronizados (normalizados) e, muitas vezes, não se encontra o tipo de parafuso desejado no comércio. Nesse caso, é necessário

Leia mais

4. Bitolas Padrão Fio-máquina

4. Bitolas Padrão Fio-máquina 4. Bitolas Padrão Fio-máquina Fio-máquina (mm) 5,50 9,50 13,00 17,50 31,75 6,00 10,00 13,50 18,30 34,00 6,30 10,50 14,00 19,05 36,00 6,50 11,00 14,30 20,64 38,00 7,00 11,50 14,50 22,50 40,00 7,50 12,00

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo IV Aula 03 Conjuntos O desenho de conjunto representa um grupo de peças montadas tais como: dispositivos, ferramentas, máquinas, motores, equipamentos

Leia mais

Centro de Formação Profissional Nansen Araújo ELEMENTOS DE MÁQUINAS

Centro de Formação Profissional Nansen Araújo ELEMENTOS DE MÁQUINAS Centro de Formação Profissional Nansen Araújo ELEMENTOS DE MÁQUINAS João Monlevade MG 2004 Presidente da FIEMG Robson Braga de Andrade Gestor do SENAI Petrônio Machado Zica Diretor Regional do SENAI e

Leia mais

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos)

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável

Leia mais

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos)

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura por sistema de pinos) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável

Leia mais

Conjuntos mecânicos VI

Conjuntos mecânicos VI A UU L AL A Conjuntos mecânicos VI Um operador de máquinas recém-admitido, estava em treinamento para trabalhar com o equipamento serra tico-tico. Era muito importante conhecer antes, as características

Leia mais

Fixer Parafuso Fixer Phillips

Fixer Parafuso Fixer Phillips Fixer Parafuso Fixer Phillips 0/006 FI PN PH Panela Código da Linha - 90,0, 4,0 4,,0,0 /,90 6, / 6,90 7, / 7,0 7,8 / 8,0 9, / 9,0 Altura,0 /,0, /,. /.80,7 /,0, /, Compr. Compr. rosca Nº Nº Nº Nº Nº 0-4

Leia mais

Acesse:

Acesse: Nem só o padeiro faz roscas Para montar conjuntos mecânicos, usam-se os mais diversos processos de união das diversas partes que os compõem. Assim, é possível uni-los por soldagem, por rebitagem, por meio

Leia mais

Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca. Desandadores

Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca. Desandadores Classificação dos machos de roscar, segundo o tipo de rosca Rosca Sistema Métrico Normal Fina Machos de roscar Rosca Sistema Whitworth Para Parafusos Normal - BSW Fina - BSF Para Tubos - BASP - BSPT Rosca

Leia mais

ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA

ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA ÍNDICE SEÇÃO TÍTULO PÁGINA 1. OBJETIVO 1 2. CAMPO DE APLICAÇÃO 1. NORMAS E DOCUMENTOS COMPLEMENTARES 1 4. CONDIÇÕES GERAIS 1 5. CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 2 5.1 Caixas em Policarbonato 2 5.2 Barra Chata para

Leia mais

É PERMITIDO O USO DE RÉGUA SIMPLES MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CORPO

É PERMITIDO O USO DE RÉGUA SIMPLES MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA (PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CORPO MARINHA DO BRASIL DIRETORIA DE ENSINO DA MARINHA Prova : Amarela (PROCESSO SELETIVO PARA INGRESSO NO CORPO AUXILIAR DE PRAÇAS DA MARINHA / PS-CAP/2010) É PERMITIDO O USO DE RÉGUA SIMPLES TÉCNICO EM DESENHO

Leia mais

GUIA PARAFUSOS, ARRUELAS E PORCAS 1

GUIA PARAFUSOS, ARRUELAS E PORCAS 1 GUIA PARAFUSOS, ARRUELAS E PORCAS 1 144 / 146 Rebite de Rosca DIMENSIONAL NOMINAL CAB. CILINDRICA CAB CILINDRICA CAB. SEXTAVADA CABSEXTAVADO PLANA EXTRA FINA PLANA EXTRAFINA RKPO RFPO RKSO RFFO COMPRIMENTO

Leia mais

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I SEM 0564 - DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Notas de Aulas v.2016 Aula 09 Componentes de transmissão e união I: eixos, chavetas, pinos, cavilhas, polias e correias Prof. Assoc. Carlos Alberto Fortulan Departamento

Leia mais

[1] NBR 5426:1989 Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por atributos;

[1] NBR 5426:1989 Planos de amostragem e procedimentos na inspeção por atributos; 17 / 05 / 2012 1 de 8 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para o parafuso de cabeça abaulada utilizado nas Redes de Distribuição da CEMAR.

Leia mais

Fixação Ferragens Bricolagem

Fixação Ferragens Bricolagem Fixação Ferragens Bricolagem S S PARA AGLOMERADO E MDF Cabeça chata Fenda phillips Indicado para trabalhos em madeira tipo aglomerado, MDF, etc. 3,0 x 2 mm 230 789668902309 3,0 x 6 mm 2302 7896689023026

Leia mais

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA

TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA DEFINIÇÃO: TORNEIRO MECÂNICO TECNOLOGIA ROSCAS (NOÇÕES TIPOS NOMENCLATURA) É uma saliência, em forma helicoidal, que se desenvolve, externa ou internamente, ao redor de uma superfície cilíndrica ou cônica.

Leia mais

Espírito Santo. _ SENAI Departamento Regional do Espírito Santo 25

Espírito Santo. _ SENAI Departamento Regional do Espírito Santo 25 Departamento Regional do Espírito Santo 25 Limas Descrição É uma ferramenta manual de aço carbono, denticulado e temperada. Utilização É utilizada na operação de limar. Classificação Classificam-se pela

Leia mais

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I

SEM DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I SEM 0564 - DESENHO TÉCNICO MECÂNICO I Notas de Aulas v.2016 Aula 09 Componentes de transmissão e união I: eixos, chavetas, polias, correias Prof. Assoc. Carlos Alberto Fortulan Departamento de Engenharia

Leia mais

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

CATÁLOGO INOX 316/A4

CATÁLOGO INOX 316/A4 CATÁLOGO INOX 316/A4 SEXTAVADO ROSCA INTEIRA - INOX 316 PRODUTOS DE ALTA PERFORMANCE! PARAFUSO CABEÇA SEXTAVADA ROSCA INTEIRA AÇO INOXIDÁVEL - 316 ASME B18.2.1 UnC - Asme b1.1 bsw - din 11 SXRI3/16X1/2A4

Leia mais

Elementos de Máquinas

Elementos de Máquinas Professor: Leonardo Leódido Sumário Chavetas Chavetas Tem finalidade de unir dois elementos. Fabricado em aço Formato retangular ou semicircular Chavetas Tem finalidade de unir dois elementos. Fabricado

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA 03 / 04 / 2013 1 de 1 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis para parafuso tipo J utilizado na fixação de células capacitivas na montagem de

Leia mais

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés)

MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável

Leia mais

Especificação Técnica no Versão no.01 data: 02/03/2018. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado

Especificação Técnica no Versão no.01 data: 02/03/2018. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado CONTEÚDO 1. OBJETIVOS DO DOCUMENTO E ÁREA DE APLICAÇÃO... 2 2. GESTÃO DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 3. UNIDADES DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 4. REFERÊNCIAS... 2 5. SIGLAS E PALAVRAS-CHAVE... 3 6. DESCRIÇÃO...

Leia mais

Especificação Técnica no Versão no.04 data: 01/03/2019. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado

Especificação Técnica no Versão no.04 data: 01/03/2019. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado CONTEÚDO 1. OBJETIVOS DO DOCUMENTO E ÁREA DE APLICAÇÃO... 2 2. GESTÃO DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 3. UNIDADES DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 4. REFERÊNCIAS... 2 5. SIGLAS E PALAVRAS-CHAVE... 3 6. DESCRIÇÃO...

Leia mais

Título do grupo COMPASSOS (INTERNO / EXTERNO / DE PONTA) CORTADOR HIDRÁULICO DE PORCAS EXTRATOR DE PORCAS DANIFICADAS

Título do grupo COMPASSOS (INTERNO / EXTERNO / DE PONTA) CORTADOR HIDRÁULICO DE PORCAS EXTRATOR DE PORCAS DANIFICADAS 0 Título do grupo 13Ferramentas especiais e de medição COMPASSOS (INTERNO / EXTERNO / DE PONTA) CALIBRE DE FOLGA CALIBRE DE ROSCA LIMA PARA ROSCAS PAQUÍMETRO DIGITAL ARCOS DE SERRA PARA METAL PINÇAS (PONTAS

Leia mais

Catálogo de Produtos. Edição 11 / 2011

Catálogo de Produtos. Edição 11 / 2011 Catálogo de Produtos Edição 11 / 2011 Responsável pela comercialização das marcas: FERRAMENTAS DE CORTE EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS INSTRUMENTOS DE MEDIÇÃO Atendimento: Segunda a Sexta-Feira das 8:00 às 18:00h

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA SÃO PAULO Campus Presidente Epitácio ELMA3 AULA 5 Prof. Carlos Fernando Dispositivos de Fixação Pinos, Cupilhas, Cavilhas, Roscas, Mancais de Deslizamento

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Quando você usa a ampla linha de barras e perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores FIXADORES DE INOX

Parafusos Porcas Arruelas. E Toda Linha de Fixadores FIXADORES DE INOX Parafusos Porcas Arruelas E Toda Linha de Fixadores FIXADORES DE INOX cotar@indufix.com.br www.indufix.com.br (11) 3207.8466 Rua dos Alpes, 181 Cambuci SP Há 25 anos a Indufix é líder do mercado brasileiro

Leia mais

Aula Processos de usinagem de roscas -

Aula Processos de usinagem de roscas - Aula 14 - Processos de usinagem de roscas - Prof. Dr. Eng. Rodrigo Lima Stoeterau Processo de Usinagem de Roscas Processos de Usinagem Rosqueamento Definição: processo de usiangem cujo a função é produzir

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO INTRODUÇÃO À HIDRÁULICA Proporcionar ao treinando a compreensão dos 2. OBJETIVO princípios

Leia mais

Acesse:

Acesse: Roscar: a vocação do torno No mundo da mecânica, é inegável a importância das roscas: seja para fixar elementos (com parafusos e porcas), seja para transmitir movimentos (com eixos roscados). Neste livro,

Leia mais

Especificação Técnica no Versão no.03 data: 21/12/2018. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado

Especificação Técnica no Versão no.03 data: 21/12/2018. Assunto: Ferragens de Aço Galvanizado CONTEÚDO 1. OBJETIVOS DO DOCUMENTO E ÁREA DE APLICAÇÃO... 2 2. GESTÃO DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 3. UNIDADES DA VERSÃO DO DOCUMENTO... 2 4. REFERÊNCIAS... 2 5. SIGLAS E PALAVRAS-CHAVE... 3 6. DESCRIÇÃO...

Leia mais

NOVIDADES NEWS

NOVIDADES NEWS NOVIDADES 2019-03 NEWS 2019-03 ATORN: Machos abrir roscas por fresagem até 63 HRC ATORN Machos abrir roscas por fresagem até 63 HRC: Machos em metal duro Roscas métricas direitas ou esquerdas M ou MF (até

Leia mais

CO-18. Corrimão duplo. Componentes. Código de listagem. Atenção. Elaboração Data 12/06/07 Página 1/11

CO-18. Corrimão duplo. Componentes. Código de listagem. Atenção. Elaboração Data 12/06/07 Página 1/11 1/11 2/11 3/11 4/11 5/11 6/11 7/11 8/11 9/11 10/11 DESCRIÇÃO Constituintes CORRIMÃO (galvanizado a fogo e com pintura eletrostática): - Tubo de aço carbono, tipo industrial, Ø=41,27mm (1 5/8 ), e=2,5mm.

Leia mais

Ferragem de rede aérea que se fixa numa superfície, em geral a face superior de uma cruzeta, na qual, por sua vez, é fixado um isolador de pino.

Ferragem de rede aérea que se fixa numa superfície, em geral a face superior de uma cruzeta, na qual, por sua vez, é fixado um isolador de pino. 26 / 07 / 2011 1 de 10 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis do pino de isolador para utilização nas Redes de Distribuição da CEMAR. 2 CAMPO

Leia mais

é um elemento de alocação de outros elementos; serve de passagem para fios e canalizações; pode ser usado como elemento de refrigeração;

é um elemento de alocação de outros elementos; serve de passagem para fios e canalizações; pode ser usado como elemento de refrigeração; 1 Furos A furação de peças é uma atividade bastante importante no projeto de produto. Os furos são detalhes geométricos com funções específicas dentro de um produto. Uma destas funções é criar o interelacionamento

Leia mais

FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS

FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS LINHA ASTM A325 TIPO 1 São fixadores específicos de alta resistência, empregados em ligações parafusadas estruturais e indicados em montagens de maior responsabilidade.

Leia mais

Conjuntos mecânicos IV

Conjuntos mecânicos IV Conjuntos mecânicos IV A UU L AL A Do conceito das aulas estudadas em Elementos de Máquina, o pessoal que estava sendo treinado numa empresa achou que o curso só estaria completo se fosse estudado mais

Leia mais

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE

TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE BARRAS E PERFIS AÇO PARA INDÚSTRIA TUDO PARA VOCÊ FAZER UM TRABALHO DE QUALIDADE Quando você usa a ampla linha de barras e perfis Gerdau, você coloca mais qualidade no seu trabalho. Cada produto foi desenvolvido

Leia mais

Ferramentas utilizadas em Instalações Elétricas

Ferramentas utilizadas em Instalações Elétricas Ferramentas utilizadas em Instalações Elétricas ALICATE UNIVERSAL É o modelo mais conhecido e utilizado de toda a família dos alicates. Esse tipo de alicate é uma das principais ferramentas usadas pelo

Leia mais

ELEMENTOS DE FIXAÇÃO GUIA DE SELEÇÃO

ELEMENTOS DE FIXAÇÃO GUIA DE SELEÇÃO ELEMENTOS DE FIXAÇÃO GUIA DE SELEÇÃO Mais de 8.000 produtos à sua escolha! Utilize este guia para encontrar o produto certo para cada necessidade. pt.rs-online.com ELEMENTOS DE FIXAÇÃO GUIA DE SELEÇÃO

Leia mais

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL

SENAI, SUA CONQUISTA PROFISSIONAL METAL/MECÂNICA SENAI RR SENAI RR SENAI, SUA CONQUISTA ORGANIZAÇÃO CURRICULAR DOS CURSOS Catálogo de Cursos 1. TÍTULO INTRODUÇÃO À HIDRÁULICA Proporcionar ao treinando a compreensão dos 2. OBJETIVO princípios

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAL

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DE MATERIAL FL: 1/5 1.0 - OBJETIVO: Estabelecer as condições exigíveis para compra, aceitação e/ou recebimento de Conjunto de Parafusos e porca utilizado na montagem de terminais e conectores na INCESA. 2.0 : **Código

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ARMÁRIO ALTO SIMPLES GUARDA VOLUMES ALS-07 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-465 CÓDIGOS ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DEGSS

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ARMÁRIO ALTO SIMPLES GUARDA VOLUMES ALS-07 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-465 CÓDIGOS ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DEGSS ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA ARMÁRIO ALTO SIMPLES GUARDA VOLUMES NÚMERO: 132026 DESENHO: DT-465/1 EMISSÃO: ABRIL/2013 VALIDADE: ABRIL/2018 REVOGA: 072055 REVOGA DESENHO: DT-465 CÓDIGOS ERP: 10201603-8 ORGÃO DEMANDANTE:

Leia mais

Capítulo I: Elementos de Fixação

Capítulo I: Elementos de Fixação Capítulo I: Elementos de Fixação Profª. Luziane M. Barbosa 1 Profª. Luziane M. Barbosa 2 1 Profª. Luziane M. Barbosa 3 Uniões Móveis Permanentes Profª. Luziane M. Barbosa 4 2 PINOS Funções: Possibilitar

Leia mais

Projeto mecânico do MTP

Projeto mecânico do MTP Projeto mecânico do MTP 26/11/13: As especificações do grão propelente conforme passadas pelo Prof. Marchi: 1) Grão cilíndrico (cigarro); 2) Diâmetro do grão propelente 60 mm; 3) Comprimento do grão propelente:

Leia mais

EMBALAGEM DADOS COMPLEMENTARES NOME DO PRODUTO

EMBALAGEM DADOS COMPLEMENTARES NOME DO PRODUTO C A T Á L O G O 2017-2018 Fundada em 1967, a BEMFIXA é referência no mercado de construção e bricolagem no Brasil. A Bemfixa é uma empresa nacional que idealiza e desenvolve serviços e soluções nas áreas

Leia mais

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA ESTABILIZADORA MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

Elementos de máquina. Diego Rafael Alba

Elementos de máquina. Diego Rafael Alba E Diego Rafael Alba Rebites Um rebite compõe-se de um corpo em forma de eixo cilíndrico e de uma cabeça. A cabeça pode ter vários formatos. A solda é um bom meio de fixação, mas, por causa do calor, ela

Leia mais

Parafuso para Roda de Trator G.5

Parafuso para Roda de Trator G.5 Parafuso para Roda de Trator G. 0/006 PA TRATOR Dimensões : Padrão Ciser Rosca: ASME B. - A (A) (B) (C) (D) Produto F.P.P. X da rosca (ref.) Código da Linha - 9 Aplicações N Referência (E) PASX CO (B)

Leia mais

3 REFERÊNCIAS 4 DISPOSIÇÕES GERAIS

3 REFERÊNCIAS 4 DISPOSIÇÕES GERAIS Elaborador: Mário Sérgio de Medeiros Damascena ET - 05.117.01 1 de 6 1 FINALIDADE Esta Norma especifica e padroniza as dimensões e as características mínimas exigíveis de pino de isolador para utilização

Leia mais

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS

CURSO TÉCNICO CAD/CAM ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS CURSO TÉCNICO CAD/CAM 2008-2009 ÓRGÃOS DE MÁQUINAS NUNO MIGUEL DINIS Este foi um dos módulos mais fáceis e divertidos que tivemos pois a matéria já era do meu conhecimento e já tinha tido experiência a

Leia mais

PR-084 Revisão: 1 (Out/2008)

PR-084 Revisão: 1 (Out/2008) ágina: 1 de 6 1. OBJETIVO Este procedimento tem por objetivo descrever um roteiro e os métodos para verificações e medidas a serem executadas na identificação e avaliação e fazer a medição simplificada

Leia mais