MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés)"

Transcrição

1 UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA ( MESA PARA CADEIRA DE RODAS MANUAL DE CONFECÇÃO (Regulável em altura pelo comprimento dos pés) PROJETO ELABORADO POR: Roberto Stremel Aluno de Engenharia Mecânica ORIENTADOR: Prof. Dr. Francisco Gödke Professor do Departamento Acadêmico de Mecânica Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 1

2 PRECAUÇÕES IMPORTANTES Quando for confeccionar esse equipamento, alguns cuidados básicos devem ser tomados: 1. Leia atentamente todas as instruções, antes de realizar a montagem; 2. Este equipamento deve ser confeccionado por um adulto que possa seguir corretamente todas as instruções apresentadas; 3. O equipamento deve ser usado em superfícies planas; 4. O equipamento não deve ser utilizado se nele houver sinais claros de danos, tais como: rachaduras, deformações ou outros defeitos provenientes de montagem incorreta; 5. O equipamento deve ser sempre utilizado com o acompanhamento de alguém responsável pela segurança do usuário, preferencialmente um profissional da saúde (médico, enfermeiro, terapeuta ocupacional ou fisioterapeuta); 6. Em caso de qualquer dúvida entrar em contato através do SUMÁRIO PRECAUÇÕES IMPORTANTES... 2 SUMÁRIO... 2 APRESENTAÇÃO... 3 OBJETIVO... 3 CARACTERÍSTICAS... 3 INDICAÇÕES DE USO... 3 EQUIPAMENTO... 3 CONFECÇÃO... 4 MATERIAIS ENVOLVIDOS NA SUA FABRICAÇÃO... 4 FERRAMENTAS USADAS NA SUA FABRICAÇÃO... 4 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS MATERIAS E SEQUÊNCIA DE MONTAGEM... 5 ESTRUTURA FIXA... 5 MONTAGEM DA ESTRUTURA FIXA... 5 TAMPO FIXAÇÃO DO TAMPO OBSERVAÇÃO FINAL Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 2

3 APRESENTAÇÃO EQUIPAMENTO OBJETIVO Este projeto foi desenvolvido com o intuito de ser um produto customizado, em auxílio a usuários de cadeiras de rodas na realização de atividades cotidianas, tais como, alimentação, estudo e lazer. CARACTERÍSTICAS A estrutura do protótipo foi desenvolvida em PVC de diâmetro 40 mm, passando a apresentar leveza e resistência mecânica, além de facilitar a realização da assepsia. INDICAÇÕES DE USO O equipamento é indicado para usuários de cadeira de rodas. As dimensões podem ser proporcionalmente alteradas, a fim de se adaptar em cadeiras de diferentes dimensões. Figura 01. Modelo Mesa para Cadeira de Rodas Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 3

4 CONFECÇÃO MATERIAIS ENVOLVIDOS NA SUA FABRICAÇÃO Nome do Componente Quantidade Tubo de PVC diâmetro 40 mm 6,1 metros Conexão "T" diâmetro 40 mm 10 Conexão "Joelho 90 " diâmetro 40 mm 4 Luva diâmetro 40 mm 1 Parafuso cabeça escareada M5x60 mm ou 1/4 x60 mm 6 Porca para o parafuso cabeça escareada diâmetro M5 mm ou 1/4" 6 Tampo MDF 700x750x6 mm com revestimento liso em uma face 1 Tabela 1. Itens Necessários OBS: Por questões de segurança, recomenda-se, para a utilização da furadeira e serra manual, que o usuário tenha conhecimento mínimo em operação desses equipamentos. FERRAMENTAS USADAS NA SUA FABRICAÇÃO Materiais de Apoio Quantidade Lixa ferro nº Serra manual para metal 1 Furadeira 1 Broca de diâmetro 5 mm 1 Broca de diâmetro 10 mm 1 Trena 1 Martelo de Borracha 1 Chave de fenda 1 Chave de boca para porca de fixação do tampo da mesa 1 Tabela 2. Material de Apoio Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 4

5 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DOS MATERIAS E SEQUÊNCIA DE MONTAGEM Para fins de especificação técnica dos materiais necessários e suas dimensões, o projeto foi dividido em 3 partes: Estrutura fixa; Tampo e Montagem final. ESTRUTURA FIXA efetuar o corte dos componentes, aconselha-se retirar as rebarbas dos canos com a lixa ferro nº 100. PEÇA DESCRIÇÃO QTD. 1 T 40 mm 10 2 Cano 648X40 mm 2 3 Cano 448X40 mm 2 4 Cano 270X40 mm 4 5 Cano 364X40 mm 2 6 Cano 52X40 mm 4 7 Cano 176X40 mm 2 8 Joelho 40 mm 4 9 Cano 203X40 mm 4 10 Luva 40 mm 1 11 Cano 322X40 mm 2 Tabela 3. Componentes do Equipamento Estrutura Fixa MONTAGEM DA ESTRUTURA FIXA - Passo 1: Junte o cano de 270 mm com a conexão T 40 mm, como mostrado na figura 3 (4 unidades); Figura 02. Componentes do Equipamento Estrutura Fixa A figura 2 apresenta a vista explodida da estrutura fixa e a tabela 3 os componentes necessários para sua montagem. Após Figura 03. Passo 1 Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 5

6 - Passo 2: Junte o cano de 364 mm com o conjunto montado no passo 1, como mostrado na figura 4 (2 unidades); - Passo 4: Junte a conexão T 40 mm com o conjunto montado no passo 3, como mostrado na figura 6(b) (2 unidades A segunda unidade deve ter a entrada central do seu T 40 mm virada para o lado oposto da primeira unidade), como mostrado na figura 6(a); Figura 04. Passo 2 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 3: Junte o cano de 52 mm com o conjunto montado do passo 1, como mostrado na figura 5 (2 unidades); (a) Figura 06. Passo 4 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 5: Junte o cano de 176 mm com o conjunto montado no passo 4, como mostrado na figura 7 (2 unidades); (b) Figura 05. Passo 3 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Figura 07. Passo 5 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 6

7 - Passo 6: Junte a conexão T 40 mm com o conjunto montado no passo 5, como mostrado na figura 8 (2 unidades Cada unidade deve ter a entrada central da conexão T 40 mm paralela a entrada central da conexão T 40 mm já montada no passo 4); - Passo 8: Junte o outro conjunto montado no passo 6 com o conjunto montado no passo 7, como mostrado na figura 10 (1 unidade); Figura 08. Passo 6 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 7: Junte os canos de 648 mm com o conjunto montado no passo 6, como mostrado na figura 9 (1 unidade); Figura 10. Passo 8 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 9: Junte os canos de 448 mm com o conjunto montado no passo 8, como mostrado na figura 11 (1 unidade); Figura 09. Passo 7 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Figura 11. Passo 9 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 7

8 - Passo 10: Junte as 2 unidades montadas no passo 2 com o conjunto montado no passo 9, como mostrado na figura 12 (1 unidade); - Passo 12: Junte os canos de 322 mm com a conexão Luva 40 mm, como mostrado na figura 14 (1 unidade); Figura 14. Passo 12 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Figura 12. Passo 10 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 11: Junte os canos de 52 mm com o conjunto montado no passo 10, como mostrado na figura 13 (1 unidades); - Passo 13: Junte as 2 conexões Joelho 40 mm com o conjunto montado no passo 12, como mostrado na figura 15 (1 unidade); Figura 15. Passo 13 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Figura 13. Passo 11 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 8

9 - Passo 14: Junte os canos de 203 mm com o conjunto montado no passo 13, como mostrado na figura 16 (1 unidade); - Passo 16: Junte o conjunto montado no passo 15 com o conjunto montado no passo 11, as setas indicam os locais de junção, como mostrado na figura 18 (1 unidade); Figura 16. Passo 14 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa - Passo 15: Junte as 4 conexões Joelho 40 mm com o conjunto montado no passo 14, como mostrado na figura 17 (1 unidade); Figura 18. Passo 16 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Figura 17. Passo 15 - Esquema de Montagem da Estrutura Fixa Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 9

10 TAMPO FIXAÇÃO DO TAMPO - Passo 1: Faça um furo passante no centro das 2 conexões T 40 mm e um furo passante em cada uma das 4 conexões Joelho 40 mm, a 1,3 cm da extremidade, com a broca de diâmetro 5 mm, como mostrado na figura 20 (vista superior da estrutura fixa). Os furos podem ser alargados um pouco, visando uma colocação mais fácil; Figura 19. Componentes do Equipamento Tampo OBS: os furos devem ser escareados com a broca de diâmetro 10 mm, a fim de que os parafusos escareados fiquem alojados corretamente de maneira a evitar acidentes. Os furos de 5 mm podem ser alargados um pouco, visando uma colocação mais fácil. Figura 20. Passo 1 - Esquema de Fixação do Tampo Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 10

11 - Passo 2: Posicione o tampo de maneira a coincidir os furos do tampo com os furos da estrutura fixa e então coloque os 6 parafusos cabeça escareada M5X60 mm, como mostrado na figura 21. Certifique-se que os furos do tampo foram escareados o suficiente para alojar completamente a cabeça dos parafusos; - Passo 3: Fixe as porcas de diâmetro M5, como mostrado na figura 22 (vista lateral). Use a chave de fenda (para os parafusos) e a chave de boca de (para as porcas); Figura 22. Passo 3 - Esquema de Fixação do Tampo Figura 21. Passo 2 - Esquema de Fixação do Tampo OBSERVAÇÃO FINAL A altura da mesa pode ser facilmente alterada, cortando-se de forma simétrica os canos de 270 mm (canos 4 da tabela 3). Manual de Confecção É PROIBIDA A REPRODUÇÃO, PARA FINS COMERCIAIS, DESTE EQUIPAMENTO Página 11

CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO

CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) CADEIRA COM ADUTOR MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO

MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) MESA DE ATIVIDADES MANUAL DE CONFECÇÃO PROJETO ELABORADO

Leia mais

CADEIRA EM PVC MANUAL DE CONFECÇÃO CADEIRA EM PVC MANUAL DE CONFECÇÃO

CADEIRA EM PVC MANUAL DE CONFECÇÃO CADEIRA EM PVC MANUAL DE CONFECÇÃO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO ACADÊMICO DE MECÂNICA TECNOLOGIA ASSISTIVA (http://www.damec.ct.utfpr.edu.br/assistiva/) UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ DEPARTAMENTO

Leia mais

Manual de montagem. Fecho I - Manual de montagem

Manual de montagem. Fecho I - Manual de montagem Manual de montagem SUMÁRIO. LISTA E PEÇAS...4 2. PROCESSO DE MONTAGEM...5 3. INDICAÇÕES... 4. INSTRUÇÃO DE MONTAGEM... 2 4.. Porta de madeira (abre para dentro)... 2 4.2. Porta de madeira (abre para fora)...

Leia mais

CHECK-LIST MANUAL DE INSTRUÇÃO BANCADA. Conferente: Reg: (X) QT DESCRIÇÃO PARAFUSOS SEXTAVADO 1/4" X 2 1/2"

CHECK-LIST MANUAL DE INSTRUÇÃO BANCADA. Conferente: Reg:  (X) QT DESCRIÇÃO PARAFUSOS SEXTAVADO 1/4 X 2 1/2 CHECK-LIST (X) QT DESCRIÇÃO PARAFUSOS SEXTAVADO 1/4" X 2 1/2" PARAFUSOS SEXTAVADO1/4 x 1/2 PARAFUSOS SEXTAVADO ROSCA SOB.ZINC 1/4" X 35 PORCAS SEXTAVADA 1/4 X 7/16 BASE DE MADEIRA BASE DE CHAPA COLUNAS

Leia mais

Estação Power 10. Instruções de montagem

Estação Power 10. Instruções de montagem Estação Power 10 Instruções de montagem (Náilon) (Náilon) (Náilon) (Náilon) (curvo) - 1 - LISTA DE PARTES N o Descrição Qtd. 1 Tubo de suporte 1 2 Tubo em T 1 3 Viga horizontal 1 4 Tubo de guia 2 5 Tubo

Leia mais

CHAVE DINAMOMÉTRICA DE ESTALO TOHNICHI SP RSP QRSP INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO

CHAVE DINAMOMÉTRICA DE ESTALO TOHNICHI SP RSP QRSP INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO CHAVE DINAMOMÉTRICA DE ESTALO TOHNICHI SP RSP QRSP INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO Modelo SP Modelo RSP Modelo QRSP Para usar a chave dinamométrica de forma correcta e segura, leia estas instruções antes da

Leia mais

Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513

Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513 Instalação do Kit da Chave do Sensor da Porta do NetShelter AP9513 Este kit é para utilização com o NetShelter VX, NetShelter SX, ou outros gabinetes padrão de 19 polegadas. Componentes Chave (2) Ímã (2)

Leia mais

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona

Manual de Instalação Adelift Light com Divisória de Lona Página 1 de 13 Objetivo: O objetivo desse manual é ajudar na identificação dos componentes e orientar os procedimentos para instalação do sistema Adelift Light, e sua divisória, no implemento rodoviário.

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO FCI INOX

MANUAL DE INSTALAÇÃO FCI INOX MANUAL DE INSTALAÇÃO FCI INOX Parabéns você acaba de adquirir um filtro central de inox. A seguir lhe mostraremos o passo a passo para fazer a correta instalação do seu filtro central de inox, garantindo

Leia mais

Equipamento Pivotante Robô

Equipamento Pivotante Robô Rua Manoel Monteiro de Moraes, 1424 CEP 13487-160 - Limeira - SP PPME0077 julho 2012 Equipamento Robô Com kit de instalação 1 VISÃO GERAL 11 Instalação Elétrica ANOTAÇÕES PAREDE COLUNA PORTÃO FIM DE CURSO

Leia mais

PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA

PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA MANUAL PARA A FABRICAÇÃO DE UMA PRENSA PARA ESTÊNCIL A TINTA Vivaldo Armelin Júnior 2006 Todos os direitos Reservados e pertencentes ao Portal ArteEducar. Proibido qualquer uso que não seja em sala de

Leia mais

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR

SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR R SEMEADEIRA MANUAL INSTRUÇÕES DO OPERADOR INDÚSTRIA MECÂNICA KNAPIK LTDA Rua Prefeito Alfredo Metzler, 480 Bairro Santa Rosa 89.400-000 Porto União - SC Telefone (42)3522-2789 - 3522-1819 E-mail: vendas@knapik.com.br,

Leia mais

DB DBE. CHAVES DINAMOMÉTRICAS TOHNICHI SÉRIE DB e DBE INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO. Encaixe

DB DBE. CHAVES DINAMOMÉTRICAS TOHNICHI SÉRIE DB e DBE INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO. Encaixe DB DBE CHAVES DINAMOMÉTRICAS TOHNICHI SÉRIE DB e DBE INSTRUÇÕES DE FUNCIONAMENTO Modelo DB Manómetro Ponteiro Indicador Comprimento Real Disco de Protecção Disco de Escala Encaixe Punho Modelo DB Modelo

Leia mais

SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS'

SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' SUPORTE DE SUSTENTAÇÃO PARA CABOS ÓPTICOS AÉREOS TIPO FDS PRL - ACS Nº 0020 ILUSTRAÇÃO VISTA SUPERIOR SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' ILUSTRAÇÃO VISTA LATERAL SUPORTE FDS TIPO 2 PARAFUSOS' ILUSTRAÇÃO ILUSTRAÇÃO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO RB 701

MANUAL DO USUÁRIO RB 701 MANUAL DO USUÁRIO RB 701 IMPORTANTE: Antes de utilizar o equipamento, por favor, leia atentamente o manual do usuário e as especificações técnicas do produto. Mantenha o manual do usuário em mãos no momento

Leia mais

SUPORTE DE TETO PARA PROJETOR THIN COM HASTES MÓVEIS

SUPORTE DE TETO PARA PROJETOR THIN COM HASTES MÓVEIS SUPORTE DE TETO PARA PROJETOR THIN COM HASTES MÓVEIS MANUAL DE 1UTILIZAÇÃO Características: - Disponível em dois tamanhos: - Ajuste de altura de 485 a 735 mm - Ajuste de altura de 1,25 a 2,00 metros -

Leia mais

Instruções de Uso. [Digite texto]

Instruções de Uso. [Digite texto] Instruções de Uso Para sua segurança, consulte sempre as orientações de uso antes de utilizar a sua ferramenta. Clique na família de produtos desejada para conhecer as instruções de uso: Alicates Arco

Leia mais

BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1800

BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1800 BARRA ANTI-PÂNICO MODELO 1800 PARA FAZER A INSTALAÇÃO, CONTRATE UM UM PROFISSIONAL QUALIFICADO, A SOPRANO A SOPRANO NÃO NÃO SE RESPONSABILIZA SE POR DANOS POR DANOS CAUSADOS CAUSADOS À BARRA À FECHADURA

Leia mais

Manual de Montagem, Instalação e Uso Mosquiteira Recolhível 40 TELAS

Manual de Montagem, Instalação e Uso Mosquiteira Recolhível 40 TELAS Manual de Montagem, Instalação e Uso Medição Inicie fazendo a medição da largura e altura, meça em pelo menos dois pontos e utilize a menor medida. Largura Interno L Sobrepor L Observe que sempre será

Leia mais

Conjuntos mecânicos III

Conjuntos mecânicos III Conjuntos mecânicos III A UU L AL A Desenho de componente é o desenho de uma peça isolada que compõe um conjunto mecânico. Introdução Desenho de detalhe é o desenho de um elemento, de uma parte de um elemento,

Leia mais

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico

Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Leitura e Interpretação de Desenho Técnico Mecânico Módulo IV Aula 03 Conjuntos O desenho de conjunto representa um grupo de peças montadas tais como: dispositivos, ferramentas, máquinas, motores, equipamentos

Leia mais

Manual de instalação Coletor Tubo a Vácuo Vertical e Horizontal

Manual de instalação Coletor Tubo a Vácuo Vertical e Horizontal Manual de instalação Coletor Tubo a Vácuo Vertical e Horizontal Produto 100% Brasileiro www.termomax.com.br ATENÇÃO A TERMOMAX Aquecedor Solar LTDA EPP estende sua garantia somente para reservatório térmico

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO PARA CANCELA

MANUAL DE INSTALAÇÃO PARA CANCELA MANUAL DE INSTALAÇÃO PARA CANCELA MODELOS NEO NEO U.R. NEO ARTICULADA CENTRAIS ELETRÔNICAS CP 4080 CP 4030 Imagens meramente Ilustrativas CERTIFICAÇÃO *ANATEL: APLICADO AOS CONTROLES REMOTOS (TX)! AVISO:

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM MAN UAL DE UTILIZACAO E DE MONTAGEM CONFORME NORMA EUROPEIA: NEN-EN1004/1298. Página1

MANUAL DE MONTAGEM MAN UAL DE UTILIZACAO E DE MONTAGEM CONFORME NORMA EUROPEIA: NEN-EN1004/1298. Página1 Página1 MANUAL DE MONTAGEM MAN UAL DE UTILIZACAO E DE MONTAGEM CONFORME NORMA EUROPEIA: NEN-EN1004/1298 Página2 Colocar as rodas nos bastidores os horizontais e o horizontal / diagonal Levantar o bastidor,

Leia mais

Manual de Instalação do Teclado de Senhas V3 RS485

Manual de Instalação do Teclado de Senhas V3 RS485 Manual de Instalação do Teclado de Senhas V3 RS485 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Especificações Técnicas... 4 3. Configuração do Sistema... 4 4. Esquema de Ligação... 5 5. Fixação do Equipamento...

Leia mais

Centro de Serviços Compartilhados TI. Manual de Instalação da Lousa DIGI III Simples s/ Kit

Centro de Serviços Compartilhados TI. Manual de Instalação da Lousa DIGI III Simples s/ Kit / 5 Versão. Pearson Sistemas do Brasil Departamento de Qualidade em TI Fone +55 (6) 3603 9272 Pág./5 2/ 5 Índice Analítico Lousa DIGI III... 3. O presente manual visa orientar a instalação da lousa DIGI

Leia mais

INTRODUÇÃO - LEIA TODO MANUAL DE INSTRUÇÕES ANTES DA MONTAGEM

INTRODUÇÃO - LEIA TODO MANUAL DE INSTRUÇÕES ANTES DA MONTAGEM INSTRUÇÕES DE MONTAGEM ELOS ACESSÓRIOS PARA CABO REDE SUBTERRÂNEA PÁG. 1 / 7 EMCF 36kV TAM. 3 Edição: JUN 14 DESCRIÇÃO: A EMENDA ELOS COMPACTA FRIA é um acessório de cabo de média tensão isolado com EPR

Leia mais

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado.

5 CONDIÇÕES ESPECÍFICAS 5.1 Material: A armação da caixa deve ser feita com cantoneiras de aço-carbono, ABNT 1010 a 1020, laminado. 1 OBJETIVO Esta Norma padroniza as dimensões e estabelece as condições gerais e específicas da caixa de medição a ser utilizada para alojar TCs e TPs empregados na medição de unidades consumidoras do Grupo

Leia mais

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS

III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS III CONSTRUÇÃO DOS SUPORTES DAS BOBINAS Serão construídos dois suportes, um para a bobina transmissora, o qual será fixado na barra do detector de metal em posição vertical e outro, para a bobina receptora

Leia mais

IMETEX - SISTEMAS DE FIXAÇÃO - Flange de Fixação Série STW

IMETEX - SISTEMAS DE FIXAÇÃO - Flange de Fixação Série STW IMETEX - SISTEMAS DE FIXAÇÃO - Flange de Fixação Série STW As flanges de fixação STW pertencem às uniões por meio de pressão, com a finalidade de unir cubos com eixos lisos. Este tipo de união transmite

Leia mais

CO C NTEÚ E DO D D O D KI K T pe p rf r i f s i voltar para o índice

CO C NTEÚ E DO D D O D KI K T pe p rf r i f s i voltar para o índice CONTEÚDO DO KIT MONTAGEM DO BATENTE MONTAGEM DA FOLHA elementos de fixação perfis acessórios corte dos perfis laterais corte do perfil superior colocação da escova conexão dos perfis instalação das contraplacas

Leia mais

Amplificador Derivador AMP-950

Amplificador Derivador AMP-950 Amplificador Derivador AMP-950 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso Amplificador Derivador AMP-950. Para garantir o uso correto e eficiente do AMP-950, leia este manual completo e atentamente para

Leia mais

Carrinho de cozinha. Ajuda móvel Carrinho de cozinha Muito prático: um destes carrinhos de rodas dá imenso jeito em qualquer ocasião.

Carrinho de cozinha. Ajuda móvel Carrinho de cozinha Muito prático: um destes carrinhos de rodas dá imenso jeito em qualquer ocasião. Carrinho de cozinha Ajuda móvel Carrinho de cozinha Muito prático: um destes carrinhos de rodas dá imenso jeito em qualquer ocasião. 1 Introdução Faça magia na sua cozinha com este auxiliar perfeito sempre

Leia mais

Adaptador de montagem no teto

Adaptador de montagem no teto SADT - 100EC Adaptador de montagem no teto imagine as possibilidades Obrigado por adquirir este produto Samsung. Para receber um atendimento mais completo, registre seu produto no site www.samsung.com/global/register

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELOS: SUNNY, SUNNY CONTR FHARO Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas

Leia mais

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09

Manual de Instalação e Manutenção. Torniquete Hexa. revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Manual de Instalação e Manutenção Torniquete Hexa revisão: 6 data de atualização:16/01/09 Índice 1 - Apresentação pg.03 2 - Dimensões principais e vão livre para manutenção pg.04 3.1. Identificação dos

Leia mais

Motobombas. Diesel. BFD 6" - Ferro Fundido BFD 8" - Ferro Fundido

Motobombas. Diesel. BFD 6 - Ferro Fundido BFD 8 - Ferro Fundido Motobombas Diesel BFD 6" - Ferro Fundido BFD 8" - Ferro Fundido 1 - Motobomba BFDE 6", BFDE 8" Sua aplicação básica está na captação de água de rio e lagos. Utilizado quando é necessário uma transferência

Leia mais

Desenho Técnico. Cortes, seções, encurtamento e omissão de corte. Caderno de Exercícios Desenho Técnico 1

Desenho Técnico. Cortes, seções, encurtamento e omissão de corte. Caderno de Exercícios Desenho Técnico 1 Desenho Técnico 2 Cortes, seções, encurtamento e omissão de corte CORTES Em desenho técnico, o corte de uma peça é sempre imaginário. Ele permite ver as partes internas da peça. Na projeção em corte, a

Leia mais

Movimento Pendular regulável

Movimento Pendular regulável A SERRA DE RECORTES A serra de Recortes (ou Tico-tico) serve para fazer cortes em curva ou rectilíneos numa variedade de materiais: painéis de madeira, tubos de cobre, perfis de alumínio, placas de fibrocimento,

Leia mais

Manual de Instruções SC20-BR FONÔMETRO (MEDIDOR DE RUÍDOS) Edição - 07/2010

Manual de Instruções SC20-BR FONÔMETRO (MEDIDOR DE RUÍDOS) Edição - 07/2010 Manual de Instruções SC20-BR FONÔMETRO (MEDIDOR DE RUÍDOS) Edição - 07/2010 Manual de Instruções - SC20-BR Índice Apresentação 02 Características técnicas 02 Acessórios incluídos 0 Acessórios opcionais

Leia mais

Manual de Instruções Versão 20/06/2016 R

Manual de Instruções Versão 20/06/2016 R Manual de Instruções Versão Aberturas Central 1 Lado 2 Lados oll Door Systems CEP 87050-320 Maringá - P Manual de Instruções oll Door Pág. 1 de 12 Tipos 3 Vias 19 Sobrepor egulável 28 a 46mm 2 Vias Embutir

Leia mais

AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100

AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100 AMPLIFICADOR DE PICK-UP XF-100 Manual do usuário Série: D MAN-DE-XF-100 Rev.: 2.00-08 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso XF-100. Para garantir o uso correto e eficiente do XF-100, leia este manual

Leia mais

MMS1307/FT - Sistema de áudio e vídeo automotivo, para o New Fiesta 2015, com tecnologia Sync.

MMS1307/FT - Sistema de áudio e vídeo automotivo, para o New Fiesta 2015, com tecnologia Sync. MMS1307/FT - Sistema de áudio e vídeo automotivo, para o New Fiesta 2015, com tecnologia Sync. SEJA BEM VINDO!!! PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA GUIA SIMPLES DE INSTALAÇÃO CONTROLES E COMANDOS OPERAÇÕES BÁSICAS

Leia mais

Manuais Instalação. Linha Sicflex

Manuais Instalação. Linha Sicflex Manuais Instalação Linha Sicflex - Antes de dar início ao processo de montagem, leia e - A montagem do produto deverá ser executada sobre uma Lateral 3 Base Prateleira - Parafuso 4x40 - Bucha 4 - Parafuso

Leia mais

Manual do usuário. Misturador Elétrico

Manual do usuário. Misturador Elétrico Manual do usuário Misturador Elétrico 200Lts Data: 08/2012 Rev.:00 Índice Índice MONTAGEM...... 2 Pág. INSTALAÇÃO... 3 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS... 4 à 5 FUNCIONAMENTO... 6 1. Colocação da lata de tinta

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO

MANUAL DE INSTALAÇÃO MANUAL DE INSTALAÇÃO Suportes para projetores! ATENÇÃO: Este produto requer conhecimento técnico para instalação. O produto deste manual poderá sofrer alterações sem prévio aviso. GSP-111 GSP-105 GSP-104

Leia mais

smar Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta.

smar  Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. smar www.smar.com.br Especificações e informações estão sujeitas a modificações sem prévia consulta. Informações atualizadas dos endereços estão disponíveis em nosso site. web: www.smar.com/brasil2/faleconosco.asp

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE UMIDADE DE MADEIRA E ALVENARIA MH-5025

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE UMIDADE DE MADEIRA E ALVENARIA MH-5025 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO MEDIDOR DE UMIDADE DE MADEIRA E ALVENARIA MH-5025 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do aparelho ÍNDICE 1. INTRODUÇÃO... 1 2. REGRAS DE

Leia mais

DE TETO PARA PLASMA/LCD

DE TETO PARA PLASMA/LCD SUPORTE ARTICULÁVEL DE TETO PARA PLASMA/LCD MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Fixação no teto. - Articulações que permitem diversas combinações de movimentos laterais e angulares para baixo. -

Leia mais

Manual de Instruções de Instalação e Garantia. Risco Zero1. -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão

Manual de Instruções de Instalação e Garantia. Risco Zero1. -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão Manual de Instruções de Instalação e Garantia Risco Zero1 -Acionador Eletrônico com Rebaixador de Tensão Revisão 0 - V. Jan/2013 Parabéns! Você acabou de adquirir a solução para o acionamento da motobomba

Leia mais

Detalhes que fazem a diferença! TWIN. Manual de Execução

Detalhes que fazem a diferença! TWIN. Manual de Execução Detalhes que fazem a diferença! Sistema Twin TL TWIN Manual de Execução Índice Índice O Sistema TWIN é um sistema de corrediças sincronizado para portas de madeira ou alumínio, de até 80 Kg. cada folha.

Leia mais

Descrição Funcional:

Descrição Funcional: 1 Descrição Funcional: 1. CHAVE LIGA E DESLIGA 2. ALÇA 3. CABO DE FORÇA 4. TUBO DE SAIDA DE DESCARGA DE PÓ 5. PORTA ESCOVA 6. BASE DE APOIO 7. PROTETOR DO DISCO DENTADO 8. DISCO DENTADO 9. ARRUELA DE FIXAÇÃO

Leia mais

CATÁLOGO TÉCNICO STRINGUETO & CIA LTDA. FONES: (11) / site:

CATÁLOGO TÉCNICO STRINGUETO & CIA LTDA. FONES: (11) / site: CATÁLOGO TÉCNICO STRINGUETO & CIA LTDA. FONES: () 4606-3663 / 4606-3673 site: www.stringueto.com.br e-mail: stringueto@stringueto.com.br APRESENTAÇÃO Página 1 A STRINGUETO & Cia Ltda. foi fundada em julho

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO

MANUAL DE UTILIZAÇÃO SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED STANDARD MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Fixação na parede. - Para TV s e monitores Plasma ou LCD até 42. - Para TV s e monitores LED até 46.

Leia mais

COMO MONTAR O ARO MÓVEL 4 FUROS NO REQUADRO COM VIDRO:

COMO MONTAR O ARO MÓVEL 4 FUROS NO REQUADRO COM VIDRO: 1 INDÚSTRIA DE APARELHOS PARA GINÁSTICA LTDA VITA BASKET TABELA DE BASKET HIDRÁULICA MANUAL E ELÉTRICA MONTAGEM DA ESTRUTURA: Coloque o pino de trava da peça n. 2 (pistão) na peça n.1 (base). Coloque e

Leia mais

Termossifão pressurizado (EA8893) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8893)

Termossifão pressurizado (EA8893) Manual de instruções. Manual de instruções. Termossifão pressurizado (EA8893) Manual de instruções Termossifão pressurizado (EA8893) Índice 1. Parâmetros... 3 2. Precauções... 4 3. Informação técnica... 5 3.1. Componentes... 5 3.2. Informação técnica... 5 4. Componentes e dimensões...

Leia mais

Instruções de montagem do Irrigador Solar. Washington Luiz de Barros Melo

Instruções de montagem do Irrigador Solar. Washington Luiz de Barros Melo Instruções de montagem do Irrigador Solar Washington Luiz de Barros Melo Versão 8/2015 1 Irrigador Solar Irrigação ativada pelo sol Washington Luiz de Barros Melo 1. As partes do irrigador O irrigador

Leia mais

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO

PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Ferramentas utilizadas PROCEDIMENTO DE EXECUÇÃO Furadeira Parafusadeira Serrote Estilete Escada Linha de marcar Nível a laser / mangueira de nível Trena metálica Lápis de carpinteiro Martelo Tesoura para

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMO-HIGRÔMETRO MODELO HT-208

MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMO-HIGRÔMETRO MODELO HT-208 MANUAL DE INSTRUÇÕES DO TERMO-HIGRÔMETRO MODELO HT-208 Leia atentamente as instruções contidas neste manual antes de iniciar o uso do aparelho ÍNDICE 1. Introdução... 01 2. Regras de segurança... 01 3.

Leia mais

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO

MANUAL DO CONSUMIDOR VENTILADOR DE TETO VENTILADOR DE TETO MODELO: Obrigado por adquirir o. Antes de utilizar o seu produto leia atentamente este manual de instruções. Após a leitura guarde-o em local seguro para consultas futuras. Este aparelho

Leia mais

MANUAL DE INSTALAÇÃO. Suporte M001-POLI. Para Monitores de Plasma e LCD de 30 à 61

MANUAL DE INSTALAÇÃO. Suporte M001-POLI. Para Monitores de Plasma e LCD de 30 à 61 MANUAL DE INSTALAÇÃO 001-05 Suporte M001-POLI Para Monitores de Plasma e LCD de 30 à 61 Parabéns! Você adquiriu um produto desenvolvido por quem faz exclusivamente equipamentos para Home Theater há mais

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA)

MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA) MANUAL DE OPERAÇÃO RAMPA ELEVATÓRIA (PIEZOELÉTRICA) REVISÃO 00 B12-057 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 2 2. INFORMAÇÕES GERAIS... 3 2.1. DIMENSÕES... 3 2.2. OPERAÇÃO... 3 3. INSTALAÇÃO DO EQUIPAMENTO... 4 4.

Leia mais

PROJETO DO TELESCÓPIO

PROJETO DO TELESCÓPIO PROJETO DO TELESCÓPIO EDER MARTIOLI DAS-INPE A v. d o s A s t ro n a u ta s, 1 7 5 8 t e l e f o n e : ( 1 2 ) 3 9 4 5-7 1 9 4 f a x : ( 1 2 ) 3 9 4 5-6 8 1 1 e d e r@ d a s. i n p e. b r Índice I. Lista

Leia mais

FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS

FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS FIXADORES PARA ESTRUTURAS METÁLICAS LINHA ASTM A325 TIPO 1 São fixadores específicos de alta resistência, empregados em ligações parafusadas estruturais e indicados em montagens de maior responsabilidade.

Leia mais

Instruções de Montagem do

Instruções de Montagem do Instruções de Montagem do Irrigador Solar Washington Luiz de Barros Melo Versão 8/2015 1 Irrigador Solar Irrigação ativada pelo sol Washington Luiz de Barros Melo 1. As partes do irrigador O irrigador

Leia mais

Rebites II. Processos de rebitagem

Rebites II. Processos de rebitagem A UU L AL A Rebites II Você já tem uma noção do que é rebite e de como ele deve ser especificado de acordo com o trabalho a ser feito. Mas como você vai proceder, na prática, para fixar duas peças entre

Leia mais

(baseado em 6 avaliações)

(baseado em 6 avaliações) Experimento cadastrado por Helder de Figueiredo e Paula em 29/10/2009 Classificação Total de exibições: 7077 (até 25/09/2012) (baseado em 6 avaliações) Palavras-chave: Circuitos Elétricos; Fonte de Tensão

Leia mais

Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo. Ficha de inscrição

Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo. Ficha de inscrição Concurso de tecnologia assistiva de baixo custo do tipo faça você mesmo Ficha de inscrição Título da TA proposta: ERG - Apoio para o movimento de se levantar Componente 1 Nome: Roberto Gutierrez Beraldo

Leia mais

Instruções de Instalação em Rack

Instruções de Instalação em Rack Instruções de Instalação em Rack Reveja a documentação fornecida com o rack para obter informações sobre cabeamento e segurança. Ao instalar o subsistema de armazenamento em um rack, considere o seguinte:

Leia mais

Aparador. Há sempre espaço para o design. Aparador Elemento atrativo e prática arrumação num só: O aparador numa moderna mistura de materiais.

Aparador. Há sempre espaço para o design. Aparador Elemento atrativo e prática arrumação num só: O aparador numa moderna mistura de materiais. Aparador Há sempre espaço para o design. Aparador Elemento atrativo e prática arrumação num só: O aparador numa moderna mistura de materiais. 1 Introdução Mistura de materiais num só! Este aparador irá

Leia mais

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos.

Parafusos II. roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. A UU L AL A Parafusos II Na aula anterior você teve noções gerais de roscas. Nesta e nas próximas aulas são apresentadas informações sobre parafusos. Introdução Parafusos Parafusos são elementos de fixação,

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12

MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 MANUAL DE INSTRUÇÕES DE OPERAÇÃO PARA MESA DE PASSADORIA THEOBOARD 03 CONFORME NORMAS DA NR-12 SINAIS DE ATENÇÃO! Atenção! Alta Voltagem 230/240V Atenção! Superfície quente! Vapor quente ou líquido. Atenção!

Leia mais

PRANCHA DE PILATES SISTEMA DE TREINAMENTO DE PESO

PRANCHA DE PILATES SISTEMA DE TREINAMENTO DE PESO PRANCHA DE PILATES SISTEMA DE TREINAMENTO DE PESO MANUAL DO USUÁRIO ATENÇÃO!!! Leia todas as precauções e instruções neste manual antes de usar este equipamento. Guarde este manual para referência futura.

Leia mais

Pinos e cupilhas. Pinos e cavilhas

Pinos e cupilhas. Pinos e cavilhas A U A UL LA Pinos e cupilhas Introdução Até agora você estudou rebites que constituem um dos principais elementos de fixação. Mas existem outros elementos que um mecânico deve conhecer como pinos, cavilhas

Leia mais

Manual Técnico de Instalação e Montagem, de Manta em. Couro Natural Reciclado aplicados como revestimentos.

Manual Técnico de Instalação e Montagem, de Manta em. Couro Natural Reciclado aplicados como revestimentos. Manual Técnico de Instalação e Montagem, de Manta em Couro Natural Reciclado aplicados como revestimentos. Prezado Cliente, Você acaba de adquirir um produto de alta qualidade para revestimento, da Linha

Leia mais

Site Faça Você Mesmo. Guia de Furadeira. - pequenas dimensões;

Site Faça Você Mesmo. Guia de Furadeira. - pequenas dimensões; 1 www. Site Faça Você Mesmo Guia de Furadeira Quando utilizamos uma Furadeira Elétrica para, por exemplo, fazer uma canaleta, um furo para passar um parafuso longo ou instalar uma dobradiça numa porta

Leia mais

SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED 2A 400 MANUAL DE UTILIZAÇÃO

SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED 2A 400 MANUAL DE UTILIZAÇÃO SUPORTE ARTICULÁVEL DE PAREDE PARA PLASMA/LCD/LED 2A 400 MANUAL DE UTILIZAÇÃO 1 Características: - Fixação na parede. - Para TV s e monitores Plasma ou LCD até 46. * - Para TV s e monitores LED até 55.

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES

MANUAL DE INSTRUÇÕES MANUAL DE INSTRUÇÕES ASPIRADOR DE PÓ 1.200W Equipamento somente para uso doméstico. Obrigado por escolher um produto com a marca Tramontina. Por favor, leia o Manual de Instruções por completo antes de

Leia mais

A precisão e exatidão de medidas, a qualidade e acabamento superficial da peça são fatores amplamente dependentes do molde.

A precisão e exatidão de medidas, a qualidade e acabamento superficial da peça são fatores amplamente dependentes do molde. Moldes Plástico. Na seqüência de desenvolvimento de uma peça injetada, desde o primeiro rascunho até a extração na máquina, o molde de injeção é o último elo, porém não é o menos importante. A precisão

Leia mais

Cadeira de Rodas para Cachorro (feita com material leve e barato)

Cadeira de Rodas para Cachorro (feita com material leve e barato) Cadeira de Rodas para Cachorro (feita com material leve e barato) 9 6 5 5 3 2 7 8 LISTA DE MATERIAIS - Partes de um carrinho para malas comprado na 25 de Março (R$25,00) 2- Tubo de aspirador comprado em

Leia mais

Router CNC. Manual. Estrutura Física. A estrutura física da C37 Router CNC é composta das seguintes partes:

Router CNC. Manual. Estrutura Física. A estrutura física da C37 Router CNC é composta das seguintes partes: Manual Estrutura Física A estrutura física da C37 Router CNC é composta das seguintes partes: Mesa MDF 15mm 01 X número 01 01 X número 02 01 X número 03 01 X número 04 01 X número 05 01 X número 06 01

Leia mais

Manual de Instruções e Termo de Garantia

Manual de Instruções e Termo de Garantia Manual de Instruções e Termo de Garantia 1.Identificação dos itens. 2.Marque na porta a altura do centro da maçaneta (sugestão: 1,10m em relação ao piso). 4.Com auxílio de ferramentas (formão, furadeira,

Leia mais

Instruções para montagem da prótese BIOT. César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP

Instruções para montagem da prótese BIOT. César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP Instruções para montagem da prótese BIOT César Augusto Martins Pereira Laboratório de Biomecânica IOT-HC-FMUSP Montagem do corpo da prótese Alargar os furos com uma broca de 13/64 ou 5mmdediâmetro. Suporte

Leia mais

GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm Manual de Instruções Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos Lassane

GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm Manual de Instruções Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos Lassane Manual de Instruções GUILHOTINA SEMI-INDUSTRIAL 51cm DIMENSÕES: Área de Corte: 510mm Mesa: 655 x 710 mm Altura: 470 mm Peso: 37kg www.lassane.com.br Conheça em detalhes, neste site, toda, a linha de produtos

Leia mais

MANUAL DE MONTAGEM E TERMO DE GARANTIA CARRINHO PLATAFORMA

MANUAL DE MONTAGEM E TERMO DE GARANTIA CARRINHO PLATAFORMA MANUAL DE MONTAGEM E TERMO DE GARANTIA CARRINHO PLATAFORMA Carrinho plataforma 8 1 6 8 1 7 4 7 5 3 2 5 1 Legenda 1- Roda com pneu (4); 2- Base de cantoneira (1); 3- Conjunto do cabo/freio (1); 4- Disco

Leia mais

Art. e Lazer MANUAL DE INSTALAÇÃO REFLETOR COMPACT RGBW 108 SMD

Art. e Lazer MANUAL DE INSTALAÇÃO REFLETOR COMPACT RGBW 108 SMD Art. e Lazer MANUAL DE INSTALAÇÃO REFLETOR COMPACT RGBW 108 SMD CENTRAL O REFLETOR COMPACT RGBW 108 SMD foi projetado dentro de um excelente padrão de qualidade, oferecendo o melhor isolamento em iluminação

Leia mais

Manual de Instalação do Leitor Bio 3000

Manual de Instalação do Leitor Bio 3000 Manual de Instalação do Leitor Bio 3000 2 Sumário 1. Apresentação... 4 2. Especificações Técnicas... 4 3. Configuração do Sistema... 4 4. Esquema de Ligação... 5 5. Fixação do Equipamento... 6 6. Manutenção...

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE BP ERG-01 REVOGA: REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: ORGÃO DEMANDANTE: DERAT ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA BALCÃO POLIVALENTE NÚMERO: 152001 DESENHO: EMISSÃO: JULHO/2015 VALIDADE: JULHO/2020 REVOGA: 112048 REVOGA DESENHO: DT-486/6 CÓDIGO ERP: 10050463-9 ORGÃO DEMANDANTE: DERAT APLICAÇÃO:

Leia mais

CONVERSOR-ISOLADOR DE SINAIS TRM-670

CONVERSOR-ISOLADOR DE SINAIS TRM-670 CONVERSOR-ISOLADOR DE SINAIS TRM-670 Introdução Obrigado por ter escolhido nosso CONVERSOR-ISOLADOR DE SINAIS TRM-670. Para garantir o uso correto e eficiente do TRM-670, leia este manual completo e atentamente

Leia mais

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden

Installation instructions, accessories. Reboque, amovível. Volvo Car Corporation Gothenburg, Sweden Installation instructions, accessories Instrução n.º 31269488 Versão 1.5 Peça N.º 31269508, 31269514, 31269512, 31269510, 31269516, 31269539 Reboque, amovível IMG-260235 Volvo Car Corporation Reboque,

Leia mais

Especificações. Esquema de Montagem TW3100 FICHA TÉCNICA TW /6 Criamos segurança!

Especificações. Esquema de Montagem TW3100 FICHA TÉCNICA TW /6 Criamos segurança! FICHA TÉCNICA TW3100 Especificações Abertura por cartão RFID Dimensões: 162x71 mm Alimentação: 4x1.5 V (pilhas AA) Fechadura reversível Chave mecânica de emergência oculta no manípulo Temperatura de operação:

Leia mais

ROTEIRO DE EXPERIMENTO ELETROSCÓPIO

ROTEIRO DE EXPERIMENTO ELETROSCÓPIO ROTEIRO DE EXPERIMENTO ELETROSCÓPIO MATERIAS UTILIZADOS (Ver figura 1) 1 pote de vidro com tampa (pote de conserva); 40 cm de fio de cobre (1,5mm de diâmetro); 1 alicate; 1 pistola de cola quente; 1 bastão

Leia mais

Adaptando um apontador laser. Introdução. Materiais Necessários

Adaptando um apontador laser. Introdução. Materiais Necessários dução Adapte um apontador laser, usando materiais simples, para funcionar em um suporte fixo, com pilhas e ser ligado através de um interruptor. Ideal para demonstrações utilizando laser. Materiais Necessários

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P

MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P MANUAL DE INSTRUÇÕES MOTOR INTERIOR CE 100 Q MOTOR EXTERIOR CE 100 P BEST 2 AVISOS O ar aspirado não deve ser canalizado por uma conduta já utilizada para evacuar fumos produzidos por aparelhos alimentados

Leia mais

MESA ADAPTÁVEL PARA USUÁRIOS DE CADEIRA DE RODAS

MESA ADAPTÁVEL PARA USUÁRIOS DE CADEIRA DE RODAS MESA ADAPTÁVEL PARA USUÁRIOS DE CADEIRA DE RODAS Roberto Stremel [Aluno] 1, Eduardo Scabio D Amico [Aluno] 2, Francisco Gödke [Professor orientador] 3 1 Engenharia Mecânica. 2 Técnico Integrado em Mecânica.

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM (19051) AEROFÓLIO CPL VOLVO FH GLOBETROTTER 2015

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DE MONTAGEM (19051) AEROFÓLIO CPL VOLVO FH GLOBETROTTER 2015 Conheça nossa linha completa de produtos para o NEW VOLVO FH: Importante: Apresentamos neste manual os passos que devem ser seguidos para a correta instalação de nosso produto. Antes de começar a instalação,

Leia mais

Acesse:

Acesse: Segurando as pontas As operações de tornear superfícies cilíndricas ou cônicas, embora simples e bastante comuns, às vezes apresentam algumas dificuldades. É o que acontece, por exemplo, com peças longas

Leia mais

Linha Agrícola MS 180 FORNO A LENHA MANUAL DE INSTRUÇÕES

Linha Agrícola MS 180 FORNO A LENHA MANUAL DE INSTRUÇÕES Linha Agrícola MANUAL DE INSTRUÇÕES MS 180 FORNO A LENHA MODELOS MS 180 Forno a Lenha 0,60 x 0,80m MS 180 IN Forno a Lenha 0,60 x 0,80m com Inox interno MS 181 Forno a Lenha 0,60 x 1,00m MS 181 IN Forno

Leia mais