Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões)

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prova de Conhecimentos. Questões de carater geral. (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões)"

Transcrição

1 PROCEDIMENTO CONCURSAL COMUM PARA CONSTITUIÇÃO DE RELAÇÃO JURÍDICA DE EMPREGO PÚBLICO POR TEMPO INDETERMINADO, TENDO EM VISTA O PREENCHIMENTO DE UM POSTO DE TRABALHO NA CARREIRA/CATEGORIA DE ASSISTENTE OPERACIONAL PARA O SETOR DA LOGÍSTICA E MOBILIDADE - MOTORISTA DO INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA. NOME: Prova de Conhecimentos Questões de carater geral (de entre 6 questões serão sorteadas 2 questões) 1. De que tipos de autonomias gozam as instituições de ensino superior público? Justifique a sua resposta. 2. De acordo com o regime jurídico das instituições de ensino superior, identifique três atribuições das instituições do ensino superior. Justifique a sua resposta. 3. Quais os limites a que fica sujeita a realização do trabalho extraordinário de acordo com a Lei n.º35/2014, de 20 de Junho? Justifique a sua resposta. 4. De acordo com a Lei n.º35/2014, de 20 de Junho, enumere pelo menos seis situações de ausência do trabalhador no local de trabalho consideradas como falta justificada. Justifique a sua resposta. 5. Que graus podem ser conferidos no âmbito do Instituto Politécnico de Lisboa? Justifique a sua resposta. 6. Enumere quais as diferentes formas/modalidades em que pode ser constituída uma relação jurídica de emprego público. Justifique a sua resposta.

2 Questões de carater específico (de entre 45 questões serão sorteadas 15 questões) 1. Pretendendo mudar de direção para a direita. Deve ceder passagem: A) Aos dois veículos. B) Ao veículo da esquerda. C) Ao veículo da direita. 2. Nesta situação deve evitar: A) Fazer travagens bruscas. B) Utilizar o motor como auxiliar de travão. C) Utilizar o travão de serviço. 3. A condução sob influência de substâncias psicotrópicas é considerada: A) Contraordenação leve. B) Contraordenação grave. C) Contraordenação muito grave.

3 4. Este sinal indica: A) Trânsito proibido a ciclistas. B) Saída de ciclistas. C) Aproximação de pista obrigatória para velocípedes. 5. O condutor do velocípede deve ceder-lhe a passagem? A) Sim, porque se apresenta à sua direita. B) Não, porque vai entrar numa rotunda. C) Sim, porque o velocípede é um veículo sem motor. 6. A manobra de ultrapassagem é proibida: A) Em todos os locais de visibilidade insuficiente. B) Em todas as curvas. C) Nas vias de sentido único. 7. O sinal vertical indica reservado a paragem de veículos: A) De transporte coletivo de passageiros que transitem sobre carris. B) Afetos ao transporte de crianças. C) De transporte coletivo de passageiros.

4 8. Este sinal significa: A) Proibição de virar à esquerda. B) Proibição de virar á direita. C) Proibição de inversão do sentido de marcha. 9. Com o pavimento molhado: A) Está impedido de ultrapassar. B) Deve transitar com as luzes de presença ligadas. C) Deve aumentar a distância de segurança. 10. Se mudar de direção à esquerda no próximo cruzamento, pratica alguma infração? A) Não. B) Sim, grave. C) Sim, muito grave. 11. Nesta situação, como diminui subitamente a velocidade por a visibilidade ser manifestamente reduzida, deve utilizar as luzes avisadoras de perigo. A) Certo. B) Errado.

5 12. As inspeções periódicas obrigatórias de veículos devem efetuar-se num centro de inspeções: A) Que pertença ao distrito. B) Que seja o mais próximo da residência do proprietário. C) Qualquer, desde que esteja devidamente habilitado para o efeito. 13. O sinal de formato circular indica: A) Obrigação de substituir os sinais sonoros pelos sinais luminosos. B) Proibição de utilizar sinais sonoros. C) Fim da proibição de utilizar sinais sonoros. 14. Se necessário pode transpor a guia da direita. A) Certo. B) Errado. 15. Para se conseguir um menor nível de poluição ambiental, os condutores devem: A) Aquecer o motor com o veículo parado. B) Fazer acelerações a fundo. C) Praticar uma condução económica.

6 16. Pode inverter o sentido de marcha neste local? A) Sim. B) Não porque a visibilidade é reduzida. C) Não porque a sinalização não o permite. 17. O condutor é obrigado a passar de máximos para médios: A) No atravessamento de uma passagem de nível. B) No acesso a uma via reservada a automóveis e motociclos. C) No cruzamento com outros veículos. 18. O agente regulador do trânsito está a fazer sinal para mandar parar o trânsito: A) Da frente. B) Da retaguarda. C) Da esquerda. 19. Este sinal significa: A) Lomba. B) Bermas baixas do lado direito. C) Lomba muito íngreme.

7 20. Após o sinal deixa de estar sujeito a limites de velocidade. A) Certo. B) Errado. 21. Pode parar neste local? A) Sim, se não comprometer a segurança dos outros utentes da via. B) Sim, desde que seja uma imobilização rápida. C) Não, nunca. 22. No motor, o nível do óleo é verificado através: A) Do manómetro do óleo. B) Do vacuómetro. C) Da vareta. 23. Pode fazer inversão de sentido de marcha neste local? A) Não, porque a linha longitudinal não pode ser transposta. B) Não, porque circulo numa curva. C) Sim, pois a curva é de boa visibilidade.

8 24. Este sinal é de formato octogonal: A) Por se tratar de um sinal de cedência de passagem. B) Para que possa, facilmente, ser identificado pelo seu formato. C) Por causa da inscrição STOP. 25. Perante este sinal como deve proceder? A) Avançar em primeiro lugar no estreitamento da via. B) Ceder a passagem no estreitamento da via. C) Transitar a velocidade especialmente moderada. 26. A paragem na berma desta via: A) É proibida. B) É permitida. 27. O condutor não deve entrar numa passagem de nível: A) Que não disponha de sinalização. B) Sem guarda, à noite. C) Se as instruções dos agentes ferroviários o proibirem.

9 28. O sinal de informação indica: A) Curva perigosa à direita. B) Velocidade máxima recomendada. C) Velocidade mínima recomendada. 29. A não utilização das luzes de cruzamento, durante o dia, nos túneis sinalizados como tal, em autoestradas, constitui contraordenação? A) Grave. B) Muito grave. C) Leve. 30. Perante o sinal vertical sabe que: A) Os ciclomotores não podem ultrapassar. B) Os motociclos e os ciclomotores só podem ultrapassar automóveis ligeiros. C) Os motociclos devem transitar na via de trânsito da esquerda. 31. Este sinal adverte para o perigo de: A) Pavimento com irregularidades. B) Pavimento escorregadio. C) Uma descida perigosa.

10 32. Neste local, o condutor do veículo da direita deve ceder-lhe a passagem? A) Não, porque se apresenta à sua direita. B) Sim, porque você vai sair de uma passagem de nível. C) Não, porque não existe sinalização que o obrigue. 33. Perante este sinal deve reduzir a velocidade e seguir com precaução? A) Certo. B) Errado. 34. Pretendendo parar neste local para largar um passageiro, pode faze-lo sobre a linha em ziguezague? A) Não, pois sobre esta marca só lhe é permitido estacionar. B) Não, pois só lhe é permitido efetuar a manobra sobre a linha amarela descontínua. C) Sim, pode. 35. Nos veículos cujo volante de direção se situe no lado esquerdo, o condutor deve sair? A) Pelo lado esquerdo do veículo. B) Sempre pelo lado permitido para a paragem do veículo. C) Pelo lado direito do veículo.

11 36. O sinal luminoso autoriza-o a avançar em qualquer circunstância? A) Não, se for previsível que fique imobilizado no cruzamento. B) Sim, uma vez que a luz está verde. 37. Este sinal é de: A) Trabalhos na estrada. B) Sinalização temporária. C) Informação. 38. O sinal de regulamentação permite o trânsito a: A) Peões e velocípedes. B) Peões e ciclomotores. C) Peões e velocípedes conduzidos à mão. 39. A que distância se deve circular das bermas? A) O mais próximo possível, mas de modo a evitar qualquer acidente. B) O mais afastado possível. C) A uma distância igual ou superior a 20cm.

12 40. Este sinal indica via com prioridade: A) Nos sucessivos cruzamentos e entroncamentos. B) Na próxima interseção. 41. Nesta situação deve? A) Avançar e passar em primeiro lugar. B) Reduzir a velocidade e ceder a passagem ao carro dos bombeiros. C) Utilizar os sinais sonoros e ligar os 4 piscas antes de travar. 42. O fator de maior importância na circulação rodoviária é? A) A via. B) O Homem. C) O veículo. 43. O sinal de regulamentação obrigame a: A) Contornar a placa ou obstáculo. B) Voltar à direita. C) Voltar à esquerda.

13 44. Perante o sinal de perigo, como deve proceder o condutor: A) Circular com especial atenção e prudência. B) Buzinar de modo a assinalar a sua presença. C) Buzinar, circulando com especial atenção. 45. Nesta via quais são as manobras proibidas? A) As de ultrapassagem, de paragem e de estacionamento. B) As de marcha atrás, de inversão do sentido de marcha, de paragem e de estacionamento. C) Só as de inversão do sentido de marcha e de marcha atrás.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d)

Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. a) Certo. b) Errado. c) d) 39 BA 82.60.9 Sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao veículo de tracção animal. 38 BA 82.60.10 Nesta situação, sou obrigado a parar e a ceder a passagem ao velocípede. 40 BA 82.60.11_a Ao saír do

Leia mais

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem.

A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar, mas apenas se assinalar a marcha de urgência. Avançar. Ceder-me a passagem. A ambulância deve: Avançar. Ceder a passagem apenas ao meu veículo. Ceder a passagem apenas ao veículo

Leia mais

Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1

Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1 Infracções mais frequentes ao Código da Estrada, coimas e sanções Pág. 1 Infracções ÁLCOOL / ESTUPEFACIENTES Condução com uma taxa de álcool no sangue igual ou superior a 0,5 g/l e inferior a 0,8 g/l.

Leia mais

A função das guias é tornar os limites da faixa de rodagem mais visíveis. Concorda com esta afirmação? Não. Sim.

A função das guias é tornar os limites da faixa de rodagem mais visíveis. Concorda com esta afirmação? Não. Sim. À distância a que me encontro do sinal, devo: Aumentar a velocidade, para continuar a marcha sem imobilizar o veículo. Parar. Reduzir a velocidade, com o objectivo de imobilizar o veículo perto do sinal.

Leia mais

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O DIRECÇ Ã O DOS SERVIÇ OS PARA OS ASSUNTOS DE TRÁ FEGO TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O Fascículo I Sinais de Trânsito ADVERTÊNCIA Encontram-se publicadas, nestes 5 fascículos, todas as perguntas, e repectivas

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA Resumo das principais regras rodoviárias alteradas pela Proposta de Lei n.º 131/XII

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA Resumo das principais regras rodoviárias alteradas pela Proposta de Lei n.º 131/XII 1. Foi criado o conceito de «Utilizadores vulneráveis»: Peões e velocípedes, em particular, crianças, idosos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida ou pessoas com deficiência. (artigo 1.º) Tendo em

Leia mais

CEDÊNCIA DE PASSAGEM

CEDÊNCIA DE PASSAGEM FICHA TÉCNICA CEDÊNCIA DE PASSAGEM Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 3 Nível Táctico Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Princípio

Leia mais

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito

MUDANÇA DE DIRECÇÃO. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito MANUAL DO ENSINO DA CONDUÇÃO FT [] [56] [6] FICHA TÉCNICA MUDANÇA DE DIRECÇÃO Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível Nível Táctico Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 Domínio

Leia mais

PARAGEM E ESTACIONAMENTO

PARAGEM E ESTACIONAMENTO FICHA TÉCNICA PARAGEM E ESTACIONAMENTO Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 3 Nível Táctico; Nível 4 Nível Operacional Tema 5 - Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 - Domínio

Leia mais

Princípio geral Regra geral Realização da manobra Obrigação de facultar ultrapassagem Proibição de ultrapassar e exceções

Princípio geral Regra geral Realização da manobra Obrigação de facultar ultrapassagem Proibição de ultrapassar e exceções FICHA TÉCNICA ULTRAPASSAGEM Níveis GDE: Nível 3 Nível Tático Temas Transversais: Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito Tema 6 Domínio das Situações de Trânsito Síntese informativa: Princípio geral

Leia mais

CONTRA-ORDENAÇÕES RODOVIÁRIAS

CONTRA-ORDENAÇÕES RODOVIÁRIAS FICHA TÉCNICA CONTRA-ORDENAÇÕES RODOVIÁRIAS Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 1 Nível Atitudinal Tema 1 Conhecimento de si próprio como Condutor; Tema 2 Atitudes e Comportamentos;

Leia mais

CÓDIGO DA ESTRADA 2014

CÓDIGO DA ESTRADA 2014 CÓDIGO DA ESTRADA 2014 CÓDIGO DA ESTRADA 2014 2 Este documento é uma transcrição do texto da Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro, que é a décima terceira alteração ao Código da Estrada, aprovado pelo Decreto-Lei

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA. Comando Geral da Polícia Nacional. Direcção Nacional de Viação e Trânsito. Ministério do Interior

REPÚBLICA DE ANGOLA. Comando Geral da Polícia Nacional. Direcção Nacional de Viação e Trânsito. Ministério do Interior REPÚBLICA DE ANGOLA Ministério do Interior Comando Geral da Polícia Nacional Direcção Nacional de Viação e Trânsito 1 2 Sessão de esclarecimento 1. Contexto de surgimento do Novo Código de Estrada 2. Sistematização

Leia mais

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança!

Educação e Prevenção Rodoviária. Conduzo a bicicleta em segurança! Educação e Prevenção Rodoviária Conduzo a bicicleta em segurança! Andar de bicicleta é muito divertido, mas deves aprender algumas regras de segurança. Podes divertir-te no parque ou no jardim, nas ciclovias

Leia mais

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática

Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de. transmissão automática Directrizes para o exame de condução de automóveis ligeiros de transmissão automática 1. Prova no parque de manobras (1) Antes de iniciar a marcha Antes de ligar o motor, o candidato deve verificar se

Leia mais

ANEXO. (a que se refere o artigo 11.º da lei) CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I. Disposições gerais CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 1.

ANEXO. (a que se refere o artigo 11.º da lei) CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I. Disposições gerais CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 1. ANEXO (a que se refere o artigo 11.º da lei) CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I Disposições gerais CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 1.º Definições legais Para os efeitos do disposto no presente Código e legislação

Leia mais

Ministério da Administração Interna CÓDIGO DA ESTRADA CÓDIGO DA ESTRADA

Ministério da Administração Interna CÓDIGO DA ESTRADA CÓDIGO DA ESTRADA Decreto-Lei n.º 265-A/2001 de 28 de Setembro Com as alterações introduzidas pela Lei n.º 20/2002 de 21 de Agosto 1 TíTULO I Disposições gerais CAPíTULO I Princípios gerais Artigo 1.º Definições legais

Leia mais

A carta de condução de automóveis pesados habilita a conduzir: Automóveis ligeiros. Motociclos. Qualquer tipo de veículos com motor.

A carta de condução de automóveis pesados habilita a conduzir: Automóveis ligeiros. Motociclos. Qualquer tipo de veículos com motor. A carta de condução de automóveis ligeiros habilita a conduzir: Automóveis de passageiros com lotação até 12 lugares. Motociclos até 125cc. Tractores agrícolas com equipamentos cujo peso máximo não exceda

Leia mais

CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I. Disposições gerais CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 1.º. Definições legais

CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I. Disposições gerais CAPÍTULO I. Princípios gerais. Artigo 1.º. Definições legais CÓDIGO DA ESTRADA TÍTULO I Disposições gerais CAPÍTULO I Princípios gerais Artigo 1.º Definições legais Para os efeitos do disposto no presente Código e legislação complementar, os termos seguintes têm

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE INFRAÇÃO O veículo estacionado, afastado da guia da calçada (meio fio) a mais de um metro, faz do seu condutor um infrator cuja punição será: 1 retenção do veículo e multa, infração média. 2 apreensão do veículo

Leia mais

CÓDIGO DA ESTRADA. Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro

CÓDIGO DA ESTRADA. Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro CÓDIGO DA ESTRADA Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro PREFÁCIO O Código da Estrada, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 114/94, de 3 de maio, foi alterado pela Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro, a qual teve na

Leia mais

VELOCIDADE FICHA TÉCNICA. Tema 2 - Atitudes e Comportamentos; Tema 5 - Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 - Domínio das Situações de Trânsito

VELOCIDADE FICHA TÉCNICA. Tema 2 - Atitudes e Comportamentos; Tema 5 - Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 - Domínio das Situações de Trânsito FICHA TÉCNICA VELOCIDADE Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 3 Nível Táctico Tema 2 - Atitudes e Comportamentos; Tema 5 - Conhecimento das Regras de Trânsito; Tema 6 - Domínio das Situações

Leia mais

MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS

MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS MOTORISTA CONHECIMENTOS GERAIS PORTUGUES 1. Leia o texto e observe com atenção os espaços em branco: relação do homem com ele mesmo, com os outros e com natureza precisa ser construída como território

Leia mais

A Lei n.º 72/2013, de 03.09., aprovou mais de 60 alterações ao Código da Estrada, de que se destacam as seguintes:

A Lei n.º 72/2013, de 03.09., aprovou mais de 60 alterações ao Código da Estrada, de que se destacam as seguintes: Janeiro 2014 ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA A Lei n.º 72/2013, de 03.09., aprovou mais de 60 alterações ao Código da Estrada, de que se destacam as seguintes: Introdução de Novos Conceitos: Utilizadores

Leia mais

UMA MAIOR SEGURANÇA PARA PEÕES

UMA MAIOR SEGURANÇA PARA PEÕES UMA MAIOR SEGURANÇA PARA PEÕES INTRODUÇÃO Nas Grandes Opções do Plano para 2005 2009 o Governo consagrou uma política orientada na redução, para metade, da sinistralidade, bem como na melhoria da segurança

Leia mais

NOVO SIMULADO DE SINALIZAÇÃO 2012

NOVO SIMULADO DE SINALIZAÇÃO 2012 1 O procedimento do pedestre diante da sinalização semafórica, identificada na cartela pelo código SS-07 é: a) Atenção; b) Pode seguir; c) Pare o veículo; d) Proibido a travessia; 2 São placas utilizadas

Leia mais

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO

A CRIANÇA E O AMBIENTE RODOVIÁRIO A educação rodoviária deve começar o mais cedo possível. Ensine, com antecedência, as normas básicas de segurança rodoviária ao seu filho. Para ele, os pais constituem referências e modelos que procura

Leia mais

PROJECTO DE LEI Nº 581/X ALTERA AS NORMAS PARA VELOCÍPEDES SEM MOTOR DO CÓDIGO DA ESTRADA. Exposição de Motivos

PROJECTO DE LEI Nº 581/X ALTERA AS NORMAS PARA VELOCÍPEDES SEM MOTOR DO CÓDIGO DA ESTRADA. Exposição de Motivos PROJECTO DE LEI Nº 581/X ALTERA AS NORMAS PARA VELOCÍPEDES SEM MOTOR DO CÓDIGO DA ESTRADA Exposição de Motivos A invenção do motor de explosão e do automóvel particular trouxe alterações radicais à nossa

Leia mais

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual

ANO de 2013. Sinistralidade Rodoviária. Observatório de Segurança Rodoviária 23-06-2014. Relatório - Anual ANO de Sinistralidade Rodoviária Observatório de Segurança Rodoviária -- ÍNDICE DEFINIÇÕES... EVOLUÇÃO GLOBAL.... Acidentes com : /... ACIDENTES E VÍTIMAS........... Acidentes Acidentes Acidentes Acidentes

Leia mais

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. DECRETO LEI N.º 8/2003, de 18 de Junho 2003 REGULAMENTO DE ATRIBUI ÇÃO E USO DOS VEÍCULOS DO ESTADO

REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO. DECRETO LEI N.º 8/2003, de 18 de Junho 2003 REGULAMENTO DE ATRIBUI ÇÃO E USO DOS VEÍCULOS DO ESTADO REPÚBLICA DEMOCRÁTICA DE TIMOR LESTE GOVERNO DECRETO LEI N.º 8/2003, de 18 de Junho 2003 REGULAMENTO DE ATRIBUI ÇÃO E USO DOS VEÍCULOS DO ESTADO O Governo decreta, nos termos da alínea d) do artigo 116.º

Leia mais

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O

TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O DIRECÇ Ã O DOS SERVIÇ OS PARA OS ASSUNTOS DE TRÁ FEGO TESTE DE TEORIA DE CONDUÇ Ã O Fascículo V Segurança da Condução ADVERTÊNCIA Encontram-se publicadas, nestes 5 fascículos, todas as perguntas, e repectivas

Leia mais

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano

Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano Inicie a disciplina apresentando novamente o objetivo geral e agora os específicos para esta aula que estão no Plano de Aula Teórica da disciplina de Legislação de Trânsito 14, neste material. 115 Para

Leia mais

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA

TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEXTO DE APOIO À EXPLORAÇÃO PEDAGÓGICA DO TEMA TEMA SELECCIONADO A CAMINHO DA ESCOLA IDENTIFICAÇÃO DAS COMPONENTES DA RUA / ESTRADA A Educação Rodoviária é um processo ao longo da vida do cidadão como

Leia mais

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta

Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta versão beta (0.2) uma iniciativa Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta Março 2011 BIKE BUDDY O Bike Buddy (BB) é um projecto de mentorado de utilização de bicicleta da MUBi - Associação pela Mobilidade

Leia mais

CIRCULAÇÃO EM ROTUNDAS

CIRCULAÇÃO EM ROTUNDAS CIRCULAÇÃO EM ROTUNDAS DEFINIÇÃO Define-se como rotunda um espaço de circulação rodoviária, com forma geralmente circular, de encontro de várias vias de tráfego onde o trânsito se processa em sentido giratório,

Leia mais

Decreto Regulamentar n.º 22-A/98 de 1 de Outubro

Decreto Regulamentar n.º 22-A/98 de 1 de Outubro Decreto Regulamentar n.º 22-A/98 de 1 de Outubro A revisão do Código da Estrada, feita através do Decreto-Lei n.º 2/98, de 3 de Janeiro, introduziu alterações relevantes no significado dos sinais de trânsito.

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO CENTRAL APOIO AO LIVRO DE CÓDIGO DA ESTRADA COM AS ALTERAÇÕES DE 2014

ESCOLA DE CONDUÇÃO CENTRAL APOIO AO LIVRO DE CÓDIGO DA ESTRADA COM AS ALTERAÇÕES DE 2014 ESCOLA DE CONDUÇÃO CENTRAL APOIO AO LIVRO DE CÓDIGO DA ESTRADA COM AS ALTERAÇÕES DE 2014 R. DR. ARISTIDES M. MOTA, 51/55 9500 054 PONTA DELGADA TEL. 296283911 WWW.ESCOLACENTRAL.COM ÍNDICE Sinais verticais

Leia mais

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA Actualmente uma das principais preocupações mundiais é a luta contra a sinistralidade rodoviária, Portugal infelizmente detém uma taxa de sinistralidade das mais negras

Leia mais

CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS ADVERSAS

CONDIÇÕES CLIMATÉRICAS ADVERSAS As condições meteorológicas que caracterizam o Outono e o Inverno são fator de risco acrescido na condução. Há pois que adaptar a condução ao estado do tempo. Chuva, nevoeiro, gelo e neve alteram substancialmente

Leia mais

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro?

2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 1 Quais são os 5 elementos da direção defensiva? 2 Quais os tipos de cinto de segurança que temos? Qual o cinto é o mais seguro? 3 O que significa DIREÇÃO DEFENSIVA? 4 Cite um exemplo de condição adversa

Leia mais

Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (27/09/2011) Infrações referentes a sinais, bloqueios e prioridades (Artigos 208 a 217 do CTB)

Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (27/09/2011) Infrações referentes a sinais, bloqueios e prioridades (Artigos 208 a 217 do CTB) Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (27/09/2011) Fichas individuais dos enquadramentos Infrações referentes a sinais, bloqueios e prioridades (Artigos 208 a 217 do CTB) Art. 208. Avançar o sinal

Leia mais

Normas gerais de circulação e conduta

Normas gerais de circulação e conduta Normas gerais de circulação e conduta É muito importante a leitura do Capítulo III Normas Gerais de Circulação e Conduta, que vai dos artigos 26 ao 67, contidos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Leia mais

Segurança do trânsito 8. A sinalização rodoviária Fevereiro 2010. 8. A sinalização

Segurança do trânsito 8. A sinalização rodoviária Fevereiro 2010. 8. A sinalização 8. A sinalização Aula Interdisciplinar Indicação: 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental Ilustração do Manual de Direção Defensiva do DENATRAN Através da sinalização, os responsáveis pelo trânsito transmitem

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Uma maior segurança para os peões)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Uma maior segurança para os peões) Introdução O Decreto Lei nº176/2004, de 23 de Julho, alterou a orgânica do XV Governo Constitucional e, no âmbito do respectivo programa, consagrou uma política orientada para a continuidade da implementação

Leia mais

Dirigir na Nova Zelândia

Dirigir na Nova Zelândia Dirigir na Nova Zelândia PORTUGUÉS Para dirigir na Nova Zelândia é preciso saber que: dirigimos no lado esquerdo da estrada o uso do telefone celular ao dirigir é ilegal. Para fazer uma viagem segura e

Leia mais

Segurança e Higiene do Trabalho

Segurança e Higiene do Trabalho Guia Técnico Segurança e Higiene do Trabalho Volume XXIX Prevenção de acidentes com veículos na Construção Civil Parte 2 um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não

Leia mais

1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4

1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4 SUMÁRIO 1. O QUE É SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO?... 3 2. CLASSIFICAÇÃO DA SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO... 4 2.1. Sinalização Vertical... 6 2.1.1. Sinalização de Regulamentação... 7 2.1.2. Sinalização de Advertência...

Leia mais

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio:

para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta BH tem espaço para todos. BH tem espaço para todos #respeiteabicicleta Apoio: Índice Quando você estiver pedalando. 04 Quando você estiver dirigindo. 10 Algumas

Leia mais

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias.

Vamos começar pelas recomendações mais gerais e obrigatórias. Normas gerais de circulação ABETRAN Detalhadas pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB) em mais de 40 artigos, as Normas Gerais de Circulação e Conduta merecem atenção especial de todos os usuários da

Leia mais

Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista Prof. Francisco Caldeira Cabral Instituto Superior de Agronomia

Centro de Estudos de Arquitectura Paisagista Prof. Francisco Caldeira Cabral Instituto Superior de Agronomia Segurança dos utilizadores na ciclovia Acesso e circulação de veículos automóveis à ciclovia A entrada de veículos na ciclovia, quer de emergência, quer de manutenção e finalmente de trânsito local, deverá

Leia mais

por onde devem transitar os peões 13

por onde devem transitar os peões 13 Guia do Peão Introdução 03 1 principais conceitos 05 2 por onde devem transitar os peões 13 2.1 DENTRO DAS LOCALIDADES 17 2.1.1 Como caminhar 17 2.1.2 Como atravessar a faixa de rodagem 18 2.1.3 Agentes

Leia mais

UTENTES DA VIA MAIS VULNERÁVEIS

UTENTES DA VIA MAIS VULNERÁVEIS FICHA TÉCNICA UTENTES DA VIA MAIS VULNERÁVEIS Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 3 Nível Táctico Tema 2 - Atitudes e Comportamentos; Tema 6 - Domínio das

Leia mais

Concurso de Motorista - 2014

Concurso de Motorista - 2014 PORTUGUÊS MATEMÁTICA 01 QUESTÃO Analise as alternativas abaixo e assinale a alternativa correta na divisão silábica. A ( ) par aná; sá-ba-do. B ( ) ó cu-los; sa-la-da. C ( ) ci-garro; ca-na. D ( ) Todas

Leia mais

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO

TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO TRATORISTA PROVA DE CONHECIMENTO ESPECÍFICO Questão 21 Algumas infrações de trânsito preveem a suspensão do direito de dirigir do condutor ou do proprietário do veículo. Assinale a alternativa que não

Leia mais

Portaria n.º 508-A/97 de 21 de Julho. Regulamenta as Provas Práticas do Exame de Condução

Portaria n.º 508-A/97 de 21 de Julho. Regulamenta as Provas Práticas do Exame de Condução Portaria n.º 508-A/97 de 21 de Julho Regulamenta as Provas Práticas do Exame de Condução A forma de avaliação dos candidatos a condutores, através da realização das provas teóricas e técnica, está definida

Leia mais

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos

DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA. Trânsito seguro é um direito de todos DIREÇÃO DEFENSIVA OU PREVENTIVA Trânsito seguro é um direito de todos TRANSITO LEGAL DIREÇÃO DEFENSIVA Sabem o que significa? Conduzir de modo a evitar acidentes, apesar das ações erradas dos outros e

Leia mais

A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim.

A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim. A partir da sinalização vertical posso inverter o sentido de marcha? Não. Sim. A velocidade a que devo circular neste local é: 40 Km/h. 50 Km/h. A que for mais aconselhável perante estas condições. A velocidade

Leia mais

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado.

Criança como passageiro de automóveis. Tema seleccionado. www.prp.pt A Educação pré-escolar é a primeira etapa da educação básica e é uma estrutura de apoio de uma educação que se vai desenvolvendo ao longo da vida. Assim, é fundamental que a Educação Rodoviária

Leia mais

Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 2 Estratégico; Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito

Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 2 Estratégico; Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional. Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito FICHA TÉCNICA CONDUÇÃO EM AUTOESTRADA Níveis GDE: Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 2 Estratégico; Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional Temas Transversais: Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito

Leia mais

5006-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 227 1-10-1998 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA

5006-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 227 1-10-1998 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA 5006-(2) DIÁRIO DA REPÚBLICA I SÉRIE-B N. o 227 1-10-1998 MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA Decreto Regulamentar n. o 22-A/98 de 1 de Outubro A revisão do Código da Estrada, feita através do Decreto-Lei

Leia mais

Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Nesta situação, devo: A via de trânsito à minha esquerda pode ser utilizada por condutores que:

Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Nesta situação, devo: A via de trânsito à minha esquerda pode ser utilizada por condutores que: Teste n.º 3 Tema I Outras Manobras 1 Nesta situação posso inverter o sentido de marcha? Não posso. Posso, se acender os ' máximos'. Posso, se buzinar ao mesmo tempo. 2 Nesta situação, devo: Mudar de direção.

Leia mais

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61

Tabela das Multas. Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades R$ 191,54 R$ 574,61 Tabela das Multas 7 pontos na CNH Infração Gravíssima Valor/Multa Tipos de Penalidades Dirigir com a carteira já vencida há mais de 30 dias Recolhimento da carteira e retenção do veículo Não reduzir a

Leia mais

Regras de Trânsito do Japão

Regras de Trânsito do Japão Regras de Trânsito do Japão (Versão para pedestres e bicicletas) ~ Para não sofrer acidentes de trânsito ~ Supervisão: Polícia da Província de Gifu Edição / Publicação: Província de Gifu Regras básicas

Leia mais

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE - SINALIZAÇÃO

DEPARTAMENTO ESTADUAL DE TRÂNSITO DE ALAGOAS - DETRAN/AL QUESTÕES SOBRE - SINALIZAÇÃO A placa A-1a informa ao motorista a existência de: 1 curva à esquerda. 2 pista sinuosa à esquerda. 3 curva acentuada à esquerda. 4 curva acentuada em "S" à esquerda. A placa A-1b informa ao motorista a

Leia mais

11 ideias para ciclovias mais seguras

11 ideias para ciclovias mais seguras 11 ideias para ciclovias mais seguras Legislação Política Nacional de Mobilidade Urbana A Política Nacional de Mobilidade Urbana é orientada pelas seguintes diretrizes: II prioridade dos modos de transportes

Leia mais

Legislação de Trânsito

Legislação de Trânsito Prova simulada do DETRAN 11 Legislação de Trânsito 1) O julgamento das penalidades de trânsito se dará através de um: a) Identificação do infrator. b) Notificação de autuação. c) Processo administrativo.

Leia mais

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Principais alterações introduzidas pelo Decreto Lei nº 37/2014)

ESCOLA DE CONDUÇÃO INVICTA (Principais alterações introduzidas pelo Decreto Lei nº 37/2014) 2.º, n.º 2 3.º, n.º 2, f) 3.º, n.º 2, i) 3.º, n.º 2, m) 3.º, n.º 3, d) 3.º, n.º 4, a) 3.º, n.º 4, e) A emissão de um título de condução pelo IMT passa a determinar a revogação automática do anterior. Por

Leia mais

SINAIS DE PERIGO SINAIS DE CEDÊNCIA DE PASSAGEM SINAIS DE OBRIGAÇÃO

SINAIS DE PERIGO SINAIS DE CEDÊNCIA DE PASSAGEM SINAIS DE OBRIGAÇÃO SINAIS DE PERIGO SINAIS DE CEDÊNCIA DE PASSAGEM SINAIS DE OBRIGAÇÃO SINAIS DE PROIBIÇÃO C1 - Sentido proibido C2 - Trânsito proibido C3a - Trânsito proibido a automóveis e motociclos com carro C3b - Trânsito

Leia mais

www.detran.pr.gov.br

www.detran.pr.gov.br www.detran.pr.gov.br INFELIZMENTE, A MAIOR PARTE DOS ACIDENTES COM MORTES NO TRÂNSITO BRASILEIRO ENVOLVEM MOTOCICLISTAS. POR ISSO, O DETRAN PREPAROU ALGUMAS DICAS IMPORTANTES PARA VOCÊ RODAR SEGURO POR

Leia mais

DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA

DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA FICHA TÉCNICA DISTÂNCIAS DE SEGURANÇA Níveis GDE Temas Transversais Síntese informativa Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 3 Nível Táctico Tema 2 - Atitudes e Comportamentos; Tema 5 - Conhecimento das Regras

Leia mais

MANUAL SINISTRALIDADE VEÍCULOS PESADOS DE PASSAGEIROS

MANUAL SINISTRALIDADE VEÍCULOS PESADOS DE PASSAGEIROS MANUAL SINISTRALIDADE VEÍCULOS PESADOS DE PASSAGEIROS FIC Formação Inicial Comum I TIPOLOGIA DOS ACIDENTES DE TRABALHO NO SECTOR DOS TRANSPORTES ENVOLVENDO VEÍCULOS PESADOS DE PASSAGEIROS I.1.- Introdução

Leia mais

EXATA.GG GESTÃO GOVERNAMENTAL LTDA CNPJ - 08.646.165/0001-47 exatagg@exatagg.com.br exata.gg@brturbo.com.br. Língua Portuguesa.

EXATA.GG GESTÃO GOVERNAMENTAL LTDA CNPJ - 08.646.165/0001-47 exatagg@exatagg.com.br exata.gg@brturbo.com.br. Língua Portuguesa. Língua Portuguesa Matemática 01 Leia a frase abaixo: O homem delicado cedeu sua cadeira. Qual o é o verbo dessa frase? A) Cadeira. B) Cedeu. C) Delicado. D) Homem. 06 100 minutos equivalem a: A) 1 hora

Leia mais

BÉLGICA 1. Circulação. Ultrapassagens

BÉLGICA 1. Circulação. Ultrapassagens Este conjunto de regras e leis de países da Comunidade Europeia foi compilado por um conjunto de pessoas que não são especialistas em direito. Apesar dos esforços de consultar sempre que possível directamente

Leia mais

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA

ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA ALTERAÇÕES AO CÓDIGO DA ESTRADA Alterações introduzidas pela Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro e pela Declaração de Retificação n.º 46-A/2013, de 1 de novembro A leitura do resumo das alterações ao Código

Leia mais

FUNÇÃO FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS

FUNÇÃO FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADORES DE GARFOS Fonte: Acedido em http://saudeambiental13.blogspot.pt/ julho 2014 Legenda: 1. Chassis; 2. Contrapeso; 3. Eixo motriz; 4. Eixo de direção; 5. Mastro (que serve

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS 01. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no que diz respeito às infrações, analise as assertivas a seguir. I. Confiar ou entregar a direção de veículo à pessoa

Leia mais

Placas de regulamentação. R-4a Proibido virar à esquerda. R-8a Proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da esquerda para direita

Placas de regulamentação. R-4a Proibido virar à esquerda. R-8a Proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da esquerda para direita Sinalização Sinalização vertical Código de Trânsito Brasileiro (CTB) Anexo II Conselho Nacional de Trânsito (Contran) De acordo com sua função, a sinalização vertical pode ser de regulamentação, de advertência

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Operador de Máquinas III CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES

Prefeitura Municipal de Bom Jardim da Serra/SC Processo Seletivo Edital 002/2015 Cargo: Operador de Máquinas III CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES CONHECIMENTOS GERAIS 5 QUESTÕES 1. Segundo o Estatuto do Servidor Público Municipal de Bom Jardim da Serra, servidor público é a pessoa que: a. Presta serviço remunerado ao município, seja do Poder Executivo,

Leia mais

Guia de Sinalização Rodoviária

Guia de Sinalização Rodoviária Guia de Sinalização Rodoviária Ministério da Administração Interna www.dgv.pt Julho 2003 Índice Símbolos I Apoio ao utente 1 Emergência 3 2 Outras indicações 4 II Indicações turísticas 6 III Indicações

Leia mais

SINALIZAÇÃO HORIZONTAL. Profa. Mariana de Paiva

SINALIZAÇÃO HORIZONTAL. Profa. Mariana de Paiva SINALIZAÇÃO HORIZONTAL Profa. Mariana de Paiva 3. INSTRUMENTOS DE CONTROLE DE TRÁFEGO 3.2 SINALIZAÇÃO CLASSIFICAÇÃO Sinalização Vertical Sinalização Horizontal Sinais Luminosos Dispositivos de Sinalização

Leia mais

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE

PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE OBJETIVO DO PROGRAMA PROGRAMA DE PROTEÇÃO AO PEDESTRE O objetivo do Programa de Proteção ao Pedestre, da Secretaria Municipal de Transportes SMT é criar a cultura de respeito ao pedestre, resgatando os

Leia mais

SINALVIAS, Lda - www.sinalvias.pt

SINALVIAS, Lda - www.sinalvias.pt SINALVIAS, Lda - Centro de Empresas e Serviços Rua dos Aguadeiros, Lote 6.1 Vilamoura 8125-492 Quarteira Tel/Fax. 289 314 468 E-mail. sinalviaslda@gmail.com NIF. 509 274 714 www.sinalvias.pt SINALVIAS

Leia mais

1. EXAME TEÓRICO DE HABILITAÇÃO INFRAÇÕES

1. EXAME TEÓRICO DE HABILITAÇÃO INFRAÇÕES 1. XM TÓRIO HILITÇÃO INFRÇÕS Nome:. PF:.. - ata: / /. 01 02 03 (T rtigo 218, inciso I alínea a-) Transitar em velocidade superior a máxima permitida em uma via arterial até vinte por cento, é uma infração:

Leia mais

2 CONHECIMENTOS BÁSICOS

2 CONHECIMENTOS BÁSICOS 2 CONHECIMENTOS BÁSICOS NAS QUESTÕES NUMERADAS DE 01 A 10, ASSINALE A ÚNICA ALTERNATIVA CORRETA. LÍNGUA PORTUGUESA LEIA O TEXTO I PARA RESPONDER ÀS QUESTÕES NUMERADAS DE 01 A 05. AXÉ MUSIC S / A Recentemente,

Leia mais

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES

FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES 1 FORMAÇÃO DE MULTIPLICADORES Londrina (PR) 2009 Caro cidadão londrinense: 2 Londrina quer um trânsito mais seguro. E convida você para entrar nesta campanha. Esta cartilha traz informações sobre como

Leia mais

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA

ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 5446 Diário da República, 1.ª série N.º 169 3 de setembro de 2013 ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA Lei n.º 72/2013 de 3 de setembro Décima terceira alteração ao Código da Estrada, aprovado pelo Decreto -Lei n.º

Leia mais

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO

nicobelo@hotmail.com NICOLAU BELLO NICOLAU BELLO 1 * ATUALMENTE EXISTEM NO TRÂNSITO NO BRASIL MAIS DE CINCO MILHÕES DE MOTOS NO TRÂNSITO. * 10 MILHÕES DE CARROS, ONIBUS, TAXIS E CAMINHÕES. * MOTOS PASSAM CÉLERES ENTRE OS CARROS, ESTES DÃO

Leia mais

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014

PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 PROCESSO SELETIVO EDITAL 23/2014 CARGO E UNIDADES: Técnico Operacional - Motorista (Natal) Atenção: NÃO ABRA este caderno antes do início da prova. Tempo total para resolução desta prova: 3 (três) horas.

Leia mais

NOTA TÉCNICA INSTALAÇÃO E SINALIZAÇÃO DE LOMBAS REDUTORAS DE VELOCIDADE

NOTA TÉCNICA INSTALAÇÃO E SINALIZAÇÃO DE LOMBAS REDUTORAS DE VELOCIDADE 1 - Introdução A construção de vias públicas com o objectivo primordial de maximizar o escoamento de grandes volumes de tráfego e o conforto dos ocupantes dos veículos, aliada aos progressos da industria

Leia mais

Código de Trânsito Brasileiro

Código de Trânsito Brasileiro Código de Trânsito Brasileiro O Código de Trânsito Brasileiro estipula competência a setores federais, estaduais e municipais, para aplicar as penalidades de acordo com as infrações que o cidadão cometeu.

Leia mais

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume IX Movimentação Mecânica de Cargas. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção

Segurança e Higiene no Trabalho. Volume IX Movimentação Mecânica de Cargas. Guia Técnico. um Guia Técnico de O Portal da Construção Guia Técnico Segurança e Higiene no Trabalho Volume IX Movimentação Mecânica de Cargas um Guia Técnico de Copyright, todos os direitos reservados. Este Guia Técnico não pode ser reproduzido ou distribuído

Leia mais

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas

Guia Multilíngüe de Informações Cotidianas 4 Regras de Trânsito 4-1 Regras de trânsito no Japão No Japão, as regras de trânsito são estabelecidas respectivamente para, automóveis e motos, bicicletas. Recomenda-se a assimilação rápida e correta

Leia mais

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq

qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq qwertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwerty uiopasdfghjklzxcvbnmqwertyuiopasd fghjklzxcvbnmqwertyuiopasdfghjklzx cvbnmqwertyuiopasdfghjklzxcvbnmq Infrações, Penalidades e Medidas Administrativas wertyuiopasdfghjklzxcvbnmqwertyui

Leia mais

Anatomia de uma curva Dinâmica do veículo e derrapagem em curva Sistema de controlo de estabilidade Prevenção da derrapagem em curva

Anatomia de uma curva Dinâmica do veículo e derrapagem em curva Sistema de controlo de estabilidade Prevenção da derrapagem em curva FICHA TÉCNICA CONDUÇÃO EM CURVA Níveis GDE: Nível 1 Nível Atitudinal; Nível 3 Nível Tático; Nível 4 Nível Operacional Temas Transversais: Tema 5 Conhecimento das Regras de Trânsito Tema 6 Domínio das Situações

Leia mais

Portaria n.º 851/94 de 22 de Setembro. Características das Luzes dos Veículos

Portaria n.º 851/94 de 22 de Setembro. Características das Luzes dos Veículos Portaria n.º 851/94 de 22 de Setembro Características das Luzes dos Veículos O n.º 2 do artigo 80.º, do Código da Estrada, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 114/94, de 3 de Maio, determina que, por regulamento,

Leia mais

Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito.

Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito. FICHA DE SEGURANÇA EMPILHADOR DE MOVIMENTAÇÃO DE CARGA DE ALCANCE VARIÁVEL Fonte: ACT FUNÇÃO Transporte e elevação de carga ou pessoas, através de dispositivos concebidos pelo fabricante para o efeito.

Leia mais

Município de Alvaiázere

Município de Alvaiázere Empreitada de: Requalificação urbana da envolvente à Casa do Povo de Alvaiázere, incluindo parte da rua José Augusto Martins Rangel e rua Colégio Vera Cruz Dono de Obra: Município de Alvaiázere 1 SUMÁRIO

Leia mais

Í N D I C E PRÓLOGO 5

Í N D I C E PRÓLOGO 5 Í N D I C E PRÓLOGO 5 CAPÍTULO I - EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Trânsito e transporte II) EDUCAÇÃO E SEGURANÇA NO TRÂNSITO Objetivos da educação e segurança para o trânsito A educação para o trânsito

Leia mais

Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira.

Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira. Nunca use a empilhadeira se não tiver sido devidamente instruído e autorizado para usar esse tipo particular de empilhadeira. Respeite a capacidade de carga da empilhadeira e de outras eventuais aparelhagens.

Leia mais