Prof. Carlos Alberto Regalo

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Prof. Carlos Alberto Regalo"

Transcrição

1 Prof. Carlos Alberto Regalo

2 IRA Exército Republicano Irlandês Desejo: independência da Irlanda do Norte (Inglaterra), e a sua união com a Irlanda do Sul uma única Irlanda Posição da Inglaterra: é contra população da Irlanda do Norte é formada por ingleses (54%) Ações do IRA: ataques terroristas, em Belfast, após o domingo sangrento (30/01/1972)(13 mortes) iniciam os ataques em Londres Abril de 1998 Acordo de Páscoa, prevê um governo autônomo na atual Irlanda do Norte, majoritariamente protestante

3 I R A

4 ETA Euskadi Ta Askatassuna pátria basca e liberdade A área basca se localiza na região nordeste da Espanha, os integrantes do ETA lutam pela independência política da região O ETA se formou no ano de 1959, para lutar contra a ditadura franquista instalada no país em 1939, e que proibiu o uso e o ensina da língua basca na região. O ETA lutava para preservar sua cultura: seu hino, suas cores e seu idioma. O ETA iniciou seus ataques terroristas Declaração de abandono a luta armada (terrorismo)

5 E T A Suas ações já mataram ou feriram centenas de pessoas inocentes no país

6 CHIAPAS Localizada ao sul do território mexicano, com predomínio de índios região mais pobre do país A área pegou em armas contra o governo mexicano em 1994, logo após o México oficializar a sua entrada no NAFTA Líder do movimento: o sub-comandante Marcos Nome do grupo armado: Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) A guerrilha zapatista critica a política neoliberal colocada em prática no país

7 Subcomandante Marcos

8 A REVOLTA DE CHIAPAS Na pobre região sul, militares evocando a memória de Zapata rebelaram-se em Enquanto isso, nos estados mais ricos do norte, oponentes comerciais e políticos do PRI ganhavam apoio dos Estados Unidos e clamavam por eleições autênticas e reforma de mercado

9 Quais foram os motivos que levaram o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN) a pegar em armas contra o governo mexicano, em 1994? A não demarcação das terras dos índios O abandono da região, investindo elevados recursos nas áreas industriais do centro-norte do país O movimento zapatista afirma que as ações militares representam uma forma de protesto contra as políticas econômicas dos governos mexicanos, praticadas a partir do início da década de 80, movimentos estes totalmente a favor de privatizações, de abertura do país ao capital internacional. Enfim, de uma política declaradamente a favor do neoliberalismo. Posição esta confirmada com a entrada do país no NAFTA, em 1994

10 Os zapatistas tornaram-se símbolos do emergente movimento antiglobalização, dando à tradição revolucionária do México uma platéia que Zapata e Pancho Villa nunca tiveram 1996

11 QUEBEC A maioria dos habitantes origem francesa Charles de Gaulle visita discurso nacionalista em Quebec (década 60). Os franceses das margens do Rio São Lourenço são tão franceses quanto os franceses das margens do Rio Sena A população luta pela independência do Quebec (quebecois) Acordo de 1969 (idioma bilíngüe e rodízio no cargo de 1 ministro) Plebiscito de 1995, no Quebec, vitória do NÃO (50,3%)

12 Q U E B E C

13 TCHETCHÊNIA Localização: na região do Cáucaso (Rússia), entre o mar Negro e o mar Cáspio Desejo: a população local luta por sua independência Confrontos: em 1994, o exército russo atacou violentamente a região (21 meses) ao final a Tchetchênia passou a gozar de uma pseudo-autonomia Em 1999, Vladimir Putin ordenou nova ofensiva militar Estima-se que o conflito já teria causado a morte de 18 mil pessoas

14

15

16 Sua população é constituída de muçulmanos não árabes, na maioria sunitas que falam um idioma próximo ao persa. Há alguns cristãos e judeus. O total da população é de 23 milhões, vivendo espalhados pelo Irã, Iraque, Turquia, Síria, Armênia e Azerbaijão. Essa população almeja organizar um país autônomo, pois constitui a maior etnia sem Estado do mundo CURDISTÃO

Movimentos Nacionalistas

Movimentos Nacionalistas Movimentos Nacionalistas Questão da Ucrânia Questão do Cáucaso Questão dos Bálcãs Esfacelamento da Iugoslávia Questão Irlandesa Questão Basca A Criméia é uma península ucraniana, e a Ucrânia por sua vez,

Leia mais

Conflitos Geopolíticos I. América Latina, Irlanda do Norte, Espanha, Rússia e Iugoslávia

Conflitos Geopolíticos I. América Latina, Irlanda do Norte, Espanha, Rússia e Iugoslávia Conflitos Geopolíticos I América Latina, Irlanda do Norte, Espanha, Rússia e Iugoslávia Introdução No fim do século XX, a ONU contava com 54 missões de paz em regiões afetadas pela guerra ou em vias de

Leia mais

REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO

REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO REVISÃO AMÉRICA ANGLO SAXÔNICA E MÉXICO DIVISÃO DO CONTINENTE AMERICANO Os países que pertencem a América do Norte são: EUA, Canadá e México. Os países que pertencem a América Anglo Saxônica são: EUA

Leia mais

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE Hoje existem cerca de 30 regiões no mundo onde ocorrem conflitos armados. - Os principais motivos dos conflitos são: Étnicos ETNIA grupo de identidade unido por fatores

Leia mais

Fronteiras políticas e soberania Parte II

Fronteiras políticas e soberania Parte II Fronteiras políticas e soberania Parte II CANADÁ Quebec 80% da população do Quebec é descendente de franceses e católica Em 1969 ocorreu a oficialização da língua francesa no Quebec. Onze anos depois ocorreu

Leia mais

Esse grupo étnico é formado por aproximadamente 25 milhões de pessoas, possuem uma organização social alicerçada no sistema de clãs.

Esse grupo étnico é formado por aproximadamente 25 milhões de pessoas, possuem uma organização social alicerçada no sistema de clãs. CURDOS O povo curdo é um grupo étnico que se julga nativo de uma região do Oriente Médio chamada de Curdistão, que abrange parte dos territórios do Irã, Iraque, Síria e Turquia. Esse grupo étnico é formado

Leia mais

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente

7. o ANO FUNDAMENTAL. Prof. Walace Vinente 7. o ANO FUNDAMENTAL Prof. Walace Vinente GEOGRAFIA CONTEÚDOS E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA Unidade I Tempo, espaço, fontes históricas e representações cartográficas 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

AS TENSÕES E CONFLITOS MUNDIAIS

AS TENSÕES E CONFLITOS MUNDIAIS AS TENSÕES E CONFLITOS MUNDIAIS TENSÕES E CONFLITOS MUNDIAIS Principais Conceitos Território Nação Estado País Território: área delimitada no espaço geográfico Nação: grupo de pessoas que partilham língua,

Leia mais

Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA

Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA ÍNDIA x PAQUISTÃO A tensa relação entre Índia e Paquistão, pela disputa da região da Caxemira, teve início a partir da independência da Índia do imperialismo britânico,

Leia mais

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele PRINCIPAIS MOTIVOS DOS CONFLITOS Étnicos Políticos Ideológicos Territoriais Econômicos Recursos

Leia mais

EUROPA CONFLITOS ÉTNICOS RELIGIOSOS

EUROPA CONFLITOS ÉTNICOS RELIGIOSOS EUROPA CONFLITOS ÉTNICOS RELIGIOSOS A Questão do País Basco Espaço: A etnia separatista basca habita o noroeste da Espanha e sudoeste da França. Os Fatores do Conflito A singularidade do povo basco que

Leia mais

A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem

A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem QUESTÃO IRLANDESA A Irlanda do Norte, ou Ulster, e a República da Irlanda, ou Eire, situam-se na Ilha da Irlanda. Na Irlanda do Norte, que integra o Reino Unido, vivem cerca de 1,8 milhão de habitantes,

Leia mais

PROCESSO SELETIVO NOVO CURSO 2014/2

PROCESSO SELETIVO NOVO CURSO 2014/2 ª Questão Analise o mapa a seguir. Escreva um texto dissertativo-argumentativo, produzido de forma coerente e coesa, no qual sejam destacados os seguintes aspectos: o nome do período histórico retratado

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA

ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA ORIENTE MÉDIO: SUA IMPORTÂNCIA GEOESTRATÉGICA ORIENTE MÉDIO: REGIÃO GEOESTRATÉGICA Oriente Médio: região geoestratégica É a porção sudoeste da Ásia Área de encontro entre os continentes asiático, africano

Leia mais

UDESC 2017/2 HISTÓRIA. Comentário

UDESC 2017/2 HISTÓRIA. Comentário HISTÓRIA Essa questão apresenta no enunciado a data incorreta (1931) da abdicação de Dom Pedro I, que ocorreu em 1831. Dessa forma, aguardamos o parecer da banca. Erros das demais: Revoltas no período

Leia mais

Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios

Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios Cátedra UNESCO de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância Faculdade de Saúde Pública (USP), Auditório Paula Souza.

Leia mais

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Herança do Sculo XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Sculo XX Diversificação da Economia Industrialização e Urbanização Novas Classes Sociais

Leia mais

Questões políticas, ideológicas e populacionais Europa. Prof. Franco Augusto 9º ano

Questões políticas, ideológicas e populacionais Europa. Prof. Franco Augusto 9º ano Questões políticas, ideológicas e populacionais Europa Prof. Franco Augusto 9º ano Regionalização do continente europeu Densidade demográfica na Europa Renda per capita na Europa Com base nas diferenças

Leia mais

Oriente Médio. Palco de instabilidade da política mundial

Oriente Médio. Palco de instabilidade da política mundial Oriente Médio Palco de instabilidade da política mundial Conhecido como Oriente Próximo Está limitado pelo Oceano Índico e pelos mares Mediterrâneo, Negro, Vermelho e Cáspio. Paisagem marcado por áreas

Leia mais

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade

Para saber mais! Nações sem Território IDH. 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade Para saber mais! Nações sem Território IDH 8ºANO Expedição 1 Professora Bruna Andrade 1. Nações sem Território ma NAÇÃO é formada por um grupo de indivíduos que apresenta características históricas, culturais,

Leia mais

Síria vive uma "miniguerra mundial": quem são os protagonistas desse conflito?

Síria vive uma miniguerra mundial: quem são os protagonistas desse conflito? Síria vive uma "miniguerra mundial": quem são os protagonistas desse conflito? COMENTE Família síria deixa área de al-muasalat após bombardeio em Aleppo, na Síria Pontos-chave A guerra civil da Síria começou

Leia mais

Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida

Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida Cap.12 Questões políticas e populacionais na Europa Desenvolvida EDUCADORA: BIANCA CORREA AGOSTO DE 2015 ASPECTOS GERAIS 1 - Europa desenvolvida países com renda per capita superior a US$ 15 MIL, altamente

Leia mais

A FORMAÇÃO DOS ESTADOS NORTE-AMERICANOS COLÉGIO SANTO AGOSTINHO NOVA LIMA PROFESSORA DE HISTÓRIA: RENATA VIEIRA

A FORMAÇÃO DOS ESTADOS NORTE-AMERICANOS COLÉGIO SANTO AGOSTINHO NOVA LIMA PROFESSORA DE HISTÓRIA: RENATA VIEIRA A FORMAÇÃO DOS ESTADOS NORTE-AMERICANOS COLÉGIO SANTO AGOSTINHO NOVA LIMA PROFESSORA DE HISTÓRIA: RENATA VIEIRA FONTE: http://www.infoescola.com/wp-content/uploads/2009/08/full-1-7b5a2668af.jpg FONTE:

Leia mais

Geopolítica: Quais são e o que querem os territórios que brigam por independência?

Geopolítica: Quais são e o que querem os territórios que brigam por independência? Atualidades Geopolítica: Quais são e o que querem os territórios que brigam por independência? Andréia Martins Da Novelo Comunicação 17/10/2014 12h00 m n o H J Imprimir F Comunicar erro Solution Real Related

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Geografia 9 o ano Unidade 1 5 Unidade 1 Nome: Data: 1. Marque V nas alternativas verdadeiras e F nas falsas. a) O Estado é a forma como a sociedade se organiza politicamente;

Leia mais

AMÉRICA LATINA - CHIAPAS -

AMÉRICA LATINA - CHIAPAS - AMÉRICA LATINA - CHIAPAS - Movimento Neozapatista, aconteceu no México, onde a população resolveu revindicar seus direitos em meio à sociedade,criaram o Exército Zapatista de Libertação Nacional (EZLN),

Leia mais

DESCOLONIZAÇÃO AFRICANA

DESCOLONIZAÇÃO AFRICANA DESCOLONIZAÇÃO AFRICANA As emancipações tardias e a autodeterminação dos povos História 01 - Aula 51 Prof. Thiago UM CONTINENTE POBRE? 22,5% das terras do planeta 10% da população mundial 1% da prod. Industrial

Leia mais

Seu objetivo era enfraquecer o movimento fundamentalista que varria o Irã

Seu objetivo era enfraquecer o movimento fundamentalista que varria o Irã Guerra Irã e Iraque Conflito que por cerca de 8 anos, mais precisamente de 1980 a 1988, envolveu as duas nações do Oriente Médio. Irã e Iraque possuem diferenças históricas. Apesar de ambos seguirem a

Leia mais

Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br. Movimentos Separatistas na Europa. 9ºs A e B

Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br. Movimentos Separatistas na Europa. 9ºs A e B Geografia Professor Luiz plantaogeografico@yahoo.com.br Movimentos Separatistas na Europa 9ºs A e B Separatismos no Espaço da Ex- Iugoslávia As instabilidades que desencadearam os movimentos separatistas

Leia mais

B8-0136/2015 } B8-0137/2015 } B8-0138/2015 } B8-0139/2015 } B8-0140/2015 } B8-0142/2015 } RC1/Alt. 1

B8-0136/2015 } B8-0137/2015 } B8-0138/2015 } B8-0139/2015 } B8-0140/2015 } B8-0142/2015 } RC1/Alt. 1 B8-0142/2015 } RC1/Alt. 1 1 N. 3-A (novo) 3-A. Alerta para o risco de desencadeamento de uma guerra religiosa; salienta, no entanto, que autoridades muçulmanas rejeitam o EI, por não o considerarem nem

Leia mais

A EUROPA DOS 28 Módulo 15 frente 03- Livro 02 páginas: 210 a 212

A EUROPA DOS 28 Módulo 15 frente 03- Livro 02 páginas: 210 a 212 A EUROPA DOS 28 Módulo 15 frente 03- Livro 02 páginas: 210 a 212 1948: BENELUX, primeiro bloco econômico do mundo (pós 2ª Guerra Mundial). HISTÓRICO Integrantes: Bélgica, Holanda e Luxemburgo. 1952: CECA

Leia mais

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

O conflito entre Israel e Palestina

O conflito entre Israel e Palestina O conflito entre Israel e Palestina Importância estratégica do Oriente Médio Localizado no sudeste da Ásia, entre três continentes: Europa, Ásia e África Pontos importantes Canal de Suez: ligação artificial

Leia mais

Redefinição de esferas de influência no Cáucaso: as questões tchetchena e georgiana

Redefinição de esferas de influência no Cáucaso: as questões tchetchena e georgiana Redefinição de esferas de influência no Cáucaso: as questões tchetchena e georgiana Resenha Segurança Layla Dawood 23 de setembro de 2004 Redefinição de esferas de influência no Cáucaso: as questões tchetchena

Leia mais

A questão da Irlanda do Norte

A questão da Irlanda do Norte A presença de vários grupos étnicos e religiosos num determinado país pode desencadear conflitos internos, principalmente quando um desses grupos aspira à conquista de sua autodeterminação política. Enquadraram-se

Leia mais

Diversidade Cultural

Diversidade Cultural Diversidade Cultural As grandes Civilizações: - Da África Negra; - Ocidental; - Chinesa; - Japonesa; - Hindu; - Eslava; - Ibero-Americana; - Islâmica. As Civilizações apresentam: - Factores de identidade

Leia mais

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS

O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O PROCESSO DE INDEPENDÊNCIA DO BRASIL 1820-1822 COLÉGIO PEDRO II PROFESSOR: ERIC ASSIS O 7 DE SETEMBRO: A INDEPENDÊNCIA FOI SOMENTE O GRITO DO IPIRANGA? OS SIGNIFICADOS DA INDEPENDÊNCIA Emancipação ou

Leia mais

RÚSSIA: POTÊNCIA GEOPOLÍTICA

RÚSSIA: POTÊNCIA GEOPOLÍTICA RÚSSIA: POTÊNCIA GEOPOLÍTICA CARACTERÍSTICAS GERAIS A Rússia é o maior país do mundo (+17 milhões km²) Grande parte do território predomina o clima temperado continental (estações bem definidas e invernos

Leia mais

A CRISE DO ANTIGO REGIME A INDEPENDÊNCIA DOS EUA

A CRISE DO ANTIGO REGIME A INDEPENDÊNCIA DOS EUA Definição: movimento que inspirado nos princípios iluministas determinou o fim do domínio da Inglaterra sobre as chamadas 13 colônias americanas (atualmente EUA); Quando: 1776; Antecedentes/causas: EUA

Leia mais

EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO

EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO - 2011 Os primeiros colonizadores chegaram à costa atlântica da América do Norte no século XVI. No nordeste, foi introduzida a policultura

Leia mais

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 60 ORIENTE MÉDIO E EIXO ASIÁTICO

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 60 ORIENTE MÉDIO E EIXO ASIÁTICO GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 60 ORIENTE MÉDIO E EIXO ASIÁTICO Como pode cair no enem (UFSJ) Após o fim da União Soviética, os Estados Unidos têm imposto ao mundo uma ordem com base em seus interesses, tomando

Leia mais

Dobramentos Modernos. Obs: No Brasil não há dobramentos modernos, pois não há formação da era terciária.

Dobramentos Modernos. Obs: No Brasil não há dobramentos modernos, pois não há formação da era terciária. Dobramentos Modernos Popularmente dizendo são as regiões montanhosas do planeta, áreas de formação terciária e onde certamente terá a convergência de placas tectônicas. Veremos que os dobramentos modernos

Leia mais

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO

ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO OBJETIVO 2016 1º ANO E.M. MÓDULO 26 ORIENTE MÉDIO: QUADRO SOCIOECONÔMICO POPULAÇÃO Grande diversidade étnica: maioria de origem árabe. Dos 16 países, 11 são de etnia árabe, localizados na Península Arábica.

Leia mais

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini

O mundo árabe-muçulmano após a Primavera. Prof. Alan Carlos Ghedini O mundo árabe-muçulmano após a Primavera Prof. Alan Carlos Ghedini Entre as causas da Primavera Árabe podemos citar: Altos índices de desemprego na região Crise econômica Pouca ou nenhuma representação

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

Oriente Médio. Do surgimento as tensões atuais

Oriente Médio. Do surgimento as tensões atuais Oriente Médio Do surgimento as tensões atuais A Região A região do Oriente Médio é uma das áreas mais conflituosas do mundo. Diversos fatores contribuem para isso, entre eles: a sua própria história; origem

Leia mais

REVOLUÇÃO AMERICANA

REVOLUÇÃO AMERICANA REVOLUÇÃO AMERICANA 1776-1781 CONTEXTO Crise do Antigo Regime na América. Expansão dos ideais Iluministas. Liberalismo político e econômico. Crítica ao Sistema Colonial Consolidação do Estado Burguês na

Leia mais

História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 18 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

Rio de Janeiro Brasil Império

Rio de Janeiro Brasil Império Rio de Janeiro Brasil Império As revoltas regencias foram movimentos armados contra o governo e ocorreram em vários pontos do país entre 1835 e 1845 CABANAGEM BALAIADA MALÊS SABINADA FARROUPILHA CABANAGEM

Leia mais

7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA

7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA 7 - INDEPENDÊNCIAS NA AMÉRICA ESPANHOLA Movimentos pela independência Influenciados pela Independência dos Estados Unidos Facilitados pela ocupação da Espanha por Napoleão Afrouxou o controle do país sobre

Leia mais

ABYA YALA ENTREVISTA: CONSTITUIÇÃO MEXICANA DE 1917: significações para o constitucionalismo latino-americano

ABYA YALA ENTREVISTA: CONSTITUIÇÃO MEXICANA DE 1917: significações para o constitucionalismo latino-americano 170 Manuel Caleiro: A Constituição Mexicana de 1917 faz 100 anos agora. O que isso significa para o Constitucionalismo Latino-Americano? Mexicana não é a primeira que se possa considerar diferenciada,

Leia mais

Os Livros dos Macabeus

Os Livros dos Macabeus Os Livros dos Macabeus O nome dos Livros surgiu do apelido de Macabeus (martelo) dado a Judas, filho mais famoso de Matatias. O texto foi escrito em Hebraico no início do 1º século a.c. Os livros descrevem

Leia mais

Prof. Esp. Franciane Borges

Prof. Esp. Franciane Borges Prof. Esp. Franciane Borges ... religiosos, políticos e econômicos. Autoridade passada por descendência. Seguem o alcorão e a sharia. Fiéis são independentes. Hoje: São os mais radicais, guiados por

Leia mais

A evolução da Geopolítica mundial e os conflitos que persistem Guerra Fria

A evolução da Geopolítica mundial e os conflitos que persistem Guerra Fria A evolução da Geopolítica mundial e os conflitos que persistem Guerra Fria O fim da URSS As mudanças no leste europeu As mudanças nas RI (embargo cubano) Os conflitos internacionais Conflito ideológico

Leia mais

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia;

Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; Espanhóis encontraram comunidades altamente desenvolvidas; monumentos gigantescos em pedra, \escrita, os sistemas matemáticos e a astronomia; calendários mais precisos que o europeu; centros urbanos magníficos;

Leia mais

E.E. Dr. João Thienne Geografia

E.E. Dr. João Thienne Geografia E.E. Dr. João Thienne Geografia INTRODUÇÃO O presente trabalho é sobre conflitos no Cáucaso, mais concretamente o caso da Chechênia. São objetivos deste trabalho adquirir conhecimentos sobre o assunto,

Leia mais

AFEGANISTÃO Contexto:

AFEGANISTÃO Contexto: AFEGANISTÃO Contexto: O Afeganistão, por sua posição geopolítica, marca-se na história como um centro intermediário de relações comerciais e migrações da humanidade ao longo da história. Os fluxos migratórios

Leia mais

Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial

Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial Globalização, multipolarização e Fragmentação do espaço mundial Instituto Federal Santa Catarina Câmpus Joinville Unidade Curricular Geografia Professor Mauricio Ruiz Camara Globalização Informação Biotecnologia

Leia mais

Estado, território, nação. 9º Ano

Estado, território, nação. 9º Ano Estado, território, nação 9º Ano Compreender os conceitos de nação, território, Estado, soberania, país. Entender as razões dos principais conflitos no mundo de hoje, tanto em suas motivações étnicopolíticas

Leia mais

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Profª. Maria Auxiliadora 3º Ano

Generated by Foxit PDF Creator Foxit Software http://www.foxitsoftware.com For evaluation only. Profª. Maria Auxiliadora 3º Ano Profª. Maria Auxiliadora 3º Ano Contradições entre o sistema colonial e as propostas liberais a partir do século XVIII Guerra de sucessão do trono espanhol (1702-1713) Luís XIV conseguiu impor seu neto

Leia mais

A Antiga Iugoslávia e seus Conflitos

A Antiga Iugoslávia e seus Conflitos A Antiga Iugoslávia e seus Conflitos Conflito Nos Bálcãs: A queda da Iugoslávia Até 1991, a Iugoslava era formada por seis repúblicas (Sérvia, Croácia, Eslovênia, Bósnia-Herzegóvina, Macedônia, Montenegro)

Leia mais

As Novas Migrações Internacionais

As Novas Migrações Internacionais As Novas Migrações Internacionais As novas migrações ganharam novas direções, as realizações partem de países subdesenvolvidos para países desenvolvidos, e o novo modelo de migração internacional surge

Leia mais

FARCs: Origem e ação na Colômbia Com extensão territorial de 1.141.748 quilômetros quadrados, a Colômbia é habitada por aproximadamente 45,7 milhões de pessoas. Esse grande país sul-americano é marcado

Leia mais

GEOPOLÍTICA DA ÁFRICA. Professor: Wisler Juliano 8º ano EFII Disciplina: Geografia

GEOPOLÍTICA DA ÁFRICA. Professor: Wisler Juliano 8º ano EFII Disciplina: Geografia GEOPOLÍTICA DA ÁFRICA Professor: Wisler Juliano 8º ano EFII Disciplina: Geografia DIVISÃO CULTURAL DO CONTINENTE ÁFRICA BRANCA OU SAARIANA ÁFRICA NEGRA OU SUBSAARIANA CONFLITOS NO CONTINENTE AFRICANO IMPERIALISMO

Leia mais

CAPÍTULO 03 Poder Paralelo.

CAPÍTULO 03 Poder Paralelo. 01/03/2016 8º Ano B CAPÍTULO 03 Poder Paralelo. Profº Delsomar de Sousa Barbosa Páginas: 32 a 36 Item 01. Estrutura Temática Organizações Terroristas e Radicalismo Islâmico. Al Qaeda ORGANIZACÕES RELIGIOSAS

Leia mais

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES. Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: GOIÂNIA, 06 / 06/ 2016 PROFESSOR: ANDERSON JOSÉ SOARES DISCIPLINA: GEOGRAFIA SÉRIE:8º ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações:

Leia mais

Pânico, bombas e sequestros: O que é terrorismo?

Pânico, bombas e sequestros: O que é terrorismo? Pânico, bombas e sequestros: O que é terrorismo? COMENTE O que vem à sua cabeça quando a palavra terrorismo é citada? Possivelmente imagens de horror como explosões a bomba, sequestros, aviões se chocando

Leia mais

ÁFRICA CONFLITOS RELIGIOSOS.

ÁFRICA CONFLITOS RELIGIOSOS. ÁFRICA CONFLITOS RELIGIOSOS http://www.pordentrodaafrica.com/ CONFLITOS ÉTNICOS NA ÁFRICA O continente africano é palco de uma serie de conflitos consequência da intervenção colonialista, principalmente

Leia mais

AVISO: O conteúdo e o contexto das aulas referem-se aos pensamentos emitidos pelos próprios autores que

AVISO: O conteúdo e o contexto das aulas referem-se aos pensamentos emitidos pelos próprios autores que AVISO: O conteúdo e o contexto das aulas referem-se aos pensamentos emitidos pelos próprios autores que foram interpretados por estudiosos dos temas RUBENS expostos. RAMIRO Todo JUNIOR exemplo (TODOS citado

Leia mais

AVANÇOS EM TECNOLOGIA: - Investimentos crescentes em P&D - Aumento da capacidade não-letal e maior precisão das armas - Custos crescentes dos equipamentos - Automação e robotização - Atuação em rede x

Leia mais

AMÉRICA LATINA NO SÉCULO XX HISTÓRIA 01 AULA 52 PROF. THIAGO

AMÉRICA LATINA NO SÉCULO XX HISTÓRIA 01 AULA 52 PROF. THIAGO AMÉRICA LATINA NO SÉCULO XX HISTÓRIA 01 AULA 52 PROF. THIAGO NO MÉXICO O PORFIRIATO 1877-1880/ 1884-1911 - Ditadura de Porfírio Diaz; Apoio da Igreja, Exército e Latifundiários Capitalismo mexicano: entrada

Leia mais

GUERRA DO PARAGUAI. Maior conflito armado da América do Sul

GUERRA DO PARAGUAI. Maior conflito armado da América do Sul GUERRA DO PARAGUAI Maior conflito armado da América do Sul Informações Gerais FICHA TÉCNICA Período: 1864-1870 Duração: quase 6 anos Local: América do Sul Países Envolvidos: Argentina, Brasil, Uruguai

Leia mais

Entre 1871 e 1914 a sociedade européia - liberal e capitalista, passou por uma das fases de maior prosperidade devido ao desenvolvimento industrial

Entre 1871 e 1914 a sociedade européia - liberal e capitalista, passou por uma das fases de maior prosperidade devido ao desenvolvimento industrial 1914-1918 Entre 1871 e 1914 a sociedade européia - liberal e capitalista, passou por uma das fases de maior prosperidade devido ao desenvolvimento industrial que trouxe conforto e a ciência e a técnica

Leia mais

País Basco: a atuação do ETA na reivindicação separatista

País Basco: a atuação do ETA na reivindicação separatista País Basco: a atuação do ETA na reivindicação separatista Análise Europa Jéssica Silva Fernandes 20 de Novembro de 2010 País Basco: a atuação do ETA na reivindicação separatista Análise Europa Jéssica

Leia mais

Um continente com muitas histórias. prof. Thiago

Um continente com muitas histórias.  prof. Thiago Um continente com muitas histórias www.inventandohistoria.com prof. Thiago África em números 22,5% das terras do planeta 10% da população mundial 1% da prod. Industrial do mundo 1/3 dos recursos minerais

Leia mais

Guerrilha informatizada: o uso da mídia pelo Exército Zapatista de Libertação Nacional

Guerrilha informatizada: o uso da mídia pelo Exército Zapatista de Libertação Nacional Guerrilha informatizada: o uso da mídia pelo Exército Zapatista de Libertação Nacional José Gaspar Bisco Junior 1 - PPG-UFJF Nós zapatistas nos vemos como um sintoma de algo maior e mais geral que está

Leia mais

Mundo árabe: países localizados no norte da África e no Oriente Médio Liga árabe: 22 países membros, formada em 1945 Fatores que ajudam a determinar

Mundo árabe: países localizados no norte da África e no Oriente Médio Liga árabe: 22 países membros, formada em 1945 Fatores que ajudam a determinar A primavera árabe Mundo árabe: países localizados no norte da África e no Oriente Médio Liga árabe: 22 países membros, formada em 1945 Fatores que ajudam a determinar se um indivíduos é árabe ou não Político:

Leia mais

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER

CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER CONTEÚDOS HISTÓRIA 4º ANO COLEÇÃO INTERAGIR E CRESCER UNIDADE 1 O TEMPO E AS ORIGENS DO BRASIL 1. Contando o tempo Instrumentos de medida do tempo Medidas de tempo: década, século, milênio Linha do tempo

Leia mais

Colorir sobre o 7 de Setembro

Colorir sobre o 7 de Setembro Desenhos para Pintar e Colorir sobre o 7 de Setembro 7 de Setembro Olá amigos e amigas do SOESCOLA. Hoje trago para vocês algumas sugestões de Desenhos para Colorir com o tema da Independência do Brasil

Leia mais

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso

REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso REDE EDUCACIONAL ADVENTISTA Ementa de Curso DISCIPLINA: HISTÓRIA SÉRIE/ TURMA: 1º ANO MÉDIO ABC BIMESTRE: 4º NÚMERO 1. Módulo 16 - Política e economia no Antigo Introdução do módulo, com aula em slides

Leia mais

BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS. Professor: Edson Martins

BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS. Professor: Edson Martins BRASIL IMPÉRIO REVOLTAS REGENCIAIS Professor: Edson Martins Cabanagem (1835 1840) A rebelião explodiu no Pará Causas: revolta dos liberais contra o presidente nomeado pelo governo regencial situação de

Leia mais

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 47 CANADÁ

GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 47 CANADÁ GEOGRAFIA - 2 o ANO MÓDULO 47 CANADÁ Como pode cair no enem (UFPE) O Canadá teve forjadas a Geografia e a História, basicamente, ao longo dos 570 km do vale do rio São Lourenço, onde se situam algumas

Leia mais

Aspectos Gerais. Velho Mundo: Berço da civilização ocidental (Democracia e Capitalismo) 10,5% da população mundial (superior a 745 milhões de hab.

Aspectos Gerais. Velho Mundo: Berço da civilização ocidental (Democracia e Capitalismo) 10,5% da população mundial (superior a 745 milhões de hab. EUROPA Módulo 4 Aspectos Gerais Velho Mundo: Berço da civilização ocidental (Democracia e Capitalismo) Possui 7% das terras emersas (49 países) 10,5% da população mundial (superior a 745 milhões de hab.)

Leia mais

14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29.

14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29. 14. Brasil: Período Regencial PÁGINAS 18 À 29. Política e economia Regência Trina Provisória: Formada pelos senadores Nicolau Vergueiro, José Joaquim de Campos e pelo brigadeiro Francisco de Lima e Silva

Leia mais

A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ( )

A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ( ) A PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL ( 1914-1918 ) OS MOTIVOS DA GUERRA O IMPERIALISMO: Alguns países estavam extremamente descontentes com a partilha da Ásia e da África, ocorrida no final do século XIX. O ROMPIMENTO

Leia mais

Prof. Marcos Col. Santa Clara

Prof. Marcos Col. Santa Clara Prof. Marcos Col. Santa Clara Segundo o dicionário Houaiss, FUNDAMENTALISMO significa qualquer corrente, movimento ou atitude, de cunho conservador e de pensamento único, que enfatiza a obediência rigorosa

Leia mais

QUAL O MOTIVO DA EXPRESSÃO ORIENTE MÉDIO?

QUAL O MOTIVO DA EXPRESSÃO ORIENTE MÉDIO? ORIENTE MÉDIO QUAL O MOTIVO DA EXPRESSÃO ORIENTE MÉDIO? LOCALIZAÇÃO APECTOS FÍSICOS Clima árido é o mais presente no território Na porção norte uma franja de clima Mediterrâneo A região sobre com a carência

Leia mais

Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas

Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas Aula 27/04 e 14/05 - CH Cultura e Geografia das Religiões Prof. Lucas Definição de conceitos Aspectos relacionados a cultura Geografia das religiões Conflitos religiosos Atividade Todo aquele complexo

Leia mais

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista.

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista. COLÉGIO PEDRO II CAMPUS HUMAITÁ II EXERCÍCIOS - Revisão 9ºANO PROFESSOR Cristiano Campos QUESTÃO 01 01) Cite algumas características dos movimentos e governos fascistas. QUESTÃO 02 02) Identifique as características

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN HISTÓRIA DA AMÉRICA II. Prof.º Me. Halyson Oliveira

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN HISTÓRIA DA AMÉRICA II. Prof.º Me. Halyson Oliveira UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE UERN HISTÓRIA DA AMÉRICA II. Prof.º Me. Halyson Oliveira 2014.2. A M A R C H A PA R A O O E S T E E A G U E R R A D E S E C E S S Ã O N O RT E - A M E R I

Leia mais

FÓRUM DA PAISAGEM: PAISAGENS DA RESISTÊNCIA Euler Sandeville Junior (Prof. Dr., FAU.USP) Fany Cutcher Galender (Arq., PMSP/FAU.

FÓRUM DA PAISAGEM: PAISAGENS DA RESISTÊNCIA Euler Sandeville Junior (Prof. Dr., FAU.USP) Fany Cutcher Galender (Arq., PMSP/FAU. 1 SANDEVILLE JUNIOR, Euler ; GALENDER, Fany. Fórum da Paisagem: Paisagens da Resistência. Pós.Revista do Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAU/USP, São Paulo, v. 18, p. 164-168, 2005.

Leia mais

Nome: nº Ano:2º. Data: / /

Nome: nº Ano:2º. Data: / / -* Nome: nº Ano:2º Recuperação de Geografia/2º bimestre Professor: Arnaldo de Melo Data: / / 1-(UNIFESP) Na Espanha, casais recebem 2500,00 euros caso gerem um filho ou adotem uma criança. Além disso,

Leia mais

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA GEOGRAFIA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Geopolítica e Poder 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 12.2 Conteúdo Americanos no Iraque e Afeganistão

Leia mais

UFSC. Resposta: 11. Comentário

UFSC. Resposta: 11. Comentário Resposta: 11 01. Correta. 02. Correta. 04. Incorreta. A divisão em períodos da história feita por historiadores europeus não necessariamente deve ser empregada, e não é por diferentes povos do mundo. Foi

Leia mais

ATUALIDADES PARA OS CONCURSOS PÚBLICOS E VESTIBULARES

ATUALIDADES PARA OS CONCURSOS PÚBLICOS E VESTIBULARES Coleção TRIBUNAIS e MPU Coordenador HENRIQUE CORREIA RODOLFO MUNIZ ALVES GRACIOLI ATUALIDADES PARA OS CONCURSOS PÚBLICOS E VESTIBULARES 2. a edição Revista, ampliada e atualizada 2017 Cap. I Como estudar

Leia mais

Uganda A Pérola da África Qua, 29 de Outubro de :22

Uganda A Pérola da África Qua, 29 de Outubro de :22 A primeira missão da Renovação Carismática Católica no continente africano esta em Uganda, a pérola da África. Recebeu este adjetivo pátrio de Winston Churchill, político e estadista britânico, em sua

Leia mais

BRASIL IMPÉRIO PERÍODO REGENCIAL

BRASIL IMPÉRIO PERÍODO REGENCIAL BRASIL IMPÉRIO PERÍODO REGENCIAL PERÍODO REGENCIAL Regência Trina Provisória (Abril Junho de 1831) senador Nicolau Pereira de Campos Vergueiro senador José Joaquim Carneiro de Campos brigadeiro Francisco

Leia mais