Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ""

Transcrição

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13 FARCs: Origem e ação na Colômbia Com extensão territorial de quilômetros quadrados, a Colômbia é habitada por aproximadamente 45,7 milhões de pessoas. Esse grande país sul-americano é marcado por diversos conflitos internos de cunho político, fato que provocou e ainda provoca a morte de milhares de habitantes. Visando estabelecer a paz no território nacional, as duas principais forças políticas da Colômbia (liberais e conservadores) formaram a Frente Nacional, na década de Essa organização teve forte oposição de algumas vertentes das forças liberais, resultando na formação de grupos guerrilheiros de ideologia socialista, com destaque para o Exército de Libertação Nacional (ELN), o Movimento Revolucionário 19 de Abril (M-19) e, principalmente, para as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). Criada em 1964, pelo ex-combatente liberal Pedro Antonio Marín, também conhecido como Tirofijo, as Farc surgiu como um grupo de cunho marxista-leninista, atuando no meio rural e adotando táticas de guerrilha. Essa organização tem como discurso ideológico a implantação do socialismo na Colômbia, promovendo a distribuição igualitária de renda, a reforma agrária, o fim de governos corruptos e das relações políticas e econômicas com os Estados Unidos, entre outros aspectos sociais. Durante a década de 1990, a organização chegou a dominar cerca de 40% do território colombiano, possuindo mais de 18 mil guerrilheiros. Porém, as ações do Exército nacional, financiado pelos EUA, expulsou o grupo para regiões próximas à fronteira com países vizinhos. Essa atitude do governo enfraqueceu o movimento, que, atualmente, é formado por aproximadamente oito mil guerrilheiros. Outra baixa significativa foi a morte de Mono Jojoy (um dos líderes das Farc), assassinado em setembro de Os sequestros e o contrabando de drogas, em especial da cocaína, são práticas comuns nas Farc, pois através desses recursos a organização obtém dinheiro para se equipar militarmente. Entretanto, a partir da década de 1980, o grupo intensificou a exploração do narcotráfico e a violência, fato que desvirtuou seu foco de atuação, passando a ser considerada uma organização terrorista, que tem como principal objetivo a produção e venda de drogas. Nesse sentido, as Farc caíram em descrédito com a população colombiana, que via nessa organização uma alternativa para reparar as desigualdades sociais no país. Pesquisas indicam que a maioria dos habitantes é contrária à atuação das Farc. Entenda o Acordo de Paz entre o governo colombiano e as Farc-2016 Depois de mais de cinquenta anos de conflito armado entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), um acordo de paz foi selado nesta segunda-feira (26). O objetivo é evitar mais vítimas e tornar o País mais seguro e estável. Segundo o governo da Colômbia, as Farc se comprometeram a entregar todas as suas armas às Nações Unidas; a não se envolver em crimes como sequestro,

14 extorsão ou recrutamento de crianças; romper ligações com o tráfico de drogas; e cessar ataques contra as forças de segurança e civis. O acordo diz que haverá justiça e reparação às vítimas e as Farcs poderão fazer política sem usar armas. O texto assinado inclui um plano para o desenvolvimento agrícola integral, dando aos ex-guerrilheiros acesso à terra e a serviços, além de criar uma estratégia para a substituição sustentável de cultivos ilícitos. Com esse documento, será criado um sistema de justiça para punir os responsáveis por crimes no qual as vítimas terão algum tipo de reparação. As punições incluem restrição de liberdade e, no caso de o autor não reconhecer o crime, pode ir para a cadeia comum por até 20 anos. Fim das plantações de coca O governo colombiano também irá desenvolver um plano de investimentos para o desenvolvimento do campo para dar aos agricultores oportunidades de ter renda e qualidade de vida de maneira lícita, sem o cultivo e produção de drogas. As Farc ainda se comprometeram a romper os laços com o mercado de drogas, além de apoiar os esforços do governo para combater o narcotráfico. Os movimentos sociais que estão na base das Farc receberão garantias de que poderão fazer política sem armas. O acordo tem todo o apoio do Brasil, que faz fronteira com a Colômbia. Em discurso na Assembleia Geral das Nações Unidas, o presidente da República, Michel Temer, mencionou o acordo de paz e, durante conversa com o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, manifestou apoio ao acordo. Breves resumos que os ajudarão em seus vestibulares.

15

CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0)

CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA. 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) CP/CAEM/2006 1ª AVALIAÇÃO SOMATIVA FICHA AUXILIAR DE CORREÇÃO HISTÓRIA 1ª QUESTÃO (Valor 6,0) Analisar a evolução política da Colômbia e da Venezuela, concluindo sobre os seus reflexos nas questões de

Leia mais

Annual Thematic Conference and Workshop: Migrant Workers and Migration Brazil July 2010

Annual Thematic Conference and Workshop: Migrant Workers and Migration Brazil July 2010 Annual Thematic Conference and Workshop: Migrant Workers and Migration Brazil 1-51 5 July 2010 Deslocamento forçado e violência anti-sindical como fenômeno regulador no conflito Colombiano Jana Silverman

Leia mais

COLÔMBIA: O ACORDO DE PAZ COM AS FARC E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A SEGURANÇA REGIONAL XII CURSO DE EXTENSÃO EM DEFESA NACIONAL 9 ABR 15

COLÔMBIA: O ACORDO DE PAZ COM AS FARC E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A SEGURANÇA REGIONAL XII CURSO DE EXTENSÃO EM DEFESA NACIONAL 9 ABR 15 COLÔMBIA: O ACORDO DE PAZ COM AS FARC E SUAS IMPLICAÇÕES PARA A SEGURANÇA REGIONAL XII CURSO DE EXTENSÃO EM DEFESA NACIONAL 9 ABR 15 SUMÁRIO INTRODUÇÃO DESENVOLVIMENTO ANTECEDENTES CONJUNTURA ATUAL PERSPECTIVAS

Leia mais

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE

OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE OS CONFLITOS MUNDIAIS NA ATUALIDADE Hoje existem cerca de 30 regiões no mundo onde ocorrem conflitos armados. - Os principais motivos dos conflitos são: Étnicos ETNIA grupo de identidade unido por fatores

Leia mais

Sistema de Polícia Judicial e Inteligência da Espanha (Guardia Civil) Marcelo Victor Duarte Corrêa Cap PM

Sistema de Polícia Judicial e Inteligência da Espanha (Guardia Civil) Marcelo Victor Duarte Corrêa Cap PM Sistema de Polícia Judicial e Inteligência da Espanha (Guardia Civil) Marcelo Victor Duarte Corrêa Cap PM Objetivos Compreender a Estrutura de Defesa e Segurança Pública da Espanha; Compreender o histórico

Leia mais

Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA

Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA Conflitos mundiais PROF. MELK SOUZA ÍNDIA x PAQUISTÃO A tensa relação entre Índia e Paquistão, pela disputa da região da Caxemira, teve início a partir da independência da Índia do imperialismo britânico,

Leia mais

EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO

EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO EUA: A CONQUISTA DA HEGEMONIA POLITICA E ECONOMICA PROF. NENO - 2011 Os primeiros colonizadores chegaram à costa atlântica da América do Norte no século XVI. No nordeste, foi introduzida a policultura

Leia mais

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária

Herança do Século XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Herança do Sculo XIX Caudilhismo Fragmentação Política Concentração Fundiária Predominância Econômica da Agropecuária Sculo XX Diversificação da Economia Industrialização e Urbanização Novas Classes Sociais

Leia mais

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana.

História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. História B aula 15 História da URSS e a Revolução Mexicana. Para sair da crise: NEP Nova Política Econômica (1921) recuar nas propostas socialistas e adotar algumas medidas capitalistas (estimular novamente

Leia mais

Colégio Salesiano São José América Central e do Sul

Colégio Salesiano São José América Central e do Sul Colégio Salesiano São José América Central e do Sul Disciplina: Geografia Professor: Juliano América Central Caracterização A América Central é um istmo (estreita faixa de terra que liga duas áreas de

Leia mais

Fuzileiros Navais brasileiros ajudam a Colômbia na desminagem humanitária

Fuzileiros Navais brasileiros ajudam a Colômbia na desminagem humanitária Fuzileiros Navais brasileiros ajudam a Colômbia na desminagem humanitária Desde 2015 instrutores brasileiros ficam na Colômbia por dois anos, capacitando os militares da Marinha Nacional para a remoção

Leia mais

PROFESSOR CARLOS ALEX

PROFESSOR CARLOS ALEX PROFESSOR CARLOS ALEX América Andina Países: Chile, Peru, Bolívia, Equador, Venezuela e Colômbia. Localização: América do Sul Os países Andinos apresentam territórios com grandes trechos constituídos

Leia mais

AMÉRICA ANDINA E GUIANAS

AMÉRICA ANDINA E GUIANAS AMÉRICA ANDINA E GUIANAS América Andina Países Andinos Guianas Países das Guianas 1 América Andina Países:Chile, Peru, Bolívia, Equador, Venezuela e Colômbia. Localização: América do Sul Os países Andinos

Leia mais

AMÉRICA DO SUL Características Gerais da América do Sul

AMÉRICA DO SUL Características Gerais da América do Sul AMÉRICA DO SUL Características Gerais da América do Sul Extensão: 17.850.568 km²; Situa-se a oeste do Meridiano de Greenwich e em sua maior parte no hemisfério Sul; É formada politicamente por 12 países

Leia mais

Tradução: Graça Salgueiro

Tradução: Graça Salgueiro Tradução: Graça Salgueiro Ao completar-se os primeiros cem dias das estéreis conversações de paz em Cuba entre o governo colombiano e alguns cabeças das FARC, é pertinente fazer um exame do ocorrido desde

Leia mais

PROJETO PROVEDOR DE INFORMAÇÕES SOBRE O SETOR ELÉTRICO RELATÓRIO TRIMESTRAL DE ACOMPANHAMENTO DE CONJUNTURA:

PROJETO PROVEDOR DE INFORMAÇÕES SOBRE O SETOR ELÉTRICO RELATÓRIO TRIMESTRAL DE ACOMPANHAMENTO DE CONJUNTURA: PROJETO PROVEDOR DE INFORMAÇÕES SOBRE O SETOR ELÉTRICO RELATÓRIO TRIMESTRAL DE ACOMPANHAMENTO DE CONJUNTURA: PROJEÇÕES E CENÁRIOS MACROECONÔMICOS DOS PRINCIPAIS MERCADOS DA AMÉRICA LATINA - COLÔMBIA Julho

Leia mais

Polícia Nacional do Equador inaugura laboratório para combater Cartel de Sinaloa e Los Rastrojos

Polícia Nacional do Equador inaugura laboratório para combater Cartel de Sinaloa e Los Rastrojos Polícia Nacional do Equador inaugura laboratório para combater Cartel de Sinaloa e Los Rastrojos Nova instalação ajudará a desenvolver investigações e a tornar sistema judiciário mais eficiente. Holger

Leia mais

Revisão ENEM. Geografia Professor: Cláudio Hansen 15/10/ Noite. Material de apoio para Aula ao Vivo

Revisão ENEM. Geografia Professor: Cláudio Hansen 15/10/ Noite. Material de apoio para Aula ao Vivo Revisão ENEM 1. Na figura a seguir, há duas representações cartográficas do mundo, uma atual e outra do século XV, às quais foi acrescentado o percurso da 1ª viagem de Colombo. Existe um contraste entre

Leia mais

1. Argentina. 2. Bolívia

1. Argentina. 2. Bolívia Sumário 1. Argentina... 3 2. Bolívia... 3 3. Brasil... 4 4. Chile... 5 5. Colômbia... 5 6. Equador... 6 7. Guiana... 7 8. México (Observador)... 7 9. Panamá (Observador)... 8 10. Paraguai... 8 11. Peru...

Leia mais

SUBCOMISSÃO DE COMBATE AO CONTRABANDO DE CIGARROS RELATÓRIO

SUBCOMISSÃO DE COMBATE AO CONTRABANDO DE CIGARROS RELATÓRIO SUBCOMISSÃO DE COMBATE AO CONTRABANDO DE CIGARROS RELATÓRIO Combater a prática criminosa do contrabando de cigarros vai muito além de uma ação de segurança pública e de persecução penal. No momento atual

Leia mais

Seu objetivo era enfraquecer o movimento fundamentalista que varria o Irã

Seu objetivo era enfraquecer o movimento fundamentalista que varria o Irã Guerra Irã e Iraque Conflito que por cerca de 8 anos, mais precisamente de 1980 a 1988, envolveu as duas nações do Oriente Médio. Irã e Iraque possuem diferenças históricas. Apesar de ambos seguirem a

Leia mais

Resumo: Alejandro Peña Esclusa, presidente da Força Solidária - que organizou as passeatas-monstro contra Hugo Chávez - denuncia:

Resumo: Alejandro Peña Esclusa, presidente da Força Solidária - que organizou as passeatas-monstro contra Hugo Chávez - denuncia: Por Alejandro Peña Esclusa Resumo: Alejandro Peña Esclusa, presidente da Força Solidária - que organizou as passeatas-monstro contra Hugo Chávez - denuncia: O Foro de São Paulo vive de narcotráfico, seqüestro,

Leia mais

egurança Pública Segurança Pública

egurança Pública Segurança Pública V S egurança Pública Segurança Pública mensagem presidencial Segurança pública Desde 2003, as ações do Governo Federal para a garantia da segurança pública têm como objetivo agir sobre as causas da criminalidade

Leia mais

Protegendo as fronteiras do Panamá

Protegendo as fronteiras do Panamá Protegendo as fronteiras do Panamá Autoridades panamenhas estão adotando novas abordagens para melhorar a segurança. O comissário Frank Ábrego, diretor geral do Serviço Nacional de Fronteiras (SENAFRONT),

Leia mais

Indicadores. da situação da mulher no Brasil

Indicadores. da situação da mulher no Brasil Indicadores da situação da mulher no Brasil A Seção INDICADORES do Observatório da Justiça traz, neste mês, de forma simples e didática, números que ajudam a entender a situação de desigualdade da mulher

Leia mais

MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL

MJ - DEPARTAMENTO DE POLÍCIA FEDERAL DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DCOR/DPF Tema: Enfrentamento ao tráfico de drogas pela Polícia Federal. Brasília abril de 2011 OBJETIVOS : Apresentar as estratégias de enfrentamento ao tráfico

Leia mais

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele

Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele Ciências Humanas e Suas Tecnologias - Geografia Ensino Médio, 2º Ano Conflitos Armados Prof. Claudimar Fontinele PRINCIPAIS MOTIVOS DOS CONFLITOS Étnicos Políticos Ideológicos Territoriais Econômicos Recursos

Leia mais

Secretaria Municipal de Defesa Social PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Secretaria Municipal de Defesa Social PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE SETEMBRO 2008 Santa Cruz do Capibaribe é a cidade líder do segundo maior pólo de confecções do Brasil. Sua população é de aproximadamente 75.000 habitantes.

Leia mais

Mecanismos de Controle Avanços e Desafios Enfrentados pelos Órgãos de Controle Diferentes Visões e Resultados

Mecanismos de Controle Avanços e Desafios Enfrentados pelos Órgãos de Controle Diferentes Visões e Resultados Mecanismos de Controle Avanços e Desafios Enfrentados pelos Órgãos de Controle Diferentes Visões e Resultados São Paulo/SP Abril de 2013 Sumário Ciclo do Tráfico de Drogas Antecedentes e Marcos Jurídicos

Leia mais

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo

Importante acontecimento do século XX. Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo 03. REVOLUÇÃO RUSSA Importante acontecimento do século XX Surgimento do modelo socialista em oposição dominante Profundas transformações no país e no mundo ao capitalismo Rússia no início do século XX

Leia mais

Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios

Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios Direitos Humanos na Constituição Brasileira: Avanços e Desafios Cátedra UNESCO de Educação para a Paz, Direitos Humanos, Democracia e Tolerância Faculdade de Saúde Pública (USP), Auditório Paula Souza.

Leia mais

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História

REVOLUÇÃO RUSSA. Monique Bilk História REVOLUÇÃO RUSSA Monique Bilk História CONTEXTO Rússia Feudal até 1860. (XIX) Monarquia absolutista, teocrática Czarismo. Aristocracia rural. No começo do século XX, a Rússia era um país de economia atrasada

Leia mais

PROF. ALCIDES COSTA VAZ Brasília, 24 de maio de 2016.

PROF. ALCIDES COSTA VAZ Brasília, 24 de maio de 2016. CENTRO DE ESTUDOS ESTRATÉGICOS DO EXÉRCITO BRASILEIRO NÚCLEO DE ESTUDOS PROSPECTIVOS ENCONTRO TEMÁTICO PROF. ALCIDES COSTA VAZ Brasília, 24 de maio de 2016. Oferecer visão geral das perspectivas sobre

Leia mais

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog:

A REVOLUÇÃO RUSSA. Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: A REVOLUÇÃO RUSSA Professor: TÁCIUS FERNANDES Blog: www.proftaciusfernandes.wordpress.com RÚSSIA CZARISTA Final do século XIX 170 milhões de pessoas Economia agrária 85% da população vivia no campo camponeses

Leia mais

CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE

CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE CAPÍTULO 3 BRASIL E MERCOSUL PROFESSOR LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE ORIGEM DO MERCOSUL P. 30 e 31 Os blocos econômicos promovem uma maior integração econômica, social e cultural entre as

Leia mais

1.(Unicamp 2014) O cartaz abaixo foi usado pela propaganda soviética contra o capitalismo ocidental, durante o período da Guerra Fria.

1.(Unicamp 2014) O cartaz abaixo foi usado pela propaganda soviética contra o capitalismo ocidental, durante o período da Guerra Fria. 1.(Unicamp 2014) O cartaz abaixo foi usado pela propaganda soviética contra o capitalismo ocidental, durante o período da Guerra Fria. O texto diz: Duas infâncias. Na URSS (parte superior) crianças são

Leia mais

Movimentos Sociais do Campo

Movimentos Sociais do Campo Universidade Federal do Pampa UNIPAMPA Campus Dom Pedrito Curso de Educação do Campo Componente: Movimentos Sociais do Campo CH: 45h Aula 02 24/01 Professor: Vinicius Piccin Dalbianco E-mail: viniciusdalbianco@unipampa.edu.br

Leia mais

TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX.

TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX. TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX 1. DEFINIÇÃO Ideais críticos ao capitalismo industrial. Crítica à propriedade privada (meios de produção). Crítica à desigualdade na distribuição

Leia mais

Palma de Óleo. Pronaf Eco Dendê

Palma de Óleo. Pronaf Eco Dendê Palma de Óleo Pronaf Eco Dendê 1 A Archer Daniels Midland Company (ADM) O que fazemos: Líder no processamento e transformação de produtos agrícolas; Uma das empresas mais admiradas no ramo de produção

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015.

PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015. PROJETO DE LEI Nº DE DE 2015. Determina a obrigatoriedade de inserção de mensagens educativas sobre o uso de drogas ilícitas nos ingressos de eventos esportivos e shows culturais ou esportivos voltados

Leia mais

Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia

Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia Otawa - Canadá Washington D.C Cidade do México - México Instituição: Colégio Mauá Professor: Marcelo Tatsch Disciplina: Geografia ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA URBANIZAÇÃO E POPULAÇÃO - formação das metrópoles

Leia mais

Violência(s), Direitos Humanos e Periferia(s): Quais relações?

Violência(s), Direitos Humanos e Periferia(s): Quais relações? Violência(s), Direitos Humanos e Periferia(s): Quais relações? Priscila Queirolo Susin Psicóloga; Técnica Social Responsável PMCMV-E; Pesquisadora do CAES Mestre em Ciências Sociais (PUCRS) Doutoranda

Leia mais

O papel do Brasil no período pós-conflito na Colômbia

O papel do Brasil no período pós-conflito na Colômbia O papel do Brasil no período pós-conflito na Colômbia Mariana Carpes Instituto de Relações Internacionais da Universidade de Brasília (IREL-UnB) Introdução O presente artigo analisa qual papel o Brasil

Leia mais

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos

Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos Avaliação da unidade II Pontuação: 7,5 pontos QUESTÃO 01 Descreva as principais características do populismo no Brasil: (valor 1,0) QUESTÃO 02 Após a Segunda Guerra Mundial, consolidou-se uma ordem político-econômica

Leia mais

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos.

O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos. O fim da União Soviética e nova geopolítica da região Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Introdução Rússia, principal potência política, econômica e militar da

Leia mais

Colômbia: o divórcio entre o Estado e a nação

Colômbia: o divórcio entre o Estado e a nação 222 NOTAS Colômbia: o divórcio entre o Estado e a nação MARÍA LUJÁN BRITO MARCELO CORDIVIOLA A Colômbia tem atravessado, por um longo período de sua história, uma série de conflitos. Seu nome é sinônimo

Leia mais

A Justiça Federal concedeu nesta sexta-feira, 5 Mar, uma liminar para suspender a anistia ao ex-guerrilheiro comunista Carlos Lamarca.

A Justiça Federal concedeu nesta sexta-feira, 5 Mar, uma liminar para suspender a anistia ao ex-guerrilheiro comunista Carlos Lamarca. Por Reinaldo Azevedo - do blog do autor A Justiça Federal concedeu nesta sexta-feira, 5 Mar, uma liminar para suspender a anistia ao ex-guerrilheiro comunista Carlos Lamarca. Autor da ação, o Clube Militar

Leia mais

AMNISTIA INTERNACIONAL

AMNISTIA INTERNACIONAL AMNISTIA INTERNACIONAL Índice AI: 40/17/00 Tribunal Penal Internacional Ficha de Dados 8 Garantia de justiça às crianças " A UNICEF insiste na necessidade de combater as atrocidades contra as crianças,

Leia mais

Escola de Formação Política Miguel Arraes

Escola de Formação Política Miguel Arraes Escola de Formação Política Miguel Arraes Curso de Atualização e Capacitação Sobre Formulação e Gestão de Políticas Públicas Módulo III Políticas Públicas e Direitos Humanos Aula 7 Gestão em Segurança

Leia mais

Estabelecendo paralelos no narcoterrorismo

Estabelecendo paralelos no narcoterrorismo Estabelecendo paralelos no narcoterrorismo As FARC na Colômbia e o Talibã no Afeganistão financiam a violência com as drogas que eles antes desprezavam WRITER-ID 1 janeiro 2010 Um policial afegão observa

Leia mais

TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX. h4p://historiaonline.com.br

TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX. h4p://historiaonline.com.br TEORIAS SOCIALISTAS MOVIMENTOS OPERÁRIOS NO SÉCULO XIX 1. DEFINIÇÃO Ideais crílcos ao capitalismo industrial. CríLca à propriedade privada (meios de produção). CríLca à desigualdade na distribuição da

Leia mais

AULA DE HISTÓRIA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL. El Sal /02/2014

AULA DE HISTÓRIA PRIMEIRA GUERRA MUNDIAL. El Sal /02/2014 AULA DE HISTÓRIA PRIMEIRA MUNDIAL El Sal 2014 PRIMEIRA MUNDIAL Inicialmente, os conflitos se deram na Europa. Embora várias nações tenham declarado neutralidade, no decorrer da guerra várias nações não-européias

Leia mais

Data: /12/2014 Bimestre: 4. Nome: 8 ANO Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo

Data: /12/2014 Bimestre: 4. Nome: 8 ANO Nº. Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Data: /12/2014 Bimestre: 4 Nome: 8 ANO Nº Disciplina: Geografia Professor: Geraldo Valor da Prova / Atividade: 2,0 (DOIS) Nota: GRUPO 9 1- (0,5) Ao lado da agricultura moderna, com técnicas avançadas,

Leia mais

Estado-Maior da Aeronáutica Sexta Subchefia CONCEPÇÃO ESTRATÉGICA

Estado-Maior da Aeronáutica Sexta Subchefia CONCEPÇÃO ESTRATÉGICA Estado-Maior da Aeronáutica Sexta Subchefia CONCEPÇÃO ESTRATÉGICA POR QUE UMA FORÇA AÉREA? 70% da Terra é coberta por água 100% coberta pelo ar e espaço! OBJETIVO Conhecer a Concepção Estratégica Força

Leia mais

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA

TENENTISMO ( ) Prof. OTTO TERRA TENENTISMO (1922-1926) TRANSFORMAÇÕES NO BRASIL NA VIRADA DE 1920 Industrialização substitutiva de exportações Crescimento dos centros urbanos (São Paulo / Rio de Janeiro) Mudanças no cenário Nacional

Leia mais

Capitalismo gângster RESENHA/REVIEW

Capitalismo gângster RESENHA/REVIEW Capitalismo gângster RESENHA/REVIEW ORG & DEMO, v.8, n.1/2, Jan.-Jun./Jul.-Dez., p. 189-192, 2007 187 MARIANI, É. J. 188 ORG & DEMO, v.8, n.1/2, Jan.-Jun./Jul.-Dez., p. 189-192, 2007 Capitalismo gângster

Leia mais

Transição da condição colonial para o país livre

Transição da condição colonial para o país livre CUBA Transição da condição colonial para o país livre Cuba era uma ilha habitada por povos indígenas quando tornou-se uma colônia da Espanha em 1509. Após o esgotamento dos metais preciosos, a exploração

Leia mais

* Aspectos polêmicos!

* Aspectos polêmicos! * Aspectos polêmicos! *Economia baseada principalmente na agricultura e na extração mineral; *População composta de mestiços de indígenas com brancos e imigrantes. *O Chile é o país que vem se destacando

Leia mais

Equador atrai narcotráfico e crime organizado

Equador atrai narcotráfico e crime organizado Equador atrai narcotráfico e crime organizado Os equatorianos que, durante anos, achavam que estavam imunes à violência relacionada às drogas e ao crime organizado que assola seus vizinhos andinos, começam

Leia mais

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores.

prefeitos das capitais, Os futuros governadores seriam submetidos à aprovação das Os futuros prefeitos seriam indicados pelos governadores. A ditadura militar Prof.:Márcio Gurgel O regime militar Duração ( 1964 1985 ), Presidentes generais do exército brasileiro, i Apoiaram o golpe: (políticos vindos da UDN e do PSD), Governo Castello Branco

Leia mais

Direito Penal. Extorsão e Extorsão Mediante Sequestro

Direito Penal. Extorsão e Extorsão Mediante Sequestro Direito Penal Extorsão e Extorsão Mediante Sequestro Sequestro Relâmpago Art. 158, 3, CP: Se o crime é cometido mediante a restrição da liberdade da vítima, e essa condição é necessária para a obtenção

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA

LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA LISTA DE EXERCÍCIOS GEOGRAFIA P2-4º BIMESTRE 8º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Entender as relações políticas e econômicas entre países da

Leia mais

Crise na Europa e Globalização

Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização Crise na Europa e Globalização 1. Nas últimas décadas, a Turquia vem pleiteando, sem sucesso, sua entrada na União Europeia. Apresente uma razão que tem dificultado a entrada

Leia mais

SEMINÁRIO INTERNACIONAL PROGRAMA ARCUS. INTEGRAÇÃO POLÍTICA E ECONOMICA DA AMÉRICA DO SUL Intercâmbios Universitários Brasil-Chile-França

SEMINÁRIO INTERNACIONAL PROGRAMA ARCUS. INTEGRAÇÃO POLÍTICA E ECONOMICA DA AMÉRICA DO SUL Intercâmbios Universitários Brasil-Chile-França SEMINÁRIO INTERNACIONAL PROGRAMA ARCUS INTEGRAÇÃO POLÍTICA E ECONOMICA DA AMÉRICA DO SUL Intercâmbios Universitários Brasil-Chile-França O Brasil e a América do Sul: Cenários Geopolíticos e os Desafios

Leia mais

Crime Circunstância Órgão competente Fundamento

Crime Circunstância Órgão competente Fundamento Crime Circunstância Órgão competente Fundamento Doloso contra a vida (Júri) Abuso de autoridade Crimes "Internacionais" Descaminho Militares Autor militar federal e vítima militar Justiça Militar art.

Leia mais

TEMAS DA ATUALIDADE DO CONTINENTE AMERICANO PROF. RAFAEL CAIQUE

TEMAS DA ATUALIDADE DO CONTINENTE AMERICANO PROF. RAFAEL CAIQUE TEMAS DA ATUALIDADE DO CONTINENTE AMERICANO PROF. RAFAEL CAIQUE Copyright Rafael Caique Arantes, 2017. Todos os direitos reservados. Estão reservados os direitos desta publicação para o organizador do

Leia mais

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA HISTÓRIA

Associação Catarinense das Fundações Educacionais ACAFE PARECER RECURSO DISCIPLINA HISTÓRIA 48) A OMS (Organização Mundial da Saúde) é uma das principais instituições do sistema ONU. Acerca dos problemas globais que envolvem a obesidade e as doenças dela decorrentes, todas as afirmações estão

Leia mais

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista.

03) Explique os conceitos de espaço vital e pangermanismo existentes na política externa da Alemanha nazista. COLÉGIO PEDRO II CAMPUS HUMAITÁ II EXERCÍCIOS - Revisão 9ºANO PROFESSOR Cristiano Campos QUESTÃO 01 01) Cite algumas características dos movimentos e governos fascistas. QUESTÃO 02 02) Identifique as características

Leia mais

RESUMO: Aspectos da estrutura politico-militar romana.

RESUMO: Aspectos da estrutura politico-militar romana. 1 SAMUEL BARBOSA DE SOUZA RESUMO: Aspectos da estrutura politico-militar romana. Euclides da Cunha - Bahia 2016 2 Aspectos da estrutura politico-militar romana Trabalho apresentado no segundo semestre

Leia mais

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO

CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO CAPÍTULO 2 O MUNDO DIVIDIDO PELO CRITÉRIO IDEOLÓGICO PROF. LEONAM JUNIOR COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE 8º ANO O MUNDO DIVIDIDO P. 23 Existem vários critérios para regionalizar um território. Critério ideológico:

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação Disciplina: Geografia Trimestre: 1º PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 1. Mundo contemporâneo: economia e geopolítica: - Processo de desenvolvimento do capitalismo - Geopolítica e economia do pós-segunda

Leia mais

Dec nº 7.496, de 8 Jun 11

Dec nº 7.496, de 8 Jun 11 Dec nº 7.496, de 8 Jun 11 Redução dos índices de criminalidade; Coordenação do planejamento e execução de operações militares e policiais; Cooperação com os países fronteiriços; Apoio à população; e Intensificação

Leia mais

Conselho da União Europeia Bruxelas, 8 de março de 2016 (OR. en)

Conselho da União Europeia Bruxelas, 8 de março de 2016 (OR. en) Conseil UE Conselho da União Europeia Bruxelas, 8 de março de 2016 (OR. en) 6890/16 ADD 1 LIMITE PUBLIC CORLX 93 CFSP/PESC 193 COAFR 64 CONUN 40 COARM 37 NOTA de: para: Assunto: Secretariado-Geral do Conselho

Leia mais

Taxa de homicídios no Brasil aumenta mais de 10% de 2005 a 2015

Taxa de homicídios no Brasil aumenta mais de 10% de 2005 a 2015 Taxa de homicídios no Brasil aumenta mais de 10% de 2005 a 2015 Ipea mostra desigualdade entre os estados, com o Rio Grande do Norte apresentando alta de mais de 200% no mesmo período e São Paulo, queda

Leia mais

Política Nacional sobre drogas. Leon Garcia- Diretor de Articulação e Projetos

Política Nacional sobre drogas. Leon Garcia- Diretor de Articulação e Projetos Política Nacional sobre drogas Leon Garcia- Diretor de Articulação e Projetos A arma mais importante que nós temos- os que temos uma perspectiva democrática para a vida social para tratar do tema das drogas

Leia mais

Prof. Carlos Alberto Regalo

Prof. Carlos Alberto Regalo Prof. Carlos Alberto Regalo IRA Exército Republicano Irlandês Desejo: independência da Irlanda do Norte (Inglaterra), e a sua união com a Irlanda do Sul uma única Irlanda Posição da Inglaterra: é contra

Leia mais

DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DCOR/DPF. Tema: Cocaína e outras drogas na Amazônia Legal.

DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DCOR/DPF. Tema: Cocaína e outras drogas na Amazônia Legal. DIRETORIA DE COMBATE AO CRIME ORGANIZADO DCOR/DPF Tema: Cocaína e outras drogas na Amazônia Legal. Brasília 28 de junho de 2011 OBJETIVOS : Apresentar as estratégias de enfrentamento ao tráfico de drogas

Leia mais

Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais

Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais Operações Interagências na Faixa de Fronteira e Relações Internacionais Cláudio Medeiros Leopoldino Coordenador-Geral Adjunto Brasil: 16.886 km de fronteiras terrestres 10 países vizinhos fronteiras plenamente

Leia mais

50 verdades sobre Hugo Chávez e a Revolução Bolivariana

50 verdades sobre Hugo Chávez e a Revolução Bolivariana 50 verdades sobre Hugo Chávez e a Revolução Bolivariana O presidente Hugo Chávez, que faleceu no dia 5 de março de 2013, vítima de câncer, aos 58 anos, marcou para sempre a história da Venezuela e da América

Leia mais

02. ORDEM OU DESORDEM MUNDIAL?

02. ORDEM OU DESORDEM MUNDIAL? 02. ORDEM OU DESORDEM MUNDIAL? O que foi a Guerra Fria Disputa pelo poder em escala global Estados Unidos (capitalista) x União Soviética (socialista) Sem conflito armado direto guerra econômica, diplomática

Leia mais

setor têxtil O indivíduo submetido ao trabalho escravo está sujeito a uma série de violações que lhes subtraem a liberdade e a dignidade.

setor têxtil O indivíduo submetido ao trabalho escravo está sujeito a uma série de violações que lhes subtraem a liberdade e a dignidade. O governo federal brasileiro assumiu a existência do trabalho escravo contemporâneo perante o país e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) em 1995. Assim, o Brasil se tornou uma das primeiras nações

Leia mais

Organização do espaço geográfico na Rússia Marco Abreu dos Santos.

Organização do espaço geográfico na Rússia Marco Abreu dos Santos. Organização do espaço geográfico na Rússia Marco Abreu dos Santos marcoabreu@live.com www.professormarco.wordpress.com Características gerais É o país mais extenso do mundo com mais de 17 milhões de km²;

Leia mais

COLÔMBIA - BLINDADOS BRASILEIROS EM SITUAÇÃO REAL DE COMBATE

COLÔMBIA - BLINDADOS BRASILEIROS EM SITUAÇÃO REAL DE COMBATE COLÔMBIA - BLINDADOS BRASILEIROS EM SITUAÇÃO REAL DE COMBATE Os principais blindados sobre rodas em operações militares executados pelo Exército da Colômbia continuam a ser os remanescentes dos 6x6 ENGESA,

Leia mais

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS DE SALA

RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS DE SALA RESPOSTAS DOS EXERCÍCIOS DE SALA AULA 37 A China apresenta a maior população do mundo, e o crescimento econômico do país faz com que o mercado consumidor se expanda. Além disso, a China tem buscado uma

Leia mais

Revolução Russa 1917

Revolução Russa 1917 Revolução Russa 1917 1 A RÚSSIA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA Economia Predominantemente rural (latifúndios) com vestígios do feudalismo, muito atrasado economicamente. Mais da metade do capital russo provinha de

Leia mais

ESTATUTO DO DESARMAMENTO!!! Prof. Ana Maria Bernadelli. Em discussão

ESTATUTO DO DESARMAMENTO!!! Prof. Ana Maria Bernadelli. Em discussão ESTATUTO DO DESARMAMENTO!!! Prof. Ana Maria Bernadelli Em discussão A Câmara dos Deputados instala nesta terça-feira (1404/2015) uma comissão especial para debater o projeto de lei 3722/2012, que revoga

Leia mais

GUERRA FRIA. Professor Daniel Fonseca

GUERRA FRIA. Professor Daniel Fonseca GUERRA FRIA Professor Daniel Fonseca O que é, afinal, a Guerra Fria O conceito de Guerra Fria vem de algo sem conflito direto, o que seria uma guerra quente como foi a II Guerra. Sendo assim, a Guerra

Leia mais

CDIF. Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira

CDIF. Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira Ministério da Integração Nacional Secretaria de Desenvolvimento Regional CDIF Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira Fort de France, 28 de novembro de 2013 Ministério

Leia mais

A questão das drogas Aula FGV

A questão das drogas Aula FGV A questão das drogas Aula FGV Julita Lemgruber 30 de agosto de 2012 Crescimento da População Carcerária no Brasil Brasil 1995 a 2011 Total e taxa por 100 mil habitantes Número de pessoas presas por sexo

Leia mais

BOLÍVIA E BRASIL: OS MEANDROS DO CAMINHO. Carlos D. Mesa Gisbert

BOLÍVIA E BRASIL: OS MEANDROS DO CAMINHO. Carlos D. Mesa Gisbert BOLÍVIA E BRASIL: OS MEANDROS DO CAMINHO Carlos D. Mesa Gisbert Sumário Working Paper nº 13, julho de 2011 Bolívia e Brasil: os meandros do caminho Carlos D. Mesa Gisbert Sumário Vocação para o Pacífico

Leia mais

ARQUIVO MÁRIO SOARES

ARQUIVO MÁRIO SOARES ARQUIVO MÁRIO SOARES PASTA N.º 2106,002 Imagem n.º: 2 Tipo de Documento: Separador Título: Descrição: Nota de arquivo: Reunião dos Dirigentes Políticos da Europa e América em prol da Solidariedade Democrática

Leia mais

Território e planejamento de longo prazo: a experiência do Estudo da Dimensão territorial do planejamento

Território e planejamento de longo prazo: a experiência do Estudo da Dimensão territorial do planejamento Território e planejamento de longo prazo: a experiência do Estudo da Dimensão territorial do planejamento Leandro Freitas Couto Analista de Planejamento e Orçamento 27.07.2016 Retomada do planejamento

Leia mais

Exercícios Geopolítica e os Conflitos Mundiais

Exercícios Geopolítica e os Conflitos Mundiais Exercícios Geopolítica e os Conflitos Mundiais 1. Adaptado de www.estadao.com.br, 18/09/2007. O Conselho de Segurança da ONU pode aprovar deliberações obrigatórias para todos os países membros, inclusive

Leia mais

Criminalidade no Brasil

Criminalidade no Brasil Criminalidade no Brasil Instituto Avante Brasil Diretor- Presidente: Luiz Flávio Gomes Coordenação e elaboração de pesquisa: Flávia Mestriner Botelho CRIMINALIDADE NO BRASIL De acordo com um levantamento

Leia mais

CDIF. Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira

CDIF. Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira Ministério da Integração Nacional Secretaria de Desenvolvimento Regional CDIF Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira Buenos Aires, 16 de outubro de 2014 A Faixa

Leia mais

Cinco dias após o Ministério das Relações Exteriores cobrar do governo venezuelano

Cinco dias após o Ministério das Relações Exteriores cobrar do governo venezuelano MST defende acordo de cooperação assinado com ministro venezuelano Parceria prevê troca de conhecimentos sobre cooperativismo, economia solidária e produção agroecológica Matéria publicada em 11 de Novembro

Leia mais

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA

GEOGRAFIA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA GEOGRAFIA 3 ANO PROF.ª LUDMILA DUTRA ENSINO MÉDIO PROF. JEFFERSON OLIVEIRA CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Geopolítica e Poder 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES Aula 10.2 Conteúdo Os muros que dividem as fronteiras

Leia mais

Direito da Segurança

Direito da Segurança Direito da Segurança Direito Constitucional, Internacional, Europeu, Legal e Regulamentar I DIREITO CONSTITUCIONAL DA SEGURANÇA 1. Constituição da República Portuguesa (artigos) - Artigo 7º - Relações

Leia mais

Paulo Tumasz Junior. Urbanização Mundial e Brasileira

Paulo Tumasz Junior. Urbanização Mundial e Brasileira Paulo Tumasz Junior Urbanização Mundial e Brasileira - Urbanização Mundial: processo lento até 1950; - Urbanização: maior quantidade de pessoas nas cidades do que no campo; - Êxodo rural (fatores repulsivos

Leia mais

Título do relatório/ publicação, ano Hidden in plain sight: a statistical analysis of violence against children, 2014.

Título do relatório/ publicação, ano Hidden in plain sight: a statistical analysis of violence against children, 2014. Síntese de relatórios sobre o tema Anexo do paper Vitimização fatal de crianças no espaço público em decorrência da violência interpessoal comunitária: um diagnóstico da magnitude e contextos de vulnerabilidade

Leia mais