Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP"

Transcrição

1 Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP RELATÓRIO DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FORMULÁRIO VII do Edital n o 005/ CIC/UENP 1. IDENTIFICAÇÃO: 1.1 RELATÓRIO: (Assinalar) SEMESTRAL/PARCIAL ( ) FINAL/CONCLUSÃO ( X ) 1.2 NOME DO BOLSISTA: Alexandre Franco de Camargo Penteado 1.3 NOME DO ORIENTADOR/ÁREA DE CONHECIMENTO: Rinaldo Bernardelli Junior Ciências da Saúde 1.4 TÍTULO DO PROJETO COMPORTAMENTO DO SISTEMA NEUROMOTOR DURANTE A PERIODIZAÇÃO DE TREINAMENTO CORRELACIONADOS COM ALTERAÇÕES FÍSICAS DAS ATLETAS PROFISSIONAIS DA SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA DE BASQUETEBOL. 1.5 ANO/CURSO DO ACADÊMICO: 2011 / Fisioterapia 2 ATIVIDADES DESENVOLVIDAS: Metodologia: A amostra foi composta por 10 atletas da Seleção Brasileira profissional de basquetebol feminino, que participou da Copa América de 2009, com idade entre 21 e 30 (média 25,8 ± 3,27 anos). A coleta dos dados foi realizada nos meses de julho a setembro de O instrumento utilizado para as coletas dos dados para obter o índice de fadiga, perda de energia e queixas físicas foi o Questionário de Estresse e Recuperação para Atletas (RESTQ-Sport) que foi desenvolvido para medir a freqüência do estado de estresse atual em conjunto com

2 a freqüência de atividades de recuperação associadas. Com 19 escalas, o RESTQ- Sport avalia eventos potencialmente estressantes e fases de recuperação e suas conseqüências subjetivas dos últimos três dias/noites. Foi utilizada nas avaliações a escala de Borg para termos os parâmetros de percepção subjetiva de esforço (PSE). Para avaliar a resistência e agilidade, foram realizados os testes de Yo-Yo e teste t, respectivamente. Foram realizadas três avaliações: a primeira sendo no período preparatório geral (4 semanas de periodização), a segunda no período preparatório espacial (8 semanas de periodização) e a última no período competitivo (12 semanas de periodização). Resultados: A amostra apresenta distribuição normal de acordo com o teste de Shapiro-Wilk. Realizou-se o teste paramétrico, teste t de Student, para a análise dos dados. Sobre a fadiga muscular, perda de energia e queixas físicas foi analisada o RESTQ-Sport durante a periodização. Espera-se que os níveis de fadiga muscular, queixas físicas e queda de energia apresentem o menor escore possível, considerando um bom condicionamento físico das atletas. As atletas apresentaram para fadiga muscular uma média de 11,2 pontos ± 2,52 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que não apresenta diferença significativa (p=0,66) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 11 pontos ± 2,49. Quando analisado o (período preparatório geral) com 11,2 pontos e o (período competitivo) na 12ª semana com 5,8 pontos há diferença significante (p=0,00) de 48%. As atletas apresentaram para o item de queixas físicas uma média de 5 pontos ± 2 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que apresenta diferença significativa (p=0,00) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 7 pontos ± 2. Quando analisado o (período preparatório espacial) com 7 pontos e o (período competitivo) na 12ª semana com 5 pontos há diferença significante (p=0,00). As atletas apresentaram para o item de perda de energia uma média de 5 pontos ± 2 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que apresenta diferença significativa (p=0,00) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 7 pontos ± 1. Quando analisado o (período preparatório espacial) com 7 pontos e o (período competitivo) na 12ª semana com 5 pontos há diferença significante (p=0,00). Ao analisar estatisticamente os itens (queixas físicas e perda de energia) nos período preparatório geral e no período competitivo não apresentam diferença significante sendo p=0,59 para queixas físicas e p=0,68 para perda de energia. As atletas apresentaram na escala de Borg (percepção de esforço subjetivo) uma média de 4

3 pontos ± 1 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que apresenta diferença significativa (p=0,00) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 5 pontos ± 1. Quando analisado o (período preparatório espacial) com 5 pontos e o (período competitivo) na 12ª semana com 3 pontos há diferença significante (p=0,00). As atletas apresentaram no Teste T (agilidade) uma média de 9,12 segundos ± 0,38 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que apresenta diferença significativa (p=0,00) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 9,03 segundos ± 0,36. Quando analisado o (período preparatório espacial) com 9,03 e o (período competitivo) na 12ª semana com 9 segundos há diferença significante (p=0,00). As atletas apresentaram no Teste Yo-Yo (resistência) uma média de 512 metros ± 165 (período preparatório geral) analisado na 4ª semana, que apresenta diferença significativa (p=0,03) em relação ao (período preparatório espacial) analisado na 8ª semana com 564 metros ± 140. Quando analisado o (período preparatório espacial) com 564 metros e o (período competitivo) na 12ª semana com 586 metros há diferença significante (p=0,00). 3 - ADEQUAÇÕES/ALTERAÇÕES OCORRIDAS: O trabalho apresentou algumas alterações na amostra e metodologia. O projeto científico teria como amostra inicial os times profissionais de futsal e basquetebol do clube Ciagym, da cidade de Maringá PR, mas devido à longa distância entre as cidades para realização das avaliações e o calendário competitivo das equipes não foi possível prosseguir com o projeto, sendo a amostra alterada para a Seleção Brasileira Feminina de Basquete. A metodologia foi alterada com relação às avaliações. O projeto inicial teve como objetivo, avaliar a estabilização segmentar, através de testes isométricos, e propriocepção, por meio de testes proprioceptivos específicos e seriam realizadas 4 avaliações durante a periodização de treinamento, afim de compreender o comportamento do sistema neuromuscular nas diversas etapas da periodização. A metodologia atual está analisando os dados colhidos da Seleção Brasileira Feminina de Basquetebol que participou da Copa América Foram realizadas 3 avaliações em fases diferentes da periodização de treinamento (período preparatório geral, período preparatório espacial e período competitivo), onde foram analisados os dados de níveis de fadiga muscular, queixas físicas e perda de energia que foram obtidos através do Questionário de Estresse e Recuperação para

4 Atletas (RESTQ-Sport) e testes de resistência (teste Yo-Yo) e testes de agilidade (teste T) observando as alterações neuromusculares e alterações físicas. 4 - DIFICULDADES ENCONTRADAS/CRÍTICAS OU SUGESTÕES: A grande dificuldade encontrada para realização do trabalho, foi obter uma amostra que apresentasse uma periodização de treinamento completo, para que as avaliações fossem realizadas em períodos corretos e ter uma análise mais fidedigna dos dados. Sugere-se a realização de reuniões periódicas entre os alunos de iniciação cientifica para que ocorram trocas de informações e todos possam expressar as suas dificuldades e mostrar os avanços das pesquisas. 5 - PARECERES DO ORIENTADOR: O trabalho teve que ser redirecionado por conta de questões de calendário e distância da população alvo inicial. A amostra analisada é um extrato importante do desporto brasileiro, pois foi a Seleção Brasileira de Basquetebol, o que aumenta a responsabilidade pelo encaminhamento da pesquisa e da credibilidade ao estudo. A metodologia atendeu as necessidades e os resultados encontrados merecem publicação em periódicos de impacto. Este orientador é de parecer que os objetivos foram alcançados plenamente e o obstáculo inicial serviu de alavanca para a realização de um trabalho melhor. 5.1 QUANTO AO DESEMPENHO DO BOLSISTA NO PROJETO: O orientando demonstrou-se dedicado ao trabalho e comprometido com a iniciação científica, bem como responsável quanto ao andamento do trabalho, que exigiu do mesmo empenho acima do planejado inicialmente. Por tais atitudes considera-se ter tido o bolsista um desempenho excelente e merecedor de elogios QUANTO AO RELATÓRIO DO BOLSISTA: O relato reporta a veracidade dos fatos, sendo preciso na exposição do que foi recolhido e analisado bem como dos resultados obtidos. Considera-se o relatório preciso, conciso e conclusivo, portanto a contento.

5 6 PARTICIPAÇÃO DO BOLSISTA EM DIVULGAÇÕES CIENTÍFICAS: - Apresentação de trabalho oral no VIII CONGRESSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA E FISIOTERAPIA DO NORTE PIONEIRO, realizado nos dias 15 a 18 de setembro de Título do trabalho: TRATAMENTO PARA ROTAÇÃO INTERNA BILATERAL DE COXO-FEMURAL EM ATLETAS DE BASE DE FUTEBOL ESTUDO DE CASO - Apresentação de trabalho oral 26 CONGRESSO INTERNACIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA FIEP 2011, realizado no período de 15 a 19 de janeiro de Titulo do trabalho: COMPORTAMENTO DE RISCO ENTRE UNIVERSITÁRIOS DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO NORTE DO PARANÁ, BRASIL SUICIDIO. - Apresentação de pôster na I Jornada de Iniciação Científica da UENP, realizada no dia 03 de junho de Titulo do trabalho: COMPARAÇÃO DE TESTES DE FLEXÃO DE BRAÇO E ABDOMINAL EM ATLETAS DE FUTEBOL, ADULTOS E SUB-17, DE JACAREZINHO-PR. - Envio de resumo, para apresentação oral no 34 SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, que será realizado de 6 à 8 de outubro de Titulo do trabalho: COMPARAÇÃO ISOCINÉTICA DA RELAÇÃO QUADRÍCEPS/ISQUIOSTIBIAIS ENTRE MEMBRO DOMINANTE E NÃO DOMINANTE EM ATLETAS DE FUTEBOL - Envio de resumo, para apresentação oral no 34 SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS DO ESPORTE, que será realizado de 6 à 8 de outubro de Titulo do trabalho: VARIABILIDADE DE FADIGA EM DIFERENTES PERÍODOS DE TREINAMENTO DA SELEÇÃO BRASILEIRA FEMININA DE BASQUETEBOL DE 2009 Atenção: o preenchimento do próximo item é obrigatório somente quando tratar-se de Relatório Final/Conclusão

6 7 INFORMAR O DESTINO DO BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA APÓS A CONCLUSÃO DO ÁREA DE GRADUAÇÃO OU ATUAÇÃO COMO BOLSISTA: 7.1. Pós-Graduação: Especialização ( ) Mestrado( x ) Doutorado ( ) 7.2. Mercado de Trabalho: Público ( x ) Privado ( ) 7.3. Outros (citar): 7.4. Sem atividade futura ( ) 8. DATA E ASSINATURAS: 08/08/2011. Assinatura do Orientador Assinatura do Acadêmico

Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP

Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP RELATÓRIO DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FORMULÁRIO VII do Edital n o 005/2010 - CIC/UENP 1. IDENTIFICAÇÃO: 1.1 RELATÓRIO: (Assinalar) SEMESTRAL/PARCIAL

Leia mais

Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP

Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP 1 Universidade Estadual do Norte do Paraná - UENP RELATÓRIO DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA FORMULÁRIO VII do Edital n o 01/2009 - CIC/UENP 1. IDENTIFICAÇÃO: 1.1 RELATÓRIO: SEMESTRAL/PARCIAL ( ) FINAL/CONCLUSÃO

Leia mais

AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA TRILHA DE VISITAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL MATA SÃO FRANCISCO SOBRE PARÂMETROS POPULACIONAIS DE Sorocea bonplandii (Moraceae)

AVALIAÇÃO DO IMPACTO DA TRILHA DE VISITAÇÃO DO PARQUE ESTADUAL MATA SÃO FRANCISCO SOBRE PARÂMETROS POPULACIONAIS DE Sorocea bonplandii (Moraceae) 1 1. IDENTIFICAÇÃO: 1.1 RELATÓRIO: SEMESTRAL/PARCIAL ( ) FINAL/CONCLUSÃO (X ) 1.2 NOME DO BOLSISTA: Thiago Raphael Felipe de Araújo 1.3 NOME DO ORIENTADOR: Cristiano Medri 1.4 TÍTULO DO PROJETO AVALIAÇÃO

Leia mais

Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP

Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP 1 Universidade Estadual do Norte do Paraná UENP Formulário V do Edital Nº 004/2013 - PIBIC/UENP RELATÓRIO DE BOLSA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA RELATÓRIO PARCIAL ( ) RELATÓRIO FINAL ( X ) 1. IDENTIFICAÇÃO:

Leia mais

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016

EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016 EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA DA FACULDADE MULTIVIX- CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM 003/2016 Chamada para submissão de Projetos de Iniciação Científica e Tecnológica A Direção Geral da FACULDADE

Leia mais

PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo

PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo 1 PROCESSO SELETIVO DE RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL E EM ÁREA PROFISSIONAL DA SAÚDE 2015 Anexo 1 Formulário de avaliação do currículo Nome do (a) candidato (a): Quadro geral de pontuação de acordo com

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO OMETTO UNIARARAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPESQ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À PESQUISA

CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO OMETTO UNIARARAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPESQ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À PESQUISA CENTRO UNIVERSITÁRIO HERMÍNIO OMETTO UNIARARAS PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPESQ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AUXÍLIO À PESQUISA PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA Artigo 1º - O Programa

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº. 053/2011-PEF

RESOLUÇÃO Nº. 053/2011-PEF 1 RESOLUÇÃO Nº. 053/2011-PEF Estabelece normas sobre seleção e critérios para classificação de candidatos a bolsas de estudos e dá outras providências. Considerando a Resolução nº 221/2002-CEP (UEM); Considerando

Leia mais

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP

REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP ANEXO II REGULAMENTO DO PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COM ÊNFASE EM INFORMÁTICA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUÍS DE JABOTICABAL SP CAPÍTULO I DA FINALIDADE E OBJETIVOS Art. 1º

Leia mais

EDITAL Nº 10/17 DE CHAMADA DE PROJETOS BIC-Sal / BIT-Sal / BID-Sal

EDITAL Nº 10/17 DE CHAMADA DE PROJETOS BIC-Sal / BIT-Sal / BID-Sal EDITAL Nº 10/17 DE CHAMADA DE PROJETOS BIC-Sal / BIT-Sal / BID-Sal - 2018 Programa de Concessão de Bolsas de Iniciação Científica do UNISAL BIC-Sal Programa de Concessão de Bolsas de Iniciação Tecnológica

Leia mais

PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETEBOL

PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETEBOL PREPARAÇÃO FÍSICA NO BASQUETEBOL Prof.Dr. João Paulo Borin Conhecimento Acadêmico X Prática Desportiva UNIVERSIDADE QUADRA PESQUISADOR LABORATÓRIO TEORIA TREINADOR ATLETA PRÁTICA Ciência do Desporto Resultado

Leia mais

Maria Tereza Silveira Böhme

Maria Tereza Silveira Böhme Maria Tereza Silveira Böhme terbohme@usp.br Início e desenvolvimento Objetivos Fundamentos teóricos Programas canadense e alemão de TLP Realidade brasileira Produção científica do GEPETIJ Dissertações

Leia mais

Combinação das cargas de treinamento no processo de preparação desportiva Carga ondulatória durante o processo de preparação desportiva...

Combinação das cargas de treinamento no processo de preparação desportiva Carga ondulatória durante o processo de preparação desportiva... Treinamento desportivo 13 Sumário INTRoDUÇÃO...19 1 Princípios científicos da preparação desportiva...21 preparação desportiva, leis e regras... 21 princípios pedagógicos da preparação desportiva... 21

Leia mais

As inscrições serão feitas online no período de 03 de agosto a 19 de agosto de 2016, por meio

As inscrições serão feitas online no período de 03 de agosto a 19 de agosto de 2016, por meio UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA PRÓ-REITORIA DE ASSUNTOS COMUNITÁRIOS DIVISÃO DE ESPORTE E LAZER DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO FÍSICA ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA ACADÊMICA LUVE EDITAL DE SELEÇÃO DE BOLSISTAS PARA O

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENFERMAGEM. ELABORAÇÃO:Professoras Cléa Vaz Menezes e Mitiyo Shoji Araujo

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENFERMAGEM. ELABORAÇÃO:Professoras Cléa Vaz Menezes e Mitiyo Shoji Araujo REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ENFERMAGEM ELABORAÇÃO:Professoras Cléa Vaz Menezes e Mitiyo Shoji Araujo Art. 1º O presente Regulamento visa normatizar as Atividades Complementares

Leia mais

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP

SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP SUGESTÃO DE ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DE MEMORIAL PARA INSCRIÇÃO DE CANDIDATOS A CONCURSOS DA CARREIRA UNIVERSITÁRIA NA FOB/USP 1 - IDENTIFICAÇÃO 1.1- Nome completo; 1.2- Filiação; 1.3- Data e local de nascimento,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, CULTURA E ASSUNTOS ESTUDANTIS DIRETORIA DE EXTENSÃO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSISTA DE EXTENSÃO EDITAL/UFU/PROEX/DIESU N 37/2015 A Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Uberlândia, no uso de suas atribuições,

Leia mais

Anexo II - FORMULÁRIO DE PONTUAÇÃO DE CURRICULUM VITAE E ORIENTAÇÕES DE PREENCHIMENTO

Anexo II - FORMULÁRIO DE PONTUAÇÃO DE CURRICULUM VITAE E ORIENTAÇÕES DE PREENCHIMENTO UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS PRÓ- REITORA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM SAÚDE COLETIVA NÍVEL MESTRADO PROFISSIONAL ERRATA 4 - EDITAL N o 01/2017 O Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE CRATEÚS EDITAL N /2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE BOLSAS DE APOIO A PROJETOS DE GRADUAÇÃO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE CRATEÚS EDITAL N /2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE BOLSAS DE APOIO A PROJETOS DE GRADUAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE CRATEÚS EDITAL N /2017 SELEÇÃO PARA O PROGRAMA DE BOLSAS DE APOIO A PROJETOS DE GRADUAÇÃO A Diretoria do Campus da Universidade Federal do Ceará em Crateús comunica

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAMPUS SANTA TERESA REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE AGRONOMIA DO IFES CAPÍTULO I DAS FINALIDADES Art. 1º - As atividades complementares são parte integrante do Projeto Pedagógico do Curso de Agronomia

Leia mais

Edital PIBITI 2016/2017 Universidade de São Paulo

Edital PIBITI 2016/2017 Universidade de São Paulo RESUMO: PRINCIPAIS MUDANÇAS EM COMPARAÇÃO COM O EDITAL 2015/2016 1) Projeto e forma de inscrição (Item 3 do Edital) O objeto do projeto de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação deve ser o

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC REGULAMENTO

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC REGULAMENTO Texto Aprovado CONSU Nº 2010-08 - Data: 10/06/10 PRÓ-REITORIA ACADÊMICA PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC REGULAMENTO 1. O programa se destina a apoiar os discentes do UNASP

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 O Programa de Pós-Graduação

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO EDITAL PIBIC-EM

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO EDITAL PIBIC-EM PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O ENSINO MÉDIO EDITAL PIBIC-EM 2016-2017 O da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação (PROPEP) abre as inscrições para solicitações de Bolsas do PROGRAMA

Leia mais

TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE. EDITAL N o 008/2015 TÍTULOS ACADÊMICOS (TA) 1

TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE. EDITAL N o 008/2015 TÍTULOS ACADÊMICOS (TA) 1 TABELA DE PONTUAÇÃO DA PROVA DE TÍTULOS DO CONCURSO PARA PROFESSOR EFETIVO NA CARREIRA DOCENTE EDITAL N o 008/2015 Área: Psicologia subárea Psicologia Clínica N o de Inscrição: Data: / /. N o do avaliador:

Leia mais

EMBRAPA SOJA ANO 2015/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO

EMBRAPA SOJA ANO 2015/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO EDITAL PIBIC-PIBITI/CNPq DA EMBRAPA SOJA ANO 2015/2016 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E INOVAÇÃO PIBIC-PIBITI/CNPq DA EMBRAPA SOJA 1. DEFINIÇÃO

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM CURSO DE MEDICINA. Regulamento das Atividades Complementares (MED 398 e MED 399)

DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM CURSO DE MEDICINA. Regulamento das Atividades Complementares (MED 398 e MED 399) UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE DEPARTAMENTO DE MEDICINA E ENFERMAGEM CURSO DE MEDICINA Regulamento das Atividades Complementares (MED 398 e MED 399) Art 1º. As

Leia mais

Câmpus de Araraquara. Juntamente com o Relatório de Pesquisa deverão ser entregues os comprovantes de apresentação de trabalho em congresso.

Câmpus de Araraquara. Juntamente com o Relatório de Pesquisa deverão ser entregues os comprovantes de apresentação de trabalho em congresso. Norma Interna n 011/2010, de 19/08/2010 Entrega de Relatório Anual de Pesquisa Todos os alunos deverão entregar, anualmente, um Relatório de Pesquisa, nos seguintes prazos: 1 relatório - 12 meses após

Leia mais

REGULAMETO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

REGULAMETO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RORAIMA DEPARTAMENTO DE ENSINO DE GRADUAÇÃO CÂMPUS BOA VISTA REGULAMETO DAS

Leia mais

Programa de Iniciação Científica Faculdade Integral Cantareira

Programa de Iniciação Científica Faculdade Integral Cantareira Programa de Iniciação Científica Faculdade Integral Cantareira EDITAL 2017/2018 A Diretoria e o Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica (CIPIC) da Faculdade Cantareira tornam público o

Leia mais

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 PARA DOUTORADO

EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017 PARA DOUTORADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS CENTRO DE EDUCAÇÃO E CIÊNCIAS HUMANAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO ESPECIAL EDITAL DO PROCESSO SELETIVO PARA CADASTRO DE RESERVA DE BOLSAS DEMANDA SOCIAL/2017

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC FACULDADE DAS AMÉRICAS EDITAL 2016/2

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC FACULDADE DAS AMÉRICAS EDITAL 2016/2 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC FACULDADE DAS AMÉRICAS EDITAL 2016/2 Abertura do Processo Seletivo para o Programa de Iniciação Científica da Faculdade das Américas Artigo 1 o A Diretoria

Leia mais

EDITAL Nº 01/2017 PPGEPT

EDITAL Nº 01/2017 PPGEPT MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA COLÉGIO TÉCNICO INDUSTRIAL DE SANTA MARIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA EDITAL Nº 01/017 PPGEPT Torna Público

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde EDITAL

Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde EDITAL Ministério da Educação Universidade Federal do Rio Grande Faculdade de Medicina Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde EDITAL Credenciamento de Docentes para o Programa de Pós-Graduação em Ciências

Leia mais

ANEXO 1 ANEXO 2 ANEXO

ANEXO 1 ANEXO 2 ANEXO Programa de Pós-Graduação em Ciências da Reabilitação e Desempenho Físico-Funcional Universidade Federal de Juiz de Fora Faculdade de Fisioterapia Coordenação de Pós-Graduação Seleção de Bolsista de Mestrado

Leia mais

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID

PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID 1 PROJETO DE SOLICITAÇÃO DE DISCIPLINA NO PROGRAMA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA PID I. Professor orientador: Carlos Fernando Moreira Silva II. Disciplinas de atuação: Semiologia I e Semiologia II III. Justificativa

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES SOBRAL - CE ÍNDICE PÁG. CAPÍTULO I - DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 01 CAPÍTULO II - DA COORDENAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES 03 CAPÍTULO III - DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO VI DO REGULAMENTO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DOCENTE PARA A AQUISIÇÃO DA ESTABILIDADE NO CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO EM VIRTUDE DE CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO ENSINO

Leia mais

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI CNPq/Mackenzie

UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI CNPq/Mackenzie Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação PIBITI CNPq/Mackenzie Edital de Inscrição - 2011 A Coordenadoria de Pesquisa (COPq) do Decanato de Pesquisa e Pós-Graduação,

Leia mais

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica

Revista Brasileira de Futsal e Futebol ISSN versão eletrônica 241 COMPARAÇÃO DOS NÍVEIS DE CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS CAPACIDADES MOTORAS DE ESCOLARES PRATICANTES DE FUTSAL E ATIVIDADE FÍSICA GERAL DA CIDADE DE GUARULHOS/SP Rubem Machado Filho 1 RESUMO O estudo

Leia mais

Universidade Federal da Bahia Pró Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação

Universidade Federal da Bahia Pró Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação Universidade Federal da Bahia Pró Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação PROGRAMA DE BOLSAS MILTON SANTOS MODALIDADE: MESTRADO E DOUTORADO A Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação (PROPCI) da Universidade

Leia mais

ANEXO VII NORMAS SOBRE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES

ANEXO VII NORMAS SOBRE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES ANEXO VII NORMAS SOBRE ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES ATIVIDADES ACADÊMICAS COMPLEMENTARES NORMAS GERAIS Os alunos do Curso de Graduação em Engenharia Aeronáutica devem desenvolver, com obrigatoriedade,

Leia mais

Edital PIBITI 2016/2017 Universidade de São Paulo

Edital PIBITI 2016/2017 Universidade de São Paulo EDITAL PIBITI 2016/2017 A Pró-Reitoria de Pesquisa e o Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da, com base em diretrizes debatidas

Leia mais

1. Requerimento de Inscrição devidamente preenchido, indicando Programa, Curso, Linha de Pesquisa e o Idioma selecionado para o Exame de Proficiência;

1. Requerimento de Inscrição devidamente preenchido, indicando Programa, Curso, Linha de Pesquisa e o Idioma selecionado para o Exame de Proficiência; EDITAL DE SELEÇÃO DO PPGEL - 2017 I - INSCRIÇÃO Nível/Número de vagas: MESTRADO - 30 (trinta) DOUTORADO - 25 (vinte e cinco) Período de inscrição: 15 de agosto a 16 de setembro de 2016 Procedimento obrigatório:

Leia mais

Órgãos de Fomento e Financiamento de Pesquisa em Fisioterapia. Dra Debora Bevilaqua-Grossi

Órgãos de Fomento e Financiamento de Pesquisa em Fisioterapia. Dra Debora Bevilaqua-Grossi Órgãos de Fomento e Financiamento de Pesquisa em Fisioterapia Dra Debora Bevilaqua-Grossi Bolsas PQ atuais RS = 2 MG = 12 SC = 1 SE = 1 PR = 2 PE = 2 SP = 42 RN = 3 RJ = 1 Brasil = 66 Fisioterapia e TO

Leia mais

II. PÚBLICO-ALVO Acadêmicos regularmente matriculados no Mestrado ou Doutorado em Nanociências.

II. PÚBLICO-ALVO Acadêmicos regularmente matriculados no Mestrado ou Doutorado em Nanociências. EDITAL Nº 27/2017 PRPGPE A Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (PRPGPE) do Centro Universitário Franciscano, torna público que, no período de 31 de julho a 08 de agosto de 2017, estarão

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS COMPLEMENTARES - AACC

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS COMPLEMENTARES - AACC REGULAMENTO DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS COMPLEMENTARES - AACC CAPÍTULO I DAS FINALIDADES. Artigo 1º As Atividades Acadêmicas, Científicas e Culturais - AACC Atividades são consideradas

Leia mais

FORÇA DE MEMBROS SUPERIORES EM PARAPLÉGICOS POR LESÃO MEDULAR INICIANTES DE BASQUETEBOL LONDRINA PR RESUMO

FORÇA DE MEMBROS SUPERIORES EM PARAPLÉGICOS POR LESÃO MEDULAR INICIANTES DE BASQUETEBOL LONDRINA PR RESUMO FORÇA DE MEMBROS SUPERIORES EM PARAPLÉGICOS POR LESÃO MEDULAR INICIANTES DE BASQUETEBOL LONDRINA PR Giovanna Pereira de Souza 1 Milena Cristina de Souza Lopes Bujato 1 Rosangela Marques Busto 2 Abdallah

Leia mais

Câmpus de Araraquara. Obs.: o relatório e os comprovantes deverão ser anexados em um único arquivo em formato pdf

Câmpus de Araraquara. Obs.: o relatório e os comprovantes deverão ser anexados em um único arquivo em formato pdf Normas Internas n 007/2010, de 16/09/2010 Relatório de Pesquisa Todos os alunos regularmente matriculados deverão entregar, um Relatório de Pesquisa, nos seguintes prazos: 2 - MESTRADO 2 1 relatório -

Leia mais

INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS COMGRAD ENGENHARIA CARTOGRÁFICA

INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS COMGRAD ENGENHARIA CARTOGRÁFICA INSTITUTO DE GEOCIÊNCIAS COMGRAD ENGENHARIA CARTOGRÁFICA RESOLUÇÃO 01/2009 A COMGRAD/CAR, no uso de suas atribuições, regulamenta as Atividades Complementares para o Curso de Engenharia Cartográfica, de

Leia mais

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas

Ministério da Educação Universidade Federal de São Paulo Pró-Reitoria de Graduação Campus Diadema-Departamento de Ciências Biológicas Regulamento das Atividades Acadêmico-Científico e Culturais Normatização Regulamenta as atividades acadêmico-científicoculturais do Curso de Bacharelado em Ciências Biológicas, UNIFESP, Diadema. Art. 1º.

Leia mais

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/ISB/FSMA 2016/2017

PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/ISB/FSMA 2016/2017 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC/ISB/FSMA 2016/2017 EDITAL 01/2016 A Direção Acadêmica juntamente com a Coordenação de Pesquisa e Extensão torna público o presente Edital de abertura de inscrições,

Leia mais

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES

NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES NORMAS E CRITÉRIOS PARA APROVEITAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES (Aprovadas pelo Colegiado do Curso em 13/06/2014. Ata nº. 05/2014) 1. PARTICIPAÇÃO EM EVENTOS: b) Cópia do certificado de participação.

Leia mais

Prof. Ms. Heitor de Andrade Rodrigues. Apresentação:

Prof. Ms. Heitor de Andrade Rodrigues. Apresentação: Prof. Ms. Heitor de Andrade Rodrigues Apresentação: É formado em Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Estadual Paulista (UNESP-RC), possui mestrado em Ciências da Motricidade (UNESP-RC)

Leia mais

8 às 10h - *Mesa redonda A ética e o conhecimento técnicocientífico

8 às 10h - *Mesa redonda A ética e o conhecimento técnicocientífico 5ª feira 05 de outubro 8 às 10h - *Mesa redonda A ética e o conhecimento técnicocientífico nas mídias sociais 10 às 11h - Palestra com Jorge Cajuru 11 às 12:30 Apresentação dos trabalhos científicos painel

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO 2017

EDITAL DE SELEÇÃO 2017 EDITAL DE SELEÇÃO 2017 O Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento do Instituto de Tecnologia para o Desenvolvimento Institutos Lactec, em parceria com o Instituto de Engenharia do Paraná IEP, torna

Leia mais

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ Diretoria Regional Brasília Programa de Educação, Cultura e Saúde Edital de seleção Bolsista de Extensão e Iniciação Científica Júnior A Diretoria Regional da Fundação Oswaldo Cruz

Leia mais

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997

Universidade Estadual do Centro-Oeste Reconhecida pelo Decreto Estadual nº 3.444, de 8 de agosto de 1997 GABARITO PARA AVALIAÇÃO DE PROVA DE TÍTULOS CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSORES NÃO TITULARES NOME DO(A) CANDIDATO(A): DEPARTAMENTO: SETOR: Unidade Universitária: ÁREA OU MATÉRIA: GRUPO I Títulos universitários

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFTM

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFTM INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DO IFTM Edital nº 02 de 2012 Convocação

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLA - NÍVEL ESPECIALIZAÇÃO, TURMA

EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLA - NÍVEL ESPECIALIZAÇÃO, TURMA EDITAL DE SELEÇÃO PARA INGRESSO NO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA AVÍCOLA - NÍVEL ESPECIALIZAÇÃO, TURMA 2012-2013 A, POR MEIO DA FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA, ABRIRÁ INSCRIÇÕES

Leia mais

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO - SELEÇÃO 2013

INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO - SELEÇÃO 2013 1 INSTRUÇÕES PARA INSCRIÇÃO - SELEÇÃO 2013 A inscrição para a seleção de candidatos aos Cursos de Mestrado e Doutorado do será aberta mediante Edital, a ser publicado pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação

Leia mais

Campus de São José do Rio Preto

Campus de São José do Rio Preto EDITAL DE SELEÇÃO DO PPGEL - 2018 I - INSCRIÇÃO Nível: MESTRADO E DOUTORADO Número de vagas: MESTRADO - 30 (trinta) DOUTORADO - 25 (vinte e cinco) Período de inscrição: 01 de agosto a 31 de agosto de 2017

Leia mais

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS

CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DE TÍTULOS E TRABALHOS UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA CONCURSO PÚBLICO DE TÍTULOS E PROVAS PARA PROVIMENTO DO CARGO DE PROFESSOR ADJUNTO, NÍVEL

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Normas Específicas do Programa de Pós-Graduação em Ciências I. Composição da Comissão Coordenadora do Programa Por se tratar de Programa único, a CCP tem a mesma composição da CPG do CENA, de acordo com

Leia mais

CALENDÁRIO ACADÊMICO - 1 SEMESTRE 2017 janeiro/2017 Dia

CALENDÁRIO ACADÊMICO - 1 SEMESTRE 2017 janeiro/2017 Dia CALENDÁRIO ACADÊMICO - 1 SEMESTRE 2017 janeiro/2017 fevereiro/2017 D S T Q Q S S 1 Feriado Nacional - Confr. Universal D S T Q Q S S 1 a 10 Planejamento/Capacitação Instit. Pedagógico 1 2 3 4 5 6 7 6 Prova

Leia mais

APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017

APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 APÊNDICE I EDITAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA 2016/2017 Pelo presente faz-se saber que estarão abertas, no período de 10 a 30 de junho de 2016, as inscrições para seleção de bolsistas do Programa Institucional

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES PARA OS CURSOS DE LICENCIATURAS DA FACULDADE DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES - FFP Art. 1º Este Regulamento define, no âmbito da Faculdade de Formação de Professores

Leia mais

FORMULÁRIO DE PROJETO DE EXTENSÃO. REGISTRO SOB Nº: Uso exclusivo da PROEX

FORMULÁRIO DE PROJETO DE EXTENSÃO. REGISTRO SOB Nº: Uso exclusivo da PROEX FORMULÁRIO DE PROJETO DE EXTENSÃO REGISTRO SOB Nº: Uso exclusivo da PROEX 1 - TÍTULO: Classificação ( ) Programa ( ) Projeto ( ) Curso 2 - COORDENADOR (deverá ser docente ou técnico administrativo do IFSul)

Leia mais

MANUAL REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Atividades Instrumentais: Prática e Aprimoramento Profissional

MANUAL REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS. Atividades Instrumentais: Prática e Aprimoramento Profissional MANUAL REGULAMENTO ATIVIDADES COMPLEMENTARES CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS ECONÔMICAS As Atividades Complementares são parte constituinte da Carga Horária do Curso de Ciências Econômicas da EPPEN-UNIFESP,

Leia mais

TABELAS DE PONTUAÇÃO NO EXAME DE TÍTULOS E TRABALHOS

TABELAS DE PONTUAÇÃO NO EXAME DE TÍTULOS E TRABALHOS TABELAS DE PONTUAÇÃO NO EXAME DE TÍTULOS E TRABALHOS UNIDADE: INSTITUTO DE INFORMÁTICA DEPARTAMENTO: INFORMÁTICA APLICADA ÁREA/SUBÁREA DE CONHECIMENTO: Gestão de Grandes Volumes de Dados NOME DO CANDIDATO:

Leia mais

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa

Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Minicurso: Elaboração de projetos das atividades de pesquisa Maria Bernardete Cordeiro de Sousa Pró-Reitora de Pesquisa Docência Universitária Contexto, cultura Produção do conhecimento Apropriação do

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS

UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PELOTAS SALÃO UNIVERSITÁRIO 2013 22º Congresso de Iniciação Científica / 12ª Mostra de Pós-Graduação / 5º Congresso de Extensão A ARTICULAÇÃO DA PESQUISA E EXTENSÃO NA CONSTRUÇÃO

Leia mais

ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS DA CARREIRA DOCENTE NA FFCLRP/USP.

ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS DA CARREIRA DOCENTE NA FFCLRP/USP. O roteiro e recomendações abaixo discriminados foram Aprovados pela Congregação da FFCLRP/USP em 04/03/2004 ROTEIRO E RECOMENDAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE UM MEMORIAL PADRÃO PARA PROCESSOS SELETIVOS E CONCURSOS

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE ESTÉTICA DO UNISALESIANO As Atividades Complementares são componentes curriculares que possibilitam o reconhecimento, por avaliação, de habilidades,

Leia mais

EDITAL DE BOLSA Nº 17/ PEF DOUTORADO SANDUÍCHE. Considerando Edital Capes Nº19 PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR

EDITAL DE BOLSA Nº 17/ PEF DOUTORADO SANDUÍCHE. Considerando Edital Capes Nº19 PROGRAMA DE DOUTORADO SANDUÍCHE NO EXTERIOR 1 EDITAL DE BOLSA Nº 17/2016 - PEF UTORA SANDUÍCHE Considerando Edital Capes Nº19 PROGRAMA DE UTORA SANDUÍCHE NO EXTERIOR A Comissão de Bolsas e a Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Educação Física

Leia mais

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO NA I SemanARTE

PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO NA I SemanARTE PROCESSO DE SELEÇÃO PARA PARTICIPAÇÃO NA I SemanARTE A primeira edição da SemanARTE - Semana de Artes Cênicas: Teatro da UFAC, realizada pelo Curso Licenciatura em Artes Cênicas: Teatro e Pró-Reitoria

Leia mais

BAREMA - PROFESSOR TITULAR

BAREMA - PROFESSOR TITULAR 1. TITULOS ACADÊMICOS 1.1 Pós-Doutorado 1.2 Curso de Doutorado 1.3 Curso de Mestrado 1.4 Curso de Especialização ou Aperfeiçoamento BAREMA - PROFESSOR TITULAR Departamento de Geografia Edital 04/2011 DESCRIÇÃO

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA COMPARADA

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM BIOLOGIA COMPARADA RESOLUÇÃO Nº 078/2016-PGB Altera Normas para Realização da Seleção de Doutorado. Considerando a Resolução nº 089/15-PGB que alterava e estabelecia as normas para exame de seleção de doutorado. 29/07/2016.

Leia mais

FORMULÁRIO PROPOSTAS DE EXTENSÃO Cadastramento de cursos, palestras, seminários, congressos e demais eventos acadêmicos.

FORMULÁRIO PROPOSTAS DE EXTENSÃO Cadastramento de cursos, palestras, seminários, congressos e demais eventos acadêmicos. FORMULÁRIO PROPOSTAS DE EXTENSÃO Cadastramento de cursos, palestras, seminários, congressos e demais eventos acadêmicos. 1. APRESENTAÇÃO INFORMAÇÕES INICIAIS Nome da atividade: Tipo da atividade: Curso

Leia mais

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS DE APROFUNDAMENTO DO CURSO PEDAGOGIA/EAD LICENCIATURA CAPITULO I DA REGULAMENTAÇÃO

REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS DE APROFUNDAMENTO DO CURSO PEDAGOGIA/EAD LICENCIATURA CAPITULO I DA REGULAMENTAÇÃO REGULAMENTO GERAL DAS ATIVIDADES TEÓRICO-PRÁTICAS DE APROFUNDAMENTO DO CURSO PEDAGOGIA/EAD LICENCIATURA CAPITULO I DA REGULAMENTAÇÃO Art. 1 o O presente Regulamento disciplina os procedimentos para oferta,

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI

REGULAMENTAÇÃO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI REGULAMENTAÇÃO DAS S COMPLEMENTARES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS CMRV/UFPI Art. 1º - As Atividades Complementares têm por objetivo enriquecer o conhecimento propiciado pelo curso de Ciências Contábeis,

Leia mais

Procedimento Período de inscrição 06/02/2017 a 03/03/2017 Homologação das inscrições deferidas até 10/03/2017

Procedimento Período de inscrição 06/02/2017 a 03/03/2017 Homologação das inscrições deferidas até 10/03/2017 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO SUL E SUDESTE DO PARÁ INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM QUÍMICA MESTRADO ACADÊMICO EM QUÍMICA EDITAL N 01/2017 PPGQ/UNIFESSPA Estabelece

Leia mais

ATIVIDADES FORMATIVAS Resolução nº 17./2007 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE)

ATIVIDADES FORMATIVAS Resolução nº 17./2007 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE) MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 714. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 ATIVIDADES FORMATIVAS Resolução

Leia mais

ANEXO I - PIT. Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA.

ANEXO I - PIT. Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA. ANEXO I - PIT Plano de Individual de Trabalho - PIT ELEMENTOS PARA COMPOSIÇÃO DE CARGA HORÁRIA. Docente Centro Categoria Titulação Reg. Trabalho Semestre Atividades Acadêmicas 1 Ensino Código/Disciplina

Leia mais

Plano Individual de Trabalho - Semestre Futuro

Plano Individual de Trabalho - Semestre Futuro Instituto Federal da Bahia - Campus Santo Amaro Departamento de Ensino Área: ELETROMECÂNICA Ano/Período Letivo: 206-2 Docente Elvio Prado da Silva Atividades de Ensino Realizadas no Semestre FUTURO Aulas

Leia mais

RESOLUÇÃO CONSEPE 53/2002

RESOLUÇÃO CONSEPE 53/2002 RESOLUÇÃO CONSEPE 53/2002 O Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão, da Universidade Estadual de Feira de Santana, no uso de suas atribuições, RESOLVE: Artigo 1º - Aprovar as Normas de Seleção

Leia mais

EDITAL PIBIC 2017/2018

EDITAL PIBIC 2017/2018 EDITAL PIBIC 2017/2018 A Pró-Reitoria de Pesquisa e o Comitê Institucional do Programa de Iniciação Científica e de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação da Universidade de São Paulo, com

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS 1 REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES/ESTUDOS INDEPENDENTES DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS CONTÁBEIS Artigo 1º - O presente Regulamento baseia-se na obrigatoriedade do cumprimento das horas destinadas

Leia mais

DISCIPLINA: TREINAMENTO ESPORTIVO II Professor: Paulo César Neves

DISCIPLINA: TREINAMENTO ESPORTIVO II Professor: Paulo César Neves DISCIPLINA: TREINAMENTO ESPORTIVO II Professor: Paulo César Neves 2012 PLANEJAMENTO DE TRABALHO PERIODIZAÇÃO Periodização é o planejamento geral do tempo disponível para o treinamento, de acordo com as

Leia mais

1. Disposições Iniciais

1. Disposições Iniciais EDITAL DE SELEÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS NO I SIMPÓSIO TEMÁTICO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS UCAM- CAMPOS: DITADURAS MILITARES NA AMÉRICA DO SUL 1. Disposições Iniciais A Comissão Organizadora do

Leia mais

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009)

PONTUAÇÃO PARA PROGRESSÃO FUNCIONAL DE DOCENTES (Aprovada na 207ª Reunião do Conselho da Unidade do IM, em 25/09/2009) UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL INSTITUTO DE MATEMÁTICA Av. Bento Gonçalves 9500 - Agronomia - 91509-900 Porto Alegre - RS - BRASIL Tel: (051) 3308-6189/3308-6225 FAX: (051) 3308-7301 e-mail:

Leia mais

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG

REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG REGULAMENTO DAS ATIVIDADES COMPLEMENTARES DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO DA FACULDADE CNEC GRAVATAÍ FCG CAPÍTULO I OBJETO DE REGULAMENTAÇÃO Art. 1º. O presente conjunto de normas tem por finalidade formalizar

Leia mais

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO. Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período:

ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO. Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período: ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO Nome: matrícula: Regime de Trabalho: Classe/nível: Unidade: Período: ATIVIDADES DE ENSINO: Graduação: Ano, nome da disciplina, carga horária total, número

Leia mais

ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº

ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº ROTEIRO PARA RELATÓRIO SEMESTRAL (Fase de elaboração da dissertação/tese) Relatório nº Ano/Sem.: Nome do Aluno: Endereço: Tel. p/ contato: Título da dissertação/tese: Orientador: Prof. (a) Dr. (a). Coorientador:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017 UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ESCOLA DE ENFERMAGEM Tel: (71) 3283-7603/7604 Fax: (71) 3283-7606 CONCURSO PÚBLICO PARA DOCENTE DO MAGISTÉRIO SUPERIOR EDITAL 01/2017 PARA ÁREA DO CONHECIMENTO: ENFERMAGEM

Leia mais

RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/ CAS

RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/ CAS RESOLUÇÃO N o 60 DE 01/02/2013 - CAS Estabelece as normas do Programa de Iniciação Científica (PIC) da Universidade Positivo (UP). O CONSELHO ACADÊMICO SUPERIOR (CAS), órgão da administração superior,

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL 04/2017- PPGE/CE/UFPB CREDENCIAMENTO DE DOCENTES

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL 04/2017- PPGE/CE/UFPB CREDENCIAMENTO DE DOCENTES UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA CENTRO DE EDUCAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO EDITAL 04/2017- PPGE/CE/UFPB CREDENCIAMENTO DE DOCENTES O Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE) da Universidade

Leia mais

CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES CGPQ 2013 e PIBIC 2012/2013 e 2013/2014

CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES CGPQ 2013 e PIBIC 2012/2013 e 2013/2014 UNIVERSIDADE CATÓLICA DE PERNAMBUCO - UNICAP PRÓ-REITORIA ACADÊMICA - PRAC COORDENAÇÃO GERAL DE PESQUISA CGPQ PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA - PIBIC CALENDÁRIO GERAL DE ATIVIDADES

Leia mais