ESTATÍSTICA HNSC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTATÍSTICA HNSC"

Transcrição

1 ESTATÍSTICA HNSC DADOS ESTATÍSTICOS - LEITOS geral de leitos de leitos para internação de leitos para observação de leitos projeto Canguru Leitos do nos setores de internação na UTI adulto na UTI mista (Neonatal e Pediátrica) na UTI intermediária para observação para Alojamento Canguru ,00% ,16% 21 5,32% 6 1,52% ,67% ,24% 20 5,06% 12 3,04% 4 1,01% 16 4,05% 5 1,27% Leitos de convênios e particulares ,33% nos setores de internação 98 24,81% na UTI adulto 0 0,00% na UTI mista (Neonatal e Pediátrica) 0 0,00% para observação 5 1,27% para Alojamento Canguru 1 0,25% DADOS ESTATÍSTICOS - RECURSOS HUMANOS Irmãs Médicos do Corpo Clínico Plantonistas da Emergência Funcionários e Médicos Contratados Médicos Residentes Distribuição dos funcionários Administração Administração Demais Administração Enfermagem Enfermeiros Técnicos de Enfermagem Auxiliares de Enfermagem Técnicos de Radiologia Demais Enfermagem Apoio Serviços Gerais (Limpeza) Auxiliares de Lavanderia Copeiras Auxiliares de Cozinha Demais Apoio Médicos Contratados ,00% 90 10,55% 4 0,47% 86 10,08% ,95% 32 3,75% ,55% ,68% 18 2,11% 50 5,86% ,14% 66 7,74% 31 3,63% 42 4,92% 18 2,11% 66 7,74% 3 0,35% DADOS ESTATÍSTICOS - INTERNAÇÕES E ÓBITOS de Taxa de Ocupação Média de Permanência de Paciente Dia Média de Paciente Dia de Taxa de Mortalidade ,48% 6, , ,65%

2 DADOS DE INTERNAÇÕES Paciente dia Média Permanência Nº ,57% ,46% 7, ,17% ,09% 5, ,88% ,01% 4, ,76% ,36% 5, ,91% ,06% 5, ,71% ,01% 5, ,00% ,00% Clínica Paciente dia ,67% ,05% ,97% ,16% ,36% ,79% ,00% ,00% Média Permanência Nº 8,75 4,88 2,92 Gênero / Idade / Clínica Masculino Feminino ,77% 826 8,07% ,58% ,20% ,30% ,30% ,82% ,82% ,82% ,21% ,81% ,30% ,00% ,00% ,00% ,39% ,16% ,61% ,88% ,84% 128 5,25% 322 3,23% 161 2,76% 43 1,76% 656 6,58% ,27% 169 6,93% 422 4,23% 291 4,99% 0 0,00% 468 4,69% 174 2,98% 35 1,44% ,00% ,00% ,00% Clínica / Idade ,24% ,40% 2 0,08% ,25% ,04% ,65% ,86% ,26% ,23% ,65% ,30% 1 0,04% ,00% ,00% ,00% Localidade Cidade Local Municípios Amurel Outros Municípios Outros Estados Outros Países ,57% ,88% ,12% 76 0,42% 2 0,01% ,00%

3 DADOS DE ATENDIMENTO AMBULATORIAL Localidade Cidade Local Municípios Amurel Outros Municípios Outros Estados Outros Países Atendimentos ,07% ,58% ,34% ,10% ,97% ,94% ,00% Atendimentos ,36% ,84% ,20% 707 0,60% 0 0,00% ,00% DADOS DE NASCIMENTOS Gênero Vivos Prematuro Nati-Morto Masculino Feminino ,59% ,90% ,74% ,77% ,67% ,25% 7 0,64% 14 1,44% 21 1,01% ,00% ,00% ,00% DADOS DE ÓBITOS Clínica Idade ,15% 91 10,73% 1 0,12% ,79% 61 7,19% 6 0,71% 17 2,00% 2 0,24% 26 3,07% 79 9,32% 37 4,36% ,42% ,90%

4 DADOS DE CIRURGIAS Porte Grande Média Pequena Unisanta Internas Externas ,38% ,09% ,90% ,08% ,89% ,05% 431 5,54% ,02% 617 7,04% ,00% ,00% ,00% Internas Externas ,68% ,67% ,00% ,98% ,05% ,32% 408 5,24% 49 5,01% 457 5,22% 204 2,62% 40 4,09% 244 2,79% ,66% ,82% ,90% 220 2,83% 23 2,35% 243 2,77% ,00% ,00% ,00% DADOS DE OBSTETRÍCIA Tipo de Procedimento Cesariana Parto Normal Curetagem (-) Curetagem ,94% 56,61% ,27% 43,39% ,80% ,00% 100,00% ,60% 130 5,60% 49 2,11% 173 7,45% 29 1,25% ,00% Cesaria Parto Curetagem ,64% ,08% ,51% 110 9,48% 11 1,24% 9 3,28% 43 3,71% 3 0,34% 3 1,09% ,28% 7 0,79% 12 4,38% 22 1,90% 5 0,56% 2 0,73% ,00% ,00% ,00% Intercorrência / Cat ,26% 274 5,47% 93 1,86% 28 0,56% 43 0,86% ,00%

5 DADOS DE EXAMES Tomografia Ultrassonografia Mamografia ,95% ,23% ,15% 543 8,71% ,52% 114 8,02% 172 2,76% 768 7,57% 82 5,77% ,49% ,69% ,34% ,10% ,98% 67 4,71% ,00% ,00% ,00% Eletrocardiograma Radiologia Ultrasson Ocular ,78% ,44% 14 9,03% ,86% ,91% 13 8,39% 234 2,78% ,01% 4 2,58% 390 4,64% ,81% 85 54,84% 331 3,93% ,83% 39 25,16% ,00% ,00% ,00% Fisioterapia Sangue Endoscopia ,97% ,28% ,52% ,94% ,34% 36 2,47% ,25% 59 1,09% 79 5,42% ,88% 118 2,19% ,63% ,96% 167 3,10% ,97% ,00% ,00% ,00% Hemodinâmica Colonoscopia Fibrobronscopia 89 55,97% 4 13,33% 39 67,24% 8 5,03% 4 13,33% 7 12,07% 3 1,89% 4 13,33% 1 1,72% 35 22,01% 12 40,00% 9 15,52% 24 15,09% 6 20,00% 2 3,45% ,00% ,00% ,00% de Exames ,00% ,65% ,11% ,50% ,75% ,00%

PROGRAMA CQH - COMPROMISSO COM A QUALIDADE HOSPITALAR INDICADORES HOSPITAIS SELADOS TAXA DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR*

PROGRAMA CQH - COMPROMISSO COM A QUALIDADE HOSPITALAR INDICADORES HOSPITAIS SELADOS TAXA DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR* TAXA DE OCUPAÇÃO HOSPITALAR* 100% 90% 80% 70% Mediana 76,65% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0% 3º trimestre de 2008 1 ÍNDICE DE ROTATIVIDADE DO LEITO* 9,0 8,0 7,0 Mediana 5,88 6,0 5,0 4,0 3,0 2,0 1,0 3º trimestre

Leia mais

MOVIMENTO GERAL DO HOSPITAL

MOVIMENTO GERAL DO HOSPITAL MOVIMENTO GERAL DO HOSPITAL SERVIÇOS OFERECIDOS PELO HOSPITAL OBJETIVO: Oferecer aos nossos clientes, pacientes, profissionais, médicos, enfermagem, técnicos e administrativos, dentro do possível, um hospital

Leia mais

EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS QTD/VAGAS UNIDADE MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO JORNADA SEMANAL

EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS QTD/VAGAS UNIDADE MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO JORNADA SEMANAL EDITAL Nº006/2017 ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS / JORNADA/ REMUNERAÇÃO/ VAGAS CARGO JORNADA SEMANAL SEÇÃO REMUNERAÇÃO BRUTA MODALIDA DE DE CONTRATAÇ ÃO QTD/VAGAS PCD** AC* UNIDADE AUXILIAR OPERACIONAL 44H

Leia mais

Hospital Geral de Itapecerica da Serra - Seconci-SP OSS

Hospital Geral de Itapecerica da Serra - Seconci-SP OSS 1 - PRONTO SOCORRO 1.1 - Atendimento de Urgência e/ou Emergência Segundo Especialidade Especialidade Jan Fev Mar Abr Mai Jun Jul Ago Set Out Nov ez % Clínica Pediátrica 2131 2132 3541 4612 3604 3159 2596

Leia mais

Superintendência de Gestão, Planejamento e Finanças Gerência de Contratos e Convênios ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO

Superintendência de Gestão, Planejamento e Finanças Gerência de Contratos e Convênios ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO ANEXO II METAS DE PRODUÇÃO 1. ATIVIDADES MÍNIMAS A REALIZAR 1.1. ASSISTÊNCIA HOSPITALAR Produção. 1.1.1. Realizar, no mínimo, 90% da meta estabelecida no Plano de Metas de 1.1.2. O indicador de aferição

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: /2014 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO:

Nº / ANO DA PROPOSTA: /2014 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 056541/2014 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO E MATERIAL PERMANENTE PARA UNIDADE

Leia mais

Prestação de Contas. Maio/2017

Prestação de Contas. Maio/2017 Prestação de Contas Maio/2017 Índice Relatório de Atividades Atendimento P.A. Adulto & Pediatria Internações Internações & Cirurgias Partos Realizados Tipos de Partos Atendimentos G.O. Maternidade Teste

Leia mais

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP

HOSPITAL DAS CLÍNICAS FACULDADE DE MEDICINA DE BOTUCATU UNESP Seguem abaixo os ramais com suas respectivas classificações. RAM AL LOCAL CLASSIF. 6284 Acesso Legal - Rafael 2 6412 Agendamento - Bloco 2 6425 Agendamento - Núcleo - Administração 4 6427 Agendamento -

Leia mais

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS SEÇÃO

PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS SEÇÃO PROCESSO SELETIVO - EDITAL N.º 006/2017 ANEXO II - FORMAÇÃO ESCOLAR/REQUISITOS CARGO SEÇÃO PRONTO SOCORRO PEDIÁTRICO UTI - ADULTO FORMAÇÃO ESCOLAR / REQUISITOS Ativo; Experiência na seção de Pronto socorro

Leia mais

Rotatividade de Pessoal

Rotatividade de Pessoal Rotatividade de Pessoal 4 3 2,2 2,2 2,2 % 2 1 1,28 1,47 1,79 Representa o movimento de entradas e saídas de empregados Regime de contratação CLT Taxa de Absenteísmo Geral 2,5 2 % 1,5 1,21 1,28 1,96,96,96,5

Leia mais

Perfil epidemiológico do CTI e estrutura de atendimento

Perfil epidemiológico do CTI e estrutura de atendimento Perfil epidemiológico do CTI e estrutura de atendimento O Serviço de Terapia Intensiva Adulto, possui 10 leitos que incluem 2 leitos de isolamento distribuídos em uma área aproximada de 130m2. Encontra-se

Leia mais

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia

Preencher com a data limite de validade da senha concedida pela Petrobras para a internação. 7 Data de emissão da guia GUIA DE RESUMO DE INTERNAÇÃO Número do Nome do campo Observação campo 1 Registro ANS Nas guias em papel impressas pela Petrobras ou Petrobras Distribuidora e nas guias disponibilizadas no site da Petrobras,

Leia mais

DADOS E INDICADORES HOSPITALAR

DADOS E INDICADORES HOSPITALAR DADOS E INDICADORES HOSPITALAR - 2015 INDICADORES JAN FEV MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ TOTAL DIÁRIA INTERNAÇÕES 2.209 2.005 2.380 2.214 2.095 2.164 2.126 2.240 17.433 2.179 73 ALTAS 2.184 2.002

Leia mais

Hospital Materno Infantil Presidente Vargas SMS PMPA

Hospital Materno Infantil Presidente Vargas SMS PMPA Hospital Materno Infantil Presidente Vargas SMS PMPA Inaugurada em 1953. Gestão municipal desde 2000 (ano em que recebeu o selo Amigo da Criança). Direção HMIPV Geral: Marcos Slompo Técnico: Felipe Cabral

Leia mais

CUSTO TOTAL DA UNIDADE

CUSTO TOTAL DA UNIDADE HOSPITAL E MATERNIDADE DONA REGINA 1 CUSTO TOTAL DA UNIDADE PERÍODO: 01/09/2014 30/09/2014 ITEM CUSTO - SINTÉTICO ANALÍTICO SET/14 PESSOAL Benefícios a Pessoal - Contrato Temporário R$ 243.155,62 Benefícios

Leia mais

Internacao Psiquiatrica (Transtorno Psiquiatrico) ENFERMARIA Internação Psiquiatríca Dependência Química - ENFERMARIA

Internacao Psiquiatrica (Transtorno Psiquiatrico) ENFERMARIA Internação Psiquiatríca Dependência Química - ENFERMARIA Unimed Goiânia Cooperativa de Trabalho Médico Terminologia de Diárias, Taxas e Gases Medicinais - Tabela Categoria (D) Clínica PARA Tabela CÓDIGO DESCRIÇÃO CÓDIGO DESCRIÇÃO 20/02/14 20/05/14 20/08/14 20/11/14

Leia mais

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191

Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191 Câmara Municipal de Volta Redonda RJ PROGRAMA Nº - 191 Manutenção e Operacionalização do SAH Promover a instalação de ferramentas de gestão que permitam o perfeito gerenciamento das informações dos diversos

Leia mais

PROPOSTA DE RECONHECIMENTO PARA PROGRAMA DE ESTÁGIO E SERVIÇO PELA SBACV. Ao Presidente SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANGIOLOGIA E DE CIRURGIA VASCULAR

PROPOSTA DE RECONHECIMENTO PARA PROGRAMA DE ESTÁGIO E SERVIÇO PELA SBACV. Ao Presidente SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANGIOLOGIA E DE CIRURGIA VASCULAR PROPOSTA DE RECONHECIMENTO PARA PROGRAMA DE ESTÁGIO E SERVIÇO PELA SBACV Ao Presidente SOCIEDADE BRASILEIRA DE ANGIOLOGIA E DE CIRURGIA VASCULAR Sr. Presidente e Membros da Comissão Solicitamos à Sociedade

Leia mais

Santamália Saúde DIADEMA ALERGOLOGIA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA

Santamália Saúde DIADEMA ALERGOLOGIA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA ALERGOLOGIA DIADEMA ANALISES CLINICAS (LABORATORIO) ANGIOLOGIA / CIRURGIA VASCULAR CIRURGIA GERAL CLINICA MEDICA CONSULTA P/ COLPOSCOPIA ECOCARDIOGRAMA ECODOPPLERCARDIOGRAMA INFANTIL ELETROCARDIOGRAMA

Leia mais

PROTOCOLO MANCHESTER. Paciente Recepcionado Identificado. Acolhido Classificado

PROTOCOLO MANCHESTER. Paciente Recepcionado Identificado. Acolhido Classificado Construção coletiva (revisão):, SMS, SAMU, UPA, PAM (12/02/2015) PROTOCOLO MANCHESTER Paciente Recepcionado Identificado Acolhido Classificado Emergência vermelho - IMEDIATO laranja (10 min) amarelo (60

Leia mais

Hospital Prof. Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC) Diagnóstico Situacional

Hospital Prof. Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC) Diagnóstico Situacional Hospital Prof. Polydoro Ernani de São Thiago (HU/UFSC) Diagnóstico Situacional Profa. Maria de Lourdes Rovaris Departamento de Análises Clínicas/CCS Vice-Direção do HU Julho de 2014 Histórico. Plano de

Leia mais

REF.: PESQUISA DE MERCADO RESULTADO **LEVANTAMENTO DE INDICADORES ASSISTENCIAIS E GERENCIAIS**

REF.: PESQUISA DE MERCADO RESULTADO **LEVANTAMENTO DE INDICADORES ASSISTENCIAIS E GERENCIAIS** CIRCULAR AHESP Nº 025/17 São Paulo, 30 de Agosto de 2017. Prezados Senhores: REF.: PESQUISA DE MERCADO RESULTADO **LEVANTAMENTO DE INDICADORES ASSISTENCIAIS E GERENCIAIS** Para seu conhecimento, encaminhamos

Leia mais

INSTITUTO DE GESTÃO E HUMANIZAÇÃO HOSPITAL MATERNO INFANTIL RELAÇÃO DE SALÁRIOS FUNÇÃO SALÁRIO OUTROS BENEFICIOS

INSTITUTO DE GESTÃO E HUMANIZAÇÃO HOSPITAL MATERNO INFANTIL RELAÇÃO DE SALÁRIOS FUNÇÃO SALÁRIO OUTROS BENEFICIOS ANALISTA ADMINISTRATIVO 1.928,70 96,44 ANALISTA ADMINISTRATIVO 3.000,00 150,00 ANALISTA ADMINISTRATIVO 3.000,00 150,00 ANALISTA ADMINISTRATIVO 2.249,37 279,87 ANALISTA ADMINISTRATIVO 2.000,00 267,40 ANALISTA

Leia mais

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento.

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Relatório de Fiscalização Diretor técnico: JOÃO VERAS PATRIOTA (CRM: 20.664) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Trata-se de

Leia mais

Hospital Pirajussara ÍNDICE. I- Indicadores. Indicadores Hospitalares. Taxa de Aceitabilidade. Medicina do Trabalho. Relatórios de Produção

Hospital Pirajussara ÍNDICE. I- Indicadores. Indicadores Hospitalares. Taxa de Aceitabilidade. Medicina do Trabalho. Relatórios de Produção Hospital Pirajussara ÍNDICE I- Indicadores Indicadores Hospitalares Taxa de Aceitabilidade Medicina do Trabalho II- III- IV- Relatórios de Produção Relatórios Financeiros Projetos de Qualidade Acreditação

Leia mais

Laboratório de Inovação em Atenção Domiciliar - AD

Laboratório de Inovação em Atenção Domiciliar - AD Laboratório de Inovação em Atenção Domiciliar - AD MATRICIAMENTO PEDIÁTRICO EM AD NO DF Colaboradores: Bibiana Coelho Monteiro, Elaine Horta de Souza, Eduardo André Viana Alves e Maria Leopoldina de Castro

Leia mais

Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17) CEP

Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17) CEP A FACULDADE FACULDADES INTEGRADAS PADRE ALBINO www.fipa.com.br - atendimento@fipa.com.br Tele-atendimento: 0800-772-5393 Câmpus Sede Rua dos Estudantes, 225 Parque Iracema - Catanduva - SP Fone/fax: (17)

Leia mais

PROJETO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS E MELHORIA CONTÍNUA DOS RESULTADOS

PROJETO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS E MELHORIA CONTÍNUA DOS RESULTADOS PROJETO DE GESTÃO ESTRATÉGICA DE CUSTOS E MELHORIA CONTÍNUA DOS RESULTADOS PROJETO Implantação de metodologia para Gestão de Custos com o objetivo de comparar os custos das instituições e custeio de alguns

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA

PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTA ROSA TERMO ADITIVO Nº 094/2015 VIGÉSIMO SEGUNDO TERMO ADITIVO AO CONTRATO CELEBRADO EM 24 DE MAIO DE 2013 ENTRE A FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANTA ROSA E ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR CARIDADE SANTA ROSA. CONTRATANTE:

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal

PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO CARLOS Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoal CONCURSO PÚBLICO Nº 284 GUARDA MUNICIPAL número de no Público acima citado: 284 Guarda Municipal - Feminino 390 Guarda Municipal - Masculino 1379 CONCURSOS PÚBLICOS NºS 249 - ENFERMEIRO, 250 - ENFERMEIRO

Leia mais

TOTAL DE VAGAS - 4 PRM EM CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA (C) PRÉ-REQUISITO EM CARDIOLOGIA

TOTAL DE VAGAS - 4 PRM EM CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA (C) PRÉ-REQUISITO EM CARDIOLOGIA QUADRO DE POR PRM EM ANGIORRADIOLOGIA E CIRURGIA ENDOVASCULAR PRÉ-REQUISITO EM ANGIOLOGIA - CIRURGIA VASCULAR - RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM ANA NERY 1 2 APROVADO 0 GERAL ROBERTO SANTOS 1 1 APROVADO

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NOS CARGOS DO QUADRO PERMANENTE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DA PREFEITURA DE CALDAS NOVAS.

CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NOS CARGOS DO QUADRO PERMANENTE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DA PREFEITURA DE CALDAS NOVAS. CONCURSO PÚBLICO PARA INGRESSO NOS CARGOS DO QUADRO PERMANENTE DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DA PREFEITURA DE CALDAS NOVAS. ANEXO I GRUPOS OCUPACIONAIS, CARGOS, NÚMERO DE VAGAS DESTINADAS À AMPLA CONCORRÊNCIA

Leia mais

TOTAL DE VAGAS - 3 PRM EM CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA (P) PRÉ-REQUISITO EM PEDIATRIA

TOTAL DE VAGAS - 3 PRM EM CARDIOLOGIA PEDIÁTRICA (P) PRÉ-REQUISITO EM PEDIATRIA QUADRO DE POR PRM EM ANGIORRADIOLOGIA E CIRURGIA ENDOVASCULAR PRÉ-REQUISITO EM ANGIOLOGIA - CIRURGIA VASCULAR - RADIOLOGIA E DIAGNÓSTICO POR IMAGEM DISPONÍVEIS ANA NERY 1 2 APROVADO 0 2 GERAL ROBERTO SANTOS

Leia mais

HOSPITAL DE EMERGÊNCIA DE SOROCABA 09/10/13

HOSPITAL DE EMERGÊNCIA DE SOROCABA 09/10/13 HOSPITAL DE EMERGÊNCIA DE SOROCABA 09/10/13 PROPOSTA DE ARQUITETURA IMPLANTAÇÃO INSERÇÃO URBANA IMPLANTAÇÃO SISTEMA VIÁRIO BLOCO HOTELARIA BLOCO DE SERVIÇOS BLOCO DE ALTA COMPLEXIDADE P.A.E. - AMBULATÓRIO

Leia mais

RESOLUÇÃO Nº 680, DE 20 DE JUNHO DE 2007

RESOLUÇÃO Nº 680, DE 20 DE JUNHO DE 2007 FIXA NORMAS PARA A CONCESSÃO DE BENEFÍCIOS ASSISTENCIAIS DA ÁREA MÉDICA EXCLUSIVAMENTE AOS PLANOS INDIVIDUAIS INTERMEDIÁRIO E ESPECIAL E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. OVÍDIO PRIETO FERNANDES, Presidente do 19º

Leia mais

COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. (85)

COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE. (85) COMISSÃO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE nucit@saude.ce.gov.br (85) 3101-5234 SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DE TECNOLOGIAS EM SAÚDE E SAÚDE BASEADA EM EVIDÊNCIAS 5 e 6 de Maio de 2009 Fortaleza / CE Comissão

Leia mais

Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013

Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013 Hospital Sofia Feldman: compromisso com a VIDA. Florianópolis, novembro de 2013 Criado há 31 anos, é uma instituição filantrópica de direito privado, conveniado com o Sistema Único de Saúde, prestador

Leia mais

Rua Dr. Henrique Nascimento, s/nº - Centro Belo Jardim. Diretor técnico: LUIZ CARLOS DE ARAUJO MESQUITA (CRM: 9392)

Rua Dr. Henrique Nascimento, s/nº - Centro Belo Jardim. Diretor técnico: LUIZ CARLOS DE ARAUJO MESQUITA (CRM: 9392) Relatório de Fiscalização HOSPITAL JÚLIO ALVES DE LIRA Rua Dr. Henrique Nascimento, s/nº - Centro Belo Jardim Diretor técnico: LUIZ CARLOS DE ARAUJO MESQUITA (CRM: 9392) Por determinação deste Conselho

Leia mais

Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013

Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013 Casa de Gestante, Bebê e Puépera (CGBP) Florianópolis, novembro de 2013 CGBP O que é? A Casa da Gestante, Bebê e Puérpera é uma unidade de cuidado peri-hospitalar que acolhe, orienta, cuida e acompanha:

Leia mais

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde

Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde Tipologia dos Estabelecimentos de Saúde O Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde - CNES foi implantado em 29 de dezembro de 2000, através da Portaria SAS n.º 511. O CNES abrange a todos os estabelecimentos

Leia mais

Análise de Custos. Análise da composição dos gastos do hospital

Análise de Custos. Análise da composição dos gastos do hospital Análise de Custos Maura Taveira Apresentação: Os dados apresentados referem-se aos primeiros resultados relativos à implantação do sub sistema de apuração de custos de um hospital público, localizado na

Leia mais

!"# $%&%'(%)%?E+437 '( *+, (-. &'!! " #! &()* $% +,-$%. &/0-12+/ 34#45#6573338/-:-2 46;6 6.7 3 *.9#477

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR

RELATÓRIO DE DESEMPENHO. Hospital Estadual Rocha Faria RJ Novembro/2015 PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR PRÓ-SAÚDE ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E HOSPITALAR Serviço Público Estadual Processo: E-08/7782/2012 Data: 26/12/2012 Fls. 1 Rubrica: LFS ID. 500.5891-6 EDITAL DE SELEÇÃO Nº 008/2012 Seleção

Leia mais

Casa de Portugal e Beneficência Portuguesa de São Paulo: PARCEIROS HÁ MAIS DE 80 ANOS

Casa de Portugal e Beneficência Portuguesa de São Paulo: PARCEIROS HÁ MAIS DE 80 ANOS Casa de Portugal e Beneficência Portuguesa de São Paulo: PARCEIROS HÁ MAIS DE 80 ANOS A Beneficência Portuguesa de São Paulo e a Casa de Portugal tem a mesma origem e cooperam entre si há mais de 80 anos.

Leia mais

Garantia de Qualidade e Continuidade da Assistência no Atendimento Domiciliar

Garantia de Qualidade e Continuidade da Assistência no Atendimento Domiciliar Garantia de Qualidade e Continuidade da Assistência no Atendimento Domiciliar ANA ADALGISA DE OLIVEIRA BORGES GESTORA DE ATENÇÃO DOMICILIAR - SERVIÇOS PRÓPRIOS UNIMEB-BH Introdução Definição Conceito de

Leia mais

Diretor técnico: JOSÉ SEVERIANO CAVALCANTI (CRM: 4230)

Diretor técnico: JOSÉ SEVERIANO CAVALCANTI (CRM: 4230) Relatório de Fiscalização Diretor técnico: JOSÉ SEVERIANO CAVALCANTI (CRM: 4230) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Tal vistoria

Leia mais

O médico pode atuar no Sistema Único de Saúde (SUS), em hospitais, clínicas, empresas e também em consultório próprio.

O médico pode atuar no Sistema Único de Saúde (SUS), em hospitais, clínicas, empresas e também em consultório próprio. Informações sobre o curso A saúde humana é o objeto de estudo do médico. Ele pesquisa e trata disfunções e moléstias, escolhendo os melhores procedimentos de prevenção e combate. Precisa estar sempre bem

Leia mais

PORTARIA Nº 1.703/GM Em 17 de agosto de 2004.

PORTARIA Nº 1.703/GM Em 17 de agosto de 2004. 1 de 5 12/03/2014 11:52 PORTARIA Nº 1.703/GM Em 17 de agosto de 2004. Destina recurso de incentivo à contratualização de Hospitais de Ensino Públicos e Privados, e dá outras providências. O MINISTRO DE

Leia mais

Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10

Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10 UNIDADE DE CUIDADOS INTERMEDIÁRIOS NEONATAIS (UCIN) PATECS_009/2016 Confidencial PATECS_009/2016 Página: 1 de 10 1. Solicitante: Hospital e Maternidade Santa Casa de Misericórdia de Maringá Dra. Maria

Leia mais

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO Parte Integrante do RGMS 2º TRIMESTRE

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO Parte Integrante do RGMS 2º TRIMESTRE 2010 RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO Parte Integrante do RGMS 2º TRIMESTRE PREFEITURA MUNICIPAL DE NOVO HAMBURGO SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE - SMS FUNDAÇÃO DE SAÚDE PÚBLICA DE NOVO HAMBURGO - FSNH 30 de

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014

PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014 PRESTAÇÃO DE CONTAS JULHO/2014 31/07/2014 COMPLEXO ESTADUAL DO CÉREBRO V Relatório de gestão dos serviços assistenciais do Complexo Estadual do Cérebro: Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer e Hospital

Leia mais

Retificação Nº 001 Carga Horária

Retificação Nº 001 Carga Horária MINISTÉRIO DA SAÚDE HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO S.A. HOSPITAL CRISTO REDENTOR S.A. HOSPITAL FÊMINA S.A. PROCESSO SELETIVO PÚBLICO EMERGENCIAL Retificação Nº 001 Carga Horária O Grupo Hospitalar

Leia mais

Organograma UDI Hospital

Organograma UDI Hospital Organograma UDI Hospital ASSEMBLÉIA DOS SÓCIOS CONSELHO CONSULTIVO Centro de Estudos Ensino e Pesquisa CONSELHO FISCAL/ AUDITORIA INDEPENDENTE COMISSÃO DE ÉTICA MÉDICA UDI HOSPITAL SUPERINTENDÊNCIA DIRETOR

Leia mais

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 28/2016

RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 28/2016 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA Nº 28/2016 A Diretoria Administrativa do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro - CISNORPI, no uso de suas atribuições legais, resolve: Regulamentar o Credenciamento

Leia mais

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde

Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde Unidades & Serviços Estado do Rio de Janeiro Prefeitura Municipal de Carapebus Secretaria Municipal de Saúde Atenção Especializada Atenção Especializada Centro de Especialidades Médicas: O Centro de Especialidades

Leia mais

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO - CARGO: AUXILIAR DE SECRETARIA, MOTORISTA C e D, OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS

NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO - CARGO: AUXILIAR DE SECRETARIA, MOTORISTA C e D, OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS NÍVEL FUNDAMENTAL COMPLETO - CARGO: AUXILIAR DE SECRETARIA, MOTORISTA C e D, OPERADOR DE MÁQUINAS PESADAS 01 D 02 C 03 D 04 C 05 A 06 A 08 B 09 D 10 C MATEMÁTICA 11 D 12 B 13 D 14 C 15 A 17 D 18 B 19 A

Leia mais

CIDADE NOME-REF TEL1-REF TIPO-REF ESPECIALIDADE ACOMODACAO

CIDADE NOME-REF TEL1-REF TIPO-REF ESPECIALIDADE ACOMODACAO Plano Nacional Flex UF CIDADE NOME-REF TEL1-REF TIPO-REF ESPECIALIDADE ACOMODACAO TO ARAGUAINA A L CUNHA VIEIRA 034214463 CONSULTORIOS MEDICOS/CLINICAS ESPECIAPEDIATRIA SEM INTERNACAO TO ARAGUAINA ANTONIO

Leia mais

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria

CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS. Coordenador: Renato Carlos Vieira. Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160. Bairro: Ilha de Santa Maria CENTRO DE PREVENÇÃO E TRATAMENTO AO TOXICÔMANOS Coordenador: Renato Carlos Vieira Endereço: Rua Álvaro Sarlo, 160 Bairro: Ilha de Santa Maria CEP: 29051-100 Horários de atendimento: 7 às 19h (Atendimento

Leia mais

Proposta. Assistência Médica / Hospitalar Santa Casa Saúde SJC. 17 de Agosto de Revisão: 1/3Setor: Cadastro Data: 27/11/2014.

Proposta. Assistência Médica / Hospitalar Santa Casa Saúde SJC. 17 de Agosto de Revisão: 1/3Setor: Cadastro Data: 27/11/2014. Proposta Assistência Médica / Hospitalar Santa Casa Saúde SJC Revisão: 1/3Setor: Cadastro Data: 27/11/2014 17 de Agosto de 2016 Entidade: Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião CNPJ:

Leia mais

ATIVIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

ATIVIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE ATIVIDADES DA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE Consultas Posto Central Consulta Clínico Geral 921 Exames Laboratoriais 2497 Técnica de Enfermagem Aferição Antropométrica 1154 Aferição PA 977 Curativo 31 Glicemia

Leia mais

P R O C E D I M E N T O O P E R A C I O N A L P A D R Ã O

P R O C E D I M E N T O O P E R A C I O N A L P A D R Ã O Encaminhamos pela presente, Norma e Procedimento que implanta e define a sistemática de Admissão de Paciente na Sala de Pós-Operatório Imediato de Cirurgia Cardíaca na Unidade de tratamento Intensivo cardiológica

Leia mais

Conceitos: Indicadores Hospitalares

Conceitos: Indicadores Hospitalares Conceitos: Indicadores Hospitalares Roberto Nabarro Hospital É a parte integrante de uma organização médica e social, cuja função básica consiste em proporcionar às pessoas a assistência médica integral,

Leia mais

Assunto: Resposta ao Ofício nº 4217/2014-GABPR11/MPF/PR/SC-CIDADANIA

Assunto: Resposta ao Ofício nº 4217/2014-GABPR11/MPF/PR/SC-CIDADANIA Memorando n.º 132/2014/DG-HU Ao Prof. Dr. Airton L. Cerqueira Leite Seelaender Secretário de Aperfeiçoamento Institucional Florianópolis, 28 de julho de 2014. Assunto: Resposta ao Ofício nº 4217/2014-GABPR11/MPF/PR/SC-CIDADANIA

Leia mais

PORTARIA Nº 2.352/GM Em 26 de outubro de 2004.

PORTARIA Nº 2.352/GM Em 26 de outubro de 2004. PORTARIA Nº 2.352/GM Em 26 de outubro de 2004. Regulamenta a alocação dos recursos financeiros destinados ao processo de contratualização constante do Programa de Reestruturação dos Hospitais de Ensino

Leia mais

Cronograma de Educação Permanente 2016

Cronograma de Educação Permanente 2016 Cronograma de Educação Permanente 2016 JANEIRO FEVEREIRO Atendimento ao cliente s Favorecer diálogos sobre boas práticas de atendimento ao cliente. quimioterapia, equipe do SAME e colaboradores. MARÇO

Leia mais

Diretor técnico: JOSÉ RICARDO BARROS PERNAMBUCO (CRM: 3775); entregou o cargo em , iterino é HAROLDO CÉZAR DE FARIAS PEREIRA (CRM: ).

Diretor técnico: JOSÉ RICARDO BARROS PERNAMBUCO (CRM: 3775); entregou o cargo em , iterino é HAROLDO CÉZAR DE FARIAS PEREIRA (CRM: ). Relatório de Fiscalização Diretor técnico: JOSÉ RICARDO BARROS PERNAMBUCO (CRM: 3775); entregou o cargo em 15.03.16, iterino é HAROLDO CÉZAR DE FARIAS PEREIRA (CRM: 10.324). Por determinação deste Conselho

Leia mais

São Paulo. Amil Life. O olho no olho. Como nos velhos tempos. O mesmo cuidado de antigamente com toda a tecnologia de hoje.

São Paulo. Amil Life. O olho no olho. Como nos velhos tempos. O mesmo cuidado de antigamente com toda a tecnologia de hoje. Amil Life. O olho no olho. Como nos velhos tempos. O mesmo cuidado de antigamente com toda a tecnologia de hoje. Tabela de Preços Julho 2016 São Paulo amil.com.br Amil Life é um novo modelo de plano de

Leia mais

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento.

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Relatório de Fiscalização Diretor técnico: Thiago Costa Almeida (CRM: 19.881) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Tal vistoria

Leia mais

Histórias de Sucesso no Controle da Infecção Hospitalar. Utilização da informática no controle da pneumonia hospitalar

Histórias de Sucesso no Controle da Infecção Hospitalar. Utilização da informática no controle da pneumonia hospitalar Utilização da informática no controle da pneumonia hospitalar Médico Assistente da Disciplina de Moléstias Infecciosas e Tropicais HC-FMRP-USP Médico da CCIH do Hospital Estadual de Ribeirão (HER) e HSP

Leia mais

Coordenador Geral dos Programas de Residência Médica. Coordenadora da COREME. Coordenador do Programa de Pediatria

Coordenador Geral dos Programas de Residência Médica. Coordenadora da COREME. Coordenador do Programa de Pediatria PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM PEDIATRIA Coordenador Geral dos Programas de Residência Médica Dr. Arnaldo Prata Barbosa Coordenadora da COREME Dra. Vanessa Soares Lanziotti Coordenador do Programa de

Leia mais

RELAÇÃO DOS SERVIDORES POR CARGO Regime Jurídico Único HU/UFSC

RELAÇÃO DOS SERVIDORES POR CARGO Regime Jurídico Único HU/UFSC RELAÇÃO DOS SERVIDORES POR CARGO Regime Jurídico Único HU/UFSC RELAÇÃO DOS SERVIDORES POR GARGO TOTAL Administrador 8 Analista de Tecnologia da Informação Armador 1 Armazenista 2 Arquiteto e Urbanista

Leia mais

Sistemas de monitoramento de pacientes

Sistemas de monitoramento de pacientes Sistemas de monitoramento de pacientes Eliza Cristiane de Carvalho Natália de Souza Leite Biomedicina Tópicos de Pesquisa em Informática CI242 Orientadora: Profª Dra. Carmem Hara O que é monitoramento

Leia mais

Emergência HUAP. Daniel Garbin Diogo Costa Diogo Murtinho Fernanda Boldrini Juliana Guerra Juliana Santos

Emergência HUAP. Daniel Garbin Diogo Costa Diogo Murtinho Fernanda Boldrini Juliana Guerra Juliana Santos Universidade Federal Fluminense Faculdade de Medicina PGS II Emergência HUAP Daniel Garbin Diogo Costa Diogo Murtinho Fernanda Boldrini Juliana Guerra Juliana Santos Reconhecimento do cenário, Identificação

Leia mais

Manual de preenchimento das Guias TISS

Manual de preenchimento das Guias TISS Manual de preenchimento das Guias TISS (Troca de informações em Saúde Suplementar) Página 1 de 21 Guia de Consulta Legenda: Campos de preenchimento obrigatório 1, 2, 4, 6, 7, 9, 10, 11, 13, 14, 15, 16,

Leia mais

DIRETÓRIO MÉDICO GUARAPUAVA

DIRETÓRIO MÉDICO GUARAPUAVA DIRETÓRIO MÉDICO GUARAPUAVA Atualizado em 16/06/2011 Rua Paes Leme, 1107 - Londrina PR 86010-610 www.maximusassistencial.com.br info@maximusassistencial.com.br (43) 3379-9700 Guia Médico Maximus Assistencial

Leia mais

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento.

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO Centro Hospitalar Menino Jesus. CNPJ 10.623.536/0001-17 Rua Dr. Costa Lima, nº 146, Santo Onofre, Palmares PE. Telefone: Não possui Telefone pessoal do diretor administrativo:

Leia mais

Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos

Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos 15/03/2017 Hospital Summit Terceirização de Serviços Médicos Modelo Adotado Grupo São Lucas Ribeirania Ribeirão Preto Dr Pedro Antonio Palocci o Médico Pediatra formado pela XXIIIª Turma da FMRP-USP 1979

Leia mais

Art. 29. Caberá à SAS/MS decidir acerca da solicitação de qualificação, mediante avaliação técnica da documentação listada no art. 28.

Art. 29. Caberá à SAS/MS decidir acerca da solicitação de qualificação, mediante avaliação técnica da documentação listada no art. 28. PORTARIA MS/GM - Nº 1.010, DE 21 DE MAIO DE 2012 Redefine as diretrizes para a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de (SAMU 192) e sua Central de Regulação das s, componente da Rede de Atenção

Leia mais

Propomos o Protocolo Para Internação em Hospitais Estaduais de Referência Terciária para Tuberculose

Propomos o Protocolo Para Internação em Hospitais Estaduais de Referência Terciária para Tuberculose Considerando: O Manual Técnico de Controle da Tuberculose do Ministério da Saúde 2010; As Normas de Biossegurança constantes do Manual Técnico de Controle para Tuberculose MS 2010; O perfil Institucional

Leia mais

EXIJA QUALIDADE NA SAÚDE. Reunião do Grupo de Indicadores de Enfermagem do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar NAGEH

EXIJA QUALIDADE NA SAÚDE. Reunião do Grupo de Indicadores de Enfermagem do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar NAGEH EXIJA QUALIDADE NA SAÚDE Reunião do Grupo de Indicadores de Enfermagem do Núcleo de Apoio à Gestão Hospitalar NAGEH 15 de agosto de Incidência de Queda de Paciente Incidência de Queda de Paciente 3,0

Leia mais

Nº / ANO DA PROPOSTA: /2015 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO:

Nº / ANO DA PROPOSTA: /2015 DADOS DO CONCEDENTE OBJETO: MINISTERIO DA SAUDE PORTAL DOS CONVÊNIOS SICONV - SISTEMA DE GESTÃO DE CONVÊNIOS Nº / ANO DA PROPOSTA: 043034/2015 OBJETO: DADOS DO CONCEDENTE AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTO E MATERIAL PERMANENTE PARA UNIDADE

Leia mais

Auditoria Concorrente. Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015

Auditoria Concorrente. Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015 Auditoria Concorrente Encontro de Auditoria Unimed Central-RS Porto Alegre 07 de agosto de 2015 UNIMED PORTO ALEGRE 40,7% 46 de participação do mercado de planos de saúde no RS (ANS dezembro/2014) Municípios

Leia mais

Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes

Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes Estratégias da Implantação para a Conquista da Certificação ONA no Hospital Municipal de Mogi das Cruzes Nossa história Cenário Cenário Nossa história Setores Previsão segundo o Plano de Trabalho Quando

Leia mais

CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE SAÚDE

CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE SAÚDE CONSÓRCIOS PÚBLICOS DE SAÚDE AS MACRO REGIÕES DE SAÚDE DO CEARÁ NOVA REDE DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE NO CEARÁ COMPONENTE I (OBRAS + EQUIPAMENTOS) COMPONENTE II (FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL) 4 Hospitais Regionais

Leia mais

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima identificado verificar suas condições de funcionamento.

Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima identificado verificar suas condições de funcionamento. RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO HOSPITAL DAS CLÍNICAS DA UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) CNPJ 24.134.488/0002-99 Rua Professor Moraes Rêgo, s/n Cidade Universitária Recife PE. Telefone: (81) 2126-3633

Leia mais

3 INDICADORES QUANTITATIVOS

3 INDICADORES QUANTITATIVOS 3 INDICADORES QUANTITATIVOS Saídas Hospitalares Serviços Contratados Saídas Hospitalares Clínica Médica Clínica Cirúrgica TOTAL DE SAÍDAS Meta Média Meta Jul Ago Set Out Nov 136 163 150 228 228 217 154

Leia mais

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.317, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2000

GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.317, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2000 GABINETE DO MINISTRO PORTARIA Nº 1.317, DE 30 DE NOVEMBRO DE 2000 O Ministro de Estado da Saúde no uso de suas atribuições legais, Considerando a Lei nº 9.434, de 04 de fevereiro de 1997, que dispõe sobre

Leia mais

I. Informações BásicaS

I. Informações BásicaS I. Informações BásicaS item Órgão municipal de saúde Plano Municipal Conselho Municipal Conselho Gestor de Unidade(s) de Saúde Fundo Municipal Cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) Disque-Saúde Ouvidoria

Leia mais

Objetivo. Melhorar a Eficiência Operacional Aumentar a produtividade sem aumentar o número de leitos

Objetivo. Melhorar a Eficiência Operacional Aumentar a produtividade sem aumentar o número de leitos Gestão de Leitos Objetivo Melhorar a Eficiência Operacional Aumentar a produtividade sem aumentar o número de leitos Contextualização Leitos de Retaguarda Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar e Núcleo

Leia mais

A melhor opção para a saúde de seus colaboradores.

A melhor opção para a saúde de seus colaboradores. A melhor opção para a saúde de seus colaboradores. SUA EMPRESA melhor E SEUS COLABORADORES MERECEM O Quando se trata da saúde deles, é muito importante ter à disposição um serviço reconhecido pela qualidade

Leia mais

Diretor técnico: TATIANA CERQUEIRA DA CUNHA CAVALCANTI (CRM:15.552) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado

Diretor técnico: TATIANA CERQUEIRA DA CUNHA CAVALCANTI (CRM:15.552) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado Diretor técnico: TATIANA CERQUEIRA DA CUNHA CAVALCANTI (CRM:15.552) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Trata-se de uma unidade

Leia mais

1. Identificação do Serviço. 2. Idoneidade e capacidade formativa CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA

1. Identificação do Serviço. 2. Idoneidade e capacidade formativa CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA CARACTERIZAÇÃO DOS SERVIÇOS PARA ATRIBUIÇÃO DE CAPACIDADES FORMATIVAS PEDIATRIA 1. Identificação do Serviço Hospital : Serviço: Endereço : Tel. Email: Fax : Director de Serviço : Inscrito no Colégio da

Leia mais

Unimed Vale do Paraíba - Federação Intrafederativa das Cooperativas Médicas CAMPOS DO JORDÃO

Unimed Vale do Paraíba - Federação Intrafederativa das Cooperativas Médicas CAMPOS DO JORDÃO Unimed Vale do Paraíba - Federação Intrafederativa das Cooperativas Médicas CAMPOS DO JORDÃO ANS nº 325015 Rua Tadeu Rangel Pestana, 128 Abernéssia Tel:(12)3668-8000 FAX:(12) 3668-8001 Email: diretoria@unimedcjcombr

Leia mais

Diretor técnico: DIEGO ARAGÃO DE SIQUEIRA (CRM: )

Diretor técnico: DIEGO ARAGÃO DE SIQUEIRA (CRM: ) Relatório de Fiscalização Diretor técnico: DIEGO ARAGÃO DE SIQUEIRA (CRM: 23.762) Por determinação deste Conselho fomos ao estabelecimento acima citado verificar suas condições de funcionamento. Tal vistoria

Leia mais

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA

PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA PROGRAMA DE RESIDÊNCIA MÉDICA EM CLÍNICA MÉDICA 2016 Programa de Residência Médica em Clínica Médica 2016 Unidade: Hospital Copa D Or Diretor de Ensino e Coordenador Geral da Residência Médica: Dr Arnaldo

Leia mais

Data para Horária. Classificação

Data para Horária. Classificação Carga Cargo Data para Horária Classificação Turma/Horário Qtd ( I ) Apresentação Agente Administrativo 40 1º ao 20º 10/9/2014 C/14h00 20 Almoxarife - Diurno 44 1º ao 12º 10/9/2014 C/14h00 12 Assistente

Leia mais

Cnes - Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Sáude

Cnes - Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Sáude Page 1 of 6 MINISTÉRIO DA SAÚDE SECRETÁRIA DE ATENCÃO À SAÚDE 30/8/2010 DATA CNES - CADASTRO NACIONAL DE ESTABELECIMENTOS DE SAÚDE IMPRESSÃO DA FICHA REDUZIDA Identificação CADASTRADO NO CNES EM: 21/3/2002

Leia mais

C L A S S I F I C A D O S P A R A A 2ª F A S E (Ref: 2016)

C L A S S I F I C A D O S P A R A A 2ª F A S E (Ref: 2016) Concurso: 800 ANGIORRADIOLOGIA E CIRURGIA Inscrição ENDOVASCULAR Adicional PROVAB Nota Media - Desvio Padrao = 2,9149 1113 1453 1578 1786 2024 Concurso: 74 CANCEROLOGIA CLINICA Inscrição Adicional PROVAB

Leia mais

Tabela TUSS Diárias e Taxas

Tabela TUSS Diárias e Taxas TUSS 6.00.00.015 DIÁRIA COMPACTA DE APARTAMENTO COM ALOJAMENTO CONJUNTO 18 TUSS 6.00.00.023 DIÁRIA COMPACTA DE APARTAMENTO LUXO 18 TUSS 6.00.00.031 DIÁRIA COMPACTA DE ISOLAMENTO DE APARTAMENTO LUXO 18

Leia mais

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015

PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015 PRESTAÇÃO DE CONTAS FEVEREIRO/2015 11/03/2015 HOSPITAL ESTADUAL ROCHA FARIA CAMPO GRANDE / RJ V. Relatório referente ao Contrato de Gestão 30/2012 sobre os serviços assistenciais da Maternidade, Odontologia

Leia mais