DETERMINAÇÃO DE FÓRMULAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DETERMINAÇÃO DE FÓRMULAS"

Transcrição

1 DETERMINAÇÃO DE FÓRMULAS FÓRMULA PERCENTUAL 01) (FEI-SP) O carbonato de sódio é formado por 40% de cálcio, 12% de carbono e x% de oxigênio (% em massa). Em 50 g do referido sal, a quantidade de oxigênio é igual a: a) 8 g b) 16 g c) 24 g d) 32 g e) 48 g 02) (UFSCAR-SP-2002) O Cipro (ciprofloxacino) é um antibiótico administrado por via oral ou intravenosa, usado contra infecções urinárias e, recentemente, seu uso tem sido recomendado no tratamento do antraz, infecção causada pelo microorganismo 'Bacillus anthracis'. A fórmula estrutural deste antibiótico é mostrada na figura. a) Qual a fórmula molecular deste antibiótico? b) Qual a porcentagem em massa de carbono? 03) (FEI-SP) A análise de uma amostra de carbonato de cálcio mostrou que ela contém 34,0% de cálcio. As massas atômicas do Ca, O e C são respectivamente 40u, 16u e 12u. Desses dados, pode-se concluir que a amostra em questão: a) tem grau de pureza de 50%. b) apresenta 48% de oxigênio. c) o carbonato de cálcio é puro (100%). d) contém, no máximo, 85% de CaCO 3. e) apresenta 12% de carbono. 04) (UNICAMP-SP) O ácido acetilsalicílico, C 9 H 8 O 4, é uma substância muito empregada em medicamentos antitérmicos e analgésicos. Uma indústria farmacêutica comprou uma certa quantidade de ácido acetilsalicílico para usá-lo em uma de suas formulações. Como de praxe, para verificar a pureza do material, foi feita a análise química que indicou um teor de carbono de 50%. O produto comprado estava puro? Justifique. Dadas Massas Atômicas: C = 12, H = 1 e O = 16 (em u) 05) (MACKENZIE-SP-1997) No freon, (CCl 2 F 2 ), a porcentagem, em massa, de carbono, é: [Massa molar (g/mol): C = 12; Cl = 35; F = 19] a) 12 % b) 10 % c) 1 % d) 66 % e) 20 % 06) (VUNESP-SP-1990) O nitrato de amônio é utilizado em adubos como fonte de nitrogênio. A porcentagem em massa de nitrogênio no NH 4 NO 3 é (Massas atômicas: N = 14; H = 1; O = 16) a) 35 % b) 28 % c) 17,5 % d) 42,4 % e) 21,2 % 07) (VUNESP-SP-1996) A porcentagem em massa de carbono no clorofórmio, CHCl 3, é (massas molares, em g/mol: H=1; C=12, Cl=35,5): a) 1 %. b) 10 %. c) 12 %. d) 24 %. e) 50 %. 08) (MACKENZIE-SP-1997) No colesterol, cuja fórmula molecular é C 27 H 46 O, a porcentagem de hidrogênio é aproximadamente igual a: Dados: Massa molar (g/mol): C = 12 ; H = 1 ; O = 16 a) 46 % b) 34 % c) 12 % d) 1 % e) 62 %

2 09) (ITAPETININGA-SP) Considerando-se as massas atômicas Cu = 64, S = 32, O = 16 e H = 1, a porcentagem de água no CuSO 4.5 H 2 O é de: a) 5% b) 36 % c) 90 % d) 25 % e) 50 % 10) (PUC-MG) A porcentagem de oxigênio presente na molécula de butanona, C 4 H 8 O, é: a) 10,15% b) 16,36 % c) 22,22 % d) 40,20 % e) 51,50 % 11) Qual a porcentagem de enxofre existente na molécula de SO 2? (Dados: O = 16 e S = 32) a) 64 % b) 20,4 % c) 40 % d) 50 % e) 100 % 12) (UECE-CE) Uma amostra de creme dental contém fluoreto estanoso, SnF 2, como aditivo. A análise de uma amostra de 78,5 g (tubo de pasta) mostrou a existência de 0,076 g de flúor. A porcentagem de SnF 2 nessa amostra é de: a) 0,1 % b) 0,2 % c) 0,4 % d) 0,5 % e) 0,8 % 13) (FEI-SP-1993) Dentre os poluentes não biodegradáveis destaca-se o DDT, cuja estrutura está representada a seguir. A fórmula centesimal desse composto é: Dados: H = 1,0 u; C = 12,0 u; Cl = 35,5 u a) C(47,4%) Cl(50,1%) H(2,5%) b) C(60%) Cl(25%) H(15%) c) C(8,6%) Cl(90,7%) H(0,7%) d) C(17,2%) Cl(31,8%) H(51%) e) C(34,5%) Cl(63,7%) H(1,8%) 14) (FUVEST-SP) A respeito do glutamato de sódio (NaC 2 H 8 O 4 N) e cloreto de sódio (NaCl), usados em alimentos, responda (Dados Massas Molares em g/mol: H = 1, C = 12, N = 14, O = 16, Na = 23 e Cl = 35,5) a) Quantos elementos químicos diferentes constituem o sal orgânico? b) Qual a porcentagem em massa, de sódio contido no sal inorgânico? 15) (UFC-CE) Quando aquecemos 1,63 g de zinco, ele se combina com 0,4 g de oxigênio para formar um óxido de zinco. A composição centesimal do composto é: a) 80,0% de zinco e 17,0% de oxigênio b) 80,3% de zinco e 19,7% de oxigênio c) 20,0% de zinco e 80,0% de oxigênio d) 40,0% de zinco e 60,0% de oxigênio 16) (UFRJ-2001) Nitrogênio é um dos elementos mais importantes para o desenvolvimento das plantas. Apesar dos processos naturais de fornecimento do mesmo, grande parte necessária para a agricultura é suprida através da adição de fertilizantes. Tais fertilizantes são comercializados sob forma de uréia, sulfato de amônio e nitrato de amônio. A tabela a seguir apresenta os preços desses fertilizantes por tonelada. Dados Massas molares (g/mol): H=1,0; N=14,0; O=16,0; S=32,0

3 Com base na proporção (em massa) de nitrogênio em cada um dos fertilizantes, indique qual deles é o mais barato? Justifique. 17) (São Judas-SP-1997) O índigo, um corante natural muito usado na antigüidade, é hoje difundido no mundo todo e aceito entre os jovens. Por isso é o responsável pelo sucesso dos ''jeans''. Em função de sua fórmula estrutural espacial abaixo, podemos afirmar que o composto apresenta: (Dados Massas atômicas: H=1, C=12, N=14 e O=16) a) 8,38% de hidrogênio b) 12,21% de oxigênio c) 24,42% de carbono d) 12,21% de nitrogênio e) 83,84% de carbono 18) (UFES-ES-2002) A estreptomicina é um antibiótico que tem ação sobre bactérias tanto Gram positivas como Gram negativas. Sabendo-se que a fórmula molecular da estreptomicina é C 21 H 39 N 7 O 12 pode-se afirmar que a percentagem em massa de carbono na molécula, aproximadamente, é: a) 20,0% b) 26,6% c) 43,4% d) 46,4% e) 50,1% 19) (UFMG-MG-1994) A combinação de dois aminoácidos forma um dipeptídeo, o aspartame, que é um adoçante 150 vezes mais potente que a sacarose.

4 (Dados: H = 1; C = 12; N = 14; O = 16) CALCULE a percentagem de carbono e de nitrogênio neste composto. 20) (CESGRANRIO-RJ-1994) A síntese da aspirina (ácido acetil-salicílico) foi uma das maiores conquistas da indústria farmacêutica. Sua estrutura é: Qual a porcentagem em massa de carbono na aspirina? Dados: Massas molares: C = 12 g/mol; O = 16 g/mol; H = 1 g/mol a) 20 % b) 40 % c) 50 % d) 60 % e) 80 % 01) C 02) a) C 17 H 18 N 3 O 3 F; b) 61,8% 03) D 04) C 9 H 8 O 4 M = 180 g/mol 180 g de ác. Acetilsalicílico 100% 108 g de Carbono X X = 60 % de C Conclusão: o produto comprado não estava puro. GABARITO 05) B 06) A 07) B 08) C 09) B 10) C 11) D 12) A 13) A 14) a) o sal orgânico apresenta 5 elementos químicos. b) 58,5 g de NaCl 100 % 23 g de Na X X = 39,3 % 15) B 16) 1. Percentagem de Nitrogênio em massa em cada fertilizante: Uréia: 28/60 x 100 = 47% Sulfato de amônio: 28/132 x 100 = 21% Nitrato de amônio: 28/80 x 100 = 100 = 35%

5 2. Preços dos fertilizantes por mol: Uréia: 10 6 g/60= mols R$230,00 / =R$0,0138 por mol Sulfato de amônio: 10 6 g/132=7.576 mols R$210,00 / 7.576=R$0,0277 por mol Nitrato de amônio: 10 6 g/80= mols R$335,00 / =R$0,0268 por mol Ou seja, o mais barato é a uréia que além de ter o menor custo por mol, também apresenta a maior percentagem de nitrogênio. (Comentário: em seguida o nitrato de amônio, e por fim, o mais caro, o sulfato de amônio.) 17) B 18) C 19) %C = 57,14% ; %N = 9,52% 20) D FÓRMULA MÍNIMA, EMPÍRICA OU ESTEQUIOMÉTRICA FÓRMULA MOLECULAR 01) (FEI-SP) Um sal hidratado de sódio apresenta a seguinte composição centésima (em massa): sódio = 14,3%; enxofre = 10,0%, oxigênio = 19,9% e água = 55,8% Dados (MA em u): H = 1; O = 16, Na = 23 e S =32. Pede-se calcular: a) a fórmula mínima do sal; b) o nome oficial do sal. 02) (VUNESP-SP-2001) A massa de 0,239g de um cloreto de alquila, quando vaporizada a 127 C e pressão de 1 atmosfera, ocupou um volume de 65,6 mililitros. Dados o volume molar do gás ideal (127 C, 1atm)=32,8L e massas molares, em g/mol: H=1,0; C=12,0; C=35,5, e considerando comportamento ideal para o vapor, pode-se dizer que a fórmula do haleto de alquila é: a) CH 3 Cl. b) CH 2 Cl 2. c) C 2 H 4 Cl 2. d) CCl 4. e) CHCl 3. 03) (UFSCAR-SP-2001) Cianogênio, um gás tóxico, é composto de 46,2% de C e 53,8% de N, em massa. A 27 C e 750torr, a massa de 1,04g de cianogênio ocupa um volume de 0,496L. (Massas molares em g/mol: C=12; N=14; PV=nRT; R = 62 L.torr.mol -1.K -1 ; 0 C=273K.) A fórmula molecular do cianogênio é: a) CN. b) CN 2. c) C 2 N. d) C 2 N 2. e) C 3 N 2. 04) (UNITAU-SP-1995) Sabendo-se que um composto mineral apresenta a seguinte composição centesimal: Na=27,06%; N=16,47% e O=56,47% e que existe nesse composto somente um átomo de sódio, calcular a sua fórmula molecular. (Dados: N = 14; O = 16; Na = 23) 05) (MACKENZIE-SP-1996) A fórmula mínima de um composto formado por nitrogênio e hidrogênio, cuja análise de 32 g de uma amostra revelou a presença de 87,5% (% em massa) de nitrogênio, é: [Dadas as massas molares (g/ mol): N=14 e H=1] a) N 2 H 3. b) N 2 H 4. c) NH 3. d) NH 2. e) NH. 06) Abaixo estão relacionadas as fórmulas de cinco substâncias: I) CH 4 II) C 2 H 6 III) C 3 H 6

6 Quais substâncias têm a mesma fórmula mínima? IV) C 4 H 8 V) C 5 H 12 a) I, III e V. b) II, V. c) III, IV. d) I, II. e) III, V. 07) Uma substância possui fórmula mínima C 4 H 5 N 2 O e massa molecular 194. O número de átomos de nitrogênio, contidos em uma única molécula da substância, vale: (Dados: C = 12, H = 1, N = 14 e O = 16) a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5 08) A composição centesimal de uma substância orgânica é 40% de carbono, 6,66% de hidrogênio e 53,3% e oxigênio. Se sua massa molecular é 180, sua fórmula molecular é: (Dados: O = 16, C = 12 e H = 1) a) C 8 H 4 O 5 b) C 6 H 12 O 6 c) C 5 H 8 O 7 d) C 7 H 16 O 5 e) C 4 H 4 O 8 09) (PUCCAMP-SP) A combustão realizada a altas temperaturas é um dos fatores da poluição do ar pelos óxidos de nitrogênio, causadores de afecções respiratórias. A análise de 0,5 mol de um desses óxidos apresentou 7,0 g de nitrogênio e 16 g de oxigênio. Qual a sua fórmula molecular? (Dados: N = 14 e O =16) a) N 2 O 5 b) N 2 O 3 c) N 2 O d) NO 2 e) NO 10) (UNITAU-SP) Um composto apresenta a seguinte composição centesimal: C = 40,0%; H = 13,3% e N = 46,6% A massa molecular desse composto é igual a 60. Determinar a sua fórmula molecular. (Dados: C = 12, H = 1 e N = 14) 11) (VUNESP-SP-1989) A nicotina contém 73,5% de carbono, 8,6% de hidrogênio e 17,3% de nitrogênio. Sabe-se que este composto contém dois átomos de nitrogênio por molécula. Quais são as fórmulas empírica e molecular da nicotina. Dados Massas atômicas: C = 12; H = 1; N = 14 12) Um hidrocarboneto de massa molecular 72 apresenta 83,3% em massa de carbono. (Dados: H =1 e C = 12) a) Calcule a fórmula molecular do hidrocarboneto. b) Calcule o número total de átomos existentes em 7,2 g desse composto. 13) A análise de um composto revelou que ele contém 0,5 mol de átomos de carbono, 6 x átomos de H e 8 g de oxigênio. A sua fórmula mínima e sua fórmula molecular, sabendo-se que sua massa molecular é 90, são: (dados: C = 12, H = 1, O = 16) a) CH 2 O C 6 H 12 O 6 b) CH 2 O C 3 H 6 O 3 c) C 2 HO 2 C 3 H 6 O 3 d) CHO 2 C 3 H 6 O 3 e) CHO C 3 H 3 O 3

7 14) Um composto é formado exclusivamente por carbono, hidrogênio e cloro. Uma amostra com 6 x moléculas deste composto contém 36 x átomos de carbono, 30 x átomos de hidrogênio e 6 x átomos de cloro. A fórmula molecular do composto é: a) CHCl b) C 2 H 3 Cl 2 c) C 3 H 3 Cl 3 d) C 6 H 5 Cl e) C 36 H 30 Cl 6 15) Qual a fórmula molecular de uma substância gasosa que contém 46,1% de C e 53,9% de N? Sabe-se que 2,60 g dessa substância ocupam 1,12 L nas CNTP. (Dados: C = 12 e N = 14) As questões 16 e 17 referem-se a uma substância com a seguinte composição centesimal: 87,5% de N e 12,5% de H. (Dados: H = 1 e N = 14) 16) A fórmula mínima da substância é: a) N 2 H 4 b) N 2 H 3 c) NH 2 d) NH 3 e) NH 17) A massa, em gramas, do hidrogênio em 1,00 g da substância é igual a: a) 12,5 x 10 3 b) 12,5 x 10 2 c) 12,5 x 10 1 d) 12,5 x 10-1 e) 12,5 x ) Sabendo que 6 x moléculas de aspirina pura (AAS), usado como antitérmico, pesam 0,18 g e que sua composição centesimal é: 69,7% de carbono, 5,15% de hidrogênio e 41,23% de oxigênio, pode-se afirmar corretamente que sua fórmula molecular é: (Dados: H = 1, C = 12 e O = 16) a) C 4 H 4 O 2 b) C 9 H 8 O 4 c) C 8 H 4 O 4 d) C 5 H 4 O 4 e) C 5 H 10 O 5 19) Um composto contém 72,4% de A e 27,6% de B. Sabendo-se que as massas atômicas de A e B são, respectivamente, 36,2 e 9,2, a fórmula empírica do composto será: a) AB b) A 2 B 3 c) A 3 B 4 d) A 2 B e) AB 2 20) A fórmula mínima do limoneno, composto encontrado na casca da laranja, é C 5 H 8. Sendo sua massa molecular igual a 136, sua fórmula molecular é: (Dados: H = 1 e C = 12) a) C 15 H 24 b) C 20 H 32 c) C 25 H 40 d) C 5 H 8 e) C 10 H 16 21) Qual a fórmula molecular de um óxido de fósforo que apresenta 43,6% de fósforo e 56,4% em massa de oxigênio e massa molecular 284. (Dados: O = 16 e P = 31) a) P 2 O b) P 4 O 10 c) P 2 O 3 d) P 3 O 2 e) P 2 O 2 22) (UFF-RJ) Foram aquecidos 1,83 g de uma amostra de Al 2 (SO 4 ) 3 hidratado, até que toda água fosse eliminada. A amostra anidra pesou 0,94 g. Determine a fórmula molecular do sal hidratado. (Dados: O = 16, Al = 27, S = 32 e H =1) 23) O carbonato de sódio hidratado apresenta 45,69% em peso de Na 2 CO 3 e 54,31% em peso de H 2 O. Qual a fórmula molecular do carbonato de sódio hidratado? (Dados: Na = 23, C = 12, O =16 e H = 1)

8 24) A fórmula do composto que encerra 28% em massa de Fe, 24% em massa de S e 485 em massa de O, é: (Dados: O = 16, S = 32 e Fe = 56) a) FeSO 4 b) Fe 2 (SO 4 ) 3 c) Fe 3 O 4 d) FeSO 3 e) Fe 2 S 3 25) A fórmula mínima de um óxido que possui 63,22% de manganês em massa é: (Dados: Mn = 55 e O = 16) a) MnO b) MnO 2 c) Mn 2 O 3 d) Mn 3 O 4 e) Mn 2 O 7 26) A fórmula mínima do sulfato duplo de alumínio e potássio hidratado é AlKS 2 H 24 O 20. Quantas moléculas de água participam dessa fórmula? a) 12 b) 14 c) 16 d) 18 e) 20 27) A análise de uma certa porção de hemoglobina revelou que esta possui uma porcentagem em massa de ferro igual a 0,335%. Admitindo-se que a molécula de hemoglobina tenha apenas um átomo de ferro, qual será a sua massa molecular? (Dado: Fe = 56) a) 5,56 x 10 2 b) 5,56 x 10 3 c) 1,67 x 10 4 d) 1,87 x 10 5 e) 1,00 x ) (FUVEST) Determinado óxido de nitrogênio é constituído de molécula N 2 O X. Sabendo-se que 0,152 g de óxido contém 1,20 x moléculas, o valor de X é: (Dados: N = 14 e O = 16) a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 29) A hidrazina, substância usada como combustível em foguetes, apresenta fórmula mínima NH 2. Sabendose que 4,48 L de hidrazina gasosa, nas CNTP, pesam 6,4 g, pode-se deduzir que sua fórmula molecular é: (Dado: N = 14 e H = 1) a) NH 2 b) NH 3 c) NH 4 d) N 2 H 5 e) N 2 H 4 30) (UNICAMP-SP) Um balão contém 1,31 g de oxigênio gasoso, O 2, e outro balão, de mesmo volume, contém 1,72 g de hidrocarboneto gasoso, ambos à mesma temperatura. (Dados: H = 1, C = 12 e O = 16) a) Qual a massa molecular do hidrocarboneto? b) Sabendo-se que a fórmula mínima do hidrocarboneto é CH 2, calcule sua fórmula molecular. 31) (UNICAMP-SP) Sabe-se que 1,0 mol de um composto contém 72g de carbono(c), 12 mols de átomos de hidrogênio(h) e 12x10 23 átomos de oxigênio(o). Admitindo-se o valor da constante de Avogadro como sendo 6,0x10 23 mol -1 e com base na Classificação Periódica dos elementos, escreva: a) A fórmula molecular do composto. b) A fórmula mínima do composto. 32) (IME-1996) O nitrogênio forma cinco diferentes óxidos. A análise centesimal de amostras desses óxidos forneceu os resultados a seguir:

9 Dados: massas atômicas: O= 16,00, N= 14,00 Determine, a partir destes dados a fórmula mínima de cada um. 33) (VUNESP-SP) Ferritas são compostos com propriedades magnéticas e utilizados em componentes eletrônicos. A análise química de uma ferrita forneceu os resultados: Mg=12%; Fe=56%; O=32% (Massas atômicas: Mg=24; Fe=56; O=16). Determinar a fórmula mínima da ferrita. 34) A determinação da fórmula mínima através da análise elementar é importante na determinação da fórmula molecular das substâncias químicas. Uma substância de massa molecular 200 contém 72% de carbono, 16% de oxigênio e 12% de hidrogênio. Qual a sua fórmula molecular? Massas molares (g/mol): H = 1,0; C = 12,0; O = 16,0 a) C 13 H 28 b) C 10 H 16 O 4 c) C 3 H 6 O 3 d) C 9 H 12 O 5 e) C 12 H 24 O 2 35) (FGV-SP-2000) Uma determinada substância apresenta, em massa, 43,4% de sódio, 11,3% de carbono e 45,3% de oxigênio. Sua fórmula molecular será: (Dados Massas molares em g/mol: Na=23, C=12 e O=16) a) Na 2 CO. b) Na 2 CO 5. c) Na 2 C 2 O 4. d) Na 2 CO 3. e) Na 2 C 2 O 7. 36) (UFAL-AL-2000) Num composto formado por alumínio, magnésio e oxigênio, para cada 0,703 mol de átomos de magnésio, há 1,406 mol de átomos de alumínio e 2,812 mol de átomos de oxigênio. A fórmula empírica (mínima) desse composto é a) MgAl 2 O 4 b) MgAl 2 O 3 c) MgAlO 4 d) Mg 2 AlO 3 e) Mg 2 AlO 4 37) (PUC-PR-2003) Determine a fórmula molecular de um composto que apresenta 46,67% de silício e 53,33% de oxigênio em sua composição. Dados: M (Si) = 28,00 g/mol; M (O) = 16,00 g/mol a) Si 3 O 2 b) SiO c) Si 2 O 3 d) Si 2 O e) SiO 2 38) (UNIFESP-SP-2003) Estanho e iodo reagem quantitativamente formando um produto, cuja fórmula pode ser determinada reagindo-se quantidades conhecidas de iodo (dissolvido em um solvente) com excesso de estanho e determinando-se a massa do metal remanescente após a reação. Os resultados de uma experiência foram: massa de iodo utilizado: 5,08 g massa inicial de estanho: 4,18 g massa final de estanho: 3,00 g Dadas as massas molares, em g/mol, Sn=118 e I=127, pode-se concluir que a fórmula mínima do composto obtido é a) SnI. b) SnI 2. c) SnI 3. d) SnI 4. e) SnI 5.

10 39) (UFF-RJ-2002) No combate à dor e à febre, um medicamento muito utilizado é a aspirina, cuja composição centesimal é: C=60,00%, H=4,44% e O=35,56%. Sabendo-se que em uma amostra de aspirina com 0,18 g de massa existem 6, moléculas, conclui-se que a fórmula molecular desse composto é: a) C 9 H 6 O 3 b) C 8 H 4 O 5 c) C 10 H 12 O 3 d) C 9 H 8 O 4 e) C 8 H 8 O 4 40) (UFF-RJ-2002) A dieta que um endocrinologista recomendou para um paciente permite a ingestão diária de 300 g de determinado alimento que contém 0,17% de carboidrato, cuja queima diária libera 2kcal. Tal carboidrato contém 40,0% de carbono, 6,67% de hidrogênio e seu calor de combustão é 706,0 kcal.mol -1. Determine a fórmula molecular desse carboidrato. 41) (UFF-RJ-2002) Por muitos anos, os aborígenes da Austrália usaram folhas de eucalipto para combater dores, em particular, a de garganta. O componente ativo dessas folhas foi identificado como EUCALIPTOL, cuja massa molar é 154,0 g. Ao se analisar uma amostra de eucaliptol com 3,16 g, encontrou-se o seguinte resultado: C=2,46g; H=0,37g; O=0,33 g. Considere essas informações e determine a fórmula molecular do eucaliptol. 42) (PUC-MG-2000) Nos quinhentos anos de Brasil, não se pode deixar de relembrar que o nome da Pátria e o nosso gentílico brasileiro têm origem na árvore pau-brasil, que foi extraída das nossas matas, até quase à extinção, para se obter tinta, na época do Brasil Colônia. A matéria corante do pau-brasil tem nome de "brasilina", apresenta massa molar de 284 g/mol, é empregada como corante e indicador na análise volumétrica. Considerando que apresenta C = 67,60% e H = 4,23%, sua fórmula molecular é: (Dadas Massas Atômicas: C = 12, H = 1 e O = 16) a) C 14 H 20 O 6 b) C 16 H 12 O 5 c) C 13 H 16 O 7 d) C 20 H 44 e) C 16 H 14 O 6 43) (UNICENP-PR-1999) O benzeno da fórmula molecular C 6 H 6 é um líquido incolor, de odor agradável, bastante volátil, cujos vapores são tóxicos.o benzeno tem a mesma fórmula mínima que o: Fórmula molecular a) etano C 2 H 6 b) buteno C 4 H 8 c) acetileno C 2 H 2 d) metano CH 4 e) etanol C 2 H 5 OH GABARITO 01) Em 100 g do sal teremos: 14,3 g de Na; 10 g de S; 19,9 g de O e 55,8 g de H 2 O Calculando o número de mols ficamos:

11 14,3 0,62 Na = = = , ,31 S = = = ,31 19,9 1,24 O = = = ,31 55,8 3,10 H2O = = = ,31 Portanto a fórmula mínima ficou: Na 2 SO 4.10 H 2 O b) sulfato de sódio decahidratado. 02) E 03) D 04) NaNO 3 05) D 06) C 07) D 08) B 09) D 10) C 2 H 8 N 2 11) Fórmula mínima: C 5 H 7 N e Fórmula molecular: C 10 H 14 N 2 12) a) C 5 H 12 M = 72 g/mol; b) 1,7 mol de átomos 13) B 14) D 15) 2,60 g 1,12 L (CNTP) X 22,4 L (CNTP) X = 52 g/mol 46,1 C= = 3, ,9 N= = 3,85 14 Fórmula mínima: CN M = 26 g/mol Fórmula molecular: C 2 N 2 M = 52 g/mol 16) C 17) E 18) B 19) B 20) E 21) B 22) Al 2 (SO 4 ) 3.18 H 2 O 23) Na 2 CO 3.7 H 2 O 24) B 25) B 26) A 27) C 28) C 29) E 30) a) Sabendo-se que os gases encontram-se à mesma temperatura, ocupam o mesmo volume, logo apresentam a mesma pressão. Neste caso utilizaremos a equação P.V = m/mol.r.t para os dois gases: Mol O 2 /m O 2 = R. T/P. V Mol CH/m CH = R. T/P. V igualando as equações ficaremos com: 32/1,31 = Mol CH/1,72 Mol CH = 42 g/mol ou MM CH = 42 u b) Determinação da fórmula molecular (CH 2 ) X = 42 C X H 2X = 42 12x + 2x = 42

12 14x = 42 x = 3 Substituindo x por 3 em C X H 2X, ficamos com: C 3 H 6 (fórmula molecular) 31) a) C 6 H 12 O 2 ; b) C 3 H 6 O 32) 1- N 2 O; 2- NO; 3- N 2 O 3 ; 4- NO 2 ; 5- N 2 O 5 33) MgFe 2 O 4 34) E 35) D 36) A 37) E 38) D 39) D 40) C 6 H 12 O 6 41) C 10 H 18 O 42) B 43) C

Determinação de Fórmulas

Determinação de Fórmulas Determinação de Fórmulas EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UNICAMP-SP) O ácido acetilsalicílico, C 9 H 8 O 4, é uma substância muito empregada em medicamentos antitérmicos e analgésicos. Uma indústria farmacêutica

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Prof. João Neto

ESTEQUIOMETRIA. Prof. João Neto ESTEQUIOMETRIA Prof. João Neto 1 Lei de Lavoisier Leis Ponderais Lei de Dalton Lei de Proust 2 Fórmula molecular Fórmula mínima Tipos de Fórmulas Fórmula eletrônica ou de Lewis Fórmula Centesimal Fórmula

Leia mais

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA PROFESSOR: RENIR DAMASCENO

EXERCÍCIOS DE QUÍMICA PROFESSOR: RENIR DAMASCENO 01. Ana, Lúcia, Renata e Fernanda participaram de uma olimpíada química. A vencedora foi a que apresentou o objeto com maior número de átomos. O resultado foi registrado na tabela a seguir. PARTICIPANTES

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

Lista I de exercícios de estequiometria e balanceamento de equações Química Geral e Experimental I Prof. Hamilton Viana

Lista I de exercícios de estequiometria e balanceamento de equações Química Geral e Experimental I Prof. Hamilton Viana 1. O iso-octano é um combustível automotivo. A combustão desse material ocorre na fase gasosa. Dados a massa molar do iso-octano igual a 114g/mol, o volume molar de gás nas "condições ambiente" igual a

Leia mais

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ

QUÍMICA. 3. (FCC BA) A reação abaixo pode ser classificada como endotérmica ou exotérmica? Justifique H2(g) + ½ O2(g) H2O(g) + 242kJ QUÍMICA Prof. Arthur LISTA DE EXERCÍCIOS - 2.8: TERMOQUÍMICA 1. (UFMG-MG) O gás natural (metano) é um combustível utilizado, em usinas termelétricas, na geração de eletricidade, a partir da energia liberada

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

Exercícios 3º ano Química -

Exercícios 3º ano Química - Exercícios 3º ano Química - Ensino Médio - Granbery 01-ufjf-2003- Cada vez mais se torna habitual o consumo de bebidas especiais após a prática de esportes. Esses produtos, chamados bebidas isotônicas,

Leia mais

Questão 61. Questão 63. Questão 62. alternativa B. alternativa B. alternativa D

Questão 61. Questão 63. Questão 62. alternativa B. alternativa B. alternativa D Questão 61 A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). Essa solução ácida ataca o mármore, desprendendo gás carbônico, segundo a reação

Leia mais

Conteúdo para Recuperação Final de Química. 1 ano do Ensino Médio. Bimestre Apostila Tema Páginas

Conteúdo para Recuperação Final de Química. 1 ano do Ensino Médio. Bimestre Apostila Tema Páginas Conteúdo para Recuperação Final de Química 1 ano do Ensino Médio Bimestre Apostila Tema Páginas 1 1 2 Substâncias e átomos: tipos de substâncias, simples ou composta, íons, núcleo e eletrosfera, isótopos,

Leia mais

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático).

A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). 61 b A limpeza de pisos de mármore normalmente é feita com solução de ácido clorídrico comercial (ácido muriático). Essa solução ácida ataca o mármore, desprendendo gás carbônico, segundo a reação descrita

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico

Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico Leis Ponderais e Cálculo Estequiométrico 1. (UFF 2009) Desde a Antiguidade, diversos povos obtiveram metais, vidro, tecidos, bebidas alcoólicas, sabões, perfumes, ligas metálicas, descobriram elementos

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO Equação do Gás Ideal EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UFSCar-SP) Tem-se 0,8 mol de um gás ideal, ocupando o volume de 8,2 litros. Sabendo que a pressão exercida é de 5 atm, calcule em que temperatura o gás

Leia mais

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015

CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Informações de Tabela Periódica CONCURSO DE ADMISSÃO AO CURSO DE FORMAÇÃO E GRADUAÇÃO QUÍMICA CADERNO DE QUESTÕES 2014/2015 Folha de Dados Elemento H C N O F Al Cl Zn Sn I Massa atômica (u) 1,00 12,0 14,0

Leia mais

www.professormazzei.com Assunto: TERMOQUÍMICA Folha 3.1 Prof.: João R. Mazzei

www.professormazzei.com Assunto: TERMOQUÍMICA Folha 3.1 Prof.: João R. Mazzei 01- (FUVEST-1994) Considere a reação de fotossíntese (ocorrendo em presença de luz e clorofila) e a reação de combustão da glicose representadas a seguir: 6CO (g) + 6H O(l) ë C H O (s) + 6O (g) C H O (s)

Leia mais

Final 8 de Maio de 2010

Final 8 de Maio de 2010 Final 8 de Maio de 2010 Prova Teórica Nome:.... Escola:....... Pergunta Total Átomo, elemento e núcleo Contar os átomos Massa, moles e concentrações Equações Químicas Classificação teórica Classificação

Leia mais

Exercícios sobre Fórmula molecular, mínima e percentual

Exercícios sobre Fórmula molecular, mínima e percentual Exercícios sobre Fórmula molecular, mínima e percentual OBSERVAÇÃO: utilize, quando necessário, a tabela periódica para consultar massas atômicas. 01. (Uel) Você já sentiu o ardido de pimenta na boca?

Leia mais

Gavião Peixoto nº 124 Edifício Manhattan /

Gavião Peixoto nº 124 Edifício Manhattan / 1)Você já sentiu o ardido de pimenta na boca? Pois bem, a substância responsável pela sensação picante na língua é a capsaicina, substância ativa das pimentas. Sua fórmula estrutural está representada

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess

Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess Exercícios sobre Termoquímica- lei de hess 01. (Unesp - adaptada) Definir, ou conceituar, e discutir, usando exemplos quando julgar conveniente: a) entalpia molar padrão de formação de uma substância;

Leia mais

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com

Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Profa. Maria Fernanda - Química nandacampos.mendonc@gmail.com Testes para identificar a gravidez Como é possível identificar se uma mulher está grávida? Após os sintomas apresentados acima, normalmente

Leia mais

Leis Históricas da Estequiometria

Leis Históricas da Estequiometria Estequiometria A proporção correta da mistura ar-combustível para o motor de uma carro de corrida pode ser tão importante quanto a habilidade do piloto para ganhar a corrida. As substâncias químicas, como

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA Fixação 1) (PUC) A água oxigenada é uma solução de peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ) fortemente antis éptica por liberar O 2. Os percentuais,

Leia mais

Lista de Química 1º Bimestre Valor: 3,0 Nota:

Lista de Química 1º Bimestre Valor: 3,0 Nota: Professor (a): Diego Diniz F Gomes Disciplina Química Aluno (a): Série:2ª Data: / / 2015 Lista de Química 1º Bimestre Valor: 3,0 Nota: 01 - (FUVEST SP) Uma mistura de carbonato de amônio e carbonato de

Leia mais

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura

Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura Resumo das Funções Orgânicas e nomenclatura EXERCÍCIOS As questões 2 e 3 referem-se aos textos abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado as usinas de compostagem,

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio

ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio ROTEIRO DE ESTUDOS DE QUÍMICA 1 etapa/14 2 Série Ensino Médio Aluno (a): Turma n Mol Massa de átomos molécula, íons, mol e determinação de fórmula química Aspectos quantitativos das reações químicas. Relações

Leia mais

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão.

A) Escreva a equação que representa a semi-reação de redução e seu respectivo potencial padrão. QUÍMICA QUESTÃ 01 Aparelhos eletrônicos sem fio, tais como máquinas fotográficas digitais e telefones celulares, utilizam, como fonte de energia, baterias recarregáveis. Um tipo comum de bateria recarregável

Leia mais

Padrão de respostas às questões discursivas

Padrão de respostas às questões discursivas Padrão de respostas às questões discursivas A seguir encontram-se as questões das provas discursivas da 2ª ETAPA do Vestibular UFF 2011, acompanhadas das respostas esperadas pelas bancas. - Grupo A 1 a

Leia mais

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron.

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1,66.10-24 g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron. Cálculos Químicos MASSA ATÔMICA Na convenção da IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) realizada em 1961, adotou-se como unidade padrão para massa atômica o equivalente a 1/12 da massa

Leia mais

Lista de estequiometria 1. (Ufes) A decomposição térmica do carbonato de cálcio produz óxido de cálcio e dióxido de carbono. Decompondo-se 5,0g de carbonato de cálcio impuro e recolhendo-se todo o dióxido

Leia mais

Química - Grupo J - Gabarito

Química - Grupo J - Gabarito - Gabarito 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Informe a que volume deve ser diluído com água um litro de solução de um ácido fraco HA 0.10 M, de constante de ionização extremamente pequena (K

Leia mais

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias

Atividade complementar de Química. Substância pura e mistura de substâncias Atividade complementar de Química Substância pura e mistura de substâncias Educação de Jovens e Adultos Sobre as substâncias químicas, é importante que esteja claro, que todas as substâncias são constituídas

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO GRANDEZAS QUÍMICAS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 (UFSE-SE) 1,8.10 moléculas de uma substância A têm massa igual a 18,0 g. A massa molar de A, em g/mol, vale: (Dados: constante de Avogadro: 6.10 ) a) 18 b)

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS MATERIAL RETIRADO PARCIALMENTE OU NA INTEGRA DE LISTAS DE EXERCÍCIOS ENCONTRADAS NA INTERNET 1. Unifor-CE O metal potássio reage vigorosamente com água, produzindo hidrogênio

Leia mais

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3?

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? 02. O número de oxidação do manganês no permanganato de potássio (KMnO4) é:

Leia mais

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016

FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 FIEB FUNDAÇÃO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO DE BARUERI CURSINHO PREPARATÓRIO PARA VESTIBULARES PROVA DE QUÍMICA 2016 NOME: INSCRIÇÃO: RG: E-MAIL: TEL: INSTRUÇÕES Verifique se este caderno corresponde a sua opção

Leia mais

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO

ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS QUESTÕES É OBRIGATÓRIO IX Olimpíada Capixaba de Química 2011 Prova do Grupo II 2 a série do ensino médio Fase 02 Aluno: Idade: Instituição de Ensino: Coordenador da Instituição de Ensino: ATENÇÃO: O DESENVOLVIMENTO TEÓRICO DAS

Leia mais

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação

Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação Exercícios sobre Termoquímica- Energia de ligação 01. (Cesgranrio) Sendo dadas as seguintes entalpias de reação: C (s) C (g) H = + 170,9 kcal/mol 2 H 2 (g) 4H (g) H = + 208,4 kcal/mol C (s) + 2 H 2 (g)

Leia mais

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria Grandezas Químicas e Estequiometria Criando base 1 - Em 100 gramas de alumínio, quantos átomos deste elemento estão presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 mol = 6,02 x 10 23 átomos a) 3,7 x 10 23 b) 27 x

Leia mais

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS

FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS FÓRMULAS ESTRUTURAIS DOS ÁCIDOS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escreva as fórmulas estruturais dos ácidos: a) HBr b) HClO 3 c) HNO 3 d) H 2 SO 3 e) H 3 AsO 4 f) H 4 P 2 O 7 02 Retirando-se os hidrogênios ligados

Leia mais

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira

Prova de Química Resolvida Segunda Etapa Vestibular UFMG 2011 Professor Rondinelle Gomes Pereira QUESTÃO 01 Neste quadro, apresentam-se as concentrações aproximadas dos íons mais abundantes em uma amostra de água típica dos oceanos e em uma amostra de água do Mar Morto: 1. Assinalando com um X a quadrícula

Leia mais

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2

Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 11 Segundo a Portaria do Ministério da Saúde MS n.o 1.469, de 29 de dezembro de 2000, o valor máximo permitido (VMP) da concentração do íon sulfato (SO 2 4 ), para que a água esteja em conformidade com

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA

Pág. 1. COMISSÃO PERMANENTE DE SELEÇÃO - COPESE PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO - PROGRAD CONCURSO VESTIBULAR 2009 2ª Fase PROVA DE QUÍMICA Questão 1: As bebidas alcoólicas contêm etanol e podem ser obtidas pela destilação do álcool (ex. whiskey e vodka) ou pela fermentação de uma variedade de produtos como frutas e outros vegetais (ex. vinho

Leia mais

ASSUNTO: LEIS BÁSICAS DA QUÍMICA (LAVOISIER, PROUST E DALTON) PROF. KELTON WADSON OLIMPIADA: NÍNEL II EXERCÍCIOS

ASSUNTO: LEIS BÁSICAS DA QUÍMICA (LAVOISIER, PROUST E DALTON) PROF. KELTON WADSON OLIMPIADA: NÍNEL II EXERCÍCIOS ASSUNTO: LEIS BÁSICAS DA QUÍMICA (LAVOISIER, PROUST E DALTON) PROF. KELTON WADSON OLIMPIADA: NÍNEL II EXERCÍCIOS 1. Duas amostras de carbono, C, de massas iguais, foram totalmente queimadas separadamente,

Leia mais

Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita)

Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita) Matriz - Prova de recuperação modular- Cursos profissionais Física e Química- Módulo Q3- Reações Químicas Duração da Prova: 90 min (prova escrita) O presente documento divulga informação relativa à prova

Leia mais

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza

Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza Lista de Exercícios 4 Indústrias Químicas Resolução pelo Monitor: Rodrigo Papai de Souza 1) a-) Calcular a solubilidade do BaSO 4 em uma solução 0,01 M de Na 2 SO 4 Dissolução do Na 2 SO 4 : Dado: BaSO

Leia mais

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2

Nas condições citadas, a equação global corretamente balanceada da eletrólise da água é: b) H 2 + O 2. d) 2H 2 QUÍMICA As questões 31 e 32 referem-se às informações abaixo. Por contribuir para a preservação ambiental, o uso do gás hidrogênio, como combustível economicamente viável, já está sendo considerado como

Leia mais

Prof. Agamenon Roberto CÁLCULOS E MASSAS www.agamenonquimica.com 1

Prof. Agamenon Roberto CÁLCULOS E MASSAS www.agamenonquimica.com 1 Prof. Agamenon Roberto CÁLCULOS E MASSAS www.agamenonquimica.com 1 EXERCÍCIOS DE APROFUNDAMENTO 01) (SSA 2008) Analise as afirmativas abaixo e assinale a alternativa VERDADEIRA. a) O número de Avogadro

Leia mais

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química.

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química. 01 O processo A é físico. Não há transformação das espécies químicas apresentadas, ou seja, é um processo de mistura sem que haja a ocorrência de reação química. O processo B é químico. Ocorre uma recombinação

Leia mais

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO.

U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. U N I V E R S I D A D E F E D E R A L D E M I N A S G E R A I S QUÍMICA Prova de 2 a Etapa SÓ ABRA QUANDO AUTORIZADO. Leia atentamente as instruções que se seguem. 1 - Este Caderno de Prova contém cinco

Leia mais

Leis das Reações Químicas. Introdução. Leis ponderais. Lei de Lavoisier. Lei de Dalton. Lei de Proust. SÉRiE. ENSiNO. PRÉ-UNIveRSITÁRIO PROFESSOR(a)

Leis das Reações Químicas. Introdução. Leis ponderais. Lei de Lavoisier. Lei de Dalton. Lei de Proust. SÉRiE. ENSiNO. PRÉ-UNIveRSITÁRIO PROFESSOR(a) SÉRiE Rumo ao ITA ENSiNO PRÉ-UNIveRSITÁRIO PROFESSOR(a) ALuNO(a) SÉRGIO MATOS SEDE Nº TC TuRma TuRNO DaTa / / QUÍMICA OSG: 55203/11 Leis das Reações Químicas Introdução As Leis das Reações Químicas, deduzidas

Leia mais

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks

Lista de Exercícios 1 Química Geral I Licenciatura em Química Prof. Udo Sinks 1. Qual parte da descrição de um composto ou de uma substância elementar se refere às suas propriedades físicas e qual se refere às suas propriedades químicas? (a) O líquido incolor etanol queima no ar.

Leia mais

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução

química FUVEST ETAPA Resposta QUESTÃO 1 QUESTÃO 2 c) Determine o volume adicionado da solução Química QUESTÃO 1 Um recipiente contém 100 ml de uma solução aquosa de H SO 4 de concentração 0,1 mol/l. Duas placas de platina são inseridas na solução e conectadas a um LED (diodo emissor de luz) e a

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS

EXERCÍCIOS RESOLVIDOS Estequiometria RELAÇÃO: MOLS MOLS EXERCÍCIOS RESOLVIDOS (UFBA-BA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a 01)Numa reação exotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a variação de entalpia é [3] que zero. Completa-se corretamente essa frase substituindo-se

Leia mais

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g

Resolução: 0,86ºC. x = 0,5 mol etanol/kg acetona. 0,5 mol 1000 g de acetona. 200 g de acetona. y = 0,1 mol de etanol. 1 mol de etanol (C 2 H 6 O) 46 g (ACAFE) Foi dissolvida uma determinada massa de etanol puro em 200 g de acetona acarretando em um aumento de 0,86 C na temperatura de ebulição da acetona. Dados: H: 1 g/mol, C: 12 g/mol, O: 16 g/mol. Constante

Leia mais

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada:

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: 1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) CO 2(g) + H 2 O (l) Quando se utilizam 5,0 mols de metanol nessa reação, quantos mols

Leia mais

QUÍMICA. Questão 31. Questão 32

QUÍMICA. Questão 31. Questão 32 QUÍMICA Questão 3 Em 9,9 g de um sal de cálcio encontra-se 0,5 mol desse elemento. Qual a massa molar do ânion trivalente que forma esse sal? Dado: Ca 40 g/mol. (A) 39 g/mol. (B) 278 g/mol. (C) 63,3 g/mol.

Leia mais

Preparação e padronização de uma solução 0,10 mol/l de ácido clorídrico

Preparação e padronização de uma solução 0,10 mol/l de ácido clorídrico Universidade Estadual de Goiás UnUCET - Anápolis Química Industrial Química Experimental II Preparação e padronização de uma solução 0,10 mol/l de ácido clorídrico Alunos: Bruno Ramos; Wendel Thiago; Thales

Leia mais

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol

2. (Ifsc 2014) A reação abaixo representa este processo: CO 3H H COH H O ΔH 12 kcal/mol 1. (Uel 2014) A gasolina é uma mistura de vários compostos. Sua qualidade é medida em octanas, que definem sua capacidade de ser comprimida com o ar, sem detonar, apenas em contato com uma faísca elétrica

Leia mais

29/03/ TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A

29/03/ TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A 29/03/2016 - TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A Texto para as questões 1 a 10: O permanganato de potássio (KMnO 4 ) é um forte agente oxidante. Em laboratório, pode ser empregado para

Leia mais

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº

2º trimestre Sala de Estudo Química Data: 29/05/17 Ensino Médio 2º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº º trimestre Sala de Estudo Química Data: 9/05/17 Ensino Médio º ano classe: A_B_C Profª Danusa Nome: nº Conteúdo: Termoquímica (Energia de ligação e Lei de Hess) Questão 01 - (FUVEST SP/017) Sob certas

Leia mais

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS

PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS 3 PROCESSO SELETIVO 2006 QUESTÕES OBJETIVAS QUÍMICA 01 - O dispositivo de segurança que conhecemos como air-bag utiliza como principal reagente para fornecer o gás N 2 (massa molar igual a 28 g mol -1

Leia mais

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares

Química. Resolução das atividades complementares. Q50 Forças intermoleculares Resolução das atividades complementares 4 Química Q50 Forças intermoleculares p. 15 1 (Unifor-CE) Considerando a natureza das ligações químicas intermoleculares existentes nas substâncias: Etanol C 2 H

Leia mais

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42

QUÍMICA QUESTÃO 41 QUESTÃO 42 Processo Seletivo/UNIFAL- janeiro 2008-1ª Prova Comum TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 41 Diferentes modelos foram propostos ao longo da história para explicar o mundo invisível da matéria. A respeito desses modelos

Leia mais

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima

TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima TC Revisão 2 Ano Termoquímica e Cinética Prof. Alexandre Lima 1. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

UFU 2010/1 ABERTAS (1ª FASE = ENEM)

UFU 2010/1 ABERTAS (1ª FASE = ENEM) UFU 2010/1 ABERTAS (1ª FASE = ENEM) 1-Leia o texto a seguir. Com o passar do tempo, objetos de prata escurecem e perdem seu brilho em decorrência da oxidação desse metalpelo seu contato com oxigênio e

Leia mais

ELETROQUÍMICA (Parte II)

ELETROQUÍMICA (Parte II) ELETROQUÍMICA (Parte II) I ELETRÓLISE A eletrólise é um processo de oxirredução não espontâneo, em que a passagem da corrente elétrica em uma solução eletrolítica (solução com íons), produz reações químicas.

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Nome: nº: Ensino: Curso Pré-Vestibular série/ano: Componente Curricular: Química Professor: Ricardo Honda Data: / / LISTA DE EXERCÍCIOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS 01. (FUVEST) O alumínio é obtido pela eletrólise

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 11/10/08 Nome: Gabarito Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Constantes: R 8,314 J mol -1 K -1 0,0821

Leia mais

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO

2a. prova Simulado 5 Dissertativo 27.09.06 QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO Simulado 5 Padrão FUVEST Aluno: N o do Cursinho: Sala: QUÍMICA INSTRUÇÕES PARA REALIZAÇÃO DO SIMULADO 1. Aguarde a autorização do fiscal para abrir o caderno de questões e iniciar a prova. 2. Duração da

Leia mais

Exercícios de Revisão

Exercícios de Revisão Exercícios de Revisão a) I, II, III b) II, III, I c) II, I, III d) III, I, II e) I, III, II 01) (PUC - SP) O conceito de elemento químico está mais relacionado com a idéia de: a) átomo. b) molécula. c)

Leia mais

De onde vêm as lágrimas?

De onde vêm as lágrimas? De onde vêm as lágrimas? É toda substância que, em solução aquosa, sofre dissociação, liberado pelo menos um cátion diferente de H + e um ânion diferente de OH -. a) Presença de oxigênio b) Sal não oxigenado

Leia mais

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM 3 QUANTIDADADES E MEDIDAS Gás Nobre para catalisar sua reação, vamos disponibilizar alguns exercícios com gabarito ao final de cada capítulo de estudo. Eles não fazem parte

Leia mais

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO. Determine os valores de x, y, z, w e k mencionando a(s) Lei(s) empregadas nestas determinações.

EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO. Determine os valores de x, y, z, w e k mencionando a(s) Lei(s) empregadas nestas determinações. Leis Ponderais EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 São anotados os seguintes valores nas experiências I, II e III Determine os valores de x, y, z, w e k mencionando a(s) Lei(s) empregadas nestas determinações.

Leia mais

Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos

Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos SOLUÇÕES Quando juntamos duas espécies químicas diferentes e, não houver reação química entre elas, isto é, não houver formação de nova(s) espécie(s), teremos uma MISTURA Quando na mistura tiver apenas

Leia mais

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS

IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS IONIZAÇÃO DOS ÁCIDOS NOMENCLATURA DOS ÂNIONS EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO 01 Escrever a equação de ionização (total) dos ácidos abaixo em solução aquosa, nomeando seu respectivo ânion. a) HCl b) HBrO 3 c) H

Leia mais

Tabel e a l P rió dica

Tabel e a l P rió dica Tabela Periódica Desenvolvimento histórico da Tabela Periódica Dmitri Mendeleev (1834-1907 ) Escreveu em fichas separadas as propriedades (estado físico, massa, etc) dos elementos químicos. Enquanto arruma

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA

ESTEQUIOMETRIA (Conceitos básicos) QUÍMICA A 1415 ESTEQUIOMETRIA ESTEQUIOMETRIA Estequiometria é a parte da Química que estuda as proporções dos elementos que se combinam ou que reagem. MASSA ATÓMICA (u) É a massa do átomo medida em unidades de massa atómica (u). A

Leia mais

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio?

a) Qual a configuração eletrônica do cátion do alumínio isoeletrônico ao gás nobre neônio? Questão 1: O Brasil é o campeão mundial da reciclagem de alumínio, colaborando com a preservação do meio ambiente. Por outro lado, a obtenção industrial do alumínio sempre foi um processo caro, consumindo

Leia mais

TERMOQUÍMICA. 6) O ΔH da reação H 2 O (g) H 2 (g) + ½ O 2 (g), calculado a partir dos dados da tabela abaixo, é igual a kj por mol de H 2 O (g).

TERMOQUÍMICA. 6) O ΔH da reação H 2 O (g) H 2 (g) + ½ O 2 (g), calculado a partir dos dados da tabela abaixo, é igual a kj por mol de H 2 O (g). TERMOQUÍMICA 1) (UFRGS) Conhecendo-se as equações termoquímicas S (rômbico) + O 2(g) SO 2(g) ΔH = - 70,96 kcal S (monoclínico) + O 2(g) SO 2(g) ΔH = - 71,03 kcal são feitas as seguintes afirmações: I-

Leia mais

PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A

PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A PADRÃO DE RESPOSTA - QUÍMICA - Grupo A 1 a QUESTÃO: (2,0 pontos) Avaliador Revisor Num recipiente de 3,0 L de capacidade, as seguintes pressões parciais foram medidas: N 2 = 0,500 atm; H 2 = 0,400 atm;

Leia mais

Texto para as questões 31 e 32.

Texto para as questões 31 e 32. QUÍMICA Texto para as questões 31 e 32. Um sinal de que o bico do queimador do fogão está entupido é o aparecimento de chama amarela, quando o fogo é aceso. Nessa situação, ocorre a formação de carbono

Leia mais

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32

Processo Seletivo/UFU - Janeiro 2004-2ª Prova Comum - PROVA TIPO 1 QUÍMICA QUESTÃO 32 QUÍMICA QUESTÃO 31 Considerando a Tabela Periódica e as propriedades dos elementos químicos, assinale a alternativa correta A) Um metal é uma substância dúctil e maleável que conduz calor e corrente elétrica

Leia mais

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011

VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 VI OLIMPÍADA BAIANA DE QUÍMICA 2011 RESPONDA AS QUESTÕES DE 1 a 30, MARCANDO UMA DAS ALTERNATIVAS DE ACORDO COM O QUE SE PEDE QUESTÃO 1 Peso 2 A dissolução do cloreto de amônio, NH 4 Cl(s), em água ocorre

Leia mais

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral

Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP. CURSO: Agronomia. DISCIPLINA: Química Geral Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias de Jaboticabal FCAV - UNESP CURSO: Agronomia DISCIPLINA: Química Geral ASSUNTO: Soluções e Unidades de Concentração 1 1. TIPOS MAIS COMUNS DE SOLUÇÃO Solução

Leia mais

Conteúdo 28/03/2017. Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas,

Conteúdo 28/03/2017. Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas, Química Geral I Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Conteúdo 28/03/2017 Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas, Química

Leia mais

Colégio Paulo VI Ensino Médio

Colégio Paulo VI Ensino Médio Colégio Paulo VI Ensino Médio Aluno (a): Nº.: 1º Ano - Ensino médio Turma: Turno: Vespertino Disciplina: Química Professor: Willian Prado Data: / / 2015 LISTA 1 Reações Químicas Balanceamento Introdução

Leia mais

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7

X -2(3) X -2 x (4) X - 6 = -1 X 8 = -1 X = 5 X = 7 2001 1. - Uma camada escura é formada sobre objetos de prata exposta a uma atmosfera poluída contendo compostos de enxofre. Esta camada pode ser removida quimicamente envolvendo os objetos em questão com

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Resposta

Questão 1. Questão 2. Resposta Questão 1 Água pode ser eletrolisada com a finalidade de se demonstrar sua composição. A figura representa uma aparelhagem em que foi feita a eletrólise da água, usando eletrodos inertes de platina. a)

Leia mais

Sobre as substâncias representadas pelas estruturas I e II, é INCORRETO afirmar:

Sobre as substâncias representadas pelas estruturas I e II, é INCORRETO afirmar: 8 GABARITO 1 1 O DIA 2 o PROCESSO SELETIVO/2005 QUÍMICA QUESTÕES DE 16 A 30 16. Devido à sua importância como catalisadores, haletos de boro (especialmente B 3 ) são produzidos na escala de toneladas por

Leia mais

Existem mais de uma centena de átomos conhecidos e a combinação entre esses, formam as milhões e milhões de substâncias.

Existem mais de uma centena de átomos conhecidos e a combinação entre esses, formam as milhões e milhões de substâncias. Símbolos e fórmulas químicas Figura 1 Representação de moléculas de água Fonte: Fundação Bradesco CONTEÚDOS Representação de elementos químicos símbolos Representação de substâncias químicas fórmulas Substâncias

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Lista IV complementar. 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada:

ESTEQUIOMETRIA. Lista IV complementar. 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada: 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) = CO 2(g) + H 2 O (l) (A) 1,0 mol (B) 1,5 mols (C) 2,0 mols (D) 2,5 mols (E) 3,0 mols Quando se

Leia mais

Prof. Msc. João Neto

Prof. Msc. João Neto Prof. Msc. João Neto Massa atômica Prof. Msc. João Neto 2 1u = 1,66x -24 g Prof. Msc. João Neto 3 Prof. Msc. João Neto 4 Massa atômica: massa de um átomo Prof. Msc. João Neto 5 Isótopos: átomos de mesmo

Leia mais

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2011-2 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE QUÍMICA

UFJF CONCURSO VESTIBULAR 2011-2 GABARITO DA PROVA DISCURSIVA DE QUÍMICA UFJF CNCURS VESTIBULAR 2011-2 GABARIT DA PRVA DISCURSIVA DE QUÍMICA Questão 1 Sabe-se que compostos constituídos por elementos do mesmo grupo na tabela periódica possuem algumas propriedades químicas semelhantes.

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05 Nome: Nº de Matrícula: Gabarito Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R 0,0821 atm L mol -1 K -1 K C + 273,15

Leia mais