PROCESSOS INTEGRANTES/ OBRAS SST

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROCESSOS INTEGRANTES/ OBRAS SST"

Transcrição

1 PROCESSOS INTEGRANTES/ OBRAS SST Correlação ao Processo Construtivo

2 Sistema GDFOR O que é o GDFOR? É um sistema em plataforma web que tem como objetivo principal garantir o controle e a gestão das documentações dos colaboradores das obras dentro de um processo mais otimizado, bem como a redução da quantidade de documentos impressos. O Sistema possibilita o cadastro e análise dos documentos a distância, bem como se interage com o fornecedor promovendo o gerenciamento por meio automático.

3 Sistema GDFOR É um sistema em plataforma web que tem como objetivo principal garantir o controle e a gestão das documentações dos colaboradores das obras dentro de um processo mais otimizado, bem como a redução da quantidade de documentos impressos. Ficha de Registro CTPS Relação de Documentos Banco de Dados ASO Ficha de EPI Ordem de Serviço Treinamento Admissional Trabalho em Altura NR 35 Treinamento Específico

4 Sistema GDFOR - PROCESSO OPERACIONAL O Sistema possibilita o cadastro e análise dos documentos a distância, bem como se interage com o fornecedor promovendo o gerenciamento por meio automático. Fornecedor de Serviço Realiza o cadastro do colaborador e anexa os documentos no Sistema (up load). Agenda a integração dos colaboradores PPRA / PCMSO Ficha de Registro CTPS ASO Ficha de EPI Ordem de Serviço Certificados Segurança do Trabalho Gestão dos Documentos e Liberação de Acesso às Obras: Análise Crítica e Validação; Integração de Segurança do Trabalho; Monitoramento da conformidade dos colaboradores por amostragem na obra (inspeções de segurança) Administrativo de Obra Garantir o Controle de Acesso à Obra: Emissão do crachá; Monitoramento através do Relatório de Obras. Processo de Mobilização de Colaboradores

5 Sistema GDFOR Integração Even & Parceiros Parceiros / Fornecedores de Serviços AUTORIZADO / ACESSO À OBRA Sistema de Acesso por Catraca Eletrônica Canteiro de Obras

6 Controle de Acesso Implantação GDFOR Obras Fornecedores Segurança do Trabalho Agilidade de acesso dos Redução do custo com Centralização dos documentos colaboradores a diferentes deslocamento para em um único espaço e canteiros de obras; apresentação da consulta disponível on line por Redução do tempo dedicado documentação nas obras; qualquer local; da Administração da obra, na Agilidade de acesso a Conferência e análise dos análise e validação dos diferentes canteiros de obras; documentos a distância por documentos físicos; Eliminação de 100% do papel equipe especializada; Consulta da documentação on impresso dos documentos dos Monitoramento quanto a line em caso de necessidade; colaboradores; validade dos documentos por Redução do arquivo físico na Utilização do Sistema para meio automático; obra; outras Construtoras; Agilidade no processo de Eliminação do tempo dedicado Gerenciamento da validade comunicação entre a EVEN e o para gerenciamento da dos documentos por meio de Prestador de Serviço; validade dos documentos. workflow. Bloqueio de acesso ao canteiro de obras na validação.

7 Proteções Tipos de Proteção

8 Varal de Segurança O tubo do varal de segurança tem altura de 7,5m, é perfurado em três pontos para a passagem do cabo de aço: Furo Inferior Linha de vida para a laje concretada; Furo Intermediário - Linha de vida para laje da desforma; Furo Superior Linha de vida para laje da montagem da forma.

9 Proteções coletivas Sacada Grades Articuladas Sistema de escora e grade Facilidade na Instalação Aumento na Produtividade Poço de elevador

10 Proteções coletivas São realizados testes de carga nas proteções para garantir a eficiência do sistema.

11 Áreas de Vivência As estufas garantem o aquecimento de 100% das refeições dos colaboradores. Ambiente limpo, com higiene e conforto

12 Áreas de Vivência Ambiente organizado, chuveiros com divisórias laváveis e porta, garantindo a privacidade do colaborador.

13 Áreas de Vivência 38

14 Áreas de Vivência Ambiente organizado aumenta a auto-estima dos colaboradores e melhora a produtividade.

15 Áreas de Vivência Área de lazer, momento de descontração promove benefícios motivacionais.

16 Áreas de Vivência

17 ROTINA VISITAS EM ALOJAMENTOS Engenharia: informa/ registra ao os alojamentos dos prestadores de serviço Engenharia : follow-up associado a regularização : Entrevista os colaboradores em obras, a fim de identificar alojamentos Visita Técnica Semanal : realiza inspeção, orienta e notifica empreiteiro : Programa Inspeção no Alojamento Contrato: orientação com relação a utilização.

18 PREMIAÇÕES EXTERNAS

19 A EVEN OBRIGADO

20

Linha do Tempo Even. Abertura de capital ações começam a ser negociadas na BM&F BOVESPA. Início das atividades no mercado de Belo Horizonte (MG).

Linha do Tempo Even. Abertura de capital ações começam a ser negociadas na BM&F BOVESPA. Início das atividades no mercado de Belo Horizonte (MG). Linha do Tempo Even Criação da marca Even, resultado da fusão da ABC Investimentos e da Terepins&Kalili, fundadas em 1974 e 1978, respectivamente. Entrada no mercado do Rio de Janeiro (RJ). Abertura de

Leia mais

Linha do Tempo Even. Abertura de capital ações começam a ser negociadas na BM&F BOVESPA. Início das atividades no mercado de Belo Horizonte (MG).

Linha do Tempo Even. Abertura de capital ações começam a ser negociadas na BM&F BOVESPA. Início das atividades no mercado de Belo Horizonte (MG). Linha do Tempo Even Criação da marca Even, resultado da fusão da ABC Investimentos e da Terepins&Kalili, fundadas em 1974 e 1978, respectivamente. Entrada no mercado do Rio de Janeiro (RJ). Abertura de

Leia mais

Otimização de Canteiros de Obras utilizando da tecnologia da informação: SaaS e Mobilidade. Ana Cecilia Tobias Ribeiro de Souza Engenheira Civil

Otimização de Canteiros de Obras utilizando da tecnologia da informação: SaaS e Mobilidade. Ana Cecilia Tobias Ribeiro de Souza Engenheira Civil Otimização de Canteiros de Obras utilizando da tecnologia da informação: SaaS e Mobilidade Ana Cecilia Tobias Ribeiro de Souza Engenheira Civil AGENDA 1. Apresentação Speaker Ana Cecilia T R de Souza Engenheira

Leia mais

Programa obrigatório em qualquer empresa que possua funcionários regidos pela CLT, independente da quantidade. Deve ser coordenado por Médico com

Programa obrigatório em qualquer empresa que possua funcionários regidos pela CLT, independente da quantidade. Deve ser coordenado por Médico com Saúde e Segurança no Trabalho Gestão de Segurança na Construção Civil e Seus Pontos Positivos PCMSO Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional O que é? Programa obrigatório em qualquer empresa que

Leia mais

Gerenciamento e Custo de Treinamento Título da Boa Prática GESTÃO EM SST

Gerenciamento e Custo de Treinamento Título da Boa Prática GESTÃO EM SST Gerenciamento e Custo de Treinamento Título da Boa Prática GESTÃO EM SST Objetivo da Boa Prática: 1. Gerenciar os treinamentos ; 2. Garantir que os trabalhadores estão desenvolvendo atividade para a qual

Leia mais

Segurança e Medicina do Trabalho

Segurança e Medicina do Trabalho Segurança e Medicina do Trabalho Banco de CV s Recrutamento & Seleção Cargos e Salários Decidium Metrics Administração de Treinamento FOLHA DE PAGAMENTO Segurança do Trabalho Avaliação de Desempenho Saúde

Leia mais

GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL

GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL GESTÃO DE SSMA EM CANTEIROS DE OBRAS NA CONSTRUÇÃO CIVIL PREDIAL Título Fonte Calibri 20 Negrito Branca xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. Floriano Costa Eng.º de Segurança do Trabalho Julho de 2016 TIPOS DE OBRAS

Leia mais

Software para gerenciamento de rotinas em saúde ocupacional e segurança do trabalho

Software para gerenciamento de rotinas em saúde ocupacional e segurança do trabalho Software para gerenciamento de rotinas em saúde ocupacional e segurança do trabalho Prazer, somos a EVAL SISTEMAS. Com um espírito jovem e comprometido, apresentamos a melhor e mais completa solução para

Leia mais

Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes

Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes Guia de Mobilização de Terceiros Vale Fertilizantes Rev.: 05 - Julho/2014 1 1. INTRODUÇÃO O objetivo deste guia é definir conceitos e estabelecer diretrizes básicas para mobilização de empresas CONTRATADAS

Leia mais

Como aumentar a eficiência no controle das empresas terceirizadas e melhorar a articulação entre elas e a principal

Como aumentar a eficiência no controle das empresas terceirizadas e melhorar a articulação entre elas e a principal Como aumentar a eficiência no controle das empresas terceirizadas e melhorar a articulação entre elas e a principal Palestrante : Antonio Pereira do Nascimento SOBREVIVÊNCIA DA EMPRESA SATISFAÇÃO TOTAL

Leia mais

SEGURANÇA PARA TERCEIROS

SEGURANÇA PARA TERCEIROS 1 de 8 PROTOCOLO Data de Emissão: Histórico de revisão e Versões Data Versão/Revisões Descrição Autor 1.00 Proposta inicial J.S.C 1 Objetivo Este protocolo fixa os requisitos a serem observados quando

Leia mais

ITENS MAIS AUTUADOS PELA SRTE-RJ E AS RECENTES ALTERAÇÕES DA NR-06 E NR-18

ITENS MAIS AUTUADOS PELA SRTE-RJ E AS RECENTES ALTERAÇÕES DA NR-06 E NR-18 ITENS MAIS AUTUADOS PELA SRTE-RJ E AS RECENTES ALTERAÇÕES DA NR-06 E NR-18 Itens mais autuados pela Superintendência Regional do Trabalho SRTE-RJ relativos à Saúde Ocupacional Norma Item da norma Nome

Leia mais

sistemas Soluções práticas e inteligentes

sistemas Soluções práticas e inteligentes sistemas Soluções práticas e inteligentes Prazer, somos a EVAL SISTEMAS. Com um espírito jovem e comprometido, apresentamos a melhor e mais completa solução para o gerenciamento das rotinas em saúde e

Leia mais

A Inspeção do Trabalho na Construção Civil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Abril de 2012

A Inspeção do Trabalho na Construção Civil. Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Abril de 2012 A Inspeção do Trabalho na Construção Civil Secretaria de Inspeção do Trabalho Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho Abril de 2012 Inspeção em SST - Construção Civil Ações 2007 2008 2009 2010 2011

Leia mais

Sua melhor opção em VT: Redução no valor mensal, melhor fluxo de caixa, consulta online e individual!

Sua melhor opção em VT: Redução no valor mensal, melhor fluxo de caixa, consulta online e individual! Sua melhor opção em VT: Redução no valor mensal, melhor fluxo de caixa, consulta online e individual! REDUÇÃO DE CUSTO REDUÇÃO DE TEMPO AGILIDADE TRANSPARÊNCIA e MUITA ECONOMIA NA HORA DE ADMINSTRAR O

Leia mais

www.sralojamentos.com.br Sumário Abaixo cada etapa da nossa apresentação Sobre Nós Nossa História Nossos Serviços Nossa Equipe Contato Sobre Nós A empresa Santa Rita Alojamentos, conta hoje com uma equipe

Leia mais

Um mundo Tyco de soluções

Um mundo Tyco de soluções Um mundo Tyco de soluções VENDAS VENDAS Safer. Smarter. Tyco. // Quem somos Tyco Integrated Security lidera o mercado de performance de loja, prevenção de perdas, soluções de segurança e gerenciamento

Leia mais

Canteiro de Obras - Conceito

Canteiro de Obras - Conceito Canteiro de Obras Canteiro de Obras - Conceito Segundo a norma NR-18 - Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção, define-se canteiro de obras como: Área de trabalho fixa e temporária

Leia mais

PRINCIPAIS FALHAS EM AUDITORIAS DO PBQP-H

PRINCIPAIS FALHAS EM AUDITORIAS DO PBQP-H PRINCIPAIS FALHAS EM AUDITORIAS DO PBQP-H PARA COMEÇAR......A VERSÃO 2012 VERSÃO 2012 A versão 2012 do SiAC incluiu alguns requisitos, antes não verificados em obras. São eles: 1. Indicadores de qualidade

Leia mais

CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto

CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto outubro/2001 AULA 11 CANTEIRO DE OBRAS: elementos de projeto PCC-2302: Gestão da Produção na Construção Civil II Profs. Silvio Melhado e Mercia Barros Assistentes de Ensino: Rita Medeiros; Janayna Aquino;

Leia mais

PLANO DE AÇÃO - PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS. Data: 30/03/2015 Rev.: 04. Ação Quem faz Por que faz Como faz Quanto ($) Prazo Status Comentário

PLANO DE AÇÃO - PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DE RISCOS. Data: 30/03/2015 Rev.: 04. Ação Quem faz Por que faz Como faz Quanto ($) Prazo Status Comentário Data: 3/3/ Rev.: 4 1 Contratação de empresa realização de serviços limpeza de caixa SAO Para evitar transbordamento/cont aminação Contratação - licitação 2 de CFTV Monitoramento e vigilância Contratado

Leia mais

Sistema da Gestão da Qualidade. Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original

Sistema da Gestão da Qualidade. Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original Sistema da Gestão da Qualidade Agradecimentos ao Prof. Robson Gama pela criação da apresentação original 1 CONCEITO QUALIDADE O que é Qualidade? 2 Qualidade Conjunto de características de um objeto ou

Leia mais

ANEXO II - A CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA

ANEXO II - A CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA ANEXO II - A CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA PROPOSTA TÉCNICA No Envelope n o 02, a empresa licitante deverá apresentar a Proposta Técnica, contendo os documentos abaixo elencados, numerados sequencialmente,

Leia mais

Realização. Parceria. Organização

Realização. Parceria. Organização Realização Parceria Organização REGULAMENTO Fátima Cardoso Gerente de Comunicação Seconci-SP O Prêmio Dirigido às empresas da construção visando: Obras de Edificações (residenciais, comerciais, industriais,

Leia mais

AUXILIAR ADMINISTRATIVO

AUXILIAR ADMINISTRATIVO Londrina, 24 de janeiro de 2017. EDITAL DE PROCESSO SELETIVO 002/2017 A Associação Guarda Mirim de Londrina, visando garantir os princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade e publicidade, objetivando

Leia mais

Ferramentas de TI para o Comissionamento de Empreendimentos Industriais

Ferramentas de TI para o Comissionamento de Empreendimentos Industriais Ferramentas de TI para o Comissionamento de Empreendimentos Industriais Luciano Gaete / Antonio João Prates 26 de Outubro 2007 1 Introdução O comissionamento Conjunto de técnicas e procedimentos de engenharia

Leia mais

Grupo Vallourec suporta segurança do trabalho com solução SAP EHSM

Grupo Vallourec suporta segurança do trabalho com solução SAP EHSM SAP Business Transformation Study Siderurgia, Mineração Grupo Vallourec Grupo Vallourec suporta segurança do trabalho com solução SAP EHSM O Grupo Vallourec é líder mundial e brasileiro na produção de

Leia mais

Apresentação Institucional: Empresa Cases Tecnologias

Apresentação Institucional: Empresa Cases Tecnologias Apresentação Institucional: Empresa Cases Tecnologias Nosso DNA: Nosso Negócio: Soluções Inteligentes para Controle de Acesso e Segurança Nossa Missão: Identificar e viabilizar as melhores oportunidades

Leia mais

A Calibração e a Gestão Metrológica na Indústria. A importância e a Viabilidade Técnica. NEWTON BASTOS

A Calibração e a Gestão Metrológica na Indústria. A importância e a Viabilidade Técnica. NEWTON BASTOS A Calibração e a Gestão Metrológica na Indústria. A importância e a Viabilidade Técnica. NEWTON BASTOS OBJETIVO O objetivo deste trabalho será dar bases sólidas para estudos de viabilidade técnica para

Leia mais

Diretoria de Operação e Manutenção Gerência de Gestão do Sistema Subterrâneo Junho / 2015

Diretoria de Operação e Manutenção Gerência de Gestão do Sistema Subterrâneo Junho / 2015 CAPACITAÇÃO DE MÃO-DE-OBRA PARA IMPLANTAÇÃO DE INFRAESTRUTURA SUBTERRÂNEA DE ENERGIA ELÉTRICA EM CENTROS URBANOS: ASPECTOS TÉCNICOS, AMBIENTAIS E ADMINISTRATIVOS 11ª Edição Redes Subterrâneas de Energia

Leia mais

Posicionamento Consultoria De Segmentos Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes

Posicionamento Consultoria De Segmentos Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes Norma Regulamentadora Nº 9 - Descrição das medidas de controles já existentes 04/04/2014 Sumário Título do documento 1. Questão... 3 2. Normas apresentadas pelo cliente... 3 3. Análise da Legislação...

Leia mais

O Monitoramento Contínuo e a Auditoria Remota nos Processos da Camargo Corrêa

O Monitoramento Contínuo e a Auditoria Remota nos Processos da Camargo Corrêa O Monitoramento Contínuo e a Auditoria Remota nos Processos da Camargo Corrêa Agenda 1) Introdução: Objetivos e Necessidades de Negócio 2) O Monitoramento Contínuo dos Processos (MCP) Conceito e objetivos

Leia mais

STATUS REPORT SEMANAL DO PROJETO 26/10/2012

STATUS REPORT SEMANAL DO PROJETO 26/10/2012 STATUS REPORT SEMANAL DO PROJETO 26/10/2012 Estrutura do Projeto SISTEMA BASE 2012 FORTALECER 2013 É o fundamento para todo o projeto. Isto permitirá a Unimed Blumenau ter a sustentação para o crescimento.

Leia mais

Matriz de Registros Controlados Revisão: 03 Página 1 de 9

Matriz de Registros Controlados Revisão: 03 Página 1 de 9 Matriz de Registros Controlados Revisão: 03 Página 1 de 9 Análise de Riscos Rede informatizada Senha Por produto Até revisar Ata de Reunião de Análise Crítica Qualidade Pasta Cronológica 2 anos Atas de

Leia mais

MRV GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO

MRV GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO MRV GESTÃO DE SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO RELATÓRIO FOTOGRÁFICO DAS BOAS PRÁTICAS E AÇÕES DA MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES S.A., NA SUSTENTABILIDADE E MELHORIADA QUALIDADE DO MEIO AMBIENTE DO TRABALHO.

Leia mais

METAL MECÂNICO E PLÁSTICOS

METAL MECÂNICO E PLÁSTICOS Segmento MANUFATURA METAL MECÂNICO E PLÁSTICOS Para que a sua empresa de metal mecânico e plásticos transforme gestão de qualidade em bons resultados, a TOTVS oferece soluções que garantem controle em

Leia mais

Intercâmbio Eletrônico Diretoria de Integração Cooperativista e Mercado Dr. Valdmário Rodrigues Jr

Intercâmbio Eletrônico Diretoria de Integração Cooperativista e Mercado Dr. Valdmário Rodrigues Jr Intercâmbio Eletrônico Diretoria de Integração Cooperativista e Mercado Dr. Valdmário Rodrigues Jr Clientes no Intercâmbio Intercâmbio Eletrônico Nacional Intercâmbio Um diferencial da marca e um desafio

Leia mais

Procedimento Operacional Padrão

Procedimento Operacional Padrão Procedimento Operacional Padrão Regras de Segurança para Empresas Prestadoras de Serviços Versão 1.0 SOST Procedimento Operacional Padrão Versão 1.0 2016, Ebserh. Todos os direitos reservados Empresa Brasileira

Leia mais

Comparação NBR ISO X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998

Comparação NBR ISO X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998 Comparação NBR ISO 13485 X RDC s ANVISA ESTUDO COMPARATIVO ENTRE: NBR ISO 13485:2004 RCD 59:2000 PORTARIA 686:1998 Agenda Objetivo do estudo Visão Geral da NBR 13485:2004 Tendências mundiais Resultados

Leia mais

É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS

É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS IBM WEBSPHERE MQ Sobre o WEBSPHERE MQ É A SOLUÇÃO LÍDER DE MERCADO PARA TRANSFERÊNCIA DE MENSAGENS ENTRE SISTEMAS O WEBSPHERE MQ possibilita a troca de informações entre aplicações de forma segura e confiável.

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA /1 ORGANIZAÇÃO CURRICULAR TÉCNICO NA ÁREA DE INFORMÁTICA: HABILITAÇÃO TÉCNICO EM INFORMÁTICA NA MODALIDADE A DISTÂNCIA - 2008/1 DC 9481 03/10/07 Rev. 00 1. Dados Legais Autorizado pelo Parecer 278 do Conselho

Leia mais

PATROCINADOR PLATINA

PATROCINADOR PLATINA PATROCINADOR PLATINA PREVENINDO E CORRIGINDO AS PRINCIPAIS CAUSAS DE AUTUAÇÕES SANITÁRIAS COM BASE NA RDC 67 Apresentação João Oliveira e Wagner Ferrarezi Consultores de Marketing e Qualidade Atuação desde

Leia mais

Saiba tudo sobre o esocial

Saiba tudo sobre o esocial Saiba tudo sobre o esocial Introdução Com a criação do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped), o Governo propiciou maior controle e agilidade na fiscalização das informações contábeis e fiscais

Leia mais

PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO

PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO PROCEDIMENTO SOBRE ENTREGA MENSAL DA DOCUMENTAÇÃO TRABALHISTA E PROCESSO DE LIBERAÇÃO DE ACESSO Aos prestadores de serviço da VOITH PAPER MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS LTDA. Este procedimento tem por objetivo

Leia mais

O QUE QUEREMOS DA CONSTRUÇÃO NO BRASIL? Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho

O QUE QUEREMOS DA CONSTRUÇÃO NO BRASIL? Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho Gestão da Segurança e Saúde no Trabalho Engº José Carlos de Arruda Sampaio Diretor da JDL Qualidade, Segurança do Trabalho e Meio Ambiente Brasília: 10/05/2015 O Mercado Crescimento vai depender da disponibilidade

Leia mais

Nosso objetivo. Nas próximas telas você verá o que o SophiA pode fazer para auxiliar sua IES a cumprir esta missão.

Nosso objetivo. Nas próximas telas você verá o que o SophiA pode fazer para auxiliar sua IES a cumprir esta missão. Nossa empresa alia seus mais de 23 anos de experiência no mercado à paixão por educação e tecnologia para desenvolver a solução SophiA Gestão Acadêmica. Este é um sistema flexível, que apresenta excelente

Leia mais

HDEV ERP NF-e Emissor Fiscal. Sistema de Gestão Empresarial

HDEV ERP NF-e Emissor Fiscal. Sistema de Gestão Empresarial HDEV ERP NF-e Emissor Fiscal Sistema de Gestão Empresarial Nossa Empresa Somos uma empresa especializada em desenvolvimento de sistemas já atuante no mercado desde 1987, estamos presentes hoje em 11 estados

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO RIO GRANDE DO NORTE ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA - PREGÃO Nº 05/2016

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO RIO GRANDE DO NORTE ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA - PREGÃO Nº 05/2016 ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA - PREGÃO Nº 05/2016 1 OBJETO Prestação de Serviços de Vigilância Humana armada e de Segurança Eletrônica Monitoramento por câmeras para o fornecimento, implantação e manutenção

Leia mais

PAPEL E CELULOSE. Assim, sua empresa garante maior competitividade para assumir um papel cada vez mais importante no mercado.

PAPEL E CELULOSE. Assim, sua empresa garante maior competitividade para assumir um papel cada vez mais importante no mercado. Segmento MANUFATURA PAPEL E CELULOSE Para a sua empresa de papel e celulose, as soluções de software de gestão para o segmento de manufatura da TOTVS oferecem fluidez na informação e nos fluxos de trabalho.

Leia mais

IMPORTÂNCIA E APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS FÁBRICAS DE RAÇÕES

IMPORTÂNCIA E APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS FÁBRICAS DE RAÇÕES IMPORTÂNCIA E APLICAÇÃO DAS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO NAS FÁBRICAS DE RAÇÕES 19.09.16 São procedimentos higiênicos, sanitários e operacionais aplicados em todo o fluxo de produção, desde a obtenção dos

Leia mais

Luis Miguel Valadas Diretor Fone: (11) Canal Credenciado

Luis Miguel Valadas Diretor Fone: (11) Canal Credenciado SOFTWARE GED PARA GESTÃO DOCUMENTAL Luis Miguel Valadas Diretor Fone: (11) 4194-5493 E-mail: laser@lasersystems.com.br Canal Credenciado Taugor GED Software de Gestão Documental O Taugor GED é uma solução

Leia mais

RELATÓRIO SUMÁRIO CERFLOR/PEFC FORNECEDORA E EXPORTADORA DE MADEIRAS - FOREX S.A.

RELATÓRIO SUMÁRIO CERFLOR/PEFC FORNECEDORA E EXPORTADORA DE MADEIRAS - FOREX S.A. 1- Histórico da Fornecedora e Exportadora de Madeiras - FOREX S.A. A FOREX iniciou suas atividades em 1952, no sul do Brasil, hoje a unidade agroindustrial localizada em Três Barras SC possui 1.300 hectares

Leia mais

A Calibração e a Metrologia na Indústria. Sua importância e Viabilidade Técnica.

A Calibração e a Metrologia na Indústria. Sua importância e Viabilidade Técnica. A Calibração e a Metrologia na Indústria. Sua importância e Viabilidade Técnica. ALGUNS QUESTIONAMENTOS Você sabe como está a Gestão das calibrações em sua empresa? Você sabe quantas calibrações são realizadas

Leia mais

Mais controle. Maior rendimento

Mais controle. Maior rendimento Mais controle Maior rendimento REdUção de custos com FERRaMEntaS EM até 30% 60% MaiS RáPido na LocaLização de FERRaMEntaS MEnoR tempo PaRa SoLicitaR FERRaMEntaS MEnoR tempo de implantação do MERcado Atualmente

Leia mais

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento

Anexo Procedimento de Instalação de Alojamento Anexo 1.4-8 - Procedimento de Instalação de Alojamento Revisão 00 Data 02/02/2015 1 de 15 Elaborado por: Verificado por: Aprovado por: Eng. Segurança do Trabalho Gestão de QSMS Direção Indústria e Energia

Leia mais

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos

USO INTERNO. SGT Sistema de Gerenciamento de Treinamentos Sistema de Gerenciamento de Treinamentos CONFIDENCIAL SISTEMA DE GESTÃO DE TREINAMENTOS Sistema corporativo criado para gerenciamento e interface das evidências dos treinamentos da UNF, com foco nas empresas

Leia mais

Mobilidade na Vistoria e Entrega de Obras

Mobilidade na Vistoria e Entrega de Obras Mobilidade na Vistoria e Entrega de Obras Sumário 1. Introdução... 03 2. Vistoria e Entrega com auxílio de tecnologias móveis - Mobuss Construção.......... 05 3. Construção.... 10 4. Inspeção Final.. 12

Leia mais

esocial Oportunidades de Negócios Relatos de Implantação nas Empresas Belém PA

esocial Oportunidades de Negócios Relatos de Implantação nas Empresas Belém PA esocial Oportunidades de Negócios Relatos de Implantação nas Empresas Belém PA 27.11.2015 OBRIGADO! EU VOLTEI! Currículo Sou Diretor de Negócios da Convite I Convite II Cadastre seu currículo no nosso

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO Pelo presente instrumento particular, de um lado, a EMPRESA, qualificada no TERMO DE ADESÃO À PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

Secretaria de Transportes e Trânsito - STT

Secretaria de Transportes e Trânsito - STT LOCALIZAÇÃO DE GUARULHOS SÃO PAULO Guarulhos / São Paulo População em 2010 de 1.221.979 habitantes (fonte Censo 2010) GUARULHOS Transporte Coletivo Viagens dia 482.177 viagens internas 383.981 viagens

Leia mais

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207

Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS, LETRAS E CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS DE COMPUTAÇÃO E ESTATÍSTICA Visão Geral da Norma ISO/IEC 12207 Engenharia de Software 2o. Semestre

Leia mais

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s)

Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) Legislação do Ministério do Trabalho e Emprego (NR s) http://www.mte.gov.br/ NR 01 Disposições Gerais 02 Inspeção Prévia 03 Embargo ou Interdição TEMA 04 Serviços Especializados em Eng. de Segurança

Leia mais

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE

IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE 1 IMPLANTACAO VIARIA PARA CORREDOR EXCLUSIVO DE ONIBUS,LIGANDO SANTA CRUZ A BARRA DA TIJUCA - BRT TRANSOESTE AUDIÊNCIA PÚBLICA OUTRAS INFORMAÇÕES 2266-0369 SMTR www.rio.rj.gov.br 2589-0557 SMO Rio de Janeiro

Leia mais

Soluções em Tecnologia www.actualdigital.com.br Institucional Actual Digital A Actual Digital oferece uma linha de produtos e serviços em tecnologia, unificando todas as soluções disponíveis na organização

Leia mais

O que é o PerformanceWeb Tecnologia Educacional?

O que é o PerformanceWeb Tecnologia Educacional? Dez/2016 O que é o PerformanceWeb Tecnologia Educacional? É uma Plataforma Educacional completa via WEB, com recursos de gestão de negócios e postagem de conteúdos de aprendizagem para instituição de ensino

Leia mais

Gestão de Projetos do esocial

Gestão de Projetos do esocial Apoio: Abra-se para o conhecimento Gestão de Projetos do esocial Palestrante: Alan Bueno Alan Bueno Sócio e Diretor de Planejamento e Estratégia - Hayon Consultoria Formado em Administração de Empresas

Leia mais

A solução inovadora em gerenciamento e compartilhamento seguro de arquivos e de ambiente colaborativo.

A solução inovadora em gerenciamento e compartilhamento seguro de arquivos e de ambiente colaborativo. A solução inovadora em gerenciamento e compartilhamento seguro de arquivos e de ambiente colaborativo www.oodrive.com Colabore com eficácia e em tempo real com colaboradores em situação de mobilidade,

Leia mais

Vazamento de Informações Corporativas

Vazamento de Informações Corporativas Webinar Vazamento de Informações Corporativas Foco na Distribuição e Compartilhamento de Documentos Sensíveis 2 Agenda Sobre a fiandeira tecnologia O que fazemos Soluções de conectividade para ambientes

Leia mais

Apresentação de case Implantação de GED. Diego Lemos

Apresentação de case Implantação de GED. Diego Lemos Apresentação de case Implantação de GED Diego Lemos AGENDA Alguns pontos de vistas para Gestão de Documentação de Engenharia; Conceitos que motivam a utilização de um GED; Apresentação de um case Implantação

Leia mais

NORMA REGULAMENTADORA N.º

NORMA REGULAMENTADORA N.º SUMÁRIO SEGURANÇA EM INSTALAÇÕES E SERVIÇOS EM ELETRICIDADE NORMA REGULAMENTADORA N.º 10 2. Formação profissional 2.1 Qualificação 2.2 Habilitação 2.3 Capacitação 2.4 Autorização 3. Medidas de controle

Leia mais

Procedimentos que o Grupo Arteseg Oferece com sua Consultoria NR10:

Procedimentos que o Grupo Arteseg Oferece com sua Consultoria NR10: Adequação e Consultoria à norma NR10 A NR10 é uma norma regulamentadora do Ministério do Trabalho e Emprego que estabelece uma série procedimentos e condutas para a realização de atividades que envolvem

Leia mais

OS DESAFIOS PARA A ELABORAÇÃO DO PPP E DO CONSTRUÇÃO

OS DESAFIOS PARA A ELABORAÇÃO DO PPP E DO CONSTRUÇÃO OS DESAFIOS PARA A ELABORAÇÃO DO PPP E DO LTCAT NA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO P P P (PERFIL PROFISSIOGRÁFICO PREVIDENCIÁRIO) E LTCAT (LAUDO TÉCNICO DE CONDIÇÕES AMBIENTAIS DE TRABALHO) PPP E LTCAT FUNDAMENTAÇÃO

Leia mais

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores.

BENS DE CONSUMO. Tudo para que a sua empresa tenha uma gestão completa, flexível e integrada, e conquiste resultados ainda melhores. Segmento MANUFATURA BENS DE CONSUMO Para o subsegmento de bens de consumo, as soluções de software de gestão da TOTVS produzem resultados em série. Um conjunto de funcionalidades que atuam na essência

Leia mais

Parceria. Visite nossos sites!

Parceria. Visite nossos sites! Parceria http://www.as-solucoes.com.br http://www.allservice.com.br Visite nossos sites! Parceria AS x All Service Visando as alterações de mercado, verificamos a necessidade de muitos clientes que não

Leia mais

SUPERINTENDÊNCIA DE OUTORGA E RECURSOS À PRESTAÇÃO

SUPERINTENDÊNCIA DE OUTORGA E RECURSOS À PRESTAÇÃO SUPERINTENDÊNCIA DE OUTORGA E RECURSOS À PRESTAÇÃO SET EXPO 2016 Vitor Elisio Goes de Oliveira Menezes Superintendente Sistema de Controle de Radiodifusão SCR O que é o Mosaico? Administração Administração

Leia mais

QUÍMICA E RECICLAGEM. Assim, sua empresa garante mais eficiência e produtividade no dia a dia.

QUÍMICA E RECICLAGEM. Assim, sua empresa garante mais eficiência e produtividade no dia a dia. Segmento MANUFATURA QUÍMICA E RECICLAGEM No mercado de química e reciclagem, gestão de qualidade é um dos elementos mais importantes para uma operação lucrativa. Pensando nisso, a TOTVS oferece soluções

Leia mais

DADOS: RODOVIA BR 235

DADOS: RODOVIA BR 235 DADOS: RODOVIA BR 235 CONSTRUTORA CONSÓRCIO EMPA/CCM/CCL SUPERVISÃO ETEL ESTUDOS TÉCNICOS LTDA Rodovia : BR 235/BA Trecho : Div. SE/BA Entr. BR 122/407/423/BA (Div. BA/PE) (Juazeiro/Petrolina Subtrecho

Leia mais

Empresa. ROKA Engenharia S/S Ltda - Serviços em NR12. Concept for standards

Empresa. ROKA Engenharia S/S Ltda - Serviços em NR12. Concept for standards Serviços em NR12 Empresa A ROKA ENGENHARIA foi fundada em 1992, com prestação de serviços em Engenharia Elétrica e Mecânica. Em 2009 ampliou as suas atividades para serviços em Gestão Integrada (Segurança

Leia mais

Equipamentos Mecânicos Industriais. Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc.

Equipamentos Mecânicos Industriais. Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc. Equipamentos Mecânicos Industriais Prof. João Paulo Barbosa, M.Sc. Equipamentos Mecânicos Industriais PERÍODO LETIVO: 8º CARGA HORÁRIA: 30 h OBJETIVOS GERAL: Saber os fundamentos e informações essenciais

Leia mais

B e n e f í c i o s. Gestão da Saúde

B e n e f í c i o s. Gestão da Saúde B e n e f í c i o s Gestão da Saúde O GRUPO NUNES & GROSSI Atuamos no mercado de benefícios, oferecendo produtos de qualidade e criados sob medida para você, sua família ou empresa. Através da nossa Administradora

Leia mais

Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica

Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica www.abinee.org.br Associação de Classe de âmbito nacional Entidade sem fins lucrativos Fundada em setembro de 1963 Cerca de 600 associadas (em 1.500

Leia mais

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos

Copyright Proibida Reprodução. Prof. Éder Clementino dos Santos INSTRUMENTOS DE GESTÃO AMBIENTAL CONTEXTO GLOBALIZADO Avanço de atitudes pró-ativas das empresas que começaram a vislumbrar, através da introdução de mecanismos de gestão ambiental, oportunidades de mercado,

Leia mais

01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES (AS) DA EMPRESA. 03 EPI s EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES (AS) DA EMPRESA. 03 EPI s EQUIPAMENTOS DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL STICM DE - Avenida Mauro Mori, n.º 323, Centro - Goioerê/PR - CEP. 87.360-000 01 - DADOS GERAIS DA EMPRESA NOME: CNPJ: ENDEREÇO: MUNICÍPIO: CEP: FONE / FAX: PROPRIETÁRIO: ENCARREGADO: 02 - NÚMERO DE TRABALHADORES

Leia mais

Procedimento Operacional

Procedimento Operacional 1/ 7 Nº revisão Descrição da Revisão 00 Elaboração inicial do documento 01 Revisão e Adequação integral do PO 02 Revisão integral do procedimento e adequação dos registros e padrões 03 Adequação da ISO

Leia mais

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6

ESCOPO DE FORNECIMENTO DOS DOCUMENTOS DO PROJETO 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 3RFOLLOWGOGREENER Pág. 1 de 6 Projeto N o Data de entrada: 3RFollowGoGreener-001-10-2010 Data de saída: Título do Projeto: Programa 3RFollowGoGreener - Sistema Follow é composto por Modelos de Documentos

Leia mais

PROVA ESPECÍFICA Cargo 19

PROVA ESPECÍFICA Cargo 19 13 PROVA ESPECÍFICA Cargo 19 QUESTÃO 31 De acordo com a NR-5, ocorrendo empate no número de votos de candidatos ao final da apuração da eleição da CIPA, é CORRETO afirmar: a) Assumirá o candidato mais

Leia mais

EXIGÊNCIA PARA FUNCIONÁRIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS!

EXIGÊNCIA PARA FUNCIONÁRIOS E PRESTADORES DE SERVIÇOS TERCEIRIZADOS! Treinamento: Obrigatoriedade prevista na NR-10: Todos devem ter Treinamento básico de 40 horas; Trabalhos em SEP e proximidades o Treinamento complementar, além do básico, mais 40 horas Conteúdo e carga

Leia mais

Mini Guia. Tudo o que você precisa saber sobre a NF-e

Mini Guia. Tudo o que você precisa saber sobre a NF-e Mini Guia Tudo o que você precisa saber sobre a NF-e Miniguia SAGE: Tudo o que você precisa saber sobre a NF-e Muitos empreendedores podem se beneficiar da emissão da Nota Fiscal eletrônica (NF-e). Neste

Leia mais

ESTRUTURA DA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA SENASP (1/5) (Decreto nº de 12 de fevereiro de 2016)

ESTRUTURA DA SECRETARIA NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA SENASP (1/5) (Decreto nº de 12 de fevereiro de 2016) ESTRUTURA DA SECRETARIA NACIONAL DE SENASP (1/5) SECRETARIA NACIONAL DE ASSESSOR DAS 102.4 DAS 101.6 Conselho Nacional de Segurança Pública CHEFE DE GABINETE DE INTELIGÊNCIA ENFRENTAMENTO ÀS AÇÕES CRIMINOSAS

Leia mais

Aço com qualidade, economia e velocidade. Somos a Manchester.

Aço com qualidade, economia e velocidade. Somos a Manchester. Aço com qualidade, economia e velocidade. Somos a Manchester. Armadura Pronta Soldada A solução sob medida para a sua obra O processo de industrialização na construção civil é a última tendência mundial

Leia mais

SISTEMA DE INFORMATIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. www.egmont.com.br (16) 3416 1995

SISTEMA DE INFORMATIZAÇÃO DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE. www.egmont.com.br (16) 3416 1995 Sistema de Gerenciamento de Informações da Qualidade Visando a redução do número de papéis circulantes, mas sem perder informações ou evidências da qualidade, desenvolvemos um processo de informatização

Leia mais

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior

PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO. Curso: TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior PLANO DE ESTAGIO INTEGRADO A PROPOSTA PEDAGOGICA DO CURSO Curso: 001308 - TECNOLOGIA EM LOGISTICA Nivel: Superior Area Profissional: GESTAO DA ADMINISTRACAO Area de Atuacao: LOGISTICA/GESTAO Planejar,

Leia mais

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc.

COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS. Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. COMO AUMENTAR A PRODUTIVIDADE DA SUA EMPRESA E A QUALIDADE DOS SEUS PRODUTOS POR MEIO DO CONTROLE DOS PROCESSOS DE NEGÓCIOS Tadeu Cruz, Prof. M.Sc. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS É proibido a reprodução

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS

NORMAS REGULAMENTADORAS NORMAS REGULAMENTADORAS Saúde e Seguranca Ocupacional Prof. Carlos William de Carvalho 1 NR-1 Disposições Gerais Determina a aplicabilidade de todas as normas regulamentadoras, assim como os direitos e

Leia mais

O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH.

O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH. O profissional que sua empresa procura está na Avanti RH. Apresentação Experiência e juventude se unem na Avanti Humanas, afinal, somos uma empresa dedicada à atração, recrutamento, seleção e desenvolvimento

Leia mais

SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIA E CONHECIMENTO DE NEGÓCIO

SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIA E CONHECIMENTO DE NEGÓCIO SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIA E CONHECIMENTO DE NEGÓCIO LANÇAMENTO SIGNA 70 CLIENTES 2016 21 SOLUÇÕES BASEADAS EM TECNOLOGIA E CONHECIMENTO DE NEGÓCIO CLIENTES 35 CLIENTES 2013 50 CLIENTES 2014 2015

Leia mais

Normativas Gerais da NR-18

Normativas Gerais da NR-18 Normativas Gerais da NR-18 18.12 - ESCADAS, RAMPAS E PASSARELAS 2 ESCADAS, RAMPAS E PASSARELAS - A transposição de pisos com diferença de nível superior a 40cm deve ser feita por meio de escadas ou rampas.

Leia mais

MÓDULO 31: PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL - PCMSO

MÓDULO 31: PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL - PCMSO MÓD: 31 MANUAL DE PESSOAL VIG: 06.10.2014 1/3 MÓDULO 31: PROGRAMA DE CONTROLE MÉDICO DE SAÚDE OCUPACIONAL - PCMSO CAPÍTULO 2: REALIZAR EXAME MÉDICO PERIÓDICO ANEXOS: 1 Fluxo do Subprocesso de Realizar

Leia mais

, , , , ,00

, , , , ,00 A EMPRESA Constituída em 2005 a DRILLGEO é especializada em Sondagem Rotativa Diamantada com Testemunhagem Contínua. Criada por acionistas oriundos da Congel, tradicional empresa do ramo de sondagem brasileira

Leia mais

Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST. Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A.

Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST. Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A. Impacto dos sistemas de informática no esocial para SST Marcos Taquetto NEXO CS Informática S.A. DADOS ACIMA APLICÁVEIS PARA FOLHA E EVENTOS SIMILARES. Ondas evolutivas na área de SST ONDAS de evolução

Leia mais